26
Dec 2013
Japa Girl!
Constanza, Dicas de Viagem, Looks

Tô com soninho e tenho muuuuita coisa para contar para vocês mas hoje não dou conta de escrever rs. Só vou adiantar que segui a dica do Pedro do East To West Skincare – virou Cosme Asia? – (aquele moço que sabe TUDO de cosméticos asiáticos) e fui no Café Shiseido Parlour chiquérrimo e foi uma delícia. Mas só vou contar com detalhes e fotos amanhã…

Vamos de look? Bem de frio, aqui estamos com uma média de 5 graus mas eu sinto como se fossem uns 30 negativo kkkk. Mentira, tô ok com o frio, só quero ter a coragem das japonesinhas de sair de saia! Será que consigo?? Vale um desafio??

looktokyodia32

Chapéu, scarf e luvas Uniqlo (camiseta e calça térmica por baixo da mesma marca), calça Zara, bota Dafiti e mochila Wollner. Acreditam que nem tô usando bolsa? A mochila tá bem prática e facilitando muito minha vida. O casaco comprei numa loja no Chile que se chama Liola.

looktokyodia35

Adorei as cores desse bequinho… é num bairro que se chama Kabukicho, no distrito de Shinjuku, não muito bem frequentado digamos assim. Mas turista vai em todos os cantos né?

looktokyodia34 looktokyodia31

A blusa de frio listrada é Guess!

lookdodia333

looktokyodia36

  • Prometo post mais informativo nos próximos dias rs.
25
Dec 2013
Mais Um Capítulo da Série: Fufu No Japão
Dicas de Viagem

Tô tão cansada, mas tãaaao cansada que vocês não tem idéia. Nunca imaginei que Tokyo fosse tão grade e as coisas tão longe uma das outras. Então tem que andar muito, pegar muito metrô e esquecer de taxi, pois é caro que dói. De novo não trouxe tênis kkkkkk Não aprendo mesmo né? Mas quinta feira vamos no outlet e lá resolvo isso. Bom, tinha que escolher entre duas torres, a Tokyo Sky Tree ou a Torre de Tokyo. Escolhemos a primeira, já que é a maior torre de Tokyo, recém inaugurada e tem 634 metros! Custa 2000 yen por adulto (algo em torno de 20 dólares por pessoa) e é o típico prédio alto que toda grande cidade tem e tem que subir para apreciar a vista. No fundo, acho todos iguais, mas TEM QUE IR! Lá no alto tem uma parte que o chão é de vidro mas nem dá tanta emoção, MAS TEM QUE PISAR kkkk. Coisas de turistas que depois a gente se arrepende se não fizer.

japaosegundodia

É GIGAAAAANTE!! A gente olha pra cima e não acaba nunca!

japaosegundodia1

A vista da cidade. Tem uma curiosidade sobre Tokyo muito interessante… sabiam que a cidade foi reconstruída praticamente do zero por 3 vezes?? SIM, TRÊS VEZES ACABARAM COM TOKYO E TIVERAM QUE COMEÇAR TUDO DE NOVO! A primeira vez foi um baita incêndio, quando ainda se chamava Edo, isso em 1657. Morreram mais de 100 mil pessoas e dizem que o fogo começou por causa de um quimono queimado… A segunda vez que Tokyo foi destruída, foi em 1923, por um terremoto. E pra acabar, na segunda guerra mundial, a cidade foi super bombardeada pelos americanos e cabô de novo! Por isso em Tokyo não existem prédios antigos… todos tem no máximo 50 anos. Fufu cultural.

japaosegundodia2

Parece maquete né?

Depois da Tokyo Sky Tree, fomos para Asakusa. E a pergunta de praxe que sempre faço pro meu irmão: o quê que tem lá? (Não é chatice, mas se a resposta for ¨lojas¨ prefiro ir pra outro canto rs, tô desse jeito). Bom, Asakusa é um bairro cultural em Tokyo, no município de Taito, e tem daquelas feirinhas que vendem todo tipo de souvenir. Se quiser comprar algo para recordação ou presentear os amigos, lá é o lugar.

japaosegundodia3

Adorei Asakusa!

japaosegundodia4

Tinha uma loja só com coisas de cachorrinhos e vi vários Neros por lá!!! Certeza que voltarei lá para umas comprinhas.

japaosegundodia5

Também tem um templo budista bem bonito, o Senso Ji (dedicado à Bodhisattva Kannone) e vale DEMAIS a visita! Ele foi construído no ano de 645 e é o mais antigo de Tokyo! Lindo lugar para fotos e culturalmente muito interessante. Eu fiquei um bom tempo observando o O-Koro, lugar onde queimam incensos e as pessoas puxam a fumaça para elas afim de limpar a alma e curar doenças. Eu também entrei na onda e saí até defumada kkkk, vai que funfa.

japaosegundodia6

Na entrada do templo

japaosegundodia7 japaosegundodia8

Vamos lá, look do dia! Olha, as camisetas e as calças térmicas da Uniqlo estão me salvando no frio viu? Casaco, chapéu, calça e sacola Zara kkkkk, bolsa Coach e bota que comprei na internet há uns 3 anos.

japaosegundodia9 japaosegundodia10 japaosegundodia11 japaosegundodia12

O-Koro

japaosegundodia13

japaosegundodia14 japaosegundodia15

Asakusa é cheio de restaurantes tipicamente japoneses e me aventurei num deles. Pedi um ramen (tipo um miojo) com ovo mas confesso que não gostei muito. O sabor é bem forte e quando fui comer uma coisinha que tinha na sopa perguntei pro meu irmão do que se tratava e ele disse que se me contasse eu não comeria. Preferi não comer rs.

Adorei Asakusa. Até o momento, foi o lugar mais ¨japonês¨ que vi aqui em Tokyo e quero repetir!

A noite fomos para Akihabara, o bairro tecnológico. É lá onde vende todo tipo de modernidade eletrônica. Juro que tentei escolher uma câmera fotográfica, mas é TANTA opção que desisti. Acho que vou pesquisar uma pela internet, ir lá e falar ¨quero essa¨ kkkk. Sério, a variedade deixa a gente doidinha. Mas o mais interessante do dia ainda estava por vir… Meu irmão já tinha vindo para o Japão em 2010, apenas para conhecer, e naquela época, uns japas que ele conheceu na rua levaram ele para um Maid Cafe. É algo bem fora do roteiro de turista, e quando é assim eu me interesso ainda mais.

Acho que foi uma das experiências mais bizarras que tive aqui no Japão. Nas ruas fica cheio de mulheres vestidas de menininhas entregando panfletos de cafés. Tudo bem até eu saber que esses cafés são frequentados por pessoas solitárias que apenas querem conversar, na maioria, diria eu na sua grande maioria, homens. Eu achei que fosse prostituição, mas meu irmão me disse que não. Contou que homens vão nesses cafés, pagam pelo tempo que ficam lá e as meninas ficam de papo com eles. E o mais esquisito, tem joguinhos para eles brincarem! Tipo brinquedo de criança! E eu fui né, afinal mulher também pode ir mas confesso que é muito estranho. Não dá pra entender muito o que se passa na cabeça dessas pessoas, não consigo imaginar o tamanho da solidão deles, se tem algum problema mental ou se é assim mesmo, comum. Logo quando entramos veio uma moça com um inglês bem precário e explicou as regras do lugar. Uma era bem clara, nada de foto das meninas. Hum… sei lá viu? Diz que alguns homens pagam para dar uma volta na rua com elas, pegar na mão e SÓ! Hum… Sei não rs…. Não pode tirar foto delas, e as que ficam na rua  escondem os rostos, já que o que fazem não é muito bem visto. Hum… ainda não entendi direito a finalidade desses Maid Cafe. Ah, e tem esse nome porque as atendentes se vestem de ¨empregadas¨. Loucura né?

1472992_10152084236762287_1434466047_n

Elas tratam os clientes como ¨mestres¨, chegam na mesa, se apresentam, dizem que estão a disposição e perguntam o que querem se servir. A comida é PÉSSIMA, mas é toda bonitinha, decorada, coloridinha e tal. É algo bem infantil mas… cheio de homem velho. Ah, e também mostram uma cartela com todas as maids do lugar para você escolher uma para tirar uma foto! O.o (essa foto é autorizada e elas mesmas que tiram)

1525056_10152084181192287_1806713222_n

Pode fotografar a comida, mas como sou blogueira pentelha e atrevida, dei um jeito de mostrar as meninas lá atrás… O quê acham disso???

  •  Bom, assim foi mais um dia de aventura no Japão. Espero que estejam curtindo!
23
Dec 2013
Diário de Viagem: Tokyo, Japan!
Dicas de Viagem

Gente! Já tô no Japão! E perdidinha de tudo, não sei que dia é hoje, que horas são, pra onde vou, de onde vim kkkk. Brincadeiras a parte, não tive nada de jet lag, ZERO! Deve ser porque dormi praticamente o vôo todo de Santiago para Dallas (9 horas), fiz escala de 6 horinhas nos USA e depois enfrentei mais 13 horas até Tokyo. E dormi de novo. Não sei o que é, mas entro num avião e apago na hora. Já teve vez de nem perceber a decolagem rs. Bom, cheguei super bem e GRAÇAS A DEUS meu irmão estava me esperando rs. Chegar foi fácil, a imigração foi tranquila, a mala chegou inteira, enfim, tudo perfeito.

Como vim em low budget (low low mesmo, tô cheia das viagens pra 2014)  a proposta é gastar pouquinho. Não consigo ser mega econômica (já comprei algumas coisinhas, depois mostro para vocês em outro post), mas por exemplo, só tô usando metrô, estamos num hostel (bem bom, quarto só pra mim e pro meu irmão, super limpo) e comendo normal, nada de chiquezas. Claro que um dia ou outro vamos nos permitir algo mais caro, mas no geral, vou piano piano, afinal ficarei um mês por aqui e o Japão É CARO! Já tinham me falado que não era nada barato, mas juro que fiquei chocada. É bem caro mesmo, não dá pra sair comprando tudo o que me atrai! E também nem entendo nada das coisas que vejo por aí, então já é uma bela economia kkkk

 Primeiro vamos ao look de ontem?

look1japao

Tá bem frio aqui em Tokyo, mas nada de graus negativos, coisa de 5, 7 graus, mas o vento é gelaaaaaado! Ontem tava solzinho e fui com o que tinha na mala: legging Zara com meia calça grossa por baixo, blusa térmica Uniqlo, jaqueta de couro Zara, colete de pêlos fake da Falabella Chile, bota Santa Lolla e óculos Clubmaster Ray Ban. Ah, e mochila Wollner (abstraiam a sacolinha da Uniqlo rs)

japao16

As fotos são do meu irmão que mora aqui, o Fran. A câmera dele é uma Sony Nex 5N (sempre tem gente que pergunta rs).

japaodia 13

Olha a exoplastia capilar salvando minha juba aqui no Japão rs.

japaodia12

Sacolinha da Uniqlo cheia de meias, camisetas e leggings térmicas, vai ter que ser assim rs. Pelo menos o preço dessas peças é bom, coisa de 10 dólares uma blusa.

japaodia14

A pose oficial das fotos japonesas rs

japaodia122

Close na bota Santa Lolla. As fotos foram tiradas no Ueno Kouen, um parque bem legal que tem vários museus, zoológico e alguns templos.

Agora vamos falar um pouquinho de Tokyo?? Bom, meu primeiro dia aqui foi um domingo então achei as ruas vazias (as de bairro) e tudo parece ¨bequinho¨ com bicicletas espalhadas por toda parte… hoje, segunda feira, é feriado então tudo meio vazio também, menos os pontos turísticos que por incrível que pareça tem mais japoneses que turistas mesmo. Pera, deixa melhorar isso: tem mais orientais que ocidentais. Até agora não ouvi ninguém falando português, o que é um milagre!

A primeira impressão que tive é de uma cidade fria, não muito bonita, com pessoas aparentemente solitárias porém muito segura. Não tem muito verde (mas vamos considerar que estamos no inverno), bem silenciosa (nem os carros fazem barulho), o metrô é o mais confuso do mundo e senti falta de indicações em inglês em vários lugares. Ok que não é o idioma daqui, mas se eu tivesse vindo pra cá sozinha e confiado no meu inglês, teria me ferrado. Poucos japoneses falam inglês e quando o fazem é bem difícil de entender. Mas são muito solícitos, educados e gentis. Eles tentam da melhor forma te orientar e ajudar.

Tem MUITA gente em Tokyo! Fiquei impressionada com a quantidade de pessoas nas ruas mais famosas. Parece que o que não vi nos bairros, vi nos points mais disputados. Fui pesquisar e vi que num país pequeno como é o Japão, existem quase 128 MILHÕES DE HABITANTES! No Brasil, mega gigante, são quase 200 milhões.

japao19

Harajuku. Queria ter visto os doidões no parque (aqueles que ficam fantasiados) mas não deu tempo. Aqui está escurecendo muito cedo, umas 5 da tarde!

japaodia1

Parque Ueno

japaodia11

Parque Ueno

japaodia111

Na entrada de um templo no Ueno Kouen, tem essas plaquinhas com os desejos das pessoas.

A cultura oriental é MUITO diferente da nossa. Mas muito mesmo e em todos os sentidos. Várias vezes pergunto para meu irmão como me comportar pois não quero parecer desagradável para eles, mas em duas ocasiões meus costumes ocidentais me atrapalharam um pouco: ao pagar numa loja, entreguei o dinheiro na mão da moça e na hora de ir embora peguei a sacola no balcão e saí. Errado. Eles tem uma bandejinha para a gente por o cartão ou o dinheiro e nela te devolvem o troco ou o cartão. Contato zero. Não sei bem se é para evitar o toque ou se é por educação ou higiene. Ah, e te mostram o valor no visor e o dinheiro que você está passando para eles. E é falta de educação conferir o troco! Além disso, fazem questão de te entregar a compra com as duas mãos e agradecer fazendo tipo uma reverência. Eu só respondo abaixando a cabeça kkkk (calma, é meu segundo dia aqui rs). A outra ocasião que fui grossa (pois é, vivendo e aprendendo), foi num restaurante onde nos sentaram numa mesa que estava muito perto de um senhor… eu puxei a mesa de leve para separar um pouquinho (normal né?) e levei um olhar fuzilante do senhor kkkkk. Meu irmão logo disse: ow sua anta, isso não se faz… Ok, já aprendi.

Outra coisa que penei aqui em Tokyo, foi para achar creme pro corpo e desodorante!! Não trouxe do Chile pois pensei que acharia fácil em qualquer farmácia ou loja de conveniência, mas oi, quem disse que achei? Vi um Nivea e tive que abrir para me certificar que era creme pois TUDO está escrito em japonês, não tem uma mínima pista em inglês. O desodorante só achei hoje, depois de umas leitoras terem me mostrado foto no instagram kkkkkk. #fufunãotámaisfedida

Que mais achei curioso no primeiro dia? AH, A PRIVADA! kkkk até fiz videozinho no Instagram (me segue lá, tô postando monte de coisas! @futilish). Levei um susto quando fui fazer pipi e o vaso sanitário me recebeu super feliz e ele mesmo levantou a tampa kkkkk. O assento é aquecido (pelo frio) e ainda por cima tem um controlezinho do lado para depois que terminar suas necessidades você escolher um jato de água na pepeca ou no fiofó kkkkk SÉRIO! Fica tudo limpinho! Imagina a crise de riso que tive kkkkkk.

Outra coisa que me chamou MUITO a atenção foi o quanto a japonesa se arruma. Não todas, mas as que o fazem, usam lentes de contato que aumentam os olhos e cílios postiços enooooormes. Queria tanto fotografar uma para mostrar para vocês… Ficam parecendo mangás, é estranho! As lentes são vendidas em qualquer lugar e custam cerca de 10 dólares. Fico pensando se não incomoda, pois aumenta bastante o olho. Além disso, elas perdem um tempão se maquiando e arrumando o cabelo (vejo aqui no hostel) e adoram usar saia curtinha com bota, mesmo no frio! No próximo post que eu falar do Japão, vou contar a impressão que tive das mulheres e dos homens daqui… É meio assustador.

conyshibuya1

Ah, e não contem com wi fi liberado por aí! É bem difícil de encontrar!

  • É um choque cultural muito grande, e acima de tudo, INTERESSANTÍSSIMO. Eu observo cada movimento das pessoas, a forma que se comportam, o tratamento entre eles, e posso dizer que o japonês é um povo muito educado. É muito na dele, muito discreto e respeita demais o espaço alheio!!!! Se alguém esbarra em você quase que a pessoa te pede perdão rs. Dentro do metrô não pode usar celular, é um silêncio danado, as pessoas falam baixinho baixinho. Vejo lojas exibindo seus produtos na rua sem ninguém cuidando, e ninguém pega nada kkkk (pensamento de sul americana rs). Tudo funciona, em cada esquina tem máquinas com cigarros, bebidas e todas em perfeito estado. 
  • Bom, voltarei para contar das poucas compras que fiz, do look do segundo dia e também de um lugar muito estranho que fui, beirando o bizarro. Amanhã irei para Ginza, o bairro das lojas finas, fiquem de olho no Instagram heim?
Página 4 de 15« Primeira23456Última »