07
Dec 2016
Chora Que Eu Te Escuto
Chora Que Eu Te Escuto

Quarta feira dia de chora! O que teremos para hoje?

Caso 01 – Evian

Cony, tudo bem? Sempre acompanhei seu blog e se me falasse que eu mandaria algo pro Chora 1 mês atrás eu não acreditaria, mas meu mundo desabou. Tudo indo bem até que durante uma ligação de telefone meu namorado, de mais de 04 anos, terminou comigo, isso, por telefone. Os argumentos foram de que “não tá dando mais”, que “não tava bom tinha tempo” e tudo quanto é motivo geral, nada específico. Desde esse dia até hoje minha vida desandou, eu tava na 4 etapa de um processo seletivo pra um novo emprego, acabei indo mal na entrevista e perdi a vaga, tínhamos duas viagens programadas, do tipo, TUDO pago, uma perdemos a outra, que é em dezembro eu decidi ir sozinha e sem esperar nada dele, se ele quiser cancelar, problema é dele, eu vou. Eu to tentando me recompor, acho que a forma como tudo aconteceu que acabou comigo, o egoísmo a falta de coragem de ele não falar na cara, a falta de preocupação, parece q eu fui enganada por 04 anos e essa sensação tá acabando comigo. Ele foi meu primeiro namoro sério, pq eu nunca me permiti isso, sempre fui muito fechada, muito desconfiada (mal de mineira eu acho) e logo qnd eu permiti acontece dessa forma. Eu to tão perdida, que que eu faço, eu faço a viagem? Como eu faço pra me recompor? Eu devo ir confrontar ele (ele não me procurou nenhuma vez e fica mandando msg para as amigas “cuidarem de mim”) ? To perdidinha :/

Olha só, complicado… Mas se estava tudo bem e ele terminou do nada, provavelmente conheceu outra pessoa e se apaixonou. Dói? Dói… mas não há nada que você possa fazer. Acredito que um dia ele te procurará, arrependido e querendo, talvez, voltar, mas aí você tem que pesar se vale a pena voltar com uma pessoa que terminou do nada com você. Será que você confiaria novamente? Pense com carinho nisso, não se vitimize, não tenha pena de você pois você não fez nada errado. Ele que terá que arcar com as conseqüências de ter agido assim e saiba que tudo, mas TUDO o que a gente faz, seja de bom ou de ruim, volta. Se quiser viajar, estiver forte, vá, mas não vá sozinha, não neste momento que você ainda processando toda essa mudança e perdida. Respire fundo, avalie com frieza os fatos, tente ver de fora para ver melhor e se estiver muito difícil de superar, procure uma terapia. Boa sorte!

13508852_1731705610203128_4111082988391780325_n

Caso 02 – Minalba

Oi Cony, senta que lá vem a história rs

Tive o meu primeiro namorado quando estava com 20 anos. Ele era gente boa, tínhamos a mesma idade e estávamos começando nossa vida “adulta” juntos. Como nada é perfeito, ele tinha/tem uma doença degenerativa o que nos privava de fazer certas coisas juntos, porém ele nunca me impediu de fazer nada sozinha, muito pelo contrário.

Com o passar do tempo o nosso relacionamento foi ficando mais sério e nós chegamos a morar juntos e foi ai que começou a rolar uma certa “pressão”. Eu não estudava, apenas trabalhava em loja de Shopping e ele dizia que isso não dava futuro que eu tinha que voltar aos estudos e blábláblá (e confesso que ele tinha razão quanto a isso rs). Eu estava passando por uma barra pesada na família, fui criada pelos meus avós e a minha avó começou a desenvolver o temido Alzheimer e isso foi muito difícil de aceitar e principalmente de viver. Eu sentia necessidade de estar mais presente na vida dos meus avós por amor, por necessidade, por retribuição, eles precisavam de mim mais do que nunca e ao mesmo tempo o meu então namorado fazia planos de casar e ter filhos e queria para ontem, para já! Tive que fazer uma escolha e logicamente foi pela família!

Com o término do namoro eu acabei encontrando um conhecido e começamos um relacionamento. Voltei para a faculdade, sai do shopping e a vida foi tomando jeito.

 Vejo muitas meninas falando aqui que falta “EMOÇÃO” no caso/namoro/casamento e eu confesso que comigo não está sendo diferente. O que teoricamente faltava no meu outro relacionamento com a justificativa das limitações do ex não teria nesse, tendo em vista que o cara goza de boa saúde e energia. E para a minha tristeza o camarada não gosta de fazer absolutamente nada para curtir a vida. É praticamente um “DESPERDÍCIO DE SER HUMANO” e ainda é extremamente crítico, tudo coloca defeito, mas esquece de olhar para o próprio umbigo. Ele não concluiu os estudos, não gosta de sair, não gosta de viajar, não bebe e por ai vai… Por ele ficaríamos trancados a vida toda em um quarto, só sairíamos para ir a academia afinal isso é a única coisa que ele faz da vida.

Agora que eu expliquei parte da situação vem a questão, o pedido de luz rs

Já estou na casa dos 30, ele já está indo para a casa dos 40 e eu tenho certeza de que ele sofre da SÌNDROME DO PETER PAN. O cara tem medo de assumir responsabilidades, na verdade eu nem sei se ele seria capaz de fazer isso sem a mamãezinha. A minha vida está passando, a “gineco” adora lembrar que o tempo é o meu pior inimigo e eu tenho muita vontade de explorar tudo o que a vida tem para dar e em boa cia seria melhor ainda!

Não estou satisfeita com essa relação, mas quando decido terminar me sinto muito estranha e sozinha (todas as amigas estão com os seus sapatos velhos ), não tenho mais os meus avós…

Começar do zero? Sabemos que não está fácil pra ninguém. O Tinder, Happn e similares vieram para ajudar e para prejudicar a vida dos new solteiros pois a maioria não está atrás de relacionamento e tal, usam só como cardápio.

Me da uma luz, umas ideias, um sacode… 

Até a minha terapeuta diz que temos que pesar os prós e os contras, pois sempre vão ter contras para nos super incomodar dentro de uma relação.  ;/

Mas em contra partida tem uma frase bem clichê que diz que  “Só se ama o que se admira. O resto é confusão mental.” e eu acho isso uma super verdade!

Concordo com sua terapeuta, contras sempre existirão, mas só devemos aceitar aqueles CONTRAS que não nos incomodam. Picuinhas, manias, coisas assim, mas quando o assunto é caráter, planos e estilo de vida completamente diferente, aí já é outro papo. Você disse que o cara é um desperdício de ser humano, crítico, não gosta de fazer nada, não assume responsabilidades e tem quase 40 anos. Leia isso tudo novamente. E de novo. E de novo. É essa pessoa que você quer? Quanto mais tempo insistir, mais tempo perdido. Ninguém muda da noite pro dia, ninguém muda por amor. Para as coisas melhorarem COM ELE, primeiro ELE tem que perceber o que está errado e AGIR para melhorar isso. Você tem esse tempo????? Pense nisso. E para concluir, está mais do que claro que você não o admira. 

 

cfb2997a8eeeb5e1dd7e5203a3d7e002

 

Caso 03 – Crystal

Ola Cony.Amo seu blog e adoroooo você, e me inspiro nele todos os dias. Mais vamos ao que interessa.  Tenho 02 questões, a primeira é em relação ao meu relacionamento, namoro há 07 anos, e até o 5º ano tudo era muito bom. Lógico tínhamos pequenos problemas, mais resolvíamos e ficava tudo bem. Porém no inicio do ano passado, eu fui contrata para trabalhar em uma empresa maior, em que ganhava bem mais que meu namorado, bemmm mais! E com isso começou as questões. Ele achava que eu tinha que ajudar ele, mais eu cortei essa questão fui firme, e falei que não dava, pois o que eu ganhava era pra mim e pronto. E com isso as nossas viagens diminuíram, restaurantes, pois eu teria que pagar tudo. Enfim. 

Esse ano ele ficou desempregado! E ele ainda não passou na prova da ordem, com isso FUFU tudo! Agora que ele acha que eu tenho que ajudar, e isso esta me incomodando demais. O que eu faço, ajudo? Dou mais limite que eu já dou? Ajuda-me Cony. 

E outra questão no meu trabalho, assim que eu entrei, já sabia com quem ia trabalhar, pois já conhecia os donos, pois eles frequentavam o meu antigo trabalho, com isso ele observaram o meu jeito de trabalhar e me fizeram a oferta, com isso 02 meses antes eles fizeram uma oferta para uma menina que trabalhava na mesma empresa que eu sendo que em setor diferente. Até ai beleza, nessa empresa fazíamos as mesmas coisas, porém há 04 meses pra cá essa menina passou para o cargo de “Supervisora”, e com isso minha vida virou um inferno, sabe aquela pessoa que vê erro em tudo que você faz, até na vírgula errada? Ela é assim, vê erro onde não tem só para ter o prazer de falar que você errou. 

Além do mais ela leva a fama de ser demais, porém todo o trabalho realizado eu que fiz, exemplo, quando tiramos uma licença, ela que ganha à porcentagem, porém que conseguiu tirara a licença fui eu! 

Não sei o que eu faço também, se falo com o meu chefe, dessa situação ou se sofro calada, esperando um milagre divino. O trabalho que era bem gostoso fica a cada dia uma cova de onças, onde eu sou a carne e ela a onça querendo me devorar, querendo a cada dia me fazer desistir de tudo. 

Cony, tentei ser bem breve, e te peço ajuda máxima. 

Muitos beijos e fica com Deus! 

Moça moça… vejo duas situações diferentes: uma é bancar o namorado, o que eu também não concordo… salvo devidas exceções. A outra situação é ajudar o namorado que ficou desempregado e isso é beeeeeeeem diferente do que bancar macho. Você está negando ajuda para a pessoa que está com você há 7 anos!!! Isso é ser desleal e pense comigo… se ele não pode contar com você neste momento, como será no futuro, caso casem e ele precisar novamente de você? Essa é a segurança que você quer passar para seu namorado? Deixe de ser egoísta e pense como casal. Você não está com ele há poucos meses, não faz sentido ter namorado e não ser parceiros. Se fosse o contrário, como seria?

Quanto a questão do trabalho… você está se vitimizando demais. Sério que você é a carne e ela a onça? E você deixa comer??? Vamos ser um pouquinho mais madura e se posicionar em relação a isso. Se ela está sendo abusiva, converse com ela. Se ainda assim você achar que continua e depois de ponderar MUITO perceber que está certa, fale com os chefes. Mas antes de qualquer coisa, analise bem suas atitudes para ver se está com a razão!

 

63b652e2ae0940f61dc513f02e345c2d

  • Forte hoje hein??? Choras ainda suspensos!
92 Comentários
  1. #1
    Barbara
    07.12.2016 - 12:45

    Minalba (caso 02), vc ainda tem dúvidas se deve ou não terminar com um cara que vc considera “desperdício de ser humano”? Imagine construir uma vida toda ao lado de uma pessoa que vc não admira? Aí sim será tarde demais para recomeçar… Vc está nova, tem a vida pela frente (mais pessoas do que vc imagina estão começando a traçar seus planos aos 30 anos!!). Não se prenda a regras, números, ao que as pessoas dizem ser certo ou errado, corra atrás da sua felicidade!!!

  2. #2
    Mariane de Liz
    07.12.2016 - 12:50

    Sem querer ofender, mas essa Crystal, do caso 3, parece ser muito egoísta, não dando apoio pro parceiro dela. Acho qur idso devia ser repensado muito profundamente, caso a história fosse o oposto. O que pode vir a acontecer no futuro, caso ela continue se vitimizando no trabalho também.

    • #3
      Caca
      07.12.2016 - 15:22

      Não vejo por esse lado. Acho que, como no início ele começou a abusar quando viu que ela ganhava mais, ela ficou sem saber como agir quando ele ficou desempregado. Acho que é receio de ele querer ficar na aba dela e não correr atrás do dele, entendo a dúvida de “como agir” dela.Acho sim que ela deve ajudá-lo, mas não só financeiramente, deve ajudá-lo a superar e conseguir coisas nova, conquistar o dele.

    • #4
      Ariana
      08.12.2016 - 16:07

      Quem tem filho grande é elefante!

      Do mesmo jeito que não acho correto mulher bancar homem, também não acho certo homem bancar mulher.
      Devemos ajudar quem realmente necessita, e não um marmanjão gozando de saúde que antes de ficar desempregado já pediu dinheiro para namorada. Cara folgado hein! Deve ser por essas e outras que perdeu o emprego.

  3. #5
    Gabriela Cristina Silva
    07.12.2016 - 13:04

    Sua linda!!
    Se nada sair como planejado, e o planejado não for esse…vira psicologa!

    Já acompanho seu blog já tem tempo, depois dessa coluna então..apaixonei.

    Tenho uma confissão rs
    Quando eu te vejo em alguma propaganda, fico torcendo por você…como se você fosse uma pessoa da roça que ta começando a vida sabe ? kkkk
    (espero que entenda esse comentário), mas é que me sinto tão sua amiga, que torço pelo seu sucesso!!

    Parabens!!

    • #6
      Natalia
      08.12.2016 - 09:31

      Chocada! Vc chamou a Cony de menina da roça que está começando a vida??????????????????????????????????????
      Sem noção…

      • #7
        Constanza
        08.12.2016 - 10:29

        Tb não entendi mas td bem rs

        • #8
          isla wolff
          08.12.2016 - 14:05

          Eu acho que entendi um pouco rsrsrs, ela quer dizer que mesmo sabendo que tu, cony, tenha um blog de sucesso, patrocinadores e sendo famosa, ela se sente super tua amiga, como se estivesse próxima de ti e em ascensão inicial.. Eu achoooo hahaha

      • #9
        Natalia
        08.12.2016 - 10:50

        É cada uma viu… Uma menina da roça cresce vindo pra cidade, estudando, etc… o que isso tem a ver com a Cony? AFF

        • #10
          Constanza
          08.12.2016 - 11:43

          Sei não… Mas acho q não teve maldade. Ou sou mt ingênua?

          • #11
            Natalia
            08.12.2016 - 11:49

            Primeiro que vc não está “crescendo” na vida, vc já cresceu.
            Segundo que vc não precisou passar por fases “baixas”, no caso de ser da roça, por exemplo. Ridículo esse comentário, como se vc fosse uma pobretona há poucos anos atrás e o faustão te ajudou a crescer te dando a oportunidade de fazer propaganda.
            Enfim…

          • #12
            Isa SV
            08.12.2016 - 14:26

            Eu não vi maldade, mas a frase ficou muito engraçada hahah
            Cony, acho que ela diz que torce por você como se vc fosse menina da roça indo pra cidade… Como se vc não fosse essa deusa que é, muito pelo contrário… como se vc fosse uma pessoa que está começando a vida agora… aí ela ve uma foto sua e torce por vc. Como tem o contexto da menina da roça, ela quer dizer que torce MUITO por vc… foi isso que entendi. Mas juro que imaginei a Cony saindo da roça e indo pra cidade kkkkk

          • #13
            Daniela
            08.12.2016 - 15:19

            Acho que ela quis dizer que torce por você igual quando torce por uma menina da roça. Quando vemos uma pessoa ingenua , da roça, subindo na vida, sempre nós torcemos por essa pessoa, exclusivamente por simpatizar com essa pessoa. Criamos um carinho de graça com essas pessoas.

            E acho que ela quis dizer isso, que criou um carinho de graça com você, e que torce muito.

          • #14
            Lulu
            08.12.2016 - 16:54

            Acho que foi uma comparação bem equivocada, porque ficou ruim de entender, mas também acho que foi sem maldade…
            O que eu consegui entender do que ela disse, sendo bem esforçada e compreensiva, é que, quando vemos uma menina humilde, tentando começar algo, temos uma simpatia meio que imediata e acabamos torcendo por essa pessoa, seja lá no que ela estiver fazendo. Acho que ela não quis dizer que a Cony é uma menina da roça, mas que torce por ela, como torceria por essa menina… Foi o que eu consegui entender na boa intenção…

          • #15
            Valentina
            08.12.2016 - 17:09

            Entendi sem maldade! Ela apenas não soube usar as palavras.

      • #16
        Vanessa
        08.12.2016 - 13:09

        Eu entendi o que ela quis dizer… Ela não chamou a Cony de menina da roça ( com sentido depreciativo) ela fez uma metáfora apenas…
        Entendi que, para ela a Cony é alguem que inspira por ser tão batalhadora e conseguir sucesso como alguem que é da roça ( e por associação simples ) mas que galga seu caminho e vence.
        Pelo menos foi assim que entendi e acredito que o comentario foi totalmente sem maldade.

      • #17
        carol
        09.12.2016 - 01:07

        que exagero! leia o comentário todo! menina da roça = pq o blog vem crescendo, evoluindo, começou “pequeno”, “simples”, e está tomando grandes proporções, conquistando mais espaço… o comentário no geral está cordial, desnecessário esse fuzuê

    • #18
      Jéssica Diane
      08.12.2016 - 10:58

      Comparar Cony com menina da roça, e conselhos (que os da Cony são sempre ótimos) com psicologia e uma afronta à Cony e a todos os psicólogos! Senhor amado….rsrsrs

      • #19
        Caca
        09.12.2016 - 12:16

        Jéssica, por que seria uma afronta aos psicólogos? Não entendi sua colocação. Para mim foi um elogio o que ela disse.

    • #20
      Caca
      08.12.2016 - 14:21

      hahahahaha…. Eu também acho que não foi por maldade. Ela só se expressou mal.

  4. #21
    leila
    07.12.2016 - 13:51

    Evian – concordo com Cony. Parece que ele conheceu alguém, tá com toda pinta. Você tem toda razão de estar sem chão, mas… a vida continua! Vai ter que achar um meio de se fortalecer. Analisando friamente, você não deveria procurá-lo, mas sei que a falta de respostas incomoda. Você quer mesmo saber essa resposta? Não seria melhor tocar a vida? Um dia depois do outro, focando em outras coisas.

    Minalba – casa dos 30: é nova, novíssima, para começar uma nova vida. E sempre será nova, seja quando for. Sei o que é bater o desespero quando estamos chegando nos 30 (os ginecologistas sempre querem que a gente tenha filho aos 25), queremos uma família e nada no horizonte. Agora, pense um pouco: ele é acomodado agora? Já pensou quando casar e tiver que criar os filhos? Gata, concordo com a Cony: releia tudo o que você escreveu. É esse o pai dos seus filhos? Creio que não… E tem outra coisa: existe vida após os rompimentos e existem pessoas sem filhos e famílias de todas as conformações, não é preciso que a nossa vida seja um comercial de margarina para dar certo.

    Crystal – Tem muitos homens que não sabem lidar com a situação em que a mulher ganha mais. Em geral, a reação é tentar puxar o tapete da parceira, boicotar, tentar com que ela fique por baixo em algum aspecto – e muitas vezes isso não é feito de caso pensado, não! É automático. Aqui eu discordo da Cony pelo seguinte: quando você passou a ganhar mais, ele meio que quis mandar na sua grana, você se incomodou e se posicionou. Agora ele não está doente, está desempregado e vai ter que se virar. Se isso te incomoda, não ajude, pois namorado não é marido. Entretanto, essa é minha opinião de pessoa que não teve ajuda financeira de ninguém, tive que trabalhar desde os 14 anos, minha família vivia numa merda desgraçada e desde os 18 anos sempre fui independente financeiramente. Por isso, não ajudo e não aceito ajuda de ninguém, mas isso sei que é uma questão minha. Eu vejo que você fica incomodada de ajudar o namorado, por isso acho que não deve.
    Há algum tempo recebi um conselho de uma psicóloga que achei precioso: você pode amar profundamente uma pessoa, mas mesmo assim tem o direito de dizer não. Tudo o que você dá, tem que ser de graça e de coração, jamais por obrigação.

  5. #22
    Paula
    07.12.2016 - 13:54

    Evian, me identifiquei muito com o seu caso, passei exatamente pela mesma coisa: 4 anos de namoro que acabaram do nada e também por telefone. Com um agravante: o namoro acabou no dia em que a gente completava 4 anos de namoro! Imagina como eu fiquei…estava com presente comprado, cartão escrito, planos para o aniversário de namoro.. e aí ele me liga falando que quer terminar. Fiquei mal pra caramba, chorei horrores, emagreci, tomei calmante pra tentar diminuir o aperto que eu sentia…fui ao fundo do poço mesmo. A gente fazia planos, eu me imaginava casando com ele, com filhos, cachorro… no meu caso o término também foi do nada mas depois eu pensei em várias coisas, juntei peças, relembrei situações e comecei a achar que ele era gay.
    Mas o que eu quero te dizer é o seguinte: dói. Dói muito. E demora a passar. Mas uma hora passa. Eu acho que você deve viajar sim, já que está com tudo planejado. Mas tenta se distrair, e não ficar pensando que vocês planejaram a viagem juntos, que tinham pensado em fazer tal passeio que agora você está fazendo sozinha.

    • #23
      Outra Paula
      07.12.2016 - 17:44

      concordo com minha xará!

      VIAJA SIM!!! sozinha, com outra pessoa, de qualquer jeito!
      SÓ VAI!!!!! mesmo que seja pra ficar chorando trancada no hotel. Isso vai ser o divisor de aguas no seu término!

      ARRUMA A MALA E VAI!

  6. #24
    Taina
    07.12.2016 - 14:07

    Sabe qual o grande problema da nossa geracao mulheres com media de 30 anos? Temos muitas informacoes disponiveis e nao sabemos ao certo que é machismo, que é feminismo, como se posicionar. E isso é um problema pq fica ai varias mulheres achando que estao arrasando no feminismo e na verdade estao sendo egoistas!

    Caso 3, amiga, ajudar financeiramente nao é o cara ter controle do teu dinheiro! Eu sempre trabalhei, desde os 16 anos, sempre me manti com meu salario, e ja passei por perrengues como também ja passei por épocas ótimas de dinheiro. Agora com a crise perdi meu trabalho…solteira eu teria voltado pra casa da mae pra economizar dinheiro ate sair outro trabalho…meu namorado me disse pra morarmos juntos e ele banca o aluguel e contas da casa. Tu acha que estou sendo machista porque estou aceitando? Ou mulher pode e homem nao? Eu acho que um relacionamento é uma sociedade, quem pode ajuda mais ao relacionamento. No nosso caso, como ainda nao consegui outro trabalho, eu limpo a casa e cozinho, o que normalmente dividiariamos, nesse caso eu faço sozinha. Ele pode dar dinheiro pra nossa sociedade e eu posso dar tempo, ve como funciona? Igual uma empresa! Importante é que os dois queiram a mesma coisa e tenham os mesmos planos…obviamente nao da pra um dar dinheiro pro resto da vida se nao é o que quer, ele tem que buscar trabalho ao mesmo tempo, e se esforçar! Desculpa as criticas, nao quis ofender, só realmente estou cansada de ver mulheres perdidas entre o certo e errado no feminismo quando o certo é sermos iguais e agir como gostariamos que o outro agisse!

    Agora caso 1, amiga, dói, nao tem o que fazer 🙁 90% das mulheres ja passaram por isso, mais cedo ou mais tarde. Eu passei com 27 anos, nao com 30, e senti tudo isso que tu falou. E nao tem nada que eu diga que vai ajudar…só continue tua vida, um dia de cada vez, uma semana por vez, e quando menos notar tu vai estar te sentindo melhor e nem vai saber quando aconteceu! Força!

  7. #25
    07.12.2016 - 14:12

    Oi, Evian, tudo bem?
    Passei por uma situação muuuuuito parecida com a sua. No meu caso, namorei 7 anos e ele também terminou do nada, com viagem marcada e tudo. Depois descobri que ele estava com outra pessoa (que eu inclusive conhecia). Se você quiser conversar, pode me chamar!

    Beijos e tenha a certeza que isso vai passar! 🙂

  8. #26
    catharina
    07.12.2016 - 14:26

    Para o caso 3, eu só queria dizer que nem terminei de ler por um único motivo: vc escreve com tanta raiva e cinismo que é nítido que VOCÊ não está nessa relação também.
    As vezes a gente tem que tirar o peso que colocamos nos outros e assumir a nOSSA responsabilidade, né?

  9. #27
    Gabi
    07.12.2016 - 14:44

    Estou vivendo um caso parecido com o primeiro. Namorei durante 5 anos e terminarmos de comum acordo há dois meses pois estávamos com dificuldades de administrar a rotina.No entanto, depois de alguns dias, percebi coisas que poderíamos melhorar juntos, particularmente eu, pois nesse período de 5 anos, namorávamos com as implicações de um casal de universitários, sem dinheiro, sem tempo e com o agravante de que eu estava longe da minha família que mora no interior. Formei ano passado e esse ano voltei pra casa dos meus pais e as coisas ficaram mais difíceis do que esperávamos devido a distância. Sempre tivemos nossas picuinhas como a Cony comentou, mas nada relacionado à caráter e perspectivas de vida.Somos pessoas boas um pro outro, por isso resolvi conversar com ele, abri meu coração e ele se mostrou irredutível com a sua decisão de não voltar(ele é desses que prefere sofrer até passar a dor do que dar o braço a torcer, mas até isso aprendi a amar nele).Fiquei mal com essa situação, tenho pedido muito a Deus pra fazer o que for melhor pra ambos.Gostaria muito de ficar com ele, mas percebo que às vezes nem a própria pessoa consegue externalizar claramente o que sente. Ele quer ter contato constante, mas preferi me afastar, pois não tô conseguindo lidar com a situação por ainda amá-lo. Tá doendo, profundamente, mas tenho tentado ser forte, pois tenho aprendido que tudo na vida é um processo e que cada um tem seu ritmo. Eu mesma estava em um processo de me desapegar de certos padrões de comportamento rígidos,de uma disciplina excessiva que desenvolvi por ter morado fora e ter que dar conta de tudo que precisava sozinha. Ele está tentando terminar uma graduação em que ingressou há 6 anos e enfrentando um período difícil no trabalho. Fico triste pois parece que ele abriu mão do nosso namoro porque é dispensável em relação às demais obrigações, mas sei que uma hora ele vai compreender o mal que está fazendo a nós dois.Enfim, busquei me perdoar pelos erros que cometi e o perdão dele, que alega me amar e que sou tudo o que ele sempre quis, mas que está cansado de tudo e que não quer se desgastar. Apesar de acreditar que quando a gente ama, a gente não desiste do que que acredita e tenta até o limite, busco compreendê-lo e perdoar pelo que está me fazendo. Acredito que isso libera o fluxo, seja pra uma possível volta e principalmente pra ficar comprometida comigo mesma e me posicionar de uma maneira receptiva diante da vida e principalmente não perder a fé no amor.
    Uma frase da Frida Kahlo que gosto muito: “Donde no puedas amar, no te demores”. Não é nada fácil sofrer por um amor, mas o tempo nos mostra a verdade e nós cura. Não se desespere, tenha fé!!!

    Cony, amo seu blog, te considero uma amiga virtual com que muito me identifico. Obrigada por compartilhar esse espaço conosco, morava em BH e agora vou lá ocasionalmente, sou doida pra te ver e te dar um abraço. Tem problema não né?! Kkkkkk
    Beijos!

    • #28
      Constanza
      07.12.2016 - 14:59

      Claro que não! Já chegue me agarrando kkkk

  10. #29
    eduarda
    07.12.2016 - 15:31

    Meu Deus.. como é flagrante o tanto de mulher que se sujeita e viver com qq tipo de relacionamento, pelo simples fato de nao aturarem conviver com elas mesmas… sozinhas…
    Relatam cada coisa, falam horrores dos parceiros e no fim perguntam: o que eu faço???? OI????
    O que vc faz, fia???? pode começar relendo o email que mandou…. a resposta quase sempre ja esta nele!!!!

    • #30
      Daniela
      08.12.2016 - 15:21

      Quem dera fosse tão fácil assim. =( Sei que quando passa olhamos pra trás e as vezes até sentimos vergonha daquilo. Mas no momento é muito dificil ver dessa forma.

  11. #31
    Camilla
    07.12.2016 - 15:38

    Cony matadora como sempre! Adoro vc!

  12. #32
    Tatiana
    07.12.2016 - 16:09

    Meu comentário é para o caso 1: Aconteceu algo assim comigo mês passado, mas meu relacionamento tinha apenas três meses. Aparentemente estava tudo ok, ai num fim de semana ele disse que sentia que tudo estava esfriando, na segunda mandou o maior textão falando de várias coisas erradas mas disse que ainda queria tentar dar certo. Já tinha sofrido e chorado muito, e na terça a noite ele terminou comigo por whatsapp, mesmo tendo condições de ir ter uma conversa pessoalmente comigo. E eu senti tudo: dor, tristeza, raiva, enfim.. Depois de umas semanas vi que o melhor que ele fez por mim foi ter terminado, já que havia um abuso psicológico acontecendo que eu não havia percebido enquanto estava no relacionamento, e eu havia me perdido totalmente de quem eu sou, de tanto ter que reprimir partes de mim que ele não gostava e ser mais a pessoa que ele queria que eu fosse. A questão é que passado os primeiros dias (que foram horríveis, nunca chorei e sofri tanto na vida), eu decidi que essa era a hora de focar em cuidar de mim. Tava comendo super mal e decidi ir numa nutricionista, comecei a fazer sessões com uma psicóloga, e embora ainda tenha aqueles momentos ruins de lembrar de como tudo acabou, na maior parte do tempo eu já nem lembro que ele existe. Então meu conselho é esse: tente focar em si mesma, fazer coisas que gosta, procure ajuda se achar que vai ser bom (eu tô AMANDO fazer terapia), enfim.. Espero que as coisas fiquem bem logo pra você.

  13. #33
    Grazi
    07.12.2016 - 16:11

    Caso 1: menina, estou passando pela mesma situação! 4 anos terminados por email! Como dói né??!! Infelizmente não posso te falar que passou e que estou bem melhor poque ainda dói muito e ainda vai doer.. Já fazem dois meses e ainda parece que foi ontem! tem dias que eu to bem, mas tem dias que eu to mal… e me permito chorar, sofrer porque eu sei que vai passar um dia e a gente precisa dar vazão a dor de alguma forma!! Sempre depois de chorar eu tomo um banho, me arrumo, vou encontrar alguma amiga ou fazer uma caminhada sozinha… E um dia vai passar! Um dia vamos acordar e vai ter passado! E nós vamos ser muito mais felizes!!!
    Se quiser conversar me manda um email que te passo meu número! grazzifernandes@hotmail.com

    Força!!!!!!! Beijos!

  14. #34
    Nicole
    07.12.2016 - 16:33

    Caso 3: o namorado Eh quem devia escrever um chora pra Cony, Pq Eh muito egoísmo para uma pessoa só. Relacionamento Eh parceria!

    • #35
      Ana Banana
      08.12.2016 - 10:57

      Hahahaha, verdade!

  15. #36
    Izabela Grambela
    07.12.2016 - 16:38

    Amiga do Caso 2, que medo é esse de ser solteira? Solteira não que dizer sozinha não (muito pelo contrário!), e convenhamos, antes só do que mal acompanhada. Como todo mundo já disse, vc nao admira o cara em nada, então porque perder o seu tempo com uma pessoa assim só por medo de ficar sozinha? Sua gineco tem, como papel de médica, que te alertar sobre os possiveis riscos de uma gravides tardia, mas nao se preocupe com isso, avanços da medicina tão ai, e mulhere são mães cada vez mais velhas. E lembre-se, ela esta te alertando apenas, esqueça o julgamento dos outros (e talvez o seu próprio) de que ser solteira aos 30 eh cabuloso. Não é! eu fiquei solteira até quase 32, e te garanto, que eh melhor esperar pra ficar bem com a PESSOA CERTA do que ficar perdendo tempo, sofrendo e se questionando com o “desperdício de ser-humano”.
    Repito as palavras da Cony, leia de novo seu proprio texto e pense beeem o que voce quer fazer!

    PS: Cony, amei te conhecer no bazar 🙂 desculpe se fiquei abobada d+ ahahahah as vezes sinto quase como se vc fosse minha amiga celebridade. Bjos

  16. #37
    Leiloka
    07.12.2016 - 16:57

    Agora vou dizer uma coisa: esse povo tá doido, terminando por e-mail, telefone, WhatsApp! Acho o cúmulo da covardia!

    • #38
      Constanza
      07.12.2016 - 21:19

      Não acho que seja corvardia… às vezes tudo já foi dito tantas vezes de tantas formas que uma conversa ao vivo não mudaria nada. Só eh ruim qdo eh do “nada”.

      • #39
        Ilka
        08.12.2016 - 17:27

        E digo mais Cony, às vezes a pessoa é muito tímida e não consegue falar, e escrever permite que se organize as ideias. Algumas pessoas tem mais facilidade de falar, outras não.

        Eu tive um namoro em que tentei algumas vezes acabar, mas ele sempre me convencia a continuar e tal, eu chorava e não conseguia falar o que queria. Então escrevi uma carta (foi na era pré-whats app)onde disse tudo o que sentia. De forma alguma foi descaso, e sim a maneira com que eu conseguia expressar meus sentimentos.

        • #40
          Constanza
          08.12.2016 - 19:17

          Super te entendo

  17. #41
    Leticia C
    07.12.2016 - 17:51

    Preciso mandar o meu chora. meu mundo caiu há 10 dias. estávamos noivos, visitando buffets, organizando as finanças, olhando apartamentos… numa tarde de sábado sentei na frente do meu notebook para assistir aula da pós graduação e estava aberta uma pasta com vários arquivos, olhei despretensiosamente, encontrei um video com uma mulher nua, num motel. fotos. prints de conversas.
    Estávamos juntos há 4 anos. nosso compromisso era relação sexual somente após casarmos. ele não é um mal caráter, pelo contrário, sempre foi maravilhoso, dos sonhos, perfeito.
    Mas agora tudo ruiu.
    Não sei o quezer, pra onde ir, o que pensar. Pra piorar nao sinto nem 1 pingo de amor dentro de mim. tudo é desilusão.
    estamos juntas. força…

    • #42
      Maria Helena
      08.12.2016 - 10:01

      Eu nao quero parecer machista escrrvendo isso mas, 4 anos sem sexo meio q responde tudo. Eh necessidade fisiologica. Era claro q ele estava liberando em algum lugar e respeitando o seu tempo, depois do casamento. Eu entendo o choque, a magoa, mas eu casaria cpm ele sim, ele respeitou a tarefa dificil q vcs ficariam fisicamente juntos depois do casamento. E eu entendo q eh sacana dele, podia ter conversado e dito q nao dava pra segurar mas eu acho q fica meio subententido a nao ser q vc seja bem novinha e eletenha sido teu primeiro namorado dai entendo a inocencia.

      • #43
        Mah
        08.12.2016 - 12:16

        RESPEITANDO ONDE FIA?
        Só porque ele não estava transando COM ELA? Mas fazia com outra, e ainda documentava tudo?
        Aff, cada coisa que eu leio nessa vida.

        Parei!

    • #44
      Ane
      08.12.2016 - 10:38

      Necessidade fisiológica, oi??? Fez o compromisso porque quis. Se fez compromisso tem que respeitar sim! Aí agora eles fazem um compromisso de se casarem e ele não precisa respeitar tbm?!
      Eu já recomendo que você repense sim se quer começar um casamento dessa maneira. Só você pode pesar os prós e contras!

    • #45
      Ana Banana
      08.12.2016 - 11:00

      Eu não casaria pq acho que foi uma falta de respeito tremenda! Além de não saber se iria conseguir confiar de novo… Claro que a falta de sexo foi o motivo, mas ele deveria ter conversado com você sobre isso

    • #46
      Daniela
      08.12.2016 - 15:25

      As fotos eram dele com ela? OU só fotos da mulher nua? faz toda a diferença. Porque talvez ele só tenha esse conteúdo do no computador. Homem tem mania de ficar se mandando essas coisas.

    • #47
      Vivi
      08.12.2016 - 17:44

      Querida, por experiência própria eu te digo: quem trai/mente uma vez, mente dez vezes, mil vezes. Ainda mais quando NÓS descobrimos e confrontamos [ou seja, o cara nem teve a decência de confessar].
      Pense bem se vc consegue conviver com isso… eu descobri uma mentira do meu marido [relacionada a dinheiro] na primeira semana de casamento… depois de SEIS ANOS descobri outra – achei que ele nunca fosse fazer de novo, mas fez – então, pense com muito carinho se vale a pena insistir nesse relacionamento… eu, se pudesse, voltaria no tempo e não teria me comprometido com ele… agora estou enrolada até o pescoço, com prestação de casa nova, já tenho 35 anos nas costas, e um buraco no coração.
      Foi menos mal vc ter descoberto isso ANTES do casamento. Talvez tenha sido uma proteção. E quando você diz: “ele não é mau caráter”, não tenha tanta certeza disto. Talvez ele apenas parecesse perfeito, mas na verdade ele era isso aí que você achou no computador. Ele É isso. Quem esconde essa sujeira sem mostrar nenhum remorso até que seja confrontado, não pode ser tão ‘perfeito’ assim.
      Me desculpa pelas palavras.
      Força, sinto muito por você, muito mesmo.

    • #48
      Vic
      08.12.2016 - 23:26

      Leticia, vocês combinaram que aguardariam até o casamento para ter relações sexuais, e não há mal algum nisso, afinal, relacionamento é muito mais do que sexo. Se ele não estava “aguentando” a abstinência, deveria ter conversado contigo. Então, não deixem te fazer pensar que foi por isso que ele te traiu, pois não foi (não se culpe nunca pelo erro que é SÓ DELE). Imagino a tua tristeza, mas veja como algo bom ter descoberto antes do casamento, assim tu pode pensar se vale a pena começar um casamento assim. Não se esqueça nunca: tu merece uma pessoa maravilhosa e que, em primeiro lugar, te respeite, o que teu noivo não fez quando te traiu. Boa sorte, estou torcendo pela tua felicidade!

  18. #49
    Paula
    07.12.2016 - 17:57

    Caso 1!

    Você disse ”tudo tava indo bem até que…” tava mesmo!? não tinha nenhum sinal de desinteresse? vcs não tinham outros problemas? brigas? insinuações?

    tenta reviver esses ultimos meses… releia suas conversas!!
    não tinha nenhum indicativo dele que queria terminar? vocês estavam mesmos felizes ou acomodaram?!?!

    não quero que você procure culpados, quero só que consiga enxergar o que estava acontecendo para que você se liberte!!

    não se sinta mal por ele ter feito isso por telefone… é muitooo dificil pra algumas pessoas conversar pessoalmente… isso não quer dizer q ele te ame menos! foi o jeito dele, tente entender.. você o conhece, as vezes foi a unica forma que ele encontrou de tomar essa decisão tão dificil!!

    nem sempre tem outra mulher (mas quase sempre tem) então não fique procurando no instagram todas as pessoas que ele segue e curte!! se liberte

    FAÇA ESSA VIAGEM!!!!!!!!!! SOZINHA, DO JEITO QUE FOR!
    vá sem medo nenhum! mesmo que chegando la você mergulhe num mar de saudade e solidão, qualquer sentimento bem sentido vai ser importante pra vc fazer esse fechamento de ciclo!!!

    se liberte!
    aproveita um 2017 inteiro novinho que a vida tá te entregando!

  19. #50
    Samantha
    07.12.2016 - 18:04

    Caso 3. Sobre o trabalho, só posso te dar uma dica do fundo do coração e da experiência: respeite a hierarquia! Jamais passe por cima de um superior direto para ir direto na chefia, isso te trará problemas. Converse com a moça numa boa expondo toda a situação, seja sincera porém contida, sabendo usar as palavras certas! Boa sortee!!

  20. #51
    07.12.2016 - 18:09

    Evian!

    Passei pela mesma situação ha alguns anos atrás de ter um relacionamento terminado por telefone! Ele simplesmente me ligou e me disse não te amo mais, suma da minha vida…. Depois de um tempo entendi os motivos dele, eram fortes e existia sim sentimento, porém não conseguiria terminar se fosse pessoalmente! Fui mais mulher que ele que é 5 anos mais velho do que eu!
    Em 3 meses ele conheceu outra mulher e se casou com ela. Meu mundo caiu… Mas tudo passa, as dores nos fortalecem e ele vem atrás de mim até hoje! 9 anos depois! Pq dentro dele o sentimento ficou mal resolvido, ele não conseguiu finalizar aquilo de colocar um ponto final!
    Porém o que é mais triste nisso tudo é a falta de comprometimento dos homens hoje em dia, onde é mais fácil, terminar por telefone, ou por e-mail como já soube de casos, Whats!
    Mas eu estou aqui, vivinha da silva pra te contar que essa dor passa, e a gente cresce muito com essa situação!
    Tenho certeza que com o tempo, você vai se descobrir melhor do que hoje e pensando ainda bem que ele tomou essa decisão por mim!
    beijos fica bem!

  21. #52
    Ana
    07.12.2016 - 18:13

    Há exatamente 5 meses, meu ex terminou comigo também… 10 anos de namoro (sendo 2 de noivado) se encerraram por uma simples mensagem de WhatsApp. Começamos a namorar com 18 anos, crescemos tanto juntos, numa parceria maravilhosa… Dói porque nossos planos foram se tornando muito diferentes nos últimos 2 anos e com a separação dos pais dele, ele ficou louco para formar uma nova familia e ter filhos “pra ontem”. Ele no mestrado e eu na residência, sem tempo e dinheiro para nada… Sem condições de fazer isso tudo agora… Ele resolveu terminar para encontrar alguém disposto a isso. Já esperava o término, mas jamais desta maneira. Serve para nos mostrar que não importa o quanto conheçamos uma pessoa, ele sempre pode nos surpreender, tanto para o bem, quanto para o mal. E eu também tinha uma viagem marcada para NY com ele… Iríamos comemorar nosso aniversário. Cancelamos e agora estou me programando para ir para sozinha para outro lugar.

    Mocinha do caso 1, super te entendo, e acredite, isso vai passar. Vai doer menos, você vai conhecer pessoas novas, vai ver que a vida segue e que nem sempre essas mudanças vem para o mal. Boa sorte! Eu faço terapia até hoje e, olha, nunca mais quero parar! Às vezes isso pode ser bom para você também! Estarei na torcida!

    • #53
      Athena
      09.12.2016 - 15:58

      Cony e seus conselhos sempre sensatos!

      Caso 2, se você já sabe o que quer fazer, por que se importar tanto com a opinião dos outros sobre isso? Além disso vc foi extremamente grosseira chamando seu parceiro de “desperdício de ser humano”. Se você não gosta de como ele vive, deixe-o em paz e siga em frente com sua vida.

      Caso 3: não ficou claro se vc já dividia ou não as despesas antes do desemprego superveniente. Você disse “eu cortei essa questão fui firme, e falei que não dava, pois o que eu ganhava era pra mim e pronto”, o que pareceu egoísmo mesmo. Vou te falar, se vc quer continuar namorando alguém nessa situação de advocacia e estudo para concursos, prepare-se porque é muito mais desgastante do que parece a quem está de fora. Ele ainda nem passou no exame da OAB, então saiba que isso provavelmente é só o começo de uma série de altos e baixos então esteja preparada para apoiá-lo (inclusive financeiramente, se puder) se quiser ter um relacionamento.

      Caso 1: viajar sozinha vai ser proveitoso nessa situação

  22. #54
    Morgana
    07.12.2016 - 18:36

    Caso 1: acho que todo mundo já passou por um término desses “do nada”. Eu mesma já passei, e fiquei muito mal, assim como você. O que posso te dizer pra tentar amenizar, é que as vezes foi repentino pra você porque você não enxergava o que tava ruim pra ele, entende?Quanto ao sumiço dele, uma coisa que minha psicóloga falou na época e depois de muito tempo eu parei, refleti e finalmente entendi foi: Você não precisa ir atrás pra saber o porque. ‘Não’ é sentença completa.
    E é verdade. Pensa: um parceiro com o qual você dividiu sua vida por 4 anos sumir assim sem explicações,qual explicação te daria se você fosse atrás? E essa explicação seria a verdade? Enfim. Na minha opinião você devia fazer a viagem siiiiim. Mesmo sozinha. Conhecer gente nova, adquirir novas experiências, você merece se dar esse tempo!

    Caso 2: Eu tenho percebido, vendo eu mesma e minhas amigas próximas o tanto que nós mulheres temos nos sujeitado a QUALQUER relação só pra não ficar sozinhas. Mas o que esquecemos é que ter um qualquer ao nosso lado é mais um estorvo do que um apoio. Alguém que você não admira, cujos sonhos, perspectivas e valores não se encaixam aos seus é como uma âncora que te deixa estagnada sem deixar seguir em frente, sem correr atrás de melhorias pra sua vida. Você me parece saber a resposta pra sua pergunta já, só está com medo de ficar só. Não tenha! Primeiro: a pessoa certa nunca vai aparecer enquanto você estiver com a errada. Segundo: não tem idade certa pra ela aparecer. Terceiro: Melhor sozinha porém feliz do que acompanhada sempre infeliz.

    Caso 3: Moça, eu não entendo seu receio porque nunca estive em situação parecida, mas não acho que por isso posso te julgar como certa ou errada. EU no seu caso, com a experiencia de vida que tenho hoje, ajudaria sim, mas não deixaria de colocar limites. Algo como: ajudo sim fulano, claro! Somos companheiros (não se esqueça disso inclusive!) mas não quero que você se acomode. Quero te ver correr atrás de passar na Ordem, de arranjar um emprego que te faça feliz pra sermos felizes juntos!
    Ai se você vir que ele tá pisando na bola você vê o que faz mais pra frente. Até porque me parece que você já julgando o fato dele precisar de ajuda e poxa, é uma pessoa que você ama sabe?
    Quanto ao seu caso no trabalho, será que você não está inconscientemente com birra da sua supervisora, e tá colocando cabelo em ovo não? Se não for o caso, conversa com ela primeiramente, fala que as críticas constantes não estão te fazendo evoluir e crescer, mas só te pondo pra baixo. Acho que conversa é a melhor forma de resolver, mas falando com ela antes, porque ir direto aos superiores dela pode te queimar um pouco. Caso não funcione, ai sim, converse com seus chefes!

    Cony, amo você e adoro essa coluna! Melhor de todos os blogs que eu leio. Queria ser sua amiga pessoal pra ir pra sua casa desabafar e você me dar esses tapas na cara (necessários demaisss) que você dá aqui de vez em quando.

  23. #55
    Fran
    07.12.2016 - 19:08

    Sem quer dar lição de moral em ninguém, mas:
    Minallba menina! Se esse seu namorado é tudo isso que você escreveu, não entendi o motivo de ainda estarem juntos…. Se valoriza menina, va atrás de alguém que queira o mesmo que você!
    Crystal, estou em um relacionamento há 8 anos, nesse tempo ja passamos por muitos perrengues, os dois. Houve vezes em que precisei ajudar meu namorado (hoje marido) e ele se sentia mal por isso , mas eu sempre dizia pra ele “se fosse o contrário você me ajudaria?”… Se faça essa pergunta, se coloque no lugar dele e veja o que acha.

  24. #56
    Angélica
    07.12.2016 - 19:44

    Caso 1
    Evian, tbm já passei por isso! Foram 6 anos de namoro, para, do nada, no estacionamento da Subway, ele me falar que “não tá dando mais”. Fiquei sem chão, chorava tanto, mas tanto q achei q ia morrer, sério! Não conseguia contar para as pessoas, e qdo tinha q contar, ngm acreditava, pois nunca tínhamos problemas… Isso foi no fim de setembro, em Novembro ia sair de férias e fiquei mto mal dos planos terem q ser cancelados, dói de mais. Mas, depois de mto chorar, resolvi ficar o mês inteiro de novembro adivinha onde?! Em um hostel no Rio de Janeiro SOZINHA, sério, melhor escolha, melhor lugar p ser solteira, os cariocas são goxtosos e não valem nada e é cheio de gringo! Foi uma viagem inesquecível, de muito amadurecimento, cheia de descobertas, nunca me esqueço do momento do embarque e do desembarque! Se for, não deixei de conhecer ilha grande (mta festa, mto gringo rs).
    Miga, isso passa, acredite! E vc é bem nova, mas acredite em mim: na vida a gente só evolui! Vc vai aprender mto com isso, vai olhar p trás e ver q ele nem era tudo isso q vc imaginava, vai ter novas descobertas, enfim, vc vai ser uma nova garota depois desse pé na bunda! Depois q levei o fora, fiquei mto sem entender a situação, foi mto derrepente, e fiquei sem coragem de ficar confrontando, se eu fosse te dar um conselho, eu pediria uma explicação sim, pois, poxa, são 4 anos, vc merece uma explicação (eu tbm merecia, e não tive até hoje)! Mas saiba, q vc vai só ouvir, não force a barra, não tente voltar, pois ele já tomou a decisão… mas só se encontre se ele prometer q será verdadeiro na resposta… um super beijo, e fica bem! Aproveite o verão e foca na carreira!!!

    • #57
      leila
      08.12.2016 - 14:01

      cariocas são goxtosos e não valem nada… ri sozinha durante meia hora aqui… kkkkk
      tem horas na vida que tudo o que é gente precisa é não valer nada mesmo e de gente que esteja na mesma vibe!

    • #58
      Luana
      09.12.2016 - 16:09

      Hostel sozinha com gringos sempre foi garantia de sucesso para mim!! Ahahahah
      Fui para Jericoacoara assim e foi a melhor viagem da minha vida!!!
      Super recomendo!!!

  25. #59
    Angélica
    07.12.2016 - 20:00

    Caso 3
    Crystal, é uma situação bem delicada. Eu ajudaria sim, bancaria uns passeios, compraria presente de natal, ajudaria se precisasse comprar algo urgente, tipo remédio. O q vc tem q observar, e só vc vai poder fazer isso, é perceber se ele está abusando ou não! O cara só dorme, ou vai procurar emprego? O cara usa o seguro desemprego p os itens básicos, ou gasta com futilidade? Se coloque no lugar do outro, estar desempregado hoje em dia é assustador!
    E sobre a sua questão no trabalho, seguinte: ela é “supervisora” (nota mental: senti um recalque com o uso das aspas rsrs), então, realmente, é ela quem vai ganhar os louros, engula isso! É o papel dela ser extremamente criteriosa, e é seu papel dar o seu melhor, aprender com a chefia e cumprir com as suas funções, no mínimo. Não tente puxar tapete, e se é trabalhoso p vc, se coloque no lugar dela… ter papel de chefia no mundo corporativo hoje é surreal, é uma cobrança tremenda, as empresas enxugam tudo, vc trabalha por vários, e faz milagre com orçamento! Se cuida e abra os olhos!

  26. #60
    Taiza
    07.12.2016 - 20:50

    Evian, pode ser que não, mas homem quando vem com esse papinho genérico é porque tem ‘boi na linha’. Olha, isso que tá acontecendo com você agora é esperado, essa tristeza toda, o mundo desabando, ainda mais por ser seu primeiro namorado. É muito recente, muito mesmo, por isso toda a dor… se apegue ao que precisar pra seguir em frente, na sua fé, na sua família, amigos, curta um tempo sozinha, vai passar. Todo mundo que já passou por isso sabe que a dor vai embora, que você vai ter várias fases da perda pra superar e vai sair dessa viva. Não deixa isso te arrastar pra miséria, se agarre e lute, deixa esse idiota pra lá. Acho que confrontar pode te aliviar ou piorar a situação, então aconselho cautela nessa hora, só não pense que seu mundo acabou porque é apenas uma fase, e ela vai passar. Força!

  27. #61
    Greice
    07.12.2016 - 20:52

    Evian (caso 1), vá viajar SIM, mesmo sozinha! Você vai redescobrir coisas que gosta, como ‘funciona’ sozinha, inevitavelmente conversar com pessoas – nem que seja pra tomar um táxi – e aproveitar o destino que você já tinha escolhido. A sensação é deliciosa. Aproveite!

  28. #62
    Lala
    07.12.2016 - 22:20

    Meninas, não percam tempo com coisas ou pessoas q não valem a pena, minha mãe faleceu à pouco tempo e muitas coisas perderam a graça e o sentido pra mim.
    Escolham bem como querem passar a vida de vcs e se alguém já passou por essa situação q estou passando, por favor me falem se essa tristeza vai passar

    • #63
      Vic
      08.12.2016 - 23:36

      Lala, querida… Sinto muito pela tua perda, de verdade. Quanto à dor: um dia vai passar, mas, enquanto isso, permita-se sentí-la. É normal e não é errado ficar triste, faz parte do processo de melhora. Sugiro que faça terapia, não sei se já tentou… Tu estará nas minhas orações… Fique bem!

    • #64
      Dayenne
      09.12.2016 - 13:28

      Lala, minha mãe faleceu há dez anos…hoje estou com 26, tinha apenas 16 anos quando tudo aconteceu. Até hoje sofro com a situação e as conseqüências persistem pois eu sou muito nova e vejo todos falando: sai com a minha mãe, minha mãe fez isso, fez aquilo…Sinto muita falta dela, dói demais, mas tenho que te dizer: você será feliz de novo! Hoje sou muito feliz, realizada, a vida continuou e sobrevivi! E revivi! Se apoie nas pessoas que ama, amigos, pai, irmãos (caso tenha) e saiba que a falta dela sempre existirá, mas a alegria voltará. Até porque ela não gostaria que você estivesse triste.

    • #65
      Mah
      10.12.2016 - 07:31

      A dor passa, mas a saudade fica pra sempre tá?!
      Nesse meio tempo, permita-se sofrer, chorar, ficar brava com o mundo.
      Quando a dor passar, também permita-se ser feliz novamente! E não sinta culpa disso. (Precisei de terapia pra entender que ser feliz novamente – sem minha mãe – não significava que eu estava feliz porque ela tinha morrido. Por um tempo eu senti culpa sabe?! Mas depois entendi… No meu caso parecia isso porque todo o processo até a morte foi muito doloroso, demorado e penoso pra nós duas. Então a morte também trouxe um certo alívio)

      Qualquer coisa, pede meu email pra Cony 🙂
      Beijos e fique em paz!

  29. #66
    Ana Paula
    07.12.2016 - 22:26

    Evian, sua história é igual à de duas amigas minhas, de épocas de vida dferentes (uma adolescente; outra com seus 24, 25 anos). Nos dois casos, nós descobrimos que os caras arranjaram outras, já estavam com elas e não quiseram contato pessoal pra terminar pra não correr o risco de trair a novas namoradas. Eram moleques sem coragem. Canalhas, mesmo! Então, não se grile! Você deu sorte de ele pular fora agora e não fazer isso depois de vocês casados! Vem coisa melhor pela frente (essas minhas duas amigas hoje estão casadas com pessoas muito legais)… Então prepare-se pro melhor! Beijo! Força!

  30. #67
    Guilhonor
    07.12.2016 - 23:44

    Sou homem

    Nossa em cony amo Vê as histórias do seu blog, e A forma q vc aconselha as mulheres.
    E também V os relatos delas é seus conselhos
    Pra mim já serve como experiência
    Pra entender a cabeça das mulheres q é bem complicada né kkkkkkkkk
    Mas muito legal

  31. #68
    Vanessa
    08.12.2016 - 08:07

    Caso 2: É necessário ponderar quais as “guerras” que valem a pena ser guerreadas pois o tempo é inexorável. A vida passa e rápido demais.

  32. #69
    Luisa
    08.12.2016 - 08:13

    Lala, irá aliviar sim! perdi uma pessoa muito importante na minha vida! achei que ia morrer de dor, fui ao fundo do poco, chegava a doer fisicamente. Aprendi muito com isso, inclusive que a nossa vida e muito breve, e que situacoes ruins acontecem para todos. O que não podemos é nos demorar nisso. Eu fiz uma escolha, não me vitimizar por isso. Encarei a perda como um processo de evolucao e amadurecimento. Doi..e muito! Mas são provacoes que temos que passar! a saudade sempre vai existir, vc terá dias bons e outros nem tanto! seja forte! e tenha a certeza, vai aliviar! voce em alguns meses verá essa perda de forma diferente! chore quando tiver vontade, expresse seus sentimentos, mas não se permita que isso consuma um longo periodo! a vida é breve, para todos! um abraco

  33. #70
    Luisa
    08.12.2016 - 08:19

    Amiga do caso numero 1:
    Nao procure entender muito as atitudes do outro. Nunca conseguiremos entender e achar explicacoes para certas coisas e se acharmos, pode ter certeza que irao nos machucar muito. O que eu acho valido e voce olhar para voce, suas atitudes, cuidar de voce. Viajar é bom sim, permite que a gente se conheca e olhe para nos mesmos. Pode ser que seja um pouco dificil, mas as vezes é necessario. Se precisar, chore, grite, va ao fundo do poco, mas não se vitimize ou demore tanto nisso! a vida é um sopro! cuide de você! esteja linda, segura, forte após tudo isso! a vida reserva muitas surpresas.

  34. #71
    Evian
    08.12.2016 - 09:03

    Bom dia,
    primeiro eu queria agradecer todas vocês, sério meu dia ontem foi difícil mas lendo cada ideia, cada palavra de carinho me ajudou muito, então MUITO OBRIGADA de coração.
    E é como a Leila falou, um dia depois do outro, uma semana após a outra.
    A viagem tá chegando e espero que ela seja tão maravilhosa quanto a sua Angélica. :*

    Cony, muito obrigada por esse espaço, eu não posso falar pelas outras, mas vc não tem idéia de como me ajudou. Continue com esse trabalho maravilhoso.

    De novo meu MUITO OBRIGADA e todas vocês.

    • #72
      Luana
      09.12.2016 - 16:13

      Evian, o conselho que te dou é: não fique sozinha num hotel. Você pode ficar muito triste. Eu sinceramente me hospedaria num hostel, em quarto compartilhado se você não se encanar. Você vai conhecer muita gente e nunca ficará sozinha. Pense nisso!
      Já fiz este tipo de viagem muitas vezes e nunca me arrependi! Sempre voltei com amizades e histórias!

    • #73
      Taiza
      09.12.2016 - 19:08

      Evian, vai sim! Viajar é sempre uma ótima idéia hehe! Eu viajei sozinha depois de casada, meu marido ficou um mês no Canadá fazendo intercambio, também depois de casado. Não tenha medo de viajar sozinha, muito melhor do que viajar com gente mala, te garanto! Seja feliz, tenho certeza de que voltará diferente!

  35. #74
    carla
    08.12.2016 - 10:46

    Com relação ao caso 3, o que eu sempre penso é: se não quer dividir nem patrimônio, quanto mais dividir a vida.
    Meu namorado passou por uma situação parecida esse ano,perdeu o emprego, está montando um negócio próprio, e eu acredito que o mínimo que devo fazer é apoia-lo em todos os sentidos, inclusive financeiramente.

  36. #75
    Anne Santos
    08.12.2016 - 11:05

    Caso 03 – Não vejo muito esse tal egoísmo. Eu creio que ela já passou por situações em que ele “abusou” um pouco da situação financeira dela e, isso a incomodou. Também vejo que ela é uma mulher com visão independente. É óbvio que uma pessoa aqui não quer ficar sustentando quem não corre atrás da vida. O mercado de trabalho está afundando na famosa crise econômica vs política. A quantidade de desempregados é muito assustadora. Existem duas palavras que não estão no dicionário do ser humano: limite e respeito.
    Quando se impõe limite logo vem o respeito. Penso assim!
    Ela pode ajudá-lo, mas com alguns limites necessários. Não custa nada mesmo pagar uma conta ou comprar algo. Só não vá comprar um novo carro pra ele e bancar a gasolina, exemplo.
    Sobre o trabalho, o mundo é um moinho. No meio profissional não anda diferente, principalmente pelo motivo de até os best estarem perdendo emprego. Então, cada um vai tentar de alguma forma segurar o seu emprego. Agora, se a supervisora abusa do poder, isso sim é algo que precisa ser analisado e conversado, pois afinal, ninguém é escravo de ninguém. No entanto, não é bom sentir-se reprimida. Essas situações existem. Até mesmo no serviço público que é um trabalho “estável”.

    PS: Estou amando esse espaço aqui. Leio toda semana! Beijos, meninas!

  37. #76
    Caca
    08.12.2016 - 14:32

    Para a do chora 3 que está reclamando que a chefe está ganhando os créditos do trabalho dela, só digo uma coisa: bem vinda ao mundo corporativo!

  38. #77
    Joana
    08.12.2016 - 14:52

    Evian, tudo bem?
    Eu passei por um historia parecida ..
    E eu fiquei muito em crise nesse sentido de que “meu deus, passei 5 anos numa mentira?” ..
    E eu precisei encontrar ele pra “obriga-lo” a se explicar .. eu já sabia que a gente nao ia voltar e nem queria pressionar nesse sentido pq se um nao quer dois nao brigam e nao vou ser eu que vou tentar forçar alguma coisa ..
    Mas eu achava que por respeito comigo ele deveria se explicar, pelo que a gente viveu e pela minha sanidade mental.
    Foi muito dificil pra mim passar por cima do meu orgulho e ir procura-lo em uma situação que ele é quem devia ir atrás de mim pra se explicar … Mas cara, pra mim foi muito bom e necessário. Ele se explicou, eu chorei, ele reclamou, eu reclamei do que achava que estava errado, expus meu lado, lavamos roupa suja e ok, bola pra frente.
    Pra mim foi muito importante poder ter “poder de resposta”, poder entender o que tinha acontecido e entender também que não tinha sido uma mentira .. que ele me amou pra caralho, foi feliz a beça, mas que tinha acabado, e ok, faz parte, vida que segue .. Mas precisei disso pra ficar bem comigo mesma ..
    Então assim, se voce estiver bem sem isso, acho ótimo, até porque é desgaste, é chato e tal .. Mas se não estiver bem eu acho que vale procurar sim, vc tem direito a isso depois de tanto tempo juntos!
    Mas não vai querendo voltar e bem insistindo pra isso .. vai so pra entender e acalmar seu coração !
    E passa viu, fica tudo bem 🙂

  39. #78
    Valentina
    08.12.2016 - 16:34

    Gente, vou contar um pouco da minha história aqui nos comentarios mesmo..quem sabe alguém se interessa em ajudar rs.
    tenho 21 anos, namorava há quase 6 com um cara bacana, educado, bonito, 23 anos recém feitos e já independente financeiramente. meus pais o adoram. Eis que há 2 meses me deu alguma coisa (6 sentido eu diria kk) que todas as vezes antes de rezar eu pedia “Senhor, se for pra eu descobrir algo em relação a ele que eu descubra logo”. Nunca fui de fuxicar redes sociais, fazer interrogatorios etc, mas um belo dia fui conectar meu celular no notebook dele pra transferir as fotos e uma pasta do dropbox abre na minha cara e tava lá o print da conversa com a bendita combinando de ir transar na casa dela!! Obs: se era um print com certeza ele foi mostrar pros amigos se gabando. Terminamos, fiquei com um carinha da faculdade não tão bonito e ainda dependente dos pais (o que seria normal aos 20 anos?), ele é um fofo, toca musicas no violao pra mim, fez poema, me deu flores, tá cheio de amor pra dar. Mas vem o ex implorando pelo meu perdão e prometendo mundos.. minha mae fala pra perdoar pq afinal de contas os homens sao assim mesmo (!!!) e ele é um rapaz responsável e com a vida encaminhada, ela não achou o outro bonito e não gosta que ele não tem tanto dinheiro. Vale comentar q inicio desse ano ele terminou comigo 2 vezes por whatsapp dizendo “nao saber o q quer”: era outra também..mas essa ele quis terminar comigo pra poder ficar com ela e não me traiu (eu cheguei a essa conclusao sozinha, ele diz q nao é isso). Os quase 6 anos de relação pesam muito, estava acostumada a fazer tudo com ele.. estou confusa se tenho vontade de voltar mesmo ou é esse costume. Quando to com ele quero ficar com o outro, mas quando to com o outro penso se o certo não seria voltar pra ele!!! heeelp

    • #79
      Lulu
      09.12.2016 - 09:06

      Velentina, posso ser sincera? Sei que um relato escrito é muito pouso e superficial para fazer uma análise da situação, mas você não falou em nenhum momento de muuuuuuuito sofrimento pela traição, de muuuuito sofrimento pelo término… Me pareceu que foi péssimo, claro, porque decepção sempre é péssimo, se sentir enganada é terrível e terminar um namoro sempre é ruim, mas não senti em nenhum momento que você quer meeeeesmo ficar esse ex namorado. Eu acho que as pessoas podem mudar, que uma relação pode dar certo se ambos quiserem depois de uma situação ruim, mas a sua mãe gostar dele, ele ter mais dinheiros e vocês terem ficado um tempo juntos, não é motivo pra voltar com ninguém. Você dia que quando está com ele, pensa no outro e quando está com o outro, pensa se está fazendo a coisa certa, mas não diz que pensa nele ou que quer ficar com ele. O que me pareceu é que você não quer voltar pra ele!

    • #80
      Luana
      09.12.2016 - 16:21

      Eu acho que você precisa é ficar sozinha para por sua cabeça no lugar. Esse ex ficar terminando e você ainda descobrir casos paralelos não é nada legal. Denota falta de respeito.
      E fala pra sua mãe que ela não tem que opinar nisso.

    • #81
      Janaína
      12.12.2016 - 10:53

      Concordo com a Lulu… O que me parece é que você não gosta tanto do seu ex assim e está pensando em voltar por pura convenção social, já que ele é mais bonito e ganha bem. Percebo isso porque foi exatamente o que aconteceu comigo: durante anos namorei um cara muito bonito, daquele tipo galã mesmo, e que já tinha um bom emprego. No nosso caso, eu resolvi terminar porque não me sentia feliz com ele… Hoje vejo que ele me podava, sabe? Não aceitava o meu jeito, e eu acabei mudando muito e reprimindo a minha personalidade. Foi um término difícil, afinal as pessoas não percebiam esse lado dele e não me entendiam. Foi mais difícil ainda quando apareci com o meu novo namorado, já que ele não era tão bonito e não ganhava tão bem quanto o meu ex, além de já ter filho… Sofri uma chuva de críticas, todo mundo (família, amigas) dizia que eu me arrependeria por não aceitar voltar com ele (ele também prometeu mudar), que eu estava sendo burra, etc… Mas te garanto: hoje estou muito feliz! As vezes que pensei em voltar com ele ocorreram por pura pressão das pessoas. Então, veja se não é isso o que está acontecendo contigo. Sei que vai soar brega, mas escute o seu coração. Ninguém sabe o que é melhor pra vc, só vc mesma. Não fique com alguém só porque as outras pessoas acham que ele é um bom partido. Se quiser ficar com o carinha da faculdade, fique mesmo! Dinheiro e beleza não são tudo na vida!

  40. #82
    Eleonora
    08.12.2016 - 17:06

    Caso 01 Evian: demora, nem sempre passa, mas uma hora você esquece. Aconteceu comigo e com muita gente. Li uma frase e na época e guardo até hoje: se você não superou uma dor, supere pelo menos o vício de falar sobre ela. Isso ajuda muito. Pare (se já começou) a remoer tudo, rever c-a-d-a conversa, c-a-d-a momento junto…na busca de uma resposta. A única resposta é: ele não te quis mais. FIM.

    Caso 03 Crystal: vou tentar abordar por outro lado. Você ganha BEM MESMO? Tipo muito dinheiro MESMO? Pq se for, desapega desse dinheiro e ajuda ele. Nem vai te fazer falta. Agora, vc ganha POUCO? Pq daí tbm é pouco que você vai emprestar/dar, certo? E não precisa de tanta tempestade.
    Meu ponto de vista é: é só dinheiro, amiga. Ou tem mais coisa aí?

  41. #83
    Carolina
    08.12.2016 - 17:22

    Cony, por que vc n escreve um livro?

    • #84
      Constanza
      08.12.2016 - 19:18

      Tenho mt vontade rs

      • #85
        Jéssica Diane
        09.12.2016 - 11:34

        Escreve um livro de moda, estilo… <3

  42. #86
    Juli
    08.12.2016 - 17:23

    Caso 1: Chore e siga em frente. Você não tem culpa, agora é seguir em frente e ser feliz.
    caso 2: termina com a pessoa se você acha que a pessoa não é legal, cada um para seu canto ou então sugira passeios e motive a pessoa. Ficar com pessoa por ficar não é legal para nenhuma das partes.
    CASO 3: O namorado sempre te ajudou e agora que ele precisa você não vai ajudar? As relações não são descartáveis, acabou o dinheiro acabou a relação, acho que tem que dar uma força emocional e financeira.

  43. #87
    Juli
    08.12.2016 - 17:43

    apenas para complementar cas3 ajuda mas com limite e diga que seja passageiro você tem que correr atrás e estudar para o exame da ordem.

  44. #88
    Helen
    08.12.2016 - 18:27

    Para a amiga Crystal. Eu e meu marido estamos juntos há quase 5 anos. No momento, eu estou empregada em dois empregos e ele em um só, então os meus salários somam mais que o salário dele, porém entendemos que a renda do casal deve ser uma só. É claro que dividimos as contas para os dois participarem das responsabilidades, mas não posso ser injusta e cobrar dele a mesma participação que a minha. Acho que a contribuição deve ser proporcional ao que a pessoa recebe e pode oferecer. Ele passou em um concurso já tem três anos e está esperando ser chamado. Não esperávamos que fosse demorar tanto tempo e isso mexe com o humor dele, mas continuamos levando as coisas dessa forma porque juntos decidimos ser o mais certo a fazer. Logo, sugiro que vocês tenham uma conversa franca sobre finanças. Namoro longo é quase um casamento, você compartilha as coisas boas e as coisas ruins. E toda fase é passageira. Hoje ele está desempregado e você precisa ajudá-lo, quem sabe amanhã a situação seja diferente? Pense com carinho e avalie suas opções. Valorize quem está ao seu lado! Boa sorte.

  45. #89
    Marina T
    08.12.2016 - 20:07

    Cony, eu amo seus conselhos. Você é tão verdadeira e direta, ajuda de amiga mesmo.

  46. #90
    Carine
    09.12.2016 - 08:45

    Impressão minha ou meu comentário não foi aceito? Tô tentando entender pq?

  47. #91
    Jana
    10.12.2016 - 00:06

    Para o caso 2, menina termina logo esse relacionamento, vc não gosta do cara. Vc tem que arranjar alguém que vc pelo menos admire, não alguém que vc acha um bosta. Ele tb merece ficar com alguém que goste dele e não com alguém que o despreza. Parte pra outra.

  48. #92
    Iraci
    10.12.2016 - 15:34

    Caso 1: Já parou pra pensar que o relacionamento realmente tava ruim pra ele? Tudo bem que ele foi sacana em ter terminado pelo telefone e tal. Mas vários relacionamentos são perfeitos na cabeça de uma parte enquanto o outro tá se sentindo sufocado, limitado e infeliz. Achei esse chora bem pouco “explicativo”. As vezes o cara tava mostrando estar infeliz no relacionamento há um tempo…
    Bola pra frente fia, se eu fosse você tentaria fazer com que alguma amiga comprasse a parte do pacote dele pra ir com você. Se isso não for possivel eu teria certeza se ele também não está planejando não perder a viagem. Uma conhecida terminou o namoro e voltou com o cara pq tiveram que dormir no mesmo quarto de um Cruzeiro que tinham pagado antes e os dois não desistiram de ir.

    Caso 2: Nem consigo entender como alguém se relaciona com um cara e fala tão mal dele. Tenho certeza que a moça nem gosta dele e tá só pq “passou dos 30”. Pq pra mim não é possível gostar de alguém e ver tantos defeitos assim na pessoa, chamá-lo de “desperdicio humano” e continuar com ele? COMO ASSIM?
    Pra entrar em novos relacionamentos nem é preciso tinder.. Tenho um amigo que ficou solteiro recentemente e fico muito incomodada justamente com isso, a gente sai pros lugares e ele nem olha ao redor, só fica no celular passando o dedo pro lado no Tinder. WTF?? As pessoas nem sabem mais paquerar pessoalmente, é o fim do mundo.

    Caso 3: Eu Jamais casaria com alguém que me vê desempregada e não tem coragem de me ajudar. Que deixa de sair pra comer comigo porque precisa pagar a maior parte da conta. Onde já se viu? Se fosse o contrário iria ficar reclamando que tá desempregada e o namorado não ajuda. Que o namorado ganha muito mais e quer dividir as contas em partes iguais. QUANTA FALTA DE PARCERIA E QUANTO EGOISMO. Tô passada.

Comente