BelezaLifestyle
Bem Estar
29 jun 2020, 20 comentários

Orelha Rasgada?

Quem aí também sofre desse mal? Por aqui, minha orelha é tão mas tão rasgada que mais um milímetro e ela abre de vez.

Eu sempre gostei de brincos, posso sair pelada, mas não sem brincos. Sou aquela que na escola sempre ia com um brinco gigante hahaha. E eu nunca liguei pra tamanho, material e peso deles… A consequência foi uma orelha se rasgando aos poucos e como disse, quase que completamente.

Mas por que o furo da orelha rasga? Bom, o principal motivo é o peso dos brincos e faz todo sentido né gente? Quanto mais você puxa algo, mais deforma, e eu SEMPRE fui do brincão. Além disso, quantas vezes não enrosquei o pente no brinco e dei aquele puxão? Mais um motivo para rasgar a orelha. Além disso, o material dos brincos também vai machucando a orelha. Eu sempre fui da bijouteria, do material mais barato mesmo, e… mais rasgo.

E fica feio viu? Nem por isso eu parei de usar meus brincos pesados, e já tentei de tudo para deixar eles no lugar e sem aquele risquinho feio: sutiã de orelha, tarraxa mágica, mas o que mais gosto mesmo é colocar um quadradinho de micropore atrás do lóbulo para segurar o brinco.

Porém, existem técnicas para “consertar” esse defeitinho de forma mais duradoura. Digo “duradoura” porque nada é para sempre, nada impede de colar o rasgo do lóbulo e depois ele abrir novamente caso a pessoa continue usando os brincos pesados.

Lobuloplastia – é um procedimento cirúrgico, simples, que consiste em acabar de “rasgar” a orelha, criar um “machucado” e forçar a cicatrização. Claro que tudo feito com anestesia local.

Vale lembrar que mesmo sendo um procedimento simples, ele deve ser feito por um cirurgiao plástico, pois dependendo do caso, tem que tirar uma parte do lóbulo e precisar de cuidados especiais.

Ácido Hialurônico – vocês sabem que o ácido hialurônico é o material utilizado para fazer preenchimento facial né? Quando tudo cai, ele que preenche e renova a aparência. Da mesma maneira, ao usar brincos pesados, o lóbulo “cai”, fica esticado, e aí entra o AH para repor o volume perdido e deixar a região mais “gordinha”. Só que esse método tem curta duração, cerca de 1 ano apenas.

Em ambos casos, tanto na lobuloplastia quanto na aplicação de ácido hialurônico, deve-se evitar usar brincos tanto os normais quanto os de pressão por pelo menos 30 dias. Na verdade acho que é por isso que não animo colar minha orelha hahaha.

Confesso que é uma cirurgia que eu deveria fazer, mas sempre adio. E nem é por medo (tenho ZERO medo de cirurgia) é por não querer ficar 30 dias sem brinco mesmo.

  • Alguém mais passar por esse problema de lobulo rasgado? E alguém já operou?

Beleza
Eu Testei!, Maquiagem, Swatches
22 jun 2020, 13 comentários

Comprei e Testei – Camuflagem Makiê

Isso é tão 2009 mas eu JURO que amo fazer resenha de maquiagem! E cá entre nós, é uma baita utilidade pública né? Pelo menos eu, toda vez que vou comprar uma make nova, dou um google pra procurar resenhas e swatches. Alguém mais é assim? E sinto que cada vez tem menos informações nos poucos blogs que ainda existem. Por aqui continuamos firmes e fortes, afinal, usaremos maquiagem atéeeee o finalzinho dos nossos dias. Ok, falo por mim, eu usarei kkkk

Vi um vídeo da Alice Salazar comentando sobre 5 maquiagens nacionais que valem a pena e ela super frisou o tanto que está gostando da camuflagem da Makiê. Daí me lembrei que uma seguidora tinha me mandando um direct me perguntando se eu conhecia o produto e eu nem sabia o que era. Atiçou ainda mais minha curiosidade e fui lá no site da Makiê ver do que se tratava.

De cara percebi que o carro chefe da marca são as camuflagens mesmo, um corretivo beeeeeeeem poderoso e que tem em várias cores, inclusive para aquele tipo de correção por colorimetria sabe? E vocês sabem o tanto que sou amante de corretivos de alta cobertura para esconder meu melasma e manchas de espinha. Enfim, daí que tive um trabalhinho para achar minha cor (eis a parte que reclamo que ninguém mais faz swatches) e acabei escolhendo 3. Primeiro comprei a Cannelle e a Vanilla. Não satisfeita, achei as cores um pouco claras pra mim, voltei no site e comprei a Caramelo. Daí acho que sosseguei. Na primeira compra também pedi um Cover Up e um Banana (já já vou explicar o que são) que como seriam produtos que usarei menos, pedi na versão “econômica”. Na segunda compra pedi também uma Camuflagem em Pó, na cor Tawny. Exlicarei tudo, mas vamos as fotinhos.

Os novos moradores do meu predinho de maquiagens rsrsrs

Vamos falar primeiro do Corretivo Camuflagem.

“Corretivo com tecnologia de camuflagem dermocosmética, altamente pigmentada de grande potencial de cobertura. Formulado com matéria-prima com qualidades especiais, pigmentos dermatológicos de nível premium, o que há de melhor no mercado mundial. 

Desenvolvimento das cores, textura e densidade baseado nos tons de pele e clima tropicais, seguindo a regulamentação brasileira e sendo classificada como uma das melhores camuflagens do mundo. Está disponível em uma ampla gama de tonalidades que na aplicação se fundem entre si ao serem esfumadas, o que dá à maquiagem um efeito com aparência natural e matte. Testes aprovados para resistir aos climas quentes, câmera, luz, uso profissional em ambientes de estúdio e longas filmagens, inclusive aquáticas.

Como usar: É especialmente indicado para rosto, região dos olhos e pescoço; para maquiagem de grandes efeitos, make artística, correções de todos os graus de complexidade, etc. Projetado para corrigir e cobrir a pele, olheiras, manchas, desfigurações da pele, acne ou cicatrizes, marcas de nascença, anormalidades, descoloração, vitiligo e tatuagens. O efeito de cobertura da CAMUFLAGEM MAKIÊ vem transformando vidas de rostos, com necessidade de alto grau de correção. Pode ser aplicado com pincel kabuki, esponja ou com a ponta dos dedos; uma pequena quantidade é suficiente para dar a cobertura perfeita e para se manter intacto por horas, até que seja removido com demaquilante. Quanto mais cores forem usadas, melhor e mais natural será o resultado, fazendo o desenho de iluminação com os tons mais claros, dando cobertura com os tons mais próximos ao da pele e afinando o rosto com os tons mais escuros.

Versatilidade do produto: As cores podem ser misturadas entre si formando outras. O uso da CAMUFLAGEM combinado com o DILUIDOR MAKIÊ produz efeito surpreendente, podendo ser usado como base mais cremosa, mais líquida e até como um corretivo líquido. Algumas cores já foram aprovadíssimas, aplicadas nos lábios como batom e os tons mais claros na linha d’água dos olhos. Indicamos o uso do produto Pó Fixador Translúcido para selar. Para retirar, usar demaquilante bifásico.

O potinho de 17g custa R$ 69,90 e tem várias tonalidades. Eu comprei as 3 abaixo.

Cannelle, Caramelo e Vanilla.

É muito muito muito GROSSO! Duro mesmo, daí tem que usar um diluidor! Eu pinguei uma gotinha do Duraline da Inglot.

Esse é a cor Cannelle. Gente fiz essa tatuagem muito estrategicamente né? rsrsrs, adoro ver se o corretivo é bom mesmo cobrindo ela kkk. Enfim, o corretivo é bom! Na foto está com duas camadas, acho que com 3 cobriria a tattoo. A cor Cannelle é mais amarelada.

Esse é o caramelo. Para minhas olheiras foi ótimo! O que mais gostei na pele, apesar dele ter um fundo rosado e eu ser amarelada. Mas acho que funcionou melhor na minha pele do que o Cannelle.

O Vanilla é bem claro e amarelado, ideal para iluminar!

Os 3 lado a lado. Pela foto, eu seria Cannelle, mas como falei, o Caramelo funcionou melhor. Vou tentar misturar eles para ver o que que dá.

Esse é o Cover Up, um tom de salmão que é ótimo para corrigir olheiras azuladas e arroxeadas. Dá para usar como blush também. Como esse usarei menos (os outros faço até a pele), comprei a embalagem com 4g e que custa R$ 29,90.

Esse é o Corretivo Camuflagem Banana, bom para iluminar!

No centro o Cover Up (mais alaranjado) e o Banana.

E aqui, swatch de todos os meus Corretivos Camuflagem Makiê, lado a lado: Vanilla, Cannelle, Caramelo, Cover Up e Banana.

E como eu amo tudo que tem camuflagem no nome, quando vi esse pó, quis testar também. Tinha só 3 cores disponíveis e comprei a que mais serviria pra mim – Tawny – mesmo sabendo que seria um tom mais claro pra minha pele mas em nenhum lugar do site achei as outras cores. Parece que só tem agora as mais escuras.

“Um corretivo leve, cremoso e discretamente opaco. Fornece uma cobertura invisível suave e de longa duração para todos os defeitos da pele. Resistente à água, livre de fragrâncias e não-comedogênico.”

Não achei que ele tem essa cobertura toda não, inclusive achei pouca cobertura. Diz que é cremoso e isso me confundiu um pouco, mas é pó com textura de pó mesmo. As vezes não tô sabendo usar direito, mas não amei não. Achei bem comum.

  • Comprei tudo no site da Makiê mesmo (LINK), a primeira compra veio super rápido, a segunda já demorou um bocado, mas deu tudo certo. Gostei dos corretivos cremosos, sinto que compraria de novo caso acabasse, mas o pó não. Me contem, vocês já conheciam a marca?