LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
22 mar 2020, 27 comentários

Tem Jeito Decor 68 – Bégyanne

Olá Fufús! Escrevo para vocês diretamente do meu cativeiro, e espero do fundo do coração que todo mundo esteja como eu, em cárcere privado voluntário:

Esse Tem Jeito Decor não deve ser muito longo, porque toda a “base” está pronta. Então é bem mais uma consultoria de decoração. #Vemkotio!

Oi, Lelo, tudo bom? Primeiramente adoro seu  bom gosto, a forma como escreve e as piadinhas que me fazem rir sozinha enquanto leio. 
 “Frequento sua coluna” (que estranho!) desde o início, e já perdi as contas de quantas vezes interrompi a leitura na metade, busquei um café, demorei um pouco a retomar,  só pra demorar um pouquinho mais antes de acabar de ler e fazer durar esse momento delícia da leitura. 

🙈

Pois bem, comprei esse apto há um ano. Reformei umas coisas, principalmente a cozinha.

Coloquei esse painel novo e o sofá. Troquei a mesa e cadeiras (que agora amo!) no final do ano passado. 

Ainda não troquei esse barzinho que já estava quando comprei (mas que não gosto), nem tenho quadros na parede, nem papel de parede. Nem sei como integrar esse meu piano preto à coisa toda. 


Meu estilo é de tons claros, uma mistura de chic/linhas retas e um quê de vintage. 
Enfim! Se puder opinar e me dar uma luz pra finalizar a decoração das salas, apreciaria muito!!! 
Ah, tenho duas filhas: 5 e 4 anos! PS: tava na época inicial do Natal quando tirei as fotos. Repara não! Rsrs
Obrigada e aguardo ansiosamente 

😊

🥰
Rayanne Sousa Brasília /DF

Muuuuito obrigado pelo carinho Rayanne, fico muito feliz quando recebo mensagens, comentários aqui ou nas outras redes. Vocês ficam amolecendo meu coração de ascendente escorpiano e fazendo eu agir como canceriano que sou. #Merci

Rayanne, além do diagnóstico corriqueiro que temos nos TJD – Parede pelada – sua casa está com bérge-vírus. Ele causa uma doença chamada bonitum com tédium, que acomete as residências de praticamente 100% das tias bem vestidas e com bom poder aquisitivo.

A boa notícia é que você não deu tempo dos sintomas chegarem e vamos colocar muitas texturas e uma pitadinhah de cor.

Sobre o layout, acredito que podemos melhorar da seguinte forma:

Levando o piano até o espelho no fundo, e trazendo a mesa de jantar – linda – mais para perto do hall. Eu sugiro reposicionar o lustre na lateral da parede, deixando ele ainda sobre o piano, porém mais no canto. Caso vocês façam questão de ter lustre na mesa de jantar, seria mais difícil, porém não impossível de levá-lo até lá.

Para as paredes achei mais ryco utilizar uma composição de papéis de parede, fazendo a parede da entrada com um listrado – caso conheça um bom pintor é possível fazer com tinta, e uma textura em dourado, desde a parede da porta até a janela da sala.

Como você disse que gosta de algo mais retrô, incluí dois itens mais clássicos, um aparador na entrada e um tapete para a mesa de jantar.

Um aparador clássico, com um espelho mais moderninho logo na entrada, assim já tem onde abandonar chaves, boletos, bolsa…

A parede fica bem escura nessas imagens, mas não é essa intensão. O que eu tenho em mente é um brilho meixmo, tipo esse papel adesivo AQUI.

Aquela mesinha que encaixa no sofá é ótima para acomodar a pipoca com as pequenas… Os 2 garden seat na lateral do sofá caso sejam de madeira porem ser usados como pufes, não é bom sentar nos de porcelana, tá? Também fiz uma versão com uma planta alta entre o sofá e a televisão, mas como não tenho o tamanho do sofá, fiquei com medo do ser ter mais do que 220cm (que eu simulei) e ele ficar muito torto em relação a TV. Os dois quadros tem 80×80 e ficam centralizados com o sofá, não com a parede, ok?

Sob a mesa de jantar, uma textura diferente faz toda a diferença no teu projeto, então optei por uma versão mais clássica, um tapete belga no caso, e encontrei em prata, vermelho ou verdin. Conforme a sua opção para o tapete, pode coordenar com as almofadas do sofá, gosto de ímpares, então aposte em três ou cinco.

Para a parede do corredor, uma composição de fotos ou de imagens numa mesma tonalidade ou tema sempre transformam as passagens em algo mais divertido. Aqui simulei quatro aquarelas (45×45) com imagens de arranjos de eucaliptos e flores brancas.

Qualquer dúvida me grita no email!

Contem nos comentários como tá a vyda de vocês em tempos de isolamento.

#Bença!

LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
15 mar 2020, 22 comentários

Tem Jeito 67 – Sala da Rita, feat Nayara.

Olá Fufulêses!

Quem acompanha o titio naquela rede de falsidades (vulgo Instagram* @nestinteriores @paraguaipink @lelodsgn @joy106d @tiolelofoz ) sabe que eu não apareCY por aqui semana passada pois fui convidado por uma loja para visitar a maior feira de revestimentos da América Latcheeeeeena. E valeu cada segundo de esforço e abdicação para estar na Expo Revestir, muito obrigado Panorama Concept ! Quem é da área, apenas vá.

E por isso dei uma atrasadinha no #TJD da Rita feat Nayara… já explico, agarra teu álcool gel da Giovana Baby e #vemkotio!

” Oi Lelo,Chegou a minha vez no “Tem Jeito”, ou melhor, a vez da minha mãe (Rita).Gostaríamos de repensar a sala da minha casa. Como pode ver, as paredes são todas brancas, sem quadros.

Não temos muita criatividade pra isso.Pensamos em mudar a televisão para a parede em frente à janela, com um painel legal e o rack fixado na parede. A mudança da televisão seria para colocarmos um sofá maior, desses bem confortáveis. Como pode ver na foto, precisamos de um aparador pro telefone.

Temos um pé de máquina antigo, mas não sabemos como adaptar pra combinar com a nossa sala.Nossa casa recebe muitas pessoas, inclusive minhas sobrinhas pequenas.

Estamos abertas a todo tipo de sugestão (quadros, cor da parede, modelo de sofá).Envio também a planta de casa. Ela foi construída há 29 anos e já passou por algumas reformas.


Beijos e muito obrigada por esse espaço!

Nayara Rosa”

Obrigado pela Planta Nayara. Eu fiquei pensando se postava ou não, mas optei por sim para vermos como o comportamento mudou em 20 anos. Hoje é impensável uma casa com áreas social e de serviço separadas assim. E a parte íntima no “meio” de tudo seria motivo de eu apanhar do professor Everton na faculdade. #carrasco

Porém, que saudades de quartos amplos, salas imensas e cozinhas confortáveis! Hoje Estar, Jantar, cozinha AND lavanderia ficam compactadas no espaço que vocês tem como sala, muitas vezes até menos que isso.

Aproveitei essa sala enorme do jeito que vocês gostariam, trazendo o televisor para um painel suspenso nas costas da suíte, um sofázão de 290cm e para deixar ele reinar, uma cortina na largura dele centralizado na parede (não dá para saber se a janela está centralizada, mas parece que sim). Use um semi blackout para que não haja reflexo na tela durante o dia.

Como a largura é generosa, pude usar a base da máquina de costura de vocês como um aparador, logo ao lado da porta, apoiando o telefone e onde uma bandeja comporta as chaves e bolsa de visitas, além de decoração.

Ainda temos uma BAITA planta para trazer vida para o ambiente e do outro lado, muito apoio também, calma que eu já explico.

Entretanto uma coisa que me chamou a atenção é que a ao entrar em casa precisava de algo mais impactante.

Então eu trouxe o painel da sala virando no corredor, mais ou menos 120cm, e fixando nele um espelho com uma pegada mais clássica. A grande vantagem é que é só a espessura da chapa de mdf (15mm) e o espelho, então não “afoga” a passagem do corredor. Lá na parede do fundo, habemus um revestimento tipo tijolinho (bege clarinho), que proporciona uma textura nova e interessante.

Esse quadro grandão tem duas funções: trazer cor e esconder o quadro de luz atrás da porta. Então atente-se para que ele cumpra essa missão de esconder o que não queremos ver, mas que deixe livre o interruptor que na foto percebi que está na mesma parede.

O painel de que faz as vezes de rack, tem 120 de altura e fica suspenso, solto do chão 60cm. Ele possui dois nichos na lateral esquerda, para apoiar eventuais aparelhos e itens decorativos e acima de tudo: Equilibrar a composição do painel “empurrando” televisão e deixá-la o mais centralizada possível com o sofá. O tapete redondo traz um movimento moderno e evita que tenhamos pontas pelo meio do caminho.

No canto da sala, uma mesa de apoio (diâmetro 90cm e altura 70>80cm) apoia o abajur, controles, livros/revistas e porta retratos. Ainda temos uma super estilosa & desejada Poltrona Coconut, Design de George Nelson de 1955.

Emoldurando e celebrando a peça de costura que vocês têm (podem usar um tampo de madeira, ou mármore para criar o aparador) fiz boisseries. Você pode dividir o espaço em igual, criando três partes, ou deixar a do meio um pouco maior que o aparador (eu faria 20cm mais largo) e os outros completando o espaço. Importante é que eles tenham sempre o mesmo espaçamento entre as laterais e o vão entre o quadrado debaixo e o retângulo de cima.

A cor das paredes é super suave, contudo não é branco, apliquei no seu projeto o Branco Partitura da Coral.

Espero que tenham gostado 🙂

Um mega beijo!

Deixa eu ver como está a filinha de #TJD…

Rayanne, Gabriela, Ludimila, Andressa, Jéssica, Mariane e Jane.

Coloquei até no Trello, para não me perder mais. Vocês conhecem essa ferramenta? É muito útil, junto com o Google Agenda, mantém minha vida nos trilhos.

Quero todo mundo dando ideias nos comentários, até porque como vocês sabem, eu respondo todo mundo 😀

#Bença!

* Para alguém que detesta o IG, eu tomo conta de 5 contas, então me perdoem pelo mal humor solene ao me referir ao pobrezin.