Moda
Como Usar
08 nov 2018, 26 comentários

Toda Mulher Chique Tem – Camisa de Seda!

Esses dias me peguei admirando o luxo de uma camisa de seda. Tenho poucas, bem poucas, e comprei uma amarela num bazar esses dias. Paguei uma pechincha, lembrando que seda sempre é caro. Como veste bem, como cai bem, como fica elegante! Me lembro da minha tia Monica, uma das mulheres mais chiques que já conheci, e que sempre usava camisas de seda.

Quero mais, quero uma roxa, uma preta, uma verde talvez e mais uma branca. Com jeans, fica o high low mais lindo do mundo.

Olha só:

Gosto da seda que brilha, acredito que seja o cetim de seda. Preciso pesquisar sobre as variáveis desse tecido, pois sei que existem várias. A seda que falo neste post, é justamente essa das fotos acima.

Com jeans e calças justas fica um look feminino e poderoso ao mesmo tempo. Deixar os botões mais abertos, usar um top de renda e colares fininhos é CHIQUÉRRIMO!

Preto com branco (off white sempre é mais elegante) é uma dupla sem erro. Misturar alfaiataria com a leveza da seda é perfeito.

Com jeans, como falei no início, é chique e despojado. 

Querem mais dicas de como usar? Montei 4 looks para vocês:

Com calça jeans. Nos pés pode tanto ser um scarpin quanto um tênis!

Chique, com uma pantalona preta. Para trabalhar, pode por um blazer e fechar mais a camisa. Para um happy hour ou coquete, top de renda preto e camisa mais aberta.

Balada! Saia de couro ou de paetê!

Camisa de seda também tira férias. Short branco de alfaiataria, espadrilha e bolsa de palha.

  • E aí? Camisa de seda SIM ou SIM? Vamos para o Onde Comprar?
Moda
Como Usar, Fashion News
07 out 2018, 53 comentários

Sapatinho de Vó, Gosta?

Ah se é de vó é vintage. Se é vintage, eu já gosto! Minha alma canceriana é toda antiguinha e por mais que eu curta geometrismos, modernismos, minimalismos, o coração bate forte com peças vintage, principalmente acessórios.

Hoje vou falar de um sapatinho que já está aí nas vitrines há pelo menos um ano, mas agora sinto que está mais forte em lojas como Arezzo e Schutz. Tô falando do slingback, aquele sapato geralmente de salto mais baixo (pode ser um kitten heel ou salto bloco) que é aberto atrás e tem apenas uma tira no calcanhar. Ainda não sabe do que falo? Disso aqui ó:

Chanel que começou com a febre dos slingbacks, um clássico dos anos 50.

Os saltos são mais baixos o que faz do slingback um sapato bem confortável.

Além de confortável, é feminino e versátil. Dá para usar tanto com calça jeans quanto com vestido fluidos e esvoaçantes.

Eis uma foto que traduz a parte ruim dos slingbacks, quando a tira sai do calcanhar hahaha. É bem chato quando isso acontece.

  • Além do slingback de salto baixo, tem de salto alto também e acho BEM bonito, acaba tirando um pouco o “vintagismo” dele. Eu gosto, até comprei um da Arezzo que virou minha paixãozinha. No post do Onde Comprar, mostrarei ele. Se vocês quiserem, claro. 
  • E aí? Sim ou não pro slingback?
Moda
Como Usar, Fashion News
02 out 2018, 16 comentários

Tendência – Didi Mocó Sonrisal Colesterol

Ah os anos 80… Me lembro quando a minha preocupação era ver a Xuxa saindo da nave, saber o que raios rolava na Caverna do Dragão, ou então se meu pai ia me dar o jogo da vida de natal ou não.

Da moda lembro de várias coisas: os conjuntinhos, as ombreiras, o lurex, tudo colorido, lembro de passar New Wave, aquele gel com glitter, pra ir pra escola, lembro do neon, lembro das roupas largas… OU SEJA, tô velha hahahaha. E juro que adoro ver a moda repaginada voltando a cada temporada. Só tô achando que a onda dos 80 veio com FORÇA em pleno 2018 – quando os carros deveriam levitar pelas ruas  – e as vitrines são pura nostalgia.

Já falei do neon, já falei das bermudas ciclistas, hoje vamos falar do maxi blazer?

Didi Mocó foi um grande precursor dessa moda!

Quem lembra? Anos 80 PURINHO!

Muita ombreira, muita cor, tamanhos gigantes. Ok, e isso veio pra 2018. COMO? Como usar um maxi blazer sem parecer o Didi Mocó????

Vamos brincar e fazer comparações?

Ok o blazer ser grande, é para ser grande mesmo, MAS NÃO É PARA PARECER QUE PEGOU EMPRESTADO DE ALGUEM 10 VEZES MAIOR! Mesma proposta, repare no corte e caimento do primeiro, totalmente errado e do segundo, mais slim, certinho no corpo. Dá até um alívio né?

A primeira moça parece até triste. Olha essa ombreira caindo no corpo. Amo ombreiras, mas elas tem que acabar exatamente onde seu ombro acaba, caso contrário, Didi Mocó. Já Sarah Harris, minha musa grisalha (tem post sobre o estilo dela AQUI), acertou mais uma vez.

Novamente um caso de “quero estar na moda custe o que custar”. Ombreiras fora de lugar, roupa com cara de que foi mal garimpada em brechó (tem que saber comprar!), look confuso e feio. Já a segunda moça fez certinho: fechou o blazer para acinturar (ótimo truque, pode por um cinto por cima também) usou uma calça justa equilibrando proporções e deu o toque moderno com uma bota meia na cor verde. Arrasou.

“Ah vou pegar o blazer o marido, quero usar a tendência!” Calma, se ele tiver um slim fit, pode dar certo! Mas se não for, melhor nem tentar. Na foto da esquerda, parece que a moça dormiu na casa do bofe, perdeu a blusa e saiu com um paletó dele. Na segunda foto, percebe-se que é look montado com cuidado!

Como falei acima, é bom ter cuidado com as proporções. Se o blazer for MUITO volumoso, é melhor zerar a parte de baixo de volume, usando uma calça justa ou então saia ou short curto. Se o blazer for alongado porém acinturado, pode usar uma calça mais folgada.

Agora vamos aos acertos. Blazer alongado com vestido fluido: LINDO! De onça então… maravilhoso.

Como contei, na hora de equilibrar volumes vale pensar em calças justas e mini saias.

Tô apaixonada por maxi blazer blush! Achei na C&A por R$ 79 na promoção acreditam? Comprei o rosa clarinho (e isso que não curto rosa, mas achei lindo), o preto e o branco. Todos por R$ 79, foi um achado!

E com mini comprimentos fica moderno e estiloso, mas sempre tomando o cuidado da ombreira não ser além do seu ombro nem de ser um blazer mega desestruturado.

  • Tendência real para pessoas reais, a gente vê por aqui! Porque nada mais desanimador que ver uma tendência, gostar dela, querer usar mas não conseguir adaptar pro dia a dia né? E aí, curtiram? Alguém já usa?