26
Dec 2016
O Último Chora do Ano!
Chora Que Eu Te Escuto

Falei que iria acabar com os Choras antes de 2017 né? Vamos lá!

Caso 01 – Desiludida

Olá Cony, segue meu chora, a história é longa, tentei resumir o máximo possível.

Tenho 35 anos e com 17 anos conheci um homem de 34nos (meu primeiro homem) ele já tinha sido casado dos 19anos aos 29 anos e tinha dois filhos (não tinha bom convívio com a ex. e nem com eles, vivia entre altos e baixos), me apaixonei e comecei a me relacionar, apesar da minha mãe me apoiar, no início ela implicava com algumas coisas e um tio também não achava certo e tentava impedir, ai namorávamos meio conturbado, depois todo mundo aceitou tudo e ficou normal nosso namoro.

Eu sempre apaixonada com ele e ele muito comigo, me vigiava ao extremo, queria ter controle da minha vida toda sempre, me ligava até de madrugada da rua para ver ser eu tava em casa, e eu tinha que atender, e eu? Achava isso bonito, prova de amor. Eu sempre falava com ele que podia sair com os amigos porque eu não podia ir muitas vezes, apesar que ele falava que não ia sem mim, acabava indo algumas vezes, já eu qualquer coisa, até sair com família era problema pra ele, mega ciumento…

Até que nosso namoro apesar dos momentos bons começou a ter vários problemas, quando descobri que ele tinha lista de mulheres que já tinha ficado e ficava, vi no computador dele, e ai descobri várias, várias traições, e ele também tinha milhões de fotos de mulheres nuas no computador, fazia apresentações em Power point de fotos assim de sites (todas mulheres anônimas).

As fotos nunca tiveram tanto problema, eu não ligava, a traição sofri demais e não sei se era muito nova e louca com ele, achava o único homem do mundo pra mim, então perdoei, daí começou a piorar, ele vivia terminando comigo por nada, e eu chorava e sofria muito, ia atrás dele, eu nunca terminava com ele, ele fazia não porque queria terminar, mais porque sabia que isso mexia comigo e me fazia medo de perde-lo, já tinha pegado meu ponto fraco e ficava me monitorando e fazendo pressão me ligando e falando que não ia voltar, parece que tinha prazer em me ver sofrendo por ele, mais acabava voltando.

Até que as coisas foram piorando e veio mais traições, tem mulheres que descobri e cheguei até encontra-las e conversar com elas, já deve do prédio que ele morava, alunas, colegas de trabalho, mulheres de sites de relacionamentos que ele vivia neles e eu não sabia, depois cheguei a pegar conversas dele com mulheres nesses sites, ele não saia e nem fazia nada fim de semana, só durante a semana, hora de almoço, a tarde enquanto eu trabalhava e as vezes quando ele ia dar manutenção em computadores de clientes falava com as mulheres que passaria para vê-las, ele começou a não gostar de ir em reuniões de minha família e implicar quando eu ia, falar que eu casei que eu tinha outra vida, que eu tinha que dar atenção a ele e não podia deixa-lo sozinho, eram traições pela internet também quando ele estava em casa e comigo em casa também, ficava no computador, acordava de madrugada e ia bater papo, era bem machista, achava que eu tinha que cuidar do meu marido e não podia sair..

Isso tudo se resume em 10 anos de namoro e depois sete de casados (mesmo eu sabendo de tudo, não casei no religioso, mais fomos morar juntos e acabamos casando no civil porque ele fazia questão), no início tava tudo ótimo, ele uma gracinha, me ajudava em casa e tal, as contas ele começou pagando e aos poucos foi dando jeito deu dividir com ele, pois eu ganhava menos e depois passei a ganhar igual a ele e pra mais, ai ele começou a não querer ir no natal em minha família, mesmo na dele não fazendo nada, preferia ficar em casa natal e ano novo do que ir comigo e implicava porque ia e deixava ele, depois descobri que era tudo pra me trair, mesmo que online e no tempo que eu estava viajando encontrar com outras mulheres, mesmo assim conversamos e eu continuei, ai ele ficou desempregado e quando vi eu estava bancando a casa toda e descobri que ele tinha 7meses que tava com caso com uma menina e indo a motel toda semana. Ai separamos, ficamos 3meses separados, voltei para minha mãe e até conheci outro rapaz, mais esse rapaz acabou tendo que ir embora para fora do pais trabalhar, nisso meu marido indo atrás de mim o tempo todo pedindo para voltar e acabou descobrindo desse rapaz e fazendo inferno na vida dele. Ai resultado o rapaz foi embora e eu voltei de novo, ficamos mais 2 anos e agora tinha muito tempo que a gente só brigava, ele não me ajudava em nada de casa, ficava só olhando, dia todo em casa as vezes e eu chegava e ele perguntando o que íamos comer, me esperando, minha mãe levava almoço para ele todo dia em casa e ele ainda reclamava que ela vivia lá, que quem casa quer casa e por ai vai, sendo que ela era um doce com ele, tinha ciúmes dela comigo, ele tava desempregado, fazendo os trabalhos dele com autônomo e voltei mais não aceitei bancar tudo e começamos a dividir, mesmo ele sem dinheiro, a parte dele ficava atrasada, ele parcelava e por ai ia, ele não tinha muito juízo com dinheiro, metia pés pelas mãos, queria comprar carro que não tinha condições e fazer dívidas que não podia e tudo mais…

Ai recente separamos a 7 meses (tive que fazer terapia para conseguir separar, todo mundo amigos, família e até minha mãe (que respeita minha vontade) são contra eu voltar, não acreditam mais nele pelo sofrimento que já passei, acham que ele nunca vai mudar é vários amigos meus e família nem sequer conversamos mais com ele, por tudo que ele me fez e presenciaram), eu não posso fazer amizade no facebook com colegas de trabalho e nem ter amigos (mesmo Gay ele implica) e manda msg para as pessoas, tinha 1 anos que ele não encostava em mim, não tínhamos intimidade nenhuma e ele falando que não conseguia ter nada comigo porque eu trai ele, e vivia me evitando e eu só reclamando, me mandava embora de casa, me humilhava, até que um dia mandou msg pra um menino que trabalho, morri de vergonha, nada a ver, ameaçando ele, o menino é até noivo, ai deu maior briga entre nós, como eu tinha certeza que ele não me procurava porque continuava me traindo, brigamos e eu sai de casa, depois de 2 meses me divorciei dele, paguei todo divórcio, ele não queria que eu levasse nada de casa(nossa casa é aluguel, ele nunca quiz comprar uma comigo, achava besteira, dava importância só pra carro), deu maior problema, ele no meu plano de saúde e eu a uma semana separada dele e ele acidenta de moto, eu que socorri, paguei tudo para ele, dei toda a assistência, ele pensando que íamos voltar, mais não voltei. Ai quando é agora o pai dele faleceu e voltei a ter contato com ele, fui ao velório, foi muito triste e ele começou não sei se é aproveitar da situação, mais ficar chorando e tentando voltar comigo, falando que não quer essa vida mais pra ele, que acha que por crescer vendo pai brigar com a mãe(chutando ela) e traindo sempre, mesmo sendo bom pai, que ele acha que por isso é assim, tenho que confessar que não sinto por ele nada de homem/mulher, mais sinto uma sensação de culpa, de abandono meu em relação a ele, de dó e muita preocupação, que até me faz mal e choro, estou muito confusa com todos esses sentimentos, e com isso tudo acabei saindo com ele como amigos, fomos ver um filme e lanchar juntos, mais deixei claro pra ele que é só amizade, pelo momento que ele ta passando, mais a algo que me faz sofrer e mexe muito comigo, e nessa ele só querendo voltar, disse que vamos devagar uma coisa de cada vez, como já estou num patamar mais evoluído em relação a ele de ter conseguido separar e estava super bem até agora, estou com muito medo do que pode acontecer, não quero mais voltar a sofrer, me ajuda a tirar esse peso, o que fazer?

MAS MINHA FILHA, VOCÊ AINDA ME PERGUNTA O QUE FAZER? Leia todo seu depoimento de novo. E de novo. E de novo. Quando não aguentar mais ler, lembre-se dos conselhos dos amigos, da sua família! Quem mais te ama no mundo é sua mãe, preste atenção ao que ela diz!!!! Esse cara é um manipulador! Esse sim abusa de você e não permita mais isso. Você está nova, tem toda uma vida pela frente que pode ser plena, tranquila e de muita felicidade. Pense nisso! Para que ser capacho de um homem que nunca te respeitou????? Não jogue fora a terapia que fez para separar dele, aproveite esse momento e SE LIVRE DESSE ENCOSTO! Comece 2017 de alma limpa, com liberdade, leveza! Por favor!!!!

Caso 02 – Hacker

Oi td  bom achei seu blog por acaso e quando li a primeira  linha da imagem q aparecia para mim vi q tinha q entrar e me encontrei ali…

Não sei como mandar meu caso para vc então  resolvi mandar email.

La vai….

Meu nome é XXX sou casada a 8 anos fui mãe aos 18 e desde os 17 estou com meu marido pai do meu filho.

Ótimo pai ótimo marido….ate uns 2 anos atrás.

Nosso relacionamento  na cama só evoluiu mesmo nesses últimos dois anos, porem comecei a sentir mudanças e eu tenho um sexto sentido apuradíssimo, no primeiro ano (dos 2) ele começou com senhas no celular e não me deixar tocar.

Mas não desconfiava tanto pois estava sempre comigo e onde ia me ligava e me levava as pessoas já associavam  a imagem dele a minha pois onde um estava o outro tbm .

Conversamos de tudo e nos damos bem…sei la se dávamos bem mesmo.

Porem do nada um dia do ano passado peguei o celular dele uma segunda de manha e estava no modo avião então eu q tinha descobrido a senha desbloqueie e tirei do modo.

Eis q entra mensagem de uma mulher q eu conheço e que tem 20 anos a mais q eu (tenho 26) conheço ela, e casada e mãe de uma mulher da minha idade.mas ela não vale nada e sempre soube disso put. ..put …nossa muito put

Ai conversei com ela como se fosse ele e ela dizia q estava com saudade e que queria velo na mesma casa de sempre e tal…

Gente não sei como perdoei aquilo era só um aviso ate então. ….

Ele negou tudo falou q eu era louca q tinha q me tratar que ela tinha idade de ser sua mãe e eu era doente.

Perdoei.

Continuamos vivendo e eu nunca mais esqueci

Isso me perseguia em sonho,na vida e sempre desconfiei

Eu armazenei o número dela e passavas os dias olhando o whats  dos dois para ver se estavam  online.e sim quase sempre era os dois  q entravam e saiam junto ,

Mais como ele não sai a noite,churrascos leva nosso filho

Qualquer saidinha eu junto e ele não e mesmo de sair a noite ou sumir e não atender telefone isso nunca.

Ele e ajudante de carga e descarga então só trabalha ele e o patrão q dirige mais as vezes ele dirige tbm

Eles entregam carne só os 2 e ele não e de faltar ate pq acumula cargas se algum  faltar …..achava….

Resumindo ele comprou um telefone Android começo deste ano e ficou com ele ate fim de novembro.

E a promessa foi q se nosso filho passasse de ano ganhava o celular pois ele queria comprar um iPhone.

Passou..deu o celular para meu filho e comprou  outro.

Usamos as mesmas contas para migrar contatos  e outros para o iPhone  então  ficou a mesma conta nos 2 celulares ele nem se tocou  nem eu.

Última sexta sentei no sofá do nada olhei para o lado vi o celular e resolvi mexer…e cá pra nos sou  uma haker manjo muito de celular

A agenda do meu filho a primeira pessoa q aparecia nos contatos era a letra  A fui  então no whats e o contrato com a letra A era aquela mulher. …

Não estava ali uns dias atrás porem tudo q ele armazenava partir  de agora entrava automático no celular do meu filho  pq sincroniza as contas.

Perguntei pra ele não sei porque pq sabia q ia negar . dito e feito faliu q eu era louca doente que desse meu jeito ninguém gostava de mim que estava cansado de desconfiança e eu era uma coitada marreca e trouxa por isso não me dava com ninguém (tenho muitos amigos sou super descontraída e engraçada isso sei que não e verdade que ele falou mais falava essas coisas pra mim pra me diminuir eu acho e fui  mesmo me diminuindo não tenho auto estima  não me amo não faço nada q gosto só vivo pra ele super errado mais só agora acordei)

Pra piorar  no outro dia de manha amei dentro  de umas pasta no celular um monte de nudes dele muitos muitos mesmo ate ejaculando,  vídeos  tudo q foi mandando por whats

Tinha foto dele pelado dentro de um quarto que não faço ideia onde e

E nesse dia do quarto  ele estava trabalhando ou era pra estar em outra  cidade ainda conversamos pouco antes de ele mandar estar fotos sei la pra qm  e me cortou na conversa pq ia almoçar correndo pq o dia estava corrido pra ele e que ia chegar tarde super normal. ..

Ele não sabe q sei das fotos e que ate revelei elas pq se eu não mostrar pra ele ele vai me chamar  de louca e tal.

Mais não aceito traição jamais sempre fui muito respeitadora nunca trai

Ele acha q vamos nos acertar e ainda esta bravo comigo

Não fui embora ainda e estou  me segurando  pois temos um açougue e essa época da muito dinheiro  e preciso fazer um pé de meia para seguir sozinha ate arrumar  um  emprego .

Oq vc acha de tudo isso

Estou entrando em depressão  estou muito ruim mesmo..

Me ajude vou lhe aguardar anciosamente.

Mt  obrigado foi ate bom escrever…

Amiga, eu acho isso um ABSURDO E UM RELACIONAMENTO COMPLETAMENTE ABUSIVO! Mulher crie forças para deixar essa vida confusa e tumultuada para trás. O que mais ele precisa fazer para você ver que não merece isso? Me diz? O cara ja aprontou todas, você tem provas e ainda assim não sabe o que fazer?? Não caia em depressão por quem não te merece, pra quê, me diz??? Pra quê arruinar sua vida por um homem que não te respeita???? Vamos tomar força, coragem e tomar as rédeas da própria vida e ser feliz! Aja enquanto há tempo!

  • Dois Choras tensos, mas que mostram bem grande parte dos problemas nos relacionamentos que recebo aqui no blog. Em praticamente TODOS OS CASOS, são mulheres que não conseguem enxergar o óbvio, que se lessem os próprios textos com o olhar de fora, saberiam muito bem o que fazer. Vejo mulheres inseguras, infelizes, amedrontadas, sem auto estima e amor próprio, que se contentam com pouco, as vezes com nada, e aceitam as mais bizarras situações com o tal de não ficar sozinha. Felicidade não está no outro, está em aprender a ser sua melhor cia. Se bastar, se completar, se amar primeiramente para atrair alguém que faça no MÍNIMO os mesmo por você. É fácil falar, e é dificil assimilar isso quando se está dentro de um situação de abuso. O problema não é a profundidade, é estar debaixo d’agua, e saber que se apenas fizer uma mini força, conseguirá respirar novamente. Falta essa força meninas. Falta essa vontade. O mundo tem 7 BILHÕES de seres humanos, e você vai encontrar alguém que te dê tudo o que você precisa e que te ame incondicionalmente. Não tenha medo, não se esconda, não se diminua. Mas tenha claro que príncipe em cavalo branco não vai aparecer, todos terão um defeito, mas tem que ter a sabedoria e a clareza de entender esses defeitos e saber se consegue lidar com eles. Não tenham medo do sofrimento. Antes um sofrimento de uma vez, que mini sofrimentos diários e contínuos. Permita-se. Tenha coragem. Deixe para trás o que faz mal, o que tira seu sorriso, o que tira sua paz, o que tira seu sono, o que te deixa insegura. Preocupe-se como você, com seu bem estar e sua felicidade. O resto vem.
100 Comentários
  1. #1
    Ana
    26.12.2016 - 16:48

    meninas não tem nem oq dizer. vcs estão esperando oq pra se livrar desses caras? pegar uma doença venérea incurável? gente…sei nem oq dizer. amor não é isso. amor não é eceitar ser maltratada. relacionamento é pra fazer bem. tudo q vcs escreveram se fosse alguém q vcs gostam vcs iriam aconselhar a largar com certeza. os caras mentem, humilham, traem, maltratam. vcs ajudam eles em tudo. vcs merecem mais. ninguém merece esse inferno na terra q é a vida de vcs duas. por favor larguem esses caras de mão. eles não vão mudar. continuam mentindo, sendo estúpidos com vcs, explorando vcs até mesmo financeiramnete, desrespeitam vcs em publico e no privado. além de estarem traindo vcs direto.meu deos céu. separem desses trastes. não tenham pena deles.por favor. antes q vcs realmente adoeçam fisicamente pq o psicólogo de vcs já tá mal.mas pra tudo tem jeito. força.

  2. #2
    Débora
    26.12.2016 - 17:02

    Oi Constanza (seu nome é lindo!). Leio seu blog todos os dias há muito tempo e hoje faço meu primeiro comentário: belas palavras! Seus conselhos são um alento e, mesmo não sendo direcionados a mim especificamente, me enchem de esperança. Desejo muito sucesso a você, e que continue nos inspirando a ser mulheres fortes, decididas, confiantes e, principalmente, a nos amar sempre.
    Um grande abraço e um feliz 2017!

  3. #3
    sabrina
    26.12.2016 - 17:08

    Falou tudo, Cony!
    2017, mulherada… vamos começar a criar coragem e vergonha na cara e deixar de ser capacho de homem. É inacreditável como as histórias do chora se repetem. Respeitem-se e valorizem-se, por favor! Ninguém merece viver de migalhas. Enquanto vcs se submeterem a isso vai continuar existindo esse tipo de homem. Cortem as asinhas deles enquanto podem. Não deixem eles acharem que podem tratar vcs assim, não deixem eles acharem que isto é normal, é ok… Sinceramente, quando me vejo numa situação destas corto logo não só pensando em mim, mas em todas nós: não alimento este tipo de comportamento. Se quiser, ele que procure outra que aceite, mas comigo, não! Temos que fazer quer ningém aceite!
    Não é fácil, dói, mas ninguém morre de amor. Busquem neste mundo de 7 bilhões de pessoas o que ou quem realmente lhes fará felizes.
    Suas vidas são únicas e mto preciosas pra serem desperdiçadas assim, sofrendo e passando problemas que vcs não precisam passar! Cabe a nós a escolha

  4. #4
    Tati
    26.12.2016 - 17:15

    Senhor! Que agonia esses relatos, tanto pela escrita como pelas histórias em si. Eu sei que pra quem está de fora é sempre mais fácil, mas como que uma pessoa passa anos por situações como essas e não percebe que o relacionamento não tem mais futuro? traicoes, mentira em cima de mentira, agressão (sim, pq agressão verbal é tão grave quanto agressão física)… Sem falar no risco dessas mulheres em contraírem uma DST!
    Concordo com todas as palavras escritas pela Cony. A gente não merece uma vida assim, pulem fora enquanto é tempo!

  5. #5
    Débora
    26.12.2016 - 17:18

    Sobre o caso 1: No começo já vi que daria merda. Não tenho problemas de pessoas que se relacionam com outra mais velhas ou mais novas. Mas um cara de 34 anos, que já foi casado e tem dois filhos com uma menina (adolescente) de 17 anos, é pra dar muita merda. Pegue toda essa bagagem: as traições, as humilhações, coloque na conta dele e vá viver sua vida. Você não tem nada do que se culpar, nem mesmo de ter se deixado enganar por tanto tempo. Vá trabalhar, estudar, cuidar de você. Que quando for pra ter outro amor, aparecerá. Problema dele que o pai dele morreu, que ele se acidentou. Ele não é sua responsabilidade. Você só tem obrigação de cuidar de si mesma. Boa sorte e força!

  6. #6
    Marilu
    26.12.2016 - 17:28

    Velho na boa não tenho paciência não. Um monte de mulher sofrendo misérias em relacionamentos ABSURDAMENTE abusivos, e ainda vem perguntar “ain o que eu faço?” Ai, para.

    • #7
      Lola
      27.12.2016 - 12:53

      Né? Desculpa, o cara trai, faz a vida da mulher o inferno, pisa e ela, se sentindo humilhada, é que pergunta o que faz?
      O que eu sinto é exatamente isso: ai, para!
      Mesmo quando é amiga minha eu falo isso na lata pra ver se abre o olho.
      ABRE O OLHO MULHERADA! PARA!

  7. #8
    Aline
    26.12.2016 - 17:48

    Oi Cony!
    Respeito muito seu trabalho, amo o blog mas era melhor não publicar esses “choras”, mal dá pra compreender a história devido tantos erros, muito triste ler uma pessoa dizer ser hacker de celular e mal saber elaborar um texto. Todo mundo erra mas esses dois últimos passaram do limite, me desculpa vir com essa crítica mas fica impossível não comentar sobre isso.
    Meninas do Chora, acordem, isso só acontece porque vcs permitem, só fazem conosco o que permitimos.

    Grande beijo Cony!

    • #9
      ju oliveira
      26.12.2016 - 22:04

      As pessoas passando por situacoes dificeis e tudo q vc quer dizer eh aprendam portugues kkkkkk Empatia zero #chocada

    • #10
      Estéfane
      26.12.2016 - 22:59

      Concordo com você!

    • #11
      Luisa
      27.12.2016 - 07:14

      O Português não esta muito bom mesmo. Mas diante do que essas mulheres estão passando, você acha que isso é o mais importante?

    • #12
      Izabela Grambela
      27.12.2016 - 08:26

      Vamos focar mais em ajudar as coleguinhas 😉

    • #13
      Marcella
      27.12.2016 - 09:24

      Oi Aline,

      é importante lembrar que as vezes quem manda o chora são pessoas simples, que não tiveram a mesma oportunidade e não tem o mesmo apoio familiar e de amigos que você tem. Mulheres que escrevem o chora em momentos de ansiedade e desespero.

      Vamos nos unir e ajudar outras mulheres a saírem destas situações de abuso.

      Força mulherada!!

    • #14
      Bibi
      27.12.2016 - 12:46

      Ja ouviu falar em preconceito linguístico? Extremamente elitista. Imagino que você saiba que nem todos têm a oportunidade de ter uma instrução formal. Enquanto isso, algumas pessoas escrevem tudo certinho mas não lhes falta o que é tão necessário: empatia, bom coração, respeito.

      Que em 2017 você consiga se livrar deste pensamento mesquinho. Feliz ano novo pra vc!

    • #15
      Patríci
      27.12.2016 - 13:31

      Pior do que não escrever bem, é não se tocar com o sofrimento do outro. Lamentável. Evolua!

    • #16
      Andrea
      28.12.2016 - 13:05

      O português pode não ser o mais importante, mas confesso que tive dificuldade em entender os pormenores dos relatos, entendi somente a ideia geral. Quem quer ajuda, precisa saber expressar o que está necessitando. Como ajudar alguém se não conseguir entender o que está acontecendo? E mais, dizer que a carta está mal escrita é uma coisa e dizer que a pessoa não deve ser ajudada é outra muito, muito, (infinitos muitos), diferente.

  8. #17
    Camila
    26.12.2016 - 18:14

    Se vocês usassem metade da ernergia que dispensam em descobrir as traições para se livrarem desses demônios já estariam bem melhor. Esses dois são uns merdas,desculpa, não dá pra achar nada de bom pra falar. Vocês devem estar muito adoecidas para cogitarem permanecer nessas relações. Façam da psicoterapia uma prioridade master agora pra vocês se fortalecerem pra sair dessa.

  9. #18
    Sandra
    26.12.2016 - 19:18

    Pras duas moças:Pelo amor a Deus e a si mesmas:caiam fora já!!! Sem mais palavras, os textos já dizem o suficiente.

  10. #19
    Francisca Gonçalves
    26.12.2016 - 19:24

    Cony somente uma palavra pra vc hoje. OBRIGADA!

  11. #20
    Pri
    26.12.2016 - 19:46

    As vezes, me pergunto se os casos são complicados ou elas escrevem errado… é muito difícil entender a história! Migas, Cony já pediu pra colocar ponto, vírgula, introdução, meio e fim!

    Pegou traindo, pegou foto, pegou mensagem… mas defende pq o moço tá sempre com vc! Hahaha
    Quando quer, não importa hora, local… sempre há jeito!

    Larga esses boys tudo!

  12. #21
    Tati
    26.12.2016 - 22:06

    Não consegui ler até o final. Muito repetitivo. Cansativo. Mesma coisa. Traiu, Vc vai lá e perdoa. Traiu,vc descobriu, mas Você é louca e ta vendo coisa onde nao existe. Ai gente, mais amor próprio.

  13. #22
    Sandra Luz
    26.12.2016 - 22:12

    Gente do céu!!! Com certeza esse foi o chora mais tenso de todos!!! Durante a leitura dos textos me senti apreensiva, nervosa, desesperada, enojada, triste, com raiva, quis chorar, quis gritar, quis parar de ler… Que tristeza!!

    Gente!!! Vomo essas mulheres conseguem viver nessas condições?!?! Sofrendo tamanho abuso??? Aguentando traições e mais traições, violência psicológica, chantagens… A resposta simples do que fazer está no próprio texto, mais claro que a luz do dia!!

    Nenhuma mulher merece passar por esse tipo de situação!! Nenhuma!!!

    E eu desejo de coração que elas tenham sabedoria pra perceber o que deve ser feito e sejam fortes o suficiente pra tomar uma atitude, pois elas merecem ser feliz!! E se livrarem desses encostos!!! To torcendo!!

  14. #23
    Mayra
    26.12.2016 - 22:15

    Esses foram os choras MAIS DIFÍCEIS DE LER, não pelo conteúdo, mas pela escrita!!! Gente, ok que todos somos passíveis a cometer erros, mas esses são grotescos demais! E não fui a única a achar. Dificulta a compreensão e as pessoas precisam entender que não é um chat e sim um RELATO, enfim tenebrosos. Cony, pra mim é evidente que elas não leram os próprios relatos de novo tanto porque ainda se perguntam o óbvio (largar esses tranqueiras) mas corrigir ou pelo menos diminuir esses erros.

  15. #24
    Camila
    26.12.2016 - 22:31

    Que falta de empatia julgar tanto a escrita, quando o foco é realmente ajudar essas moças… Meninas, vocês estão em relacionamentos abusivos e não conseguem enxergar. É muito absurdo tudo que li. Não sei como conseguem continuar a vida assim, cheia de traições e de humilhações! Vamos ter mais amor próprio! Vocês merecem algo muuuuito melhor. E não se esqueçam: ainda tem o perigo de seus maridos levarem pra dentro de casa doenças da rua. Tirem esses exus de suas vidas!

  16. #25
    Juli
    26.12.2016 - 22:40

    Os choras foram os mais tristes que já li. Nos dois casos a separação é a melhor solução. Parecem ser casos de relacionamento abusivos.

  17. #26
    Fernanda
    26.12.2016 - 22:53

    Nem consegui ler até o final… Fico indignada com mulheres que se contentam com tão pouco!!
    Queridas, se amem e se livrem desses trastes, pelo amor de Deus!!

  18. #27
    KK
    26.12.2016 - 22:53

    Oi Cony, querida! Gosto muito de ler o “chora”. Principalmente os comentários. Aqui posso ver muito da alma humana, sabe? Leio aqui comentários de pessoas que não sabem se colocar no lugar do outro e fazem duras críticas àquelas mulheres que estão precisando de ajuda. Leio também comentário de pessoas doces que conseguem enxergam que não somos todas iguais e entendem que uma pessoa ferida precisa de uma palavra amiga. Mas, pra mim, o comentário mais sensato de todos é sempre o seu. Vc sabe falar sem ser dura. Sabe transmitir sua mensagem sem ser grosseira. Sabe ser elegante. E o mais importante: ensina às meninas que elas devem se amar e que devem ser felizes. Desiludida e Hacker: ouçam a Cony!
    Obrigada Cony por este espaço. Obrigada por sua sabedoria e paciência. Vc está ajudando a construir mulheres mais fortes. Acredite.
    Ass: alguém que vc já ajudou muito. Bjo grande.

    • #28
      Constanza
      27.12.2016 - 00:30

      Chorei ❤️❤️❤️ Que minha missão na terra seja ajudar sempre ao próximo ❤️

  19. #29
    Paloma
    26.12.2016 - 23:19

    Meninas…
    Aqui quem vos escreve é uma pessoa que viveu por 12 anos em um relacionamento abusivo. Realmente, pra quem está de fora é td muito claro e TDs se perguntam como somos capazes de suportar tanta humilhação. O problema é q estamos tao envolvidas por estes trastes, que não conseguimos enxergar o q esta acontecendo! No dia 24 conversei com minha familia e disse q iria me separar. Minha mãe, coitada, chegou a chorar e disse q era o melhor presente de natal q poderia lhe dar. Q via o qto eu sofria, mas q tinha q ser uma decisão minha largar o traste. No dia 25 fui até a minha casa, peguei minhas coisas e não olhei pra trás! Provavelmente vou levar um atraso financeiro bem grande,no momento estou escondida, ele esta fazendo cena em TDs os lugares e para TDs q conhecemos, mas nada paga a sensação libertadora Q estou sentindo! Sei q muita coisa ainda vai acontecer, mas o primeiro passo foi dado! Aliás, acho q vcs TB já deram o primeiro passo, ao se tocar q este tipo d vida não é normal!
    Mulheres, VMS nos ajudar mais, precisamos nos apoiar!
    Cony, parabéns por ceder este espaço e saiba q graças a vc, as meninas q tem a coragem d abrir o seu coração, mesmo sabendo q serão criticadas, q tive forças pra tomar novamente as rédeas da minha vida!
    Um 2017 de muita luz e muito amor pra nós todas!

    • #30
      Isabelle
      27.12.2016 - 09:10

      Parabéns pela decisão!!! Que seu ano que inicia seja repleto de descobertas, alegrias e realizações. Seja muito feliz na sua nova vida!!!!!!

    • #31
      Luana
      27.12.2016 - 09:53

      Parabéns pela decisão e pela coragem, Paloma! Que seja apenas o início de uma nova vida! Que seu caminho a partir de agora seja cheio de luz!!!

    • #32
      Carolina
      27.12.2016 - 10:42

      Paloma, não vivo num relacionamento abusivo e nem sou mãe, mas me coloquei no lugar dela e chorei de emoção. Chorei por ver que mais uma mulher nesse mundo, uma irmã, está livre. Parabéns pela coragem e seja muito feliz!

    • #33
      ana
      27.12.2016 - 19:30

      Parabéns Paloma! Se posso te dizer algo, te aconselho a nao se encontrar sozinha com seu ex marido, mesmo q vc nao acredite a probabilidade dele tentar cometer um crime passional é alta. Fique segura. Bjs

    • #34
      Vanessa
      28.12.2016 - 15:01

      Parabéns querida! muita força para seguir firme!!!! é difícil no início, mas você no futuro vai ter orgulho do que fez!!!!

  20. #35
    Lara
    26.12.2016 - 23:29

    Pelo amor de Deus, casos tristes, de mulheres em situações desesperadoras e as moças reparando em português! Que porcaria, hein!
    Meninas, nos dois casos: SAIAM DESSA! Essas esposos não prestam pra nada, são problemas! Se livrem dessas ferramentas que a vida muda! Força!

  21. #36
    Bruna
    26.12.2016 - 23:41

    No segundo caso ficou evidente algo q me dei conta ha 3 semanas: não adianta fazer marcação cerrada, qdo o cara quer, ele vai te trair!! Passei um fds no RJ e conheci um cara num bar, ficamos e na saída do bar, enqto pagava minha comanda percebi q ele ligou pra alguém e qdo cheguei perto ele desligou dizendo q a bateria estava acabando. No meu hotel ele subiu pra carregar um pouco o cel e chamar um uber. Enqto o cel carregava percebi q o aparelho não parava de piscar, q tinha alguém incansavelmente ligando e ele ignorava, qdo ele foi ao wc olhei e vi um nome de mulher chamando pelo FaceTime e percebi q deveria ser uma namorada… Ele acabou passando a noite cmg, no outro dia fui embora e qdo o avião pousou tinha um monte de msg dele preocupado se eu tinha chegado bem… Investigando no face consegui acha-lo e realmente ele namora essa menina.
    MORAL DA HISTÓRIA: não adianta tentar controlar, penseu nessa situação por vários dias, eu mesma já fiz como essa menina achando q tava controlando e na verdade tava era fazendo papel de palhaca perdendo minha noite em claro enqto p boy tava aprontando…. Nunca mais faço isso na vida!!

  22. #37
    Roberta
    26.12.2016 - 23:47

    Acho que devemos começar respeitando a dor do outro, que as vezes é descontado na escrita… por nervosismo, vontade de desabafar rápido… seja lá o que for. Respeito em primeiro lugar. Claro que tem erros, mas acho que estão chovendo no molhado, deu pra ler, pra entender e ainda até para dar opinião. Vivemos num país de analfabetos, o ex presidente lula é o maior exemplo disso… e muitas pessoas votaram nele… acho que nunca vimos nada escrito, senão estariam condenando ele também.

    RESPEITO E COMPAIXÃO, e o que desejo para 2017.

    • #38
      Luisa
      27.12.2016 - 07:25

      Concordo com vc Bruna!

  23. #39
    Adriana
    26.12.2016 - 23:58

    Cony, uma pergunta por curiosidade. Mandei meu chora pedindo dicas para ajudar minha mãe que estava com depressão por estar enfrentando um tratamento de câncer, mas não foi publicado. Só para entender a sistemática, por qual motivo não entrou? Pergunto para eu entender, para futuros e-mails, caso eu precise. Rsrs Gracas a Deus, hoje, minha mãe está bem melhor da depressão.

    • #40
      Constanza
      27.12.2016 - 00:25

      Não lembro desse caso! Será q não foi pro spam??

  24. #41
    Marcely
    27.12.2016 - 00:59

    Cony apenas: “clap”, “clap”, “clap” p vc! Perfeito o “puxão de orelhas”!

  25. #42
    Daniela
    27.12.2016 - 01:39

    Mas gente, que trastes esses maridos! Que nojo!
    Isso não é machismo não, é falta de educação e caráter.
    Pro segundo caso, só tenho a dizer a mais que não prometabens materiais se o filho passar de ano porque penso que isso seja obrigação dele. Senão nos próximos anos ele vai ficar fazendo corpo mole até vocês oferecerem algo em troca.
    E o que é esse Marido desempregado gastando com outras mulheres em motéis?
    100or, meninas! Amem-se mais!
    Desculpem a logorreia, é que fiquei mto indignada.

  26. #43
    Maria Fernanda
    27.12.2016 - 02:05

    O cara do primeiro caso é tão manipulador mas tão manipulador que nem o luto pelo pai está vivendo. Quer se aproveitar da situação forçando uma aproximação. Quem faria isso em um estado de luto? To chocada. Saiam dessa vida meninas, se permitam, se esforcem, falem sim pras coisas novas. Não há nada de bom para sentir falta nesses relacionamentos claramente abusivos e desrespeitosos. Tenham fé. Viver assim é morrer em vida.

  27. #44
    Marielle
    27.12.2016 - 02:14

    Meninas, procurem o Grupo Mada da cidade de vcs! É um grupo de auto-ajuda gratuito. Vcs precisam só de uma forcinha pra sair da lama e depois, se Deus quiser não voltam mais. Para a primeira eu digo: vc já teve a chance de sair! Não vá fazer a bobagem de voltar com esse exu tranca rua Pq vc vai chorar muito mais. Dê graças de não ter um filho com ele e poder nunca mais conviver. Falo por bem. Bjos é um 2017 muito melhor pra vcs. Há alguém muito especial esperando para ser companheiro de vcs.

  28. #45
    Paula
    27.12.2016 - 02:16

    Cony, depois desses dois depoimentos tão chocantes me peguei pensando em você ao receber relatos assim.
    Deve dar uma sensação quase de culpa caso não publique-os, pois se vê claramente o quanto essas mulheres precisam de ajuda. É uma carga pesada de problemas que você recebe e sendo que o seu site não é só sobre isso, então me peguei pensando no seu lado também… de manter um equilíbrio de conteúdo de ajuda, comercial, tendências e todo o resto sem ter culpa de não atender à todas ou mesmo em demorar na publicação da resposta.

    Não sei se vc ja se tocou que vc faz trabalho voluntário forte: lendo, analisando e aconselhando, buscando imagens apropriadas a cada caso, usando nomes criativos e, principalmente, dando esse espaço no seu site. Parabéns!!

    • #46
      Constanza
      27.12.2016 - 09:37

      Eita que engasguei rsrs obrigada pelo carinho! ❤️❤️❤️

  29. #47
    Mariana
    27.12.2016 - 04:09

    Acabou os choras de 2017 e não publicou o meu 🙁 🙁 🙁 🙁 🙁 🙁 🙁

  30. #48
    Vanessa
    27.12.2016 - 07:21

    Em ambos os choras percebi que o que falta mesmo é amor próprio. O dia que essas duas mulheres perceberem que não precisam de ninguém para serem felizes e que ser feliz só depende de si mesmo, elas largam esses trastes.
    Ninguem merece viver uma vida assim. A vida é um sopro, passa rápido demais para não ser feliz.

  31. #49
    Luisa
    27.12.2016 - 07:23

    Mulher quando quer perdoar, se apega a detalhes minimos. Aceita explicões ridiculas. Meninas, bora confiar no sexto sentido. Sejam as mulheres que vocês admirariam, que os filhos no futuro olhem para trás e admirem. E dificil sim, ninguém acha que é facil isso. Mas ninguém morre. Depois que passa a gente sente é muita vergonha de ter permitido tudo isso. Sejam fortes e tomem as redeas da propria vida, antes que coisas piores acontecam.

  32. #50
    Izabela Grambela
    27.12.2016 - 08:34

    Gaslighting ou gas-lighting é uma forma de abuso psicológico no qual informações são distorcidas, seletivamente omitidas para favorecer o abusador ou simplesmente inventadas com a intenção de fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.
    O cara faz, mas chama a mulher de louca, o cara faz, e quem se sente culpada é a mulher, o cara faz, mas ai perde um parente e a mulher acha que ao voltar para ser humilhada por ele está ajudando, o cara faz, mas ja bagunçou tanto a cabeça da mulher que mesmo com tantas evidencias obvias ela tem dúvida. Isso é relacionamento abusivo.
    Amigas, procurem terapia, se não tem grana, ouçam os conselhos de seus parentes e amigos, e busquem força para sair dessa! VOCÊS NÃO FIZERAM NADA DE ERRADO, e se pularem fora, não estão errando nem abandonando eles, estão é se libertando!!!! FORÇA!!!!!

  33. #51
    Carol
    27.12.2016 - 08:36

    meu deus! precisei comentar sobre a primeira historia..
    esse cara é uma PRAGA. NAO saia com ele nem como amiga.. FOGE JAAAAAAAAAAAAAA

  34. #52
    Isabelle
    27.12.2016 - 09:13

    *****Antes um sofrimento de uma vez, que mini sofrimentos diários e contínuos.*****
    Perfeita esta frase Cony! Tentarei levar para a vida! Um ótimo 2017 para vc. Que continue esta pessoa fofa que vc é!!! Bjks Belle

  35. #53
    27.12.2016 - 09:19

    Oi Cony, á tempos não apareço por aqui nos comentários,
    mais estou sempre pelo blog, e o que tenho para dizer sobre estes choras, é que á um tempo me preocupo com esta geração de homens que vivem em função de humilhar suas mulheres. O que vejo por aqui, não são duas meninas que não sabem escrever direito, e sim duas pessoas desesperadas e ansiosas demais, que não conseguem frear nem mesmo sua historia textualizada. Me preocupo com os filhos destes casais, me preocupo com os amigos destes caras que acham que martirizando estas mulheres estão sendo o máximo, porque daí com certeza nascem mais machistas e agressores como estes.. pessoal vamos nos amar mais, vamos nos respeitar mais, nossa vida não se resume á uma relação, não se resume a um homem e ponto.Temos tantos “SORRIA’S” que nos mostraram que somos capazes de passar por tudo isso, e a própria Cony nos mostrou o quanto é maravilhoso nos curtirmos, viajar, SE AMAR.
    Muita LUZ pra todas vocês, e Cony,continue a nos incentivar a sermos melhores a cada dia, você é um ANJO, que Deus nos enviou.
    Amo você!!! ♥

  36. #54
    Mi
    27.12.2016 - 09:21

    Alguns casos tratam de histórias tão surreais que nos fazem pensar que sejam mentiras.
    Mas, mais triste ainda, é saber que isso acontece mais do que imaginamos… por mais óbvio que pareça, algumas pessoas simplesmente não conseguem se livrar do que as fazem mal. É muito mais complexo do que simplesmente “cair fora”.
    E eu me incluo nas pessoas que já duvidaram da veracidade dos casos, e das que se incomodavam com o português. Hoje penso que o desespero e a angústia são tão grandes, que isso é o máximo que essas meninas conseguem, no momento.
    Portanto, vamos julgar menos! Sejamos mais solidárias em 2017!

  37. #55
    Luana
    27.12.2016 - 10:13

    Não tenho nada a acrescentar além do que já foi dito pela Cony e pelas demais meninas aqui nos comentários. As duas moças dos Choras estão vivendo relacionamentos abusivos e precisam sair deles imediatamente, não se relacionem com estes homens, não tenham contato nenhum, troquem o número do celular se for preciso! Tudo que eles fazem é manipulação, é para manter vocês presas a eles! Não permitam isso!! Não aceitem isso!! Não se contentem com isso!! Há um mundo maravilhoso esperando por vocês no momento em que vocês tomarem coragem de cortar estes trastes da vida de vocês! Já vivi um relacionamento abusivo e sei que a primeira coisa que o abusador faz é acabar com a nossa auto-estima e nos afastar da família e amigos, assim nossa vida gira em torno dele e fica difícil terminar a relação. Mas acreditem, a vida de vocês só irá melhorar sem eles!!!

    @Cony, ontem comentei aqui em relação ao caso da moça do marido que ficou violento porque descobriu que ele pesquisou o ex-namorado no Facebook. Fui uma das que achou que sua resposta foi condescendente demais. Mas hoje, da mesma forma, venho aqui para aplaudir a excelente resposta que você deu nos casos de hoje! Não só ajudou as duas meninas do relato, mas a muitas outras mulheres que podem estar passando por relacionamentos abusivos sem perceber. Parabéns!!

  38. #56
    Vivi
    27.12.2016 - 10:41

    Olá Cony, meninas!!!

    Antes de tudo é a primeira vez que comento no blog, Cony adoro o seu blog, várias dicas legais, e amo o chora.
    Bem, este último chora acabei me identificando um pouco por um relacionamento que passei conturbado, ele já tinha sido casado e tinha um filho, quando o conheci estava tranquilo até que a ex dele descobriu que ele estava namorando, a nossa vida virou um inferno, ela descobriu o telefone da minha casa e ligava de madrugada me perturbando, ameaçava, ela pintava e bordava até ele voltar com ela, depois de um tempo ele se separava dela e a tonta aqui voltava com ele, foram uns três vai e volta, e todos ao meu redor dizendo para eu largar dele, isso não era vida, eu era muito nova, merecia uma pessoa melhor, mas eu estava CEGA, CEGA em letras maiúsculas mesmo, até que um dia eu acordei, tirei a venda dos olhos e enxerguei a realidade ao meu redor, terminei tudo, sofri horrores, mas depois de um tempo percebi que foi a melhor coisa que fiz, tem pessoas que a gente não perde, se livra e foi o que ocorreu comigo ainda em tempo. Enfim, meninas eu sei que estão cegas, e que quem está de fora pensa no absurdo de vocês ainda estarem com estes trastes, mas busquem terapias, corram atras de ajuda antes que seja tarde, vocês são novas para continuarem neste martírio, Cony você deu um show nos seus comentários, ótima colocação. Meninas se amem mais, queiram alguém na vida de vocês que venha apenas para somar e não subtrair, e digo mais, a vida é muito curta para ficar com pessoas insignificantes assim, espero que em breve vocês voltem a enxergar e tenham vida novamente. Beijos

  39. #57
    Tauana
    27.12.2016 - 10:45

    Caso 01 Desiludida – Acredito que pela diferença de idade ele quase tinha uma superproteção de pai e sabendo que aos 17 anos os hormônios estão bombando, que tu poderia te interessar por outros meninos mais jovens, bonitos, ele surtou de ciúmes. Acho isso bem previsível.
    PERAAA. Ele te traiu varias vezes, era machista, contra a tua família, extremamente abusivo, e tu voltou? NÃO, AMIGA, PQ ISSO?
    Tu ficou casada 1 ano sem manter relações sexuais e ele jogando na tua cara que tu traiu ele? Tu lembrou ele daquela lista, e dos encontros, motéis e tudo mais que ELE fez?
    Meu amor, acredita em ti. Confia nas pessoas que tu tem certeza que te amam, segue o conselho deles.
    Posso te dar uma dica? Faz uma lista com o que tu não gosta nele, com as coisas que ele te fez e do lado dessa lista tu faz com as coisas boas.
    Depois me diz como ficou essa lista e toma as tuas conclusões! Vale lembrar que agressão, traição, abuso, machismo conta muito mais pontos, viu.
    Querida, não faça isso, não volte, de uma chance para ti!!! Tu é bem resolvida, vai conseguir outra pessoa, e se for o caso use a justiça para afastar ele da tua vida. Se mude, faça algo, se afaste.
    Com todo meu carinho, RESISTA!!!

    Caso 02 Hacker – Casa de sempre? Só um aviso? Perdoou? Amiga sua louca, não!!!
    Amiga, ele te humilhou, isso é abuso. Já é mais um motivo para tu dar o fora.
    Que tu tem que tocar a tua vida, nós já sabemos.
    Só te aconselho a fazer o teu pé de meia e deitar o cabelo.
    Amiga, fala com advogado, conversa com a família e sai fora, não tem mais solução.
    Pensa mais em ti, planeja teu futuro, tenta enxergar como tu quer estar daqui há um tempo e depois toma a tua decisão.

    Meninas, A ZONA DE CONFORTO NÃO É NADA CONFORTÁVEL, FUJAM DELA!

  40. #58
    Carolina
    27.12.2016 - 10:54

    Cony e leitoras, sei que as respostas a essa coluna às vezes dividem um pouco as opiniões e acho isso natural. Somos humanos, com vivências e características diferentes. Vejo você, Cony, com uma postura sempre firme, mas que também demonstra um lado muito família. Isso reflete que há uma grande sensibilidade em você por trás de toda essa sinceridade (e acredito que é por isso que as pessoas escrevem, não?). Entendo que para algumas pessoas o puxão de orelhas pode parecer meio forte, mas também entendo que é tão angustiante ver uma mulher sofrer na mão de manipuladores que é difícil, também para nós, segurar as palavras. Não vejo isso como julgamento, me desculpem, mas como aquela sacudida na amiga para acordar. Acordar para se libertar de um sofrimento e finalmente ser feliz!

    Então desejo que para 2017 possamos ter mais compaixão, empatia, e que sejamos mais equilibradas, sensatas e amigas. Que possamos entender que a felicidade está dentro de cada uma de nós, e que nunca deveríamos dar ao outro o direito de mexer nisso. E que não nos esqueçamos que estamos todas no mesmo barco, cada uma com a sua luta diária.

    Cony, por favor, continue com esse lindo trabalho em 2017! É isso que faz de você muito mais que uma blogueira.

    • #59
      Carolina
      30.12.2016 - 21:26

      E quando vai abrir a próxima temporada de choras?

  41. #60
    Paula
    27.12.2016 - 11:16

    Dica para os próximos choras: meninas, que tal reler o chora antes de enviar? Esses choras de hoje estão meio mal escritos, muitas vezes não dá pra entender direito de tão confusa que a redação está.

  42. #61
    Jéssica Diane
    27.12.2016 - 12:13

    Mulheres, por favor, se amem!!!

  43. #62
    Andrea
    27.12.2016 - 12:17

    Nossa, eu nem quis ler os outros casos de tão chocada que fiquei com o Caso 1!! Amiga, busque uma terapia urgente, vc precisa de orientação psicológica pois esse homem dominou totalmente sua vida, e principalmente como a Cony falou, apoie-se no que sua família está te oferecendo! Seu ex-marido manipulou vc durante todos esses anos, saia dessa relação o quanto antes possível. E busque terapia, faça uma viagem com sua mãe para um lugar de muita tranquilidade, de paz, onde vc possa descansar de tudo isso e poder ouvir a sua própria voz e entender que vc é uma pessoa maravilhosa, e tb o quanto o amor da sua mãe será fundamental para vc melhorar. Peça principalmente muito amor a Deus, para que vc se fortaleça e se restabeleça emocionalmente de toda essa loucura que esse homem fez na sua vida!

    • #63
      Taiza
      29.12.2016 - 19:30

      Verdade, a impressão que eu tenho é que foram tão dominadas e por tanto tempo, que fica difícil mesmo imaginar uma vida diferente e relacionamentos saudáveis… mas eles existem, meninas! Pulem fora disso.

  44. #64
    Thais
    27.12.2016 - 12:17

    Fiquei chocada com os relatos! Sei que é fácil perceber o absurdo das situações vivenciadas pelas meninas quando se está de fora, eu mesma já passei por um relacionamento abusivo e sei como foi difícil me livrar dele.
    Mas, por favor, meninas, tenham força e se livrem desses trastes, eu garanto que sentirão um imenso alívio!
    É uma questão de saúde, não dá pra sobreviver desse jeito!
    PS: Também fiquei extremamento incomodada com os erros dos depoimentos, mas o mais importante e tentar ajudar essas pessoas que estão precisando muito nesse momento! Nem todo mundo tem as mesmas oportunidades de estudar…

  45. #65
    Amália
    27.12.2016 - 12:54

    Pras duas meninas que escreveram: E se esses amados de vocês sofressem um acidente HOJE e ficassem vegetativos, e vocês tivessem que passar a dedicar a vida à alguém que não está nem aí pra vocês????
    Sabe pq escrevo isso? PQ VI ISSO ACONTECER!
    Acordem, pulem foram enquanto é tempo. Daqui um minuto é futuro, e vocês podem piorar ainda mais o de vocês.

    • #66
      Taiza
      29.12.2016 - 19:29

      Ótima reflexão… porque eu vejo eles, se acontecesse algo com elas, pulando fora mais do que depressa! Eles não teriam todo esse sentimento de ‘apego’ pra se arranjar na vida com outra caso tenham a oportunidade.

  46. #67
    Lorena
    27.12.2016 - 13:06

    Eu acompanho este blog há alguns anos, e como todas as leitoras, gosto muito de ler os textos dos ‘Choras’. Depois de ler o primeiro caso, que me deixou extremamente chocada, eu tb resolvi compartilhar minha experiência, no intuito de ajudar essas meninas que tanto sofrem abusos nos relacionamentos. Eu me relacionei com um homem durante 12 anos, dos quais 10 foram de abuso. Quando o conheci – jovem, imatura e sonhadora – ele era para mim a realização do homem que eu sempre sonhei: bonito, inteligente, educado, bem resolvido profissionalmente $$$, etc. Começamos a nos relacionar e depois de 1 ano ele me revelou que era casado. Para resumir a história, depois dessa descoberta, eu passei a viver um relacionamento extremamente doentio, onde depois de algunas anos ele se separou da família para resolver a nossa situação, mas me cobrou um preço altíssimo pela decisão: investigou todo meu passado de relacionamentos, exigia minhas senhas de e-mail, lia todas as minhas msgs de celular, conseguiu rastrear e-mails antigos que nem existiam mais na minha conta, tudo na intenção de saber o que eu fazia com meus ex-namorados. Minha vida se tornou um inferno. E eu me tornei refém de todo esse abuso emocional. Ele era machista e eu não entendia que era isso que acontecia. Ele dizia que eu era vagabunda por eu ter permitido ter relação sexual com meus ex-namorados, exigia que eu detalhasse como eram as relações, e me dominava de uma tal forma que me fazia me achar a pessoa mais culpada do mundo!! Ao final de tudo, a única forma que encontrei de romper com essa loucura – pois eu não tinha forças para me afastar dele, tamanha enfermidade psicológica que tudo isso me causou – foi vindo morar na Espanha. Me matriculei em um curso na universidade, estou aprendendo espanhol, conheci muitos amigos, e agora depois de 1 ano, estou namorando um espanhol e vivendo uma vida completamente diferente – e muito feliz! Então a mensagem que quero passar a todas essas meninas é: se afaste de quem te machuca e te abusa psicologicamente! Não tenham medo de tomar uma decisão firme e buscar uma nova oportunidade de viver feliz, busquem forças que vcs encontrarão dentro de vcs!! Muitas vezes pensamos que não haverá uma solução, mas sim, qualquer decisão que te afaste de um relacionamento abusivo e doentio já é uma solução! Peça ajuda da família, principalmente dos seus pais, peça muito a Deus forças para te fortalecer em tudo isso, mas tenha coragem e saia! E seja feliz!
    Desejo um ano novo de muita paz a todas nós!!

  47. #68
    Mariana
    27.12.2016 - 13:14

    Sobre o caso 1: culpada pelo que gente? Ele é seu ex marido e não seu filho, vc fez de tudo pela relação de vcs e recebeu o que em troca? Traição atras de traição, mentiras e humilhações. Sai dessa pelo amor de Deus, bloqueia ele de tudo, deleta ele da sua vida, não queira nem ter notícias dele. Você merece alguém que te ame pelo que você é, que te respeite acima de tudo e que te de valor, mas primeiro você precisa se dar valor!! Ficar com um cara desses e sozinha sou mais ficar sozinha e feliz. Se cuida. Beijos

  48. #69
    Erika
    27.12.2016 - 13:22

    Nossa… chorei.
    Como é difícil sair de um relacionamento abusivo.
    Meu conselho é: saiam da ilha e tentem enxergar o que está acontecendo.
    ViVer é mais que isso, meninas. Merecemos muito mais.

  49. #70
    Athena
    27.12.2016 - 14:42

    Também me senti angustiada lendo os choras, mas não pela ortografia, e sim pelo sofrimento narrado. A desiludida também podia ser chamada de manipulada… Gente, vc deve ter sofrido muito para se lembrar desses episódios com tanta riqueza de detalhes. Difícil acreditar que vc vai ter final feliz de contos de fadas. A hacker tem que se ligar p/ não contrair DSTs.
    Os comentários da Constanza foram um sopro de realidade e força em meio a tanta tristeza. Parabéns por ser tão sensata nos conselhos a quem você nem conhece.
    No mais, aviso aos navegantes de que abusos psicológicos não acontecem somente a quem tem a autoestima reduzida. Basta estar desatenta para que isso aconteça, afinal, os psicopatas estão por aí.
    E também acredito que quem tem filhas não devia deixar que assistissem contos de fadas e demais balelas que baseam a educação em pilares e expectativas nada realistas.

  50. #71
    Patrícia
    27.12.2016 - 14:45

    Muito triste ler tanto sofrimento… Mas lendo este Chora e o último, vejo racionalmente que grande parte das mulheres, hoje, se submete à grandes humilhações por medo de ficar sozinha ou sem dinheiro. Na maior parte das vezes, preocupadas com o julgamento de uma sociedade materialista, insensível, superficial e rasa – temos como exemplo a quantidade de professoras de português aqui hoje, que mesmo diante de casos tão lamentáveis, estão mais preocupadas com a aparência do que com o conteúdo. E sim, dá para entender perfeitamente as histórias, basta ter um pouquinho de paciência.

    Importante sempre lembrar que as pessoas não precisarão conviver conosco o resto da vida, mas nós teremos que conviver com nossas ações, omissões e consequencias destas até a morte (ou até mesmo em outra vida, para quem acredita). Então, se não tivermos coragem para nos erguer e lutar por uma vida melhor, não poderemos reclamar ou supervalorizar a situação.

    Pelo amor de Deus, as meninas que escrevem aqui (até onde sabemos) têm todas as condições físicas necessárias para ir à luta, têm saúde. Pessoas com maiores dificuldades em todos os sentidos, que não possuem braços ou pernas, tomaram coragem e foram viver, superar obstáculos, enfrentar o mundo e a vida. E vocês aí, sem maiores dificuldades, nesse sofrimento todo por causa desses relacionamentos autodestrutivos?! Desculpe, mas as maiores responsáveis por todos esses acontecimentos são vocês, que não tomaram atitude quando deveriam e continuam inertes!!! Isso é autossabotagem!!!!

    Quando as pessoas vão entender que antes de amar o outro, é preciso amar a si mesmo? Que as pessoas só fazem conosco, aquilo que permitimos? Deixar-se passar por essas situações não é prova de amor, é doença! Vejo que grande parte das meninas parece padecer da Síndrome de Estocolmo, na qual a vítima passa a sentir empatia pelo seu agressor. Muito grave!! Vejo também que o homem, quando errado, fala que a mulher precisa se tratar por estar louca e faz com que se ela se sinta culpada por exigir respeito!! E pior, todas acreditam que realmente estão! Então meninas, vão se tratar: tratar de viver, de ser feliz, de se cuidar e de, principalmente, se respeitar! Porque se nós não nos respeitarmos, quem irá?

  51. #72
    Dani Borghi
    27.12.2016 - 15:55

    Meninas, só uma coisa a dizer: Qta mulher sofrendo relacionamentos abusivos e digo, eu fui uma!!! fiquei 3 anos c um canalha…galinha, mamipulador….porém hj estou livre, livreeeeeeeeeeeeee e totalmente feliz e sei, que nunca mais ning me fará de idiota…pq eu nunca tinha passado por isso…
    por conta disso, tive gastrite, insônias…etc etc
    Hj to livre desse pesadelo!!!
    Mulheres…se amem e releiam toda a historia de vcs…da um nó no estômago ao ler tamanho abuso..
    vcs vão sofrer com a separação no início pq parece droga…um vício…vc ta tão acostumada nesse círculo vicioso que qdo se vê sem esse crápula acha q vai morrer…e vc morre por dentro, mas depois vc renasce das cinzas!!!
    Podem crer…eu sofri horrores e to aqui linda, viva e saudável e mais ainda feliz…livre….

    tomem as rédeas de ssuas vidas, sejam felizes com vcs mesmas e NUNCA MAIS deixem ning manipular vcs, maltratar, ser infiel etc

    bjus e força a todas

  52. #73
    Bruna Costa
    27.12.2016 - 17:05

    OFF TOPIC

    Cooony
    Fui agora de férias para o Atacama! Que lugar é aquele???? Sonho!
    Passei meio dia em Santiago (já tinha ido ano passado). Que vontade de voltar e morar lá haha

  53. #74
    Ana
    27.12.2016 - 18:40

    Cony,
    Nunca comento nada mas leio todos os dias religiosamente.
    Sinceramente, OBRIGADA pelo texto !
    Copie e guardei no meu bloquinho de notas.

    Te desejo tudo de bom
    Beijos

  54. #75
    Isabela
    27.12.2016 - 19:16

    meu Deus, nao sei nem o que dizer sobre esses homens…. FOGE QUE É CILADA, BINO! apenas.
    e mulheres, vcs que são mães, por favor, eduquem seus filhos para serem bons homens, bons maridos, pessoas que saibam o que é respeito ao outro e principalmente às mulheres, fico impressionada com casos assim e preocupada de pensar no tipo de homem que os meninos de hoje vão se tornar. tá tenso…

  55. #76
    Joseane
    27.12.2016 - 19:37

    Eu adoro os puxões de orelha bem sinceros que a Cony dá, haha.

    Bem meninas, tem muito o que falar não. A maioria já falou tudo. Só peço, pelamordedeus: pulem fora dessa canoa furada enquanto é tempo! Se preservem, se respeitem, não sejam submissas a tal ponto! Aproveitem a virada de ano pra recomeçar! RECOMEÇAR!!!

    E quanto aos erros de português, também percebi, mas o foco aqui não é esse. Menos, bem menos!

  56. #77
    Sara
    27.12.2016 - 20:02

    Isso tudo é reflexo de mulheres que vivem num mundo machista e o que é pior: SÃO MACHISTAS TAMBÉM.Acham que tem que suportar traição ,que isso é normal e que são obrigadas a suportar isso PORQUE não tem homem….de fato homem que preste está difícil , mas pior é se submeterr a isso. O comportamento das mulheres muitas vezes molda os homens. OS HOMENS SABEM QUE SE NÃO DER CERTO COM UMA IDIOTA…existe uma outra IDIOTA DESESPERADA POR QUALQUER UM. Se as brasileiras se dessem valor os homens aumentariam a qualidade porque saberiam que teriam que ser melhores para cosneguri alguém. Eu convivo com mulheres de outras culturas…são diferentes. Vão lá ver como elas são e aprendam. Desculpem o desabafo, mas estou cansada de ver mulheres manter o mesmo padrão…

  57. #78
    Júlia
    27.12.2016 - 20:58

    Gente, vou me apropriar do espaço aqui e quem tiver a fim, me aconselha aí e dê sua opinião. Pensei que meu caso não era de email porque não é tão sofrido/sério. Bora lá?
    Tenho 26 anos. Já me envolvi em muitos rolos no passado quando era jovenzinha (comecei cedo, kkkk). Porém, me casei com 22 anos com um cara que era o homem dos meus sonhos. E deve ser o de muitas outras também. Me apaixonei completamente e ficaria com ele em qualquer condição porque o amava. Ele é lindo, carinhoso, amigo, me entendia em tudo, fofocava comigo, parceiro, me apoiava em todos os meus mínimos objetivos e era o tipo de cara que vivia aquele lance de ‘conquistar a pessoa a cada dia’. Não tenho o que reclamar do meu casamento, mas enfim, separei. Todas vão me achar louca, mas eu quis sair dessa relação por que queria me sentir livre, queria ficar com outras pessoas e não me via mais envelhecendo com ele. É um relacionamento que realmente doeu abrir mão, mas eu achei que não era justo com ele que eu ficasse querendo viver emoções, querendo conhecer outras pessoas e imagino que ele mereça alguém que pense somente nele…triste.
    Enfim, superada essa fase, ocorre que voltei pro jogo agora e estou me sentindo ‘por fora’ depois de 5 anos de relacionamento e 3 de casamento.
    Conheci um cara que simplesmente me deixa perturbada. E digo isso da parte sexual. Não sei nem como explicar isso pra vocês, leitoras. Mas vou tentar: esse cara tem 30 anos e não faz nada da vida. Trabalha com coisas aleatórias só pra pagar conta mesmo, mas não tem objetivo nenhum na vida. Só fez o ensino médio, começou duas faculdades excelentes e não terminou porque se assume um desinteressado completo, mesmo. Ele diz que não tem ambições e que faz o tipo de cara que normalmente as mulheres ficam antes de casar. Na sinceridade, ele fala isso.
    Já eu, estudo, sou muito esforçada e atualmente faço mestrado (sou formada em Ciências Biológicas e agora estudo Produção Vegetal) e morro de vontade de ganhar uma grana pra viver confortavelmente, além de me interessar no conhecimento e tal… Não temos o mínimo de afinidade nesse quesito ~vida.
    Daí que entra o negócio. Eu não dou a mínima pra essas diferenças ai pq estou completamente parada na desse cara. Ele manda no sexo e na nossa relação. Tipo se ele decidir que quer sexo agora, ele diz que vai ter e pronto e quer que eu obedeça. E eu estou gostando disso. Sou louca? Isso é abusivo?
    Se quiser cortar essa parte pelo seu blog ser ‘de família’ rsrsrs. Ele diz que não quer discutir relação, só falamos sacanagem, a gente transa em lugares loucos, públicos, carro, etc. Trocamos nudes, sexo por telefone, mas tudo do jeito que ele quer. Enfim, digamos que estou praticando coisas que nunca imaginei porque simplesmente ele me pede pra fazer e eu tenho vontade e faço. Tipo um joguinho de ser a submissa, sabe?
    No momento, não me sinto com abertura pra falar disso com as amigas. Todo mundo me via num casal perfeito com meu ex marido, acho q não estão preparadas pra debater isso comigo. Sei que meu ‘problema’ não é nada perto dos choras terríveis das outras meninas, mas acho que aqui é papo e conselho de leitoras que podem ajudar umas às outras.
    É que às vezes tenho a sensação que ele faz isso por talvez não se sentir ‘adequado’ pra mim, e querer me comandar e dominar na área do sexo, sabem? Ele já me questionou algumas vezes o porquê de eu estar com ele, por me achar ‘bonita, gostosa, inteligente’ e que não é o tipo de cara que pega mulher do ‘meu porte’.
    Quero saber o que vocês, Cony e as leitoras, acham disso. Será que isso é caminho pra eu me ferrar, no fim? Que eu não deveria aceitar ser o brinquedo sexual de alguém? Que isso é fogo de palha pq me separei há pouco?

    • #79
      Marina
      28.12.2016 - 23:17

      Acho que o que ele te oferece é uma relação baseada e resumida em sexo. Se você quer algo além disso (e parece querer), melhor pular fora. O joguinho sem dúvida é instigante, mas passada esss fase inicial, não vai te satisfazer.

    • #80
      Thais
      29.12.2016 - 13:52

      Olha, acho que se vc está feliz, ok!
      Mas tenha muito cuidado para não se envolver e se machucar. Se vc não souber separar bem as coisas, isso vai acabar mal para vc.

    • #81
      Fernanda
      29.12.2016 - 15:21

      Julia, acho que é normal gostar de viver experiências diferentes mas cuidado para não se envolver demais com um homem assim para não se desiludir.
      E seu ex tem face? Tenho várias amigas solteiras atrás de um príncipe kkkk! Tá difícil um homem desses que nem você descreveu

    • #82
      Andrea
      29.12.2016 - 19:29

      A resposta de tudo isso está na sua própria mensagem!!

  58. #83
    Graziela
    27.12.2016 - 21:32

    Cony, o q eu vou comentar não tem nada a ver com o chora. Acabei achando esse post seu sem querer e me identifiquei. http://www.futilish.com/2015/12/e-triste-a-despedida-mas-tchau-2015/
    Só que no caso, meu ano de 2016 que não foi muito bacana. Aí lembrei q tinha feito uma lista pro ano de 2016 mas q não consegui cumprir. Queria saber o saldo desse post, de como foi esse ano de 2016 p vc, o q ficou de aprendizado p vc é se vc tem dicas p compartilhar e ajudar o próximo. Amo seus blogs e te acho uma ótima conselheira. Obrigada pelo trabalho com o “chora que eu te escuto”. Vc faz a diferença pra muitas pessoas!

    • #84
      Graziela
      27.12.2016 - 21:33

      *seu blog

  59. #85
    Ananda
    27.12.2016 - 23:35

    Cony mulher,você é luz! em poder ajudar essas mulheres que escrevem p você, que se abrem, independente do quão chocante é a história, que elas não enxergam que é. é de grande ajuda cada conselho, pq sabemos que são leitoras como nós. Homens que são capazes de fazer o que fazem e mulheres que são capazes de perdoar cada absurdo desses. Ou é carma / provação, ou não sei o que é. Que em 2017 seja um novo ano pra vocês, que vocês se amem mais, e descubram o que é bom, e o que as fazem bem de verdade. Mas que vocês se livrem desses trastes, que só faz atrair mais coisas ruins p si mesmas, trazendo riscos p si mesmas, se quer perdoar, perdoa e manda ir embora! Se tem filhos, não deixam de ser pais nunca. Muito, muito mais amor próprio, aprendam com a Cony!! Diva s2

  60. #86
    Helena
    27.12.2016 - 23:42

    Acompanho o blog há anos, leio os Choras sempre, mas nunca comentei. Hoje eu me identifiquei com cada um dos relatos (dá pra entender, sim! Mais empatia, por favor! Gramática não é o foco aqui!)
    Vivi um relacionamento abusivo por quase oito anos e quando dizem que as pessoas não se dão conta, é verdade. Acreditem, nós sabemos que tem muita coisa errada, mas não conseguimos sair da situação por uma série de fatores. Vejo no depoimento dessas mulheres o quanto é difícil pra elas. É difícil reconhecer o erro, ver o tempo perdido, saber que não tá legal. Sempre fui alertada, mas só consegui tomar a decisão quando consegui amadurecer de verdade e me convencer de que aquilo não era vida e que eu era a única responsável pela minha felicidade. Portanto, empatia é mais do que necessária para dar algum conselho a quem passa por isso.
    Até hoje ainda me sinto mal quando me dou conta de coisas absurdas que aconteceram e eu aceitei. Parece mentira, mas não é. A culpa vem forte.

    O que achei legal de ter lido aqui nos comentários foi a respeito de cortar o contato. Isso é realmente de muita ajuda num primeiro momento, mas entendo que nem sempre é possível.
    Saia, mude-se de casa, cidade, estado, de país se conseguir. Viver outra realidade nos impulsiona a não querer de volta aquilo que nos feriu e a mudar de foco. Mudando-se ou não, não tenha contato de nenhum tipo, nada, absolutamente nada. Troque número, exclua das redes sociais, bloqueie, peça para as pessoas próximas não trazer nenhum tipo de informação sobre a pessoa. E tente se manter firme! Eu precisei de terminar DUAS VEZES, pois na primeira vez não fui firme e acabei voltando. Hoje vejo o quanto isso me atrasou e me arrependo por isso. Cada segundo vivendo um relacionamento abusivo é muito! Não vale a pena olhar pra trás e reconsiderar.

    Mas é importante ressaltar que a busca por autoconhecimento e tentar resolver-se consigo mesma é muito importante. Eu aceitei o que não deveria ter aceitado e não posso permitir que isso aconteça novamente. Hoje, depois de dois anos sem nenhum tipo de contato, me sinto mais segura, mais feliz, mais dona de mim. Sinto-me bem na minha própria pele e isso é incrível! Espero que as irmãs dos Choras consigam achar um caminho.

    Recomendo fortemente os textos do perfil Relações Tóxicas do Facebook, para tentar entender um pouco mais sobre abuso, narcisismo e relacionamentos. Sintam-se abraçadas.

    Cony, seu trabalho por aqui é de utilidade pública! Foi importante pra mim quando estive em processo de término e eu imagino que para inúmeras mulheres. Sou grata!

    • #87
      Taiza
      29.12.2016 - 19:07

      Melhor sentir culpa por ter demorado pra cair fora, do que viver até hoje na enganação… eu entendo sim que é complicado, que a relação interpessoal é difícil e que quem está de fora muitas vezes não enxerga. Mas acho que essas relações abusivas são um dos fatores mais determinantes na criminalidade, já que muitas mulheres são até agredidas e assassinadas por parceiros desequilibrados. Isso é muito grave, não conheço a sua história mas parabéns por ter recomeçado a sua vida.

  61. #88
    Andrea
    28.12.2016 - 12:58

    Cony, parabéns pelas palavras lúcidas e, principalmente, parabéns por conseguir ter paciência para entender as cartas tão mal redigidas e tentar ajudar essas meninas.

  62. #89
    Andréa
    28.12.2016 - 13:32

    Vocês tem filhos?
    Já pensaram quanto uma criança sofre crescendo no meio de uma relação abusiva??
    Como filha de um casal de relacionamento abusivo eu sofro as consequências de baixa autoestima, depressão, ansiedade, muito fruto da relação doentia dos meus pais.
    Meu pai era casado no papel com outra, minha mãe era a amante que se humilhava. Nunca convivi com a família paterna. Ele sempre negava que tinha outras, mas ficava com minha mãe e outras. Mentia muito que estava viajando, não participava da minha vida, era um presente/ausente. Além de ser alcoólatra e não admitir, os finais de semana eram um horror, deixava a casa escura, eu e minha mãe e irmã ficávamos no quarto enquanto ele ficava gritando palavrões e ouvindo som extremamente alto. Rezava para que eles se separassem, não queria conviver na presença do meu pai. Teve épocas que ele andava só de toalha pela casa e se trancava no quarto e ficava pelado se exibindo para vizinhos e observando de binóculo (vouyer). Graças a Deus não abusou de mim nem da minha irmã sexualmente, mas abusou psicologicamente demais. Até hoje me pergunto como minha mãe permitiu que eu e minha irmã crescesse nesse ambiente. Para vocês verem que quando a mulher está doente e cega aceita tudo. Faz um ano que agora ela está conseguindo cortar o contato com ele, tenho muitas mágoas e questões dos dois até hoje. Não se até que ponto ela ficou com ele por medo de perder nossa guarda pra ele ou até com medo dele nos matar, mas no fundo sei que ela ainda sente algo por ele. Ela teve síndrome do pânico e perdeu muito da sua vida (ficaram juntos por mais de 20 anos). Hoje mantenho o contato mínimo com ele e ele ainda se sente injustiçado, como se não tivesse feito nada disso. Sorte que consegui ter um bom casamento, meu marido é ótimo e quero que meus futuros filhos vivam num ambiente saudável.
    Esse comentário foi praticamente um chora, mas me senti na obrigação de alertar nas consequências de um relacionamento abusivo não só pra vocês, mas pra seus filhos. É isso que vocês querem pra vida de vocês? Pois é isso que lhes aguarda. Caiam fora dessa enquanto podem, enquanto não se prendem com filhos, pois a tendência é piorar.
    Obrigada por ceder esse espaço Cony!

  63. #90
    fatimaX
    28.12.2016 - 16:09

    Cony passei pra te desejar um Feliz 2017!!!
    Que voce receba em dobro todo o bem que vc faz pra tantas pessoas, inclusive cedendo este espaço para essas mulheres sofridas extravasarem sua dor.
    Que em 2017 este nosso blog preferido continue bombando.
    bjos.

  64. #91
    Iza
    28.12.2016 - 17:33

    Esse foi o Chora mais dificil pra terminar de ler. A todo momento eu pensava “não é possível que ela voltou…”, “ele é um cretino” e por aí vai. Entendo que quem está envolvido no relacionamento não vê com clareza nenhuma o que está óbvio pra todo mundo. Eu não tenho nada de novo pra dizer além do que as meninas já disseram, é só pra que as duas, lendo os comentários, saibam que tem mais uma que pensa assim: SAIAM DESSA, ELES NÃO VALEM NADA E NEM VÃO MUDAR!!

    Espero que elas internalizem e resgatem o amor próprio em busca da felicidade!!

  65. #92
    Sara
    28.12.2016 - 18:27

    Só para confirmar o que foi dito por todas: caiam fora! E eu entendo a Hacker querer fazer um pé de meia antes, mas não demore muito para se separar e nem se entregue a tristeza. O que acontece com vocês é mais comum do que se imagina e algumas meninas deram testemunho aqui nos comentários de que é possível sair dessa situação e ser feliz.

  66. #93
    Val
    29.12.2016 - 02:34

    “A desilusão é a visita da verdade” – Chico Xavier

  67. #94
    Val
    29.12.2016 - 02:48

    Achei muito interessante artigo desse blog: https://andersonyankee.wordpress.com/2015/12/21/como-lidar-com-uma-decepcao-amorosa-nao-se-deixe-levar-pelo-trauma-de-um-mau-relacionamento/
    Estou lendo muito sobre abusos em relacionamentos ultimamente, tenho duas amigas que estão em situações semelhantes. Sei que é complicado dar conselhos, porém sempre bom ter clareza. Procurar um psicólogo, psiquiatra, terapeuta vai ajudar muito, ninguém pode te dizer o que fazer, mas pode te ajudar a enxergar a colocar para fora o que está tentando ocultar de si mesma. Nunca é fácil olhar para nossas sombras, as que criamos ou permitimos. Boa sorte, auto responsabilidade e muita clareza meninas, bjs

  68. #95
    Renata Castro
    29.12.2016 - 10:24

    Arrasou no comentário final, Cony! Esse texto me ajudou a tomar uma atitude necessária! Tirei uma foto do seu comentário e guardei pra vida!

    Continue sendo essa pessoa iluminada!

    Bjos

  69. #96
    Mariana
    29.12.2016 - 12:29

    Gente, é surreal o tanto de mulher que sofre por cafajestes. ACORDEM! Nenhum homem merece sofrimento de mulher, não. Valorizem-se!

    P.S.: Galera, vamos dar uma melhorada na escrita também, porque tá tenso. rsrsrs

  70. #97
    manu
    29.12.2016 - 13:59

    Desiludida, fiquei cansada só de ler, nem li tudo. Tem nem o que pensar tem muito tempo já.

    Hacker, força nessa peruca e larga esse homem!

  71. #98
    Taiza
    29.12.2016 - 19:04

    Menina do primeiro tópico: eu entenderia se vc chorasse por perder tantos anos preciosos da sua vida com um tralha desses. Agora, chorar por não saber se volta ou não pra ele?? Você leu tudo o que vc escreveu? Não dá pra entender. O que tem de bom voltando pra ele? Volta pra terapia, isso tem muitos nomes mas certamente amor não é um deles. Não tem nada de bom nessa relação, essa coisa está tóxica pra vc, esse cara é doentio.Eu não teria ido nem ao velório, e nem pago as despesas médicas dele. Me julguem.

    A moça do segundo post, que também tem só uma vida inteira pela frente, resolve “perdoar” uma traição sendo que ela mesma conversou com a amante do cara por celular. Ô loco meu! Gente, acordem! Se a coisa tem cara de traição, cheira traição, tem os indícios de traição, não pode ser o reino dos unicórnios, é traição! Se for pra ficar numa relação abusiva, fiquem sozinhas, meninas! Façam esse favor a vcs mesmas, vcs não merecem passar por isso, ninguém merece que isso seja feito.

    De verdade, gente. Se amem. Se cuidem, façam os exames pra ver questão de doenças venéreas, larguem esses tralhas que não servem pra nada e estão no mundo só pra fazer peso. Força a todas, que em 2017 vcs venham testemunhar o livramento na vida de vcs.

  72. #99
    Taiza
    29.12.2016 - 19:13

    E, meninas: quando decidirem terminar tudo, espero que em breve, não se sintam culpadas porque o “cara é dependente no plano de saúde”, ou “vocês tem contas juntos” ou etc. Vocês vão ver que, mandando eles pro hell, vai sobrar mais dinheiro pra vcs, pq eles gastam com as outras. Então tomem uma atitude, e arquem com essa burocracia chata, mas passageira. Vão fazer algumas ligações, algumas assinaturas e pronto, um passinho de cada vez. Não pensem na coisa toda como um “bolo sem solução” porque a unica coisa que não tem solução é a morte. O resto, dá-se um jeito.

  73. #100
    Sueli
    20.09.2017 - 18:05

    Olá !!
    Não conhecia esse blog. Fui em busca de imagem no pinterest e acabei lendo tudo.
    Há 3 anos me separei no “papel”. Mas já havia separado em 2010. Foram mais de vinte anos entre namoro e casamento.Quando eu o conheci tanto ele como eu já tínhamos filhos. Pais solteiros. Uma pessoa difícil de conviver, mas ainda assim durou até demais. Tentei por duas vezes terminar ou recomeçar uma faculdade, mas ele dizia que meu tempo já havia passado. Por conta do trabalho dele, vivíamos mudando de cidade, por muitos e muitos anos. Uma média de 2 anos em cada cidade do Brasil e fora. Tivemos um filho juntos que nessedia completa 27 anos. A minha completou 34. A separação deixou marcas muito profundas em todos nós, meus filhos e eu. Meu problema foi amar
    demais, era desde secretaria a amante. Mãe, amiga, companheira. Em alguns anos a convivência foi boa. Mas sempre notei que eu amava mais. Notava suas idas ao computador. Via o histórico depois e era só sacanagem. Achava estranho.As vezes ficávamos meses sem sexo. A minha conclusão era que eu não era suficiente pra ele. Mas, quando havia sexo era bom. Nos últimos 3 anos, morando no estado do Pará, ficamos sem sexo por 3 anos. Eu enlouquecia. Adoecia. Certa és, tentando procura lo, ele me jogou da cama, o que resultou em ferimento na testa. Ainda tenho uma pequena cicatriz. Chorava, chorava e ele nunca falava nada, fugia do assunto. Nunca entendi muito bem isso. Mas continuava ao lado dele,mesmo sendo muito mal tratada,violência verbal epsicologica mesmo. Esse amor do mito por ele, me fez perder muita coisa em minha vida. Até que um dia eu peguei!!um extrato de banco, uma conta em um restaurante e a certeza de que ele estava no trabalho. Mandei um e mail no trabalho dele, perguntando tudo..questionei até se ele não era gay!! Kk E então chegando em casa anoite, depois do e-mail..ele calmamente me disse..não sou gay, não tenho um caso…só não tenho nenhum trípode sentimento por vc…muito menos atração!!!afff. Por 3 diaseu chorei…chorei echorei! Amigas entravam entravam estima de minha casa tentando ajudar. Cansei de chorar, respirei fundo , fiz as malas, acreditem..fiz faxina, mandei limpar o jardim, ensinei ele a usar a máquina, lavar roupa, usarforno, fogão e banco! E vim embora pra minha cidade natal. Claro, quenemuma semana depois , amigas e vizinhos já me alertavam , que uma estagiária dele , com a diadema minha filha , toda siliconada, já estava na minha casa! Em menos de uma no a moça já deu um jeito d engravidar do cinquentão. Hj, é até engraçado escrever sobre isso, mas foi muito , muito sofrimento. No final das contas, ele ainda saiu da empresa, voltou pra nossa cidade e mora com a moça e filha. Em uma cidade pequena, que ainda tenho que ver isso tudo. Mal saio de casa. Hoje , não tenho emprego mais, nem grana..quase nada. Mas tenho algo importante comigo, nunca ninguém mais vai fazer o que ele me fez. Dizem que a genteso conhece alguém depois que se separa. Realmente! Há uns 3 anos descobri uma filha dele na minha cidade, ela tem 18 anos. Filha da babá do meu filho!!! Meninas, creiam em mim, vivam pra vcs, não em função de ninguém! Bjs a todas

Comente