Lifestyle
Mi Casa Su Casa
06 jun 2015, 67 comentários

Mi Casa, Su Casa – Cortinas!

Chegou o momento mais esperado do sábado, o post do Lelo! Agora sobre CORTINAS!

¨Hey fufulétes, e os leitores HOMI também =D

Tivemos até comentário de um leitor no post passado, deixando seu apreço pelo Futilish, e confirmando que nem só meninas são leitores assíduos. As perguntas pipocaram e eu fiz o possível pra responder sem boicotar essa segunda parte onde falaremos de Cortcheeeenas!

Se você estava fora da órbita terrestre e não viu o post do Mi casa, Su casaPersianas, clica aí pra entender as preliminares 😉

Estive em São Paulo no final de semana e um dos prazeres de estar na civilização é tomar doses cavalares de poluição café, mas não qualquer café, é um específico, o café com doce de leite do Starbucks. Então agora vamos aproveitar esse friozinho pra compartilhar um bom porre dele:

Starbucks

Vou continuar com umas versões modernéticas e elas podem ser confeccionadas em diversos tecidos como as telas solares que permitem certa visibilidade, conforme seus diferentes fatores de aberturas. É tipo uma peneira, que podem ser mais ou menos abertas e “filtram” a passagem de luz. Atentem-se pois quanto mais escura a cor da tela, mais confortável é a visão no lado de lá, ela age como se fosse um óculos de sol, e você economiza no botox não franze a testa pra olhar a paisagem, fica super agradável.

MAS, também tem um detalhe: quando empregamos uma tela solar a regra é a seguinte: O lado escuro enxerga o claro. Ou seja, durante o dia, é mais escuro dentro do imóvel, pois o sol tá lá sambando no coro da sociedade. Mas a noite, quando você acender sua luz (de LED, temos que falar disso) todo mundo que estiver lá fora vai ver dentro de casa.

Continuo utilizando a Hunter Douglas  como exemplos e referências por motivos de afinidade, confiança AND facilidade também. Todos os modelos que falarei daqui em diante (até chegar em cortinas de tecido) podem tanto nesses tecidos solares, quanto os decorativos…. estes “decorativos” parecem um tecido mesmo, só que engomadinho. Sobre os modelos… haverá os que eu gosto menos ou mais… Agora a questão já não é mais de qualidade como a persiana suicida vertical, que tem um problema de estabilidade e longevidade, é questão de não bater o santo mesmo. E como eu acordei ácido, vamos falar da Cortina Painel:

Luxaflex

Essa cortina corre lateralmente num trilho, que pode ser de 2, 3, 4 ou 5 guias, depende da largura do vão pra cobrir, e vai se sobrepondo com um painel de tecido atrás do outro, em diversas configurações. É como uma porta de correr mesmo, e o que eu não gosto nela é que você pagou caro no seu vidro e uma parte dele sempre estará coberto por um painel ou, você vai perder um pedaço de parede (e pagar mais caro na cortina) pra poder ter seu vidro todo liberado. Ergonomicamente, tecnologicamente, ela é um produto ótimo. Mas eu tenho birrinha.

Cortina Skyline:

Skyline

Essa é nova, foi lançada mais recentemente e é vizinha magra da Painel. Ela tem mais orçamento e conseguiu um personal melhor então ela ficou BEM-MAIS esguia. E foi assim, malhando que ela passou a ter tiras mais estreitas de tecido e “come” menos vidro – ou menos parede. Mas continua “amontoando” no canto. O que é uma birra minha, mas que é uma birra besta, porque a de tecido também fica com uma baiana do carnaval carioca no canto.

Cortinas Romana

Roamana

Eu acho a Romana linda! E muita gente também. Existe uma explicação pra isso: o movimento de piscar, faz com que nosso cébru reconheça e se agrade mais de linhas horizontais, do que das verticais (será por isso a gente gosta de dormir?) Enfim, é tudo culpa do zóios e da nossa massa encefálica. A Romana é um produto super estável, requintado e mesmo quando usado com tecidos mais simples ele tem esse ar de que foi um tratamento ryko. A romana é OZADA e existe em opção para teto também. Fica bem lindo, como diz uma cliente minha. Agora, cá entre nós, ninguém fala isso pra vocês na hora de vender – a não ser eu e meus pupilos aqui na loja – o avesso dela é um circo. Tem varetas e tem cordinhas e tem acabamentos plásticos… então, caso você esteja escolhendo uma cortina pra uma casa, algo que vai ficar na fachada, opte por cores claras, pra não parecer que você amarrou um tecido no pelourinho e tá dando chibatadas nele. Veja:

Romana Avesso

Se for um apartamento, aproveite que ninguém vai perceber! (Existe uma cortina da Hunter Douglas chamada Vignette, que tem a mesma informação visual da Romana, com o avesso liso, porém, ela vive num patamar bem mais RYKO, acima da Duette… e se for assim, melhor investir na Duettcheeeee. Por isso nem #simplegay em convocá-la para minha personal seleção de modelos de window treatment procêis.

Cortina Rolô

Rolo

Sabe o scarpin preto de couro? É isso mesmo. Tudo que você precisa pra resolver qualquer look de cortina da sua vida. A bichinha é um cavalinho de batalha: vai na cozinha ou no banheiro com tela solar, vai pra sala com tecido decorativo, corre pro quarto e pro home com tecido blackout, não tem lugar onde você não seria feliz com uma Rolô. Talvez tenha: na sauna, mas dae me poupe né, que ela ia mofar por abuso de umidade.

Ela é simples, rápida e rasteira. Adoro as composições dela com xales de tecido. O nome já denuncia seu formato, é um rolinho onde o tecido sobe e libera a passagem/visibilidade. Cobre grandes dimensões e na Hunter Douglas tem um leque gigantesco de opções de tecido. Eu gosto dela pois ela é uma coadjuvante, ela faz toda a diferença no ambiente, mas ela não precise necessariamente estar toda emperequetada.

Cortina Twin

Luxaflex

A Twin é uma Rolô que tem uma Birkin, ou uma Silhouette que teve falência pessoal. É como se fosse uma rolô com dois tecidos e estes tem um formato listrado horizontal e assim a gente controla a abertura ou fechamento dessas listras sobrepondo-as ou não. O efeito é muito bonito, e além de mais intere$$ante, ela também é muito mais fácil de limpar. Lembrando que as perguntas: “Quanto custa?”, “Onde compra?” e “Como limpa?” são indicadores de #pobreza. Eu trocaria o “Onde compra?” por: “Dá pra parcelar?” mas não fui eu que defini isso.

Vráááááá! Cansaram?

Tenho boas e más notícias: A boa é que só falta falar das cortinas de tecido. A ruim é que esse é um tema SUPER extenso. Pausa pro xixi. E nada de levar o tablet-de-maçã pro banheiro, é perigoso.

Vamos ver agora, queremos uma cortina linda. Temos uma boa costureira? Ou uma loja que confeccione e entregue lindamente instalada? Ótimo! Agora vamos partir pro bê-a-bá:

As cortinas de tecido sempre serão itens que “vestem” a casa e trazem aconchego. Lá pela década de 90 usávamos um blackout, um voil (não é vual, vuau, vuá, vuár, ninguém vai voar aqui, no máximo brincar vamos de tarzã #kemnunca?) e mais um tecido decorativo AND… um bandô… #pânico

Bando

Então precisamos ter em mente que a cortina é um item decorativo sim mas que ela sempre tem uma função embutida nisso. Seja escurecer, dar privacidade ou proteger o interior do ambiente dos raios de sol, sempre queremos que ela faça algo.

A princípio, tecidos finos devem ter proporção de 3×1 pra ficarem rycos. Mas, se você usar uma proporção dessas para um tecido blackout, vai ficar pesado, tanto visual quanto fisicamente. Eu gosto de usar 2,2 ou 2,5 pra um quando uso um tecido encorpadão.

¨Péra tio! Não entendi essa coisa da proporção.¨

É o seguinte: se a sua janela/abertura tem 2 metros de largura, você vai multiplicar essa largura pela proporção que desejar. No caso da proporção 3×1 vai usar 6 metros de tecido pra fazer a cortina. Essa quantia faz você ter pregas bonitas.

Agora vamos falar das pregas (ui!). Tem muitas pregas por aí (hahaha) e todos queremos ter pregas invejáveis (tá ficando cada vez mais complicado) Mas, vejamos: aquela tradicional, é a Prega Americana, já as mais na moda no momento, são a Prega Macho e Prega Fêmea.

Agora um causo:

Estava eu lindamente atendendo um senhor, árabe daqueles que são mega religiosos a ponto da esposa usar lenço pra cobrir o cabelo, por aqui é muito comum. Eis que chegamos no quarto das filhas do casal… Como é que eu vou falar pra colocar uma prega macho no quarto das meninas!? Não sei de onde veio, mas na hora de falar saiu muito espontaneamente: Vamos fazer com prega quadrada. PÁ! Resolvido né? Assim papai não se ofende. Depois as meninas que cresçam e se resolvam com os machos.

É haram minha gente, eu vou grelhar no porcelanato do inferno. #jámeconformei

Voltando às pregas, achei na net esse croqui que mostra as principais:

Pregas

A partir disso podemos fazer variações alucinógenas quase sem limites, como colocar cristais, bordas, fitas, botões, zíper, o que sua imaginação mandar. Dá pra fazer até oferenda pra Iemanjá e pregar um barquinho.

Quando você tem a sanca e o trilho vai ficar lá no fundo, eu indico o uso de trilho com rodízios em nylon, como o Trilho Europeu (ou trilho suísso [não fui eu que registrei o nome assim com SS, não me julguem]) Eles correm de maneira mais leve, e com prega “quadrada”o efeito é esse:

macho na sanca

Muito usual hoje, é o uso de varão (em diversas cores e formatos) com argolas. Fica moderno com um “quê” romântico e eu sou muito a favor desse efeito dela com prega americana:

americana varao c argolas

Quando você for usar blackout, que invariavelmente é um tecido pesado, eu sugiro que use um belo blackout com uma trama de tecido mesmo (e não aquele antiguinho meio plástico) sozinho. Ele funciona muito bem no ilhós, por ser um formato que é mais resistente, veja o efeito ilhós:

ilhos

Agora, antes de abreviar esse post, eu vou deixar um apelo pra vocês, pessoas de bom gosto: nunca.na.sua.vida.tenha.uma.cortina.funkeira.

Mesmo que você seja funkeira, vem cá, segura na minha mão e promete pro tio que você não terá uma cortina curta (imagens chocantes, me perdoem) :

CURTA curta 2

Claro que, se for um escritório, e a cortina vir do teto até a mesa, ok… se a cortina estiver embutidinha dentro no vão da janela, ok. Mas se ela tá solta na parede e não tem um móvel fixo embaixo, não vai ser 80 cm de tecido que vai fazer você passar fome. Pelo amor de Nossa Senhora da Barra Longa, não faça isso com sua casa.

E falando em barra longa, a barra da cortina hoje é o maxi colar de ontem!

Vejam:

barra 5 barra 4 barra 3 barra 2 barra 1

Gente, esse post já tá quase parecendo a enciclopédia da Barsa. Quase 2 mil palavras e eu não quero que vocês enjoem de mim. Então, vamos dar uma pausa aqui, e num outro momento voltamos pra falar de tecidos. Pode ser?

Agora pega o cobertô e #vemkotio curtir o fds tranquilin

assilelo

  • GENTE! Que post mais MARAVILHENTO foi este??? Lelinho do céu, você está se superando a cada semana!!! Sucesso demais, mega informativo e uma de lí cia de ler! Obrigada!
Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
67 comentários em “Mi Casa, Su Casa – Cortinas!”
  1. Hallini06/06/15 • 20h21

    Que beleza o post de hoje em tio, rs…estou trocando as cortinas de casa e a ideia de detalhes na barra vão renovar; eu prefiro as de tecido pela facilidade de lavar.
    Parabéns Lelo, e deixa os textos assim, eles não cansam não, porque você faz tudo ser mais divertido.

    • Tio Lelo09/06/15 • 12h14

      Oi Hallini!

      Agradeço pelo carinho! Siiiiiiiiim as barras são incríveis, e elas ajudam a cortina a “assentar” (será que é SS?)
      Eu estou obcecado com barras ultimamente.

      BBT!

  2. Ju06/06/15 • 21h42

    Amei o post! Sugestão para os próximos: tapete!!

  3. Ana Paula06/06/15 • 21h43

    É um amoooooooooooooooooooooor o jeito que o senhor escreve. O texto é de leitura fácil, leve, extremamente informativa e rica em humor. Bem apaixonante.
    Sábado passou a ser o dia marcado com uma estrelinha dourada no calendário. Continue muito assim e por favor, espalhe mais esse bom gosto pelo mundo.

    • Tio Lelo09/06/15 • 12h15

      Owntt!!!

      Me arrepiou essa energia boa que veio desse comentário!
      Muito obrigado pelo carinho.

      =*

  4. Sandra Fernandes06/06/15 • 22h49

    Amei

  5. Mari06/06/15 • 23h21

    Na sala eu não quis botar blackout pra aproveitar a luminosidade dos vidros, botei um tal de forro, algum bichano safado fez xixi, precisei lavar… ficou “cortina pula brejo”!!! Haha
    Aliás, existe algum tecido à prova de unha de gato? (O xixi já foi resolvido com a castração :))
    Bjooo Tio Lelo!

    • Tio Lelo09/06/15 • 12h34

      Oi Mari!
      Eu sou #catperson e sei como é sofrido. Meu (já anjinho) Othelo era o próprio Garfield, então nunca arranhou as cortinas…
      Num treinamento de mobiliário que eu fiz, o treinador disse que pra gato, só amianto #quasedeinacaradele.
      Existe o tal do ultrasuede pra estofados, que ficaria lindo em uma cortina, mas não sei se a textura dele vai te agradar, lembrando também que ele seria um efeito semi blackout. quanto a cortina de pular brejo… BORA colocar uma maxi-barra nelas!

      BBT!

  6. Nicole07/06/15 • 00h33

    Que post mais legal! Hoje estava aguardando por ele, tinha entrado varias vezes no blog aguardando o post do Lelo porque ajuda muito para conhecer uma serie de coisas de casa que não sabemos, por exemplo eu só conhecia cortina de tecido, mas para mim todas as pregas eram iguais.
    Muito obrigada pelas dicas Lelo, bom trabalho!!

    • Tio Lelo09/06/15 • 12h46

      Oi Nicole,

      Obrigado pelo carinho.

      Prometo que vou me esforçar pra não perder o fio da meada e ficar chato =)

      BBT!

  7. Roberta07/06/15 • 07h30

    Por mim vc poderia escrever 10 paginas que eu leria tudinhoo!!
    Apaixonada pela romana, colocarei ela no quarto. Ja na sala estou na duvida entre a romana e a de tecido… E qual a sua sugestao para janelinhas pequenas dos banheiros e cozinha alem da rolô? Muitooo obrigada pelas dicas!!

    • Tio Lelo09/06/15 • 12h51

      Oi Roberta,
      Agradeço muito seu carinho =)
      Vou tentar não escrever 10 páginas, hahahahahaha
      Eu gosto bastante da romana comum xale fixo nas laterais, bem decorativo.
      Nas janelas pequenas pra banheiro / cozinha / lavanderia , além da rolô solar eu gosto da Plissada e dá persiana de aluminio, seja a de 25 ou de 50mm, mas tem que cuidar com a sua rotina, se uma persiana de aluminio ficar na cozinha e você tiver costume de fazer fritura por exemplo, ela vai “garrar” gordura e ficar noJJJenta rapidinho… e ela é chata de limpar.

      Cuidado com as romanas em portas tem que ver se ela recolhida vai deixar pelo menos 210cm de passagem.

      BBT!

      ok?

  8. Claudia07/06/15 • 08h03

    Muito top!!! Estava procurando ideias para confeccionar as cortinas para as janelas d minha sala e adoooooorei!!!! E pensar que eu iria fazer a tal da cortina funkeira. Credo!!! kkkkkkkkkkkk

  9. Taiza07/06/15 • 10h19

    Post muito útil pra mim, ou melhor, pra minha mãe, que resolveu fazer uma porta de vidro de 3 m e agora precisa de proteção haha! Estou adorando, esses posts estão me deixando bem informada e assim posso falar com propriedade sobre os assuntos, e ainda pareço entendida das coisas!

  10. alessandra faria07/06/15 • 10h19

    Amei o post!
    Ainda não fiz as cotinas, que bom!kkk Peguei ótimas idéias aqui!
    Agora, uma dúvida: quebrei minha sala e “puxei” em direção à minha área privativa. Ficou uma sala bem bacana, para quatro ambientes.
    Como parte da sala é o muro da área privativa, as janelas medem apenas 35 cm em 15 m de parede, do outro lado é uma porta de vidro de 4,85m.
    Eu ia colocar cortina nestas janelinhas, somente o suficiente para tampá-las a fim de melhorar a sensação térmica, porque aqui venta e faz muito frio.
    Lendo o post, vi que vou ficar com cortina funkeira, é isso? Vai ficar muito feia, brega, baranga, ridícula????? Estou arrasada!!!! Haja $$$$$$
    Aguardo resposta.
    Bjos
    http://www.alessandrafaria.com

    • Ana07/06/15 • 13h10

      A minha dúvida é parecida com a da Alessandra, mas no meu caso é um quarto (de hóspedes) não mto grande. Estava pensando em posicionar a cama de modo que parte dela vai ficar embaixo da janela. Nesse caso pode usar cortina funkeira? Ou devo fazer longa e afastar um pouco a cama da parede?

      • Ana09/06/15 • 09h32

        Lelo, mais uma dúvida… quando não se tem sanca, a altura ideal da cortina é um pouco acima da janela???

        • Tio Lelo09/06/15 • 13h16

          Oi Ana,

          No caso de um móvel sob a janela, ela pode apenas encostar, ou no caso da cama, provavelmente vc vai usar um blackout deixar ela passando uns 10 cm atrás da cabeceira é o suficiente. Até porque na hora de abrir facilita, não vai ficar enroscando. Agora, veja se qdo vc abrí-las, não vão ficar dois paninhos calça-curta de cada lado da cama. se for o caso, talvez seja melhor descer eles até as mesas de cabeceira, ou não tem jeito… terá que ir até o chao.

          Sobre a altura da cortina pra cima da abertura é bem relativo. Se não tem a sanca, pode se usar um varão com argolas que fique pelo menos 10cm pra cima. no caso de ser um blackout, uns 20cm. Mas a cortina não chegar ao teto dá uma “achatada” no pé direito (é a medida entre o piso e o forro). Então se for menos de 255cm de pé direito, eu acho melhor vir do ponto mais alto possível, as vezes tem as molduras de teto que dificultam um pouco, tem que estudar direitinho.

          BBT!

          • Ana10/06/15 • 13h22

            Lelo, muuuuito obrigada pelas respostas! Essa coluna “mi casa, su casa” do Fufu tá salvando a minha vida! <3

    • Tio Lelo09/06/15 • 13h07

      Oi Alessandra!
      Eu #adoro quebrar uma parede pra poder tacar o chinelo nos filhos e atravessar a casa. ( mentira, nem me reproduzi, mas vejo utilidade )
      Tá meio confuso pra eu visualizar suas janela pela descrição.
      Porém, se vc conseguir colocar a cortina dentro do vão da janela (tem que ver a profundidade que sobrou, verificar se o trinco não atrapalha…) vc não precisa gastar tanto, nem ter a cortina funkeira. Se vc quiser uma opinião melhor, me mandar um email com a foto que eu te dou uma opinião melhor. É azuosexclusive@gmail.com .

      BBT!

  11. Licia Paula07/06/15 • 11h28

    Bom dia!!!!
    Adorei o post e veio em ótima hora!!!
    Uma dúvida, vc falou sobre o comprimento das cortinas….. E sobre a largura… Parede inteira ou só a janela?
    Um gde abraço a todos!!!

    • Tio Lelo09/06/15 • 13h23

      Oi Licia!

      Eu não gosto é de parede pelada! HAHAHAH
      Pra locais que a cortina não será blackout, 10cm pra cada lado está bom. Onde é blackout, pelo menos 20cm.
      Agora temos que ponderar, vai sobrar parede pra por algo?
      Um quadrinho? Um papel de parede bonito? Uma tinta de cor diferente e criar um ponto de atenção? Se não vai cabe nada mais interessante, porque não estender a cortina até o fim? Acho que um “filete” de parede não acrescenta muito… Mas vejamos, se for uma parede e cortinas contrastantes, a própria composição já se torna interessante, daí eu defendo ser válido a tripinha de parede… mas se é branco no branco… fecha até o fim.

      BBT!

  12. Aline07/06/15 • 12h12

    Adorei!! sempre tive muitas dúvidas em relação as cortinas. Muito esclarecedor!! Ansiosa pelo próximo.

  13. Ale07/06/15 • 13h09

    Adorei! Já dá para ter uma boa base para escolher para o apê. Obrigada, Tio Lelo! <3

  14. Maisa07/06/15 • 17h06

    Adorei!! Sou arquiteta e trabalho principalmente na área de interiores e concordo com cada palavra do Lelo. Vou começar a usar o termo “cortina funkeira” hahahaha

    • Tio Lelo09/06/15 • 13h26

      Oi Maisa!!!

      Obrigado pela cooperação! Vamos vestir essas janelas elegantemente!

      BBT!

  15. Larissa07/06/15 • 18h19

    Sempre que acabo de ler acho que o post acabou muito rapido e queria mais, de tão legal que é de ler ❤️ Tenho uma dúvida quanto cortina pra quarto, pq gosto do quarto “breu” pra dormir de manhã como se fosse madrugada. Atualmente, tenho um blackout por baixo de uma cortida de tecido ryco branco levemente texturizado, e é dividido em duas “metades” ( nao sei pq foi assim, pq nem uso ela cada metade prum lado quase nunca). Acho bonito mas é UM SACO coordenar esse tanto de parte pra ficar não passar uma fresta de lluz. Entao duvida 1- é melhor ser cortado na metade mesmo ou uma cortina inteira que só vai prum lado é melhor? 2- tem alguma blackout que fique com efeito ryco de tecido assim? ( nao curti a da foto, achei meio pobrinha) 3 – to montandomapt no rio, que é um forno e tem ar condicionado embaixo da janela. Como faz com a cortina até o chao? ( pq tenho impressao q abafa o ar, pode pegar fogo se tiver encostada demais no ar, sei la kkkkkkkkkkk)

    • Tio Lelo09/06/15 • 13h41

      Oi Larissa!
      Agradeço seu carinho, é bom demais receber as opiniões de vcs.
      Eu tbm sou morceguinho e tarado por blackout.
      Quando a abertura da cortina é feita no meio, algumas costureiras/lojas colocam um velcro pra ajudar a “lacrar” a passagem de looooooz. Eu acho q não compensa, porque akilo vai desfiando e virando uma barba de papai noel. depois ela cola no tecido da frente, desfia, repuxa… vira uma favela felpuda. EU, particularmente, se fosse vc, que já sei que quase nunca abre a cortina em duas metades, levava pra costurar ela no meio e fazer um pano só. mesmo que pra isso vc precise colocar uma braçadeira ( http://2.bp.blogspot.com/-DQB3Wz3TdJA/UrQ2GR6KFjI/AAAAAAAAD4I/I3SYDaSmSp0/s1600/ABC1.jpg ) na lateral pra segurar ele pra arejar o quarto (custa entre 30 e 60 reais uma braçadeira)
      Procure algum representante dos Tecidos BESS, eles tem uns blackouts lindos, com cara de tecido mesmo, que dispensam o uso de outro na frente.
      Eu tbm sofro com um ar condicionado abaixo da janela. Não tem jeito não, ali tem que ser a cortina funkeira. Meu condomínio só liberou recentemente o uso de split nos dormitórios, mas a máquina condensadora tem uma posição específica e pra colocar o split lá em casa tem que picar uma parede inteira… e eu não tô com po$$ibilidade disso no momento. HAHAHAHA

      Existem máquina de ar- split que substituem o mais antiguinho (que chamam de ar condicionado de janela) usando o buraco dele pra condensadora. Verifique as normas do condomínio e se puder, coloca um split =D até o consumo de energia do split é mais baixo. #compensa

      BBT!

      • Larissa Maia15/06/15 • 23h33

        Obrigadaa Lelo, vou procurar já esse blackout então! Então, pensei num slip mas no momento tbm não dá $$ haha e comprei por 400 reais um ar de janela 12.000 btu quase novo, pq ela mudou de país. mas já vi que no verão haja dinheiro né? quem sabe até lá não troco por split! super obrigada pelas dicas!

  16. Ana Maria Fagundes07/06/15 • 22h44

    Lelo do céu!! Adorei o post, aliás, tenho amado todos eles. Chorei de rir, literalmente, com com a explicação da persiana vertical! Kkkkkkkk

    Achei os dois últimos posts muito pertinentes, já que tenho há uns cinco anos no meu quarto a persiana celular da Sunset e recentemente mandei p lavagem. Dai que demorou mais de 90 dias para voltar!! A explicação que me deram é que no Brasil só temos três máquinas que fazem essa lavagem, dai a demora, porque forma-se uma fila mesmo, rs. (Sou do sul de minas e o serviço foi feito em SP)

    Você, como representante da Hunter Douglas, me confirma isso? Tenho outra alternativa?

    Tenho uma outra painel, da Hunter douglas mesmo, custou os “zoio da cara” e estou pensando um milhão de vezes antes de mandar para lavagem… Tenho medo de entregar na mão de qualquer um, e destruírem minha persiana! Help!!! Please!

    • Tio Lelo09/06/15 • 13h49

      Oi Ana Maria,

      Poizé! Eu quando preciso lavar alguma cortina delicada, preciso mandar pra SP, na Luxatech.
      E magicamente eles fazem reposições de peças e te mandam um orçamento maior do que o previsto pro cliente, EU FICO PUTO! Não mandei reparar nada, mandei lavar. #prontofalei
      A oura máquina de lavagem ultra sônica fica em Floripa, e a terceira deve ser nova, não sei onde ela vive.
      Pra gente, a lavagem até é “barata” mas o frete é um absurdo. Na verdade só uma única vez mandei lavar cortinas, porque o dono das cortinas é dono de uma transportadora.
      Mas é isso… e olha, as Dueete, Silhouette, Luminette, Pirouette cortinETTEs todas que são blackout não podem ser lavadas. Nem com a lavagem ultra sônica. Infelizmente, não tem outra opção, pra não perder a garantia, tem que ser feita a lavagem numa autorizada.

      BBT!

  17. MaH08/06/15 • 00h08

    Lelo, então me tira uma dúvida (lembrando que eu sou dermato, e não entendo nadaaa de decoração!). A minha janela do quarto fica na parede lateral, ou seja, não tem nenhum móvel encostado nela. Mas é uma janela comum, com muita parede abaixo dela. Pra fazer uma cortina, ela precisa cobrir a janela e ir até o chão? Fiquei confusa!
    Um beijão e estou adorando os posts de decoração e principalmente na forma como você escreve!

    • Mah08/06/15 • 09h34

      É exatamente a minha dúvida.
      Tirando a sala – que tem porta de sacada e a cortina é longa, as cortinas dos 3 quartos (escritório, quarto de visitas e suíte) são funkeiras hahaha.
      Mas na minha cabeça, a cortina tinha que cobrir a janela, e como a janela termina beeeeem antes do chão, a cortina funkeira era a ideal.

      Na suíte, debaixo da cortina tem o criado mudo, mas nos outros 2 cômodos não tem móveis embaixo.
      E aí?
      To tensa hahaha

      • Tio Lelo09/06/15 • 13h55

        São duas Mah(s) é isso?

        Eu tbm sou Má na casa da vó então somos três Más? #eikeclubinho!

        Então gente, se não tem móvel embaixo… a cortina “deve” ir até o chão pra não achatar o pé direito. Quando ela está requadrada dentro do vão ela não tem esse efeito de “corte”.
        É igual as mulé baixinha com roupa no joelho, a coisa fica cortada, e diminui para o mal.
        Não é uma “lei” que a cortina deva ir até o chão, é apenas um efeito ótico que fica mais alongado e ryco quando ela vai até o chão, ou até o móvel, seja ele a mesinha de cabeceira, a cabeceira da cama, uma mesa de escritório/aparador. qq item que dê “continuidade”.

        =D

        BBT!

        • Mah09/06/15 • 17h29

          São duas Mahs hahaha
          3 com vc então! #partiuklubinho

          Obrigada pela resposta.
          No dia que as contas mais essenciais derem uma folga (lembrando que roupa e sapato é essencial, OPS), vou subir minhas cortinas de nível musical rsrs.
          Quero cortinas eruditas 😛

  18. Bru Nunes08/06/15 • 08h22

    Ameieeeeeeeeeeee!! Tá tudo tão explicadinho que nem rola fazer perguntas! hahahahhahaha
    Seus posts estão os melhores da vida!!!
    bjs

    • Tio Lelo09/06/15 • 14h00

      Bru!

      Obrigado pelo carinho, sempre vejo seus comentários e morro de orgulho.

      Bêjo!

  19. Gabi08/06/15 • 09h09

    Gosto dos seus posts são bem humorados e muito úteis. Beijos!

  20. Ju Zurlini08/06/15 • 09h46

    Amei o post, mas fiquei com uma dúvida: tenho um pé direito duplo, de respeito (6m de altura!) e não sei o que fazer com a parte de cima do vidro, que dá pra um mezanino com função de escritório e quebra galho pra visita. Rolo? Voil?
    Ajuda eu, Lelo?!

    • Tio Lelo09/06/15 • 14h08

      Oi Ju!

      Pé direito duplo é lindeza! Mas é um saco pra resolver.
      Eu gosto mais de linhão, por causa do peso, do que voil, porque ele voa menos. E não vai enforcar vc no escritório enquanto lê meu post =D

      a rolô por exemplo, tem uma limitação de proporção, que a altura da peça não pode ser mais que três vezes a largura, por motivos de: Deforma tudo e vira uma desgraça. ela vai enrugando e formando barriguinha/cinturinha… e olha… nem crucificando o vendedor vc resolve.

      Mas a Twin, nesse caso, pode ser dividido em duas peças acionadas separadamente, seria algo maravilhento. até pro caso de vc receber alguém ou estar trabalhando no escritório com as lâminas fechadas e deixando o sol matar os ácaros lá debaixo com as lâminas abertas… depende muito de vc ter esquadria ou não, ou verificar o efeito estético disso.

      BBT!

  21. Thais08/06/15 • 12h39

    Adorei a história da cortina funkeira! hahaha Sempre me preocupei muito com isso (apesar de ainda não saber que existia “um nome” para elas kkk). No meu quarto tem um móvel embutido na parede bem abaixo da janela. Não tenho cortina ainda porque tenho medo que fique parecendo uma cortina funkeira… :/
    Talvez o jeito seja colocar uma romana ou rolô, e não uma de tecido.

    • Tio Lelo09/06/15 • 14h37

      Oi Thais,

      Qdo tem um móvel, a funkeira não parece pobrinha. Não precisa ter medo.
      Mas com certeza uma rolô ou uma Romana vão ter uma aparencia mais atual. Depende se o seu quarto é mais romântico, eu optaria pela de tecido. ok?

      Ahhhhhhhhhh e a cortina funkeira foi eu que batizei, hahahahaha.

      BBT!

  22. Bruna Filgueira08/06/15 • 12h56

    Lelo = muito amor ! rs

  23. Claudia08/06/15 • 15h15

    Olá Lelo!!! Simplesmente AMANDO o seu momento aqui no #fufu!!!
    Seu jeito de escrever e a sua preocupação em explicar cada item são demonstrações de carinho com quem lê e amor pelo que faz!!
    Gostaria de tirar uma dúvida com vc: tenho no quarto do meu filho (um rapaz de 17 anos) uma janela de venezianas que bloqueiam completamente a luz (será que me expressei direito?). Bem, esta janela tem, em sua estrutura na parte superioir, uma “lombada” onde fica a parte da veneziana quando abrimos a janela toda. Meu filho tem rinite e, juro, já pensei em inúmeras formas de tentar colocar “algo” na janela do quarto dele mas não consigo contornar esta tal “lombada”. Vc consegue me ajudar com alguma ideia??
    Beijos carinhosos e cheios de boas vibrações para vc!! (Cony, para vc tb que é uma querida e nos trouxe o Lelo! ;))

    • Tio Lelo10/06/15 • 13h05

      Oi Claudia,

      Eu acho que sei exatamente o que vc tem em casa, é aquela veneziana que “enrola” pra cima né? Ela acaba ficando com uma lombada pra dentro mesmo.
      Se esse volume for muito gordinho pra fora da parede, a única coisa que vai “disfarçar” é usar uma cortina de tecido. Use um tecido decorativo (pois a veneziana já escurece) não muito fininho, mas pro lado de um linhão, ou de um tecido mais rústico em proporção 3×1 saindo do teto, assim ele “foge” da lombada.

      Outra opção, é colocar uma rolô “invertida” o quer dizer que, inves da cortina desenrolar pra trás do rolinho ( perto da parede ) ela vai desenrolar pra frente, e vocÊ vai ter uns 5 ou 6 centimetros livres pra passar a lombada. O bom da Rolô é que ela tem muito menos tecido pra limpar do que uma cortina de “pano” E caso você opte por uma tela solar, vc consegue limpar ela com pano úmido em movimentos de vai e vem ( nunca em círculos que destrói a cortina )

      Os tecidos da Hunter Douglas e alguns da Sunset tem um tratamento anti estático ( tipo um teflon ) que diminui a “grudância” de poeira. A manutençao pode ser aspirador com aquela boquinha de escova 1 vez por semana, super fácil.

      Tá bom ?

      BBT!

      • Claudia10/06/15 • 21h07

        Super obrigada, Lelo!!!
        Adorei as dicas e opções que vc me deu.
        Vou estudar com carinho e ver qual melhor se adequa ao quarto do meu moçoilo.
        Bjs e uma ótima semana

  24. Juliana08/06/15 • 15h43

    Impossível ler os post do Lelo sem passar mal de rir. E concordo plenamente com ele: não existe coisa mais horrorosa do que cortina “pega frango”, ou como diz o Lelo, cortina funkeira kkkkkkkk.

    • Tio Lelo10/06/15 • 13h47

      Obrigado Juuu!!!!

      =D

      Nada de cortina funkeira ! Vamos criar um movimento.

      att

      Marcelo

  25. priscila08/06/15 • 17h23

    Adoro o que voce escreve Lelinho. Tem uma dinamica perfeita que consegue prender o leitor do inicio ao fim. Por favor, faca um post sobre closet, porque voce “arrebenta”. Sucessos mil!!! bjss

    • Tio Lelo10/06/15 • 14h13

      Oi Pri!

      Closet é Polêmico, mas eu acho que podemos falar deles em breve.

      Obrigado pelo carinho

  26. Mari09/06/15 • 16h03

    Lelo é demais! sou #teamlelo pra sempre agora!

    • Tio Lelo11/06/15 • 09h38

      s2 Mari!!!

      Agradeço o carinho e o comentário.

      =*

  27. Thaís Fernandes09/06/15 • 22h22

    Aaaaaaaaaaaaaai Tio Lelo que post maravilhoso!!! Estava bem ansiosa pela parte das cortinas e agora estou MORRENDO de vergonha porque a minha cortina do quarto é CUR-TA!! Mas acho que é perdoável porque meu prédio é antigo e o ar condicionado fica embaixo da janela… Então a barra da cortina, que é dessas de varão/ilhós e tem blackout e voil na frente, fica entre o ar condicionado e a janela. Me perdoaaaaaaaaaa!! É fofa e “orna” (kkkkk) com o quarto!

    Obrigada sempre pelas dicas e pelos textos incríveis!

    • Tio Lelo10/06/15 • 14h15

      Oi Thaís,

      Não se preocupe, quando tem algo embaixo da janela, o funkeirismo tá perdoado!
      Eu mesmo tbm moro num prédio onde o ar fica abaixo da janela.
      Mas eu não tenho cortina. #revoltz.

      Beijo!

  28. Natália10/06/15 • 08h17

    Estou amando os posts, um melhor que o outro!
    Adoro a forma como você escreve e gostaria de sugerir um post sobre rodapés, pois estou na dúvida de qual tamanho colocar no meu apartamento novo.
    Obrigada e parabéns pelos textos.

    • Tio Lelo10/06/15 • 14h19

      Natália meu amô!
      Você não tem noção de como eu sou maníaco por rodapés.
      Semana passada na Casa Cor, fotografei vários pra postar aqui.
      Vou definir o tema hoje, e estou considerando o rodapé.

      Obrigado pela sugestão.

      BBT!

  29. NÁDIA10/06/15 • 10h39

    Bom dia Tio!!!
    Amei suas publicações, todas elas,sou apaixonada por decoração e arquitetura, to amando seu jeito de explicar coisas que, mesmo com mto amor pela coisa, eu não sabia rs*
    O trilho suíço para embutir no gesso, é necessário deixar um espaço (largura) de quanto para ele?

    obrigada e muito sucesso !!!
    att Nádia

    • Tio Lelo10/06/15 • 14h29

      Oi Nádia!

      Não sei se eu entendi qual das larguras vc perguntou, etão meio que vou explicar a sanca toda.

      É bom que a sanca seja 10 ou 20 centímetros mais larga pra cada lado da Janela sendo 20 pra ambientes que você vai usar blackout, e quer que fique bem escurinho. Eu acho que 30cm pra cada lado é o limite, mais que isso fica com uma proporção esquisita e vocÊ vai fazer uma cortina muito maior, gastar muito mais em algo que não terá “função”

      a largurado trilho que vai dentro da sanca, deve ser entre 2 e 5 centimetros menor que o espaço da sanca.

      agora, a largura da abertura desta sanca, geralmente é de 15 cm que permite a colocação de um trilho duplo, e usar um blackou e um outro tecido decorativo. eu acho meio apertadinho, gosto de usar 18cm ou as vezes 20cm quando vai ser usado, por exemplo, uma romana (ou rolô, ou duette) e mais um tecido.

      Outro detalhe, o gesseiro geralmente faz gesso “dentro” da sanca também. e, se esse for o caso, é preciso pedir um reforço de madeira por cima do gesso, pra suportar o peso da cortina.

      Obrigado pela participação 🙂

      BBT!

  30. Roseli11/06/15 • 13h35

    AMEI! Muito didático sem ser chato! Virei tua fã!
    Beijos

  31. juliana04/09/15 • 15h05

    Lelo,
    Estou na dúvida. A minha janela é grande e eu fiz uma sapateira embaixo dela. A arquiteta sugeriu persiana por isso, mas o meu problema é a fresta. A loja de cortinas me sugeriu rolo com perfil, mas tenho medo de morrer de calor. Queria fazer aquele esquema antigo de portal, acabamento ou algo nas laterais da persiana. O que vc me indica, pode fazer de mdf isso? A persiana entraria dentro desse portal ou ele ficaria atras da persiana para tampar bem as frestas? Me ajuda, por favor…

  32. Bruna19/12/15 • 14h40

    Olá Lelo!

    Adorei esse post sobre cortinas, está me ajudando bastante!
    Já entendi como “resolver” a cortina para a janela, mas tenho uma porta de vidro que me incomoda. Eu posso/devo deixar a cortina a uns 2 cm de distância do chão, para evitar que ela manche, ou seria muito cafona? E você tem alguma dica de tecido que diminua a luminosidade (não totalmente, como o blackout faz) e não deixe entrar tanto frio/calor da área externa?

  33. Rita de Cássia21/07/16 • 21h12

    Boa noite..
    Adorei seu blog, sua alegria e divertimento ao nos explicar, e olha que encontrei por acaso…
    As dicas de cortinas cairam como uma luva porque estou trocando as minhas… Me dá um help, por favor, encontrei um tecido em linho que seu avesso é um blackout, adorei, pq meu qto entra muito sol direto sobre a cama e a mesa do escritorio. Nestes casos posso fazer até abaixo da janela por uma ficar atras da cabeceira da cama e a outra pega metade da mesa? Tenho outras duvidas mas deixarei para depois..
    Um grande abraço..

  34. Anna laura17/06/17 • 14h46

    Oi Tio Lelo! Eu sigo por aqui relendo todos os posts antigos e amando cada dia mais a tua coluna.
    Gostaria de saber se esse conceito de que a cortina deve ir teto até o chão, com a ideia de não encurtar o pé direito, vale também para essas mais modernas? Como a rolo, romana e tal.
    Outra coisa, essas cortinas normais com blackout disfarçadinho de tecido chique são tranquilas de fazer manutenção? Como faz pra limpar?

    Beijo beijo!! Estou terminando a sala, quando sobrar $$$ para o quarto, será com a Nest!!
    Tudo de no nessa nova empreitada

  35. Authemaisa Araujo22/06/17 • 15h07

    Oi Lelo, meu pé direito é duplo ( 6m ) gostaria de saber se posso usar a cortina só na metade

  36. RUBIA de Souza rosa28/08/18 • 12h50

    Gostaria de apreder estas pregas tomas