Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
29 dez 2019, 16 comentários

Tem Jeito Decor 62 – Vanessa´s Living & Dining

Olá Fufu-delícias! Todo mundo bem depois da comilança do natal?

Eu me comportei bem, comi 10% do que o que o Papai Noel comeria, então não sofri de remorso depois.

Festas durante dias da semana são estranhas, porque eu faço stories no @Paraguaipink de segunda a sexta, e gravar lá da casa da vó foi engraçado porque tias e primos não são acostumados a ver essas coisas. #blogueirinclasseC

Contudo, estamos aqui para… dar pitaco na casa dos outros, né ? Então #Vemkotio ver o que a Vanessa pediu:

Bom dia Lelo! Tudo bem?

Gostaria em primeiro lugar de dizer que adoro suas ideias e bom humor! Queria poder contar com seu mega bom gosto para dar um up na minha sala…

Me mudei há pouco mais de um ano pra esse apartamento e desde então ela está assim bem sem graça, faltando alguma coisa…

Fizemos a marcenaria tentando combinar com os móveis que já tínhamos (mesa e sofá). Preciso de umas dicas pra incrementar e dar um ar mais classudo e convidativo pra essa sala, se tiver como manter sofá e a mesa seria ótimo, mas estou totalmente aberta a suas sugestões.

Queria um espelho e alguma textura ou cor para a parede que tem o ar condicionado, ou atrás do sofá, enfim não sei o que fazer e não sinto segurança para fazer muita coisa.

A porta de vidro que dá pra sacada traz muita claridade e as vezes atrapalha um pouco a televisão, pensamos em colocar um cortina ai mas não sei o que combina e se daria certo.

Preciso muito da sua ajuda!!!

Ansiosa por sua resposta…

Um grande abraço,

Vanessa

Hey Vanessa, muito obrigado pelo carinho. Gostei muito da planta do seu apartamento e já adorei que você personalisou porque já dei falta de uma porta no corredor, HAHAHA sou muito espião.

Como de costume por aqui, todas as Fufús tem bom gosto e sua “base” está muito legal. Realmente, falta algo para elevar o potencial da sua casa. E tudo que precisa é um pouco de cosmética. Gostei da disposição, não acho necessário substituir mobiliário de imediato.

Basicamente vamos fazer uma grande maquiagem na sua sala:

No hall de entrada, escureci as paredes. Suvinil Barrica de Carvalho P150 foi a que apliquei na paredinha onde devem estar os interruptores, a parede da porta de entrada e a parede do ar condicionado.

Quando tenho uma parede grande, que é uma passagem e temos um elemento fixo nela (no caso seu ar condicionado) gosto de propor algo que preencha ser criar muito volume e de um jeito fixo para evitar coisas caindo. Propus então as famosas boiserries. Já falei delas AQUI. Centralizei-as na parede, e optei por duas composições de um metro de largura, pintadas na mesma tonalidade que a parede. Caso goste de um elemento mais impactante “mais cheio”, pode repetir o desenho internamente, como nessa imagem aqui:

Descobri recentemente no mercado livre um “rolo” de molduras de eva que podem ser usadas e o preço é ínfimo. Caso se interesse, o link está AQUI.

Para o ambiente de estar, acrescentei duas mesas, central e de apoio, papel de parede com textura de linho em toda aquela parede atrás do sofá, e duas grandes telas ou fotografias, essas que usei são fotos de plantíneas Calatheas. Nunca duvide também do efeito lindo de um grande relógio:

Não sei se o imóvel é seu, caso seja, defendo que invista num revestimento lushuozo para o jantar. Esse da imagem é o Korea, da marca Ceusa. Seriam apenas nove peças alinhadas com o centro da mesa, e para uso nesse ambiente ele pode ser instalado sem rejunte, conhecido como “junta seca”. Para deixá-lo solto assim, presica pedir pro assentador fazer um acabamentinho com a massa las laterais, ou usar um filete de acabamento. Se o imóvel não for seu, pode substituir por couve digo, papel de parede, com um movimento bonito, ou uma geometria moderna. Como deve ter percebido, remanejei os quadros que você já tem para o corredor, que neste lado e no fundo é pintado numa cor mais clara (Suvinil Concha do Mar C149).

Peço desculpa por não ter terminado de decorar sua estante. o vão debaixo ficou vazio, e se forem leitoras atentas, tem uma estátua VUANU lá em cima. Contudo sofri um golpe:

Sim, o programa resolveu que não ia mais trabaiá não salvava mais nada, sem contar que ficava fechany e não deixava inserir novos itens.

Mas a maioria das imagens já estavam salvas, graças a Deus.

Sim, inclua cortinas! Essa parte têxtil traz aconchego e requinte. Se você ainda quiser uma luz entrando, use um tom bege acinzentado, com um tecido tipo linho. Se a luz que incomoda é o reflexo na tela do televisor, tem alguns “semi-blackout” que fecham entre 60 e 70% e tem aparência de tafetá. Como pode perceber, eu repeti a cor escura na parede do jantar e segui pelo corredor com ele também. Como tem grandes vãos nessa parede, você pode repetir as molduras (boiserries) ali também.

Queria ter feito imagens com o sofá em outras cores, como azul, verde oliva, grafite, pois um dia esse estofado vai precisar de uma roupinha nova e tudo que você imaginar vai combinar com essa composição que fizemos.

Surgiu um auto-save aqui muito louco, (Não estou reclamando Xezus) e eu consegui fazer mais imagens com os sofás coloridos, fiz até com rosa quartz porque…. por que não?

Espero ter ajudado com essas ideias, e gente, deem opiniões nos comentários, é muito bom ver outros pontos de vista.

Beijão pra todo mundo que lê a gente no Futilish, obrigado por esse ano que foi tão difícil, mas que nos fez crescer muito.

Estelina e Manoela, vocês são as próximas.

Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
15 dez 2019, 33 comentários

Tem Jeito Decor 61 -Laís me apertô!

Hey fufu-pipôws!

Como vocês estão nessa que – para muitos – é a última semana de work-work-work do ano?

Eu estou com uma mistura de sentimentos, pois quero descansar, mas quero produzir. Tanto que apesar das férias de 20/12 até 06/01 já arrajei uns trabalhos extras e um curso de um software que a gente quer implementar no escritório.

Mas vamos parar de trelelê, e falar da Laís, que está num momento muito especial:

” Oiiii Lelo…Tudo bem?
Primeiramente, gostaria de te agradecer e parabenizar pela sua coluna no Blog da Constanza. Eu adoro ler suas dicas de decoração, especialmente agora que eu estou aguardando as obras do meu mini apê!! 
Vamos lá… 

Sou advogada, tenho 27 anos, moro em São Paulo Capital e, em breve, vou me mudar para meu primeiro apartamento de apenas 26 metros quadrados. 

Preciso de sua ajuda com a decoração e com a disposição dos móveis da sala de estar/jantar. Ainda não comprei nenhum material de obra ou mobiliário, pretendo mandar fazer planejado.
Bom, eu gostaria que a sala fosse um ambiente que eu pudesse receber meus amigos com conforto e preparar um jantar para minha família.

Não faço questão de ter televisão nesse cômodo, pois prefiro que fique no meu quarto (por esse motivo acredito que é possível mudar a disposição sugerida pela planta entregue pela construtora). Ahh, também preciso de um espaço para guardar meus livros, preferencialmente fechado.

Com relação ao estilo, por ora eu pensei em priorizar móveis mais claros, para dar amplitude, e colocar piso de madeira, para aquecer o ambiente e trazer aconchego.

No mais, é uma tela em branco aguardando suas dicas preciosas. rsrs
Estou enviando algumas inspirações e a planta do meu apezinho! 


Muitoooo obrigada pela ajuda.

Te desejo muito sucesso!!

Beijoss “

Menina, parabéns pelo seu primeiro cantinho! Tenho certeza que você será muito feliz nesse apartamento. #bestwishes

Vou confessar que essa foi a primeira vez que eu me vi a ponto de desistir de um TJD. Passei um dia inteiro trocando o sofá de parede. comecei com um sofá com largura de 240cm e fui diminuindo, diminuindo…. cheguei a tentar um de 160cm. Desisti. Fui pra cozinha… sofri mais meio dia até que me convenci que eu precisava abrir minha mente, que o problema era eu.

Várias vezes defendi que ninguém deve adquirir um imóvel com menos de 45-50 metros quadrados. E acredito que isso me bloqueou quando recebi sua planta. QUASE, te mandei um email dizendo que não tinha jeito. porém, dei um chacoalhão em mim mesmo e contei uma verdade terrível pra mim: Não é porque eu não quero, que as pessoas vão deixar de viver em studios. Então dediquei praticamente 2 dias inteiros em pesquisas sobre pequenos espaços. Joguei nos buscadores o termo em tudo quando foi idioma: português, inglês, espanhol e francês.

A França é o Japão com carboidratos ilimitados. Um imóvel em Paris custa a soma dos rins de uma família italiana todinha. E isso quer dizer que lá, tudo é pequeno, eficiente e charmoso. Mirei Ibirapuera e atingi Torre Eiffel.

Então eu comecei pela cozinha: Uma pessoa precisa de 100-120l de armazenagem de geladeira. Vamos preparar teu apê pra um casal e encontrar algo perto de 240l – E aí a Consul de 275l apareceu. Aqui em casa cozinhamos todos os dias para 4 pessoas com apenas 2 bocas de fogão, então: Tome um cooktop de 2 queimadores. Como uma bancada eficiente precisa de 60cm entre pia e fogão, pá! Tá resolvido a posição de tudo. Eu abomino microondas voador (pendurado no móvel superior) então optei por um forno multifunções – microondas e forno elétrico combinados – e a janta tá garantida.

Como o espaço é compacto ele tem que ser fluído para não parecer um design de MineCraft. então precisava de itens mais orgânicos, com linhas curvas, e nos meus sonhos “soltos” das paredes. dando a impressão de que tudo é muito generoso. #Vemkotio:

Um sofá curvo, com 210cm de largura comporta confortavelmente 3 pessoas. Propus ele em diagonal, criando um “vazio” onde uma luminária de pé fica toda exibida, brilhando no canto dela. Uma mesa de apoio para o estofado também apoia decorações, e deixam o espaço convidativo. No lado oposto (parede do dormitório) temos móbiliário que serve como um bar, e estantes fechadas para decoração / armazenamento dos livros.

Para o jantar e apoio de trabalho/estudo coloquei uma mesa redonda, que ao longo do desenvolvimento cresceu de 90 para 110cm de diâmetro. No projeto usei uma mesa de jantar Noguchi, que tem estrutura leve, moderna como as referências que você mandou e como ela tem tampo preto, cria um contraste elegante. Mas pode ser substituída por uma Saarinen branca se preferir. Para as cadeiras, Usei as bertóias da referência que você gostou e são duas – sim, apenas duas, mas calma a ansiedade aí.

Para dias em que você vá receber amigos, a mesa vem pra perto do sofá, e comportará 4 humanos (5 magrinhos) num jantar:

Ops! Já vazei imagens das paredes agora, então vamos falar da parte decorativa.

Deixei o hall de entrada com um tom de rosa bem ryco (Suvinil Adormecida V091) e forrei o restante com espelhos na mesma dimensão da parede de frente (a do quarto) criando profundidade. Desde a parede da janela/porta sacada até a parede de acesso para o dormitório, apliquei textura de cimento queimado. Não consegui clarear no promob, mas imagine um cinza mais claro 🙂

Olha o jantar servido HAHAHA! Logo no hall, coloquei 3 quadrinhos, porque tava meio “vazio” sobre o espelho, uma tela maior, desalinhado mesmo, brincando com o formato dos espelhos (80cm de altura os debaixo, e os de cima até o teto) deixei 15cm embaixo para o rodapé. A pele no chão – controversa, eu sei – também é para brincar com as formas mais livres.

Na configuração dia a dia, a mesa fica próxima a parede. o móvel em maderia (80 x 45 x 80cm) serve pra esconder o que não for tão bonito assim… na parte de cima, portas em vidro refletivo bronze trazem um brilho de glamour.

Na parede lá do fundo, onde fica a porta do banheiro uma textura (que enriquece) de tijolinhos estilo metrô branquinhos, trazem um toque feminino e transitam do cimento queimado para o rosa na parede da cozinha de forma mais sutil. Nesta imagem aproveitei para mostrar os nichos no hall de entrada, são pouco profundos, cerca de 10cm, eles servem pra apoio de chaves, carteira, boletos, fotos… algum objeto de decoração… é um recurso útil e também para não chegar e dar de cara com uma chapona de mdf.

E por fim, que esse post já poderia ser organizado em versículos, devo ter perdido metade da audiência no caminho, a cozinha:

Pia, bancada e cooktop. Forno multifunções embutidim – verifique as especificações técnicas do seu. Pensei em deixar um nicho aberto para a louça de uso diário. e a lateral do móvel no hall de entrada resolveu desaparecer, mas é pra ele ser fechadinho mesmo, não deixe aquelas quinas aparecendo não, é perigoso.

Espero ter ajudado você, e agradeço por me propor esse desafio e me desprender de pré-conceitos.

Temos apenas mais dois pedidos de tem jeito na fila, Vanessa e Estelina, então se você quer uma loooooz na tua decoração, aproveita e manda no email azuosexclusive@gmail.com

Não deixe de comentar suas ideias que eu sempre aprendo muito com vocês!

#Bença!