11
Sep 2015
Recadinho Para As Gestantes (E Para As Amigas Delas Também!)
Fashion News, Moda, Publieditorial

Semana passada fui convidada para conhecer uma loja bem tradicional aqui em BH e com um público BEM definido: mulheres grávidas! Pera, deixa eu falar bonito: gestantes. Fiquei curiosa para conhecer por dois motivos: um que sempre recebo emails de mulheres grávidas, ops, gestantes, pedindo dicas de como se vestir melhor nessa fase e queria conhecer mais desse mundo. O outro motivo foi o email cheio de emoção que recebi da Júlia, hoje, uma das proprietárias da Loja Barriguinha.

Vou contar um pouco… Em 1975, há 40 anos, uma jovem empreendedora mineira chamada Márcia Loyola, decidiu abrir uma loja voltada exclusivamente para o público gestante. Detalhe que essa moça tinha apenas 19 anos! Ela desenhava, fabricava, tudo com muito carinho e capricho. Essa loja era a vida de Márcia e suas duas filhas, Júlia e Mariana viveram toda essa paixão e dedicação da mãe (linda e elegantérrima por sinal, mostrarei fotos logo mais) à Barriguinha. Porém, por circunstancias da vida, Márcia deixou este mundo há 2 anos e suas filhas e marido (Walter) resolveram cuidar do empreendimento da mãe… Nesse cenário, com essa história toda fui conhecer a Loja Barriguinha.

Chegando lá conheci as duas belas filhas da Marcinha (belas mesmo!) que me receberam super bem e são muito simpáticas. A loja foi reformada logo após o seu falecimento e Júlia abraçou com todas as forças o trabalho que a mãe deixou, para honrá-la sempre (gente, não posso ler essas coisas que quero chorar rs #canceriana). Bom, como contei acima, a Barriguinha hoje conta com a união das filhas e do pai delas para manter o negócio vivo. A Márcia, além de ser uma baita empresária (esteve na lista de Mulheres Executiva de MG duas vezes e super se orgulhava disso!) era uma amante das roupas e acreditava que ¨roupas não são apenas roupas… que são parte da identidade e da autoestima de cada um. O poder das roupas vai além do que os olhos veem!¨ E ela estava mais do que certa. Fiquei surpresa com a qualidade das peças que vi na loja e principalmente pelos modelos! A gente acha que roupa de gestante tem que ser grande, sem forma, qualquer coisa que sirva para usar APENAS durante essa fase mas lá na Barriguinha eu vi modelos lindos, que tipo, EU usaria! Sério mesmo, vestidos lindos, cada macacão chiquérrimo, jeans flare, peças de renda… Nada que lembre roupa de grávida, apesar de ser!

Antes de ver as roupas, vamos dar um passeio pela loja??

resize_IMG_4683 resize_IMG_4690 resize_IMG_4556 resize_IMG_4563

A reforma, feita para comemorar os 40 anos da loja, ficou linda e de muito bom gosto! A loja é clara, bem distribuída, fácil de ver as roupas e as funcionárias são umas queridas (elas trabalham lá há anos e conhecem as meninas desde que nasceram). A responsável por toda essa transformação física na Barriguinha foi a Mayra Decicino (@mayradecicino_projetos), que como amiga da família, além do projeto, ajudou a colocar em prática todos os sonhos e planos para a loja (tem um papel de parede MARAVILHOSO! Mas terão que ir lá pra ver rsrs)

Fiz algumas fotos das peças que mais gostei para mostrar para vocês.

barriguinha3 barriguinha4 barriguinha5 barriguinha6

Que tal hein? Eu amei principalmente o vestido azul estampado e o vestidão verde! E tem aquela camiseta que toda famosa grávida usa: I  My Baby!

Querem ver como fica no corpo??? Assim ó:

barriguinha1 barriguinha2

collagea collageb

Márcia criou um ambiente de amigas na loja, várias clientes viraram confidentes e passaram de geração em geração sendo clientes da Barriguinha. A Júlia me contou que tem mãe que comprou roupa lá e agora leva as filhas, sogras também! É bem o tradicionalismo mineiro né? E como isso é gostoso… Agora vamos conhecer a Marcinha?

resize_IMG_2987

Recorte de revista da época!

resize_IMG_4568-2 resize_IMG_4578

(A criança da foto acima é a Mariana, uma das filhas da Márcia!)

resize_IMG_4697

Gente, não é linda a forma como as filhas cuidam dos sonhos e dos desejos da mãe, quando ela não está mais presente fisicamente? Pois sei que ela está muito orgulhosa de vocês viu meninas? Estão fazendo um lindo trabalho e com um carinho e dedicação raro de se ver! 

  • Isso é moda com história… Moda com tradição… Moda com carinho e exclusividade… E o melhor, moda para gestantes ficarem lindas numa das etapas mais marcantes da vida! Pro álbum de fotos ser motivo de orgulho, tanto pela barriguinha quanto pela… Barriguinha! Quem quiser dar uma passadinha por lá e ser uma grávida fashion e estilosa, a loja fica na Rua Antonio de Albuquerque 844, na Savassi em Belo Horizonte e o Instagram da loja é @lojabarriguinha
22 Comentários
  1. #1
    Carol Morsi
    11.09.2015 - 09:54

    Aaaah! Agora eu te amo mais, Cony! Nunca vi coisa mais difícil q achar roupas interessantes pra gestante. Tô usando “uniforme”desde qdo descobri a gravidez… :'( pq se é pra sair igual a um botijão na rua, prefiro usar td semana as msms roupas. Agora já tô chegando à reta final, não vai valer mto a pena pra mim comprar mtas peças. Mas vou lá pra achar um vestido bem estiloso pra fazer meu book gestante e pra próxima gravidez, já sei onde ir! \o/ brigadaaaaaaa! ;*

  2. #2
    renata
    11.09.2015 - 09:57

    Cony, que post lindo! Cheio de emoção!Como leitora, fico satisfeita por conhecer mais sobre a tradição da moda mineira através desta história. Tenho tias que dizem: “Comprar na Barriguinha sempre foi chiquérrimo!”Agora entendo o porquê. Parabéns às filhas da Márcia por renovarem a tradição e a memória dela!

  3. #3
    Monick
    11.09.2015 - 10:09

    Ai Cony, adorei esse post. Porque quando não estamos grávidas, achamos todas as grávidas lindas. Mas, na nossa vez, o buraco é mais embaixo. Nós ficamos sem forma, nada serve, o que serve deixa a gente maior do que realmente estamos.
    E realmente é um período mágico. Estamos gerando uma vida. Acho importante encontrar roupas de qualidade e bonitas. Muitas ainda poderão ser usadas no primeiro ano de vida do bebê. Pena que não sou de BH. Mas,amei. Se quiser fazer mais posts pra esse publico, eu agradeço.

    beijos

  4. #4
    11.09.2015 - 10:12

    adoreiii, gravidinhas de plantão, precisam estar sempre estilosas!!

    http://www.achadochique.com

  5. #5
    11.09.2015 - 10:15

    que gracinha Cony
    vou indicar pra minha cunhada
    fofura essa loja

    bjos
    kammy
    Comer, Blogar & Amar | Meu Canal YT

  6. #6
    Joana
    11.09.2015 - 10:24

    parabéns pela matéria! Em especial, por conseguir retratar tão bem o sentimento que envolve a loja Barriguinha e por reconhecer o brilho e dedicação da Julia (essa jóia rara) e de toda família.

  7. #7
    Milena
    11.09.2015 - 10:27

    Já quero um baby! Hahahah
    Acho péssimo essas grávidas (ops, gestantes!) que parecem querer esconder atrás das roupas esse momento lindo que é uma gestação, e pior ainda aquelas que simplesmente pegam as roupas que já tinham (que obviamente não estão servindo) e vestem ficando aquela maravilha #sqn.
    Conheço a loja (de vista) há muito tempo, das minhas andanças pela Savassi, e sempre babei nas vitrines!

  8. #8
    Isadora
    11.09.2015 - 11:04

    A Marcia era uma mulher linda e incrível mesmo!! E não canso de admirar o amor que as filhas tem por ela e pela loja! A Reforma ficou maravilhosa!!

  9. #9
    11.09.2015 - 11:05

    conheço muito! kkkk Fui cliente da loja durante as 3 gestações.
    BH não tem muita opção de moda gestante, mas as poucas que tem são muito boas.
    A Barriguinha é bem tradicional.
    Bjos
    http://www.alessandrafaria.com

  10. #10
    Dany
    11.09.2015 - 11:08

    Oi Cony, to achando vc tão emotiva ultimamente!! Ta gravida?? Oun *-*

  11. #11
    Naiara
    11.09.2015 - 11:14

    Conynha, você ficaria tão bem com uma barriguinha de gestante!
    #ficaadica #intrometidaeu??? #imagina hahaha

  12. #12
    Nandi Trindade
    11.09.2015 - 11:17

    Deu vontade de usar roupinhas assimmmm ♥! Quem sabe um dia!

  13. #13
    Débora
    11.09.2015 - 11:27

    Lindo post! Super emocionante a história da loja e da família. Minha mãe usou as roupas da Barriguinha quando estava grávida de mim e da minha irmã e adorava o estilo e a qualidade. Quando estiver grávida farei o mesmo!

  14. #14
    Jéssica
    11.09.2015 - 11:30

    AI que post legal…não tenho filhos (não pretendo ter tbm…) mas imagino que deva ser meio complicadinho mesmo com as roupas, muito legal Cony.

    E por que não pode falar grávida? huashuahsu

    Beijos pra todas as mamães 😉

  15. #15
    Rê Moraes
    11.09.2015 - 11:48

    Gente, sério..eu nunca conheci um grávida bem vestida..mas essas roupas são lindas!! Amei o macacão bordô!! Lindo!

    Gestantes aproveitem!!

    Bjs

  16. #16
    Priscila
    11.09.2015 - 12:37

    Me emocionei com esse post! E sou capricórnio com lua em Cancer rsss

  17. #17
    Maira
    11.09.2015 - 13:03

    Muito legal como você descreveu toda a história da loja, é um publieditorial de tirar o chapéu Cony, dá pra gente ver o carinho que você tem pela marca e o quanto foi generosa em todos os detalhes.
    Eu, mesmo não estando grávida, amei as roupas, de super bom gosto e realmente, tira aquela relação antiga das roupas de grávidas que eram sempre sem formas e de mal gosto.

    Parabéns Cony.

  18. #18
    11.09.2015 - 13:27

    Que roupas lindas, o bom é que pode usá-las depois da gestação.

  19. #19
    Larissa
    11.09.2015 - 15:56

    Lindo post! Roupas lindas e uma historia encantadora e emocionante de ser lida! 😉

  20. #20
    thereza gama
    11.09.2015 - 16:04

    Que post lindo Constanza <3
    Adoro ler seus textos!
    bjoO

  21. #21
    11.09.2015 - 16:09

    Legas as peças de roupas, eles fizeram uma modelagem bem moderna.
    http://senhoritadoslacos.blogspot.com.br/
    Bjos

  22. #22
    Pati Lima
    11.09.2015 - 18:09

    Serio! Publi mais lindo!!! nem parece!! você é super caprichosa Cony!! Obrigada….amei as roupinhas em breve estarei usando 🙂
    bjos

Comente