05
Jun 2016
Mi casa, su casa – Onde gastar dinheiro?
Decoração, Mi Casa Su Casa

Fufus, minha picolezinhas e meus sorvetinhos do coração, não sei pra vocês mas pra mim inverno é sempre sofrido.

Quem acompanha a gente no Snapchat ( Futilish e Tiolelofoz ) sabe que a patroa está cada dia mais ryka e elegante, e eu mais ranzinza e chato.

Deve ser algo karmico, eu devo ter morrido escalando o Everest numa vida passada, ou caí num lago pescando pra sobreviver, porque pra nascer alguém que deteste mais o frio do que eu.

Mas bora trabaiá! Uma das primeiras perguntas que sempre recebemos de clientes é:

“Quanto eu vou gastar?”

E é claro que todos queremos nos preparar para esse investimento em qualidade de vida. O problema é que a variável é muito grande.

Assim como tudo na vida existem diversos níveis de produtos onde se pode investir. Vou divagar um pouco sobre isso hoje, que tal um chocolate quente e uma conversinha ?

chocolate quente

Uma decoração espetacular daquelas de novela, na qual a sogra entra e fica chocada, histérica e desmaiada (por dentro, mas não esboçam reação nas caras de más delas) vai custar o mesmo que o imóvel. Ezatamentchy, o mesmo que o imóvel.

Uma conta muito básica é que a cozinha custa em torno de 10% do valor do imóvel. Parece bizarro, mas é a mais pura verdade, quem construiu saque que se somar os revestimentos, os móveis, os eletrodomésticos e granito/quartzo, o valor vai estar nesta faixa. Sim, em um imóvel de 700 mil a pessoa vai gastar 70 mil só na cozinha. Parece loucura né?

Mas o papo de hoje é pra falar onde gastar mais ou menos.

A dúvida parece simples, mas a verdade é que o buraco é mais embaixo.

O segredo pra quem não tem milhares – ou milhões – de dinheiros disponíveis é saber onde colocar dinheiro antes ou depois. Então se você não é de Áries (que precisa de tudo pronto e perfeito pra semana passada) #vemkotio!

De forma “construtiva” não economize na hora de escolher:

Pisos;

Azulejos/porcelanatos;

Gesso.

O resto é fácil de trocar. Mudar um móvel, acrescentar um painel de madeira, instalar um papel de parede, incluir um lustre ou mudar alguns pontos de iluminação ( no gesso ) são coisas fáceis e rápidas. Praticamente indolores também.

Não tem como fazer gesso numa casa morando nela. Aliás tem, mas é um sofrimento indigno e desnecessauro*.

Claro que assim como temos aqui milhares de dicas sobre alternativas Fashion, também temos alternativas decorativas.

carrara ryko

Um revestimento de porcelanato pode custar (por metro quadrado) de R$ 19,90 até R$ 289,90 numa mesma loja. Aí você pensa: Não tem diferença! Claro que alguma diferença tem. pode ser espessura, de PEI (resistência) pode ser a diferença no corte lateral ( retificado, não retificado ou bold ) esses itens interferem na estética final da instalação, pois eles “mandam” no tamanho do rejunte que terá de ser usado.

O tamanho das peças também é algo a ser levado em consideração. Uma cozinha grande com um piso de 40×40 ou 30×60 vai ficar com cara de pobrinho.

carrara pobre

Provavelmente você encontrará um revestimento  de porcelanato retificado (junta de 1mm) ou bold (junta de 3mm) de um tamanho legal (60×60 ou 80×80) entre R$ 80,00 e R$ 100,00 que eu considero justo pra quem vai morar pelo menos 5 ou 10 anos numa casa.

E casa precisa de manutenção gente, chega uma hora que tem que pintar, tem que rever uma fiação, tem que trocar um chuveiro/aquecedor…

Então pra evitar de ter que pintar a casa todo ano… tira essa ratoeira da bolsa, e compre uma tinta de boa qualidade, lavável. Eu sempre indico Coral ou Suvinil e não é só pelo “nome” é porque realmente elas tem produtos de boa durabilidade.

Esse investimento começa na quantidade de demãos necessárias para uniformizar a cor e deixar tudo lindo.

Cozinha, banheiros, lavanderia… lugares onde temos umidade/ água e ou vapores, precisam de móveis mais robustos e, consequentemente, de valor maior.

e4d-florense-11

Entre uma casa toda mais-ou-menos faça esses três ambientes com bons produtos, com fornecedores com boas referências ou tradicionais no mercado. Depois você compra um sofá melhor, um armário planejado, coloca a cortina no escritório…  Aí terá uma casa, toda boa =D

A ideia é priorizar o que é difícil de se alterar e o que pode se tornar incômodo ao longo tempo. Investir sabiamente para ter algo duradouro. É muito como quando a gente mais jovem prefere ter 3 jeans baratos, invés de um jeans bom, que vai durar uma década.

Uma forma legal de trabalhar quando se contrata algum profissional é dizer pra ele quanto você pretende gastar no total. Assim ele poderá direcionar os gastos para que a obra seja coerente.

A Chevrolet por exemplo, oferece desde um Corsa até o Ômega. Mas não é coerente nem elegante a qualidade da sua casa variar conforme os cômodos.

“Aqui é minha cozinha nível Ferrari, mas te convido a passar uns dias aqui no quarto de hóspedes estilo fusquinha, não se preocupe o cheiro de gasolina é opcional.”

fuscama

Quero agradecer mais uma vez as pessoas indo na minha loja Lelo Design e comprando coisas pra deixar a casa mais linda! Tem uns emails que eu ainda não respondi, mas é que o tempo tem se esvaído das minhas mãos, mas eu vou responder, pode ter certeza.

Muito louca nossa conversa de hoje? Me digam, o que vocês acham, já sabem o que é importante pra vocês na hora de fazer seus ninhos?

* Pra quem não sabe, desnecessauro é algo desnecessário desde a época dos dinossauros, obrigado, de nada.

assilelo

 

As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.