Comportamento
Cotidiano
12 maio 2015, 175 comentários

10 Coisas Que Odeio em: Início de Namoro!

No começo de um namoro a gente fica sem jeito de várias coisinhas. Coisinhas bobas, mas que vão se transformando em mini tragicomédias que um tempo depois, a gente vai se lembrar e rir muito. Durante toda minha vida eu já passei por vários perrengues inimagináveis e alguns, impublicáveis, em início de namoro. E hoje vou listar 10 coisas que simplesmente eu DETESTO ao começar uma nova relação amorosa.

d6a6bb016e05163be6ac7ca22bdf60aa

1 – Vou começar logo com a mais trágica, pelo menos para mim. Comecinho de namoro, coisa boa dormir com o bofe, agarradinhos, conchinha etc e tal mas… E NA HORA DE ACORDAR? Eu acordo antes, dou uma enxaguada na boca e passo um corretivo nas manchas e olheiras. Daí volto toda princesa pra cama. E não me achem louca, conheço mulheres CASADAS que fazem isso e que o marido nunca as viu sem maquiagem. No meu namoro atual já desencanei e hoje acordo com todos meu melasmas dando bom dia apaixonado 🙂

2 – Outra parte ruim é não poder usar aquela camisola velha, furadinha e com estampa de cachorrinho que a gente tanto ama. Pelo menos não no início do namoro. No começo só camisolinha mais feminina e novinha.

3 – E quando faz frio a noite e o pé gela? Nem pense colocar aquela meia rosa shock de pelúcia. Melhor juntar os pézinhos com o  para se esquentar. (Bom é quando isso tudo fica pra trás e a gente acorda com uma meia num pé e o outro sem, com a camisola vestida do avesso e toda descabelada hahaha)

4 – Lingerie é um caso sério. Geralmente quem começa a namorar investe em calcinhas e sutiãs novos, começa a reparar em rendinhas, lacinhos, coisas mais zékzis né? Mas pode anotar: o dia que você estiver toda preparada não vai rolar nada. E o dia que estiver com aquela calcinha bege e seu sutiã de todo dia há 3 anos, COM CERTEZA seu namorado vai estar todo animadinho. Incrível isso.

5 – Você começa a frequentar a casa dele e ter acesso às coisas da casa. Já abre a geladeira, já usa o fogão, já pega as toalhas… mas aí parece que você nunca mexeu com isso antes na vida. Não sabe ligar o microondas e parece uma retardada tentando usar (e não quer perguntar para não parecer lesada), vai usar o filtro e não consegue fazer a água parar de sair (aconteceu comigo, achei que ia alagar a cozinha), ele pede para você dirigir o carro dele e por incrível que pareça você, quase uma Ayrton Senna da vida, só faz coisa errada no trânsito. Outra que aconteceu comigo, apesar de saber a senha do alarme, no início não me entendia com ele e disparava SEMPRE. Gzuis, o que tava fazendo de tão errado?

6 – Vocês fazem a primeira viagem romântica. Geralmente um feriado prolongado para a praia ou uma cidadezinha no meio do mato. O que acontece? O intestino TRAVA. Eles vão feliz e saem mais feliz ainda do banheiro mas a gente simplesmente não consegue fazer o n. 2. Resultado, ficamos inchadas, de mau humor (só que interno, porque até então somos fofas e meigas) e extremamente desconfortáveis nos momentos mais íntimos. Isso para uma mini viagem de uns 3 dias. Fica meu conselho para quem está começando a namorar: não façam viagens de mais de uma semana no início. Pegue intimidade primeiro hahahaha.

7 – Começou a namorar e já é dia dos namorados? Bora quebrar a cabeça para saber como presentear! Geralmente não sabemos o gosto da pessoa direito, não sabemos tamanhos de roupa, de sapato, se gosta de perfume, se a gente dá um baita presente pra impressionar ou melhor não, vai que ele fica mal acostumado? Delícia é quando o tempo passa e a gente fala: ah, vamos só sair pra jantar?

8 – Sair pra jantar no comecinho do namoro também pode ser um pouco estressante. Pensamos: será que ele paga a conta toda? Será que ofereço pra dividir? Se ele falar que ele banca tudo, mas a conta foi super cara, será que insisto? Será que ele tá sendo sincero? E se for só educação? E se eu insistir muito pra meiar, será que ele vai ficar chateado? Mas isso dura pouco, geralmente umas duas ou tres saídas e pronto, a gente já entra nos eixos!

9 – Conhecer os amigos e amigas dele. Pode ser tranquilão, fazer amizade rápido ou então você ficar boiando durante as piadas internas e papos sobre pessoas que você nunca ouviu falar. Também tem aqueles amigos que ainda tratam seu namorado como se ele estivesse solteiro. Aí não né?

10 – Por último, conhecer a família do bofe. Coloquei bem por último pois não é uma das coisas que mais odeio. No meu caso, como sou tímida, fica um pouquinho mais difícil me soltar, mas é questão de minutos rs. Tive a sorte de todos meus namorados terem famílias bacanas e minhas sogras sempre foram tranquilas. Mas pode ocorrer alguma tensão quando em algum jantar de família, começarem a falar da vida do seu namorado e relembrar o passado dele. Melhor respirar fundo e sorrir.

  • Listei 10 coisas porque a tag é de 10 coisas, mas pararia na 6 de boa. Sei que vou rir muito nos comentários então agora eu que pergunto: QUAIS SÃO AS COISAS QUE VOCÊ MAIS ODEIA EM INÍCIO DE NAMORO? Se quiser contar algum “caso” pode contar, a gente adoooora rs.
Comportamento
Cotidiano
04 fev 2015, 111 comentários

10 Coisas Que Odeio em: Multidões

Ontem me desafiaram a fazer o 10 coisas que odeio em multidões e logo pensei: o 10 coisas mais fácil da vida. O único vuco vuco que gosto é de algum show de banda que eu ame muito e olhe lá! Maroon 5 e U2 são exceções em minha frescurite e enfrento quase tudo por eles.

Multidões podem ser variadas: um lançamento numa loja (parcerias bombásticas? Só se valer muito a pena), praia num final de semana de verão, shows, carnaval, metrô… Enfim, qualquer coisa ou evento que reuna muita gente e fique todo mundo apertado e concorrendo por uma vaga para encaixar o pé em chão firme.

bloco

Só de olhar a foto já passei mal.

Eu odeio que…

1 – Que me empurrem. Sabe aquela pessoa super ¨educada¨, que acredita que tá arrasando, que é mais cool da festa toda, puxa a amiga pelo braço e sai abrindo caminho aos empurrões? Desejo morte lenta e dolorosa. CANSEI de quase cair de tanto levar empurrão das loucas. Meu olhar fuzila imediatamente e faço força mental para que a pessoa se espatife no chão. Pena que nunca funciona.

2 – Que pessoas suadas encostem em mim. Tá gato, tá bombado, tá sem camisa aproveitando o calorão? LONGE de mim pelamor… Não me atrai em nada, muito pelo contrário, passo do outro lado quando vejo esses grupinhos, já imaginando aquela pele melequenta e peluda roçando na minha pessoa.

3 – Se tem uma coisa que não consigo fazer é jogar latinha de cerveja ou garrafa de água de chão. Sempre procuro uma lixeira e rara vez encontro. Meu subconsciente é tão forte que simplesmente não consigo soltar a lata! Parece que fica presa na mão, como um imã, mesmo vendo aquele chão LOTADO de lixo. O que faço? Dou para alguém e peço para jogar fora pra mim. Detesto a falta de lixeiras nesses lugares (que deveriam ser MUITAS e esvaziadas de tempos em tempos).

4 – Emendando o fator acima… NÃO SUPORTO que joguem lata de cerveja no chão e que espirre resto de bebida no meu pé. Me sinto a pessoa mais imunda da face da terra e acaba com meu humor imediatamente.

5 – Acho que quem sofre mais nessas multidões é o pé né… detesto levar pisão. Principalmente se for do brutamonte suado sem camisa.

6 – Banheiros químicos. Não, eu não odeio banheiros químicos, mas odeio o estado que ficam quando estão em eventos super lotados e acredito que isso vai muito da organização da festa. No último evento que fui, os banheiros estavam vomitados e cheios de coco. Sim, fezes, até no chão. Papel? Nem pensar. Porém devo contar que uma vez fui numa festa eletrônica mega bem organizada e os banheiros tinham papel, espelhos e estavam perfumados. Dá para usar um químico sim, desde que bem cuidado e com pessoas educadas.

7 – Desodorante vencido. Não, não e não.

8 – Homem que pega no seu cabelo ou no braço para te chamar a atenção. Outro que merece morte lenta e dolorosa. Não. Encoste. Em. Mim. Pessoa. Estranha.

9 – E na hora de ir embora? Odeio a disputa pelo táxi. E me sinto vitoriosa quando consigo um hahahaha

10 – Os amigos que somem. Geralmente antes de desaparecer dizem ¨me espera AQUI que vou ali e já volto¨ e você só vai encontrar com eles novamente na disputa pelo táxi.

  • APOSTO que vocês tem vários outros motivos para odiar multidões. Já dei minhas 10 razões, agora é com vocês!
Comportamento
Cotidiano
23 abr 2014, 179 comentários

10 Coisas que Odeio em: Dietas

Vamos rir um pouco porque a coisa tá feia aqui pro meu lado. Voltei malzona do Rio de Janeiro, com um mix de amigdalite, gripe e rinite. Tem hora que morro de frio, tem hora que fico suando bicas, em alguns momentos acho que sarei, depois acho que vou morrer… Assim mesmo, bem dramática kkk. Coisa de mineira que vai pra praia e ficar no ar condicionado do hotel e depois no calorão do Rio.

Bom, tem tempos que queria fazer mais um 10 Coisas que Odeio mas faltava inspiração. Hoje ela veio, e com a ajuda de uma amiga (brigada Paula).

Depois de comer tudo o que tinha direito neste feriado (e o que não tinha direito também) vem aquela velha promessa: vou malhar pesado a partir de hoje, vou seguir a dieta certinho, parei de comer e beber, etc e tal. Mas odeio dietas. Amo comer, me sinto livre e poderosa ao dar a primeira mordida num pastel, um belo gole numa taça de vinho, comer as torradinhas com patê do couvert e no fim ainda pedir a sobremesa. Isso sim é liberdade, é alegria, é bom humor instantâneo, é prazer, é VIVER! Só que a gente quer viver feliz e não engordar né? kkkk Acha que é fácil? Não é não… a não ser que você seja uma dessas pessoas abençoadas pela genética, que tem o metabolismo à jato e que pode comer de tudo que não engorda.

dietas1

Caso contrário, junte-se a nós, e vamos odiar a dieta por causa de todos esses motivos abaixo!

10 Coisas que Odeio em Dietas!

01 – Ter que seguir uma tabela, uma lista, com milhões de alimentos, grupos e substituições. Normalmente eu sigo a primeira indicação por pura preguiça de ler as inúmeras substituições. Além do mais, ter que seguir aquelas quantidades chatas tipo: uma colher e meia rasa de sobremesa, um bife do tamanho da palma da mão (mão de quem?), uma fruta de tamanho médio (melancia vale?), 1/2 pedaço médio (como vou saber se meu médio é o médio permitido?), 6 unidades (mas se eu quiser só 4?), 2 fatias finas (fina quanto?). Isso me irrita muito e acabo desistindo.

02 – Conseguir fazer tudo lindo por um mês, notar o emagrecimento, aí num final de semana que me permito sair da dieta, volta TUDO O QUE FOI PERDIDO EM UM MÊS! Poxa, assim não dá!

03 – Conhecer e entender coisas como carboidrato, proteína, gordura saturada, gordura trans, frutose, lactose, glúten, amido, whey, termogênicos, índice glicêmico AHHHHHHHHHHHHHHHHH, odeio. Nunca sei o que é o que e quando pode e quando não pode, e com o que mistura, e se é pra comer antes de malhar ou depois de malhar. Odeio, sem mais.

dietas2

04 – Esses milhões de coisas novas que aparecem todos os dias e prometem secar a barriga, queimar gordura, melhorar a saúde, acelerar o metabolismo, desintoxicar… Leia-se chia, goji berry, quinua, oléo de cártamo, óleo de côco, óleo de osso de chifre de unicórnio rosa, colágeno, suco de couve com qualquer coisa, linhaça, termôgenico XXX, tapioca, chá verde -branco-de hibisco, açaí… Aí vira aquela loucura, o negócio acaba em todos os lugares, o preço sobe horrores, todo mundo se gaba de estar tomando, leva pro trabalho, pra academia, anda com garrafinha, pós e cápsulas pra cima e pra baixo, fornece pras amigas e no final ninguém vê diferença nenhuma no corpo a não ser um baita piriri. E pior, depois aparece no Fantástico ou na capa da Veja falando que faz mal, que foi proibido pela Anvisa, que mata, que dá câncer, que faz crescer um dedinho nas costas, que acaba com o fígado e PÁH, morre alguém e fica todo mundo assustado.

05 – Os intermináveis grupos no Whatsapp com as amigas neuróticas que só falam de comida saudável, de academia, de calorias, de whey, postam fotos das muié malhada do Instagram e falam de uns produtos que você nunca ouviu na vida e você só não deixa o grupo porque gosta muito das amigas e tem a esperança que um dia esse assunto morra.

06 – Quer saber a coisa que mais odeio MESMO em dieta? O preconceito com as gemas. Nutri que manda fazer omelete de claras, SÓ QUE EU AMO AS GEMAS! Será que não pode ser o contrário não? Um omeletezinho só de gema?

dietas3

07 – E o tal do omelete puxa outra coisa que odeio… Ir pra cozinha. Queria uma dieta que eu pudesse comprar tudo pronto, mas nãaaaaaaaaaaaaaaaao, tudo tem que usar panela, frigideira, coador, liquidificador e me diz, existe coisa MAIS CHATA que lavar liquidificador e coador? Esse é um dos pontos que mais me atrapalha fazer o que o nutri manda. Só entro na cozinha pra pegar água, e entro de costas que é pra sair mais rápido.

08 – O aumento na conta do supermercado. Viver sem dieta é infinitamente mais barato, FATO! Tudo que é light, diet, saudável, sem conservante, natural, orgânico etc e tal, é muito caro! E outra… e o tempo que perdemos no supermercado? Antes fazer compra era chegar, pegar, botar no carrinho e pagar. Agora não, tem que ler o rótulo, entender de % de sódio, de proteína, de caloria, tirar foto, mandar pro grupo das amigas neuróticas no whatsapp, perguntar o que acham, esperar resposta, debater. Ou mandar a foto pro nutricionista e ele não responder e você ficar fazendo hora pra ver se ele manda alguma coisa… Tenso.

09 – Daí, uma semana depois o nutri lê sua mensagem, geralmente numa segunda feira depois de um final de semana regado a uma taça de vinho (taça de 2 litros) e petiscos e pergunta: Tá fazendo tudo certinho? Seu retorno é depois de amanhã heim! E chega a nossa vez de não responder por uns… 2 meses?

10 – Essa minha amiga que me contou e eu rolei de rir… Ela mente pro garçom que é celíaca, diabética, hipertensa e com colesterol alto só pra assustar e ele levar a sério as restrições kkkkkkkkkkk. Morri, ainda não cheguei nesse ponto kkk

E dá pra odiar muito mais de 10 coisas! Outra que eu detesto é o tanto de follow e unfollow que dou nos perfis do Instagram dessas moças que eram gordinhas e que agora vivem na academia e a base de suplementos. Dou follow quando tô animada a malhar e preciso de estímulo. Depois vejo que a vida não é só isso, que elas tão é ganhando muita grana ficando magra, que não devem fazer tudo o que falam, fico com raiva, dou unfollow e vou comer feliz da vida kkk

Isso tudo é a parte cômica de quem segue ou quer seguir uma dieta. Eu sou super a favor de comer certo (tanto que foi com minha RA que perdi uns 9 kg, mas isso há 4 anos) mas por outro lado, amo comer gostoso e sem regras. São sentimentos encontrados já que não quero ser fissurada em dieta, mas também não acho certo viver de bacon. Faço o que posso e acredito mas não me permito sofrer por não comer algo que amo. Vou e como mesmo. Tudo bem que desse jeito não vou conseguir a barriga trincada mas será que eu preciso disso? Acredito no meio termo, onde dá pra ser feliz sem ter que comer só mato e clara de ovo.

Mas que odeio dieta, ah odeio.

(Fotos: Instagram do @projetoquesefoda)