11
Sep 2017
O Melhor e o Pior de… Morar Sozinha!
Cotidiano

Já tem um tempo que moro sozinha, alguns anos na verdade mas nunca me senti morando REALMENTE sozinha sabe? Até o ano passado, o apartamento que eu ficava era dos meus pais, lá em Betim, então era tipo morar com eles, só que sem eles, já que os bonitões se mudaram pro Chile e me deixaram aqui. Digo que foram eles que saíram de casa, e não eu rs.

Bom, no final do ano passado terminei o namoro, e eu, que ficava muito mais na casa do meu ex do que no apto de Betim e com minha vida TODINHA acontecendo em BH, não tive muita escolha senão mudar pra cidade grande, sozinha de tudo! Medo??? Que nada… já me mantenho sozinha há bons anos e só teria que regular alguns supérfluos e virar dona de casa real oficial. Acabaram aquelas idas na Schutz e comprar 4 ou 5 pares de sapato de uma vez. Acabou ir na Zara e comprar uma fortuna em roupas. Tudo isso foi substituído por contas e mais contas… algumas que eu nem sabia que existiam rs. É… uma hora a gente cresce, mesmo que isso demore um tempo.

Morar sozinha é maravilhoso. Eu amo meu silêncio, amo fazer o que quero a hora que quero, e saber que toda aquela bagunça é responsabilidade minha mesmo. Descobri várias outras coisas que acontecem quando a gente mora sozinha, e para quem está pensando nessa possibilidade, vou adiantar um pouco o panorama:

01 – Nunca tem comida. Nunca. E quando tem, não é nada do que a gente quer comer no momento.

02 – Quando tem comida, ela estraga rápido. Às vezes até tem o que você quer comer, daí você abre e tem uma camada de fungos. Verde, nojento. A gente pensa: “mas comprei isso esses dias!!!” Sim, esses dias tem mais de um mês.

03 – Qualquer barulho de madrugada dá medo. QUALQUER! Moro num apartamento bem pequeno e mesmo assim, se tem algum barulho já fico pensando que é alguém abrindo a porta ou que tem algum fantasma pouco camarada.

04 – Quando o telefone toca, só tem você para atender. Só você e ninguém mais vai atender. Eu no meu caso, não atendo telefone nunca. Ninguém sabe meu número fixo, nem eu mesma pra ser bem sincera, então quando toca sei que é ou propaganda ou engano. Não atendo. Deixo tocar até morrer, mas não atendo.

05 – Monte de contas pra pagar. Gente, como existem contas para pagar! Aluguel, condomínio, luz, faxineira, plano de saúde, internet, celular, seguro do carro, tem que comprar comida (e isso a gente SEMPRE compra errado, é um desperdício danado), comprar material de limpeza, alguém tem que lavar as roupas, secar, passar! E eu achava que seria só parar de ir na Schutz hahahahahahahahahahaha. Ó dó.

06 – Ter que cozinhar pra uma pessoa só é o fim. Bom, eu não gosto de cozinhar, nunca gostei, então imagina cozinhar pra mim mesma? Uma que não tem comida em casa, duas que quando tem, tá estragada, então o que faço? Como fora. E nisso, a gente acaba gastando bem mais. Tenho amigas que me falaram para pedir para alguém cozinhar pra mim e deixar congelado. É uma opção e tô pensando no assunto.

07 – Não tem ninguém para pegar o controle da TV para você. Eu tenho dois controles, o da TV e o da NET, e várias vezes eu queria ver NET mas só tinha o controle da TV perto, daí eu puxo um Netflix ou Youtube. Isso porque dá trabalho sair do sofá, esticar o braço e pegar o outro controle. Morar sozinha tem dessas preguiças absurdas!

Mas tem muita coisa boa também!!!

01 – Andar pelada pela casa pra mim é a melhor de todas. Só tem que tomar cuidado de deixar as cortinas fechadas, mas é tão libertador! As vezes nem pelada de tudo, mas de lingerie, ou camiseta e calcinha… passar o dia assim sabe? Muito confortável!

02 – Arrumar casa do jeito que quiser, quando quiser, ouvindo a música que quiser e se dando o direito de cansar, assistir um filme e só depois voltar a arrumar.

03 – Dormir o quanto quiser. Ter um bom blackout e deixar o quarto escurinho, dormir e dormir e dormir sem preocupação de ter que acordar cedo pra alguma coisa, ou porque alguém tá em casa e fica feio dormir muito… Nada disso, pode perder o dia na cama e está TUDO BEM!

04 – Só fazer comida quando se tem fome. Isso se quiser fazer comida né? Por um lado isso não é tão bom assim, é mais libertador do que bom afinal a gente fica sem rotina para comer. Eu pelo menos fico… É algo que quero mudar, mas tem outro agravante: cozinhar suja a cozinha e você sabe que só tem você para limpar. Daí a gente pensa váaaarias vezes antes de fazer algo.

05 – Poder receber quem quiser e a hora que quiser. Acho que isso é o mais legal. E se tiver boa a visita, vai esticando em casa, bota o povo pra dormir na sala, musica, bebidinhas, pede um delivery, é uma vibe bem gostosa!!!!! Minha casa é meio casa Friends, quase sempre tem gente lá!

06 – Dançar e dançar, do jeito que quiser, na frente do espelho, com som bem alto. Pra mim isso é tão libertador rsrsrs. Não é a toa que tenho 4 espelhos de corpo inteiro espalhados pela casa hahahahahahah. Se tem música, tô dançando!!!

07 – Chegar em casa cansada, abrir um vinho e sentar na varanda vendo o por do sol. Silêncio, paz, tranquilidade. Melhor coisa do mundo!!!!!

MORRI COM ESSE DESENHO! hahahahahaha 100% eu quando tomo banho e fico fazendo formas com os fios de cabelo que ficam no box hahahahaha

Morar sozinha tem inúmeras vantagens, é altamente enriquecedor mas eu tenho muito medo de ficar muito rabugenta e sistemática com minhas coisas. Imagina, depois de uma mega experiência dessa, dividir a casa com alguém? Tenho medo dessa parte, mas enquanto isso não é uma opção, continuo curtindo minha casinha livremente. Ah, e fiz um post bem legal com dicas para energizar a casinha. Como entra muita gente, e até nos mesmos, que carregamos tanta energia das pessoas, precisamos dar uma “limpada” no ambiente. Quem quiser ler o post e as dicas (que são ótimas!), clique AQUI!

  • As ilustrações são da Yaoyao Ma Van As, artista que mora em Los Angeles e fez essa série de desenhos mostrando a delícia de morar sozinha. Concordo com tudo! E vocês? Alguém aí mora sozinha e quem complementar o post?
56 Comentários
  1. #1
    Ana Paula Almeida
    11.09.2017 - 12:59

    Morar sozinha foi sem dúvida a experiência mais enriquecedora da minha vida. A parte de ficar “rabugenta”, isso é inerente a quem morar só. Quando casei tive uma dificuldade enorme (ainda tenho, depois de 10 anos rsrs) de me adaptar a pessoa, até hoje saio comigo mesma para tomar um café, ver um filme e definitivamente não tenho aquele sentimento de não gostar de ficar sozinha.
    Mas morar sozinha também me ensinou a cuidar de mim, gosto de cozinhar só para mim e outras coisitas e também nunca fui adepta da bagunça. Enfim, as vezes sinto saudades.

    Bjus

  2. #2
    Mel
    11.09.2017 - 13:05

    Eu desisti de faxineira. Compro bons eletrodomésticos .
    Acabei de comprar um robozinho aspirador. E uma máquina de Louças. Libertador!
    E arrumei um gato. Pq viver sem gato não dá!
    Bjks. Mel

    • #3
      Constanza
      11.09.2017 - 13:46

      Se eu nao viajasse tanto com certeza teria um pet! Não acho que gato, mas um cachorro… mas ainda não da :-/

  3. #4
    Júlia
    11.09.2017 - 13:06

    a melhor parte é, com certeza, lavar a louça na hora que você quiser rs

  4. #5
    Marina
    11.09.2017 - 13:09

    Morei sozinha muito tempo e super me identifiquei com seu post, principalmente a parte de andar pelada e a de não fazer nada… kkkkkkk
    Depois que casei tive muita dificuldade de voltar a dividir a casa… Mas como tudo na vida acostumei de novo, não tenha medo e curta muuuuito essa fase que é maravilhosa!!!

  5. #6
    Luiza
    11.09.2017 - 13:46

    É muito isso mesmo Cony, me identifiquei demais. O valor das coisas parece q dobra, mas o lado é nos faz refletir antes de gastar com outras coisas.
    Essa parte da alimentação eu fui me adaptando aos poucos. Eu sempre gostei de cozinhar, mas só pra mim era algo impossivel, odiava. Hj sinto enorme prazer nisso e com o tempo aprendi a fazer uma compra de supermercado condizente com meu dia-a-dia e parei de deixar tudo estragar, kkkkkkk
    Uma coisa que vc disse é muito muito muito verdade, vamos ficando rabugenta e sistematica, e é muito muito mesmo, infelizmente.
    Hj estou na situaçao de pensar em morar com meu namorado e casar… e qd penso em perder toda a liberdade e ter alguem dividindo o espaço comigo e fazendo as coisas diferentes da q eu faço, tenho medo. Tenho medo da rotina estragar nosso amor. Ele mora sozinho há mais tempo q eu e tb é cheio de manias. Vamos ver no q vai dar. Dividir as contas já será uma enorme vantagem hahaha.
    Curta muito esse momento da sua vida. é libertador se auto conhecer

  6. #7
    Fernanda
    11.09.2017 - 13:52

    Cony, morar sozinha é uma delicia mesmo! Hj moro com o meu namorado mas sinto falta destas pequenas coisas como por exemplo receber as pessoas em casa.

  7. #8
    11.09.2017 - 13:52

    Huahuaha olha, nunca morei sozinha, saí da casa dos meus pais qd casei, no final do ano passado. Mas posso dizer que passo por tudo isso o que vc mencionou! Principalmente a parte das comidas! Nem eu nem o marido almoçamos em casa, e eu ainda estudo a noite… frutas, compro tipo 2 maças, 3 bananas, verdura eu compro só se sei que vamos cozinhar mesmo, e ainda assim sobra um monte e eu tenho que mandar tudo pra casa da minha mãe (agora pouco mesmo despachei um pé de alface e meio pé de couve flor)… e as contas, ahhh as contas! É um pesadelo mesmo kkkkk.. eu, que nunca precisei ajudar em casa, só pagava o meu telefone e o meu cartão de crédito, agora rebolo com o marido pra fazer caber tudo no orçamento… é, não é fácil essa vida de adulta….

  8. #9
    Andréa
    11.09.2017 - 13:54

    Ei Cony!!!
    Morei sozinha por alguns anos (já são 17 anos fora da casa de papai e mamãe) e hoje moro com meu noivo.
    Dividi apartamento com amigas mas adorava quando ficava sozinha em casa pq ai podia andar pelada ou só de camiseta!! rs
    Me identifiquei muito com seu texto (principalmente na parte dos barulhos!! kkk)
    Te desejo tudo de bom nessa fase!!!
    Bjos

    • #10
      Constanza
      11.09.2017 - 15:59

      obrigada!

  9. #11
    EDNA
    11.09.2017 - 13:56

    Nossa Cony, amei seu post. Penso muito em morar sozinha e tudo que vc colocou (as desvantagens e vantagens) eu sempre imagino como seria.
    Hoje eu moro com a minha mãe e o meu padastro, tenho muita liberdade e muitas regalias também, como chegar em casa do trabalho, super cansada e ter aquela comidinha que só sua mãe sabe fazer…
    Destaco nesse seu texto a parte mais importante, o fato de cuidar para não ficar rabugenta e intolerante, tenho alguns amigos solteiros, que moram sozinhos que já estão assim, inclusive tive a infelicidade de viajar com uma e foi traumático, para mim… 😀

    Beijos, adoro suas postagens.

  10. #12
    Cibele Porto
    11.09.2017 - 13:58

    Cony, que delicia de post. E eu nem moro sozinha!
    Eu super aconselho a fazer comida e deixar congelada, em porções.
    Eu e o marido fazemos isso. Sempre temos algo pronto, para quando bate a preguiça. Frango ja cozido e temperado, feijao, sopa, pão de queijo, kibe, porções de carne, vegetais congelados, peixe, pão, queijo, presunto, bacon…
    Tenho amigas solteiras que deixam macarrão, lasanha e outros coisas já prontas e congeladas em porções! uma boa mão na roda…

  11. #13
    Sabrina amiga da Mel ai de cima (kkkkk)
    11.09.2017 - 14:08

    Já são 2 anos morando sozinha desde que me separei. Agora estou com um boy que fica muito na minha casa…foi ai que descobri as minhas”rabugices”. Copo fora da pia me irrita profundamente, deixar a persiana aberta tb me mata. Estou tentando controlar as chatices que adquiri nesses anos sozinha kkkkkkkkkkkkkkkk

  12. #14
    Adriana
    11.09.2017 - 14:14

    Noooosssaaa que saudades de morar sozinha!!! Morei um bom tempo só, e realmente era maravilhoso!!! Me identifiquei com tudo Cony. Porém eu me casei.. estou tendo muitas, mas muitas dificuldades em me adaptar e já estou tenho 02 anos de casada . Acho que preciso desabar…. Mas aproveite o momento!!!

  13. #15
    Lu
    11.09.2017 - 15:11

    Morar sozinha é bom demais!
    É uma fase de grandes aprendizados e descobertas Cony. Tudo isso que vc relatou não te tornará mais egoísta, muito pelo contrário, na hora que a pessoa certa chegar e fizer as pequenas coisas do dia a dia você irá dar ainda mais valor a essa pessoa, porque é quase como ser presenteada porque alguém foi ao supermercado para você ou então tirou o lixo. Eu dou parabéns para o boy para cada pequena coisa que ele faz, porque sei como é não ter ninguém para fazer por mim, eu fico feliz por ele estar ali e ele fica feliz porque eu reconheço essas pequenas coisas.
    Desejo muitas vitórias em seu novo lar e nessa nova fase.

    • #16
      Constanza
      11.09.2017 - 15:58

      Obrigada Lu!!!!

  14. #17
    ariane
    11.09.2017 - 15:30

    Eu sou casada, então teoricamente eu não moro sozinha…mas me identifico muuuuito com o post principalmente pq tanto eu, qto o marido, saimos direto da casa dos pais para morarmos juntos.
    Então a experiencia é libertadora para ambos! Uma delicia arrumar a casa qdo na telha, receber amigos qdo e qtas vezes quiser, andar pelada e abrir um vinho em plena segunda pq sim!
    Adoooro! melhor experiencia de todas!

  15. #18
    dani borghi
    11.09.2017 - 15:46

    morri de rir c vc , palhaça kkkkk
    deixar o telefone tocar até morrer, não levantar pra pegar o controle hahahaha e pior q é assim mesmo ne?
    curta muito seu AP, seu cantinho q é lindo e acolhedor! te vejo muuuito feliz la!!

    um bjãooooo

  16. #19
    Luisa
    11.09.2017 - 16:09

    Moro sozinha desde os 16 (há 14 anos). E sim, essa parte de ficar rabugenta é a mais pura verdade. Já fui casada e troquei o marido por um cachorro. Melhor escolha da vida. Não que isso signifique que não surjam uns namorados no meio do caminho.
    E poder levar quem você quiser pra casa sem ter que dar satisfação não tem nada melhor!
    Quanto a comida, estraga mesmo. Se você encontrar em BH alguém que cozinhe pra gente e que dê pra congelar, já divide a dica!

    • #20
      Constanza
      11.09.2017 - 16:45

      Pode deixar rs

  17. #21
    Pri
    11.09.2017 - 16:17

    Cony, pregunta!!

    Lembro de um tempo que vc mostrava uma casa, que estava reformando? vc tinha comprado ela?
    Esse apê é alugado pelo que entendi e vi durante a reforma? vi que vc fez tudo muito bonitinho, deixou lindo… que acontece quando e se precisar mudar, por qualquer motivo, se o locatário pede de volta, se acaba contrato, se vc comprar o teu.. etc…

    Beijos

    • #22
      Constanza
      11.09.2017 - 16:45

      Uai se precisar mudar eu mudo!

  18. #23
    Sara
    11.09.2017 - 19:20

    Amo morar sozinha! Tinha medo de dormir com a porta aberta sempre trancava!! A casa fica mais bagunçada e você fica mais relaxada com os horários para comer porque ninguém te julga nunca…sim você vê o que no seu lado íntimo voce é mesmo bagunceira! Também descobri que morando sozinha mora OU mora alguma alma com você que suja a louca ou elas as reproduzem na pia. Não é possível como suja louça acumula tão rápido em tão pouco tempo. Tinha a sensação de que só iria viver para lavar louca se quisesse manter a pia limpa hahahahaha

    • #24
      Constanza
      11.09.2017 - 21:21

      Verdade. Não sei como consigo sujar todos os copos da casa sozinha!

  19. #25
    11.09.2017 - 19:37

    Namorei 10 anos, descasei com 8 e resolvi que não moraria com mais ninguém, somente eu e minhas duas filhas. Voltei a namorar e o cara foi ficando uma noite, na outra e na seguinte, quando acordei já estamos morando juntos. Casei e já dura 23 anos. Mas confesso, era bem melhor eu na minha casa e ele na dele. Nunca mais caio nessa armadilha bjsss

  20. #26
    Silvia
    11.09.2017 - 20:09

    Eu moro sozinha durante os primeiros 15 dias do mês. Meu esposo trabalha em outro Estado neste período e confesso, eu acho bom demais ficar sozinha!!! É exatamente isso que você falou… mas no meu caso eu cozinho ( aprendi a gostar…por que você não se arrisca? Te garanto que é super prazeroso e vai ver como economizará…) e também tenho um pet ( um York também, meu filho, meu companheirão) que preenche todo aquele vazio que as vezes bate quando começo a me sentir só…

  21. #27
    Mariana
    11.09.2017 - 21:40

    Oi Cony! Adoro VC e me identifiquei muito com o seu post!
    Morei sozinha por 11 anos antes de me casar. Saí da casa dos meus pais com 18.
    As melhores partes de morar sozinha, na minha opinião são:
    – pode fazer a bagunça que quiser e arrumar qdo quiser e ninguém vai aumentar a sua bagunça. E qdo VC decidi manter a casa limpa e arrumada tbm….ninguém vai estragar seus planos!
    – assistir o que quiser na hora que quiser;
    – comer o que quiser na hora que quiser!
    Com relação à rabugentisse e as manias….sim….são inevitáveis.
    Qdo me casei o baque foi grande. O primeiro ano de casamento não foi nem de longe o que tinha imaginado! Foi bem difícil!
    Soma-se ainda, a tudo isso, a péssima educação que os homens da nossa geração tiveram….as mamaezinhas estragaram todos…..além de não saberem dobrar um lenço….extremamente mimados e machistas no que tangia os afazeres domésticos (disse “tangia” porque…. pelo menos o meu…já coloquei no seu devido lugar! Rsrsrs)
    Enfim….essa foi/é a minha experiência.
    Amei esse post!
    Bjoss

  22. #28
    Viviani
    11.09.2017 - 21:54

    Cony, só não entendi a parte de ter que pagar contas,etc.. vc já não morava sozinha!?? Bjoss

    • #29
      Constanza
      11.09.2017 - 23:26

      Falei no post q o apto era dos meus pais.

  23. #30
    Liza
    11.09.2017 - 22:30

    Eu só vejo alegrias a única coisa ruim é nao querer ninguém na minha casa, a parte da comida é pq vc nao gosta de cozinhar, se gostasse ia amar por nao ter q fazer comida completa de homem e eu prefiro fazer comida só pra mim do q pra uma familia inteira, porcoes menores e sempre algo diferente e qdo tive namorado q cozinhava engordei 18kg, entao vamos deixar assim… Se morasse com alguem tb acho q as contas seriam vem mais altas, entao ta td perfeito.

  24. #31
    Jaqueline
    11.09.2017 - 22:31

    Me identifiquei com o post, me separei há 4 anos e decidi seguir minha vida com a minha filha, moramos só nós duas desde então. Não troco minha liberdade por nada, até os boletos a gente paga com prazer, a nossa paz não tem preço.
    Parabéns Cony, vc sempre nos inspirando com suas experiências.

  25. #32
    Mak
    11.09.2017 - 23:41

    Lindas as ilustrações, amei! Cony, uma coisa te digo, morando só ou acompanhada: tenha uma lava louças! Melhor compra da vida, quase mandei pro DDL, hahahahaha… bjão, feliz casinha nova!

  26. #33
    Lele
    11.09.2017 - 23:45

    Parabéns pela sua nova casinha e q ela te traga muita sorte e felicidades. Pra diminuir as despesas tenta ver se da pra botar a diarista somente quinzenalmente e quanto a comida tem muita empresa que entrega marmita em casa congelada ou nao. Sai mais barato q comer fora e geralmente é mais saudável!

  27. #34
    11.09.2017 - 23:51

    Super me identifico com vc, Cony! Depois desse post então, nem se fala. Mas, não moro sozinha! Me idealizei na época da Facul em morar sozinha, mas na metade do curso de graduação, mais ou menos, encontrei meu “namorido” – estamos juntos à 8 anos (ah, nos conhecemos pela internet, rsrsrs). Enfim, temos essa relação com a casa, essa relação que vc cita no post. Respeitamos a liberdade um do outro, não existe essa cobrança habitual, do “você tem que fazer isso e outro aquilo”. Conversamos até altas horas. Bebemos juntos, ele os títulos de cervejas variados e eu, os diferentes vinhos que encontro(seja durante a semana ou nos fds). Estamos sempre celebrando a vida. Não temos horário pra nada. Apesar de gostar muito de cozinhar, comemos muito fora e na hora que temos fome. Não quero me casar e não pretendo ser mãe, e sou aceita assim, sempre fui. Ele nunca quis mudar meu ideal de vida. Pelo contrário, hj tenho um Blog e sou super apoiada, como em tudo que faço. Estamos longe de sermos o casal 20, brigamos como outro casal. Mas, o respeito reina, e a vontade de manter esse espírito alegre no lar, reina. Talvez se eu tivesse ido morar sozinha, não seria tão feliz, como sou hj. Não troco essa liberdade por nada. Não importa se estamos sozinhos ou acompanhados, o importante mesmos é curtir cada momento da vida.

  28. #35
    Gina Félix
    12.09.2017 - 06:33

    Conyyyyy, resumindo toda nossa vida em um post. Sou exatamente assim. Amei, amei, amei.

  29. #36
    12.09.2017 - 08:06

    ADOREI esse post, Cony! Super sincero e do fundo do coração. É gostoso ler posts assim 🙂

  30. #37
    Yasmin
    12.09.2017 - 08:42

    Nossa eu SEMPRE levo susto com barulhos. Me acostumei a dormir com a porta do quarto trancada o que ajuda um pouco, porque eu penso “bom, se for fantasma não adianta correr mas se for ladrão me dá um tempo pra ligar pra alguém”
    Sobre a comida, é um saco até acostumar, eu acabo comprando bastante coisa em tamanhos menores pra estragar o mínimo possível… tipo leite de 200Ml, fica mais caro mas pelo menos não desperdiço. Tudo eh questão de costume.

    Boa sorte na “nova” fase e divirta-se!!!

  31. #38
    Tamara
    12.09.2017 - 09:56

    Morei alguns anos sozinha, só li verdades, parece coisas tão simples “andar só de camiseta” mas é tão bom!

    Minha geladeira estava sempre vazia, usava só pro leite kkkk
    Isso de congelar é uma boa, mas eu esquecia a comida congelada tbm kkk
    Beijos Cony, sucesso!

  32. #39
    Ana Luiza
    12.09.2017 - 12:36

    Moro sozinha há 2 anos e até pretendo casar / morar junto com meu namorado (que mora em outro estado), aliás, até estamos vendo um apto pra morarmos juntos. Mas com certeza vou sentir falta de morar sozinha. O melhor é que, apesar de amar muito meu cantinho, eu não paro em casa. Era assim quando morava com meus pais tbm, estava sempre pra cima e pra baixo (trabalho o dia inteiro, estudo, faço mil esportes, saio no fds e às vezes durante a semana e gosto de voltar quando tá amanhecendo kkk #alocka), saio pra jantar com azamiga, vou ao shopping, enfim. Quando morava com meus pais eles me enchiam o saco por este meu hábito de viver na rua, mas eu sempre gostei disso e adoro não ser julgada!
    Amo meus pais, sempre nos demos super bem, mas não volto a morar com eles nem por decreto!

  33. #40
    Bia
    12.09.2017 - 12:50

    Eu saí da casa da minha mãe com 17 anos, pra dividir com amigas, e depois morei sozinha mesmo por 5 anos, até o boy ir se mudando aos poucos, o que foi ótimo. É muito gostoso, mas eu tive que tomar alguns cuidados pra ter uma rotina e não viver de pizza. Ou então alternava entre ser a maluca da limpeza e relaxar porque a bagunça era problema só meu. É muito bom também ir comprando as coisas pra casa aos poucos, ir decorando só com as coisinhas que você ama…nossa, eu acho que ter passado esse período de super independência me fez muito segura inclusive pra estar tranquila numa relação legal hoje.

  34. #41
    Luana
    12.09.2017 - 19:31

    Cony,
    Amei seu post. Moro sozinha a três anos e eh sensacional. A liberdade da gente não tem preço!
    Ano que vem me caso e estou preocupadíssima em como vai ser dividir a casa com alguém… mas vamos nessa! Tudo tem seu tempo!
    Aproveite muito seu Espaco e seja muito feliz nele!
    Gd beijo

  35. #42
    Lilian
    12.09.2017 - 21:20

    Ainda não moro sozinha, mas não vejo a hora.
    Este post me deu mais um empurraozinho.

  36. #43
    Io
    13.09.2017 - 00:04

    Pior parte ever, limpar banheiro. Só lavo a louça quando acaba as coisas kkkkkkk, aqui onde moro a água é muito cara, então você fica regulando você mesma no banho, aff, antes eu ficava uma hora no banho, mas tb não pagava conta. Outra coisa que me recuso a fazer, passar roupas, até com a passadeira a vapor eu me queimo. Mamãe passava tudo no ferro, saudades, mas mil vezes morar sozinha.

    • #44
      Alessandra
      13.09.2017 - 11:37

      Gente
      A parte mais fácil é o banheiro. Acreditem! No Brasil temos o hábito de tacar água em tudo e aí tem que ficar puxando com rodo e secando.
      Quando comecei a morar fora, descobri que os banheiros só tinham ralo na pia e no box da pior maneira; depois de despejar um balde com desinfetante e ver a água invadir o corredor kkkk Em vários países não ecxiste sair mandando ver com o balde enNem por isso os banheiros são sujos.

      Quando vou para o Brasil, levo lenços umedecidos com desinfetante sem enxague e azamigas adoram.
      Parecem lenços de retirar maquiagem, mas vem com produtos que desinfetam.
      Eu só lavo com água abundante a pia, box e sanitário. Com bons produtos, nem precisa ficar esfregando até a eternidade.Seco com lencinhos desinfetante e voilà.
      No chão eu passo aspirador primeiro para tirar cabelos e afins, depois passo o rodo com desinfetante diluído. Uso aquele que vem com tecido acoplado e que pra torcer, é só dar umas apertadas com o pé e parte do balde gira retirando o excesso de água. Tem aí no Brasil várias versões. Uns são uma porcaria, mas tem bons também.

      E sempre com luvas de latex que não tem aquele pó bizarro dentro. Azunhas agradecem, o banheiro fica limpo e cheiroso e economiza tempo.

      • #45
        Constanza
        13.09.2017 - 12:33

        Boas dicas! Ainda to aprendendo a me virar 100% sozinha rs

  37. #46
    Alessandra
    13.09.2017 - 11:18

    Gente, morar sozinha é vida!

    Desde que me separei, a melhor parte é fazer tudo que foi listado no post e mais um pouco é a liberdade de morar sozinha.
    Como moro fora do Brasil e aqui na Europa a cultura de ter alguém pra fazer tudo por você não ecxiste, já estava mega acostumada a solucionar problemas com a ajuda de lava-louças, aspirador eletrônico (Roomba) e me organizar pra não ficar sem roupas lavadas, porque passar já são outros 500… Penso 10.000 vezes antes de comprar uma roupa que seja chata para passar.
    Odiava cozinhar só pra mim mesma, mas quando recebia visitas fazia com prazer. Descobri que é um carinho consigo mesma fazer uma comida gostosa e quando a preguiça bate, corro pra comer fora.
    Nem tenho medo de ficar rabugenta porque não quero morar com ninguém. Quero sim um novo relacionamento, mas cada um na sua casinha. Assim é gostoso. Ir pra casa do boy de vez em quando e vice-versa. Acredito até que o fato de estar sobre o mesmo teto tenha contribuído muito para gerar impasses no meu casamento desfeito recentemente.

    Roomba é vida! Máquina de lavar de abertura frontal + saquinhos bons de proteção te livram de lavar roupas delicadas manualmente. Sutiã idem. Os saquinhos não podem ter furos grandes. Tem que ser tipo os da Multicoisas.
    E lava-louças, a melhor é a da Siemens, mas não sei se vende no Brasil. Lavo panelas na minha e as bichinhas saem limpas e brilhando. Fora que não precisa secar.

    Quanto as contas, já estava acostumada desde nova a segurar a carteira e me organizar. Meu equilíbrio financeiro só chegou a partir dos 30.
    Ter paz, sossego e não ser obrigada a nada, não tem preço!

    • #47
      Constanza
      13.09.2017 - 12:35

      Roomba?

      • #48
        Alessandra
        13.09.2017 - 14:05

        Isso, Cony.

        Alguns chamam de IRobot. O Roomba é um aspirador de pó automático. Não precisa ficar segurando. Ele se movimenta pela casa toda, pode ser programado e quando a bateria está pra acabar, volta pra base sozinho. Uma maravilha! Já dei de presente e a pessoa amou e também só elogia. Ajuda muito.

        Dê uma googlada. Acho que tem vídeo no Youtube também.

      • #49
        Alessandra
        13.09.2017 - 14:08

        [https://www.youtube.com/watch?v=Wexr23AzYwg]

        Esse vídeo é antigo. Os modelos atuais não batem com força e nem danificam paredes.

  38. #50
    Alessandra
    13.09.2017 - 11:19

    *sob

  39. #51
    Rosângela
    13.09.2017 - 14:33

    Acho que foi a melhor parte da minha vida foi quando morei sozinha, também tinha medo de ficar rabugenta, hoje me seguro muito para não matar o marido….rsrsrsrs
    Eu adorava ficar comigo mesmo, conversar sozinha.
    Infelizmente sozinha e com o meu carro foi por pouco tempo, queria que essa dupla eu e carro tivesse durado mais tempo, ai sim seria muito mais liberdade ou perdição com certeza.rsrsrsrsrsrs Mais hoje amo a minha vida de casada e agradeço muito por te vivido esta fase maravilhosa de sozinha….Bjo Cony

  40. #52
    Lili
    13.09.2017 - 19:54

    Telefone que fica tocando à toa??? Tira o som dele, Cony!!!

    Eu faço isso lá em casa, já que também não dei meu número fixo para ninguém, nunca….rs.

    Tiro o som e pronto. Mantenho o aparelho porque pode ser necessário ligar numa emergência, sei lá….. Mas nada de barulho me atormentando!!!

    beijoo

    • #53
      Constanza
      13.09.2017 - 23:10

      Verdade!!! Boaaaaa

  41. #54
    Débora Siqueira
    14.09.2017 - 00:07

    Cony,
    Vc não estava construindo uma casa?
    Lembro de vc postar foto da construção…
    Desistiu?

    Bjs

    • #55
      Constanza
      14.09.2017 - 10:23

      Tava nao!

  42. #56
    Camille
    14.09.2017 - 10:52

    Nunca deixar claro que mora sozinha, principalmente aos entregadores.
    Alguém de confiança ter sua chave de casa.

Comente