ComportamentoLifestyle
Cotidiano, Dicas de Viagem
17 dez 2013, 126 comentários

Viajando com Seu Pet!

MUITA, mas MUITA gente me perguntou como trouxe o Nero (meu yorkshire de 1 ano e 10 meses) para o Chile. Eu vou contar o procedimento todo mas queria deixar bem claro que não é regra geral! Cada linha aérea tem sua política, cada país tem suas exigências para o recebimento de animais, então o meu caso é bem específico para vir para o Chile e viajando de TAM.

Bom, eu amo meu cachorro. Tipo muito, trato igual criança e com ele não tem economia. Quero sempre dar do bom e do melhor para meu companheiro de todas as horas. Meus pais também pegaram um carinho enorme por ele e quando falo que vou viajar, nem me perguntam pra onde vou, com quem e fazer o quê, mas perguntam ¨E o Nero? Vai ficar onde?“. Desta vez a viagem é longa, vou ficar cerca de 2 meses longe de casa e seria muita maldade deixar o bichinho num hotelzinho, e mesmo sendo o mais top de todos, sei que ele ficaria melhor aqui na casa dos avós rs.

831ed2960c2c11e3be6b22000aa80214_7

¨Poxa mãe, você vai viajar? De novo??? E eu???¨

Morro de dó de mandar ele como carga, junto com as malas no porão do avião. Imagino que sentirá frio, que o barulho vai assustá-lo, talvez joguem a casinha de qualquer jeito, ele pode fugir, enfim… imagino milhões de coisas e como ele é pequenininho, optei por trazer ele na cabine junto comigo.

aacd3fded36611e2875e22000a9e016c_7

¨Jura que preciso levantar pra arrumar mala mãe??¨

MAS PODE LEVAR CACHORRO DENTRO DO AVIÃO? Pode. Para vir para o Chile, somente a TAM deixa (eu sempre viajo de Lan, mas como não permitem animais na cabine, quando viajo com Nero venho de TAM mesmo). No momento de comprar sua passagem avise que estará levando um cãozinho. Vão te perguntar raça e peso e confirmam depois se tem disponibilidade para o animal na cabine. Na verdade, a TAM nunca confirma… Dizem que vão mandar mail ou ligar dias antes da viagem mas comigo nunca fizeram isso. Eu fico pentelhando por telefone até alguém me falar que está tudo ok. Sua reserva não garante a reserva do bichinho, não tem nenhum papel escrito confirmando o lugarzinho dele então ter que ir na confiança mesmo. Paga-se uma taxa de 50 dólares para o embarque do pet e o peso é considerado como excesso de bagagem. Desta vez paguei cerca de R$ 300 e poucos reais, mas viemos de executiva pro Chile, por isso ficou um pouquinho mais caro.

2243d30664b811e39b170ed80c6345d1_8

Trecho BH – São Paulo. ¨Mãe, tô com sono… Tinha uma coisa esquisita naquela água que cê me deu…¨

QUALQUER CACHORRO PODE IR NA CABINE? Desde que o peso total seja até 10 kg pode, isso junto com a casinha. E tem outra informação importante, a casinha deve ser no tamanho máximo de 36cm de comprimento x 33cm de largura x 25cm de altura. Também pedem que o cãozinho fique confortável lá dentro e consiga dar uma volta completa em torno dele mesmo, mas ó, nunca olharam isso. Mas vai que olham… então é bom considerar essa info. Ah, o kennel deve ser de material resistente e a prova de vazamentos. Esse da foto é o que uso sempre que viajo com Nero, comprei na Animalle Mundo Pet em BH e não foi nada barato (foi uns 300 reais)… Mas como contei, pra ele não tem economia.

QUE PAPELADA PRECISA? Antes de mais nada, TODAS AS VACINAS DEVEM ESTAR EM DIA! TOOOOODAS! Isso é muito importante, se alguma estiver faltando pode dificultar ou até impossibilitar a entrada do bichinho no país de destino. A mais importante de todas é a anti-rábica que deve ter sido aplicada pelo menos 30 dias antes e menos de um ano da data da viagem (para cães com mais de 3 meses). Então já sabem, carteirinha de vacinação sempre em ordem. Com as vacinas ok, uns 3 dias antes de embarcar pegue um atestado de saúde com seu veterinário de confiança (tem validade de 3 dias corridos até a emissão do CZI, já já conto do que se trata) onde estarão descritas as características do animal (nome, raça, sexo, cor, idade, peso, etc) e suas condições de saúde. Para vir para o Chile eles olham muito se o cãozinho está vermifugado tanto por fora quando por dentro (endoparasitas e ectoparasitas), isso tem que estar bem documentado. Com o atestado do veterinário em mãos, no outro dia vá até um órgão oficial do Ministério da Agricultura para tirar o CZI – Certificado Zoo Sanitário Internacional, aqui em BH fica no aeroporto de Confins (tem que agendar horário por telefone) e precisa levar o bichinho para que o fiscal o avalie. Lá eles vão conferir o atestado e emitir o CZI. Não paga nada e são super atenciosos, sempre me trataram muito bem. Sei que para a Europa é exigido um chip e um exame de sangue com algum tempo de antecedência, quem for para lá é bom se informar. Enfim, essa é toda a papelada necessária.

E COMO QUE EMBARCA?? Normal, chegue um pouquinho antes pois no check in tem mais papelada. NÃO SE ESQUEÇA DE LEVAR TODOS OS DOCUMENTOS, INCLUSIVE O CARTÃO DE VACINAÇÃO. Sem esses papéis, o peludo não embarca. Lá vão te pedir o CZI e pesar o animal. Das vezes que fui nunca mediram a casinha, nem pediram pra ver o Nero, só pesaram mesmo. Para passar no Raio X, tire o animal da casinha e passe só ela. Em viagens internacionais não me arrisco a levar ração por aquelas restrições de comida etc… Nas escalas, tiro o Nero da casinha, levo pra dar um volta fora do aero para ele fazer suas necessidades, beber água, comer um pouquinho. Para entrar no avião é bem tranquilo, ninguém confere nada. Ele tem que ir no chão, embaixo da poltrona da frente. Por sorte o Nero é muito tranquilo, nem late e nem chora, ninguém nem percebe que tem um cachorro a bordo!! De vez em quando abro a casinha dele para ele olhar um pouco e esticar o pescocinho, mas logo ele mesmo entra e deita. Um príncipe! Ah! É bom levar uma mantinha para esquentar o filhote caso esteja muito frio dentro do avião.

897309c0483511e2a1b122000a1f9702_7

¨Mas tem um cachorro aí??? É de verdade?¨ Ouvi isso na última viagem, de tão tranquilo que ele fica rsrsrs

PRECISA MEDICAR? Eu levo umas gotinhas que o veterinário preescreve, para ele não vomitar e ficar mais calmo, mas quase nem uso… Mas só o veterinário para informar qual a melhor e a necessidade do seu cãozinho.

E PARA DESEMBARCAR??? Tranquilão. Preencho aquele papel no avião, aviso que tenho um ¨filho¨ para declarar (assinalo a opção que levo animais vivos) e quando chego já vou direto no lugar onde declara. Lá pedem novamente os papéis, o cartão de vacinas, preenchem outro papel, eu assino e prontinho! CHEGAMOS!

9e503b885b8b11e29f2e22000a1fb37d_7

¨Mãe, nas próximas férias me traz de novo??¨

nero

Ele merece esse mini perrengue! Ele é meu amorzinho, quem está do meu lado sempre, me recebe todo feliz sempre que chego em casa, de um amor incondicional e puro. Faço TUDO pelo meu Nero!

  • Espero que tenha esclarecido algumas dúvidas! Como falei lá no início do post, cada linha aérea e cada país tem suas exigências, mas acho que vale a pena se informar bem, ir atrás da papelada, ficar atenta com os prazos e tudo mais. A companhia desses bichinhos vale QUALQUER esforço!
Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
126 comentários em “Viajando com Seu Pet!”
  1. Kauany17/12/13 • 12h30

    Adorei o post.
    Beijos
    http://www.materiafeminina.com

  2. Mari17/12/13 • 12h35

    Lindo cony!!! Parabéns por tanto carinho,amor,dedicação!!

  3. Roberta17/12/13 • 12h36

    Cony,
    Super me identifico, tenho dois yorkies lindos e quando viajo por um período maior, viajo até outro estado só pra deixá-los com a minha mãe.
    Não tem segurança maior do que saber que nossos filhinhos estão com as pessoas que a gente mais confia.
    Agora eles estão há 17 dias na casa da minha mãe e não vejo a hora de chegar o fim de semana para buscá-los.
    Só quem tem um cãopanheiro sabe como eles são importantes e o amor incondicional que eles representam!

  4. Olívia17/12/13 • 12h38

    Oi Cony! Quanto a colocarem os bichinhos de qualquer jeito no avião, depende muito de quem coloca! Minha mãe – aeromoça! – já viu muita cena de cortar o coração quando se trata de animais no porão do avião. Em compensação, eu sei que a United tem uma cabine especial para levar nossos companheiros no avião 🙂 É climatizada e iluminada, embora seja lá embaixo também, mas não no meio das malas como nos voos nacionais, por exemplo. Enfim, boa viagem! Beijos

    • Constanza17/12/13 • 12h39

      Pois é… eu imagino cenas, tenho que ver embarcar sabe? Por isso prefiro trazer coladinho comigo kkkk

  5. Biessa17/12/13 • 12h40

    Acho que só levaria se pudesse levar na cabine assim como vc.
    Despachar como bagagem eu tenho medo. Já ouvi mta história triste. De cão que se perde, que morre, etc. Então pra cachorro grande ainda acho melhor deixar no hotelzinho (o meu adora ficar lá, tem um gramadão e ele brinca com outros peludos) ou com meus pais que tb moram no Rio.

    Ó aí o Sheldon, meu vira-latinha.
    http://instagram.com/p/h10y8ugQlm/
    http://instagram.com/p/hVkMfbgQoT/
    http://instagram.com/p/g0nm3YgQnA/
    Ele tem 6kg, mas acho que é alto pra caber nessa bolsinha que vc leva 🙁

    • Constanza17/12/13 • 12h43

      Lindeza!!

    • nat18/12/13 • 13h31

      que lindooooooooooooo

  6. Denize Paganini17/12/13 • 12h42

    Muito legal suas informações!!!! É sempre bom estar por dentro das burocracias.
    Bjus!!!!

  7. Loli17/12/13 • 12h42

    Acabei de pegar um voo Manaus-Salvador com 1 escala em Fortaleza, da TAM, no dia 14/12, voo de madrugada, em que um casal sem NENHUMA NOÇÃO colocou um cachorro de porte médio dentro de uma sacolinha minúscula e depois de umas 2h de voo ele ficou grunhindo e chorando sem parar, alto, o tempo todo. Ninguém dormiu. Não culpo o cachorro, é claro, coitadinho, mas os fdps dos donos e a companhia que não tem uma fiscalização mais rígida sobre isso.
    E ele ainda fez xixi e empesteou o avião todo, huahuahua

    • Denise18/12/13 • 10h26

      Olha, pra levar na cabine eles SEMPRE pesam, viu… Porque é pelo peso que eles cobram o valor total da “passagem” do bichinho. Então o animal poderia até ser de porte médio, mas passou no critério do peso, certeza! E também no de encaixar a caixinha embaixo da cadeira, embora eles não meçam exatamente…
      É que os bichinhos ficam ansiosos mesmo, imagina? Se tanta gente tem medo de avião, imagina os bichinhos que nem sabem que que tá rolando? rs
      Tenho um gatinho e sempre que posso, o carrego comigo. Ele fica quietinho, nao faz xixi, mas chega de viagem todo babadinho, tadinho… Morro de dó, nem remedinho resolve o nervoso dele 🙁

  8. Eliza17/12/13 • 12h52

    Menina, que trabalho… Eu não tenho cachorro mas acho que eu nunca teria coragem de despachar como bagagem…
    Boa viagem lá pro Japão!
    Beijos

  9. Juliana17/12/13 • 12h56

    Cony, mto fofo seu filhote! Eu tbm já embarquei com os meus em voos de 3 horas no máximo, a unica coisa que levo a mais é algum brinquedinho, ossinho para distrair caso eles fiquem entediados. Também levo lenço umedecido e uns guardanapos e sacola descartável, caso precise na hora que for dar uma passeadinha entre os voos 😉
    Vc é uma ótima mae, jamais teria coragem de deixar em hotelzinho tbm!

    Beijos e boa viagem!

  10. Janaina17/12/13 • 13h08

    Cony, tenho um poodle e pretendo passar o Natal em Petrópolis (moro no RJ, ou seja, é pertinho). Porém, não posso levar o meu cãozinho. Procurei alguns lugares para deixá-lo, mas só consegui falar com dois, sendo que um deles, para época de Natal, é muito caro (eu também gastaria muito com meu cachorro, mas ainda sou estagiária, sacoméné? rsrs).
    Você sabe me dizer se existe opção mais em conta. Quero dizer, em pet shops, por exemplo, ou até mesmo em veterinárias?
    Beijos.

    • Constanza17/12/13 • 13h12

      Janaina, sera que alguma amiga nao fica com ele pra vc?

    • Tete17/12/13 • 14h06

      Janaína, depois dá uma olhada no pethub. As pessoas cadastram para receber os animais de estimação em casa e os valores são variados. Não testei aqui em São Paulo ainda, mas como dona de cachorro já fico de olho em toda e qualquer possibilidade caso precise viajar!! Espero que você encontre algum lugar bem legal pro seu cachorrinho!! ; )

      • Constanza17/12/13 • 14h20

        Que dica boa!!

    • Biessa18/12/13 • 19h08

      Deixo o meu aqui. Não me arrependo! Tem foto todo dia no fb e eu fico tranquila rs http://dogsaremylife.com.br/

  11. Renata17/12/13 • 13h10

    Dois meses no Japão Cony? Isso tudo??

    • Constanza17/12/13 • 13h17

      Nao, 2 meses fora de casa.

  12. Clara Mendes17/12/13 • 13h16

    Cony, seu amor por Nero me fez mudar de ideia acerca de animais pequenos! Com uma rottweiler, uma vira lata de médio porte, e a golden do meu noivo, sempre disse que nunca teria cachorros de pequeno porte! Mas pelo seu blog, me apaixonei por Nero!! Tanto que até penso em um yorkshire após o casamento, quando iremos para apartamento.
    Parabéns por sua dedicação!! Se resolvemos adotar ou comprar um animal, não podemos medir esforços mesmo!
    Beijo!

    • Constanza17/12/13 • 13h18

      É mt amor ne???

  13. Tyhenna17/12/13 • 13h23

    Cony próxima semana tô levando meu Maltes pro Chile e gostaria que vc me esclarecesse como eu comprovo ” que o cãozinho está vermifugado tanto por fora quando por dentro (endoparasitas e ectoparasitas), isso tem que estar bem documentado”. Ele tem todas as vacinas documentadas porém o carrapaticida e o de vermifugacao sou eu quem dou, como faco para comprovar esses? Como vc faz? Obrigada pela ajuda

    • Constanza17/12/13 • 13h32

      Pelo atestado do veterinario! Isso tem que estar escrito, bem detalhado e tem que dizer quais medicamentos usou 🙂

  14. Suelen17/12/13 • 13h30

    Acho o Nero a coisa mais linda/fofa/gostosa dessa vida!

  15. Karolina Lima17/12/13 • 13h31

    Olá Cony! Adorei o post, só mesmo quem tem um amicão entende como é. Também tenho um York, o Spike e ele é tudo para mim, comigo em relação a ele tb não há economia…
    Moro em Portugal(qnd me mudei para cá, já tinha o Spike, e trouxe-o comigo) e todas as vezes que vou ao Brasil visitar meus pais, ele vem comigo, tb viaja na cabine e sempre correu tudo muito bem.
    Bjos!!!

  16. Paula17/12/13 • 13h43

    Que post mais lindo….cheio de fotinhas do Nero!! Tenho um york (o Luckinho) que está de férias na casa da vó….mas quinta já vou me encontrar com ele….pq né, e a saudade?? Bjos, boa viagem pro Japão….ah, se informa sobre os “onsens” (não sei se é assim que escreve, mas se fala como eu escrevi)…muitos amigos foram e disseram maravilhas!! Bjbj

  17. Cintia17/12/13 • 13h49

    Adorei o post muito bem informativo e carinhoso. Melhor só as legendas das fotos!! Parabéns pelo Nero ele é muito fofo!!!

  18. Débora17/12/13 • 13h57

    Cony, vc dá um remedinho para ele dormir? tipo dramin? ou só se ele sentir enjoo mesmo?
    Beijos!

    • Constanza17/12/13 • 13h59

      Geralmente dou no primeiro voo, pra ele acostumar! Sao umas gotinhas que servem pra enjoo e vomito 🙂

      • Fran17/12/13 • 16h49

        Que gotinhas são essas Cony? São específicas pra pet ou é um remédio normal, pra comprar em farmácia? Peço porque na minha cidade não tem petshop 🙁

        • Constanza17/12/13 • 16h53

          Só o veterinario pra informar se seu caozinho pode usar… infelizmente nao posso passar nomes de remédios… 🙁

  19. Tete17/12/13 • 14h01

    Que amor!! Quem tem cachorro entende!! Eu tenho dois cachorros e quando viajo levo eles para BH pra casa da “vovó”!! E óbvio, tento falar com minha mãe todos os dias pra saber se estão bem!! Ela fica até brava que eu dou mais bola pra eles do que pra ela!! Rs

  20. Janaina17/12/13 • 14h04

    Oi Cony! Boa viagem!
    E sou igual a você: não imagino minha Selena viajando junto com carga ou mala. Criada como se fosse da família, chamo de filha, dorme nos meu pés, me acorda, vive colada…enfim, jamais confiaria nela longe de mim. Não vou viajar de avião, vou de carro, mas você deu boas dicas. Vou ao veterinário dela pedir um remedinho de enjoo e pra “relaxar”, ela é muito assustada, então acho necessário…
    Um beijo enorme para ti e para ele.
    Jana

  21. Luciana Braga17/12/13 • 14h14

    E para voltar ao Brasil, tem que refazer a consulta e ir aos órgãos responsáveis do país estrangeiro, ou a papelada da vinda serve? Na gol, o cão precisa fazer tudo de novo, mesmo em viagens curtas nacionais. A minha cunhada vai levar a york dela para Brasília por uma semana e disseram que os papéis só valem por 3 dias!!!e eles nem aceitam que a york dela, minúscula, vá na cabine!

    • Constanza17/12/13 • 14h19

      Se ficar mais de 21 dias, precisa sim 😉

  22. Luana Muniz17/12/13 • 14h16

    Cony, parabéns pela dedicação. Vou ficar 6 dias fora, E não posso levar minha bb Lua, uma pitbull mto fofa. Mas ficara sob os cuidados dos avôs. Hehehe

  23. 17/12/13 • 14h31

    Que amooooor que ele é! Tem uma carinha tão simpática!!
    Eu não saberia o que fazer se viajasse por tanto tempo e sem ter com quem deixar os meus.. Os meus não poderiam viajar sem despachar, tenho 2 linguiças, um com 13 kg e a outra com 7 kg. Imagina. Hahahah
    Mas o post foi muito bom! Eu não sabia que os pequenininhos podiam ir junto!
    Beijao

  24. Tyhenna17/12/13 • 14h31

    Obrigada Cony

  25. Priscila17/12/13 • 14h35

    Owwwn que amooor! adorei as dicas… penso que os nossos peludinhos devem sim ser tratados com todo amor e respeito. E digo mais, desconfio de gente que não gosta de animais… hahah

  26. Fran DS17/12/13 • 14h36

    Cony, mostra teu look do aero 😉

    • Constanza17/12/13 • 14h40

      Já elvis kkk nao tirei foto 😉

  27. Marcela Pagano17/12/13 • 14h37

    Conyy!!! Eu sou completamente apaixonada pelo Nero! Amo as carinhas que ele faz, e as legendas que vc coloca nas fotos! Vc sabia que ele é namorado da minha princesa?!rs O nome dela é Meg, uma yorkshire tbm, fico mostrando fotinhas do Nero pra ela.. Esse cabelo loiro lindo dele! rs Sou uma sogra puxa saco! kkkk Eu entendo exatamente que amor é esse que vc sente, la em casa tbm não medimos esforços pra agradar a neném da casa..rs dorme da cama, adora um travesseiro e um ar condicionado..rs Aproveite suas férias!! Beijos

    • Constanza17/12/13 • 14h41

      Uai, vc mora em BH? Vamos marcar um encontro dos meninos!

      • Marcela Pagano17/12/13 • 21h24

        Infelizmente não Cony, moro na capital do Tocantins..rs Um pouco longe, mas tenho parentes em BH, próxima visita a parentada a sua NORA vai junto comigo..rs agora que ja sei direitinho como leva-la ficou ate mais fácil..rs Quando eu tiver um tempinho de ir ai em minas aviso vcs pra saber se vcs nao estão em nenhuma viagem internacional.. rs e a gente marca! Olha a fotinha dela ai! Mostra pro Nero como é Linda a namorada dele!:) Beijos!!

        http://instagram.com/p/eXlGWao187/

  28. Laura17/12/13 • 14h38

    Que legal, Cony! Aposto que muita gente (como eu) não sabia dessas informações, e que dava pra levar o bichinho junto na cabine… Show!
    Só uma curiosidade, que acho que nunca li aqui no blog: com o que vc trabalha? Negócio próprio? Pergunto, pois, como vc está sempre viajando não imagino (se trabalha em empresa) como eles te dão essa liberdade de sair para viajar quando vc bem entende…
    Bjs!

    • Constanza17/12/13 • 14h41

      Sim, negocio proprio 🙂

  29. Jessica17/12/13 • 14h54

    Acho que quando a gente se propõe a ter cachorro, tem que dar do melhor mesmo! Amo meus bichinhos, tenho dois mestiços de Golden,minha yorkie ficou com meus pais depois que juntei as escovas de dentes, e sou igual a vc, sem economia pra nenhum deles!

  30. Fernanda17/12/13 • 15h36

    Q fofo! Nunca deixaria meus dois lhasas gorduchos irem longe de mim…. Boa temporada nesses 2 meses fora!!!

  31. daniela borghi17/12/13 • 15h47

    Ai Cony q lindoooo….até emociona!! como amamos esses peludos….sou assim com minha gata, pena q ela é medrosa e mal sai de dentro de casa kkkkkk não posso levá-la pra lugar algum =(
    Q lindo o Nero, um lord…
    boa viagem Cony, aproveita bem e ainda mais sabendo q o Nero está com os avós!!
    bjs

  32. Karoline17/12/13 • 15h53

    AMEI a matéria!! tenho uma York tbm e é a melhor cia q alguém pode ter!!! valeu pelas dicas pq tava buscando info sobre viajens de avião com os pets!!!
    beijos

  33. Nina17/12/13 • 15h56

    Em Junho desse ano tive uma saga parecida com essa tb Cony! Mas a distancia nao foi tão grande. Sou LOUCA por cachorros e ja tive raças diversas. Hj, tenho minha velhinha Flôr, uma boxer de 10 anos,mas q mora com meu pai. E como me mudei de cidade e pra uma casa grande com minha mãe por causa do novo emprego, achei q estavamos mt sozinhas por la e decidi: tá na hr de ter um novo baby! Minha mae, q nao é das mais chegadas decretou: só se for outra boxer! Eles são MT especiais…carinhosos, brincalhoes, companheiros e tem uma grande vantagem, nunca latem!rs. Daí q começou minha caça a uma nova baby boxer (outra femea,pq ja tive macho e ele nao perdoou nenhum vaso de plantas com seu xixi)e tava quase impossivel achar aqui no Rj. Até q achei um casal aí em BH com os filhotes de boxer branco mais lindos da face da terra (minha boxer de 10 anos é tigrada). Depois q trocamos mt ideia, vi q eles eram mt sérios, q os animais eram MEGA bem tratados e amados, pedi fotos e me apaixonei! Pronto, ferrou. E pra pegar ela em bh? de carro sozinha, minha familia vetou. Aí eu falei: “vou de avião”. E começou essa saga td. É realmente só a TAM q permite animais na cabine em voos domésticos tb. Vc tem q avisar a ida do animal pela central de atend TAM com no minimo 15 (ou 7,nao lembro) dias de antecedencia ao seu voo. Achei todas as info que precisava no site.A ligação é longa, pq a menina pergunta um zilhao de coisas.Pra mim ela peruntou raça, cor,idade, td. E qnd viu q era boxer tentou me vetar pq alegou ser porte grande. A sorte é q ela tava com quase 3 meses, então tinha quase 6 kg ainda e assim caberia na casinha. Comprei a casinha nesse site http://www.petcompre.com.br, e chegou td direitinho dentro do prazo. O produto chama AeroPet 36, e tem as medidas exatas q a TAM pede. No dia,o casal que tinha vendido pra mim levou o atestado pra mostrar pra Anvisa em Confins dado pelo veterinário dela no msm dia. Como ela n tinha 3 meses ainda, n precisou da anti rabica. Paguei r$150 de excesso de peso. Ela veio mega quietinha no avião e fez O sucesso pq boxer sabe como é né, tem uma cara de coitado… Ela vai fazer 8 meses sábado, tá com mais de 20kg e mt, mt linda! É minha vidinha, meu amorzinho. Ah, e o nome dela é Pipoca. Tanto pela cor branquinha qnt pelo pula-pula louco q ela faz sempre q eu chego em casa. 🙂

    • Constanza17/12/13 • 16h02

      Que lindaaaa! Sei q boxer tem restrição de viajar de avião pelo focinho curto e a respiração. A sua n teve problemas??? Bjos!

      • Nina18/12/13 • 19h36

        Pois é, tinha lido sobre isso antes msm de decidir ir lá em BH buscá-la, mas conversando com um amigo vet, ele disse q seria mais perigoso num voo mais longo e se fosse lá no porão. 🙂

  34. Keilla17/12/13 • 15h58

    Eu tenho um gato e gasto o que posso com ele também. Não é só um animal, é parte da família, é mais família que muito parente na verdade. Quando fico doente é ele que fica no pé da cama deitado junto comigo, e não aquela prima ou tia que só aparece em época de festa (desabafei rsrs). Jamais mandaria como bagagem. Quando viajo sempre deixo aos cuidados com alguém de confiança e que ele já está acostumado. Esse negócio de hotel não é tão bom pros bichos não, ouvi isso de vários veterinários já.

  35. Ana Bibiano17/12/13 • 16h17

    Cony, AMEI esse post. Normalmente não comento, mas hoje não resisti. No início do ano passado eu ganhei um schnauzer branco, o Bob, o ser mais lindo que já tive perto de mim e que me ensinou a amar os animais e a natureza de outra forma. Realmente me sentia mãe dele, e quando o perdi em setembro deste ano devido a uma doença, foi um dos momentos mais difíceis que já passei, sinto uma falta sem igual dele, parecia um bebezinho (assim como o seu Nero lindo) que sempre me recebia em casa feliz e com muito amor. Só entende o quanto cachorro faz bem quem já teve.
    Ano que vem vou me casar, e planejo comprar outro depois do casamento. Amaria ter um estilo Nero..rsrsrs. Você o comprou aqui em BH mesmo? Pode indicar o lugar?
    Ah, e curto muito o seu blog, sou de BH também e fico doida pra te encontrar pelas ruas aqui, kkkk. Você parece ser muito simpática!

    • Constanza17/12/13 • 16h26

      Oi Ana, poxa que triste o que aconteceu com o Bob, meu outro bebe, o Pucky, um poodle de 16 anos tb se foi ano passado e toda minha familia sofreu demais! Bom, eu ganhei o Nero, se quiser procuro saber onde foi comprado, me manda um mail pra eu lembrar? bjss

    • Anninha18/12/13 • 08h36

      Poxa, Ana! Existem tantos bebês lindos em abrigos, ou nas ruas, esperando uma adoção, uma cama quentinha, uma família para dar amor…

      Repense sua compra, por favor, precisamos antes de mais nada ajudar os que precisam.

  36. Carol Barros17/12/13 • 16h28

    Cony, me pergunto se o procedimento é o mesmo com gatos. Você sabe?
    Tenho dois gatos e morro quando tenho que viajar e ficar longe deles. Sei que gato é mais independente que cachorro, mas, mesmo assim, acho que eles ficam muito carentes longe dos donos, em hotelzinho e tal.

    • Constanza17/12/13 • 16h30

      Nao sei carol 🙁

    • Denise18/12/13 • 10h33

      Carol, é o mesmo procedimento, sim! 😀
      (Pra viagens nacionais, só não tem essa parte do Ministério da Agricultura)

  37. Pati M.17/12/13 • 16h30

    Nossa Cony eu tenho um York tb, o Spock. Para mim ele é meu filhinho de 4 patas, tb não economizo quando assunto é bem estar e saúde do meu amorzinho. Parabéns pelo post! Completíssimo.

  38. Carla17/12/13 • 16h33

    Cony, eu viajo com o Jack do meu lado desde que ele tinha 3 meses de idade (hoje ele tem quase 4 anos), mas te digo que já passei perrengue, viu? Ok que é sempre ponte aérea, 45 minutinhos no máximo, mas já tive tanto stress com isso que por quase 1 ano quase não viajei de avião! Na época até fiz um post no futi falando sobre o despreparo dos funcionários da Tam em relação a transporte de animais.

    Hoje em dia eu senti que esse serviço melhorou muito, inclusive na hora de ligar para avisar do cachorro, eles já confirmam no mesmo instante a reserva (antes também ficava ligando toda hora com essa história de confirmação quase na véspera!).

    Só queria mesmo que mais companhias aéreas adotassem esse serviço, ainda mais para 10 kgs! A maioria que voa dentro do país tem limite máximo de 5kg com o kennel incluso!

    Beijooos

    • Constanza17/12/13 • 16h41

      Tb acho que outras cias aereas poderiam liberar pets na cabine! O lance da TAM nao confirmar tb é bem chato, mas graças a Deus ate hj deu td certo…

  39. Liza17/12/13 • 16h33

    Menina q mão de obra, pra eu levar meus gatos só se for de mudança mesmo pq gato é mais chatinho, por isso nao faço mais viagens de mais de 10 dias, mas faria igual vc, ou vai do meu lado ou ñ vai, e essa carinha de felicidade dele não tem preço, parece estar sempre sorrindo.

  40. Laura17/12/13 • 16h42

    Que ammooooor! Ele parece muito o meu “tchê” que tem 9 anos (olha ele aqui: http://instagram.com/p/d2uW0btj6o/) e eu tbm moro sozinha (em Florianópolis-SC) e sempre que tenho que viajar, deixo ele com a minha mãe (em Pelotas-RS). Ele viaja super bem…não pode ver malas ou a caixinha de viagem que já quer entrar!!!

    beijos e boa viagem!

  41. Edna17/12/13 • 16h50

    Ótimas informações Cony!!!
    Que linda a sua relação com o seu filhinho peludo, tenho duas Yorks também e são tudo pra mim, só quem tem e considera esses bichinhos como filhos pode entender esse amor e essa relação!
    Já gostava de você, agora ainda mais! 😉

  42. Marianna17/12/13 • 16h58

    Cony, e se ele fizer cocô ou xixi?? Como que faz? Vc vai no banheiro e limpa, n sei..como é?!

    • Constanza17/12/13 • 16h59

      Ele nunca fez!

  43. Erika17/12/13 • 17h43

    Nero é mt fofo e tenho certeza q ele merece o melhor tratamento do mundo! Bj

  44. Giovanna17/12/13 • 18h32

    Olá, Cony!
    Fugindo um pouco do foco da postagem, uma pequena curiosidade: Em uma das fotos de Nero acima, vi que tem um tapete. Ele não faz as necessidades dele no tapete?
    Tenho um shih tzu, Ozzy. Está com 6 meses, a traquinagem em cachorro e não pode ver um tapete – batiza todos! Tive que retirá-los! 🙁

    • Constanza17/12/13 • 18h44

      Faz nao! Ele faz no banheiro acredita? kkkk

  45. Kênia17/12/13 • 18h32

    Nero é puro amor!
    Sou mãe babona também de dois gatos e um cachorro, e quando vou ficar um fim de semana fora choro tanto, que o namorado até ri do meu desespero! Coisas de mãe! hehe!

    Seu blog é ótimo Cony, parabéns pela postagem tão bem explicadinha e bem escrita! 🙂

    Beijos, Kênia

  46. MiB17/12/13 • 18h40

    Cony! que ótima matéria. Acredito que depende da companhia aérea, pela azul é cobrado uma taxa de 140,00 reais e pode ir na cabine. Andei pesquisando por que vou me mudar e levar meu bichano junto…e olha que ele já encarou várias viagens de busão comigo, mas esta como será extremamente longa (de ônibus mais de 15 horas), acabei optando por leva-lo de avião (olha que chique, tudo por ele!). Para voos domésticos é necessário carteirinha com antirrábica de vacinação em dia e atestado de saúde de um veterinário.

  47. cacau17/12/13 • 18h46

    O Nero é a coisa mais fofa do mundo! rsrs Muito amor!!

  48. Daisi17/12/13 • 19h10

    Olá Cony.
    Tô doida para ter um cachorrinho, mas tenho que pesquisar um pouco sobre cães, pois não conheço quase nada sobre eles. Gostei muito do seu cachorrinho, tão fofinho. Qual é a raça dele? Ele é muito grande? E como é a personalidade dele? Mais agitado? Mais quieto?
    Parabéns pelo blog.
    Bjos

  49. Natália17/12/13 • 21h19

    Tá certíssima Cony.Eu não tenho mais nenhum bichinho,mas se tivesse e precisasse levar numa viagem não ia despachar o pobrezinho com as malas não.Esse povo não tem o menor cuidado com nada,duvido que iam ser cuidadosos pq é um cachorro que tá ali.Eu acho que eles são tão amorosos com a gente que merecem esse carinho de viajarem pertinho da gente.Ah e o Nero é um fofo!!

  50. Gih17/12/13 • 23h20

    Eu também trato a Zahara como filha, você precisa conhecer ela!! uma York linda!
    Não deixo, nem nunca deixei em hotelzinho.. já deixei de viajar por ela, ou fazia uma viagem antes da viagem pra deixar ela com meus pais ou sogros que moram no interior e sei que cuidam super bem!
    Quando vou pra cidade deles eu quase morro, são 8 horas de viagem de carro e 12 de ônibus !!! Mas só a Azul faz voo pra lá, então sempre vou de carro pra levar a Zahara comigo.
    A Zah pesa 4kg (tá gordinha rs) sabe me dizer quanto o Nero pesa? E não pode pegar eles no colo durante a viagem né? é que a Zahara é muitooo carente, ela fica o dia inteiro no colo, em viagem só vai no colo meu ou do pai dela e quando saímos ela não late ou chora.. mas fica na porta esperando a gente voltar. Ai tenho dó de imaginar que ela vai estar tão pertinho e não posso pegar ela no avião, mas melhor levar ela em cima com a gente do que deixar com alguém né!
    Kisses

    • Constanza18/12/13 • 00h18

      Nero tb pesa 4 kg!

  51. Letícia17/12/13 • 23h59

    Que fofo! Seu cachorrinho é um amor e merece mesmo todo esse carinho que recebe… parabéns pela dedicação! Ter um animalzinho requer muitas coisas mesmo, vc é responsável por ele.
    Tenho 3 cachorros: 2 Américas e 1 vira-latinha… Esse ultimo ainda é pequeno e daria de levar em avião, mas os outros estão quase alcançando meu peso!!! kkkk são bem grandes. Mas o que têm de tamanho tem de amor também, super dóceis e amáveis. Enfim, quando viajo deixo alguém de confiança cuidando (parente ou algum funcionário no escritório dos meus pais). Eles ficam com a chave e tratam deles. Mas é claro que deve ser alguém de confiança!!
    Beijos e parabéns pelo filhote. Ele é lindo!!!

  52. Heloisa18/12/13 • 01h41

    Mais um post completo, útil e bem escrito. Boa viagem pra vc, aproveita!

  53. Anninha18/12/13 • 08h10

    Cony, que ração o Nero papa?

    Eu tenho gatinhos sabe, e durante muito tempo dei Hills, agora mudei para Royal (super premium tambem). Alguém sabe dizer qual é melhor?

    • Constanza18/12/13 • 09h47

      Ele só come royal canin pra yorkie adulto 😉

  54. claudia18/12/13 • 08h39

    Que linda a sua dedicação com seu companheirinho! Tenho dois gatos (eram 3, mas uma se foi esse ano) e acabo não viajando por conta deles. Gatos não gostam muito de viajar, nem de sair de carro. Quando preciso levar no veterinário parece que estou levando ao matadouro, tadinhos, rs. Mal conseguem respirar. Mas é uma opção que fazemos mesmo. E compensa viu? Tudo pelo carinho que eles nos dão. As pessoas, na maioria, pensam que gatos não se apegam aos donos, mas posso dizer que isso é a maior balela! Minha Jeannie, que virou estrelinha, desde o primeiro momento que me viu quando bebê, se apegou comigo, me seguia pra todo lado, e quando esteve doente, só se acalmava ao som da minha voz. O Dom, meu neguinho, chora quando se sente sozinho em casa, me espera na janela quando ainda estou virando a esquina da minha rua e depois corre pra porta e a Athena, apesar de ser bravinha, adora um colo e “amassar pãozinho” 🙂 Sou louca pra ter um cachorro também, mas não sei se minha bravinha iria aceitar 🙁

  55. marta18/12/13 • 10h35

    Ai que fofo! Parece de pelúcia!
    Li uma manchete no jornal que a partir de fevereiro/2014 será necessário o passaporte e até chip para identificar o animal que viaja.

  56. Dry di Moraes18/12/13 • 10h40

    Só quem é mãe de “4 patas” sabe como é.. irei viajar semanaque vem e ficar até janeiro fora e durante todo o ano estava certa e decidida de que deixaria ele num hotelzinho de uma amiga. Mas… foi chegando dezembro… e eu imaginando a carinha dele me vendo ir embora e deixando ele.. à noite.. pensando:”cadê minha main??(ele dorme comigo”. E meu coração doía tanto, tanto!!! Parecia que eu ia sufocar! Horrível!! Então resolvi levar ele.. mais gastos.. mais trabalho.. mas o meu amor estará comigo, deitadinho comigo à noite! Sentindo meu cheirinho e com todo o cuidado que ele tem da mãe e da vó (minha mãe vai comigo). Parabéns pelo seu Nerinho tão bem cuidado. Dá muito gosto ver uma relação de cumplicidade assim… Boa viagem, aproveite muito!! ♥

  57. Pam18/12/13 • 11h19

    Amei o post e achei muitolindo o respeito que tem pelo Nero.
    Pq ele chama Nero?

    • Constanza18/12/13 • 11h48

      Ele ia chamar Adam mas nao olhava de jeito nenhum… Dai brinquei e chamei ele de nero e ele veio correndo kkkkk ele q escolheu o próprio nome kkkk

  58. Caroline Ribeiro18/12/13 • 11h44

    Adorei o seu post. Estou numa briga com a TAM há um mês pra conseguir viajar com meu menino. Sou de BH e vou pra Inglaterra em fevereiro e preciso levar o Marx até São Paulo, onde ele ficará com minha cunhada. Um atendente da TAM disse que eu poderia fazer uma conexão em São Paulo e alguém o pegaria no aeroporto comigo. Então troquei minha passagem pra fazer isso, e qual foi minha surpresa quando um dia depois fui informar a viagem do Marx e eles me disseram que ele não poderia embarcar porque a conexão deveria ser, de no mínimo, 4 horas. Dois dias depois liguei e eles disseram que a conexão mínima seria de 24 horas. Essa semana quando liguei novamente pra verificar sobre a reclamação que eu havia registrado, e me informaram que independente do tempo de conexão que eu não poderia levá-lo comigo até São Paulo. Eles são muito desorganizados. É claro que já estou procurando meios alternativos, pois vejo que há muita chance de não conseguir a opção que seria melhor pra nós dois. É claro que um meio alternativo não inclui levá-lo como carga.

    • Constanza18/12/13 • 12h03

      Como nao??? Aff essa TAM… compra uma passagem separada para SP e deixa ele lá, depois vc pega o voo pra inglaterra!

  59. Emliy18/12/13 • 12h27

    Oi Cony!
    Adoro seu blog, mas acho que nunca comentei… Sou veterinária e seu post ficou super explicadinho!
    Nero é um amorzinho mesmo!
    E parabéns pela ética de não informar o remédio que o vet do Nero indicou, pq cada caso é um caso mesmo. De repente algum proprietário sem noção dá alguma coisa por conta própria para um animal com alguma doença crônica (como cardiopatia) e ele tem um piripaque… aí já viu né!
    Beijos pra vcs 🙂

    OBS: para quem perguntou de xixi e coco, pode ser que seu animal faça no avião. Por isso é bom carregar lencinhos umedecidos

    • Constanza18/12/13 • 12h52

      Ufa! Que bom q falei td certo rs. Bjos!

  60. Su18/12/13 • 13h50

    Parabéns Cony!
    Fiquei até emocionada com o carinho e o amor que você tem pelo seu dog, eu tb tenho uma york e ela é a minha paixão, moro praticamente sozinha e ela é a minha melhor companhia!
    Parabéns pela sua atitude, as pessoas deveriam se espelhar em você!
    Sou sua fã! ♥

  61. Scheyla18/12/13 • 13h55

    Muito muito bom o post! Bem detalhadinho, adorei. E o Nero é mto amor, é a fofura em forma de cachorro 😉
    Nossos filhos de 4 patas merecem mesmo todos os cuidados possíveis, pois são mto companheirinhos e não economizam em nos dar amor <3
    bjus

  62. talitha18/12/13 • 14h17

    PARABÉNS pela dedicação! é maravilhoso saber que tem pessoas que sabem que animais devem ser AMADOS e não criados e que não tem viagem, férias, mudança ou gravidez que justifique um abandono! PARABÉNS!!!!! PARABÉNS!!! SUPERFELIZ de ler essa postagem. =)

    • Constanza18/12/13 • 14h25

      Oxiiii, mas ele é mais gente que muita gente kkkkkk, amo mesmo! E fico com raiva quando alguem fala que é apenas um ¨cachorro¨.

  63. Daniele18/12/13 • 16h29

    Amei seu post, tenho dois beagles e são tratados com todo o amor, fico com saudades deles quando fico 1 dia fora hehehe

    parabéns pelo post.

  64. Luisa18/12/13 • 16h52

    Post mais fofo da história do Futilish =))

  65. Juliana18/12/13 • 18h03

    Viajei p/ Itália esse ano e no hotel 4 estrelas em q fiquei aceitava cachorros! Tinha um labrador gigante vizinho ao meu quarto. Quem dera se aqui fosse assim. Não posso viajar com minha Boneca p/ lugar nenhum. Ela tem quase 15 Kg. Não deixam ir na cabine 🙁

    • Constanza18/12/13 • 18h14

      Juro que isso me irrita! Tb queria que existissem mais hoteis pet friendly… e restaurantes com área pra quem leva cachorros tb! Pode parecer anti higienico para algumas pessoas, mas as vezes a gente precisa parar para comer em algum lugar e deveria deixar entrar os bichinhos!

  66. Juliana18/12/13 • 18h04

    By the way, o Nero parece gente com essas expressões dele! Lindo demais da conta, sô!

  67. Lidiani18/12/13 • 22h19

    Me emocionei vendo as fotos e o amor que você demonstra em suas palavras. Que Deus abençoe que seu filhinho esteja sempre saudável, feliz e que possa estar com você por muito tempo.
    : )

    • Constanza18/12/13 • 23h35

      Amém!

  68. Sandra Silva18/12/13 • 22h31

    Ah..muito lindo, o Nero! Também tenho um York e é meu amor,e o da minha família também. Nossos amigos merecem o melhor, muito amor e carinho! bj

  69. Gabriela18/12/13 • 23h28

    Minha mãe sempre viaja de ônibus de SC para RJ com a poodle velhinha dela, de ônibus normal ou leito. Tem todo um procedimento também de vacinas e atestado e para garantir nenhuma encheção ela compra os dois lugares na frente. No meio do caminho o ônibus vai parando para pegar passageiros e às vezes alguém vê o lugar da frente vazio e pergunta se tem alguém e se pode se mudar e ela diz que o alguém é a cachorra dela. Para evitar passar mal com a comida ela só dá aqueles bifinhos, pois dá menos fome (proteína?)e faz menos xixi.

  70. Joselia19/12/13 • 12h53

    Que amoooor!O Nero é muito lindo.Tenho tanta vontade de ter um cãozinho…

  71. Luci19/12/13 • 16h27

    Adorei o post !Amo animais, principalmente os cães.
    O Nero é um fofo !!
    Tenho um Shih Tzu e sempre que vou viajar bate uma tristeza enorme em deixá-lo. Ele é meu amorzinho!
    Dessa vez vou ficar um mês na Europa e ele vai ficar com uma babá de animais, pois minha mãe e minha irmã também vão viajar no mesmo período, então, não tem casa de vó pro coitado! Estou com o coração apertado, mesmo com todas as referências da babá. É exatamente como você disse, um amor incondicional e puro (só quem tem sabe). As vezes me incomoda muito o comentário de pessoas sem noção, que dizem : “você precisa arrumar um filho” … conto até 10 para não ser deselegante.
    Parabéns pelo blog !! É o único que tenho paciência de ler regularmente !
    Já te admirava, mas passei a admirar ainda mais!

  72. Bruna Lima19/12/13 • 17h24

    Muito amor esse Nerinho ! Tenho dois cães, o Jack e o Iron, que trato como filhos tb.
    Cony, não querendo ser indiscreta, se eu estiver sendo não precisa aprovar esse comentário, mas vi que você vai ficar 2 meses no Japão, e esse ano vc fez várias viagens maravilhosas.
    Vc tem emprego fixo, parece que na Fiat não é ? Como vc faz para se ausentar do emprego ? Estou perguntando pq trabalho fixo em uma empresa, e posso tirar apenas 30 dias de férias, nem um diazinho a mais. Beijos e excelente viagem !

    • Constanza19/12/13 • 17h26

      Nao, nao trabalho na Fiat nao (aliás nao sei de onde tiraram isso kkkk)!! A empresa é minha, eu mesma me libero rs bjs 😉

  73. Carol21/12/13 • 01h32

    Ola Cony. Gostaria de Saber aonde vc comprou essa bolsa. Tambem moro em BH .Vou viajar com meu York agora no reveillon. Muito obrigada bjinho Boa viagem

  74. Cibele26/12/13 • 20h14

    O Nero é uma coisa de lindo! *___*
    Me entristece mto o fato de ter pouquíssimas opções de lugares que aceitam animais.
    Pra achar uma pousada aqui na minha cidade que aceitasse, penei um bocadinho!

    Mas só lembrando que n é pq o Nero é lindo que qualquer pessoa pode ter um animal gente!
    Pra isso é preciso mto amor, dedicação e respeito! O que infelizmente poucas pessoas tem!

  75. Diana10/06/14 • 03h00

    Boa noite uma pergunta na hora do embarque eles mediram a bolsa ou so pesaram? Quero comprar uma bolsa um pouquinho maior que as medidas a minha pet pesa 6kilos.

    • Constanza10/06/14 • 08h48

      Só pesaram mas considere que eles podem medir sim. Bjs

  76. Marcely14/08/14 • 16h39

    Oi Cony! Eu já li, reli, vi as fotos, revi milhares de vezes nesse post. Vou viajar pela primeira vez com a minha “filha” que é mto parecida com o seu Nero e estou morrendo de medo, fato. Sei que n é um bicho de 7 cabeças, mas posso te fazer algumas perguntas chatas?! A Lana pesa 3kg redondinhos, queria saber se a medida dessa bolsa que vc comprou p Nero tem exatamente as medidas q a TAM exige?! E o medo deles medirem a bolsa?! Ainda n comprei mas acho q ela fica tão apertadinha nessas malditas medidas!!! Queria poder passar um pouquinho, bom, enfim… Beijooo, seu Nero é a versão menino da minha Lana… <3

  77. Luisa03/11/14 • 17h33

    Olá Constanza, tenho um Poodle Toy e preciso viajar de SP a Porto Alegre. Tbém vou de TAM. Mas estou achando que ele não vai caber nas bolsas de viagem, para elvá-lo na cabine…
    A bolsa que você comprou é a London da Chalesco? Pela foto, achei que é. Você já levou o Nero nesta bolsa em vôo doméstico? Minha curiosidade é pra saber se a TAM não vai implicar com o tamanho da bolsa, por ela ser um pouco mais comprida (43cm). Justamente por ser mais comprida, acho que nela meu cãozinho vai caber.
    Obrigada,
    Luisa

  78. Renata02/12/14 • 21h02

    Onde você comprou a bolsa para levar seu cãozinho? Vou fazer a primeira viagem com minha cadelinha, que terá 03 meses quando viajarmos, e estou quebrando a cabeça para encontrar uma sacola que seja compatível com as dimensões que a TAM exige, que aliás acho muito pequena para qualquer bichinho. Tem algum site que possa indicar? Obrigada!

    • Constanza02/12/14 • 22h39

      Na Animalle Mundo Pet em BH. Bjs

      • Renata05/12/14 • 17h57

        Você lembra das medidas? Obrigada pela resposta!

        • Constanza05/12/14 • 18h01

          As da TAM! bjss

  79. cibele cintia28/01/15 • 11h42

    Sou a mamãe do aladdin e dia 15/02 será a primeira viagem de avião do meu filhote,não sabia o tanto que é complicado levar um cõzinho de voo,passei maior trabalho tendo que correr atrás de kennel,aqui na cidade onde eu moro é bem difícil de achar a caixa apropriada,sendo que elas são bem caras!!!só tem um detalhe pedi a solicitação de embarque pra Tam faz 8 dias e até agora eles não me deram resposta,desdo 5º venho ligando pra companhia aérea e eles só dizem que tem aguardar,isso me deixa aflita pois fico pensando na possibilidade deles não confirmarem,mais vou aguardar mais um pouco!!!

  80. Carolina18/08/15 • 17h40

    Constanza, finalmente achei alguém que usa uma bolsa decente para carregar os “filhos”.
    Você poderia me dizer qual o tipo do material? Ser impermeável é algo um pouco “subjetivo” na cabeça dos funcionarios das companhias. Parece ser couro, é isso mesmo?

    Atenciosamente

    • Constanza19/08/15 • 09h00

      Nao, é lona mesmo!

  81. Vanessa25/10/15 • 12h27

    Boa tarde constanza! eu vou mudar de estado e tenho rottweiler de oito meses gostaria de saber se tem como levar ele no aviao, e quais os procedimentos a ser seguidos? grata : )

  82. Beatriz16/08/17 • 02h20

    Estou saindo de São Paulo e meu destino é Lisboa (com a companhia TAP), minha cachorra vai na cabine comigo (só é permitido até 8kg incluindo a caixa transportadora) e neste último mês ela deu uma engordada (600g) será que haverá algum problema?

  83. Suely Freire Freire Ferreira18/06/18 • 20h54

    Boa noite!
    Gostei muito da sua história este é o amor mais sinceros que temos minha filha tem uma yok também tenho muito amor por ela e muita alegria que elas nos dá.