Comportamento
Cotidiano
31 dez 2018, 0 comentários

O ÚLTIMO DO ANO!

Antes de terminar 2018 iria fazer mais um Chora mas preferi não fazer. Vamos dar um respiro e começar o ano só com casos lindos! Pedi para me mandarem Sorrias ao invés de Choras e assim que o ano virar (e eu puder) publicarei ok?

Eu nunca gostei de anos pares. Sempre me dei melhor nos ímpares e estava pronta para reclamar de 2018 quando percebi que não foi um ano tão ruim assim. Na verdade, foi um ano MARAVILHOSO!

Tudo bem que tomei o maior calote da vida, mas aprendi a não confiar tão cegamente em ninguém, nem em amigas. Sempre fui muito de acreditar nas pessoas e me ferrei, fica o aprendizado.

Tudo bem que tive que abrir mão de alguns projetos novamente por acreditar demais e mergulhar de cabeça, mas aprendi que tenho que planejar melhor as coisas e pensar mais de forma individual. Acho ruim, mas a vida é assim. A gente não pode se prejudicar pra privilegiar o outro.

Tudo bem que tive pouco trabalho, fiquei tensa e com medo mas percebi que meu pouco trabalho era desorganização e depois que consegui organizar as coisas, tudo fluiu mais.

Tudo bem que tive que mudar de apartamento, meio que as pressas mas consegui um apartamento maior e melhor e ainda iniciei minha nova vida oficialmente a dois!

Tudo bem que descobri que tinha endometriose meio que sem querer e tive que operar, não sou de esperar muito e fiz a cirurgia bem rápido. Mas deu tudo certo e minha qualidade de vida melhorou!

Se tive coisas ruins em 2018, o aprendizado que ficou delas foi bem maior! E como disse acima, foi neste ano que pela primeira vez dividi um lar pra valer com namorido. Acho que foi o fato mais marcante de 2018, uma mudança repentina mas tão tranquila e natural que parece que sempre foi assim.

E é isso que desejo pro meu 2019 e pro de vocês também: TRANQUILIDADE E NATURALIDADE. Deixem as coisas acontecer, não forcem nada, mas também não se fechem para a vida. Mente aberta, coração aberto e muuuuuita leveza nos movimentos. Que sempre tenhamos em mente duas leis: a do retorno e a do amor próprio. Que tenhamos a serenidade e a sensibilidade de perceber e escolher o melhor pra nós, sempre! E se algo não sair como o esperado, que transformemos isso em lição e aprendizado. Tudo tem seu lado positivo e vamos viver na POSITIVIDADE!

Nos encontramos em 2019, no início do ano devo sumir um pouco porque estou fazendo uma viagem maluca entre o Atacama, a Bolívia e o Peru, com uma malinha de 10 kg hahahahaha. Mas é isso, leveza na mala e na vida.

Se cuidem migas. E não se esqueçam da simpatia do passaporte na virada do ano hein? (Se não sabe o que é, segue o LINK. Faça porque dá muuuito certo!)