01
May 2016
Mi casa, su casa – Estilos 4 de 4
Mi Casa Su Casa

Agora ÇYN, o baile todo. #funkeiro

Tão tudo agasalhadas Fufus sulistas? Teve gente aqui pros nossos lados enfrentando temperaturas negativas.

E para as Fufus quentinhas, sintam daí o meu desejo de estar com vocês.

Pra terem uma ideia, estou tomando em média 1 litro de chá por dia, pra tentar esquentar.

cha

Vamos terminar uma pendência de 2015?

Bora aprender os últimos estilos?

Como eu disse anteriormente nestes posts sobre estilo:

“(…) quero falar sobre os estilos de decoração. E eu não conseguiria colocar a cabeça no travesseiro e roncar alucinadamente sem dizer que esse post foi inspirado pelo texto de Flávia Firmino.

Eu adorei a forma que ela subdividiu os estilos de decoração, e vamos seguir basicamente a divisão dela, com alguns outros que eu acrescentarei, por motivos de: eu quero. (…)”

Para quem chegou agora, já servimos:

Parte 01

Parte 02

Parte 03

Então hoje é mais ou menos como dia de sobremesa.

pudim_de_caneca

E seguindo a ordem do texto da Flávia, falaremos do estilo…

ÉTNICO

Esse estilo, como o nome diz, trata de exibir peças de uma determinada etnia. E não é uma apenas, ele permite mistura de peças e também de origens. Ainda que as principais influências venham da Tailândia, do Marrocos, da Índia e muito de todo o continente africano, pode-se também ter uma decoração étnica asiática, como detalhes oriundas do Japão ou Korea dentre várias possibilidades.

etnico carregado

Para embarcar nesse estilo, não basta achar ele bonitinho. É preciso que se conheça a cultura, a história e os costumes dos locais de onde veio a inspiração. Acredite, a própria decoração da casa será tema de conversas e de “viagens” culturais ao interagir com seus convidados.

Almofadas, xales, cor nas paredes, objetos para mesa de centro ou estantes, pinturas ou tapeçarias são quase que uma lei pra arrasar nesse estilo. No caso do estilo asiático, portas  e luminárias em papel de arroz, o uso de bambu e futtons formam referências claras a etnia.

etnico japones

Se você adora esse estilo mas, quer começar devagar, que tal um cantinho de leitura ou um hall íntimo com peças assim?

canto etinico

KITSCH

Eu tenho a bênção nessa vida de ter um amigo Kitsch. Esse estilo extravasa a decoração, a cor e o bom humor são semeados pela vida como um pó de pirlimpimpim, que nos faz sentir realizados e relaxados. O riso é solto, a felicidade é celebrada.

Nessas casa, vale tudo. Muita cor, muitos objetos – principalmente os engraçados – a atmosfera é teatral. Não existe medo de se misturar coisas contrastantes.

decoraca_kitsch_colorida

Na foto acima, com piso branco e paredes cinza, a coisa está mais calma. Entretanto, calma não é o que você encontra numa atmosfera kitsch. É tudo acelerado e eletrizante.

kisch2

Numa pessoa kitsch – já falei que essa modalidade é um estilo de vida – algo é sempre surpreendente. Pode ser uma meia estampada, um sapato de uma cor inesperada. Pode ser um candelabro usado como porta toalha, uma forma transformada em moldura de quadro, ou um molde de sapateiro que virou peso de papel. As coisas mudam de função pra mostrar que nesta casa mora alguém que é extremamente criativo e inteligente.

kitsch1

Coleções de itens pouco comuns são exibidas pelas casas dessas pessoas. Na foto acima castiçais, na casa do Jorge – meu querido amigo – são pesos de papel. Beijo pro Milo e o Cilo.

Quando penso neste estilo, brinquedos antigos e cartazes com marcas e propagandas antigas são as principais referências que me vem à mente. Assim como objetos em escala maximizada.

BOHO CHIC

O Boho também é uma bagunçinha com certa ordem.  Ele mistura étnico, clássico, vintage e country. É tipo aquela prima do interior que fez um mochilão pela Europa e veio com muita informação na cabeça e montou a casa nova.

boho 1

O Boho Chic exibe peças artesanais incríveis, como patchwork, crochê, itens com franjas, assim como detlahes de velas aromáticas e madeira de demolição.

boho 2

Esse estilo também tem cores “oficiais” que são: Preto, marrom, bege, verde-oliva, laranja, amarelo e roxo.

boho 3

Temos um equilíbrio incrível come esse estilo, pois o clássico e o artesanal suavizam os outros itens dos diferentes estilos que o compõe.

boho 4

Eu olho pra isso e já me imagino numa viagem para as montanhas, com o bem do ladinho e muito tempo pra conversar e tomar um bom vinho. Acho um estilo romântico, mesmo vendo tijolos e uma cabeça de bicho morto sobre a cama, como na primeira foto ( garanto que a maioria nem notou ).

A Flávia termina o texto sobre estilos aqui. Mas quem me conhece e segue no SnapChat ( tiolelofoz ) sabe que eu gosto muito de um estilo que agora é que está começando a aparecer por terras tupinikins

ESCANDINAVO

Lá pro lado de cima – e eu me refiro aqui á muito pra cima, bem depois do trópico de câncer – o sol passa meses sem aparecer. Obviamente o clima por lá é predominantemente frio. Vamos visualizar isso melhor com a ajuda da titia Wiki:

escandinavia

Esse estilo só não é perfeito pro tiozão aqui, porque é quase que uma lei ter muita parede branca. E já aprendemos aqui que o Lelo tem PA-VOR de parede branca. A não ser que a gente soterre a coitada com itens decorativos.

Mas vejam como a decoração escandinava traz uma paz momentânea:

scan1

Branco, preto, cinzas em infinitas variações e madeira. Essa é a base do estilo. Em cada ambiente escandinavo porém, você encontrará, um toque de cor:

scan2

Ou um detalhe de revestimento diferente…

scan3

Esse estilo é moderno, mas também é um pouco industrial e é por muitos considerado o rei dos neutros. Eu gosto da riqueza de detalhes necessária nele. Como tem uma base muito simples é necessário uma chuva de camadas de decoração pra deixá-lo interessante:

scan5

Outra intervenção – que não poderia ser mais atual – que o Scandinavian style permite, e que eu -particularmente- incentivo, é a inclusão do cobre e do latão na decoração. Estes são as “cores” ou materiais do momento.

scan4

O que me dizem? Acharam um estilo pra chamar de seu?

Conta pra mim nos comentários. E não esqueçam de seguir a mulher mais linda da blogsfera no instagram e no SnapChat, minha patroa Cony que é o usuário @futilish em ambos aplicativos.

Vou me redimir com vocês e responder os comentários agora nos últimos dois posts.

Beijo!

assilelo.jpg

As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

16 Comentários
  1. #1
    Ana Flora
    01.05.2016 - 23:01

    Kitsch…always…é divertido…mas tbm tem aquele amontoado de peças rococó…é exageradamente fofo…tem um clima aconchegante e surpreendente de casa de vó…daquelas avós q guardam “tesouros” inimagináveis em gavetas…q guarda sua coleção de coelhos de porcelana em criataleiras rebuscadas…com direito a penteadeira com caixinha de pó de arroz…perfume atalcado…amo…adoro…sonho de consumo kitsch…o pavão empalhado da casa da Dita Von Teese…rs

    • #2
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 17:50

      Ana Flora meu bem,
      Você é meio Kitsch até no nome =D

      Comece a coletar seus tesouros, é como vc disse, cheio de histórias e de aconchego.

      Obrigado por acompanhar a gente.

      Beijo!

  2. #3
    Viviane
    02.05.2016 - 12:11

    Meu Deus! Que post maravilhoso! Aguardei ansiosamente por ele…
    O meu preferido é o escandinavo, com certeza, mas os outros são muito interessantes.
    Continue, está bom demais!

    • #4
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 17:52

      Viviane meu bem, que bom que você gostou =D

      Beijo, obrigado por ler o Futilish

      =D

  3. #5
    Vanessa
    02.05.2016 - 12:19

    Xonei! muito pedadógico e esclarecedor, curto demais seus posts! aprendendo horrores! bjs

    • #6
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 17:56

      Obrigado Vanessa Xonada,
      Muito obrigado =*

  4. #7
    Marcela Dohara
    02.05.2016 - 12:26

    Meu estilo DEFINITIVAMENTE é o escandinavo! O que é a beleza dessa mesa de centro de cobre:::
    Tô aqui suspirando por uma…. ai ai
    Beijo meu querido Lelo!

    • #8
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 17:59

      Marcela minha querida,

      Cobre e latão também estão nos meus sonhos atuais.

      Beijo!

  5. #9
    Kaa
    02.05.2016 - 14:48

    Ainda não me identifiquei 100% com nenhum estilo, mas o Escandinavo foi o que mais chegou perto (esse segundo ambiente está divo!), também detesto parede de manicômio! A cor de tinta que devia pertencer a este estilo não deveria ser a Gelo?! kkk Tudo a ver, né?! …e daí sim eu abraçaria!

    • #10
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 18:01

      Então Kaa, a parede no scandinavo é predominantemente branca, mas pode ser um cinzinha, um azulzin, um bérgy suave… muito raramente tem uma parece de destaque, mas é sempre 95% claro… muito claro… de preferência branco.

      Beijo!

  6. #11
    Martina
    03.05.2016 - 09:46

    Amei esse estilo escandinavo. Simplesmente amei. Mudaria só a perede mesmo, acho que cabe um gelo, um cinza talvez alguns tons sóbrios de azul. Uma adaptação pra nossa realidade quente!

    • #12
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 18:07

      Hey Martina,

      Desde que seja uma cor bem clarinha, continua sendo scandinavo.

      Beijo!

  7. #13
    Aline Fernanda
    03.05.2016 - 18:17

    Muito ♡♡♡♡♡♡♡♡ pela minha cadeira.
    Ela fica linda em tudo.
    E vc brilhou! Ganhou mais uma estrelinha essa semana.

    • #14
      Tio Lelo
      16.05.2016 - 18:14

      Aline meu amor, nossa cadeira é um poder!

      Beijão!

  8. #15
    Magali
    05.05.2016 - 18:07

    Lelo, aqui é Magali de Brasília, a da bendita combinação Pantosh+Saarinen oval.

    Lelo, o fato é : já comprei as Pantosh! Comofaz????
    Impossível eu juntar uma pantosh com uma saarinen agora pra ver isso. Qual sua sugestão de mesa??? Uma oval de madeira, mais robusta?? Ela é profunda mesmo, a cadeira, mas nem me toquei que não poderia dar certo com a mesa, a cadeira é tão confortável…
    Help!!!!

Comente