15
Aug 2013
Papo Íntimo
Novidades de Beleza

Antes de escrever este post, corri perguntar para minhas amigas se seria uma boa idéia ou não falar sobre isso e elas super me apoiaram. É um papo íntimo, daqueles que a gente tem com as melhores amigas num happy hour e que rende boas risadas ou olhares de espanto.

Ontem eu estava escutando o programa Pânico na Jovem Pan e a entrevistada era a Nanda Costa, atriz da Globo e última capa da Playboy. Daí que estavam falando muito sobre a polêmica das fotos dela na revista etc e tal e eu nem estava sabendo qual era o motivo. Cheguei em casa, dei um Google e entendi o bafafá. Acontece que a moça não depilou as partes baixas e fez um ensaio nu praticamente ao natural. Só na aparadinha básica.

Daí que fiquei pensando e relembrando uns papos entre as amigas: tem regra, moda ou tendência pra depilação íntima hoje em dia? Não pode mais ser natureba, tem que ter algo ou ainda, não ter nada?

Ok, vamos por partes. Depilação é bom e todo mundo gosta (do resultado, porque o ato em si é torturante). Antes éramos escravas dos aparelhos para depilar e da cera. E convenhamos, que coisa mais desconfortável é fazer depilação com cera heim? Dói, quem tem foliculite sofre com os pêlos encravados (pior quem usa Gillette), a virilha fica escura, grossa, mancha… Fora a situação constrangedora com as depiladoras que jogam sua perna pra um lado, pro outro, te viram com uma mão, desviram, separam as coisas daqui, dali, de lá como se fosse o mais normal do mundo. E pra elas é né. Já de uns tempos pra cá temos o maravilhoso laser: não irrita a pele, clareia a virilha, dói pouquinho e só nas primeiras sessões, o efeito liso dura muuuuuuuuuuito mais. E o melhor, tá cada dia mais barato.

Mas o ato de depilar as partes baixas não se resume a isso. Agora vem a parte mais importante e talvez a que gera mais dúvida: faço coração, estrelinha ou a inicial do bofe? NENHUMA dessas alternativas! Aliás, cada um faz o que quiser mas que eu acho meio duvidosa essa tal de depilação artística, acho. Se equipara à unha decorada com florzinha kkkk.

Voltando à polêmica da Nanda Costa, que só aparou a lateral do biquíni, pesquisei e li que apenas mulheres de 50 anos ou mais usam esse tipo de depilação. As mais novas, depilam tudo ou quase tudo.

Depilacao

Ignorem as descrições, mas foi a melhor ilustração que achei para publicar rs

Vocês sabiam que a depilação brasileira (brazilian wax) é a mais pedida nos salões americanos? Trata-se do primeiro desenho da série acima. Retiram-se os pêlos de toda a região (toda) e fica só uma linha vertical fina. E atualmente, tá na “moda” tirar tudo. Só não sei se é realmente tão popular quanto pintam… E foi por isso que a Nanda Costa surpreendeu tanto ao aparecer na revista, digamos, pouco depilada. Foi contra a maré da tendência da depilação íntima. É, tem moda pra lá também.

Acho que depilação é demonstração de amor próprio e higiene, independente do desenho, mas confesso que fiquei mega curiosa em saber se essa preferência é realmente válida (e sei que muitas mulheres também tem essa dúvida)! Ninguém nunca me perguntou isso, e o quê melhor que nós mesmas para servir de fonte informativa e com credibilidade? Porque o que as revistas falam é uma coisa, já o que está acontecendo pode ser outra… Como será que está a preferência FEMININA em se tratando de depilação íntima? Como sei que algumas terão vergonha de comentar, vamos pra votação!

Ah, e lembrem-se que a virilha é uma região que sofre muito e geralmente é esquecida! Tem o atrito da calça jeans, fica abafada, sofre com a depilação, então tem que hidratar sempre viu?