23
Apr 2014
10 Coisas que Odeio em: Dietas
Cotidiano

Vamos rir um pouco porque a coisa tá feia aqui pro meu lado. Voltei malzona do Rio de Janeiro, com um mix de amigdalite, gripe e rinite. Tem hora que morro de frio, tem hora que fico suando bicas, em alguns momentos acho que sarei, depois acho que vou morrer… Assim mesmo, bem dramática kkk. Coisa de mineira que vai pra praia e ficar no ar condicionado do hotel e depois no calorão do Rio.

Bom, tem tempos que queria fazer mais um 10 Coisas que Odeio mas faltava inspiração. Hoje ela veio, e com a ajuda de uma amiga (brigada Paula).

Depois de comer tudo o que tinha direito neste feriado (e o que não tinha direito também) vem aquela velha promessa: vou malhar pesado a partir de hoje, vou seguir a dieta certinho, parei de comer e beber, etc e tal. Mas odeio dietas. Amo comer, me sinto livre e poderosa ao dar a primeira mordida num pastel, um belo gole numa taça de vinho, comer as torradinhas com patê do couvert e no fim ainda pedir a sobremesa. Isso sim é liberdade, é alegria, é bom humor instantâneo, é prazer, é VIVER! Só que a gente quer viver feliz e não engordar né? kkkk Acha que é fácil? Não é não… a não ser que você seja uma dessas pessoas abençoadas pela genética, que tem o metabolismo à jato e que pode comer de tudo que não engorda.

dietas1

Caso contrário, junte-se a nós, e vamos odiar a dieta por causa de todos esses motivos abaixo!

10 Coisas que Odeio em Dietas!

01 – Ter que seguir uma tabela, uma lista, com milhões de alimentos, grupos e substituições. Normalmente eu sigo a primeira indicação por pura preguiça de ler as inúmeras substituições. Além do mais, ter que seguir aquelas quantidades chatas tipo: uma colher e meia rasa de sobremesa, um bife do tamanho da palma da mão (mão de quem?), uma fruta de tamanho médio (melancia vale?), 1/2 pedaço médio (como vou saber se meu médio é o médio permitido?), 6 unidades (mas se eu quiser só 4?), 2 fatias finas (fina quanto?). Isso me irrita muito e acabo desistindo.

02 – Conseguir fazer tudo lindo por um mês, notar o emagrecimento, aí num final de semana que me permito sair da dieta, volta TUDO O QUE FOI PERDIDO EM UM MÊS! Poxa, assim não dá!

03 – Conhecer e entender coisas como carboidrato, proteína, gordura saturada, gordura trans, frutose, lactose, glúten, amido, whey, termogênicos, índice glicêmico AHHHHHHHHHHHHHHHHH, odeio. Nunca sei o que é o que e quando pode e quando não pode, e com o que mistura, e se é pra comer antes de malhar ou depois de malhar. Odeio, sem mais.

dietas2

04 – Esses milhões de coisas novas que aparecem todos os dias e prometem secar a barriga, queimar gordura, melhorar a saúde, acelerar o metabolismo, desintoxicar… Leia-se chia, goji berry, quinua, oléo de cártamo, óleo de côco, óleo de osso de chifre de unicórnio rosa, colágeno, suco de couve com qualquer coisa, linhaça, termôgenico XXX, tapioca, chá verde -branco-de hibisco, açaí… Aí vira aquela loucura, o negócio acaba em todos os lugares, o preço sobe horrores, todo mundo se gaba de estar tomando, leva pro trabalho, pra academia, anda com garrafinha, pós e cápsulas pra cima e pra baixo, fornece pras amigas e no final ninguém vê diferença nenhuma no corpo a não ser um baita piriri. E pior, depois aparece no Fantástico ou na capa da Veja falando que faz mal, que foi proibido pela Anvisa, que mata, que dá câncer, que faz crescer um dedinho nas costas, que acaba com o fígado e PÁH, morre alguém e fica todo mundo assustado.

05 – Os intermináveis grupos no Whatsapp com as amigas neuróticas que só falam de comida saudável, de academia, de calorias, de whey, postam fotos das muié malhada do Instagram e falam de uns produtos que você nunca ouviu na vida e você só não deixa o grupo porque gosta muito das amigas e tem a esperança que um dia esse assunto morra.

06 – Quer saber a coisa que mais odeio MESMO em dieta? O preconceito com as gemas. Nutri que manda fazer omelete de claras, SÓ QUE EU AMO AS GEMAS! Será que não pode ser o contrário não? Um omeletezinho só de gema?

dietas3

07 – E o tal do omelete puxa outra coisa que odeio… Ir pra cozinha. Queria uma dieta que eu pudesse comprar tudo pronto, mas nãaaaaaaaaaaaaaaaao, tudo tem que usar panela, frigideira, coador, liquidificador e me diz, existe coisa MAIS CHATA que lavar liquidificador e coador? Esse é um dos pontos que mais me atrapalha fazer o que o nutri manda. Só entro na cozinha pra pegar água, e entro de costas que é pra sair mais rápido.

08 – O aumento na conta do supermercado. Viver sem dieta é infinitamente mais barato, FATO! Tudo que é light, diet, saudável, sem conservante, natural, orgânico etc e tal, é muito caro! E outra… e o tempo que perdemos no supermercado? Antes fazer compra era chegar, pegar, botar no carrinho e pagar. Agora não, tem que ler o rótulo, entender de % de sódio, de proteína, de caloria, tirar foto, mandar pro grupo das amigas neuróticas no whatsapp, perguntar o que acham, esperar resposta, debater. Ou mandar a foto pro nutricionista e ele não responder e você ficar fazendo hora pra ver se ele manda alguma coisa… Tenso.

09 – Daí, uma semana depois o nutri lê sua mensagem, geralmente numa segunda feira depois de um final de semana regado a uma taça de vinho (taça de 2 litros) e petiscos e pergunta: Tá fazendo tudo certinho? Seu retorno é depois de amanhã heim! E chega a nossa vez de não responder por uns… 2 meses?

10 – Essa minha amiga que me contou e eu rolei de rir… Ela mente pro garçom que é celíaca, diabética, hipertensa e com colesterol alto só pra assustar e ele levar a sério as restrições kkkkkkkkkkk. Morri, ainda não cheguei nesse ponto kkk

E dá pra odiar muito mais de 10 coisas! Outra que eu detesto é o tanto de follow e unfollow que dou nos perfis do Instagram dessas moças que eram gordinhas e que agora vivem na academia e a base de suplementos. Dou follow quando tô animada a malhar e preciso de estímulo. Depois vejo que a vida não é só isso, que elas tão é ganhando muita grana ficando magra, que não devem fazer tudo o que falam, fico com raiva, dou unfollow e vou comer feliz da vida kkk

Isso tudo é a parte cômica de quem segue ou quer seguir uma dieta. Eu sou super a favor de comer certo (tanto que foi com minha RA que perdi uns 9 kg, mas isso há 4 anos) mas por outro lado, amo comer gostoso e sem regras. São sentimentos encontrados já que não quero ser fissurada em dieta, mas também não acho certo viver de bacon. Faço o que posso e acredito mas não me permito sofrer por não comer algo que amo. Vou e como mesmo. Tudo bem que desse jeito não vou conseguir a barriga trincada mas será que eu preciso disso? Acredito no meio termo, onde dá pra ser feliz sem ter que comer só mato e clara de ovo.

Mas que odeio dieta, ah odeio.

(Fotos: Instagram do @projetoquesefoda)

26
Dec 2013
Já Que É Pra Beber…
Cotidiano

Reveillon tá aí e pelo menos uma tacinha de alguma bebida vamos beber. E vai ter álcool, certeza. E os mais animados vão beber mais do que uma simples taça. Uma garrafa, talvez… Acontece que dia desses em BH, estava eu com uma amiga e ela sabiamente me disse: ¨se for sair da dieta, saia com comida, jamais com álcool, pois a comida é muito mais fácil de queimar.¨ Fiquei com isso na cabeça e não é que desde então quase não bebi mais? A consciência pesou um bocado, afinal eu tava numa de beber vinho todos os dias e fiquei um pouco preocupada rs.

Mas agora não vai ter jeito e para saber onde posso exagerar um pouquinho, pesquisei as calorias das bebidas!!!

bebidascalorias

  • Pois vou continuar no meu vinhozinho tinto!! Ufa…
30
Apr 2013
Trocas Saudáveis!
Cotidiano, Novidades de Beleza

Nesses últimos anos a coisa vem ficando feia… Eu que me achava a magra invencível aos meus 20 anos, aquela que chegou até a tomar remédio pra engordar, que usava calça de moletom por baixo do jeans e meia no sutiã pra dar volume, que era chamada de magrela e tinha vergonha de usar roupa curta, sucumbiu aos anos e a idade. Pochetes pra cá, celulites pra lá, balança com 20kg a mais (pesava 48kg e cheguei a 68/69 kg) até que comecei a malhar de verdade e seguir os conselhos e indicações de uma nutricionista. Hoje peso 60 kg (pra 1,72m) e acho que está bom, mas é aquela coisa… malhar e cuidar da alimentação PRA SEMPRE! Não tem jeito. Depois de certa idade o metabolismo fica super lento e já não emagrecemos com tanta facilidade.

Quanto a ginástica, a princípio foi difícil, eu tinha que me arrastar para ir pra academia. Hoje não vivo sem. Quando fico uma semana sem malhar me sinto péssima, mole, desanimada, fico irritada! Peguei um gosto incrível por tudo que é de gym, principalmente as roupas rsrs. Aliás, há um tempo fiz um post bem divertido de looks de academia, vale o clique 😉

Sobre a alimentação posso dizer que foi mais fácil do que a academia a princípio, mas mais difícil a longo prazo. Explico: no começo de uma reeducação alimentar a gente fica empolgada, anda com a listinha da nutri pra cima e pra baixo, delira no supermercado na sessão de lights e diets, decora as calorias dos alimentos, monta o prato do almoço sabiamente e se acha a pessoa mais saudável do mundo. Com o tempo, pelo menos eu, começamos a dar uma enganadinha, põe uma friturazinha aqui, bebe um pouquinho mais um dia, come um pãozinho de queijo a mais (meu ponto fraco) enfim, decide viver de vez em quando kkkk (brincando, dá pra comer saudável sem sofrer). Mas tem algumas coisas que eu incorporei TANTO na minha vida pós nutricionista e que acredito que ajudam tanto, que vou dividir com vocês!

Com vocês, minhas troquinhas saudáveis!

refri-to-water

A primeira coisa que abandonei foi o refrigerante. Nem diet nem light, optei por refrigerante nenhum. Agora bebo água com gás e limão! Na verdade não é bem como na foto, mas costumo espremer metade de um limão siciliano na água. Fica uma delícia e agora acho todos os refris muito doces! Quando como fora, peço o limão espremido em um copo a parte. Raramente bebo refrigerante, só quando não tem outra alternativa.

mayo-to-mustard

Essa troca doeu viu? E ainda estou trabalhando nela. Sou (gostaria falar que era) completamente viciada em maionese! Desde que eu era criança pequena lá no Chile kkkk Meus pais, avós, irmãos sempre me chamaram a atenção por causa da maionese até que resolvi tirar essa indaca engordativa da minha vida. Como sou amante de molhos, fui pra mostarda, que quase não tem calorias e ainda acelera o metabolismo. Tô quase lá, o negócio é não comprar maionese e só mostarda. Para nossa sorte existem vários tipos: com ervas, com pimenta, umas francesas bem chiques rs.

molhos-to-azeite

Saladas ficam mais frequentes na vida de quem quer emagrecer com saúde. E esqueçam os molhos industrialzados. Bye bye blue cheese, ranch (ai como amo), caesar dressing. Tempere sua saladinha com azeite e limão. E só. Talvez um shoyu, mas cuidado com o sódio. (Sódio = retém líquido = celulite)

chocolate-maça

Essa é uma troca deliciosa! Quando dá vontade de comer doce, uma alternativa pra fugir do chocolate é descascar uma maçã, cortar em fatias grossas, polvilhar canela e misturar, se quiser um agrado pode por um pouquinho de mel e leve por uns 2 ou 3 minutos no microondas. Pode fazer com banana também, mas a maçã é menos calórica. Fica booooooooom!

 

carboidratos

Essa é regrinha básica de nutricionista e é a que mais levo ao pé da letra: JAMAIS MISTURE DOIS CARBOIDRATOS! Escolha um só! Aqui a dica nem é de troca, mas deve ser cotidiana e um hábito na sua vida.

  • Gostaram das minhas alternativas saudáveis? Agora quero saber a de vocês!! O que deixaram para trás e como se viraram para uma alimentação saudável??
Página 1 de 212