04
Oct 2017
Chora Que Eu Te Escuto!!!
Chora Que Eu Te Escuto

Gente que vácuo foi esse que deixei vocês???

COMO ASSIM CONSTANZA QUASE UMA SEMANA SEM POSTS???

Pra quem não sabe, semana passada a Rice & Beans tomou conta da minha vida. Uma semana sem dormir, loucura total e não consegui vir aqui postar nada. Provavelmente muita gente não saiba do que se trata mas nem é o momento de contar rsrsrs. Só falei no Instagram e já foi o suficiente para parar minha vida… imagina quando eu contar aqui desse meu mais novo projeto? Vamos com calma, vamos esperar reposição de estoque e daí sim, dou a noticia completa.

Hoje é quarta e lembrei do tanto que vocês amam o Chora. Vamos lá?

Caso 01 – Andromeda

Olá Cony.

Acredito que meu chora é um pouco diferente, então vamos lá.

Namoro há quase dois anos. Tenho 28 anos e ele 37. Ele é do signo de câncer e sei que você também é desse signo, mas tenho que deixar um adendo: cancerianos  são super difíceis de lidar, tudo é drama e tempestade rs. Uma hora meu namorado fala que me ama e sou o amor da vida dele, na outra hora quer terminar. E ele especificamente é bem chatinho,  metódico e não gosta de ser contrariado, além de ser super turco, ( desde que nos conhecemos sempre dividimos as contas, meu primeiro presente de dia dos namorados foi o Ó,  nem tanto pelo valor, mas pela falta de atenção).

Detalhe que ele ganha quase umas dez vezes  mais que eu, mas como sempre fui independente, a avareza nem me importa tanto  e até que consegui algumas melhoras no decorrer desse tempo. Uma observação é que ele já foi casado e é cheio de traumas. Quando me contava as histórias de vítima dele até ficava com pena, mas depois que o conheci melhor,  percebi que ele não enxerga os seus erros, que muito do que ele me contava, eu acabei visualizando que a ex tinha razão e ele se recusa a aprender com o passado. Pois bem, eu gosto muito mais de sexo do que ele, normalmente só nos vemos no fim de semana e fazemos só uma vez, pra mim é pouco e ele tem ciência, mas melhora um tempo e depois volta a morosidade de novo. Não sei se isso é culpa da idade.

Enfim, comecei com as coisas negativas,  mas também tem várias positivas. Ele é uma pessoa do bem,  sempre que precisei ele estava lá,  temos a mesma profissão, então ele me ajuda muito, gostamos de sair, de balada, de jantares e a família dele é maravilhosa e todos me adoram,  sem modéstia. Apesar de nos vermos só no fim de semana, ele sempre está presente, só que pelo whats. Ele também é super sincero, não me esconde nada e nunca me deu motivo para desconfiar de qualquer coisa, por isso, tenho muito tranquilidade quanto a possibilidade de traições,  coisa que nunca tive na vida. Já tivemos algumas brigas por coisas pequenas e ele dramátizando tudo já me falou que queria terminar algumas vezes , mas só eu mandar uma msg que ele diz que me ama e volta, ou seja, essa relação só vai ter fim qdo eu quiser. O ponto é que as últimas brigas ocorrem porque sempre fui muito moleca e sempre brinquei com meus namorados chamando de gordo, de zuado, nenhum nunca se importou, só que este não gosta e quando o chamo de velho então,  ele vira uma fera. As vezes as brincadeiras ocorrem entre conhecidos e da última vez que aconteceu ele me deu um ultimato: se acontecer de novo sozinhos ou em público ele termina comigo e agora senti que é sério. Falando sinceramente, sou bonita e ele é feio para os padrões de hoje Como a minha vida inteira eu brinquei assim, as vezes não me controlo. Por vezes acho que é muito mimimi por parte dele porque as brigas são feias para pouca coisa, mas as vezes acho que ele sente diminuído por ser feinho e acho que axagero.

A verdade é que estou cansada de briguinhas por pouca coisa e estou em dúvida se vale a pena levar essa relação é tentar se acertar, mesmo com todos esses pontos que citei. Não duvido que ele me ama, pois faz tudo por mim  ( desde que não envolva valores), mas parece que vivo em uma montanha russa porque ele é muito instável. Gostaria da sua opinião e das leitoras.

Amiga, ELE É DE CANCER!!! Boa sorte. rsrsrs Brincadeira, mas ó, cancerianos são tipo isso mesmo… cheios de mimimi, de draminhas, de chantagem emocional, mas ó… altamente manipuladores. Hum… eu bem sei kkkkk Não tem pessoas mais dedicadas e amorosas mas o preço disso nem é alto, é CHATO mesmo. Mas você também se controle… se sabe que tem algo que chateia ele e só depende de você pra isso acabar, o que que custa maneirar na forma “carinhosa” de chamar ele de velho? Pense que isso realmente pode ser algo que o incomoda e outra, você disse “eu sou bonita e ele feio”, será que não tá rolando aí aquelas brincadeirinhas chatas que sem querer querendo acabam diminuindo o outro??? Enfim, o que mais preocupa nessa relação é o pão durismo dele. Dividir seu primeiro presente de aniversario? AMIGA, ISSO É UM SINAL, E GRAVÍSSIMO! Eu prestaria mais atenção nisso do que nas crises de pelanca dele. Se você o ama e acha que vale a pena, aprenda a lidar com os mimimis eternos. Mas o fato dele ser pão duro desse jeito, isso sim pode piorar e te trazer grandes problemas futuramente. Observe.

Caso 02 – Columba

Oi Cony, tudo bem?

Estou com um probleminha pequeno, mas é meio chato e queria conselhos. Ano passado terminei um relacionamento longo, e esse ano, em fevereiro, conheci meu namorado. Ele é uma pessoa maravilhosa, muito carinhoso, bom de cama, com uma família super atenciosa que me adora, já fala do nosso futuro juntos. Enfim, quanto a nós dois está tudo perfeito e eu não poderia estar mais feliz.
 
Porém… ele tem uma ex, que namorou com ele antes de mim durante 8 anos. Além disso, ela sempre foi amiga dele, eles se conheceram no parquinho com 4 anos de idade e depois estudaram juntos até o ensino médio. Pelo que entendi, ele foi o primeiro e único homem relevante na vida dela, parece que foi com ele que ela perdeu a virgindade, por exemplo. Todos dizem que ela é boazinha, um amor de pessoa, porém um pouco insossa, sem gracinha. Nunca conheci pessoalmente.
 
Eles terminaram no meio do ano passado, e nunca tiveram recaídas, mas continuaram se falando porque tinham muito hábito de conversar sempre. Até aí eu acho tudo muito natural. É normal a gente conversar com os ex, e mesmo manter o carinho se tudo terminar de forma amigável, né?
 
O problema é que agora ela deu para insistir em falar com ele com mais frequência, tendo inclusive insistido para eles se encontrarem pessoalmente umas 3 vezes. Nesses encontros, ela sempre manda papos estranhos. No primeiro falou sobre como os relacionamentos estão falidos, como está difícil encontrar alguém legal e amor verdadeiro nesses tempos de Tinder. Disse que tinha medo de não viver mais algo como eles viveram. No segundo falou que ouviu dizer que eu falava mal e debochava dela, sendo que nunca fiz nada disso e o meu namorado fez questão de desmentir e dizer que eu era uma boa pessoa e que respeitava muito ela (tudo verdade). No terceiro parece que ela fez um desabafo dizendo que estava fazendo análise, que não estava feliz.
 
Enfim, eu estou achando que ela está querendo voltar, mas provavelmente não está dizendo isso de forma direta porque acha antiético ou não tem coragem. Meu namorado sempre me conta quando precisa encontrar com ela, diz que sabe que não é legal e que para ele também é chato, mas que deve isso em respeito à história deles, mesmo porque antes de namorar eles eram amigos da infância. E diz de uma forma que parece ser verdade que ela é passado, que eu sou a mulher da vida dele, que me ama de um jeito que ele nunca sentiu antes. A mãe dele também disse que me amou à primeira vista e que nunca viu meu namorado tão feliz.
 
Minha dúvida é: eu tomo alguma atitude em relação à ex? Acho que pedir para ele não encontrar mais com ela passaria uma imagem controladora que não combina muito comigo. No fundo eu acredito que ele não quer mais nada com ela, mas a situação toda ainda me incomoda. Vale gastar energia com isso, ou tento deixar para lá? O que faço?

MAS ÓBVIO QUE ESSA MULHER QUER VOLTAR COM ELE! Mais claro do que isso impossível. Eu acho. E esse papinho que “ah, ela é minha amiga de infância, e merece atenção pela nossa historia” me irritou. Se tá te incomodando e ele sabe disso, deveria falar com ela para manter a distância e ELA RESPEITAR o novo relacionamento de vocês. Sei não… Ah e não ache que porque agradou a mãe dele de primeira que isso significa alguma coisa. Seu relacionamento é com ele, nada importa ou tem peso quando vem de terceiros, independente de quem seja. Euzínea daria um mini piti, com firmeza e bem sincerona: “Amor, é o seguinte, não quero mais essa mulher se intrometendo na nossa vida. Passado é passado, não gosto, não quero, e não vou permitir vocês de papinho de “amigos””. Amigos que namoraram 8 anos e terminaram há apenas um ano? E ainda por cima cria intrigas com você?. Deu né miga? Se posicione já antes que ela peça pra ver filme com vocês no domingo a noite. Affff, folgada.

Caso 03 – Ursa

Bom, eu sempre fui uma mulher independente, gosto da minha própria companhia, fiz viagens, fui a shows, baladas e barzinhos, tudo sozinha ou com amigas e amigos solteiros e adorava curtir a vida adoidada. Saia e fazia sexo com quem eu queria, tinha uns “P.A.s”, beijava mesmo, e quando não estava afim, não fazia nada. Enfim, a solteira convicta e feliz.
Até que conheci meu atual marido, e depois de altos e baixos num relacionamento de 4 anos, ambos fizemos terapia, resolvemos nossos problemas e hoje somos casados, muito felizes e extremamente companheiros em tudo. T-U-D-O!
Mas… sempre tem um “mas”…
Há alguns dias em uma rede social “trombei” com um crush da época do colégio que eu não via tinha uns 8 anos. E aquilo mexeu comigo. Aliás, em 2017 eu já esbarrei com uns 3 “ex”. hehe
Mas enfim, elogio daqui, rasgação de seda acolá, rolou aquela levantada no ego e na autoestima e eu me vi combinando de me encontrar com ele, com o coração disparado de emoção. Mas desmarquei na última hora.
Ele está casado e com uma filha, e eu também estou casada (e muito bem casada, diga-se de passagem). Ou seja, eu percebi a cagada que estaria fazendo.
Mas tanto dessa vez quanto das outras que encontrei outros ex eu me perguntei se eu tinha feito a escolha certa, e como eu estaria se ainda fosse solteira. Eu gostava muito mesmo da vida que eu levava.
A minha dúvida é: alguém aqui já passou por essa fase? Como fez pra se livrar dela? O que eu estou precisando é tomar vergonha na cara?Entendam que nem passa pela minha cabeça eu me separar, amo meu marido e pretendo ficar com ele pra sempre. Só queria saber como lidar melhor com esse meu momento nostalgia. hehe

Nossa migue, como te entendo. Eu tô vivendo minha fase de solteira, de verdadeiramente solteira, pela primeira vez na vida e NUNCA ME DIVERTI TANTO! Juro que fico pensando em como será quando eu me relacionar de novo com alguém. Tem que ser alguém MUITO phoda para me convencer que existe estado melhor de espirito do que este que me encontro. Mas… cada escolha, uma renúncia. Se você casou, tá felizona, nem pensa em separar, miga, sossega o facho. Já aproveitou o que podia então agora foca na vida de casada que é a única alternativa que você tem. E agradeça que tem um bofe que te acompanha em tudo, ou seja, a diversão continua garantida.  E ó… sobre ter feito a escolha certa ou errada, leia sua última frase: “nem passa pela minha cabeça eu me separar, amo meu marido e pretendo ficar com ele pra sempre. ” Tá tudo lindo né nega? Então, quieta aí.

 

  • Curti esse Chora! Tá angustiada com alguma coisa e precisa de conselhos amigos? Vem cá, senta aqui do lado, fala o que sente esse seu coraçãozinho aflito. Mande seu Chora para constanza@futilish.com e no assunto CHORA QUE EU TE ESCUTO. Seja resumida ok?
83 Comentários
  1. #1
    Vanessa
    04.10.2017 - 11:31

    Columba passei pelo mesmo problema que vc quando comecei a namorar meu marido. Tinha uma ex que era muito legal e boazinha mas ficava ligando pra ele pedindo ajuda com os problemas dela e tals.
    Quando fomos apresentadas ela mal olhou na minha cara e fez questao de ficar falando de coisas que remetesse ao namoro dos dois…
    Até um dia que ela ligou enquanto estávamos no meio de uma transa bem da boa ..Ahhh fiquei p da vida e intimei meu namorado a dar jeito nisso.
    Disse para meu namorado na época ” olha eu posso ate ter cara de palhaça mas de palhaça eu nao tenho nada. Sei ser fina quando quero mas desço a lata de agua na cabeça ladeira abaixo se for preciso. Ou vc poe um limite nessa criatura ou ponho eu.”

    Sei de nada, só sei que nunca mais ela ligou nem apareceu.. kkkkkk
    Hoje talvez eu teria feito diferente mas olha, vou te falar, se o cara te ama mesmo e preserva o relacionamento de voces ele vai dar um chega pra la nessa garota ai.

  2. #2
    Patrícia
    04.10.2017 - 11:50

    Andromeda,

    Tente se colocar um pouco no lugar do seu namorado em relação às brincadeiras. Talvez não seja só drama da parte dele, ninguém gosta de ser debochado o tempo todo, principalmente na frente de terceiros.
    Outra coisa, lendo algumas das coisas que você disse, tive a impressão que você subestima um pouco ele.
    “mas só eu mandar uma msg que ele diz que me ama e volta, ou seja, essa relação só vai ter fim qdo eu quiser”
    “Falando sinceramente, sou bonita e ele é feio para os padrões de hoje”
    Mais uma vez, se coloque no lugar do outro.
    Se não acha ele “suficiente” pra você, melhor terminar mesmo!

    • #3
      Iraci
      04.10.2017 - 14:21

      Concordo!
      Eu senti um super egoismo aí, a frase do ultimo caso se encaixaria perfeitamente.
      Eu tive uma “amiga” uma época que adorava fazer isso comigo, dava um jeito de me ridicularizar e me chamar de chata em todos os assuntos que tivessem conversando no momento. Quando conversei e pedi pra ela parar ela disse que nem percebia e nem lembrava que ja havia feito algo. Acontece que depois que reclamei ela se afastou 100%, dando a certeza de que ela só estava por perto pra liberar veneno.
      Nao gosto de definir ninguem pelo signo, mas eu como boa escorpoiana já teria rodado a bahiana e colocado o namorado no lugar dele. Ninguém é melhor que ninguém.
      E sinceramente eu nem namoraria com alguém que eu saisse por ai falando que a pessoa é feia e chata.

    • #4
      Renata
      04.10.2017 - 15:28

      Concordo plenamente!

      Eu não suportaria alguém me diminuindo ou se achando mais que eu. Se acha que merece mais, melhor terminar ao invés de ficar fazendo “brincadeiras”.

  3. #5
    Priscila
    04.10.2017 - 12:02

    1º Caso: Se alguém te chamar de gorda, magrela, ou qq ponto fisico seu que seja seu maior incomodo, como você se sentiria? A partir disso, você consegue entender se é mimimi ou se realmente a tempestade poderia ser prevenida.

    2º Caso: Eu sou a pessoa mais desencanada do universo, mas aprendi que toda insossa na verdade é uma sonsa pronta pra dar o bote. Ela tá louca pra voltar pro seu namorado e só você não percebe.

    3º Caso: Cada escolha, uma renúncia. Se você é casada, pra que vai marcar encontro pra rever ex e sem o seu atual. Como você se sentiria se o seu marido fizesse o mesmo? Você aproveitou a sua vida de solteira de maneira plena e diz estar feliz no casamento, pra que vai querer rever ex só porque veio como papinho de “como você tá bonita”. Homem é homem em qq fase da vida.

  4. #6
    Danielle Rocha
    04.10.2017 - 12:26

    Concordo com todos os conselhos da Cony, mas quando terminei de ler o caso da Andromeda já respondi na hora: você é muito chata! Se meu namorado mesmo que brincando usa qualquer defeito meu ou me diminui na frente dos outros LÓGICO que haverá briga, coisa desnecessária e infantil. E achei muito pequeno o comentário de ele “ser feio para os padrões de hoje”, sério mesmo??!

    • #7
      Luciane
      04.10.2017 - 14:30

      Gente, pensei isso… Infantilidade e chatice. Se a pessoa não gosta de algum apelido, ou brincadeira,evita.. Pq precisa dessas coisinhas pra irritar os outros…

  5. #8
    Lu
    04.10.2017 - 12:33

    Como o primeiro caso me representa, você definiu meu relacionamento até na avareza..hahaha. Só que ele não é Canceriano, ele é um Ariano, e acho que foi mimado demais na infância. Sempre rola um draminha, mas é com explosão de ariano. Também não sei o que fazer não, o Sexo eu tenho tentado melhorar, mas a frequência é essa daí de uma semana, sinto falta, eu tenho 32 e ele 35, meio que já me acostumei. Mas eu esperava uma maior frequência. Fico refletindo seriamente se quero continuar meu relacionamento com ele devido a essas explosões, a esses términos. A situação dele financeiramente falando não está boa mesmo não, é diferente do seu, mas a avareza meu Deus, socorro! Nunca tive namorado que me bancasse, estou super acostumada com dividir contas e até acho que não é obrigação, mas o que me preocupa é se eu casar como é que vai ser a vida né?! Estou justamente analisando o ponto que a Cony citou para vc observar. Vou aguardar o comentário das colegas de Blog

  6. #9
    Ju
    04.10.2017 - 12:44

    Meu marido é canceriano! Me identifiquei com muita coisa que vc disse viu! Esse caranguejo tem um lado lindo mas não é brincadeira não!!!

    • #10
      Ju
      04.10.2017 - 17:02

      Oi Ju, tb sou Ju.
      Mas no resto, discordamos… Com respeito.
      Sou de cancer e pouco me identifico com o já li sobre o signo, quem gosta de atrologia diz que pareço com leao ou aries.
      E isso me irrita, pq vejo pessoas julgando as outras por causa de signo, pessoas dizendo q não tem culpa de suas atitudes pq é do signo dela e pessoas fingindo o q não são só para dizer q parecem com signo…
      Eu sou o q sou, seu marido é quem ele é.
      E pelo o q li no texto da Andromeda, e me desculpe, mas a desnecessária é ela. Se ser tratada dessa forma e achar errado é fazer tempestada em copo dágua, acho q devo ser canceriana raiz entao.

  7. #11
    Lili
    04.10.2017 - 12:59

    Caso 1: poxa, gente, eu sou canceriana, mas não sou nada disso aí não. Draminha a toa? DRs infinitas? Mimimi e briguinhas? Acho que isso vem da pessoa e não do signo dela… ou seja, é seu namorado que é chato mesmo! E, pelo seu relato, não tá disposto a mudar…

    Superado isso, você realmente o ama? Porque vc disse q ele te ama duas vezes no seu relato, mas não consigo ver o seu amor nas suas palavras. Parece que é mais conveniência… Não tô dizendo que vc tá errada ou algo assim, só te digo pra pensar no real motivo de vc querer ficar com ele. É amor? Vc quer ficar com ele mesmo que ele não mude? Não se iluda pensando que ele vai mudar algumas características dele…
    Depois de pensar nos reais motivos e nas suas reais vontades, tome sua decisão. Parece que vc até agora sopesou muito os fatos, mas eu acho que vc tem que sopesar sentimentos e desejos mais profundos. Processo de autoconhecimento, sabe? Boa sorte!

    Caso 2: CLARO QUE ESSA MULHER QUER VOLTAR!
    Só q vc tá em desvantagem por ser a namorada recente e ela ser a “amiga” SQN de infância dele, então acho desnecessário bater de frente, mesmo porque vc disse que não é da sua personalidade.

    O seu namorado acha que conhece mais a ex do q vc, então o melhor é vc usar isso pra influenciar e manipular seu namorado de um jeito bom. Vou te explicar:

    Diga q acha q a fulana demonstra estar sofrendo, q está muito apegada ao passado e, por isso, não vai conseguir construir o futuro q ela merece.
    Diga q é muito legal a amizade deles, mas q talvez ele devesse se distanciar por algum tempo, pelo bem da ex, até ela se desvincular do passado.
    Diga q amizade verdadeira se preocupa mais com o bem da pessoa a longo prazo e que se distanciar agora não vai diminuir a força da amizade de infância etc.
    Diga q a fulana merece conhecer um novo cara e ter um relacionamento novo tão bacana quanto o de vcs. Que é mais fácil pra ele (que já está em um novo relacionamento com vc) do que pra fulana seguir em frente.

    Enfim, usa o carinho q ele tem por ela a seu favor. Eu acho q isso pode ser mais proveitoso do q bater de frente.

    Cony, discordando do seu conselho, não acho q seja melhor falar direto com a ex. Se essa ex estiver realmente disposta a qualquer coisa pra reatar, vai entender a msg como insegurança da atual e usar como combustível. Se a ex for manipuladora (e parece ser), vai acabar jogando o ex contra a atual. Vai ter mimimi de q a atual quer arruinar a amizade de infância blá blá blá….

    Acho que manipular o manipulador é uma jogada mais eficiente.

    • #12
      Constanza
      04.10.2017 - 13:47

      Eu falei pra ela falar direto c a ex??

      • #13
        Lili
        04.10.2017 - 14:09

        Foi mal, Cony, é que eu tinha entendido isso ao ler o seguinte trecho:
        “Se tá te incomodando e ele sabe disso, deveria falar com ela para manter a distância e ELA RESPEITAR o novo relacionamento de vocês.”

        Só que eu reli e entendi que “ele deveria”. Sorry!

        • #14
          Constanza
          05.10.2017 - 10:11

          Eh ele msm, acho q foi errado

    • #15
      Andromeda
      06.10.2017 - 21:38

      Que comentário ótimo , me tocou.
      Vc não vê amor em minhas palavras pq sempre fui uma desgraça pra demonstrar sentimentos..rs
      Eu o amo sim, acho que precisamos de ajustes de ambos os lados e com todos esses comentários, vou fazer minha parte; )

  8. #16
    Izabela
    04.10.2017 - 13:18

    Columba, por experiência própria, vc tem que se impor e já, acabar com essa festa da ex. Ora, quem termina um namoro longo não tem direito de ficar encontrando com o ex e sendo amiguinha. Sério, abre seu olho que essa daí quer é te roubar o bofe.
    E outra, quem termina e segue em frente não fica de papinho com ex, evita ao máximo o contato, mantém somente as cordialidades quando se encontram ao acaso.

  9. #17
    Ana
    04.10.2017 - 13:25

    Columba, já fui muito de boa assim, mas hoje eu vejo que vc deve explanar seus pontos de vistas, e comece a se importar prq querida não comece a medir as pessoas por vc e em como vc reagiria, nem sempre… sai como vc pensa e as pessoas são passiveis de falhas…e que falhas… cuida de quem vc se importa…

  10. #18
    Mil
    04.10.2017 - 13:46

    Andromeda, baixa a bola amiga!
    Pelo seu relato, você parece bem antipática e se acha demais, diminuiu seu namorado o tempo todo no texto…
    Acho que você que ta precisando organizar as ideias na cabeça, ninguém (dramático ou não) gosta de ser diminuído o tempo inteiro, ainda mais na frente dos outros.
    Como disse nossa amiga Patrícia aí acima “Se não acha ele “suficiente” pra você, melhor terminar mesmo!”.

  11. #19
    fatimaX
    04.10.2017 - 13:49

    Poxa…nao tenho instagran… chateada pq ter ficado em segundo plano.

  12. #20
    Daiane
    04.10.2017 - 14:09

    Columba – Amizade e ex é coisa que não combina, o relato da Ursa está aí de prova. Corta o mal pela raiz, ela que procure um novo ombro pra chorar pq esse já tem dona.

    Ursa – Sossega o facho, quando vc escolhe se casar e se relacionar apenas com uma pessoa é isso que vc tem que fazer. É tiro no pé falar com ex e marcar encontrinho.
    Se vc não pensa em largar o marido, corta os laços da vida de solteira, principalmente os boys antigos, isso so vai acabar com seu casamento.

  13. #21
    Andromeda
    04.10.2017 - 14:10

    Cony sua linda, publicou meu chora, sabia que vc ia me entender.
    Amei o seu retorno e é bem isso que faço ultimamente: deixo causar, esperniar, desabafar, fazer DR até a criatura ficar mais calma hahaha
    Estou adorando ler os comentários gente.
    É outra perspectiva.
    Obrigada a todas.

    • #22
      Rúbia
      05.10.2017 - 13:38

      Acho ótimo o conselho da Cony!
      Tenta não tirar brincadeiras que diminuam seu parceiro, isso é muito chato! Como dizia meu pai, se não tem uma coisa boa pra falar de alguém, melhor ficar calado… Isso machuca e é desnecessário, jamais ficaria com uma pessoa que fizesse isso comigo, por mais “brincadeira” que fosse…

    • #23
      Rúbia
      05.10.2017 - 13:51

      Ahh, e cuidado, a última pessoa que vi falando isso:”…essa relação só vai ter fim qdo eu quiser…”, levou um belo chute…

    • #24
      Raquel
      05.10.2017 - 14:26

      Andromeda,
      Coloque-se no lugar do seu namorado… vocês gostaria que ele ficasse te chamando de feia? Ah, esqueci, você disse que é bonita né? Tão bonita que ele não tem interesse em sexo! Não é meio contraditório?? E não coloque a culpa na idade pois o meu tem a mesma idade que ele e quer sexo todos os dias! Ah, e pare de chamar ele de velho porque ele nem é velho. Você que é imatura!

    • #25
      Andromeda
      06.10.2017 - 21:46

      Obrigada Rubia.
      Vou parar com brincadeiras que acabam por diminuir meu namorado.
      E pra Raquel, acredito que quando uma pessoa pede a outra em namoro é pq tem tesão não é?
      E outra, não se apegue ao fato de eu ter me descrito como bonita.
      Se aparência fosse requisito pra sexo, gente feia não procriava né?
      E por fim, não acho que 37 anos é ser Velho, como disse, eram brincadeiras.
      Já sai com caras que eram máquina e são mais novos e mais velhos Rs por isso estranho essa preguiça dele pra sexo.
      Bjs.

  14. #26
    Vivi
    04.10.2017 - 14:14

    Columba – abre o olho com essa sonsa. Logo menos ela vai começar (se é que já não faz isso) a apelar para a “história que eles construíram” e pode dar o bote justamente por esse respeito que seu namorado tem pelo passado. Ele não tem que se sentir culpado por não estar com ela. Se fosse comigo, eu seria firme, sem ser barraqueira. Afinal, ele precisa mesmo é respeitar quem está com ele – no caso, vc.

    Ursa – acho que uma boa maneira de superar isso é, logo que a “tentação” aparecer, começar a pensar nas consequências de ceder. Fazer um exercício mental, pensar em como VC mesma se sentiria depois, de como iria encarar seu marido, as famílias, etc….

  15. #27
    Mariana
    04.10.2017 - 14:54

    Ursa, como te entendo! Meu Deus do céu!!
    Me peguei esses dias pensando sobre a minha antiga vida de solteira e como era bom… E hoje casada me vejo feliz, com um maridão phoda masssss com um pouco de saudades da época de solteira.
    Mas acho que com o tempo passa… mas confesso que comecei a pensar mais depois que casei no civil. Quando só morávamos juntos, era mais “de boa”. Assinou o papel já era! kkkkkk
    Até brinco que nunca mais serei SOLTEIRA, mas posso ser divorciada kkkkkkkkkkkkkk

    • #28
      Ursa
      05.10.2017 - 13:28

      Que bom saber que não estou sozinha nessa!
      Às vezes eu também me pego lembrando da época de solteira, mas parece que tem horas que a saudade “aperta” mais kkkkk… não que a vida de casada não seja boa. Muito pelo contrário. Só é diferente… BEM diferente! hehe
      Obrigada pelo seu comentário.

  16. #29
    Mirella
    04.10.2017 - 15:24

    Columba, passei pela mesma coisa no meu relacionamento. A ex era amiga da família e eles continuaram a ter contato, mas sinceramente não liguei muito. Só que ela começou a forçar amizade, perguntando o que ele via em mim, postando no facebook que estava com saudade da época da escola com ele, questionando se ele realmente me amava. Até que ela postou uma foto dele dando um beijo na bochecha dela da época que namoravam com a legenda “saudades menino ♥”. Foi o ponto final e pedi para ele cortar toda e qualquer relação com ela.
    Então, por experiência, acho que ela está com ciúmes por ver o ex feliz com outra e quer só acabar com isso, mesmo sem querer mesmo ficar com ele. Coloca um ponto final nisso antes que você não consiga mais administrar.

  17. #30
    Marina
    04.10.2017 - 15:53

    Gente, meu ultimo namorado terminou comigo recentemente. Usou depressão como desculpa para espaço, depois notificou por whatsapp que já tinha terminado e para completar o baile ficou com outra menina nesse mesmo dia.
    Ego ferido de lado e como leitora frequente dos choras, o que eu queria escrever aqui é como é difícil para nós enxergarmos coisas erradas no relacionamento e comportamentos abusivos durante o período do amor e que brotam na nossa cara quando chega o fim. Eu acho que está na hora de deixarmos de lado a desculpa “é o jeito dele” para justificar coisas que não nos agradam enquanto passamos por cima do que queremos.

    • #31
      Denise
      08.10.2017 - 23:22

      Sábias palavras, Marina. Quando a gente tá no relacionamento, atribui desleixo e desrespeito como “jeito”. E não pode ser assim, não!
      Sou casada há anos. Já tive excelentes conselhos da Cony.
      Hoje, a respeito do que vc disse: lembrei da minha cunhada. O primeiro marido dela aparentemente a amava muito. Mas vivia a diminuindo. E ela, aguentando.
      Um dia, com um comentário qualquer que ele fez, ela carregou os filhos da casa e foi embora. Ele ficou desnorteado, tentou voltar, implorou. Mas ela cansou desse “jeito” dele. E hoje, está feliz com um baita parceirão, que a respeita, admira e trata como uma princesa.
      Hoje ela diz: “estou feliz, mas me arrependo muito de não ter feito um estrago quando ele fez a primeira “brincadeira”. Eu teria sofrido menos e talvez até, o casamento não tivesse acabado”.
      COncordo com ela e com vc. Eu tb já engoli muito desrespeito. E hoje, com o meu atual marido, com o menor indício de mau jeito no trato eu “rodo a baiana” e ele fica “de boas”.

  18. #32
    Jaqueline
    04.10.2017 - 16:49

    Cony! Precisei comentar! Nem sempre concordo com seus conselhos, mas hoje você arrasou! Concordei com cada palavra sua! 😀

  19. #33
    Nat
    04.10.2017 - 16:58

    Andormeda: sou absolutamente contra esse tipo de coisa. Não considero que seja brincadeira de jeito nenhum!
    Esses comentários e apelidos diminuem sim, machucam sim e me choca seu namorado falar claramente VÁRIAS vezes que isso o incomoda e você continuar cometendo o mesmo erro. Imagina se fosse o contrário? A pessoa que você ama faz questão de pisar no seu calo, é terrível! Faz isso na frente dos outros!
    Não acho que você “não se controla”, você não dá valor mesmo às reclamações dele!
    Pelo amor.. o cara tá reclamando, falou super sério e você ainda tem dúvida? Ainda veio pedir conselhos? Acorda!
    Você não valoriza esse cara, nem ele ficando puto.

  20. #34
    Nayara
    04.10.2017 - 17:20

    Andromeda, me desculpa, mas a chata aqui é você!
    Eu ein, eu nao ficaria com uma pessoa que fica debochando de mim toda hora e ainda na frente de terceiros.

  21. #35
    Renata E.
    04.10.2017 - 17:27

    Andromeda: cara como assim ele ganha dez vezes mais do que vc e ainda faz vc dividir a conta??? Pelo amor de deus amiga!!!

    Tipo se ele tivesse que pagar uma pensão alta eu até dividiria conta…mas pelo que vc falou ele tem muito dinheiro..então ele É EGOÍSTA! Isso não tolero mais…Veja bem, eu sou super feminista e PAGO TODAS DAS MINHAS CONTAS…MAS EGOÍSMO TEM LIMITES…

    Eu se fosse voce conversaria com ele e falaria: OLHA MULHER GOSTA DE SER BEM TRATADA…Não que ele precise pagar todos o jantares, mas é muito chato um cara que não faz um agrado para a sua mulher….DEUS ME LIVRE TO FORA! KKKKKK

    Columba: CORTE O SEU NAMORADO IMEDIATAMENTE! Eu sou a ex de 08 anos sabia? Também namorei 08 anos, foi meu primeiro amor…desde que o terminamos em dez/2016 NUNCA MAIS NOS FALAMOS…TUDO TEM LIMITE NE AMIGA? ENCONTRO COM EX PRA CONVERSAR? ISSO NON EXISTE!KKKK

    Pode ser que ela seja uma boa pessoa, mas tá na hora de voce colocar limites…COMO VC AGUENTA ELE FALANDO DA EX? eu sou super pacífica e acho que da pra ter amizade com ex, mas falar de ex o tempo todo ENCHE O SACO.
    Meu conselho para vc: DIGA PARA ELE PARAR DE DAR MORAL PARA ELA! SIMPLES ASSIM! SE IMPONHA!

    Ursa: TANTA GENTE QUERENDO UM HOMEM DECENTE E VOCÊ QUERENDO APRONTAR? Segura essa pepeka! kkkkk

    • #36
      Ursa
      05.10.2017 - 13:30

      Hahahaha é que tem horas que a passarinha quer voar! Mas tá bem presa, pode deixar. hahaha

    • #37
      Renata R.
      10.10.2017 - 05:57

      Oi Renata, tudo bem?
      Achei contraditório você dizer que é super feminista e em seguida afirmar que “mulher” gosta de ser bem tratada. Todo mundo gosta de ser bem tratado, seja mulher, homem, cachorro ou leão marinho.
      Eu acredito que a via tem duas mãos, nesse tipo de situação. Meu namorado ganha o dobro do que e ganho, mas ainda assim dividimos a maioria das contas em 50-50. De vez em quando, ele sugere um restaurante e eu digo que está fora do que eu estou disposta a gastar naquele dia/contexto e ele diz que vai pagar a conta. Nesse tipo de situação, sempre agradeço – não é obrigação dele pagar e não estou vendendo minha companhia e tempo em troca de uma ida a um restaurante caro. Em contra partida, às vezes faço questão de convidá-lo pra sair e pagar tudo (ao invés de dividir) – isso mostra apreciação e evita que ele se sinta injustiçado/usado. O dinheiro dele é dele e não nosso e ele não tem o dever de dividir comigo. Só posso esperar que ele divida comigo caso eu divida o meu com ele na mesma proporção.
      Aqui falamos de contribuição social. Se eu ganho x e ele 2x, eu pago 33% do aluguel e ele 66%.
      A busca por Equidade nunca vai ser atingida se ela só for válida quando beneficiar um grupo específico e não o todo.
      Acho que vale a pena você repensar se você realmente entende o que é feminismo.

  22. #38
    Maria Lucia
    04.10.2017 - 17:47

    Dois desses choras parecem de gente procurando sarna pra se coçar. “A vida ta muito boa e sem problemas? Vou arrumar um”.

    1º Caso: Imagine que vc se ache linda, mas tem uma barriga que te incomoda e o seu namorado fala, em público (ainda que de forma carinhosa), minha “barriguidinha”, vc ia ficar feliz? Ia continuar se sentindo linda? Meu bem, você pode ter a auto estima mais alta do mundo (e você tem), vc ia mandar o cara à merda (e com razão)! Aí vc acha que isso (que é mais defeito seu do que dele) é motivo pra terminar? Fique à vontade! Ta cheio de homem bom partido por ai (só que não). Boa sorte. Tenha mais empatia!!!

    2º Caso: Não vejo problema nenhum problema em manter contato com o ex. Mas ficar de encontros com ela é ridículo mesmo. Se saíssem em turma (e vc junto) tudo bem. Mas falta muita noção do seu namorado tb.

    3º Caso: Ser solteira no mundo hoje é diferente do que foi anos atrás. Em tempos de tinder, os homens estão prestando muito menos. E vc queria estar solteira para ficar com um homem casado? Sério?! É procurar problema isso! Vc conseguiu o que muitas mulheres desejam: viver a vida de solteira plenamente e depois encontrar um bom partido! O que mais quer? Acho que o ser humano nunca está satisfeito mesmo.

    • #39
      Andromeda
      05.10.2017 - 17:32

      Ele já me chamou de gordinha em festa de ano Novo na frente de um monte de gente e nem por isso dei ataque de pelanca.
      A diferença é que não sou gorda e nem se fosse, seria simplesmente uma verdade não é? Ser gordinha não é pejorativo, bem longe disso.
      Pra mim, esse tipo de tempestade é desnecessária, pura insegurança e mimimi.
      Mas como sinto que ele tem a auto estima lá embaixo, vou me policiar pra não fazer.
      Bjs.

  23. #40
    Silvia Hahne do Lago Cerqueira
    04.10.2017 - 17:53

    Caso 1 : Isso tem TUDO para não dar certo; independente de você estar certa ou não, o cara é um chato agora, imagine depois de casado…pelo amor de Deus, cai fora. Insegurança e mesquinharia, abafam as outras qualidades que ele poça ter. Boa sorte.

    • #41
      Andromeda
      05.10.2017 - 16:25

      Concordo.
      Algumas estão me julgando aqui, mas nem contei tudo no meu chora senão ia ficar enorme.
      O fato é que ele tb brinca comigo, já me chamou de gordinha em festa de ano Novo e nem por isso dei ataque de pelanca.
      Extremamente inseguro e extremamente turco.
      Fica difícil, acaba ofuscando suas qualidades.
      Tento fazer ele melhorar, pois como alguém falou aí, achar um bom partido, uma pessoa decente hoje em dia, está muito difícil.
      Bjs.

  24. #42
    Mari
    04.10.2017 - 20:00

    Sem falsos moralismos:
    1: não larga ele, um cara q t idolatra é melhor do q um cara q vc idolatra. Deusa é deusa e serva é serva.

    2: amiga limites né. E sogra gostar de vc é até ruim pq homem é alucinado por mulher q a mãe implica. Não basta ser legal para um homem te amar eternamente é preciso ser marcante.

    3: amada, eu sei como é isso fui solteira di cum força e amiga é bom demais. Mas casada é bem melhor. Sabe o q eu acho pior q ex, aqueles carinhos q vc pegou quente mas não trancou, fica aquela idéia de meudeus deveria ser bom demais kkkkkk
    mulherada solteira: peguem geral pq depois é o mesmo pra sempre tu da aquele a mais e tal mas é a mesma pessoa. Q vc ama e não quer perder. Mas a mesma pessoa. O coração é uma coisa a periquita é outra kkkk. Amarra ela amiga. Bjs

    • #43
      Ursa
      05.10.2017 - 13:34

      Amiga, adorei vc! hahaha
      Mari, nem me fala, quando lembro daqueles carinhas que ficou no “quase”… Mas vcs estão certas, toda escolha tem sua renúncia, e eu posso dizer que aproveitei bem.
      Obrigada!

    • #44
      L
      05.10.2017 - 18:54

      Verdade, pior é não trancar o negocio, vc fica so pensando

    • #45
      Carla
      06.10.2017 - 12:17

      “Coração é uma coisa, periquita é outra”. Rindo muito aqui com essa verdade!

  25. #46
    Dani
    04.10.2017 - 20:13

    Andromeda, acho que vc não gosta muito do cara. Já namorei um “feinho” e eu também acaba me “achando” mesmo… e isso é feio, mesquinho. Mas acho que isso só acontecia porque eu gostava dele como pessoa, mas não tinha aquele amor apaixonado, sabe? Só percebi esse meu egoísmo depois que amadureci mais e terminamos. Quando a gente gosta de alguém, esse tipo de comparação de níveis de beleza não tem muita importância. E quando a gente quer fazer o outro feliz, não é sacrifício nenhum evitar certas brincadeiras que desagradam. Sei lá, acho que vale a pena vc pensar se está com ele por comodismo, conveniência. Se vc descobrir que o ama mesmo, de qualquer forma acho que precisam conversar, principalmente sobre dinheiro rs. Não se trata de depender de homem, de querer presentes caros, mas de saber de alguma forma que vc pode contar com ele, ou que ele teria prazer em gastar um pouco mais pra te proporcionar um momento de lazer legal, por exemplo. Muito complicado ver tanta avareza vindo de um cara que ganha bem mais que vc. Enfim, boa sorte!

    • #47
      Andromeda
      05.10.2017 - 11:17

      Obrigada pelo seu comentário.
      A verdade é que aparência nunca me incomodou sabe. Não julgo o livro pela capa.
      É que quis colocar a situação no plano prático, no que as pessoas enxergam e falam, no que ele enxerga e fala.
      As vezes acho que realmente sou chata com ele pra devolver a chatisse e mesquinharia dele para comigo.
      Vou refletir sobre esse namoro.
      Bjs.

  26. #48
    Dani
    04.10.2017 - 20:24

    Columba, é óbvio que ela quer voltar! Chega pro namorado e manda logo a real: tá te incomodando, ele não ia gostar se fosse o contrário, pronto. Não tem essa de bancar a fina mais não…hahaha pose tem limite.
    Ursa: sossega o facho, gata. Vontade dá e passa (vai acontecer outras vezes, inclusive). Sempre pense no que vc pode perder, no quanto vc pode magoar o homem que ama, só por causa de um encontro sem futuro.

  27. #49
    Janaina
    04.10.2017 - 22:41

    Acho que do primeiro caso eu torço pro cara terminar com ela, odeio gente que fica menosprezando o parceiro, ainda mais na frente dos outros. Espero que ele se ligue e termine, não dá pra ficar com alguém que não valoriza a gente. Deve ser pq ela se acha menos que o parceiro por ganhar menos, costumo ver muito isso com homem. Eles começam a zoar a parceira quando vêm que não são tão bons quanto as parceiras, já tive uns casos desses na família.

  28. #50
    Marianna
    05.10.2017 - 07:36

    Andrômeda,
    1) Signo não é desculpa pra chatisse
    2) Você parece não enxergar a sua parcela nisso tudo também.
    Sobre a parte do presente, não entendi muito bem o que aconteceu… Mas dividir as contas desde o primeiro encontro, eu acho super normal. Eu entendo você estar chateada com ele com outras coisas, tipo o fato de estar mais presente pelo Whats que pessoalmente ou a frequência sexual não ser a que você gostaria. Mas olha, essas “zuações” são chatas pra caramba também, viu??? Imagina se fosse o contrário, se fosse um cara chamando a namorada de gorda ou de velha? Se alguém contasse aqui que o namorado a chama de gorda ou de velha, todas as meninas aqui do Chora iam falar que ela está em um relacionamento abusivo. E acho que o mesmo vale para o outro lado. Meu ex namorado amava criticar meu cabelo (e eu amo meu cabelo!! As críticas dele NUNCA me atingiram). Quando eu namorava com ele as críticas eram tantas (ele achava que meu cabelo era longo demais e queria que eu cortasse acima do ombro) que eu, só de implicância, nem cortava mais o cabelo, ficava pensando se eu ia cortar pra agradá-lo ou se era por que eu queria… Bom… uns dois meses depois que a gente terminou conheci um outro cara… Que a primeira coisa que falou foi do meu cabelo hahahaha Que foi a primeira coisa que chamou a atenção dele!! E eu continuo aqui.. Parecendo uma Kardashian de aplique (adoro!!!). Eu realmente tenho ZERO paciencia pra essas críticas bobas e chatas… E acho que por mais que seja uma “brincadeira” elas acabam com a paciencia do outro e desgastam o relacionamento. O que um critica pode ser justamente aquilo que outra pessoa vai valorizar… O “velho” pra um pode ser o “maduro” pra outro… Bom… se você não está mais contente nesse relacionamento e perdeu a admiração, para de prender o cara?? Você disse umas coisas tipo “que ele não é bonito para os padrões de hoje” ou que “o relacionamento só acaba quando você quiser”, imagine se fosse o cara falando essas coisas de você para os amigos???? Bom.. como já diria Frida… “donde no puedas amar, no te demores”

    • #51
      Andromeda
      05.10.2017 - 13:58

      A questão do presente é que não houve qualquer zelo: era algo que o pai dele vendia, que eu não costuma usar e baratinho.
      Não ligo pra preço e sim o zelo de demonstrar que a pessoa se esforçou e foi atrás de algo importante ou que vc se identifica.
      O primeiro presente que ele me deu foi algo cômodo e demonstrou a turquice dele.

  29. #52
    Marianna
    05.10.2017 - 07:38

    Lili
    O seu conselho pro caso 2 foi SENSACIONAL. Posso andar com você no recreio???????

    • #53
      Lili
      09.10.2017 - 13:57

      Hahahaha Sempre tem espaço pra mais uma amiga no recreio e na vida!

  30. #54
    Ana Carolina
    05.10.2017 - 07:51

    Para Ursa. O fato de encontrarmos a pessoa certa, não quer dizer que os demais (conhecidos ou não) deixam de ser interessantes, gostosos, bons de cama. Aí é que mora a fidelidade. Fez bem para o teu ego conversar com ele, talvez até ele seja melhor de cama do que o maridão, mas você é fiel ao maridão e está plenamente feliz. Então, o certo é barrar esse vontade, que possivelmente é mais física do que o restante. Eu, particularmente, nem dou abertura para esses reencontros via redes sociais, conversinhas e tal, para evitar esses impasses.

  31. #55
    Amiga da Ursa
    05.10.2017 - 08:30

    Ursa,

    estou vivendo o mesmo momento seu e super te entendo. Vc não está sozinha nessa amiga. Só que diferente de vc, eu tive uma oportunidade ímpar de encontrar com o ex. E foi ótimo, tipo INCRÍVEL!! Mas bagunçou a minha cabeça de uma forma, que já faz um mês e eu continuo bagunçada até hoje. Então vou te falar uma coisa… foge desses encontros. Meu marido está sofrendo com meu humor (que tá uma inconstância só desde o bendito encontro) e não tem mais ideia do que fazer. As vezes eu olho pro drama que estou fazendo e sinto pena dele. Passei uma semana sem dormir a noite por conta desse encontro. Sou casada e o ex tb, não há nenhuma possibilidade de nenhum dos dois pensar em separação, mas o encontro mexeu muito com a gente. Então se eu puder te dar só uma dica é: EVITE!! Pq pode não te fazer tão bem assim (mas que foi MARAVILHOSO, eu não posso negar!!).

    • #56
      Ursa
      05.10.2017 - 13:38

      Amiga, vem aqui! Me dá um abraço! É tão bom não me sentir um E.T.!
      Eu consegui evitar de encontrar com o ex, mas olha, foi quase hein! E eu acho que teria ficado exatamente como vc está agora.
      E como faz pra esquecer? Vc ainda tá falando com o ex?
      Tá precisando desabafar? Me chama pra tomar um chopp! rsrs

      • #57
        Amiga da Ursa
        09.10.2017 - 08:47

        Adoraria sair pra tomar um chopp e contar tudo para alguém. Tenho uma prima/irmã que sofreu (e segue sofrendo) com minha necessidade de contar para alguém tudo o que tinha acontecido. Sobre falar com o ex ainda… trabalhamos na mesma empresa, porém em setores distintos. Nos encontramos todos os dias!! Ahhh…. é uma história longa.

        Beijos

    • #58
      Ursinha
      08.10.2017 - 14:24

      Meninas, mais uma ursa aqui… tb sou casada, amo o meu marido e passei por isso recentemente com um antigo amigo da época da faculdade… A diferença é que eu abri o jogo com o marido antes de cair na tentação, falei com ele o que tava sentindo, que tava com vontade de encontrá-lo novamente, nem que fosse só por uma única vez e meu marido, muito compreensivo, permitiu.
      Foi muuito maravilhoso, incrível, fantástico e não vou esquecer mas me fez sair desse encontro com uma única certeza: que não troco meu marido por homem nenhum no mundo!

      • #59
        Ursa
        10.10.2017 - 12:11

        Ursinha menina do céu, cê foi corajosa hein!
        Eu também não troco meu marido por nada e foi por pouco que não caí na tentação.
        Não falei mais com o ex e exclui o telefone dele. Na fase que eu tô, melhor evitar. hehehe

  32. #60
    Nat
    05.10.2017 - 09:30

    Andromeda, me desculpe mas você é muito chata. Eu jamais ia aturar uma pessoa que só salienta meus defeitos, ainda mais na frente dos outros, isso não é brincadeira que se faça. Quando a pessoa não liga, tudo bem, mas ele já deixou bem claro que não gosta.

    Columba, precisa conversar com ele pra ele dar umas tesouradas nessa ex…Ninguém merece! Concordo com o conselho da Lili aqui dos comentários, precisa ir influenciando ele a ver que as atitudes dele não ajudam a moça a se desligar e dar sossego pra vocês.

    Ursa, eu acho que é fase. Quando a gente está numa situação é inevitável se imaginar em outra, ainda mais considerando que era legal e divertida. Não caia nessa de alimentar o ego com elogio de ex pq isso aí é CI-LA-DA.

  33. #61
    05.10.2017 - 09:57

    Columba, ele tá cozinhando vc e ela!!! Qual der certo, ele fica no lucro… Faça ele afastar ela!
    Não tome atitudes com ela. Ele tem q tomar a atitude de afastá-la. E nem vem com “ela é boazinha, é sonsinha” essas que se fazem de bestas são as piores, pq qdo vc confronta, ela vai dizer: “EU??? Nãoooooo, vc ta confundindo as coisas”
    Ex é ex, não precisa se odiar, mas tb não precisa ser BFF.
    Põe esse homem pra ser homem!

  34. #62
    Gabriela
    05.10.2017 - 10:07

    URSA: me identifiquei em cada frase do teu chora. A diferença é que estou com meu marido há 8 anos, casada há 2. Era muito nova quando era solteira, mas também amava tudo aquilo que vivia. Ao invés de pensar se fiz a coisa certa ou errada, imagino como eu viveria solteira hoje, com 30 anos. E PIOR, eu sei que seria maravilhoso. Mas também é maravilhoso ser casada. Assim como tu, eu amo meu marido e não penso em me separar dele. Só que se ele me sugerisse um relacionamento aberto, acho que eu topava na hora! rsrs
    Brincadeiras à parte, acredito que isso que estamos vivendo seja uma fase e como toda fase, uma hora passa. No entanto, eu não sei se vou conseguir controlar a vontade de ter uma aventurazinha a vida toda. E dai gente, como faz?

    • #63
      Ursa
      05.10.2017 - 13:52

      Gabi, eu tb acabei de completar dois anos de casada. Será que é alguma crise que dá na bodas de algodão? kkkkk
      Olha, posso te garantir que ser solteira quando a gente é mais madura é muito melhor do que quando a gente é mais nova. A Cony que o diga, né Cony? hehe
      Acredito que ser bem resolvida consigo mesma é o ponto alto da maturidade.
      Acho que seu caso é mais complicado do que o meu, pq vc não viveu a solteirice depois de mais velha. Penso que o meu pode ser só fogo de palha.
      Não vou te incentivar a viver uma aventura, mas tb não vou julgar se vc o fizer. Cada um sabe o que faz e aguenta as consequências, né? E isso vale pra todas nós, inclusive pra mim. rs

  35. #64
    Thais
    05.10.2017 - 10:36

    Caso 1: Você é chata para carxxxlhoooo. Tomara que o canceriano eleve a autoestima e se livre de vc e encontre uma “velha” de 37 anos linda, bem resolvida e gente fina!

    Caso 2: Uma amiga resolveu uma pinimba igual a sua de maneira sensacional: ela descobriu que a ex estava desempregada e a indicou para uma vaga de emprego. A menina foi contratada nunca mais encheu o saco e é eternamente grata a ela. Até arrumoi outro namorado (meu ex!!!!!) Hahahahahahahahahaahah Com uma “tacada” ela resolveu para nós duas!

  36. #65
    Tata
    05.10.2017 - 11:02

    Aquele chora que você lê e lê todos os comentários, rsrs
    Caso 1 – Ele pode ser chato, mas senti uma infantilidade da parte da menina – “Quando tua brincadeirinha constrange o outro, não é brincadeirinha é desrepeito”.
    Caso 2 – Tbm sou uma ex “super” amiga de um ex. Só que super bem resolvida e ele tbm, não temos contato mas continuamos amigos, estranho né? Quando a namorada dele descobriu que estava gravida, eu fui a primeira saber, os dois pensaram em mim e me contaram, foi uma gravidez não planejada estavam cheios de duvidas e desabafaram comigo. Meu marido tinha uma amiga folgada, foi ate um caso de chora aqui, fiz como a Cony falou, banquei a Phyna e hj a folgada não incomoda mais, contornei meu marido de um jeito que nem ele não suporta mais ela, abriu os olhos!!
    Caso 3: Acho que todo mundo passa por isso: “sera que fiz a escolha certa?” rsrsrs uma crise, mas passa!

  37. #66
    Helen
    05.10.2017 - 11:04

    Amei o chora de hoje, foi diferente, leve, não sei explicar. Casos super comuns de acontecer com qualquer um… Mas a Cony foi muito feliz nas colocações. Se a pessoa esta feliz no relacionamento que está pra que arranjar sarna para se coçar!!! Mas cuidar do que é nosso nunca é demais né kkk. Beijos.

  38. #67
    Mariane
    05.10.2017 - 11:05

    Columba, eu vivi os dois lados da moeda, sou uma ex de 8 anos e que era amigo de infância também e meu atual tem uma ex que também é amigo. E te digo por experiência própria, não precisa ficar de amizade não.
    Como ex, eu nunca procurei meu ex por respeito a atual dele, acabou acabou, bola pra frente e segue o baile.
    Mas quando comecei a namorar o meu atual que tem uma ex que é amiga, ele chegou a se encontrar com ela por 2 vezes, pois ela estava com problemas. Até que falei que não gostava da situação, que nunca iria pedir para ele não se encontrar, mas para ele se colocar no meu lugar e pensar um pouquinho em mim. E pronto, nunca mais se falaram ou encontraram. É só falar com jeitinho, ele gostando de você vai te entender.
    BJS

  39. #68
    Ursa
    05.10.2017 - 14:03

    Cony, só queria te dizer que vc é muito maravilhosa. Obrigada por abrir espaço pra nós podermos falar nossas aflições.
    E olha, aproveite MUUUUUUUUITO esse momento da sua vida. E quando achar que cansou da vida de solteira, aproveite mais um pouco! kkkkkk
    Meninas, muito obrigada por todos os conselhos e por fazerem eu me sentir mais “normal”.
    Vcs me ajudaram muito, já exclui o número de telefone do ex e vou ficar quietinha no cantinho do pensamento até essa vontade passar. haha
    Beijo!

  40. #69
    Silmara
    05.10.2017 - 14:04

    Andromeda, o problema é você! Sério, esse tipo de brincadeira tem fase e limite, se você já passou dos 12 anos, o limite já se foi faz tempo! Cuidado com seu excesso de confiança e autoestima. Conheço pessoas que se afirmam assim justamente para esconder algo muito grande. Menos, bem menos, por favor.

    • #70
      Andromeda
      06.10.2017 - 21:27

      Aí as mulheres dessa sociedade são engraçadas.
      Se vc tem a autoestima lixo tentam te levantar, empoderamento e blablabla.
      Se vc tem autoestima boa, tentam te derrubar.
      Me desculpe, mas fui sincera, sou bonita, malho pra caramba, só na academia tem uns 5 me enchendo o saco.
      Onde meu namorado me leva é só elogios pra ele.
      Só quis colocar a realidade pra ter um retorno sincero, isso não é se achar.
      Minhas amigas e familiares acham meu namorado feio, mas eu nem acho.
      Eu chamo de gordinho até os meus amigos maromba, minha vida toda foi assim.
      Mas levei em consideração todas as respostas aqui do chora e não vou mais brincar desse jeito com o meu namorado se realmente está magoando ele.
      Bjs

      • #71
        Luana
        09.10.2017 - 13:23

        Andromeda, so queria dizer que adorei a sua reacao ponderada e educada aos comentarios! Algumas meninas estao ate exagerando nas criticas; as vezes nos expressamos mal, escolhemos mal as palavras (principalmente quando escrevemos – ainda mais quando tentamos ser sucintas). Mas voce entendeu que pode estar agindo errado, nem todos tem a capacidade de assumir or erros! E isso e super importante.

        Obs.: A sociedade esta sempre nos dizendo que nao somos boas o suficiente. Auto-estima eh uma coisa linda, que deveria ser valorizada, e nao condenada!

  41. #72
    Raquel
    05.10.2017 - 14:22

    Andromeda,

    Coloque-se no lugar do seu namorado… vocês gostaria que ele ficasse te chamando de feia? Ah, esqueci, você disse que é bonita né? Tão bonita que ele não tem interesse em sexo! Não é meio contraditório?? E não coloque a culpa na idade pois o meu tem a mesma idade que ele e quer sexo todos os dias! Ah, e pare de chamar ele de velho porque ele nem é velho. Você que é imatura!

  42. #73
    Nina
    05.10.2017 - 15:43

    Ursa…seu problema é o famoso fogo no rabo. Saudades daquele calorzinho q dá qnd os caras elogiam, desejam. Msm q o marido tb deseje, sinta tesão, nunca é a msm coisa do tempo de solteira. Te entendo, muito. Mas oh, pondera aí os pros e os contras de meter a louca ou de ficar com esse cara q vc msm disse q nem pensa em separar. Nao vá magoa-lo, nao seja egoista. Mas tb nao se prenda a um casamento “só” pq casou. Se esse fogo virar infelicidade, cai fora, seja sincera com vc msm antes de td, só assim vc conseguirá ser com os outros tb.

  43. #74
    Indira
    05.10.2017 - 17:06

    Ursa (e demais meninas que se sentiram na mesma situação), aprendi a duras penas (depois de um casamento, filha, divorcio e um segundo casamento) que a gente deve valorizar tudo que tem. Ser grata e valorizar o que a gente tem faz com que não alimentemos uma ansiedade em torno daquilo que não temos. Tudo na vida tem perdas e ganhos, ser solteira é bom, ser casada é bom, então saiba que onde quer que esteja as vezes vai bater esse momento de ‘e se…’, mas cabe a nós pesarmos tudo e decidirmos o que fazer. Não dá pra ficar casada e mantendo contato, mesmo que virtual, por fora.

  44. #75
    Ananda
    05.10.2017 - 18:15

    Andromeda: Sinceramente acho um horror uma pessoa ficar diminuindo a outra, era bom ele fazer o mesmo com voce pra ver se tu ia gostar tbm, já pensou voce no lugar dele, soltando esse veneninho, tipo, exemplo: “voce é nova 28 anos mas tá mais com cara de que tem minha idade viu, velha”, voce soltar esses venenos e ele ser super egoísta, a coisa tá complicada.. ou conversa sobre o egoísmo dele e voce para com essa coisa de diminuir o rapaz ou de verdade, nao dá certo.

    COLUMBA: Só te digo uma coisa corta essa conversinha de amigos de infancia, que é CILADA! rs, melhor conversar com ele looogo hein, senao ela vai é se jogar p cima dele antes, sao amigos mas nao precisa de encontros assim né, ja tá estranho, eu ja teria metido a louca kkkkk

    Ursa: Nitidamente nao tá tão feliz como conta né?? Mulher, parece que tu quer é sofrer pelo marido atual, com ele fazendo o que voce ta pensando, com vocÊ, pra antes, dar valor pro homem que tem do lado. Não dá pra entender, feliz e tals e querendo colocar é chifre no homem bom como conta que temm em casa, ou ta precisando que outra tipo tu, pegue teu marido também, usa esse fogo da piriquita com o marido ué, ou então dá de louca e termina p viver na bagaceira da solteirisse.

    Sinceramente Cony, tem muita coisa meio fora do eixo né? quanta coisa negativa as pessoas atraem por nada, por uma aventurazinha, uma transa, melhor ficar sozinha pra fazer isso não? do que mentir, trair a pessoa que dorme do teu lado toda noite, se faz isso com a pessoa que dorme do lado, imagine mais o que nao pode estar disposta a fazer?
    Nao consigo confiar numa pessoa assim, quase sem princípios, egoísta,.. desculpe as palavras mas é a verdade é assim, dura, simples, e as vezes até meio cruel, mas é a verdade..

    Cony parabéns pelo novo projeto, as blusas são incríveis, o básico mais bonito, corte fino, tá um sucesso e que seja cada vez mais, tu tem jeito p coisa, aposta nisso hein mulher!!

    • #76
      Constanza
      06.10.2017 - 19:05

      Obrigada!!!

  45. #77
    Raquel B.
    05.10.2017 - 18:35

    Ursa: acho normal sentir saudades da fase de solteira e mais normal ainda sentir vontade de pular a cerca vez ou outra. Mas passa, viu? São vontades que vem e vão e é besteira arriscar um relacionamento bacana por isso.

  46. #78
    Clarissa
    05.10.2017 - 20:25

    Ursa, gata, fantasia é tudo lindo! Já pensou se o teu bofe te pega de conversa com um ex… ou pior, se a atual dele te pega dando mole e arma um circo?!? Sinceramente, acho que vc deveria tentar namorar com o teu próprio marido de novo…. sentir essas coisas é supernormal quando a gente se acomodou numa relação… pega o marido, leva pra jantar, pra um bar, um motel , que vc redescobre o friozinho na barriga rapidinho! Vai por mim, funciona!

  47. #79
    Recado pra Ursa
    06.10.2017 - 16:07

    Ursa, amiga, sou casada há quase 12 anos, mas estou com meu marido há mais de 16. Sou bem casada, feliz, não tenho dúvida do que sentimos um pelo outro…maaaaas, vez ou outra na vida, me pego pensando como seria se tivesse ficado com fulano ou ciclano. E, dependendo do nosso estado de espírito, esse ‘se’ incomoda muito, viu? Não acredito que nunca mais você vá ter esse tipo de sentimento. Ele abranda, depois volta, acalma de novo, vem mais uma vez e segue o baile. Se vc tá feliz com o marido (e por feliz, não ache que tem que ser bom o tempo todo, não. Somos humanos) na maioria dos dias, sente que fez a escolha certa, sonhe um pouquinho com esses ‘se’ que aparecem, mas não estrague o que construiu até hoje. Um abraço!

  48. #80
    isa
    07.10.2017 - 22:45

    Caso 3… torça para que seu marido nunca descubra a furada que vc deu, pq se não, vc vai se lamentar pra sempre se perguntando o que poderia ter construído com ele, mas perdeu por pura bobeira. Vc não tem direito de sair escondido com ninguém enquanto está com ele, não traia a confiança de quem te ama, isso é coisa de gente pequena, não tem desculpas. Se vc quer curtir a vida, seja franca e largue dele primeiro. Sei que vc voltou atrás, mas no fundo parece que não está muito arrependida. Ele ainda pode descobrir, sabe… não dá pra esconder nada hj em dia. O pior de tudo é vc saber que ele não merece isso.

  49. #81
    Denise
    08.10.2017 - 23:55

    Andrômeda,
    Você não é uma pessoa horrível. Só acho que, de uma forma velada, está devolvendo o mau-trato que considera receber (a chamada “agressão passiva-agressiva”).
    Claramente, o lance de ele ser muquirana tá te perturbando. Só que é socialmente “feio” admitir isso. Daí, de diferentes formas (como, apelidos) você “devolve”.
    Isso não é errado. É uma reação humana. Nós TODAS fazemos isso, seja em uma circunstância, seja em outra.
    VOCÊ NÃO É SANTA, e ninguém aqui tb é.
    Acho que o caso, como bem pontuou a Cony, não é tanto vc colocar apelido. Ele não é santo e nem de açúcar, nem vai derreter. Mas sim, o motivo pelo qual você o faz.
    No seu relato, ainda que de forma velada, você relata ser bonita e não entender esse comportamento mão de vaca dele. Claramente, vocês estão tendo choques de valores, e vc, de sua forma, está “devolvendo” isso.
    Daí, concordo com a Cony. Não é tanto vc vira e mexe o zoar, mas sim, o que está por trás disso.
    Acho que vale a pena vc falar às claras com ele e ver se dá conta de ficar assim, se ele melhora ou se vc dá conta de se adaptar. E, se não der, não se viole: pense se vale mesmo a pena continuar na relação.
    Parece bobo, mas isso é MUITO sério. E inclusive, foi objeto de um dos meus “choras” que escrevi à Cony há meses atrás (e ela, muito fofa, respondeu).
    Pense bem, com carinho. Mas não se viole.

  50. #82
    Luana
    09.10.2017 - 13:25

    Ah, uma outra dica para a Andromeda: pesquise sobre comunicacao nao-violenta. 🙂

  51. #83
    Carol
    11.10.2017 - 14:07

    Caso 3: Miga, sei bem como é, tenho passado por isso. Tenho um crush super mal resolvido da época em que conheci meu namorido. O cara do passado está há anos me cercando, já se declarou várias vezes e admito que sempre fico balançada, pq ainda sinto algo por ele tbm (não é só pela safadeza ou pra inflar meu ego). Já ensaiamos marcar encontro, mas eu sempre desisto pq penso no meu atual, no quanto ele ficaria chateado se soubesse e tudo mais. Nem cogito largar ele, embora já tenha me perguntado se fiz a escolha certa e como eu estaria se lá atrás tivesse dado uma chance pro crush antes de começar a namorar.

    Já te digo: não tem solução. A vontade sempre estará ali, ela não desaparece, tem que aprender a lidar. Nos dias em que fica muito forte eu transfiro pro meu boy: ou seja, mimo bastante ele, namoramos bastante, e aí passa 😉

    Boa sorte 😉

Comente