LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
26 jan 2020, 0 comentários

Tem Jeito 64 – Manoela´s Living

Olá Fufuland! Tudo certo nesse novo ano!? Aqui estamos a todo vapor, graças a Deus. Fico muito Feliz com cada msg de vocês e acho que é porque algumas pessoas estão de férias ainda, tenho recebido muitas. Muito obrigado por disporem do tempo de vocês para interagir. Aqui, no Instagram, por email, de todas as formas.

A Manoela mandou esse email tem um tempinho, e até trocamos mais algumas mensagens, pois eu precisava entender melhor alguns pontos.

Saudade de oferecer algum goró aqui, então como é janeiro vamos com aquele que eu tenho feito muito:

Desculpe se imaginou que era Gin…. Tô perto demais dos 40 para tomar Gin domingo a tarde. Então #vemkotio :

“Olá Lelo
Primeiro quero te parabenizar pela tua disposição em ajudas as leitoras e pelo bom gosto.
Amo a Constanza e é o único site que vejo diariamente.
Gostaria muita da tua ajuda para sala da minha casa.
Como o projeto da casa não foi nosso nunca consegui colocar
os sofás e organizar de uma forma harmônica.


Acho minha sala estranha, mas provavelmente é por não 
saber decorar mesmo. Tenho certeza que me dará dicas incríveis
e prometo seguir e te enviar foto pronta!!!
Gosto do estilo moderno e escandinavo, não entendo nada, só coloquei no google para te falar o que combina mais com minha família.


Se possível gostaria de reaproveitar meus sofas (cada um mede 2,10 m), posso recapar se achar necessário.

Também trocar as cortinas por compridas até o chão e pensei em tafetá.
Enfim, deixo ao teu critério.
Desde já agradeço muito se me ajudar e tens uma admiradora.


Ah, só mais um detalhe, (haha), tenho três filhos (6 anos, 4 anos e 1 ano), tenho um espaço kids em outro lugar da casa, então quero a sala para receber a família e amigos, 
mas que seja possível ter crianças circulando.
Grande Abraço
Manoela

Menina, muito obrigado pelo email cheio de amô! Como precisei de mais algumas informações, já disse que a casa é incrível! Espero que uma das duas versões – sim, temos duas opções BEM diferentes hoje – te faça feliz.

Primeiro, we have a problem. O Estilo Escandinavo, que já mostrei AQUI, é bastante diferente do que você tem hoje. Tudo que é relacionado com o scandinavian style é cinza + branco + madeira, e muito raramente tem um toque de cor:

Contudo, percebi nas fotos que toda sua área social é integrada, então para a primeira versão, seria necessário que repintem basicamente… a casa toda. Nessa simulação utilizei o Prata (C161) da Suvinil.

Nossa primeira conversa será sobre a lareira. Desconfiado que fosse por segurança, já que temos 3 pequenos na casa indaguei e descobri que na verdade o aparato não é usado pois a fuligem incomoda. Só sei que: falou de sujeira eu também corro para as montanhas. Entretanto, mesmo que não use é um ponto focal da casa e deveria ser celebrado. Mesmo que não usemos lenha, é possível utilizar como uma lareira etílica, com álcool de cereais e pedras vulcânicas – verifique com algum representante local qual poderia ser adaptada dentro da sua, e voltar essa belezinha aos dias de glória. Ainda que a família não acenda mais o fuego, não vejo como ficar com essa portinha de cemitério vertical como primeira coisa que se vê ao entrar na sala e ser feliz. Logo, para a primeira versão da sua sala, teremos lareira…. e lounge!

Separei a área de TV mais próxima a janela, e criei um segundo espaço de conversação com um tapete englobando poltronas e um pufe grandão, onde 4 pessoas podem interagir e bebericar um bom vinho.

Nas paredes, a cor mais clara já suaviza muito, então deixei a TV direto na parede, o volume da lareira no mesmo tom, e usei pinturas discretas e decorações com várias alturas. Nesse formato partimos de 4-6 pessoas para 10 lugares. E diversos pontos de apoio e decoração.

A primeira visão de quem entrar nessa sala, será de um grande espaços, com dois usos bem distintos, porém sem exageros. Eu estendi a cortina até bem próximo da lareira, para que ela dessa essa sensação de “abraçar” o sofá que fica de frente para o televisor e delimitar uma fatia maior do cômodo para quem estiver curtindo a telinha. Ao lado do sofá coloquei uma luminária alta, pois ajuda muito a criar um clima.

Na outra parede, como temos a porta que abraça o lounge com as poltronas porém não completamente, logo, uma planta alta chama atenção para o canto e como a parede clara provém um contraste menor com a laca branca, tudo mantém a atmosfera tranquila. Uma mesa de centro cinza clarinha serve para decoração, jogos e apoio. O móvel abaixo da TV pode guardar recordações, já que os brinquedos da casa tem outro endereço. Também propus um plafon de cristais para a área de TV, e um rebatedor para o lounge.

Nessa visão geral vemos que os dois ambientes se complementam com tons neutros e convidativos. Muitas texturas e tons natuais perto do chão e mais frios e claros para paredes, mobiliário e teto. Outra coisa: Você comentou sobre tafetá para as cortinas e no caso desse estilo, o melhor seria usar linho.

E agora vamos para a segunda versão.

Eu gosto muito do estilo que a sua casa já tem. O tom de bege das paredes é bem legal para uma região mais fria, e desta vez quero dar um jeito de esconder sua lareira sem obra e sem a portinha de tumba. Para isso eu novamente falhei em usar os dois sofás, porém, a sala ficou um luxo. E você não vai precisar repintar a casa toda.

Temos um novo sofá, cinza, que traz a parte mais moderna que te agrada e acomoda a família toda: 320cm de sofá pra todo mundo! para não descentralizar muito a TV desse sofazão, usei um aparador nas costas do seu sofá, que trocou de roupa é também está mais cinza, dando uma ” soltada dele da parede. Mesa lateral e mesas de centro foram adicionadas, assim como uma poltrona e pufe com uma cor calma, uma sugestão de azul.

O tapete (350×250) traz aconchego e amarra toda a generosa sala. Na parede principal, sugiro um degrade de listras na cor que você já tem, e incluir uma planta grande sempre alegra os espaços. No aparador, dois abajoures conferem iluminação mais baixa e elegante.

A lareira foi soterrada! Como ela é muito alta imagino que algo perto de 120cm pela proporção da foto que me mandou – e eu prometi que não ia ter obra – proponho o seguinte: Um pé recuado em espelho, e na parcela superior, uma “cinza” de madeira, aqui fiz com espessura de 5cm e assim o móvel branquinho- que tem largura de 280cm tem uma grande capacidade de armazenar bagunça, já qe parte dele é útil, e a outra parte apenas esconde o volume da lareira.

Aqui, nessa versão mais contemporânea as cortinas de tafetá vão super bem. para compor a parede, a mesa de apoio lateral ganhou um espelho acima dela, que preenche e equilibra esse lado de forma sutil.

Na visão geral, percebo uma sala elegante, cheia de elementos com muitos contrastes de texturas e muito aconchegante.

Agora é com você definir qual a melhor, ou qual a melhor mistura para seu canto. Desculpe a demora em responder.

E Fufús do meu coração, não deixem e participar comentando. Na fila agora temos: Bruna, Taina e Nayara. E Paula, essa semana eu te mando um email, não sofra!

Quem quiser participar, é só mandar email com fotos, se possível medidas, e dizer o que vocês gostariam que o espaço tivesse.

#Bença!

Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
12 jan 2020, 35 comentários

Tem Jeito decor 63 – Sala da Lina

Hello Fufulândia, and welcome back to our picaqueira!

Todo mundo bem? Como foram as festas por aí?

Aqui vivi momentos de plena tranquilidade e muito trabalho. Tomara que esse seja o tom de twenty-twenty.

Hoje teremos o primeiro imóvel da Lina. Ainda é aluguel, então não vamos sair quebrando nada, porém buscaremos o melhor para ela chegar em casa e se sentir no melhor lugar do mundo. #Vemkotio!

“Querido Lelo,
sempre que vejo seu trabalho fico babando por suas ideias incríveis. Pois agora acho que é o meu momento de gritar “help”.

Aluguei um apê e estou começando tudo do zero. Tenho algumas ideias em mente:

mas na hora de juntar tudo no papel vai dando um nó daqueles. Ao visitar o apê vazio, achei a sala de estar/jantar tão grande, tão grande… Só que agora estou quebrando a cabeça com a disposição dos móveis.

Já diminui tamanho do sofá, diminui o tamanho da mesa, puxa daqui, puxa de lá… até chegar a uma solução ideal, mas ainda sinto que a sala não está tão legal como eu gostaria ou com o espaço bem distribuído.

Minha sala tem 2,75m x 3,87m, porém só tenho duas paredes disponíveis. Meu problema está em dispor os móveis neste local sem atrapalhar a passagem de entrada e a passagem para os quartos. Queria manter o rack centralizado com o sofá, por isso optei por um sofá de 1,90m ou 2,20m. A princípio, queria uma mesa de jantar para 5 pessoas, mas acabei escolhendo uma mesa de 90cm x 1,20m para 4 pessoas por acreditar que uma maior não caberia no meu espaço.

 Fiz um desenho bem caseiro para você compreender minha ideia inicial (please, não sou arquiteta, então considere esse desenho bonitinho com carinho). Idealmente, pensei em colocar o rack/TV e a mesa de jantar do lado oposto (como na foto de um ambiente que usei como inspiração), mas acho que irá atrapalhar a entrada para os quartos e banheiro. O que me incomoda na disposicao atual é justamente chegar no apartamento e dar de cara com as cadeiras da mesa de jantar. Não sei o porquê, mas não me pareceu harmônico.

Estou enviando em anexo a foto da minha mesa. Com relação ao sofá, estou em duvida se compro um no estilo mais clássico ou um mais moderninho no estilo retrô.

Eu havia pensado num sofá de cor cinza escuro ou azul escuro. Só mais um detalhe: os eletrodomésticos da minha cozinha são todos na cor inox. Bom, já tenho o grosso, mais falta os detalhes para tornar a minha sala mais aconchegante e bem linda!

Me ajuda, Lelo?!Beijos!
Lina”

Claro que eu ajudo Lina! Primeiro, obrigado por tanto carinho, que percebo em todo seu texto. Agradeço de coração essa energia boa. Parabéns pelo vôo solo, ir pro nosso primeiro “lar” é um marco na vida de todos. E o seu desenho tá maravilhoso! Já viu um desenho do Oscar Niemeyer?

Catedral Metropolitana de Brasilia conceito em 1958 concluída em 1970.

Quanto ao imóvel parecer grande, e depois ser difícil de organizar tudo, é super normal, não precisa sofrer. Te confesso que eu preferia que você tivesse comprado o sofá de 220cm do que a mesa de jantar. Aliás, eu prefiro o sofá mais contemporâneo, retinho e azul marinho/petróleo…

Contudo, como você já adquiriu a mesa, fiz uma opção com ela. E o problema é que, a única posição que ela cabe, é justamente a que você desenhou e que não gostou. Mas não fique triste, segura minha mão mais um tempo. Vamos ver o layout que me mandou:

Entre o tampo da mesa e o balcão da cozinha precisamos de – no mínimo- 85cm. Com essa medida é possível uma pessoa estar sentada e outra passar atrás. É no limite, mas vai.

Nessa versão o sofá está com 180cm e um conjunto de mesas laterais, daquelas que se encaixam, a maior de 50x50x50 e a menor de 40x40x40 essa menor poderia servir como um 5º lugar a mesa, desde que o material suporte o peso. E que o jantar seja mais informal, porque 90cm de largura ficaria apertadinho.

Coloquei duas banquetas para o lado de dentro da cozinha, e complementaria os armários embaixo das bancadas, para ter mais armazenagem. Conversando com a imobiliária, é algo que geralmente os proprietários aceitam abater do valor.

Propus o móvel para a tv mais próximo a sacada, contudo como pode perceber a cadeira que fica perto dele vai ser mais sacrificada, será o local do amigo magrinho.

Bora para as paredes, que elas vão ter poucas diferenças nas opções seguintes:

Na parede de entrada, mantive a pintura branca na parte inferior, criando uma faixa de 80cm de altura branca e na porção superior, fui de cinza escuro. Apliquei a Suvinil Elefante D161, e em todo o restante Espuma do Mar D521.

Lembrando que antes de pintar é interessante fazer o teste de cor. Sobre a mesa, um espelho bronze redondo (80cm de diametro) e uma prateleira que engloba tanto a mesa quanto a TV, e mesmo sendo pouco profunda (15cm) apoia plantinhas e decorações.

Sobre o sofá 2 quadros e a frente dele um tapete redondo – truque já conhecido por aqui, porém dessa vez com chevron estilo missoni, que junto com as cortinas romanas criam linhas no sentido da largura do espaço, dando sensação de amplitude. O móvel em madeira confere aconchego ao estar.

Tentei a mesa encostada na bancada da cozinha, não sobrava passagem, tentei inverter a mesa e a tv, fica muito descentralizado com o sofá, tentei o sofá na outra parede e a mesa de lado na parede contrária… nenhuma versão ficava melhor que essa que você mesma já tinha estudado. PORÉM, se a mesa para 4 lugares fosse redonda (90cm de diâmetro)…

As cadeiras ficariam de forma a fugir das paredes e sobraria uma boa passagem entre o sofá e o acesso da sacada também. Ainda temos um sofá de 180cm, beeeeeeeem no limite da porta do corredor, mas mesmo com as mesinhas de apoio, é possível incluir uma bela planta próxima a varanda, o que traz muita vida ao ambiente.

As banquetas vieram para o lado da sala, enquanto o jantar fica todo sobre um tapete de 150cm de diâmetro, com cadeiras ghost (transparentes), para não pesar. Na entrada temos uma luminária alta e nessa versão deixei o home em branco para ele “sumir” na frente da faixa branca da parede.

E por falar em paredes, nessa eu usei a mesma textura de cimento queimado atrás do sofá, poré, com tons beges. Isso é algo que nem todos sabem, pode fazer o mesmo efeito com qualquer cor. Brancos, beges, cinzas e azuis são as melhores opções, contudo podem ser feitas em qualquer uma do catálogo. Para ficar em harmonia com o Elefante, sugiro o Açúcar Cristal A204.

Nessa proposta, você poderia levar um lustre até sobre a mesa (eu gosto de deixar a base do lustre a 170-190cm do chão, e no outro ponto colocar 2 metros de trilho iluminado com uns…. 5 ou 6 spots e efeito par20.

Na parede do jantar usei 3 espelhos redondos, 30,45 e 60cm de diâmetro, que nessa posição refletirão a luz natural para dentro da sala. Confesso que olhando a imagem agora, acho que falta felicidade, aconchego… um pouco de vida…

Pronto! Nada como botar um pau na vida da gente, alegra tudo, não acharam?

Agora, serei polêmico e vou dizer o que EU faria, se morasse aí.

Primeiro de tudo, eu chamaria alguém pra tentar deixar a bancada da cozinha americana com 70cm de profundidade, limitando ela com a porta do corredor e invandindo a cozinha o quanto necessitasse. Se for possível 70cm, é o necessário para acomodar 6 pessoas em banquetas altas.

Talvez precise de um chanfro na entrada da cozinha e isso irá limitar que se possa acomodar apenas 5 pessoas, conforme coloquei no desenho.

Não obstante, essa mudança na bancada elimina a mesa de jantar e permite o uso de um sofá de 240cm, as mesas de apoio na lateral, um home de até 300cm de largura, onde deixei mais 2 pufes de apoio para visitas, e uma mesa de centro.

Abajoures nas duas laterais da sala trazem um ar mais cenográfico, o tapete ajuda na sensação de maior espaço assim como as cortinas romanas.

Na parede da entrada logo atrás da porta, o espelho bronze cria um detalhe de “hall” propriamente, e a prateleira (270cm) pode apoiar livros, adornos, plantíneas … Essa última versão é a que eu tive durante 20 anos aqui no apê que eu moro e defendo que seja muito prática e funcional. Mas nós não vamos rejuvenescendo, então fiz questão de te mostrar opções com mesas também, pois ter apenas banquetas altas é desconfortável para pessoas com um pouco mais de idade, mesmo que sejam bem ativas fisicamente.

E por esse momento “abusivo” de opiniar de forma tão pessoal no teu espaço, (já que você inclusive já comprou a mesa) deixei um recado pra mim mesmo no projeto.

Espero que alguma te deixe feliz e fufús, quero todo mundo dando pitaco nos comentários. Qualquer dúvida eu respondo ao longo da semana.

Na sequêcia dos TJD teremos: Manoela e Bruna Cristheeeena!

Para participar é só mandar email com seus desejos, imagens e se possível, medidas para o email azuosexclusive@gmail.com – apenas um ambiente por fufulândes.

#Bença!