Moda
Como Usar, Fala que eu te escuto!
20 dez 2013, 243 comentários

Balada Para Balzaquinhas!

Oi genteeee! Adivinha de onde estou postando?? Direto de Dallas, USA, do aeroporto. Tô na minha escala para a viagem pro Japão! Acho que estou ficando acostumada a viajar em trechos longos… Dormi praticamente o vôo todo rs. Vi um filminho bacana que logo mais vou indicar aqui e apaguei.

Bom, hoje é meio que mais uma sessão Fala Que Eu Te Escuto. Lembro que uma leitora me perguntou uma vez que tipo de roupa mulheres com mais de 30 dever usar para ir pra balada. Achei a dúvida bem pertinente, afinal não dá pra piriguetar 100% mas também não dá para ir de camisa social e calça de alfaiataria.

Mulheres com mais de trinta anos são MUITO mais interessantes que as de 20, acreditem. São mais seguras, mais firmes, a maioria já tem seu próprio dinheiro, emprego estável, tem mais assunto, são cultas, sabem o que querem da vida, se cuidam, gastam suas dilmas com roupas, maquiagens e sapatos bons, tem personalidade definida e se chegam num lugar e não gostam, viram  as costas e vão embora sem cerimônia nenhuma. No seu próprio carro. São poderosas, independentes e se a noitada for para apenas um ¨encontro¨casual, elas nem vão se importar com o telefonema do dia seguinte. Talvez até torçam para o carinha não aparecer mesmo. Mas isso é outro assunto, mesmo porque ir pra balada não significa ir à caça. Podemos ir para nos divertir com as amigas, beber uns bons drinks, dançar, rir e ficar zumbi durante uma semana kkkkk. Sim, nisso as meninas de 20 e poucos nos vencem: nós precisamos de vários dias para nos recuperar de uma boa balada. Mas somos mais interessantes, isso vale muito mais.

Sobre o que vestir… eu também estou aprendendo um pouco. Fiquei muito tempo longe desse circuito mas sempre tive minha regrinha principal muito clara: se mostro perna, não mostro decote, e vice versa. Infalível. Outra coisa, a cor preta é minha amiga na night. Dá poder, sedução e luxo. Aprendi também que uma rendinha aparecendo casualmente é muito bem vinda, e que o comprimento da saia não deve ser ultra mini, mas também não precisa ir no joelho. Estamos falando praticamente de um campo de batalha onde cada mulher tenta ser mais interessante que a outra. Não que isso tenha que nos deixar tensa e preocupadas, afinal nos garantimos, mas também não podemos ser completamente alheia a essa informação.

Eu não consigo ir pra balada de calça jeans ou de sapato baixo. Não mesmo. Sapato de salto me deixa magra e esbelta kkkkk, super associo isso. Sei que pode parecer bobagem mas se uso sapatilha para sair, me sinto desarrumada #nãomejulguem. Geralmente uso muito saias e vestidos curtos, pois acho que minhas pernas estão bem melhor que qualquer outra parte do corpo, então são elas que levam toda a responsabilidade de me manter digna. Saía muito de camisa e saia curta, mas confesso que já não tô gostando mais… Prefiro algo mais certinho no corpo, sexy sem ser vulgar entendem? Daí que bolei alguns looks que transmitem toda essa força, personalidade e poder que só uma mulher com mais de 30 tem. Vejamos.

look1baladamaisde30

Meninas novinhas não seguram um belo macacão preto. Não mesmo. Já nós… Fica bem zékzi, ainda mais se for mais peladinho na parte de cima ou com um belo decote nas costas. Sempre que a roupa é toda preta, eu jogo uma cor na bolsa. Também escolhi dois braceletes iguais, para dar um toque fashion que pouca gente se arrisca a usar e fica LINDO!lookbaladamaisde302

Outro look adulto e que diz: ¨Sou interessante, só se aproxime se tiver algo bacana a dizer¨. Se estiver com o corpinho em dia, se jogue em vestidos coladinhos. Os cuidados são básicos: não muito curtos e não muito decotados. Scarpin e batom vermelho sinalizam uma mulher forte e de presença. Se o corpo não estiver tão em dia, não tenha vergonha de usar shortinho modelador, cinta, spandex ou outro tipo de apetrecho que modele seu corpo. TODAS fazem isso. lookbaladamaisde303

Quer entrar na onda das menininhas de saia de paetê porém com maturidade??? Use uma com bordados bem elegantes, um top com aparência de coisa cara (vale pra saia também, nada de bordado pobrinho. OPA! ) e de preferência estruturado para desenhar bem seu corpo. Para ficar mais chique, aposte num scarpin com cor. Tá igual às novinhas, só que elegante e posuda.

lookbaladamaisde304

Se a noite for mais rockerinha, aposte em peças de couro. Eu sempre faço isso. Uma boa calça de couro é essencial. Ela dá aquele toque rebelde e jovem porém nós usamos acessórios que deixam essa peça além de tudo, chique.lookbaladamaisde305

O básico do básico seria o vestidinho preto, mas variando um pouco o óbvio, pensei num vestido burgundy, soltinho e de alcinha, bem simples mas que com os acessórios certos pode ir até em casamento. Como ele não tem detalhes, podemos usar um maxi colar bem lindo (e economizar no brinco) e uma sandália de tirinhas para sensualizar um pouco.

  • Tem várias outras opções como macaquinho preto curto, vestido de paetê discreto (sim, é possível), pantalona colorida com top estruturado tomara que caia (lindo!), short de alfaiataria com regatinha rica… Mas o mais importante é a atitude e o comportamento que deve ser de uma mulher com mais de 30.Beber o necessário (essa eu tô aprendendo, mas graças a Deus não dou vexame rs), falar num tom plausível, dançar bonitinho (a dança entrega kkkk), pegar direito na taça, copo, até mesmo a long neck merece uma delicadeza. Enfim, agir como uma bela balzaquiana, que está na night primeiramente para se divertir, e sabe seu lugar no ¨camarote¨ onde observa tudo e todos e sabe onde ¨agir¨. Meninas de 20, não fiquem com raiva de mim, daqui a alguns anos vocês vão entender bem como é bom ser uma balzaquiana.

 

Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
243 comentários em “Balada Para Balzaquinhas!”
  1. Nayara20/12/13 • 12h56

    Porraan… pra ajudar as balzaquianas, nao precisava esculhambar as meninas de 20 e poucos anos kkkkkkkkk ainda mais por provavelmente elas serem a maioria do seu público alvo

    🙂

    No mais, bom post!

    • Constanza20/12/13 • 12h57

      Sabe q nao são a maioria e nem meu público alvo? E nao esculhambei nao. Só enalteci as mais velhas 😉

      • Loli20/12/13 • 13h03

        Faz uma enquete com a idade das leitoras, em março eu trinto tbm.

    • Loli20/12/13 • 13h00

      Não é esculhambação pq as de 20 vão chegar nos 30, é só esperar.

      • Constanza20/12/13 • 13h03

        E vão amar ne? Rs

        • Verônica Andrade20/12/13 • 13h41

          Vão sim! Estou com 31 e não trocaria pelos vinte jamais. Independência financeira, maturidade, segurança, ser bem resolvida, não preocupar com coisas pequenas…essa é a melhor fase. Sempre quis chegar nos 30.

        • camila21/12/13 • 21h49

          Sempre que alguém me pergunta se queria ser mais nova, sempre digo que sim, mas se eu tivesse a cabeça, comportamento, atitude e aparência que tenho hoje..30 é bom demais!!

    • luciane23/12/13 • 10h53

      ai gente, a cony não faz post bons, ela faz excelente post rs por isso que tem tantas leitoras assíduas. Fato é que o povo de 20 deveria ficar feliz que as de 30 estão falando bem da idade 30, pq assim vc aproveita a vida e fica mais tranquila quando chegar aos 30 e passar dela… todas irão chegar! vamos aproveitar gente, cada fase tem seus prós e contras!

  2. Letícia20/12/13 • 12h57

    Amei o post, looks lindos! Estou me sentindo felicíssima por ser uma trintinha, nunca tinha encarado por esse ângulo. Sim, nós somos muito melhores que as vintinhas! rsrsrsrsrsrs

  3. Loli20/12/13 • 13h02

    Cada roupa e acessório maravilhoso, não sei se acho ruim ou bom o fato de vc não colocar a marca. Medo de ver que é tudo de grife internacional e custa mais de 2.000 reais.

    • Constanza20/12/13 • 13h04

      A montagem é td do polyvore… Infelizmente lá tem pouquíssima alternativa nacional…

  4. Camila Magalhães20/12/13 • 13h04

    Ai Cony adoro!!!!
    Varios dos itens ja fazem parte do meu guarda roupa.
    É engraçado vamos mudando naturalmente!

    Eu tinha muito medo dos 30… hoje com 32 sou muito mais eu que uns tempos atras…
    em todos os sentidos da vida!

    agora confesso que os 40 assustam! kkkk
    bjos saudades
    Milla

    • Constanza20/12/13 • 13h05

      Os 30 são ótimos!!!

    • Ana..20/12/13 • 13h29

      Por incrível que pareça os 30 me abalaram muito mais que os 40, acredita? Lembro que com 28 entrei em crise, tipo: e agora? É porque agora as expectativas já são menores, mais calmaria. Mas o físico muda, sinto principalmente a pele, mas sou relaxada. Beeijos Cooony!

      • Loli20/12/13 • 16h00

        Tb nao troco minha vida de hoje pela que eu tinha com 20 anos… tenho muito mais coisas, conquistei muito, independência financeira, um apartamento maravilhoso, marido maravilhoso, e ainda mantenho o mesmo peso e quase não tenho marcas de expressão.. rsrsrs. Só se eu fosse doida pra preferir os 18, 20 anos, quando não tinha nada disso.
        E realmente tem razão quem falou que a pressão dos 30 é maior que a dos 40. O 30 é meio cabalístico para as mulheres.

    • Fabíola20/12/13 • 15h03

      E eu que estou a um passinho dos e tb estou com medo, como faz? 😀
      Tô brincando, mas eu concordo 100% que ME prefiro mil vezes hoje do que aos 20. Maturidade é tudo na vida de uma mulher.
      Tá vendo meninas de 20, 20 e poucos, se alguém disser que vcs têm o a pele muito melhor do que as de 30 ou 40 ou mais, nós não nos ofenderemos, pois sabemos que é verdade, ué!
      Nada de ficar chateada com o jeito da Cony se expressar, hein?

    • Fabíola20/12/13 • 15h04

      Quis dizer que estou a um passinho dos QUARENTA!

  5. Nandi Felix20/12/13 • 13h05

    Cony!! arrasou no texto, amei amei amei!
    Sem dúvida nenhuma, mulheres que entraram na casa dos 30 são muito mais atraentes e confiantes..

  6. Camila20/12/13 • 13h09

    Cony, como não faz muito tempo que deixei os 20’s e entrei nos 30’s posso verificar e afirmar com conhecimento de causa o que você diz no post: não trocaria meus 30’s por meus 20’s! hahaha

    Super curti as suas sugestões de looks! E ainda faço um adendo (ou 2! rs): primeiro que tem muita balzaca dando banho em mocinhas mais jovens em termos de corpão (modéstia à parte, acho que tô nesse time). Mas acho que um dos nossos diferenciais é perceber que isso não é necessariamente o que queremos ressaltar quando pensamos em look, mesmo na balada. Acho que a nossa atitude é o que mais atrai… 😉

    Super beijo! Amo o fufu (clichê básico, mas verdadeiro…)!

  7. Angelita T.20/12/13 • 13h12

    Amei!! Fiquei me achando no alto dos meus 31 anos agora!! hahahahah

  8. Luiza20/12/13 • 13h15

    Ah… os looks servem tranquilo às meninas de 20 e poucos e 20 e tantos! São lindos e super usáveis! Nåo acho que “novinhas não seguram um belo macacão preto”. Dá pra ser elegante e posuda em todas as idades, sem piriguetar (e aqui não uso o termo no mal sentido). Vou aproveitar as dicas!

    • bia20/12/13 • 15h31

      concordo, estou na metade do caminho (tá, um pouco mais da metade) entre os 20 e os 30, e acho que vai mais da postura da mulher do que da idade.

    • Loli20/12/13 • 16h02

      O problema é que se vc com 20 anos for sair com uma roupa dessas suas miguxas vão perguntar se vc tem 80 anos ou oq pra se vestir assim… rs.. não sei se combina. Mas pra uma de 30 fica perfeito.

  9. Lívia20/12/13 • 13h16

    Bom post! Respeito as trintinhas que sabem se portar na night! Confesso que essa descrição de balzaquiana não condiz com noventa por cento das mulheres de trinta da minha cidade, que se vestem e se portam como se tivessem 16! Eu que tenho 20 me visto muito mais sóbria do que elas kkkkkk
    Amei os lookss

    • Jessica20/12/13 • 13h36

      Lívia, estou contigo! tenho apenas 22 anos e me visto de maneira mais elegante que as quarentonas que me cercam! As de 30 que conheço são meio desengonçadas, poucas são chiques. MAs nesse mar de mulheres, as de quarenta hoje me dia dão vergonha! se atiram nos caras, usam saias minúsculas, bebem feito gambá e falam muito alto!! Horrivel!

  10. Mari20/12/13 • 13h22

    Constanza,
    sou leitora do seu blog há uns bons anos. Tenho 25 anos (ainda me sinto mais perto dos 20 e poucos do que dos 30 hehe), e, por coincidência, ontem usei um macacão preto e fui muito elogiada. Acho que sustentar certos tipos de roupas é mais relacionado ao estilo e elegância do que a rótulos como idade…

  11. Debora20/12/13 • 13h26

    Provavelmente isso pelo fato do seu ex ter te trocado por uma de 20 🙂

    • Constanza20/12/13 • 13h31

      Hahahaha e nem foi rs. Mas seja como for, ele se arrependeu bastante rs. Por algo será ne? 😉

      • Bruneca20/12/13 • 14h15

        Amiga… amiga… segura meus dedos pra eu não digitar que essa daí …provavelmente é a atual do seu ex…. e acabar falando merda…

        • Constanza20/12/13 • 14h22

          Hahahahahaha

      • Joyce20/12/13 • 14h32

        Isto é aula de maturidade: vc poderia simplesmente ñ aceitar o comentário e ele iria se desfazer no vento, mas aceitou, respondeu “por cima do queixo” e sambou com classe… aiai, nem comento q ano q vem vou balzaquiar… rs

    • Camila20/12/13 • 13h51

      Que comentário desnecessário, meu Deus!
      O que leva alguém a fazer isso?

      • Constanza20/12/13 • 13h57

        Revolta da imaturidade rs

        • Flávia21/12/13 • 12h46

          kkkk só faltou ela falar que é recalque, kkkk odeio essa palavra.

    • Vanessa20/12/13 • 14h01

      Pelo comentário “juninho”, esta tem menos de 30.rsrsrsrs

    • Denise20/12/13 • 14h52

      Haha, esse comentário só confirmou o que a Cony falou sobre a diferença na cabeça das mulheres com a idade!!
      E só um adendo: tem muito homem que troca uma de 30 por uma de 20, mas esses a gente deixa pra você, viu? E, quando você chegar nos 30, torça para o ciclo não se repetir 😉

      Ótimo post, Cony!! Não tô entendendo a revolta de algumas, nem tenho 30 ainda e concordo com tuuuudo!

      • Loli20/12/13 • 16h04

        Que nada essa daí tem suicídio marcado pra quando fizer 29 anos, nunca vai ser balzaquiana gente.

      • Denise (outra)20/12/13 • 18h05

        hahaha adorei a resposta Cony!!

    • Luana Muniz21/12/13 • 21h55

      Que comentário desnecessário… Fiquei revoltada!
      Cony, tenho 26 e quero chegar aos 30 tipo vc, linda, bem humorada e conquistando cada vez mais (homem eu não preciso, já sou casada, heheheh)!

    • Anna Carol22/12/13 • 21h42

      Ai gente…Que deselegante…Isso só confirmou o fato de mulheres de 30 serem MUITO mais maduras e bem resolvidas. E olhe que nem tenho 30 ainda viu?Tenho 26, mas, com certeza, minha cabeça é muuuuito diferente da que eu tinha aos 20 anos! Me sinto muito mais segura e capaz, tirando a fase de se encontrar no mundo profissional neh?Aliás, mais uma vantagem p as de 30: já se encontraram profissionalmente. Invejinha de vcs meninas!kkkkkk
      beijos cony!

    • Mauren27/12/13 • 22h52

      Putz, essa foi de doer a alma (de vergonha)!!! Eu que tenho dezoito me senti indignada com o comentário… Mas é sempre bom aparecer uma dessas simplesmente pra comprovar o post e tudinho o que você falou! Eu morro de dó dessas meninas, quando chegarem nos 30 vão surtar!!! Ainda bem que desde cedo aprendi a ter certa maturidade…

  12. erica Vanessa20/12/13 • 13h28

    Adooorei o post!!! Lindas peças e claro é só adequar as peças mais em conta né gente. Cony vc deve estar lendo meus pensamentos, hoje tenho um happy hour para ir, a banda que irá tocar é na verdade voz e violão e tocam de tudo, porém é um hotel aqui na minha cidade (Vespasiano, já ouviu falar?? KKK) e passou mil e uma roupas na minha cabeça, camisa jeans e calça jeans, saia+regata, e calça de couro+ animal print. Na verdade to muito em duvida porque vai estar uma ex do meu marido lá ai já viu né. Arrasar é pouco pra esta noite. Mas vc clareou muito bem as opções que tenho em casa. E adoro ser uma balzaquiana(31).

  13. Maris20/12/13 • 13h31

    Amei! Tenho 21 e sou louca pra chegar logo nos 30… Principalmente pela parte do DINHEIRO! KKKKKKKKK

  14. Karla Luraschy20/12/13 • 13h38

    Nossa amei o post! Acabei de fazer 28 e pensei: “…nossa tô mais perto dos 30 do que dos 20! :/” Mas sabe Cony, eu estou numa fase incrível na minha vida e muito mais madura e segura. E eu não entrei de fato na casa dos 30 mas já me visto como uma! hehehe

    Amei as dicas!

  15. Amanda20/12/13 • 13h42

    Ainda bem que o despeito é de poucas e os elogios de muitas, né Conylinda? Beijos e boa viagem ao Japão! Posta muitas fotos para nós!

    • Constanza20/12/13 • 13h47

      Sempre tem as que se doem. Mas daqui uns dias nos darão razão kkkkkk

      • Ma SP21/12/13 • 14h43

        Pelo jeito eu sou a única que me achava bem mais interessante aos 20 e poucos hehe Na verdade não tenho dúvida nenhuma que era mais interessante antes, e olha que não embuchei não! rs Amei as dicas de looks. Beijos e aproveita o irmão e o Japão!

  16. Bruna Meyer20/12/13 • 13h42

    Adorei o post, pena das meninas de 20 por aí que não entenderam a proposta (faz parte da idade delas). Tenho 19, mas a maturidade e o modo é de 30, lado bom é o que falasse no post, lado ruim é já estar muito à frente do meu tempo. O looks ficaram incríveis, usaria todos!

  17. Ju Santana20/12/13 • 13h44

    Cony, da onde é a blusa que faz par com a calça de couro? To morrendo desejando aqui…

  18. Carol Silva20/12/13 • 13h47

    Adorei o post, Cony. Apesar de não ter chegado nos 30 ainda, me encontrei nos looks e nas suas palavras. Eu sempre agi e me senti como mais velha. Pra mim, é como se eu já tivesse meus 30.
    Agora, fiquei louca no bracelete da primeira imagem. Vc pode descobrir de onde é?
    Bjs e ótima viagem! 😉

  19. Fabiana20/12/13 • 13h49

    Amei o post!! “Trintei” esse ano e posso dizer que vc refletiu todos os meus sentimentos nesse post!! Nunca me senti tão bonita, tão feliz, tão segura, tão EU como nessa fase!!!
    E qto as meninas de 20, não achei que foi esculhambação, até pq elas também chegarão lá!! Bjos

  20. Carol20/12/13 • 13h52

    Looks lindos, como sempre!
    Te adoro Cony, mas achei o texto um tantinho ofensivo… não sei porque uma moça de 20 não segura um belo macacão, ou é menos interessante que uma moça de 30, pelo contrário.
    Acho sim que a gente amadurece com a idade, hoje com 23 sou mais muita mais segura que quando tinha 18, mas é só uma questão de segurança e auto estima.
    Uma amiga com a mesma idade que a minha, me disse sobre essa sua postagem, e que ela tinha ficado um pouco chateada… confesso que também fiquei =(, e posso dizer que nós duas gostamos de você e do blog de coração mesmo, por isso resolvi comentar.
    Não achei ruim do post, como já disse também acho que a maturidade traz mais confiança.
    Isso me pareceu uma mágoa sua, sei lá se aconteceu algo que te deixou assim…
    Enfim, comentei porque gosto do blog e não esperava um texto assim.

    • Constanza20/12/13 • 13h58

      Espera chegar aos trinta… Ce vai amar!

    • Loli20/12/13 • 16h06

      Não entendo pq essa chateação, se eu lesse o mesmo post se referindo a mulheres de 40 serem melhores que as de 30, eu ia ficar animada, pensando “Oba minha vida vai ficar melhor ainda no futuro”.

      • Renata22/12/13 • 01h48

        exatamente!

        tb ñ entendi o mimimi, mas com certeza elas entenderão qdo chegarem aos 30, rsrsrs…pq vc descreveu bem como passei a me sentir cony…faço 31 amanhã e hj sou casada, mãe, ñ me realizei profissionalmente como eu imaginava e tenho alguns kilinhos a mais q aos 20…e mesmo assim me sinto hj muito mais segura, inteligente, madura, bonita e feliz!

  21. Fabiana20/12/13 • 13h55

    Acabei de ler todos os comentários e nossa, com tem menina agressiva!! Gente pra que? É só opinião..afffeeee!!!
    Super normal uma mulher de trinta defender suas iguais!!! Vamos aproveitar essa época natalina e colocar mais amor no coração e nas palavras!! Bjus

  22. ana luisa20/12/13 • 13h59

    Se as dos twenties atacaram as balzacas, realmente não entenderam o post, prova de que somos, ainda por cima, mais maduras 🙂
    Brincadeiras à parte, é verdade que tem muita trintona e quarentona dando uma de piriguete grau 10 por aí. Mas elas não nos representam. Uma balzaquiana bem resolvida não fica se acabando pra recuperar o tempo perdido, ela vive o presente com uma bagagem de experiência incrível. E se você novinha anda vendo muita loba dando vexame por aí, é questão de sorte. Os lugares que frequento não encontro nenhuma…
    Beijo Cony, conitchiwá 🙂

    • Constanza20/12/13 • 14h20

      Exato! Nao entenderam… Mas entenderão kkk

  23. 20/12/13 • 14h08

    Tenho 24 e me interessei pelos 30 pela parte financeira!! Hahahah
    Mas falando sério, concordo com tudo o que vc disse… é a maturidade, não adianta. E todas passaremos por isso, né 😉
    Beijoss

    • Constanza20/12/13 • 14h21

      E espero aos 40 achar a melhor fase rs

      • celia21/12/13 • 09h44

        eu acho…me sinto muito melhor e mais bonita hoje, aos 43 anos.. nunca tive nenhum complexo de idade.

  24. Mah20/12/13 • 14h15

    Meninassssss de menos de 25:

    Encarem o post com amor no corazooon
    A Cony citou os comportamentos de modo geral, abrangente.
    Tem vintinha cabeça, tem trintona sem noção, tem de um tudo nesse mundo.
    Ninguém precisa se doer não, hahaha

    Até porque, idade chega para todo mundo.
    Não é algo imutável, como a cor da pele (Michael Jackson é um ponto fora da curva, hahaha)

    Tenho 25 anos, quase 26, e concordo com tudo que a Cony disse.
    Mas me sinto +/- assim desde os 20.
    (a auto-estima vêm melhorando com a terapia também…)
    A idade ta na cabeça, e não no RG.

    Quem nunca viu aquela véia piriguete dando um role no shopping e sentiu vergonha alheia?
    Seja aba$tada ou não, vestir-se de acordo com a idade/estilo/ocasião é algo que cai bem em todo mundo 🙂

    Beijos e paz no coração
    ;D

  25. Eloisa20/12/13 • 14h18

    Tb achei um pouco desnecessário rebaixar as “meninas de 20” pra exaltar as “mulheres de 30”. Acho que existe gente elegante e madura em todos os períodos de vida.
    Tenho 23 e me considero elegante, madura, blá blá blá… Sei que você vai falar: espera chegar nos 30, vai ser muito melhor! Mas acho que isso se deve ao seu caso específico, que está realmente no auge aos 30. Mas acho que não é regra, e que devemos nos desprender disso. Vamos ser felizes, elegantes, sexys em todas as idades!
    Beijo, e parabéns. Adoro seu blog!

    • Constanza20/12/13 • 14h25

      Aos vinte achava o máximo. Aos trinta, Uia! Liberdade! Aos 40 só deus sabe. Mas são fases sim e aqui tdo é pessoal e aplicado ao meu estado ne? Espero ter ajudado quem fez a pergunta, 😉 bjos

    • Loli20/12/13 • 16h08

      O negócio é que com 23 ninguém ou quase ninguém é dona do próprio nariz ainda.. digo, tem independência financeira com um bom salário. Aí ficar dependendo dos outros ou ficar contando moedinha pra comprar as coisas é uma merda.

      • Loli20/12/13 • 16h16

        Ah ser sustentada pelo papi não conta bj

  26. Ana20/12/13 • 14h21

    Sempre leio seus posts e acho realmente bons. Tenho 23 e nem por isso saio ‘periguetando’ por ai. Cada um defende a idade em que está, mas achei desnecessário enaltecer quem tem 30 rebaixando quem tem 20.

    • Constanza20/12/13 • 14h29

      Nao rebaixei!! Cês tão se doendo a toa? Sabe como teria rebaixado? Falando das atitudes de meninas de 20 que vejo na balada, destruídas chorando e sentada no chão do banheiro, Vomitando na rua, ficando com 3 ou mais na mesma noite, pedindo carona pra estranhos, indo pro motel bêbadas sem saber com quem, usar roupa sexy sem saber o limite do vulgar, ou tentar parecer adultas e só falar bobagens.. Isso seria rebaixar, ofender AND generalizar, caso eu quisesse causar, o q nao é o caso, afinal tem balzaca de 20 que faz essas coisas e novinha de 30 q se comporta mt bem. Então menos, só direcionei para as de 30 pq o post foi uma duvida de uma mulher com mais de trinta. Só isso 😉 antes de se ofender, tirem a parte boa do texto, que o melhor ainda está por vir mas obviamente só saberão disso quando estiverem lá. 😉

      • Juliana20/12/13 • 14h39

        Amei a resposta, Concordo em tudo!

  27. Carla20/12/13 • 14h21

    Adorei o post, tenho 23 anos, mas tô percebendo que quanto mais o tempo passa, com mais classe eu fico! Sendo assim, não vejo a hora de chegar nos 30!

  28. Erica20/12/13 • 14h22

    adorei os looks!usaria todos, tenho 34…

  29. Pam20/12/13 • 14h26

    Tenho 22 e não achei que a Cony esculhambou, não!!
    Quem tem 20 e poucos não se sente completamente diferente de quando tinha 18?? Então, é a mesma coisa!

    Cada fase em que se vive é a melhor fase da vida! Basta saber aproveitar as vantagens daquela fase do jeito certo. 🙂

    Gostei do post, achei de muitíssimo bom gosto e muito verdadeiro. Nossa, concordo tanto sobre o macacão: é a coisa MAIS LINDA, mas eu “não seguro”, já tentei e não tem jeito, haha!!

    • Jessica Stefane20/12/13 • 14h39

      Mas se sentir diferente entre uma idade e outra não te dá o direito de enaltecer a fase que você está vivendo e rebaixar a que você já viveu. Tenho 22 anos e me considero bem melhor hoje do que quando tinha 18 anos, mas isso não me dá o direito de falar que as meninas de 18 não tem classe e não são tão atraentes como eu, que estou “à frente” delas. Esse é o ponto.

      • Constanza20/12/13 • 14h45

        Da sim, eu acho mulher de 30 mais poderosa confiante e segura q as de 20 ue! Da mesma forma que acho as de 40 muito mais seguras e ainda mais confiantes q as de 30. Como redatora de um blog PESSOAL sinto informar que se trata de opinião pessoal sim e me da o direito de falar o que acho. Entender e tirar o melhor do texto já é sinal de maturidade. Bjao

        • Jessica Stefane20/12/13 • 15h05

          De fato, é um blog pessoal, com as suas opiniões nele – nada mais óbvio e incontestável. Agora, ENTENDER um post que menospreza uma etapa da vida? Isso é demais. “Sinto informar”, Constanza. Mesmo que você estivesse falando de, sei lá, das meninas de 18 ou qualquer outra faixa etária, as palavras que você usou na postagem soaram agressivas, sim, e eu teria a mesma reação que estou tendo agora. Nem precisa publicar esse comentário aqui, já que você suprimiu outro comentário meu anteriormente. E aceitar críticas também é sinal de maturidade. “Bjao”

          • Constanza20/12/13 • 15h15

            E suprimo mesmo. Pq é o tipo de gente que só aparece pra polemizar. Comenta 5, 6 vezes seguidas e diz ser “crítica construtiva” isso que nao é maturidade menina! Larga fanatismo por comentários em blog e vai estudar interpretação de texto! A gente cresce quando estuda, envelhece e abre a cabecinha…

  30. Sara20/12/13 • 14h29

    Oi!
    Tenho 21 e não achei ofensivo o post nãao!
    Inclusive achei os looks de muito bom gosto, como sempre!

  31. Nathalia20/12/13 • 14h33

    Tenho 20 e AMEI todas as roupas..
    Bem que me dizem que pareço ser mais velha haha
    Nem ligo!

    Post muito boooom!!

    Beijos, Nati.

  32. Camila Souza20/12/13 • 14h36

    Amei o post, informativo e engracado kkkk
    bj

  33. Juliana20/12/13 • 14h37

    Best post ever na categoria “Fala q te escuto.” Eu me identifiquei demais. Temos a mesma idade, kkkkkk

  34. Mona20/12/13 • 14h45

    Iiiiiii… vou chamar minha amiga Cuca para vcs! Desencana meninas dos 20. A idade é ótima para se jogar em tudo e achar que podem abraçar o mundo. Já com 30 (EU), não quero mais abraçar o mundo, quero apenas o que o mundo me oferece de melhor, com a sabedoria de poder escolher. Ficamos sim, mais elegantes e seguras. Tenham calma, vcs verão! “Tenho sonhos adolescentes, Mas as costas doem, Sou jovem pra ser velha
    E velha pra ser jovem!” “Aquela dos 30”. 🙂

    • Pam20/12/13 • 21h57

      Mona!! Como a cuca está? Ela está bem? Os outros papatinhos já se acostumaram com ela? Kkkkk
      Adoro seus comentários!!

  35. Juliana20/12/13 • 14h46

    Oie!!!

    Sempre estou por aqui!!Adoro os seus post e esse casou direitinho comigo! Tenho 31 e esta parte de me sentir mais segura é um fato!!! A gente deixa de ser passional demais… Hooo maravilha. Não é qualquer coisa que nos engana mais… Tb tenho esta dúvida de como me vestir e vc arrasou nas dicas!!!
    Dias desses até comprei um macacao preto pensando em ir na festa da empresa. Acho que acertei em cheio!!
    Adorei o post de verdade…. Eu tb já tive 20 e fiz tudo isso que vc citou… hahhaha… Só não piriguetei, mas bebi, sentei no chão, chorei, etc…… e posso dizer? Foi ótimo!!!! Só que passou… Hoje sou outra mulher!!! Mulher de trinta segura e mais calma!!! hahahah…

    bjos,

    Juliana

    • Constanza20/12/13 • 14h48

      Issoai! Td são fases, e a que vivemos sempre é a melhor 😉

  36. Cinthia Vilaça20/12/13 • 14h48

    Eu amei o post! E concordo em muito com a Cony, viu?! Já passei dos 30 (apesar de ninguém falar, a maioria ainda me dá 24) e não tem jeito, nossa visão vai mudando mesmo. O melhor de tudo é se libertar das amarras! Eu não imagina que teria a mente aberta e desprendida que tenho hoje, sabe?! Juro que não tinha essa visão aos 20 e poucos! Com certeza estou melhor agora e não trocaria meus 30 pelo 20.

  37. Germana20/12/13 • 14h52

    Aproveitando o tema pra desabafar que to em crise e medinho… vou fazer 29 e to cheia de pensamentos do tipo: vou fazer 30 anos e não fiz quase nada da minha vida. Não casei, não to rica, não to magra… hahahahahhaa! A coisa ta tensa! Torço muitooo pra que os 30 seja tão bom quanto todas falam aqui! Pelo menos a tal da maturidade e confiança acho que to conseguindo… rs. Huhuhuh!

    Cony, você arrasa, sempre! Beijo!

  38. Ligia20/12/13 • 14h56

    Adorei,AMEI na verdade o post… Você arrasa,você é inteligente,linda,viaja muito,escreve bem demais… ACHO QUE ISSO INCOMODOU.Enfim estou procurando até agora a ofensa no post… Meu Deus… Constanza parabéns,você é dez!!!

    • Constanza20/12/13 • 15h11

      Tks baby. Acho q mt coisa é preguiça de ler direito. Só pode rs. Bjos

  39. Cris20/12/13 • 15h01

    Eu gosto muito dos 30 e poucos, é muito bom olhar para trás e ver o quanto amadureci, nas vontades, nas idéias, no estilo. Não ter aquela certeza absoluta da adolescência e dos 20 e poucos me fizeram analisar e nortear melhor as minhas escolhas. E algo muito importante acontece: aos 30 a gente deixa de se doer por pouca coisa. Portanto, meninas, relaxem! =)

  40. Gia20/12/13 • 15h04

    Poque 30 é a idade do sucesso, de acordo com o filme “De repente 30”. rsrsrsrsrs
    Já tenho 28, e também não me trocaria por nenhuma de 20!!

    Beijos, Cony!!!!

  41. Leticia20/12/13 • 15h12

    Genteeen, pra que tanto auê???

    O povo adora polemizar…e fica lá a pilha de louça suja pra lavar… uó!

    Ah, e Constanza, amo seu blog! E adoro seu estilo! Particularmente amo as dicas de viagens! Na época que você estava em Aruba, eu sonhei que estava lá! hahahaha
    E em janeiro vou ao Chile! Então já estou anotando todas as dicas! 🙂
    Beijos!

  42. Flávia20/12/13 • 15h13

    Achei seu post perfeito, gostei muito mesmo! Tenho 43 anos e curto o blog e as dicas. Gostei principalmente de como vc enfatiza que sexy não é vulgar. Acho sinceramente que as novinhas misturam um pouco os conceitos. E tem outra, elegância não custa caro e também acredito que possa ser construída e conquistada. Sutileza é sempre chique!

    • Constanza20/12/13 • 15h18

      Coisas da idade de quem ainda ta presa na adolescência. Daqui um tempo voltam aqui pra falar: é… Vcs tinham razão rs

  43. isabella20/12/13 • 15h19

    Meninas, acho qe os comentarios do post retratam bem que todas nos, como mulheres, temos mt o que amadurecer. nao ha necessidade dessa rivalidade, mt menos de alguem se sentir ofendida! nao vemos homens de 30 falando que sao melhores que homens de 20 e vice versa.

    por isso, vamos deixar isso de lado e reconhecer que a vida é feita de fases, que sempre tem seus pontos positivos, e ao inves de nos ofendermos, que tal compartilhar o que vivemos de melhor e nos divertir sempre?
    com a de 30 auxiliando a de 20 no que pode, assim como as de 20 auxiliando as de 30 no que for necessario!

    sejamos MULHERES e AMIGAS, chega de mulheres vivendo em pe de guerra, rivalidade e concorrencia! isso nao é uma disputa! portanto, nao se ofendam com a Cony, até pq talvez daqui a 10 anos ela olhe pra tras e tambem se enxergue imatura! iso faz parte

    • Constanza20/12/13 • 15h53

      Bem que dizem, os homens nao entendem as mulheres. Só mulher entende mulher. E elas se odeiam kkkkkk

  44. Tati20/12/13 • 15h25

    Achei um pouco desnecessária a richa que vc causou com o post, até pq idade não é sinônimo de maturidade. Eu, que to no meio termo – 25 anos, frequento varias baladas e ambientes sociais e me assusto com o comportamento das de vinte, trinta e quarenta. Não dá pra generalizar!

    • Constanza20/12/13 • 15h52

      Eu não causei rixa nenhuma. Algumas meninas que se ofenderam por nada 😉

  45. Lu Freitas20/12/13 • 15h30

    Engraçado que lendo comentários em sites, blogs e afins tenho percebido uma séria deficiência na interpretação de textos. Ainda ensinam isso nas escolas? Outra coisa impressionante é o espírito “quem não está comigo está contra mim”. Que é isso, gente?! Só posso gostar de algo ou de alguém que concorda 100% comigo?! Opinião é como uma roupa: você gosta e copia; não gosta em vc, mas acha legal nos outros; não gosta em vc e nem em niguém, nem sabe como determinada moda pega, mas paciência…, a vida é assim.

  46. Camila20/12/13 • 15h36

    Ai que gente recalcada!!! Tenho 23 e n senti nem um pouco ofendida!!

    beijo cony =*

  47. Luciana B Sampaio20/12/13 • 15h47

    Amei tudo!!!!!!!!!!!O texto as roupas e principalmente as suas respostas. rsrsrs
    Tenho 35 anos e sou muito melhor hj,tirando os dias de zumbi. rsrs
    Bjs, boa viagem e boas festas.

    Luciana B Sampaio

    • Constanza20/12/13 • 15h51

      No zumbi a gente se ferra kkkk

  48. Marcela20/12/13 • 15h48

    ADOREI o post! Você tem razão em tudo! E os meus 30 estão muito melhores que os 20, com muita convicção. Ignora estes comentários recalcados, coisa de gente com a cabeça tão pequenininha que vai precisar de muito tempo pra amadurecer!
    Curta sua viagem!

  49. Thaís20/12/13 • 15h53

    Fiz 26 recentemente e não me senti nem um pouco ofendida pelo post, pelo contrário, me imaginei aos 30 pensando EXATAMENTE assim como vc! São fases que devem ser aproveitadas de acordo, se for pra piriguetar (no mau sentido) e confundir sexy com vulgar que seja nos 20, pra saber valorizar ainda mais a classe e finesse dos 30. Adorei o post, Cony, parabéns!

    • Paula20/12/13 • 21h56

      Adorei tudo, só não usaria macacão e pantalona em balada, acho muito sisudo, prefiro calça ajustada, saia ou vestido, fica mais jovial.

  50. Scheyla20/12/13 • 16h01

    Eu “trintei” esse ano e posso dizer que to curtindo bastante! Sem querer puxar sardinha pras balzacas, mas eu acho que estou bem melhor agora que nos 20. Quando fiz 28, entrei em crise mesmo, cogitei estar ficando “mto velha” ahahaha, mas logo depois essa fase passou e relaxei. Percebi que mudei mtos conceitos, meu estilo, gostos, etc, meio que naturalmente, nada foi forçado, tipo “ah, tenho 30 e tenho que fazer tal coisa”, mas foi rolando aos poucos e agora percebi que mudei mto dos 20 para os 30. E espero que qdo chegar nos 40 esteja mto melhor!! bju Cony, adorei o post 😉

  51. Juliana20/12/13 • 16h19

    Cony,

    fiz 30 em Novembro e concordo com tudo que vc disse!!!!!!! Tem todo o meu apoio… e as críticas não adianta, sempre virão. E acho que até para criticar há de se ter elegância!

    Beijocas

  52. Kênia20/12/13 • 16h25

    Cony linda, muita gente brava com você por um texto pessoal, isso que é poder hein! Eu tô no meio do caminho, 25, e só as rugas FDP que insistem em aparecer é que me assustam de chegar aos 30, 40… no resto eu quero mais é sair gata com um macacão preto desse, que novinha não segura mesmo não! É fato meninas, não precisam ficar bravas!

    Beijos Cony! Vou sentir saudades das fotos do Nero! 🙂

  53. Carolina20/12/13 • 16h30

    ”Mulheres com mais de trinta anos são MUITO mais interessantes que as de 20, acreditem.”
    Achei este seu comentario absurdamente preconceituoso. Eu tenho 22 anos e sou sua leitora assídua,tenho meu carro, pago minhas contas , viajo, leio e estudo. Não sei onde que eu seria menos interessante que alguem de 30, 40 ou 15. E acredito que vc seja excessao pois no meu estagio todas as trintonas solteiras sao desesperadas e ainda torcem nariz para as novinha (como eu) que namoram caras mais velhos. Sinceramente, entendo que daqui 8 anos serei mais madura e acho isso interessante, é a ordem natural das coisas, mas dai a achar que eu sou mais interessante, que uma mulher que pode ter o mesmo conteúdo que o meu e ainda um bumbum durinho sem velashape, um super animo e uma pele lisinha sem rugas e botox é muita pretencao.

    • Constanza21/12/13 • 05h55

      Bom, falo por mim e pelas minhas amigas que dão um banho nas mais novas. As vezes suas 30 onas é q são exceção. Bjos

    • Ka21/12/13 • 10h48

      Amiga vc tem certeza que vc paga suas contas, tem seu carro pago com seu dinheiro? Que emprego é esse que paga tão bem a uma pessoa que escreve “pretenção”? Não deve ser grande coisa não. Vê se melhora pra poder pagar o vela shape daqui a 10 anos, rs.

  54. paula20/12/13 • 16h39

    Aff essas gurias novinhas e reclamonas acham que nunca vão chegar aos 30 ou elas acham que vão ser velhas horríveis e se matarão?
    Hoje tenho mais de 30, mas sempre, desde antes dos meus 18, procurava ver o lado bom que ia ter quando eu fosse mais velha. Procurava sempre ver a beleza de cada idade.
    Enfim,, EXCELENTE texto, obrigada pelas dicas, a natureza tira de um lado mas dá de outro! Bjo

  55. Manuella20/12/13 • 16h52

    Cony seu post e os comentários das outras balzacas só me trouxeram mais certeza de que a minha atual realidade mostra exatamente quem sou eu. Aos 31, estou me achando MESSSSMO!! Ando menos tolerante, mais confiante e (reconheço) até um pouco mais arrogante!! Acho que aproveitei bastante os 18, depois os 20 e, às vezes custo a acreditar que eu tinha aquele comportamento infantil que vejo hoje nessas meninas.
    Então… podia escrever um livro aqui, mas termino dizendo que o marido me acha UBER zékzi de macacão. E inclusive no meu casamento no civil eu usei um macacão branco!!!

    Beijossssss

  56. noemia20/12/13 • 16h57

    Affff…que preguiça hein??? Não acompanho nenhum blog, só o seu Conny, tenho 36 anos! Amei os looks! Me dei ao trabalho de ler TODOS os comentários (tarde chuvosa, filhote em casa jogando angry birds)…Balancei com a cabeça como quem diz:isso vai passar, essa revolta vai passar…vcs vão ver!!!E ainda vão continuar LINDAS e arrancando SUSPIROS dos gatinhos (ou lobos) que cruzarem os caminhos de vcs! Bjs!

  57. Jennifer20/12/13 • 16h58

    Amei suas dicas, e mais ainda porque você falou para nós mulheres mais velhas rsrsrs
    Eu sou um pouquinho mais velha to na casa dos 4.0rsrsrs.
    Quanto a zumbi não tem jeito, eu vou certos lugares e fico quase dormindo rsrsrs, faz parte…
    Todo dia eu entro no teu blog simplismente adorooo…
    Beijos pra vc!

  58. Lele20/12/13 • 17h08

    aff! tenho birra de gente ‘dodói’. Mas nem perco tempo elaborando resposta ou “explicando o óbvio”… e sabe por quê? Depois que a gente faz 40 a gente nem se f¨%$# para o que os outros pensam! melhor fase da vida!!!! Fu*k se o mundo! BTW, ótimo post, Cony.

  59. Thatiana20/12/13 • 17h15

    Adorei, amei este post, porque tenho mais que 30… e é tudo verdade o que está escrito, a gente só sabe quando sente na pele… um texto lindo… boa viagem…

  60. Carol20/12/13 • 17h32

    Não me ofendi pelo post (e nem teria pq, já passei um pouco dos 30), concordo com sua visão sobre a elegância e maturidade que as mulheres adquirem após a fase dos vinte e poucos anos. Mas sinceramente (e aí vai a minha opinião pessoal, e não uma ofensa a vc) acho que o fato de vc ficar rebatendo os comentários mostra na verdade uma imaturidade, e não maturidade; assim como a “necessidade” de se autoafirmar a rica que pode comprar todas as roupas de grife que deseja e fazer o que tem vontade pq tem grana para isso. Eu, pessoalmente, me considero elegante, fina, chique etc, posso comprar aquilo que desejo e adoro isso tudo, mas sempre opto por manter a discrição, não vejo pq sair por aí dizendo “olha como eu tô podendo”, acho isso cafona e coisa e de gente imatura que ainda necessita se afirmar para os outros. Mas enfim, volto a frisar, é a minha opinião, e cada um pensa, age e faz o que quer!
    No mais, boas dicas!
    beijos e boa viagem.

    • Constanza21/12/13 • 06h13

      O sangue ferveeee. Nem é imaturidade é saraivisse mesmo rs

    • Josiane21/12/13 • 07h47

      Não dá pra entender! Se a blogueira não responde comentário é esnobe. Se responde está rebatendo???

      • Constanza21/12/13 • 12h27

        Complicado…

  61. Renata20/12/13 • 17h36

    Ser chamada de balzaquiana, ao meu ver, nunca foi elogio, certo? rsrs… Na realidade sinto até vergonha ao ver mulheres que deveriam estar trabalhando e cuidando de suas famílias, mas ao invés disso ficam competindo na balada com meninas que tem idade para serem suas filhas! Assim como também repudio essa mesma atitude nos homens. A vida é tão simples: estudar, trabalhar, casar, ter filhos… A felicidade não está em baladas e sim na família! As pessoas tem sido tão egoístas e orgulhosas, sempre pensando apenas nelas e no prazer próprio que acabam esquecendo que ninguém chega a lugar nenhum sozinho. E se as balzaquianas pensam ser melhores por tudo isso que a Constanza citou, mais uma vez estão erradas. Porque a verdade é que ninguém gosta de se sentir inferior a outra pessoa, nem os homens. E vocês se acham tão poderosas que acabam os afastando e cavando um poço de solidão. Muitas vezes os homens preferem mulheres mais jovens não por beleza, até mesmo porque hoje com os recursos que temos atualmente mal conseguimos diferenciar uma mulher de 25 com uma de 40. O que os fazer preferir as mulheres mais jovens é o sentimento de poder cuidar de alguém, se sentir importante para alguém, ser especial. Enfim, ninguém gosta da companhia de uma pessoa que se acha a melhor do mundo. Vocês sabem que não são tudo isso. Só dizem essas coisas tentando enganar a si próprias, mas no fundo sabem que estão sozinhas. E se realmente querem encontrar alguém para serem felizes, estão procurando no lugar errado. Pois dificilmente se acha alguém decente ou sóbrio em casas noturnas.
    Até mais e Boas Festas! Família é tudo, não se esqueçam!

    • Constanza21/12/13 • 06h14

      E quem nao quer casar ou ter filhos? Já ouviu falar da síndrome da mulher moderna? Eu nunca me imaginei casando muito menos tendo filhos!

      • Camila Souza21/12/13 • 10h03

        “A vida é tão simples: estudar, trabalhar, casar, ter filhos…”
        Que vida quadradinha, hein, amiga!?
        Cony, se esse post já rendeu, imagina se vc escrever sobre mulheres como vc (e eu!) que não se enquadram nesse perfil? E pra explicar pra essa gente que nem todo mundo quer seguir esse padrãozinho? E pra fazer esse povo entender que existe felicidade além do casamento e da maternidade?
        Aff…
        Boa viagem!

        • Constanza21/12/13 • 12h30

          Camila se eu escrever o q acho d casamento e filhos acho q serei apedrejada rs. Nao q seja válido pra todo mundo, mas defendo com unhas e dentes as mulheres q resolvem
          Suas vidas independentes de homem
          E família.

          • Larissa22/12/13 • 09h58

            Oi Cony, não entendo tanto bafafá, a opnião é sua, o blog, como vc disse, é pessoal…nem todo mundo precisa concordar. (ADORO SEU BLOG), Eu tô com 29, uau quase uma balzaquianha…mas na verdade sempre fui muito madura (tá já tive a faze de beber, chorar rsrs e curti d mais tbm), mas fazzzz tempo, sou independente desde os 19 (morar sozinha com estabilidade financeira e tal), casei com 21, casei denovo aos 26 hehe..e estou hj na melhor fase da minha vida, feliz, cuidando mais de mim, viajando (fui pro chile esse ano hehe), mais antenada, sempre gostei da minha independência, mesmo estando casada (dá pra entender?rs). Essa estória de padrão é para a gnt adaptar aos nóssos interesses….dá pra ser “independente” e casada? dá! dá pra ser feliz solteira? dá!!!

            ps.: eu acho lindo macacão, to tentando bancar um, mas fico insegura (o marido tá pedindo pra usar, acredita? ele tem bom gosto), quem sabe ano q vem consigo bancar um kkkkkkkkkkkkk (vou comprar um no ali pra testar hehehe), já me sinto sua amiga acredita? rsrsr

          • Scheyla22/12/13 • 14h58

            hummm eu acho que se vc fizesse um post sobre suas ideias de casamento e filhos pelo menos aqui onde moro metade das mulheres te apedrejariam mesmo ahahaha. Aqui a maioria com 20 anos já tá casada, uns 2 filhos e mais o terceiro meio que encaminhado… e quem chega aos 30 solteira é vista como perdedora pela maioria do pessoal… pena.. bom, eu tenho 30, ainda não casei, filhos não penso em ter (já tenho os meus de 4 patas!)ainda bem que tem mais gente que pensa como eu! Não me sinto um et! kkkkk

          • Constanza22/12/13 • 23h10

            Será q faço heim? A polêmica seria enooooorme!

      • Juliana de Paula22/12/13 • 02h50

        Eu até os 27 anos queria ter filhos (já sou casada). E agora depois dos 30 anos não pretendo ter. Sinto também que o meu marido não está muito chegado a esta ideia… heheheh
        Me sentia muito mal só de pensar em não ter filhos, hoje estou bem mais tranquila!

    • Josiane21/12/13 • 07h56

      E quem disse que balzaca que estudou muito (e ainda estuda), que trabalha muito, que é casada e tem filhos não pode ir pra balada? Balada com marido (ou namorado) e amigos é muito bom, porque você se preocupa apenas em se divertir! A vida não acaba quando se casa e tem filhos não! Aos 20 e poucos eu pensava como essa leitora… até que um dia conheci meu marido em um pub e estamos juntos até hoje (9 anos juntos, há 3 casados). A vida não tem regras, tá? E dá muitas voltas!!!

      • Constanza21/12/13 • 12h28

        Muitas meninas de 20 acham q as de 30 Sao velhas e donas de casa… Acho q é por isso a revolta…

      • Juliana de Paula22/12/13 • 02h52

        Concordo contigo Josiane!
        Adoro sair com o meu marido e amigos (somos casados a 8 anos) e a ideia de não ter que se preocupar em catar alguém é ótima.
        Saímos e nos divertimos. E sexo é garantido! hehehehe

    • Karina21/12/13 • 10h51

      Tbm acho que família é tudo, sou casada e quero ter filhos, mas esse comentário foi direto de 1950, hein?

      • Constanza21/12/13 • 12h32

        Kkkkkkk

      • Renata22/12/13 • 02h04

        eu sou casada, já tenho 1 filha e penso em mais um…e mesmo assim tb achei achei esse comentário do século retrasado, kkkkkkk

    • Marina21/12/13 • 22h07

      Meu Deus! Impressionante ler uma coisa dessas hoje em dia! A Renata deve ser seguidora do Feliciano! Então qualquer mulher que não é casada e tem filhos até os 30 é infeliz e está “enganando a si própria” haha
      Cony adorei o texto, tenho 26 e não achei absolutamente nada ofensivo. Acho que quem achou pode ter problemas de auto-estima ou mesmo de interpretação de texto. beijos

    • Lele22/12/13 • 13h10

      Nossa Renata, por acaso seu segundo nome é Lorraine Baines McFly? Esse seu post saiu dos anos 1950, PQP! kkkkk

    • Mauren27/12/13 • 23h08

      Gente!!! Li esse comentário e automaticamente me senti trajando um vestido de armação, com uma peruca na cabeça e tomando chá no meu castelo. Misericórdia viu! Primeiro de tudo: você realmente se coloca em uma posição de definir o que é certo para as pessoas? Se você acha isso certo, guarda pra você, cada um sabe o que quer da sua vida! Você não está em posição de dizer que as tuas escolhas são as certas e melhores que a de alguém.
      Em segundíssimo e mais importante lugar: o cara que troca uma de 30 pra uma de 20 é aquele que curte mais a aparência mesmo. Que ingenuidade a sua! Pensar que eles escolhem não porque são mais bonitas, mas sim porque querem protegerzzzzZ. Se você fala com toda a propriedade do mundo e sabe de tudo, deveria saber como o ego masculino é extremamente frágil. Ele prefere uma “novinha” do que uma mulher que o ameace e o torne inferior e/ou o intimide. Não se iluda, de verdade. E por favor, guarde sua opinião limitada pra si. Eu que tenho míseros dezoito anos me senti profundamente desapontada com seu comentário.

      • Constanza27/12/13 • 23h25

        Clap clap clap! Parabens pela maturidade!

  62. cristiana20/12/13 • 17h58

    Eu, do alto dos meus 33, adorei o post!! Importantíssimo lembrar das leitoras com 30+. Bjosss.

  63. Suzana20/12/13 • 18h04

    Cony,
    adorei o post(looks maravilhosos), apesar de ter 23 anos não me senti ofendida porque não me encaixo no perfil(deselegante rs) que você descreveu, mas devo dizer que as qualidades descritas para as que já “trintaram” é quase que uma exceção. É só olhar pros lados que tem muita mulher mal resolvida, sem postura, que vive na sombra de um casamento que ainda não conquistou, fingindo não se importar com o relógio biológico, mas todo mundo sabe que o enxoval está embaixo da cama. Então… parabéns pra você que é bem resolvida, e vou mandar esse seu texto pra umas amigas de 30(e lá vai)pra elas ficarem mais motivadas. Pras de 20 revoltadas, eu concordo com a Thaís… vamos aproveitar cada fase que nos é permitida, logo estaremos comprando “creminhos” anti idade tbm!!!=D

  64. Bruna20/12/13 • 18h09

    A questão não é se doer quando se está, ou não, nos 30. Eu tenho 22 anos e sou um exemplo de que não precisa de ter 30 anos para ser bem resolvida (quem sabe quando eu tiver meus 30 serei mais). Já sou formada, sou advogada, exerço minha profissão, ganho meu dinheiro, tenho carro próprio, tenho minha opinião formada, ando bem vestida, não sou uma mulher vulgar, e sempre tive consciência das minhas vestimentas, e apostem, nada conseguindo de mão beijada, foi tudo com meu esforço e ajuda de Deus é claro. Meu marido é lindo e trocou uma de 30 por eu de 22. Tenho as mesmas responsabilidades de uma mulher de 30, cuido de casa, tenho uma filha linda, cuido do meu marido, meu trabalho, enfim. Aprendi q tem coisas que temos que guardar pra nós mesmas (ou não, quando quer causar alguma polemica), independente do seu público alvo ser mais de 30. Não estou nenhum pouco ofendida e tenho certeza de quando terei 30 estarei bem melhor do que hj.
    bjos

    • Izabela22/12/13 • 05h47

      Ce tá ligada no q vai acontecer qdo fizer 30 neh?

      • Mimi22/12/13 • 22h31

        As pessoas costumam falar como se as coisas fossem imutáveis, não?

  65. Juli20/12/13 • 18h13

    Sou casada e não vou a baladas. Mas adorei o texto! Super divertido e entende bem quem tem mais de 30. As dicas servem para festas, trabalho em geral.

  66. Juliana20/12/13 • 18h21

    Cony, adorei seu post, faço das suas palavras as minhas! Fiz 30 este ano e estou na melhor fase! Passei há 2 anos no concurso público, amo o cargo pelo qual tanto batalhei. Tenho independência financeira, compro o que gosto, viajo, tenho minha casa e junto com meu marido vou conquistando várias coisas.Maturidade é tudo! Essa fase é bem melhor que os 20! Ahh, comecei a ler seu blog com uns 25, 26 anos..já gostava naquela época, imagine agora! Você está numa outra fase, não!? Estou acompanhando e curtindo junto, acredita!? Seu blog é imbatível! Ando babando com seus looks no Instagram! Chic e madura! Parabéns!!

  67. Josiane20/12/13 • 18h33

    Cony

    Quando eu tinha vinte e poucos ouvi a irmã de uma amiga dizendo que os 30 era a melhor fase da vida e eu pensava “mas como?”… Hoje aos 32 concordo que ser balzaqueana é muito bom!
    Adorei o post e pra variar me identifiquei demais com você! Eu também me sinto muito mal arrumada se saio à noite de sapatilha! Em setembro quebrei o dedo do pé: 2 meses sem salto e com o pe imobilizado. Só podia usar sapatilha de bico redondo… como sofri!!! Homem nenhum entende o poder de um salto alto!
    O blog está cada vez melhor, hein? Que isso!!! E como é bom saber que tem muitas balzacas por aqui!
    Beijos

  68. Ana20/12/13 • 19h04

    O post é válido para todas as idade!
    Além do texto sempre bem escrito, as dicas são pertinentes e aproveitáveis.
    Tenho quase 40 e, portanto, não me encaixo em nenhum dos dois grupos…..não esculhambou ninguém,não favoreceu ninguém apenas deu sugestões que vcs podem ou não usar.
    E, sim, os 30 são a libertação! Independência, maturidade, confiança, poder de escolha….tudo aparece por aí.
    Bj,
    Ana

  69. Mariana20/12/13 • 19h10

    Destoando geral: Tenho 25 e preferia muito mais meus 15 :/.. No mais, amei as roupas e entendi os dois lados: cada um defende o que lhe convém. Beijos e boa viagem!

  70. Fernanda Fernandes20/12/13 • 19h18

    Tenho 20 e não me senti ofendida neim um pouco… É assim mesmo, muitas “meninas” de 20 por terem 20 acabam se piriguetiando mais pq acha que passou dos 30 não pode mais ousaaaaaaaaaaaaar… Nunca fui fã de barriga de fora, peito de fora e bochecha da bunda de fora, mas já me piriguetiei por ter meus 20, hehehehe… Mas é assim mesmo é tudo fase. E por experiência propria, uma mulher BEM vestida consegue mais olhares masculinos(ou femininos) que uma mulher embalada a vácuo!

  71. Camila Spina20/12/13 • 19h22

    Poxa, sei que vcs vão ficar bravas, mas apesar de tb ser balzaca, discordo da maioria !!Meus 20 foram muuuuuito bons. O auge das raves.Muitas festinhas demais de interessantes e agora já nem tenho com quem sair já que a maioria das minhas amigas ou estão grávidas ou desesperadas para ter filhos, ou com filhos pequenos. Os assuntos são sempre os mesmos e não tem nem comparação com aqueles anos maravilhosos… ainda bem que vivi intensamente! beijo para todas!

    • Karina21/12/13 • 10h54

      Vc parou no tempo e não evoluiu. Pra essas a passagem do tempo é dura mesmo.

      • Camila Spina21/12/13 • 21h31

        E o que é “evoluir”pra vc? Naum me venha com papo chato de maternidade…(provavelmente vc se doeu por isso…).Na minha opinião , conservar o brilho dos 20 é a melhor maneira de envelhecer bem.Muito chato mesmo esse instinto que mulher de 30 tem de ficar desesperada para casar e ter filhos.Como se isso resolvesse o vazio interior….
        As de 20 se divertem mais porque tem mais oportunidade , mas isso não significa que vc não possa criar pra si uma vida mais leve aos 30. Foi o que fiz, mas que sinto saudade, sinto!

  72. Lola20/12/13 • 19h47

    Oooooh Cony!!! Eu tenho 23, mas nem por isso ajo/me visto/penso como uma mulher de 20 não!!!! Essas roupas são muitoooo mais a minha cara do que as das de 20!! Seríssimo! Nunca fui menina bobinha, sempre fui muito mais velha na cabeça do que na data de nascimento 😀

  73. Thais20/12/13 • 19h54

    As pessoas que estão reclamando leram o texto?? Até li de novo pra ter certeza se tinha perdido algum pedaço…

  74. Roberta20/12/13 • 20h15

    Não curti muito o post… E olha que falta só 1 aninho pra eu completar 30. Acho que isso é muito mais do estilo e cabeça da pessoa do que da idade. Mas enfim… foi só um post que não curti em meio a mil que amo! hahaha Beijos, Cony! 🙂

  75. Mariana Bevilacqua20/12/13 • 20h23

    Amei Cony!
    Tenho quase 32 e concordo com tudo! Amei as dicas, sou casada há 8 anos, tenho 2 filhos, então estou meio por fora de roupas de balada! Mas vira e mexe tem um aniversário de amigo, confraternização ou qualquer coisa do tipo, em baladas, pubs etc, e fico perdida em relação ao que vestir! Normalmente apostava em saia em saia curta (decente claro) + camisa, mas também enjoei…

  76. Carol Frare20/12/13 • 20h59

    Cony, vc é demais!!!!! Fui numa baladinha essa semana sem o namorado (depois de uns 4 anos sem fazer isso) e vi o quanto é diferente meu agora pro meu antes. Estou com 33 e foi incrível como chamei mais atenção dos meninos do que amigas de 20 e poucos. E eu não tava de piriguetinha nem nada, acho que a atitude, a confiança, o ar da gente fica diferente. Enfim, adorei! Estou toda me achando, hahahahahhaha! Mas, enfim, os 30 estão sendo melhores que os 20 em todos os sentidos, desde badalar até ficar em casa lendo (leio muito mais) e assistindo tv (enfim tenho paciência pra clássicos que antes não conseguia entender).
    Beijo, Cony.

  77. Juliana20/12/13 • 21h05

    Exatamente Cony! Somos melhores com 30 do que aos 20 anos. Nossa como eu era imatura! Mas vem cá, quando fiz 30 anos me bateu uma dúvida do que fazer da vida!! Mesmo tendo um emprego estável, bem profissionalmente e amorosamente. Será que aconteceu só comigo? Parecia adolescente prestes a escolher o que fazer no vestibular. Hehehehe
    Bjs!

  78. Isabela20/12/13 • 21h10

    Constanza, de onde é a blusa do look da calça de couro. Achei divina!
    Bjos

  79. ana luisa20/12/13 • 21h35

    Rendeu tanto pano pra manga, que por acaso achei um texto divertido (e masculino) sobre os trintões 🙂

    http://www.buzzfeed.com/justinabarca/blindsiding-lessons-you-learn-in-your-thirties?

  80. Maria Carolina20/12/13 • 21h40

    Gente chata! Que bobagem! Foi apenas um post direcionado, não houve ofensa… Tenho 30 anos e concordo com vc em parte, Cony! Acredito que atualmente levo uma feliz bem mais tranquila, já que tenho um emprego estável, um bom salário, casa, marido, essas coisas. O melhor de tudo é a liberdade de fazer o que quer. Pego minha mala e viajo pelo mundo sem ter que dar explicação para pai, mãe, papagaio e cachorro. Pelo menos pra mim, os 30 me trouxeram uma vontade louca de viver intensamente, só fazer o que me dá prazer. A parte ruim acredito que seja a aparência. Não estou acabada, mas estou 5kg mais gorda (eu era muiiito magra aos 20 anos), meu cabelo perdeu muio vigor, não tem o mesmo brilho e o metabolismo desacelerou mesmo. Mas aí entra a esperteza: ficar bonita com outros recursos que não só a mãe natureza… rs

  81. Fernanda20/12/13 • 21h52

    Oi Cony, sou uma de suas seguidoras ocultas kkkk mas dessa vez não deu pra não comentar….SENSACIONAL seu post! Um dos melhores do ano (retrospectiva feelings). Captou e expressou exatamente o sentimento de uma MULHER de 30!!! Parabéns.

  82. celia20/12/13 • 22h00

    Como eu precisava de um post assim, acho que fui eu a leitora quem pediu né Cony, querida você, amei os looks, só não gostei das ofensas que você recebeu por expressar sua opinião, mas mesmo assim valeu, pois você sempre se sai muito bem dessas provocações, isso prova que tem maturidade. E quem fica de mimimi sabemos que é falta de maturidade, um dia entenderão… obrigada Cony, bjo e tenha uma linda viagem!!

  83. Lívia20/12/13 • 22h25

    Ai gente, eh só um post! Eu me ofendo quando alguém fala desagradável a meu respeito, diretamente pra mim! Não um blog que a pessoa escreve de forma generalizada pra ressaltar um ponto de vista. Agora o que, os posts de onça rica e pobre vão ter que vir com um “ps: pessoas que vestem onça pobre não fiquem tristes, não quero ofender vocês”
    Afff povo se estressa com tudo! Vamos levar a vida mais na boa…

    Ps: tenho 24 mas acho que me visto igual uma de 30….kkkkk

  84. Anita20/12/13 • 22h46

    Tenho 21 e concordo com você. Acho que os 30 tem um charme a mais. Justamente pelos fatores que você falou, exceto pela maturidade. Porque, sinceramente, tem gente por ai que é e pra sempre será uma adolescente. No mais, gosto dos seus pops sobre cultura pop/ comportamento. Acho que você leva muito jeito pra isso. Um beijo!

  85. Michelle20/12/13 • 22h54

    Cony, juro que depois de ler os comentários voltei ao texto pra ver se havia “perdido” a parte ofensiva. Não achei! hehe
    Quanta gente que gosta de polemizar com pouco. O post está ótimo!
    Fiz trinta este ano (:( apesar da cara de 18)e concordo com TUDO!

  86. Ana Carolina20/12/13 • 23h38

    Hahaha.. os comentários só mostraram que imaturidade não tem nada a ver com idade. Francamente, mulheres de 20 e 30 anos discutindo qual a melhor fase? Vamos viver! Ao invés de ficar perdendo tempo com disputas idiotas.

    • Michellez21/12/13 • 10h24

      To me divertindo com os comentários! realmente mulher gosta mesmo é de uma competição rs!

  87. Júlia21/12/13 • 00h10

    Cony arrasando sempre! Que post maravilhoso! Um dia essas mocinhas vão ter nossa idade e vão ver que o tempo melhora muita coisa. Quem me conheceu aos vinte anos diz que hoje sou outra pessoa, mais bonita, segura e interessante. Claro que as meninas de vinte tem seus encantos, mas certamente estes serão refinados com o passar do tempo. Esperem e verão!

    Ameeeeei o post!

  88. Priscila21/12/13 • 00h32

    Adorei esse post, nem tanto pelas roupas, mas pelo pensamento quanto às mulheres de 30 anos. E eu lembro perfeitamente que, quando eu tinha uns 20 anos eu li na Revista Nova um texto escrito por um homem ressaltando a beleza das mulheres de 30. Não fiquei com ódio, mas sim, desejando ser aquela mulher segura que ele descrevia tão bem e de maneira apaixonante. E eu sempre convivi com pessoas mais velhas, logo era a caçula da turma, e muitas vezes notava a minha diferença em várias coisas – natural para idade. Hoje no meu trabalho coordeno uma equipe com meninas mais novas que eu – entre 18 a 25 anos – e me divirto com as conversas, músicas, preocupações… E ainda mais quando começam a falar algo seguras de si, convictas em suas verdades e experiências de vida, uma criticando a outra e no fundo só tenho vontade de dizer: vai passar, futuramente vocês entenderão tudo isso e adaptarão essa verdade de vocês…

    Bjs

  89. Priscila21/12/13 • 00h36

    E sim, concordo plenamente que muitas roupas só combinam com a atitude mais amadurecida que a pessoa tem, mas me lembrei também de uma menina super nova que, pelo menos tem uma postura segura (não sei como ela é “de verdade”rs): Marina Ruy Barbosa. Segura de si e com apenas 18 anos. O que prova que nem toda menina de 18, 20 anos não “seguram” um macacão como muitas disseram.

    • Karina21/12/13 • 10h57

      Marina Ruy Barbosa segura de si? Repense. Veja o escândalo que ela deu por causa do cabelo.
      E outra, mesmo se fosse, a realidade dela é outra, ela é celebridade. É fácil se sentir segura tendo fama, dinheiro, fãs e glamour. Estamos falando de pessoas comuns aqui.

      • Lele22/12/13 • 12h57

        Karina disse tudo!

      • Priscila22/12/13 • 18h03

        Karina

        Repensei e continuo achando a Marina Ruy Barbosa segura de si sim, afinal não é qualquer uma que segura um look como aos que ela usa. Quanto à polêmica do cabelo, me colocando no lugar dela, eu também não teria raspado a cabeça a troco de uma novela que vem recebendo tantas críticas, assunto esse que também não vem ao caso aqui, já que o tema discutido no post é look de balada para quem está acima dos 30 anos, a Cony que destacou tão bem essa fase da vida.

        Bjs

  90. fran21/12/13 • 00h43

    mas manda cata uns coquinhos! Essa menina não deve saber nada da vida,nada de português e se ofendeu pq é uma piriguetona hehehe,pra ela sair mostrando a bunda é fantástico.
    Cony tu mora no meu coração. e Boas Festas.

  91. Maria Clara Neves21/12/13 • 00h57

    Cony, admiro vc, vc realmente deve ser uma balzaquiana incrível.
    Mas nesse post, infelizmente, acho que você se contradiz quando em uma das respostas você diz que não estava querendo generalizar. “Mulheres com mais de trinta anos são MUITO mais interessantes que as de 20, acreditem.” Jura? Ser interessante agora tem necessariamente a ver com ter mais de 30? Com idade? Nem sempre. Generalizou, Cony 🙂
    “Meninas novinhas não seguram um belo macacão preto. Não mesmo. Já nós…” Tem trintona que não segura, tem novinha que segura. Generalizou de novo, Cony 🙂
    Enfim, são toques de quem gosta dos seus posts, mas se sente a vontade pra discordar. Quero só te mostrar porque algumas leitoras podem não ter gostado de algumas partes do post. E com razão. Atitude, valor, poder de uma mulher pode ter sim a ver com a idade, mas não, de forma alguma, necessariamente tem a ver.

    • Valéria Bezerra22/12/13 • 02h57

      Brilhante colocação! Ah e também já passei dos 30. Mas sem neuras. Cada idade tem as suas vantagens e desvantagens.

    • Roberta22/12/13 • 11h26

      Concordo TOTALMENTE!!! E não to defendendo as novinhas pq sou uma, ano que vem faço 30 tb!

  92. Gabriela21/12/13 • 01h03

    Do jeito que são as coisas hoje, com um monte de adulto (homens e mulheres) vivendo como adolescentes, na asa dos pais, para ter a sensação de chegar aos 30 talvez demore um pouco mais do que a mera idade…

    • Constanza21/12/13 • 07h20

      Bem observado…

  93. Mari21/12/13 • 01h37

    Adorei as roupas!

    O aprimoramento do estilo acontece aos poucos… o que gosto da passagem dos anos é o autoconhecimento.

    As experiências dos 20 nos tornam o que somos aos 30, né?!

    Beijos Cony

  94. Flavia Regina21/12/13 • 03h16

    Nossa tive tanto medo dos 30… E hj vejo o quanto cresci… Sou com certeza muito melhor hoje… Mais mulher, mais feminina, mais segura, mais atraente. .. Enfum coisas que antes me incomodavam já não incomoda mais…Os 30 são d+… bjos…

  95. KAMILA21/12/13 • 08h42

    Gente!!!Que drama!!rsrsrs acho q os comentários me divertiram tanto quanto o post!!! o post foi ótimo e lindo, apesar de ter 29 ainda me sinto nos 20 e poucos…me visto de maneira um pouco “infantilóide”…mas vou aprendendo!!e amadurecendo! bju

  96. Carla Viana21/12/13 • 10h43

    Ainda estou na casa dos 20, mais super me identifico com o estilo das balzaquinhas, mais classe. Muito mais bonito. Amo a sua forma de escrever, Cony, vc deve ser super “doida”. kkk

  97. Aline Fernandes21/12/13 • 11h11

    Cony, amei seu post, dicas maravilhosas como sempre. Tenho 23 anos e não seguro um macacão, já tentei mais de uma vez rs
    Não sou louca pelos trinta pois agora estou construindo as bases(de carreira, etc) para me estabelecer nele do jeitinho que você descreveu, com independência e todas as maravilhas que a sucedem, por isso vou amando cada fase da minha vida e aproveitando o máximo para tirar o conhecimento necessário para meu futuro e tomar decisões acertadas no meu presente, o que é dificílimo, pois ainda sou imatura em diversos aspectos. Mas tentar fazer o melhor é o que vale (:
    Uma coisa que me chocou – minto, não chocou, pois se torna cada vez mais comum- como as pessoas se ofendem com cada besteirinha hahaha
    Parece que fazer um texto, um poema, uma resenha enfatizando características positivas de alguma idade em contraposição a outra é ofensa. Credo gente, todas as fazes da vida tem suas características e dizer em voz alta isso não é nenhum pecado, pelo contrário, é exercer o direito de se expressar. Discordar é normal, mas ficar de mimimi de “eike ofensivo” é a mais pura prova de imaturidade.

  98. Ana Paula21/12/13 • 11h35

    Cony, amei o post e não entendo pq tanta polémica, cada fase deve ser curtida e tem sua beleza. Eu tenho 39 e me assusto qdo penso q estou prestes a chegar aos 40 pq qdo me olho no espelho me sinto nova de verdade. Hoje em dia as pessoas se cuidam mais e qdo a gente vê o tempo passar começa a se cuidar ainda mais. Na rua muitas vezes não dá p falar quem está perto dos 20, 30 ou 40. Acho legal que o teu blog valorize este público . Quem ler com atenção vai perceber q não houve intenção de ofender, pelo menos eu não senti desta forma. Muitos blogs trazem looks que ficariam bem só em pessoas mais novas, mas o teu blog é super eclético por isso adoro. Beijos

  99. Fabiana LG21/12/13 • 11h57

    Parabéns Constanza!!

    Faz um tempo que eu estava querendo te dizer isso.
    Eu sou leitora antiga, desde 2009 (quando você fez seu primeiro post para as balzacas sobre a antiga revista Capricho). Na época eu estava perto dos 30 e foi justamente por este fato que me identifiquei com seu blog.
    Há cerca de 1 ano atrás, eu te escrevi um e-mail sobre seu blog, de como estava mudado o estilo das suas postagens. Bom, você nunca respondeu meu e-mail, na verdade eu nem estava esperando resposta, mas sim uma mudanca. E a mudanca veio!! Aliás, já faz tempo que o seu blog voltou a ter cara de antes. Confesso que fiquei com medo quando você entrou para o F-Hits, mas já passou… Que bom que o Fufu continua o mesmo! Mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho!!!

    Sobre o post… Os 20 tem suas vantagens: a pele é ótima e o metabolismo funciona que é uma beleza. Tem a faculdade, festas e mais festas, o início da vida adulta… Mas aos 30 a mulher atinge uma maturidade e uma seguranca, que só sao possíveis com o passar dos anos. E na maioria dos casos, a independência financeira, o casamento e a maternidade vem na proximidade dos 30. É uma fase muito marcante e especial da vida. Me sinto ótima no alto dos meus quase 33, casada, trabalhando na minha área e com uma baby super fofucha me esperando em casa.
    Acho que o legal é saber aproveitar o lado bom de cada fase da vida. E que venham os 40!

  100. Karla21/12/13 • 12h02

    Acho que o único problema do post, que também se refletiu em vários comentários foram esses rótulos batidos. De verdade, ter 20 ou 30 anos por si só não quer dizer nada. Algumas pessoas que começaram a vida profissional por volta dos vinte e poucos hoje estão bem financeiramente e independentes e isso sim te dá possibilidades de fazer suas próprias ecolhas, viajar, se aculturar. Isso não tem a ver com idade e sim com as experiências que você teve ou não. Acho que esses rótulos que tentam uniformizar as pessoas só trazem infelicidade, e se você chegar aos trinta e não tiver nada disso? vai estar por fora? Acho muito ingenuidade achar que o simples decorrer do tempo torna alguém melhor ou mais interessante. Enfim, pra quem se sente bem pensando assim, seja feliz. Antes q me julguem de vintona, deixo claro q já tô quase nos trinta e muito bem resolvida obrigada.

  101. Simone21/12/13 • 13h19

    Quase 40 e com certeza , muito melhor!!!

  102. Pollana21/12/13 • 13h24

    Nossa, Cony! Que post polêmico! Eu tenho 22 anos, sou independente, formada, tenho meu emprego, meu dinheiro, me cuido, me valorizo, enfim. Só acho que não é certo dizer que uma mulher é menos ou mais interessante por causa da idade que tem, porque a idade mental é muito mais importante e, além disso, não posso olhar uma mulher de trinta e me sentir inferior a ela só porque sou mais nova, acho que temos que valorizar a idade e a fase que estamos vivendo e nos sentir poderosas e lindas. A auto estima de uma mulher é o que mais importa. A fase em que estamos é sempre a melhor.
    As dicas, como sempre, estão ótimas, Cony. Um beijo

  103. Júlia21/12/13 • 15h04

    AMEI o post e me diverti com os comentários!!! Vc, como sempre, arrasa!!!

  104. Vanessa21/12/13 • 17h29

    Eu nem me doí, não, acho que sempre que envelhecemos, olhamos para trás e pensamos como éramos mais bobas, mais imaturas, mais vulneráveis, carentes, etc. Isso serve até pra quem tem 20 e olha pra quando tinha 15, e quando você chegar aos 50, vai dizer que é muito melhor do que 30.

    Mas, acho que, de fato, essa sua percepção tem muito a ver com a realidade em que você vive, e a sua história de vida. Você chegou no auge justamente com 30! =) (E tá visivelmente poderosa, Cony!).
    Eu tenho 21 anos e me formo em Direito ano que vem. MUITAS amigas, com seus 25 anos, já formaram e já estão trabalhando em excelentes empregos, independentes financeiramente, maduras, e tudo mais.
    Enquanto isso, também já vi mulheres de 30 que são carentes, vivem com os pais, etc.
    Resumindo, respeito sua opinião, mas não vejo essa realidade. Não acho que as 30s que eu conheço assim são exceção, e tampouco as 20s que eu conheço.
    Acho que a verdade é que NÃO existe regra, haha, e tudo depende de criação, história de vida e realidade em que vive ;). Afinal de contas, maturidade, infelizmente, NÃO VEM necessariamente com o passar dos anos e sim com o que acontece em cada um.

    Esse negócio que você citou nos comentários, de beber, vomitar, ir pra motel bêbada, pegar carona com estranhos, etc, não é coisa de “menina de 20s” é coisa de mulher imatura, sem cabeça, influenciável e fraca, apenas. NUNCA fiz isso na vida e a MAIORIA das minhas amigas também não.

    Espero que você tenha entendido o que quis dizer.
    Mas não achei ofensivo o seu post, e opinião é algo bem pessoal.
    Só quis expor, mais do que a minha opinião, o que eu considero mais aplicável ^^

    Boa viagem, Cony! =*

  105. Alessandra Faria21/12/13 • 19h45

    Olá, Cony! Amei todos os looks e me identifiquei demais com o macacão e o da calça de couro, minha cara! rsrs que periguetosa: periguete idosa.
    Fique me lembrando quando descobri seu blog, olá no comecinho e vc chamava as com mais de 30 de tias: ficava muito irada. Mas, adorava o blog, continuei seguindo. rsrs Chegou lá, né? Virou balzaquiana. kkkk
    Eu estou valendo por 2 de 22. kkkk
    Mas, confesso que estou muuuuuito melhor agora. A única coisa que não tenho mais e gostaria de ter como antes são: tempo e sossego, o resto está muito melho.
    Bjos, boa viagem e nos deixe a par de tudo (fotos dos lindos lugares japoneses que visitar)

    • Constanza21/12/13 • 20h38

      Ale, nunca chamei as c mais de 30 de tias mesmo pq qdo comecei o blog, há 4 anos, já tinha entrado nos 30 rsrsrs

  106. Raquel21/12/13 • 20h27

    Tenho 24 anos, sou independente, trabalho, tenho meu próprio dinheiro e meu próprio carro, até tenho assunto pq preciso e muito por causa da minha profissão, Tenho duas graduações, só compro roupas e sapatos bons e de marca pq sou chata demaaaais pra isso… Não sou obrigada a ficar num lugar q não gosto (tenho personalidade forte) e acredite… Não sou de balada e se eu for, no máximo um barzinho e ainda assim fico acabada uns dois dias. Não to dizendo isso pq me doí pelo o que vc disse, muito pelo contrário quero chegar nos 30 pra ver no q vai dar rs e vi até q muitas moças de 20 se doeu. Tô dizendo isso pq não gosto de generalizar tem muitas mulheres de 30 que são uó (sim eu conheço gente assim) que não tem assunto, são relaxadas, inseguras… E tem muitas de 20 que dão de 10 a 0 numas de 30. Tenho uma amiga de 30 que se diverte bem mais q eu e vai pra balada todo fds. Acho que isso vai muito da maturidade de cada pessoa e do ‘status’, depende se a pessoa soube (ou sabe) ou não aproveitar bem a idade, enfim, Gostei do seu post e acredite me identifiquei com todos os looks acima. Então, pra resumir, tem muitas de 30 q fazem o papel das de 20, e muitas de 20 q fazem o papel das de 30. Parabéns pelo blog sempre entro pra ver as novidades.
    Bjus

  107. Vivi21/12/13 • 21h16

    Cony, tenho menos de 20, devo ser sua leitora mais nova! rsss Como nada disso faz parte do meu mundo (e ainda falta um pouquinho – poucão – pra começar a fazer :P), só aproveito as dicas. A chave é não generalizar… Só espero que eu seja muito feliz com 20, 30, 40… O importante é aprender com a idade que temos no momento!

  108. Soraya21/12/13 • 22h41

    Cony, post MARA! Cheguei aos 40 esse ano, tô curtindo DEMAIS essa fase e te digo que, se você tem uma boa educação e cultura, a coisa só vai melhorando. TUDO que você foi fazendo na vida (viagens, leitura, cuidados, amigos, atividade física, alimentação, por aí vai…) vai se refletindo de maneira AVASSALADORA depois dos 30. Mantenho o mesmo peso há quase 20 anos, mas falo mais línguas e me acho alguém mais interessante agora. Ou seja, já foi mais fácil tirar uma manchinha ou perder peso, mas é tão mais simples HOJE entender o que é realmente importante e ser mais feliz…
    Sou ativa fisicamente desde os 15 anos, não tenho problemas nesse quesito, mas fico feliz de poder usar as produções que você sugeriu lindamente e com muita segurança. Não uso saltos, mas como balada é algo raro na minha vida (marido nem gosta), só vou me divertir “cazamiga” tudo, então dá pra usar de vez em quando. Lindos looks!

  109. Sinthya22/12/13 • 00h30

    Achei o post interessante pelo título, mas levei um pouco de susto quando li o texto. Sim, eu tenho 22 anos, tenho meu emprego, meu carro, minhas dilmas que são bem gastas com moda( boa parte delas dicas vindas por você), saúde, diversão enfim.. E não, NÃO sou sustentada pelo meu pai que no auge dos seus 57 anos ainda trabalha e MUITO. Eu sei que meu comentário vai ser o 174 e você já deve ter rido demais por aqui, mas veja bem, sim você está certa. A mulher de 30 é mais segura e bem sucedida em todos os pontos, todas as meninas que criticaram por não ter 30 certo que se vêem aos 30 desta forma que você colocou. Mas cabe mesmo generalizar? Ou então diminuir tanto? Acho que não.. Não adianta dizer que só disse a verdade, e seu eu rebater que tantas críticas assim é só uma auto afirmação pra não ficar tão pra baixo com os fios de cabelo branco, as rugas, o bigode chinês mais aparente.. Enfim, acho que esteriótipo de idade é tão antigo como as pirâmides, num mundo tão moderno onde a mesma informação que chega pra mim, chega pra você ! Enalteça sua MATURIDADE, INTELIGÊNCIA E SABEDORIA certo que dentro dessas qualidades menosprezar alguém pela idade está fora. O post está lindo, moderno para mulheres modernas e MADURAS. Todas somos boas os suficientes dentro do que realmente somos 😉

  110. Manoela22/12/13 • 02h40

    Cony, quando comecei lendo o post, torci o nariz, rs. Mas, ao parar para pensar e entendi sim o que você quis transmitir. Às vezes fico pensando preocupada que estou chegando aos meus 30, como se isso significasse alguma coisa ruim. Mas na verdade não é. Fico pensando nas minhas atitudes de 5 anos atrás e me dizendo “Ah, se eu soubesse antes o que eu sei agora”. Imagina só nos 30? O tanto de experiência que terei? O quanto aprenderei a ser uma pessoa muito mais bem resolvida ?

    Eu já te disse e sinto a necessidade de repetir (imagino quantas leitoras você tem para decorar a história de vida de cada um): eu nasci diferente. E por esse detalhe Cony, eu precisei amadurecer muito cedo e rápido. Eu lembro que com meus 15 anos eu me escondia do mundo com minhas roupas, nunca soltava meu cabelo (já que tenho uma cicatriz gigante da nuca até o fim das costas) e não tinha relacionamentos. Hoje com 22 eu aprendo diariamente a me aceitar. A entender que nos meus 30 (e essa é uma visão que tenho desde pequena mesmo) eu serei tão confiante que se pudesse andaria com as costas toda nua por aí, rs. Sim, eu entendi a sua visão. E anseio muito por essa fase !!

    Faço só questão de repetir o quanto você me ajudou. Comecei a ler você há uns dois anos e isso foi fundamental na minha transformação. Cony, você realmente mudou a minha vida. Sem exageros. Você me ensinou muita coisa e espero que continue por muuuito tempo porque ainda tenho muito o que aprender.

    Te desejo adiantado um Feliz Natal viu? Que você se sinta plena de tanta felicidade ! Que Deus te abençoe sempre. Bjão.

  111. Carol22/12/13 • 09h13

    Tenho 20 e adorei o post!!! Looks lindos!

  112. Bia22/12/13 • 10h01

    Cony, sou tão apaixonada pelo seu blog que assim que um novo post sai eu ja corro pra ler, só que depois de um ou dois dias volto ao post só pra ver os comentários (gosto muito de tentar entender o que as pessoas pensam). Tenho 21 anos e fiquei impressionada com a quantidade de mulheres na casa dos 20 que são imaturas a ponto de achar que você esta ofendendo alguém! Seu post só me fez ficar com vontade de experimentar os 30…
    Enfim, amo o jeito como escreve!!! Indico o blog pra todas as minhas amigas!
    bjus

    • Constanza22/12/13 • 12h20

      Eu morro de rir kkkkk, só confirma o q falei no post ne?

  113. Nicole Raquel22/12/13 • 11h49

    Gostei do post,tenho 21 e já venho acompanhando seu trabalho a algum tempo,amo meus 21 mas tenho certeza de que irei amar ainda mais meus 30.Adoro esse estilo e é assim que vou chegar lá.Estilosa e com personalidade.Parabéns Cony pelo trabalho.

  114. Ana22/12/13 • 12h00

    Acho que você pode enaltecer as de 30 sem precisar colocar pra baixo as de 20, até porque se você era feia ou insegura nessa época não significa que todas sejam também. Sempre leio o blog e achei até estranha a maneira como você escreveu. Foi puro recalque, pode assumir… Perdeu a oportunidade de ficar quieta e falou um bando de besteiras.. Ter 30 deve ser maravilhoso, mas vamos lá né.. 20 são 20!!! Quem tem cabeça sabe… Já o seu corpitcho…

    • Constanza22/12/13 • 12h18

      Meu corpinho é maravilhoso, disso tenho certeza. espero que vc chegue aos 30 tao bem quanto eu 😉 bjos

    • Lele22/12/13 • 13h04

      nossa, Ana… cuidado ao falar de recalque. 20 são 20, mas um dia seus 30 e 40 vão chegar. se liga.

    • Mimi22/12/13 • 22h24

      “20 são 20”.
      É o tipo de garota que pensa que todo seu poder de sedução está no aspecto físico e que não tem nada mais interessante pra oferecer a alguém. E provavelmente não deve ter mesmo.

      • Constanza22/12/13 • 23h14

        Ne?

        • Flávia23/12/13 • 17h48

          Aí, finalmente uma tontinha usando a palavra recalque, deve ser dessas que usa boné na balada e se acha a tal. rs
          Mas não acredito que essas meninas sejam leitoras do futilish, não é possível que uma pessoa que acompanhe o blog tenha uma cabecinha tão fechada assim. Confesso que fico rindo dos comentários das meninas. rsrs

  115. Carol22/12/13 • 15h29

    Adorei… Eu, com os meus 22 anos, sigo sempre suas dicas para diferenciar… Tenho pavor de ir num lugar e saber que as minhas amigas, ou as meninas estão com roupa X, seguindo a tendência X. Personalidade é o que torna a mulher interessante, não o tamanho da saia, e talvez isso explique por que o cara não ligou no dia seguinte.

  116. Lara22/12/13 • 15h35

    Eu, no alto dos meus 40 anos, achei o post engraçado. É possível ser uma mulher sensata com 20 anos, é inegável, assim como eu era. Desde muito novo estudava, trabalhava e tinha uma vida desvencilhada da dos meus pais. Agora, com 30 anos, apesar da experiência, segurança, auto confiança é tãooo difícil ter td isso associado à uma pele maravilhoso, À um bumbum durinho sem ter q me matra na academia, à concorrência das gurias de 20 anos, com carreira e maturidade de uma mulher de 40 e com corpinho em dia. A idade hj em dia n é um fator tão influenciável, td é mt subjetivo, conheço pessoas de 20 anos mt adultas, e d 30 q ainda se matam na balada saindo com um cara por dia. Posso dizer por mim, que eu com 25 anos já era suficientemente madura, e hoje em dia continuo madura, mas,infelizmente, não tenho mais o corpictho e a pele q tinha aos 20 e poucos. Se pudesse escolher uma idade ficaria com os 24!!!

  117. Joseane22/12/13 • 15h59

    To passada com os comentários!!! As de 20 e poucos só estão confirmando o que a Cony disse, ao terem esse tipo de atitude, hahahaha. Chega a ser cômico!!!
    Teve uma que falou que o ex da Cony a trocou por uma de 20, outra que disse que a Cony era feia e insegura aos 20.
    Oi???? Até a vida pessoal da mulher vocês tão adivinhando agora??? Eu hein…
    No mais, eu tenho 33 e me sinto muito melhor do que quando tinha 10 anos a menos.

    Beijitos Cony!

  118. Nicolle22/12/13 • 16h28

    Adorei os looks! Mas acho que não precisasse tocar tanto no assunto “das moçoilas de 20 e poucos anos”. Era possível escrever um ótimo texto sem haver tanta comparação, que, para mim, não tem sentido algum. Você está maravilhosa, e sem duvida alguma no seu melhor momento. Mas acho que deixou o seu ego se sobressair ao escrever o texto. Cony, me desculpa em dizer, mas disse tanto sobre a imaturidade das meninas dos seus vinte anos… Mas ao ler o texto senti como se uma menina de vinte e poucos anos escrevesse como elas são melhores que as “coroas” de seus trinta e pouco anos. O texto, infelizmente, soa como se estivesse “rebaixando” um outro nível de idade. Sei que não fui a única a pensar dessa maneira.

    • Constanza22/12/13 • 23h12

      Coroas de 30? Meu deus….

  119. […] arrasou no post de balada para as balzaquianas! Acho que tenho idade mental lá pros 30, amei os looks! […]

  120. Mimi22/12/13 • 22h35

    “Entre os trinta e os quarenta e poucos, na minha opinião a melhor idade para qualquer mulher, com exceção da que se casa para engordar, realçar a celulite, usar meias contra varizes, assistir a novelas, entrar em concursos de televisão, limpar o catarro dos filhos e o próprio e encher o saco do adúltero de meia tigela que a sustenta”.

    Sábio João Ubaldo Ribeiro

  121. Gabriela23/12/13 • 01h53

    Quando surgiu o termo “balzaquiana”, dando relevância para a idade de 30 anos nas mulheres, as pessoas MORRIAM com 40/45 anos. Considerando que a idade média dos brasileiros pelo IBGE é algo como 70 anos (mulheres sempre um pouco mais), o que essas pessoas que estão achando que nunca vão ter 30 anos vão fazer com o resto das vidas na eventualidade de não morrerem com 40/45 anos? Sobra muito tempo para ficar vivendo preso às convenções (como do comentário dos anos 50, por exemplo). Cada um que faça o que quiser e danem-se os outros!!!

  122. mariane23/12/13 • 09h04

    Cony, sem dúvida foi o melhor post do ano!!!
    E pior de tudo, é tudo verdade mesmo, aos 30, faço 31 em janeiro, a gente se sente realmente melhor, mais segura e confiante e isso com os 18 não se consegue. A gente sabe que nosso poder não está no decote profundo nem no short com as polpinha do bumbum aparecendo, é algo maior, natural…
    Os 30 são ótimos!!!
    Obs: se alguém me dissesse isso aos 20 eu provavelmente não acreditaria também.
    Cony, sucesso e um ótimo final de ano pra você!

  123. Danielle Rodrigues23/12/13 • 09h59

    Adoro ler os comentários…e morro de rir de como as pessoas se milindram por qualquer coisinha e como não sabem interpretar um texto. Eu…no auge dos meus 37 anos concordo com tudo que vc escreveu. Adoro seu blog!!

  124. Bruna23/12/13 • 10h31

    Primeira vez que comento aqui, mas leio o blog sempre.
    Então… Tenho 25 anos e acho que estou bem melhor hoje do que quando tinha 15,18 anos. Outro dia mesmo estava observando umas garotinhas de no máximo 18 no banheiro do shopping, falando sobre garotos ,roupas e maquiagem e fiquei com um pouquinho de vergonha alheia por elas sabe!?Entendo perfeitamente você quis dizer Constanza. Só não concordo com a parte que diz que uma menina nova não segura um macacão, que uma mulher de 30 é mais atraente que uma de 20 e tals, pois não da para generalizar. Acho que essa “coisa” de ter que se auto afirmar um pouco imaturidade também não acha? Isso não é uma critica nem nada, acho valido usar esse espaço pra trocar ideias. Aaaa e fiquei curiosa pra saber o que vc pensa sobre filhos e casamento 🙂 Bjo!

    • Constanza23/12/13 • 12h26

      Claro que nao! Mulher que se auto afirma é TUDO! Isso mostra segurança, imagina se eu titubeasse? De jeito nenhum, sou mt mais eu e nao tenho vergonha ou medo de falar isso 😉

      • gabriela27/12/13 • 12h05

        Ué, então é forçado pra parecer segura?
        Genteee, esse fim de namoro te transformou num ser tãaao diferente do que você era. Tô aqui lendo, relendo e ainda sem acreditar em tanta bobagem. Generalização já não é algo tão inteligente, mas usar isso para demostrar auto-afirmação é feio, né?
        Volta a ser a mulher chique, fina, discreta e fofa de antes pelamor!

        • Constanza27/12/13 • 13h02

          Nem morta, to muito melhor agora e todo mundo percebe e me elogia muito. Bjs

  125. Eliza23/12/13 • 11h08

    Amei o post!!! é tudo isso mesmo. Eu estou muito melhor agora com 32 do que com 20!!! E cada vez me acho melhor (metida, rs…).
    Beijos!!!

  126. Jéssica23/12/13 • 11h18

    Quando eu vi a quantidade de comentários, sabia que tinha que vir correndo ler, porque o barraco ia tá rolando solto! Dito e feito! kkkkk
    Cony, acho que o susto maior das pessoas de 20 (o meu caso) se deu porque essa imagem de mulher de 30 bonita, independente e bem resolvida não se aplica a todas as mulheres, muito menos a todas as regiões do país e, o mais importante (!!!) a todas as classes. Isso por ao meu redor, por exemplo, as mulheres de trinta são mães, com filhos, têm seus empregos, mas não tão independentes assim, afinal não é todo mundo que chega no auge profissional aos 30 anos, talvez depois, no caminho dos 40, pode até ser haha
    Então tendo essas pessoas por base, fica difícil pensar que nós, de 20, estamos tão distantes assim do melhor momento da vida, já que este não nos parece tão melhor assim… Mas como eu disse é tudo questão de referencial, do tipo de vida que se quer levar, de como a pessoa vislumbra seu futuro e tudo mais.
    Não estou ofendida, na verdade espero chegar aos 30 melhor do que estou agora, muito mais confiante e segura, o que com certeza mulheres da minha idade, em sua maioria, não são!
    Beijos, Cony!

  127. Ana Brito23/12/13 • 11h35

    Nossa Cony, que PRE-GUI-ÇA dessas pessoas tentando polemizar tudo.Hoje em dia nem se pode dar mais SUA opinião no SEU blog!Cadê a liberdade de expressão??Foi suprimida pela FALTA DE HUMOR? Tudo agora é bullying,que horror..

    Tenho 22 anos e percebo o quanto sou mais segura e madura hoje em dia.Eu olho as meninas da minha idade (e às vezes mais velhas) e tenho até vergonha delas.Tanto da atitude quanto do vestuário!!Depois ainda reclamam da forma que os homens as tratam.Fora isso, acho péssima essa competição entre mulheres, pois cada uma tem algo interessante a oferecer. Será que o corpo e a pele mais firme é tudo que elas tem?Se for, COITADAS…o tempo passa e leva tudo isso embora…

    Enfim, li o seu post, AMEI e fiquei feliz com o que você escreveu. Sempre tive muito medo de chegar aos 30 e a cada aniversário eu tenho mais agonia..depois do seu post fiquei segura e percebi que é uma dádiva ganhar uns aninhos.Realmente não me sinto segura com um macacão, apesar de achar elegantérrimo.Sei lá, acho que não saberia me portar com um,me sentiria estranha. Acredito que, assim como eu, as meninas de 20 são loucas pra descobrir o que vem depois dos 30. Eu acho que vou ser muito mais realizada e terei meus sonhos concretizados.

    PARABÉNS pelo post, fez meu dia melhor. Beijos e sucesso!

  128. Danila23/12/13 • 12h09

    Cony, vou te propor a fazer um post, com umas dicas, para enaltecer (e enaltecendo) as de 20, ja que fez para as de 30 ;D
    E faz sobre o que voce tinha falado anteriormente, de casamento e filhos… bem, sei que isso vai dificil, mas pela sua maturidade que vi ao falar sobre esse post mesmo e outro, voce segura muito bem o “tranco” rsrs
    Espero que goste da minha sugestao, beijos.

  129. Rebeca23/12/13 • 12h44

    Tenho 36 anos, sou casada, tenho uma filha, e estou grávida do segundo. Sou idependente finaceiramente (meu marido é bem resolvido, não precisa de uma mulher pra cuidar, e sim pra ser companheira). Minha familia está sempre em primeiro lugar, o que não impede que eu adore baladas e vá com meu marido sempre que posso. Aliás, ouso dizer que homem que não gosta de mulher independente e bem resolvida é homem inseguro e machista (eca). Adorei o post.

  130. Karoline Ferreira23/12/13 • 15h07

    Agora a pergunta que não quer calar: e onde está a maturidade e segurança das mulheres de 30 com tamanha necessidade de auto-reverência e afirmação?

    E as meninas de 20, tão vulneráveis, caindo como patinhas e “brigando” imaturamente para dizer que são maduras?

    Dez anos fazem toda diferença, mas não se pode esquecer que a (suposta) maturidade dos 30 só vem depois das cabeçadas dos 20, e se etapas forem queimadas, não tarda para termos mulheres de 40 com cabeça de 15, dizendo que tem maturidade de 50 e se comportando como se tivessem 10!

    • Thais25/12/13 • 03h40

      Concordo com você!
      Achei bem desnecessárias tanto a necessidade de afirmação de maturidade das de 30 quanto a necessidade de se afirmar ‘muito maduras’ das de 20.

  131. Leilane23/12/13 • 19h27

    Oi Cony! Tenho 20 anos e me identifiquei demais com os looks, usaria todos. Apesar da minha idade, me visto e penso de maneira super madura em relação as meninas da minha idade.Me dá até um pouco de raiva as vezes, sinto que precisava me libertar disso em algumas ocasiões! Acho que vou chegar aos 30 com cabeça de 40. kkkkkkkkkkkk
    Só discordo de você quando disse que uma novinha não segura um belo macacão preto. Eu consigo segurar um divinamente!
    Feliz Natal! 😉

  132. Gabriela23/12/13 • 22h10

    Lala Rudge tem 23 anos (se não me engano) e segura super bem seus looks nada piriguetescos. Maria, irmã dela, é um pouco mais velha mas ainda não tem 30 e também usa looks super comportados e ao mesmo tempo joviais. Pra mim são um exemplo de classe na hora de se vestir!
    Lala usa macacão e fica parecendo uma deusa! Da até vontade de usar vendo suas fotos… Usa saias e vestidos perto do joelho e não fica nada cafona. É casada e ainda continua indo em baladas com amigos e o marido. E ai? Eu tenho 19 e sei que tenho uma super noção na hora de me vestir, sempre me elogiam. E minha postura na balada não inclui chorar no chão do banheiro ou ir pro motel com o carinha que acabei de conhecer e não lembro o nome. Uso saias mais curtas sim, mas faço esse jogo de equilibrio (nada de decotes).
    Mas sei que tem meninas que não fazem esse jogo de equilibrio e mesmo assim não ficam piriguetes!!! Nós somos mulheres vaidosas e que nos cuidamos muito bem, qual o problema de mostrar nossos corpos de uma maneira não vulgar? E ainda falo mais, não sei como é o povo da sua cidade ou os lugares que você frequenta, mas as baladas que eu vou não tem nada de gente caindo de bêbado e putisses pra quem quiser ver.

    • Constanza23/12/13 • 22h30

      Q rycah. Se espelha na Rudge msm rsrsrs

      • Roberta23/12/13 • 23h36

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk MELHOR comentário! Adorei a resposta, Cony!

  133. Luciana24/12/13 • 11h17

    Lindo post Cony eu achava que os 20 eram os melhores anos, grande engano, a medida que os 30 vão chegando as mudanças são muito mais positivas do que negativas, amei meus trintões.
    Os 30 são fabulosos, perde-se aquela ansiedade e inexperiência doida dos 20, e sim estamos muito mais seguras e realizadas é a época que geralmente também casamos e temos filhos. E esse ano inauguro os 40 portanto me sinto melhor que nunca, pois a ansiedade profissional passou a fase agora é de curtir a vida, os gostos se sofisticam mais e a prioridade é ter qualidade de vida e conhecimento.

  134. Laura25/12/13 • 02h17

    Estou entrando nos 31 e amando! Acho que nunca estive tão feliz e realizada… A cabeça dá de 10 a zero. Só chegando aos 30 pra entender a diferença.

  135. Karla26/12/13 • 20h25

    Te mandei um e-mail com essa mesma pergunta no início do ano. Você respondeu e foi muito solícita. O que realmente importa e amadurece são nossas experiências e a forma como as interpretamos e apreendemos. Fiz 30 Há 4 meses e estou amando…
    Ah, quando tinha 20 e poucos também entrei em uma discussão dessas com uma mulher de 30 e poucos. kkk
    Mas que bom que eu amadureci e hoje sou melhor que antes… e espero que seja sempre assim…

    • Constanza26/12/13 • 21h25

      Sempre estaremos na nossa melhor fase!

  136. Sil30/12/13 • 12h00

    JISUIS, que gente chata! Tenho 29 e concordo com seu post.
    A gente fica mais interessante, com mais estudo e conteúdo conforme o tempo passa (claro, caso vc tire lições positivas das dificuldades e conforme a maturidade chega – para algumas não chega)…
    ENFIM, Cony, tem algum jeito de ver as marcas dos items que vc postou? Se tiver, por favor, poderia postar o link pra ver as marcas? Mto obg, bjo

    • Constanza31/12/13 • 02h13

      Ta tudo no Polyvore 🙁 td gringo…

  137. Camila de Oliveira02/01/14 • 14h35

    Achei os looks tão lindos que tive de comentar (apesar do foco da maioria dos comentários ter sido outro…).

    Cony, você já disse que é tudo gringo e a gente imagina que deve custar uma porção de obamas. Que tal fazer um post relacionando os looks com marcas nacionais? Só uma ideia. Acho que ia ser legal, pelo menos para mim…

    Amo o fufu, viu? Gosto dos seus posts. Gosto de quem não tem medo de pensar, mas gosto mais ainda de quem sabe o que dizer. Te admiro!

    • Constanza02/01/14 • 21h18

      Só… Acontece que a maioria das marcas nacionais nao disponibilizam fotos para montagens 🙁

  138. Marina29/01/16 • 13h30

    ola boa tarde! Oi gostaria muito que me ajudasse e vestir melhor. Tenho 45 anos e sou divorciada gosto muito de baladas. oq devo vestir p ir numa festa de balada onde não faço feio. Gosto muito de short, seria ideal p minha idade? Não tenho o corpo perfeito , sou mais cheinha e tenho 1,50 de altura. obrigado.