Comportamento
Chora Que Eu Te Escuto
20 dez 2018, 39 comentários

Chora Que Eu Te Escuto!!

Com um dia de atraso… mas é que tô curtindo mami aqui no Chile. Já estão me acompanhando no Instagram? Tá cheio de dica boa lá hein! ME SEGUE GENTEEEE @futilish

Chora 01 – Santiago

“Oii Cony!  Resolvi escrever sobre esse assunto pois é um assunto que pouco se acha na internet e certeza ninguém nunca escreveu sobre no blog. Espero que alguma leitora sua possa me ajudar com alguma experiência própria.

Tenho 32 anos, e na parte pessoal e profissional estou muito feliz.

Meu problema: Eu possuo simastia congênita, explicando de forma simples: a pele ente meus seios (no decote) não é colada no osso, o que não deixa aquele formato bonito do seio. Tem uma famosa que tinha esse problema Ariane Steinkopf, se jogar no Google fica mais fácil para entender vendo a imagem. Vou te mandar uma foto para ter ideia.

Coloquei silicone a primeira vez há uns 9 anos, na época não se notava tanto pois tinha pouco seio, coloquei 260 ml, No início a simastia não me incomodava, mas com o tempo começou a incomodar e comecei a pensar em corrigir o problema.

Esse ano resolvi que ia corrigir, marquei férias 14 dias para ficar em casa repousando e me recuperar bem. Procurei o melhor médico que tem na minha cidade pois é uma cirurgia que nem todo cirurgião plástico faz.

O médico disse que resolveria meu problema trocando minha prótese por uma de perfil extra alto, com a base mais estreita, com 305 ml, e fazendo um costura interna redesenhando o formato do seio, esse procedimento chama capsulorrafia interna cuidadosa.

Hoje tenho um mês da cirurgia, e a parte central ainda está praticamente igual a antes. Fui consultar com o médico porque há dois dias até inchou um pouco mais. Ele falou para que eu espere passar 3 meses da cirurgia, para ter certeza que não está mais inchado, e após esse período caso ainda não esteja contente ele iria fazer uma pequena lipo entre os seios. Estou me sentindo tão mal, ele tinha me dado certeza de que o procedimento daria certo. Agora sei que infelizmente preciso esperar para ver o que vai acontecer. Mas minha pergunta é alguém já fez esse procedimento? Caso alguém tenha uma experiência com isso e possa me ajudar, se já corrigiu como fez a correção.

Obrigada por esse espaço Cony qualquer opinião pode me ajudar e talvez a outras pessoas também.”

Por isso que eu AMO o Chora, a gente aprende TANTO! Eu não sabia sobre simastia congênita, mas já tinha reparado em alguns silicones que ficavam “alto” no meio. Como não sei nada sobre o assunto, deixo aberto aos comentários de mulheres que tenham o mesmo problema ou que entendam do assunto. Mas se posso dar um conselho, por menor que seja, é que aguarde desinchar mesmo para se preocupar. Cirurgia plástica não dá para avaliar nos primeiros meses, é lento mesmo! Boa sorte!

Chora 02 – Concepcion

“Oi, Cony! Tudo bem?

Meu “Chora” é um pouquinho diferente, mas decidi criar coragem e compartilhá-lo. Tenho 24 anos e passo por alguns problemas emocionais. Trabalho em um emprego que me suga as energias, percebi que não me encaixo na área que me formei e estou com dificuldades de encontrar outro ramo. Nesse último caso, parece que não me encaixo em nenhuma opção, sabe?

Por conta disso, tenho enfrentado muitas crises de ansiedade, angústia e desânimo. Nos piores dias, e é esse o problema principal, tenho pensamentos perturbadores, involuntários, de que machuco alguém próximo. Por exemplo, se estou na cozinha, do nada vem em mente à imagem de eu pegando uma faca próxima e machucando a pessoa ao meu lado. Só para deixar claro, eu não tenho vontade de fazer isso e tenho certeza absoluta que nunca faria. Na verdade, entro em desespero só em pensar nisso. É como se fosse um “flash”, uma imagem involuntária, que fica na mente apenas por alguns segundos. Só que, por mais que eu sei que não faria aquilo, eu fico apavorada com essa situação. Tenho medo de estar enlouquecendo. Até evito contar isso para as pessoas (apenas meu namorado e minha psicóloga sabem), pois sei que os outros não entenderiam ou me julgariam errado.

Faço terapia há uns meses e minha psicóloga acredita que talvez isso seja resultado de aguentar a carga emocional elevada por muito tempo. Quando chega ao limite, meu pensamento libera essa carga como uma “explosão”, em forma de uma imagem chocante e abrupta, para me alertar. Só que não estou conseguindo evitar que essa situação se repita nos piores dias, justamente por já estar fragilizada pelo trabalho, e me sinto horrível com tudo isso.

Por isso, queria saber se alguma leitora sua já passou por algo parecido ou se alguém pode me dar dicas de como tentar evitar/amenizar essa situação. É possível me ajudar?

Obrigada pelo espaço e pelo bem que você faz para nós. Um beijo ❤”

Miga, deixa eu te contar uma coisa, eu também tenho uns flashes assim mas comigo mesma. E ó, acho que é mais normal do que a gente imagina porque uma vez comentei com algumas amigas e várias também tinham os mesmos pensamentos. Tipo, se tô na varanda de um lugar muito alto, imagino eu pulando. Ou pulando na linha do metrô. Ou me jogando na frente de um caminhão. Só desgraça kkkk mas é só imaginação porque não tenho a mínima intenção de fazer isso. Acho q tem alguma explicação psicológica sim, pode ser a pressão do dia a dia como disse sua terapeuta. Gostei do seu Chora, também quero ouvir as meninas!

Ah, e achei um texto BEM legal na internet e o nome desse tipo de pensamento é PENSAMENTO INTRUSIVO

“Pensamentos intrusivos são pensamentos que entram constantemente na sua mente contra a sua vontade. Eles são considerados intrusivos, porque você simplesmente não consegue afastá-los para fora da sua mente, e muitas vezes aparecem em momentos impróprios. Os pensamentos intrusivos também podem ocorrer em flashes, causando ansiedade significativa quando entram na sua mente.

Muitos dos pensamentos intrusivos estão relacionados com a ansiedade, pelo que pode senti-los como assustadores sobre o que pode acontecer consigo ou alguém que você gosta, ou o que você pode fazer para si mesmo ou para outra pessoa. Eles parecem estar fora do seu controle, e o seu conteúdo pode ser estranho e ameaçador. Nestes tipos de pensamentos intrusivos, parece que os pensamentos surgem como resultado da ansiedade, e incrementando mais medo sobre os sintomas da ansiedade que já está experimentando.

Os pensamentos intrusivos aumentam a ansiedade, e alimentam a espiral de produção de medo. Assim, por exemplo, no meio de um disparo de ansiedade você pode pensar: “Se eu tiver um ataque cardíaco?” Você fica num estado recorrente de pensamento ansioso, sentindo que é provável que aconteça o que está a pensar.

Os pensamentos ruins, obsessivos ou intrusivos acontecem a todos nós e podem assumir muitas formas. Talvez você tenha de repente a imagem de empurrar alguém para fora de uma plataforma de trem, chutar um cachorro, gritar na igreja, saltar de um carro em movimento, ou esfaquear alguém que você ama.

Ao fazer ou querer fazer qualquer uma dessas coisas não é normal, mas ter pensamentos intrusivos como esses é normal em algum momento na nossa vida.

Às vezes, pensamentos como estes vêm até nós precisamente porque não queremos agir desta forma, pois eles são simplesmente a coisa mais inadequada que a nossa mente pode imaginar. O que dificulta todo o processo de superar ou eliminar este tipo de pensamentos é fazer esforços para não ter tais pensamentos, ao tentar empurrá-los para fora da sua mente, pode realmente fazê-los ficar.

Muitos dos pensamentos intrusivos podem estar associados a algum tipo de transtorno de ansiedade, como:

  • Fobia social
  • Transtorno de ansiedade generalizada
  • Transtorno obsessivo-compulsivo
  • Transtorno de pânico
  • Transtorno de stress pós-traumático

No entanto, existem muitos pensamentos intrusivos comuns que podem estar associados a uma preocupação particular ou relacionados com uma situação específica que a pessoa esteja a viver. Apesar de estarem  contextualizados, aparecem em momentos inoportunos, causando algum tipo de problema.

Usualmente esses pensamentos intrusivos comuns aparecem  na forma de pensamentos negativos ou até mesmo como pensamentos autodepreciativos. Por exemplo, quando você está prestes a desempenhar uma determinada tarefa importante e surge o pensamento: “Tu não és bom o suficiente para conseguires.” ou “Achas que uma pessoa como tu vai ser capaz de conseguir?”

Bacana né? Super me indentifiquei, pois tenho ansiedade! Não tratada devidamente AINDA, mas vou ter que ver isso logo. Para ler o texto inteiro, inclusive as dicas para se livrar desses pensamentos, clique AQUI

Chora 03 – Antofagasta

“Cony, amo o blog, adoro suas dicas e seu estilo de vida! Quando vejo você falando que depois de anos de um relacionamento encontrou alguém e está feliz sinto esperança que comigo aconteça o mesmo.

Eu namorei por nove anos um cara muito especial, que era atencioso, cuidadoso, carinhoso e preocupado comigo. Nos dávamos bem, fazíamos planos mas nunca senti aquela vontade e firmeza para casar.

Depois de anos de relacionamento tomei coragem e terminei, posso dizer que não foi nada fácil mas nunca estive tão feliz. Recomecei a vida, fiz novos amigos, me tornei uma pessoa muito mais leve, mais sonhadora e depois de um tempo fui morar sozinha.

Posso dizer que em dois anos minha vida mudou completamente e parece que sou uma nova pessoa, independente, alegre, cheia de vida e planos. Curti bastante a solteirice mas passou..hoje sinto falta de alguém e vontade de construir minha família e minha idade me assusta pois mesmo com o avanço da medicina sei dos riscos de uma gravidez tardia (tenho 34 anos).

Conheci bastante gente, tive algumas tentativas de relacionamentos e quando estava totalmente desesperançosa conheci um rapaz. Nos conhecemos por um acaso em um bar, ele estava de passagem pela minha cidade e naquela ocasião acompanhado dos pais, o que eu achei muito fofo e causou boa impressão. Ele não é bonito, não chama a atenção fisicamente mas em poucos minutos de conversa eu estava hipnotizada por ele.

Ficamos naquela noite e no outro dia ele foi embora para a cidade dele. Depois disso mantivemos o contato durante 3 meses por ligações, whatsApp o dia todo, chamadas de vídeo, até que ele voltaria para minha cidade e 15 dias depois eu iria para a cidade dele.

Durante esses meses eu não senti vontade de me envolver com ninguém, esperava ansiosa pelas ligações dele, meu coração disparava, meu corpo parecia que ia flutuar, eu ficava arrepiada só de ouvir a voz dele..enfim quando vi estava completamente apaixonada.

E o grande dia chegou, ele voltou para minha cidade e tudo aquilo que parecia um sonho virou pesadelo.

Ele parecia outra pessoa, frio, distante, pouco interessado mas eu não queria enxergar aquilo. Estava tão mas tão feliz, só queria beijar e abraçar ele e curtir aquele momento. Mas conforme os dias iam passando eu notava a frieza dele. E quando ele foi embora senti que aquele beijo era realmente a nossa despedida. Não aguentei e disse que não iria mais pra cidade dele pois não faria sentido e ele demorou dias para responder e disse que notou que eu era ciumenta e ele estava solteiro há poucos meses e queria sentir como era aquela vida, queria se sentir livre.

Ele foi muito seco e aquilo foi um término do que nunca começou.

Fiquei péssima, arrasada, só queria chorar..não sentia vontade de fazer nada e não entendia porque fiquei tão mal assim sendo que nem no meu relacionamento longo fiquei dessa forma.

Tô tentando esquecê-lo mas confesso que tá difícil pois tudo que me chamava a atenção nele, o jeito extrovertido, desenvolto, a inteligência, o humor, tudo isso não encontro em mais ninguém. Ele me encantou pois estava difícil conhecer alguém tão interessante quanto.

Prometi que nunca mais o procuraria e tenho me segurado para isso.  O que faço? tento ir atrás? ou tento esquecê-lo de vez? e como esquecer e me interessar por outra pessoa? Cony e leitoras, me ajudem pois estou totalmente desanimada!!! Beijos”

Fia, aprenda uma coisa: crie o que você quiser, até um unicórnio mas JAMAIS CRIE EXPECTATIVAS! Jamais, nunca, never, jamás! Expectativa é fatal, acaba com tudo o que nosso coração espera. O melhor é sempre não esperar nada, deixar tudo acontecer da maneira mais natural possível e se notar que as coisas estão esfriando, esfrie também, mude o foco, parta pra outra. Não se prive de nada enquanto não estiver realmente engatada com alguém porque a outra pessoal está fazendo exatamente isso. O que é pra ser, é. Naturalmente. É ÓBVIO que você não deve ir atrás dele. Acabou, já era. Desencana e não sofra pro algo que só existiu e que era lindo na sua cabeça. 

  • Penúltimo Chora do ano hein! E o primeiro de 2019 será um SORRIA! Então se você tem uma história linda, de volta por cima, de superação, manda pra mim, vamos começar o ano SORRINDO! constanza@futilish.com e no assunto coloque SORRIA!
Beleza
Novidades de Beleza
18 dez 2018, 13 comentários

É Milagre!?

Durante o último Minas Trend fui surpreendida por uma informaçao que eu desconhecia: BELORIZONTE TEM UMA MARCA DE COSMÉTICOS SUPER DIFERENCIADA E COM SOLUÇÕES PARA TODOS NOSSOS PROBLEMAS.

Como assim gente? Aqui em BH e eu não conhecia???

Tivemos um brunch no Grande Hotel Ronaldo Fraga onde conversamos com a Ludmila Bonelli, proprietária da Be Belle e onde ela nos apresentou seus produtos e tenho que confessar: a cada um que eu conhecia, eu ficava mais impressionada.

Vamos com calma. Primeiro vou falar da marca e depois de alguns produtos que, para mim, são praticamente milagrosos e se cumprirem tudo o que prometem, minha gente, acabou-se a era das reclamações estéticas femininas.

A Be Belle Cosmética Avançada foi criada pela Ludmila, cosmetóloga com mais de 20 anos de experiência em tratamentos estéticos. Ela foca na recuperação da saúde da pele, na imunologia e na arquitetura dérmica, uma visão bem diferente do que vemos normalmente por aí.

Eu senti toda essa diferença de abordagem quando contei para ela que eu sofro por causa do melasma e que já tinha tentado de tudo, do creme mais baratinho até os tratamentos mais caros, sem ter notado diferença alguma nas minhas manchas. A Ludmila logo me contou algo que eu já sabia, mas que não tinha associado à “cura” do melasma: o melanócito, cada vez que é agredido, ele se recolhe e depois ataca pior que antes. Quem tem melasma sabe o que estou falando, a gente trata um tempão, ele dá uma melhorada mas volta pior. O que a Ludmila me disse é que não podemos agredir o melanócito, mas sim deixar ele quieto, acalmar a pele, deixar tudo na paz até que ele entenda que não está sendo mais atacado e pare de nos atrapalhar. Faz sentido? Faz, mas e dá certo? Aí é que tá… vi algumas fotos de pessoas que usaram os produtos da Be Belle e é incrível o quanto a pele realmente melhora! E sabem o que é mais maravilhoso ainda? O melasma não volta mais, ele some para sempre MAS, tem que seguir o tratamento direitinho. E nem é só creme, tem mudança na alimentação também. Interessante não é?

Outro produto que me fez quase cair da cadeira foi o Celux, um creme para peles com aspecto celulítico. Sim ASPECTO CELULÍTICO porque segundo a Ludmila, muita gente acha que tem celulite mas na verdade é apenas pele flácida! Inclusive ela me mostrou (quem viu nos stories?) o bumbum de uma paciente que é maratonista, ou seja, super se cuida e malha muito, só que cheio do que eu acreditava ser celulite. Ela me disse que não era, a mulher era super atleta e aquilo era pele flácida com ondulações que pareciam celulite! Tanto é que na Be Belle não tratam a celulite por graus, como sempre escutamos falar. Celulite de verdade tem fibroses, e se você não tem a pele dura, dolorida e cheia de fibroses, provavelmente minha amiga, você não tem celulite, só tá mole mesmo. Eita notícia boa hein!

Olha um vídeo dela explicando melhor sobre isso:

Quer saber mais coisa interessante que aprendi com a Be Belle? Vamos falar de vitamina C? Eu sempre achei que quanto maior a concetração de vitamina C, melhor o produto, tanto é que esses dias fiquei maluca quando vi que uma conhecida marca lançou uma vitamina a 40%!!! Como assim, o dobro da que eu já considerava top! Mas lá veio a Ludmila me contar que de nada adianta ter uma super dosagem de ácido se ele não tem o poder de penetrar na pele. É óbvio? É, mas e a gente pesquisa ou se informa sobre isso? Não! A gente acredita que tudo penetra na pele!

Quer mais? Ok, vamos falar de protetor solar! O que sabemos sobre protetor solar? Que tem que proteger contra os raios UVB e UVA né? E a gente logo olha o FPS, quanto mais alto, mais protege. MAS, lá vem a Ludmila de novo perguntando se alguém por aí observa o PPD dos protetores solares? Gente eu nem sabia que existia isso de PPD… O FPS protege dos raios UVB (que queima a pele) mas quem protege do UVA, que é o raio que mancha, dá rugas e envelhece é o PPD! E ele tem que ser pelo menos um terço do FPS, por exemplo, que o FPS é 30, o PPD tem que ser pelo menos 10. Só quero o PPD agora kkkk (mentira, tem que proteger do UVB também, câncer de pele não é brincadeira).

Enfim, contei só um pouco do que aprendi porque foi muita coisa e ficaria um post mega extenso, mas sentiram a pegada diferente dos produtos da Be Belle? Todos tem um porque de todos seus ingredientes, achei as explicações da Ludmila super sensatas e tudo faz muito sentido! E tava aqui, pertinho de mim e eu não sabia da existência da Be Belle! Como vou viajar agora para o Chile e vou comer muito e ir pra praia torrar no sol, de nada adianta começar meu tratamento de melasma (sim, ela topou me cuidar) pois devo seguir o tratamento a risca e envolve mudança na alimentação e outras coisas que sei que não farei durante as ferias. A Ludmila me pediu 4 meses de obediência para tirar meu melasma para SEMPRE. Será?????

  • Deem uma olhada no site todo da Be Belle e analise cada produtinho. Tem vídeos explicativos também! Se ficou tentada por alguma coisa e quiser comprar, consegui um cupom de desconto para ter 5% off na sua compra. O cupom é CELUXBEBELLE. Eu já to com o Celux, com o Pearly Booster (um resveratrol MARA), o Blur (um mousse multifuncional que disfarçar as imperfeições da pele e tem PPD), o Derm Deep C (sérum clareador que super penetra na pele e o Firm Up, para dar firmeza na minhas pelanquinhas. Tentador não é?
Compras
Shopping Time
14 dez 2018, 9 comentários

ONDE COMPRAR – SAIA MIDI DE BOTÕES!

Depois do post da saia midi de botões, fui procurar algumas pela internet e confesso que achei bastante opção e para todos os gostos! Em vários comprimentos diferentes, diversas cores e tecidos, além de botões de todas as formas: laterais, centralizados, assimétricos… E para todos os bolsos, inclusive algumas na promoção com precinho bem mara.

 

01 – Saia midi de alfaiataria lindíssima da Amaro, R$ 189 LINK

02 – Saia midi de algodão com leve babado na barra da Amaro, R$ 179 LINK

03 – Saia midi de linho (super em alta) com o corte um pouco mais reto da C&A, R$ 139 LINK

04 – Saia midi de algodão estampada com botões laterais (achei diferente!) da Renner, R$ 159 LINK

05 – Saia midi azul marinho evasê com bolsos e cintinho da Amaro, R$ 179 LINK

06 – Saia midi de viscose evasê com a cintura bem alta e botões laterais (com fenda lateral) da ‘2essential, R$ 458 LINK

07 – Saia midi com bolsos laterais e cinto da Renner, R$ 159 LINK

08 – Saia midi de linho (tendência) clochard (+ tendência e eu amo!) da Renner, R$ 159 LINK

09 – Saia midi assimétrica listrada e com babado na barra, tem de TODAS as cores, da Lemise na promo por apenas R$ 89 LINK

10 – Saia midi basiquinha com modelagem mais reta (tem listrada também) da FiveBlu, na promo por apenas R$ 59 LINK

11 – Saia midi mostarda da C&A, R$ 99 LINK

12 – Saia midi jeans clara e barra desfiadinha da Cantão, R$ 399 LINK

13 – Saia midi coral de tecido plano que lembra a textura do linho, bem levinho, da Bisô na promo R$ 119 LINK

14 – Saia midi de linho clochard (suuuper em alta) com cinto, La Mandinne na promo R$ 152 LINK

15 – Saia midi jeans basiquinha com bolsos da C&A, R$ 109 LINK

16 – Saia midi de vichy (beeem retrô) da Cantão, R$ 439 LINK

Em breve postarei sobre os outros tipos de saia midi!