ModaCompras
Fashion News, Shopping Time
31 jan 2019, 4 comentários

Compra Inteligente!

Gente, EIS O MOMENTO DE APROVEITAR AS LIQUIDAÇÕES! Já já as coisas voltam para seus preços normais e quem perdeu, perdeu! Tem que fuçar mesmo, olhar tudo com calma e fazer os melhores achados para usar agora e sempre, porque é disso que se trata uma compra inteligente, é saber que o custo x beneficio valeu a pena! De NADA adianta comprar algo que está super barato mas não usar. Tem que comprar barato sim, mas desde que a peça te agrade completamente e consiga ser usada váaaaarias vezes.

Pensando nisso, fiz uma verdadeira varredura no site da AMARO procurando compras inteligentes, atemporais e achei tanta coisa… Já fiz o serviço para você hein! Fiquei até de madrugada olhando seção por seção! Olha só que tá super valendo a pena comprar:

01 – Ah mas eu AMEI esse vestido, tanto que pedi um pra mim! Achei um charme essa fenda com a saia mais curta por baixo, imagina uma foto com um ventinho batendo? hahahaha a loka que já pensa na foto instagramável né? Mas é um vestido pra vida e para todos os verões! LINK

02 – Achei esse segundo vestido bem chique e vai até para um casamento! Olha só a produção com clutch… não ficou com cara de festa? Eis a compra inteligente, um vestido que pode ser usado no dia a dia quanto numa festa também! E está com ótimo desconto! LINK

03 – Mais um longo estampado, com decote lindo e que é cara de todos os verões da vida. Tem outras estampas e tá com preço bom também! LINK

04 – Chiquérrimo e pra vida né? Vestido midi de linho nem precisa de apresentações. Esse tá um MEGA achado, clica logo LINK

05 – Passada que esse vestido tá na promo, acho ele tão lindo que pensei que não entraria na liquidação tão cedo hahaha. E com 50% DE DESCONTO! Pela metade do preço! Como assim AMARO? Aliás, amo essa produção toda. LINK

06 – Mais uma peça eterna: vestido midi, de tricôzinho e listrado. Tem outras cores! Essa roupa diz: eu sou fina e chique. LINK

07 – Agora vamos espiar os vestidos curtinhos? Optei por modelagens mais básicas e sem detalhes, porque a intenção é uma roupa que não fique marcada por moda nenhuma e possa ser usada por muito tempo! LINK

08 – Achei esse rose lindo para eventos diurnos e mais “certinhos”: almoço com a sogra, almoço com a turma do trabalho num final de semana, aniversario da tia do marido… E sabe quanto custa gente? R$ 55!! CINQUENTA E CINCO REAIS! É de crepe e tem outras estampas! LINK

09 – Olha essa versão mais colorida que LINDEZA? Esse tá mais caro, mas tá na promo também! LINK

10 – Shorts e saias para os verões e para esse carnaval. Eu que gosto de peças mais clássica e de alfaiataria, me encantei com esse short saia. E tem preto e vermelho também! LINK

11 – E essa sainha de crepe estampado por R$ 49??? LINK

12 – Sapatinhos! As rasteiras estão com descontos ótimos! Essa nude super delicada e feminina, por R$ 69 LINK

13 – ADORO esse modelo, acho que deixa o pé sensual rs. Mas tem que estar bem jeitinho né? R$ 59 LINK

14 – Ultra básica porém com o toque moderno do metalizado!  LINK

15 – Acho essa flat chiquérrima. Amo a combinação de nude com preto. LINK

16 – Eu tenho essa sandáaaalia! E é LINDA e mega confortável! LINK

17 – Adorei essa caramelo também. Me lembrou as sandália da Isabel Marant! LINK

18 – Maiôs. Vários, ricos, chiques, elegantes! Além de super versáteis pois podem ser usados como body! Esse é o modelo clássico, e está com 25% de desconto.LINK

19 – Achei LINDO esse! Dá para usar como body tranquilamente!LINK

20 – Estampado! Com uma saia longa preta fica perfeito. LINK

21 – Com decotão… LINK

22 – Esse é um dos meus preferidos! Acho lindo e diferente esse tom de verde metalizado. E tem azul e verde escuro também! LINK

23 – E o maiô para a vida: o de um ombro só e com 20% off! LINK

  • Comprar na AMARO é tudo de bom: super fácil, entrega rápida, se não curtir a roupa dá para trocar facilmente, SEMPRE tem coisas novas, a tabela de medidas é certinha e vale muito também ler as avaliações de quem já comprou para ter mais informação sobre a peça! Pra mim, não existe e-commerce mais recheado, com melhor preço e mais sério que a AMARO. Então corre, vai no site e aproveita essa promoção de verão hein!
Hey leitora! Este post é um publieditorial.
Comportamento
Chora Que Eu Te Escuto
30 jan 2019, 77 comentários

Chora Que Eu Te Escuto!

Quarta! Tudo normal por aqui! E por aí?

Chora 01 – Escorpiana

“Nem preciso dizer que sou sua fã, me sinto sua amiga quando leio seus posts. Adoro a forma como vc cresceu como blogueira sem se deixar mudar por causa do dinheiro, status e fama.

Quis escrever porque não tenho com quem falar, e eu tinha decido escrever para mim mesma, apenas com o intuito de desabafar e tentar me entender. Após pensar muito, acho que consigo contar essa história – Peço que nem vc e nem as leitoras me julguem, pois assim como vocês, eu também acho que está tudo errado.

Há 5 anos eu me apaixonei pelo meu chefe, e já era casada há 3. Nós nos envolvemos e não acabou bem, ainda mais convivendo todos os dias no local de trabalho.

Mas, eu saí desse emprego e fui para outro, porém no mesmo ramo, o que impedia de não nos vermos de vez em quando, e sabermos notícias um do outro.

Um dia soube que estava noivo e fiz um fake no Facebook pra contar à noiva que ele ainda me queria. Ela disse que já sabia do acontecido no passado e que havia perdoado, mas não sabia que ainda mantínhamos contato. Confesso que fiz isso por puro ciúmes, pura vaidade e não queria vê-lo com ela, pois no passado ele me disse como foi a história dos dois e eu sabia que ele havia sofrido e me senti no direito de me meter na vida dele.

Enfim eles conversaram, e ela postou várias fotos da viagem que eles fizeram ao Chile, como se fosse um recado pra mim: “Apesar de você, nós estamos juntos”.

Passou um tempo e eles romperam. Não soube como foi, mas imagino que ela nunca mais tenha conseguido confiar nele.

Volta e meia nos falávamos pelo Whatsapp, começamos com uma conversa de amigos e terminava com palavras de amor.

O carinho que tenho por ele é enorme. Pelo meu marido sinto amor, muito amor, casamos na igreja, temos uma vida linda.

Porém, eu nunca consegui me desligar dele e nem ele de mim, causa de muito choro, muita saudade, muita culpa, muitas perguntas.

Eu sei que está tudo errado.

Volta e meia eu mando uma mensagem, ou ele manda uma mensagem, e eu sinto uma ligação muito forte, mas até então ele ficou com medo e passamos um bom tempo sem nos encontrar. Eu insistia em encontrá-lo e ele dizia que não conseguia mais confiar, comparou nossa história com a lenda do escorpião, já que é meu signo.

“Era uma vez um sapo e um escorpião que estavam parados à margem de um rio.
– Você me carrega nas costas para eu poder atravessar o rio? – Perguntou o escorpião ao sapo.
– De jeito nenhum. Você é a mais traiçoeira das criaturas. Se eu te ajudar, você me mata em vez de me agradecer.
– Mas, se eu te picar com meu veneno – respondeu o escorpião com uma voz terna e doce -, morro também. Me dê uma carona. Prometo ser bom, meu amigo sapo.
O sapo concordou.
Durante a travessia do rio, porém, o sapo sentiu a picada mortal do escorpião.
– Por que você fez isso, escorpião? Agora nós dois morreremos afogados! – disse o sapo. 

E o escorpião simplesmente respondeu:
– Porque esta é a minha natureza, meu amigo sapo. E eu não posso mudá-la.”

Há 15 dias, em uma conversa rápida decidimos nos encontrar e nos encontramos, começamos tomando um café e fomos pra casa dele, como se nunca tivesse acontecido nada. Ficamos juntos, nos amamos e matamos a saudade.

Me arrependi.

Conversamos muito, são quase 06 anos de história. Ele me disse como foi o rompimento com a ex e disse que isso era o de menos. Disse que não apenas perdeu ela, mas muita gente que considerou ele um canalha, inclusive da família dele, até a mãe. Ele disse: “Você não arranhou meu braço, você arrancou ele inteiro e nunca mais o terei de volta” Disse que ficou muito traumatizado, e agora está “ficando” com uma pessoa, mas que não consegue se entregar e nem se envolver. Disse que poucas vezes conseguiu me encontrar nas mulheres com quem ficou nesses intervalos e procurou ajuda psiquiátrica e psicológica.

Disse que sabe que pra sempre vai ter carinho por mim, mesmo que a gente não se encontre.Mas que é muito bom estar junto, só que eu sou inconstante, passo da bondade para o mal em dias. E eu disse a ele que mudei muito. Ele disse: “Fica comigo, mas por favor não fode com a minha vida, nem com a sua, não me arranque o outro braço”

Disse que depois de mim, se tornou alguém anti social e precisa estar sempre fingindo sem sociável. Disse que descobriu uma pessoa autodestrutiva. Que sempre conversa com o psicólogo que apesar de ter outras mulheres disponíveis, basta que eu mande uma mensagem, após meses, que ele sempre corresponderá.

É uma fixação, eu procuro ele nos lugares e ele me procura. A gente pensa juntos um no outro. A gente sonha no mesmo dia um com o outro. A gente liga no trabalho um do outro só para ouvir a voz, sem nada pra dizer.

Depois disso, decidi não falar mais nda, bloqueei no Whatsapp, fiquei uns dias sem conseguir dormir pensando nele e em todo mal que fiz a mim, a ele e a minha família.

Não vou contar ao meu marido isso, mas sei que o que se faz, se paga. O que plantamos, colhemos.

Pensei muito : Porque fiz isso? Pra que exatamente fiz isso?

Também estou em tratamento psiquiátrico há tempos, não somente pelo que aconteceu com ele, mas pelo que vivi na infância e antes de me casar. Porém eu sou feliz. Fico estressada no trabalho, me complico na tripla jornada, mas sou feliz.

Com esse último encontro, consegui compreender que a culpa é minha. Toda ela.

Consegui compreender que o faço mal, apesar de todo carinho que tenho por ele.

 Estou fazendo mal a ele por um capricho meu, por um egoísmo idiota meu. Como estou errada! Que vergonha sinto. Além disso, como católica, perdi minha amizade com Jesus e preciso me confessar e estou com vergonha de confessar isso.

Mas eu só gostaria de aprender a deixá-lo ir. Deixá-lo ir, tiraria meu braço também.

Afinal,quantas vezes eu disse a ele que gosto demais dele?

Quem gosta, não faz mal. Preciso quebrar essa ligação, pra que ele seja feliz.

“Alguém me levou de mim
Alguém que eu não sei dizer
Alguém me levou daqui.
Alguém, esse nome estranho.
Alguém que eu não vi chegar
Alguém que eu não vi partir
Alguém, que se alguém encontrar,
Recomende que me devolva a mim.”

Bom, você queria desabafar e desabafou. Não tem muito o que dizer não. Só acho que você não deve se culpar taaaaanto pelo “mal” que fez ao seu amante, afinal, ele permitiu e ele também estava fazendo mal a outra pessoa. Acho que os dois tem culpa da situação em que se colocaram. Mas agora é bem isso que você está fazendo. Se “conserta” aí com sua terapia, devolva a lealdade e fidelidade ao seu casamento ou se isso não funcionar e continuar te atormentando, passe um tempo sozinha. Do fundo do coração, espero que não precise nunca contar isso pro seu marido e que você consiga superar e voltar para os seus trilhos. E NUNCA mais procure o outro… seja forte e não romantize essa situação, que não tem nada de romântica. Só pense no mal que está fazendo para sua vida e seu marido.

 

 

Chora 02 – Canceriana

 

“Bom… lendo seu blog, que por sinal amei, resolvi te mandar um email. (Logo eu, toda tímida)
Vivi um relacionamento por 3 anos no qual nunca foi pronunciada a palavra “casamento” e eu sou extremamente família, tenho um sonho imenso de casar, ter filhos, cuidar do marido… sou jovem, apenas 23 anos, mas nunca fui de baladas, sair com varios, sempre estive com alguém e o meu namorado há 5 meses atrás me veio apenas contar que “estou indo morar sozinho”… nossa, aquilo me deu um baque tão grande, me senti totalmente excluída dos planos, já que pelo meu sonho de casar, imaginava que ele indo morar sozinho, me levaria junto. Não suportei e terminei, pois me senti jogada para escanteio. Hoje tenho consciência que agi no impulso e depois disso, passei a sofrer demais, pois ele não quis mais voltar o relacionamento, disse que eu não o apoiei no momento de sair de casa e eu to sofrendo muito por 5 meses, faço terapia, já fui encaminhada para o psiquiatra, sinto a dor que rasga minha alma por não estarmos mais juntos. Já tive relações com outras pessoas mas não consigo levar pra frente, pois sou muito apaixonada ainda.
Me sinto mal a cada dia, e ele não some de uma vez, as vezes some, as vezes me procura dizendo sentir falta mas tem medo de voltar e eu dar outro pé na bunda.
Eu não tenho sentido vontade de fazer absolutamente nada, a terapia não tem me ajudado como eu queria, eu só tenho vontade de ficar na cama deitada, já pensei varias vezes em suicidio e pra piorar… ele está se relacionando com a ex( de antes de namorar comigo) sei que é hipocrisia da minha parte querer cobrar, pois já tive outras relações, mas não consigo me livrar dessa dor, acordo todos os dias com uma dor no peito que parece que vou infartar de tanta dor… eu quero muito melhorar, ainda tenho fé que um dia voltaremos, mas sei que isso não devo fazer pois só me machuca ainda mais.
Ele me diz que não mudei, que posso surtar e terminar a qualquer momento e por isso não consegue voltar.
Não sei se você acredita, mas fiz umas consultas com cartomantes e todas as vezes as cartas me disseram que ficaríamos juntos que bastava eu saber dar tempo ao tempo. Mas isso é bem difícil.
Já estive nessa cartomante antes do término e tudo o que ela me disse foi batata.
Eu queria muito uma ajuda pra cessar de vez essa depressao, agonia, ansiedade, vontade de sumir e dormir pra sempre…
O término é realmente uma dor que rasga nossa alma e minha alma está totalmente dilacerada. Ao ponto de já estar sentindo dores físicas sem explicação… perdi mais de 7kgs… tá muito, muito difícil.”

Não sei se você é canceriana, mas bem que poderia ser rs. Vamos lá: eu te entendo. Eu com sua idade, também teria tido a mesma reação ao saber que o namorado de 3 anos resolveu morar sozinho. Mas preciso de mais detalhes… ele te contou isso de um dia para o outro com tudo já pronto? Se assim foi, ele queria se livrar de você ou realmente não tinha a menor intenção de morar juntos no momento. OU ele foi montando esse cenário, você sabia da vontade dele e foi aos poucos? Porque se foi uma coisa decidida com calma e com tempo por parte DELE, não tem nada o que fazer e o que chorar não. As pessoas tem todo o direito de querer a experiência de morar sozinha antes de casar e nesse ponto, tô com ele! Só acho que talvez a forma dele ter te comunicado isso não foi legal, mas você não pode intervir numa decisão tão pessoal assim. Hoje eu entendo e sei bem o quanto é necessário para uma pessoa, seja homem ou mulher, ter a experiencia de morar sozinho. É maravilhoso, é descobridor, ajuda a amadurecer TANTO e também nos ajuda a nos entender tão melhor! Você deu um piti (que entendo) e ele se abraçou nisso para ter a experiencia solo, 100% solo, entendeu? Já ia morar sozinho, homem já pensa em outras coisas, você deu piti, e pronto: tudo certo para aproveitar a casa nova sozinho de tudo. Foi uma atitude errada e agora fia, respira fundo e deixa ele curtir a casa dele, a ex dele (e com certeza várias outras) e deixa ele cansar até sentir sua falta, SE ISSO ACONTECER. E sai dessa de ter esperança, de cartomante, de sinal divino… vocês estão separados e ponto final. Não fica matutando um futuro e sofrendo por algo que nem pode acontecer. Toca sua vida.

Chora 03 – Menina

“Oi Constanza , tenho 14 anos (novinha) mais não é por isso que não tenho problemas , meus pais se divorciaram ja vai fazer 3 anos , e mesmo que ja seja um assunto do passado e que eu deveria ter superado me encontro varias vezes chorando escondida com medo de ser notada e de ter que conversar sobre. Minha mãe ficou muito mal no começo e meio que eu que fui seu porto seguro e seu ponto de apoio , isso não me deu tempo pra sofrer , acabei acumulando essa dor por esses anos e nunca toquei no assunto com nenhum dos dois.
Não é só isso , esse ano mudei de turma e acabei sofrendo bullying , nunca dei muita bola pra essas coisas , mais acho que por conta das coisas que estou vivendo no momento eu comecei a prestar atenção na imagem que as pessoas tinham sobre mim. Emagreci 4kg e acho que desenvolvi uma anorexia que sempre volta em tempos de ansiedade ou de crise emocional. Além do mais ano que vem vou pro primeiro colegial e tenho medo de não ser aceita ou de não fazer novas amizades , e também tem a parte de ser adolescente e de “ter que pegar geral” nunca fui desse tipo de menina , ficava com um aqui e outro ali , mais sempre fui muito romântica , nunca aceitei essa ideia de pegar alguém e depois evaporar kkk.
É isso , como devo lidar com a separação dos meus pais mesmo isso ja estar fazendo quase 3 anos ? Oque faço com essa anorexia que acho que desenvolvi ? Quais as dicas pra viver em um mundo completamente diferente do meu (no tópico de pegar pessoas sem compromisso) ? Oque esperar do ensino médio ?
Um beijo , amo muito o blog <3″

Gatinha, seu problema é sim um problema sério e talvez muito mais do que o de várias mulheres adultas que me mandam Choras. Agora me diz uma coisa, 14 anos e tem que pegar geral? É sério isso? Eu com sua idade ainda brincava de boneca ou ficava dançando na frente da TV! Mas enfim, os tempos mudaram né. Antes de mais nada, mostra esse texto pro seu pai e pra sua mãe, ou pro que você tem mais liberdade de conversar e se abrir. O problema dos seus pais, é problema DELES, você não TEM QUE ser forte o tempo todo, pode ser fraca sim, pode pedir ajuda. Você faz terapia? Conversa com seus pais sobre isso! Na terapia você vai ter ajuda para lidar com vários desses problemas, inclusive sua suspeita de anorexia e suas duvidas com o futuro. E quando a ficar “pegando” livremente por aí, seja você, faça o que te faz sentir bem, o que você acha o certo. Não precisa ser ou fazer o que os outros fazem. Você tem um MUNDO pela frente para viver e fazer suas escolhas de acordo aos seus princípios e ninguém tem o direito de te julgar por isso! Agora vai lá, conversa com seus pais (ou algum professor que você confie, algum tio ou tia, algum adulto PRECISA saber disso) e terapia JÁ!

 

 

  • Choras abertos hein! Pode mandar seu desabafo, tristeza, decepção, seu problema, sua angústia para constanza@futilish.com e no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO! Todas escutaremos e aconselharemos 🙂
Lifestyle
Diario de Viagem, Dicas de Viagem
29 jan 2019, 10 comentários

Praia Perto de Santiago!

Quem já foi para Santiago com certeza deve ter ido a Viña del Mar e Valparaíso né? São as cidade litorâneas mais perto da capital, coisa de hora e meia de Santiago. Aliás, essa é uma das coisas que mais me fascina lá… a facilidade de ter montanha com neve e praia, se quiser, no mesmo dia! Tudo perto e tudo lindo… Sim, sou babona com o Chile.

Mas hoje quero dar uma dica que na verdade já dei aqui antes e vou reforçar, a praia mais linda perto de Santiago: ZAPALLAR!

Fica a cerca de 200 km pro norte de Santiago, estrada maravilhosa, boa, tem uns 3 pedágios (que não são assim super baratos, tipo uns R$ 20 cada) mas compensa demais chegar nesse mini paraíso. É só alugar um carro e ser feliz! Não dá para ir sem ser de carro ok? Dá até que dá, mas vai ser trabalhoso e vai perder muito tempo.

Deixa eu falar um pouco de lá. Eu tenho historia com Zapallar… meu bisavô foi praticamente o “fundador” da cidade. Ele era o dono do empório (um mercadinho), foi dono do primeiro cinema, dono do circo… tinha várias propriedades lá quando tudo era “mato” (e mar) hahahahah, mas isso faz muuuuuito tempo. Com o passar dos anos, a cidade foi ganhando status de balneário de gente rica e meus familiares começaram a vender as terras que tinham. Minha mãe passou sua infância lá, eu passei minha infância lá. Zapallar é nossa praia de todos os verões mas realmente virou uma vila de gente muito rica e… metida. Eu acho a classe alta chilena muito classista. Se seu sobrenome não for algum muito tradicional, esquece. Eles mal vão te dar bola. Eu senti isso desde pequena, quando ia para a praia e ia brincar com alguém, as próprias crianças perguntavam: ‘mas você chama Constanza O QUÊ?’ E como sou uma Fernández da vida, sempre senti essa discriminação. Enfim, Zapallar virou reduto da classe alta – altíssima – chilena. São mansões e mais mansões lindíssimas, a cidade parece toda saída direto do Pinterest e por algum motivo é pouco divulgada para os turistas. Bom, sabemos o motivo né? Nem hotel tem lá direito, acho que tem um (Isla Seca) mas dá para alugar casas por temporada. A praia é pequena, acho que são 800 metros só e é uma baía super charmosa. E nem pense em praia como vemos aqui no Brasil. Zero música, zero ambulantes vendendo coisas (totalmente proibido), nada de cachorros na praia, e apenas um restaurante (chama Cesar) para o rycohs e fynos almoçarem por volta de 16h contando sobre sua última viagem pra Europa ou contando sobre o nascimento do 7º filho. Sim, eles tem muitos filhos e todos vão para a praia com suas babás , muitas vezes, vestidas de babás mesmo.

Mas não se assustem com essa descrição. Zapallar é lindo. Mas lindo MESMO. Tem o pôr do sol mais lindo que já vi na vida. Não tem muito o que fazer lá – sério, é bem parado, cidade pra relaxar mesmo – então vou dar um mini roteiro que dá para um dia. Ok, dois dias rs. Ah, e nem sempre esperem sol na praia. Lá é bem de lua, podem passar dias de neblina para um dia de sol. Tem que dar sorte. Não tem época para ter sol, tem que ter sorte mesmo. Janeiro e Fevereiro são os meses mais cheios por causa das férias chilenas, então se for por essa data prepare-se para uma praia cheia de adolescentes em grupos enormes (todos se conhecem, ou as famílias se conhecem de várias gerações ou os meninos estudam na mesma escola rycah de Santiago) e grupos de adultos conversando alto com mulheres magérrimas e homens de bermuda e Ray Ban.

O que fazer em Zapallar?

  • Praia, afinal é uma cidade de praia. Mas como contei, nem sempre tem sol. Pode ir de roupa, tem gente que vai até de jeans kkkk, chileno tem dessas coisas. Como é frio a noite e geralmente rola um ventinho fresco, é super normal ir para a praia de blusa de frio ou jaqueta jeans!

  • Ver o por do sol no Mar Bravo, uma pracinha (a casa da minha avó ficava um quarteirão antes de chegar lá) bem fofa para levar as crianças, ou para descer para as pedras com o mozão e admirar a natureza. Mas ó, cuidado nas pedras viu? Não chegue muito perto do mar.

  • Ir ao Chiringuito, o restaurante mais arrumadinho de Zapallar. É um tico caro, mas é o que tem por lá. Vá a noite tomar um pisco sour ou almoçar. Os chilenos ricos almoçam tarde tá? Tipo 16h.
  • Subir o Cerro de La Cruz (um monte com uma cruz no alto) e ter a vista mais maravilhosa da cidade. Também rola de ver o por do sol lá de cima. No pé do “Cerro” tem uma santinha e minha mãe (aliás toda minha família) é super devota dela.

  • Fazer o caminho Cerro de La Cruz – Mar Bravo pelas pedras. É lindo. Faça de tardinha.

  • Ir a Isla Seca, do outro lado da praia, perto do estacionamento tem um caminho, uns 20 minutos de caminhada para chegar numa ilha de pedras. Bem bonito.

  • Conhecer o cemitério de Zapallar e dar um OI para toda minha parentada que está descansando por lá rsrs. É o cemitério mais lindo que já vi na vida, não sei nem explicar, mas lá é maravilhoso. Tem um caminho na parte baixa, no fundo, bem bonito e também é lindo pro por do sol.

  • Passear a pé pela mini cidade. Coisa rápida, é bem pequena! Queria eu passear a noite com vocês por lá e contar as lendas do lugar hahahahahahahaha. São muitas e eu MORRIA de medo quando criança.

  • Se cansou de Zapallar e sua elite empresarial/bem nascidos, pode esticar e conhecer Cachagua que tá do ladinho e é um outro balneário chique, mas com pegada mais rústica e frequentado pela elite cultural ou esticar um pouco mais e chegar em Maitencillo (uns 20 minutos de carro) que é mais badalado, tem MUITOS restaurantes (vá comer empanadas de camarão com queijo no El Hoyo) e freqüentado pela elite política e intelectual.

Las Cujas – Cachagua

 

  • São lugares lindo e com certeza vocês nem vão perceber essa elitizada toda que comentei, talvez depois de ler este post possam confirmar isso quando forem lá, mas é coisas que nós “locais” sacamos e percebemos na hora. Ainda assim, vale MUITO A PENA conhecer, tenho leitoras que foram e amaram! E sabem onde vão achar dicas turísticas desses lugares? Só aqui!!!
  • Ah, o próximo post sobre a viagem já será sobre o ATACAMA!