09
Sep 2011
Dica de Viagem: Restaurantes no Chile
Diario de Viagem, Dicas de Viagem

Aêeee, até que enfim um post de comidinhas no Chile!! E não é graças a mim e sim à minha amiga Etiene, que foi pra lá e registrou tudo!

Vocês devem estar se perguntando: “Mas por quê você mesma não foi nos restaurantes sendo que vai sempre pra lá?”

Porque adoro a comidinha da minha mãe hahaha. Sério, quando vou ao Chile, fico na casa de minha mãe e quando não estou lá, vou pra praia. Raramente saio para comer algo, e quando vou a restaurantes é no lugar que mais frequento: o shopping.

Já não sou mais a turista que sai para conhecer lugares novos, acho que nunca fui, só quando vou com alguém que nunca foi pra lá… Ninguém é turista na sua própria terra né? Acho que devo dar mais atenção a isso… Tenho que fazer um turismo investigativo.

Bom, minha amiga foi em vários restaurantes e vou dar uma conselho: não leia este post se estiver com fome.

Vamos lá, com a palavra, Etiene:

1 – Restaurante Como Água para Chocolate

Foto fonte: Destemperados

“Esse restaurante foi indicado por várias pessoas. Fica na Rua Constitucion 88, no Bairro Bellavista, próximo a La Chascona (Museu do Pablo Neruda). Estava passando por perto e ficamos para almoçar. É preciso fazer reserva com antecedência, principalmente para o jantar, porque é muito procurado.

Se auto-intitula de cozinha mágica, com influências afrodisíacas e por isso, românticas. Eles têm até no site opções de surpresa para pedidos de casamento. Achei fofo!

O ambiente e a decoração são rústicos, com produtos de madeira e bem charmoso, com uma fonte no andar térreo.

Foto fonte: Destemperados

Como entrada eles oferecem pães com um molho pesto da casa, delicioso! Para beber pedimos um Morande Terrarium Reserva, excelente vinho. A meia garrafa foi pouco, tomaríamos tranqüilo uma garrafa inteira no almoço.

Como prato principal meu namorado pediu o Filete de Vigor Y Passion (medalhões de filé com queijo, molho suave de três pimentas, verduras salteadas e batatas assadas).

Eu pedi o tradicional Nuestro Congrio de Siempre (congrio gratinado com molho cremoso de espinafre).

Ambos pratos estavam extremamente elaborados e deliciosos.

Para sobremesa, pedimos para dividir um Amor entre Blancos Y Negros (Brownie negro com mousse de queijo filadélfia, com toques de amêndoas e frutas vermelhas).

Preciso dizer que estava delicioso?

O atendimento foi muito bom, a equipe muito atenciosa. Super recomendo esse restaurante!

Fizemos uma reserva para sexta a noite, mas não conseguimos ir em função do cansaço causado pelo Valle Nevado.

2 – Restaurante Casa Doña Paula, na Viña Santa Rita

Esse restaurante faz parte da Vinícola Santa Rita. Essa vinícola fica localizada no Valle Del Maipo, um pouco distante de Santiago, mas vale a pena a visita. Foi nessa q tomamos a facada de 60.000 pesos de taxi. Devíamos ter procurado uma agência para nos levar. Eles indicam algumas.

É preciso fazer reserva com antecedência tanto do tour como do restaurante. Fechando pacote tour + degustação+ almoço tem desconto.

O restaurante fica num casarão construído há mais de 200 anos, considerado monumento histórico e tem esse nome em homenagem a Paula Jaraquemada, antiga dona da propriedade e considerada heroína local por abrigar nesta casa, 120 soldados refugiados.

Inicialmente fizemos um tour guiado pela vinícola, conhecendo todo processo de fabricação dos vinhos da casa e terminando numa área do casarão destinada a degustação:

Depois da degustação partimos para o restaurante em si, com uma decoração bem charmosa e iluminação natural:

 

Eles oferecem a opção de bebidas em garrafas ou em taças para degustação e optamos pela segunda opção para apreciarmos diferentes tipos de vinho.

Como prato principal escolhemos o mesmo, Camarones Salsa Wisky (Camarões ao molho de wisky)

E para sobremesa, dividimos um Tiramissú:

Recomendo uma visita a Vinícola e almoço nesse restaurante. Foi muito agradável e o atendimento muito bom!

3 – Restaurante Aqui esta Coco

Outro restaurante bem recomendado que fui conhecer. Fica na rua La Concepcion 236, em Providencia. O forte deles é frutos do mar. É preciso fazer reserva com antecedência porque é muito procurado.

A entrada é bem iluminada e bonita:

A parte interna também é bem charmosa. Detalhe para o encosto das cadeiras com formato de rabo de peixe:

Para beber pedimos o tradicional Pisco Sour:

Como entrada, meu namorado pediu Empanadas de Mariscos (carro chefe da casa), mas antes que eu pensasse em fotografar, elas já haviam sido devoradas rsrsrs e eu pedi Ceviche Del Dia:

Como prato principal pedimos Salmón Tierra Y Mar (filé de salmão grelhado, acompanhado de camarão, aspargos e fundo de alcachofra)

E o Turbot Mediterrâneo (delicado filé de turbot sobre azeitonas pretas e verdes, cobertos com palha de batata).

As entradas e os pratos foram tão bem servidos que não houve espaço para a sobremesa.

Restaurante muito bom! O atendimento no dia ficou a desejar e eles até se desculparam conosco, havia duas mesas de grupos grandes perto da nossa e segundo eles, isso nos prejudicou.”

  • É isso meninas!! Eu, chileninha que sou, e que nunca fui nesses restaurantes, fiquei LOUCA pra ir! Já tô até salivando…
Obrigada Etiene por compartilhar com a gente sua experiência gastronômica no Chile! 🙂
Página 3 de 3123