17
Aug 2015
10 Dicas Para Mulheres Viajarem Sozinhas!
Dicas de Viagem

Ainda no papo da minha super euro trip, aquela que me deixou maravilhada e me ajudou um monte no redescobrimento pessoal, queria contar um pouco sobre como é viajar sozinha.

Bom… é ótimo rs. Sei que pode dar medo, insegurança, certo pânico, ainda mais quando o destino é um lugar que não se fala a língua local e não vai ter ninguém te esperando no aeroporto. Mas quer saber, isso de chegar no aero e não ter ninguém por sua conta é libertador. Mais louco ainda é quando você chega de madrugada e nem sabe como ir embora, adoro desafios desde a hora que piso em terras alheias! No final da viagem, quando você relembra tudo o que passou, fica um sentimento de poder e independência incrível.

335815-0222e7e6-aa37-11e3-9dd3-54db44ed2f71

Mas conversando com as meninas que conheci na Europa (e que todas estavam por conta própria), consegui coletar algumas dicas valiosas para quem quer uma aventura solo pelo mundo. Vamos lá:

1 – Prefira hostel. Sim, em hostel o clima sempre é bom e você conhece muita gente (além de ser infinitamente mais barato que hotel)! Se achar ruim dividir quarto, pegue um só para você mas curta o momento do café com a galera, socialize e não fique trancada no quarto.

2 – Quer algo mais exclusivo? Que tal alugar um quarto num apartamento ou casa pelo AirBnb? TODO MUNDO USA ESSE SITE/APP! E confesso que eu ainda não usei mas depois de ver a experiência de várias amigas fiquei maluca. Cada apartamento fofo! Quero estudar mais essa forma de hospedagem e experimentar para um dia dar meu depoimento aqui. Você pode escolher alugar apenas um quarto ou então a casa toda.

3 – E mais uma dica, se for pegar a casa toda, escolha um bairro bem badalado, daqueles que se botar o pé na rua já está no meio da muvuca. Tudo isso para não ter preguicinha de sair!

4 – Use o Tinder! Calma, não tô falando para sair paquerando logo de cara. Ou também pode ser rs, mas saibam que muuuuita gente usa o Tinder no exterior para fazer amizades, pegar dicas e fazer turismo. Sério, não tô brincando. Eu mesma usei e a gente conhece pessoas bem bacanas e dispostas a ajudar. Soube de várias dicas de baladas, restaurantes, pontos legais para conhecer, dicas locais… tudo isso no Tinder e sem segundas intenções. CLARO QUE se você quiser algo mais, também tá valendo, mas os gringos, em sua maioria, são bem respeitosos e prestativos.

5 – Chegou num lugar, tem poucos dias e não sabe direito por onde começar? Sightseeing baby! Sightseeing são aqueles ônibus vermelhos, de dois andares e com a parte de cima aberta que te levam para fazer um tour pela cidade. É bacana fazer no primeiro dia, daí você já vê os pontos principais e os que mais te agradar você volta para conhecer com calma! Fiz isso em Barcelona, paguei 37 euros por dois dias e no primeiro dia fiz dois tour direto, sem descer do ônibus (quase 4 horas no total rs) e anotei os que mais curti. No segundo dia, peguei o Sightseeing de novo e desci onde queria conhecer melhor! Vale muito a pena! Hora de botar a playlist da felicidade no celular e ouvir musiquinhas lindas e apreciar a cidade!

6 – Não planeje muito. Lembre-se, você está sozinha e tem TODO o tempo do mundo! Saia pelas ruas, coma a hora que achar que deve comer, entre nas lojas que quiser, tenha o seu tempo. Se perca, é a melhor forma de conhecer uma cidade! Mas…

7 – Perca-se com precaução rs. Ande sempre com um celular carregado, chip ativo (informe-se assim que chegar qual a operadora com melhor internet) e mande brasa no Google Maps. Eu não vivia sem! E se quiser ter mais uma ajuda, carregue um mapa da cidade, mapa de papel mesmo, por via das dúvidas.

8 – Como falei acima, carregador extra SEMPRE carregado. Pode ser que sua câmera precise, seu telefone… Era a primeira coisa que eu ligava na tomada quando chegava em casa.

9 – Permita-se sentar num bar, sozinha, beber alguma coisa, e por favor, escolha o lugar onde está mais cheio hein! Nada de ir pro fundão do restaurante e se isolar. Eu falava toda orgulhosa quando perguntavam se estava esperando alguém: não, sou só eu mesmo. E até os garçons ficam mais simpáticos e conversam rs. Guarde o celular, seja simpática, converse com a mesa ao lado, puxe papo, sorria!

10 – Obviamente os cuidados de sempre: dinheiro somente o necessário, cartões somente os essenciais, anote em um papel o endereço de onde está ficando (vai que acaba a bateria o celular e você não sabe voltar pra casa?), leve apenas a cópia do passaporte, mapinha com a linha do metrô, dos ônibus (e preste atenção aos horários de funcionamento), e no mais, muita auto confiança!

553799_10151592255451534_549059933_n

Quem nunca se aventurou sozinha pelo mundo, DEVERIA! Uma vez na vida pelo menos, tente! Eu sei que pra muita gente é difícil, que tem que pensar muito, mas o resultado é tão maravilhoso que vicia!

  • E se alguém tiver mais dicas para as viajantes solitárias, comente aqui!
70 Comentários
  1. #1
    Laisa
    17.08.2015 - 18:48

    Amei o texto!!! Meu sonho viajar para o exterior… sozinha ou acompanhada.
    Bjos

  2. #2
    Mariana
    17.08.2015 - 18:54

    Também fiz uma espécie de mochilão pela Europa em dezembro e aqui vão minhas dicas:

    1 – couchsurfing! que tal ficar hospedada, de graça, na casa de um morador local? Ele pode disponibilizar um quarto de hóspedes, um colchão no chão ou até o sofá da sala pra vc. sei que a primeira vista dá um friozão na barriga, mas lá fora todo mundo usa, eu testei e foi mega tranquilo. Claro que pessoal mal intencionadas existem em todo o mundo, cabe a você analisar bem o perifl e as avaliações de cada host que te oferecer abrigo. Consegui couchsurfing nos grupos de estudantes brasileiros na europa (pelo Facebook) e também pelo couchsurfing.com – com este último, fiquei duas noites em Bruxelas na casa de um Belga super gente boa. O objetivo do site é que os viajantes tenham experiências reais com os moradores do lugar, pra trocar conversa, fazer um jantar, aprender sobre o país etc. O rapaz que me recebeu foi super querido, porém teve uns compromissos de trabalho de última hora, então não tivemos muito tempo de conversar. Mas me deixou a chave, explicou como usar a banheira etc tudo super de boa. Como era minha primeira vez pelo site e viajando sozinha, combinei com outra brasileira (que encontrei pelo grupo no FB que falei antes) de chegarmos juntas e ir pro mesmo apto. Deixamos uma cerveja, um chocolate e uma cartinha de agradecimento à ele 🙂

    2 – Free walking tour!
    Como minha viagem era low budget, pagar 40 euros por um ônibus hop on hop off estava fora de cogitação rs. Várias cidades, quase todas as turísticas, oferecem tours gratuitos pra quem faz o trajeto a pé. O guia normalmente fala inglês ou espanhol, e você só paga no final do passeio SE QUISER. Vale a pena pesquisar por “free walking tour *insira aqui a cidade que você quer visitar*”.

    • #3
      Constanza
      17.08.2015 - 18:58

      Dicas PERFEITAS!

      • #4
        Ju
        18.08.2015 - 10:11

        Ia postar o exato mesmo comentário! Free Walking Tour é vida!!!!!
        Serio! Já até procurei um em BH para fazer!!! kkk
        Fiz em Varsóvia, Praga, Budapeste, Cracovia, Lisboa… É muito mais legal e interessante. Até porque o guia depende SÓ das gorjetas. Então o cara se esforça muito mais para que o tour seja bacana, informativo e interessante.
        Peguei um tour pago em outra cidade e queria bater no guia pq ele nem olhava para a nossa cara! Fiquei mal acostumada com os FWT (sou intima já! hehehe).

        Outra dica de carona é o Bla Bla Car. 🙂

    • #5
      Lili
      18.08.2015 - 11:51

      Mais uma fã dos Free Walking Tours! o/
      Fiz dois na minha EuroTrip Solo recente, e amei. Tem uma visão geral da cidade, pega as dicas, e dá pra conhecer gente!

    • #6
      Barbara Lopes
      18.08.2015 - 17:16

      Também ia falar dos free walking tours hahahah. Fiz em Praga, Viena, Budapeste, Munique e Bratislava. Realmente é ótimo pra conhecer a cidade em uma caminhada só, geralmente dura umas 2h, 2h30. E o bom é que o guia dá várias dicas de outras coisas pra fazer depois do tour, tipo restaurantes bons e baratos, baladas, bares, coisas que só quem é local mesmo conhece, sabe? Conheci um restaurante maravilhoso, comida deliciosa e barata em Praga perguntando dicas pro guia no final do tour.

    • #7
      Beatriz
      22.08.2016 - 23:39

      Olá mariana !! Eu tenho 18 anos e estou buscando roteiros, dicas e tudo para fazer mochilão na Europa ou na America do Sul, mas indo com uma pequena quantidade de dinheiro e conseguir me sustentar com trabalhos pela viagem !! Teria como conversarmos para que vc possa me dar algumas dicas??

  3. #8
    Joyce
    17.08.2015 - 19:00

    Excelente as dicas! Fiz apenas uma trip sozinha para Dublin =) larguei e tudo pra trás e fui. Pessoalmente curto a muvuca do hostel, aqueles quartos com 16 camas é tudo para quem tá sozinho! Coisa boa é pesquisar também tour para cidades vizinhas, que sao famosas e turisticas. Tem muito pela internet xD

  4. #9
    VANESSA MARIA
    17.08.2015 - 19:04

    Oi Cony ,
    Essas dicas são excelentes! Já viajei sozinha algumas vezes e sempre fiz tudo o q VC colocou aqui.
    Tem uma dica que acho válida. Tenha o endereço do consulado brasileiro no país destino anotado pois se acontecer algo mais sério pode ser útil.
    Outra dica é usar o Tripadvisor. Uso muito e acabo descobrindo altos lugares com esse APP.
    No mais é coragem e pé na tábua descobrir o mundo. Viajar sozinha é um desafio mas é muito compensador.
    Bjos

    • #10
      Constanza
      17.08.2015 - 19:08

      Verdade! Essa do consulado é MEGA valida!

  5. #11
    Faby
    17.08.2015 - 19:14

    Fiz exatamente quase tudo isso acima kkkkk fui pra buenos aires sozinha, do nada, não tinha ngm p me buscar no aeroporto,na volta voltei sozinha de madrugada pra Ezeiza, me perdi nas ruas do bairro, aluguei um ap pela airbnb, e saiu o mesmo preço que um hostel, (eu prefiro privacidade), mas marquei coisas com gente q tb estava sozinha, andei com mapas da cidade e metro, é libertador simmmmm, não planejei nada, sim aqueles busões de turismos são otimos para conhecer a city a curto prazo, e não fiquei louca querendo fazer tudo de uma vez, as vezes ate dormia em vez de ficar zanzando, como Bue é logo ali, volto depois e depois e … Europa é meu destino! Sozinha? talvez!!!

  6. #12
    Valeria
    17.08.2015 - 19:25

    Cony, gostei da dica sobre andar com a cópia do passaporte!
    Xeroca e autentica?
    Deixa o original no cofre?

    Aquela história de andar com a mala pelo quarteirão no último dia do ano… FUNCIONA viu… Kkkk…. Amei sua dica!!

    Aventure se é compartilhe!! Bjsss

  7. #13
    17.08.2015 - 19:45

    Como blogueira de viagens e por estar passando por um período de um ano sozinha na Espanha (entre outras coisas curando um coração partido também) super aprovo suas dicas e endosso também as da Mariana!
    Meninas, abram as asas e vamos voar! 🙂
    Beijos a todas

  8. #14
    Mel Viegas
    17.08.2015 - 20:02

    Meninas, façam isso por vocês! Viajar sozinha
    provoca mudanças internas incríveis!
    Passei um mês em Paris e foi um marco na minha vida. Assim
    Que cheguei já peguei meu carro e encarei a estrada sozinha
    pra ir para uma pousada, agora ninguém me segura!
    Muito bom o texto, Conyta.
    A vida é nossa e é agora e nós não precisamos esperar
    Ninguém para vivê-la conosco.
    Bjks, Mel

  9. #15
    Louise
    17.08.2015 - 20:23

    Cony, adoro seu blog não comento muito mas estou sempre por aqui!
    Acabei de voltar da Europa também, fui para Barcelona e fiz exatamente oq vc sugeriu ai no post acho que é a melhor forma de conhecer a cidade quando se está sozinha.

    Sobre o Airbnb eu tive uma excelente experiência quando fui com amigos para o Hawaii, (se vc ama natureza como eu é um lugar indescritível tem que conhecer!) pesquisei bastante sobre os bairros mais bem localizados para oq eu e meus amigos queriam fazer e encontrei uma casa maravilhosa com piscina churrasqueira pias e banheira de mármore e tudo que tinha direito haha. Super recomendo! Sai mais em conta que hotel e quando se está com uma turma de amigos é bem mais divertido ficarem todos juntos do que cada um enfurnado em um quarto de hotel né?

    Um beijo!

  10. #16
    Daniella Limas
    17.08.2015 - 20:58

    Tenho vontade de fazer isso, mas me falta coragem!

  11. #17
    Paula
    17.08.2015 - 21:21

    Eu estou para viajar sozinha no fim do mês, para Montevideo. Espero que dê td certo. Vai ser rápido, mas vai valer à pena!

  12. #18
    Marcia
    17.08.2015 - 21:29

    Ahhh eu falo pra todo mundo que viajar sozinha é muito bom… primeiro voce nunca esta verdadeiramente sozinha, sempre vai aparecer alguém pra voce conversar e voce so faz o que realmente quer, só agrada as suas vontades, é libertador. Eu com 18 anos fiz minha primeira viagem na cara e na coragem pra um congresso e descobri a delicia que é ser livre! Desde entao o vicio da viagem me pegou e eu sempre estou planejando uma viagem, nacional ou internacional o que vale é matar as suas vontades. Se seu sonho é conhecer a Europa mas nunca encaixa com a agenda de um amigo vá sozinha e se joga. A minha última foi ir pra Miami e Orlando e sempre de alguma forma aparece alguém pra vc sair ou encara os parques sozinha mesmo e se diverte muuuito! Viajar sozinha me ensinou a enxergar o quanto eu sou ótima companhia pra mim mesma e nunca mais me prendi.
    Agora sobre dicas, realmente chip com internet, mapa e hostel é o mais importante pra mim, com ele voce roda em tudo e diminui as chances de passar apuro. Falaram do tripadvisor, eu uso muito junto com foursquare… Citymapper que é um app que funciona em varias capitais é muito amor… ele te da o caminho das pedras, Londres não teria sido a mesma sem ele. Free walking tour é muuuito bom… pub crawl entao rola muito… Conhece muita gente e faz boas amizades… eu sempre dou uma olhada também se vai ter algum show ou espetáculo legal nas datas que estarei na cidade… no mais se joga, anda muito, puxa papo no banheiro do hostel, no balcão, na mesa do cafe da manha, eu falava com todo mundo que surgia… e vou falar é só falar que é brasileira (quando já não descobriam pelo sotaque) e o mundo é seu… todo mundo ama o Brasil!

  13. #19
    Taiza
    17.08.2015 - 21:54

    Sou super tímida e sempre fico muitoooo sem graça de puxar conversa com alguém que não conheço… o que fazer nessa hora? Na minha próxima viagem provavelmente irei sozinha, falo o idioma e ficarei em hostel. Tenho interesse em fazer amizades mas não sei muito bem trabalhar esse “aproach” rs.
    Eu fiquei pelo air bnb em NYC (tipo, era como se eu morasse lá) e foi incrível! Mas leiam sempre os comentários de quem já ficou. Por mim, hotel nunca mais.

  14. #20
    Alessandra
    17.08.2015 - 22:07

    Amei ler os depoimentos!

    Eu sou usuária do AirnBn desde 2012 e indico demais!
    Só fiquem atentas a localização dos imóveis. Tem alguns lindos e mais baratos mas são no fiofó do mundo.

    Tal como a Cony aconselhou, tentem alugar no centro da cidade.
    Se forem para Alemanha, Áustria ou parte alemã da Suiça (Zurich custa o zóio da cara, mas vale a pena passar 1 dia), indico pegar algum apt próximo as estações de trem (Bahnhof) e no próprio site tem um mapa indicando onde o imóvel está localizado. Assim dá pra fazer viagem do tipo “bate e volta”, sem correr o risco de perder o trem, pois eles saem religiosamente nos horários marcados, então antecipem-se!

    Fora isso, leiam os comentários mais recentes e boa sorte a nós, andorinhas que fazem sim verão sozinhas!!!! Bora voar, mulheres!

    P.S. Cony, ano que vem vou viajar nas férias e passar 1 mês estudando em Paris em julho. Posso colocar meu e-mail aqui caso alguém queira divir apt?
    Eu já vou estar morando na Alemanha e se alguém quiser dicas, ajudo com prazer.

    • #21
      Constanza
      17.08.2015 - 23:31

      Claro!

  15. #22
    Cris Borges
    17.08.2015 - 22:24

    Oi Cony! Eu fui pra Buenos Aires com uma amiga e foi libertador também!
    Alugamos um quarto pelo AirBnb e foi INCRÍVEL.
    Os hostes deram várias dicas de lugares pra visitar e eram super econômicos também então deram vários lugares que eram com entrada gratuita e que dava pra ir a pé.
    Como ficamos perto do obelisco, saímos pela cidade sem destino e sem seguir o mapa (levamos só por segurança) hahaha
    Foi incrível a experiência de ao longo do caminho ir encontrando por acaso pontos turísticos que tinhamos visto na internet um dia.
    Essa foi minha experiência de viagem ”sozinha” e não vejo a hora de fazer a próxima!

  16. #23
    Alessandra
    17.08.2015 - 22:26

    Esqueci de lembrar a a quem deseja alugar um apt no Airbnb por um período mais longo, de colocar na configuração de busca apt com máquinas de lavar, caso seja na Europa (a maioria que tem lavadora tem secadora também, mesmo se não tiver, alguns países da Europa costumam ter um clima seco e a roupa seca rápido dentro de casa) e fujam de apt com lavanderia coletiva no prédio, pois a maioria tem dia da semana pré-agendado para lavar roupas, em sistema de rodízio e você vai ter que ficar lá esperando sua roupa lavar, ou seja, vai perder tempo olhando a máquina girar enquanto poderia estar girando pela cidade e curtindo a vida adoidada? Nãoooo! Não caiam nesta cilada, Bino.

    Eu caí uma vez pra nunca mais 🙁

  17. #24
    Luciana Freitas
    17.08.2015 - 22:28

    Oi Cony (posso te chamar assim!?) Eu tenho uma vontade louca de ir para Itália e recentemente conheci uma garota pelo instagram que mora perto de Bolonha, temos amigos em comum, mas não a conheço pessoalmente. Ela me ofereceu a sua casa para me hospedar. Já tenho o dinheiro guardado da viagem e tudo, mas o que está me impedindo é o medo. Tenho medo de chegar lá e acontecer alguma coisa na alfândega, tenho medo de me perder ou me enganarem por não saber o idioma (falo um pouco só de espanhol)… esse post foi um empurrãozinho, mais ainda tenho medo kkkk

    • #25
      Isa SV
      18.08.2015 - 13:33

      Olha, se algum amigo me chamasse pra ir para Italia, eu ia! hahah Vai acontecer nada não! Na alfandega, eles vão te perguntar o que vc vai fazer e quanto tempo vai ficar! É bom tbm mostrar pra eles o endereço da casa de sua amiga e sua passagem de volta já comprada, para eles verem que você pretende voltar pro Brasil. Comigo foi assim! Depois, super tranquilo! Vai logo, menina! 🙂

  18. #26
    regina
    17.08.2015 - 22:51

    outra ideia é deixar uma imagem escaneada dos documentos no email, tipo o passaporte, passagens etc…. do titulo de eleitor , comprovante das ultimas votações, porque caso seja necessário fazer um novo passaporte vai ser preciso

  19. #27
    HALLINI
    17.08.2015 - 22:58

    Obrigada CoooNy e as fufus também!, agora é só por a mochila e sair pelo mundo!!!! Bjão e vê se aparece aqui pro Sul né, as praias são lindaaas!

  20. #28
    Su
    17.08.2015 - 23:26

    Muito legal suas dicas! Eu sou casada, mas há 2 anos, arrisquei e fui com minha filha de 15 anos numa viagem a Londres e Paris. Não estava sozinha, mas acho que a responsabilidade de estar com um dependendente é absurdamente assustadora. Mas não poupei esforços para sairmos nem deixei parecer que eu estava preocupada – mas não estava, só fui pensar nas coisas que “poderiam” ter acontecido quando cheguei no Brasil e comecei a narrar minha história. Saímos à noite para ver Londres, pegamos metrô 5 minutos antes da meia – noite – quando o metrô fecha, passeamos pela orla do Tâmisa, peguei trem para o subúrbio para irmos ao Harry Potter, andamos de ônibus turístico – uma dica mais fácil para guardar endereços e horários: fotografe tudooooo!!!! A memória é traiçoeira. Portanto, se quer marcar um horário, o nome da rua, a loja que não conseguiu entrar, fotografe!
    Continuando, em Paris, fomos ver Paris à noite, a torre Eiffel iluminada, meia-noite em Paris, perdidas e sem falar uma palavra em francês – nossa sorte foi encontrarmos uns estudantes mexicanos que educadamente me explicaram o caminho de volta! Nunca mais vou esquecê-los! Tive a nítida impressão que eles salvaram nossas vidas! Fomos a Versailles, navegamos pelo Sena, subimos na torre Eiffel, compramos zilhões de bugigangas na Sephora da Champs Elisée, andamos a Champs Elisée de ponta a ponta, ficamos presas no trânsito infernal de Paris… Enfim, voltei com uma sensação gostosa de: sim, eu me viro em qualquer lugar do mundo, seja lá a língua que eles falem… Ainda viajo sozinha de novo…espera só o dólar baixar… 😉

  21. #29
    Su
    17.08.2015 - 23:41

    Em tempo! Nunca, mas nunca levem os originais dos documentos com vcs! Se perder ou roubarem, a dor de cabeça pra tirar outro é terrivel!
    Cópias simples bastam. Os documentos, guarde em lugar seguro, de preferência em cofre no hotel. Eles aceitam qualquer documento. E em Londres não há lei nenhuma que exija das pessoas andarem portando documentos!
    No dia que fui ao Louvre, a entrada é gratuíta até 15 anos – considera-se criança. Eu tirei o xerox da minha bolsa, estava molhado, pois tinha vazado água que eu guardei na bolsa e assim mesmo o guarda aceitou. Já minha filha mais velha, quando foi fazer mochilão na Europa, ela plastificou as xerox dos documentos. Mas ela ficou 30 dias, pegou neve… Melhor pra preservar o documento. Fica a dica! 😉

  22. #30
    Dunia Oliveira
    17.08.2015 - 23:42

    Ai que máximo Cony! Viajar sozinha é maravilhoso…esse ano em junho fui sozinha pela primeira vez à Paris, foi a melhor coisa que pude fazer por mim, me sinto orgulhosa e dou risada de quem falou “nossa vc é louca” pq a louquinha aqui já está pensando na próxima viagem rs

  23. #31
    Alessandra
    18.08.2015 - 00:21

    Obrigada, Cony! Você, como sempre, fofa com suas leitoras!

    Meninas,seguinte… em junho ( escrevi anteriormente julho, mas começa em junho) de 2016 eu vou ficar 1 mês estudando em Paris(ISC), bem , na verdade, estudando mesmo 3 semanas, mas vou chegar 1 semana antes para dar uma turistada básica, porque ninguém é de ferro, massssss os custos na cidade luz não são dos melhores, então se alguém estiver afim de dividir apt, me escreva: Alessandra e-mail: alefourquet@yahoo.com.br

    Neste período, já estarei morando na Alemanha e como esse mundo é muito louco e bate um frio na barriga básico de dividir apt com uma desconhecida, posso passar meu endereço na Alemanha(comprovante de residência) e telefones, como referência.
    Lembrando que na Alemanha, caso você se mude, tem que avisar a prefeitura e a mesma documenta tudo, então é quase impossível fornecer endereço falso.

    Eu coloquei alguns apt na wishlist do Airbn, mas ainda não fechei nenhum (vou fazer isso, mais tardando, em março de 2016 e dependendo do que o meu (se der sorte nosso!) bolso permitir.

    Não conheço profundamente Paris, então aceito dicas!
    Estou levando em conta proximidade da ISC e preço, mas fico preocupada com a segurança também, então se alguém conhece Paris profundamente e puder me dar dicas, ficarei grata!

    Caso seja alguém do RJ e queira me encontrar pra conversarmos, fico no Brasil até o fim de setembro.
    Eu vou ficar estudando a maior parte do tempo, mas terei o maior prazer em sair pra bater perninha no meu tempo livre. Eu conheço os principais pontos turísticos, então se alguém for a turismo, posso ajudar.

  24. #32
    Tatiana
    18.08.2015 - 08:03

    Te admiro muito, Cony!! Um dia realizo meu sonho de me jogar nesse mundão sozinha tb! Obrigada pelas dicas! Beijos!

  25. #33
    Fabie
    18.08.2015 - 08:25

    Outra diquinha eh ir com otimismo e mente aberta. Meu primeiro mochilao eu sabia q queria viajar um cadinho e encontrar um lugar pra ficar. Larguei trabalho, entreguei meu ape e fui com dinheiro contado pra 1 mes! Tudo encaminhou perfeitamente, mta sorte q encontrei pessoas boas no caminho, dicas e ideias valiosas e tudo fluiu! Aproveitei demais meus 45dias de mochilao e depoi fui parar em Dublin onde fiquei por quase 2 anos.

  26. #34
    18.08.2015 - 08:34

    Acho super legal essa ideia, e já fiz isso algumas vezes! O povo acha que a gente e louca ou que não da pra curti sozinha, o que não e verdade! E muito legal, por que você faz sua programação, vai onde quer, conhece gente nova e no meu caso passo horas nas compras sem ninguém me abusar querendo ir pra casa rsr.

    http://rafaellanramos.blogspot.com/
    Bejuus

  27. #35
    Cláudia
    18.08.2015 - 08:56

    É isso mesmo, amigas, se joguem! Pode parecer assustador mas, na volta, a sensação de poder e independência que a Cony e outras falaram é indescritível e te dá coragem para fazer muitas outras coisas na vida. Eu viajo bastante sozinha, já viajei por falta de companhia e agora, mesmo casada, como viajo a trabalho e sempre arrumo tempo prá passear, tb tenho que me virar sozinha. Quer saber? Viajar sozinha te permite conhecer muuuuito mais gente e lugares!!! Eu amo!! Puxe papo, peça informações na rua, nas lojas… e fale que é brasileira. Sim, todos amam o Brasil e abrem um sorrisão prá vc!
    E fui sozinha até prá Fernando de Noronha, que é um destino super romântico. E adivinha? Não só voltei acompanhada como mudei a volta prá ficar com ele mais uns dias no Nordeste. Tá esperando o quê para marcar a viagem?! Bora curtir a vida!

  28. #36
    Gabi
    18.08.2015 - 09:03

    Ja viajei muito sozinha nessa vida, e acho mara! Te empurra pra socialização, e ainda traz um auto descobrimento incrível. Recomendo ao menos uma viagem sozinha na vida. Importante na hora de escolher o hostel é escolher um “party hostel”, ou um hostel que tenha uma área comum boa, pra garantir que vai encontrar as pessoas. Isso normalmente está nos reviews das pessoas nos sites de reserva, tipo Hostelworld. Eu gosto muito do AirBnb fora do Brasil, já consegui ótimos deals, mas devo dizer que por aqui o povo viaja nos preços… no Rio é caríssimo. Consegui um ano passado depois de procurar mais de mês e só achar coisa com preço fora da realidade.

  29. #37
    Carine
    18.08.2015 - 09:05

    Eu ainda não consigo… Me sinto mais segura estando com outra pessoa, até mesmo para dividir e lembrar das histórias depois! Não sou tímida, mas também não consigo sair puxando assunto com as pessoas assim facilmente na rua ou no restaurante, talvez por insegurança quanto ao meu inglês. Mas acho muito legal quem viaja sozinha, deve ser uma aventura e tanto, pois a pessoa não fica dependendo de outra para viajar. Eu acabo perdendo oportunidades de viajar porque não consigo viajar sozinha e nem sempre meu namorado pode viajar comigo ou as amigas.=/

  30. #38
    Flá
    18.08.2015 - 09:17

    Olá!! Acompanho seu blog e este é meu primeiro comentário, neste assunto fiquei um pouco mais a vontade para comentar 🙂
    Quando tinha 31 anos decidi jogar tudo para o alto e realizar o meu sonho. Conhecer a Austrália!! Decidi então fazer um intercâmbio e fiquei 6 meses em Sydney estudando inglês e um mês viajando pela costa, e detalhe SOZINHA. Claro que fiz muitas amizades lá, brasileiros, colombianos, mexicanos, americanos, franceses, africanos, italianos, japoneses, lituânos e claro australianos. Posso dizer que é renovador, fantástico e recomendo para todos, independente da idade. E quando cheguei lá na terra dos Cangurus o que me ajudou muito foi os aplicativos dos transportes públicos (lá são Transport Info e TripViewLite). Ahh…outra dica é levar cartão Travel Money. Levei um com dólar americano e outro com dólar australiano, pois meu voo tanto de ida como de volta parava na África do Sul e usei o dólar americano lá.
    E para terminar, nunca deixe seus sonhos por nada e por ninguém, hoje aos 33 anos estou casada e realizada!!! Bjos e adoro seu blog.

  31. #39
    18.08.2015 - 09:21

    couchsurfing couchsurfing couchsurfing! Não existe nad amais perfeito para quem está sozinha. Tá às vezes você é chata como eu e não curte o desconforto de um sofá. Então pague um quarto em algum hostel, faça amizades por lá para turistar durante o dia mas marque com algum anfitrião do couchsurfing para se encontrar e dar um giro pela cidade, tomar um café, ir a alguma balada ou simplesmente conhecer um local. Garanto que ele te levará em lugares que guia nenhum cita.
    Fiz muitos amigos no couchsurfing (inclusive já casada). Recomento muito.

  32. #40
    Andrea
    18.08.2015 - 09:35

    Uma vez eu fui à Espannha de férias sozinha, visitar uma amiga brasileira. Ma o vôo até Madrid faria um pouso primeiro em Paris. Então não pensei duas vezes: desci em Paris, solita, e fui viver a vida!! Foi a melhor coisa do mundo, parecia que eu estava dentro de um sonho, foi emoção atrás de emoção!! Isso sem eu falar uma palavra em francês ou inglês, apenas arranhava um pouco espanhol. Passar pela alfândega foi uma aventura com direito a dor de barriga e medo, pois pensava o tempo todo que eles iriam me deportar por eu não me comunicar direito. Então a minha dica para quem vai viajar sozinha e não fala nenhum idioma (depois dessa viagem corri para aprender e hj falo espanhol fluente e inglês) é que façam um curso básico pelo menos de inglês, pois perdemos muitas oportunidades de conhecer pessoas devido à essa limitação, e não possamos tantos perrengues como eu passei, como por exemplo pedir um lanche em Paris imaginando que vai comer um manjar dos deuses e recebe um pão com tomate!! kkkkkk!!! Tudo vale a pena se a alma não é pequena!! Hj dou muitas risadas!!

  33. #41
    Luiza
    18.08.2015 - 10:00

    Ai se eu tivesse coragem! rs Cony, estou VICIADA na sua playlist <3 Escuto em todos os momentos! Cozinhando, arrumando a casa, malhando, logo quando acordo (para dar coragem para encarar o dia hahaha), no ônibus indo para o trabalho… E quando aparece que você adicionou mais música, me dá até uma alegriazinha hahaha Doidera, né? Nossos gostos musicais estão em sintonia! Bjs

  34. #42
    Jaqueline
    18.08.2015 - 10:56

    Oi Cony,
    Já começo agradecendo pelo post. Esse final de semana vou fazer a minha primeira viagem sozinha e estava com um pouquinho de medo, não vai ser para fora do Brasil, apenas para um outro Estado e não será a passeio, mas para um encontro/congresso, mas eu nunca passei por essa experiência então estou muito amedrontada, mas lendo esse post você me deu uma injeção de ânimo e coragem…Tenho certeza que essa vai ser a primeira de muitas…obrigada!!! Cada dia te admiro mais!!! Beijos!!!

  35. #43
    Olivia
    18.08.2015 - 10:57

    Uma coisa que aprendi viajando sozinha é que a gente tem que confiar nos instintos! Se não tá se sentindo confortável, segura naquele lugar, cai fora! E isso serve pra pegar metro a noite, ficar na casa de alguém no couchsurfing, enfim, fazer qualquer coisa! Intuição é algo muito importante! De resto, só aproveitar 🙂

  36. #44
    Grazi de Caxias do Sul
    18.08.2015 - 11:22

    Belo texto Cony, vc é demais!!!! sempre viajo acompanhada com meu marido, ele é um fofo, mas já tive vezes que me encontrei com ele em outro país, e adorei a experiência de ir sozinha até o outro lado do mundo, talvez mais adiante eu consiga viajar sozinha, grande bj

  37. #45
    Gabi
    18.08.2015 - 12:20

    Gente, será que ninguém tem dicas de uma cidade aqui no Brasil para viajar sozinha? Pelo menos para iniciar? Morro de medo de viajar sozinha e encarar logo de cara um outro país, para mim é muito hard! E aí? alguma dica?
    Beijos

    • #46
      Alessandra
      18.08.2015 - 21:45

      Gabi

      De onde você é? Pra fazer amizades, melhor seria uma cidade do litoral.
      Conhece Búzios? Caso se interesse, tem um hostel chamado Nomade que é bem legal. Uma amiga gringa se hospedou lá e quando entrei queria bater na minha própria cara por não ter me hospedado lá.
      Estava cheio de gente bonita e animado também.

      • #47
        Gabi
        19.08.2015 - 13:13

        Obrigada, Alessandra! Vou perquisar sobre esse lugar em Búzios! Sou de Brasília!

    • #48
      Si
      19.08.2015 - 18:44

      Viaje para Ouro Preto MG! Eu sou daqui…haha uma vez quis viajar sozinha e quando pesquisei no google varios sites indicavam ouro preto como destino pra viajar sozinha….cidade pequena, tem hostel, pontos turisticos pra visitar, pode ser um bom inicio..bjim!

      • #49
        Cintia
        21.08.2015 - 16:25

        Também quero começar por um lugar aqui mesmo, para desapegar de tudo e se jogar noutro país tem que ser uma alma mais evoluída!kkkk Ouro Preto parece perfeita, é um sonho meu conhecê-la desde pequena. E Búzios só conheço por fotos mas é definitivamente um destino ótimo. Vamos marcar meninas!!! Hahaha sou de SP.

  38. #50
    Maria Célia
    18.08.2015 - 13:33

    Só para completar para aluguéis existe também ( eu uso) o Housetrip aluguei em abril e maio Paris e Florença e fiquei satisfeita.

  39. #51
    Isa SV
    18.08.2015 - 13:37

    Olha, minhas melhores viagens pelo mundo eu fiz sozinha! Eu viajo sozinha e meu namorado viaja sozinho! Sem neuras, sem problemas e sem stress! 😉 Recomendo muito tbm!
    Ps: Cony, não consigo ver vc num hostel rsrs 😉

    • #52
      Constanza
      18.08.2015 - 15:20

      Ja fiquei em dois!

  40. #53
    Regina
    18.08.2015 - 15:55

    Ai, gente, AMEI. Conta mais…

  41. #54
    Juliana
    18.08.2015 - 21:52

    Arrasou!

  42. #55
    Aline
    19.08.2015 - 00:12

    Eu Acho que viajar sozinha para fora do Brasil é muito mais seguro do que dentro do Brasil. Você se sente muito mais segura para passear…sabe que não será violada. Tem de ter cuidado com os furtos. Hostel sim e sim e sempre. Esqueçam ficar em apartamentos isoladas.

  43. #56
    Ana Paula Legey
    19.08.2015 - 08:24

    Sabe eu sempre digo isso a todos que me perguntam com cara de espanto, mas vc vai viajar sozinha???!!! E o namorado? Nenhuma amiga? Ahhh, mas lá vc conhece alguém né?? É engraçado pra mim ver o espanto das pessoas, pq sempre tive sonho de viajar a primeira coisa na vida pra qual eu juntei dinheiro foi uma viagem pra Disney e eu tinha 13 anos…

    Mas minha primeira aventura realmente sozinha foi um intercâmbio pro Canadá, com 18 anos, pra justamente aprender inglês, uma língua q não dominava nada… E tudo q podia ter dado errado no aeroporto deu, tinha q fazer conexão em Washington q seria de 1 hora, viraram 6 e eu sem saber a língua nem tinha ideia pq, depois ainda me mandaram pra São Francisco pra daí então parar em Toronto! Foi uma loucura, me jogou de cara no mundo q tive q encarar todos esses desafios num portunhol louco… Mas sai dessa experiência mais confiante e cheguei em Toronto de coração aberto… Foi u a experiência tão incrível q venho repetindo desde então… Aliás essa viagem pra Toronto me custou meu primeiro namorado… Ele me deu um ultimato e não acreditou quando disse q seguiria com meus planos, apesar de termos começado a namorar…

    Aliás essa é outra questão, por um motivo ou outro as oportunidades de viajar sempre surgem quando estou solteira, e não vejo o menor sentido em ficar esperando um homem ou mesmo amigos pra viajar… Viajar sozinha é libertador! E ao contrário dos q as pessoas pensam no Brasil, principalmente de mulheres, na europa ninguém fica T olhando com pena do tipo, ahhhh mas ela ta sozinhaaaa???!!! Nossa q triste… Tem nada disso não!!! Na europa geral viaja sozinho, existe uma cultura maravilhosa entre mochileiros, nos ajudamos, fazemos amizades, algumas relâmpago outras até duradouras… Mas ao mesmo tempo estamos ligados a nada nem a ninguém! Completamente livres e donos dos nossos horários e vida!

    Suas dicas são todas ótimas Coni!

    Eu só daria uma outra, relaxem! Planejar é ótimo e te livra de várias encrencas, mas saber se soltar e abraçar oportunidades e até mesmo imprevistos ( pq eles sempreeeeee acontecem!) Faz parte! Faz parte da experiência da jornada, e depois todos esses perrengues viram histórias incríveis e não tem nada igual, abraçar e ir rumo ao desconhecido sozinha é abraçar a sí mesma, suas capacidades e força, suas fraquezas tb… Trás confiança, mais auto estima… Eu não poderia recomendar nada melhor!

  44. #57
    19.08.2015 - 08:51

    Melhor que o Google Maps é o Citymapper, Cony! Moro aqui em Londres e é a BIBLIA para viagens – principalmente porque se vc tiver dados, ele mostra o tempo exato do próximo ônibus/trem/metrô. É muito útil em cidades grandes quando vem aquele bus lotado e você vê a galera toda entrando, mas o app avisa que vem outro em DOIS MINUTOS e vc espera para ir diva sentada bonita. A boa notícia é que já tem em várias cidades da Europa (Barcelona, Amsterdã) e.. tcham tcham tcham tcham.. São Paulo! Ele traça as rotas de transporte, inclusive a pé e bike, calcula os preços e o tempo certinho. Sou fã e aqui todo mundo usa.
    Sempre viajei sozinha, gosto muito, e sempre vou continuar viajando. Liberdade e explorar total! Também já fiquei em Airbnb, no Brasil, na Copa, em Ondina, Salvador, e foi ótimo. Imagino que deve ser uma puta alternativa boa pro carnaval também. Beijo!

  45. #58
    Amanda
    19.08.2015 - 16:38

    Cony, sou doida pra viajar sozinha mas tenho medo!! Principalmente pq meu inglês não á lá essas coisas (faço curso aqui no Brasil).
    🙁

  46. #59
    Vivian
    19.08.2015 - 18:00

    Oi Cony!! Adoro seu site e adoro viajar tb!!! Gostaria de pedir, se nao for demais, que os posts que vc fizer sobre dicas/sugestões dos lugares que vc visitou fossem em video!! Acho mais dinâmico e da pra sentir a sua emoção contando as experiencias!! Bem, é isso…bjsssss!

  47. #60
    Mariana (a mesma do segundo comentário)
    20.08.2015 - 13:07

    Mais uma coisa: viajar sozinha te faz mais segura! O mochilão que falei lá em cima foi depois de um intercâmbio de 5 meses na Finlândia, lugar onde fui parar meio por acaso haha e onde conheci muita gente incríiiiiivel e que viraram amigos da vida e inclusive viajamos juntos algumas vezes. O que eu quero reforçar é a idéia que essa experiência é libertadora. Voltei pro Brasil super segura de mim mesma. Hoje vou ao cinema ou teatro ou mesmo viajar sozinha sem neura nenhuma, se estou com vontade, porque não ir? E como alguma menina falou, me espanta também que as pessoas tem “PENA” de mim quando digo que vou na minha própria cia. Fica uma coisa tipo “ai mas tua irmã não pode ir será? e uma amiga? será que vale a pena ir sozinha?” afffff gente! estou sozinha e muito bem!

  48. #61
    Mariane
    20.08.2015 - 16:28

    Cony!!!
    Fui para San Francisco, CA em Maio! Fui sozinha fazer um curso de 2 semanas de inglês na St. Giles e fiquei hospedada no USA Hostels.
    Passei alguns perrengues? Com certeza que sim!rs (essa de anotar o endereço do hotel num papelzinho é dica de ouro! Isso pq eu levei um carregador móvel daqui, só que lá resolveu não funcionar. E comprei um lá que diziam ser top e foi bem carinho, e tb me deixou na mão! Acabei me perdendo para voltar pro hotel à noite rs Logo, sugiro um post com indicações de carregadores móveis!rs) Mas tudo valeu a pena! Eu AMEI viajar sozinha!

  49. #62
    Camila O.
    21.08.2015 - 11:46

    Oi Cony!
    Sempre (sempre mesmo) viajei sozinha e amo! Já mochilei pela América latina, eua e europa tudo na (falta de vergonha na) cara e (muita) coragem!

    Em umas das minhas viagens, mochilei pela Escandinávia para ir no Polo Norte ver a aurora boreal, o Tinder ainda estava no comecinho aqui no brasil, mas já sabia que bombava na europa, e vou dizer: FOI MINHA SALVAÇÃO!

    O povo escandinavo é muito fechado. Coloquei uma foto divertida e a descrição “I’m traveling around scandinavia up to the North Pole, wanna help me? Yes, I’m Brazilian and no, I don’t know how to samba” e simplesmente parecia que ganhei na loteria, foram mais de 250 likes, inclusive de um apresentador de televisão famosinho da dinamarca e um fotografo do Mercedes Benz Fashion Week.
    Com isso, fiz muitas, muitas, muitas amizades sem segundas intenções, fui à várias festas, conheci mil lugares diferentes que certamente não teria conhecido por conta própria e ainda ganhei um jantar no Noma (aquele restaurante bafão da Dinamarca) de graça sem precisar enfrentar fila de espera! Tudo porque as pessoas realmente eram prestativas e queriam mesmo ajudar e mostrar o que havia de bom no país de cada um.
    Alguns encontros tiveram segundas intenções e até arrumei um “amor de inverno” com um Italiano, ahhaha.

    Sempre fico em albergues, já fiz couchsurfing e em apês pelo airbnb e recomendo todos! É a melhor maneira de interagir, porque se a gente quiser ficar sozinho, a gente fica, mas se quiser fazer amizades também será possível – coisa que sozinha em um hotel não é possível…

    Além disso, algumas das amizades que fazemos ao longo do caminho nessas viagens solitárias viram amizades duradouras ou pessoas que estão dispostas a nos receber nas cidades deles!

    • #63
      Constanza
      21.08.2015 - 14:33

      MENINA VOCE EH MESTRA!!!!! Cara amei sua descricao no Tinder!!! muitooooooo!

    • #64
      Mariana (olha eu de novo)
      21.08.2015 - 23:50

      ter jeitinho brasileiro é uma janela aberta pra fazer amigos europeus kkkk eu quando tava procurando hosts pra me receber durante o mochilão, coloquei no perfil do couchsurfing algo do tipo “yeah, I’m Brazilian and you can mock me about the world cup score, I don’t care that much ahahah” e CHOVEU gente se oferecendo pra me receber 😛

  50. #65
    Mariana (a mesma do segundo comentário.. de novo)
    21.08.2015 - 12:46

    Lembrei de outra diquinha (alouca que adora falar sobre viagens haha), em várias cidades turísticas, mesmo nas centrais de informações e tal os mapas das cidades são vendidos (aqueles com os pontos turísticos bem destacados e tal, que eu acho mais prático do que usar apenas google maps.. se puder combinar os dois, perfeito). Então você, mulher independente e inteligente que viaja sozinha e não quer gastar com besteira (por que né), vai até o Starbucks mais próximo e pega um mapinha deles, assim, facinho, de graça! Sempre tem, pelo menos nas cidades europeias que visitei. Ele mostra todos os pontos da cidade onde tem Starbucks ANDDDD todos os pontos turísticos mais importantes bem destacados e coloridinhos pra vc não se perder 🙂 mais prático impossível!

    • #66
      Cintia
      21.08.2015 - 16:47

      Oi Mariana, você faz/fez faculdade de turismo? Porque a gente adora falar e pesquisar sobre viagens, senão fez a sua vocação é nata!!!
      Será que você não estaria interessada em ter uma pupila/ser mentora? Kkkk aloka. Adoraria aprender com a sua experiência!

      • #67
        Mariana
        21.08.2015 - 23:45

        Oi Cintia! adorei teu comentário ahahhaaha nunca fiz turismo, sou estudante do penúltimo ano de Design, mas desde o finalzinho do ensino médio tive muita vontade de morar/estudar fora.. alguns amigos já tinham ido e eu praticamente CHORAVA ao ver as fotos deles, tamanha vontade de viver uma experiência parecida. Aí que ano passado, depois de um sufoco básico e duas chances perdidas de conseguir bolsa pelo Ciências sem Fronteiras, consegui juntar grana pra realizar meu sonho 🙂 Um dia ainda vou escrever um blog/coluna/livro sobre minha aventura hahahah mas se tiver alguma dúvida que eu possa ajudar, me manda que te respondo com o maior prazer! marianadonaduzzi@hotmail.com 🙂

  51. #68
    Tati
    22.08.2015 - 11:16

    Adorei o post! Nunca viajei sozinha, mas algum dia vou! Só acho que o lugar tem que ser bem cultural, pra descobrir coisinhas singulares, coisas maravilhosas. Europa é perfeita!!!!! Só acho que viajar, tipo, pros EUA fazer compra sozinha não vale, vc só vai descobrir, no final de tudo, um rompo no cartão, kkk! Bjo!

  52. #69
    Renata Seabra
    03.09.2015 - 11:43

    Meninas, lendo os posts de vocês fica cada vez mais encorajada. Estou indo para Portugal no final de setembro. Ficarei 15 dias. Antes estava indo com outras pessoas, mas tudo mudou e eu resolvi manter minha viagem e viajar sozinha ou com uma amiga. Minha amiga ainda está indecisa e eu preciso me organizar nos próximos dias para ir quem sabe sozinha. Alguém já ficou em algum hostel ou pelo airbnb em Lisboa? Conhecem algum coachsurfing? Amei o blog. Foi minha cunhada que me indiciou. Já estou grata a ela e a vocês. Beijos

    • #70
      Mariana
      09.10.2015 - 10:16

      Renata, não conheço nenhum host do couchsurfing pq acabei não indo pra Portugal, mas quando meus pais foram eles comentaram que o povo lá é super hospitaleiro e simpático, faz teu perfil direitinho no site e publica lá teu pedido de hospedagem que certamente vc encontra!!

Comente