27
Jan 2016
Chora Que Eu Te Escuto!
Chora Que Eu Te Escuto

É, não teve jeito. Com uma mini aparecidinha do CQETE na semana passada, já recebi novos desabafos e pedidos de conselhos. Acho que nem são assim, conseeeeelhos, mas as meninas querem conversar, ouvir opiniões.

Vamos pro Chora de hoje.

01 – Rachel

Oi Cony, já pensei em escrever mil vezes, mas sei que mil pessoas que tbm mandam e acabava desistindo… quando li esse último chora, acabei me animando… espero que tu possa me dar uma luz, pq tá fod*.

Não tive nenhuma luz que possa me ajudar, e digo os motivos no fim.

Tenho 22 anos. Conheci meu namorado com 19, em uma viagem de férias que fiz com mais 3 amigas. Fiquei com ele e mais 3 caras, mas nunca tinha sentido o que eu senti. Era frio na barriga, misturado com paixão, algo sinistro. Ficamos numa festa, no segundo dia já saímos de grupo ( ele chamou os amigos e eu as minhas amigas), e na 3° vez transamos ( isso em menos de 10 dias). Ele voltou do carnaval um dia antes do planejado pra me ver antes de ir embora, e saímos de novo. Quando voltei pro RS mantivemos por 2 meses diálogos e mais diálogos, até nos encontrarmos novamente, e começarmos a namorar. Tivemos alguns problemas no meio do caminho. PRIMEIRO: Logo que eu cheguei,da viagem do Rio descobri que ele tinha uma namorada- sim ele estava NAMORANDO, enquanto ficamos, saímos, transamos, e inclusive viajou com ela no carnaval. Eu fiquei puta na hora, mas continuei conversando pq realmente era muito legal, e pq eu não tinha nenhuma expectativa, nenhuma. Tanto que mesmo namorando, eu ainda mantinha conversa com alguns caras, nada demais- mesmo. Pra mim o fato de estar namorando era só um rótulo. Só que um dia, no meu aniversario ele viu uma conversa com um guri tbm do Rio, e perguntou se tinhamos ficado – eu disse que não -mas menti. Menti pq não queria que ele soubesse dessas coisas da minha vida, não era pra ele saber de nada… enfim! Menti sobre outras coisas assim como ele tbm mentiu. Ele um belo dia descobriu, eu resolvi confessar essa história e fim. Ele confessou as gurias que ficou – enquanto ainda não namorávamos e eu não e por isso ele joga na minha cara isso toda santa briga ( que as mentiras ele descobriu e etc). Mas ele decidiu me perdoar, então bola pra frente.

Um ano e meio namorando a distância, ele realmente fazendo muita questão de sempre nos vermos, de comprar passagens – pq eu não tinha condições de manter esses gastos-  planos pra lá e planos pra cá, vim morar com ele, e moramos juntos há um ano e meio. No primeiro mês morando juntos, tivemos uma briga por causa de uma dessas “mentiras”, terminamos tudo e eu realmente ia voltar, ele confessou várias coisas até já que estavamos terminando e tal- mas nada que tenha ocorrido “enquanto namorávamos”. Eu falei de tudo, nos perdoamos e eu botei uma pedra no passado.

Vim pro Rio pro causa dele. Terminei a faculdade e vim. Sem amigos, sem emprego, sem nada. E continuo sozinha, desesperada.

Não vou a barzinhos, a festa pq simplesmente não tenho companhia.A única amiga que fiz mesmo, é do interior de MG, uma cidade que sempre vamos pq a família tem casa lá.

No Rio, as unicas meninas que conheci foi num encontro de blog, que eu num ato desesperado decidi ir sozinha mesmo, pq tava muito tenso. Ele não faz questão de ver os amigos, de marcar nada – não sei se é coisa de carioca mesmo. Eu ja conversei sobre isso varias vezes achando que o problema era eu, que ele não faz nada porque sou eu e tal. Prefere ficar em casa, fazer uma janta, ver filmes…maseu sempre fui bem rueira, cheia de parceria pra fazer as coisas.

Trabalho na empresa dele pra tu ter uma ideia – sou formada em Adm Publica e fiquei 3 meses procurando emprego sem sucesso. Fiz entrevista pra loja de shopping, mas na empresa dele precisavam de uma menina, pagavam bem, de segunda a sexta e poderia ver a minha familia, foi o que pesou.

Nosso namoro mudou, ele nunca perde a oportunidade de me avacalhar, fazer piada comigo e tudo mais, e isso realmente mexe com a minha auto-estima. Já falei sobre isso com ele, mas ele acha bobagem.Em todas as brigas ele joga tudo na minha cara, eu sou sempre a errada, a culpada, a tudo. E apesar de não pegar nada explícito, sinto que ele me traiu algumas vezes (teve um episódio em julho que não sai da minha cabeça)

EPISÓDIO: era aniversario de uma amiga dele e eu não fiz muita questão de ir pq tava trabalhando bem longe. Beleza, ficamos nos falando numa boa, ele chegou no bar e nos falamos, e eu fui ate ver um filme. Depois disso ele nunca mais me respondeu. Eram 1h30 da manhã, e nada dele aparecer em casa, liguei mil vezes, liguei pro bar que tinha fechado as 00h00 e nada, liguei pra casa da mãe dele- ele podia estar lá, e nada. Liguei pra amiga dele e nada dela me atender. Nada de nada.

Até que acordei a casa da minha sogra, desesperada, eram 3h da manhã, e eu realmente achei que tinha acontecido um acidente.

Ele me liga dizendo que tinha vindo dormir no escritório- que era mais perto do bar- já que ia ter que vir pra cá de manhã cedo mesmo.

Eu nem preciso dizer que fiquei louca da vida, mandei ele nem aparecer mais e ficar por lá. Só que ele voltou pra casa, e sabe o que ele fez? Jogou na minha cara que eu tinha saído com os meus amigos em POA, e um dos meninos que eu já fiquei e ele odeia tava lá ( esse menino foi quase meu namorado e tem uns poréns com ele, mas a ultima vez que ficamos foi em 2012). Ou seja: INVERTEU O JOGO. Depois numa mais falamos disso, mas isso não sai da minha cabeça.

Voltando…

Essa minha amiga de MG é a unica menina que eu falei sobre esse assunto, só que, ela é bem amiga dele, há quase 10 anos, e já me disse que pra ela é “anti-ético” da parte dela me contar qualquer coisa sobre ele. Mas ela me deu várias indiretas – inclusive que ele já levou alguem pro nosso apartamento enquanto eu estou em POA-, ou até quando diz que vai na visitar a mãe dele ( ela me perguntou: tu nunca foi atras, pra ver se ele realmente ta lá?)

Eu não sou de fazer isso, ODEIO isso. Já peguei o celular, e vi uma conversa com uma guria, que ele diz que ficou muito antes de comecar a ficar com a ex. Mas não sei.

Ficamos dias, até duas semanas sem sexo, e eu te confesso que é por falta de vontade minha procurar, e outras por orgulho tbm.

Já tentei falar com ele sobre isso, mas ele inverte o jogo – usando aquela desculpa que eu contei no inicio sabe? Sempre usa uma desculpa. E sempre inverte. Inclusive uma vez peguei ele falando isso pra um colega de trabalho que tava com problema com a namorada.

Eu não sei mais o que fazer, to procurando outro emprego – pra começar, estudando pra uns concursos pq realmente não quero trabalhar em comércio e ficar sem ver a minha familia, vai ser muito pior. Aqui pelo menos de 2 em 2 meses eu to lá, saio com as minhas amigas e tudo.

Eu amo ele, e sei que ele tbm gosta de mim, ele já demonstrou isso, mas como a minha amiga de MG diz ” ele te ama demais, mas do jeito dele”. Já tentei perguntar pra ela, pra ela pelo menos me confirmar se realmente algo aconteceu, mas ela nao falou nada, mudou de assunto e eu até fiquei de meio de cara.

Não sei mais o que fazer, com quem falar- minhas amigas e minha família não vão ser imparciais sabe? Por isso corri pra cá, pq preciso de uma opinião, uma luz, de alguém imparcial.

Eu tenho os meus problemas e defeitos, sou geminiana, mudo de opinião toda hora. Só que isso das brigas, eu penso que se perdoou tá perdoado, bola pra frente. Sempre fui uma menina vaidosa, pra cima, que via o lado bom de tudo, mas ando me vendo infeliz… e são pelas atitudes, e não pelo todo. Eu admiro muito ele. Como homem mesmo. Ele é inteligente, tem um pensamento sobre a vida muito irado, e aprendo muito. Mas não vejo ele me vendo como mulher sabe? Talvez o que falte é uma mudança de atitude minha… não sei

Eu não sei se o que eu quero é um motivo pra terminar, ou pelo menos a chance, de saber de tudo, e poder perdoar ou não… mas não sei mais o que fazer.

Desculpa pelo texto gigante…

Menina, só você que não quer ver né? Perdi o número de traições que você contou e pelo jeito ele continua te traindo. Olha o que amiga dele te falou! Ele NÃO está te respeitando, tá sendo um belo sacana afinal você saiu da sua casa, da sua cidade, tá longe da sua família pra morar com ele e o bonito ainda te acha culpada de tudo? Joga tudo na sua cara? Inverte o jogo sempre? Olha… se eu fosse você, me afastaria logo. Pede um tempo e vai ficar no Sul. Sei lá, acho que por você estar morando com ele, inserida 100% no mundo dele, cercada pelos ataques dele, isso te cegou e você não está conseguindo enxergar direito a situação. Leia você mesma seu relato… A resposta ta aí.

a2662a4830447581ee8d03df072d6ce5

02 – Monica

Oi, Cony!

Resolvi mandar esse email porque estou passando por uma situação muito complicada no meu relacionamento, mas quando converso com alguém sobre isso todos dizem que isso é bobagem minha… Porém, acredito que você vai me entender.
Tenho 28 anos, namoramos há mais de 9 anos e estamos noivos há pouco mais de 1 ano. Nos conhecemos muito jovens, no cursinho pré-vestibular. Ele é demais, um querido, meu companheiro, amoroso, nos damos bem na cama, ele sempre está ao meu lado nos momentos de alegria e tristeza, me apóia em tudo. Amo ele. Ainda não começamos a ver as coisas do casório por questões financeiras.
Desde sempre na minha vida, eu nunca quis ter filhos. Amo minha vida, minha liberdade, sou apaixonada pelo silêncio e por longas noites de sono bem pesado… Apenas a idéia de uma gestação me deixa depressiva. Minha meta na vida é viajar. O mundo. Quero conhecer tudo o que o mundo tem de melhor para oferecer, conhecer e viver novas culturas… Além disso, minha carreira é difícil, leva anos para se formar completamente, já estudo há 10 anos e tenho pelo menos mais 4 pela frente. Sempre deixei isso bem claro para ele e tudo normal. Mas eu também sempre soube do desejo dele de ser pai. Resumindo, nunca ninguém mentiu para ninguém.
Ano passado, os pais dele se separaram depois de quase 40 anos juntos e como os irmãos dele já são casados, quem sofreu mais com essa ruptura foi ele. De repente, acredito que por estar sofrendo pelo lar desfeito, ele começou com uma neura de que eu precisava ter filhos com 35 anos… #soquenao. Eu continuei absolutamente irredutível. Além de que, o corpo é meu, a vida é minha, quem decide sobre o meu útero sou eu. Até fez brincadeiras de que iria trocar meu anticoncepcional por pílula de farinha. No fundo, ele e todo mundo, sempre pensou que eu acabaria mudando de idéia, que o “relógio biológico” iria despertar. Mas essa não é a realidade. Isso fez com que, inconscientemente, eu acabasse me afastando dele, tentando me proteger daquela idéia. Eu não tinha percebido isso e para mim, tudo estava ok… Até que há 1 mês tivemos uma grande briga, por esses motivos e eu passei a me questionar muito sobre o futuro do nosso relacionamento.
Consegui me reaproximar dele, estamos bem novamente, mas aquele elefante branco permanece sempre na sala… Após a briga, conversando sobre nosso futuro, ele me disse que preferia ficar comigo e esquecer a história de filhos, e que isso seria um plano para daqui a muito tempo, que não poderíamos resolver isso agora. Isso me deu alívio e esperança. Porém, sempre que esse assunto surge de alguma maneira, ele fica esquisito, com os olhos cheios de lágrimas. Não quero que ele seja infeliz ao meu lado. Sinto que ele está machucado. Eu não sei se com 40 anos eu vou querer ser mãe, depois de ter realizado os meus sonhos pessoais, mas sei que agora eu não quero e que a possibilidade de eu nunca querer mesmo ter filhos existe e é grande.
Todos dizem para eu deixar as coisas fluírem, que a vida tem maneiras peculiares de fazer as coisas seguirem seu caminho. Mas eu sinto que preciso resolver isso. Amo ele, não quero terminar (não posso nem imaginar ele com outra pessoa). Mas também não quero ter um filho só para realizar o sonho dele (ele nunca me pediu isso).
Preciso de ajuda.
Obrigada.

Ai Monica, como te entendo. Me vi na sua frase ¨Amo minha vida, minha liberdade, sou apaixonada pelo silêncio e por longas noites de sono bem pesado¨. Você me descreveu, fora o fato de querer desbravar o mundo rs. Sua situação é bem tensa e alguém vai ter que ceder, caso queiram ficar juntos. Isso sempre, sempre será um problema e se você está certa da sua decisão e ele continuar com a vontade de ser pai, não vejo um bom futuro para sua relação 🙁 Olha só, eu namorei muitos e muitos anos com uma pessoa, ele era louco para ter filhos e eu nada… Sempre esperando o tal do ¨clic¨ do relógio biológico me despertando para ser mãe. Os anos se passavam e nada do clic. Fui ficando desesperada pois não me via sendo mãe, não queria mudar minha vida mas via a vontade dele. Até que um dia isso pesou tanto, mas tanto (junto a outras coisas mas esse assunto de ter filhos era grande demais para mim) que o namoro acabou. E sabe de uma coisa? Me senti aliviada! Finalmente não teria essa pressão na minha vida e não seria responsável pela frustração de outra pessoa. Ter filhos ou não é uma decisão MUITO séria e se os dois não pensarem igual, dificilmente dará certo.

d9dd9dc73a8cbc26c4e7342a3e789659

03 – Phoebe

Bom, há um ano conheci o boy (prefiro não citar nomes para não nos expor) e eu o achava muito legal, muito divertido, educado e… presepeiro!! Por isso, o levava na brincadeira, conversava, chamava pra ver jogo de futebol, ir para a balada, mas nada além disso.

Ele é mimadissimo, queridinho da mamãe que sempre teve tudo na mão e não sabe o que é o esforço de se batalhar por aquilo que se deseja. Tudo tem que ser do jeito dele, da forma que ele quer e ai de quem reclamar! Ao mesmo tempo, ele é extremamente educado, adora cuidar de mim, preocupado, uma excelente companhia e a pessoa que faz meus olhos brilharem (ai que brega).

No meio do ano passado, a mãe dele pediu o divórcio repentinamente. Com isso, o pai desistiu de tudo, largou a empresa da família e ele teve que assumir as rédeas num período de crise. Além disso, vi o sofrimento dele com a quebra do núcleo familiar. Ele é canceriano, super família e move o mundo pra ver quem ele gosta feliz. Nesse tempo, ele sempre conversou muito comigo e acabamos nos aproximando. Percebi que ele teve um amadurecimento muito grande em um período de tempo e, em relação a mim, percebi que finalmente tinha deixado de gostar do meu ex, porque havia me apaixonado pelo boy. Diante disso, resolvi finalmente transcender a friend zone e hoje estamos em um relacionamento. Digo relacionamento por não saber como rotular esse vínculo.

Nós nos encontramos sempre, ele frequenta o meu ambiente familiar, eu frequento o dele, nossos amigos torcem bastante pelo relacionamento e acham que a gente combina muito. Trocamos muitas experiências profissionais, conversamos sobre TUDO, nossas famílias apoiam muito e fazem questão de que estejamos juntos.

Tudo lindo, né? Só que não.

Ele é muito carinhoso e muito atencioso se eu deixo ele livre. Se eu tento programar algo para um final de semana, por exemplo, ele dá um jeito de se mostrar solteiro. Nesse tempo, já viajou pra Camboriú umas 6x, Vegas, Cancun… Enfim..

Um dia fui reclamar que queria ele mais presente e que eu pudesse ter mais liberdade de demonstrar o meu carinho. Ele se rebelou, disse que era um espírito livre, que eu e nem mulher nenhuma jamais mandaríamos nele. Disse que eu sou maravilhosa, inteligente, que ele adora estar comigo, mas que eu mereço uma atenção que ele não pode me dar, porque está muito preocupado com os problemas da empresa e triste com o divórcio dos pais.

Naturalmente, eu me afastei. Acontece que ele se reaproxima sempre, me mima, demonstra carinho, preocupação e felicidade em estar ao meu lado. Então, eu permito que ele entre na minha vida. Geralmente, estamos sempre fazendo ou programa de casal, ou balada com amigos, ou jantar em família.

Só que eu não posso sugerir ou programar nada que ele sai voando.

Além disso, um dia mexi no celular dele e vi que ele tem Tinder, que conversa com váááárias piriguetes (mas piriguetes mesmo, do estilo web porn) que conhece nesse aplicativo por mensagem, mas não conhece nenhuma pessoalmente, porque está comigo.

Eu não entendo o que acontece, porque ele tem tanto medo de assumir que está namorando, se é isso o que eu sinto em relação a nós. Afinal, ele me assume para todos, menos pra ele mesmo.

Acho isso muito desrespeitoso, não sei se para ele isso funciona como uma pornografia qualquer. Também não entendo o receio de assumir o compromisso que me deixaria tão feliz (afinal, ele faz muito para me agradar) e também porque eu não posso sugerir ficarmos juntos.

Às vezes, penso em jogar tudo pra cima. Aí eu penso que é só um rótulo e que não existe a necessidade de tirar o homem que eu amo por causa disso.

Por isso, peço-lhe, por favor, uma sugestão! Eu e minha psicóloga debatemos bastante, e por enquanto, eu fico na minha e deixo fluir. Vc poderia me dar uma opinião de amiga?

Amiga, vocês estão em vibes diferentes. Só o fato dele estar no Tinder PARA MIM seria decisivo para um afastamento total. Ele tá na dele, solteirão e te tem quando quer brincar de namoradinho. Tá errado? Talvez não, afinal ele não te prometeu nada e você é que tá passando um filme de que estão num relacionamento. O rótulo existe SIM e acho importante ter isso claro. Ou são namorados e agem como tal, ou são apenas ¨rolinho¨ e se tratam como rolinha  Trate-o como peguete, se afaste um tempo, não dê tanta atenção, não force a barra. Pode ser que ele mude a vibração dele e queira namorar, mas no momento, ele está em outra. Vai pra vida você também, não se doe tanto para alguém que não se doa para você. Você tá namorando sozinha.

41a1629f1c118b03c79bacf7588a5f08

  • Uhhhhh, tenso hein? Agora é a vez de vocês aconselharem essas meninas!
  • Homenagem a Friends rsrs
129 Comentários
  1. #1
    Layana
    27.01.2016 - 22:49

    Para o primeiro relato: Miga, foge daí, esse relacionamento é abusivo. Ele faz terror psicológico com você, perceba isso. Daqui a dez anos você estaria apagada, cansada de tanto pedir desculpa pra esse cara. Ia dizer pra você se impor e exigir que ele pare de falar de passado. Mas nem vale a pena, vc não vai consertar ele, esses homens só fingem que melhoram. Você é boa, tem medo de as pessoas que gostam de vc não serem imparciais. Mas tem que ser parcial som, tem que estar bom pra você, que negocio é esse de sofrer e ainda se preocupar com ele? Cony tá certa, vai pro sul e olha isso de longe.

  2. #2
    Io
    27.01.2016 - 22:50

    Rachel Green, procure terapia, ajuda um monte. Me parece que você já sabe o que fazer, só não tem coragem.

    Monica Geller, a mulher do meu pai tem quase quarenta e diz que nunca quis ter filhos (viagens, liberdade, dormir), mas eu vejo que ela tem vontade, vive me pedindo filhos pra que ela possa cuidar. Não que você terá essa vontade, mas acredito que um relacionamento seja ceder certo? Talvez com 40 anos você não queira gerar um filho, mas adotar quem sabe? E de novo, terapia pra você e pra ele, se não os dois sempre terão uma magoa enorme entre vocês.

    Phoebe Buffay, você precisa saber o que você quer primeiro. Quando conheci meu namorado eu disse como seriam as coisas, que era namoro que deveria dar em casamento, porque eu não sou o tipo de pessoa que deixa a vida me levar, eu faço planos e principalmente gosto de atenção. Então ele não vai viajar em eu e vice-versa, pois eu não aceito isso. Mas essa é a questão, o que você quer e até onde você quer ir e principalmente, até onde esse cara vai com você?

    Bjsss

  3. #3
    Lívia
    27.01.2016 - 23:03

    Eu tenho muitas coisas pra falar então eu vou falar para phoebe!

    Eu passei por uma situação idêntica no ano de 2015. Inclusive passei pela situação do Tinder exatamente igual. A diferença foi Que o meu rolo durou apenas três meses. Eis as lições que aprendi:
    Um se você sentir que algo está errado é porque algo está errado! Se você sentir que está namorando é porque você deveria ser namorada.

    • #4
      Lívia
      27.01.2016 - 23:20

      Dois: para algumas pessoas apresentar a família não é muito importante. Eu também fui apresentada a família do bofe fui considerada namorada dele pela família mas continuei sendo ficante para ele. Ou seja, só teve significado pra mim.
      Três: um ano é tempo mais do que suficiente pra que ele te conheça se decida se quer te namorar ou não.
      Quatro: quem tem Tinder não está comprometido em namoro
      Cinco: você realmente não pode cobrar dele, porque você está consciente dessa situação e continua nela porque quer. A boa notícia é que você não precisa continuar. A melhor maneira de resolver essa situação é ser honesta com ele. Na época, eu debati muito com a minha psicóloga a respeito disso. E recebi o melhor conselho. ela me disse: fale o que você sente para ele e o que você espera desse relacionamento. Peça um posicionamento. A partir da resposta dele, você tomar sua decisão, se quer continuar sendo a não namorada ou não. No meu caso, ele disse que não estava pronto pra namorar. Então eu falei: OK, eu te respeito, mas pra mim não dá. Estou caindo fora.

      Ser honesta e falar exatamente como eu me sentia e o que eu esperava dele foi extremamente importante porque hoje posso olhar pra traz com a certeza de que deixei todas as cartas na mesa. Fui sincera comigo e com ele, eu não podia viver mais com aquela ansiedade. E olha que foram só três meses. Nem imagino como você consegue ficar todo esse tempo no limbo.
      Eu não sei se de via mas acho que posso te falar com certa segurança que se ele te enrolou até agora ele não vai tomar um posicionamento de te namorar. Então só fale com ele se estiver pronta para cair fora, pq ouvir um “não” vai dar o direito dele continuar te tratando dessa maneira.

      Por fim, desejo realmente que você consiga sair dessa situação. Existe um cara por aí pronto pra te pedir em namoro e te tratar como você realmente merece. Não se contente com pouco. O Tinder está aí para todos, inclusive pra você. Vai conhecer outras pessoas. Beijos e seja feliz!

      • #5
        Lívia
        27.01.2016 - 23:25

        Me esqueci de uma última coisa: rótulos importam desde que o mundo é mundo. Se você não é um espírito livre, não force a barra, não finja q é. Está td bem não ser, a maioria das pessoas não é, ok? Eu me torturei algum tempo pensando nessa coisa de rotulos, mas depois vi que isso não mudava o fato de que, quando as pessoas querem ficar juntas, não tem essa de espírito livre. Ele só não quer namorar com vc.
        não se surpreenda se o “espírito livre” ficar noivo de uma piriguete daqui a 6 meses…

        • #6
          Larissa
          28.01.2016 - 09:34

          Lívia, falou tudo. Pra mim esse negócio de “espírito livre” é uma desculpa pra dar uma ciscada por aí. Como você falou: os rótulos existem sim. Se você acha que é um espírito livre, então aja como tal. Pare de correr atrás desse cara e vai ser livre de verdade. Sem apegos. Não tem nada errado ser “rotulada” como namorada, precisamos destes rótulos para sabermos onde estamos no relacionamento, se é namorada, peguete, ficante, ou nada. Me parece q esse cara não quer nada sério mas ele tem você ali no estepe, quando precisa.

          Se voce não abrir os olhos vai passar anos nisso, nao sei quantos anos você tem, mas mesmo que seja novinha não vale a pena. A gente vai ficando mais velha e vai perdendo a paciencia pra certas coisas, sabe? A gente já sabe o que quer e o que não quer, e não tem mais saco pra esses joguinhos.

          Boa sorte as três. E um conselho de amiga pra menina de POA: cai fora enquanto você é novinha, você está num relacionamento abusivo e pode ter certeza de que você já foi chifrada várias vezes. O seu namoro já começou todo errado, não tem como isso ser direito.

          • #7
            Larissa
            28.01.2016 - 09:36

            Esqueci. mais uma vez concordando com a lívia: não se surpreenda se ele ficar noivo daqui há 6 meses. Já vi vááááários casos iguais. “não quero namorar blablabla” e 1 ano depois tão casados, até com filho. Mas nunca ache que o problema é você,ok?

        • #8
          Danielle
          28.01.2016 - 10:18

          Noossa, Phoebe e Livia, sei como é isso, não preciso me alongar falando as mesmas coisas que passei, só tenho uma coisa a acrescentar. Fiquei 1 ano e meio em uma historia assim, hoje já estou namorando há 1 ano e muito feliz. Mas o “espírito livre” da minha história que não queria relacionamento e apenas curtir e viajar, hoje está namorando. O que vejo nisso tudo?! Não é para ser nosso, apenas crescimento e experiencia de vida que temos que ver pelo lado positivo. Encontrei alguém que realmente é o meu “número”.
          Aceitei aquilo por tanto tempo, pois me enganava e dizia que também estava apenas curtindo, mas na verdade estava apaixonada hehe.
          Beijos, boa sorte!!

  4. #9
    Anônima triste
    27.01.2016 - 23:20

    O meu caso é parecido com o terceiro em alguns pontos… Um cara mimado, trabalha (leia-se: passa o dia inteiro no facebook) com os pais, só quer saber de academia, nunca me assumiu.
    Aguentei tudo por mais de 6 meses, muita falta de respeito, atenção e todo o resto, até o dia que ele me chamou de piranha pra baixo… Nunca esperava isso.
    Foram meses sem contato até eu conseguir me reerguer emocionalmente mesmo que de forma parcial pois sempre chorei relembrando esses xingamentos todos… até que ele reaparece, eu digo que espero as desculpas, ele diz que não me deve desculpas em nada e me xinga de tudo de novo.
    E agora to aqui, perdida, sem vontade, me achando péssima, não consigo comer, não consigo fazer as coisas que preciso… e apesar do coração ferido e da certeza que preciso esquecer, só sinto dor pq foi uma das poucas pessoas que gostei nos meus quase 30 anos de idade.
    Sei que está tudo errado e está na hora de tocar a vida, eu tava com o coração leve, mas ele me puxou tão pra baixo que não sei como sair disso.

    • #10
      Bruna Lima
      28.01.2016 - 09:52

      Querida Anonima Triste. Relacionamentos terminados de maneira tão bruta, sempre nos deixam tristes. Quando o tempo passa e não conseguimos nos livrar dessa tristeza, ajuda profissional pode se fazer necessária. Já pensou em procurar um terapeuta, psicologo ou algo que valha para poder te ajudar a digerir esse caso e tocar a vida? Ou essa outra pessoa é mais importante que vc própria, para vc ficar nesse limbo? Se valorize, ame sua vida, se ame mais! Se a pessoa te ofendeu de maneira tão baixa vc deve manter kms de distancia dela. Boa Sorte, e se redescubra!

    • #11
      Ligya
      28.01.2016 - 10:08

      Anônima,
      Como sair disso: Deixe de ser amiga dele no face, instagram, snapchat e outras redes sociais. Anote o número de telefone e algumas informações sobre ele em um papel, guarde no fundo de uma gaveta (para o caso de precisar processar ele por alguma coisa depois) apague o número do celular, as conversas no whats e saia com as suas amigas, família e pessoas que te valorizem, esqueça a existência dele, não vá stalkear redes sociais e rapidinho vc vai ver que é uma mulher maravilhosa que merece respeito, amor e carinho e que esse babaca inseguro e infantil não merece nem um fio do seu cabelo.
      Ame-se e cuide-se, as coisas melhoram depois disso.

    • #12
      Juliana
      28.01.2016 - 10:50

      Nossa, anônima, tô igual. Tá difícil.

    • #13
      Rose
      28.01.2016 - 11:43

      Oi Anônima triste
      Não fique assim pois você é um espelho que reflete a imagem do Senhor
      Não chore se o mundo ainda não notou
      Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor
      Você é preciosa, mais rara que o ouro puro de ofir
      Se você desistiu, Deus não vai desistir
      Ele está aqui pra te levantar se o mundo te fizer cair!!!
      Seja forte erga essa cabeça perdoe ele (sei q não é fácil) , pois perdoando vc estará fazendo uma limpeza interior e jogando fora, deletando , excluindo o LIXO que ele deixou em vc! E vc estara pronta para aproveitar e curtir as oportunidades que a vida vai te apresentar!!! E o mais importante se AME acima de tudo!!!!!!
      Um beijo no seu coração e receba o meu abraço bem apertado
      Fique bem tenho certeza que dias melhores estão por vir

      • #14
        Vanessa Maria
        29.01.2016 - 09:10

        Rose, essa musica é linda!

    • #15
      Anônima triste
      28.01.2016 - 23:19

      Obrigada pelos conselhos.
      Pensei muito, tem sido muito ruim o lixo que ele deixou e que ficou em mim.
      Pensei até em desistir de viajar no carnaval, to tentando arrumar forças.
      Desde que tudo aconteceu meses atrás me isolei do mundo, sai apenas uma vez e não tem ninguém na minha vida. Tava vivendo dia após dia, é difícil aguentar alguém que tenha me procurado logo agora para jogar mais pedras ao invés de pedir desculpas.

  5. #16
    27.01.2016 - 23:21

    3 situações complicadas… tinha feito um texto opinando, mas nunca consigo me expressar direito nos assuntos do coração… hahaha. Acho que as meninas aqui são melhores pra isso, gosto dos Chora porque adoro seus conselhos, Cony, vc é aquela amiga q manda a verdade na lata. E adoro ver os pontos de vista diferentes dos comentários, abrem bastante minha mente.

    Tenho um blog sobre emagrecimento, perdi 25 quilos depois de um pé na bunda e de perder o emprego, uma mudança radical na minha vida, sem remédio, sem dietas radicais, quem quiser visitar é http://www.marilianaopodeparar.wordpress.com

  6. #17
    bruna b
    27.01.2016 - 23:21

    Olá
    no meu ponto de vista, o caso 1 está claro que é um relacionamento abusivo!
    “Jogou na minha cara que eu tinha saído com os meus amigos em POA, e um dos meninos que eu já fiquei e ele odeia tava lá…Ou seja: INVERTEU O JOGO”

    Cai fora, se está triste e não é você mesma, não vale a pena!
    “Sempre fui uma menina vaidosa, pra cima, que via o lado bom de tudo, mas ando me vendo infeliz…”

    https://www.youtube.com/watch?v=I-3ocjJTPHg

    • #18
      Mariana
      28.01.2016 - 11:57

      Eu também ia sugerir o vídeo da JoutJout pra Rachel!
      Miga, isso aí chama relacionamento abusivo, e quem nunca né? Já passei por isso, e sei que na grande maioria das vezes, não adianta O MUNDO te alertar que é abuso, que o cara não faz bem, que vc não tá feliz. Você mesma precisa reler o seu relato, assistir o vídeo do link acima, pensar na tua atual situação de vida e identificar que essa relação só te faz mal. Você tá feliz? Não né? Só assim você consegue abrir os olhos e se libertar. Depois disso, você vai pensar que não sabe como aguentou um relacionamento desses por tanto tempo. Moro a 40min de poa, volta pra cá e vamos tomar uma ceva kkk

    • #19
      Clara
      28.01.2016 - 15:19

      Caraca! Pensei a mesma coisa: a primeira menina precisa ver o vídeo da Jout Jout!
      Ia até colocar o link para ela, mas não vai precisar. ^^

  7. #20
    Talita
    27.01.2016 - 23:24

    Phoebe amiga, esse boy é geminiano? Acho que estamos vivendo a mesma história. Senhor, que situação kkkkkkkkk. Eu decidi cair fora, não dou conta, é uma bipolaridade surreal, mereço sossego.

  8. #21
    Marielle
    27.01.2016 - 23:25

    Hoje posso dizer que estou 100% de acordo com os conselhos da Cony. No primeiro caso é realmente muito claro que o cara tá aprontando um monte, dá até raiva e o único motivo que vejo pra Rachel estar tão cega e passiva é o fato de estar longe de casa, mas heloooo, vc tem casa e tem família, não precisa dessa miséria que está recebendo do seu namorado. Vc diz que o ama e que ele “gosta” de vc. Pense bem, merece mais do que isso.
    No segundo caso, a mim pareceu que seu namorado tem muita esperança que você mude de idéia mesmo. Acho que mais cedo ou mais tarde isso será decisivo. Se ele tem o sonho de ser pai, dificilmente irá mudar. Acredito Tb que vc pode mudar de opinião, mas só o tempo dirá. Acho que o jeito é deixar rolar mesmo e o desfecho virá naturalmente mais cedo ou mais tarde.
    E no terceiro, concordo total. Vá curtir sua vida como solteira e se ele quiser realmente ficar com vc, que corra atrás. Deixa ele se preocupar em ser teu namorado e ter exclusividade. Quando a situação inverter ele vai acordar e talvez vc ainda o queira.

  9. #22
    Ana Laura
    27.01.2016 - 23:27

    Eu não tenho nenhum palpite pra dar nas histórias, mas precisava registrar aqui que usar os nomes das personagens de Friends fez meu coração bater mais forte kkkkkk

  10. #23
    Talita
    27.01.2016 - 23:30

    Tenho uma história exatamente como a da Phoebe. Eu tinha um amigo desde uns 14-16 anos. Ele mudou para outra cidade e depois voltou a morar aqui. Ness tempo que ele morou em outra cidade perdemos o contato e nos reencontramos qdo eu fui trabalhar na mesma empresa que ele. Voltamos a amizade rapidamente. Nessa reaproximação começamos a ficar. Ele era meu parceiro, meu amigo, a pessoa com quem eu conversava o dia inteiro…Gente boa, educado. Era exatamente como vocês: eu ia na casa dele, ele vinha na minha, fazíamos alguns rolês juntos, a gente se dava muito bem. Ele ele era livre, fazia o que queria… Até q eu decidi querer “rotular” o nosso “relacionamento”. Era só eu falar a palavra “namoro” ele apavorava. E tinha o mesmo discurso que seu boy: que era livre , q ng ia mandar nele, que ele ama o time de futebol dele, que jamais iria deixar de fazer as coisas dele para fazer as coisas da namorada, não queria fazer programas chatos de casal, tipo assim.
    Dai eu passei a tocar minha vida mais de boa, sair com outras pessoas, ficar com outros caras . Ai um dia resolvi arrumar um namorado…Dai ele brigou, tirou satisfação, mas continuei namorando. não fiquei com ele mais, ainda mantinha a amizade. O namorou acabou e voltei a ficar com ele, mas não podia falar a palavra namoro. Ate que arrumei outro namorado ( e agora faz 6 anos que namoro) e dai acabou. Ele ficou super chateado. Ele viu que poderia ter arrumado uma namorada bacana, que combinava com ele , mas não quis. Tem uma musica da Pitty (nada a ver ne) mas que eu sempre lembro dele, eu cantava sempre pra ele essa musica : me adora . E a musica diz: não espere eu ir embora para perceber que vc me adora !! Mas foi assim, naturalmente a gente se afastou e agora acho que é pra sempre.
    Eu acho que é +/- a mesma coisa. Vc tem q seguir a sua vida. Não precisa deixar de ficar com ele. Qdo der para vcs serem “namoradinho” ok, mas se vc achar alguem que valha a pena, não espera outra pessoa não !! Concordou com a Cony. E depois disso, sabe o que aconteceu, ele passou a namorar. Ja namorou 3 meninas !! Acho que ele aprendeu a “lição”!

  11. #24
    Amanda
    27.01.2016 - 23:37

    Pra Phoebe: vivi uma situação parecida. A gte fica com tanto medo de se afastar e perder o cara que acabamos nos iludindo, nessa de achar que tá bom assim. Mas se vc tem certeza que quer namorar não tem como a paquera se sustentar por mto tempo… O divórcio dos pais, problemas financeiros, morte de alguém próximo; são as justificativas que criamos pra entender o comportamento do outro né? Pq não é facil mesmo… A questão é essa- decidir de uma maneira bem clara o que VC tá esperando dessa relação, assumir e encarar isso.

  12. #25
    Adelize
    27.01.2016 - 23:38

    1 – Guria, concordo com a Cony, vc não precisa de nossos conselhos, veja seu relato, esse cara ta de brincadeira com vc… Acho dificil alguém aqui ter opinião diferente. Comece com um emprego novo, mais independência.
    2 – Seu noivo é muito compreensivo, ele está na fase de aceitar qualquer coisa pra ficar com vc pq esta apaixonado, mas uma hora isso passa e dai sera tarde demais… Amiga se ele sonha tanto ter um filho, acho que vcs nao combinam, vc sera o motivo que ele nunca ter tido filhos, vc tem maturidade pra conviver com isso pro resto da vida??
    3 – Colega, da um tempo, o cara não quer namorar, vc nao entendeu ainda?? Viva como ele, seja livre, desapega, quem sabe ele nao acorda?

  13. #26
    Juliana
    27.01.2016 - 23:40

    Uauuu. Tá tenso msm!
    Rachel: Amiga… 22 aninhos.. a vida apenas está começando pra vc! de fato,como vc veio para o mundo dele, se mudou e tal ele deve se sentir muito confiante em relação ao relacionamento, mas isso não o dá o direito de ficar fazendo esses joguinhos psicológicos o tempo todo e nem vc PRECISA passar por isso. Acho que a Cony está certíssima, volta pro Sul, pra sua família, seus amigos, seu mundo e foca um pouco em vc e no que te faz feliz.pq me parece que agora vc não está muito feliz com a sua vida no Rio, certo?

    Monica: Complicado..mas sinto que a história e o amor que vcs tem um pelo outro é forte demais. Vc ainda é bem jovem tb… Hj em dia as pessoas são mães tranquilamente com 37, 38.. que ainda é uma década ae pra frente… seja sincera com ele mas tb não feche as portas… vai que um dia de verdade vc acorda querendo ser mãe? Nunca se sabe…

    Phoebe: É gata, essa história de rolinho sem assumir é um saco. Que mulher nunca passou por isso que atire a primeira pedra? rsrs sei que é difícil falar quem é de fora.. vc pelo visto é apaixonada pelo menino e ele parece de verdade se amarrar em vc…. mas. isso não é o suficiente pra vc, concorda? vc quer algo mais.algo sério.,dar nome aos bois… não tá errada não! mas de fato ele tb não tem obrigação de estar na msm vibe… sabe o que eu penso? tem tantos outros por ae… não será q está na hora de cortar o cordão umbilical e se deixar envolver com outra pessoa? acho que vc merece alguém que te assuma como namorada! e além do mais, tem pessoas que só valorizam qdo perdem! infelizmente…

  14. #27
    Mari
    27.01.2016 - 23:47

    Li Rachel, Monica e pensei “gente, só falta a Phoebe aqui”. Confesso que ri quando ela chegou.

    Monica, miga, tamo junto! Tenho 27 anos e namoro há 6. Meu namorado tem 32. Sempre disse que não quero ter filhos. É uma responsabilidade que não preciso e não quero ter. Estou muito bem assim. Amo crianças e entendo todas as necessidades que elas têm. Como não estou disposta a atendê-las, não quero tê-las. Acho completamente normal, racional e justo. Melhor que ter e não cuidar ou até maltratar, como vejo muito por aí.
    Mas meu namorado SEMPRE quis muito. De uns meses pra cá ele tem falado que está começando a concordar e comigo. Acho que pode ter a ver com a sobrinha postiça que ele ganhou. Mas tb me pergunto: será que ele mudou de ideia por isso ou pra me agradar e continuarmos juntos?
    Como ainda não estamos programando um casamento de fato, não o questionei seriamente sobre essa mudança. Só sei que não quero ser responsável por uma possível frustração dele. E se eu tiver que abrir mão do nosso relacionamento por isso, vou abrir.
    Assim como não quero ser uma mãe forçada e frustrada, não quero forçá-lo e frustrá-lo por não ser pai.

    Phoebe, você tá namorando sozinha. Sinto muito! Coloque o boy no lugar dele – de ficante – e siga a sua vida. Se ele não quer assumir um namoro, então nada de viver como se estivesse namorando.

    Rachel, querida, quero te dar um abraço. Sou do Rio… posso te abraçar sério. Ô, bonita, não faz isso com você. E não deixa esse boy fazer isso.
    Você largou TUDO: família, amigo, vida, conforto do lar e veio atrás dele. O mínimo que ele te deve é carinho e respeito. E não tá rolando.
    Saia já desse relacionamento sem futuro. Sinto muito em dizer isso, mas já está tudo errado desde o início. Tudo começou com uma mentira.
    Peça demissão, pegue seu dinheiro, suas coisas e volte pra casa. Vai doer, você vai chorar, vai sofrer, mas daqui a pouco você vai ver que renasceu.
    Você é bem novinha, apesar de já ter passado por muita coisa, mas acredite no que vou te falar: ninguém morre de amor. Pode sair daí. Você aguenta!
    Um relacionamento é para somar na sua vida. Quando começa a diminuir, tá errado.
    Leia tudinho que você mandou pra Cony, olhe pra você no espelho… Aposto que você vai ver uma pessoa cansada, desanimada, sem vida. Chore o que for preciso, mas tome coragem e se livre do peso desse relacionamento fracassado. Você é muito nova pra viver triste. Volte pra vida, meu bem!

    • #28
      Constanza
      28.01.2016 - 07:32

      Que lindo o que vc escreveu pra Rachel…

      • #29
        Ana
        28.01.2016 - 08:54

        Nossa, lindo mesmo!!! E Rachel, siga os conselhos que parecem ser unanimidade!!!

      • #30
        Isla Wolff
        28.01.2016 - 12:50

        Concordo com a Cony, lindo conselho! A amiga soube escolher sabiamente as lindas palavras de amparo e inclusive, uma nova amiga.

      • #31
        Cristina
        28.01.2016 - 13:08

        Adorei também! Foi certeira e carinhosa! Queria muito saber o desfecho desses casos de hoje! Se as meninas conseguiram resolver suas situações… Fico na torcida!

    • #32
      Rachel
      12.02.2016 - 18:35

      Chorei, chorei… chorei, e choro lendo todos os comentários! Muito obrigada!

  15. #33
    Mari
    27.01.2016 - 23:51

    Rachel, por favor pare e veja vocÊ mesma a sua história.O cara te traiu várias vezes (sim, foram várias vezes e só você que não quer enxergar). Ele joga na sua cara o que você contou pra ele por uma simples razão: ele sabe que está errado e quer mudar o foco da conversa para que você se sinta culpada. Eu ja tive um namorado que fazia exatamente isso. SÒ fui ver a “cagada” em que eu estava me metendo quando minha avó me perguntou se eu já tinha notado que estava muito mais triste namorando do que quando estava solteira. Eu estava tão envolvida que simplesmente não via nada até esse dia. Acho que isso aconteceu com você também. Você está se sentindo isolada, triste e não sabe para onde correr. Se conselho fosse bom a gente vendia mas se eu posso te dizer uma coisa é :resgate o seu amor próprio. Tenho certeza de que ele está aí no fundo, bem guardadinho. Você já fez tudo o que podia por esse cara, até superou traições e ele não te dá valor algum. Quando uma pessoa gosta da outra ela não fica “avacalhando” e fazendo piadas para deixar a outra para baixo, muito pelo contrário! Está passando da hora de sacudir a poeira e pegar as rédeas da sua própria vida. Volte para junto de quem se importa com você, sua família. Corra atrás de sua carreira e siga em frente. Esse cara literalmente empacou a sua vida, tirou a sua alegria de viver. Você já fez tudo o que pôde, já perdoou demais, já tolerou muita coisa… Chega! Você merece mais, muito mais… Reflita direito. Esse seu relacionamento pode ser simplesmente um erro de percurso que está te desviando de caminhos melhores…

  16. #34
    l.
    28.01.2016 - 00:06

    Pra Rachel: Virar o jogo é uma das taticas preferidas por homens que traem. Tive um namorado que me traía, saia escondido, apontava todas, e a culpa era minha pq o sufocava com meu “ciúme doentio”.

    Mônica: Vou te dar um Conselho difícil de por em prática, mas assista greys anatomy e preste atenção na historia de cristina yang, nos relacionamentos amorosos que ela tem ao longo da série, preste atenção no que ela fala sobre a carreira e os relacionamentos dela. Na 10 ou 11 (nao lembro exatamente)temporada ela vive um dilema parecido com o seu: o companheiro sonha em ser pai, ela não quer filhos, então em um episódio ela tem visão de dois possíveis futuros pra esse relacionamento e resolve o impasse dela. Esse episódio me ajudou a aceitar melhor algumas situações amorosas da minha vida. Sei que são muitos episódios e temporadas, mas vale muito a pena assistir, é um tapa na cara.

    Phoebe: estou passando por uma situação parecida, a pessoa diz que não está interessada em rótulos, eu levo a coisa na boa, ele começa a agir como namorado, me apresenta pra família, me chama pra aparecer nas fotos da familia e do nada começa a mudar a forma de tratamento no whats, pessoalmente ainda é um Príncipe, mas sinto o barco afundando e tô bem triste sem coragem de pular fora :/ Vou tentar conversar com ele e se ea coisa não chegar a lugar algum é criar força e sair dessa. Poxa, querer namorar não é querer que a pessoa se mude comigo pra Síria pra lutar contra o estado islamico, namorar é bom, ruim é enrolar as pessoas ad aeternum

    • #35
      28.01.2016 - 11:47

      Ri muito com o seu comentário do estado islâmico hahahah

      • #36
        l.
        28.01.2016 - 20:04

        Tem uns que quando você fala em namorar reagem como se fosse a mesma coisa kkkkk

  17. #37
    Fernanda
    28.01.2016 - 00:08

    Caso 3:
    Gente passei por situações um pouco parecidas, mais leves, porém acho que agi da melhor forma. O meu Conselho é dar um gelo no boy. Daqueles bem dados, tipo blackout mesmo, sumir, viajar, conhecer novas pessoas, beijar, festar muitooo! Mas deixar com que ele saiba disso ou quase tudo e suspeite do restante. Se ele gostar mesmo de vc, ele vai atrás e daí vc propõe um lance sério. Se ele cair fora, vc continua fazendo o mesmo. Pise no homem que ele gama!! Comigo, algumas pisadas que dei, funcionaram… espero que dê certo pra vc! E se não der, pelo menos vc curtiu outras pessoas e quem sabe até conheça alguém q te mereça de verdade.

  18. #38
    Vivi
    28.01.2016 - 00:18

    Deus do céu! Quanta carência!!! Meninas se amem mais antes de amar tanto os bofes.

    • #39
      28.01.2016 - 22:31

      Exato! Tanto esforço, tanta luta, tanta energia empregada nesses “amores”… e pra que? Pra ficar triste e sofrer? Parece até que gostam de sofrer…

  19. #40
    Jessica
    28.01.2016 - 01:28

    Rachel:
    Quando li o “joga na minha cara”, “inverte o jogo”, piscou o alerta: Relacionamento abusivo! A gente pensa que abuso é só físico, mas o psicológico existe e pode ser muito pior, porque conseguimos tolerar muito mais tempo… Sai dessa enquanto é tempo!

    Mônica:
    Eu sempre quis ser mãe. Meu companheiro dava mil motivos para não ser pai. Mas eramos novos demais, e não levava a sério. Depois de uns 7 anos de relacionamento eu disse a ele que não queria ter filhos naquele momento, mas que precisava saber se um dia ele iria querer, porque eu não ia abrir mão do meu sonho. E aí ele abriu.
    Disse isso para exemplificar que esse assunto não pode ser um mistério pra nenhum dos dois! Se a gente tá num relacionamento sério, isso quer dizer fazer planos… então não dá pra deixar fluir, esperar a vontade chegar um dia, e aí vocês dois com 40 anos e ele frustrado porque nunca aconteceu esse clic pra você. E ao mesmo tempo, você não pode ter filhos e ser frustrada de não ter conseguido realizar seus sonhos. É dificil aceitar, mas quando os dois não caminham na mesma direção, a gente tem que largar o osso mesmo.

  20. #41
    Ana
    28.01.2016 - 02:19

    1- Gata, ta tudo errado ai! Tudo, tudinho. Como várias meninas já falaram, acho que você ta sim num relacionamento abusivo. Ta na cara que essa estratégia de virar o jogo é canalhice, o cara chegou a comentar com os amigos que faz isso, dando a dica pro outro…me poupe né? Que ele te trai, ninguém mais tem dúvidas. Sei que é complicado, que existe um vínculo entre vocês mas não tem a menor condição de continuar desse jeito, ele ta te usando, te fazendo de palhaça e poxa, da pra ver que tu sabe de tudo isso e não tem coragem de tomar uma decisão. Vai mulher, levanta e sacode a poeira e deixa esse cabra, tenho certeza que tu é demais e pode arrumar uma pessoa que te valorize.

  21. #42
    Ana
    28.01.2016 - 02:39

    2-Monica, que situação, hein? Sinceramente, acho que tu ta sendo MUITO egoísta, sabe? Não em não querer ceder, em não querer ter um filho pra agradar teu noivo, longe disso, você ta mais do que no seu direito de não querer um filho, mas ele quer e deixou isso bem claro quando apenas ADIOU a ideia, e não excluiu completamente a possibilidade. Você não quer filhos e sabe que isso nunca vai mudar mas continua com ele, sabendo que daqui a uns anos isso vai ser motivo de uma baita frustração pro cara, que ele ta com você esperando que um dia tua decisão mude, mas sejamos realistas, um dia ele vai acordar e ver que tu não pode oferecer a ele o que ele quer, e isso vai pesar. E ai está o egoísmo, você gosta dele e não quer acabar o relacionamento, quer manter ele ali, na gaiolinha com a porta aberta, esperando você mudar de opinião. Você sabendo que é irredutível, não avisa a ele que pode voar, você quer manter ele preso mesmo sabendo que não vai poder oferecer a ele o filho que ele tanto sonha. Seria muito mais justo abrir o jogo com ele agora, que não quer filhos agora nem nunca pra que ele possa enfim tomar a decisão dele, seria muito mais honesto da sua parte, se ponha no lugar dele. “Amo ele e não quero terminar”, você devia amá-lo a ponto de deixá-lo partir, isso sim, quando a gente ama pensa principalmente na felicidade do outro, independente de onde ela esteja.

    • #43
      Érika
      28.01.2016 - 11:20

      Concordo com a Ana. E sem esse papo de o corpo é meu, por favor! Tá num relacionamento e infelizmente quem tem o poder de gerar vida é a mulher, então esse papo não faz sentido, tem que haver uma doação.

    • #44
      Lívia
      28.01.2016 - 17:44

      Ana, acho que vc pegou pesado, sabe pq? Da mesma forma que ela sabe do desejo dele em ter filhos, ele sabe do desejo dela em NÃO ter filhos. Ambos continuam com o relacionamento, ambos esperando que o outro mude de idéia. Se isso for egoísmo, então os dois são, não só ela.

      Ele também não quer abrir mão do relacionamento com ela pra ficar solteiro e procurar alguém com o mesmo desejo (de ter filhos).

      Isso pra mim não é egoísmo, é gostar (apesar da divergência).

    • #45
      Nath
      28.01.2016 - 22:07

      Eu pensei a mesma coisa…
      Essa situação é muito complicada! Alguém tem que ceder, não tem jeito…

  22. #46
    Livia
    28.01.2016 - 02:47

    quero só contar uma história para servir de exemplo de como podemos sair de relacionamentos que nós sabemos que não vão para frente mas mesmo assim a gnt continua insistindo.
    comecei a ficar com um cara que ja tinha sido rolo do passado, o erro já começa ai, mas vamos continuar pq fiquei com ele pq sempre achei ele muito bonito, não tinha outras opções na epoca e nem pretensão de continuar com ele, ainda mais pq ele tinha acabado de sair de um namoro, já no primeiro dia que nós ficamos foi muito legal pq não foi só pegação, conversamos bastante, rimos muito, não ficamos juntos por muito tempo pois ele tinha compromisso dps, mas logo dps que ele chegou na casa dele ele me ligou, não estava do lado do cel na hora e dps vi uma chamada perdida dele e achei super estranho, pensei que ele tivesse ligado errado mandei mensagem e ele ligou de novo, ficamos batendo papo por um tempo e dps disso ele começou a me ligar direito, várias vezes no dia só para jogar papo fora e falar sobre o que estavamos fazendo,e nessa comoboa iludida eu comecei a me apaixonar e dar pulos de alegria todas as vezes que ele me ligava e nos viamos quase todos os dias na faculdade, até que ele começou a parar de me ligar, mal me responder no whats e arrumar desculpas para não poder me ver, mas como eu já estava apaixonada acreditava em tudo que ele falava, como que estava ocupado demais com o trabalho e etc, isso começou em uma segunda feira e eu vendo que ele curtia umas ftos de uma menina, na quarta feira ele me manda uma mensagem com aquela frase tipica de que o problema era ele e nao eu, que eu merecia alguem melhor, bla bla bla, fiquei arrasada na hora, sabia que alguma coisa estava diferente mas nunca esperava isso, eu pedi para gente conversar pessoalmente sobre isso e ele foi super atencioso falando que claro, mas logico que ele nunca podia quando eu falava pra gente se ver para conversar, e nessa continuei conversando com ele como se nada tivesse acontecido, esperando a gnt conversar para que tudo voltasse ao normal e ele sempre me enrolando, so que nesse meio tempo ele já tinha começado a namorar com uma piriguete, ele começou a ficar estranho na segunda pq tinha conhecido ela no domingo vendendo o convite dele de uma festa que eu tinha convencido ele de nao ir e na terça eles ja estavam namorando, e eu demorei um tempinho para descobrir, e nisso eu falei muita merda para ele pelo whats, mas eu nao conseguia acreditar em tudo isso e queria pq queria que ele voltasse para mim eu fiquei com ele umas duas vezes entre idas e vindas dele com essa piriguete que ele descobriu ser uma louca, que em uma briga foi para cima dele com uma faca e eu continuava louca por ele mesmo depois dessa enorme palhaçada, continuamos nos falando e as vezes falava que queria me ver mas dps pulava fora, nessa eu conheci um outro cara e resolvi aceitar sair com ele, como eu aceitava qualquer miseria daquele idiota e esse cara novo era super diferente, atencioso, carinhoso, eu comecei a perceber o quanto eu tinha sido cega, burra, idiota e comecei a dar valor para esse que se mostrava interessado por mim e eu já estava encantada com ele e como era realmente estar junto com alguem que te da valor e com o tempo nunca mais falei com o idiota, não senti vontade de ir atras e nao me fez a menor falta, e hoje estou namorando com esse cara que eu me permiti conhecer e vejo que foi a melhor coisa que eu fiz! quando olho para tras e vejo tudo o que eu me permiti nao consigo acreditar que eu era essa pessoa tão sem amor proprio que se humilhou tanto por uma pessoa que nao merecia nada! parecia que na epoca eu estava realmente enfeitiçada para nao ver a besteira gigantesca que eu estava fazendo!e hoje eu tento apagar da minha memoria tudo isso, vcs não tem noção de como foi dificil contar isso aqui! então meninas que estão lendo isso saibam que sempre vai existir outra pessoa!! que ngm precisa se humilhar por outra pessoa, pq se alguem te permite fazer isso, naoé amor e nem nunca vai ser! nunca aceite migalhas de ngm! todos merecem alguem que realmente nos ame e nos faça feliz!!

  23. #47
    Ana
    28.01.2016 - 03:15

    3_Phoeeeebe, deu um nervoso aqui lendo a tua história. Me vi na tua história. Meu Deus. Gata, eu ja tive um namoro assim, foi muuuito ruim. Ele foi meu primeiro namorado, eu era MUITO apegada a ele então isso me deixava mais vulnerável ainda. Terminamos e depois de um tempo voltamos a ficar, mas ele sumia e ficava com várias outras e depois voltava, vinha atrás de mim, super fofo, falava que me amava e eu era a mulher da vida dele e eu sempre cedia, sempre perdoava e acabava voltando a ficar com ele, mas no fim das contas eu acabei percebendo que ele tinha era medo de me perder pq tinha em mim um super apoio psicológico (ele tinha vários problemas e eu sempre tava la pra ouvir e ajudar, coisa que ele não se sentia a vontade pra fazer com as peguetes dele), percebi que ele queria ter a “namorada” la sempre esperando por ele pra cumprir o papel de namorada mas tbm queria viver livre pra sair pras festas e ficar com quem ele quisesse enquanto eu tava em casa estudando. Ai eu percebi que ele precisava muito mais de mim que eu dele, percebi que eu podia encontrar alguém que me valorizasse, não como ele que só se fazia de bonzinho quando queria voltar, quando tava carente. E ai eu terminei, peguei abuso meeexmo, e ele ficou chorando quando viu que a estratégia dele já não colava mais comigo. Gente, ele se humilhava, corria atrás, ia na faculdade atras de mim (sim, eu fui pra faculdade mas antes disso eu terminei), hoje estou formada e ele ainda aprece as vezes, me adiciona nas redes sociais, sempre procurando uma brecha. Eu já passei por isso e garanto que não vale a pena estar com uma pessoa assim, que não te assume, que não ta 100% com você. Vi uma frase da Tati Bernardi uma vez, a mais pura realidade e tomei como lema: “Se o homem realmente gosta, ele vai até o inferno por você. Ele vai sim, e ainda abraça o capeta se for preciso. Sabe por quê? Porque homens são previsíveis, se eles querem eles querem, se não querem, não querem. A raça dos homens não é complexa igual a nós mulheres, que sempre temos dúvidas, que sempre analisamos, pensamos, colocamos mil problemas e tal. Homem é tudo igual. Eu sei é clichê, mas é a mais pura verdade. Quando o cara quer, não tem distância, problemas, família, trabalho, tempo, futebol, estudo, mãe, unha encravada, barba por fazer, celular sem bateria, chuva, temporal, falta de dinheiro que o impeça de estar com você. É simples. É a realidade.”

    • #48
      Joyce
      28.01.2016 - 12:21

      Amei a frase Ana! Vou até salvar aqui pq é pura verdade!

      Um pouco de uma história recente minha q comprova exatamente isso.

      No final do ano passado conheci um cara pelo Facebook, temos várias coisas em comum e resolvemos nos encontrar mas aí já começou o dilema, ele queria o mais próximo possível da casa dele ou até na casa dele msm, não queria se deslocar pra me ver sendo q mora do lado do metrô e tem carro, enquanto preciso de 3 conduções pra chegar até ele, expliquei a situação e arranjamos um meio termo, um meio do caminho para os 2 sendo q ainda assim estava mto mais próximo pra ele. Só nisso já fiquei esperta, quem quer se ver não fica com essas frescuras.
      Nos encontramos, conversamos, foi legal, ficamos… Na semana q se seguiu me disse q adorou me conhecer, q tenho uma boa energia e estava ansioso pra me ver novamente, e então? Acabou! Parece mentira rs
      Se eu não mandava msg, ele simplesmente não entrava em ctto. Se eu mando ele responde, mas partir dele nem pensar… Resolvi não ir atrás, dei um gelo e nessa semana, depois de 1 mês sem nos falarmos ele me manda perguntando se eu estou bem já q sumi, dá pra acreditar?
      Respondi explicando isso q disse acima, sobre a iniciativa sempre partir de mim e qual foi a resposta dele? Q eu estava dando um sermão pra nada, q ele está com a vida mto corrida, com alguns problemas familiares mas em seguida me diz q a vida online dele é mto ativa, q tem ctto com mta gente e algumas pessoas acabam ficando de fora mas q não era de propósito… quer dizer, ele só entra em ctto com quem ele quer, com quem se importa, simples assim, disse isso e ele simplesmente ignorou, eu nem disse mais nada, já excluí dos meus contatos. Podia rebater mais mas não vou perder meu tempo, passar raiva, até pq não vai adiantar, deixa q a vida ensinará.

      Aprendi a não me apegar, é difícil mas é o melhor, não sei com vcs mas aparece cada um no meu caminho, já até comentei com minha prima de nos juntarmos pra contarmos nossas histórias, quem sabe? Azar no amor, sorte no jogo rs

      • #49
        Paula
        01.02.2016 - 15:15

        Vc está super certa. Tem q ser assim mesmo. Quando era mais novinha ficava igual uma boba sofrendo por causa de homem babaca. Hj em dia nem ligo mais, se o cara não quer “cago” pra ele e pronto. A verdade é essa mesma: quando o homem quer ele move montanhas pra encontrar com a gente. Quando ele não quer ele inventa 1001 desculpas, isso quando não some.

  24. #50
    Vanessa Maria
    28.01.2016 - 07:58

    Raquel li os conselhos aqui das meninas e te digo mais uma coisa ; viva! Viva a sua vida ! Você é nova demais e tem muita vida ainda pra viver . Esse cara está te anulando, te apagando e voce já percebeu só nao tem coragem de fazer o que vc sabe que tem que ser feito.
    Olha, sou carioca e te digo que cariocas AMAM sair! Amam estar com os amigos em um barzinho. Esse ter namorado tem problema e o problema dele é estar abusando de você.
    Volta para sua casa, sua família, suas raízes. Você não precisa de migalhas! Você não precisa de se sentir menor para que ele se sinta maior. Esse relacionamento já deu. Alias, se você pensar bem a fundo já começou errado ( traições e traições ) esse tipo de coisa não dá certo ( experiencia prória de quem já foi traida pelo ex- marido e mandou ele a merda com tudo que tem direito por que depois dele ter me traído e eu ter perdoado ele ainda se achava no direito de me diminuir e me anular.)
    Seja feliz consigo mesma e mande esse cara passear! mas olha, mande com convicção. Vou te dizer, concordo com o que a Cony disse mas como eu já passei exatamente pelo que voce passou eu diria que dar um tempo talvez não seja o melhor e sim riscar esse cara da sua vida.

  25. #51
    Vanessa Maria
    28.01.2016 - 08:00

    E olha Raquel voce já sabe de tudo. O que teria a mais para voce saber para vc terminar com esse cara? Sério menina, voce ja sabe de tudo e alem disso tem motivos de sobra para terminar.

  26. #52
    28.01.2016 - 08:07

    Amei a homenagem ao Friends <3
    Me diverti até quando percebi e fiquei esperando acabar pra ver se alguém ia comentar kkkk

  27. #53
    Ana Paola
    28.01.2016 - 08:46

    Rachel: Volte para casa e nunca mais deixe seu coração te levar a lugar nenhum que seu cérebro não esteja lhe acompanhando!

    Mônica: Deixe claro que não quer ter filhos..NUNCA! Planeje com ele um futuro sem filhos, se ele aguentar o tranco, é para a vida toda esse amor… Se não.. que ele caia fora enquanto é tempo. E você, abra seu coração para novas aventuras. Não vá ter filhos para satisfazer ninguém.. peloamor!!

    Phoebe: Trate seu peguete como peguete..Temos um galo, fantasiamos de pavão e nos apaixonamos pelo pavão.. só que ele é um galo! Nunca se esqueça disso! talvez o dia que ele notar que perdeu a namoradinha, descobre que não pode abrir mão de você e te assume para ele mesmo!

  28. #54
    Bruna Costa
    28.01.2016 - 09:26

    Phoebe:
    Para ele, tudo está muito bom. Ele tem as vantagens de um namoro, quando quer estar namorando, e a vida de solteiro, quando quer curtir.
    Homem, quando quer, quer mesmo. E larga tudo: larga familia, larga amigo, larga tudo.
    É duro a gente admitir para a gente, mas as vezes eles não nos querem.

    Acho que no seu caso, Cony tem razão. Ele precisa de um choque de realidade para ver o que quer. Trate-o como peguete e observe: ou ele vai mudar e querer ficar junto, ou ele vai continuar como estar. Ai, neste ultimo caso, vai depender de voce definir qual tipo de relacionamento voce quer.

    Mas sério…nao aceita ter Tinder nao! Tá errado.

  29. #55
    Maira
    28.01.2016 - 09:33

    Cony, mandar te benzer depois de três CQETE pesados…me senti cansada depois de lê-los, posso imaginar você.

    Vamos lá meninas.

    Rachel…quando um relacionamento começa com uma mentira, infelizmente, a gente no fundo sabe que não vai terminar bem. Se livre desse namorado que não consegue ser fiel nem a ele mesmo, se abra para a vida, dê um basta, você sabe a resposta só que não quer ver o que está na sua cara. Se permita ser feliz novamente e volte a sorrir para a vida.
    Sempre falo que quando a gente resolve dividir a vida com alguém, no amor ou na amizade, tem que estar bom pros dois, se um não está feliz, pq não é para ser…pense nisso e tenha coragem.

    Mônica…não queria estar passando por esse dilema e faço ideia de como está sendo sofrido para você ter que escolher entre a razão e o coração.
    Eu diferente de você, desde novinha sempre me vi como mãe, comprando roupinha, arrumando o quartinho todo, levando pra escola, todas essas coisas que uma mãe faz quando chega a sua vez sabe, mas com o passar dos anos, hoje, depois de quase 6 anos casada não tenho mais esse sonho, não quer dizer que eu não ame crianças, mas hoje por escolha me vejo em outra realidade e preferindo não tê-los, me casei pensando em tê-los e hoje não mais, e a escolha foi de ambos.

    Ter filhos, sejam eles gerados por você ou não, é uma escolha pra vida, pra mim não existe ex mãe e nem ex pai, tipo; tive um filho ou adotei, caiu a minha ficha, não quero mais, devolvo e tchau, então antes que você tome qualquer decisão para a sua vida, tente se ver bemmmm a frente, se você conseguir se ver sendo feliz, realizada sendo mãe, esposa, viajando, trabalhando…ótimo, siga em frente e vai ser feliz, mas se você não se vê em nenhuma dessas situações, nem remotamente, então você já sabe a resposta…seja feliz com as suas escolhas Mônica, mesmo que te cause dor agora, vai passar viu.

    Phoebe…homem pirigueto e Tinder? Só 5 palavrinhas: SAI FORA QUE É FURADA.

  30. #56
    Bruna Lima
    28.01.2016 - 09:37

    Meninas, para as três que estão cada uma a seu modo, sofrendo. Mais amor próprio. Um pouco de egoísmo não faz mal a ninguém. As respostas estão em seus próprios relatos. Relacionamentos devem acontecer para nos deixar mais felizes e realizadas. Não que a felicidade esteja nas mãos de outra pessoa, mas creio que no momento que o relacionamento trás tristeza, desconfiança, angustia, sentimentos e sensações que não nos fazem bem precisamos ser corajosas, realistas e sim, egoístas e por um ponto final. Pq infelizmente raramente alguém muda de personalidade para agradar outra pessoa, e se isso acontece, é pq no fundo vc não gosta da pessoa, apenas quer moldá-la ao seus critérios. Boa sorte e para todas nós A Paz.

  31. #57
    Carol
    28.01.2016 - 09:43

    CASO 2 – Monica
    De acordo com seu relato, acredito que realmente você não esteja preparada para ser mãe, pois para isso é necessário uma doação de si mesma.
    Veja o que você mesma disse: “Apenas a ideia de uma gestação me deixa depressiva”
    “Além de que, o corpo é meu, a vida é minha, quem decide sobre o meu útero sou eu.”
    “Amo ele, não quero terminar (não posso nem imaginar ele com outra pessoa)”
    Observe que no discurso vc fala de sua impossibilidade de ser uma boa mãe por pensar apenas no seu bem estar. Acredito que você esteja certa em não querer ter filhos agora, porque quem sofreria com isso seria o bebê.
    O melhor conselho a se dar é procure uma terapia e peça a seu noivo para fazer também.
    Ambos poderão se conhecer melhor e juntos caminharem para o bem estar do relacionamento ou colocarem um fim nisso para que cada um siga com a sua vida e seja feliz de verdade!

  32. #58
    Amanda
    28.01.2016 - 09:51

    Rachel amiga, canta para esse cara “Vou para Porto Alegre, tchau”. Com o apoio da sua família e do seus amigos você vai conseguir analisar melhor esse relacionamento. Bjão

    • #59
      Sabrina
      29.01.2016 - 09:42

      Eu nem avisaria. Pegaria tudo num dia que ele estivesse fora de casa e saíria. Simples assim.

  33. #60
    Monica
    28.01.2016 - 09:57

    Pra minha xará: a questão “filhos” é um ponto muito sério numa relação e acho que não tem como dar certo se os dois não concordam. Vi alguns comentários falando que vc é nova e talvez mude de ideia mais pra frente, estando implícito que, talvez, valha a pena manter o relacionamento. Pois bem, decidi muito cedo que não queria filhos e sempre ouvi exatamente isso, que uma hora o relógio biológico ia ticar. Já tenho quase 40 e o tal relógio ainda não ticou. (E parece que as pessoas finalmente perceberam que ele não vai ticar, porque já tem ums 2 ou 3 anos que parei de ouvir isso.) Enfim, não tome uma decisão baseada em que talvez vc mude de ideia no futuro. Porque pode ser tb que vc NÃO mude de ideia e, aí, o problema vai ser bem maior. E, mais importante de tudo, não ponha uma criança no mundo só pra agradar o namorado/marido (muito menos para agradar família/sociedade). Seria muita sacanagem com vc e com a criança.

  34. #61
    Eduarda Oliveira
    28.01.2016 - 09:59

    1-Rachel, você tem 22 aninhos. Com isso não menosprezo nada do que você contou, pelo contrário: já viveu muitas experiências e a noticia boa é que tem muito mais pela frente. Só que não com esse boy. Relacionamento deve ser algo que te faça bem. Lendo seu relato parece que só você se adaptou a ele, e ele não mudou muita coisa na vida dele por você. Essa de inverter o jogo e atacar para se defender é uma forma clara de abuso. Ninguém dialoga nem resolve nada jogando na cara do outro coisas “perdoadas” do passado. E não acho que ele gosta de você, só acho conveniente pra ele ter você no mesmo ap. Pelo que você relatou também não li nada admirável nele, desculpa. Eu te apoio muito a procurar um concurso ou algum emprego equivalente ao que você já tem, que seria até mais rápido que o concurso, ou ainda melhor: voltar pro RS. Ficando aí tem grandes chances de vocês continuarem se encontrando, ficando, você sofrendo e ele te enrolando. Arruma as malas, volta e recomeça. Motivos para terminar você já tem.

    2- Monica! Observe que não é só você quem tem que se adaptar ao fato dele querer ter filhos. Mesmo querendo muito, se ele está com você, ele também tem que ceder: vai ser você sabendo que ele quer e você não querendo agora (ou nunca, como você disse) e ele com você, querendo muito, mas sabendo que talvez você não queira nunca. Ter um filho não vai fazê-lo superar o trauma da separação dos pais, nem carência, nem nada. Filho não pode ser feito nem usado pra isso! Estou noiva de alguém maravilhoso, mas que já tem filhos e é vasectomizado, e que nunca me propôs filhos. Inclusive disse exatamente o que você falou, que pretende trabalhar muito, viajar e conhecer o mundo. E ter filhos sempre foi o sonho da minha vida! Então eu sei que se eu quiser mesmo um baby ele até pode ter pra me agradar, mas não é um sonho que vai ser sonhado a dois. E tem sido minha escolha estar com ele, mesmo sem filhos e sem a possibilidade de tê-los. Conversem claramente sobre isso, e definam o que querem. Não adianta só comentar aleatoriamente quando o assunto surge ou após as brigas na hora de fazer as pazes…

    3 – Phoebe amiga, se ele não te assumiu para ele mesmo, então ele ainda não te assumiu, e pelo que você relatou parece que ele não quer. Que raiva dele kkkk. Você o ama, mas ele apenas se ama. Ele só faz muito pra te agradar para que você aceite as “condições” dele. Assim como a Cony falou, eu não aceito que alguém que eu já considero um ‘namorado’ esteja no Tinder, por qualquer que seja o motivo. Muito menos que fizesse programas “de casal” quando acha conveniente, e depois fosse pra Vegas porque é um espírito livre. Trate-o com o mesmo descaso que ele te trata e verás que esse relacionamento não durará muito.

  35. #62
    Ligya
    28.01.2016 - 10:21

    Rachel,
    Muitas meninas já falaram, mas vou dizer também, este relacionamento é abusivo, não insista em criar desculpas para o comportamento dele.
    Você parece ser uma pessoa boa, inteligente e que um dia já se amou, já teve auto estima e respeito por si mesma, por favor, volte a ser assim!
    Ele é um cara mentiroso, inseguro e abusivo, ele não tem respeito por você, pelo relacionamento de vocês nem por ele mesmo, jamais dará a você o que você merece.
    Junte suas coisas e volte pra sua família, lá você vai receber amor e carinho, lá você terá o apoio das suas amigas e lá você verá que a dor, por pior que seja no início, passa. Sempre passa!
    Te desejo coragem pra seguir em frente, sem medo e sem olhar pra trás!

  36. #63
    Livia
    28.01.2016 - 10:40

    Phoebe, esse seu rolinho ta igual um ex meu! Desde o medo de assumir namoro até a web porn, a diferença é que o meu foi na época do orkut e está casado. Sim casado! Passamos 8 meses ficando, nos separamos e ele sempre dava um jeito de manter contato, depois começamos a namorar , durou 4 meses e 1 semana depois do término ele já estava namorando a atual esposa.
    Moral da história: não existe cara que não quer compromisso, existe cara que não quer compromisso com VOCÊ.

  37. #64
    Bruna
    28.01.2016 - 10:57

    Phoebe… pelo visto ele não quer assumir nada mesmo, a situação está super linda para ele, só que está te fazendo mal. Vc tem algumas opções: 1) mete o pé de vez 2) continua e aceita que ele não quer nada sério 3) continua, mas começa a agir igual a ele. Se eu fosse vc, ia viajar sem ele tb, nem que fosse sozinha, sairia mais sem ele, enfim, fazer o mesmo.
    Te digo, no início do meu relacionamento, meu marido agiu dessa forma, mas eu era boba e deixei. Hoje me arrependo muito de ter permitido isso. Se fosse hoje eu teria terminado ou pagado na mesma moeda.
    OBS: Estamos casados, mas estamos cheios de problemas e conflitos, que, inclusive, vieram também do início do relacionamento. Eu guardo algumas mágoas até hj, então reflita bem sobre isso.

  38. #65
    Sabrina
    28.01.2016 - 10:59

    Caso 1: confissões, confissões, confissões, também perdi a conta. Você merece mais, viu, também sou a favor de você voltar pro Sul onde estão sua família, seus amigos, as pessoas que gostam de você de verdade.
    Caso 2: o problema é que sempre esperam que a mulher mude de ideia, acho que mais cedo ou mais tarde isso vai pesar demais e não vai dar mais. Tive dois colegas na faculdade que eram casados. Ela descobriu que não podia ter filhos, foi uma barra pra eles. Perdemos o contato. Depois vi pelo face que eles se separaram, ele arrumou outra e já tem um filho. É foda, nem sempre o amor supera tudo.
    Caso 3 : “Ele é mimadissimo, queridinho da mamãe que sempre teve tudo na mão e não sabe o que é o esforço de se batalhar por aquilo que se deseja. Tudo tem que ser do jeito dele, da forma que ele quer e ai de quem reclamar! ” tô fora desse tipo, rsrsss

  39. #66
    Jéssica Diane
    28.01.2016 - 11:04

    Oi meninas,

    No segundo caso, da Mônica: me identifiquei muuuuuuito com você, igual a Cony. A diferença é que já sou casada. Ele também gostaria de ter filhos um diiiia, mas aquela coisa assim, distante sabe? E eu tenho pavor, panico, alergia, medo MESMO só de pensar, e ele me entende…sempre conversamos MUITO sobre isso, alguém vai ter que ceder pra vocês darem certo (no caso ele né? assim como meu marido teve). Boa sorte pra vocês! Eu acho que você está muito seguera na sua decisão de não ter, se você cedesse seria infeliz 🙁

    As outras eu fiquei com muita preguiça quando comecei ler rsrs

    Beijos Cony! Como sempre, ótima nas opiniões 😉

    • #67
      Silvia Amaral
      29.01.2016 - 00:08

      Concordei com TUDO! Até quanto à preguiça das outras histórias! Kkkkkk

  40. #68
    Bruna
    28.01.2016 - 11:12

    01 – “Em todas as brigas ele joga tudo na minha cara, eu sou sempre a errada, a culpada, a tudo“ RELACIONAMENTO ABUSIVO DETECTADO!
    Corra para as colinas, volte para sua cidade, seja o que for mas fuja desse cara. Ficou bem claro não há respeito entre vocês e isso só tende a piorar.

  41. #69
    Ana
    28.01.2016 - 11:15

    Rachel, Concordo plenamente com a Cony, a resposta está no seu texto. Seu relacionamento não tem solução linda, vire a mesa e comece de novo, ta cheio de homem legal por aí…

    Mônica, Que difícil isso, amar alguém, se ver a vida com essa pessoa e um assunto TÃO delicado ser a decisão entre seguir em frente e continuar ou largar tudo… Admiro mulheres que seguem firme suas decisões ainda mais uma decisão como essa… não sei que conselho te dar… =/

    Phoebe, fiquei angustiada lendo, vc namora sozinha… É nítido que vcs se gostam muito, mas infelizmente rótulos existem para limitar atitudes que temos ou deixamos de ter quando o status muda. Naamorado que usa o Tinder é fora de cogitação, mas seguinte, meu conselho é: Peça ele em namoro, diga, eu amo vc, amo sua cia e queria saber se vc quer namorar comigo, se ele disser sim, diga que algumas coisas precisam mudar e se ele disser Não, diga que foi maravilhoso enquanto durou, mas que vc está indo viver sua vida longe dele…
    Se essa situação fosse invertida, ele faria isso por ser homem, já teria te pedido em namoro e vc decidiria se ia embarcar ou não… sendo assim, não vejo pq vc não fazer o mesmo…

    Boa sorte girls!
    Cony, não tire essa tag do ar… é mto legal!!!

  42. #70
    28.01.2016 - 11:41

    Rachel: amiga, pula fora, volta pra sua casa, pra sua familia, seus amigos, gente que gosta de você!! Não deixe um babaca te anular.

    Monica: concordo com a Cony. Alguém vai ter que ceder, ou não vai dar certo.

    Phoebe: olha, eu não acredito muito nesse papo de “não existem rótulos”. Pra mim, isso é papo de gente que quer lanchar por fora. Eu daria uma prensa nele.
    Qdo eu e meu noivo saímos pela primeira vez, eu tava tão traumatizada com boys (rolos mil, traições, intrigas, novela mexicana mesmo) que eu fui bem direta com ele. Falei que eu sabia que era a 1ª vez que estávamos saindo, e que poderia nem passar daquilo, mas que eu não estava aberta a joguinhos. Que comigo o negócio seria sério, pq de gracinhas eu já tava saturada. Ele concordou. Sei que isso vai contra todas as regras de relacionamento, mas comigo funcionou. Estamos juntos há quase 4 anos e vamos casar em dezembro. A minha intenção não foi prender ninguém, mas eu já tava alertando que não ia tolerar coisas como: sumiços, rolos, situações mal explicadas.
    Então, quem sabe se você jogar limpo, dê certo. E se ele ficar putinho, é sinal de que ele não quer nada com nada, e aí eu sugiro que ou vc procure outra pessoa, ou que entenda que com ele não é nada sério, e comece a tratar esse relacionamento como apenas uma ficada descompromissada.
    Beijos

  43. #71
    Talita Barroco
    28.01.2016 - 11:45

    Meninas, o que falo serve para todas.
    Pense, reflita e tenha em mente que você é a pessoa mais importante da sua vida. Você nasceu pra ser feliz e aproveitar tudo de bom nessa vida.
    Um relacionamento é para somar e aumentar ainda mais a sua felicidade e não passar por momentos de tristeza e angústias. Você deve e precisa ter momentos de felicidades todos os dias.
    Se o boy não te faz sorrir, não cuida de você, não pensa em você e se preocupa, cai fora. Muitas vezes até faz tudo isso, mas no fundo com um terror psicológico, como vemos no caso da Rachel.
    Como li em algum comentário, ninguém morre de amor e é realmente verdade. Quando estamos muito inseridas na história, ficamos remoendo muito as coisas e não vemos tudo com tanta clareza.
    Sejam felizes sozinhas primeiro e só quando estiverem de bem com a vida e consigo mesmas, entrem num relacionamento sério.
    Tomem as rédeas da vida de vocês e vão ser felizes. Você podem tudo!!!
    E Rachel, sou do Rio e os cariocas não são como seu boy. Os cariocas gostam de estar com os amigos, happy hour, encontro de amigos na praia, barzinho e muitos encontrinhos em casa regado a bebidinhas.
    Sintam-se abraçadas e estou aqui para o precisar.
    Você em primeiro lugar sempre.

  44. #72
    Bruna
    28.01.2016 - 12:20

    Querida Rachel,
    Como Cony e muitas meninas disseram aqui, seu relacionamento não está saudável, é abusivo, e além disso essa coisa de ‘inversão’ me lembrou um pouco do Gaslighting(http://tinyurl.com/jffgku2). Pula fora!
    Agora, o que eu realmente queria aconselhar é: se joga nos concursos!
    Você fez Adm. Pública então já deve ter um conhecimento que abrange muito do que as bancas examinadoras cobram! Falando por mim, a jornada de estudos para concurso é muito mais do que tentar adquirir conhecimento puro e concreto. É se descobrir, ver onde estão suas falhas, refletir sobre como melhorá-las, tentar de novo, desanimar quando der errado, se renovar no dia seguinte, celebrar as pequenas vitórias (aquela matéria que parecia impossível e aos poucos não parece ser tanto). Você acaba desenvolvendo resiliência, paciência, esperança, força…e MUITO amor próprio! Nesse processo de altos e baixos nos damos conta de que somos capazes sim de superar obstáculos e isso faz um bem danado para auto-estima!
    Mas isso fica restrito à área profissional? Claro que não! Sabendo o quão incrível você é, não vai ser qualquer carinha que com papo meia boca vai te conquistar, parente inconveniente não vai conseguir te por pra baixo, e por aí vai…
    Sendo prática, acredito que seria bom você voltar para o sul, explicar a situação pra sua família e pedir o apoio deles =).
    Desculpa se extrapolei ou disse algo que te ofendeu, mas se quiser uma colega pra conversar (e estudar), tamo aí o/

  45. #73
    Lu
    28.01.2016 - 12:39

    Vou aconselhar diferente a Monica…
    Gatah, vcs se gostam e nao conseguiriam se separar… Dxa essa historia de filho p la, dxa p vc pensar nisso qndo tiver q pensar! E fala o mesmo p ele, n gosto de enrolar mas n tem outro termo, enrola mesmo… Não so ele, mas vcs 2. Parece ridiculo isso q estou falando, mas vcs estao sofrendo por ANTECIPAÇÃO. Vc se lembra mesmo de qntas coisas vc n qria a 8 anos atras, n so vc, qntas coisas ele tbm nao qria a 8 … 10 anos atras e mudaram de ideia!?
    Entao gatah, pra que sofrer com isso agora se as pessoas mudam (AINDA BEM) e vcs 2 podem mudar! Leia bem, NAO ESTOU FALANDO P VC MUDAR POR ELE, porem ambos podem sim mudar e n existe problema nenhum nisso!!!
    Calma, e qndo tocar no assunto fale o mesmo p ele… Q Vcs nao tem q decidir NADA agora!!! Muito menos terminar uma relação com amor p ambos sofrem ou ficar naquele vai e volta eterno!!! Se tiver q terminar um dia, espera chegar a hora…

  46. #74
    Isabela
    28.01.2016 - 13:00

    Querida Rachel,

    as meninas acima já escreveram textos lindos, então deixo aqui um vídeo bem importante da Jout Jout! Pula fora, que você tá num relacionamento abusivo!

    https://www.youtube.com/watch?v=79Rr-_KLmPg

  47. #75
    Bia
    28.01.2016 - 13:01

    Oi! Parei no comentário em que a menina diz que a Monica está sendo egoísta. Por favor, né?? Ela disse que ninguém mentiu pra ninguém, ou seja, ela sempre deixou claro que não quer ser mãe. O cara que está alimentando a idéia de que ela poderá mudar de ideia. Ele tem plena consciência de que ela poderá NÃO mudar de ideia. Ele sabe do risco que está correndo. Que mania de achar que a mulher é a egoísta, a errada.
    Aí a mulher vai se sentir culpada por não ter tido filho e frustrado o homem.
    E o homem vai se sentir culpado por ter tido filho com uma mulher que não queria? Será que ela irá se preocupar por ter frustrado a mulher?
    Ôh sociedadezinha, viu?!
    Espero que entendam o que quis dizer.

    Meninas, vamos nos amar primeiro… E assim como gostamos de boys confiantes, eles tb querem dividir a vida com uma mulher confiante. (minha opinião). Já tive um namorado ciumento demaaaaais, durou só dois meses. Xô sofrimento, não nasci pra isso. Rss… Ciúmes=insegurança.
    Desabafei!!!! Kkk

    Bjos!
    AMO o blog, Cony!!!

  48. #76
    Laura
    28.01.2016 - 13:35

    Cony, tu podia fazer um selo “Corre que é uma cilada, Bino!”. O “alma livre” da Phoebe não quer namorar… com ela! Conheci um cara assim, mandei ele andar… um mês depois o alma livre estava namorando… 6 meses depois a namorada estava grávida. Gurias, se posso dar um conselho que aprendi envelhecendo é: parem de justificar o comportamento imbecil das pessoas. Isso é libertador! Não só pra relacionamentos amorosos… vale pra amigos, pra colegas de trabalho. A gente fica quebrando a cabeça em busca de justificativas e às vezes a justificativa é uma só, a pessoa é babaca!

    • #77
      Deise
      28.01.2016 - 15:43

      kkkk. Melhor comentário que já vi. “parem de justificar o comportamento imbecil das pessoas . É libertador “. Disse tudo.

    • #78
      Vanessa Maria
      29.01.2016 - 09:17

      Sensacional Laura! É isso mesmo.

    • #79
      29.01.2016 - 09:27

      Hahahah sensacional seu comentário… Vou adotar como mantra pra vida

  49. #80
    Olivia
    28.01.2016 - 13:50

    Rachel, você é nova e a vida é uma só! Não gasta seu tempo e sua juventude com quem não agrega, não te dá carinho e com quem não te respeita! Tem tanta coisa boa por aí, tanta coisa legal e pessoas novas pra gente conhecer, não deixa esse cara te colocar pra baixo e te privar disso! Pega suas coisas e volta pra sua família, sua casa, e recomeça. Vai ser difícil, mas você vai passar por tudo isso e vai ser feliz 🙂

  50. #81
    Barbara
    28.01.2016 - 13:53

    Caso 01 – Gata, vc está com a sua vida totalmente atrelada ao cara. Mora na casa dele, só conhece amigos dele, trabalha na empresa dele. Por isso, é normal se sentir um pouco desnorteada, mas, na boa: pula fora. Você diz que tem medo de trabalhar em comércio pela possibilidade de ficar sem ver sua família, mas, o que te prende ao Rio? Sendo franca: você não tem nada aí.

    O cara já começou o relacionamento de vocês provando ser infiel, e, além de tudo, dá todos os sinais de estar te colocando num relacionamento abusivo. Pede conta da empresa, arruma suas malinhas e volta pro colo da sua família. Recomeçar do zero é foda, é ruim, dói, e agente se sente péssima. Mas pelo menos você vai voltar a estar cercada de gente que te ama e quer única e exclusivamente seu bem.

  51. #82
    carol
    28.01.2016 - 14:22

    Existe problema sem ser de relacionamento, só de ler a primeira linha “aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa”. Como esse povo trabalha, se relaciona com família, amigos e o mundo, esse povo se preocupa com futuro, tem medo de faltar água amanhã, da violência sucumbir sua cidade, depois de anos não está satisfeito no emprego, não consegue emprego. Enfim, existe vida fora de um relacionamento? Amanhã no Globo Repórter!

    • #83
      Constanza
      28.01.2016 - 15:13

      Putz nao entendi nada

    • #84
      28.01.2016 - 15:15

      Nossa, que comentário desnecessário. Sabia que existe vida além de menosprezar as dificuldades e problemas alheios?! Empatia e respeito passou longe aí!

      • #85
        28.01.2016 - 16:34

        Só para ficar claro, meu comentário é pra Carol!

    • #86
      Jéssica Diane
      28.01.2016 - 15:54

      heeeeimmm???

    • #87
      Pat
      28.01.2016 - 18:28

      Ô Carol
      Sim nós temos vidas, nós sabemos da situação economica de cú do país que vivemos, temos contas para pagar, temos trabalho (e as que não tem estão correndo atrás), estudamos, temos amigos e familias (mas tb tem aquelas que são sozinhas no mundo porém continuam trilhando seus caminhos), cuidamos da saúde (cada um do seu jeito e como pode), temos hobbies enfim TEMOS VIDA… E TB TEMOS SENTIMENTOS.
      Só que desde que o universo foi criado existe um negocinho fofo chamado AMOR que realmente move o mundo e as vezes nos prega peças que nem Manoel Carlos seria capaz de criar. Aí a gente sofre feito Maria do Bairro, chora as pitangas, fica vegetando, vira um brócolis murcho amarelado no fundo da gaveta da geladeira, come o equivalente a vida em forma de gordice, se lasca toda e….. VOLTAMOS A VIDA DEPOIS DE TOMAR UNS ESPORROS DAS AMIGAS!
      Então relaxa e deixa de ser rabugenta valeu
      Bjs, tamos aí qdo vc precisa

      • #88
        Constanza
        28.01.2016 - 21:28

        PÁAAAAAAAHHHHHHHHHHH! sem mais.

      • #89
        Jéssica Diane
        29.01.2016 - 10:24

        VRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  52. #90
    Juliana Batista
    28.01.2016 - 14:48

    Rachel – carinha que faz jogo psicológico, fica invertendo a situação são os piores, eles destroem você por dentro fazendo vc pensar que é louca, diminui sua auto-estima e te fazem de gato e sapato. Corre amiga! Com todas essas traições e indícios, volta pra POA, pra sua familia, pros seus amigos, pessoas que te amam! Logo logo vc acha um boy novo!! A gente sempre pensa que se terminar o mundo vai acabar e voce nao vai achar mais ninguem e vai morrer sozinha… esquece que isso é mentira! O mundo é muito grande e vc merece pessoa melhor do seu lado.

    Monica – eu tenho 31 anos e tb não quero ter filhos, nao sei se um dia vou querer. Minha mae cobra netos mas nao me sinto pronta e tb quero viajar e festar (adoro viajar pra festivais de musica e turismo) muito com meu namorido (namoramos a quase 5 anos e moramos juntos a 2 e meio). Ainda bem que ele pensa da mesma forma que eu! No seu caso acho que o melhor a fazer é sentar e ter uma conversa séria e chegarem a um ponto em comum, decidem logo que nao vao ter filhos mesmo, ou terminam, ou estabeleça pensem sobre poder adotar um dia num futuro mais distante, sem ter que passar pela gestação, amamentação, adotar uma criança de uns 3, 4 ou 5 anos e que nao vai dar todo aquele problema de acordar a noite e tal.

    Pheobe – esse carinha não é seu namorado, desculpe lhe dizer isso. Ele é seu PA (pinto amigo), então ou voce aceita essa situação e vai curtir a vida tb, conhecer outros boys e ver se esse ai vai um dia virar namorado ou quem sabe vc conhece outro que te assuma de verdade, que faça vc ter borboletas no estomago, sonhar acordade, que te ame e que vc tb ame. Eu não acredito que só exista uma pessoa pra amar no mundo, aquele principe encantado e tal. Acho que o que falta é oportunidade de conhecermos outras pessoas. Concluindo, se ele não te assume não assuma ele também! Vai curtir a vida voce tb! E se ele der uma de ciumento coloque ele contra a parede e exija que para ter ciume ele precisa te assumir como namorada!

    Boa sorte a todas meninas!!

    Parabéns pelo Blog Cony!! Beijos

  53. #91
    Psicóloga de araque
    28.01.2016 - 15:03

    Meninas, o que vejo nessas histórias se parece muito com algo que vivi. Mesmo sendo mesmo psicóloga, foi uma outra terapeuta que me ajudou! Eu não conseguia me decidir pela continuação ou rompimento de uma situação amorosa. Procurei uma terapeuta que na primeira sessão me disse que tinha notado que eu desejava terminar o relacionamento. Fiquei meio desconfiada, afinal, mal tínhamos nos conhecido e ela me disse algo que ficou pra sempre: estava claro na minha fala que eu já sabia o que devia fazer, que só tinha essa saída: terminar. Mas o fato de estar claro não quer dizer que seja possível pra pessoa realizar naquele momento, às vezes falta coragem, falta estrutura ou falta um empurrãozinho. Por isso acho legal os diálogos aqui do blog, podem ser o empurrão ou a consciência que a pessoa estava precisando. Pra mim esse toque foi exatamente o que eu precisava, tomei coragem, arranjei estrutura e mudei tudo. Foi ótimo!!

  54. #92
    Clarissa
    28.01.2016 - 15:20

    meninas 1 e 3 CORRAM PARA AS MONTANHAS!!!
    bjo

  55. #93
    B
    28.01.2016 - 15:26

    Rachel,

    Isso é relacionamento abusivo.
    Só quem viveu sabe o quanto é complexo essa situação.
    Vivi isso, abuso psicologico e o que posso te dizer, sai dessa.
    Não vai melhorar, nao enquanto tiver assim. Não no presente.
    As pessoas mudam, não sei se será o caso dele, mas definitivamente não será agora e não será contigo.
    Termina.
    Vai doer, vai chorar, vai te sentir só, vai sentir saudade. Seja forte.
    Pensa no que queres só pra ti… É viajar, é comprar um carro, ter um pet, é conhecer a neve, é encher a cara e dançar…
    Isso só tu podes responder.
    Mas sai dai e te dá um tempo…pra sentir a tristeza, aprender e desapegar (que não seja mt longo tb rsrsrs)
    És livre, te permita, faça o que te faz feliz…
    Se tiver recurso, procura uma psicologa, é muito bom.
    Se não tiver, nao te prenda a isso como emprecilho para nada…
    Se vieres a Porto tens teus amigos e familia, tb sou daqui quem sabe nos conhecemos por ai..
    Boa sorte, gata 😀

  56. #94
    Jane
    28.01.2016 - 15:30

    Meninas, antes de colocar o foco de tudo “no outro”, vocês precisam colocar o foco em vocês.
    Primeiro: Nós já somos COMPLETAS. Não precisamos do outro para nos completar. Não somos uma metade. Somos inteiras!!!IN-TEI-RAS! Precisamos do outro para nos COMPLEMENTAR. Complementar é diferente de completar. O “complementar” soma. Acrescenta. Nos torna melhores. Nos deixa mais feliz. Quando pensamos em “completar” dá a impressão de que tem algo vazio. Algo faltando.
    Nossa vida é feita e sustentada por pilares: Fé, Familia, Amigos, Trabalho, Hobbys! Como andam os pilares da vida de vocês?
    Não podemos nos tornar reféns de pessoas que não se importam conosco! Temos que aprender a nos valorizar. Eu sei que é mais fácil falar do que agir! Sei também que muitas vezes estamos carentes, com a auto-estima ruim, ainda querendo um “principe encantado”. Mas precisamos dar o “primeiro passo”. Porque depois do primeiro passo podemos caminhar o mundo todo.
    Caso 1: Esse homem não gosta de você. Não te respeita. Não se importa com você. Volte para sua familia. Para seus amigos. Refaça seus pilares!
    Caso 2: A decisão de ter ou não filhos depende de você. Mas só que você não está sozinha. Você está em um relacionamento com alguem que ser ser pai. Fingir que nada está acontecendo e que ele vai mudar de ideia não é uma decisão sábia da sua parte. Como foi dito aí em cima, você precisa sim falar pra ele e deixar claro a sua posição. Você pode mudar de ideia no futuro? pode. Pode não mudar de ideia de jeito nenhum? Pode também. Mas o seu companheiro precisa saber. E você precisa estar preparada para ele ir embora também.
    Caso 3: Ele só quer alguem que fique a disposição dele. Porque é cômodo né! Se ele quisesse mesmo alguma coisa séria com você ele já tinha se posicionado.

    Eu sei que pra quem tá aqui opinando é fácil. E sei também que é facil falar quando não estamos vivendo a situação. Recentemente vivi a situação de querer namorar e o paquera não. E ele foi bem claro. Não me enganou nem me iludiu. Eu é que enganei a mim mesma achando que eu iria fazer ele mudar de ideia, e acreditando que EU era a melhor coisa pra vida dele! (é, eu sei que é triste!! rs). Um dia a ficha caiu e eu percebi que quem tinha que mudar de atitude era eu, não ele. EU é que queria um namorado. Ele só queria companhia e sexo. Peguei papel e caneta, fiz duas colunas, em uma coloquei o que eu queria e na outra o que ele queria, e ví que queriamos coisas iguais mas ao mesmo tempo diferentes. Eu decidi por um ponto final. Foi fácil? Nãaaao!!! Não foi. Doeu! E doeu muito. Mas foi a melhor coisa que fiz por mim mesma. Se estamos lotadas, nada de novo entra na nossa vida. É preciso encerrar o ciclo!

  57. #95
    Jessica
    28.01.2016 - 15:31

    Rachel, menina, tu foge desse cara o quanto antes. Ele pode até ser um cara q vc admira, mas fora o fato das traições, te manipula de uma forma que dá até agonia de ler. Esse negócio dele ficar te culpando e se fazendo de vitima sempre tem um nome em ingles, e é proposital, assim vc sempre fica com peso na consciencia e ele sempre se safa de ouvir a verdade da sua boca e vc nem compra briga. Ou seja, quando ele erra sai como vitima e quando voce erra tambem! Meu namorado fazia muito isso comigo, hj eu corto as asas dele logo de cara, já pedindo pra parar com o vitimismo. Mesmo que vc nao termine com ele por seus motivos, pelo menos corta essa palhaçada dele que só vai te ajudar!

  58. #96
    Ana Souza
    28.01.2016 - 16:04

    Só de imaginar um homem mimadinho fazendo birra para impor a vontade dele, já é motivo para correr léguas desse homem.Moça do terceiro caso não entre nessa fria, se tiver um relacionamento com ele vc será apenas um instrumento da vontade dele.Saia disso.

  59. #97
    Ana Luiza
    28.01.2016 - 16:16

    Fiquei com o coração apertado com a Rachel, pq a pessoa que está num relacionamento abusivo em geral é a última a perceber e aceitar isso. Acho que o primeiro passo ela já deu, se ela te escreveu é pq sabe que está infeliz e sabe que não vai ser feliz com o relacionamento desse jeito.
    Rachel, siga sua vida longe desse infeliz!!!

  60. #98
    Suzana
    28.01.2016 - 16:27

    Mônica, eu nunca quis ter filhos. A ideia da gravidez e do parto sempre me desagradou. Tenho 49 anos, sou casada e não tenho filhos. Enfrento até hoje as pessoas me questionando e dizendo que “ainda dá tempo”. Veja bem? Não me arrependo, sou feliz, filho não é garantia de cuidados na velhice e tenho zero arrependimento.Felizmente os tempos estão mudando e há várias mulheres sem filhos e felizes com suas próprias vidas. Porém, meu marido também não queria filhos. Então foi fácil. Acho que da mesma forma como nunca foi seu sonho ser mãe sempre será o sonho do seu noivo ser pai. Essa vontade dele não vai acabar. É justo com vocês? Busque alguém com os mesmos sonhos e seja mega feliz!

  61. #99
    Camila
    28.01.2016 - 16:44

    Rachel, vc está em um relacionamento abusivo! Vivi isso 4 ANOS! Estava infeliz e só percebi que estava em um relacionamento abusivo depois que acabou e vi esse vídeo da Jout Jout: https://m.youtube.com/watch?v=79Rr-_KLmPg
    Fica dica, caia fora e seja feliz!
    Bjos

  62. #100
    Lulu
    28.01.2016 - 16:46

    Concordo plenamente com a Talita Barroco. Num relacionamento a pessoa mais importante é vc e ponto. Tive um relacionamento de 3 anos e meio q no começo foi bom, depois meu namorado se revelou machista e desrespeitoso. Minha opinião nunca tinha importância. Nem nada do q eu fazia ou falava. Ele chegou a me mandar calar a boca na frente das pessoas. Porém, por muito tempo eu relevei c/ a desculpa d q ele era legal, trabalhador, batalhador, sem vícios, companheiro, etc. Só q eu não percebia q o respeito dele por mim tinha acabado e q isso não se recupera mais, acredito eu. O namoro acabou por outros motivos, e hj comparando com o relacionamento q tenho com o meu marido, vejo como eu me desvalorizava, me diminuía e me deixava desrespeitar. Se valorizem antes de mais nada. Vcs são poderosas sim, se valorizem mesmo, muito e mais um pouco ainda. E aquela coisa de as pessoas dizerem: tá se achando, hein? Tô mesmo!!! Tem q se achar mesmo. Se alguém não te quiser exatamente como vc é, pode ter certeza q vai ter outro q vai querer, sempre. Vcs podem até sofrer e muito com um término nesses casos, mas pode ser q vcs tenham q passar por isso pra abrirem caminho pra algo muito melhor pra vcs. Foi o meu caso. Bjs

  63. #101
    Mary
    28.01.2016 - 17:18

    Antes de tudo, quero deixar claro que adorei a volta dos posts! É muito bom ler histórias reais e ver a opinião das pessoas, como disse no último, os conselhos da Cony são muito bons e tem muita coisa boa nos comentários.
    Além disso, foi no último post que descobri sobre o grupo secreto do face e estou adorando! rsrsr Valeu Cony 😉

    Quanto aos casos de hoje…
    Caso 1 – amiga, não consegui nem ler o seu texto até o final de tão agoniada que fiquei com sua história! Lendo de fora e sabendo o apoio que meus pais me dão em todas as decisões da minha vida, eu largaria tudo e voltaria pra casa correndo! Estudaria em casa pra concurso, procuraria um emprego, que poderia não ser tão bom quanto o que você tem atualmente, mas em troca teria a liberdade que esse cara te tirou (e que você permitiu que ele tirasse). Desculpa, mas não concordo com a amiga dele, pra mim isso não é amor não! O cara não te trata bem, te trai, mexe com sua auto-estima, faz você se sentir mal, desde quando isso virou amor? Pense em você, o tempo tá passando tão rápido, não espere perder ainda mais tempo pra descobrir que você pode viver coisas muito melhores. Se ele pelo menos reconhecesse aonde está errado, poderia haver alguma possibilidade de mudança, mas pelo visto é o contrário, ele não admite de jeito nenhum. Não deixe sua felicidade nas mãos dos outros!

    Caso 2 – Nossa! Não consigo nem me imaginar nessa posição de não querer ter filhos (pode ser até que eu não tenha, mas o meu desejo é de ter). Mas vamos lá… Acho difícil que com vontades tão contrastantes vocês cheguem a um consenso de felicidade 🙁 Acho que depois de tanto tempo juntos e os dois mantendo as mesmas vontades é a hora de pensar seriamente se vale a pena continuar, porque a tendência é realmente continuarem sentindo os mesmos desejos. Deixar isso para o futuro vai continuar sendo um peso para os dois e para o relacionamento, qualquer briguinha boba que vocês tiverem pode acabar trazendo esse assunto a tona e da pior forma, um usando contra o outro. Minha sugestão é não adiar a decisão.

    Caso 3 – Seu caso me lembrou o caso 1, claro que com situações diferentes, mas a mesma essência… Você não está feliz desse jeito e ele não demonstra tendência a mudar, então será que vale a pena mesmo continuar desse jeito? Essa é a hora de pensar em você 😉

    Beijo meninas, boa sorte! Que encontrem o caminho para a felicidade =]

  64. #102
    Adriana
    28.01.2016 - 17:31

    Meninas, deem um feedback pra gente. Principalmente a “Rachel”. Fico preocupada com o baque que ela pode ter levado ao ler os comentários, que, apesar de serem verdade, podem ser algo que ela não esperava ver ou escutar. Fico pensando se ela está bem, se os comentários a ajudaram ou “se caiu seu mundo”. Se você estiver se sentindo assim, Rachel, não se cale ou sofra sozinha, escreva novamente para a Cony ou nos comentários, para que possamos te ajudar… desabafe, fale como está se sentindo…

  65. #103
    Pat
    28.01.2016 - 18:04

    Eitaaaa
    Meninas, Rachael Monica e Phoebe vcs tem que abrir os olhos e verdadeiramente enxergar as coisas como elas são… sem floreios.

    Rachel: Ei linda, eu você e toda torcida do flamengo sabemos que isso não é um relacionamento bom. Sai disso. Foi legal porque você apostou, se doou, optou por viver a sua escolha de sair da tua cidade para viver com o cara que achava ser o seu amor, isso foi ótimo! Só que convenhamos, ele não é realmente nada do que você espera… então porque continuar dando murro em ponta de faca? Volta p/ tua cidade (ou fique no Rio, aqui é bem bom né?!) ou vá para outro canto mas saia da casa dele e desse relacionamento doloroso. Vai trilhar tua vida menina, olha que deve ter um cara bem legal procurando alguem como vc e a senhorita aí se segurando nesse otário. Bjs

    Monica:
    Helloooo moça! Olha vc disse logo de cara que VCS dois foram honestos e deixaram bem claro o lance de um querer ter filhos e o outro não. Bem, já ficou escancarado que vcs desde o principio tem interesses conflitantes. Pelo que vc falou a posição e desejo de cada um em relação a isso é algo bem solido e enraizado portanto (chato te dizer isso mas…) alguém vai ter que ceder. Só que no caso de ter filhos isso complica mais ainda porque ter só para satisfazer o outro é algo horrivel; e não ter porque a parceira não quer é algo que em um momento vai vir a tona e pode ser fatal… Pense bastante e reflita tá… um afastamento seria bom… pensa moça

    Phoebe:
    CORRE DISSO MULHER!!! VC TÁ MALUCA?!?!
    Aoooonde que namorado fica em tinder???
    Mimadinho que tem que ter sempre todas as vontades atendidas???
    Ele está ditando as regras desse joguinho e vc está caindo, faz isso com você não poxa.
    Termina menina, isso não é um relacionamento sadio… é um jogo no qual ele está em uma posição bem cômoda.
    Olha, o tempo que vc está aí com o mimadinho vc poderia estar conhecendo uma pessoa bem legal que tb queira um relacionamento de verdade com vc.
    Na minha opinião vc merece muito mais, merece um cara que tenha orgulho de te apresentar para TODO MUNDO com a namorada dele, uma pessoa que te valorize e respeite.
    O que vc está esperando para largar este fardo e abraçar as possibilidades legais que a vida quer te dar??
    Bjs

  66. #104
    Carol
    28.01.2016 - 18:05

    Não eh falta de empatia ou falta de respeito, mas como a Cony mesmo disse era muito mimimi. Pra não generalizar mas 99% tem a ver com homem, relacionamento amoroso. Será que ninguém tem problemas outros? Como emprego? Família? Questoes outras mundanas? Ninguém tem receio do caos? Poucos casos relatam isso. Óbvio que todos já sofreram por amor, mas não consigo compreender como só mandam relatos disso. Acho que só eu tenho problemas outros, a coração gelado, a incompreendida, a amarga, etc etc etc. Pq os de relacionamento é simples: não está te fazendo bem, seja racional. Agora o de fato depende de atitudes alheias pra melhorar o coletivo, que perturbante!

    • #105
      Vanessa Maria
      29.01.2016 - 09:27

      Carol,
      1) A tag chama-se “Chora que eu te escuto.”
      2) Nem todo mundo tem a racionalidade que vc mencionou para lidar com os relacionamentos. Para isso existem amigos que podem ajudar a pessoa a enxergar o “óbvio”.
      3) Quando queremos passar uma mensagem para alguém, principalmente quando escrevemos e não estamos face to face com quem será o destinatário da mensagem, é sempre bom atentar para a forma como se escreve para que não sejamos mal interpretados. Geralmente as pessoas não estão dentro de nosso pensamento para adivinharem o que se quis dizer com alguma mensagem.

    • #106
      Mary
      29.01.2016 - 09:45

      Vale lembrar que não é fácil para todo mundo considerar racionalmente assuntos emocionais 😉
      Além disso, para quem está diretamente envolvido em uma situação não é tão simples enxergar se faz bem ou não e a pessoa precisa de um apoio.

  67. #107
    Carol
    28.01.2016 - 18:08

    Faltou uns conectivos mas deu pra entendeu eu acho, senão desisto Hahahahaha a minoria se retira!

  68. #108
    Mah
    28.01.2016 - 18:37

    Rachel,
    Você é muito nova!
    E isso é a resposta pra tudo já. Pra vida amorosa, pro trabalho, pras amizades…
    Você tem a sua frente um muuuuuuundo de possibilidades. Não se prenda a um cara, a uma cidade (que embora seja linda, te traz solidão) e um emprego (por causa do cara) que não te fazem feliz.
    Fuja! Volte pro rio grande amado e retome sua alegria de viver.
    E sim, você está num relacionamento abusivo. Ele não te respeita. FUJA.

    Monica,
    Mulher infelizmente tem data pra decidir se vai ter filhos ou não.
    Se seu marido quer isso pra vida dele, não se engane e não o deixe se enganar achando que ele não quer mais. Ele pode achar que não quer, mas só porque quer ficar com você.
    É diferente da esposa que come carne e o marido é vegetariano. Sempre é possível conciliar as duas coisas ao mesmo tempo e no mesmo lugar.
    Mas filhos não! Ou tem, ou não tem.
    Vamos supor que você decida daqui a 10 anos que quer ter. Acha justo que ele espere tanto?
    Acha justo que ele fique condicionado ao seu querer?
    A mulher tem direito de escolher o que bem entender pra vida dela, mas o homem também. E no caso de filhos, é uma decisão que deve ser tomada em conjunto e totalmente embasada no livre-arbítrio.
    Entendo que você ame ele e não o ama menos só porque não quer ter filhos. Mas esse relacionamento o priva de algo que ele parece querer acima de tudo.
    Pense em você, mas pense nele também. Isso também é amor.

    Phoebe
    Parei no tinder.
    Sério.
    Na minha opinião, ele usa o problema familiar como passe livre pra ser um babaca.
    Pode ser q ele não seja um babaca de raiz, mas, não é por você que ele vai deixar de ser.
    Então… run forrest, run.

  69. #109
    Lillian Araújo
    28.01.2016 - 20:49

    Cony, adooooooooro o “Chora que eu te escuto” Tenho muito em comum com os relatos, aí vou pegando uma diquinha aqui, outra ali e vou me fortalecendo rsrs Gosto muito dos teus conselhos! Acho que o que falta pra nós (eu e algumas meninas que vivem relacionamentos abusivos, como a do primeiro caso) é mais amor próprio. Precisamos nos amar mais, nos valorizar mais e nos cercar mais das pessoas que sabem quem somos, porque ao longo desse tipo de relacionamento vamos perdendo nossa identidade 🙁

  70. #110
    Lillian Araújo
    28.01.2016 - 20:50

    Sim, Cony, me adc no grupo do face por favorzinho. To super ansiosa para entrar rsrs (araujolcn@gmail.com)

  71. #111
    Erica
    28.01.2016 - 20:52

    Quando tive um término de namoro de 8 anos (único namorado até a época) fiquei muito mal.
    Meses depois conheci um cara e tivemos um relacionamento rápido mas que foi crucial pra eu me sentir linda e pronta pra próxima.
    Enfim…O q ele sempre me dizia era: não de prioridade a quem te trata como opção.
    Ter um cara ao nosso lado onde só a gente faz de tudo pra dar certo?
    É difícil, mas com o tempo a gente vai aprendendo.
    Beijos meninas.

  72. #112
    Lu
    28.01.2016 - 21:51

    Phoebe,
    Passei por uma situação parecida com a sua. Mas no meu caso o cara tinha recém terminado com a ex de anos, dizia que precisava de um tempo, que queria ser livre, que queria se conhecer melhor antes de entrar num novo relacionamento… Mas ao mesmo tempo, me ligava e mandava mensagens fofas todos os dias, me levou para conhecer sua família, virou amigo da minha turma de faculdade, ia em todas as festas comigo e todos adoravam ele. Era tão educado e elegante com todo mundo. Eu já me sentia namorando, mas ele sempre com um pé atrás. Não podia usar essa palavra “namoro”. Passei alguns meses cega de paixão, achando que com o tempo as coisas iam se ajeitar, que ele só precisava de tempo. Mas isso dificilmente acontece, amiga. Chegou uma hora que eu enchi o saco de tanta enrolação. Meu coração tava confuso, queria me entregar, um dia eu estava vomitando arco-íris de alegria e no outro decepcionadíssima pq ele sumiu sem dar notícias. Cansei dessa montanha-russa de emoções e cortei relações. Fui viver minha vida, comecei a sair mais, fiz novos amigos e logo conheci outra pessoa, que hoje é meu marido <3 Meu marido nunca foi "don juan" como ele, mas pelo menos é uma pessoa sincera, respeitosa e que desde o início estava na mesma vibração que eu. Sou muito feliz hoje e não sinto a mínima falta do "don juan". Aliás, soube depois de um tempo por amigos em comum que ele voltou com a ex mas vivia traindo a moça. Eu hein, me livrei dessa!

  73. #113
    Ana
    28.01.2016 - 22:13

    Conyyy, me adiciona ao grupo do facebook, plis!
    Não precisa aceitar o comentário

  74. #114
    Bruna
    28.01.2016 - 22:31

    Rachel,
    Vamos ser amigas ? Sou do Rio também !

  75. #115
    Nina
    29.01.2016 - 01:27

    Phoebe:
    Passei exatamente por essa situação com o meu namorado atual. Começamos a ficar na faculdade, ele era meu veterano. Tínhamos muito em comum, eu era novinha e não pensava em compromisso, assim como ele. O problema foi quando isso mudou pra mim. Continuei saindo com ele, conhecia sua família, seus amigos e agíamos como namorados, mas ele não queria namorar e eu fingia que não ligava. Isso começou a me fazer muito mal, cheguei a terminar com ele várias vezes, mas ele aparecia e eu voltava. Pra ele a situação estava ótima: quando precisava de uma “namorada” eu estava lá e quando queria ser solteiro estava livre, ou seja era cômodo. Essa situação durou 2 anos! Finalmente aconteceu a primeira coisa que eu não podia relevar e terminei com ele, falando pra ele nunca mais me ligar, aparecer etc. Logo depois ele passou mais de dois meses trabalhando em Sp; continuou me ligando e eu ignorando e segui em frente. Um dia encontrei ele por acaso em um bar que nenhum de nós dois frequentávamos. Ele tinha me ligado neste mesmo dia, e eu ignorado. Conversei com ele como se nada tivesse acontecido, me despedi e fui pra casa. Fiquei triste mas sabia que tinha tomado a decisão correta. Eis que ele apareceu de surpresa na minha casa, se declarou e atá hoje estamos bem e namorando, há 6 anos. Meu conselho: não fique em uma relação que te faz mal, eu tenho plena consciência de que fui uma exceção, e aprendi bastante, hoje nunca aceitaria nada parecido nem com ele ou com nenhum outro.

  76. #116
    Mariana Alves
    29.01.2016 - 09:22

    Rachel, vc deve estar pensando, depois de ler os comentários todos, em sentar com ele pra conversar e expor todas as suas angústias. Não aconselho. De duas uma, ou ele vai pedir desculpas, dizer que vai mudar e blá blá blá, ou vai jogar a culpa em você de novo. E acredite, ele não vai mudar.

    Te aconselho a ir pro RS num fim de semana e não voltar pro Rio, pelo menos por um tempo (duas semanas, um mês ou algo assim).

    Dá a desculpa de que tua mãe, teu tio, teu pai, avô, ou qualquer parente tá passando por um problema de saúde e precisam de você lá.

    Fala pra ele que vai precisar ficar um tempo por lá, mas que depois volta.

    Vc vai ver que não precisa tanto dele assim e o quanto esse relacionamento é abusivo.

    Quando voltar pro Rio (pra pegar suas coisas), aí sim converse e termine tudo.

    • #117
      Mariana Alves
      29.01.2016 - 09:26

      “Aaah, mas meu emprego e ….”. Esquece! Você tem família, tem amigos e não precisa ficar se submetendo a esse tipo de coisa.

      As coisas vão se encaixar aos poucos. Tenho certeza que lá no RS você brasão t encontrar alguma coisa muito melhor. Acredite! 😉

    • #118
      Mary
      29.01.2016 - 10:15

      Boa dica! Não pense que uma conversa vai fazer ele mudar porque por tudo que você falou da situação, não vai. Ele não tem consciência das coisas que está fazendo e por mais que mude por um tempo, vai voltar ao que era antes. Esse é o momento de pensar em você, não dê a oportunidade dele te convencer que está fazendo algo errado. Errado é não correr atrás da felicidade.

  77. #119
    Laiz Rodrigues
    29.01.2016 - 11:24

    Cony, concordo com tuuuudo q vc disse, seus conselhos são sempre úteis, proveitosos e cheio de sabedoria! Mas vou dar os meus pitacos tbm…
    Rachel- Lendo o seu relato percebi q seu namoro já está “acabado” faz tempo! Muitas mentiras, muita falta de respeito da parte dele com vc etc. Homem quando INVERTE o jogo, quer tirar o foco do erro DELE!!! Vc tem muito pra viver e ser felizzzzz! Volte pra sua cidade, fique perto da sua família q te AMA de verdade, curta a vida e saia já daí! (É CILADA BINO!)
    Monica- Vc sabe q ele entende e respeita sua decisão. Mas será q vc está respeitando a decisão dele?? Se não há consenso nessa decisão de ter ou não ter filhos, então não há casamento q aguente, infelizmente! Acho q por amor a ele, vc deveria deixá-lo encontrar alguém q possua as mesmas vontades dele (de ter filhos)! Pq não é justo privá-lo disso por não ser da sua vontade! O amor liberta tbm!
    Phoebe- Tinder?? Não, pra ele o q vcs tem não é namoro viu?! Como alguma amiga já citou, ele é apenas seu FICANTE mesmo! Se vc está disposta a encarar esse seu relacionamento com o status de ficante: trate-o como tal, curta a vida tbm, viaje sem ele, fique com outros caras etc. Agora, se vc quer realmente um namorado: FUJA desse aí, dê a ele um belo de um pé na bunda e vá conquistar um (namorado) de verdade, que te assuma pra ele mesmo, acima de tudo, q te ame e te respeite como vc realmente merece!

  78. #120
    Bethania
    29.01.2016 - 11:40

    Que comentários lindos meninas!!!… Parabens Cony pela iniciativa!

  79. #121
    Lilyty
    29.01.2016 - 13:07

    Pra mulher que não quer ter filhos só quer estudar e curtir. Separa amiga! Vc vai se arrepender depois,seu marido vai arrumar outra que queira pq homem quando encasqueta que quer algo ele faz! Assim como vc tem seus objetivos ele tem os dele. E olha tem tanta pessoa boa no mundo querendo ter filhos… Assim como também tem quem só queira curtir. Ele quer ser família e vc quer ser livre. Eu já fui assim. Mas acabei tendo filhos e hoje eles fazem parte de tudo na minha vida! Encaixo eles em tudo que faço. E olha quem nem rica sou… É questão de amor e dedicação,cada um tem sua parcela de amor e dedicação se sua vocação não é ser mãe,nem tente! Pula fora vai servir ao que vc quer. E não ao que querem q vc sirva. Esperar não é a resposta é esperar envelhece!

    • #122
      Constanza
      29.01.2016 - 18:17

      Familia nao precisa de filhos. Homem e mulher podem ser família so os dois!

  80. #123
    Maíra
    29.01.2016 - 17:51

    Sobre o segundo relato, li um livro: Uma prova de amor de Emily Giffin que trata justamente disso, a moça não deseja filhos e o cara sim, uma leitura muito gostosa, que me ajudou a ver escolha de muitas mulheres que não desejam serem mães, a compreende-las, pois eu desejo ser mãe, e respeito a escolha de cada uma, mas o casal tem que estar totalmente de acordo. Vale a leitura viu?!

  81. #124
    Iara
    29.01.2016 - 20:28

    Monica, sou mãe de uma criança fofa de 4 anos. Amo meu filho mais que tudo nesta vida, mas acredite: ser mãe/pai é o papel mais difícil que existe! Se te falarem que é difícil, multiplique por mil. Por isso acho que a decisão de ter filhos deve ser muito consciente. Você não quer, pode mudar de opinião? Pode, apesar de você mesma ter indicado que a probabilidade é pequena. O mesmo pode ocorrer com seu noivo.
    Mas sinceramente, não acho que seja o caso de terminar, mas sim de tomarem HOJE uma decisão em conjunto, que no futuro pode mudar. Vocês podem continuar juntos com filhos ou sem ou se separar, quem sabe… Mas essa é a vida. Não podemos calcular todo nosso futuro. A equação não fecha pois somos humanos e não números.

    Para Rachel e Phoebe, larguem esses dois, é sofrimento hoje, mas a longo prazo compensará.

  82. #125
    Camila
    29.01.2016 - 23:37

    Phoebe, uma grande amiga minha viveu uma história bem parecida com um grande de amigo meu… eles viviam juntos, mas ele não assumia o namoro e sempre sumia de final de semana e isso durou DOIS ANOS. eu passei esse tempo todo falando pra ela largar esse cara q ele não estava na mesma q ela. Um dia ela largou. Cansou. Disse pra ele q queria um namoro oficial e q se ele não quisesse ela tava fora. Eles terminaram e ela se afastou totalmente dele. Dois meses depois ele foi pedir ela em namoro. Isso aconteceu há 7 anos atrás e hoje eles estão casados, felizes e com um baby a caminho. As vezes o que eles precisam é perceber que podem perder.

  83. #126
    Cissa
    30.01.2016 - 03:37

    Há 5 meses meu filho nasceu… Agora é madrugada e acordei com ele chorando para amamentar rs… É uma rotina bem pesada cuidar de uma criança… Mas não acho que ter filho seja um atestado de não crescimento profissional e não mais curtir a vida… Optei ter filho aos 34 anos…. Viajei muito antes e já tenho planos de retomar as viagens esse ano… Viva sling e canguru rs… Não vai ser a mesma coisa, mas nem sempre o diferente é pior. A gente tem que seguir nosso coração e a maternidade não precisa ser sonho ou prioridade pra ninguém. Mas só quero deixar registrado que ela não precisa ser encarada como uma sentença de adeus vida boa e liberdade. No início sim, mas depois passa.

  84. #127
    Rachel
    31.01.2016 - 02:04

    Gurias, faltam palavras pra agradecer todos esses comentários… No momento, to tentando digerir mas tá difícil! To relendo tudo mil vezes e minha cabeça tá um turbilhão! A unica certeza que eu tenho nesse momento é que vocês são maravilhosas, juro! Gratidão por todas que dedicaram um tempo pra me ajudar, to me sentindo abraçada! Vcs são demais, e me ajudaram muito, de verdade!!!! Cony, mil vezes obrigada!

    • #128
      Adriana
      01.02.2016 - 10:34

      É aos poucos mesmo, não é fácil tomar uma decisão dessas de uma vez. Comece, agora, a ver seu relacionamento, as atitudes que ele tem com você e a forma como ele faz você se sentir com outros olhos, levando em consideração o que foi falado aqui. Você vai conseguir enxergar sozinha o que foi dito e, assim, seu coração e sua cabeça irão se acalmar e você vai conseguir enxergar além e tomar a atitude certa para a sua vida e que vai te fazer bem. Que Deus te abençoe e não se sinta sozinha.

  85. #129
    Nívia
    01.02.2016 - 11:18

    Uau…Arrasou nos coments Cony!
    Não acrescentaria uma única palavra.
    Parabéns
    Beijão

Comente