Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
17 nov 2019, 12 comentários

Tem Jeito Decor 59 – Big Boy

Hey fufulêzas! Turubó? Quem mais está salivando com a patroa nos stories pela Zoropa? Tenho que confessar que eu comi tão bem quanto (talvez até melhor) na França do que em na Itália… Contudo, Paris era um grande sonho, era o primeiro destino da viagem, então eu me joguei sem dó. Rato? Tem rato no mundo inteiro gente, não é porque não estão aparentes que não existem.

Hoje vamos dar a mão para a Jeane, que tem um little boy que tá virando mocinho, mudando de comportamento e o quarto dele precisa evoluir também. Larga a mamadeira e #vemkotio!

“Tudo bem, Lelo? Te acompanho no Futilish e vim recorrer ao seu bom gosto pra atualizar o quarto do meu filho, que completou 9 anos e quer um quarto de rapazinho.Pretendo substituir a cama.

O guarda-roupa, escrivaninha e nichos no chão serão mantidos.

De resto, seria a mudança na decoração e talvez a inserção ou remoção de prateleiras.

OBS1: Penso em usar cinza e branco nas paredes  
OBS2: Ele adora games e futebol.
Parede maior: 3,9m. A parede oposta tem um guarda-roupa e a porta do banheiroParede da porta 2,9m (até a porta); Parede da janela: 2,6m.

Bjos “

Rá! Como já aprendemos com o Cazuza: O tempo não pára.

Quando fazemos quartos de bebê na Nest, procuramos já fazer um guarda roupa que vá perdurar, um trocador que depois sirva de bancada de estudos e destinamos um espaço para berço e amamentação que depois comporte uma cama de solteiro. Então é uma boa dica pensar que o berço dura uns 2 anos… e o guarda roupa pode durar 20 anos tranquilamente (se for um produto de boa qualidade).

Você não me deixou muito espaço para recriar o quarto, entretanto acho muito inteligente manter o armário e a bancada. Preciso dizer que o ambiente do seu pequeno está muito cheio. Saturado mesmo. É tanta coisa que quem não mora aí com certeza deve ficar meio atordoado. A parte mais “tranquila” são as portas do armário.

Já falei da importância do vazio nesse post AQUI. Os tons preto e branco puramente deixariam o espaço muito fúnebre, então eu sugeri alguns pontos de cor aqui e ali. Bora lá:

Girei a cama para a parede lateral, onde está a porta. Dessa forma consegui criar um espaço entre a área de estudos e a cama, onde sugiro colocar um tapete, 2 puffes verdinhos (pitadinha de ) e criar assim um espaço para receber os amiguinho para uma tarde de jogos. Outra vantagem é que é que essa disposição ainda permite adquirir uma cama com cama auxiliar, aquelas que ficam embaixo da outra, ou – com gavetões para roupa de cama e banho.

Logo na entrada, no Hallzin, coloquei atrás da porta um espelho cobrindo toda a parede – não esqueça de colocar o limitador de porta para proteger – e na parede de frente, revesti com grama sintética. Sim, graminha de parquinho de criança. A textura é super diferente, e se ele gosta de futebol. Já temos esse material diferentão trazendo personalidade. Sei que tem uma variedade enorme de graminhas, então pra você não encontrar uma longa e me achar loukito, a minha ideia é usar a grama sintética em manta de 12mm:

Assim você pode passar aspirador e deixar o quarto livre de pózin-pó-e-pózão.

Sobre essa textura de grama, uma composição de quadros ou fotos já dá boas vindas para quem entra.

Na parede da porta foi necessário incluir algo aconchegante. Revesti no 3D com folha de freijó, uma madeira super aconchegante, mas também é possível alcançar efeito semelhante com papel de parede – apenas procure um que não seja uma impressão de madeira muito “falsa” esse seria bom comprar ao vivo, não arriscar online.

Mantive a coleção de carrinhos, porém mais perto da entrada, pois esse tipo de coleção também é coisa de adulto. Se nesse momento inicial ele não quiser, guarde. Guarde porque um dia ele vai querer de volta. Sobre a cama uma escultura de parede com um movimento mais orgânico. Se for na vibe de vocês, pode até comprar um em mdf cru e pintar juntos. Eu sugiro um tom metalizado, como o de aço cortem.

A cabeceira (L:110 A: 130 P: 6cm) estofada em um tecido tipo jeans ou linho azul (pontos de cor, lembra?) sem botonê, apenas as costuras formando quadrados já traz uma atmosfera mais juvenil. Fiz a cabeceira com 6cm para não estrangular a passagem, e o colchão considerei o padrão solteiro do Brasil, 89 x 188cm.

Propus uma arandela ao lado da cama, se não quiser rasgar parede e tudo mais, pode apoveitar o rebaixo do gesso e descer um pendente mais industrial, para ter uma luz de apoio pertinho da cabeceira.

Na parte de estudos, mantive os nichos baixos, que já apoiam games e impressora, inclui um televisor para os campeonatos, e mantive prateleiras para decoração. Pretendo usar as que você já tem, mas pelo amor de Deus, se desfaça da super população de nichos.

Essa parede também recebeu uma pintura em degradê, começando branca na parte superior e terminando em Tubarão Cinza, da Suvinil, que é a cor na parede da janela e na da porta do banheiro – caso opte por deixar o espelho pra depois, pinte aquele cantinho com o cinza também. Gosto também da ideia de atrás da porta ter um cabideiro, sempre temos algo para pendurar (mochila por exemplo).

O tapete tem tons azuis, e tem diâmetro de 150cm. Claro que se azul e verde não forem o que ele gosta, a mesma base vale para qualquer combinação que ele prefira até laranja e roxo.

O que vocês acham gente? Me digam o que vocês fariam.

Apenas para atiçar lombrigas…. na fila temos agora: Mayara e depois Laís.

Se mais alguém quiser, manda email no azuosexclusive@gmail.com

#Bença!

Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
03 nov 2019, 20 comentários

Tem jeito decor 58- Mountain High

Olá Fufuland!

Hoje teremos trilha no post, porque é uma das minhas musgas preferidas, e tem tudo a ver com o projeto da Liliane, PLAY:

E se alguém foi assistir esse show, prfvr, não me conte porque essa é uma frustração do fã aqui. E se você foi no outro show, que também já acabou, não me conte either, frustração de fã [2]. #Gratidão

Liliane mandou o seguinte email:

“Lelo,
Adoro seu jeito bem humorado e fico aguardando suas dicas de decoração.
Help-me!! Construímos uma casa nas montanhas capixabas com pretensão de vender, mas vamos curtir-lá um pouco antes.
Uma casa nas montanhas é um sonho, mas só conseguimos por causa de um investimento anterior, não teríamos condições financeiras para tanto. Assim, tudo que colocamos lá é com muito suor.
Vamos lá:

A sala e a cozinha são integradas, o pé direito é alto, a sala por enquanto só tem um jogo de sofá de madeira que compramos usados e mandei acertar o estofado.


A ideia era deixar a tv na parede de frente da entrada, mas tô achando que esse jogo de sofá ocupa muito espaço, colocar uma mesa de jantar e uma bancada separando a cozinha ou apenas uma mesa entre a cozinha e a sala? a parte da cozinha sem pintar vai ser revestida.


Se fizer dois ambientes sala de estar e jantar preciso colocar dois lustres?  A sala estar/jantar tem uns 25 m2.

Lelo, tá um quadro em branco, mas tô com dificuldades de achar um jeito. Segue a planta, se puder explicar como usar cortinas pq as janelas são baixas e o pé direito é alto.

Também fique a vontade para sugerir uma cor ou detalhe para a fachada da casa, ainda vamos pintar.
A casa é muito gostosa passamos o final de semana lá, primeira vez, ainda tá meio acampamento, já que falta muita coisa,mas meus filhos adoraram.

Se soubesse que vc existia de verdade tinha tirado mais fotos, ainda temos que ajeitar o quintal, tá com resto de obra, mas aos poucos vai tomando cara de lar. 
Já ansiosa pelo meu tem jeito.
Obrigada
!”

Liliane, que casa incrível! Tem muito potencial, como você disse, uma tela em branco. Acabei fazendo dois estudos um pouco diferentes, porque o layout que vocês pensam, inclusive já deixaram os pontos preparados para isso, talvez não seja o mais acertivo para enaltecer a grandiosidade dessa casa. Pega o chocolate quente e #VEMKOTIO!

Nessa primeira versão eu fiz uma proposta com um pequeno hall de entrada, com as duas poltronas que já foram adquiridas, uma mesinha que serve de apoio para trabalhar rapidinho num notebook, fofocar com uma amiga, fazer uma ligação pra família e com certeza, contemplar a vista. Logo atrás posicionei um sofázão (250×105) de frente para a televisão – afinal, não vai ser numa casa que é um refúgio que vamos deixar de assistir as séries, filmes e campeonatos sem estarmos jogados confortavelmente. Essa disposição está seguindo os pontos elétricos que vi nas fotos.

Fiz uma cozinha bem de casa de fazenda, super funcional e com um mesão (180×90) para a família toda.

Confesso que nessa versão me preocupei mais com os custos. Então incluí um painel até a altura da passagem para o corredor, e para cima, um papel de parede com textura de linho, para ficar aconchegante e criar uma área de interesse, um lustre sobre a mesa de jantar um tapete no hall de entrada. Aquele relógio é para esconder o quadro de luz 🙂 mas também é muito útil ter um relógio, especialmente na cozinha.

No caminho para o setor íntimo, três espelhos refletem a luz e trazem aquele brilho e glamour que precisamos para deixar os ambientes mais interessantes. O mobiliário da cozinha eu alinhei com a altura das portas, e utilizei um revestimento tipo tijolinho branco, pra dar uma iluminada naquele canto. Também sugeri todos os balcões inferiores em um acabamento amadeirado, conversando com o home e trazendo um conforto psicológico, e a torre e os módulos superiores, em um tom de cinza ou bege clarinho, fugindo do branco para não “apagar” o estrelismo do tijolinho. Usei um cooktop, mas é perfeitamente possível manter seu fogão, apenas te peço que quando fizer o mobiliário mova o botijão para fora por questões de segurança, especialmente em um imóvel que terá uso esparço. (Aliás, já pensou em colocar no Air B n B?) Bom mesmo seria investir em um cooktop de indução, muito mais seguro.

Agora vamos falar do pé direito duplo.

Não haverá possibilidade de você fugir de mega cortinas não. SE as esquadrias tivessem espaço para embutir uma rolôzinha, até seria possível disfarçar, entretanto usar uma cortina baixa com pé direito duplo é o cúmulo da feiúra (e da economia porca).

O resultado é um “achatamento” do principal diferencial da construção. então em algum ponto, essa escala grandiosa precisa ser celebrada. As cortinas fazem isso muito bem, e nesse caso utilizei duas pinturas exageradas (160×160 cada) pra causar aquele sirico-tico de inveja na sogra.

Agora a segunda versão.

Novamente fiz um mix de coisas que você sonhou com o que eu acho que funcionaria melhor. Neste outro layout, temos uma mesa generosa com diâmetro de 160cm e pé central, assim acomodamos seis pessoas confortavelmente. Girei o home para a porção entre as janelas, fugindo de reflexos, dando oportunidade de que quem estiver cozinhando consiga espiar a tela mais facilmente e mantendo a mesma proposta de lareira (já explico, guentae) uma das poltronas vintage que você tem e mesas de apoio.

Como eu falei antes, pé direito duplo precisa ser jogado (sem dó) na cara da sociedade, tem que levar as coisas até lá em cima pra pessoa chegar e Pá! Ser obrigado a erguer o queixo procurando NAONDGEE que isso acaba. Lustre também somente vejo necessidade sobre a mesa (gosto de deixar a 190cm do chão, mas depende de onde sai a luz propriamente).

Não sei como foi a assessoria que foi contratada contudo, na Nest quando trabalhamos com vãos altos raramente exploramos luzes no teto. É muito mais glamouroso usar arandelas, luminárias de coluna e outros recursos. E mais um ponto a se pensar é a manutenção. Em um ambiente com altura acima de 300cm precisamos (quase sempre) alugar um andaime pra trocar uma lâmpada, que dizer: Ninguém troca, vai ficando uma favela trevosa até que queima tudo e fazemos um aluguel só pra trocar todas.

Aqui, mantive os acabamentos da cozinha, porém já inclui um tijolinho bege, e fiz uma brincadeira com um tom azul “anoiteceu” acima do mobiliário da cozinha. Isso com uma barra iluminando de baixo pra cima ficaria deslumbrante e o custo e baixíssimo.

Você não bebeu todos os drinks bonitos com ácudo hialurônico da festa da Cony, tem quatro quadros ali sim. Quatro generosos quadros (140×140) que para terem um custo amygo, podem ser uma imagem comprada da internet e impressa em canvas, ou então comprar as 4 telas em branco e seguir algum tutorial youtubístico para deixar esse paredão deslumbrante. Esse painel na parede “fecha” o ambiente da sala de um jeito bilionário, e é só um revestimento coladinho na parede mesmo. Pode fazer com chapa de 15mm e o negativo tem 9mm (esse detalhe está alinhado com a porta/janelas – esses detalhes fazem a diferença):

Na primeira versão “escondi” a coluna atrás da cortina, nessa tirei proveito dela para afastar o painel e passar a fiação do televisor. É uma proposta mais poderna, onde o aparelho fica deslocado no painel, centralizado com o sofá, resultando em menos material e mais leveza (apesar de ir até o teto).

A lareira em questão, é uma lareira ecológica, alimentada por álcool de cereais, que exige um vão livre de 60cm de altura para não queimar o que tem acima dele. Sempre fazemos um grande nicho em pedra, assim tudo fica mais seguro. Um litro de álcool de cereais proporciona até 6 horas de calorzin.

Nessa segunda cozinha, a única diferença é que tirei um gaveteiro da ponta e segui com uma bancada:

Atente-se que eu fiz uma bancada “média” pois se ela fosse baixa (que segue altura de mesa 73-78cm) ia ficar parecendo um canto de castigo, visto que tem uma mesa do lado. Se fosse alta (105-110cm), formaria um “dente” nada elegante no mobiliário. então apenas “apoiei” essa chapa vindo da pedra que você já tem e descendo na lateral formando um pé. Para essa bancada, que deve ficar entre 95 e 97cm você precisa de banquetas com assento próximos de 60cm, que não são muito comuns por terra brasilis.

Particularmente não gosto da bancada ali. Preciso o fluxo solto. Aliás fiz ela um pouco menor do que a proposta da sua planta, deixei com 210×40. fica mais concisa e ainda totalmene funcional.

Para quem gosta de medidas: uma medida de largura mínima para bancada de lanches é 60cm por pessoa. E a profundidade para servir é 35cm, então 230x50cm tem sobras desnecessárias. Só espreme a passagem e não permite que outra pessoa sente de frente.

Não tenho informação nenhuma sobre a sua fachada, e nosso combinado aqui é um ambiente por pessoa 😉

PORÉM, fuja do comum, “camufle” a casa com os tons mais escuros e revestimentos amadeirados, fica elegantérrimo.

Desculpe a demora Lili. Acabei me atrasando (9 horinhas para fazer esse post- jantei pipoca aqui na frente do computadô.)

Fufu-delícias, ajudem com mais ideias nos comentários.

#Bença!