ConstanzaComportamento
Cotidiano
21 nov 2013, 132 comentários

10 Coisas Que Odeio em: BALADAS!

Pois é… essa vida de solteira me deixou livre, leve e solta para curtir várias coisas que tinha deixado para trás. Uma delas é frequentar a night, coisa que raramente fazia antigamente. Eu gosto de uma baguncinha, serei sincera. Percebi que ainda dava conta do recado ao me ver chegando em casa já de dia e na pilha rs. Tudo bem que fico zumbi durante uma semana, mas me divirto.

shine-night-club

E nessas idas pra balada comecei a reparar que também tinha coisas que odiava, só pra variar. Saraiva vai pra buátchy e odeia o seguinte:

1 – As filas. Começando pelo começo, como detesto chegar no lugar e ter aquela fila enorme para entrar. Da próxima vou dar carteirada de Blogueira da Gloss kkkkk (tô brincaaaaaaaando heim, pelamor kkkk). Já teve vez de chegar tipo meia noite no lugar e só conseguir entrar lá pelas 2. Mas tem a parte boa (Saraiva tá bonzinho), fico ouvindo o papo alheio e morrendo de rir. Uma vez tinha um grupo de rapazes falando da calça de oncinha de uma moça, que mulher que usa essa estampa é perigosa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Gente, como ri esse dia.

2 – Que  mexam no meu cabelo. A pior “cantada” que existe é o cara que pega no cabelo, ODEIO ODEIO ODEIO ODEIO. Vontade de dar um chute nas partes baixas da criatura. Nem Adam Levine tem o meu perdão. Ok, Adam pode.

3 – A mulherada folgada. Tudo bem que ultimamente balada é quase campo de guerra e tem mulher que faz tudo para ser notada, mas um pouco de educação, pedir licença ou por favor não faz mal pra ninguém. Tô falando daquelas que se acham a mais top de todas só porque estão quase peladas, com o piercing no umbigo brilhando e a progressiva em dia e passam pela gente empurrando e abrindo espaço para dançarem como se fossem a dona do espaço. Detesto.

4 – Que derrubem bebida em mim. Cansei de chegar em casa com banho de cerveja, champa ou caipi. Sei que é inevitável e muitas vezes é culpa das mocinhas do ponto 3, mas odeio. Fazer o quê.

5 – Os folgados. O carinha te encara. Você encara de volta. Ele volta a olhar e sorri. Você cutuca as amigas e mostra. Daí a namorada dele volta do banheiro. Morram.

6 – Quando toca a música preferida e você não consegue se mexer porque o lugar está muito cheio e é praticamente uma tortura tentar qualquer passinho.

7 – Banheiro com as bebuns. Em partes é até engraçado, fico com dó mas acho graça (me julguem) daquelas meninas que beberam TODAS e vão pro toilette passar as mágoas. Rímel já tá na bochecha, sentam no chão, a amiga segurando o cabelo pra outra vomitar… deprimente. Eu só quero um espaço limpo para fazer xixi e às vezes nem dá.

8 – O preço das coisas. Tudo bem que é balada, mas precisa triplicar o preço das bebidas???

9 – Sabe as moças do ponto 3? E quando resolvem fazer o joguinho do cabelo e ele vai todo na sua cara? kkkkkkkk Aqui faço um mea culpa, pois acredito que já fiz isso com os outros também.

10 – Podem me chamar de velha, mas sabe aquela luz branca que pisca loucamente? Peço pra MORRÊ quando tem essa porcaria. Não enxergo nada, ninguém, e depois acho que fiquei cega. O tal do gelo seco também me irrita.

11 – Fotógrafos de balada. Ok, podem tirar foto, MAS ENQUANTO EU ESTIVER SÓBRIA e me mostrem antes para aprovação kkkk Ninguém merece ver sua foto no site de baladas da cidade ou no da casa com aquela cara de bêbada, maquiagem fora do lugar ou olho fechando de sono. Pior com o carinha que você está ficando e nem sabe direito quem é.

12 – O lugar tá tão cheio, mas tão cheio que você tem que passar se esfregando no povo, fazendo contorcionismo pros peitos não encostarem em ninguém mas sempre tem o engraçadinho que faz uma piada.

Falei 12 mas acho que conseguiria continuar enumerando coisas que odeio em baladas. Aliás, acho que sou mais de barzinho ou restaurante #coisasdaidade

  • Agora é com vocês, o que mais detestam na night?
Comportamento
Cotidiano
21 ago 2013, 233 comentários

Dez Coisas Que Odeio Em: Restaurantes!

Estavam com saudades da série mais “Saraiva” do Fufu? Acontece que tô tranquila ultimamente e pouca coisa tem despertado meu ódio rs. Mas ok, um dos momentos que passo raivinha, é em restaurantes. Claro que não é sempre (ainda bem) mas vira e mexe me deparo com alguns dos pontos que citarei em seguida.

Lembrando que sou muito, mas muito paciente com garçons, pelo fato de já ter sido uma e saber bem o que se passa do outro lado. Mas tem coisas que não dá para deixar passar batido!

Vamos lá! Quais são as 10 coisas que mais odeio em restaurantes?

restaurant_cartoon

01 – Essa acontece muito no Outback. Você tem um meeting com as amigas, umas 6 delas. Daí você chega com mais uma e eles não deixam ocupar a mesa grande até chegar pelo menos metade do grupo! Não adianta insistir, vão te colocar numa mesinha pequena mesmo falando que em poucos minutos chegará a turma toda. Dito e feito, é a conta de sentar, se ajeitar e logo ter que levantar para procurar uma mesa maior. Isso me irrita, essa regrinhas de onde pode sentar e onde não pode.

02 – Essa é clássica. Sentar e ficar esperando o garçom aparecer. Às vezes são 5, 10, 15 minutos e nada de surgir alguém para pegar seu pedido. Já aconteceu de eu levantar e ir embora.

03 – Outra clássica. Você faz seu pedido e ele demora hoooooooras. Pior quando vem, e está errado.

04 – Também detesto quando peço o prato e a bebida, e chega o prato e nada da bebida. Isso me irrita muito.

05 – Se garçom ausente é imperdoável, garçom insistente também não fica atrás. Aquele que passa de minuto em minuto perguntando se está tudo bem, se precisa de algo, se a comida está boa… Você joga um papelzinho de nada na mesa e em um segundo ele aparece e limpa… Daí você está namorando (no caso, em um bar), quer dar uns beijinhos discretos e toda hora o garçom vai na mesa pegar algo, arrumar, limpar… Tem que ter um meio termo. Ah, e garçom amigo também acho complicado. Bacana ter um atendente que sabe o que você gosta, já te chama pelo nome de tanto você ir no restaurante e tal, mas parar para conversar e contar a vida enquanto você está comendo, acho chato.

06 – Tirando o foco do staff dos restaurantes, também me incomoda um pouco (minto, incomoda muito) a atitude de algumas pessoas. Uma delas é palitar os dentes. Acho NOJENTO. E ainda tem uns que palitam e ficam sugando o palito, eca eca eca. E já vi em restaurante chique e marromeno. Por isso defendo não colocar o paliteiro na mesa e sim nos banheiros e/ou na saída do restaurante.

07 – Cofrinhos à vista. Incomoda em qualquer lugar, mas especialmente quando você senta para almoçar, naquele seu momento especial de alimentar o corpo com comidinhas gostosas, no meio da correria do dia a dia e você olha para frente, sem querer, e vê um cofre de meio metro. Perco a fome na hora. Calça baixa e blusa curta, NÃO COMBINAM! Ainda mais na hora do almoço.

08 – Essa acontece direto em self service. Você está na fila da comida, na mão certa e vem alguém no sentido errado e fica aquele passa não passa desconfortável. Ou então a pessoa na sua frente resolve pegar arroz, só que quer todos com o mesmo tamanho e diâmetro e fica escolhendo um por um (situação imaginária, claro, para ilustrar aquelas pessoas que escolhem comida como se todo mundo tivesse tempo para ficar esperando).

09 – O “pare e siga” em churrascarias. Aliás tem tempo que não vou numa e nem sei se isso acontece em todas ou se tem algum sistema mais moderno. Mas sabe o sinal verde (sim, eu quero comer mais) e o vermelho (já parei, obrigado)? Nunca funcionou comigo. Sempre que deixo no vermelho, ainda assim fica um carinha passando de 2 em 2 minutos perguntando se quero picanha. Pra quê serve aquilo afinal?

10 – Menu sem preço. Isso acontece em lugares mais fancy e eu fico muito tensa rs. Pode até ser caro e você estar bem preparada para isso, mas na imaginação tudo fica mil vezes mais caro. Prefiro ver e ter noção de onde estou pisando.

Consegui listar 10 coisas sem pensar muito, acho que poderia escrever mais umas 10! E tem uma em especial que me tira do sérioooo, me deixa p da vida, mas prefiro nem comentar porque iria virar polêmica kkkkk Vou deixar com vocês agora…

  • Me conta, o que você odeia em restaurantes??
Comportamento
Cotidiano
03 abr 2013, 273 comentários

10 Coisas Que Eu Odeio Em: Salão de Beleza

Antes de mais nada… leiam o texto com uma boa dose de senso de humor viu gente?? Essa série das “10 Coisas Que Odeio Em…” é para rir e descontrair. E também é algo pessoal com bastante drama. Relax!

Eu odeio 10 coisas em muitas coisas. Às vezes até mais dez! Acho que tudo tem seu lado “chatinho” principalmente as atividades mais simples e corriqueiras, como ir ao shopping, ir pra academia, viajar, e hoje falarei sobre algo que nós mulheres vaidosas estamos acostumadas a frequentar: salões de beleza.

Dogs-Retriever-Hair-Salon

Vários dos itens que ODEIO são típicos de salões de bairro (e os que eu acho que a escova sempre fica melhor rsrs), mas tem algumas coisas que institutos de beleza mais tops também fazem e muito me irritam.

Com vocês: 10 COISAS QUE ODEIO EM SALÃO DE BELEZA!

1 – As vendedoras de lingerie, de bijoux, de roupa, do que for. Ok, o salão é um lugar cheio de mulher, mulher gosta de comprar, é uma vitrine boa, ok, sem problema. O problema é quando estou quase roncando na minha escova, ou whatsappeando enquanto faço as unhas do pé e vem a pessoa e desenrola aquele mostruário enorme no meu colo mostrando as bijoux leeeendas (que na maioria das vezes eu acho bem chumbregas ou então caras, pois sei o canal de comprar barato rs. Beijo, Carol!). Lingerie e roupa é a mesma coisa. Pra gente que compra até aspirina na net, sabe que tudo ali tem em tal lugar e mais em conta. Insistiu pra eu provar depois de eu falar – educadamente – que nada me interessou, obrigada? Falou pra levar pra casa e pensar e acertar depois? Ganhou quase uma inimiga.

2 – Tem dias que a gente não quer muito papo né? Só quer resolver o que tem que resolver e ir embora o mais rápido possível. Só que justamente nesse dia, você marcou manicure. E ela está falante, mais do que o habitual. Primeiro pergunta que esmalte você vai passar, e você tira seu OPIzinho da bolsa (eu sempre levo…) e ela “Nooooosssaaaaaaaaa que lindo! Fulana vem ver o esmalte dela!” Daí juntam 5 manicures e todas perguntando onde compra, compra pra mim, nossa com uma camada de glitter azul deve ficar maravilhoso, você só usa esmalte diferente. Bacana. Só que nesse momento acabaram-se meus 5 minutos de simpatia. E ela continua: vai fazer escova hoje? Teve uma moça que fez bla bla bla ficou otimo, faz também. Essa calça sua é de onde? Mas cê tá magrinha, tá fazendo regime? Sua unha é boa de fazer, o formato é bom. Nossa, nem tem cutícula dessa vez. Veio uma mulher de manhã que tinha acabado de operar e…. E por aí vai. Você olha pro teto e mentaliza uma música bem boa e tenta fugir da realidade. Mas tem dia que tô falante também tá? E no caso, ela que deve me odiar kkkk

3 – É que é o seguinte: pra mim, salão de beleza é um lugar pra relaxar e eu AMO que mexam no meu cabelo. É a coisa que mais me desestressa no mundo! E quando vou pro lavatório, é um dos momentos mais esperados e de maior prazer. E não tem coisa pior que receber aquela massagem capilar magnífica, quando você sente todos os seus músculos sorrindo amarelo e novamente a pessoa quer conversar. E fala, fala, fala, fala, fala… Por favor, não nos meus 5 minutinhos de lavatório… deixa eu curtir essa maravilha na plenitude do silêncio.

4 – Momento tenso: você foi fazer luzes. Tá parecendo a medusa, ou com touca ou cheia de papelote. E nesse exato momento chega aquela ex amiga que você não via há tempos e que você torcia para encontrar na rua e mostrar o quanto você está linda. Murphy explica.

5 – Ah essa eu já caí e não caio mais! O golpe da ampolinha! Você só foi escovar o cabelo, coisa rápida, barata, o de sempre. Daí a moça te fala: quer usar uma ampolinha só pro cabelo ficar mais suave, pra hidratar de leve? E você responde como se estivesse numa daquelas cabines do Silvio Santos: SIIIIIIIIIMMMMMMMMMMMMMM. Já era, o preço da ampolinha com certeza será mais alto que o valor da sua escova. Eu paguei R$ 75 numa ampola uma vez, fora o valor da escova. Nunca mais. Falou da ampolinha eu logo pergunto o preço ou respondo: NÃAAAAAAOOOOOOOOOO.

6 – Mas ok, seu cabelo tá realmente ressecado, ponta dupla, ruinzinho e você resolve fazer uma hidratação mais power. Vai lá no salão, senta e explica seu problema pro moço. Ele, todo expert, pega no seu cabelo para analisar e faz cara de “a coisa tá feia, muito feia”. Fica uns 5 minutos analisando mecha por mecha, balança a cabeça negativamente, chama o colega, cochicha alguma coisa e você logo acha que tem uma doença terrível, super mortal no cabelo e só ele tem a cura. Daí ele fala: é… tá precisando de um cuidado mesmo. E óbvio que te oferece o tratamento mais caro e moderno da Kerastase. O resto da história é com vocês.

7 – Essa é clássica. Você só quer cortar as pontas, e pede para tirar 2 dedinhos. Na horizontal, não na vertical…

8 – Maquiagem de salão! Gente, sai cada atrocidade que eu penso 10 vezes antes de maquiar em salão de beleza. Acho melhor meu amadorismo natural do que aqueles profissionais que passam quilos de base, iluminador, sombra branca embaixo da sobrancelha, blush mega marcado, pó. Depois mais pó. Antes de sair, mais pó ainda! E isso porque você pediu algo leve e natural! Quando você chega na festa e se olha no espelho mal se reconhece. Ou então chega em casa e fica igual doida passando algodão ou lenço pra amenizar a máscara kkkkkkkkk

9 – Cabeleireiro que te esquece na cadeira enquanto suas luzes estão ficando vermelhas… amarelas… BRANCAS! E o desespero? E a vontade de correr e enfiar a cabeça embaixo da torneira mais próxima? E se o papelote estiver QUENTE?

10 – Essa aconteceu com uma amiga e eu tive crise de tanto rir. Escuta só: o marido dela estava esperando ela terminar o que estava fazendo no salão, fofo. Nisso, uma pessoa estava fazendo o pé perto dele e começaram a lixar o pé desta pessoa e o pózinho começou a voar, NO MARIDO DA MINHA AMIGA. E pra piorar, um secador ligado mandava o pó pra boca dele e ele começou a cuspir kkkkkkkk e mais, usava uma camisa preta kkkkkkkkkkkkkk CHOREI! Gente, ninguém merece receber pózinho de calcanhar alheio! Ecaaaaa

  • Dá pra listar mais um monte não dá?? Então contaí! Qual a coisa que você MAIS ODEIA em salão de beleza?