25
Jun 2017
Tem jeito decor 36 – Segura a Jé!
Decoração, Mi Casa Su Casa

Olá Fufulândia!

Casos de família aqui hoje mas, antes eu preciso pedir desculpas porque semana passada não fiz a matéria do domingo por motivos de: Enxaqueca. Eu juro que eu até tentei, mas as ideias não se organizavam dentro de minha cacholinha.

Contudo a parte boa é que hoje temos um #TJD ! Então pega os parente e as caixas de cerveja de sua preferência e #vemkotio!

“Boa Tarde, Lelo, tudo bem?

Foi só você me confirmar o e-mail que cá estou haha.

Minha dúvida que clama por suas idéias é em relação a piscina da minha chácara, lá é um lugar onde minha família e amigos aproveitam nos finais de semana pra curtir um sol, piscina, churrascos, etc.

Maaaaaas, não conseguimos pensar em um guarda corpo ideal para a área da piscina e isso nos impede de desfrutar com tranquilidade o espaço, porque ficamos com medo de uma criança ou alguém um pouquinho alcoolizado cair na especie de buraco do filme 300 que temos lá em embaixo (depois da piscina tem uma colina que desce ate a rua de baixo, creio que de pra ter uma noção em uma das fotos).

Nossas ideias até agora caem por terra pois temos medo de “quebrar” o visual que a borda infinita traz.

Tirando a borda da piscina o tamanho do guarda corpo seria de aproximadamente 20 metros, pois ele “pegaria” uma área com grama, depois onde tem o piso de madeira fazendo um L, pararia na borda da piscina e terminaria na área plana com as pedras e mais piso de madeira. (soei confusa, ate pra mim :/)

Não sei se acrescenta algo, mas futuramente vamos levantar um pergolado sob o piso de madeira que na foto aparece com uma espreguiçadeira.

OBS. enquanto digito o e-mail to escutando Help dos Beatles, tamanho o meu desespero!”

Jéssica meu bem, vamos todos entrar nessa vibe:

Música boa foi feita pra ser ouvida. Dá play aí Fufú.

A resposta curta pro seu problema é:

Para se fazer um onde não se perde a paisagem, é essa a melhor solução. Entretanto eu me pergunto 2 coisas:

  1. Sol ?
  2. Limpeza?

Adoramos óculos de sol, mas ninguém quer ficar cego ao olhar pra um vidro reluzindo, nem fritando partes desnudas do nossos corpinhos (o meu sendo roliço no caso) ao encostar no guarda corpo aquecido pelo sol.

E #comofaz? pra limpar esse vidro que vai ficar ao relento, pegando chuva, pó, cocô de passarinho, folhas de árvores… Não acho nada prático.

Isso sem contar o seguinte: esse tipo de guarda corpo precisa ser feito em vidro laminado, que é um sanduíche-íche de vidro com película entre eles, que estilhaça mas “não desmonta”.

E é claro que toda essa tecnologia tem seu custo.

Então ok, é uma opção caso você tenha bastante $$$ e bons óculos.

Antes que os vidraceiros façam uma passeata #foraLelo, antecipo que eu A-DO-RO esse sistema de vidros, só que eu acho que eles são bons pra áreas internas, onde a limpeza e o conforto dos nossos olhos será maior.

Pelo mesmo motivo de reflexão do sol eu não usaria guarda corpo de metal cromado/polido/inox no seu espaço:

Sabe como será a vida dos teus convidados, né?

O que EU faria… é misturar dois tipos de guarda corpo.

Manteria a parte central com o vidro puro, sem nenhuma moldura.

E nas laterais, uma versão mais simples de se manter:

Essa segunda parte dos guarda corpo (em branco no desenho) pode ser de metalurgia, com cabos de aço tensionados, para um visual mais moderno:

Ou em ferro fundido bem chic vovó que eu acho que combina MUITO com uma chácara:

Uma excelente opção é usar ferro + madeira, para ter uma conversa com o pergolado que vocês terão na lateral:

Agora, uma coisa que eu tenho um certo transtorno são os modelos que tem linhas horizontais, pois as crianças mais capirotinhas usam como se fosse escada e trepam nela. Que é o caso do modelo de cabo de aço tensionado.

Mas agora, como nóis gosta é de inventar, eu gostaria de te propor algo.

Uma estrutura de guarda corpo “tipo assim”:

PORÉM, nada de vidro meu amô. Vamos usar uma coisa muito inovadora, moderna e vanguardista:

Exatamente, tela de galinheiro. Atualmente ela vem pintada, meio que emborrachada, em diversas cores. Eu te sugiro preta ou bronze:

Viu que a versão colorida não parece um galinheiro?

Então, e por que um tom escuro? Porque ele sendo fininho, e não refletindo a luz “desaparece” na paisagem. Caso opte por fazer toda a extensão do teu espaço, (I mean, sem vidro nenhum) ficariam aparentes apenas as estruturas.

Quer um conselho? compra lá uns 2 metros da tela, e estica pra ver como fica discreto.

Espero ter ajudado.

E parabéns pelo lindo espaço viu! Se eu estiver perto algum dia eu paro aí pra tomar uma limonada =)

Quem quiser participar do Tem Jeito Decor, é só mandar email para o email que está no selo abaixo =D

Não esqueçam que a patroa mais elegante da nossas vidas está no Instagram como @futilish, e eu no instagram e no snapchat como @tiolelofoz – muito mais no snap, visto que eu sou averso ao IG.

assilelo-1

As fotos utilizadas nos posts foram feitas por mim na CasaCor, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

 

04
Sep 2016
Mi casa, Su casa – Tchiboooom!
Decoração, Mi Casa Su Casa

Tudo lindo Fufuzada?

Apesar de estar frio, chuvoso AND cinzento, eu vou convidar vocês pra pular na piscina =D

baby pool

Antes de tudo, precisamos ter um corpo pra biquíni.

A dica é: Tenha um corpo, coloque um biquíni e #partiu!

Esse tema foi recorrente na minha vida essa semana:

  1. Teve cliente #chateada que o marido eXXXtrapolou (com louvor) o orçamento da piscina;
  2. Teve cliente que descobriu que a piscina em proporção com a casa virou uma tigela;
  3. Aniversário de uma super amiga que ama piscina;
  4. Esta foto:

Foto 23-08-16 16 44 52

As sereias todas do Atlântico migraram depois dessa aparição de mi reina. Palmas são pouco patroa, dedico o Tocantins inteirin pra você.

De volta pra raia do meio, vamos falar desse objeto de desejo de muitos em Terra Brasilis.

É necessário um estudo do sol, para que você não crie um lago inabitável na sua casa devido a incidência de sombra. Se você vai construir e deixar a piscina pra depois… ou se tem dúvidas se coloca ou não a piscina, já faça o estudo ANTES de fazer a construção da casa/prédio. Se já mora no local analise como o sol se comporta no inverno e no verão para saber onde será melhor para poder aproveitar o ano todo. Empresas que constroem piscinas costumam fazer as simulações disso pra você por computador. Como esse Brasilzaum tem dimensões continentais as coisas mudam de região para região, mas o cuidado tem que existir em todos os lugares do mundo.

buraco

Depois de acharmos  o local, é hora de pensar no formato e no tamanho. A forma da piscina pra mim é meio intuitiva. Quando uma casa é muito certinha e quadradinha, eu gosto de brincar com uma forma mais orgânica, livre e com belas curvas – me parece que cria um equilíbrio. Quando a casa tem muitos elementos, volumes, formas diferentes eu prefiro a piscina retangular, bem tradicional, me parece menos confuso.

Existem diversos materiais para escolher para uma piscina, os três mais frequentes são: A tradicional de azulejos, as tão comuns de fibra de vidro e as de vinil.

Ainda na faculdade de Arquitetura eu perguntei para uma professora espetacular, pós doutora pela Unicamp,  qual era melhor e ela respondeu:

_ O que importa é a estrutura dela. Deve ser em alvenaria no fundo e nas laterais. Depois, por dentro o cliente escolhe o que achar melhor.

Aí eu guardei isso na cabeça e comecei a ver que haviam promoções de piscinas (geralmente agora em setembro e outubro quando as pessoas começam a vislumbrar o verão) e um cliente me mostrou um orçamento que recebeu.

A piscina toda – instalada e com uma “calçada” de 1 metro ao redor – custava pouco mais que uma geladeira. Na lista dos itens inclusos estavam, 300 tijolos e 2 sacos de cimento. Isso não era suficiente NEM pra calçadinha ao redor. Acabei desaconselhando a compra, e tempos depois ficamos sabendo de pessoas com piscinas “rachando”. Essa empresa não durou muito tempo na cidade, não sei se foi por causa disso mas, provavelmente influenciou negativamente.

Agora vamos falar um pouco das 3 piscinas mais comuns. A mais vista hoje em dia é a de FIBRA DE VIDRO, que já vem como se fosse uma banheira gigante e é encaixada na estrutura prévia feita pra ela.

mergulho na piscina

Elas tem essa bordinha que aparece na foto, as vezes mais ou menos evidente, bem característica. O tempo de construção é reduzido e o fator custo X benefício é ótimo. Tem diversos tamanhos e formatos, normalmente disponível em azul ou branco e com várias opções de acessórios como luzes, pontos pra hidromassagem e algumas marcas tem um acessório que parece uma arraia que faz uma limpeza super eficiente sem precisar de esforço. É só jogar aquela coisa lá e ela vai limpando tudinho. Ela não pode ficar vazia de jeito nenhum para não rachar com o ressecamento causado pelo sol e a borda precisa de um carinho especial com produto específico de vez em quando para não desbotar ou rachar.

Já as piscinas de MANTA VINÍLICA, precisam um pouco mais de amor na construção, visto que as paredes e fundo precisam estar bem nivelados. Basicamente a piscina de vinil é uma lona dentro de um buraco.

vinil

Ela permite criar formatos, e uma das grandes “defesas” dos fornecedores é que assim como uma câmara de pneu ela pode ser remendada sem nem precisar tirar a água. Esse material pode ser embelezado com desenhos que são impressos na lona, criando uma certa exclusividade. permite maiores dimensões e profundidades em comparação com a de fibra, mas seu preço é mais alto, especialmente pela necessidade de uma estrutura mais bem acabada.

E por fim a piscina em alvenaria e concreto, que é revestida com azulejos e/ou partilhas.

pastilha 2

No caso dela a imaginação ( e o seu dinheiro ) são o único limite. Formas, tamanhos, cores são virtualmente infinitas. A manutenção é um pouco mais complicada pois – habemus rejunte – e ele precisa de amor. No caso de infiltração ou rachaduras será necessário esvaziar, pelo menos parte dela, para fazer o conserto.

Agora vamos falar das viadagens possíveis acerca da sua swimming pool , como tem muita coisa pra falar de piscinas, vou Vanusear sobre algumas:

Floreiras: acho lindo na TV. No mundo real ela suja a piscina toda, vira um castigo e você vai se arrepender.

Hidromassagem: Se você é rica, porque não? Mas se pra você ponderar valores é uma realidade eu não acho que vai mudar a sua vida ter hidromassagem na piscina.

degrau

Degraus: Cuidado, muito cuidado. As de fibra e de vinil ficam escorregadias e as de azulejo podem virar verdadeiras facas e arrancar tampa de dedão e ponta de garrão como você nunca viu. O ideal é instalar fitas anti derrapante e protetor de bordas pra evitar.

A cor da piscina… Esse tópico é delicado pra mim porque eu AMO piscina verde. E eu não estou falando das piscinas sujas nas olimpíadas do RJ. Eu estou falando de…

Andre Luque

Pastilhas em diversos tons de verde…

MK27

E mais pastilhas verdes…

É uma questão puramente estética. E eu gosto do “inusitado” já projetei piscina vermelha, preta e roxa. A preta está em construção e a roxa foi aprovada =D

Ainda não tenho fotos mas catei na net umas pra quem jamais imaginou em pintar a piscina de outra cor:

vermelha Piscina Preta Gilberto Elkis roxa

Luzes: SIJOGA! É muito legal! Inclusive eu apostaria em um sistema de RGB pra poder mudar a cor das águas, invista no sistema de iluminação RGB e tenha piscinas de todas as cores:

refletor-para-piscina-led-70-pratic-abs-rgb-13702-MLB3967372320_032013-F

Prainha ( uma parte da piscina com 30 de profundidade pras crianças) se sua piscina for maior que 300×400 Eu deixo… pode incluir, menos que isso é aquela historia da bacia.

Uma área com um deck pra colocar espreguiçadeiras,

Mesa com guarda sol,

Área de grama/jardim por favor, ninguém merece selva de pedra.

O revestimento do piso eu não preciso comentar que é importante né? O mais atérmico possível, antiderrapante e que não reflita o sol na cara da sociedade deixando todo mundo cego e com rugas precoces: obrigado, de nada.

Como algumas pessoas já sabem eu viajo a trabalho pelo menos uma vez por mês para Asunción e como isso vai acontecer daqui a pouquinho o post foi mais “direto” hoje. Mas vocês quase todas moram no meu coração.

Deixem suas experiências pra gente saber também.

Não esqueçam que a divindade que nos abriga aqui nesse reduto verdadeiro da internet também está no Instagram como @Futilish e no Snapchat como Futilish.

Já eu que vim pra fazer bagunça estou em ambas as redes como @Tiolelofoz e tiolelofoz.

assilelo

 

As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.