31
Jan 2015
Dica da Leitora Trip – Zakynthos, Grécia
Dica da Leitora Trip

Querem ver fotos lindas? Então leiam a dica de viagem da Cindy! Fiquei PAS SA DA com as imagens!!!

¨Oi Cony! Hoje venho apresentar pra vcs nada menos que o paraíso!

Pra mim, o lugar mais incrível do planeta, não que eu conheça muitos lugares (ainda), mas tenho certeza que será difícil bater a ilha que tem a praia mais bonita do mundo! (Mesmo! Foi eleita esse ano pelo TripAdvisor).  Acho que nada do que eu falar vai convencer mais que as fotos, mas posso assegurar que elas não representam toda a beleza desse lugar… mas vamos lá…  O lugar em questão chama-se Zakynthos, na Grécia.

A Grécia por si só já é incrível! Toda aquela história, arquitetura, cultura, gastronomia… Tudo lá é maravilhoso! Fomos em setembro, pois já tinha passado a alta temporada, o que significava preços mais baixos, menos gente e um calor agradável.  Passei 20 dias por lá com meu namorado e posso garantir que quem for vai amar pra sempre! Mas hoje resolvi falar de Zakynthos.

Nós chegamos por Atenas, passamos uns dias por lá, alugamos um carro, passamos mais uns dias viajando pela parte continental, que é muito rica culturalmente, e fomos por ferryboat pra ilha. Foi a primeira das ilhas que visitamos. O tal do ferry não é como aqueles que existem aqui no Brasil, tá mais para um navio de luxo (quase). Ele é enorme e a viagem foi muito tranquila! Durou cerca de 1 hora.

Ferry

Chegando na ilha vimos uma cidade muito bonitinha, com as sua arquitetura peculiar. Quando pensamos em Grécia, logo nos vem à mente aquelas casinhas brancas, mas nessa ilha as construções são mais “normais”. A ilha foi colonizada por italianos, então a arquitetura lembra muito a veneziana. A ilha é muito grande e isso nos surpreendeu! Alugamos um jipe pequeno, um Jimny… lá não tem transporte público e o taxi é meio caro, então tem que alugar um carro!

Por do sol

Ficamos na parte sul da ilha, na praia de Keri, é uma região linda, cheia de oliveiras (aliás, como a ilha toda!) e muito calma! Ficamos em um hotel que ficava a uns 500m da praia e foi bem baratinho, 15 euros por dia pra duas pessoas. Não tinha café da manhã, mas o hotel, estilo pousada, tinha tudo o que precisávamos, incluindo cozinha e era super limpo (o que acho imprescindível). Passamos 2 dias e meio na ilha e considerei um tempo bom! Deu pra conhecer as principais atrações com calma.

Oliveiras

A primeira coisa que fizemos foi conhecer a famosa praia de Navagio, a mais bonita do mundo! A praia só é acessível por barco. Pagamos 12 euros por pessoa e fomos em um barco com mais 10. O passeio incluía a ida para a praia, conhecer as Blue Caves, dar um mergulho por lá e a volta para o porto.

Navagio vista de cima

O passeio até a praia já foi maravilhoso! O azul do mar é tão intenso que parece pintado! É muito emocionante chegar à praia! Ela é cercada por falésias super altas e quando você a avista é lindo! Bem no meio da “areia” ( que na verdade são pequenas pedrinhas) tem um barco encalhado. Ele tá lá desde 1980. Era um barco que traficava tabaco, mas na perseguição encalhou e ficou por lá. Sendo verdade ou não, dá todo um charme…

barco de Navagio

O azul do mar chega a fazer os olhos doerem de tão claro! Tudo é perfeito! As pedrinhas brancas do chão, os paredões em volta, o mar sem ondas… realmente é a praia mais bonita do mundo! (na minha opinião)

Navagio vista do mar

Navagio

Ficamos algum tempo por lá tirando milhões de fotos e voltamos para o barco. De lá seguimos para as Blue Caves, que são cavernas feitas pela ação do vento nas falésias. O barco consegue entrar em algumas e em uma delas tem uma fenda submarina que faz com que entre uma luminosidade azul bem interessante. Saindo de lá paramos em um ponto para mergulhar. Levamos pés de pato e snorkel e aproveitamos muito! O mar é muito cristalino e cheio de peixinhos, uma das experiências mais gratificantes da viagem.

Blue Caves

Dentro da caverna

No dia seguinte decidimos ver Navagio pelo alto. É possível ver a praia do alto da falésia… e que vista!!! No local tem um mirante, mas a vista não é muito boa, mas vc pode andar por umas trilhas e ter a vista perfeita. Ficamos uma hora olhando aquilo tudo, hipnotizados. Parecia de mentira e não queríamos mais sair dali, mas como tínhamos mais coisas pra conhecer, fomos pra outro lugar lindo, o Porto Limnionas.

Porto Limnionas 2

Porto Limnionas

Quando pensávamos que já tínhamos visto beleza suficiente pro dia, descobrimos muito mais. Essa praia que na verdade é um braço de mar tinha um mar lindíssimo! Pegamos nossos pés de pato e ficamos horas nos divertindo! O local é bem afastado e só tinha um restaurante. Estávamos morrendo de fome e fomos ver quanto sairia um prato, pensando que iríamos pagar em rim a conta. Gente, a comida lá é maravilhosa e o sobrenome do povo é justiça. Nós pagamos incríveis 5 euros pelo prato que era tão bem servido que nem consegui comer tudo. Lá é tudo muito barato, ninguém te cobra a mais por estar em um lugar paradisíaco, eles são extremamente justos e a comida é di-vi-na!

Restaurante Porto Limnionas

A ilha é considerada o santuário das tartarugas, inclusive tem uma área de proteção ambiental só pra elas. Há muitos passeios que garantem o avistamento desses bichinhos. No dia seguinte decidimos fazer esse passeio. Saía da praia de Keri mesmo e ainda não tínhamos visto a praia de dia. Quando chegamos lá demos de cara com uma ilha com o formato de tartaruga! Fomos pesquisar as empresas que faziam o passeio e um cara nos abordou oferecendo uma barco só pra nós. Tinha lido em alguns sites sobre isso e decidimos tentar. Vc aluga o barco por hora. Decidimos ficar 3 horas e foi muito legal! Não precisa de habilitação e eles ensinam direitinho como mexer em tudo. Pagamos 55 euros e foi uma experiência maravilhosa! Vimos uma targaruga e segundo a tradição agora tenho um ano de sorte hahah… Passeamos pelas Keri Caves que são bem parecidas com as Blue Caves e paramos na ilha da tartaruga, que se chama Maratonissi, para mergulharmos.

Nosso barco

Ilha da tartaruga

Tartaruga

Mergulhando

Keri Caves

Depois seguimos para o nosso hotel para pegarmos as malas e partirmos de avião para a ilha de Creta, mas esse passeio fica pra uma próxima “dica”. E um detalhe… lá o povo é extremamente solícito, mesmo quando não falam inglês e tudo é na base da confiança. Alugamos o carro pagando em dinheiro e dei apenas como documento a minha carteira de habilitação. Pedimos para deixar o carro no aeroporto e pediram que deixássemos o carro no estacionamento, aberto e com a chave embaixo do tapete! Ficamos chocados, mas fizemos isso.

porto para pegar o barco para Navagio

Mar de Navagio

Beijos Conyta, amo amo amo seu blog!¨

 

  • As fotos mais LINDAS que já vi na vida! E como de costume, se alguém quiser complementar a super dica dessa viagem maravilhosa da Cindy, pode falar nos comentários! Obrigada Cindy, ARRASOU!