18
Oct 2012
Piercing, Até Que Enfim.
Constanza, Cotidiano

Eu tinha um desejo antiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiigo de fazer um piercing na orelha, na cartilagem, mas sempre adiei pois morria de medo. Tenho 5 furos no total: 3 na orelha esquerda e 2 na direita. Queria furar a orelha esquerda mais uma vez e por uma linda argola na cartilagem. Só que o tal do Google, toda vez que eu pesquisava sobre o assunto, me aterrorizava ainda mais e eu desistia. Procurar fotos de piercing pode ser bem traumatizante. Além disso, li alguns depoimentos que falavam que doía demais, que inflamava, que dava quelóide gigante, que podia pegar um nervo, ficar com a cara torta aff… milhões de coisas que me fizeram adiar esse desejo por vários anos!

Só que chega um momento que a vontade fica incontrolável e resolvi procurar inspirações não mais no terrível Google, mas sim no doce Pinterest e achei isso…

piercing- cartilagem

 Maravilhosos! Minha vontade só aumentou! Acho super delicado, feminino e tem um toque de personalidade e rebeldia rsrs

piercing- cartilagem

Minhas musas inspiradoras de piercing na cartilagem da orelha sempre foram Guilhermina Guinle, Carolina Ferraz (não achei foto boa) e a Gisele Bundchen. Só as divas, as finas, as classudas. 

Como a vontade só crescia e crescia, resolvi procurar mais celebs que também usam esse brinco.

piercing- cartilagem

 Nenhum feio! Nenhuma orelha caiu! Nenhum rosto deformado!

piercing- cartilagem

 Até Palerminha tem, gente! Poxa, não deve ser tão doloroso assim!

Procurei indicações de lugares bacanas e seguros em BH (porque né, a gente tem que se preocupar com a higiene, tem que confiar, o rapaz do piercing tem que saber das coisas…) e a Renata do blog Eu Amo Chanel me deu A dica: Pietá Tatoo na Savassi (Rua Paraíba, 1441). Antes de ir, liguei para perguntar como era, se precisava tomar algum remédio antes (a precavida), se tinha que ter muito cuidado depois, se a orelha poderia cair, coisas assim rs. Quem me atendeu foi o Sidney e ele super me acalmou falando que não era nada do outro mundo e para eu ficar tranquila pois era algo muito simples.

Ok, juntei toda minha coragem e fui lá. Escolhi uma argolinha dourada (claaaaaaaaaaaaaaaaro né? Perua que é perua tem que usar dourado) e esperei uma meia hora para esterilizar o brinco. Nisso eu tremia, suava, imaginava rotas de fuga e pensava na dor que eu iria sentir nos próximos meses. Mas desejo é desejo, tinha que superar isso.

O local é SUPER limpinho! No andar de cima, onde fazem as tatuagens e os piercings, fiquei surpresa com a organização e higiene, tudo em ordem, nada fora do lugar. Já fiquei bem mais tranquila. Durante os preparativos do piercing, o Sidney disse que ficaria melhor na orelha direita, mas eu queria na esquerda. Ok né. Mostrei a foto da Guilhermina para ver a altura do brinco. Ele marcou a posição na orelha com uma caneta, mostrou, concordei com o local do furo e pronto: “Pode deitar Constanza. E relaxa”. HAHAHAHAHA relaxar, como se fosse fácil. Perguntei: Cadê a anestesia? E aí descobri que não pode anestesiar. Juro que não tinha idéia… Vi as coisas ficando complicadas.

Bom, o Sidney foi muito paciente comigo, mostrou a agulha antes para eu ver que estava nova e lacrada, que ele estava abrindo naquele momento e eu mal olhei, não queria ver o tamanho daquilo. Então ele narrou o que ia fazendo: Constanza, vou limpar ok? Agora vou marcar atrás… Vou furar. AIIII! Furou. E SÓ! Cadê dor insuportável? Só senti a orelha queimando muito. Depois ele colocou a argola, o que incomodou um pouco. Nossa, me achei a pessoa mais corajosa do mundo!! Levantei e não podia estar mais feliz e orgulhosa hahaha! Pronto, missão piercing na cartilagem cumprida! E as demonstrações de higiene continuaram, logo depois de furar, o Sidney fez questão de mostrar a agulha usada sendo jogada fora (naquelas caixinhas que laboratórios usam, sabe?) e o tempo todo usou luvas. Curti e indico DEMAIS!

Os cuidados do piercing: usar um spray de andiroba 3 vezes por dia, não mexer no brinco, tomar cuidado ao pentear o cabelo e ao dormir. Tenho que ficar com essa argola pelo menos 3 meses e só depois vou poder colocar meus “diamantes” hahaha. O preço? R$ 70 da argola dourada e R$ 15 do spray.

E ficou assim.

piercing- cartilagem

Ai como tô moderna!

Agora tenho 6 furos na orelha e já estou pensando em mais um para ficar com meu número da sorte, 7. Só não sei onde, talvez na parte lisa (um brilhantinho) ou no tal do tragus (essa abinha da orelha).

Fiz ontem e estou cuidando direitinho. Não inchou e nem vermelho está! Mas se encostar dói um pouco. Bem tranquilo mesmo, MAS, como o Google já fez questão de mostrar, existem casos com complicações sim… e algumas bem feias.

Ah, fuçando na net já pensando por qual jóia substituir a argola daqui uns meses, achei uma loja MUITO bacana, a Maria Tash que fica em NY (653 Broadway) e tem piercings MARAVILHOSOS. Já deixei a dica super anotada!

Adoro contar um caso né? Agora, tatuagem… já são outros 500… querer eu quero, mas tenho que pensar mais um tempo.