LifestyleLifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
19 maio 2019, 13 comentários

Mi Casa Su Casa – O que é alto padrão?

Olá Fufúzada de luxo!

Essa semana eu me peguei falando que o empreendimento X não comportava um grande investimento em interiores, porque era incoerente com o padrão do condomínio. Mas o que é que na realidade faz com que um imóvel seja ou não de luxo, ou de “alto padrão” (que é o termo mais usado em Terra Brasilis)?

Por aqui no nosso país atrelamos inclusive o tamanho na modalidade de luxo, porém a verdade é que podemos ter um barraco de 100 metros, e um mini apartamento com 25 metros sendo de alto padrão.

Obviamente o tipo de acabamento interfere no padrão dos imóveis, isso pode variar até de região. Um piso de mármore não será considerado tão maravilhoso numa região gélida como a Islândia, assim como um carpet divino não será considerado legal numa região litorânea. Então é preciso se adequar ao local ao querer oferecer luxo.

Vamos pensar desde o início? Um terreno com uma vista deslumbrante, ou numa região privilegiada de uma cidade, já é um indício de que teremos um imóvel de luxo. Depois o tamanho da edificação – ou da unidade no caso de apartamentos – interfere. Eu não consigo ser xiita nesse quesito, para mim (opinião pessoal agora) é impossível um espaço menor de 50 metros quadrados oferecer conforto para um casal. Então mesmo que o contruam maçiço em ouro, no topo da Torre Eiffel… não vai atender o (meu) mínimo de dignidade humana.

Isso posto, vamos falar das coisas que valorizam e elevam a categoria de um cantinho: Materiais naturais: Pedras, madeiras, tecidos de algodão, sedas, couros. Quando é um projeto residencial, a casa como um todo deve ser fluída, jardins, fachadas, interiores devem se complementar.

Junto com os materiais de luxo empregados, precisamos incluir nos ambientes itens exclusivos, personalizados e prazeres. Estes pequenos (ou grandes) prazeres geralmente são tecnológicos:

Aquecimento de piso, controles dos mais variados itens através da voz, sistema de câmeras e no caso das grandes mansões, espaços como spas, cinemas, salas de banho e de outros usos específicos, como estúdios de música e etc. são os que transformarão espaços em ambientes de Alto Padrão.

Eu aproveitei esse post para mostrar para vocês meu segundo escritório de arquitetura preferido no mundo, SAOTA Architects, que fica em Cape Town, mas trabalha no mundo inteiro. Clicando AQUI, vai direcionar para a página com os projetos residenciais deles, que eu considero como alguns dos mais lindos do mundo. Lembrando que EU, sou apaixonado pela arquitetura contemporânea, então talvez para você não seja lindo como é pra mim. Mas olha, tenho vontade de habitar essa casa:

Contudo, tô aqui, orçando os granito da cozinha né mores? Porque a gente pode encaixar os sonhos na carteira e ser feliz.

Meus pequenos luxos eu já contei para vocês: Boa comida, uma cozinha super equipada, muita coisa da Le Creuset… e para você, o que é o luxo que você quer na sua casa?

#Bença!

 

Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
28 abr 2019, 11 comentários

Tem Jeito Decor 48- O Painel da Edmeia

Olá Fufulenses, tão todas e todos deliciosos como sempre? Amém!

Eu tô vivin, para desespero de muitos. Esse post era para sair semana passada, mas eufui engolido pelo tempo e regurgitado em pleno feriadão de páscoa onde me encontrei viajando para a casa de vovó.

Lá ficamos em cativeiro sendo alimentados constantemente com requintes de calorias – ou seja – quando retornei, já era domingo quase 19h e estava em coma alimentar.

Impossível conseguir escrever alguma coisa.

A Edmeia deixou um comentário com uma dúvida, depois reforçou por email, então achei que valia um #TJD e solicitei mais material. Ela tem uma sala de visitas, onde sobrou apenas uma parede estreita entre duas portas de sacada para acomodar a TV, #vemkotio analisar tudo.

“Oi Lelo!

Coloquei esta msg pra vc lá no blog da Cony. Mas depois achei que talvez fosse melhor mandar no pessoal. Quem sabe eu dando maiores detalhes vc não me ajuda?

Ponha na sua pauta. Quem sabe não tiro alguma idéia.

Estou a procura de painéis ou racks para colocar na sala de estar que fica tb uma televisão. A minha parede é bem estreita comp 1.82,5cm alt 2,35 cm prof 63,5 até 74 cm

Vamos lá: minha TV fica na minha sala de estar, onde recebo minhas visitas.

Meu sofá é bege , minha mesa de centro é com tampo de vidro preto.

tenho um sofá de 3 lugares e um de 2 lugares

Gosto muito de madeira e de uma pitada de móvel antigo.

Minha sala de jantar e de visita ficam próximas. Moro em um apartamente com 40 anos de construção, daí acaba sendo mais espaçosa. Cada sala tem um tamanho de 4 m.

Gostaria tanto de dar uma aquecida nesta sala. Hj ela tá tão morninha!

Na minha mesa de centro nem tenho peça alguma. Fico esperando pra fazer este painel e dar uma repaginada na sala

Ela possui teto rebaixado em gesso com muitos pontos de luz. Apesar que se eu fosse fazer agora acho que não faria o rebaixamento desta forma. Muito rebuscado, mesmo sendo só as laterais do teto com gesso. Preferi não colocar gesso no centro do teto pq fiquei com medo de deixar o pé direito da sala baixo. 

Como pode ver faço bem intuitivamente! Mas tenho muita vontade de ter uma sala bonita!

Tenho um tapete daqueles altos, sinteticos, que nem sei se está usando. Minhas cortinas são de um tecido leve e fluiido branco

O meu chão é de tábua corrida, que amo! Gosto de coisas antiguinhas! hehehe. Acho que contam a historia da minha famíia, da criaçao dos meus filhos. Mas gosto tb de peças modernas.

Gostaria de um painel que eu pudesse guardar os meus álguns de fotos que são muiiitos.

Será que com todo estes detalhes vc consegue me ajudar?

desde já agradeço a atenção

um abraço,

Edmeia 

Menina, obrigado por me enviar as fotos e os vídeos também! Aliás eles ajudaram muito no que eu vou te propor.

Mas como diria Jack, iremos por partes.

Primeiro, que SONHO ter 8 metros de salas HEIN! É disso que eu falo. Gente, não aceitem esses micro apartamentos. Atualmente, para ter essa qualidade de vida é preciso procura os mais afastadinhos.

Eu adorei o seu gesso, não acho que tá pesado. Se um dia você quiser suavizar, tire apenas a moldura debaixo, que é algo simples de fazer e vai dar a sensação de que o ambiente é mais alto também. Não acho que valha a pena, mas se é algo que começe a deixar seu coração aflito, é tranquilo de alterar.

Estou encantado com seu lustre vintage, porém ele está gritando por um carinho. Vamos trocar essas lâmpadas “econômicas”?

Quatro lampadinhas, não precisa jogar elas fora, guarde para ir usando elas na lavanderia/sacada/depósito conforme for precisando, mas esse lustre merece um bulbo mais sofisticado algo assim:

Pode ser essa que o LED imita os filamentos de antigamente, ou aquela que o vidro é branquinho, mas invista em uma que seja de cor “natural” ou “branco quente” o problema é que essas lâmpadas bonitinhas não são lá muito fortes. Então talvez você precise aumentar a potência das que tem ao redor no gesso. Mas vale cada centavo esse investimento eu juro pela minha mãezinha. Se você for mudar, leve um modelo de cada para um vendedor de lâmpadas e diga o seguinte:

“Preciso de 4 lâmpadas tipo vela para o lustre, e X (não consegui contar quantas tem pelas fotos) lâmpadas dessa de embutir no gesso. No total preciso de 5500 lúmens para a sala de estar em temperatura de cor entre 2700K e 4000K”

Para entender melhor sobre essas “temperaturas de cor” leia o post de LED/Luz AQUI.

Eu acho legal levar um modelo de cada lâmpada que já está lá, para que eles cuidem do tipo de bocal e até o tamanho que você tem disponível para que a peça entre no spot de embutir.

Caso troque a sala de jantar junto, pro jantar a luz precisa ser um pouco mais forte, 6950 lúmens.

Caso você que está lendo aqui queira uma explicação melhor de como se define iluminação, conta pro titio nos comentários.

Eu já sei que vocês vão querer me matar, as fotos estão grandes, já alcancei 860 palavras e nem cheguei na dúvida real oficial. Desculpem-me.

Sofá tá legal, tapete tá bom, eu levaria essa planta grande para o lado da porta da sacada e colocaria uma luminária de coluna (de pé) entre os dois sofás.

Pode ser uma que jogue a luz para o teto, que distribua bem difusa por todos os lados ou até uma que direcione luz para onde você quiser. Um modelo assim, com madeira me agrada bastante:

Agora, algo um pouco mais complexo, é que no video eu vi que não temos lustre no jantar. Para resolver isso, vou te sugerir um plafon vintage, como esse:

O papel de parede que está colocado na sala de jantar é de um bom gosto ímpar, achei perfeita a sua escolha. Para dar um pouco mais de vida, eu colocaria uma outra planta alta do cantinho da sala, láááá no fundo de frente para a janela…

Antes do painel, um último toque, é a mesa de centro. Adoro que ela traz contraste de material e cor, e sobre ela tem uma peça maravilhosa desperdiçada na sua cristaleira, que eu gostaria que trouxesse para cima da mesa com um arranjo de flores.

Além deste vaso com flores, invista em 2 muranos pequenos, 1 ou 2 livros de arte ou até mesmo 1 ou 2 dos seus álbuns de fotografia.

Agora vamos pro real motivo dessa conversa: O painel merece um acabamento mais neutro porém elegante. Te indico usar linhas horizontais, para dar impressão de que o espaço é maior do que realmente é.

Como é necessário armazenar álbuns eu indico ter 2 ou 4 gavetões e 2 nichos para aparelhos. Encontrei uma referência praticamente perfeita na internet:

Como melhorar e adequar esse painel para sua sala: Colocar mais 2 gavetas embaixo e fechar as laterais dos nichos, ou até mesmo trabalhar em um grande nicho, que eu acho mais elegante. Não colocaria a prateleira de cima, pois teu gesso tem um detalhe lindo que merece ser admirado. Sobre cor e material, eu optaria por um MDF em uma cor clara, como o tom areia da Guarapes, ou uma laca fosca nesse tom neutro.

Viu porque meti o bedelho na sala toda? o painel táva fácil, mas tem várias pequenas coisinhas que farão o ambiente como um todo ser elevado.

Um último pitaco: vamos dar uma “escurecida” nas paredes atrás dos 2 sofás? um bege médio, como o Creme Escocês da Suvinil, ou se você gostar de cor, esse verdinho das portas da sacada ficariam maravilhosos nestas duas paredes.

E olha que levamos menos de 1300 palavras para resolver a sala toda. HAHAHA

Obrigado pelo carinho e pela paciência Fufus.

#Bença!

Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
07 abr 2019, 22 comentários

Mi casa, su casa- Pinto o teto?

Fufuland! Turupom por aí?

Desde 2017 temos usado alguns tetos com cor, e essa semana uma Fufu maravilhosa entrou em contato para conferir umas cores no projeto dela e eu me dei conta de que nunca tinha conversado aqui sobre isso.

Sei que MUITA gente vai odiar o tema, mas também é meu dever cívico – HAHAHA – de apresentar coisas diferentes para vocês. E vou comecar com uma imagem que ninguém vai poder reclarmar, um teto com forro em madeira:

Achou que eu ia chegar aqui com teto pintado de tinta óleo brilhoso bordô, né? Lamento desapontar você, só que é muito possível ter uma cor no teto e não ficar feio.  Outro teto na moda é o concreto aparente:

Já quebramos o gelo, e tenho certeza que todo mundo quer saber mais sobre cores e dicas. Até mesmo porque é um recurso que pode facilmente dar errado.

A cor que mais amamos empregar lá na Nest, é o azul, especialmente os azuis que lembram o céu.

Se o clássico faz você ter palpitações, os Coffered Ceillings, que são os tetos com aquelas molduras super trabalhadas, eu te digo que: colorí-los fará com que eles fiquem ainda mais emblemáticos:

Se a altura do seu imóvel não permite que faça algo tão trabalhado, uma bela moldura nas laterais, e um centro colorido deixam tudo mais interessante:

Mas vamos ver a cor do teto como um recurso. Hoje em dia temos grandes espaços integrados e aí subdividir o teto é algo que faz com que nossos ambiente parecam mais acolhedores e com toda a certeza do mundo, mais luxuosos e bem pensados:

Quando temos algum elemento arquitetônico que queremos aproveitar, também podemos tirar partido da cor, como em vigas muito baixas e lajes inclinadas:

Um cômodo que merece uma ousadia é o Home. Se no seu lar há um espaço destinado a sétima arte, por favor, deixe ele bem decorado. E algo que eu ADORO numa bela sala de cinema, é um teto preto.

O que você acha? ousadia demais? Interessante? Conta pra mim nos comentários.

Ah! A próxima matéria eu quero reviver o Tem Jeito Decor. A fufu Edméia mandou para mim um material bem legal. e vou reparar com carinho pra você, pos acho que vai ajudar muitas pessoas.

#Bença!