Comportamento
Chora Que Eu Te Escuto
16 jan 2020, 45 comentários

Chora Que Eu Te Escuto!

Sinto que os coraçõezinhos estão mais calmos, menos Choras este ano… ou será impressão minha?

Vejamos:

Chora 01 – Greta

“Meu “chora” talvez nem seja considerado um chora de peso rs. Não é assim um graaaande problema . Mas queria compartilhar e ler opiniões de pessoas que talvez passaram pela mesma situação
Eu não tinha um namoro sério hà mais de 10 anos. Sempre tinha os rolos. Rolos de anos mas nenhum namorado. Até conhecer o Raul. Estamos juntos hà 2 anos e 2 meses oficialmente. Começamos a namorar com 4 meses. Nos conhecemos no show do Metallica . Meu sonho! Ele é perfeito. Tão perfeito que incomoda ! Temos os mesmos gostos, brigamos pelas mesmas causas , temos as mesmas opiniões . Porém ele tem 9 anos a menos q eu. Eu tenho 38 e ele 29. Eu sou a primeira namorada dele. Ele sempre foi mega estudioso, nerd. Hj ele é procurador. Veio de família muito humilde e batalhou muito pra chegar onde chegou ainda mais por ser negro. Ele é sem dúvida a pessoa que mais admiro e me inspira no mundo! 
Ué. Então qual o problema.?
Nosso time! Ele já morava sozinho qdo o conheci em um apê distante da minha casa. 30 km. Porém mudei de emprego. Ele TB e aí ele alugou um apartamento exatamente ao lado do meu trabalho. Eu o ajudei a escolher pq ele fez questão disso
Disse que quer morar comigo mas nunca deu nenhum passo pra isso sabe ?
Não fala de casamento. Fala q quer filhos. Pediu pra eu parar de tomar remédio (afinal ano q vem já terei 39) mas cade o papel passado?
Já conversamos sobre isso umas 4 x e em todas as vezes é doloroso pra.mim pq eu não queria ter q ser eu a tomar a iniciativa. Ele sempre diz que basta eu ir
Basta eu me mudar. Mas por exemplo: precisamos de um guarda roupa adicional para minhas coisas . Ele fala: vamos comprar. Mas não fala; vamos tal dia comprar e tal dia vc se mudará . Muita gente diz q eu já deveria ter ido. Mas não consigo. Passei a vida vendo meu pai expulsando minha mãe de casa , jogando na cara dela q ela morava de favor (apesar dela sempre ter trabalhado fora e ajudado nas despesas). Então sou meio traumatizada com isso. E sempre penso na felicidade dele. Eu quero q seja um sonho dos dois. Não só meu. Quero q ele tenha certeza q é isso mesmo q ele quer . Pq eu tenho! 
Tô pirando pq ele é o homem mais perfeito do mundo. Nunca discutimos nem nada mas.meu amor as vezes parece diminuir pq é minha auto defesa dizendo: cai fora.pq vc vai se machucar..ele não está pronto! 
Me ajuda?

Gente cês são muito complicadas hahahaha. Se o cara não fala nada, acha ruim. Se ele fala, também acha ruim porque ele não falou da maneira que vocês queriam ouvir. Já pensou que o seu boy pode estar pensando que você é que não quer morar com ele porque quando ele fala pra você ir, você deixa quieto? Fia, se ele já falou que quer, que quer ter filhos, pediu pra você parar de tomar remédio, se mudou pro lado do seu trabalho, o que mais você precisa? QUER QUE ELE DESENHE? Seja mais leve, aceite os sinais, se abra, deixe a vida te levar e seja feliz! Se você não andar pra frente por conta própria, não espere que alguém te empurre para você sair do lugar!

Bom dia!  www.decorarepreciso.com.br/blog  #decorarepreciso

Chora 02 – Malala

“Resolvi chorar porque está complicado rs Estava em um relacionamento há 1 ano e 5 meses com um rapaz.Semana passada ele me disse estar chateado porque uma sobrinha de 15 anos havia desaparecido. Eu quis ajudar e coloquei a foto dela em todas as minhas redes sociais.Uma prima compartilhou a foto de uma moça que dizia que era sobrinha dela (a desaparecida).Entrei no perfil dessa moça e descobri que ela já foi namorada desse rapaz que estava comigo. E havia uma publicação recente de uma foto antiga. A foto onde os dois estavam juntos era de 2016, mas ela compartilhou em julho/2019 dizendo que “ele é um presente de Deus”.Eu questionei sobre a moça e sobre a foto.Ele me respondeu que tem um carinho muito especial por ela, que ela está com depressão forte, e precisava resolver essa situação deles. E que ficou com ela algumas vezes sim, e que no momento não poderíamos mais ficar juntos porque ela está precisando dele. Estou muito mal, pois gosto muito dele. Queria uma opinião.

Presente de Deus… sei. Miga, a regra é clara… quando tá confuso, quando tem muito mi mi mi, muita explicaçãozinha sem sentido, muita coisa obscura, TEM TRETA. Fica mal não, onde você não tem controle, não dá para fazer nada. Saiba a hora de se retirar e faça isso dignamente. A prioridade claramente não é você, e você não vai aceitar isso né?

Não deixe os sinais para trás

Chora 03 – Joana

“Conheci um rapaz uns anos atrás (mais de 10 anos) por meio de uma amiga em comum quando ele veio a passeio para minha cidade. Essa amiga estava interessada nele mas como ele estava na cidade com mais amigos, ela me chamou p fazer cia p não encontrar com eles sozinha. Ok, primeiro contato não foi nada especial e a primeira impressão dele (até então crush da amiga) foi “gatinho, mas antipático” (depois fiquei sabendo q a impressão foi recíproca). O crush deles não vingou (e eu não tenho nada a ver com isso) e com o passar do tempo eu e ele viramos amigos. Amigos não, melhores amigos. 
Nem sei como ou quando nos tornamos melhores amigos, mas o fato é que nós falamos todo dia e qualquer tipo de assunto, inclusive desventuras amorosas. Eu conheço a família dele e os amo, assim como ele conhece minha família e é amigo de todos. 
Um belo dia me vi forçada a deixar de falar com ele por motivos de força maior. Quando avisei a ele disso, foi extremamente triste. Choramos, declaramos a falta que um faria ao outro, prometi que voltaria e ele disse que aguardaria ansioso pelo meu retorno. Ficamos um tempo sem nos falar e foi nesse período que tudo mudou pra mim. 
Eu já sabia que sentiria falta dele, mas não o tanto que sentiria… Era sufocante. Várias vezes me pegava pensando “oq ele está fazendo?” Ou “oq ele falaria disso?”. Queria saber da vida dele, mesmo os detalhes que sei que mais ngm daria a devida importância, tbm queria contar oq estava acontecendo na minha vida, mas não tinha como. Eu sou uma pessoa que não costuma “sonhar” mto, ou lembrar dos sonhos, mas sonhei com ele. Várias vezes. Cada vez mais frequentes e mais intensos, se é que me entende…
No início preferi pensar que fosse carência de amigo msm, então tentava não pensar, tocava minha vida, fazendo novas amizades, conhecendo rapazes, mas nenhum se tornava interessante, ngm era bom o suficiente… 
Até que um belo dia cumpri o prometido e retornei (e um dos fatores determinantes p esse retorno foi que não aguentava mais ficar longe dele). Dia mais feliz da minha vida em mto tempo. Ele tbm ficou radiante, disse como sentiu minha falta, como teve vontade de me procurar mas respeitou o hiato e já começou a fazer planos de vir me ver. Achei q ali minha dúvida passaria e eu veria q era só saudade do meu melhor amigo, mas na verdade só constatei que estava apaixonada.
E eis o problema. Tô apaixonada por ele e ele não faz ideia, só vai saber se eu declarar pq nós por natureza sempre fomos carinhosos um com o outro (de cuidar, de dizer que tá com saudade, de dizer que ama, de elogiar..).
Os amigos e até família sempre falam que a gente se ama mas ainda não descobriu e a gente sempre respondeu que era balela. Que éramos os irmãos que nunca tivemos, que não somos casal, mas sim dupla. E pelo menos eu sempre pensava isso msm, mas o sentimento cresceu, mudou. 
Eu não faço ideia se, se eu declarar serei correspondida (e sei que só vou descobrir se o fizer), mas meu medo é esse, não ser correspondida. Pior ainda, de quebra perder meu melhor amigo, estragar a amizade de tanto tempo.. 
Isso me faz questionar: me arrisco me declarando e faço valer a letra da música bem clichê de que “meu melhor amigo é meu amor”? Ou desisto sem nem tentar, engulo esse amor todo por medo e pela garantia de que assim pelo menos terei ele como amigo? (Msm sendo capaz de morrer vendo ele com outra mulher).
Parece trama adolescente e isso me faz sentir péssima.”

Vish, complicado hein? Mas tipo assim, eu, no seu lugar, antes de me declarar, iria tatear BEM o terreno. Observe, observe e observe. Jogue verde, dê indiretas, veja como ele reaje, e se você sentir que REALMENTE ele te vê só como uma amiga, desista desse amor. Mas cá entre nós, eu acho que ele também está apaixonado por você… ainda mais quando você diz que seus amigos sacam isso e falam isso para vocês, mas só para ter certeza, analise bem o terreno porque pode ser que você perca seu amigo sim. Mas pode ser também que você concretize o amor da sua vida.

o meu conselho? se arrisca!
  • Chora abeeeeertos! Mande seu caso para constanza@futilish.com e no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO! Seu anonimato será garantido 🙂
Comportamento
Chora Que Eu Te Escuto
18 dez 2019, 29 comentários

Chora Que Eu Te Escuto!

Olá desde o Chile! Cheguei ontem em Santiago, vim passar o natal com papi e mami 🙂

Vamos ao Chora!

Chora 01 – Afrodite

Oi, Cony!!! Adoro muito seu blog…. Hj todas as minhas onças são ricas por sua causa….kkkkk…. sou leitora Dino e te acompanho há um tempão. Fiquei muito feliz de ver vc casar e encontrar o amor. Isso é um milagre da vida! Parabéns!!! Bem, vamos ao meu CHORA:

Sou casada e feliz. Parece um clichê,  mas é verdade. Tenho muito mais que um marido. Tenho um amor. O que mais posso querer? Mas, há problemas no paraíso. 
Sempre quis muito encontrar alguém especial. Namorei, não deu certo (vivi uma relação abusiva, que se tivesse continuado, acabaria em feminicídio, sem dúvidas). Namorei de novo; parecia bom, ficamos juntos 2 anos, mas a relação nunca foi pra frente (noivado, casamento,…) por falta de química,  de tesão mesmo…. Então decidi terminar; eu terminei.
Depois, comecei a viver uma lua de mel comigo mesma: saí,  viajei, comecei a valorizar meu lado espiritual, a ficar mais perto da minha família e dos meus amigos, me descobri profissionalmente (advinha? …. trabalho com moda e é maravilhoso)…. enfim, cuidei de MIM…. em todos os sentidos..
E  foi como vc falou no post da União estável “quando a gente está feliz sozinha é que as coisas acontecem”…

Aconteceu pra mim. Já fazia 6 anos de solteirice. Acostumei. Mas quando um homem de verdade atravessa seu caminho e te enche de amor, não há o que fazer. Apaixonei. Casei. Aos 37.
Moramos num lugar lindo, e a vida é boa, tranquila. Gostei demais de sair do agito da cidade grande, mas continuo trabalhando, lógico. 
Desde nosso namoro, desde o início,  nossa química é boa, forte, nunca pensei nesse tipo de problema, mas vivo um martírio: não me satisfaço no sexo. E não é culpa dele. Ele é carinhoso e paciente, mas eu simplesmente não consigo. Não aguento mais ouvir que isso é coisa da minha cabeça e que preciso relaxar… tô muito aflita e com medo de estragar meu casamento. Não sei o que fazer. Só queria uma luz…

Mas não se satisfaz como? Não gosta? Não teme vontade? Não chega ao orgasmo? Acha a quantidade/qualidade pouca? Enfim, seja como for, tenta algum tipo de terapia, tem vários profissionais voltados para a questão sexual. Pode ser que eles descubram o que e porque está te atrapalhando… Ver filmes pornôs, comprar brinquedinhos, isso também pode ajudar!

No sexo não pode faltar. Eu + Vc, Brinquedinhos, Preliminares e Novas Posições... concordo!

Chora 02 – Thay

Oi Cony! Sou leitora há pouco tempo, mas sempre acompanhei o seu blog através dos comentários da minha melhor amiga (feiosa sempre nos chamamos assim), nossa ela sempre falou como você era inspiradora e sensata, sempre acompanhou sua história de amor e suas viagens , suas dicas de outfits fashion. Você não tem noção da importância das suas resenhas e dicas, então quero te dizer que significam muito para todas nós, seus conselhos e trabalho, obrigada de verdade. Desde de abril desse ano estou ensaiando pra escrever, mas agora resolvi contar a nossa história, minha e da feiosa. Quando eu tinha 13 anos, tinha acabado de voltar dos USA pro Brasil e  dei continuidade aos estudos num colégio que já havia estudado antes, assim que retornei, na minha primeira aula, veio uma garota falar comigo, ela era como eu, gordinha e divertida, desde então nos tornamos inseparáveis. Estudamos juntas,passamos por muitas situações engraçadas, faltávamos a academia pra chupar dindin(geladinho,sacolé),colocamos um monte de piercing na orelha, fomos zoadas milhões de vezes por sermos “fora do padrão”, ríamos de tudo (o irmão dela chamava a gente de 2 hienas),fomos a várias baladinhas,mesmo eu mudando de colégio continuamos amigas, sempre tivemos muita coisa em comum, adorávamos comer kkkkkk, ver filme de romance e chorar horrores, ela sempre foi meu suporte psicológico da adolecência (mudança de corpo, de humor),tínhamos o mesmo estilo e compartilhávamos das mesmas amizades.Quando completei 17 anos resolvi prestar concurso público, daí chamei a feiosa pra prestar também, fomos fazer cursinho juntas, ela(nerd) passou e eu não, mesmo assim continuei tentando e passei 6 meses depois.Trabalhávamos como controladoras de trafego aéreo, dividimos casa em Brasília por um tempão, nunca brigamos. Passaram anos e fui morar sozinha, a feiosa passou em outro concurso(sempre nerd) e fui transferida para  diversas cidades, casei, ela namorou e terminou, nossa amizade sempre viva, acompanhávamos cada passo uma da outra independente da distância, nunca faltamos um aniversário sequer ,de 2 em 2 meses comprávamos passagem para nos encontra, botar o papo e as risadas em dia. Por volta de 4 anos atrás ela me deu a notícia que estava com câncer, fiquei muito triste e ela sempre muito forte, nós nunca perdemos a fé, eu mandava fotos de garotas estilosas carecas, rezávamos,fiz tanta promessa pra Deus,só ele sabe. Lutamos contra esse mal, por anos, ela sofreu tanto mais tanto e se recuperou ano passado , fez viagem pra Europa(lugares lindos), depois fez seu aniversário de 30 anos.No começo deste ano ela foi pra São Paulo fazer transplante,como eu morava lá aproveitei pra ficar perto dela, levei jujuba ,comidinha caseira, tentava fazer todas as vontades da minha amiga. Após dias do procedimento, ela não resistiu. E, se foi um pedaço de mim, 17anos de puro companheirismo, de sintonia, eu juro dói tanto as vezes que nem consigo respirar. Eu sei que fui 100% e ela também, mas tínhamos tanto pra ser vivido, tínhamos vários planos, íamos viajar, ela ia ser a madrinha dos meus filhos, tô sem minha companheira de vida agora. Sei que aos poucos a dor vai passando e a saudade aumentando, enquanto isso vou vivendo. Obrigada por fazer parte da história dela Cony, de alguma forma sinto que quando leio seu blog, sinto ela presente. O que eu escrevi não é pra voce ou ninguém ficar triste e sim vivermos intensamente o hoje com quem amamos.
FEIOSA ESSE CHORA É PRA VOCÊ!!!!

Ah meu Deus, tô aos prantos aqui… não tem como não se emocionar com esse relato! Poxa Feiosa (deixa eu te chamar assim também?) esteja onde estiver, quero que saiba que estou imensamente feliz por ter feito parte da sua vida e ter te ajudado de alguma maneira. Obrigada por ter me acompanhado tanto tempo e por ter trazido essa sua amiga tão querida até o Futilish e ter contado essa história tão linda de amor e amizade. E você Thay, parabens por ter sido uma amiga tão leal e fiel. Certeza que a feiosa tá sempre olhando por você…

E isso é tão bom!!! #regram @festellita #citações #frases #pessoas #fernandaestellita

Chora 03 – Venus

Cony, primeiramente, devo dizer que sou seguidora DINO! Acompanhei toda sua trajetória profissional e pessoal pelo blog e posso dizer: ver sua felicidade hoje me deixa muuuito feliz também!
Meu chora é tenso e preciso muito de conselhos…

Tenho 38 anos e sou casada há 12 anos. Sempre fomos muito batalhadores, conquistamos as coisas com muito suor e dificuldade, mas conseguimos construir nosso patrimonio. Meu marido é funcionário publico, mas não tem um cargo tão alto e sempre se lamentou muito sobre não crescer profissionalmente. Sempre o apoiei para se atualizar, fazer cursos e fazer o trabalho dele da melhor maneira possivel… Uns 6 anos atrás, ele conseguiu um cargo comissionado, devido ao empenho dele no trabalho. Ficamos super felizes, pois o salario dele ficou quase 5 vezes maior! Porém, com o tempo, ele começõu a ficar mais envolvido com as coisas do trabalho (politca) e nem férias ele tirava mais, pois dizia que a função o impossibilitava, e exigia muita dedicação e tempo dele…enfim, com 2 anos nesse emprego, comecei a desconfiar que tinha alguma coisa errada, pois o comportamento dele mudou…e em pouco tempo descobri uma traição. Mas foi tudo muito rápido entre o comportamento mudar e descobrir (menos de um mês). Peguei algumas conversas e entre o inicio da conversa e a traição de fato, levou um mês e nesse meio tempo descobri. Eu estava numa fase muito ruim, pois uma pessoa próxima tinha acabado de descobrir um tumor, saído de duas cirurgias importantes, resumindo: meu emocional estava um caco! E juntando com a auto estima detonada pela traição, meu marido pediu e decidi perdoar…mesmo sabendo que nunca mais seria a mesma coisa. Um ano depois, as coisas ainda estavam se encaixando e engravidei de gêmeos. As crianças estão com 3 anos e são minha alegria e depois que tive eles, me transformei demais! Sou uma mulher muito mais forte, independente e tudo o que aconteceu lá no passado tem sido um fardo pra mim…não admiro mais meu marido e dessa forma, não consigo mais amá-lo! Não me arrependo de ter tido filhos com ele, pois é um pai excelente e cumpre seu papel de forma incrível, mas já não consigo enxergá-lo como homem…não consigo mais ter relações com ele, porque só consigo pensar no que aconteceu no passado e só consigo fazer planos de vida pensando em mim e nas crianças….Gostaria de um conselho: existe possibilidade de recuperar a admiração após uma traição? Dá pra perdoar e esquecer? Dá pra voltar a amar alguém? E eu penso muito nas crianças também…elas vão sofrer bastante com um divórcio. Quando faço um balanço de vida penso: não me arrependo dos filhos, mas me arrependo de ter casado…

Cony, eu desejo que sua vida seja muito abençoada e que vocês sejam muito felizes! Mantenham o diálogo, digam eu te amo todos os dias, prestem atenção aos detalhes, renovem-se como casal…eu acredito sim na felicidade dentro de um casamento, apenas não deu certo pra mim!

Poxa amiga… obrigada pelo conselho no final… concordo muito com o que você disse! Mas seguinte, se for perguntar a minha opinião MESMO sobre perdoar traição, já te falo que eu não consigo. Já aconteceu comigo, tentei perdoar e não deu. Aquilo me perseguiu por anos, também perdi a admiração, o interesse, o tesão (tanto é que no final do relacionamento, eu torcia pra ele ter outra pra transar com ela e me deixar em paz, era um martírio!). Por isso te falo, EU não conseguiria continuar um relacionamento após descobrir uma traição. Nunca mais será a mesma coisa, não adianta. Mas tem gente que consegue né? Tem gente que consegue apagar o fato da cabeça e continuar… isso depende muito… pode ser que você consiga, mas será um trabalho árduo e forte para você, tem que esquecer MESMO e nunca mais tocar no assunto. Concordo que pelos filhos pode ser que valha a pena a tentativa mas se não rolar, se não conseguir apagar o episódio da sua cabeça, não sofra não… Separe e bola pra frente que ainda tem muita vida por aí.

Conheço um monte de mentiroso que acha que não mente... eles não mudam. Nós é que precisamos nos ligar. #frase #frases #mentira
  • Choras ABERTOS! Podem enviar seus desabafos, suas histórias, suas angústias, suas tristezas para constanza@futilish.com e no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO!