15
Aug 2016
Fufu no RJ – Look de Coquetel!
Constanza, FHIts

Como vocês sabem, semana passada estive no Rio de Janeiro para sentir na pele o que é estar num dos maiores eventos esportivo sendo realizado Brasil. Algo tão grande, a gente recebendo olhares do mundo todo e o Fhits preparou uma semana intensa com vários compromissos! Fui em salto ornamental, fui em basquete, fui em vôlei e ó… que emocionante que é isso tudo viu? Ver aquela mistureba de idiomas, gente de todos os lugares do mundo, várias bandeiras do Chile no caminho que me arrancavam suspiros de saudade e claro, aquela enorme turma de verde e amarelo torcendo pelo Brasil.

Enfim, hoje quero contar sobre um projeto super bacana e mostrar um look que usei!

Durante este mês, mais precisamente até o dia 21 de agosto, o Fhits montou uma Pop Up Store no lobby do hotel Grand Hyatt Rio. Reuniu várias marcas brasileiras para mostrar para os gringos como é a moda nacional! Vocês sabem né? Temos os melhores sapatos do mundo, um artesanato incrível, uma criatividade maravilhosa e roupas que em lugar NENHUM do planeta achamos igual. Daí que esse projeto vai mostrar isso tudo no momento em que todos estão olhando pra gente! Esse é o Brazil Fashion Bridge e já está na sua terceira edição, a primeira foi em Londres (com o Brazil Rising) e depois em Estocolmo (com o Brasil e o Sol da Meia Noite).

A pop up store ficou LINDA e posso falar? Estava cheia TODOS OS DIAS. Como tem muita gente hospedada no Grand Hyatt, eles vão à loucura com nossas peças e compram muito! Dá um orgulhinho…

Tem Carol Bassi, Paula Torres, Lokalwear, Cecília Prado, Catarina Mina, Olympikus, Artsy, Cris Capoani

Brazil-Fashion-Bridge_01 Brazil-Fashion-Bridge_02

 

IMG_1834 IMG_1836

 

IMG_1837

IMG_1838

Fica a dica para quem estiver no Rio, dar uma pausa nos jogos e conferir de perto todas essas preciosidades. E quem não estiver na cidade maravilhosa durante esses dias, pode comprar pelo e-commerce Shop Lixmix(que nor RJ entrega em até 24h) !!!

Meu look foi para um coquetel da Paula Torres, que faz uns sapatos hipnotizantes! Vocês vão entender…

IMG_1767 IMG_1768 _Z8A0450 IMG_1770 IMG_1766

Vestido – que achei tudo a ver com o Rio –  Maracujá (uma das minhas marcas preferidas de BH), bolsa Raphaella Booz e rasteira Paula Torres. Riqueza, sim ou sim???

unnamed

31
May 2016
Fala Que Eu Te Escuto – Churrasco Arrumadinha
Como Usar, Fala que eu te escuto!

A Karla tem uma dúvida bem interessante e que pode ser a dúvida de muita gente!

¨Oi Cony, me socorreeeeeeee please. Acredito que eu seja sua leitora mais coroa (46 anos) haha; dito isso, vamos aos fatos. Tenho um churrasco para ir e não sei o que usar. Normalmente nos churrascos da familia ou de amigos intimos, coloco um short jeans uma t-shirt ou regatinha, uma rasteirinha e vraaaaaa. Tenho o corpo ok, com tudo no lugar e sou baixinha (1,58m).

O problema é o seguinte –  esse churrasco específico será um reencontro de ex colegas de trabalho que não se veem há 20 anos. Minha preocupação com a roupa é não aparentar muita casualidade (apesar de ser um evento casual), afinal queremos impressionar; ao mesmo tempo não aparentar muita formalidade também, moro no Rio e o estilo do carioca é despojado. O clima por aqui está fresquinho quase frio e esse churrasco será a partir das 16 horas. Ufa! Amo o blog e seu estilo de escrever, se vestir e de viver. Obrigada por tudo, você ja me socorreu varias vezes, inclusive com suas dicas de viagem. Bjks¨

Você NÃO vai de shortinho jeans, camiseta e rasteirinha, estamos entendidas?? É churrasco? É. É no Rio de Janeiro? É. Mas vai ter uma monte de gente que você não vê há 20 anos e a primeira coisa que TODO MUNDO VAI FAZER é analisar o quanto o outro mudou, se tá mais gordo, mais magro, mais feio, mais bonito, se envelheceu muito etc e tal. É cruel? É, mas é assim que as coisas são nesses tipos de reencontros. E como você já sabe que isso vai acontecer e quer estar pelo menos preparada, nós vamos te ajudar a ficar linda e chique nesse churrasco.

AH MAS CHURRASCO É CHURRASCO TODO MUNDO VAI DE QUALQUER JEITO NO FINAL TA TODO MUNDO BEBADO NA PISCINA.

No final. Antes do final tem muita coisa!

Vamos montar looks chiquezinhos porém casuais, que te deixem a vontade, que tenham o ar do Rio de Janeiro e que causem um boa impressão!

calça churras1

Calça levinha estampada. Acho a cara da riqueza. Combine com uma blusa de cor neutra, básica, sem detalhes, e escolha uma calça com uma estampa que não misture muitas cores. 

calça churras2

Mas se o carioquismo falar mais alto, se jogue nas cores! Mas sempre, sempre, com uma blusa de cor única, de preferência clara pelo evento ser de dia e informal.

saiao churras1

Saião também casa com churrasco no Rio de Janeiro. Mesma coisa da calça estampada, use blusas neutras. Nos looks acima, só tiraria o cinto dos dois últimos. Pesou. 

vestido churras3

Vestidão é tudo de bom né? E você ainda pode usar uma anabela alta, ganhar vários centímetros e ficar com a silhueta super alongada! Olha que LOOOSHOOO esse primeiro, laranja com estampa grande!

vestido churras1

O uniforme do Fufu também é super válido. Quer pagar de rycah, fina e elegante? Que tal um vestidinho listrado, manga 3/4, oclão e acessórios dourados? Eu ficaria te olhando a festa inteira hahahahahahhaha.

vestido churras2

Vestidos sequinhos e de uma cor só também fazem bonito. Ah, antes que alguém fale algo, abstraiam os sapatos e foquem nas ROUPAS.

short churras1

Como você gosta de short, aqui tem algumas opções: short liso, pode ser alfaiataria, de uma única cor com blusas também lisas (fica bem elegante)

short churras2

Você pode incrementar com um colar, brincão…

shorts churras2

Ou criar a dupla short e camisa e adicionar uma estampa, ou no short ou na camisa.

macaquinho churras1

Quer causar? Macaquinho. Ah mas por que um macaquinho causa? Primeiro que é uma peça não muito usada, pouco popular até hoje, segundo que mulheres nessa idade TENDEM A ACHAR que é roupa de novinha quando NÃO É! Não tem nada disso, ainda mais você Karla, que é mignon e tem o corpo em dia. É só escolher um com comprimento bacana, e segurar a onda no decote. Tenho CERTEZA que ficaria perfeito pro evento. Um liso, sem estampa, é mais elegante mas você pode optar por um estampado também!

macaquinho churras2

Apenas atente que não seja mega colorido, porque aí sim pode ficar mais jovial do que chique, entende?

  • Está um pouco frio! Jaqueta jeans. Quebra qualquer formalidade do look e fica super estilosa. Quer dar mais estilo pra sua jaqueta? Coloque um broche bem legal. Aham, broche. Na Zara tem vários.
  • E nos pés? A sandália tem que ter número 2 (a deste post) ficaria perfeita em todos os looks. Pode ser sapatilha, tênis casual também, mas eu iria de anabela, ainda mais pela sua altura. Leve uma rasteirinha rycah na bolsa, caso queria ficar mais a vontade depois do primeiro ¨impacto¨ rsrsrs.
  • Cuide dos acessórios, cabelo e make leve tá?
  • Gostei de todas as opções e acho que eu iria de macaquinho! Agora me conta Karla, qual você curtiu mais?
03
Mar 2016
Resquícios de Look Novaiorquino + Desabafo
Looks

Agora sim! Depois deste look acabamos com NY, pelo menos os assuntos referentes à semana de moda. Gente, tenho TANTOS post anotados, mas TANTOS, que me faltam dedos para digitar e claro, tempo para fazer tudo. Minha vontade era de sentar e começar a trabalhar às 7 da manhã e só terminar depois de fazer uns 5 posts (demora viu? Tem posts que demoro 5, 6 horas pra fazer, outros faço em meia hora) mas não tenho foco. Aliás, outro assunto pra futuro post: como lidar com a falta de concentração e um possível DDA? Eu perco o foco muito facilmente e sempre acabo indo fazer qualquer coisa que não o meu objetivo. Desse jeito.

Enfim, aproveita que hoje tô faladeira. Vou mostrar meu último look oficial de NY (o não oficial foi o aerolook) e fazer um mini desabafo no final. NADA DE VOAR VER O DESABAFO.

Olhem o look primeiro, comentem e depois vamos falar de outras coisas:

Processed with VSCOcam with hb2 preset

Processed with VSCOcam with a6 preset

resize_Foto 18-02-16 00 07 24

Casaco Zara comprado em NY mesmo, por US$ 20!! Blusa térmica Uniqlo, minha companheira em praticamente todos os looks, escondida ou não rs. Saia DEUSA preto e branco Cecília Prado, bota Vicenza, clutch Hermés para Madrestore.

Processed with VSCOcam with a6 preset

Junto com Carolzinha (Carol Tognon), minha querida roomate e amiga! Amo demais!

Agora senta aí e vamos bater um papo.

Semana de moda, seja nacional ou internacional, é MUITO legal. É cansativo? É. Mas o glamour misturado à correria, aquela quantidade de informação circulando bem em frente aos nossos olhos, as fashionistas que a gente vê nas revistas e nos sites ali ao vivo, dividindo uma arquibancada de desfile com você, os fotógrafos querendo captar os looks mais interessantes, as modelos mais famosas, os estilistas mais tops, os eventos, os jantares, as festas, TUDO é diferente e faz a gente se sentir muito VIP de estar ali no meio, de ter acesso a tudo (obrigada Fhits <3).

A preocupação com o que vamos vestir obviamente existe. Ninguém vai para uma semana de moda e usar a roupa que usa no dia a dia. Eu ainda não me permito ousar muito, mas aos poucos (se bem que já estou entrando no meu terceiro ano de fashion week sem parar) vou incrementando uma coisinha ali, outra ali, quase sempre dentro do meu estilo basicão de ser. Ok.

E uma das coisas que mais gosto de variar nessas semanas de moda é a bolsa. Sim, a bolsa. Tenho váaaaarias, algumas grifadas outras não em suas devidas proporções. Acho chato usar sempre a mesma bolsa NESSE TIPO DE EVENTO ainda mais fotografando todos os looks diariamente, muitas vezes, mais de um por dia. No meu cotidiano, ou eventos mais locais, obviamente me viro com o que tenho.

Como todo ser humano, eu gosto do que é bom. Como mulher que trabalha com moda, que respira tendência, que pesquisa sobre marcas o dia inteiro, todos os dias, eu também gosto de grifes. Como trabalhadora que não nasceu em berço de ouro nem ficou rica por algum motivo especial, comprar bolsas de grife a cada semana de moda é muito difícil (são 2 internacionais por ano, 4 nacionais, façam as contas…). Daí conheci uma loja bem bacana aqui de BH, a Madrestore, que aluga bolsas de luxo e tem sido minha salvação quando quero dar aquela glamourizada no look. Que lindo um look Zara com uma Hermés. Que lindo uma calça Riachuelo com uma Chanel. É disso que estou falando, high low, o barato e o caro. A moda pra todos os bolsos, para todos os gostos, com a cereja do bolo.

E daí aparece uma pessoa e diz: Que pena que você está se perdendo e agora só ostenta com grifes. Está igual as outras, ficou metida. Parei de seguir.

JURA?

Será que essa pessoa realmente me conhece? Será que essa pessoa realmente quer me ver feliz, realizada, montando um look interessante, variando, saindo do mesmo? Será que porque gosto de comprar em fast fashion isso me impede de usar uma peça grifada? Será que essa pessoa pensa que GRIFE DEFINE PERSONALIDADE?

Amiga, você não sabe da missa a metade. Tem muita gente que usa Hermes e é muito mais simples e honesta do que algumas que usam a bolsa da fast fashion da esquina. Não se baseie por grifes para julgar a essência de alguém, tente ir um pouquinho além, quem sabe acompanhar, observar e entender a índole da pessoa?

Não é porque eu usei um bolsa grifada que mudei, que perdi a essência. Fique feliz por mim! Fique feliz porque consegui dar um passo além, consegui montar algo bacana e que pode servir de inspiração para tantas pessoas. Fique feliz porque consegui sair do mesmo, porque meu mundo está se expandindo, porque agora posso pegar, tocar e usar o que antes só conseguia olhar da vitrine. Mesmo alugada, emprestada ou comprada (porque não?), não será uma bolsa de grife que me fará mudar quem sou. Não deseje meu cárcere fashion, não defina meu espaço, não coloque fronteiras ao que posso usar ou não. Enquanto eu puder ir além, eu irei. E com prazer, mostrarei tudo para você. Quem sabe um dia você também queira alçar vôos mais ousados e ser além do que sempre se foi?

Página 3 de 912345Última »