20
Dec 2015
Mi casa, su casa – Baba baby
Mi Casa Su Casa

Olá Fufus!

Pra felicidade de muitos e tristeza de outros tantos, eu não vou morrer por causa do machucado na pata dianteira direita, e continuo dando duro no trabalho e seguindo com minha vyda and sucesso.

Obrigado pra quem mandou energia boa, e olha, tbm tô aceitando analgésicos. Pra quem não viu nas redes, eu vou dizer: vocês não sabem o ibope que dá fazer check-in num hospital às 22h viu. Se você estiver se sentindo solitária/o eu super indico.

verde

Mas o tema de hoje é pedido recorrente, a Dani Moreno pediu nos comentários da última matéria e eu estou trabalhando num projeto que tem um quarto de bebê, então está super IN na minha mente.

Antes de tudo, o quarto do bebê deve ser funcional e inspirar tranquilidade. A não ser que seu sonho de maternidade seja criar um mini-homem-aranha que sobe pelas paredes e enlouquece todo mundo, vamos tratar de acalmar esse bichinho.

Vamos aqui juntos cozinhar nossa massa cinzenta: O que um bebê precisa?

Leite, fralda, colchão e cobertor. Ok, projeto concluído. hahahaha

Que horror né? Vou ser mais sério:

Berço com regulagens: Logo após o parto eles são bem quietos e a mãe tá toda lascada de fazer força até a pepeka liberar a passagem /ou fatiada com a navalha na carne do dotô-parteiro… então se a grade lateral descer, ou melhor ainda, o estrado do colchão tiver regulagem de altura, fica melhor para o movimento de colocar e retirar o bacurizinho do leito.

berco regul

Quando ele acordar, ele vai chorar por quê? Fome! Então vamos pensar numa poltrona confortável pra mamys, que vai estar toda trabalhada na fantasia de buffet humano. Essa cadeira, se não for reclinável, precisa ter um ângulo levemente mais “deitado” que uma cadeira, por que a lei da gravidade não muda e o leite vai fluir bem e será confortável para quem amamenta sem tornar difícil para o vampirinho, bebê sugar.

vampiro

E tudo que entra, tem de sair. Simples assim.

xi co

Precisamos de uma superfície pra trocar os pequenos, e que de preferência não transforme a coluna da mãe no logo da Chanel.

Nessa hora, acho bem legal trabalhar com uma cômoda mais altinha, conforme o tamanho de quem vá utilizar, pois a cômoda já tem as gavetas pra guardar as roupinhas e fraldas necessárias.

comoda

Caso você seja do tipo mãe que tem 7.832 sapatinhos, 49.176 roupinhas, 2.378 touquinhas é bom que tenha espaço pra ter um guarda roupa também.

E nessa hora eu indico fazer um guarda roupa de verdade verdadeira, porque a criança cresce – e rápido – e o armário continua igual. Então se você não tem dinheiro pra jogar fora, ou tem, mas não pratica esse esporte, já faça o guarda roupa que vai durar logo 20 anos.

Eu gosto de propor, ao lado da cadeira de amamentação, uma mesinha, pra deixar sempre fácil uma fraldinha, ou um livro, um creme, uma mordaça, uma pedra pra tacar no marido qdo ele incomodar, sei lá o que mais, mas com certeza esse quarto precisa de uma luminária com luz difusa.

Dizem por aí que os bebês enxergam as coisas embaçadas. Nunca nenhum recém nascido me disse nem que sim, nem que não. Mas se acender uma luz inesperadamente me incomoda, não vou querer fazer isso com quem nunca me fez mal. Então iluminação difusa ou dimmerizável (onde a gente controla a intensidade) é muito legal, mesmo que seja apenas um abajour.

quartobaby

Essa é a parte física necessária. Mas dependendo do espaço que você dispôr muita coisa pode ser incluída, como um sofázin pras visitas, ou uma cama pra quando precisar de uma babá.

Já podemos prever um espaço pra brincadeiras, e baús ou nichos baixos onde brinquedos está ao alcance da criatura*.

Sobre os estilos, a verdade é que projetamos o quarto para os pais e não para as crianças. E eu vou te dizer, o que eu mais ouço de mães com filhos “crescidos” é que eles querem mudar TUDO. Não se ofendam mamães. Isso quer dizer que aquele quarto lindo rosa da Barbie ficou no passado, mas que é hora de ser mocinha e ter um quarto preto e laranja com pôster de roqueiros de comportamento duvidoso, apenas. Não quer dizer que elas odeiam seu gosto e o quarto que você projetou com amor. Mas isso é assunto para outro post.

Quartinhos rosa e azul são os mais pedidos, os mais comuns e os mais sem graça possível. #prontofalei

azul

Eu, particularmente acho que os quartos de bebê precisam evoluir assim como nós evoluímos, mas 110 de 100 pessoas querem um quarto clássico/provençal/de princesa.

rosa

E não tem nada de errado nisso. Mas eu não acho que vocês precisam que eu fale – pela bilionésima vez – o que todos já disseram, então, pela essa mamãe moderna e antenada, e #vemkotio!

Simplesmente em empregar uma iluminação diferenciada, neste caso os rasgos na parede, junto com uma persiana de madeira na janela e um teto escuro, trouxemos essa criança para o momento certo onde ele está estreando na vida:

20-casa-cor-campinas-quarto-bebe

Nesse abaixo, uma proposta mais ousada, com vermelho e painéis de madeira. Eu não gosto muito de vermelho pra quartos, especialmente de bebês por motivos de: é estimulante e agita as pessoas. Lembra que não estamos criando o Capirotinho, mas sim uma criança calma e edudaca. Mas se trocarmos a cor por outra, a proposta fica ótima.

madeira e vermelho

Aqui uma proposta com painéis estofados em vários tons de beges, verdes e azuis. #megusta :

azul e verde

Uma com móveis mais clássicos, porém, com parede “toddy” e adesivos de árvores. Achei muito legal!

bege

Vocês lembram qdo eu propus um quarto de bebê pra filha da Cony? Então, e se fosse menino? Veja:

navy

Tô tentndo entender aquele cara gritando na foto atrás do berço. Deve ser um bebê que foge do berço e deixaram lá pra amedrontar o meliante.

Agora um quarto que poderia ser do meu filho – caso fosse possível.

Parede cinza + desenhos geométricos + berço escuro + poltrona colorida+ piso de ,adeira + tapete branco.

Só faltou a luminária:

moderno geometrico

Agora voltando aos clássicos, tem como deixar um clássico com um pouco mais de tesão, personalidade . Eu adoro quando usasm os tartan ou o xadrez, para ter um pouco de ousadia:

xadrez

Tomebei pra essa cortina divina e o berço com capitonê.

Agora, não vou me despedir sem o goró da semana, né? Alguém tem alguma dúvida?

cerveja3

Sim! Existe mamadeira com formato de cerveja. Criando membros do AA desde a maternidade. HAHAHA

Meu Snapchat anda um pouco abandonado, mas dia 23 eu entro em modo “natal” e apareço mais. Agora a patroa tá arrasando em Santiago! Segue a gente: @futilish e @tiolelofoz

Beijo enorme pra todos que me lêem!

 

assilelo

 

As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

Criatura pode soar feio para nós, mas é a palavra em español para “criança”.

13
Dec 2015
Mi casa, su casa- Estilos 3 de 4
Mi Casa Su Casa

Olá Fufu!

Sim, eu falhei semana passada, e peço desculpas. Mas vamos cancelar o suicídio coletivo e terminar com essa crise de abstinência, porque eu SHE-GAY!

Eu até comecei a escrever outros dois posts, entretanto, eu não quero começar 2016 com pendências, então resolvi escrever os posts finais de estilo nestas próximas semanas. Essa semana também vai ter Tem Jeito Decor, então vai rolar uma overdose de tio aí. Enquanto vocês não enjoam de mim, pega a almofada de veludo e #vemkotio porque vamos começar com:

Clássico (e Neo-clássico)

Esse estilo é riquíssimo! Primeiro porque seus materiais são nobres.

decoração-clássica

Madeira entalhada,

Mármores,

Aplicações de folha de ouro e prata,

Lacas brilhantes,

Tecidos nobres como tafetá, shantung, veludo e seda,

E tem uma profusão de branco, mas também cores ricas, como ferrugem, azul marinho e verde esmeralda.

Rosa claro, prata e bege também aparecem nesse estilo.

Eu defendo que o clássico (feito hoje) é inexistente. Por que, você me pergunta. Porque quando colocamos um ar-condicionado ( que não seja central pra ficar disfarçado ) um televisor, ou qualquer outro conforto moderno… estamos falando de Neo-clássico… que tem toda essa elegância e riqueza, mas com detalhes (e confortos) modernos.

ADgrandliving

Pra mim, ambos o estilos – clássico ou neo-clássico – precisa de atenção em cada ínfimo centímetro do espaço.

O piso é decorado, com um tapete decorado sobre ele. O rodapé é entalhado a parede tem aplicação de painéis, boisserries, papel de parede, arrandelas, tecidos e exibem quadros… muitas vezes acumulando vários desses itens todos juntos. depois vem um roda teto rico em detalhes, e um gesso, adivinhem, adornado com rosáceas e molduras que ajudam a demarcar a beleza de… um extravagante lustre de cristais.

ee6b0124146f50277ea77ca4bc9844d7

Então assim, quando aquela colega que se acha entendida vir comentando do estilo clássico dela… manda o link dessa matéria. Ou então…

talk to the hand

E não achem que eu não gosto do estilo Neo-clássico. Eu acho que ele realmente é muito elegante e quem tem condições de tê-lo (e mantê-lo) deve aproveitar. Esse estilo não pode parecer velho, tudo deve estar inpecável, desde o pêlo do tapete, até a “fofância-fofinha” da almofada. O veludo não pode estar barbeado, a laca tem que estar polidinha e os lustres e as molduras de gesso, sem pó.

Mas se você gosta deste estilo, porém de uma maneira menos engessada, pega a fronha velha e segue comigo pra um estilo bem recente:

Shabby Chic

Esse estilo, que era uma marca e virou estilo, em 1989 (tipo ontem, porque eu estava no ensino fundamental nesse ano) Ele foi criado pela designer Rachel Schell, uma americana que devia ser meio porquinha e preguiçosa. #prontofalei

Esse estilo usa a fórmula do Clássico, mas com cores pastéis e sem dourado e prateado. Ou seja, acabou-se o glamour. Mentira, continua glamouroso.

decoração-shabby-chic-e-provençal-para-sala-5

É uma festa de verdinho, azulzinho, roxinho, amarelinho, rosinha que, me desculpem, mas me dá soninho.

Continua-se com os entalhes e detalhes, em menor acúmulo, e permite-se o uso de peças puídas, como uma cadeira vintage, uma mesa desgastada, um móvel em decoupage…

shabby-chic-furniture

Não sei se faz parte da decoração, mas essa sujeira debaixo dessa cômoda está me deixando com taquicardia.

Mas vamos focar numa imagem bonita, porque a verdade é que essa combinação de estilo clássico com tons pastéis pode ser muito alegre e relaxante.shabby

Larga esse balde Fufu limpinha! Não se misture com essa gentalha. Vamos pra França!

Provençal ou French Country Style

Olá brancura! Olá belos jardins! Bom dia piquenique!

Tome aqui um maccaron e vamos falar desse estilo escravizado por quartos de bebê e salões de beleza emergentes.

3240153756_7148f28907_b

O provençal é muito mal explorado na Terra Brasilis. Sua base branca – sempre branca – é muito ajustada ao nosso clima infernal e os detalhes de fibras naturais e madeiras rústicas são amplamente encontradas em qualquer que seja a região deste país continental. Se nós tivessemos um pouco mais de amor pela nossa terra, era bem capaz de eu estar escrevendo sobre o Brazilian country style no título desse estilo, e oferecendo feijoada.

French-country-decor-via-popsugar

Mas vamos aos fatos:

Base branca,

Elementos rebuscados,

Móveis pintados,

Paredes de pedra,

Madeiramento aparente,

Detalhes em ferro,

Verde, amarelo, azul lilás sobre uma base branca.

french-style-bedroom-decorating-furniture-accessories-13

Notaram que esse estilo tem uma base clássica, mas com elementos rústicos? É uma sintonia incrível. O que não serve muito bem, são as superfícies brilhantes. É tudo, fosco, despojado e com tecidos fluidos, esvoaçantes e florais.

french-country-decor-style-dining-room-decorating-2

Bem românticos estes três estilos, concorda? Agora vamos seguir para um lado mais natural.

Country

O estilo Country, usa bastante material natural, muita madeira, ferro, cobre e fibras naturais.

country-style-decorating-country-style-home-decor-1

Não somente na decoração, mas desde a arquitetura, com paredes, pisos e forros de madeira.

Tons terrosos,

tecidos florais.

country-kitchens_0008_layer-2

Esse estilo vai muito de encontro ao estilo americano de casas de campo, com uma conversa de interior e exterior bem simples. Eu imagino as vaquinhas passando na janela e fazendo Múúúúú pra Fátima Bernardes falando que esqueceu de descongelar o almoço de amanhã.

Rústico

Tá, você deve estar pensando que é a mesma coisa do Country e, basicamente é. A diferença entre eles é a textura.

casa-rústica

Ambos tem a madeira como protagonista, mas a do rústico exibe ela sem acabamento, as pedras são sem polimento, temos muita palha, cuias, gamelas e tudo que lembra realmente a vida muito simples.

decoracao-rustica-cores

Encontraram seu estilo?

No próximo vamos falar de uns que eu AMO! Simplesmente.

Pra quem não viu as postagens anteriores:

Primeira parte, aqui.

Segunda parte, aqui.

Como eu disse anteriormente nestes posts sobre estilo:

“(…) quero falar sobre os estilos de decoração. E eu não conseguiria colocar a cabeça no travesseiro e roncar alucinadamente sem dizer que esse post foi inspirado pelo texto de Flávia Firmino.

Eu adorei a forma que ela subdividiu os estilos de decoração, e vamos seguir basicamente a divisão dela, com alguns outros que eu acrescentarei, por motivos de: eu quero. (…)”

Muito obrigado pelo carinho e pela atenção de vocês naquele momento delicado que passamos na minha família.

Em especial para a Cony, que me mimou como só alguém do nosso signo saberia.

Não teve goró, porque anda chovendo muito e eu não quero ver líquidos na minha frente, mas teve macarrons, então seguimos phynos.

Meu Snapchat anda um pouco abandonado, mas a patroa tá arrasando! Segue a gente: @futilish e @tiolelofoz

Beijo enorme pra todos que me lêem!

 

assilelo

 

As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

02
Dec 2015
Tem Jeito Decor 02 – O cipó da Kaa
Mi Casa Su Casa

Oi Fufus!

Bota a tanga gente, que nesse post a gente vai balangar! Passa um protetor solar e #vemkotio !

Tarzan

Ela tentou me enganar mandando uma sequência de fotos que na TV tinha bolo, uma pilha de chocolate e uma outra cheia de guloseimas.

Mas eu mantive o Foco a Força e a Fé, e não fui pro Pitadinha, um dos meus sites de receita favoritos, me atolar na jaca.

Como muitos de vocês Fufus eu tbm já fui vítima do fio da TV à cabo. Eu não sei se é pura má vontade, ou se “nunca dá” MESMO pra passar esses fios de outro jeito. Porque olha eu nunca vi UM instalador sumir com essa coisa.

KAA 01

Sim, eu escolhi a foto que tinha chocolate pra vocês gostarem mais do post.

Esses fios são um mal necessário, e todos estamos fadados a ter eles em algum lugar da casa.

Kaa02

 

Quando nos deparamos com um desses problemas de design, temos duas formas de lidar: tentando esconder, ou transformando ele num bibelô forçadamente.

Tentar esconder, seria jogar ele numa canaleta, descendo bem pelo cantinho da parede.

Melhoraria, mas vamos ser francos, que bom mesmo, não ficaria.

Podemos então misturar ele dentre outros mais:

fio4

Podemos fazer ele ser um elemento decorativo:

 

 

 

 

fio3 fio2 fio1

Outra chance é realmente fazer a macaca Xita, se pendurar nele até derrubar o teto todo, e daí partir pra uma reforma e botar o fio dentro da parede.

Infelizmente, o negócio pra um ambiente que seja alugado, seria fazer uma brincadeirinha com ele mesmo.

No meu quarto, eu coloquei uma estante de livros e o fio passa por trás dela.

Também é um jeito.

AH! E fica a dica: Quanto mais alto estiver o modem, melhor o sinal da interner.

Obrigado pelo email Kaa!

Lembrando que essa coluna será mensal ou quinzenal – ela depende de vocês – Que é o seguinte:

Manda no email do tio: azuosexclusive@gmail.com ( não mandem nudes, mas foods eu aceito )

O seu: TEM JEITO Decor? E o exercício é o seguinte: Tratarei de te dar até três opções para salvar/melhorar/disfarçar a situação.

Cada pessoa pode participar uma vez, com um drama de decoração.

Pode ser aquela peça que você ama e não consegue combinar;

Pode ser algo que precisa ser atualizado;

Pode ser algo que era lindo na loja e em casa ficou mais feio de dor de barriga depois da feijoada…

Enfim, tem que ser um drama dentro de um ambiente. Não vale pedir um projeto pra um cômodo vazio, porque né… meu ganha pão (integral), né gente!

 

 

assilelo.jpg

Página 20 de 31« Primeira1819202122Última »