04
Mar 2017
Chora Que Eu Te Escuto!
Chora Que Eu Te Escuto

Que tal um belo sábado de sol para um choradeira básica???

Chora 01 – Emma

Bora lá! Tenho 29 anos, sou casada desde os 19, e antes disso namorei 6 anos. Isso mesmo, tô com a mesma pessoa desde os 14 anos. Um bom marido, com o qual eu planejava filhos e uma casinha no sítio. Tudo bacana demais, da forma que eu imaginava que tinha que ser, Até eu encucar com o fato de não ter conhecido outras pessoas. Isso começou a me agoniar muito.

Sempre fui a bem resolvida das amigas a que dava o conselho pra sair fora quando não tivesse legal. E uma das amigas me relatou a situação dela com um rapaz, que estava angustiada pq ele não queria nada sério. E eu falei pra ela desencanar dessa pessoa.

Mas o mundo gira, e eu me esbarrei com o carinha. Imaginei na minha  cabeça, que poxa, só uma vez que mal faria, ele não era do tipo de se apegar, eu sabia o que queria, seria uma aventura.

Mas o mundo gira, e a amiga veio falar que o carinha tinha encerrado de vez com ela (eu não sabia que ainda continuavam) por que estava apaixonado, ela desesperada. Eu continuei dando conselhos, mas ela continuou correndo atras do rapaz, ele por sua vez disse que queria ficar comigo sério. Eu não aguentei e falei pra ela o que tinha acontecido, levei a maior esculhambação da vida. Agora sinto a necessidade de contar pro marido mesmo que isso acabe nosso casamento, fico angustiada de ele não saber.

Quanto a relação com o rapaz, me sinto muito atraída, mas queria ser livre. Meu chora é maluco demais? Fui muito mal caráter, tipo vilã de novela? Sou aquela pessoa que estraga os relacionamentos? Isso tem me perturbado muito.

Sim amiga, o mundo gira e vai girar pra você também! Lembre-se SEMPRE de uma coisa: nunca faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você. Acho que só com essa frase já respondo a sua dúvida.

Chora 02 – Victoria

Namorei 6 anos… e faz 2 anos que casei. Nunca tive nenhum problema de relação com meu marido.. somos extremamente felizes.. brigamos pouco. Realmente é uma relação muito boa e sou muito feliz. Porque eu choro então?

Eu me casei e mudei para o exterior (moro em San Diego, na California.. e o dia que vc der uma chance ao lado oeste de NYC adoraria te conhecer!). Nos somos felizes aqui no exterior.. temos emprego e uma vida estável… e eu já estou com 33 anos. E ai a idade começa a pesar em relação a ter filhos. A mudança sempre foi pensando na qualidade de vida que nos e nossos futuros filhos poderiam ter. Só que eu ando me questionando muito se quero ter filhos.  Eu ando reparando que todos meus desejos e prioridades não tem NADA relacionando a ter filhos!

Meu marido diz q só teria filhos se eu quiser.. que ele me apoiaria incondicionalmente na decisão que eu tomar.

Fico pensando se vc ou e alguma leitora andam com esse mesmo dilema. Ter ou nao ter filhos? Fico pensando se seu tomar a decisão de não ter eu posso me arrepender no futuro e ser uma pessoa ou um casal muito sozinhos sem filhos, principalmente pois moramos em outro pais longe das nossas familias. Ao mesmo tempo não sei se eu gostaria de deixar meus sonhos de lado e ter filho. (filho exige uma dedicação, preparação e organização financeira gigante e hoje eu nao sei se eu quero ter essa preocupação… na realidade estou na fase de curtir a vida, ir em festivais, trabalhar muito, muito mesmo e aproveitar a vida).

Realmente, eu ando pensando muito nisso.. mas eu nao sei muito bem com quem falar. Meu marido não toma partido e acho que ter essa conversa com a minha mãe seria muito dificil.. porque ela espera netos! Ela e meu pai são completamente fissurados com crianças e contam os dias para ter netos. 

Será que vc consegue me dar uma luz no final desse túnel ensolarado? De qualquer maneira obrigada por toda a dedicação que vc tem ao blog… e obrigada em antecipação por me deixar escrever esse mail e ter a chance de vc ler! Obrigada  🙂 Beijos

Ter filhos é uma decisão totalmente da mulher!!!! E que SORTE que seu marido concorda com isso e te apoia! Eu nunca quis ter filhos e vim sem o tal do relógio biológico de mãe. Fiz um post bem bacana a um tempo atrás que acho que você deveria ler, inclusive os comentários! Pense bem e tome sua decisão! O link do post é este http://www.futilish.com/2014/12/a-geracao-das-mulheres-que-nao-querem-filhos/

Chora 03 – Geri

Olá, Cony!

Adoro seu blog e principalmente seu estilo. Me identifico muito! Bom, eu me formei em Moda e exerço a profissão de Estilista desde que me formei.
Me formei como uma das melhores da turma e consegui meu primeiro emprego em uma empresa bem estruturada e digamos de média a grande. Mas, como tudo não é perfeito, trabalhei muito sobre pressão e às vezes com grito. Isso era muito humilhante. Até que tirei minhas primeiras férias depois de 2 anos e resolvi pedir conta. Por uma sorte enorme me dispensaram 1 dia antes de voltar e o pior; foi por telefone. Me senti muito desnecessária e como se eu não tivesse nenhum vinculo com a empresa. Minhas coisas estavam ainda na minha mesa e mal queriam me deixar retirar. E com todas as pessoas que passaram por lá foi das mesmas maneira. Mas, Deus sempre nos reserva algumas surpresas. No mês seguinte me empreguei em uma outra empresa em outro seguimento e nela já estou a 4 anos.
O pessoal aqui gosta muito do meu trabalho. Dizem a todo momento, mas não ganho nada bem. E de se viver de palavras ninguém vive,né? A promessa era de aumentar meu salário gradativamente, e nunca recebi nenhum aumento que não fosse o reajuste anual. Eu entendo que a crise está terrível e que a empresa não está em um bom momento. Mas eu também não estou. Estou muito desgostosa da minha profissão. Já tentei mudar de emprego, mas na região que estou a crise fez com que muitas empresas fechassem. E como sou casada fica mais difícil mudar de cidade ou estado. Uma coisa que tenho comigo é que nasci para deixar as pessoas mais felizes e bonitas. Tanto que resolvi aprofundar meus conhecimentos na maquiagem com um curso profissionalizante. Estou adorando e está repercutindo muito! Meu marido me apoia integralmente e estamos pensando em montar um espaço em um quarto de nosso apartamento para fazer atendimento. Mas, a minha ansiedade é gigante. E a insegurança maior ainda. Já não durmo direito e tenho crises de ansiedade ! Tenho medo da mudança, de não dar certo! O primeiro passo eu já dei, mas é o primeiro de muitos outros planos que iniciei e que não consegui dar andamento. E isso está me tirando o sono! Se você e as leitoras tem algumas dicas para me dar neste inicio de nova carreira por favor me ajudem. Mais alguém é assim como eu, que quando as coisas não dão resultados imediatos desistem? Alguém superou isso? Acho que falta muito persistência em mim! Bom espero que você e outras fufus possam me ajudar!!! bjos e parabéns pelo seu trabalho que é maravilhoso!!!

 

Parece uma amiga minha falando… ela mal tenta, mal espera as coisas vingarem e já desiste. Fia, não é assim não! Tem que persistir!! Nada vem de graça, rápido e pagando bem. Se viesse, pode saber que era treta. Tem que construir, pedra por pedra, aprender, ajeitar as coisas, se aprimorar… Se desistir no início, de nada vai valer todo o esforço que fez! Pense nisso!! O primeiro passo você já deu, agora mantenha o foco e siga sempre em frente!

 

Chora 04 – Melanie

Oi Cony, Tudo bem? Então, gostaria de dizer primeiramente que amo seu blog e que te acho uma mulher incrível, moderna e forte! Keep going!
Meu chora não é exatamente um chora e sim uma mensagem de força e coragem tendo minha vida como exemplo.
Até 2 meses atrás eu morava no Brasil (amo meu país), mas estava completamente infeliz com minha vida. A faculdade me deixava triste, meu emprego – que era muito bom – me deprimia, meus amigos sempre faziam as mesmas coisas ou seja, não tava dando. Então decidi viajar, vim à Tailândia como turista e acabei me apaixonando pela ilha onde hoje estou morando. Larguei família, amigos, peguetes, faculdade, emprego, tudo pra viver este sonho que estou vivendo agora. Não sou rica, mas sou MUITO feliz. Então digo pras meninas que sempre estão desanimadas com o emprego e com a vida: SE JOGUEM NO MUNDO, não tenham medo de errar, nunca é tarde demais pra ser feliz! Não se prendam a uma vida tediosa por conta de um relacionamento ou de coisas que te fazem infelizes, apenas vivam! Beijos!

Vamos tatuar essa frase na testa? “Não se prendam a uma vida tediosa por conta de um relacionamento ou de coisas que te fazem infelizes, apenas vivam!” Parabéns pela decisão, pela coragem e principalmente por ter conquistado a maior riqueza do mundo, a FELICIDADE! Agora manda o endereço que eu vou aí te visitar hahahahahahahaha!

  • Choras ENCERRADOS! Recebi vários, vou responder os interessantes (os bofe que somem do nada não tá?). Quando liberar a caixa de mail aviso!