08
Jan 2015
Diário de Viagem: Duas Vinícolas Diferentes no Chile
Dicas de Viagem

Hoje vamos falar de uma coisa que me gusta mucho: VINHOS!

O tal do vinho é um dos grandes responsáveis pelas minhas gordurinhas mais resistentes, pois posso até cortar pão de queijo e coxinha, mas vinho não! Antes que pensem mal, não sou alcoolatra tá? Mas adoro tomar uma tacinha a noite, sem motivos nenhum e só para curtir mesmo. Prazer, Constacinha.

Aqui no Chile já visitei a Concha y Toro que é a vinícola mais comercial e com melhor infraestrutura. É muito bonita mas prepare-se para ver muitos brasileiros e um comércio muito bem definido. Ela segue uma linha mais industrial então quem quer algo mais artesanal ou em menor escala pode não gostar muito. Ainda assim acredito que quem nunca foi a uma vinícola deveria ir na Concha y Toro e em outra menor para ver a diferença. Também já visitei a Indómita, que fica no caminho a Viña del Mar. É pequenininha, mas bem bonita e aconchegante. Dizem que o restaurante de lá é muito bom mas quando fomos estava fechado.

Desta vez fomos na Viña Santa Rita e na Errazuriz e contarei um pouquinho sobre elas.

Vamos começar pela Santa Rita!

Queríamos fazer algo diferente e meu namorado viu que existia um tal de Bike and Wine nessa vinícola. Nada mal para queimar as gordices de final de ano certo? A empresa que faz o passeio se chama Turistik e se não me engano é a maior empresa de passeios turísticos em Santiago. Tem vários roteiros: para o litoral, por Santiago mesmo, pra neve… Confesso que tinha escutado falar bem mal dela, que era muito cara e bagunçada mas como era a única opção, fechamos com eles mesmo via internet (pois tinha um desconto de 10%) e o passeio Bike and Wine ficou por uns USD 60 por pessoa.

Eles tem uma lista de hotéis onde passam para te pegar, e se seu hotel não estiver na lista, você escolhe o local mais perto. Marcamos às 8:15 da manhã perto da casa da minha mãe e por volta de 8:30 uma van nos pegou. Achei que daí iríamos direto para a Santa Rita mas nos levaram ao estacionamento do Parque Arauco onde um MONTE de ônibus e um batalhão de turistas procuravam seus respectivos passeios. Achamos o nosso e partimos.

A Santa Rita fica a uns 45 minutos de Santiago, no Valle del Maipo,  e nosso passeio de bike deveria começar por volta de 10 horas da manhã, com duração de uma hora e meia e sem direito a pausa para almoço. Após o passeio, a volta para Santiago seria imediata. Ok né…

DCIM100GOPRO

Lá é muito bonito, jardins lindos e muito verde. Não é grande (comparando sempre com a Concha y Toro), mas é mais intimista sabe?

chile201523

Uma das particularidades da Santa Rita é que lá foi redescoberto o Carmenere! As videiras dessa variedade foram dizimadas no mundo inteiro por uma praga (a filoxera) e pensaram que nunca mais haveria carmenere no mundo. Até que um francês veio ao Chile em 1994, foi passear na Santa Rita e que folha ele viu lá? CARMENERE! Sim, o Chile não foi afetado pela praga devido as suas barreiras naturais (mar, deserto, cordilheira e glaciais) e eis que o mundo novamente tinha seu Carmenerzinho. E hoje em dia, todo carmenere é derivado do Chile, mais precisamente da Viña Carmen de Santa Rita!

Êeeeee, todo mundo junto comigo: chi chi chi, le le le! 

chile201521

10 horas e nada… 10 e meia e nada… 11 horas e NADA! O que estava acontecendo? Fui perguntar para a guia e eis o problema: NÃO HAVIA BICICLETAS DISPONÍVEIS! Como assim? Como uma empresa desse porte monta um passeio desses se não tem bicicletas disponíveis???

Faltavam cerca de 4 (ou 6, não me lembro) bicicletas e descobrimos que elas existiam porém estavam todas com os pneus vazios. Era só encher certo? Certo, mas não tinha o trequinho que enche… Daí me lembrei do que tinha escutado falar da Turistik… Foi um caos. Eu não entendia como podiam ser tão desorganizados. Se tem um grupo fechado para o passeio com X pessoas, manda alguém antes do grupo chegar e arruma as bikes e já deixa tudo prontinho! Mas não, tivemos que chegar lá para eles começarem a arrumar as bikes e se deparar com os pneus vazios. Por um momento a guia falou em cancelar o passeio, o que gerou a ira de todo mundo, afinal, uma manhã de férias vale ouro! Todo mundo com os dias contados para aproveitar! 

Depois de um tempo conseguiram a bomba para encher os pneus e pronto, o passeio saiu quase meio dia!

chile201520

E lá fomos nós. 

DCIM100GOPRO

Estava muito quente mas o passeio é bem tranquilo. Achei que seria mais hard, mas foi piece of cake.

Após o passeio aconteceu a tão aguardada degustação de 3 vinhos Santa Rita. Não sei porque não tirei fotos… O rapaz deu várias informações úteis e ele conhecia bem sobre o assunto. Explicou temperatura do vinho, teor alcoolico, como segurar a taça, com o que harmonizar… Bom, acho que sei o porque de não ter tirado fotos… estava bebendo hahaha.

chile201519

E a surpresinha depois da degustação. Como pedido de desculpas, a Turistik deu cestas de picnic! Estavam bem recheadas e com a fome que estávamos, deixamos passar o deslize viu Turistik? Mas só desta vez.

chile201517 chile201522

Lindo passeio e acho que super vale a pena, mas o picnic foi uma das partes mais legais e não estava no roteiro. Se existisse o Bike and Wine and Picnic, seria PERFEITO. 

Agora vamos para o luxo da Viña Errázuriz?

No caminho para a praia (frequento o litoral norte) tem o Vale do Aconcágua e eu nem sabia que existiam vinícolas por lá. Meu namorado pesquisou e achou a Viña Errázuriz, perto de San Felipe, a uma hora e meia de Santiago mais ou menos. Desviamos um pouco o caminho e para lá fomos.

chile201510

O lugar é lindo. Lindo de maravilhoso. Pertence a uma das famílias mais tradicionais do Chile e se procuram exclusividade, a Errazuriz é a sua escolha.

chile201511

Nós fomos na sorte, pois vimos no site que era necessário fazer reserva mas ninguém me atendeu pelo telefone. O lugar é de fácil acesso (fomos de carro) mas tem que prestar atenção a sinalização. A entrada não diz que é entrada, mas paramos para ver se era por lá (um portão enorme e maravilhoso) e era lá mesmo.

chile20159

Essa sem dúvidas foi a vinícola mais chique que já conheci. Ainda mantém vários cômodos exatamente como o Don Maximiliano Errazuriz deixou. Ah, por sorte teria tour no dia que fomos, um grupo tinha reservado e a moça deixou a gente fazer junto com eles, então sobre a reserva, é bom fazer mesmo! Tem restaurante, mas também precisa reservar. Como a Errazuriz fica mais longe, tudo é com horário marcado e a cozinha não fica aberta o dia todo para o público. Eles cozinham para o número exato de pessoas reservadas. O menu parece bom apesar de alguns reviews negativos na internet. Nós preferimos não arriscar, era caro (30 mil pesos por pessoa, uns R$ 150) e as resenhas negativas nos desanimaram. 

chile20158

Tudo é muito bem cuidado, rola uma mistura de arquitetura antiga e tradicional com modernidade.

chile20157

DSC03452

DSC03481 DSC03491 DSC03492

O prédio onde ficam os vinhos ícones (os mais tops) é impressionante! Parece um laboratório da Nasa de tão moderna.

chile20156

chile20154

E a degustação foi quase perfeita. Enquanto a maioria das vinícolas oferece 3 tipos de vinhos, na Errazuriz são 4 e ainda acompanha queijos e biscoitinhos. Mas porque “quase” perfeita? Porque achei a explicação da guia bem vaga e sem muitos detalhes. Foi basicamente sentir o aroma dos vinhos e beber, sem maiores informações. Eu já gosto de saber mais rs. Ah, o valor do tour é de 20 mil pesos por pessoa, cerca de R$ 100.

  • Saindo da trivial Concha y Toro, existem muitas vinícolas interessantes no Chile! Quem souber de outras que não foram citadas aqui, pode mandar a dica nos comentários.
  • E teremos mais um post de Santiago e logo em seguida o geral, com todos os posts sobre o Chile já feitos até hoje no Futilish!
45 Comentários
  1. #1
    Stefany
    08.01.2015 - 16:08

    Eu já fui na Undurraga. Lá é muito lindo, o nosso guia explicou bastante coisa sobre vinhos e foi super super super divertido!!! Dá pra confundir o tour com stand-up! Tem degustação de 4 vinhos e biscoitinhos. Reservei o tour pelo site da vinícola. Quem quiser pedir pelo guia divertido, o nome dele é Germano. Custou 8000 pesos e fui sozinha de ônibus mesmo, foi fácil de chegar.

    • #2
      Mariana Matos
      08.01.2015 - 16:38

      Stefany, vc fez algum roteiro? Queria saber qual onibus vc pegou para chegar na vinícola. Obrigada =)

      • #3
        Stefany
        08.01.2015 - 19:21

        Peguei o Flota Talagante que sai do terminal San Borja que fica na Estacion Central da linha vermelha do metrô. É só perguntar qual passa na Viña Undurraga. O motorista parou bem no portão!!

    • #4
      marina
      08.01.2015 - 20:23

      Eu também fui na Undurraga,gostamos muito!!! E além do tour tem opção de picinic(pago à parte) logo após o tour,que pode ser acompanhado de vinho ou espumante,que pelo que andei lendo é o forte deles.Delicia, vale muito a pena. O lugar é bem bonito, degustação com 4 vinhos e taça de brinde. TAmbém fomos e voltamos de ônibus (não turistico),super tranquilo.

    • #5
      Christiane
      11.01.2015 - 14:39

      Oi Cony! Corroboro as dicas das meninas. Eu e meu marido estávamos no Chile em maio de 2013 e iríamos para Concha Y Toro, mas quando estávamos lá ficamos sabendo que a vinícola estava em greve! Daí fui dar uma busca na internet e achei dicas de Undurraga e me interessei ainda mais porque dava para ir fora do esquema das agências, de transporte público, o que barateou ainda mais o passeio. Pegamos o metrô e depois esse ônibus da Frota Talagante. Bem tranquilo. Realmente o guia é divertidíssimo, foi ótimo. Os vinhos da degustação eram deliciosos (quatro tipos). Enfim, amei tudo e valeu super a pena ter arriscado. bjs

  2. #6
    Rachel
    08.01.2015 - 16:32

    Cony, sempre leio os seus posts e sou super fã. Fui ao Chile em Novembro e peguei várias dicas aqui.

    Em um passeio ao Mercado do Chile, conhecemos um guia carioca muito gente boa. Ele nos indicou a Undurraga. Linda, simples, mas muito legal. Conhecemos a fundo tudo sobre vinho. Como a Stefany falou, o guia era divertidíssimo.

    Valeu muito a pena. Aaaaaaaaaaamo o seu país. Já estamos babando pelo seu post sobre o litoral e pensando na volta ao Chile. Agora, praia!

  3. #7
    Bárbara Miranda
    08.01.2015 - 16:41

    Que luxo essa Viña Errázuriz.
    Estou louca para conhecer o Chile, mas quero no inverno:)

  4. #8
    Marina
    08.01.2015 - 16:48

    Queria que esse post tivesse saido antes de setembro/2014… 🙁
    Mas será útil do mesmo jeito, já que ainda tenho muito o que conhecer pelo Chile!
    Cony, você é uma fofa!!! Você é uma amiga (imaginária, eu sei) muito querida!

  5. #9
    08.01.2015 - 16:56

    A Turistik pra mim ainda é um mistério, pq já fui várias vezes ao Chile, as primeiras vezes fui super bem atendida, nos stands dos shopping pra pegar o onibus grátis de volta aos hotéis, ótimo. Uma vez fiz o passeio pra Casa do Pablo Neruda em Isla Negra e Viña Matetïc, achei o passeio maravilhoso, os guias super atenciosos, a viña era com um guia do próprio lugar, que era meio desinteressado, um pouco do que vc falou, sabe?! De informações com poucos detalhes… mas, mesmo assim valia mto a pena pela casa do Pablo neruda e as instalações maravilhosas do lugar da viña. Porém, ano passado, fui comprar um passeio na Turistik de providência e nossa…..horrível o atendimento, pra lá de péssimo, qualquer pergunta que se fazia a pessoa parece q tinha raiva de atender, sabe?!

  6. #10
    Luisa
    08.01.2015 - 16:56

    Cony,to adorando essa leva de posts sobre o Chile!! Vou pra lá semana que vem, então casou certinho 😉

    Bjos!

  7. #11
    08.01.2015 - 17:15

    Que lugar lindo, deve ter sido incrível a viagem.

    Beijooos
    @natirios_blogidfashion
    @blog_idfashion
    https://blogidfashion.wordpress.com/

  8. #12
    Marcia Sprinz
    08.01.2015 - 17:29

    Estive na Casas del Bosque e na Emiliana, ambas no vale de Casablanca. Na primeira inclusive almocei. Adorei as duas.
    Como já faz um tempo, foi em 2012, não lembro os valores. Mas as duas tem site bem completo. Fiz reserva para o almoço na Casas del Bosque através do site.

    Bjs

  9. #13
    Priscila
    08.01.2015 - 17:48

    Cony, uma questão curiosa para mim… Trabalho numa empresa que está no contrato das usinas hidreletrica Alto Maipo (las lajas e Alfalfal II)… e dizem que o povo do chile é bem contra a construção da hidreletrica. Queria saber se vc viu protestos? Ou vc como Chilena sente algo com relação a esse tema. Curiosidade mesmo… beijos

  10. #14
    Alda
    08.01.2015 - 18:35

    Conyta, quando vai sair aquela mini excursão com vc pro Chile? Lembro de vc ter divulgado há um tempo, mas depois não tocou mais no assunto. Com esses posts sobre o Chile está dando muita vontade de ir e, com a sua companhia, melhor ainda!

    • #15
      Constanza
      08.01.2015 - 19:51

      Divulguei nao rsrs. So perguntei quem toparia ir pra ver se valeria a pena… E pelo jeito consigo reunir uma turma boa hein! Esse ano, quem sabe??

      • #16
        Fernanda
        09.01.2015 - 13:09

        Já topei!!! Pode agendar (um julho, please!!!) que quero uma vaga. Bjos!!!

      • #17
        Alda
        12.01.2015 - 18:47

        Esperando ansiosamente! Vamos agitar isso aí!

  11. #18
    Carol Morsi
    08.01.2015 - 19:22

    Amei o post e tds os detalhes. Adoro demais td o q vc escreve. E adorei ainda mais esse último tópico do post: reunir td o q já foi falado sobre o Chile foi excelente ideia! Bjs, Constacinha!

  12. #19
    Luana
    08.01.2015 - 19:42

    Quando fui ao Chile, fui na Santa Rita pela Turistik e não tenho do que reclamar, além do preço que achei salgadinho. A vinícola é bem bonitinha e o guia muito simpático e bom conhecedor de vinhos. Gostei bastante. Só não sabia desse Bike and Wine lá… Não fiz e não vi ninguém fazer quando fui…

  13. #20
    Daniele Carestiato
    08.01.2015 - 20:03

    Cony,,
    Já faz um tempo, mas quando estive em Santiago, visitei a vinícola Cosiño Macul, era próxima à cidade, acho que fui de trem.

  14. #21
    Marcela
    08.01.2015 - 20:39

    Cony,
    Fui na Emiliana, adorei! Eles têm bike tour lá também.

    Recomendo demais os passeios com a Sousa’s Tour, empresa de uma brasileira que vive no Chile. Ótimos guias, mega simpáticos!!!

  15. #22
    Taci
    08.01.2015 - 22:17

    Oi Cony! Duas vinícolas lindíssimas e de alto nível são a Montes Alpha e a Lapostolle, ambas no Vale do Colchagua. Valem muito a visita! Bjs

  16. #23
    Bethania
    09.01.2015 - 07:53

    Cony querida! Amo todos os seus posts mas esses do Chile são sempre especiais porque as melhores dicas da internet sobre o Chile vem de você garota! Já virou embaixadora oficial??? Hehehe! Pense nisso! Mas aqui, queria te perguntar sobre alugar carro no Chile, você indica alguma empresa em especial? Beijos!

    • #24
      Constanza
      09.01.2015 - 09:59

      Eu sempre aluguei numa que se chama Transtar mas tem localiza tb e os precos sao qse iguais!

  17. #25
    Ludmila
    09.01.2015 - 09:55

    Oi Cony,

    Queria tirar umas dúvidas com você a respeito daquela conexão de algumas horas que você fez em Nova York antes de ir para a Europa pois vou passar pela mesma situação. Estou tentando achar o post mas ainda não encontrei.
    Lembro que você fez algumas compras, você não comprou nada líquido? base?
    Você conseguiu deixar a sua mala de mão no aeroporto?
    Tem alguma dica para me dar em como aproveitar esse tempo? (12 horas)

    Muito obrigada!!!

    • #26
      Constanza
      09.01.2015 - 10:00

      Nao lembro o que comprei, mas larguei TUDO no aero. Sai so com a mochila!

  18. #27
    09.01.2015 - 11:10

    Muito bons esses seus posts sobre viagem, Cony. Vc explica muito bem, com detalhes e de uma maneira informal e divertida. Adoro!

  19. #28
    Jana Honório
    09.01.2015 - 11:48

    Conyyy lindaaaa, curti a dica masss não consigo parar de olhar pra esse seu óculos DIVOOOO.
    Qual é?!
    Bjosss e obrigada

  20. #29
    09.01.2015 - 11:54

    Oi Cony, apesar dos perrengues valeu o passeio né! O Chile é uma delícia mesmo, não me canso nunca! Em uma das minhas idas, eu visitei a vinícola Casa Silva. Eles tem um hotel boutique muuuuito fofo. Porém, fui dar uma olhada para passar a dica e eles encerraram temporariamente as visitas no hotel. A casa do presidente da vinícola pegou fogo e ele está hospedado por lá. Acredito que logo volte a possibilidade de se hospedar. Tem um restaurante na casa centenária, delicioso, com vista para um campo de polo e a Cordilheira..nada mal hein?
    Os vinhos são excelentes, tenta provar o 5 Generación tinto. É um blend de 4 uvas, muito interessante. Dei uma volta pela região de Casablanca também…Sauvignon Blanc e Pinot Noir de lá são especiais…com cheirinho do Pacífico<3.
    um bjo!!!

  21. #30
    Sheila
    09.01.2015 - 12:10

    Ludmila,
    Se sua bagagem de mão for uma mala de rodinhas ,pode sair com ela e ir colocando as compras dentro……eu não vou as compras nos EEUU sem a malinha… Coloco sombrinha ,agasalho,água e as compras……coloco uma cordinha,amarro no meu sinto e fico com as mãos desocupadas para escolher…rsrsrs se os líquidos forem abaixo de 100 ml e acondicionados em saquinhos próprios não tem nenhum problema……

  22. #31
    Cris
    09.01.2015 - 15:33

    Cony, vou para Santiago na primeira semana de setembro, com algumas amigas. Ficaremos 5 dias. Quais os passeios obrigatórios? Consigo aproveitar Valle Nevado nessa época do ano?

    • #32
      Constanza
      09.01.2015 - 16:41

      Vai depender de como sera o inverno deste ano. Se for intenso, capaz de ver neve sim…

    • #33
      Ju
      09.01.2015 - 17:17

      Fui no final do mês de agosto de 2014 e estava bem frio, inclusive peguei neve no Vale Nevado, as estações de ski até fecharam de TANTA neve.

  23. #34
    Ana
    09.01.2015 - 15:39

    Em março de 2014 fui à Vinícula Undurraga, e AMEI!!! O tour com o Germano vale muito a pena, ele é muito engraçado. E a degustação no final é maravilhosa, indico muito.

  24. #35
    Virgínia
    09.01.2015 - 16:08

    Olá Cony!
    Fui para Santiago em setembro e uma das vinícolas em que estive foi a Santa Rita, porém, somente para almoçar no restaurante Doña Paula. Restaurante este que recomendo muito, pois além da comida ser excelente, o atendimento foi perfeito.
    Bjo

  25. #36
    Ju
    09.01.2015 - 17:15

    Ouvi a MESMA história da redescoberta do Carmenere na Concha y Toro! Hahahaha
    Aliás, ODIEI a visita na Concha Y Toro, estava lotada de brasileiros e as explicações deixaram MTO a desejar, preferi uma menor chamada Undurraga (sem comparações, uma pessoa mega paciente e conhecedora)!

  26. #37
    Olívia Trindade
    10.01.2015 - 15:37

    Oi, Cony! Adoro o Fufu, embora nunca comente.

    Quando fui ao Chile em janeiro do ano passado, fui à Concha y Toro e à Cousiño Macul.
    A Cousiño Macul é muito interessante, inclusive vale super a pena fazer o tour premium.

    Bjs

  27. #38
    Flaviana
    11.01.2015 - 22:35

    Fui na Vinícola Emiliana, que são vinhos orgânicos! Lá é lindo também, vale a visita!!!

  28. #39
    Myrian Azoubel Sales
    12.01.2015 - 00:36

    Como está o clima por aí ?
    Irei em fevereiro, daqui há um mês e gostaria se saber para me prevenir. Abraços

  29. #40
    12.01.2015 - 11:11

    Aeeee Cony! Gostando de suas dicas do Chile!

  30. #41
    Patricia
    16.01.2015 - 22:30

    Oi Cony!
    Que chato o que aconteceu com a Turistik!
    Estive no Chile há seis meses e fiz quatro passeios com eles, não tive nenhum problema, pelo contrário! Achei o atendimento muito bom, e os guias acima da média! A guia do passeio a Vina del Mar falava com tanto orgulho do país que eu ficava até emocionada! E o guia do passeio para a Concha Y Toro nos deu ótimas informações, e olha que eu conheço muito de vinhos (meu pai tem loja, já fiz vários cursos, fora as leituras). Enfim, já recomendei pra várias pessoas!

  31. #42
    22.01.2015 - 12:40

    […] Duas Vinícolas Diferentes – LINK […]

  32. #43
    Natasha
    22.01.2015 - 14:33

    Oi Cony!
    Sou de BH, descobri seu site há pouco tempo e estou AMANDO!
    Vou para o Chile esse ano e quaria pôr a espada na sua garganta (hahaha): Se for pra escolher a sua vinícula preferida, qual seria?
    Beijo enorme!

  33. #44
    Eduardo
    29.09.2016 - 15:27

    Olá. Gostaria de algumas dicas, como vinícola, locação de carro e hotel para 2 pessoas. Santiago entre 12/11/2016 e 19/11/2016. Tenho 73 anos e não gosto de caminhar muito. É a primeira vez que vou ao Chile.

  34. #45
    13.09.2017 - 09:20

    Olá Cony! Suas dicas de Santiago me ajudaram muito! Fomos o mês passado e eu fiz um post contando da minha experiência em 5 vinícolas e um guia para ajudar os leitores escolherem qual mais se encaixa no roteiro da sua viagem, espero que goste!
    https://porondeagabifor.wordpress.com/2017/09/13/vinicolas-do-chile-guia/

Comente