15
Jun 2016
Chora Que Eu Te Escuto!!!
Chora Que Eu Te Escuto

Quarta feira, dia de choradeira, e voltamos a programação normal pela choradeira por homens… ai ai ai. Êta mulherada, vamos lá.

Caso 01 – Beyoncé

Tenho 29 anos e passei parte dessa minha vida namorando um cara da minha cidade, bonito, rico, mas me fazia de gato e sapato…rs. Não confiava nele e por isso e outros motivos (traição) terminamos e não quis mais vê-lo pintado de ouro.

Conheci outro mocinho e desde o começo do ano estamos juntos. Ele é super fofo comigo, já viajamos pra vários lugares, praia etc… conheço a família dele, ele a minha, nossas famílias se conhecem, enfim….tudo estava muito bem até veio a palavra namoro. Ele fala que não estamos namorando, que não estamos em um relacionamento sério. Oi? Como assim… eu só fico com ele, ele só comigo… estamos juntos todos os finais de semana desde Janeiro e até durante a semana! Na verdade ele oscila, em momentos fala que iremos ficar juntos a vida toda, em outros fala que não sabe se quer casar… não sei se ele tem algum trauma do antigo namoro dele, mas eu sei que ele gosta bastante de mim, porque faz questão que eu esteja sempre junto dele, de me levar pra onde ele vai. Só que ele não gosta de cobranças, de ficar dando satisfação, é uma pessoa livre, sabe… e isso me deixa insegura… como já não tive uma experiencia boa do relacionamento anterior, tenho medo de quebrar a cara de novo. E agora hein? O que fazer? Espero mais um pouco e vou levando assim, ou tenho uma conversa definitiva e termino tudo?

Cara Bey… Se o moço não quer ser cobrado, não quer ouvir falar sobre namoro, não quer dar satisfação, isso só quer dizer uma coisa: ele não está tão a fim de você como você pensa. Quando você diz que passam os finais de semana juntos, que ele faz questão de passar os finais de semana com você, isso realmente sai dele ou você dá uma forçadinha para que isso aconteça? Eu, no seu lugar, iria me afastando aos poucos, escolheria outro programa no final de semana, conheceria gente nova, para ele ver que você também não está levando isso como um relacionamento sério. Se ele sentir falta e te quiser só pra ele, você terá os argumentos para pedir uma posição. Se ele deixar você ir e também arrumar os casinhos dele, amiga, sinto te informar que ele apenas está passando o tempo com você.

capture-20160615-105912

Caso 02 – Shakira

Vendo alguns choras passados  e os comentários das meninas sem libido, me senti um peixe fora d’água e resolvi pedir ajuda ou só uma plavra de conforto de alguém que passe pelo mesmo que eu. Explico: Tenho 24 anos e namoro a seis com um cara de 28. Ele é o meu primeiro namorado sério e único com que quem transei.

A gente se ama, ele é carinhoso, prestativo, fiel, temos planos de nos casarmos, mas quando o assunto é sexo as coisas são um desastre.

No início do namoro nós éramos vizinhos e vivíamos grudados. Ele não perdia a chance de dormir comigo e ficava sempre me ‘atentando’ até que rolou, mas eu não curtia sexo, achava chato, enfim, não me animava e ele ficava chateado e chegou a dizer que eu era ruim de cama. Como eu sou muito determinada e procuro me adaptar as situações, resolvi tentar, melhorar, até que quando eu tomei gosto pela coisa ele recebeu uma proposta de emprego em outro Estado beeem longe de mim.

Foi bem difícil e ele começou a mudar. Ele percebeu que era possível viver de boa sem a minha presença e começou a se distanciar sentimentalmente. Ele é estilo nerd, poderia viver o dia inteiro jogando e como eu não estava com ele, essa passou a ser sua vida. Resumindo, eu me tornei desnecessária e isso afetou a nossa relação sexual.

Eu que passei a procurá-lo e ele sempre me evitando e aí foi só ladeira a baixo. Passei a me humilhar por isso, às vezes implorar, sem contar na minha auto-estima que foi pra zero porque a gente cresce com essa ideia de que o homem não nega fogo. Eu uso lingerie, mando nudes (com cautela, claro), me tornei boa de cama, ele até curte, mas poucas vezes. Por ele a gente em um mês transa 3 vezes. Ele diz que isso não é importante e se eu quiser algo diferente não é com ele que vou conseguir. Poxa, eu fico muito chateada porque quando foi comigo ele não mediu críticas e eu fui lá e mudei, mas ele não, eu tenho que aceitar ou namorar outro, mas eu não quero outro.

Eu sei que com o tempo as coisas esfriam mesmo, mas desse jeito acho que não porque pra mim só ficam mais intensas. Não sei se é culpa do machismo que faz a gente achar que o homem tá sempre a fim, se é a distância, ou se ele não me ama mais, ou se eu não sou interessante, ou ele tem problemas de saúde. Sei lá, Cony e meninas me ajudem, já não sei mais o que fazer e isso me deixa muito frustrada como mulher.

Duas frases suas muito me preocupam:  “eu me tornei desnecessária”  “Ele diz que isso não é importante e se eu quiser algo diferente não é com ele que vou conseguir.” Primeiro, ninguém é necessário para a existência de ninguém. Se você está com ele para ter “utilidade”, tá pensando errado, pra quê questionar seu amor próprio né? Um relacionamento é querer estar junto, independente de qualquer coisa.  Se sexo para ele não é importante e está te LIBERANDO para conseguir o que você quer com outra pessoa, me diz, ele te ama MESMO? Eu pesquisaria mais a fundo, se tudo mudou quando ele foi pra outra cidade, eu desconfiaria de ouuuuuutras coisas. Aprendi que para um relacionamento dar certo três coisas são necessárias: admiração, boa convivência e sexo. Você não fica com quem não admira, ou com quem não convive bem ou com quem não tem sexo bom. Pense nisso e pense em VOCÊ! Tô vendo um namoro de mão única aí e só você sai perdendo.

capture-20160615-110315

Caso 03 – Rihanna

Bem, digamos que eu não tenho bem uma “dúvida”, mas queria compartilhar a história e quem sabe ler algumas opiniões. Eu namoro há dois anos, quase três. Fui aluna do meu namorado na faculdade, nos conhecemos no meu penúltimo período e começamos a namorar quando eu estava quase apresentando meu tcc, e já nem frequentava mais a universidade. Antecipadamente, já digo que não tenho desconfianças em relação a ele e que ele não dá mais aula.
Dois amigos dele (vamos chamar de João e Pedro) também namoram ex alunas, sendo que os dois traem as meninas e eu sei disso porque o meu namorado me conta tudo, inclusive com detalhes.
Acontece que um destes caras – o João – vai casar com a namorada. Eu não sou muito amiga dos amigos dele, mas converso, sou simpática e tudo afinal são amigos do meu namorado, mas nada muito íntimo. João alega que trair a Maria faz bem para o relacionamento dele, vejam só! Só que eu acho uma sacanagem (literalmente, né) a pessoa se casar se ela trai. É uma imaturidade, um absurdo, feio, ridículo, sem palavras. E acho tosco que o meu namorado não se posicione contra isso. Sei lá, sei que nem eu nem ele temos nada a ver com isso, mas é estranho. Na época que eles marcaram casamento cheguei a falar que isso era uma palhaçada e que minha vontade era nem ir! Ele diz não se posicionar pois sempre falou com eles que era contra namorar alunas (quando os dois começaram), só que aí começamos a namorar e ele teve que dar o braço a torcer e hoje eles não dão muita confiança para o que ele diz.
Passaram-se alguns meses e eis que meu namorado foi chamado para ser padrinho do casamento e adivinhe… eu não! Bem, primeiramente eu nem me sentiria confortável de ser madrinha de um relacionamento que já começa desse jeito, mas enfim, não fui convidada né? De qualquer forma isso já não é muito confortável.
O que me incomodou foi que na hora de convidar meu namorado o João falou com ele que “tudo bem eu não chamar sua namorada, né, afinal também não chamei a do Pedro, então tudo certo”.
Não sei se expus direito minhas ideias, não tenho problemas quanto a ele ter sido convidado sozinho, afinal o amigo é dele e não meu, mas não me sinto comparável a namorada do Pedro, já achava esse cara um canastrão pelo que ele faz com a noiva e também não achei legal a forma que ele justificou o “não convite” (melhor se não tivesse falado nada) e já que meu namorado será padrinho sozinho de qualquer forma, eu não estou querendo ir, acho melhor deixar ele ir sozinho. To viajando? Devo esquecer essa história e ir ao casamento? Sei lá, estou confusa! Help me Cony!

 

Riri, vamos lá:

“Dois amigos dele (vamos chamar de João e Pedro) também namoram ex alunas, sendo que os dois traem as meninas e eu sei disso porque o meu namorado me conta tudo, inclusive com detalhes.” Babaca esse seu namorado hein? Contar com detalhes? Pra que isso? Isso não fala bem dele, muito pelo contrário. Amigo da onça, eu não confiaria nele.

“Não me sinto comparável a namorada do Pedro.” Será que ela se sente comparável a você? Seu argumento é tão falho e sem sentido quanto o dele.

Tá viajando sim. Você não tem nada com a vida dos outros. Fossem seus amigos íntimos, até justificaria seu chilique, mas você não tem contato com eles, não é amiga, não foi convidada pra madrinha, então deixe a pooootaaaria deles pra lá e melhor se preocupar com o look do casamento. É a única coisa que você pode e DEVE fazer nesse casamento. Se será falido ou não, isso não é problema seu!

7c908b9a6ce29da098c44bf9b6ce233f

 

  • ARRASEI nesse último quote hein??? hahahaha amei, vou levar esse pra vida! Choras AINDA suspensos. Muita calma nessa hora…

 

112 Comentários
  1. #1
    Carine
    15.06.2016 - 11:31

    Ri horrores com a resposta do último chora! Sinceridade é tudo! E outra, tenho horror dessa mania que o povo tem de achar que tem que ser convidado o CASALLL juntos como padrinho e madrinha, poxa nada a ver, você convidaria mesmo não tendo intimidade nenhuma com a pessoa, para um momento tão especial da sua vida? Uma conhecida não foi convidada juntamente com o namorado e ficou com cara de bunda o casamento inteiro por causa disso, poxa, desapega!

    • #2
      Monique
      15.06.2016 - 12:06

      Nossa, Carine, você falou tudo que eu queria falar. No meu casamento a divisão de padrinhos e madrinhas foi: ele convidou os amigos dele para padrinhos e eu convidei as minhas amigas para madrinhas de modo que nenhum dos padrinhos era casal e todos os companheiros foram “excluídos” da função. Acho muito nada a ver gente que coloca uma pessoa que mal conhece e tem zero intimidade só porque é amigo do conjuge.

      • #3
        Carine
        16.06.2016 - 10:59

        Ai que bom Monique! Achei certo que alguém viria me criticar, é um dia tão especial na sua vida e vai convidar qualquer um, oi? Claro que não! É uma questão de maturidade e de semancol da pessoa. Sinceramente senti uma pontada de raiva da menina por não ter sido convidada juntamente com o namorado :/

        Bjos!

  2. #4
    Paula
    15.06.2016 - 11:32

    Agora que os choras sao dividimos por assunto, percebi que nao gosto qndo é sobre homens, nao tenho paciência,é muita mulher se humilhando por relacionamentos falidos.

    • #5
      Graciele
      15.06.2016 - 14:00

      Nossa, penso o mesmo que vc!!!! Nenhum me comoveu hj, sinceramente.
      Mulherada….cadê o Amor Próprio??????

      Eu heim…

    • #6
      Juliana
      15.06.2016 - 14:09

      Eu tb!

    • #7
      Erika/SP
      16.06.2016 - 09:36

      Nooooossa, tbm achei a mesma coisa que vc!!! Mulherada chega de mimimi!!!! Sejam mais auto suficientes!!! Confiantes! Meldeus….

      • #8
        Isla Wolff
        16.06.2016 - 16:25

        Acredito que criticando e chamando elas de “mimizentas” não é um bom partido a se tomar. ;/
        Sugeriria para então, nós (mais auto suficientes) pudêssemos de maneira humilde e modesta aconselhar e ajudar as que são menos; nem sempre quem é assim, gosta de ser assim. Podem estar inclusive procurando bons motivos e incentivo/estimulo suficiente para que saiam dessas.
        Acho que esse é o nosso papel, nos unirmos! bejos de luz <3

    • #9
      Marina
      17.06.2016 - 11:15

      Concordo com a isla. Acho muito chato chama-las de mimizentas e diminuir o problema delas. Cada um sabe da dimensão que algo tem para si. Vamos respeitar! Pode não ser relevante para vocês, mas pra elas sem dúvida é. Ter problema com homem n fica só nesse senso comum de se amar ou não. Se relaciona a sua infancia, a criação, as perdas que cada uma teve. Vamos contribuir para a historia de vida das colegas! Ate porque, o cuspe pode cair na testa né? Nunca sabemos o dia de amanhã, por mais bem resolvida que sejamos! Beijos

  3. #10
    Sil
    15.06.2016 - 11:33

    Caso 3: Concordo plenamente com a Cony, Babaca esse seu namorado, nada confiável tenho impressão que ele entrega os outros pra vc não desconfiar dele!

    • #11
      Iara
      15.06.2016 - 15:36

      Fiquei com essa mesma impressão, tipo: “Olha o que eles fazem, mas eu não, sou diferente!”
      Bem suspeito.

  4. #12
    Rhayssa
    15.06.2016 - 11:41

    Eu vou comentar só o caso da Rihanna. Acho que você tá viajando demais. Na verdade, acho até que deu uma pontinha de ciúmes por não ter sido convidada para ser madrinha. Como a Cony disse, você não é íntima deles e não vi nenhum problema em não terem te chamado. Quando eu fui casar, fiz o mesmo! Só chamei aqueles que eram muito íntimos e sem os respectivos namorados. Pensa só… chamo com os namorados, depois terminam. Aí fica a lembrança nas fotos, em tudo. Vira um fantasma. Não chamei mesmo! Acho que devem ser chamadas aquelas pessoas que temos certeza que vão ficar pra sempre em nossas vidas. E, ele ter justificado ao te comparar com a namorada de fulano, não é por dizer que vocês são iguais, mas sim por ela também ser namorada de um amigo…
    Vai, aproveita a festa, porque não é sempre que temos uma xêpa dessas. kkkk

  5. #13
    Ana Luisa
    15.06.2016 - 11:41

    Melhor que os Choras foram as suas respostas. Hoje vc foi mais sincera do que ja transparece aqui. Parabéns. E o ultimo quote foi f*** mesmo!

  6. #14
    Camila S
    15.06.2016 - 11:42

    Podia mudar o nome da coluna pra “chora que a cony te julga”.

    • #15
      Constanza
      15.06.2016 - 11:48

      Se manda email e pede minha opinião, falo mesmo! Nao quer ouvir, nao participe da tag 🙂

      • #16
        Carine
        15.06.2016 - 12:01

        hahaha… Melhor resposta! Se quer alguém que passe a mão na caba, tá no lugar errado! Quem vem aqui quer sinceridade mesmo! Adorei suas respostas, Cony. S2

        • #17
          Carine
          15.06.2016 - 12:02

          *cabeça

    • #18
      Jéssica Diane
      17.06.2016 - 11:54

      mas a pessoa que manda quer JUSTAMENTE isso…OXI shuashuhaus

  7. #19
    Ana Thomé
    15.06.2016 - 11:44

    hahahha rindo muito esse último quote. Tbm levarei para a vida!

    • #20
      Constanza
      15.06.2016 - 11:48

      Muito bom ne?

  8. #21
    Keli
    15.06.2016 - 11:51

    Não foi um chora-que-te-escuto que me fez quase chorar que nem alguns que li. Nesses de hoje acho que falta um bocado de amor próprio às popstars e teríamos a solução da metade dos problemas. (Tá, não no primeiro caso, acho que a moça tá meio traumatizada e acostumada a namoros. Como diria uma amiga minha: a vida é uma selva.)
    Em resumo: O importante é ter amor próprio e se importar com a própria vida (e não com a dos outros).
    Mas isso é uma coisa mais fácil de falar do que fazer, né?

  9. #22
    Carine RJ
    15.06.2016 - 12:12

    Esses choras sobre relacionamentos me fazem pensar no quanto tem mulheres que se submetem a cada coisa só para não ficarem sozinhas… Zero amor próprio, mas muitas vezes é mais fácil enxergar estando de fora do que dentro. Afinal, quem nunca sofreu por homem?! Mas tudo tem limite! Bora se colocar em primeiro lugar!

    Quanto ao terceiro caso, eu acho que o namorado só conta para a Riri o que os amigos fazem para ela achar que ele é diferente, que ele, por estar contando, não faria tb. Mas pelo visto, isso não a faz se sentir mais segura. Eu iria nesse casamento linda e loira e agradeceria por não ter sido convidada para ser madrinha. E acho que nem iria querer saber das escapulidas desses amigos, pq já não iria gostar deles, se ficasse ouvindo essas coisas então, alimentaria ainda mais a distância que eu iria querer. Então, pediria ao namorado para não me contar mais essas coisas.

  10. #23
    Mary
    15.06.2016 - 12:14

    Caso 01 – Olha, se fosse algo recente e o cara estivesse indeciso quanto a assumir a relação era uma coisa. Outra coisa bem diferente é vocês estarem juntos há 6 meses e com todo esse envolvimento. Não estamos falando de casar, passar a vida juntos. Mas qual é a dificuldade de assumir um namoro que, segundo seu relato, já existe? Concordo com a Cony, acho que ele não está tão a fim de você.

    Caso 02 – Vou ser bem sincera, desculpa qualquer coisa. Mas olhando de fora sabe o que está me parecendo? Que ele quer terminar com você mas está sem coragem, então está tentando fazer você tomar essa atitude pra ele não ser o responsável pelo fim da relação. Eu sou desconfiada por natureza e como Cony disse, acho que outras coisas (e não só vídeo-game) podem estar interferindo na relação de vocês.

    Caso 03 – Olha, entendo seu incômodo pois já me senti assim. Meu namorado nunca me contou, mas eu já soube de algumas traições de amigos dele e me senti muito mal pelas meninas (algumas que eu nem conheço pessoalmente). Já peguei no pé dele quando ele ia fazer algo sozinho com esses amigos, já briguei, já dei chilique também. Até que eu entendi que não é por serem amigos que necessariamente vão fazer as mesmas coisas. O que você tem que considerar são as atitudes do seu namorado e a confiança que ele passa pra você, e não como agem os amigos dele. Claro que é bom manter o olho aberto e ficar esperta, mas não tem nada a ver deixar de ir ao casamento por conta disso. Vá sim e curta a festa com seu boy, ele só não vai estar com você durante a cerimônia.

    Cony, não gostei muito de ser assim dividido por temas. Eu achava mais legal antes com as histórias diferentes misturadas. Achei que tinha sido uma impressão no primeiro que foi assim, mas conitnuo achando meio cansativo. Bjss

    • #24
      Constanza
      15.06.2016 - 12:23

      Ah eu prefiro por temas, senao fica so homem homem homem… bjs

  11. #25
    Cristina
    15.06.2016 - 12:22

    Gente, desculpem, mas ri demais da resposta ao terceiro caso porque até me assustei com tanta sinceridade! kkkkkkkk Falou o que precisava, Cony!
    Concordei com todas as suas respostas. Esses choras de hoje me parecem bem claros, fáceis de identificar e você foi certeira. Só mesmo quem está envolvida na situação não consegue enxergar com clareza. É difícil!

  12. #26
    M. Helena
    15.06.2016 - 12:24

    Caso 1. Seja sincera com ele – diga o que quer, o que pretende da vida e se ele disser que não é isso o que ele quer pra vida dele, caia fora. Levei pra vida o que ouvi de um então ficante: “Não existe hora errada quando a pessoa é a certa.”

    Caso 2. Sei que relacionamentos esfriam e o a frequência do sexo diminui mesmo. Mas 3x no mês porque você insiste? Tem coisa bem errada aí. Ou ele tem outra (ou outro, nesse mundo atual, nunca se sabe) e mesmo se não tiver, procure alguém na sua vida que te faça verdadeiramente feliz, incluindo no assunto sexo.

    Caso 3. Acho complicada essa história de padrinhos… Chamei casal de amigos com 11 anos de namoro que terminaram depois, então, cada um deve ter a liberdade de chamar como quiser (só não acho correto separar casal casado, isso acho falta de educação). Então, até aí, nada demais. Sobre ele te comparar com a outra namorada, achei o seu comentário grosseiro – a outra namorada se sente tão importante pro namorado dela, quando você se sente pro seu, isso não é sua função julgar. E acho que como namorada, você deve ir sim no casamento – você só não estará no altar, mas estará a festa toda ao lado dele.

    • #27
      Nanita
      16.06.2016 - 19:43

      Concordo! Acho falta de educação separar casal casado, mas, tirando isso, não há obrigação nenhuma em chamar o casal. Como alguém disse mais acima, se o namoro terminar depois, vai ficar a pessoa avulsa nas fotos pra sempre. Tenho álbuns assim aqui em casa, com um ex-namorado de pessoa íntima minha que nunca mais verei na vida! É chato, isso sim!
      Terceia moça, vá ao casamento sim, deixa a birrinha de lado, e divirta-se. Quanto às traições, isso não é assunto seu mesmo. É complicado você querer fazer alguma coisa, contar pras namoradas, pense no transtorno que isso iria gerar. Só se você fosse próxima demais delas que seria diferente. Como não é o caso, ouça e esqueça.

    • #28
      Mariana
      17.06.2016 - 08:08

      Namoro há quatro anos. Um casal de amigos dele vai casar e nos convidou como padrinhos. Eu até entendendo terem convidado ele, que é super amigo do noivo, mas acho muito nada a ver me convidarem também. Zero intimidade com eles e zero vontade de ser madrinha. Até fiquei surpresa com o convite.

      • #29
        Mariana
        17.06.2016 - 08:12

        Entendo*

        E, olha, são quatro ANOS de namoro. Não quatro meses. Desencanem desse negócio de ter que ser convidada como madrinha só porque o namorado foi.

  13. #30
    Iraci
    15.06.2016 - 12:35

    Rihanna, miga, sai dessa!
    Essa história toda eu só consigo lembrar de uma prima que contava tudo que fazia de errado pra mãe dela como se as amigas tivessem feito. Aí quando chegavam e contavam algo pra mãe, a mãe já ia defendendo a filha dizendo que não tinha sido ela que tinha feito, e sim a amiguinha “piriguete”.
    Já parou pra pensar que talvez o João nem traia a namorada de verdade? Você já viu com seus olhinhos isso acontecendo?
    Seu namorado é um p* dum amigo da onça que conta “tudo” pra namorada pra ela achar que ele é confiável, abre o olho!

    Há um tempo atrás teve um chora que a moça reclamava da mesma coisa, nao ter sido convidada como madrinha do amigo do marido que ela nem conhecia. E olha que lá era marido!!! Leia os comentários e Reflita!
    Vai deixar seu namorado solto na festa do amigo que ele vai curtir pakas!? Vá bem linda e deixe a noiva ser feliz no dia dela. Ninguém merece convidada com cara de bunda espalhando energia negativa num dia como esses.

    • #31
      Constanza
      15.06.2016 - 12:56

      Como amo minhas leitoras!!!

  14. #32
    Jackeline
    15.06.2016 - 12:40

    Shakira,

    Não sou de comentar nos choras, mas como ninguém mais falou sobre o seu caso, queria acrescentar algo: SIM, é machismo achar que homem tem que querer sexo o tempo inteiro, da mesma forma que é machismo achar que mulher não pode querer o tempo inteiro. E acho muito importante começar a quebrar esses tabus. Vamos começar a mudar esse machismo que vivemos!
    O comportamento do seu namorado pode ter X motivos:
    Pelo que comentou no seu e-mail pode ser que o sentimento não seja mais o mesmo, e aí: fuja dessa, se ame muito e quem sabe depois você vai achar alguém que te ame também.
    Agora se for mesmo que ele não curta mais sexo como antes e como já deixou claro que não vai mudar isso, se isso te fizer falta: fuja, se ame muito e depois quem sabe vai encontrar alguém que te ama e te satisfaça como todo mundo merece. Sexo é importante pra um relacionamento mas só os dois JUNTOS (e não um sozinho) podem decidir sobre a sua frequência!

  15. #33
    Laura
    15.06.2016 - 12:52

    Vou ser bem sincera, tá?
    Número 1: Ele não gosta de ti. Você é um passatempo pra ele. Se ele tivesse medo de te perder, te pediria em namoro. Te ocupa com tuas coisas e cuida de ti. Se ele se afastar, é pq não era teu de verdade.
    Número 2: ACORDA, AMIGA!!! Cadê teu amor próprio? Sexo é muito importante! Se ele não está sentindo falta, tem algo de errado com ele.
    Número 3: Você está sendo refém do teu próprio ego. Nâo julge a namorada do outro, ela deve se sentir especial por estar se casando com o homem que ela ama. Talvez você possa estar no mesmo papel dela e não saiba. Se tu não te sente próxima a ela, talvez seja recíproco e ela não se sentiu à vontade para te convidar para ser madrinha. Madrinha tem que ser alguém muito próxima, que as pessoas sintam ligação, e não uma obrigação social.
    Gurias, se amem mais! Tou assustada!

  16. #34
    15.06.2016 - 12:54

    Acho que só consigo opinar no primeiro caso, da Beyonce, porque passei por algo muuuuito parecido, pra não dizer igual. Conheci uma pessoa no Tinder (depois de dois outros casinhos que se iniciaram pelo Tinder tbm) e ficamos. Gostei dele de cara, ele era diferente dos outros dois.. me apaixonei mas ele era enrolado demaisssss, não sabia se queria namorar sério, bla bla bla. No começo eu queria curtir, igual os outros dois casinhos, mas depois me apaixonei. Passamos 6 meses enrolados até que um dia resolvi dar um basta em tudo. Tive uma conversa séria com ele, disse que queria namorar, e que se não fosse assim, era melhor nos separarmos. Por mais que gostasse dele, eu queria algo a mais e deixei isso bem claro. Ele não disse nada e eu terminei tudo. Comecei a sair, curtir de novo, e um colega se aproximou e acabamos ficando, mas sem compromisso. Depois de um mês o moço do tinder veio conversar e perguntou se eu tinha ficado com alguém. Eu fui sincera e disse que sim. Ele ficou sem reação, disse que tinha doído demais saber daquilo e sumiu. Dois dias depois, me procurou desesperadoramente, me pediu em namoro com todas as letras, mas eu não aceitei fácil não, apesar de ser doidinha por ele. Dei uma canseira, depois aceitei, mas fiquei muito com o pé atrás achando que era ciúmes, fogo de palha, que depois ele ia vir e dizer que tinha se arrependido, que ia me enrolar pra assumir tudo, mas me enganei nesse aspecto. Ele mudou totalmente, me apresentou toda a família como namorada, conheceu a minha, passamos a ser assumidões mesmo e estamos há um ano juntos e felizes. Não vou dizer que minha história é a mais correta do mundo, mas acho que ter me amado e renunciado a um relacionamento que, naquele momento não me completava foi um ato de amor próprio, e querendo ou não, o homem percebe quando a gente se ama. Como você disse, se faz falta eles vêm atras. Enfim, acho que ser sincera não é vergonha nenhuma e se afastar pode fazer bem, realmente, até pra você ver se ele era tãããão maravilhoso assim.

    Tenho um blog sobre emagrecimento, perdi 25 quilos depois de um pé na bunda e de perder o emprego, uma mudança radical na minha vida, sem remédio, sem dietas radicais, quem quiser visitar é http://www.marilianaopodeparar.wordpress.com

    • #35
      Laura
      15.06.2016 - 17:11

      Marilia, sou tua fã!!! Amei tua história!!!

    • #37
      Lara
      16.06.2016 - 16:46

      Adorei ler o seu relato tb, pq tb estou passando por algo muito parecido. Q bom q teve um final feliz! Estou nessa fase de me afastar, e vamos ver no q vai dar 😉

  17. #38
    Ana
    15.06.2016 - 12:57

    Deixar de ir pro casamento pq não foi convidada pra ser madrinha de um casal que não é seu amigo íntimo só pq seu namorado foi? Vc tem 12 anos?

    • #39
      Alana
      15.06.2016 - 18:50

      Tem 12 anos e se acha melhor que todo mundo! Achei a guria com o ego mais inflado q tudo e ela se incomoda sim por nao ter sido chamada para ser madrinha! Está nas entrelinhas! Fora q devia desconfiar de todos esses detalhes que o namorado fala! Desse qndo amigo homem conta todos os pormenores uns aos outros?

    • #40
      Silvia
      15.06.2016 - 23:44

      Pensei o mesmo… Tanta imaturidade e falta de amor próprio q até assusta

  18. #41
    Priscila
    15.06.2016 - 13:01

    Sobre padrinhos e casais: Minha amiga é casada com um babaca que nunca comparece nos eventos relacionados ao lado dela (amigos e familiares), inclusive informou que não poderia ser padrinho de casamento da irmã dela porque ele tinha que trabalhar e no casamento da outra irmã ele não podia comparecer porque era jogo do time que ele joga. Portanto, se um dia eu me casar, certeza que a minha amiga será a minha madrinha. Já o marido dela, se ele quiser ir como convidado ou não querer ir porque tem algum compromisso, eh um favor que me faz não aparecendo.

  19. #42
    Mari
    15.06.2016 - 13:06

    Beyoncé, me vi no seu relato! Na verdade, estou passando isso com o meu ex namorado e concordo com a Cony.. você deveria se afastar, pois aí a coisa não deverá vingar de forma verdadeira, sabe? E se vingar, você saberá, pois se ele gostar de ti de verdade, ele irá te procurar aonde você estiver!

    Precisamos ter mais amor próprio! Eu terminei meu namoro e estou há 6 meses nesse processo de me amar mais. Sempre fui muito confiante e tive alta auto-estima, mas tudo desmoronou quando me vi sozinha. Entrei quase em depressão, mas estou saindo dessa aos poucos e não deixei a peteca cair de vez! Precisamos ser fortes e entender que nada do que não vem de forma livre e gratuita é válido de verdade.. é algo que pode durar por um tempo, mas não vinga. E queremos isso pra gente? Eu não! Ainda não sei se irei encontrar um homem com os valores que sonho, mas sei que não dá pra gente se contentar com migalhas!

    Beijos, fique bem!

    • #43
      pat
      15.06.2016 - 21:16

      Desejo muita força pra vc também Mari!!!

    • #44
      Erika/SP
      16.06.2016 - 09:40

      É isso aí Mari, força e amor próprio sempre!!!! 😉

  20. #45
    15.06.2016 - 13:12

    Caso 1: Pra mim vocês já namoram, só não tem esse rótulo e acho que o moço tem algum problema com compromisso. Ou em assumir um compromisso com você. Na primeira hipótese, não vejo muito problema em seguir assim. Já no segundo caso, bey, querida, siga o conselho da Cony e vá viver sem ele. Deixe o moço sentir sua falta e se permita.

    Caso 2: sexo para mim é MUITO importante e um dos motivos que me fazem pensar que escolhi a pessoa certa para casar é que nesse aspecto vamos muito bem, obrigada. Mas pelo jeito nunca foi uma coisa que realmente funcionou com vocês, né? Eu acho que procuraria uma terapia sexual e aí, caso não funcionasse, cogitaria terminar o namoro. Companheirismo, amizade, respeito, admiração, tudo isso importa, mas não dá pra viver com sexo meia-boca ou sem. Na minha opinião.

    Caso 3: se meu marido viesse falar dos casos dos outros eu ia ficar com a pulga atrás da orelha. A não ser que fosse alguém que eu “admirasse” muito e ficasse claro que ele tava querendo me alertar, tipo, fulano não é tão confiável assim. Me parece que ele quer evitar uma aproximação sua tanto com os amigos dele quanto com as namoradas/noivas dos amigos, e isso é bem suspeito. Vá ao casamento, divirta-se e da próxima vez que ele vier com essas histórias corte. Não faz bem pra você, para o seu relacionamento com os outros e, sobretudo, com ele.

  21. #46
    Beatrice
    15.06.2016 - 13:16

    Caso 1

    Dizem que quem vê uma determinada situação de fora, enxerga melhor. Se eu estivesse no seu lugar, daria um ponto final a esse lance. Não vai te levar a lugar algum. Você está perdendo e disperdiçando seu precioso tempo com quem não se compromete.

    Caso 3

    Desculpe mas acho que você ficou ressentida pelo fato do seu namorado ter sido convidado pra ser padrinho de casamento do amigo dele e você não.
    Se você não tem intimidade com o casal, não seria sensato da parte deles te chamar pra ser madrinha simplesmente pq vc apenas namora o amigo do noivo. Ser padrinho e madrinha vai além do social, da composição do altar. Requer responsabilidade.
    Eu no seu lugar também não tomaria pra mim uma história que não me compete. E, se te incomoda de fato o cara trair a noiva, tome uma atitude.
    Siga o conselho q a Cony te deu. Preocupe-se apenas com o q vc deve: a escolha do look. Isso se vc quiser ir a se casamento.
    Se você estiver bem resolvida e decidida a não fazer parte desse dia, não vá.

  22. #47
    Renata
    15.06.2016 - 13:25

    Caso 3

    Miga, sinceramente, vc é muito mala! Tive um embrulho no estômago quando vc falo que “não é comparável a ela”. Deve tá achando que é a própria Rihanna mesmo. Eu, hein! Sai dessa, cresça! Como falaram acima, se for pra espalhar energia negativa e soberba no dia do casamento da menina, não vá mesmo. Pega um pote de sorvete e vai assistir algum filme no Netflix. E apesar de você falar que não, qualquer um com um pingo de capacidade interpretativa consegue entender que a tônica do seu e-mail foi não ter sido convidada para ser madrinha, a partir daí você começou essa viagem louca de se julgar superior aos noivos e a história deles que, a propósito, não te diz respeito. Eles têm todo o direito de convidar quem quiserem!

    • #48
      Ana Luiza
      15.06.2016 - 17:24

      “Deve tá achando que é a própria Rihanna mesmo” KKKKKKKKKKKKKK RI ALTO

    • #49
      Erika/SP
      16.06.2016 - 09:41

      kkkkkk tbm ri muito!!!! kkkkkkk

    • #50
      Ana Luiza
      16.06.2016 - 12:54

      Eu até voltei no texto da menina quando li essa parte do “não sou comparável a ela”, pra ver se tinha perdido algum detalhe… Mas não, a menina é só sem noção mesmo.

    • #51
      eduarda
      16.06.2016 - 14:18

      KKKKKKKKKKKKKK…. BOA!

  23. #52
    Maria Celia
    15.06.2016 - 13:55

    Gosto muito das respostas da Conny e a sinceridade é fundamental, mas o que é muito precioso nisto é que ela sempre estimula as leitoras à investir em si mesma do que ficar preocupadas com uma relação que na maioria das vezes é sem futuro…qdo numa relação à dois algo não está funcionando voce só pode melhorar a si mesma!

  24. #53
    Flor
    15.06.2016 - 13:55

    Engraçado….Eu costumo notar entre nós, mulheres, é que queremos adivinhar o que que o cara tá pensando, achando, querendo… Focamos tanto no sentimento do rapaz, parece que queremos adivinhar o que ele quer… e esquecemos de nós mesmas, de como nós nos sentimos….

    Acho que a questão é começar a enxergar a situação problema com nossos próprios olhos.

    Em outras palavras, como EU me sinto em relação à falta de sexo (ao invés de “poxa, por que será que ele não quer fazer sexo comigo?). Acho que eu tenho meu valor próprio e ponto. Isso não tem nada a ver com o cara querer ou não transar comigo. Se ele não quer transar, ou se ele não me valoriza,bem, aí eu tenho que ver como isso ME afeta. Como que EU reajo a isso. Se vale a pena para MIM. Porque, pensa: do contrário, eu tô colocando o meu valor próprio na dependência de como o O OUTRO me vê. Eu acho isso meio estranho… eu fico muito vulnerável assim. Vai que o sujeito se apaixonou por outra pessoa? Entenda: ele só tá focando em outra pessoa. Não sou eu que “valho” menos, ou mais, eu tô do mesmo jeito, ele que tá focado em outra pessoa, ou outra coisa, outros projetos…

    Se o cara não me assume como namorada, mesmo tecnicamente me namorando… bem… como isso bate dentro de MIM?? á legal isso pra mim? Tá digno? Eu tô me sentindo honrada? Tá valendo a pena assim? Eu amo demais esse sujeito pra não conseguir mais viver sem ele, pra preferir viver assim, no limbo? Porque, às vezes, a pessoa ainda não tá preparada pra se desvencilhar, e bem, cada uma é cada uma. Cada uma tem seu ritmo. Mas Acho mais prudente (e eficiente) fazer esses questionamentos do que ficar conjecturando o que que o fulano tá pensando da vida.

    No caso da moça que não foi convidada pra madrinha, o raciocínio é mesmo. Ela tá meio que viajando em tantas opiniões paralelas que não ficou claro (ou pelo menos eu posso não ter entendido) o que que ela mesma pensa do namorado dela. Eu digo, do comportamento do namorado dela para com ela. Se ela vai se sentir a vontade de ir lá no casório, não tendo sido convidada pra sr madrinha (o que, convenhamos, é bem ok, já que ela nem tem intimidade com os noivos). Por que que ela ficou tão ofendida em ser comparada com a namorada do outro amigo lá?…

    Acho que precisamos nos colocar mais no centro dos nossos sentimentos.

    Não como egoísmo não!

    Mas só podemos dar o que temos. Acho que só podemos dar amor se temos amor. Com liberdade. Senão, vira dependência… e aí o trem desanda…

    • #54
      Patrícia
      15.06.2016 - 16:30

      Perfeitas as suas colocações. Perfeitas! Nós mulheres temos mesmo, infelizmente, uma tendência de nos validar apenas pelo olhar do outro, do homem. E ficarmos à mercê do que o homem sente, do que o homem quer. Isso é um comportamento bem machista que interiorizamos, na verdade. Tradicionalmente, é o homem que pede a mulher em namoro, que pede em casamento. No tempo dele, quando ele quer, se ele quiser. À mulher, que está envolvida no relacionamento tanto quanto o homem, cabe esperar e esperar, sem nenhuma voz ativa, à mercê do tempo e das vontades do parceiro. Isso é muito injusto. A mulher fica esperando o homem se comprometer ou dar um passo adiante no relacionamento, questiona o porquê de ele ainda não ter feito, tenta adivinhar o que ele pensa, mas não se sente à vontade para conversar sobre um relacionamento que envolve dois. Está mesmo na hora de pensarmos: “o relacionamento está ruim? Por quê? O que não está funcionando para mim? Do que EU não gosto na relação? Posso fazer algo a respeito? Ou depende apenas do outro mesmo? E, neste caso, se não está funcionando para mim, não é o caso de eu pular fora?” Como você disse, não é egoísmo. É se colocar ativa na direção da própria vida.

    • #55
      Mariana
      15.06.2016 - 16:51

      Clap, clap pra você! Ótima reflexão…

      • #56
        Mariana
        15.06.2016 - 16:54

        Flor…

    • #57
      Andrea
      16.06.2016 - 12:36

      Nossa Flor, seu comentário foi um dos mais coerentes que li aqui até hoje!! Eu nunca tinha parado para analisar dessa forma, e assim fico sofrendo a cada relacionamento que me envolvo, não só em namoros, mas na vida em geral, com amigos, família. Estou sempre me colocando na dependência do que o outro está pensando, sem procurar entender meus sentimentos e assim me proteger de emoções ruins. Vou guardar essas palavras e analisá-las muitas vezes!!

    • #58
      Cassiana
      19.06.2016 - 21:53

      Flor, concordo com a Andrea, um dos melhores comentarios que jah li por aqui. Salvei p vida.

  25. #59
    Gláucia
    15.06.2016 - 14:02

    Caramba tu ta arrasando demais! Palmas pra Cony.

    Carapuca serviu bonito pra mim aqui kkkkk

  26. #60
    eduarda
    15.06.2016 - 14:06

    Riri, minha filha…. segue a sua vida e esquece a dos amigos do seu namorado… e nao se ache tao diferentona assim…. o ego é uma armadilha perigosa…. baixa a bola e vai no casamento…

  27. #61
    Maira
    15.06.2016 - 14:08

    Beyoncé…fia, o cara tá com você desde Janeiro, age como namorado mas não te assume como namorada? Uai, trem simples demais de resolver, suma geral e só o procure quando estiver afim de um PA, pq é isso que ele parece fazer com você, de repente ele dá uma acordada ou você cai na real que ele só te vê como uma PA.

    Shakira…fia, quando lí a parte que você diz: “Passei a me humilhar por isso, às vezes implorar…”Ele diz que isso não é importante e se eu quiser algo diferente não é com ele que vou conseguir”… Fiquei P da vida foi com você e não com o seu namorado, deixa te explicar; quando você está num relacionamento que você chega ao ponto de ter que se humilhar ou implorar por algo, é uma certeza que o fim da linha já chegou e você esqueceu de descer…sai fora, porque se você não percebeu, você tá sobrando nessa história faz tempo, aprenda a ler nas entrelinhas, pq seu namorado já saiu fora faz tempo, mas é muito covardão e está esperando você colocar um ponto final.

    Rihanna…você fala que não ligou por não ter sido convidada pra ser madrinha do tal amigo do seu namorado, mas pelo o seu relato parece bem o contrário, não tá querendo ir no casamento pq? Por acaso a noiva traída do cara é sua amiga íntima? Olha, sai dessa, vai tomar conta da sua vida e fala pro seu namorado deixar de ser babaca fofoqueiro, o que o amigo dele faz ou deixa de fazer só diz respeito a ele, se a noiva do cara não é a sua amiga íntima, tá tomando as dores por ela pq? Fia, vai nesse casamento bem maravilhosa, com a melhor cara de paisagem que você sabe fazer e divirta-se…Deus deu a vida pra cada um cuidar da sua, se o casal não é seu amigo e você nem tem que conviver com os dois, eu no seu lugar estaria era preocupada com o meu namoro.

    Bjocas

  28. #62
    Juliana
    15.06.2016 - 14:08

    1 – Bey: Mais um caso que te fazem de gato e sapato né? Sugiro dar uma distanciada pra ver como tu se sente e ele também
    2 – Shak: Tenho esse problema, mas não me sinto desnecessário. Não tenho vontade de fazer sexo mas sei que o meu marido AMA e se entristece com isso. Então as vezes eu faço sem vontade mesmo e to me puxando pra sentir mais vontade… vejo filmes, leio contos etc. Mas é foda, caso de terapia, SÉRIO.
    3 – Riri: desculpe, mas tu parece algumas amiga minhas que só porque namoram parece que tem que fazer tudo sempre com o mesmo. Os amigos não são teus e sim do teu namorado. Tempestade em copo de água. Namoro é soma e parceria e não um cenário em que vcs tem que fazer tudo juntos.
    Bjs!

    • #63
      Luana
      16.06.2016 - 11:09

      Juliana, desculpe me intrometer, mas você toma anticoncepcional? Se sim, saiba que ele pode ser o causador dessa falta de vontade. A Cony mesmo já falou sobre isso. Pense bem, pois às vezes você fica se sentindo péssima, achando que tem algo errado com você, quando na verdade não. Eu também já passei por isso. Hoje em dia não tomo mais anticoncepcional e nunca voltarei a tomar! Foi a melhor decisão da minha vida! Boa sorte! 🙂

  29. #64
    larissa
    15.06.2016 - 14:15

    Amiga colega do caso 3
    eu faria o seguinte: diria que não ia pro casamento, mas anotava direitinho onde é a festa, local, hora……. e dava um perdido por lá depois. tipo 2 horas depois do horário marcado.
    ver as coisas de surpresa, sabe?

    e concordo com as colegas: você tem 12 anos? ficar ressentida porque nao foi convidada pra ser madrinha. se vc casar com esse seu namorado e ele chamar o joão ou o pedro pra padrinho, vc quer a fulana chifruda como madrinha? eu hein abre o olho que de repente a chifruda é você. e ele tá só falando isso pra ele sair como o santo da história. eu passava a dar uns perdidos, sabe?

    • #65
      Carine
      15.06.2016 - 15:14

      Desculpa, amiga, mas achei essa sugestão de chegar 2h depois de surpresa meio infantil também. Pra que isso?! Ou vai, ou não vai. Se não confia, não vai ser assim que ela vai descobrir alguma coisa.

    • #66
      Cris
      15.06.2016 - 15:24

      Não entendi. Primeiro fala pra seguir o namorado escondido, e depois fala que concorda da menina ter 12 anos? Acho que vc tb deve ter 12 anos pq foi bem infantil esse seu comentário. Se não confia no cara a ponto de ter que vigiar e seguir ele cai fora!

      • #67
        larissa meneghel
        15.06.2016 - 16:07

        Só falei pq de repente é melhor ver logo o que não quer ver e seguir em frente. por isso sugeri dar um perdido.

        • #68
          Nanita
          16.06.2016 - 20:02

          É, não colou não. Logo na festa de casamento não é o local pra querer chegar de surpresa – e fazer o barraco se visse algo indesejado.
          Se ela tem algum problema com ele, que resolva com ele. Sem público.

  30. #69
    Natalia
    15.06.2016 - 14:27

    Gente, TESTOSTERONA – anotem esse nome – Eu fiz uma dosagem e vi que estava baixa, tomei e minha libido melhorou muito, muito mesmo.

    • #70
      Marcela
      15.06.2016 - 15:40

      Natalia, nem precisa repor testosterona necessariamente: troquei a pílula pelo DIU e tô de bem com o noivo, graças a Deus! rs

  31. #71
    Paula
    15.06.2016 - 15:11

    Rihanna, concordo com os comentários das outras leitoras. Acho que você está ressentida porque não foi convidada para ser madrinha. Mas não vejo nada demais em separara casais nesses casos. Quando namorava, fui madrinha de casamento de uma amiga sem que o boy tivesse sido convidado para ser padrinho, do mesmo jeito que ele foi padrinho de um casamento que eu só fui como convidada. Não vejo problema.
    Amei o quote da Cony! É bem isso mesmo.. por mais que você não concorde com o que o amigo do seu namorado faz e ache uma sacanagem (e é mesmo), isso não te diz respeito.
    Pense no look que usará no casamento, nos acessórios e na maquiagem e divirta-se na festa. Mas uma dica: só vá se tiver certeza que não vai ficar de cara emburrada ou de mal humor porque seu namorado é padrinho e você mera convidada. Vá com a intenção de se divertir, e se for pra fazer cena e melhor seguir a dica da outra leitora, ficar em casa vendo netflix acompanhada de um pote de sorvete.

  32. #72
    Leticia Costa
    15.06.2016 - 16:05

    1 CASO: se vc está com uma pessoa há 6 meses, frequenta a casa, sai, faz diversos programas e, inclusive, tem relação sexual, se isso não é namoro, eu não sei o que é. Se esse cara não qer assumir vc, verdadeiramente e compromissadamente, sai fora agora! vc quer ficar ao lado de alguém que não assume uma responsabilidade? que não tem peito pra assumir um relacionamento? Quem quer ficar com agente, quer a gente a qualquer custo! Se eu fosse vc, eu marcava uma balada TOP com as amigas, toda bem produzida e dizia pra ele “esse fim de semana não dá”… vai viver a sua vida! que já tá com 6 meses de atraso…
    2 CASO: Desculpa, amiga, mas esse cara no mínimo tem outra, ou não te ama mais. diminuir a frequencia sexual, ok. Mas transar 3 vezes por mês por insistência sua? Isso não tem o menor cabimento.
    3 CASO: A regra é clara: casais casados devem ser convidados, ambos, para serem padrinhos de casamento. Quanto a casais de namorados, não há problema em chamar um e não chamar o outro. Pq? pq namoros são mais instáveis que casamentos. e tbm pq não há falta de educação em chamar um e não chamar o outro.
    Fica linda e maravilhosa e vai pra festa… Quantos aos demais, vc não precisa aprovar o comportamento de ninguém! outra coisa, homens geralmente cultivam uma irmandade, eles nunca contam o que o outro fez de cagada.. Talvez esses amigos ai não sejam tão amigos assim.

  33. #73
    Leticia Costa
    15.06.2016 - 16:19

    Fico surpresa como falta amor próprio a tantas mulheres… como aceitam viver relacionamentos tão decadentes… Como que o cara não assume a pessoa que ele ta há mais de 6 meses??????
    Como minha irmã namora um babaca que quando estava ganhando bem, com sucesso, terminou com ela pq ela atrapalharia a carreira dele, e, hoje, quando está na fossa ela é a pessoa certa?
    Como, uma amiga aceita voltar a namorar com um cara que durante 7 anos de namoro, 2 gravidez, nas quais sofreu aborto espontaneo em ambas, foi humilhada, traída, teve que reembolsar mais de 20 mil pq o cara se dizia “no preju” com a construção da casa onde morariam, ele pega a grana vai pra vegas e o escambau… depois volta F&¨%$# e ela aceita???????? como??????????

  34. #74
    Vivi
    15.06.2016 - 16:31

    Riri, eu fui madrinha da minha melhor amiga SEM o meu então namorado, pq o noivo tinha um amigo solteiro sem par. Quando eu casei, esse casal foi nosso padrinho, e meu hoje marido nunca, NUNCA se ressentiu, mesmo já sendo amigo do casal na ocasião em que eu fui madrinha sozinha.
    Tente entender o lado dos noivos. E outra: você quer MESMO fazer parte disso? Sair na foto, no altar, sabendo da enganação que rola?
    Uma coisa que me incomodou: seu namorado “diz não se posicionar pois sempre falou com eles que era contra namorar alunas (quando os dois começaram), só que aí começamos a namorar e ele teve que dar o braço a torcer e hoje eles não dão muita confiança para o que ele diz”. Não acredito nisso. Ele é mesmo tão amigo assim de gente que não dá confiança para o que ele diz? E que amigos são esses que deixam de confiar nele por causa de uma mudança de conceito?
    Sei não. Acho que ele é conivente com eles. E que pra ele é OK ser padrinho sem você (afinal, ele pelo visto não reclamou com o noivo, né?). Desencana e aproveita a festa, bem linda, sem chilique.

  35. #75
    Bia
    15.06.2016 - 16:52

    Riri, se o João colocou você no mesmo balaio em que colocou a namorada do Pedro, talvez vocês duas sejam igualmente chifrudas. E o comportamento do seu namorado (pagando de bonzinho e entregando os amigos) é mais um indício. Se você não é o tipo de mulher que tolera traição, abra seu olho.

  36. #76
    Iara
    15.06.2016 - 16:57

    Caso 2: Desculpa amiga mas se meu namorado diz na minha cara que sou ruim de cama eu já tinha mandado ele pra PQP nessa mesma hora =)

    • #77
      Fernanda
      15.06.2016 - 17:28

      Nossa, eu também. Ppk fechada pra esse aí pra sempre!

  37. #78
    Helô Valliatti
    15.06.2016 - 16:59

    Moça do caso 1: Passei por isso com o meu atual namorido. Passamos uns 9 meses juntos desse jeito, nos víamos sempre, ele conhecia minha família, eu conhecia a família dele, mas ele sempre falando que nós não estávamos namorando. Mas sempre juntos. Até que depois de 9 meses começamos a namorar “oficialmente” (pq na minha cabeça já era namoro né). E estamos agora juntos há 4 anos (contando esses meses heheh), moramos juntos há 1 ano e meio e agora vamos ter um baby. Então acho que tudo depende do que tu quer. Às vezes vale a pena esperar ele se decidir (se tu gostar dele e no fundo não achar que ele tá só te enrolando), mas se tu nem gostar tanto dele e estiver de saco cheio, daí termina mesmo.

  38. #79
    Renata
    15.06.2016 - 17:12

    Só pra dizer que ADOREI os codnomes!!!!!!

  39. #80
    Shirley
    15.06.2016 - 17:15

    Rihanna …
    Não apenas vá neste casamento, mas use O LOOK que arrase com a “madrinha” escolhida pelo noivo babaca, que só ficará ao lado dele durante a cerimônia.
    E, de quebra, deixe claro a sua posição com seu namorado e os amigos dele.
    Ah, e fique de olho no seu namorado, certifique-se que ele não seja babaca também.
    Bjs
    Shirley

    • #81
      Rihanna
      16.06.2016 - 23:42

      Shirley, amei… é bem isso aí!!!

  40. #82
    Fernanda
    15.06.2016 - 17:30

    Caso número 3: o casamento é de outra pessoa, não seu, eles convidam quem eles quiserem pro papel que eles quiserem, para de querer achar ruim ou se intrometer na vida alheia.

  41. #83
    Lia
    15.06.2016 - 18:27

    Caso 1: Bom, o último que me enrolou tinha um discurso parecido. Furou comigo num sábado “por causa da chuva”, dia vi que na sexta (que também choveu) ele saiu com amigos,na turma de amigos tem uma moça que ele ja ficou. Mandei msg dizendo q ia parar de fingir que tínhamos algo e mandei ele esperar a chuva passar na p*** que pariu. Ele nem respondeu, não queria mesmo. Isso significa que quem quer assume, quem não quer enrola até onde der.

    Caso 2: É machismo achar que homem quer sexo direito, mas se o cara antes curtia, dps não acha importante e diz pra tu ir procurar em outro lugar é sinal de que o relacionamento que na vdd nao é importante. Basta analisar o seu próprio comportamento, queria fazer o namoro dar certo então tentou melhorar nesse aspecto, se o relacionamento não fosse importante pra vc vc teria agido como ele.

    Caso 3: Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher. As vezes a gente acha que a outra pensa que namora o Príncipe encantado do Reino da fidelidade quando ela sabe muito bem onde amarra o burro dela, deixa o povo ser feliz e não faz a estraga festa.

  42. #84
    Andressa
    15.06.2016 - 19:32

    Caso 3 – Namorei um cara que tinha amigos bem próximos que traíam suas namoradas. Ele não chegava a me contar detalhes, mas eu ficava sabendo quando acontecia. Ele me dizia que achava um absurdo, que falava para eles que não concordava. Me dizia que nao podia fazer nada, mas chegava a “acobertar” as mentiras deles quando precisava.. Eu nem suspeitava, mas foi batata: meu namorado me traía também, estava sempre metido nos ‘esquemas’ dos amigos. Meu conselho é: o seu relato é bem grave, mas você está focando no problema errado. Esquece um pouco essa história de não ter sido convidada pra madrinha (Vai se importar pq, se não é nem amiga?) e presta uma atenção especial ao comportamento do seu namorado. Por que será que ele é tão conivente com os amigos? Acho que não custa você refletir um pouco sobre esse aspecto! Quem dera eu tivesse recebido esse toque na época, não teria demorado tanto para perceber o babaca que estava ao meu lado. Bjs! Boa sorte!

    • #85
      Rihanna
      16.06.2016 - 23:41

      Obrigada pelo seu toque. Não acho que seja esse o caso, ele geralmente não está metido nas confusões… Esse amigo dele é da época de escola, quando eles eram crianças, aí cresceram e tomaram caminhos diferentes, e eles aparecem as vezes. Mas não vejo muito perigo não…

  43. #86
    Barbara
    15.06.2016 - 19:49

    Hahaha amei o quote!! Shakira, namoro a distância que o cara não curte sexo é estranho sim, sem machismo! Namoro há 6 anos, os primeiros meses de perto e depois a distância e quando nos vemos quase não saímos do quarto hehe teve épocas que ele esteve menos interessado acredito que por excesso de estresse, mas esse desinteresse em você não esta normal não, você não merece!

  44. #87
    Paula
    15.06.2016 - 20:07

    Cony vc arrasa, perfeitos seus comentários!
    O que fica claro para mim – e eu já caí nessa – é essa “nuvem nebulosa” que surge diante de nossos olhos qd estamos envolvidas em enrascadas amorosas que não nos deixa ver e perceber a realidade!

  45. #88
    Anna
    15.06.2016 - 20:14

    Caso 1 e 2; A verdade é dura. Ele não está a fim de você. Parte para outra. Vai doer no início, mas vai ser melhor.
    Caso 3: Abre teu olho com seu namorado. Meu marido também foi meu professor, mas começamos a namorar depois que me formei (nos reencontramos em um casamento). Sabia da amizade dele com outros professores de má fama, mas nunca perguntei se procedia a fama ou não. Realmente, não me interessava. Ele também nunca me contou. Se ele namorasse uma amiga minha, pode ser que eu fosse atrás de saber, mas não era o caso. Tempos depois encontrei num jantar a ex desse amigo dele e só assim confirmei a fama do dito cujo. A ex sabia de TODAS as traições. E sabe o pior: ela não se incomodav, quer dizer, até a afetava, mas ela queria de qualquer jeito voltar com ele, mesmo que as traições continuassem. Então, amiga, fica na sua porque você não sabe como as pessoas vivem e ninguém perguntou a sua opinião.
    Quanto ao fato de somente seu namorado ser convidado para padrinho: na minha opinião, por questão de etiqueta, se o casal é casado, o convite deve ser necessariamente a ambos. Se apenas namoram, pode ser a um dos namorados apenas. Mas, na boa, acho que você está com uma mega dor de cotovelo porque ele vai entrar de braço dado com outra mulher. Olha, sou esposa de um ex-professor, sei como é, todo mundo quer saber, rola a maior fofoca, vão inventar 500 teorias do porquê você não entrar com ele. Aí, cabe a você avaliar se aguenta o rojão ou não.

    • #89
      Rihanna
      16.06.2016 - 23:38

      Anna, vc me entende!!! Obrigada

  46. #90
    Alexandra
    15.06.2016 - 23:53

    Quero comentar o caso 1 . Beyonce aconteceu a mesma coisa comigo e … hj sou casada com meu “enrolo” . Qnd conheci meu marido ele tinha acabado de terminar um namoro de 5 anos e deixou claro no começo q n queria namorar. Fomos ficando, envolvendo familias mas na hora do vamos ver ele dizia q n era namoro. Fui paciente pq qndo estavamos juntos eu me sentia realmente especial e como em mulher a esperança é sempre a ultima q morre, esperei por ele, no tempo dele. Demorou eu sei … foram 1 ano e 3 meses ate q ele resolveu assumir enfim q namoravamos. Se me arrependo? Nao ! Pq o rotulo mais preocupava aos outros do q a mim mesmo, eu me importava mais em oq eramos qndo estavamos juntos. Ele saiu mt traumatizado do ultimo namoro e queria ir com calma para ter certeza q qndo assumisse algo seria serio. Namoramos por 1 ano, ficamos noivos 11 meses e hj estamos casados ha 1 ano e meio e vivemos um casamento feliz. So Vc sabe oq vive com seu boy, e se acha q realmente vale a pena, espere o tempo dele, pq sinceramente se ele n estivesse interessado em vc … ele n estaria com vc !

  47. #91
    Telca
    16.06.2016 - 04:25

    Acho engraçado que 90% dos problemas da mulherada é resumida em: homens hahahaha
    Gente, que loucura!! Me sinto uma alienígena por nunca ter tido esse tipo de preocupação!!
    Sou da seguinte filosofia, se o cara gosta de verdade ele demonstra e as atitudes do dia a dia comprovam isso!!!Isso da segurança pra mulher!! Agora a partir do momento q começa com mimimizinho que te deixa insegura…ah amiga, cai fora !!!!
    Sempre pensei assim desde bem novinha, quando comecei com meu atual na primeira semana ele me deixou esperando uma tarde toda pq estava com os amigos, ele chegou e eu terminei!! Para mtas isso pode ser besteira mas pra mim já poderia ser indício de problemas, pq querendo ou não atitudes assim te deixam insegura e isso não quero pra mim!!
    Aí depois dele mto implorar resolvi dar uma chance, mas deixei bem claro q não admitia esse tipo de coisa!! Parece pequeno, sim parece,mas segurança no relacionamento é tudo!!
    Estamos há 12 anos juntos nuuunca mais houve nada que me deixasse insegura em relação a ele e pelo que ele sentia por mim!!
    Acho q relacionamento é isso, é paz é tranquilidade!! Ao contrário Tô fora

    • #92
      Erika/SP
      16.06.2016 - 09:45

      Penso da mesma forma!!! Relacionamento tem que ser gostoso de curtir, se for babado e confusão é melhor cair fora!!!!! 🙂 A vida por aí já é tão difícil, melhor é ter alguém que te deixe em paz, tranquila! Se for pra passar nervoso é melhor ficar sozinha!!! 🙂

  48. #93
    Michele
    16.06.2016 - 10:33

    Ri Ri, te entendo!!!
    A maioria aqui adora julgar em tudo que não é usual, mas eu gosto de pensar diferente…acho que se vc se deu o trabalho de escrever, é porque isso realmente a magoa.
    Ponto 1_ Vivemos em um mundo tão egoísta que se ter uma intimidade com namorado é considerado “falta de cumplicidade do cara com os amigos”. Poxa se a fia não gosta dos amigos, é porque aprontam!!! E não acho que o namorado dela traia não, só a vê co o uma cúmplice..há tantas fias que contam o casinho da amiga para o namorado, é hipocrisia dizer que ninguém sabe de um segredo mais cabeludo.
    Ponto 2_ Ela mesma disse que frequenta a casa dos amigos, e não é nenhuma pessoa distante. Amiga, se ele não é bacana com a futura mulher dele, imagina com você!!! Não achei nada de arrogante aqui, ela só ficou surpresa e sabe se lá como é a relação do amigo 3 com a sua namorada? As vezes um relacionamento de pouco tempo e o dela tem mais tempo. Ela não deixou claro aqui. chamá-la de arrogante por isso é falta de interpretação!!!
    Ponto 3_ Ir ao Casamento ou não? Eu considero casamento igual a enterro, a gente escolha ao que vai. A fia é sua amiga? Não, mas você vai acompanhar o seu bofe. Imagina ele sozinho lá com os amigos trucidando a sua escolha de não ir…e não acho q ele vai trair ela não! Aliás vamos parar de tratar o homem como bicho q não pode ver uma mulher que pá! Tem monte de fia por aí que vê um cara comprometido, da o maior mole do mundo e o cara nem aí pra ela que quando o cara chega, nossa, que canalha, ele está traindo a fulana, eu vou contar e pá!!!..isso é pura babaquice de mulher!!!
    Ponto 4_ As vezes o homem melhora casado, as vezes não, as vezes o casamento dura, ás vezes não. O importante e participar da cerimônia e desejar o melhor aos dois, sejam juntos ou separados.
    Ponto 5_ Contar ou não contar? Na maioria das vezes dá um rolo só, mas que esse pedro é um babaca isso é…e a esposa vai ver isso mais cedo ou mais tarde, só desejamos que ele amadureça.

    • #94
      Rihanna
      16.06.2016 - 23:32

      Michele, obrigada!!!! Fiquei perdida… Especialmente depois de tantos comentários tão maliciosos e cheios de julgamentos.
      Até que minha irmã lendo o futilish, viu o caso da Rihanna e logo me reconheceu, hahaha!!! Disse que vc era a mais legal.
      Até fiz um email secundário só para responder ao seu comentário… Obrigada mesmo!!!
      Comentando os pontos que vc citou:

      1- Meu namorado é meu amigo sim… não vejo problema nisso, o namoro surgiu da amizade e não o contrário. Existe uma cordialidade entre eu e os amigos dele, mas não concordo nem com todas as atitudes dos meus pais, família, amigos próximos… que dirá dos amigos dele né? São outros princípios… Assim como muita gente não deve concordar com as minhas, paciência, e vida que segue. Lembrando que ele tem muitos amigos e as observações do post são apenas para esses dois.

      2- Frequento, já viajamos de casal, jantamos juntos etc etc etc… somos próximos, pelo elo que eles tem com meu namorado. Me identifico mais com a noiva que com o cara… até ajudar nos preparativos eu ajudei. Acho q ela ate desconfia das coisas pq ja me perguntou!
      Já o amigo 3 vc acertou, é um namoro recente… Vc me conhece?!! hahaha!

      3- Eu vou ao casamento… meu namorado ameaçou não aceitar ser padrinho se eu não fosse, ia ficar uma situação meio desagradável… tem tempo que mandei esse chora, desde então muita água passou por baixo da ponte. Mas se eu desistir arrumo outra coisa pra fazer e ele vai sozinho afinal não nascemos grudados, rs!

      4- Vamos torcer pra que melhore, a menina é bem gente boa… Já o cara tem uma fama danada…

      5- Não vou contar, não me sinto intima pra isso apesar dela ter perguntado. E corre o risco ainda de atrapalhar a amizade do meu namorado com ele. Apesar que, se fosse eu no lugar dela, gostaria mto de saber… Homem tem q deixar de ser babaca, fica com esse papo q ela é pra casar e que as outras são pra pegar? Eu hein, mais respeito…

      Obrigada Michele, vc foi fofa. Ainda existe gente fofa. E que interpreta textos… hahaha!

      Cony obrigada pela sua resposta também, rápida feat. objetiva! Também amei a quote!

      • #95
        Re
        17.06.2016 - 13:19

        Hahahahahahahahaha!!

        Rihanna, amiga, estava esperando você responder esse comentário! Tinha absoluta certeza que você desconsideraria todos os inúmeros toques e se apegaria nessa única pessoa que passou a mão na sua cabeça, e o pior: com apontamentos tão viajados quanto os seus! Você é imatura demais e bem sem noção. A emenda conseguiu sair pior que o soneto com a seguinte colocação: “meu namorado ameaçou não aceitar ser padrinho se eu não fosse”. Dois chiliquentos.

  49. #96
    Daniela Abreu
    16.06.2016 - 11:59

    Cony, adoro suas respostas, e essa última então (hahahah). Rihana, liberte seu coração, tá puro ressentimento, isso não faz bem pra você, você falou que trata bem os amigos do seu namorado, mas será que consegue? Enfim, não cultive esses sentimentos dentro do seu coração, você não será feliz assim e ainda afastará as pessoas de você. Beijos!

  50. #97
    Ana
    16.06.2016 - 12:04

    Caso 02 – Preciso comentar pois minha história é super parecida, 10 anos de namoro, metade desse tempo eu sentia vontade zero de sexo, tipo 1x a cada dois meses mas só pra fazer, e nem era bom. Agora mudei, e estamos muito bem em todos os sentidos, acho que o principal é conversar com sinceridade e dizer o que esta sentindo. Acabei lendo o teu Chora pro meu marido pra saber a opinião dele, ele acha que teu namorado perdeu o ritmo, pois foi o que aconteceu com ele ( ele estava tão acostumado a não fazer sexo, que por um bom tempo não tinha muita vontade), claro que no seu caso ainda tem o problema da distância, então espero que as coisas melhorem, se não… você deve encontrar uma pessoa que faça você se sentir amada, desejada e necessária!

  51. #98
    Cristina
    16.06.2016 - 15:18

    Discordo completamente da blogueira! Nem sempre um homem não assumir uma relação é sinal de não gostar da pessoa. Hoje vejo que nem sempre máximas em relacionamentos são verdadeiras: se gosta namora, se apresenta aos amigos quer namorar…Às vezes são questões dele, uma certa recalcitrância em assumir um relacionamento, assumir que está envolvido,não é toda mulher que entende, aceita ou espera… Acho uma opção para acelerar que ele enxergue vocês como namorados é pedindo um tempo.

    • #99
      Constanza
      16.06.2016 - 17:04

      Pode até gostar da pessoa, como amiga, companheira etc mas NAO como namorada. Se gostasse, assumiria logo.

      • #100
        Ana
        16.06.2016 - 23:20

        Faço coro com a Cony!

        Acredito que se a pessoa realmente quisesse e tivesse o mínimo de atitude, já teria assumido o compromisso.

        No caso em questão, as circunstâncias apresentadas parecem apontar que o que ele quer são os benefícios de um namoro, mas sem o compromisso de namoro. Ele gosta de ter uma cia para viajar, ficar junto, assistir um filme, sair pra jantar, mas não quer compromisso.

        Como a Bey mesmo relatou, “ele não gosta de cobranças, de ficar dando satisfação, é uma pessoa livre, sabe”. Portanto, se ele realmente quisesse namoro, muito provavelmente já teria assumido independentemente dos ônus que viesse a carregar.

        Como a Bey encontra-se sempre disponível para satisfazer as vontades dele, ele continua a vir atrás e alimentar suas ilusões para continuar a usufruir dos benefícios que o relacionamento oferece para ele. Em outras palavras, ele está tirando proveito dos seus sentimentos e da sua disponibilidade.

        Bey, por mais que a ideia de ficar sem ele seja dolorosa, liberte-se e afaste-se dele. Você não pode sub-jugar seu amor-próprio ao bel-prazer dele. Se ele quiser, ele virá atrás, momento em que você deverá ter uma conversa franca se realmente quiser mudar esse status.

        Seja uma mulher de atitude!

        Afinal, who run the world?

  52. #101
    Maria Luiza
    16.06.2016 - 15:19

    Ficando no tema sexo, mas saindo um pouco dos casos de hoje. Não sei o que pensar sobre o assunto. Tenho 8 anos de casada, namorei por 2 anos e adivinhem!!!Não tenho vida sexual!!! Não tenho vontade, tenho preguiça e meu marido também. Vivemos bem, estamos sempre juntos e tudo mais, mas sexo não rola. As vezes me achava uma ET por isso, achava que tinha algo errado. Até que um dia, conversando com uma amiga, contei e para minha surpresa ela disse que a irmã e umas amigas também viviam de boas a mesma situação. Minha ginecologista me disse que casos assim são frequentes em seu consultório. Fico pensando: será mesmo que o sexo em uma relação é primordial? Claro que se for importante para uma das pessoas da relação não vai dar certo, e no 2º caso aqui descrito está claro que o cara não está mais a fim da menina. Mas são tantas as formas de amar e estar junto hoje em dia, que generalizar (tem que ter sexo, tem que ter isso, tem que ter aquilo) acho meio ultrapassado. A todas nós, A Paz.

  53. #102
    Rafa
    16.06.2016 - 22:10

    Sobre o 3 CASO. No meu casamento só não convidei uma moça pra madrinha junto pq o namorado dela, que trabalhava comigo, nunca tratava o namoro como sério e inclusive dava em cima de uma chefe nossa. Então eu pensei Puts não vou querer nas minhas fotos e vídeos alguém que nem namoro sério dele é que logo vai passar. Provavelmente a moça pensava diferente pq depois eu soube que chegou a trancar ele no banheiro pra tentar fazer com que nao fosse no casamento, mas minha impressao estava certa o namoro não virou nada sério. Vai que assim como vc olha pras namoradas, futuras esposas, dos amigos do seu namorado como nao levadas a sério talvez elas tb pensem assim de vc.

  54. #103
    Jimena
    16.06.2016 - 23:57

    Nossa, lembrei da minha historia,sou uruguaia. Meu ex namorado tinha o casamento do melhor amigo, a gente tinha voltado de tantas idas e voltas mas dessa vez era pra valer mesmo, a primeira prova que era pra valer mesmo era esse casamento *cafajeste ele era professor tb e uma reputacao nota 10 no quesito infidelidade. Eis que eu nao fui convidada (nem pra madrina filha) haha!! Pois chorei, fiz mi mi mi na época e nada. Essa noite do casamento do amigo dele que era em outra cidade eu saí com uma amiga, minha melhor amiga. Conhecí o meu marido, 5 anos mais novo, muito novo. Mas nao fiquei com ele, só conversamos. Ainda bem porque meu ex o professor depois do casamento do seu melhor amigo sumiu e me ligou 2 semanas depois. Foi a última vez que ele me chamou de amor, como se nada tivesse acontecido. Acabai um namoro tedioso de 10 anos. E me joguei no meu amigo 5 anos menor do que eu. Na época ele tinha 18 e eu 23. Daí pra cá estamos juntos, moramos no Brasil, casamos aqui no nosso país e temos uma filha linda de 7 meses e 2 cachorros o Paco e o Camilo. Eu só tenho a agradecer ao carinha aquele amigo do meu ex por nao ter me convidado a festa.
    Tinha um amigo do meu pai que eu sempre falava pra ele quando ele me perguntava como ia meu namoro fracaso… disfrutando el equivocado mientras llega el indicado.
    Aqui esta o meu casamento.

    https://vimeo.com/92359755

  55. #104
    Jane Alves
    17.06.2016 - 15:27

    Como faço para contar a minha história tbm? obrigada!

  56. #105
    Maria
    17.06.2016 - 15:47

    Vou falar só do caso 01 pois me identifiquei demaaaais – só que com o moço hahahah

    Ele não é aquariano não? Pelo que tu falou ele te curte e gosta da tua presença então é claro que ele gosta de ti. O único problema é que ele preza pela liberdade dele, e isso não quer dizer que ele quer ficar com outras pessoas, só que ele quer manter a sua individualidade. Acho que deixa rolar, se vocês se gostam o que importa se tem o rótulo de namoro ou não?

  57. #106
    Vitória
    17.06.2016 - 15:51

    meninas, sejam felizes sozinhas também! or! que mania de jogar a felicidade toda pro homem! (e isso é uma metáfora para se masturbar tbm viu, caso 2?). e essa ultima…. mulher…. vai cuidar da tua vida, mulher.. num ta vendo que não iam te chamar pra ser madrinha se lá no início tu ja tinha dito que não era amiga do povo. e não se ache superior só porque você não é traída (ainda), isso é feio.

  58. #107
    Patricia
    17.06.2016 - 16:01

    Gentiiii, um caso mais engraçado que o outro, que nem sei…hahahaha!
    1 e 2: Acordem pra vida, que o tempo passa voandoooo, e mais amor próprio, por favor! E o 3: só vai na festa e aproveita que é grátis!

  59. #108
    Angélica
    17.06.2016 - 20:51

    Não sabia dessa fama “mulherengo” de professor, não?
    Vários comentários com relatos rsrs
    Lembrei de uma vez q um professor de sociologia tentou me dar um selinho ao me cumprimentar, achei bizarro, mas desencanei…

  60. #109
    CLARISSA
    18.06.2016 - 12:04

    oi, gurias, vim só pra falar da Cony dessa vez: ADOOOOORO seus comentários! Tipo terapia do joelhaço… eu sou psiquiatra e diversas vezes tenho de me segurar pra não mandar uma real na lata mesmo… Não é fácil a quantidade de gente que não se valoriza, Brasil!Daí vem no médico atrás de remédio… o remédio tá dentro da gente! Auto-estima não vende em farmácia! Mas vai convencer o povo!! Vou fazer umas plaquinhas, tipo quadrinhos e botar na recepção do consultório..discretamente kkk…Talvez me deixem atender quem é doente mesmo… Bjoo

    • #110
      Cassiana
      19.06.2016 - 21:47

      Clarissa adorei “Tipo terapia do joelhaco”

  61. #111
    Fabiana Pessoa
    20.06.2016 - 12:31

    Coni, amei as duas últimas frases.

  62. #112
    Tati
    20.06.2016 - 14:40

    Caso 01: eu sou uma pessoa muito desapegada, não gosto de rotular relacionamentos porque tenho muita dificuldade de expressar meus sentimentos e me sentiria incomodada se um cara que eu claramente gosto, porque estou junto há 6 meses e só fico com ele, ficasse me questionando sobre ser namorada dele ou não. Acho que essa é uma decisão que tem que ser tomada em conjunto. Com meu primeiro namorado, eu estava muito feliz só ficando sério com ele, já sentia que era uma espécie de namoro, apesar de não termos rotulado, e depois que ele me pediu em namoro oficialmente, me senti obrigada a aceitar, afinal estávamos juntos há vários mesmos, fazíamos tudo o que um casal de namorados faria, e foi uma bosta, me perdi dentro da relação porque não soube lidar com o fato de ser a pessoa mais importante na vida dele. TEM GENTE QUE TEM DIFICULDADE DE SE RELACIONAR TÃO INTIMAMENTE. Mas se ele tá com você, te trata bem, te respeita, não vejo pra que tanto desespero em querer chamá-lo de namorado!
    Caso 02: realmente, não é só porque ele é homem que tem que querer sexo 24h por dia, ou te procurar pra isso com frequência… Isso varia de pessoa pra pessoa. Mas acho que sua preocupação com esse distanciamento dele tem fundamento sim, principalmente por causa das respostas dele pra você, foram bem esquisitas, como se ele não quisesse mais estar num relacionamento com você, mas não soubesse como terminar, e por isso ta jogando essas ideias pra que você tome essa decisão. E, sinceramente, eu terminaria.
    Caso 03: aqui eu vou ter que discordar de todo mundo. Também achei que a moça foi injusta em querer ser convidada pra madrinha do casamento, sendo que nem se considera próxima do casal, ou menosprezar a namorada do outro amigo, MAS ela ta incomodada com uma situação e tem muito fundamento pra isso! Gente, se o casal tem um relacionamento fechado, monogâmico, é muito errado ele trair a namorada… Imagina o sofrimento que não vai ser, se ela descobrir isso depois de já estar casada? Acredito que não cabe à Rihanna contar pra noiva sobre as traições, pois ela não tem nada a ver com isso, não tem provas, e pode acabar sobrando pra ela, mas… Tem o direito sim de cobrar atitudes do namorado enquanto a isso! Ele é muito folgado, ficar contando detalhes das traições pra ela, qual o objetivo disso? Ele deveria repreender os amigos sim, não interessa que eles não dão moral. Isso é um absurdo, eu como amiga nunca deixaria passar quieta uma coisa dessas.

Comente