Comportamento
Chora Que Eu Te Escuto
12 out 2016, 97 comentários

Chora Que Eu Te Escuto!

É feriado mas é quarta feira! Dia de Choras!

Chora 01 – Cabernet

Meu chora é um tanto complicado, vou contar a historia do inicio para vc entender , morava no interior e minha família tem uma situação financeira bem confortável meu pai faleceu quando eu ainda era bebe e minha mãe faleceu de câncer quando eu tinha 13 anos, fui criada pela minha tia que não teve filhos e me criou como filha ela sempre foi meu exemplo de mulher independente que não precisa de homem para ser feliz, comecei a namorar meu melhor amigo quando eu tinha 15 anos eramos muito felizes e planejávamos o  casamento para quando terminássemos a faculdade , queria ter uma família bem tradicional com filhos correndo pela casa , meu maior desejo sempre foi ter a casa cheia de crianças acho que por ser criada praticamente sozinha sem irmãos e primos , porem por ironia do destino quando estava com 20 anos tive que retirar o ovário e o útero , tinha um tumor que estava bem grande mais era benigno os médicos até tentaram salvar o órgão mais não conseguiram, meu sonho de gerar um filho foi por água a baixo , meu então namorado no inicio compreendeu mas sempre ficava falando que nunca ia ter um filho com as nossas características, fomos levando o relacionamento até que ele terminou a faculdade dele de engenharia e eu já estava no fim da minha de medicina , quando terminei a faculdade começamos a falar sobre o casamento mais ele sempre vinha se lamentar sobre filhos, até que apesar de muito sofrimento resolvi terminar e não foi fácil pois tínhamos  9 anos de namoro mais minha tia/mãe me ajudou, para ficar longe dele e não sofrer mais ainda me mudei para o litoral arrumei emprego em um hospital e moro sozinha em um apartamento vivo feliz mais a solidão as vezes pesa , arranjei amigos mais é estranho não ter ninguém para conversar quando chego em casa, pois se passaram 4 anos deste de que me mudei  e estava indo bem, meu ex namorado se casou e hoje tem trigêmeos (3 bebes lindos eu vi as fotos)  como temos muitos amigos em comum quando vou para o interior ainda fico sabendo da vida dele , mais não tenho magoas, não somos amigos pois ele não me perdoa por ter terminado mais não ia ficar com alguém que o maior sonho era ser pai e hoje sei que ele é muito feliz com a nova família que eu nunca poderia dar. Arrumei outro namorado que também é médico então entende minha rotina louca eu o amo mais agora ele também está falando sobre casamento e FILHOS eu estou com ele há 2 anos e não tive coragem que contar que não posso ter filhos ele já viu a cicatriz na minha barriga mais sempre foi muito delicado e nunca perguntou (é uma cicatriz bem próximo a virilha parece um corte de cesárea) a família dele é bem grande e minha sogra sempre fala que quer netinhos com os olhos verdes iguais aos meus e do filho dela ,tenho medo de contar e ele terminar tudo mais ao mesmo tempo não quero enganar ele , minha tia acha melhor não contar nada ela sabe como sofri ela fala para só contar após o casamento e aí poderemos adotar.

Tenho medo de me casar e ficar tendo a pressão da família dele para ter filhos, pois sempre que estamos juntos essa conversa surge (para piorar ele é pediatra), todos os irmãos dele tem filhos.

Não sei o que fazer conto e corro o risco de terminar, espero para contar só depois do casamento ou termino tudo e me mudo para Londres pois recebi uma proposta de fazer uma especialização de 3 anos que é praticamente irrecusável a unica coisa que me prende no Brasil é ele.

Gostaria de conselhos pois isso está me deixando sem dormir.

Li a primeira parte toda de uma vez sem respirar ahahahaha. Menina, cadê ponto nas frases! Gente, ao mandar um Chora, por favor, vamos tentar escrever de um jeito fácil de ler tá? Caso contrário terei que ficar editando e demora muito :-/ Já são tantos Choras pra ler e analisar… 

Vamos ao caso: conte que não pode ter filhos ANTES de casar. Seja sincera com ele! Isso é muito sério e ele tem que ter a liberdade para pensar se vai continuar com você ou não… Ele tem que ter tempo para pensar o quanto ter filhos é realmente importante para ele, se a vontade de ficar com você é maior ou se é aberto a adoção… Se deixar pra contar depois de casar, a reação dele pode ser bem diferente. Ele vai se sentir enganado, certeza! Não tenho dúvidas quanto a isso, conte e conte LOGO.

7d0399a5b56f8e12be5d66e3d04f7e8f

Chora 02 – Carmenere

Desde sempre tive tudo o que eu queria e nunca me faltou nada, meus pais são superprotetores , não são ricos mas tem uma boa condição financeira. Apesar disso nunca foram de esbanjar em nada e nunca deram nada em excesso pra nenhum filho.

Enfim, cresci sem faltas mas também sem ambição.. meus pais sempre tentaram passar que o dinheiro não era importante, resultado: os filhos seguiram o mesmo ritmo, todos seguiram um roteiro, fizeram faculdade mas não trabalham na área e sim em empregos públicos que pagam relativamente bem (nem muito nem pouco)

Eu, escolhi uma profissão que desse estabilidade (apesar se sonhar em trabalhar com moda), logo que formei trabalhei em empresas particulares e passei os utimos 06 anos sem me especializar.

Casei com um cara super ambicioso, que passou por dificuldades quando era criança e agora é dono de uma empresa estável; ele me incentivou a sair do trabalho e montar meu consultório e a me especializar.

Mas não me sinto confortável nessa situação sabe? Não sei mandar, não sei administrar ( não consigo nem ter o controle no cartão de credito , imagine?). Enfim, meu negócio está parado, tive que demitir funcionários e a maioria das contas quem acaba pagando é ele!

Quero sair dessa posição, quero que meu negocio vá pra frente, tenho tempo (não tenho filhos), capacidade (sou uma boa profissional) e tenho condições financeiras (a ajuda dos pais e marido).

O que será que me falta, pq sinto que não consigo sair do lugar???

O que te falta??? Fazer o que AMA! Que tal trabalhar com algo ligado à moda??? Não dê murro em ponta de faca. Faça o que realmente te preenche mesmo que o início seja difícil e pouco rentável. Vá fazer um curso de moda, trabalhar como assistente de qualquer coisa que tenha a ver com o mundo da moda, enfim, se insira nesse universo e sinta prazer em trabalhar. Você tem a vantagem de ter tempo e alguém que te ajude financeiramente, então se jogue no seu sonho!

9d75fe3abc6ab30436d6b59ad8fc0cbc

Chora 03 – Shiraz

Tenho 30 anos, sou casada a 5 anos, com uma pessoa incrível. E sou realizada no meu casamento e trabalho.

Mas nem sempre foi assim, sempre tive muito problemas de relacionamento com minha mãe, que só melhorou depois que sai de casa, hoje nos suportamos, arriscaria dizer até que nos damos bem, mas sempre que pode ela me da uma alfinetada, do tipo: “nossa você deveria se arrumar melhor”, “ você nunca vai achar alguém que goste de vc, pois é impossível gostar de você”. Não bastava ouvir isso da minha mãe, um ex-namorado me trocou por uma menina 7 anos mais nova, fiquei um bom tempo sozinha, pois tinha a esperança que um dia ele ia se dar conta e voltaria (até aconteceu, mas ele só queria se divertir então disse não) 

Enfim, sempre tive uma auto estima bem baixa, sou bonita, mas preciso as vezes que me lembrem disso, carente mesmo. Meu marido também tem alguns traumas do relacionamento anterior ao nosso, a ex-mulher dele aprontou muito, ela usava a infertilidade dele como desculpa pra fazer o que fazia, meu marido foi até o fundo do poço e lá nos encontramos, dividimos nossas historias e em pouco tempo estávamos morando juntos e saímos do poço, compramos casa, carro temos um filho, SIM, temos um filho! Sem fazer nenhum tratamento, somente nos amando (que lindo)

Meu marido é uma pessoa muito integra, honesta e se doa muito para ajudar todo mundo. O meu choras é o seguinte, ele ajudou uma colega de empresa quando o carro dela estava com problema, ele me contou o problema dela, que ela era bem sozinha, sem amigos quase a Ana Julia do choras de 30/09,  e até fiquei com pena sabe. Ok ele ajudou, pronto e ponto final? Não cada pedra que ela passa em cima com o carro tá lá a dita colega mandando mensagem no whats pro meu marido, isso começou a me incomodar, meu marido não me dá motivo nenhum pra ter ciúmes, mas simplesmente não suporto mais isso. Meu marido já ajudou ela diversas vezes desde então, por que ele não sabe dizer não (e meio que fica sem saída também), depois de ver o quanto eu estava me incomodando com isso parou de responder, pra ver se parava, ela mandou textão dizendo estar muito triste por ele para de responder sem ela ter feito nada. No trabalho sei que eles não têm muito contato, pois trabalham em setores diferentes e ele atende clientes com horário marcado, tem uma agenda cheia. No fundo sei que é insegurança minha pelo que já vivi. Quero a opinião de vocês, o que faço, mando uma real pra ela, ou deixo rolar ver se ela se toca e procura um homem solteiro pra ajuda-la? Tenho medo também dela me achar a louca ciumenta.

Nossa que mulher MALA! Mas tudo isso acontece porque ele, infelizmente, permitiu. Vejo duas saídas: ou seu marido dá a real para ela, fala que isso está incomodando a esposa e COM RAZÃO ou para de responder forever and ever e nem textão, nem choro, nem nada vão fazer ele ajudar ela novamente. Você, fique na sua posição de lady, sem se envolver (se bem que eu já teria ligado pra ela e falado algumas coisinhas rs), mas cobre uma posição do seu marido! Ele deu asa, mesmo sendo na boa vontade, mas isso que ela está fazendo é totalmente sem noção. 

728eaffbf6ec93f128cb09e0f7373daa

Chora 04 – Merlot

O meu chora tem a ver com amizades. Eu simplesmente não consigo ter amizades duradouras.

Alguns casos que me fez afastar das pessoas recentemente:
1- fui convidada pra ir pra uma cachoeira por duas meninas que eram amigas entre si há tempos. No dia anterior à cachoeira, choveu muito e o namorado de uma delas me disse que não iriam mais por medo de tromba d’agua. Só que no dia seguinte, à noite, eles postaram foto no facebook do dia que passaram na cachoeira. Eu fiquei bem chateada. Eles não são meus amigos, estavamos (para mim) criando uma amizade. Aí o que fiz foi me afastar deles.
2- Dois amigos meus começaram a namorar há uns dois meses. Já era amiga dos dois há mais de 2 anos. Quando eles começaram, só eu fiquei sabendo no nosso círculo social comum (dos três). E de fato me considero mais próxima deles do que outras pessoas que convivem conosco. Só que teve um final de semana que eu suspeitei que eles tinham terminado. Quando encontrei com ela na segunda-feira, perguntei se eles tinham terminado, mas numa boa, sem cobrança nenhuma, e ela disse que não, que estava tudo bem entre eles. Só que na semana seguinte, eu desabafando com ela sobre um problema, no meio do assunto me contou que não estava mais junto com ele e disse que fazia quase duas semanas. Na hora eu só consegui dizer um “ah” e continuei falando sobre meu assunto. Porém, depois disso me afastei dos dois. Dela por ter mentido e dele por não ter me contado. E eu não sou o tipo de julgar e nem questionar. Você pode me falar o maior absurdo, eu vou ouvir e, se achar que você está confortável, perguntarei como se sente e outros detalhes.
E sinto que todas as minhas amizades são assim. As pessoas têm uma necessidade de mentir e esconder as coisas de mim, e quando eu descubro, não consigo ir questionar o por quê daquilo, apenas me afasto.
E o fato é que eu sou muito feliz comigo mesma. Não sinto necessidade de outras pessoas na maioria do tempo. O que me incomoda é começar a gostar das pessoas e elas vacilarem comigo. Isso só me deixa mais e mais retraída quando o assunto é me abrir para amizades.

 

Quando uma situação se repete muito, é bom tirar a responsabilidade dos outros e começar olhar para as próprias atitudes. Quanto ao caso 1, ok, chato o que eles fizeram. Quanto ao caso 2, desculpe, mas nada a ver você ter se afastado dessa menina. Já pensou que ela poderia estar ainda machucada pelo término e não estava afim de falar no assunto??? E quando ela te conta, você só fala um ¨ah¨ e continua falando sobre você? Achei infantilidade da sua parte. Também me chama a atenção o fato de você afirmar que as pessoas TEM NECESSIDADE de esconder coisas de você e depois você descobre. Sério que a gente tem que ficar descobrindo mentira alheia? Às vezes são mentiras bobas, ou nem isso, apenas omissões, e você está levando isso pra outro lado. E outra coisa que também percebi foi você dizer que é muito feliz consigo mesma, que não sente necessidade dos outros e que vacilam com você. Na boa? Um pouco de humildade e empatia faz bem viu? Pensando assim (e deve estar agindo assim também) é obvio que não vai criar laços de amizade com ninguém.

0dc55d83520df24e72f26e88dffb5acf

  • Chora fechados hein! Aumente pra 4 casos por post pra andar mais rápido!