LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
28 nov 2021, 4 comentários

Mi Casa, Su Casa – Pequenas Intervenções, grandes impactos

Hello Fufu-terrestres!

Estou aqui elaborando uma surpresinha para vocês na minha cabeça, porém ainda está cru demais pra soltar spoiler. Como estão? Tem se cuidado? Tem iniciado vida social?

Por aqui a prefs liberou 75% de ocupação em eventos, restaurantes e etc. Aos pouquinhos eu tenho ido em pequenos encontros e festinhas, confesso que minha “bolha” contribuiu para que todos os convites tenham acontecido em espaços abertos então por mais que houvesse bastante pessoas me sentia, de certa forma, tranquilo por não ser um espaço confinado.

Estes últimos tempos eu tenho falado muito sobre a Nest em reuniões de networking – muito adulto isso – e pensei hoje em falar sobre pequenas intervenções na decoração que tem grande impacto, assim caso se anime, algumas coisas ainda são possíveis de efetivarmos para as festividades no final de dezembro.

Tapete

Uma forma muito rápida, atualmente barata, se dar personalidade aos mais diversos ambientes. Pode acrescentar cor, textura, formas e enriquecer visualmente a casa.

Dica: Deixe os tapetes mais cabeludos para salas de tv e de estar, e deixe os mais baixos nas salas de jantar e quartos. Nada pior do que pisar descalço ao acordar na tarraxa do brinco que se perdeu no tapete.

Ambientes como espaços gourmet, sacadas, terraços também podem receber esse produto. Hoje em dia tempos diversos materiais, como fio náutico que podem ficar em ambientes externos.

Poltrona / sofá

Quem me acompanha aqui há mais tempo sabe que eu adoro colocar uma cor num sofá. Não tem lei que diga que o sofá precisa ser obrigatoriamente bege, cinza ou marrom, ok?

Aproveite e adicione esse toque de personalidade comprando um novo, ou ainda melhor – reformando o seu – assim o planeta também fica com menos resíduos. Se o medinho habitar seu coração, comece por uma poltrona de cor diferente, ou até mesmo uma composição de almofadas, o importante é se abrir para a possibilidade de cor.

Papel de parede

Rápido e rasteiro, a instalação do papel pede que a parede esteja: lisa, limpa e seca.

De resto sua imaginação (e orçamento) são o limite. Em questão de estilos e de cores praticamente não á um final nas opções de mercado. Aproveite as compras online que encontrará valores amigos de qualquer profundidade de bolsos.

Se o local onde decidir aplicar o papel for uma parede reta, sem portas e janelas, no máximo 12 ou 13 metros quadrados (que seriam 3 rolos padrão de papel) vale a pena tentar fazer você mesma. Tem bastante tutorial em vídeo. Só não indico começar onde tem portas e janelas pois os recortes podem ser desafiadores.

Quadros

Aquela parede pelada deixará de enrubescer quando a visita chegar se a gente colocar uns adereços nela para cobrir partes de sua extensão.

É outra forma de engrandecer a decoração em cor, textura, e até volume dependendo da técnica. Para não gastar rios de dinheiro, já que arte pode custar caro, procure gravuras e/ou fotografias.

Na hora de comprar lembre-se que vidro encarece muito o frete, então se optar por comprar online faça a aquisição das impressões (canva ou papel), mas deixe molduras e vidros para orçar numa vidraçaria próxima. Um último ponto a se levar em consideração é que quadros grandes custam muito mais do que uma composição de vários pequenos.

Trilho iluminação

Sim, ele não poderia faltar. A diferença que faz ter spots direcionáveis de luz, principalmente em locais como salas de estar, jantar e de tv é inimaginável. Closets e escritórios também se beneficiam da luz diferenciada. Atualmente no Mercado Livre há bastante oferta de trilhos, brancos, pretos, de 1 ou 2 metros já num mesmo anúncio, com 3, 4 até 6 spots. Eu acho que para cada um metro de trilho 3 spots é uma boa proporção. Lembrando que é possível ir emendando, fazendo um grande trilho, ou ir criando curvas acompanhando o cômodo.

Eles também são de fácil instalação, especialmente os de sobrepor que podem ser aplicados em gesso, laje, madeira ou PVC. O modelo de embutir somente servirá em forro de gesso porém eu não acho que vale a pena a sujeira de cortar o gesso, vai se sobrepor mesmo que tenha gesso.

Para iluminar ambientes sociais prefiro mais amarelinhas, mas as naturais também ficam bonitas, fuja da luz branca que deixam as cores desmaiadas e as pessoas acinzentadas.

Pintura

Güenta uma sujeirinha ainda antes do final do ano?

Uma pintada sempre anima, estamos falando de parede, ok?

Pode ser uma cor de destaque em uma face completa da parede, contudo gostaria de instigar a fufulândia a pensar em um pouco mais de ousadia.

Desde uma não tão incomum textura de cimento queimado, como a patroa usou na sala dela, até pequenas intervenções com geometria, num canto da sala, na extensão de um corredor, no fundo do closet, e claro, um teto colorido que fica muito impactante.

Falamos de cor já em 2017, AQUI, quando comentei sobre a pintura geral de um imóvel. Agora esse apto que usei de exemplo já está finalizado e a cor foi, Coral: Peça de argila.

Desculpe a demora no post hoje, a luz acabou as 15h e só retornou próximo as 20h, e eu ainda precisava escolher as fotos para ilustrar a matéria.

Lembrando que se vocês deixarem sugestões nos comentários ajuda muito! No último post já consegui muitos temas.

#Bença!

LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
14 nov 2021, 12 comentários

Mi Casa, Su Casa – Forro vinílico

Hey Foooooofoooooous!

Conta pra mim nos comentários como vocês estão e me deixem sugestões de temas pra escrever. Eu uso muito do que a gente tá vivendo nas obras do escritório para falar com vocês, mas também quero satisfazer quem nos lê aqui e aprender com suas dúvidas.

Tempos atrás, falei AQUI dos profissionais que querem que as pessoas usem apenas itens naturais e coisa e tal. Hoje é um dia desses, falaremos de um produto recente que traz muitas vantagens para quem opta por ele.

Já vou deixando claro que não é um publi, infelizmente.

Arq Juliana Duarte, Maceió

O forro vinílico não é um lançamento, contudo ainda é pouco difundido. São diversas vantagens, entretanto uma das dificuldades para popularizar é: Preço. Na minha região ele chega na faixa de R$ 150,00 por metro quadrado, ou seja, próximo do dobro do gesso acartonado e quase 4 vezes o valor do gesso convencional.

Vamos falar inicialmente de como ele é formado:

Visualmente ele é como aquele forro de pvc bem simples, a grande diferença é que hoje a qualidade de impressão nos permite ter uma textura muito verossímil de madeira e um verniz que deixa ele com aspecto natural.

Ainda que a “estampa” mais usada seja a de madeira, muitas outras estão disponíveis, como cimento queimado. E apesar de ser um forro, funciona super bem como revestimento de paredes também.

Vantagens construtivas: Rapidez, fácil instalação e leveza.

Vantagens para o morador: não necessita manutenção periódica, sua única manutenção é a limpeza com sabão neutro e um pano úmido.

Vantagens para o mundo: não gera resíduos de instalação, não precisa de lixamento, cola ou vernizes e pode ser reciclado.

A maior parte dos (poucos) fabricantes produz esse material no formato 20cm por 6 metros e como eu antecipei, qualquer pessoa que sabe instalar o forro de pvc simples é apto para aplicar o vinílico.

Acima falei que o valor é mais alto que o gesso, mas quando o que buscamos é o “aconchego” da madeira, a distância entre valores da madeira natural e o vinil não é tão grande, e o produto natural exige lixamento e reaplicação de verniz anuais, o que torna o investimento muito maior.

Casacor Pernambuco 2019

Muito do material dessa matéria é da Araforros e do Teto Vinílico.

E aí, o que acharam?

#Bença!