19
Apr 2015
Hola México! Vamos Conhecer Chichén Itzá?
Dicas de Viagem

Voltemos ao meu passeio pelo México? Hoje vamos conhecer Chichén Itzá!

Ficamos alguns dias em Cancun e resolvemos conhecer Chichén Itzá quando fossemos para Playa del Carmen (dividimos nossa viagem em 5 dias para Cancun e 6 para Playa). Não, não é caminho, mas não queríamos perder um dia inteiro indo para as pirâmides e depois voltar para Cancun, então pensamos: ficamos em Cancun, passamos o dia em Chichen e vamos para Playa del Carmen. E assim foi.

Chichén Itzá fica a quase 200 km de Cancun, o que exige um bom planejamento, como acordar cedo, levar lanchinhos e se programar para voltar de noitão. Nós fomos de carro que alugamos durante toda a temporada, mas sei que existem vários passeios para lá. Nos hotéis mesmo existem guichês que podem ajudar com isso.

Acordamos, colocamos as malas no carro, fizemos o check out e fomos para nosso mergulho cultural.

A estrada é boa, tranquila, com um pedágio caro (cerca de 20 dólares) mas não sei falar se tem como ir pro outro caminho para evitar essa mini facada. Bom, quem for de ônibus e passeio guiado não terá esse problema.

Antes de chegar a Chichén Itzá tem um Cenote bem famoso, o Ik Kil, que na nossa ingenuidade deixamos para visitar depois do passeio as ruínas. Posso falar? Se programem bem quanto a isso, pois quando terminamos em Chichen já estava tarde e não conseguimos ver essa maravilha abaixo.

ik-kil-4-620x411

Foi meu maior arrependimento de toda a viagem ao México, não ter ido conhecer o Cenote de Ik Kil (está COLADO a Chichen Itza). Fui em outro, também muito bonito, mas eu queria Ik Kil… Vimos em um blog uma dica aconselhando ir ao cenote depois de Chichén, para não fazer o passeio nas ruínas molhados e tal, mas sinceramente? Se não estiver com o tempo bem contado, acho melhor ir para Ik Kil antes e depois Chichen. É mais garantido. Ou ir para Chichén BEM cedo e sair umas 15h para o cenote para aproveitar a luz.

Bom, pelo menos tenho uma desculpa para voltar! (Foto: reprodução)

chichenitza8

Em Chichén Itzá faz muito calor. Nós fomos em Março mas li relatos de gente que foi em outras épocas e que também quase virou churrasquinho maia! Então segue o dress code para Chichén Itzá: roupas leves, chapéu (ou boné, inclusive na entrada tem barraquinhas vendendo), bastaaaante protetor solar e sapato confortável, lá é bem grande e a caminhada intensa. Ah, e água, bastante água. Tem algumas lanchonetes lá dentro mas se puder levar, melhor ainda.

Mas já sabem o que é Chichen Itza? É um sítio arqueológico que foi o centro político e econômico da civilização Maia e umas das novas maravilhas do mundo! Tudo cercado de muito mistério e causos bem interessantes. O início da civilização maia é outro mistério, alguns estudiosos datam de 1000 AC e outros de beeeem antes! Já imaginaram quanto tempo isso significa? E a inteligência e cultura dos maias é outro ponto forte: todas suas construções tem algum toque de matemática, astronomia, física, acústica! Nenhuma pedra foi colocada ali por acaso, todo o conjunto tem uma história e uma ciência muito bem arquitetada e que impressiona pela sua perfeição.

Para entrar é cobrada uma pequena taxa de uns US$ 18 que pode ficar um pouco mais cara se você contratar o passeio guiado. Nós pagamos somente a entrada mas lá dentro pegamos um guia pela metade do preço. Isso parece que é proibido pois nosso guia nos disse que se alguém perguntasse onde tínhamos contratado o serviço, teríamos que falar que foi lá fora, na entrada.  

chichenitza1

Look Chichenitzano! Body Cia Marítima, short jeans C&A, bolsa e alpargata Arezzo.

chichenitza5

Essa é a construção mais top do sítio arqueológico, a pirâmide de Kukulcan! Duas vezes por ano (se não me engano uma data é no dia 21 de Junho) a posição do sol cria sombras que reproduzem a serpente de Kukulcan descendo a pirâmide. Agora me diz: como os maias sabiam disso? Como ¨testaram¨? E outra, num certo ponto bem em frente à pirâmide, quando você bate palmas, dá para ouvir o grito de um pássaro! Meio louco isso, mas fiquei igual besta batendo palmas rs. 

chichenitza7 chichenitza2 chichenitza3 chichenitza4

Um cenote dentro de Chichen Itza. Farei um post falando sobre esses lugares LINDOS e com história um pouco macabra. Dizem que os maias faziam sacrifícios lá!

chichenitza9 chichenitza10

Dica de ouro: NÃO COMPREM ARTESANATO EM CANCUN OU OUTRAS CIDADES! RESERVE SEUS PESOS PARA CHICHÉN ITZÁ! Tem MUITOOOOO artesanato e dá para pechinchar bastante! Lá comprei uma caveira mexicana maravilhosa e paguei 200 pesos (cerca de 15 dólares) e não achei outra tão linda e tão barata quanto essa. Tem máscaras, esculturas, roupas, tudo o que pensar em artesanato mexicano. Sem dúvidas é o melhor lugar para se abastecer de lembrancinhas. 

  • Eu adorei esse passeio e acho válido fazer com um guia! Ele vai saber explicar certinho o porquê de cada coisa além de contar várias curiosidades sobre o povo Maia. É cultura em doses cavalares e um passeio muito interessante. Mas prepare-se para andar muito e sentir calor, mas vale cada segundo cultural.
26 Comentários
  1. #1
    Flávia Maia Barbosa
    19.04.2015 - 16:43

    Amei Chichen Itza! Tanto que fui nas 2 vezes que fui a Cancun! Lindo, né? Bjo!

  2. #2
    Tatiana Mitchell
    19.04.2015 - 17:35

    Cony, meu maior arrependimento tb foi IK Kil…
    E Tulum, vc foi? Eu amei…
    Parabéns pelo blog, acompanho há anos, mas quase nunca comento..
    Bjs

  3. #3
    Gislene
    19.04.2015 - 22:02

    Cony preciso te dar os Parabéns, esse post é inspirador !!! Acho tão bacana valorizarmos algo que por vezes está tão esquecido culturalmente falando 🙂 Muiiiitooo bom ser divulgado, de toda verdade que esse lugar vai para lugares que quero conhecer. Adoroo viajar.

  4. #4
    dani
    19.04.2015 - 22:26

    conyyy esse shortinho te deixou com quadril de sabrina sato rsrsrs

    • #5
      Constanza
      20.04.2015 - 08:01

      Que bom que disfarçou o pandeiro Kardashian kkkkkk

  5. #6
    Cibele Porto
    20.04.2015 - 06:16

    Ahhh que lindo. Ate deu vontade de conhecer…
    esses cenotes… Coisa mais mágica, e tô curiosa com a tal história macabra.

    Cony, as duas datas que vc comentou no post. Não seriam o solstício de Inverno (21 de dezembro) e o solstício de verão (21 de junho). Li algo em relação a isso quando estava pesquisando sobre o tal StoneHenge. Aparentemente seriam os dia mais curto e mais longo do ano (em termos de luminosidade do sol). E uma coisa bem mística…

    • #7
      Constanza
      20.04.2015 - 08:00

      Isso mesmo Cibs!!!

      • #8
        Anne
        20.04.2015 - 10:21

        Na verdade ocorre nos equinócios, qdo o dia e a noite tem a mesma duração. Ocorreu em 21 de março.

  6. #9
    20.04.2015 - 08:33

    Uauuuhhh! Morro de vontade de conhecer!
    E você está linda com esse short 🙂
    Beijinhos,
    http://ofabulosodestinodemariaamelia.pt/

  7. #10
    camila
    20.04.2015 - 08:48

    Nooo.. q lindo! só que uma prima minha que foi disse que eh um passeio roubada…daqueles que demoram pra caramba e não eh la essas coisas…mas pelas fotos que vi aki assim que for vou querer visitar, afinal a gente tem que ver com nossos proprios olhos, neam?
    beijos Cony, sou viciada no FUFU…

  8. #11
    Anne
    20.04.2015 - 10:33

    Para mim, o passeio mais incrível e enriquecedor na viajem a Cancun. Fizemos a visita, saindo do hotel, com guia, lanches e almoço incluído por mais ou menos uns 80 dólares por pessoa. O guia se chamava Ramón e nos contou sobre sua avó que era maia. O mais impressionante foi ele contando a versão “oficial” dos livros de história e incluída aí a visão colonizadora, de que os maia eram povos também bárbaros e que faziam sacrifícios. Depois ele contou a versão maia contada de geração em geração… e que não agravada aos espanhóis que só queriam render e colonizar aquele povo. Ou seja, eram um povo extremamente pacífico e intelectual, de conhecimento até hoje inexplicável, haja visto que os espanhóis queimaram em 3 dias todas a produção literária dos maias. Me apaixonei pelo fato de serem vegetarianos, o que contraria um pouco a versão “sanguinária” da civilização. As construções são de uma riqueza impar, tanto na arquitetura, nos desenhos, na acústica… Os espanhóis destruíam as construções maias para construir cidades e igrejas. Chichén-itzá foi uma exceção porque a natureza (vegetação) encobriu a cidade que só foi revelada muitos anos depois. Poderia ficar hooooras aqui falando… kkk Se forem, não deixem de fazer a visita guiada!

  9. #12
    20.04.2015 - 11:18

    Estive em Cancun mais ou menos na mesma epoca que vc, e esse foi o unico passeio que fiz com excursão.
    Não me arrependi, pq achei que seria cansativo dirigir tanto… Fomos beeeem cedo com a excursão e saimos de lá umas 13h30, depois paramos em ik kil para mergulho e almoço. Tem aqui minhas impressões tb: http://chezbiessa.com/chichen-itza-uma-das-sete-maravilhas-do-mundo-moderno/

    Assim como vc, acho que vale mto a pena pegar um guia e comprar as lembrancinhas por lá.

  10. #13
    Fernanda
    20.04.2015 - 11:24

    Cony, viajo daqui a 1 semana pra cancun e aguardo ansiosamente seu post de playa del Carmen, Pq ainda tô na dúvida se divido minha estadia metade em cancun e metade em pdc. Seria 3 dias em cada! Help!

    • #14
      Constanza
      20.04.2015 - 16:18

      Divide sim! Sem dúvidas!

      • #15
        Fernanda
        21.04.2015 - 15:15

        Oba! Vou ver isso agora mesmo, já tá em cima da hora.
        Em que hotel você ficou? Qual a melhor localização pra se hospedar por lá?
        Beijo grande!!! 🙂

  11. #16
    Fernanda B.
    20.04.2015 - 11:50

    Oi Cony! México é td de bom! Morei lá por 3 anos e a cultura, culinária e o povo são fantásticos (em Cancun não dá para sentir muito esses 3 elementos, pois é muito turístico), mas como vc foi para Ciudad de México, acredito que tenha dado para sentir. Que pena que vc não visitou o Ik Kil, realmente é lindo demais.

  12. #17
    Renata Y.
    20.04.2015 - 15:45

    Ei Cony! Gostei do post, mas vim comentar pq achei lindo seu look! rs
    Bjos

  13. #18
    dani
    20.04.2015 - 15:52

    nesse fds passei por uma bota caramelo cano alto que rolou um sentimento S2
    mas resolvi esperar por aquele post sobre botas caramelo!!
    cony.. faz logo antes que acabe =P

  14. #19
    Meiry
    20.04.2015 - 15:55

    Adorei Chitzen Itza. Passeio muito, mas muito interessante… Fui com uma empresa chamada Alvaro tour (muito recomendada no trip advisor) que tem guias que falam português. Vale a pena ir com guia, pois ele conta as histórias da civilização maia. Quanto a projeção da serpente, ela ocorre no equinócio de primavera (21 de março) e de outono (20 de setembro). Estava lá nessa época, mas só fiquei sabendo depois, uma pena! Fui no cenote ik kil, depois de visitar o sítio arqueológico, foi bom porque deu para tomar um banho bem refrescante e amenizar o calor. Ele é bem diferente de outro que tinha ido (o dos ojos), mas muito bonito também. Além disso, existe uma escada com uma plataforma para as pessoas pularem no cenote. Recomendo a quem for lá que tente saltar do lugar mais alto, a sensação é ótima!!!

    • #20
      20.04.2015 - 17:17

      Tb fui pela alvaro tours, achei otimo

  15. #21
    Carol
    20.04.2015 - 17:27

    Maravilhoso!! Tô curiosa com a história tb =D

  16. #22
    Luciana
    22.04.2015 - 10:38

    Cony seu corpo está excelente!!! Você está realmente ótima!!! Parabéns!!!passa as dicas!!!bjoks

  17. #23
    22.04.2015 - 17:03

    Fiquei encantada, com certeza usarei suas dicas se eu um dia eu for passear lá por perto! Fotos lindas! Beijos

    http://www.estiloadois.com.br

  18. #24
    Nattani
    23.04.2015 - 16:49

    Oi Cony, tudo bem??
    Leio seu blog a anos, mas nunca comentei em nada! Voltei ontem de Cancun e também fiz esse passeio, dentro do próprio hotel contratei o passeio e achei que valeu muito a pena, 89 dólares com entrada de Chichen, do cenote Ik Kil e mais almoço em um restaurante maia super bonitinho no caminho.
    O guia como todos do méxico é super animado e já no caminho ele vai contando algumas histórias, mostra o calendário maia e os vilarejos pelos caminho.
    Fomos primeiro ao cenote, o guia mesmo sugeriu e pediu para o motorista dar uma corridinha, quando chegamos lá não tinha nenhum onibus de turismo, então estava ainda bem vazio deu pra aproveitar bem, nadar e aliviar o calor. Pudemos nos secar por lá mesmo e trocar de roupa, já que a água é doce não ficamos com uma sensação ruim durante o dia. Almoçamos na vila e fomos pra Chichen, como sempre o sol é terrível, mas o guia fez todas as explicações e ainda nos deu um tempo livre para fotos e para visitar outros pontos.
    Acho que vale a pena contratar o passeio, pois são mais de duas horas de viagem ida mais volta. E se pensar em entrada para as duas atrações, almoço, guia, acaba saindo quase o mesmo preço!

    ps: amei Cancun, fiquei no hotel Riu Cancun que da pra ir a pé para todas as baladas, é super perto do shopping, do trapiche para Isla Mujeres e o principal o mar é suuuuuuuuper calminho, não tem uma onda, o hotel até fornece caiaque, jet ski e stand paddle para os hóspedes! Achei o mar maravilhoso, a vista mais incrível ainda!

  19. #25
    Thalita
    23.09.2015 - 14:46

    Oi
    Achei seu blog nas minhas pesquisas sobre Cancun, vou para lá em Novembro. Adorei as dicas e fotos (e as caveiras rs), já estou sentindo que a viagem será perfeita.
    Parabéns pelo blog!

  20. #26
    Carol
    08.12.2015 - 05:26

    Cony e pessoal, quem tem 4 dias em playa del carmen vale a pena conhecer o que: chichen itza nao abro mão, agora pela dica da Cony Maroma Beach, e os outros 2 dias? se tudo der certo vou com minha mae que nao mergulha, vale a pena ir a cozumel? obrigada!

Comente