LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
05 set 2021, 10 comentários

Tem Jeito Decor 96 – Multiuso da Tatiana

Olá fufuzada! Tudo bem por aí? Aqui tivemos até uma chuvinha…. longe de ser o que precisamos, mas já é uma pequena bênção. Hoje vamos falar sobre as mudanças da vida. Nossas casas são tão vivas quantos nós e precisam se adaptar conforme nossos momentos também mudam. #vemkotio!

“Oi Lelo, sempre acompanhei teus posts no blog da Cony e sempre BABO nas tuas soluções. As vezes vem algo q fico pensando “nossa, q dificílimo” e vc tem sempre uma ideia incrível. 

Preciso muuuuuuuito da tua ajuda. Na casa dos meus pais, meu antigo quarto está precisando urgente virar um quarto híbrido, misto de “closet”, sala de tv, quarto de hóspedes. 
Meu irmão mora fora e precisa ter um espaço pra ficar com a mulher e o filho de 8 anos qdo vem passar o verão aqui no Rio, e no resto do ano, precisamos ter uma salinha de tv com bancada pro computador sem abrir mão de um bom guarda roupa pras minhas roupas já q voltei pra casa e ocupei o quarto antigo do meu irmão pra dormir. 
Socorro, Lelo, não fosse a necessidade de um armário tamanho normal nem estaria te mandando essa mensagem. Eu mesma ajeitaria tudo mas simplesmente não sei onde acomodar esse elefante aqui… 
A ideia é retirar o armário antigo que temos hoje que ocupa todo o comprimento do quarto e substituir por outro q não pode ser mínimo numa posição melhor pq do jeito q é o quarto aparenta ser mais ‘estreito” e não cabe legal uma cama de casal com bancada de computador e tv em frente à ela. Na minha leiguice eu só consigo pensar em um móvel em L na parede da porta mas não faço ideia se, na prática, vai ficar legal.

Não posso errar, Lelo!
Acho q é isso.  

Mil beijos

Tatiana”

Tatiana, a complexidade do que você quer realmente é alta. Mas eu fui pensando nas últimas duas semanas e testei alguns layouts.

Cabe 1 cama de casal + 1 de solteiro, mas não cabe um sofá, nem um bom armário.

Cabe 1 cama de casal + 1 sofá cama, e um mini armário, mas não cabe uma boa bancada.

Cabe um bom armário + 1 cama de casal e uma boa bancada, mas não cabe um sofá.

Quando um espaço tem muitas necessidades para seu tamanho físico, eu opto por pensar no que seria o principal.

Precisamos abrigar roupas, isso não vai mudar. A necessidade de ter um espaço de bancada, em tempo de pandemia, é quase sagrado, independente de que seu uso ser diário, ou para os hóspedes.

Optei por fazer um quarto carinha de hotel, porém com bastante armários, uma estante ao lado de uma boa bancada.

Para usar no dia a dia a cama pode ser girada 90 graus e acomodar 3 pessoas para curtir filmes e programações de TV com o uso de grandes almofadas. O resultado é o conforto de um sofá desses extensíveis, sem ser horroroso como eles geralmente são.

Para os verões, a cama ficaria na posição normal, e o truque é que o modelo de box tenha uma cama auxiliar para o sobrinho.

Acredito que essa é a forma que toda a família vai conseguir ser melhor atendida o máximo de tempo possível. Agora vamos olhar ambos os ladinhos e falar mais detalhes.

Atrás da porta, um armário de 200cm de largura e segui sobre a cabeceira completando com armários menos profundos. Andamos gostando muito de portas com palhinha, que proporciona uma textura aconchegante.

Como é desagradável dormir “debaixo” de um móvel assim fiz a cabeceira com 20cm de espessura, para já ser um amparo para celular e decorações, e trazer a cama mais para “fora” dos armários. Só temos a mesa de apoio de um lado pois a cama auxiliar precisa de espaço para abrir, assim é só inverter a mesa quando for receber mais de 2 pessoas. Sugiro também incluir uma fita de led (iluminando para cima) pra criar uma luz difusa, tanto para dormir quanto para ver televisão.

Na outra parede, comecei com uma estante de 80 cm e uma mesa de 120cm, assim temos alinhado com o armário essa mini área de closet e trabalho. Se você achar que precisa de mais espaços fechados, eu deixaria pelo menos um nicho central aberta, para não ficar tudo muito pesado, tipo “caixotes”

A mesa com pés metálicos deixa o móvel mais leve e para deixar o quarto menos “cheio” evitei painéis, só coloquei um painel ripado (75cm de largura) próximo a janela, para equilibrar com a parte da estante. Televisão para ficar boa de assistir da cama, eu prefiro que elas fiquem um pouco mais altas, 150cm do chão o centro da tela. para decorar, uma sequencia de quadros formam uma extensão da telinha.

Sobre as cores, palhinha escura, Mdf Capuccino da Guararapes é a base do mobiliário e o Amazônia da Sudati, agrega uma cor elegante para a cabeceira e a estante.

Caso com o passar do tempo você também voe para um novo ninho, não precisa mudar nada além da cama por um sofá e deixar essa ambiente fixo como escritório e sala de TV.

Qualquer dúvida me grite!

E vocês, me ajudem com ideias, é sempre engrandecedor quando alguém traz comentários sobre diferentes possibilidades.

Bença!

LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
11 jul 2021, 43 comentários

Mi casa, su casa – Regras demais

Hey Fufuland! Tudo bem com vocês? Vou jogar uma conversinha fora um pouquinho.

Quarentei na quarentena! Yesh, por isso semana passada não teve post. Peguei meu loro e fomos viajar. Um lugar próximo, uma pousadinha pequena – inclusive, só nós estávamos hospedados lá. O que foi bom porque pudemos fazer uma tábua de queijos e vinhos com uma amiga “fufu”, que depois de muitos anos de conversas tive o privilégio de conhecer e acabou se hospedando conosco. Muito obrigado pelo carinho Hallini S2 S2 S2.

Essa semana tivemos o aniversário da patroa, parabéns por ser essa pessoa tão linda por dentro! Muita saúde, muita paz, muito amor e sucesso ao infinito pra você. E muitas viagens, que o que eu mais quero é você no Chile com papi & mamita e na sequência grudadinha no sobrinho.

Eu quero falar das regras. Naquela redezinha de falsidades, que era de fotos e agora nem isso quer ser mais, recebi indicações de profissionais algumas/alguns perfis da minha área.

Aí eu vou seguindo, deixando de seguir, mas nos últimos meses percebi uma movimentação preocupante. Os profissionais estão com um discurso de:

_Não pode isso.

_Isso está fora de moda.

_Tal coisa é brega.

_Se for pra colocar isso, nem faça sua obra.

Uma coisa que percebi, é que geralmente esses mesmos perfis de profissionais oferece e-books, cursos, consultorias… Porém, raramente mostram uma obra. Sabe, trabalho de verdade? Ir numa loja escolher as coisas que vão efetivamente compor um lugar habitado. Não tem. Tem muito coquetel, imagem de maquete eletrônica e nenhum atendimento à clientes. Alguns tem testemunhos, entretanto a maioria deles são tão ensaiadinhos que são expressões físicas da vergonha alheia.

Vamos a exemplos mais explícitos desses cagadores de regra:

_ Piso de madeira somente se for natural, se não puder pagar não use algo que imita.

Sério mesmo? Com toda a tecnologia da indústria, em criar produtos democráticos para que uma pessoa possa ter uma bela casa com um porcelanato que proporciona o efeito de madeira (desde R$ 27,90 por metro quadrado) eu tenho que falar pra pessoa que se ela não tem R$ 280,00 pra por uma madeira razoável no piso é pra ela desistir do sonho?

Preciso mesmo desmatar uma Amazônia para fazer piso sendo que existem réguas vinílicas produzidas com material reciclado por 25% do valor e que não são “gelados” ao tato como porcelanato?

Não posso usar uma lâmina de MDF com textura de madeira, porque o orçamento do cliente não comporta uma lâmina de madeira natural?

Claro que se o sonho do cliente é a madeira natural e ele pode não apenas usar, como também pagar a manutenção, ótimo! Vamos usar. Mas eu não vou frustrar os desejos de uma pessoa sendo que a indústria tem, pelo menos, uma dúzia de opções de produtos que vão trazer satisfação.

Outros dois itens que esses neo profissionais sem clientes tem marginalizado:

Couro vegetal;

Linho / tecidos sintéticos.

Você tem R$ 30.500,00 pra um sofá de três lugares em couro italiano que não precisa de manutenção? Ótimo! Mas se não tem, qual é o problema de usar um de veludo 70% poliéster e 30% algodão por R$ 3.395,00? (não falem mal dele nos comentários, é o que eu quero comprar pro nosso apto novo, o @joy106d).

Espero que ao longo destes seis anos que estamos juntinhos aqui eu tenha conseguido nas matérias falar das coisas que me agradam, argumentando e pontuando questões técnicas, não puramente gostos ou itens que fazem sentido no meu estilo, sobrepondo aos desejos de quem pede um Tem Jeito Decor.

Falando nisso, a lista de ordem é essa:

Se alguém mais mandou mensagem, repete o email pra mim no azuosexclusive@gmail.com pra eu pôr na listinha, logo retorno com essas matérias, estava cansadinho e  finalmente já estou mais animado para fazer algo lindo para você.

E o que eu queria hoje, é dizer pra vocês procurarem um profissional, seja eu no modo online ou outro presencial, que crie uma casa que edifique seus sonhos, e respeite seus desejos e possibilidades.

#Bença!