Comportamento
Chora Que Eu Te Escuto
11 abr 2018, 77 comentários

Chora Que Eu Te Escuto!

Ainda é quarta feira e tem Chora!

Chora 1 – Betty

Oi Cony, tudo bem? Já acompanho seu blog há muito tempo e não perco nenhum chora. Acho muito bacana esse espaço para que as leitoras dividam seus dilemas e sucessos. Bom, chegou a minha vez. Fiquei solteira por muito tempo, na verdade nunca tive um relacionamento que durasse um ano todo. Minha última história (digo história, pois nunca foi um relacionamento), durou quase 4 anos e terminou há quase 5. Aproveitei muito esse período, sem me preocupar em encontrar um namorado a qualquer custo. Eis que no começo do ano conheci um cara fantástico, que já havia sido casado, que ao contrário dos últimos que me relacionei, sabe exatamente o que quer da vida, sem jogo. Estamos namorando há quase dois meses e está sendo tudo muito perfeito. Eu sou profissional liberal autônoma, não tenho salário fixo. Acontece que nos últimos anos meus ganhos caíram muito e eu não soube lidar com isso, continuei gastando como antes. Me enrolei toda nas dívidas (cartões) com nome no Serasa e tudo mais. Ainda não consegui resolver e continuo sem saber como lidar, pois minha renda mensal só diminui. O que mais me preocupa no momento, é como eu vou contar isso para o meu namorado. Ele é bem de vida e banca todas as nossas saídas, mas o que me frustra mais é saber que a ex dele é concursada e muuuuuuito bem sucedida. Não é que eu tenha medo de perdê-lo por isso, é mesmo a vergonha de estar nesta situação, sabendo que a culpa é toda minha! Muito obrigada pelo espaço do desabafo… Beijo.

Vamos lá… antes de mais nada, não se compare com a ex do seu namorado. Isso é auto tortura e não vai te trazer nada de bom. Agora vejamos uma coisa: percebi uma sucessão de erros. Primeiro você diz nunca ter tido um relacionamento duradouro. Ok, acontece. Logo em seguida, você diz ter tido uma historia de 4 ANOS que não era um relacionamento. Será que ter permitido isso não fechou as portas de algo realmente verdadeiro acontecer na sua vida? Não será que você desperdiçou tempo e energia em algo que não iria dar em nada. Será que você não observou os sinais? Ok, já passou. AGORA, é a hora de fazer tudo certo e não repetir erros antigos. Antes de mais nada, você tem que tomar consciência que está em um problema que se não tomar uma medida agora, só vai piorar. É uma bola de neve. Tome a medida, controle seus gastos DE VERDADE e abra o jogo pro seu namorado. Mas só faça isso quando realmente estiver fazendo algo para se ajustar a sua atual realidade financeira, caso contrário ele pode achar que você é uma descontrolada (o que ninguém quer na vida, ainda mais início de namoro) ou então sei lá, pode passar pela cabeça dele que você vai se aproveitar dele. Mostre maturidade quanto ao seu problema e jogue a real. Sinceridade SEMPRE e que bom que você sabe que está tudo nas suas mãos.

Chora 02 – Dita

Oi Cony, finalmente criei coragem de enviar meu chora, confesso que ainda não vi casos parecidos por aqui e que no fundo eu sei o que precisa ser feito pra solucionar, mas gostaria muito de saber a sua opinião e das leitoras lindas a respeito. Parece que quando o problema está de fora enxergamos melhor né.

Tenho 28 anos e namoro a 7 um cara que gosto muito, até pouco tempo atrás eu tinha certeza absoluta que queria casar e viver todo o resto da minha vida ao lado dele, não é um relacionamento perfeito (assim como nenhum é), mas sabe quando vc encontra a pessoa que é o “seu tamanho”? Pois é. Tudo corria bem até que em março do ano passado eu conheci um cara na academia, daquelas pessoas que vc olha e, por um motivo não explicável, sente uma atração instantânea. Isso nunca havia acontecido comigo até então. Depois de algum tempo começamos a trocar uma ou duas palavras durante o treino, evoluímos pra conversas no WhatsApp até que surgiu o primeiro encontro, fora da academia, após 6 meses. Nesse meio tempo, eu totalmente desnorteada por está interessada em outra pessoa que não o meu namorado decidi terminar pra tentar colocar as coisas em ordem na minha cabeça. Já estava totalmente interessada e sabia que o interesse era recíproco pela terceira pessoa. No segundo encontro ele soltou uma bomba: casado, pai de um bebezinho de apenas um mês de vida. Não vou dizer que meu mundo desabou pq é demais né. Mas fiquei sem norte. Sempre fui de muitos princípios e acho inconcebível alguém entrar em uma relação já construída. Decidi que dali em diante cortaria os laços. O que não foi possível, claro, pq a gente até sabe o que tem que ser feito, mas no meu caso, não fiz. Depois desse encontro começamos a jogar abertamente com o outro: sobre todos os riscos e prejuízos que ambos não estávamos dispostos a enfrentar mas nunca conseguimos nos afastar de verdade. Saímos mais algumas vezes, mas só conversávamos mesmo, assunto é uma coisa que não nos falta. Acaba que a “relação” evoluiu pra uma “amizade um pouco diferenciada”. Resumindo: a gente se gosta muito, se fala todos os dias, se encontra sempre, ele me liga umas 5 vezes na semana, conversa comigo nos fins de semana, é atencioso, respeita minha decisão de não ter contato físico (o máximo que acontece é abraço), carinhoso e tudo o mais, seria alguém com quem eu me envolveria sem nem pensar duas vezes, não fosse o detalhe mais importante de todos. Nunca conversamos sobre o casamento dele, foi uma escolha minha, mesmo tendo liberdade de conversar sobre qualquer coisa. Fato é que eu estou envolvida. Tenho plena consciência disso. Eu sinto falta quando a gente não se fala, sonho com ele, coração acelera quando a gente se encontra e todas esses sinais típicos de “que deu merda”. Resolvi voltar com o meu namorado em dezembro, sei que fiz errado, pq no fundo voltei pra tentar esquecer o que eu não podia ter. Seguimos juntos, óbvio que não como antes, mas a relação continua super boa. Sei exatamente que preciso cortar todos os laços com o dito cujo, mas não tenho forças. Sei que essa história pode não acabar bem pra nenhum dos lados, mas é como se algo não me deixasse fugir disso. É uma situação complicadíssima pra mim que estou por dentro e queria muito escutar a opinião de vcs. Sem julgamentos, gente, por favor. A minha consciência já é bastante dura comigo. Obrigada, Cony. Amo seu blog. Vc é uma inspiração.

Fia, o que começa errado, acaba errado. O cara é casado. PONTO. FIM DA HISTORIA. Pense nisso! Uma aventura não vale o casamento dele nem o seu relacionamento com um cara bacana. Seja racional. Você está enganando seu namorado e SE ENGANANDO. E é questão de tempo essa decisão de não ter contato fisico ir por água abaixo. Daí já era… Acabe com isso antes que isso acabe com você. Pare de conversar, bloqueie, troque de academia. Deixe de achar que tudo está ok porque não tem contato físico, não seja ingênua. E do MESMO JEITO QUE ESSE CARA CASADO NÃO ESTÁ RESPEITANDO A ESPOSA, TAMBÉM NÃO VAI TE RESPEITAR. Questão de caráter.

Chora 03 – Veronica

São tantos anos aqui anônima atrás da telinha do computador, só você com todo esse seu carisma e competência para unir suas leitoras em busca de um mundo melhor e mais seguro para nós mulheres!  Já li muitos “choras” contando sobre seus abusos, e que me ajudam a cada dia a ter força e seguir em frente. Sim, eu também já passei por muitos abusos e as vezes me pergunto o que a vida quer me ensinar com tudo isso. No espiritismo acredita-se  que a  alma antes de encarnar nesse mundo escolhe quais provações ela irá passar nessa vida, para que o espírito vá se elevando. Depois de conhecer esta teoria, só ficava uma pergunta na minha cabeça: “tinha que ter pressa e escolher tudo isso numa vida só?!”
Devaneios a parte, vamos ao meu chora em ordem cronológica: na infância eu era abusada sexualmente pelo meu irmão mais velho, não me lembro bem quando começou mas acho que eu devia ter uns 10 anos a durou até os 14 anos. Vocês podem se perguntar como durou tanto tempo, bom eu era uma criança e não tinha noção do que acontecia, só depois de adulta e de muitas leituras que fui entender o que aconteceu comigo. Meus pais nunca souberam, hoje eu não falo mais com meu irmão, foi o jeito que encontrei de me proteger do passado. Ainda não consegui perdoá-lo, deixar isso para trás, mas eu tenho certeza que vou conseguir.
Passados alguns anos, me casei com o primeiro marido, ele me apoiava nos estudos, na faculdade e esteve ao meu lado quando meu pai ameaçou não me ajudar com nenhum centavo caso eu largasse a faculdade de enfermagem…chorei muito, ergui a cabeça e larguei a faculdade, fui correr atrás do meu sonho. Marido ficou ao meu lado e meu pai me deixou para trás. Este sonho necessitou de muitos anos de estudo, muitas noites em claro, muitos finais de semanas e feriados dedicados ao estudo, e iniciei uma nova faculdade. Vocês podem imaginar que aquele marido atencioso se mudou de cidade, foi viver a vida dele, arrumou amantes e depois de muitas mentiras e um coração partido resolvi pedir o divórcio…junto com a separação veio a promessa de não me envolver novamente com alguém…7 anos depois, uma faculdade concluída e 4 anos de especialização na minha área, meu coração começou a fraquejar e eu fui sentindo falta de ter alguém ao meu lado…conheci uma pessoa, que me encantou e em 10 meses estávamos morando juntos. Eu terminei  a especialização e me mudei para a cidade que ele morava, fomos morar juntos, nos casamos em Las Vegas. Mas os sinais estavam ali o tempo todo, e eu não vi. Era a irritação sem motivo, a agressividade verbal, o machismo, o ciúme excessivo dos meus colegas de trabalho e tudo só piorou a partir do momento que comecei a ganhar mais que ele.  Lembro de um episódio ,quando estávamos há 6 meses namorando, durante o café da manhã ele me questionou porque eu não brigava, gritava , o porquê de eu ser tão calma, me incitando para a briga …ahhh esses sinais, agora fazendo um retrospectiva eles estavam ali o tempo todo. Dizem que nos tornamos parecidos com as 5 pessoas mais próximas com as quais convivemos, ou seja, fui perdendo a cabeça e o pavio estourou. Da mulher calma e tranquila, passei a ser estressada, pronta para responder seus ataques e nossa casa virou um campo de batalha, brigas e mais brigas, pelos motivos mais tolos. Ele brigava se eu ia para um curso, se chegava tarde do trabalho, estava o tempo todo querendo saber onde eu estava, se íamos sair com meus amigos eu já sabia que ao chegar em casa ia ter briga. A família dele não ajudava, a mãe dele mal olhava na minha cara quando eu ia na casa dela, não me servia comida e só falava comigo para me perguntar quando é que eu ia engravidar. Depois de 3 anos juntos, muitas brigas, agressões, coação para fazer sexo eu cansei… a nossa vida já é tão difícil lá fora no trabalho, são tantas coisas para resolver, preocupações que eu só quero chegar em casa e ter paz!
Ano passado eu tirei um mês de férias e fui fazer um curso no exterior, convidei ele pra ir, ele disse que não ia, na primeira semana senti saudades, mas logo as brigas por ciúme começaram por mensagens no celular, a melhor coisa que fiz foi esquecer dele e curtir meu curso e as horas vagas para passear. Na ultima semana comecei a sentir um aperto no peito, uma sensação ruim, uma tristeza que tomava conta de mim… pensando muito durante meus passeios pude perceber que estava me sentindo feliz lá sozinha e estava com medo de voltar para todo esse drama. Enfim, foi lá que decidi que queria me separar. Há 5 meses, após uma nova crise, pedi a separação ele me disse que eu não estava sendo parceira dele pois ele estava passando por um momento muito difícil ,que confiou em mim e por causa disso eu estava o deixando. Ahhh, esse meu coração mole não aguentou e ficou mais uma vez, com a promessa que tudo ia melhorar. Nos mudamos de apartamento, com a promessa de uma vida nova mas ,nada mudou. Há 2 meses descobri que ele estava usando o Tinder e pedi para ele sair do nosso apartamento. Ele não saiu, me disse que se eu quiser tirar ele daqui vou ter que ir na justiça ( o apartamento é alugado, mas está no meu nome e meu pai é o fiador, sim meu pai fez as pazes comigo depois que eu me formei ), todos os dias de manha ele prepara meu café, traz flores toda semana, dormimos em quartos separados. Normalmente fico trancada no meu quarto, pois não quero cruzar com ele pela casa. Tenho medo de meu coração mole fraquejar, com tantas promessas de mudanças e pedidos de perdão…
Desculpa não ter um fim para esta história, mas espero que eu tenha força para não voltar atrás na minha decisão.
E meninas, apesar dessa vida amorosa tão conturbada eu não desisti de seguir a minha vocação, nunca deixei de lado minha vida profissional, hoje estou construindo uma carreira que me deixa muito feliz e realizada. Lembrem-se que ninguém pode tirar de vocês o seu conhecimento, suas experiências e seu sucesso… não vamos desistir!

Mulher do céu, você já passou por muito perrengue na vida, por muita coisa pesada e seguiu em frente! PERMITA-SE SER FELIZ!!! Pense em você! Guerreira, dedicada, forte, foi atrás dos seus sonhos profissionais, nada te parou até conseguir, e vai ser um EMBUSTE que vai te deixar presa no quarto da sua própria casa pra não esbarrar com ele??????? CADE A MULHER FORTE QUE ENFRENTOU O PAI E VENCEU NA VIDA????? O coração mole tem que ser COM VOCÊ, não com quem transforma sua vida num inferno. Sabe, não tá “casando” a personalidade da mulher que foi atrás do sonho com essa que se deixa manipular e fraqueja a cada promessa. Quem é você? Pense em tudo o que já passou, em tudo o que construiu e saiba que, você pode e DEVE ser feliz, sozinha ou acompanhada, mas se for acompanhada, que seja de um cara legal que te valorize e se orgulhe do mulherão da porra que você é. Se ame. Apenas isso, olhe pra você com carinho e pense em você velhinha e feliz de ter vivido a vida que merecia.

  • ADIVINHAAAA? Choras abertos! Mande sua angustia, problema, desilusão, pedido de conselho para constanza@futilish.com e no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO. Textos breves e explicados ok?
Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
77 comentários em “Chora Que Eu Te Escuto!”
  1. Julia11/04/18 • 20h58

    1) vc namora só a dois meses e já quer jogar tuas bombas no colo dele? Resolve pelo menos um plano e vai colocando em prática q assim vc pode dizer pra ele: é que tinha me enrolado financeiramente por isso q agora estou me adaptando e mais comedida. Acho q assim a informação nem se torna relevante pra ele pq vc já vai estar se organizando. Vai ser melhor e não vai afetar a relação.

    2) amiga fez a louca. Esse cara é cilada. Vc no máximo será uma amante. Lembre-se que eles eternamente prometem largar esposa pela amante mas raramente fazem isso. Eu sei q agora não parece pq ele é super perfeito mas ele não vai te escolher. Pensa q tu terminou e voltou mas ele não saiu de casa nem uma vez. Vc vai passar o resto dos dias ouvindo q ele está com ela pelos filhos, q eles não tem nada q é só de conveniência, q ela é louca,… Você é mais! Coração bate o tempo todo, nem sempre pelo q vai te acrescentar.

    3) quando termina o contrato? Qual o tamanho da multa? Sinto q desse cara vc tem q fugir sabe, do tipo se esconder entende. Ainda q a gente não ache algumas pessoas podem se tornar físicas qdo vc tira tudo delas. Fica segura.

  2. Manuella11/04/18 • 21h01

    Chora 2 – Correndo o risco de ser apedrejada aqui, vou te falar exatamente o contrário do que a Cony falou. Curte isso que você está vivendo. Se a situação é exatamente como vc contou, vive isso!! Faz bem pro ego. Faz bem pra auto estima. Meu caso era diferente do seu, pq eu era casada e ele namorava. Sabe o que eu fiz?!? Massageei o meu ego. Passei horas com ele no telefone. Curtíamos as mesmas musicas, tínhamos muita afinidade… um dia (como eu sabia que iria acontecer), numa festa em que todos estavam acompanhados, ele foi com a namorada. E aí eu percebi e entendi. Ela era do tipo gostosona, mas zero cultura. Não conseguia enxergá-lo conversando com ela os mesmos assuntos que conversávamos. Aí o encanto se desfez. Aí eu entendi que meu padrão (cultural) era bastante diferente do dele. Continuamos amigos, nos falamos vez ou outra. Hj eu olho pra trás e acho bem gostoso (é arriscado) o que aconteceu!! Só mais uma coisinha: se vcs não falam sobre a esposa dele, é pq tem a real noção do que está fazendo. Vc só tá tentando fingir que “essa parte” da história não existe. Mas eu nunca vou te julgar por isso!!

  3. Manuella11/04/18 • 21h06

    Chora 3 – Amiga vc sabe o que está vivendo e vc sabe exatamente o que precisa ser feito. O que vc está ponderando é se vale a pena ou não entrar nessa briga, pq ela tende a ser bastante desgastante. Só uma dica: a vida é curta demais pra gente ir empurrando coisas ruins com a barriga. Depois que tudo der certo, vc vai olhar pra trás e se perguntar pq não tomou essa decisão antes!! CORAGEM vc já mostrou que tem de sobra!! Toma as rédeas!! Faz sua parte!! Vc merece muito mais que um relacionamento abusivo!! Todas nós merecemos!!

  4. Karine11/04/18 • 21h56

    Com relação ao “Chora 02″…. Vivi uma estória bem parecida com sua durante 3 anos…. Não te julgo, te entendo demais…. Acredito que esse cara casado realmente te ame como acreditei que também fui amada por um homem casado durante tanto tempo… Fomos muito felizes…. Vivíamos um sonho… E é aí o problema, é apenas sonho… Lógico que não tínhamos problemas… Não tínhamos uma relação de verdade, completa… Se me permite dar um conselho: SAI FORA!! Se ele realmente quiser, ele define a vida e te procura… Não faz mais esse papel… É cruel demais….a gente sofre demais!! Vai viver sua vida… Se for pra ser seu ele vem… Livre… Pra viver um amor sem mentiras!! Não continue nessa ilusão!! Você consegue… Te afirmo isso!!! Nós sempre conseguimos!! Beijo

  5. Nicole11/04/18 • 23h56

    Nunca vou conseguir achar normal alguém se relacionar com outra pessoa comprometida. Pelo amor de Deus, se deem mais valor e se coloquem no lugar das esposas/filhas do cara. Sou filha de um pai que já aprontou muito com minha mãe e não consigo nem mensurar o quanto isso atrapalhou meu emocional e psicológico e atrapalha até hoje. Não consigo confiar em nenhum homem.
    A gente vive reclamando que “homem trai”, mas se tem homem traindo é porque tem mulher que se submete a isso também. Entendo que atração é uma coisa que não podemos controlar, mas se a atração/amor é tão grande, uma pessoa digna vai terminar sua relação para começar uma nova.
    E, não precisa partir pro físico pra ser traição, não. Essa conversinha e ligações que vcs ficam está bem errado também. Uma coisa seria se vc realmente fosse amiga dele sem segundas intenções, se a esposa te conhecesse e convivesse. Agora, isso que vocês fazem é tão traição quanto sexo.
    Não sei exatamente o que você esperava ouvir, mas meu conselho é que se valorize mais e tenha mais empatia com essa esposa e com o filho deles que acabou de nascer. E vá ser feliz. Se a relação com seu namorado se desgastou com tudo isso, o mundo tá cheio de pessoas solteiras. Enfim, não é um julgamento, é um apelo. Espero que você consiga se libertar disso.

  6. Amanda12/04/18 • 00h29

    Chora 2 – Eu não vou te dizer o que você tem que fazer, porque não vai adiantar. Vou te dizer o que aconteceu comigo. Sou casada e me relacionei com um cara na mesma situação. Foram 4 anos. Amei? Sim. Também tenho certeza que ele me amou. Até pensei em terminar meu casamento pra ficar com ele, mas depois repensei. Também amo muito o meu marido, embora eu saiba que ninguém vai entender isso. Tivemos que acabar tudo porque a esposa dele descobriu e ele tentou manter o cansamento de tantos anos e eu fiquei no meu casamento mesmo como já havia decidido.
    Essa história de não ter contato físico só vai durar um tempo. Vocês vão se ver e vai rolar. Quebrar o vínculo depois disso é complicado porque o envolvimento só aumenta. Alguém pode descobrir e talvez vocês não estejam prontos pra lidar com isso. Mas, o negócio é o seguinte: se ambos decidirem que sim, sigam em frente. Se você não se sentir apta a lidar com tamanha avalanche, corta o contato de vez.

  7. Moc12/04/18 • 00h32

    Chora 3
    Querida, ele está procurando outra pra dizer que te largou primeiro, isso se já não tem algumas,simplesmente não quer perder a briga… E talvez nem te largue, fique nessa tortura por um longo tempo.
    Pq essa desculpa de apartamento? Aluguel não é compra, por mais que gere multa, dê ultimato a ele pra sair ou então pague a multa, nem que fique no prejuízo, vc está bem bo trabalho, não está?
    Se não quiser pagar a multa arrume algum acordo com imobiliária, alguma coisa é melhor que ficar presa a um embustre por um aluguel.
    Resolva essa pendência do local, peça mais umas férias e saia avisando apenas sua famíliae os próximos , mude o celular, compre outro telefone, adicione os familiares e deixe o seu desligado, bloqueie as redes sociais… Se afaste.. Sei lá, se faça de doida
    Mantenha-se longe, essas pessoas tem uma energia ruim que sugam a gente e nos achamos na obrigação moral de dar satisfação, de ter dó delas e blá blá.. Vc teve a iluminação… Agora se afaste, invente um problema funanceiro maior, que emprestou dinheiro pra uma tia doida e ela não devolve….
    Enfim, eu aqui falando essas possibilidades, mas é tudo coisa pra te ajudar a clarear a mente, como a cony disse, foque em uma realização sua, se irradie dessa energia e em frente

  8. Moc12/04/18 • 00h49

    Pro chora 2
    Menina, sim, vc é humana!
    Não, não vale a pena!!
    Aproveite essa “energia” que esse rapaz te causou pra se cuidar ainda mais, mas tbm pra propor coisas novas, experimentar outras situações, vivenciar com seu namorado coisas diferentes… Será que não está faltando algo nele, ou é simplesmente comodismo…? Talvez essa tranquilidade de saber que ele volta pra vc está te deixando tão solta, mas talvez tbm vcs dois estão ptecisando se redescobrir.
    Talvez um choque de rotina no relacionamento pra saber se é a pessoa que vc quer mesmo.
    Quanto a outra ilusão… É gostoso mas é ilusão, e será que vc aguenta essa amizade mequetrefe? E será que compensa caçar esse problema mesmo?
    Não sei, convém avaliar.. 1.Levar nesse banho Maria como vc está fazendo.
    2. Experimentar de uma vez pra desencarnar (acho isso bem inviável pela sua consciência, além do risco de se envolver mais e perder de vez seu namorado)
    3. Afastar lindamente, mudar academia, mudar horários, afastar das redes sociais, procurar distrações pra vc…mantenha-se ocupada.. Ocupada, ocupada…
    Mas
    Menina, é homem com filho, homem casado, é fogo de palha, homem gato tem tanto.. Aa gente se encanta, é verdade, a pessoa correspondente e é bom pra auto estima..
    Mas será que paga o seu sossego esse envolvimento pra sanar desejos…
    Depois nos conte o que resolveu da história

  9. Moc12/04/18 • 00h57

    Concordo com a cony e muito com a julia do primeiro depoimento pra chora 1…
    Vamos se organizar primeiro, cumprir a meta de curto prazo, caminhar pra média e saber o que precisa fazer a longo prazo.
    É realmente complicado a vergonha da situação e tudo o mais, mas é relacionamento recente…
    Melhor vc gastar seu tempo se esforçando pra melhorar e focando suas energias nisso.
    Que quando conseguir cumprir algo ficará mais fácil tocar no assunto quando tiver que explicar algo ou quando for perguntada… No começo falar disso é afastar a pessoa.

  10. Vanessa12/04/18 • 08h14

    Dita: tenha EMPATIA! Coloque-se no lugar do outro, no caso da esposa dele. Ela está em casa com um bebê recém-nascido, e quem já teve filho sabe que esses primeiros meses não são nada fáceis, enquanto ele, está de boa, flertando com você, tendo conversas maravilhosas, sendo atencioso…Vamos começar, nós mulheres, a nos defendermos, a nos ajudarmos!O que está errado, está errado, mesmo que todo mundo faça! Ele está errado, não contribua com o erro dele!

  11. Dani12/04/18 • 08h24

    Chora 1 – Betty: Não se sinta mau com sua situação, 2 em cada 3 brasileiros estão endividados, pois nossas educação financeira é em geral péssima (taí uma coisa que não podemos deixar de ensinar aos nossos filhos). Você tem TEM que se organizar financeiramente, a aprender a não deixar isso repetir. Também acho que vc deve contar pro new boy apenas quando estiver com a situação sendo resolvida, tipo em meio caminho andado, não com o problema explodindo. Sugiro FORTEMENTE que vc acompanhe os vídeos do canal da Nathália Arcuri no YouTube. O nome do Canal é “Me poupe” e tem me ajudado muito também, pois, de forma muito divertida, ela tem ensinado os brasileiros a saírem do buraco financeiro. Assiste uns 2 vídeos dela por dia que, em um mês, garanto que vc já vai ver uma luz no fim do túnel…

    Chora 2 – Dita: Faça o que a Cony disse, seja RACIONAL, force a barra pra fazer o que é de verdade certo… esquece/bloqueie esse cara da academia da sua vida e foca no seu boy de valor real/oficial… o coração vai reclamar, mas com o tempo (de 6 meses a 1 ano), seu coração vai aprender, entender e te agradecer… eu garanto, miga!

    Chora 3 – Verônica: quer uma dica prática? Se o problema é o seu nome (e do seu pai) no apto alugado, então vai na imobiliária, cancela o contrato, aluga outro apto e se muda vc… espero que tudo se ajeite na sua vida, porque vc está super merecendo!

  12. Juliana12/04/18 • 08h28

    Chora 02: Você sabe exatamente o que deve ser feito! Concordo com a Cony, bloqueia esse cara, troca de academia, se precisar muda o número do telefone. E some de repente, nem avisa pra ele que vai cortar qualquer tipo de contato porque é bem capaz que ele venha com alguma desculpa e te convença a não fazer isso. Seja racional, por mais difícil que seja. Você já está apaixonada e quanto mais tempo passar, pior essa história vai ficar. Analise friamente a situação: você terminou o seu relacionamento quando se deu conta que estava envolvida. Em algum momento ele fez algo parecido? Não, né. Ele só te quer como amante, nunca vai deixar a mulher. É isso que você quer pra você, pra sua vida?
    Tome uma atitude: acabe com isso o quanto antes.

  13. Débora12/04/18 • 08h44

    Meu Deus gente. Cadê a sororidade. O que a gente não queria que fizessem com a gente, não fazemos com o outro. Ainda tem, mulher burra que acredita em homem casado galinhando. Se não quer se respeitar, respeite a esposa dele.

  14. Helisa Lemes Silva12/04/18 • 09h22

    Caso 3: Mana, JUNTA SUAS COISAS E VAI EMBORA VOCÊ. Larga esse embuste pra trás. Fala com o dono do seu apartamento, a única pessoa que você deve comunicar que está saindo é ele, e racha fora. Você tem tudo pra ser feliz, realizar seus sonhos, vai ver o mundo, vai achar sua paz. Em nenhum momento você deve se sentir mal por isso, porque você MERECE. As pessoas tiram a nossa paz porque a gente deixa, do contrário ninguém tem esse direito. Some desse homem.

  15. Ana12/04/18 • 09h53

    Chora 01 – Esse problema é seu e anterior ao relacionamento com o boy. Bote as cartas na mesa pra você, trace um plano, corte radicalmente os gastos para voltar a respirar financeiramente e só aí compartilhe com ele a situação: com a solução encaminhada. Caso contrário, corre o risco dele te achar uma sem noção que não consegue manejar a própria vida. E cá entre nós, todo mundo foge de gente assim pra se relacionar. Não é mal nenhum a gente passar por perrengues financeiros nessa vida, a questão é a maturidade pra enfrentar e mudar as contingências. Se ele realmente gostar de ti, quando souber vai te admirar por estar encarando tudo com calma e maturidade. E não se compare com a ex, é uma dor desnecessária que você causa a si mesma. Compare-se com você mesma, o antes e depois da situação, o que você traçou de metas e planejamento e como a dificuldade foi melhorando. Isso sim é saudável! Boa sorte!!!!

    Chora 02 – CILADA! CILADA! CILADAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!! Migle, pode parecer um conto de fadas e um romance arrebatador, pois você está com certeza apaixonada e aí a gente não vê as coisas claramente. Tem um relacionamento que vai mal do lado dele, ele ta cheio de carencia e mal resolvido com essa mulher, e achou em você a “terapia” dele, pois o que parece é que ele vai te usar até ficar bem com a mãe do filho dele e vai te ‘largar’. Se ele realmente tivesse pensando em algo sério contigo já teria se movimentado nesse sentido, ele não saiu do lugar de conforto dele. É hora de pensar racionalmente, pois se deixando levar nessa emoção só vejo finais trágicos pra todos. Acho que cabe sim pensar na parte ética da coisa, vocês estão sendo desleais com os companheiros, iludindo os sentimentos deles, sem mencionar o de vocês mesmo, pois estão numa fantasia de um relacionamento. Essas conversas e trocas são só parciais, vocês ainda não se conhecem de verdade, porque isso só acontece quando se compartilha a vida por completo, no dia a dia, nas dificuldades. O caso de vocês é lindo, nos livros, onde tudo acaba bem. Você tem forças sim pra encarar isso e decidir levar essa história pra realidade ou encerrar esse ciclo de uma vez. Coragem mana!!!! Você merece mais que um homem pela metade.

    Chora 03 – O seu caso é sério, sério mesmo. O nome disso é violência doméstica! Começa sem você perceber e pode acabar em morte. Não to sendo sensacionalista não. O fato de você não se dar conta de como as coisas evoluiram de uma simples cobrança a brigas sérias demonstra o quanto é perversa a violência, o cara vai te envolvendo nas nóias dele, colocando a culpa das brigas em você, te depreciando, até sua auto estima e confiança estarem no chão e ele te dominar por completo. Que bom que você se deu conta disso a tempo de perder o seu eu nesse mundo. A situação me parece bem extrema, olha o que você disse, você fica trancada no quarto da sua casa para não ver ele???? Ele já te ameaçou? Você tem medo dele? Caras que nem ele podem sair das brigas verbais para a agressão física em minutos amiga. Vai por mim, eu trabalho com isso. Siga o conselho que uma menina deu aqui em cima e FUJA disso o quanto antes. Se precisar peça ajuda a sua família, a amigos, diga que você tem medo dele, existem mecanismos legais que podem te ajudar. Se o apê é seu registra um BO e pede medida protetiva. Por favor, não deixa isso ir para frente desse jeito. Você corre risco. Fica bem!!!!
    Obs: Minha sugestão é procurar terapia depois desse processo todo, pois você viveu coisas muito traumáticas e tem muito sofrimento nessa jornada, a terapia vai te ajudar a elaborar essa história de abuso e te ajudar a fazer melhores escolhas em relacionamentos (muitas vezes quem vivencia abuso na infância pode acabar envolvida em relacionamentos abusivos pois não reconhece os sinais de alerta e aciona gatilhos emocionais daquela época). Abraços!!

  16. Gabriela12/04/18 • 10h08

    Caso 2: Menina, mesmo sem ter tido contato físico eu considero isso uma baita traição!! Eu sou casada, tenho dois filhos pequenos e sei muito bem a ralação que a esposa desse rapaz passa todos os dias! As dificuldades no dia a dia, as mudanças e adaptações que estão ocorrendo na relação deles, e te digo: que injusto isso que vocês estão fazendo a moça passar! Enquanto a coitada tá em casa sem saber de nada, o carinha tá de paquerinha na rua contigo, fala sério. Vou engrossar o coro e te dizer pra se afastar dele, se ele não a respeita, você como mulher deveria se colocar no lugar dela e dar o fora. Enquanto você está aí perdendo tempo com esse relacionamento que não vai dar em nada e com um namoro morno, pode estar deixando de conhecer alguém que realmente valha a pena.

    Caso 3: Amiga, agora que você está decidida, veja como fazer para rescindir o contrato de locação e sair o apartamento. Seu marido ainda não acredita que você colocará um ponto final na relação e por isso está aí se recusando a sair e te fazendo agrados.

  17. lia12/04/18 • 10h11

    1 – Quanto mais cedo disser que não esta numa boa situação financeira atualmente por causa da crise e etc melhor. Pior é ele achar que tu tem um certo “perfil econômico” e depois descobrir que a realidade é outra, ai ele pode se sentir manipulado e usado. E se ele gostar de vc não importa se é vc pobre, classe média ou milionária, o que vai importar é o seu carater, seus valores e princípios. Tentar vender a imagem de uma coisa que não é só vai afundar o relacionamento.

    2 – O cara tá só te enrolando com essa de amizade pra mais na frente dar o crau. Se as pessoas descobrirem essa amizade vão dizer o que de vc? Q vc é a jéssica do bbb dando em cima de homem casado. Acho que você nem se engana, você sabe a sacanagem que ta fazendo com a mlr do cara e com seu namorado. Se vc não tem nenhuma deficiência física que te impeça de apertar a telinha do celular e bloquear o numero do cara e de sair correndo quando ele chegar perto não tem essa de que não consegue (eu ja sai literalmente correndo no meio da rua pra não conversar com um ex, recomendo em casos de “não consigo resistir”).

    3 – Vai numa delegacia, arruma uma medida protetiva e bota esse embuste pra fora de casa no camburão. A lei maria da penha também protege contra abuso moral e psicologico. Não tenha pena de homem ruim “sofrendo”, “passando por dificuldades”, é tudo farsa pra ficar na tua aba

  18. LU12/04/18 • 10h38

    Caso 2 – Teve uma leitora que disse p vc aproveitar.
    Estamos vivendo um momento de taantaaa informação sobre empatia com outras mulheres. Aproveitar uma situação em cima de outras pessoas?! Viver essa historia pensando que outras pessoas podem ser prejudicadas!? O que vc faz volta,pode nao ser da mesma maneira mas o universo faz vc sentir o baque/amadurecimento de outras maneiras. Vc ja sabe o que tem q fazer,nao se acomode no “aahh,mas n esta rolando contato ta OK!” NAO ESTA Gata, ele esta te usando. FATO. Usando para satisfazer o ego,para da uma espairecida do FILHO BEBE E ESPOSA. Tem noção de que se fosse o contrario como vc se sentiria?! Com o FDP do pai do bebe ficar no celular, sumir do nada, apagar conversas. Vc merece muito mais, todas merecemos fugir destes arbustos.
    Se ele faz isso com a MAE DO FILHO BEBEZINHO pensa no que vai fazer com vc.
    To com a Cony, bloqueia, muda de academia, sai fora… Isso ja passou de um “casinho que nao vai prejudicar ninguem”! Alem de estar TE FAZENDO MAL tenha empatia com o próximo!

  19. Thais12/04/18 • 11h09

    Pro chora 3:
    Concordo com as meninas, sai do apartamento! Essa coisa de que ele tá passando por dificuldades nunca vai acabar. Ele sempre vai dar uma desculpa pra você não deixa-lo. Ele só vai sair se achar outra mulher, senão vai ficar ser um encosto pro resto da sua vida! Vai ser feliz, aproveitar a vida.. realiza seus sonhos, viaja, conhece gente nova, aprende um novo idioma, começa um hobby diferente, sei lá.. é clichê mas a vida é muito curta pra gente se estressar com quem não merece! Espero que fique tudo bem e que você consiga sair dessa logo.

  20. Mariane12/04/18 • 11h21

    Para o caso 1, passei por uma situação um pouco parecida com a sua. Estava toda enrolada com grana e comecei a namorar um cara que tinha uma situação financeira legal. Mas eu estava correndo atrás para me resolver, aí o que fiz foi abrir o jogo para ele. Ele super solicito se propôs a me ajudar, mas não aceitei. Só queria deixar claro pra ele, pois eu não podia gastar como ele. E agora quase um ano depois, estou acabando de pagar as contas e ele está todo orgulhoso de mim, pois fui de pouquinho em pouquinho e me acertei. Ou seja, foca e vai. Tudo vai se resolver!!!!

  21. Karla12/04/18 • 11h29

    Dita, você e ele já estão traindo seus companheiros. Ainda que não seja uma traição física, é emocional. Cai fora, bloqueia o numero, muda de academia e repense seu relacionamento atual. Se não está bom, termine, não faça a outra pessoa de trouxa. Se acha que ainda vale a pena tentar com o atual, CONTE A VERDADE. Ele merece saber que está sendo traído.

  22. Mila12/04/18 • 11h56

    Caso 1 – amiga, como todas as outras leitoras disseram, sugiro você fazer um plano de ação para sair desta situação logo, caso você não queria contar pro boy, não conte, mas RESOLVA a sua situação financeira! Eu uso uma planilha, que eu mesma montei, com todos os meses, onde eu consigo visualizar todas as contas que tenho, as parcelas e o saldo também, além disso coloco provisionado até as coisas que não vem no cartão de crédito, como manicure, cabelo, essas coisinhas de mulher rs, me ajuda muito a controlar todos os meus gastos e ainda a fazer projeções! É uma sugestão!!

    Caso 2 – CORRE QUE É CILADA BINO!!! Miga, força você tem para zerar de vez o contato com este homem, na verdade, você não quer, por que a princípio tudo está muito bom; mas se coloque no lugar da esposa dele, no lugar do seu namorado. O fato de você não se envolver fisicamente com ele não torna o relacionamento de vocês diferente de uma traição, vocês estão envolvidos emocionalmente, isso também é traição. O você precisa ter é DETERMINAÇÃO. As outras pessoas envolvidas não merecem ser enganadas como estão sendo.

    Caso 3 – Larga esse embuste logo, esse enviado do satanás. Você não merece isso! Quanto ao AP, a multa, e tudo o que tem, você consegue resolver, vá ser Feliz de verdade, sem ter que limitar seu espaço por conta de homem que não valoriza a mulher que você e não soma NADA na sua vida. Uma amiga ai em cima comentou que isso é violência doméstica, e é mesmo, CUIDADO. Não deixe sua vida ir pelo ralo por conta de homem bacaca não. Seja livre! VOCÊ tem essa escolha.

  23. Joana12/04/18 • 12h38

    Chora 2: Escute a sua consciência, FUJA! Se coloque no lugar da esposa, um dia pode ser você no lugar dela, este mundo dá voltas!
    O que me choca muito, é ver mulheres concordando e incitando a menina a ir em frente, aproveitar… O que é isso??? Cadê a tal sororidade que muito tem sido falada? Na verdade ela é muito bonita na teoria e só dura até aparecer um p… na história, não é? Temos que nos unir contra esses homens sem caráter, e não ajudar a fazer outra mulher sofrer!
    Como eu disse, o mundo dá voltas…

  24. Leticia12/04/18 • 12h48

    Vou reafirmar oq outras leitoras já disseram sobre o caso 2…

    Cadê a empatia? O cara casado e de papinho com outra mulher enquanto tinha a mulher grávida em casa? E agora segue cheio de mimimi, cheio de ligações e mensagens diárias com um bebê pequeno em casa? Que marido é esse? Que pai é esse?

    Vc sabe bem o que fazer…. Se afaste desse embuste que não te leva a lugar nenhum… E repense sua relação com o coitado do seu namorado. Vc não sabe o que quer da vida e não está sendo justa nem honesta com ele.

  25. Fane12/04/18 • 13h06

    Caso 2: Não fazer com os outros o que você não gostaria que fizessem com você, é o primeiro passo pra todo mundo ser mais feliz!
    Corra desse cara! Imagina você em casa com um bebe e todas as mudanças de uma nova vida traz e seu marido de conversa com outra?? Traição sim!! Se valoriza. EMPATIA!
    Bjs e fica com Deus.

  26. Nina12/04/18 • 13h37

    Desculpa a sinceridade, mas quem se relaciona com um cara q tem um filho de um mês é uma fdp! Os dois sao! Por pior e mais chata q seja a esposa, ela ta em casa, cheia de pontos e/ou dores do parto, inchada, sem fzr unha, cabelo e absolutamente nd q ajuda na auto estima dela. Cheirando leite e cocô o dia inteiro, enquanto o bonitão fica na academia, de papinho com outra e tem tempo disponível pra ficar pendurado no telefone com a outra td santo dia AND final de semana. Que raio de conselhos são esses de ” Vá viver isso sim” ????????? Que porra de falta de empatia é essa? Ninguém tem filho sozinho não. Ele tem q estar ao lado dela mais do q nunca neste momento e SÓ. Depois, se ele estiver infeliz q vá embora ficar com quem ele quiser, mas essa barra aí, eles tem q segurar juntos. E vc q está com ele, senhorita Dita, tome vergonha na sua cara e vá procurar outro alguém pra ser feliz. São mais de 200mi de pessoas nesse país e só tem ele pra vc ficar de historinha? Ahhh, faça o favor. ps.: desculpa a sinceridade e os palavrões Cony. Se não quiser, nem publica… mas eu precisei falar!

  27. Luana12/04/18 • 14h15

    2 – Se você não se respeita, respeite essa mãe que está vivendo uma das fases MAIS DIFÍCEIS da vida: puerpério. Só quem é mãe sabe o quão complicado é essa fase, como a gente não se encontra dentro de si mesma… Não tá rolando nada físico AINDA, mas é questão de tempo. Se ele faz isso com a esposa/mãe do bebê dele, imagina o que fará com você? Cai fora, cara galinha e safado, não merece nem a esposa nem você.

  28. Daiane12/04/18 • 14h24

    Ei Dita, nunca se esqueça o Amor assim como a Traição é questão de escolha.

    Não se envolva com um cara casado e ponto final.
    Seja feliz com seu namorado. =]

  29. Ta12/04/18 • 14h42

    Chora 2
    Só pense em uma coisa. Um cara que tem coragem de largar uma esposa em casa com um bebe recém nascido para ficar flertando com alguém, você acha que é bom rapaz?
    Por mais desejado que um filho possa ser, os primeiros meses, os 2 primeiros em especial é extremamente difícil para todos. Bebe chora, mãe fica sem dormir, mal toma banho, por mais que queira ser vaidosa os hormônios não colaboram. Ai pensa, o bonito de papinho com você, a esposa em casa com o bebe morrendo de cólicas que nada o faz parar de chorar, ela querendo um apoio, uma palavra de carinho, uma atenção, mais um colo para dividir a criança, e ele esta onde ???? Flertando com você, só por gracinha…
    Se coloque no lugar dela. Só por um instante.
    Filho não segura marido, sim é fato. Se ele não a ama, se não quer manter o relacionamento que termine então. Que seja fofo e “perfeito” com ela também. Que seja honesto… Honesto com você e com ela. E você também seja honesta com seu namorado.

  30. Ana Paula12/04/18 • 14h50

    Betty: Não precisa abrir totalmente o jogo por enquanto, mas vá dando sinais de que vc está sem grana e precisa economizar. Trace um plano e siga à risca… aos poucos vc poderá revelar a dimensão do problema, mas isso qdo vc já estiver com a situação sob controle. Boa sorte!

    Dita: Coisa triste ver uma mulher ser feita de ótaria e ainda querer achar solução para esse “grande amor”. Sério… A história se repete tanto que me custa a acreditar que ainda tem gente que cai nessa cilada, no conto do vigário. Antes de mais nada, se vc fosse realmente feliz com o seu namorado isso não teria acontecido. Reavalie a sua relação e analise se não está com ele apenas para não ficar sozinha ou por comodismo. Quanto ao casado… Deixa eu te falar… Sou amiga de muitos homens (solteiros, casados, divorciados etc) e sei exatamente como eles lidam com as situações pq é sempre a mesma coisa. Enquanto vc está aí gastando energia e se entrando numa armadilha, tenho CERTEZA ABSOLUTA que ele te vê como uma psicóloga free com máscara de “amiguinha”, que aguenta o bla bla bla dele por horas e uma peguete em potencial, pra satisfazer os desejos dele. Sabe o que eles falam qdo saem com mulher casada? “Tô comendo uma casadinha”… É essa a importância que eles dão pra essas situações que as mulheres tanto romantizam. Vc acha mesmo que ele deu em cima SÓ de vc?? Não miga… Eles atiram pra todo lado… Quem cair, caiu (vc, no caso). Acho que vc deve pular fora disso já! Por vc, pelo seu namorado, pela esposa e pelo filho desse cara… Olha qta gente se dando mal nessa história pra favorecer apenas os desejos dele. Vc ainda não percebe, mas está sendo feita de trouxa tanto quanto a mulher dele, pq se ele não tem a mínima consideração pela mulher que escolheu pra dividir a vida e ter filhos, não vai ser por vc que ele terá. Use essa energia pra tentar melhorar o seu namoro, pq pelo visto o seu namorado é um cara legal e merece que vc se dedique ao relacionamento… e se isso não for possível caia fora… dê a oportunidade para que ele siga a vida dele sem vc. Vc está correndo grande risco de perder um cara bacana e se arrepender no futuro (pq o casado nem vai lembrar que vc existe). Nem vou entrar no mérito da empatia com a esposa dele, que não teve estar passando por momentos fáceis e ainda está sendo deixada de lado. Pense nisso! Faça a sua parte pra evitar o sofrimento dos outros e o seu tmb. Aja com sabedoria!

    Veronica: Estou admirada com vc! Que mulher guerreira!!! Vc enfrentou o mundo e venceu e agora me parece que vc está cansada de tanta batalha, mas não se entregue! Esqueça o seu coração nesse momento, foque na razão e faça o que é necessário. O fato de o apartamento ser alugado é meio caminho andado pra se livrar desse cara que só te faz mal… Procure o dono ou imobiliária, resolva a situação, arrume suas coisas e só AVISE ele da sua decisão qdo td estiver pronto. Isso vai reduzir muito o desgaste e vai evitar que ele use suas artimanhas de manipulador pra te segurar. Boa sorte! Beijão!

  31. Fulô12/04/18 • 15h07

    Chora 2: Rapaz… eu tenho tanto pra te falar. Mas deixa eu te contar só uma coisa: Sai dessa. Tenho tanta propriedade para falar do seu caso que você nem imagina. Já fui casada com um cara que era tudo de bom pra mim. Estávamos juntos há quase 5 anos quando casamos. Eu, que sempre sonhei em ter minha casa e minha família, estava no céu. Tudo perfeito! Não brigávamos quase nunca, não havia muito ciúme nem desconfiança. Até que, com 8 meses de casada e prestes a liberar para engravidar eu, sem querer, me deparei com a descoberta que ele tinha um caso há 5 meses. Isso mesmo, desde quando eramos casados há apenas 3. Tinha um caso com uma menina bem mais nova (21 anos, na época eu tinha 29) que provavelmente não mensurava o que estava fazendo. Pois bem, foi uma queda. Uma grande decepção. Na minha cabeça não havia espaço para aquilo na nossa relação. O que eu fiz? Me separei. Pensei: Se algo te faltou aqui, vc merece ser feliz com o que encontrou lá fora. Simples assim. Sem barraco, sem violência verbal… com mta frieza e alguns desentendimentos na hora da partilha (claro!). Quer saber? Ele nunca ficou com a menina. Sofreu, chorou, emagreceu (já era magro, virou um esqueletinho), depois se reergueu e embalou na farra. Teve uma namorada e voltou pra farra. Lá se foram 4 anos. Eu refiz a minha vida e não me arrependo de absolutamente nada. Me sinto mais plena e feliz hoje. Sem dúvidas, completa! Porque eu estou te contando isso? Para vc perceber que, embora vc acredite que o cara sente o mesmo que vc… embora ele te diga isso. Isso não é verdade. Esse cara tem uma vida feliz com a esposa e vc provavelmente é alguém que ele acredita que vai “dobrar” com o tempo… se vc n sair dessa, ele vai “dobrar” mesmo. Sem julgamentos… vc é uma vítima. Sai dessa, criatura! Mesmo que vc descubra que não gosta do seu namorado o suficiente, acabe com ele e vá ser feliz. Busque a sua plenitude… pelo seu relato vejo que vc não é uma mulher safada, não tem indole ruim, então, não carregue esse peso na sua vida. Não entre nessa roubada… de coração. O cara está com a mulher que ele escolheu, deixa ele assumir as questões dele sem a tua participação! Acredita em mim: ao se afastar e sair disso,vc vai sentir saudades no começo, mas tudo passa. Sem mais!

    Chora 3: Mulher, queres uma dica? Procura outro apartamento, quando tu encontrar, cancela esse contrato. Quando é o vencimento? Não prorrogue. Fale com o proprietário que não quer continuar, e se livra e livra o teu pai desse embuste. Esse cara está sendo um atraso na sua vida. Depois de tantas dificuldades que você já viveu e venceu, você merece ser feliz e plena! Profissionalmente vc já está bem… o resto vai chegar a medida que vc se permitir. Não fraqueje. Também sou meio mole com chantagens emocionais, mas a vida me ensinou a ser dura com algumas coisas. Seja mais você. Se ele não sai por bem, sai por mal quando o contrato estiver finalizado. Graças a Deus você tem seu dinheiro e não depende desse encosto! Vai ser feliiiiiiizz!!! Retome a sua força e se liberte dos poucos metros quadrados que o seu quarto tem! Plenitude é a melhor coisa que existe!!! Depois volta pra contar pra gente tá? :)))

  32. Geovana12/04/18 • 15h23

    chora 1: na internet existem bastante planilhas, videos, aplicativos que auxiliam na administração do dinheiro. Minha sugestão é que você encontre algo legal que ache que vai funcionar pra você, e se empenhe, foque, economize que você vai conseguir. É aquele ditado: “o interessado dá um jeito”. Ademais, você não precisa falar pro seu boy que está com dívidas se vc se sente insegura ainda, mas deixe claro que você está em contensão de gastos porque está se organizando financeiramente.

    chora 2: MULHER DO CÉU, QUE QUE VOCE TA FAZENDO DA SUA VIDA????? VOCE TA LOKAAA??? AMADUREÇA!!!! PARE COM ESSES JOGUINHOS INFANTIS DE QUANDO A GENTE TÁ APRENDENDO A PAQUERAR! SAIBA DIFERENCIAR O QUE É DE VERDADE DO QUE É DE MENTIRA!! VOCÊ JA SABE O QUE É CERTO E O QUE É ERRADO, TOME UMA ATITUDE, SEJA ADULTA! ISSO TUDO QUE VOCE ESTÁ VIVENDO É UMA ILUSÃO!! VIVA A VIDA DE VERDADE, NAO POR DETRÁS DOS PANOS! (desculpe ficar exaltada, mas você tá precisando de um chacoalhão dos bons!)

    chora 3: mulher, parabéns pela sua força e perseverança! Largue desse traste, adote um cachorrinho e seja feliz!

  33. Rafa12/04/18 • 15h24

    Nossa….. sempre leio o blog e nunca comentei mas me forcei a isso para concordar com a Nicole, sou filha de um lar onde o pai aprontava das suas e não consigo conceber que uma mulher se relacione com o cara quando sabe que ele é casado. Isso pra mim e pura falta de respeito com a esposa (outra mulher) oi? Sororidade? Super apoio a mulher ou qualquer indivíduo fazer o que quer desde que respeite o espaço (e o marido) do outro. Ele que deve satisfações a esposa (que está em pleno pós parto, cheia de hormônios, cuidando de um bebe, com o corpo e a cabeça ainda fora do lugar), digo isso pois tenho um bebe de 1 ano e 10 meses e somente agora estou voltando ao meu normal física e psicologicamente e ainda tem que lidar com o marido (que e um canalha filho da puta) que não se coloca??? Cade a empatia com a coleguinha? Por essas e outras nós mulheres sempre temos essa de competir, achar que fazer o que quer e conquistar seu espaço é fazer o que é ERRADO, sim é errado, sim eu julgo, e acho que vc está errada….. só não é errado quando se combina de ter um relacionamento aberto que é aceito por todas as partes o que não é o caso…. seria errado se vc fosse solteira e ele, casado e acho ainda mais errado pois alguem acredita que vc é fiel a ele e vc o trai…. sei lá, como vi minha mãe sofrer tanto pelo meu pai ( que é 100% errado) e as mulheres que se sujeitaram a isso ( que são 100% erradas) e eu sofri também não consigo conceber e aceitar nunca uma mulher que faz isso com a outra…. desculpa mas fico PUTISSIMA.

  34. A realista12/04/18 • 16h51

    Para o caso 2.
    Menina, não se deixe ser usada dessa forma.
    Passo por uma situação muito parecida e vou tentar abrir seus olhos.
    O dono da academia que também é meu treinador coincidentemente acabou de ter um filho com a esposa.
    Assim como com vc, também sofro investidas constantes, mesmo dizendo claramente que não vai rolar, que respeito o meu namorado e para ele se mancar.
    O fato é que ele já me disse claramente que está em “quarentena” já que a esposa acabou de ter um filho e tem necessidades.
    Ou seja, a unica diferença do meu caso para o seu é que ele joga a real, sem tentar me iludir.
    Como se eu fosse tão pouca coisa para me deixar ser usada em troca de um ego massageado por um bombado qualquer.
    Agora, por outra perspectiva, sabemos como lidar com um Bebê recém nascido consume a pessoa, é difícil, a mulher precisa de apoio, mas tem ao seu lado um cara que fica de paquera para simplesmente satisfazer seus anseios sexuais ao invés de apoiá-la.
    Dai te pergunto: esse é o cara que você respeita, que vale por em risco o seu relacionamento, que você deseja ao seu lado? Você conseguirá ter confiança em uma pessoa que age dessa forma? Isso considerando que ele largue a esposa, o que duvido muito.
    Seja sincera consigo mesma, vc terminou seu namoro na esperança que ele largasse a esposa e isso não aconteceu. Se ele de fato tivesse essa intenção, já teria feito.
    Experiência própria: tem caras que são verdadeiros profissionais, que falam o que queremos ouvir como se estivéssemos vivendo algo especial, mas na verdade, só querem mais uma marmita para fugir um pouco da vida real e suas responsabilidades.
    E por fim, ao meu ver, vc manter contato com esse traíra já é uma traição com os seus respectivos pares, mesmo que ainda não tenham consumado a relação de forma carnal.
    Se vc já não enxerga um futuro com o seu namorado, seja honesta e termine. Do contrário, corte relações com esse fulano de academia e o respeite seu namorado.
    Se vc acredita que o que eu expus aqui não é a verdade, se abra com o cara da academia, conte seus sentimentos, deixe claro que não traíra seu namorado, muito menos a esposa dele e exija um posicionamento.
    Vc terá sua resposta.
    Nuca faça com os outros o que vc não não gostaria que fizessem com vc.
    A lei do retorno é infalível.

  35. Taiza12/04/18 • 22h37

    Segundo caso: Imagine você, recém parida, com um bebê pequeno e com tudo o que isso envolve, inclusive a questão hormonal descontrolada, e o seu marido andando de conversinha com uma menina que conheceu na academia. Sem mais.

  36. Taiza12/04/18 • 22h42

    Primeiro caso: você já tentou seguir o minimalismo por um tempo, ou o simples desafio de ficar um ano sem comprar? Sugiro porque eu fiz por algumas vezes e assim, no final foi uma super mudança na minha vida. Eu nunca fui de gastar muito, só me enrolei com cartão de crédito quando era novinha, mas mesmo assim quis fazer o desafio e foi um divisor de águas na minha vida. E eu não tinha muita coisa quando topei fazer. Me trouxe uma consciência financeira incrível, eu acho que pode te ajudar também. Sobre contar ou não para o namorado, dois meses acho meio cedo. Mas se você realmente estiver no controle, não vejo problemas de contar e inclusive mencionar que está lidando para sair dessa. Se o cara vai aceitar ou não, é outra estória.

  37. Taiza12/04/18 • 23h03

    Chora 3: Espero que, por tudo o que você passou, você esteja contando com o acompanhamento de um bom terapeuta ou psicólogo. Você já sabe que este relacionamento não é para você. Está de saco cheio. Café, flores, promessas: não é disso que vive um casamento. As demonstrações de carinho e afeto devem existir, mas sozinhas não são decisivas para duas pessoas ficarem juntas. Concordo que parece que você relata duas pessoas diferentes, divididas: a mulher que venceu tudo, e a mulher que não tem coragem de sair de casa. Se dinheiro não for um problema pra você, faça o aviso para a imobiliária, faça a rescisão do contrato direitinho, pague a multa rescisória se tiver, referente ao aluguel, e sai você de casa. Você já passou por muito pior e está aí, forte e ainda aconselhando a gente a seguir estudando, isso diz muito sobre a mulher forte que você é. Larga esse embuste aí sozinho.

  38. Lara12/04/18 • 23h09

    Caso 2: se ele faz isso com a esposa e filho, imagina o que fará com vc! Mas acho que só por vc ter dado trela pra homem casado, vc aceitaria qlq humilhação na boa.

  39. Jessica13/04/18 • 06h57

    Caso 1:
    O problema das pessoas que se endividam é de manter um padrão que não condiz com sua realidade, seja para agradar a expectativas de terceiros ou por priorizar prazeres pessoais referentes à compras. Nao acho certo você contar problemas financeiros para namorado, vai gerar um estresse para essa pessoa com um problema que não cabe a ela resolver. Pelo que deu a entender você está preocupada se ele vai te largar caso você nao tenha a mesma aparência das pessoas do mesmo meio que vc, ai è o preço que você vai ter que pagar para ver e escolher o que sua prioridade. De que vale se endividar mais por um cara que pode te trocar só pq vc não se veste com roupa de marcas?

    Caso 2:
    Amiga, você já parou para pensar que talvez você esteja entediada, só esteja procurando uma aventura ou ter novas emoções na sua vida? Já parou para pensar que talvez sua autoestima esteja baixa e está em busca de elogios? Nesse caso, farás o cara de objeto!
    Pense se ele não está vivenciando o mesmo em casa….

    Caso 3:
    Quem tem âncora é navio! Quem ama de verdade não é egoista a ponto de querer diminuir e gongar a carreira do seu parceiro! Você nao precisa está com uma pessoa que lhe maltrata há anos apenas por gratidão ao passado. Ele está doente, e lhe adoencendo junto.
    Acho que sua felicidade vale mais a pena que o alugel de um ap. Converse com um advogado para saber as chances dele em algum processo!

  40. Gaby13/04/18 • 07h57

    Primeiro, quem puder, sugiro que leiam A CAMA NA VARANDA, e procurem os vídeos da Regina Navarro… Muitos e muitos paradigmas sobre fidelidade e monogamia vão ser quebrados.

    Chora2: vou fazer o coro com a moça q do coment q disse q ia ser apedrejada e falar o contrário de quase td mundo q tá por aqui.

    Olha, meninas, a colega pediu abertamente pra não ser julgada, ela foi sincera e abriu o coração pra falar de uma dor e de um sentimento q ela não tá conseguindo entender….

    O o q vi aqui foi mta apontação de dedo, esquecendo dela, esquecendo de sugerir pra pensarmos sobre o q nos leva a sentir atração por outra pessoa , de como as afinidades podem ser de muitos tipos (sexual, intelectual, ideológica, familiar, profissional) e que a gente não é um robozinho que só por conhecer as “regras” deixa de gostar de outras pessoas…

    Penso q está chegando o momento q a nossa sociedade vai ter q começar a conversar sobre o fato de que monogomia/exclusividade é UMA das opções, mas não a única….

    As negociações de relacionamento vão começar a ter q ser discutidas quando duas pessoas começarem a se gostar, pois a gente tá ficando jovem por mais tempo, a gente tá trabalhando e estudando por mais tempo, em mais de m lugar, a gente tá vivendo e conhecendo mais situações… Vamos ficar juntos/as? Sim, e vamos ser exclusivos/as? Vamos aceitar outras pessoas eventualmente em nossas vidas? Vamos morar cada um/a na sua casa? Vamos ter um relacionamento aberto? Vamos ser monogâmicos/as? O casamento tem que mesmo ser uma mistura de confessionário e tribunal do júri?

    São temas q logo logo a gente vai incluir na nossa vida (ok, acho que mais nossos/as filhos/as e netos/as…mas com certeza em breve).

    Fidelidade pode ter muito pouco a ver como lealdade….Conheço mto casamento em q o marido é fiel e nada leal à esposa. E será q o sexo é tão suficiente mesmo pra quebrar uma relação de construção? A gente perde mesmo o desejo sexual por outra pessoa só pq colocou uma aliança no dedo? Uma pessoa que vive com uma tensão reprimida pode ser uma pessoa feliz?Ficam as questões no ar…

    E tem coisa q a gente precisa VIVER. Sim, só vivendo pra tirar esse ponto de interrogação da cabeça, como duas colegas já relataram aqui em cima, tem coisa q não é da ordem do racional, q a gente tem q experimentar para poder SE conhecer…ela não tá falando em roubar a casa da esposa com filhos, nem de ir morar junto. É só sexo. Provavelmente um sexo q vai levar ambos a seguirem em frente, mas aliviados, mais certos sobre quem são, quem querem ser, com quem querem ficar..Talvez juntos, talvez separados, talvez até com outras pessoas.

    Me coloco no lugar da esposa? Sim, claro. Talvez essa esposa esteja se sentindo atraída por outra pessoa também, pq não? Pq estamos supondo q ela não tem os mesmos desejos que a nossa colega que escreveu o chora.

    Bom, serei apedrejada, mas tudo que proponho é que pensem que existem outros acordos, outros tipos de compreensão sobre relacionamento, outras perspectivas. Nossa sociedade tá mudando, nossas rotinas não são as do seçulo 19… E leiam a dra Regina, ela é mara!

  41. Ana Carolina13/04/18 • 09h26

    Lendo o chora e ouvindo Marilia Mendonça: ” Amante não tem lar….amante nunca vai casar…”

  42. LU13/04/18 • 10h41

    Caso2:
    Ja escrevi meu relato e voltei prq ler a opinião de outras!
    E QUE ALIVIO!!!!
    Sei que nem tudo que se escreve fazemos na real, mas putz, que alivio nao ver mais ninguém falando para a Coleguinha continuar “se fudendo”(sim) nas maos do instrutor de academia Pai de família NAS HORAS que nao esta flertando com a(s) mocinha(s) da academia já que a esposa esta acabada em casa num puerpério com um bebe!
    O cara esta a usando e tem amiga dizendo “VAI FUNDO… UHUL, VIVA ESSA AVENTURA COM UM HOMEM CASADO COM BEBE NOVO!”
    Não da p acreditar…
    Acho que a informação esta ai, nos choras mesmo tem vaaarias situaçoes de macho babaca fazendo nos fazendo de trouxas e ainda tem mulher que MANDA A COLEGUINHA SE JOGAR PREDIO ABAIXO FUDENDO A OUTRA COLEGUINHA TBM! Sabe o macho!? Então, pra ele no final nao vai dar nada… Rapidim ele vai estar com outro ombrinho amigo da academia, espero que esta seja mais esperta que outras ou venha aqui abri os olhos antes desse babaca a enganar “ja que se n tem contato nao é traição”.

  43. Jéssica Diane13/04/18 • 14h21

    Concordo muito e enfatizo, por que você acha que com você ele não será esse babaca que ele é com a esposa??

  44. Rafaela13/04/18 • 14h39

    Caso 02: Menina, foge que é cilada… Pense bem, um cara q

  45. Rafaela13/04/18 • 14h42

    Caso 2: FOGE!!! Pense bem: Um cara que deixa mulher com um bebezinho de 01 mês (só quem já foi mãe sabe como esse período é complicado e do quanto precisamos do suporte do marido, tanto emocional quanto físico mesmo) para ficar de paquerinha com outra vai te respeitar um dia?? Pelo amor, esse cara não merece nem consideração!

  46. sabrina13/04/18 • 15h00

    chora 2: hoje, mãe, só consigo pensar na esposa desse cara. Ainda na quarentena, com um marido bosta que vai pra academia ao invés de fazer o papel de pai. E você, colega, dando mole pro papo fiado dele. Ele tá na seca, quer uma aventurinha. E sinceramente, você não está apaixonada. Está querendo confete. Tem tanto cara solteiro pra fazer isso pra você…

    chora 3: você parece tão independente e autossuficiente pra ficar presa a um cara idiota. Vá ser feliz já!

  47. Ana13/04/18 • 16h29

    Só vou falar do Chora #2…
    Acho tão engraçado quando as pessoas dizem “não me julguem”. Não se trata de negar nossa natureza humana nem de dizer que não erramos também, todos os dias, de todas as formas. E até que talvez poderíamos cometer um deslize semelhante. MAS ISSO NÃO SIGNIFICA QUE NÃO É UM ERRO, QUE NÃO É UM DESLIZE. E nesse sentido eu julgo sim: eu, você, qualquer pessoa que se encontre na sua situação, está absolutamente e gravemente ERRADA.
    Em primeiro lugar, o fato de não ter contato físico não significa que não é traição. Para ser bem sincera, pensando nesse assunto, me dou conta de que me sentiria menos traída se meu marido desse uns beijos numa Fulana que ele nunca viu na vida numa balada do que que ele se ele criasse um RELACIONAMENTO em que ele dedica toda a atenção que deveria ser dedicada a mim a uma terceira pessoa: conversando, conhecendo, trocando gentilezas, dedicando o tempo e o “melhor” dele. Mesmo sem nunca ter encostado na pessoa (o que, como todas disseram aqui, vai durar pouco).
    Em segundo lugar, você não deve ter tido filhos. Essa mulher está num momento muito delicado da vida. O relacionamento deles está passando por uma fase de imensa adaptação. Está deixando de ser só um casamento para ser uma FAMÍLIA. Tenha empatia, procure se colocar no lugar dela (noites sem dormir, leite empedrado, peito pingando, hormônios enlouquecidos, inseguranças, medos e uma barriga que certamente ela ainda não quer nem olhar no espelho) e no lugar dessa criança e pense se você quer fazer parte disso. Acredito que não. Não vai querer ser, de alguma forma, parte do fim de uma família.
    Em terceiro lugar, se você escutar 99% do que foi dito em todos os comentários aqui (acho que só teve uma louca para te dizer para seguir em frente), vai precisar ser radical e cortar o contato MESMO. Porque do contrário você vai cair em tentação. Bloquear o número e mudar de academia é essencial.
    Boa sorte.

  48. Leticia13/04/18 • 17h00

    Caso 2: Vc acha que não tem forças pra sair da vida desse cara? real? não tem como mudar de numero do celular? mudar de academia? SE TOCA, FILHA. Um filho pode nascer de dentro das entranhas de uma mulher, uma mulher pode fazer força (TODO RESPEITO DO MUNDO COM MULHERES QUE FAZEM CESÁREA, ESTOU APENAS EXEMPLIFICANDO O QUE SIGNIFICA FORÇA) por mais de 12h seguidas, em trabalho de parto, pra PARIR um filho. de dentro pra fora, já imaginou a força brutal? vc ta me dizendo que não tem força (no sentido emocional) pra deixar esse caso? Casamentos de mais de 20 anos acabam, relacionamentos saudaveis e felizes,ou, desastrosos e infelizes, pq as pessoas tiveram APENAS CORAGEM. INTELIGÊNCIA EMOCIONAL!!!!! voce tem amor proprio? esse cara so quer “faturar” voceeeeeee, ACORDA!Esse cara não quer nada além de sexo… se não tá tendo com vc, ainda, terá. pode estar tendo com outra, e vc vai ser mais uma. ENCARA. QUANDO A GENTE QUER, A GENTE SOME. eu sei o que é SUMIR. bloqueia nas redes sociais, whatsapp, desativa facebook. muda de ares… não vou te passar a mão e dizer “curte o momento”. vc ta perdendo tempo e energia, sua vida. SE AME, CUIDE DE VC. VIVA A VIDA QUE VC MERECE. ESQUEÇA esse homem! é apenas questão de tempo, esse sim, é infalível! conte com a ajuda do tempo! sai dessa, o tempo estará a seu favor.

  49. Leticia13/04/18 • 17h03

    Caso 3: MULHER, VC É UM MULHERÃO DA PORRA. Já superou tanta coisa MAIOR, e ainda não se livrou desse cara? CANCELA esse contrato, filha, so vc pode mudar sua vida! vc sabe bem disso! toma as rédeas, enfrenta e vai! volta pra contar seu SORRIA. Deus abençoe sua vida, seu caminho, te faça ainda mais próspera e muito feliz.

  50. Bruna13/04/18 • 22h15

    Eu tô passada com o caso 2, q tal se colocar no lugar da esposa com um recem nascido pra cuidar?? O tempo q o cara deveria estar se dedicando a família, ele tá de papo furado com vc. Vc já foi traída? Pq vou te contar, eu já fui por um ex namorado e vc não imagina a dor q a gnt sente, é inexplicável o mix de sentimentos ruins… dói na alma saber q a pessoa q vc tanto amou, se dedicou e confiou te traiu e, ele me traiu com uma colega da academia, claro q não quis nada com ela e até hj, anos depois, ainda fica atras de mim, mas não tem mais jeito o sonho de uma vida com ele se quebrou pq não há confiança, estou noiva de outra pessoa mas, gostaria de te contar q mto se passou até q eu conseguisse me reerguer, isso pq era só meu namorado, imagina essa esposa q tem um filho q é um vínculo permanente.
    Atração ocorre sim e cabe a cada um q é comprometido ter a descencia de se controlar e evitar q uma simples atração evolua para um envolvimento.
    Vc está sendo sacana tanto com a esposa e o bebê qto com o seu namorado, já se colocou no lugar deles? Já parou pra pensar q vc pode casar com esse seu namorado e ter um filho e isso pode acontecer com vc? Não vou me estender em crenças religiosas, mas já parou para pensar q o mundo não é redondo por acaso? O q vai tb volta, essa é a lei.
    Meu Deus ngm é obrigado a se comprometer, se quer ter aventuras fique solteira e se envolva com gnt descomprometida, com tanta gnt disponível no mundo precisa querer destruir a felicidade dos outros?
    Desculpe a sinceridade, não estou te julgando, pelo q escreveu vc é uma pessoa de caráter q sabe q está fazendo algo errado, de um basta nessa fraqueza antes q alguém se magoe!!

    Caso 3: qto é a multa de quebra de contrato de locação? Caso possa pagar, alugue outro imóvel e saia daí, ele não vai sair nunca e se vc sair e deixar ele no apto continuará com um grande problema pq o contrato está no teu nome e teu pai é o fiador.

  51. Lara13/04/18 • 22h56

    Caso 02: Minha amiga, vou enaltecer o coro que é CILADA só contando o que aconteceu comigo. Passei um ano na mesma situação que você, com um relacionamento com um cara casado, sem contato físico. Sim, era um RELACIONAMENTO pois nós não nos desgrudávamos, nos falávamos o tempo todo, era tudo lindo e maravilhoso, a maior afinidade do mundo. Eu vivia em um conto de fadas onde, aparentemente, todos ganhavam. Ele me acolhia, me ouvia, quando eu não estava bem estava sempre ali pra me ajudar. Mas no fundo no fundo, eu sempre tive esperança de que ele estivesse apaixonado por mim, afinal quanto companheirismo né? Não poderia ser normal. Por outro lado, TODOS me diziam que era cilada, que ele só estava alimentando seu ego de uma forma cômoda. Eu jamais acreditei, estava tão cega. POIS BEM: um belo dia a mulher dele descobriu tudo, ele simplesmente me bloqueou e sumiu. Nunca mais falou absolutamente nada comigo, varreu o “conto de fadas” (que só eu tinha criado) da história dele num piscar de olhos. Pois é minha amiga. Bem vinda ao mundo dos homens. Antes que isso aconteça com você, CAIA FORA o quanto antes.

  52. Cristiana13/04/18 • 23h16

    Pensei que hoje era dia de Dica da Leitora!! Buáááá.

  53. Larissa14/04/18 • 11h15

    Para o caso 2: Muito simples de resolver sua situação! É só você fazer um exercício: coloque-se no lugar da mulher do cara!! Afinal, não te conheço, mas sei que você NÃO GOSTARIA de ter um filho recém nascido e saber que seu marido tá conversinha e casinho com outras por aí!Sim, coloquei outraS no plural, pois certamente esse sujeito não está só conversando ctg, tem mais peixes na rede sim! Essa história de não ter contato físico daqui a pouco acaba; sendo sincera, ele te come e vai atrás de outra. Desculpa a sinceridade, mas já essa história de cara casado de conversinha é mais batida de que conto da carochinha, só acredita quem quer!

  54. Daniela Abreu16/04/18 • 15h46

    Verônica: Adore ler sua história, você é uma mulher forte, decidida, ponha um fim nessa fase que está vivendo. Como o apartamento está no seu nome, troque as fechaduras quando ele sair e não o deixe entrar, dê um jeito, se ele encher o saco chame a polícia e diga que ela quer invadir o apartamento, sei lá, é isso o que eu faria. A vida é tão curta para perder tempo com pessoas assim. Boa sorte!

  55. Jonilza16/04/18 • 16h50

    Chora 2: NÃO VALORIZE ESSE CARA. Ele não vale nada! Do mesmo jeito que engana a mulher dele tendo “amizade” com você, vai te enganar também quando estiverem juntos (se é que um dia ele vai se separar para assumir um relacionamento com você). Por mais que você diga que é apenas amizade, isso é só por enquanto – enquanto você resistir. Ele não está sendo seu “amigo”, está esperando para te dar o bote. De alguma forma ele vê que isso pode acontecer, mais cedo ou mais tarde. CAI FORA!!!

    Chora 3: Você sabe o que deve fazer: TERMINAR O RELACIONAMENTO. Acho que só está faltando uma estratégia. Vai na imobiliária, cancela o contrato, pague o que for devido sem causar gastos pro seu pai e se mude. Informe o outro morador aí da sua casa que você está entregando o apartamento. Eu só o informaria 1 dia antes da mudança. E se for o caso, contrate um segurança armado pra te acompanhar nesse dia. Fim.

  56. Lu16/04/18 • 22h28

    Caso 2: Que dor eu senti ao ler e reler esse relato. Dor ao me colocar no lugar desta mulher, ainda no resguardo e com um bebe recém-nascido, precisando de abraço, carinho, atenção e ao invés disso tem um babaca como marido, que além de não estar dando suporte para a esposa (academia, sério?) fica de conversinha fiada só pq tá sem transar há algum tempo. Colega, sério… vc não tem problema nenhum, já este homem tem: ele é repugnante. Sério mesmo, sai fora… vc é só um lance pq ele tá “subindo pelas paredes”. Oremos para que o puerpério da esposa esteja sendo leve pq só assim para não desabar tendo esse fdp como marido.

  57. Marcia Figueiredo17/04/18 • 11h03

    Oi Cony,
    e as nossas dicas……

  58. Nina17/04/18 • 12h31

    Por algum motivo não consegui responder no comentário, então essa resposta é pra Gaby #40.
    Primeiramente, acredito que a tendência é as pessoas terem muito mais relacionamentos abertos, “poliamorosos”, relacionamentos em que o gênero não importa, etc? Com certeza! E tem problema? Claro que não, desde sejam CONSENSUAIS. Agora defender a pessoa iniciar um relacionamento com um homem casado com um bebê recém-nascido com o argumento de “se deixe viver” e “relacionamentos monogâmicos são coisas do passado”? Pelo amor de deus, até ri. Monogomia/exclusividade é UMA das opções? ABSOLUTAMENTE. Você pode ter vários parceiros sexuais? claro! Agora, é honesto uma pessoa estar em um relacionamento desses enquanto o outro acha que o mesmo é monogâmico? Ninguém é obrigado a casar, ter filho, ficar com uma pessoa pelo resto da vida etc mas sabe o que eu acho essencial? Respeito! Você argumentou que é só sexo. Então porque o sexo precisa ser com ele? existem milhares de homens atraentes e solteiros dispostos a fazer sexo sem compromisso. E se realmente eles estiverem apaixonados? Amor de verdade não desaparece assim, ela pode se afastar, deixar ele ajudar a esposa nessa fase delicadas por alguns meses, e então, se for realmente amor (o que acho muito difícil) terminarem seus respectivos relacionamentos e ficarem juntos. Você disse : “Me coloco no lugar da esposa? Claro!”, completamente contraditório. Tudo o que você argumentou demostra exatamente o contrário. A esposa pode estar se sentindo atraída por outro homem? Não é impossível, apesar de uma mãe de recém-nascido mal ter tempo de dormir, quanto mais de iniciar um relacionamento novo. Agora, o fato de possivelmente a esposa dele, que ela não conhece, sentir atração por outro homem é argumento para justificar traição? Na verdade todo sua argumentação pode ser resumida em apenas uma palavra: Egoísmo. Faça o que tem vontade e f** os outros. Infelizmente não vivemos em uma bolha. Nossas ações tem consequências. Pisar/usar o outro para satisfazer seu prazer temporário? Na minha opinião isso já tange caráter. Em tempo: acho que a Regina Navarro péssima. Não porque ela é favor de relacionamentos abertos etc etc, mas porque ela tenta pregar e impor essa ideia, ao menos nos textos dela que já li. Eu conheço um casal casado, em um relacionamento aberto, bem liberal mesmo, que se dão super bem! A fidelidade não existe, mas a lealdade com certeza. Mas sabe o que os torna assim de acordo com os próprios? honestidade e respeito. Será que isso existiria no caso do Chora 2? É algo a se refletir.

  59. Juliana17/04/18 • 13h59

    CHORA 2
    Miga, ja passei por algo muuuito parecido com o que vc está vivendo… inclusive tbm conheci o individuo na academia e fiquei, assim como vc, hipnotizada. Fiz o mesmo que vc… tentei me afastar, ser amiga, sofri horrores, me culpei um monte e chorava todos os dias. Vivi essa tortura, entre aproximações e tentativas de afastamento por 3 anos e te falo com propriedade: Corre que é cilada, Bino!
    Eu acreditava que ele era o amor da minha vida e tentava diminuir a dor da culpa pensando nisso… Ele, com certeza, foi o homem que mais amei na minha vida, mas o sofrimento e a culpa não valem a pena. Ele viva um relacionamento falido, mas não teve coragem nem atitude para resolver. Demorei todo esse tempo para conseguir desistir e seguir em frente… Hoje conheci outro e vivo o tipo de relacionamento que vc falou… gosto do meu namorado, tenho um namoro tranquilo, mas nada daquele sentimento louco que vivi com o da academia. E posso falar? Sou mais feliz assim… apesar do outro me bambear as pernas, não me fazia bem…
    Então, CORAGEM, FORÇA e cai fora, miga!!!!! Te garanto que a vida é muito melhor sem esse peso nas costas…

  60. Analice17/04/18 • 16h18

    2- até imagino seu frio na barriga e momentos de puro encantamento, mas, desenvolva em sua cabeça: ele termina o casamento, vc o namoro, enfrentam o desconforto, namoram, fazem um lindo casamento, engravida e tem um filho. Ah, mas, com você será diferente, não é? Tá certa disso? Vai dar conta da consciência? Jura que você admira esse cara?
    beijos boa sorte.

  61. Jessica17/04/18 • 22h25

    Gaby, o cara já casou, portanto entende-se que ele e a esposa aceitaram a monogâmica, certo? É respeitoso que uma terceira pessoa não interfira nesse acordo.
    Quem quer viver na farra, que fique por lá e não arrumar filho nem casamento.

  62. Ana Livia18/04/18 • 09h23

    Ela não atualiza mais o blog não??????
    Esqueceu que é blogueira-é-quem-tem blog, e não posta mais nada???
    Afffff.

  63. Bel18/04/18 • 09h44

    Conyyy, estamos com saudade de vc aqui..

  64. Ana18/04/18 • 11h07

    Caso 2: Aconteceu algo parecido comigo,tive envolvimento até sentimental c/ um kra que estava c/ a namorada gravida, isso tudo sem eu saber é claro, depois que ele me contou que era pai e tal, me pediu até em namoro nesse dia… eu senti um nojo dele tão grande, pelo fato dele estar iludindo 2 mulheres, como pode ele não sossegar durante 9 meses enquanto a mulher estava gravida, segundo ele a mulher até sumiu..Nisso eu pensei pra mulher sumir gravida dele, devia estar muito puta c/ ele só pode… Conclui que nem pra peguete ele servia prq um homem pra fazer isso c/ uma mulher gravida é um ser horrendo e sinceramente eu não mereço esse tipo de gente… Me coloquei no lugar dessa mulher grávida e me senti muito mal por ter contribuído para isso mesmo sem saber…

  65. lia18/04/18 • 11h37

    p/ moça que falou em relacionamento aberto:

    não tem problema algum viver um relacionamento aberto de comum acordo, mas quando duas pessoas estão sendo traídas não tem livro de dra. nenhuma nem evolução das relações afetivas que transforme essa sacanagem em algo normal

  66. Rafa18/04/18 • 13h16

    Para Gaby….. é muito fácil colocar “não me julgue” para justificar coisas erradas. Ah a pessoa não manda no sentimento. Não manda mais controla. Sabe discernir o certo e errado. Monogamia pode ser ultrapassado no seu conceito, mas creio que o casamento dele e o namoro dela não são pautados nestas regras, ou ela nem escreveria o chora. E errado sim, e falta de respeito sim, e sacanagem tanto com o namorado quanto com a esposa em pleno puerpério. Eu julgo sim, pra mim são dois vagabundos sem caráter, o marido e a mulher que se presta a este papel.

  67. Georgia18/04/18 • 14h09

    Sobre o caso 2: só consigo pensar que enquanto a mulher dele deve estar virada entre bebê, fraldas e casa, o cara está na academia e de Papinho contigo. Acredito que as meninas que tiveram experiência similares deram relato interessante para ti. Como filha de pai que aprontava, fica difícil não ficar chateada com essa história…

  68. Chic' Ana19/04/18 • 05h42

    Gostei bastante, não conhecia o blog =)
    Beijinhos

  69. Thaila Carolina19/04/18 • 11h08

    Como é difícil encontrar definições para o que sentimos, neh? Ainda bem que sempre existe aquelas pessoinhas que vão nos escutar. 🙂

  70. Aurora19/04/18 • 14h30

    Caso 2: Esse homem da academia é um safado, sem vergonha!
    Tenha honra querida e dê um sai pra lá nesse cara nojento.

  71. Filó19/04/18 • 19h03

    Chora 2: Nossa miga, te entendo tanto..estou numa situação bem parecida com a sua, só que o meu nao tem filho e eu sou casada tbm. Sei que tenho que sair fora, esquecer, fugir que é cilada, que vou sofrer..mas como é difícil. Super te entendo, tamo junto.

  72. Ju19/04/18 • 21h49

    Chora 1 – Resolva a situação em ÚLTIMO caso, conte a ele. Não tem a menor necessidade de contar. Ele paga suas contas por acaso?

    Chora 2 – Ele é casado e quem QUER da um jeito. Acredite.

    Chora 3 – Vc já passou por TANTA coisa. Precisa de mais uma? Saia de casa e coloque uma liminar que ele sai. Siga em frente com a sua vida. Se vc ficar na mesma casa com ele, vai acabar cedendo.

  73. Fabiane21/04/18 • 17h15

    estou arrepiada com a resposta da cony para verônica, quase chorei!!!! te amo conyyy

  74. Denise D.22/04/18 • 09h19

    O blog acabou ? Mudou de endereço ?

  75. Claudia22/04/18 • 13h23

    Chora 2: amiga, fuja disso! Não queira ser a pessoa que ajudou a destruir um casamento. Eu falo por experiência propria. Meu namorado me traiu com uma mulher casada, mãe de família. Um casamento destruído e uma relação destruída! Não sei o que eles sentem em relação a isso, pois estão juntos, mas te garanto que foi um sofrimento pra mim e pro marido! Não desejo isso pra ninguém! Bloqueie ele, tire ele da sua vida! Se vc tem seus princípios, siga-os. Tire ele da sua vida e tente seguir sua vida com quem te ama. Se o seu namorado não for essa pessoa, termine e siga, mas não procure esse cara comprometido mais. Além disso, ele não tem caráter, cometeria o mesmo de novo com vc.

  76. Priscila27/04/18 • 17h43

    Chora 3 – Um advogado pode ajudá-la nas questões. Sou advogada, mas não especializada em família. O que posso dizer é que vc pode ajuizar uma ação de separação de corpos, que é uma medida judicial para a saída ou a retirada de um dos cônjuges do lar conjugal, por autorização judicial. Mas isso pode te colocar em risco, enfim, vc precisa avaliar bem. E o advogado pode tb te ajudar com o contrato de locação. Talvez vc consiga rescindir sem pagar a multa.

  77. Marina28/04/18 • 21h48

    Chora 1: Não conte, Vcs nem se conhecem direito. E ele não tem nada a ver com seus problemas financeiros. Tá na hora de crescer. Vc ja sabe o que deu errado. Arrume a bagunça e fim. Eu cairia fora na hora se um namorado de 2 meses viesse me falar que está todo endividado.