10
Apr 2012
Dica de Hotel em NY!
Dicas de Viagem, Eu Testei!

Muitas meninas me perguntaram qual hotel fiquei em NY e hoje vou responder a todas às dúvidas.

Fiquei no Milford Plaza, super bem localizado, no número 700 da 8th Avenue a um quarteirão da Times Square e do lado dos principais teatros da Broadway. É a segunda vez que fico nesse hotel, sendo que agora ele está recém reformado (mas ainda com algumas obras).

Os pontos que me fizeram escolher novamente o Milford: a localização, facilidade de reserva pelo site e o preço. Sim, o preço é o melhor de todos e olha que procurei bem. Como fui meio que de surpresa para NY, sem planejamento financeiro algum, tínhamos que escolher algo bem em conta, mas obviamente que fosse limpinho e arrumado. Ele não tem luxo algum, mas também não é nada ruim. Atende SUPER bem, mesmo porque em NY o que queremos é uma boa cama para descansar das andanças e um banheiro limpo e com água quente. E isso o Milford tem.

O que não tem e faz falta: frigobar no quarto, café da manhã (aliás, poucos hotéis tem) e internet grátis. Por uma diária de internet eles cobram US$ 15 e você pode usar em até 3 equipamentos. Ou então ir ao Bussines Center e usar os computadores que cobram US$ 5 por 20 minutos de net. Como eu preciso estar conectada sempre, esse ponto me deixou bem triste e tive que gastar alguns dólares a mais para ter wi fi. Mas lá perto tem vários pontos de internet grátis: a Starbucks, a Sephora, o McDonalds e o meu preferido, no Visitor Center bem do lado da escada vermelha que fica na Times Square. O sinal é ótimo, sempre tá vazio e dá pra sentar e internetar à vontade.

milford - hotel - NYC

 Como sou muito importante, logo que cheguei colocaram uma bandeira do Chile na frente do hotel hahahaha (Fotos: reprodução)

Os quartos perderam aquele ar novaiorquino antiguinho e ganharam paredes coloridas e móveis brancos. O nosso quarto era ENORME, com duas janelas grandes (o que é luxo em NYC) mas isso porque fiquei vários dias lá. Os quartos do lado eram bem menores. Se alguém interessar, peça pelo room #2830. Não tirei fotos do quarto pois assim que cheguei estava muito cansada e depois tava muito bagunçado rs.

Agora a parte boa: os macetes para reservar bem e barato no Milford. Antes de mais nada, é bom se cadastrar no site. Eles sempre mandam emails com promoções. Mesmo que você não esteja de viagem marcada, é bom dar uma olhada para saber dos preços, fora que sempre tem alguém precisando de uma dica dessas né? Se resolver ir mesmo, reserve pelo site próprio do hotel, sem maiores dramas ou complicações. Eles pedem o número do cartão de crédito, mas não debitam nada, apenas no seu check out. Ah, isso se você ficar até uma semana, como eu fiquei 15 dias, quando fui pagar eles já tinham debitado o valor total da reserva. Bom, voltando à reserva,  nunca, jamais, never pegue as que dizem NON REFUNDABLE (não reembolsável) mesmo que o preço seja convidativo. Por que? Porque se aparecer uma promoção mais barata, você não poderá trocar a reserva. E se acontecer algo e não puder viajar, você não perderá seu dinheiro. Eu tinha feito uma reserva e logo no outro dia recebi um mail com uma promo super boa, pela metade do preço e tinha para os dias que eu queria. Na hora cancelei a reserva antiga (pelo site mesmo, eles mandam o mail do cancelamento na hora, tudo certinho e rápido) e peguei a nova mais barata. E quando fui checar de novo, já tinha acabado tudo! Então, tem que ficar de olho.

Não é nenhum Waldorf Astoria, mas dá pro gasto. E bem.

Ah e para matar a saudade, vejamos algumas fotinhos?

nyc

nyc

 Se ainda não foi para NY, VÁ! E me leve rsrs

nyc

E aqui alguns dos looks que usei por lá. Tive que me virar com roupa de frio, afinal minhas melhores jaquetas e botas tinham ficado no Brasil (estava no Chile quando resolvi ir), e saí de um calor de 30 graus para um frio de -6 nos primeiros dias!! Mas depois foi melhorando, eu acostumando e a blusinha da Uniqlo me salvando rs.

Bom, é isso! O famoso quarto da parede verde, é o Milford Plaza depois da reforma 😉

(Gente, ainda tenho mais dicas de lá… posso continuar postando ou já deu de NY?)

18
Mar 2012
Diário de Viagem: Cafe Lalo em NY
Dicas de Viagem

Oi meninas, bom, já cheguei em casa… ou quase isso… Cheguei na casa de meus pais aqui no Chile, onde ainda vou ficar alguns dias até voltar para o Brasil. Eita viagem longa né? Mas acredito que a simpatia de subir na cadeira com uma mala na mão no reveillon esteja dando certo kkkk

Vou aos poucos soltando algumas dicas de NY, tenho TANTA coisa para mostrar para vocês e se fizesse um post só ficaria gigante e chato, prefiro ir aos poucos e é bom que vou revivendo cada instante que passei por lá. Essa foi minha sexta vez na cidade e sempre parece ser a primeira. Sinto algo tão forte por NY que nem sei explicar e pode até parecer exagerado para algumas pessoas, mas é coisa minha mesmo. Desta vez fiquei 14 dias, e quando estava lá achava que era tempo demais (e a gente acaba gastando bem mais né?) mas ao voltar, percebo que poderia ter ficado mais um pouco. Uma vez fiquei lá 2 meses, e em outra, uma semana. Para a primeira vez na cidade, acredito que 10 dias são suficientes. E cuidado, vicia.

Hoje a dica será de um café bem lindo no Upper West Side de Manhattan, o Cafe Lalo, aquele onde se encontravam Tom Hanks e Meg Ryan no filme You’ve Got Mail.

cafe lalo ny

 É muito lindo mesmo, no estilo europeu. Fica na 201 W 83rd St, entre a Broadway e Amsterdam Ave. Para ir de metrô, é só descer na 79 e andar 4 pequenos quarteirões até a 83 e virar à direita.

cafe lalo ny

 Na entrada tem algumas fotos com as cenas do filme

cafe lalo ny

 A decoração é linda!

cafe lalo ny

 São vários tipos de doces, bolos e tortas para cair em tentação…

cafe lalo ny

Fomos lá para um brunch, que funciona até as 4 da tarde. Sabem o que é um brunch?? Não é nem café da manhã (breakfast) e nem almoço (lunch), ideal para quem acorda tarde e quer fazer uma refeição mais caprichada por volta das 11 da manhã.

cafe lalo ny

 Meu irmão pediu um sanduíche de muçarela, pesto e tomates (US$ 12)

cafe lalo ny

 Já eu, mais comilona, pedi um French Kiss Quiche de shiitake (US$ 15)

cafe lalo ny

 Para beber, fui de Raspberry Lemonade

cafe lalo ny

 E de sobremesa… esqueci o nome. Mas tava uma delícia rs

cafe lalo ny

Não é caro, mas também não é baratinho. Nosso brunch ficou em cerca de US$ 60 com a gorjeta.

cafe lalo ny

E na hora de pagar no caixa, não deixe de pegar umas balinhas de anis deliciosas numas latinhas muito fofas!

É um lugar calmo, tranquilo, onde você pode sentar para descansar um pouco e ainda fazer uma bela refeição. Ah! E tem vários tipos de coquetéis para brunch, mas eu preferi ficar longe do álcool para aguentar bem o dia em NY.

Na volta é legal descer pela Amsterdam Ave e ver os vários restaurantes bacanas que tem por lá. Tem que caminhar gente, é assim que se conhece NY.

Página 15 de 15« Primeira1112131415