26
Sep 2017
AQUELA Pele!
Beleza, Eu Testei!, Novidades de Beleza, Publieditorial

E diz que o frio tá acabando e com isso ficam os resultados de uma pele um bocado maltratada né? Bom, pelo menos a minha tá pedindo socorro! No frio, acabo esquecendo de passar hidratante depois do banho por dois motivos: um é que tá frio e quero me vestir logo, o outro motivo é que penso que vou estar toda coberta mesmo e ninguém vai ver a pele.

Certo? ERRADÍSSIMO! E ainda mais eu, que minha mãe me ensinou a SEMPRE passar creme no corpo! Hidratar a pele deve ser um ritual, deve ser rotina e por nenhum motivo devemos deixar isso de lado. A pele ressecada fica envelhecida, enrugada, feia, sem vida. Ninguém quer sair com as pernas de fora e no meio do caminho reparar que está “ruça” como dizem por aí né?

Hoje vamos falar de 3 produtos da Korres, aquela marca grega que já comentei aqui no blog várias vezes.

MOMENTO FUTILISH DE CULTURA: a Korres, que pronuncia-se “ko RES“, é uma marca de cosméticos que surgiu na Grécia há pouco mais de 20 anos, pelas mãos de George Korres, que na época era estudante de farmacologia em Atenas. Ele trabalhou na farmácia de homeopatia mais antiga da Grécia e lá ficou apaixonado pelo poder dos ingredientes naturais. Bom, ele acabou comprando a farmácia, montou um laboratório homeopático e começou a estudar ervas, milhares delas, com a finalidade de utilizá-las na composição dos seus cosméticos. Em 2015, a marca chegou ao Brasil, e manteve toda as formulas IDÊNTICAS as comercializadas lá fora. A Korres, é uma das marcas mais reconhecidas mundialmente e aqui no Brasil temos exatamente o mesmo produto vendido em qualquer outro lugar do mundo. Toda a matéria prima é importada, porém a embalagem é feita aqui, o que permite que o preço comercializado seja BEM acessível!

O primeiro produto é o Creme Corporal Extra Hidratante de Chá Branco, que é o que mais tenho usado para recuperar minha pele. A fragrância é uma delícia, floral, fresca, super feminina e delicada. Ele tem 72,86% de conteúdo natural e ainda é enriquecido com óleo de amêndoa, aloe vera e manteiga de karitê para dar aquela super mega power hidratação. Absorve super rápido e de cara a pele já fica macia! Tem vários outros aromas: algodão, rosa japonesa, manjericão limão, baunilha, leite de coco, cítrico, avelã, nozes, cassis e figo , jasmin, chá de menta e maçã.

Preço: R$ 45,90. Textura bem leve!!!

Outro que amo é o Creme Corporal Lírios D’água, primeiro porque a embalagem é linda (hahahaha eu me ligo nisso, o banheiro tem que ficar bonito né?), fácil de manusear pois ele tem um pump e tem 81% de conteúdo natural! Uma DELÍCIA  de passar, mega refrescante, leve, também absorve bem rápido e a pele fica super gostosa!!! Tem outros aromas: Amora e Baunilha (que deve ser um espetáculo), Manjericão e Limão, Vinhas de Santorini (MARAVILHOSO) e Maçã. Perfeito para presentear, não tem que não goste!

Preço: R$ 59,00

Ah! A Korres tem um protetor solar facial que AMO! É o Uva Mediterrânea, FPS 30 e que tem o plus de suavizar rugas e ainda auxilia na redução de marcas, uniformizando o tom da pele. Ele é feito com células tronco da uva Vitis Vinifera, lá do Mediterrâneo e é bem indicado para peles sensíveis a queimaduras solares. A aplicação dele é bem tranquila, absorve rápido, a fragrância é leve e espalha bem. Tá cheio de resenhas positivas no site da Korres! E o preço é ótimo, custa R$ 63!

Muita coisa boa, muito produto bom, ingredientes de primeira qualidade e preço ótimo!!

  • Pode melhorar? PODE, SEMPRE PODE!!! Para minhas leitorinhas lindas e cheirosas da pele macia, TEM CUPOM DE DESCONTO PARA TODOS OS PRODUTOS DO SITE (exceto para os da sessão outlet)! Só usar o código FUTILISH para ter 15% de desconto! Essa promoção é válida até dia 31 de Outubro hein!!!! Aproveitem!
25
Sep 2017
Tá na Moda – Vans!
Como Usar, Fashion News, Shopping Time

Não sei se sou eu ou se realmente tá uma onda de Vans por aí! Pergunto se sou eu, porque as vezes começo a reparar muito em uma coisa e daí começo a ver todo mundo usando. Bom fato é que tem muito Vans por aí, aquele tênis old school, com carinha meio vintage, street, bom pra usar com roupa do dia a dia e ficar estilosa. Foi tanto que vi, que acabei comprando um pra mim!

Antes de ver looks com esse tênis (mais um pra nossa lista de desejos), vamos abrir espaço para o saudoso Momento Futilish de Cultura:

A Vans é uma empresa americana, fundada em 1966 pelos irmãos Paul Van Doren e James Van Doren. Ela faz peças de vestuário para skatistas, snowboard, BMX (quem lembra dessa bicicleta???), surf e motocross. Com esse currículo todo, será que vocês adivinham onde é a sede dela? Na Califórnia, claro! Quer coisa mais californiana que esses esportes e ainda mais com a pitada vintage??? Logo no começo, a Vans já foi um sucesso mas em 1984 declarou falência e só quitou a dívida depois de dois anos porém a empresa foi vendida para um banco. A Vans é uma das empresas que mais sofre com a falsificação de seus produtos, mesmo assim, é item de desejo e tem loja física em vários países! O modelo em questão, o da modinha, é o Old Skool.

Esse é o tênis da vez! Comprei esse modelo porém em outra cor… depois mostro no Instagram.

Agora, como usar? Como todos os tênis street da vida, aceitam quase todos os looks! Amo!

Total black que pode ser no estilo mais xóvem ou mais social.

Me vi aqui, com calça preta e jaqueta jeans!

Com vestidos midis!

Não fica lindo?

Gosto muito de usar assim, com peças básicas por baixo e casacos tipo quimono por cima.

O trio perfeito: jeans, camiseta branca e jaqueta preta.

Com listras pode? POOOODEEEE!

E até numa pegada mais socialzinha.

 

  • Eu gosto tanto de tênis street e gostei tanto desse modelo Old Skool que comprei mesmo antes de postar. Farei um post com as lojas que vendem e claro, citarei onde fiz minha compra! Confortável, estiloso, vintage e com história, o que mais a gente poderia querer?
22
Sep 2017
Chora Que Eu Te Escuto
Chora Que Eu Te Escuto

Hoje é sexta mas tem choradeira!! Vem ler, analisar e aconselhar!

Chora 01 – MAC

Oi Cony, tudo bem? Eu não vou muito bem não, e o motivo é o seguinte:

Eu e meu namorado nos conhecemos há dois anos, ficamos juntos por três meses, ele quis separar, nunca se distanciou, dizia que não sabia o que queria, que não tinha certeza, etc. Onze meses depois nós voltamos, por iniciativa dele. (Aqui vou abrir um parenteses pra dizer que nesses onze meses a gente ficava as vezes, mas eu curti minha vida como pude, não fiquei sentada esperando por ele não, mas não o esqueci e por isso quis voltar quando ele se resolveu.) Bom, no começo tudo eram flores, ele nunca foi do tipo meloso, mas tinha atenção comigo, carinho e cuidado. Mas isso foi diminuindo…. Nós só nos vemos no fim de semana, então durante a semana eu esperava que a gente tivesse pelo menos 5 minutos de conversa por dia, mas nem isso… Se eu não mando mensagem, a gente não conversa, e nessa eu sinto que to mendigando amor. Ele nunca disse que me ama, pelo contrário, quando eu disse que o amo, ele disse que ainda não sentia dessa forma e assim continua (10 meses juntos). Semana passada nós acabamos brigando sobre isso e agora não sai da minha cabeça que eu preciso resolver isso logo. Na discussão ele fala que tem consciência que deveria ser mais atencioso comigo e que sabe que está me faltando, mas que está tentando e não consegue. Um tempo atrás me disse que não tem vontade de me mandar mensagem e conversar comigo porque eu já faço isso o tempo todo (mando mensagens, e mando mesmo, tento conversar, afinal eu quero mesmo atenção), mas dái eu parei de mandar e simplesmente não conversamos, ele só manda pra perguntar alguma coisa do interesse dele, coisas assim, e eu fico mais irritada ainda. Eu não me conformo com isso. Quando perguntei também se ele vê futuro na nossa relação, ele disse que só ta preocupado com o presente, que mal ta dando conta do agora, imagina o futuro. Quando perguntei se então ele queria terminar, para que pudesse quem sabe achar uma pessoa que ele ame, ele disse que quer continuar tentando comigo. Ele tem 30 anos, é uma pessoa ótima, eu o admiro muito e o amo muito também, e claro que tem qualidades, posso contar com ele para o que precisar, ainda tem cuidado comigo e quando estamos juntos ele até é carinhoso, do jeito dele, mas é. Concluindo, fico pensando se isso é um bloqueio, se o problema é comigo, se ele tá comigo porque acha que não vai achar outra pessoa (tem neura com idade). SOCORRO. kkkkkk, gente, sério, o que eu faço? Largo? Espero? Dou gelo? Alguém já passou por isso? Vale mencionar um detalhe, há um mês mais ou menos ele foi pro Peru e ficou uns 20 dias longe, e nesse período (uma semana antes de ir, enquanto estava lá, e quando voltou) ele ficou maravilhoso, melhorou muito, estava um doce, mas depois só piorou e agora ta muito pior do que antes, não faz um elogio, raramente me dá um beijo (fora do sexo). Eu to namorando mas sinto sozinha.

Cony, obrigada por abrir esse espaço pra nós, é de grande valia. Espero que vocês possam me dar uma luz.

Tem um problema sério aí sim e se chama FALTA DE AMOR PRÓPRIO. Pelamor moça… que papelão! Rastejando assim atrás do cara é claro que ele nem vai te dar bola. Antes de gostar dos outros, comece a gostar de você mesma!

Chora 02 – Vult

Conyzita, antes de começar a explicar o Chora, já vou falar: no fundo nem é em busca de conselho, sabe?? Mas depois de alguns anos me dei conta que NINGUÉM fala sobre isso abertamente, e o fato de eu lidar relativamente bem com isso não significa que todas as outras meninas tenham a mesma sorte. Então acho que uma boa parte pode ler e “OPAAA eu não sou anormal, mais gente faz o mesmo que eu” e isso pode ajudar.

Vamos lá: 

Aos 12 anos muita coisa mudou na minha vida, incluindo o fato de eu estar mudando também, né?! A criança passa a ser adolescente, a gente recebe muitas informações e nem, todo mundo lida com isso da mesma forma… Como eu lidei? Com ANSIEDADE.

Não aquela ansiedade que a gente tem esperando uma festa, uma prova… mas transtorno de ansiedade, devidamente diagnosticado e medicado. Porém, isso refletiu numa doença que poucas pessoas conhecem, chamada tricotilomania.

Quando ouvi essa palavra pela primeira vez, foi um misto de alívio (por saber que EXISTIA, que mais gente tinha isso) e susto.Essa doença consiste basicamente em arrancar os próprios cabelos. Sim, exatamente. A gente passa a ter grandes falhas no cabelo, às vezes a calvície é quase completa… e por aí dá para imagina o quanto afeta a auto estima, né?

Se tem cura, eu ainda não descobri. E olha que muitos anos se passaram e muita terapia foi feita. De repente alguma leitora conseguiu, imagina que legal eu e tantas outras sabermos disso! Serviria até como estímulo, né??

Algumas de nós usam bonés/toucas para esconder, outras optam por pentear o cabelo de forma que não apareça… eu optei por uma uma prótese (tipo peruca mesmo) que fica na parte que tento esconder… Fora isso, terapia, ansiolítico e muito foco para tentar levar a vida normalmente <3

Menina… sabe que eu já passei por isso??? Quando era adolescente eu roía unha até sangrar, depois parei e comecei a mexer no cabelo. Nunca cheguei a ter falhas, mas ficava horas e horas mexendo no cabelo e procurando algum “diferente”, tipo mais grosso e tal e arrancava. Durante anos foi assim, mas como te contei, acho que num grau menor pois nunca chegou a afetar meu cabelo em si… Ainda hoje, quando estou muito nervosa ou ansiosa, fico mexendo no cabelo. É uma mania feia sim e sei o quanto é involuntário! Até onde sei, é com terapia mesmo e ansiolíticos que se “cura” mas não sei te passar mais informações. Se alguém aqui souber (e acho que isso é mais normal do que se imagina, conheço MUITA gente que faz isso) como melhorar esse quadro – totalmente ligado a ansiedade – conta aqui!

 

 

Chora 03 – Maybelline

Oi Cony, meu problema tem uns anos e preciso de conselhos para mudar a situação, se é que é possível.

Conheci meu companheiro em meados de 2011, nos tornamos muuuuito amigos,  mas depois de uns meses ele foi viajar por uns dias, nos falamos muito enquanto ele esteve fora, coisas sobre nós sabe, flertamos, ele voltou de viagem e foi direto na minha casa de madrugada, ficamos e nunca mais nos deixamos, assim, da noite pro dia.
Nestes primeiros meses foi muita paixão, a gente não podia se ver que tinha que ter beijo, abraço, sexo, diariamente.
Estudávamos no mesmo lugar, então íamos e voltávamos juntos da faculdade, ou ele dormia na minha casa ou eu na dele.
Enfim, foi um namoro-casamento, porque nunca mais nos desgrudamos, todo dia juntos, nunca ficamos separados.
Ou seja, foi tudo muito intenso e muito rápido e sempre muito juntos, em um ano compramos nossa casa e fomos morar juntos definitivamente.
Mesmo antes de morarmos juntos, os problemas começaram a afetar no relacionamento (homem e mulher), ou seja, desde o primeiro ano juntos.
Ele chegava em casa cansado, conversava, contava sobre o dia, deitava comigo, mas não rolava nada, ele justificava que era por causa do trabalho, depois os motivos foram mudando e nossa vida sexual cada vez mais escassa, até hoje.
Ele é muito querido e muito carinhoso comigo, muito brincalhão, nos divertimos muito juntos em casa, mas geralmente ele acaba dormindo no sofá e eu vendo TV sozinha, por vezes eu até estou falando com ele, de repente ele não responde, dormiu.
Eu sempre gostei de sair, passear no shopping, caminhar na rua, fazer trilha, sair pra dançar, mas ele não gosta muito disso e eu acabo ficando com ele em casa, afinal nunca tive muitos amigos que possam fazer essas coisas comigo.
Mas o que tem me incomodado é realmente a nossa vida como homem e mulher, somos muito parceiros, nos damos bem na vida cotidiana, quase não brigamos, bem raro mesmo, mas é de segunda a segunda: sair pra  trabalhar, chegar em casa, fazer umas tarefinhas e dormir, inclusive finais de semana.
Não sei falar quando foi a última vez que transamos, afinal este evento ocorre a cada dois meses aproximadamente, quando eu começo a reclamar e então rola.
Tento partir pra cima, mas ele sempre me corta e pede que eu vá descansar.
Já tivemos mil conversas, ele concorda que tem que mudar, sabe que ele falta comigo nisso, mas no fim, não muda.
Já ocorreu de há uns dois anos um colega de trabalho se interessar por mim, muito, insistir muito, me envolvi na situação e mesmo podendo trair ele sem ele sequer desconfiar não fiz, não consegui, tinha muito desejo pelo outro, mas só de pensar no meu companheiro eu recuava e nunca fiz nada.
Eu amo ele, superamos muita, mas muitaaa coisa juntos, temos uma história de parceria e companheirismo muito legal, mas sinto falta de alguém que me chame para sair no sábado a noite, que me leve pro motel, que corresponda aos meus desejos, que sejamos mais que sócios de uma casa e de trabalho, pois hoje trabalhamos juntos também, temos nosso negócio próprio.
Como já tentei de tudo, às vezes penso que a única solução seria nos separarmos, mas só de pensar meu coração dói.
Gosto muito dele e ele faz parte da minha vida nos últimos seis anos, sem contar que seria não só o fim do relacionamento, mudaria casa, mudaria trabalho, mudaria tudo.
Tenho muita vontade de mudar, de me aventurar, de mudar de país inclusive, (tenho 26 anos e ele 29) mas tenho medo disso tudo, ele é muito conservador e eu sei que eu gostaria de ser muito aventureira, mas não consigo ser assim com ele.
Não sei o que fazer, ele me faz bem, mas existem lacunas que ele não preenche e que não tem como serem preenchidas senão por ele.
Enfim, essa é a situação, preciso de conselhos!
Obrigadinha por ler meu texto e por tanta coisa bacana que você oferece para suas leitoras!

 

Vish… O que está acontecendo com esse homem?? Acho que ele está bem cansado mesmo, como você disse, fala com ele e ele dorme… Já abriu o jogo??? Conversou abertamente sobre isso? Seja sincera e honesta com ele, pode estar acontecendo alguma coisa que ele ainda não te contou… No mais, acho que isso só vai se resolver com uma boa conversa mesmo!

 

 

  • Interessante hoje e principalmente aguardo comentários sobre a tricotilomania!!! E você? Tem alguma angústia, algum problema que não consegue conversar com ninguém? Mande para constanza@futilish.com, no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO, tente ser resumida e prometo manter sua identidade em segredo ok?? 
Página 1 de 912345Última »