LifestyleComportamento
Bem Estar, Cotidiano
01 nov 2017, 68 comentários

E Aí Bravinha???

Ontem me diverti muito nos Stories do Instagram. Amei o tanto que a gente interagiu!

Resumindo para quem não viu: semana passada, um amigo (amigo mesmo viu? Não é peguete) me disse que eu tinha CARA DE BRAVA. Já tinham me falado isso algumas vezes antes,mas fiquei encucada desta vez… O que seria uma cara de brava? Justo agora que tô me achando bem mais engraçadinha, mais light, converso com todo mundo, tô até simpaticona, coisa que nunca fui! E continuo com cara de brava???

Enfim, fiz uma enquete e a maioria respondeu que SIM, EU TENHO CARA DE BRAVA. Caraca, mas isso é bom ou ruim??? Recebi vários comentários, muitos de mulheres que sofrem do mesmo “mal” e escutei algumas coisas interessantes:

  • Não é cara de brava, é cara de séria! Que não fica rindo pra todo mundo.
  • Toda mulher mais forte, tem essa cara.
  • Passa personalidade forte, poder, algumas até falaram em sensualidade.
  • Cara de quem não leva desaforo pra casa.
  • É melhor ter cara de brava do que de boazinha, pois as pessoas não se atrevem tanto.
  • Assusta os homens!!!
  • Cara de brava impõe limite! E afasta os frouxos kkkk
  • É mais verdadeiro ter cara de brava que de fofinha. A fofinha quer agradar todo mundo. (Verdade e, pelo menos eu, não confio em quem sorri o tempo todo)
  • Cara de brava é coisa de mulher bem resolvida, segura e que não passa desapercebida
  • Cara de quem é prática e objetiva
  • Cara brava ou séria, passa sofisticação!

 

Achei engraçado o monte de análises e quantas mulheres também se identificaram com minha cara de brava. Mas ó, eu não sou brava, sou boazinha! ahahahaha, ok, um pouco brava, bem direta, detesto mimimi, não sou muito carinhosa, mas tenho um coração bom, acreditem rs. Amo praticidade e detesto enrolação! Acho que isso me faz ter essa postura mais séria e outra, meu tom de voz é bravo, hahahaha, pronto juntou tudo!

Uma leitora, Leilyane que está fazendo um curso de visagismo, ainda foi além. Vou copiar o comentário dela:

“Dentro do visagismo existe o conceito de temperamento, onde através das feições do indivíduo você pode IMAGINAR como é sua personalidade. Você (no caso eu, Constanza) apesar de ter feições predominantemente melancólicas, também tem traços coléricos e acho que é isso que dá a impressão de cara de brava. O temperamento colérico além dessa impressão de força também transmite muita sensualidade. Algumas personalidades com traços coléricos são Angelina Jolie, Thaila Ayala, Carolina Dieckmann. Os traços melancólicos transmitem suavidade. São caracterizados por linhas curvas (no meu caso, o rosto arredondado e a boca pequena). Geralmente são pessoas bem sociáveis, do tipo que dão bons conselhos (OPA, OLHA O CHORA APARECENDO AÍ!), mas são boas mesmo em escutar, de modo que ainda guardam algum mistério sobre si. Também são criativas e ligadas em artes. Os coléricos são pura objetividade (sabia!), não gostam de explicações minuciosas e preferem ir direto ao ponto. São sociáveis, principalmente com seu círculo mais íntimo. Tem espírito de liderança e bastante sensualidade. É o tipo de pessoa que não precisa falar muito para que os outros lhe deem atenção. As características físicas são os traços mais retos (minha testa ampla, olhos e sobrancelhas mais retos e nariz pequeno).”

Arrasou Leilyane, me vi em muita coisa aí! Bacana esse tal de visagismo hein?

Já teve outra vertente que falou muito sobre o RESTING BITCH FACE, mas acredito que não seja o meu caso. O famoso Resting Bitch Face, é a expressão facial de pessoas que, quando relaxadas, aparentam estar de “saco cheio”, sem paciência, doidas pra ir embora, pouco interessadas. A cara blasé, ou a cara de koo kkkk. E não é proposital não! É a expressa facial natural que faz a pessoa aparentar isso mesmo! Tem todo um estudo sobre isso, do porque e do que faz a pessoa ter RBF. Eu acho que tenho cara de séria mesmo e não blasé… Sei lá.

Enfim, como falei acima, tem muitos prós, principalmente o de impor um limite natural e involuntário para quem quer te passar pra trás ou zoar, mas por outro lado, é chato ouvir o tempo todo perguntas como: Tá tudo bem? Você tá com raiva? Fiz alguma coisa errado? Aconteceu algo? Por que você está com essa cara? Sorria um pouco!!! Mas gente, EU TÔ NORMAL!!!!

E a tal da Resting Bitch Face tem até estudo científico! Sim, não é apenas um jeito de zoar quem tem cara de boxxxxta, mas sim é uma coisa séria que até os cientistas resolveram estudar:

Achei isso: pessoas com expressão normal, têm cerca de 3% de outros traços e expressões no rosto (felicidade, tristeza, raiva, surpresa, medo, nojo, desprezo)

Já as minhas migues do Resting Bitch Face, tem quase o dobro das outras expressões no rosto quando relaxadas! Ou seja, somos mais intensas em relação aos sentimentos kkkkk

Então, nem é tão ruim ter cara de brava! Afasta o que não presta, o que nos quer fazer mal, impõe limites e a gente ainda parece que é a dona da poha toda. Mal sabem que somos boazinhas…

  • Ri MUITO com este post! E como uma leitora disse, a cara é de brava, mas o coração é de mocinha!!! Quem mais aí se identifica com a CARA DE BRAVA? E já passou por algo engraçado ou curioso por causa disso???
Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
68 comentários em “E Aí Bravinha???”
  1. Alana Demori Conte01/11/17 • 16h04

    Conyy, me identifiquei!! haha muitos boys, amigas e até pessoas desconhecidas dizem que sou antipática a primeira vista e que tenho cara de braba e por isso não se aproximam kkk só que não, muitas vezes estou feliz, super de boa, só talvez não demonstro. E também sou um pouco tímida, talvez isso seja mal interpretado… Minha mãe me cobra muito isso, mas como digo pra ela, não estou concorrendo a miss simpatia, não preciso sair sorrindo e sendo falsa na rua pra todo mundo que passar…. acho que é o jeito de cada um mesmo… Beijoss

    • Amanda01/11/17 • 19h59

      Eu na vida! Kkkkkk

  2. Tatiana01/11/17 • 16h05

    Eu tenho essa cara de brava! Sempre estão me perguntando se estou bem e pq estou tão séria . É um pouco chato, pq na minha cabeça to pensando em unicórnios e fadas voando, mas por fora pareço estar com raiva

    • Constanza01/11/17 • 16h16

      Igual eu! hahahaha

  3. Viviane01/11/17 • 16h13

    Cony como ja te falei em varios “ao vivo” que vc faz,meu sonho da vida é te conhecer,mas acho que na hora ali,nao teria coragem,justamente pela sua cara de “brava”.
    Ate achei estranho quando vc disse,nossa ontem eu dancei muito(diga-se de passagem que na minha cabeça dançar muito seria,vc rindo muito,vc bem alegre!).

  4. Camila01/11/17 • 16h23

    Me identifiquei! Sempre ouco q sou muito brava, muito seria rs E acho q como vc, tb me vejo uma pessoa bem normal, faco brincadeiras, falo com td mundo rsrs No meu caso acho q meu tom de voz grave contribui muito pra essa impressao, alem de ser muito mais uma pessoa de ouvir do que de se abrir… acho bem interessante sabermos como as pessoas nos veem! Muito legal isso de visagismo, nunca tinha ouvido falar, vou pesquisar sobre. Bjs!

  5. 01/11/17 • 16h34

    Passo pela mesma situação… Todo mundo diz que tenho cara de braba, séria e metida. Mas sou um amor! Só não fico me abrindo para estranhos. E isso é ótimo para afastar pessoas mal intencionadas (não que seja 100% eficaz, mas ajuda bastante).

  6. Lola01/11/17 • 16h36

    Como eu te respondi no stories, também tenho cara de brava, séria e provavelmente o RBF. Sempre me perguntam porque tô com raiva, o que aconteceu e etc. E também tenho o jeito de falar um pouquinho grossa, mesmo que eu não ache que tô sendo, não sou lá muito carinhosa logo de cara, odeio enrolação, mas juro que sou legal quando me conhecem, sério, sou muito fiel e amiga.
    Ninguém se mete com a gente, não tentam nos fazer de boba, passar pra trás, acabam pensando que somos ainda mais inteligentes, poderosas, sofisticadas, qualquer make nos deixa com carão, é MARA!! hahah
    Nunca trocaria minha cara de brava por cara de boazinha, amo ser vilã. Melhor ainda, meu nome é Paola + carão, me chamam de Paola Bracho <3

  7. GRAZIELA MARTINS01/11/17 • 16h44

    Também tenho cara de brava, mas é porque costumo ser séria na vida em geral, embora tenha um super senso de humor (sou a palhaçona da turma); mas meu marido até hoje (depois de 13 anos debaixo do mesmo teto) pergunta 599 vezes por dia: – Tu estás brava? Tá tudo bem? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tadinho, tenho dó dele, porque ele tá sempre pisando em ovos; mas ele sabe que na verdade sou uma palhaçona, brincalhona e super bem humorada, mas meu rosto sério passa sempre essa impressão; e sim, qdo necessário: SOU BRAVA! grande bj (acho vc mais com cara de séria do que de brava, e sua mãe tbém tem esse mesmo semblante)

  8. Soraia01/11/17 • 16h46

    Eu sou o contrário, tenho cara e jeito de fofa mas não sou tããão fofa como pensam e isso também não é muuuito legal kkk

  9. Bianca01/11/17 • 16h54

    Eu todinha!! Desde pequena me dizem que tenho cara de brava, perguntam se tá tudo bem…
    Com certeza isso dificulta a aproximação de pessoas, até mesmo pra fazer amizades. Mas com o tempo aprendi a não me importar com os comentários sobre minha expressão de brava, acho até bom justamente pelo que vc disse: isso afasta gente tonta, os frouxos, e impõe limites. Talvez eu seja mesmo um pouco brava kkkkkkkk

  10. Lilian01/11/17 • 17h11

    Eu tô é morta…kkkkk….sou bem assim também. As vezes estou trabalhando daí me perguntam: vc está brava? Pq essa testa franzida?

  11. Gabriela01/11/17 • 17h51

    Todas as pessoas que conheço, que não são família, já me disseram em algum momento que me achavam antipática demais antes de me conhecer. Hoje me acham palhaça. A família…me acha antipática e palhaça. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  12. Priscila01/11/17 • 17h58

    Hahahahahahaha
    O POST DA MINHA VIDA!!!!!!
    Super me identifiquei!
    E de uns tempos pra cá tenho escutado horrores de quem acaba de me conhecer e ganha um pouco de intimidade de que eu tenho cara de brava, jeito de brava, voz de brava, que dá medo falar comigo. E sem contar que eu não sou nada delicada, falo alto, sou toda grandona, então assusta demais a primeira vista. Mas depois que me conhecem, me acham um amor de pessoa. e quem me conhece há anos, não tem a mesma impressão e diz que nunca teve essa impressão de mim.
    Não sou nada fofa, meiga, de fazer charminho, com meu namorado tenho um jeito meio bruto que ele não está acostumado, mas agora entende que sou uma mulher resolvida, que não fica dependendo dele pra ir buscar nos lugares (pq eu tenho o meu carro e vou. Não dependo dele pra isso), já que ele estava habituado com mulheres meiguinhas, fofinhas e dependentes, mas que no fim das contas mostravam-se pouco confiáveis.

    Sinceramente, antes, falar que eu tinha cara de brava me incomodava, mas hoje eu acho o máximo, assumi isso pra mim, a idade nos trás uma autoconfiança que meio que pouco importa o que a grande massa pensa sobre nós. E isso te encucou pq foi alguém que vc gosta e confia disse e te coube uma reflexão.

    Tamo juntas Cony!!!!

  13. Ana Paula Moura Saran01/11/17 • 19h27

    Lembrei de um dia do ano passado. Era minha 2° aula com um determinado professor e ele já virou pra mim e disse “por que você está triste? Ou é só sua cara mesmo?”. É bem isso. Tenho traços de base melancólica.
    E, ainda, certo dia estava conversando com um amigo sobre pessoas que aparentam estar felizes quase sempre. Ele virou pra mim e disse “É Ana, você não tem cara de quem é feliz, mas tem cara de ser sincera, de quem tá meio foda-se…”. Olha as pontas coléricas aí.
    Não foi a primeira vez e nem segunda vez que escutei coisas do tipo, mas é bom saber que o que eu repasso condiz com parte da realidade, rs.

  14. Hallini01/11/17 • 19h38

    Me identifiquei :). ” é chato ouvir o tempo todo perguntas como: Tá tudo bem? Você tá com raiva? Fiz alguma coisa errado? Aconteceu algo? Por que você está com essa cara? Sorria um pouco!!! Mas gente, EU TÔ NORMAL!!!!”. Sempre com os melhores assuntos. De futilidades o Fufu não tem nada!, é muita cultura informação; é VIDA REAL. bj

  15. Claudia01/11/17 • 19h44

    Meus Deus…Escutei isto a vida inteira.Como vc, estou desde 2013 tentando mudar este primeiro impacto nas pessoas. Mas todos foram infrutíferos ….Fiz até botox… Não adiantou. Então assumi. Sou brava sim! Tenho opinião? Sim!Só estou mais quieta e guardando minha opinião para quem me é importante! Porque mudar algo que Deus me deu! Acho que Ele é muito mais inteligente que eu para entender este motivo…

    • Rosângela02/11/17 • 13h39

      Claudia,
      Nem te conheço , não vi sua cara e já te achei muito BRAVA kkkkkkkkrsrsrsrsrsrsr

  16. Marina01/11/17 • 19h58

    Durante minha vida inteira escutei que tenho cara de brava, inclusive na adolescência, chamavam eu e minha irmã de “pitbull e rottwailer” … vê se pode? Hoje em dia renderia um bom processo por bullyng! Ou se fossemos realmente bravas, sairiamos mordendo e matando todo mundo!

    Eu até sou “bravinha”, como boa escorpiana que sou, mas sempre quando tenho motivos e/ou razão. (salvo na TPM)

    As pessoas na verdade confundem seriedade com braveza! E eu assumidamente tenho um semblante, uma fisionomia mais séria, pois minha sobrancelha é reta, minha testa é curta, meu tom de voz é alto … e eu não tenho o sorriso fácil, solto e relaxado estampado 24hs na cara … o que não quer dizer que eu não seja ou esteja feliz!

    As parte mais chata é quando alguém vem pra te conhecer e ja fala: “nossa, você é brava hein”? Aí nessas horas dá vontade de dar uma má resposta, mas aí eu estaria atestando a blasfemia,rs!

    Enfim, foi algo que já me incomodou e entristeceu bastante, porque aqui dentro bate um coração não de Pitbull e sim de um Spitz Alemão! E me permito usar analogia que caracteriza esse caõzinho: dócil e lindo! Aprecia brincadeiras, sendo divertida e companheira, pode ser atrevida, sem agressão!É muito reservada e desconfiada com pessoas desconhecidas. Apresenta maior facilidade para amizades com espécies diversas, é fiel de forma completa aos “donos”. É alerta e corajoso!

  17. Verónica oliveira01/11/17 • 20h50

    Já quero o contato da moça do visagismo aí!!! AMEI o relaot

  18. Margareth Andrade01/11/17 • 21h17

    Cony, vivo ouvindo que tenho cara de brava. Um dia dei de cara cmg no espelho de uma loja e assustei, era praticamente uma carranca! Mtas vezes me livra de furadas, mas tb afasta coisas boas, pq as pessoas têm um misto de medo e respeito. No fim, acabo achando bom!!! “A cara é de brava mas o coração é de princesa”

  19. Luiza01/11/17 • 21h29

    Amei o post!!! Vi o stories e até votei na enquete pq super me identifico. Mas eu acho que somos bravas sim. Toda essa descrição sua e das meninas nos comentarios eu tenho: achava q vc era metida, vc ta triste (meu olhar é super melancolico), vc é brava assim o tempo todo.. e ainda sou baixinha, entao sempre ouvi “baixinha e invocada”. um grande amigo SEMPRE disse e continua dizendo q tem medo de mim. Na adolescencia eu gostava, hj em dia nao gosto e passei a administrar.
    Acho q nosso rosto e reaçoes é dificil de mexer para mudar isso, mas afinal nao acho q sou boazinha nao. Sou legal e simpatica com quem acho q devo ser, com os outros mantenho minha feição q por vezes afasta.
    o q me faz muito mal e tento mudar há anooooos é minha intonação na fala. Gente, ja tive muito muito muito, mas muitos problemas mesmo por conta disso. DRs com namorado, choros com meu pai, problemas com chefe.. tudo por eu achar q estou sendo clara e educada e quem está me ouvindo receber td como grosseria.
    Hj consigo perceber qd faço isso e logo peço desculpas, mas um caso o outro ainda passa.
    Cony, sempre q assisto suas live percebo sua intonaçao de voz parecida com a minha e acaba parecendo ríspida, grossa, brava.
    Eu suuuper entendo, mas acredito q a maioria das pessoas nao e aí já nos classificam de metida, brava, chata.
    Acredito q td seja aprendizagem e forma de lidar tanto nossa qto das pessoas com as quais convivemos.

  20. Fran01/11/17 • 21h49

    Sempre ouço:
    “Nossa quando te conheçi te achava uma insuportável por causa da sua cara”
    Ledo engano! Mas é bom que não dá liberdade pro Ze Povinho! Kkkkkkkkk

  21. Cristina01/11/17 • 22h10

    Fiz essa mesma reflexão esses dias. Sou uma pessoa que anda com a cara mais fechada, não fico com os sorrisos no lábio o tempo todo, e na academia é a mesma coisa. Já observei que não sou a única por lá, as pessoas vão, fazem seus exercícios e pronto, sem a necessidade de risinhos no rosto. Mas esses dias um dos instrutores chegou comigo e comentou: “você fica bonita com essa cara mais séria” e eu rebati: “séria?” E comecei a rir já que é a minha cara normal. Desde então me pego pensando nisso.

  22. Cyndy Cuiabana01/11/17 • 22h50

    aiiii gente que inveja de vocês, eu tenho carinha fofa,tenho traços infantis, sou sorridente, gaiata e educadinha ou seja ninguém me leva a serio, e nas produções mais sofisticas ou fica parecendo “perua pobre” ou que peguei emprestado da minha mãe… 🙁

    Vivem perguntando para o meu marido para o desespero dele se “sou filha” kkkk a diferença é só 12 anos mas ele tem cara de bravo e eu de bebe.

    Beijussss para a bloqueira com cara de brava mais amada!

    • Soraia03/11/17 • 10h27

      Huahuahuau somos duuuuas então
      Sou do time das que tem cara de fofa, voz de fofa, vivo fazendo brincadeiras e dando risada, e para complementar sou baixinha. Masssss lá dentro a gente tem uns pensamentos neeeem tão fofos e meigos assim kkkkkkkkkk

  23. ana01/11/17 • 23h04

    tambem me identifiquei. pessoas que conheço e não conheço me falam isso. sou mega brincalhona quando ganham minha intimidade,mas até lá fico me resguardando e me “defendendo” atras da minha cara brava,acho. pensava nisso dia desses, já escutei andando na rua (desde a adolescência) algumas vezes homens falando: “por que tão brava?”, como uma cantada. isso fazia eu fechar mais meu semblante. problematizando: sempre odiei cantadas e achava que me fazer de brava ou séria me defendia um pouco desse desconforto que é levar cantadas na rua ou no trabalho. queria que me respeitassem…enfim.

  24. Jacqueline Almeida de Souza01/11/17 • 23h18

    Super me identifiquei com a Priscila ( comentário #13 ) ‘ É o post da minha vida’. Uma design de sobrancelhas uma vez sugeriu-me que eu mudasse o formato das minhas para que eu parecesse ‘ boazinha’. E semana passada a gerente do supermercado que eu costumo comprar veio até mim e perguntou se havia acontecido alguma coisa que ela pudesse resolver porque eu estava com cara de brava! Tava tudo ótimo, eu estava pensando no pudim que eu iria fazer!!!!!!!

  25. Kaa02/11/17 • 10h34

    Queria eu ter cara de brava!
    Até a adolescência nas minhas fotos de perfil eu parecia uma tonta, pateta.
    Agora que passei dos 35 tenho cara de triste ou com nojinho… por causa da boca caída, olhos caídos, enfim… muito melhor parecer brava.
    Será que lifting resolve?! Porque passar 100% do dia sorrindo não dá…

  26. Path02/11/17 • 11h35

    Eu! Hahaha já me falaram que tenho cara de brava ou séria. Na verdade eu sou uma pessoa que ri fácil, sorridente, mas quando estou com o rosto normal relaxado, minha cara é de brava/séria. Nunca vi um post sobre isso haha

  27. Mara Rosana Araujo02/11/17 • 18h15

    Muito eu tudo isso!!!!
    Essa semana perguntei para uma paciente se estava tudo bem, eis que veio sua resposta: “Pra melhorar, só falta um sorriso no seu rostinho lindo”…. mas essa cara de séria é meu natural, caramba!
    As pessoas não entendem, e como tbm não sou de mimimi, prefiro minha seriedade mesmo

  28. Virginia Medeiros02/11/17 • 18h35

    Tambem ouço o tempo todo que tenho cara de mal humorada e de chata. O pior nisso é ser julgada pelas pessoas sem ao menos elas nos conhecerem, pq infelizmente a primeira impressão é a que fica!!! Mas fica uma situação complicada pq como vou me forçar a ter uma personalidade que não tenho só pra agradar terceiros ? Ainda bem que lendo o post e os comentários das outras leitoras, vi que não sou só eu no mundo kkkkkkkkkkk bjs

  29. Isabela02/11/17 • 19h19

    já me disseram que eu tenho “cara de rica”, perguntei pq, já que tô bemmmm longe de ser rica e a pessoa falou que é pq sou mais séria, nao fico rindo à toa, e que tenho a tal da “resting bitch face” HAHAHAHAHAAH adorei, cara de rica é tudo!

  30. Cassi Janes02/11/17 • 20h53

    Acho que isso é um pouco cultural também. Eu sou assim também, já tive problemas até no trabalho, e no fundo sou brava mesmo e grossa quando me enchem o saco. Aí me mudei pra Argentina e o humor dos “gallegos” é o pior que o mais mal humorado brasileiro…. E aqui eu sou super simpática. Sou tao sorridente para os padrões argentinos que eu tenho que me conter com os homens aqui, por que isso de muito sorriso e simpatia eles entendem como se você tivesse a fim deles kkkkk. Aqui se você não tem a faca na bota passam por cima de você!!!

  31. Vanessa02/11/17 • 22h04

    Eu tb tenho cara de brava; tento de verdade ter uma aparência sociável (não de boazinha, mas simpática na medida). Deve existir,né ? A visagista mencionada poderia opinar sobre ter uma aparência simpática mas firme, sem ser carranca. Dá umas dicas mesmo.

  32. Luciana02/11/17 • 22h07

    Me identifiquei, pois sempre escutei isso. Principalmente dos boy!! Kkkkk…fico com essa fisionomia em momentos que exigem mais seriedade ou quando estou fazendo alguma coisa que não exige interação com outras pessoas, tipo só andando em algum lugar, perdida em meus pensamentos. Mas no meu caso também sempre recebi elogios pelo sorriso, e depois de algum tempo passei a observar o efeito que ele causa nas pessoas. Mas agora sabemos que não estamos sozinhas.

  33. Michele Cruz03/11/17 • 07h58

    Me lembrei da Jennifer Lawrence dizendo que ainda não se acostumou a não ficar rindo o tempo todo para os homens. Esse tipo de comentário ninguém faz em relação aos homens,que na sua maioria tem cara de coo, mas esses caras de coo acham que as mulheres têm sempre que rir para a cara deles.

  34. Val Ribeiro03/11/17 • 08h48

    Cony!! me indentifiquei super com vc…kkk
    quando tinhas uns 20 anos isso me incomodava muito,as pessoas não se aproximarem e acharem que eu sempre estava com cara de brava, mas hoje em dia eu nem me importo a gente vai amadurecendo e não se preocupando mas com julgamentos alheios…

    Pior que acompanho o blog a algum tempo e sempre penso nossa as outras blogueiras são tao caras de simpáticas sorrisos … já vc meio diferentona kkk mas cara não consigo ficar um dia sem dar uma espiada no blog ou no insta kkk porque o seu conteúdo é muito bom..é variado e tem uma pegada de humor meio acido kkk so de ler os seus post já imagino vc conversando kkk mas na minha opinião isso que te faz diferente das outras blogueiras…esse jeitão meio PA direto kkk… E eu achava que pessoas como nos, não seriam apropriadas para fazer um trabalho assim como o seu para o publico… olha eu errada ai…mulher vc arrasa…curto de montão futilist.

  35. Suyan03/11/17 • 09h21

    Nossaaa!!!! me identifiquei mtooo!!! Na balada TODOS os caras falavam que eu tinha cara de brava e mtos se afastavam por causa disso, mais é que não fico rindo pra todo mundo (salvo qdo bebo umas a mais…kkkk). Quem me conhece mais a fundo sabe que sou super engraçada e risonha, mais isso só para os íntimos. Me senti feliz com esse post pois vi que não sou a única que sofre com esse “problema”…rsrs…

    Bjosss Cony!!

  36. Ca03/11/17 • 10h12

    Cara, eu sou o contrário. rsrsrs… Mas o engraçado é que sempre namorei os caras “com cara de sérios”. Aqueles que as pessoas tem dificuldade de se aproximarem pq parecem sérios, mas no fundo são tímidos tb e reservados. Cheguei a essa conclusão agora. rs

  37. Jéssica Diane03/11/17 • 10h54

    Aaah, muita gente me fala que tenho cara de brava tbm, mas no fundo tô distraíiiida pensando no que vou comer. shauhsuahus

  38. Yo03/11/17 • 11h08

    Meu Deus!! Não sabia dessa expressão bitch resting face!!
    Eu passo por isso constantemente, inclusive, já escutei de vários amigos proximos que, antes de me conhecerem, me achavam com cara de nojenta, pq tenho essa famigerada cara blasé, de quem está analisando de maneira debochada o outro. Ok, as vezes, de fato, eu estou fazendo isso mesmo (hahahah), mas na maioria das vezes, estou de boas, pensando em memes, videos de filhotinhos e afins 😀

  39. Luana03/11/17 • 11h50

    Nunca tinha ouvido falar sobre esses temperamentos do visagismo – fui pesquisar e achei tao interessante! Super me identifiquei com a personalidade fleumatica – associada ao elemento agua, sao as pessoas introspectivas por natureza, mas que vivem bem em seu proprio mundinho. Detestam confrontos (eu!!!). Nao sao competitivos (eu tambem). Detestam incomodar porque detestam serem incomodados (muito eu isso!!!).

    • Constanza03/11/17 • 15h26

      Mt legal ne?

  40. Michele03/11/17 • 13h22

    Eu não. Sou Meg Ryan naquele filme French Kiss: triste, cara fechada. Feliz, sorridente.
    Sou um ser transparente.
    O que vc chama de cara de cara de brava, eu acho cara de rycah. Rycah não sorri o tempo todo para não marcar o bigode chinês…ha ha ha ha
    O meu está igual ao do Jack Nickholson no Batman dos anos 80. Quando eu morrer vao ouvir meus risos tb…hahahahahahah

  41. Luciana03/11/17 • 14h04

    Que bacana esse post!
    O mais interessante para mim foi ver que os dois tipos de rosto/personalidade sofrem preconceitos por serem como são, ainda que isso não corresponda à realidade:
    As com cara fechada sofrem pré-julgamento por serem tachadas de antipáticas e bravas.
    As com cara sorridente são recebidas com pé atrás, ou tachadas de tontas ou pouco confiáveis.
    No final das contas cada lado sofre bastante com os rótulos colocados sobre si, e muitas vezes fazemos esse pré-julgamento sem nem perceber.
    Acho que não há muito o que se fazer, a não ser tentar se importar menos com o julgamento alheio e mais com o que você realmente é por dentro.

    • Soraia03/11/17 • 16h33

      Luciana, concluí que esse negócio de auto aceitação não se trata somente de estética, é sobre tudo, então resolvi não sofrer mais com nada huahuahuah.
      Seu comentário é muito pertinente.

      • Luciana03/11/17 • 20h56

        Obrigada Soraia. Não é fácil, mas acho super importante isso que vc falou, auto aceitação e dar menos importância ao julgamento alheio. Bjos!

    • Adriana06/11/17 • 17h02

      Comentário sensato e maduro. Adorei, parabéns!

  42. Joana03/11/17 • 14h09

    E o contato da moça do visagismo gente?!?!?
    Pre-ci-so!!!!!

  43. Giorgia03/11/17 • 14h53

    A vida toda sempre tive fama de antipática. Depois que me conheciam, sempre me diziam que eu era muito legal!!! Adoooro ter essa cara de brava, exatamente pq acho que ja faz uma “seleção natural” das pessoas que vão se aproximar de mim. Mas no fundo sou uma pessoa muito boa, que quer o bem de todos, digamos que só não passo essa imagem, as vezes até tenho preguiça de interagir e fazendo essa cara me facilita a vida(hahahahahah).

  44. Olivia03/11/17 • 15h13

    Também sempre ouço isso!

    Mas na real? Eu gosto, acho que passa segurança e confiança. Profissionalmente falando, é ótimo.

    Bjos.

  45. Maira03/11/17 • 16h57

    Sei bem como é isso Cony.

    Como você, sempre tive cara de brava e com o agravante de antipática…rs, confesso que a fama de brava nem posso me defender muito, a carapuça me serviu por muitos anos, hoje, com a idade batendo a porta, a gente vai relevando algumas coisas e dando menos importância a outras, que só percebemos quando a idade chega. Já a cara de antipática, coisa que aliás nunca fui, a maioria das pessoas que me conheciam, depois sempre diziam que eu não tinha nada de antipática, muito pelo contrário.

    Acho que esse lance de você ser brava ou ter cara de brava é bem o julgamento que todo mundo faz do outro a primeira vista (oia eu) e que quando conhecem, percebem que estavam super erradas, acredito que no seu caso, nem é cara de brava e sim de séria, cara de uma pessoa muito bem resolvida que sabe o que quer pra vida e que não tem um pingo de paciência pras coisas “inhas” da vida…explico…rs…gente chatinha, picuinhas, nervosinhas e por aí vai.

    Bjocas

    • Constanza03/11/17 • 17h54

      Bem isso!

  46. Liza03/11/17 • 20h08

    Cara de brava, triste, pensativa, professora (?) rs ouço isso todo dia, depois que as pessoas me conhecem falam que não sou nada como a minha cara rs aliás, qdo as pessoas me apresentam falam: Ela tem cara de brava mas é legal.. fazer o que nasci assim e não acho natural ficar sorrindo o tempo todo… pra minha cara ficaria falso. Eu acho a cara de brava até divertido principalmente perto de pessoas inseguras (má) já ouvi pessoas falando, ai não sei se ela gosta de mim, minha resposta de gente brava, se eu gostasse vc saberia.

    Cony, acabei de voltar do Atacama, vontade de ficar por lá, mas até os guias me perguntavam algumas vezes, vcs está gostando? não parece kkkk

  47. Taynara03/11/17 • 20h57

    Resumo da minha vida. Outro dia tava tomando cerveja com um pessoal que estudou comigo na faculdade e uma menina que era de outra turma estava trilouca e começou a puxar papo cmg.. acabou falando “todo mundo fala q você tem cara de mal comida, mas eu sempre falei que você pode ter cara de mal comida, mas pelo menos é na sua” kkkkkkk mas tambéms acho que esse semblante mais fechado, por mais q não deixe eu ser a pessoa mais popular do mundo, também me livre de várias coisas ruins, entre elas assédio.. quando eu era estagiária tive chefes (casados inclusive) que tentavam coisas com varias colegas, mas comigo ninguém nunca falou nada… e olha, não me acho feia nao, mas a cara de cool espanta os boy lixo! enfim, como tudo na vida, lado positivo e negativo ne…

  48. Sofia04/11/17 • 01h08

    Eu sou o contrário… Sou brava, mas tenho um jeito de me expressar fofinho, com riso fácil e voz fina, desde sempre. Aí as pessoas acham que eu vou concordar com tudo, principalmente os homens. Pensando seriamente em procurar um psicólogo ou um coach, para parar de passar essa impressão. Quero ter cara de brava! kkk

  49. Dry Moraes05/11/17 • 14h40

    Eu tenho cara de brava and levanto uma sobrancelha and geralmente estou com “bico” (beicinho pra frente, sabe?) hahahaha. Mas geralmente to dando gargalhada alta.
    Nunca te achei com cara de brava! Sempre te achei séria, mas não brava. Quando vc começou a gravar vídeos no YT eu te achei fofa… sei la. Timidazinha, mas fofa. Ainda mais quando recebi uma caixinha sua com um bilhetinho ♥ (nunca vou me esquecer). Tem cara de ser aquelas amigas que mandam a real, tipo:”VC TA FAZENDO PAPEL DE TROUXA, SE MANCA!” hahahaha LInda!

  50. Rafaella05/11/17 • 20h31

    Oxeeee, DIRETO me falam isso! Já escutei tanto: você deveria sorrir mais, parece que está com raiva” (isso quando eu tô mó de boa).

    E eu sou super tranquila! Boazinha! Meio impaciente, mas boazinha! Hehehehe. Quando alguém fala isso aí sim eu começo a ficar brava, hehehehehe

    Mas, enfim, acho que é a seleção natural funcionando na minha vida. Afasta os “frouxos”. kkkk

  51. Jess06/11/17 • 08h54

    Cony, vc é a “eu” chilena! ahhaaha
    Tenho cara de brava, tom de voz de brava, sou impositiva, pouco carinhosa mas boa pessoa…
    Acho que mulheres bem resolvidas são sérias, objetivas e fica do lado quem é igual. Acho que dá uma classe ser assim…
    Sofro bastante com a coisa do “cara de nojentinha”, de “brava” etc., até pq não sou de me abrir de primeira, qdo estou em um grupo que não conheço ngm, ou conheço pouca gente… E

  52. Mariana06/11/17 • 10h37

    Nossa, Cony! Me identifiquei super!
    E ainda tem mais… sou conhecido como “a grossa” por causa do meu jeito de falar um pouco “agressivo”, mas é apenas meu jeito de falar ahhaha
    Passo muito aperto!
    Inclusive estou fazendo terapia pra ver se eu melhoro um pouco e passo uma imagem melhor kkkkk

    • Mariana06/11/17 • 10h38

      conhecida*

  53. Flavinha06/11/17 • 14h11

    Sei como é. Todo mundo diz que eu tenho cara de brava e eu não to… to absolutamente normal.
    Eu acredito que o que faz piorar isso é a expressão entre as sobrancelhas, mas, de novo, não to brava, é só a expressão que infelizmente eu tenho…. uma vez coloquei botox na testa por causa disso, queria por de novo. Quem sabe um dia.

  54. Andréia06/11/17 • 15h31

    Esse post é muito “eu”! Gostei demais…

  55. Nanci06/11/17 • 16h38

    Chorei com o cara de koo!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  56. Bianca Valentim07/11/17 • 09h57

    Eu lembro até hoje de um cara falando que eu tinha cara de brava e ficava rindo igual um retardado na minha frente presumindo que o sorriso dele me faria sorrir também. Se f*deu porque eu continuei com a minha magnifica expressão de “tô cagando”, ele ficou SUPER sem graça e nunca mais fez aquilo de novo. Porém, das vezes seguintes, passou a me tratar com mais respeito!

    A cara de brava te coloca numa posição de igualdade perante os machos abusados!!! Eles não são burros, e sabem que com aquela ali não se mexe! hehe

  57. Nathália10/11/17 • 17h46

    Noooossa!!! Essa sou eu desde sempre!
    Mas além de brava também ouvi muito que pareço ser metida!
    Mas juro que não sou metida! Sou uma pessoa legal! Mas de opinião forte!