09
Jan 2018
AÊ MULHERADA!!!!
Fashion Emergency

Mas que coisa mais emocionante essa mulherada super master poderosa se unindo domingo a noite para um protesto durante o Golden Globes! Todas vestindo preto, manifestando contra o assédio sexual e em favor da igualdade de gênero em Hollywood. Acho que teve duas furonas, mas não falaremos delas. E todo mundo tá sabendo das inúmeras acusações de estupro contra o produtor Harvey Weinstein né? Pois é, e ontem a homenageada foi tiro porrada e bomba, ninguém menos que Oprah Winfrey que fez um lindo discurso que colarei aqui no final do post. Não poderiam ter homenageado melhor pessoa para esse dia!!!

Bom, foi todo mundo de preto. E teve pretinho para todos os gostos. E também teve a prova que nem sempre um vestido preto é garantia de sucesso. Vem ver os modelitos que escolhi para comentar:

Vestido preto de alcinha. Acho lindo, acho delicado apesar de não ter me emocionado com nenhum.

Mas curti bem essa série de menos é mais. Vestidos pretos simples, sem detalhes e chiquérrimos. Muitas usaram preto com acessórios e jóias verdes, como a Zoe Kravitz, uma das premiadas da noite.

Preto com decotão, um clássico! Mas Chloe pisou na bola, essas fendas “casadas” não ficou bom. Talvez se fosse fenda lateral e com a parte de baixo fluida, o efeito seria outro. Uma das grávidas da noite foi Eva Longoria, primeiro baby aos 42 anos! Achei gata apesar do mesmo “defeito” de Chloe. Já Rumer sambou… aham, achei lindo, usaria super. Princesa dark, essa é das minhas!

Preto com transparência também é algo bem comum em tapete vermelho. O de Ali, simples. O de Cara, estranho. O de Hailey, confuso. Tô chata mas reparei numa coisa… a sandália delicada de 3 tiras foi a campeã da noite. Reparem nos outros looks.

Aqui curti todos, serião. Acho um ombro só super elegante. AMAY o paetê sexy de Arielle, o futurista de Saoirse e o Morticia Style de Taylor. Usaria os 3. 

Preto com renda. Shan confusa, muita informação. E tanto o de Hong quanto o de Michelle, sem graça.

Preto e branco, ou preto e off white. Gostei de Vanessa, mas talvez um pouco caricata. Tutti Chanel. AMAY Olivia. Chique. OPA, OLHA A SANDÁLIA DE NOVO. Diane foi atacada pelos gatos antes de sair de casa, vi alguém falando isso no Insatagram e morri de rir rs.

Vestido de diva para divas! Achei Eiza bem Hollywood anos 50 e Mariah… gosto tanto dela que nem vou comentar.

A turma do volume. Gente, Kate SEMPRE lacra. Aliás acho que toda Kate lacra. A Hudson é outra que sempre faz lindo. Adorei tudo da Beckinsale e arrisco dizer que foi a mais bela da noite, na minha opinião, claro. 

Também tivemos bolinhas brancas. Natalia e Mena curtiram um poá… eu já não curti tanto.

Dois tomaras que caia bem princesas. Sou muito fã da Sra. Timberlake e adorei o vestido que ela usou bem como o combo cabelo + make + acessórios. Kendall pode quase tudo né? Apesar de ser um vestido duvidoso, gostei do conjunto da obra.

AHÁAAAA, acharam que essas duas iriam passar batido né? DIZEM QUE, Aniston nem enfrentou o tapete vermelho para não dar de cara com Angelina. Será? A última vez que as duas respiraram o ar do mesmo lugar foi em 2015, e domingo a cena se repetiu. E tem mais! Quando Jennifer subiu ao palco, Angelina fez toda a cara de desinteresse e ignorou Jennoca. Sim, sou Team Aniston.

MORTA! HAHAHAHAHA

Ah e prometi o discurso da Oprah né?

“Obrigada, Reese [Witherspoon]. Em 1964, eu era uma garotinha sentada no chão de linóleo da casa da minha mãe em Milwaukee, assistindo Anne Bancroft apresentar o Oscar de melhor ator, na 36ª edição do prêmio. Ela abriu o envelope e disse cinco palavras que literalmente fizeram história: ‘O vencedor é Sidney Poitier’. O homem mais elegante que eu já vi subiu ao palco. Sua gravata era branca, sua pele era negra – e ele estava sendo celebrado. Nunca havia visto um homem negro ser celebrado dessa maneira.

Tentei muitas, muitas vezes explicar o que um momento como esse significa para uma garotinha, uma criança que olha a mãe passar pela porta, cansada até os ossos de limpar a casa de outras pessoas. Mas tudo o que posso fazer é citar aquela música que Sidney cantou em ‘Os lírios do campo’: ‘Amém, amém, amém, amém’.

Quero agradecer à Associação dos Correspondentes Estrangeiros. Sabemos que a imprensa está sob cerco nos dias de hoje. Nós também sabemos que é a dedicação insaciável para descobrir a verdade absoluta que nos impede de fechar os olhos para a corrupção e a injustiça – para tiranos e vítimas, e segredos e mentiras. Eu quero dizer que valorizo a imprensa mais do que nunca, enquanto tentamos navegar esses tempos complicados, o que me faz pensar nisso: o que eu sei, com certeza, é que falar sua verdade é a ferramenta mais poderosa que todos nós temos.

E eu estou especialmente orgulhosa e inspirada por todas as mulheres que se sentiram fortes o suficiente e empoderadas o suficiente para falar e compartilhar suas histórias pessoais. Cada um de nós nesta sala é celebrado por causa das histórias que contamos, e este ano nós nos tornamos a história. Mas essa não é uma história que afeta apenas a indústria do entretenimento. É uma história que transcende qualquer cultura, geografia, raça, religião, política ou local de trabalho.

Então, eu quero hoje a noite expressar gratidão a todas as mulheres que sofreram anos de abuso e agressão porque elas, como minha mãe, tiveram filhos para se alimentar e contas a pagar e sonhos para perseguir. São as mulheres cujos nomes nunca conheceremos. São trabalhadoras domésticas e trabalhadoras agrícolas. Elas estão trabalhando em fábricas, em restaurantes, estão nas universidades, engenharia, medicina e ciência. Elas fazem parte do mundo da tecnologia, da política e dos negócios. Elas são nossos atletas nas Olimpíadas e elas são nossas soldadas nas Forças Armadas.

E há outra pessoa, Recy Taylor, um nome que conheço e acho que vocês também deveriam conhecer. Em 1944, Recy Taylor era uma jovem esposa e mãe que caminhava para casa voltando da igreja que ela frequentava em Abbeville, no Alabama, quando foi raptada por seis homens brancos armados, estuprada e deixada com os olhos vendados ao lado da estrada. Indo para casa, depois da igreja.

Eles ameaçaram matá-la se ela alguma vez contasse a alguém, mas sua história foi relatada à Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, onde uma jovem trabalhadora chamada Rosa Parks se tornou a investigadora principal em seu caso e juntas buscaram justiça. Mas a Justiça não era uma opção na era de Jim Crow. Os homens que tentaram destruí-la nunca foram perseguidos. Recy Taylor morreu há dez dias, pouco antes de seu aniversário de 98 anos.

Ela viveu como todos nós vivemos, muitos anos em uma cultura destruída por homens brutalmente poderosos. Por muito tempo, não ouviam as mulheres, ou não acreditavam nelas quando ousavam falar a verdade sob o poder desses homens. Mas esse tempo acabou. Esse tempo acabou. Esse tempo acabou.

E eu só espero – eu só espero que Recy Taylor tenha morrido sabendo que sua verdade, como a verdade de tantas outras mulheres que foram atormentadas naqueles anos, e até agora atormentadas, segue adiante. Estava em algum lugar no coração de Rosa Parks, quase 11 anos depois, quando tomou a decisão de ficar sentada no ônibus em Montgomery, e está aqui com todas as mulheres que escolhem dizer: ‘Eu também’. E está em todo homem – todo homem que escolhe ouvir.

Na minha carreira, o que sempre tentei fazer de melhor, seja na televisão ou no cinema, é dizer algo sobre como homens e mulheres realmente se comportam. Para dizer como sentimos vergonha, como amamos e como nos enfurecemos, como falhamos, como recuamos, perseveramos e como superamos. Entrevistei e retratei pessoas que resistiram às coisas mais feias que a vida pode oferecer, mas uma qualidade que todos parecem compartilhar é a capacidade de manter a esperança para uma manhã mais clara, mesmo durante as noites mais sombrias.

Então, eu quero que todas as garotas assistindo aqui, agora, saibam que um novo dia está no horizonte! E quando esse novo dia finalmente amanhecer, será por causa de muitas mulheres magníficas, muitas das quais estão aqui neste auditório, esta noite e alguns homens fenomenais, lutando para garantir que se tornem os líderes que nos levam ao tempo em que ninguém nunca mais terá de dizer “Eu também”.”

  • E que tal? Um Golden Globes para ficar na história!
11
Jan 2016
O Melhor e o Pior do… Golden Globes 2016!
Fashion Emergency

E ontem tivemos o Golden Globes da tristeza, já que nosso amado salve salve Wagner Moura não levou o prêmio pela interpretação de Pablo Escobar em Narcos, mas quésabê? TEMOS WAGNER MOURA FOREVER! Infelizmente não sei falar se o ator que ganhou é tão bom quanto, mas tudo indica que é… tem que ser né! Pra desbancar Waguinho deve ser potente, preciso ver Mad Man, mas por enquanto estou devorando The Walking Dead e caindo de amores por Daryl.

Enfim, vamos falar dos looks das beldades que passaram pelo tapete vermelho ontem?

goldenglobes1

Quase desmaiei quando vi Amanda e Rooney com um vestido que achei que fosse igual. Não são, mas ambos são de Alexander McQueen. Tá explicada a semelhança. Acima, o trio nude da noite. Não gostei de nenhum.

goldenglobes3

As rosinhas, as blushes. Leslie Mann, vestido sem emoção nenhuma. Kate Hudson, pela primeira vez na vida não é minha preferida e está longe de ser! Ela que sempre lacra no red carpet, ontem estava bem marromeno e duvidosa. Gostei do vestido de Katy Perry mas não para a premiação. Vestido em tempos de crise. Mas ela tá linda com o cabelo escuro. Aliás, ô bicha bonita hein? 

goldenglobes4

As azuis. Amo azul, se eu fosse num red carpet iria de azul ou verdão. Maaaaaas, das celebs acima acho que nenhuma salvou 100%. Tava quase falando que Kate Winslet era a melhorzinha, mas gosto de Julianne Moore. Meu sonho é usar um vestidão todo de paetê. Aliás, povo, vamos prender esse cabelo?

goldenglobes5

As amarelinhas: zero pras duas. America tá normal, também sem emoção e sinto que falta algo… um brincão talvez? Agora me expliquem o que se passou pela cabeça de Jeiloca! Que cara é essa mona? Não tá me enxergando direito? Não sei o quê é pior: a cara dela ou o vestido. Mas devo confessar que é melhor que os transparentes cravejados de Swarovsky tampando as partes íntimas que ela costuma usar.

goldenglobes6

As verdes: UHHHH amei as duas. Amo verde, aliáaaaas tô a procura de alguma coisa verde.. Mas verde bandeira. Jada sambou com esse vestido contrastando com a pele mara dela e ver o look e o corpo de Jamie me deu semi arrependimento de ter colocado silicone. Um decotão sem peito é MUITO chique. Finas, as duas. Reverências.

goldenglobes2

As douradas: Rosie nem dá pra comentar né? Mas acho que ela pode TANTO mas TANTO que ficou meio apagada nesse vestido. Trocaria as roupas, Rosie com o vestido de Brie ficaria beeem melhor.

goldenglobes7

As burgundy! EIS MINHA ESCOLHIDA COMO A MAIS BELA DA NOITE! Olivia Wilde sua perfeita! Corpo, postura, roupa, TUDO nessa mulher é lindo. Caramba. E como ficou maravilhosa nesse Maicocó!!! Nú, arrasou, sem mais. Zendaya de Marchesa, gostei do vestido mas acho que ela não segurou toda essa exuberância…
goldenglobes8

As vermelhas: soninho. Ok, J Law estava ok. Só ok.

goldenglobes9

As estampadas: olha que está aquiiii! Palerminha! Adorei as cores do vestido, interessante. Queria saber a procedência do look completo dela… algo me diz que tem alguma fast fashion por aí… Só acho. As outras duas: tecido de forrar sofá.

goldenglobes10

As laranjas: palmas eternas para Giuliana que não foi de preto! Só não gostei da manga, mas curti ver cor nela. Amy Adams é toda linda e com cara de gente boa, gostei do look apesar de ver tudo laranja nela.

goldenglobes11

As prateadas: Heidi emagreceu hein? Só eu que fico me imaginando nos vestidos? Se estivesse usando o de Heidi estaria balançando pra lá e pra cá. Se estivesse no de Portia iria brincar de cegar todo mundo.

goldenglobes12

E não poderia faltar a turma do pretinho! Preto AND básico. Quem tombou todas com um look super diva e comportado foi Lady Gaga. Diva tipo Marilyn! E reparem a diferença entre os vestidos… um marromeno, um de diva e um de sexy.Aliáaaas, que que isso hein Kirsten? Quem te viu vampirinha quem te vê toda mulherona agora…

  • Não teve a mais louca nesta edição. Tudo muito comportado e dentro da normalidade, quase boring. E a lacradora da noite, Olivia Wilde, derrubando bonito Kate Hudson. ALIÁAAAS, as duas estava de Michael Kors mas Olivinha se deu melhor. O que acharam deste tapete vermelho?
12
Jan 2015
O Melhor e O Pior do Golden Globe 2015!
Fashion Emergency

Que calor é esse Brasiiiil!! Cheguei ontem e já estou em processo de derretimento rsrsrs. Nerinho ficou bem, antes que me perguntem… na verdade ele nem me dá bola mais, fica feliz com meu pai e minha mãe. Quando cheguei foi a maior festa, mas depois desencantou de mim… Acho que perdi a guarda mesmo 🙁

Bom, hoje acordei com a notícia que teve Golden Globe ontem! Não assisti por motivos de: cansaço. Mas hoje já dei uma olhada nos looks e gostei de algumas coisas viu? Esqueci de colocar os nomes da celebs nas fotos, mas sempre será da esquerda para a direita!

gg2015 brocadas

Siena Miller de vestido Miu Miu, achei ela TÃO diferente! Deve ser o ângulo da foto ou ela fez algo no rosto. Quanto a roupa, gostei! Anna Faris de Reem Acra, adoro essa menina e acho-a tão simpática que mesmo faltando um ponto de cor no look vou deixar na lista das bem vestidas. AMEI o Zuhair Murad de Chrissy Teigen! Apesar de já termos visto vários vestidos ¨tipo¨ esse (tá rolando uma falta de criatividade mundial para roupa festa não acham?), achei esse modelo muito lindo e adequado. E ela linda também.

gg 2015 nude muso

As brocadas: Ellie Kemper em um vestido bonito, talvez vintage, não achei maiores referências. Kate Beckinsale de Elie Saab, PER FEI TA! Se repararem o vestido não é grandes coisas… é bonito, mas reparem nos acessórios, make, cabelo e inclusive cor do esmalte! Toda bem montada! J Lo sem carão não é J Lo. Mais um Zuhair Murad no tapete vermelho e ela deusa como sempre. 

gg2015 as princesas

As princesas: tenho um pouco de preguicinha desse tipo de vestido, mas vamos lá. Anna Kendrick de Monique Lhuillier, Greer Gramer de Lorena Sarbu e Allison Williams em Armani Privé. Se fosse para eu escolher um desses looks e sair rodopiando, iria de Anna Kendrick.

gg 2105 vermelho

As vermelhas deusas: com Jane Fonda, Helen Mirren e Catherine Zeta Jones não se brinca. Aqui não se julga, aqui se respeita. 

gg 2015 vermelhos nao felizes

As vermelhas não tão deusas: o que é esse cinto Kate Mara?? Tipo, em que momento ela pensou ¨ah, falta um cinto, peraí¨. Simplesmente acabou com o look. Julianna Margulies pesou nos acessórios e Lena Dunham ficou parecendo um abajour. Tenho a impressão que se puxar um braço dela, vai acender uma lâmpada embaixo dessa saia. 

gg 2015 as metalizadas1

As metalizadas light. Adoro metalizadas. Reese Whiterspoon de Calvin Klein e Diane Kruger de Emilia Wickstead, ambas belíssimas. Estrelinha extra para Reese, há tempos não a via tão bonita.

gg 2015 as metalizadas 2

As metalizadas hard: Julianne Moore de Givenchy Couture (sabem que amei esse vestido?) e Dakota Johnson de Chanel. Chanel duvidoso. Sandália linda. 

gg 2015 azuis

As azuis! Katherine Heigl de Zac Posen, simples mas certeira. Kelly Osbourne sempre em tons frios e minimalista, e Maria Menounos que super me decepcionou. Ela sempre está linda e impecável mas achei esse vestido uó, fora que ela ficou com um pandeiro enorme. 

gg 2015 branco

As de branco. Fiquei passada como teve gente que super elogiou o vestido da Rosamund Pike! Achei pavoroso. Esse Vera Wnag tirou todas as curvas dela e vestiu muito mal. Julia Louis-Dreyus sem grandes emoções, porém ok e a Louise Roe no vestido branco mais bonito, de Jenny Packham. Só achei que ela poderia ter caprichado mais no make e cabelo.

gg2015 amarelas

As amarelinhas: Jenna Dewan Tatum, Leslie Mann e Naomi Watts. Fico com Leslie Mann. 

gg 2015 sono eterno

As Rivotril, porque me dão soooooono! Amanda Peet tão sem graça quanto tv em dia de domingo, Maggie Gyllenhaal nunca me emocionou (já o irmãozinho…) e Keira Knightley em outro Chanel duvidoso! Que passa Karl???

gg 2015 preto com brilho

Por incrível que pareça não teve muitos looks pretos. Mas Jennifer Aniston, como sempre, foi de preto. Aliás ela tá quase ganhando o Premio Rivotril do Ano de tanto sono que tem me dado. Nunca surpreende e olha que sou super amiga dela. Emma Stone foi de Lanvin e eu AMEI! Lindo look, diferente e chique.

gg 2015 as modelos

Cindy Crawford de Versace mas que poderia muito bem ter sido comprado na lojinha de roupas de festas da esquina (detalhe para a sandália Jimmy Choo, estou doida com uma! Mas quero nude…) e Heidi Arroz de Festa Klum, também de Versace, foi mais bem sucedida na escolha do look,

gg 2015 quase gostei

Os que não sei se gosto ou não: Claire Danes de Valentino. Gostei do vestido… mas não sei se para esse red carpet ficou legal… algo me incomoda. Jessica Chastain de Versace linda. Ela linda, cabelo, make, corpo mas o vestido… gostei e não gostei. Adorei o mega hair da Katie Holmes, o Marchesa sem frufrus mas parei no sapato. Nananinanão, não consigo gostar de sapato fechado com vestidos longos. Pesa.

gg 2015 sem cat

Outra turma que me deixou em dúvida: Amy Adams num Versace lavanda que não me desce. O modelo está ok, mas a cor me irrita. Não consigo gostar desse lilás clarinho, é uma cor não cor. Parece algo desbotado, mole, antigo. Não gosto. Acho que Mathew não está dando assistência pra Camila Alves, olha a cara dela de desgosto… Sempre tão blasé… Enrolada num belo lençol de Monique Lhullier. Salma Hayek de Alexander McQueen aproveitou a sobra de tecido do vestido e mandou forrar a clutch. É isso mesmo??

gg2015 os erros

E quem não se deu muito bem… Amal, Amal… eu que tanto te elogiei aqui, hoje fico triste por essas luvas brancas. Não quero ser má, mas dá uma olhadinha nos looks de red carpet da ex Sra Clooney. Aquela nunca desapontava. Lupita, que ano passado foi a mais bem vestida do Golden Globes, este ano não quis entrar na competição. Foi fantasiada de flor. E Lorde, errou completamente com o tamanho e comprimento dessa calça. Tá parecendo o Didi Mocó. (Estão falando que as luvas brancas da Amal eram em forma de protesto pelos atentados na França! Se for… ok então né…)

gg 2015 kate hudson

Agora a brincadeira acabou. De novo, ela. Kate Hudson só vai em tapetes vermelhos se for para ser a mais bela, e novamente este ano, para mim, ela foi a mais top de todas. Outro Versace (como teve Versaces essa noite), só que este PERFEITAMENTE esculpido no corpo de Kate. Aliás, que corpo. Que vestido. Que look maravilhoso!

gg2015 kate hudson1

E não vou criticar nada porque seria puro recalque, ela foi a mais bonita da noite. Sim ou sim?

gg2015 adam

E só um plus para finalizar este post… Até Adam foi. Acho que tem um vulto ao lado dele, mas não tô enxergando direito, parece uma sombra, sei lá. Só vejo Adam, com aquele sorrisinho fofo que me faz rir também…

  • Achei interessante esse Golden Globes. Modelos variados de vestidos, muita gente na zona de conforto, bem frequentado. Do tipo que dá para salvar vários looks e mandar a costureira fazer depois. 
Página 1 de 212