Lifestyle
Decoração, Mi Casa Su Casa
26 nov 2017, 19 comentários

Mi casa, su casa – Cubas

E hoje no Mi casa, su casa, vamos falar de cubas! Porque esse é um trenzin que todo mundo usa, todo mundo precisa e só descobrimos a variedade quando sobra pra gente apontar o dedo e dizer: Essa aqui.

Antes vamos beber uma, conversar um pouquinho… Me contem: Onde foi que vocês miraram nessa Black Friday? Seguiram as dicas de patroa maraDivosa, Cony ?

Eu fiz uma compra daquelas – objeto de desejo, sabe? Vou pedir pra minha chefa postar lá no Instagram dela, o @futilish assim que chegar. Vai ser só uma foto porque é o que o orçamento permitiu.

E o drink da semana podia ser uma champagne, né? Mas visto que eu começo academia segunda feira, às 6:00…

Só não tenho renda para isso então, do fundo do meu coração, vou beber aquele canecão de café e mentalizar um Whey Protein Zero Carb.

Agora parando de Vanusear… O tema da cuba recorreu a semana inteira no escritório, talvez porque estejamos desenvolvendo 11 banheiros no momento.

#AmémJesus #MandaMaisJobQueNóyGosta

Logo, gruda na escova de dente e #vemkotio cuspir espuma pra todo lado!

As torneiras tem que ser compatíveis com o modelo escolhido, então já vou falar de qual eu prefiro junto com o tipo que for exemplificando.

Embutir

A cuba mais singela é essa. Ela é colada por baixo da pedra – geralmente granito – e pode ter diversos formatos e tamanhos.

Eu indico que qualquer cuba tenha pelo menos 15 centímetros de “bancada” de cada lado, pra poder apoiar coisas durante o uso (maquiagem, cremes, barbeadores…)

Isso quer dizer que, se o espaço da sua bancada  é de 60 centímetros (o mais comum no Brazeeeeeel) o ideal seria optar por uma cuba com 30 de largura. E é BEM difícil encontrar uma pequena assim. Mas tem uma redondinha de 31cm interno (36cm externo) que é incrivelmente boa. O preço dela é imbatível – aqui custa menos de 70 dinheiros – E vou logo adiantando que é o modelo L.41 Deca, vou mandar o boleto pra marca! (PS: Esse post não é publieditorial)

Agora vamos aos cuidados:

A empresa que fornecer a bancada de granito (ou inox, mármore/corian etc…) tem que ser muito atenciosa, porque o recorte para a cuba tem que ser bem feitinho, pois fica aparecendo.

A torneira com ela é legal que seja de bica alta e que não avance muito pro centro, pra você não ter que ficar desviando dela quando for lavar o rosto ou enxaguar a boca.

Sobrepor

Ela tem a mesma variedade de formatos, tamanhos que a de embutir, elas são irmãs na verdade. Algumas marcas até vendem o mesmo produto com ambas possibilidades de instalação, seja colada por baixo, ou por cima, deixando um “beiço” ao redor da pia.

Entendo que ela diminua a necessidade de um corte perfeito no acabamento da pedra… ela é um pouco maior então caso você reaproveite a bancada pode por esse modelo de sobrepor para não gastar rins em uma bancada nova.

Entretanto, esse modelo é sempre minha última opção, porque essa borda mais alta não permite que você jogue a água de volta pra dentro da cuba quando for lavar a bancada, ou qualquer respingo que caia fora.

Por isso o modelo de torneira jamais deve ser daqueles que giram. ou um modelo muito reto, que permitiria a água escorrer pelo pescocinho da bica e empoçar na bancada.

Tenho RANÇO (maiúsculo) dessas torneiras porque a minha fazia isso caso não fechasse ela com toda a força do meu ser. Molhava a bancada toda, escorria pela lateral do móvel, pingava no cesto de roupa e por fim, ensopava o tapetinho na saída do box. Aí você chega fazer aquele xixizão da madrugada ( sentado, para não errar a mira) e PLOF, plof, plof! Quase morre afogado naquele tapete cosplay de brejo.

Tatuem aí no antebraço: Torneira com rampa pra água: Não!

Apoio

A cuba de apoio é a que está mais na moda em Terra Brasilis. Ela é estilosa, aparecida e fica ali trepada sobre o móvel.

De novo, tem o problema de: como colocar a água que espirrou/derramou de volta pro lugar dela – dentro da pia – contudo, é uma bela opção para lavabos, porque nesse tipo de cômodo não acontece MUITA lambança. Outra vez a torneira não deve ser direcionável e um grande ponto a levar em consideração:

A altura na bancada é no máximo 91cm, mas no caso desse modelo de cuba, precisamos descer a pedra (ou qualquer que seja o material onde ela estará apoiada) para que a borda da cuba esteja a no máximo 91cm. Senão uma pessoa menor terá que virar um querubim pra escovar os dentes.

Encaixe / Semi encaixe

Esse tipo de produto veio salvar a gente … representantes humanos que tem mais de 4 dentes…  da incompetência de construtores/arquitetos/engenheiros. Quando estes abençoados esquecem que no lado da porta precisa de pelo menos 50cm pra instalar uma pia, ou que o giro da porta precisa de espaço, não tem salvação, precisa gastar um horror de dinheiros (pelo menos uns 300 reais) para não ter que lavar a mão no chuveiro.

Como podem ver na imagem, ela fica “pendurada” pra fora da bancada. Eu confesso que acho ela estilosa e já usei em projetos mesmo sem ter problema de profundidade. Ela também não facilita escoamento de água fugitiva.

Os cuidados com ela são:

Altura da base, e o tipo a torneira, que geralmente fica na cuba mesmo (como na foto) e não na pedra, então tem que ver se você precisa de 1, 2 ou 3 furos na mesa (topo da cuba) conforme o encanamento que terá.

Esculpida

Essa é a prima rica, aquela que compra tudo no débito.

É criada na próprio material que cria a bancada – eu já vi de vidro, e não recomendo – gosto muito dela em lavabos, porque se é pra fazer um bloco magnífico de pedra, deixe ele ser um bloco de pedra espetacular, e não um quadrado de mármore atochado em cima de um móvel recheado de papel higiênico, toalha, creme de rugas, talco pra chulé…

Os cuidados com esse tipo de cuba são mais específicos, as torneiras quando saem diretamente da parede precisam ser posicionadas com cuidado, para não ficarem vesgas em relação ao dreno. Caso o dreno seja oculto (#treva) já peça para deixar um acesso fácil que são as bandejas removíveis, porque VAI dar defeito. Vai entupir com fio de cabelo, vai ter “refluxo” com baba de creme dental…

E agora Fufuzada, por favor… independente do modelo, sempre pensem nos acabamentos em um tamanho que esconda os canos de esgoto e flexíveis de água.

Sifão aparecendo é um problema técnico: Não; só é feio pacas. É tipo meia furada. Cuidou tanto do look do dia e esqueceu que precisava cobrir as canelas.

Amo receber os comentários aqui e os e-mails também.

Não se segurem, me usem!

assilelo

 

Algumas das fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

Beijão!

 

 

Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
19 comentários em “Mi casa, su casa – Cubas”
  1. Natália26/11/17 • 17h28

    Cuba embutida é vida!
    No dia a dia é terrível essa sobreposta, apesar de muito bonita visualmente, mas a bancada fica permanentemente molhada! Escovar os dentes, lavar o rosto, tudo faz uma lambança.
    Tenho uma de apoio no lavabo e me arrependo. É linda, mas entre fechar a torneira e enxugar a mão, vai pingando na bancada e faz uma pocinha ali que nunca seca. Quando recebo muitas visitas, vai juntando água, pinga no chão, aí o tapete molha e vem a galera com o solado do sapato e carimba o tapete. Olha,fica nojento! É linda de ver, mas… não compraria de novo.

  2. Estela Schunck26/11/17 • 18h01

    Oi Lelo! Este post veio bem a calhar! Estou na dúvida sobre que Cuba usar… a que mais me apetece é a esculpida… vi umas bem bonitas em porcelanato.. e com a parte de dentro “removível” pra poder limpar com facilidade. O que achas? É uma boa opção pra banheiro (suíte) ou é furada ? Beijos e obrigado pelos posts irreverentes!

  3. Karina27/11/17 • 08h23

    Olha que coincidência! Minha mira de black friday foi direto para cuba + torneira. Estou morrendo de medo de ter comprado coisas incompatíveis com meu banheiro, meu encanamento. É que por enquanto vou esperar juntar mais uma verba para trocar a pedra do banheiro.

  4. Ju Freitas27/11/17 • 08h32

    Lelo, esculpida é maravilhosa, de rica mesmo!
    Fiz uma em mármore pro meu apto. Só achei bem ruim de limpar. Acumula mta sujeira nos cantinhos! =\

  5. Benaia27/11/17 • 08h34

    “PLOF, plof, plof! Quase morre afogado naquele tapete cosplay de brejo.”
    Morri aqui e ressuscitei só pra rir de novo hahahahahhahahahah e o pior de tudo é que é verdade. Trágico!

  6. Jah27/11/17 • 08h46

    Lelo, como sempre adorei seu post! Uma dúvida, qual a melhor altura de torneira para cuba de apoio, o ideal é aquela grande mesmo? Sempre imaginava que a direcionável era melhor pelo fato de usá-la na hora de lavar a bancada kkkkkk
    Como não gosto da embutida, sinceramente não estou sabendo escolher por causa da limpeza: como faz para que a água escorra sem estragar o gabinete de mdf fraquinho que fica em baixo? Estou usando de rodinha pq moro de aluguel, mas estou construindo minha casa e não sei como fazer. Pensei até em deixar o lavatório do lado de fora da parte íntima, você recomenda? Meu espaço é 2m x 3m. Seus posts são meu diário de obra, sempre passo por aqui pra ver sua opinião.

  7. Soraia27/11/17 • 09h59

    Eu tenho 1,57 e na casa de um família eu tenho que virar um querubim para escovar os dentes no banheiro dele que tem essa cuba para cima kkkkkkkkkkkkkkk

    • Soraia27/11/17 • 09h59

      *familiar

  8. Fany27/11/17 • 10h45

    Oi Lelo , adorei suas observações , como sempre. Acrescentaria a diferença de preço da Cubas de apoio! São muito mais caras! Já estava com saudades dos seus posts! Bjks, Fany

  9. Cecília27/11/17 • 10h59

    “Tatuem aí no antebraço: Torneira com rampa pra água: Não!”
    Lelo, a do meu apê (alugado) é a de embutir e a torneira, normal. O problema é a distância entre ela e a pia, que a obriga a agir dessa mesma forma demoníaca!… tive de abolir o tapetinho pra evitar o efeito-brejo. Identifiquei-me e, apesar de tudo, ri muito.

  10. Flavia27/11/17 • 13h52

    Coloquei embutida e não me arrependo. As outras são que nem chão branco, bonitas de ver em revista, no dia-a-dia são péssimas, e dão muito trabalho, molham tudo, tô fora!

  11. Bia27/11/17 • 14h35

    Me identifiquei demais com a história do querubim! Sempre sofro com cubas de apoio, não fica numa altura confortável pra mim. E também já cansei um pouco, tá em todos os lugares!
    A esculpida é que é o sonho de consumo! <3

  12. Cris Leite27/11/17 • 17h15

    Tio Lelo vc é o máximo!!! Se eu falar besteira me corrige tá? Mas só queria dar uma dica para nossas amigas fufus: quando comprarem a cuba, prestem atenção na torneira, a água tem que cair direcionada para o ‘buraco’ da cuba, se ficar próxima da parede vai molhar a bancada, se ficar depois do buraco, vai molhar vc!!! (Que tal um post sobre torneiras? ou já tem e eu tô comendo mosca?) As cubas esculpidas tem a vantagem de poder ser feitas de muitos modelos lindos, mas para limpar é horrível! Aqui em casa preferi as de apoio, não tenho problema nenhum com elas. Bjooooooo

  13. Ana Carolina28/11/17 • 01h54

    Odeio cuba de sobrepor com todas as minha forças! Por que raios as pessoas não usam a boa e velha de embutir? Não fica respingo de água, não corre o risco de quebrar, de vc se bater nas quinas. Gente, os clássicos não se tornam clássicos por acaso.
    DESABAFEI!

  14. Claudia Soares28/11/17 • 11h27

    Lelo…então qual seria a solução para não deixar o sifão aparecendo no caso do lavabo,que geralmente não tem armários?!!!

    • mari04/01/18 • 00h36

      tbm nao entendi

  15. Laura28/11/17 • 13h35

    Lelo!!!
    Concordo em gênero, número e grau!!! Pia tem que ser de EMBUTIR!!! As demais é modinha, frescura que não tem fundamento!! Sempre respinga, empoça, o ó!!!
    Estou reformando minha casa e já decidi.
    A cuba esculpida em mármore, já tive no meu lavabo, mas depois fiquei pensando: não é meio over?? Tipo, esbanjadora demais?
    Pensei em, nessa reforma, colocar apenas lavabo uma cuba de sobrepor (realmente a danada fica mais bonita), mas face aos depoimentos (teu e das amigas fufus), já desisti!!

  16. Bruna29/11/17 • 23h18

    Lelo! Comprei um rack e um buffet na black fraude(mentira, os descontos foram bons). Ambos tem pés estilo retro, o que vc acha?? Optei por eles porque meu espaço é pequeno, e tenho a impressão que móveis “até o chao” aparentam ocupar muito espaço no ambiente! Tipo um caixão de cemitério kkkkk Vc concorda? Sei que vai ficar um estilo mais moderninho, e quero aproveitar para pedir uma dica sobre quadros. Acima do sofá, qual deve ser a largura do quadro? Vi que vc respondeu essa dúvida sobre prateleira (largura do sofa menos os braços), segue o mesmo raciocínio??
    Obrigada tio querido desde já <3

  17. Antonia30/11/17 • 19h46

    Lelo, adoro os teus posts! Quero fazer uma reforma no banheiro aqui de casa e gostaria de reaproveitar o granito que tem uma cuba de embutir colorida. Quero trocar a cuba por uma branca, será que é possível descolar a antiga e trocar por uma nova?