30
Jan 2015
Chora Que Eu Te Escuto!
Chora Que Eu Te Escuto

Hoje não teremos Dica da Leitora por motivos de: falta de dicas. Recebi poucas esta semana então vamos acumular tá?

O que tô tentando ¨desacumular¨ são os Choras que tenho guardados. Hoje teremos três casos. Gostei de uma sugestão que recebi de fazer 2 Choras e 1 Sorria por post para não nos deixar tão desanimadas da vida kkkk. Faz todo sentido.

Vamos primeiro com a Jussara

Cony, nunca vi uma história parecida com a minha na coluna e te entendo se não for publicada.

Nunca tive nenhum relacionamento ou amizade fora a minha mãe e a minha vó. A minha história começa quando eu tinha 11 anos (hoje, tenho 20). Nessa época, minha mãe foi diagnosticada com uma síndrome terrível, que no decorrer dos anos levou também sua mobilidade e independência, pois a síndrome levou a uma trombose na perna direita, que teve que ser amputada. Meu núcleo familiar se resumia a minha mãe, minha vó materna e meu pai (que mora em outro estado e tem outra família, logo, se esqueceu de mim.)

Nessa época, foi um fuzuê, o sofrimento da minha mãe, a mudança para a capital para buscar melhor tratamento, o distanciamento dos meus amigos do interior, e a minha mudança de menina pra mulher num momento onde tudo estava caindo aos meus pés. Mudei de escola, sofri muito bullying, por meu jeito de ser fisicamente e pelo meu sotaque. Logo os hormônios começaram a agir e eu não entendia por que de um dia pro outro os homens me olhavam de forma estranha. Caí nas garras de um pedófilo, por que nunca pensei que um professor pudesse ter malícia e eu ainda tinha aquela cabeça de menina do interior. Me vi pulando refeições, e usando roupas largas para me esconder.

Enfim, muito se passou. Hoje, fazem dois anos e 3 meses que minha avó perdeu a luta pro câncer pancreático. Hoje, fazem 8 meses que minha única amiga verdadeira, minha fortaleza, meu tudo se foi. Minha mãe faleceu durante o sono no último dia das mães, de 2014.

Me encontro vazia, incompleta, inconsolável. Mas, por favor, não pense que eu me deixei cair. Continuei meus estudos, meus treinos na academia e entrei na sala de cirurgia sozinha para colocar silicone.

Mas meu maior tormento é o abandono familiar. Sou do ramo jurídico e sei que em casos de menor idade, isso é cabível de sanção. Porém, no meu caso é só cabível de sofrimento mesmo.

Sou uma garota de 20 anos, sem contato familiar algum, e me sinto num beco sem saída. O que fazer?

Jussara DO CÉU! Vem aqui pra casa agora rs. Menina, que difícil, quantas coisas pesadas! Olha, a única coisa que posso te aconselhar é se rodear de amigos. Muitos muitos muitos, daí você vê com quem tem mais afinidade e escolhe seus melhores amigos, aqueles que estarão com você em qualquer momento. É trabalho de formiguinha, aos poucos, seja simpática, não conte suas tristezas (num primeiro momento as pessoas podem não entender tamanha carência, tamanha carga que você passou, as experiências difíceis em sua infância, e se assustar e se afastar), ouça mais do que fale e conquiste pessoas. E fico muito feliz que não tenha deixado a tristeza te derrubar. Continue forte, busque pessoas para te acompanhar mas com cuidado para não se apegar muito. Acredito que terapia também te fará bem. E talvez, porque não procurar seu pai??? Será que ele se esqueceu de você mesmo??? Pense nisso. Boa sorte!

0dc7a3171957debd7b186c3afc5e2471

Chora Naiara

Olá Cony, meu drama é difícil.

Sou casada há 5 anos e tenho uma filha. Amo meu marido. Em 2012 tive um caso com meu chefe da época. Nos apaixonamos. Mas como trabalhávamos juntos, a coisa não foi bem. Tanto eu quanto ele temos personalidades difícies. Formou-se uma confusão imensa e acabei sendo transferida para outra Unidade da empresa onde trabalho, para bem longe da minha casa. Mas meu marido nunca soube de nada.

Acontece que o caso acabou mas eu ainda penso nele sempre. E ele diz que também pensa em mim mas que seria um erro reatarmos. Já fui na porta da casa dele e ele me rejeitou, disse que não faria isso com o coração dele, disse que comigo ele fica desequilibrado. Porém ele sempre diz que sente saudades, pensa muito em mim e nunca me esqueceu.

E eu, não sinto mais atração sexual pelo meu marido, só penso nele, só desejo ele, não consigo esquecê-lo.

Mas também não quero me separar porque tenho um casamento estável, e minha filha é especial e precisa dos pais juntos. Esse ano ela vai fazer uma cirurgia.

Eu amo meu marido como amigo, tenho ele como um irmão.

Todos os dias eu penso nesse meu ex chefe, e ele diz que também sente o mesmo, mas tenta me esquecer, ele diz que eu mexo demais com ele, que pensa muito em mim, mas sabe que não pode se permitir a isso, que tem sempre o depois, que a cabeça dele ficará confusa novamente, que ele ficará ainda mais apaixonado e não vai poder me ter. E ele tem razão né?

Mas eu não consigo esquecê-lo de jeito nenhum e sofro com isso.

Bela sacanagem com seu marido hein Dona Naiara??? Não apoio em NADA seu comportamento e atitude. Uma mulher casada, mãe, indo na casa do amante, sendo rejeitada e ainda pensando nele???? Se está apaixonada por outro e não sente nada pelo seu marido, separe-se logo. O que você está fazendo não é nada legal e eu, que sou uma pessoa que acredita muito que tudo tem volta, fico preocupada com o que o futuro possa ter guardado para você. Não faça isso com seu marido, não abuse do ¨casamento estável¨ e nem se apoie na condição especial de sua filha. Se você quer o bem da sua família, viva para ela e por ela, e não foque seus sentimentos em alguém que fala milhões de coisas que você quer ouvir mas que não está com você, não é seu companheiro e muito menos retribui seu sentimento. Falar, até papagaio fala. Seja mulher e assuma seus atos e vontades antes que a conta venha alta demais. Fiquei chateada.

270240eb7394ea3c611e1fbb7634de6f

Agora um Sorria! Com a Melissa!

Fui casada por 6 anos…durante os primeiros anos foi ótimo até que as coisas começaram a mudar, nós amadurecemos (nos casamos mto novos) crescemos profissionalmente, mudamos de cidade, os propósitos mudaram, os ideais e nossa rotina também, ele começou a me tratar mal…e eu não concordava muito com algumas atitudes, mas ao mesmo tempo, achava que seria passageiro… fomos nos afastando cada vez mais, e mais…Tive que ir para minha cidade por um problema familiar e ficamos algumas semanas afastados …nos primeiros dias foi ruim, mas passados 10 dias já não tinha muita paciência de conversar com ele…Todas as vezes q conversávamos tinha um ponto de atrito e não falar com ele me dava PAZ…Essa viagem foi um marco, pois me fez analisar de fora o relacionamento que eu estava vivendo, não éramos mais os mesmos…nessa altura eu tinha 26 anos…Quando voltei, conversamos muito e tentamos por longos meses colocar as coisas nos eixos…muitas mudanças tinham acontecido, tinhamos que dar um tempo para que as coisas se encaixassem, e demos… mas não demorou muito para que as atitudes dele me fizessem falar em divórcio…ele, apesar de dar todos os sinais que não estava feliz tb, não aceitava, era contra e dizia sempre que não podíamos desistir, que era fase e ia passar…e eu, com todo o contexto envolvido, famílias, era tudo tão difícil de administrar mentalmente, que eu deixava no piloto automático…Passados alguns meses, uma amiga vendo o comportamento dele, me perguntou se já tinha desconfiado que ele pudesse me trair…eu confessei que já tinha pensado, mas não acreditava que fosse possível….até que, com a ajuda dela, consegui pegá-lo num motel com uma colega de trabalho dele!!! Sim, eu a conhecia, sim, foi horrível….

A única pergunta que conseguia me fazer era: Meu Deus, se era outra, pq ele não aceitava o divórcio e acabava com essa palhaçada?! Eu sofria muuuito com nossas brigas diárias!!! À partir daquele momento, o sofrimento acabou…

Ao invés de chorar, morrer, me sentir a abandonada, largada, traída eu me considero uma sortuda!!! Pq se não fosse a traição (e o fato de ter visto), o ciclo não teria um fim e talvez eu tivesse ficado outros anos no automático…Pra piorar (ou melhorar) descobri tantas coisas, várias traições, até com conhecidas minhas ele já teve caso (O pior pesadelo de qualquer mulher)!!! Tem como um casamento dar certo assim? Não dá….e meu sexto sentido já tentava me contar isso desde aquela viagem…

No começo foi difícil pq era muita coisa para administrar…as famílias, mudança, bens, emprego novo, divórcio, novas rotinas…mas passado isso, me joguei na vida de solteira, sai com pessoas que não via há anos, conheci gente p cacete, morei em outro país, viajei o mundo inteiro!!!! E tive muito o apoio e amor da minha família!!!

Rodei, rodei, rodei e pouco tempo depois, encontrei meu grande amor, em uma balada!!! Lugar improvável, momento mais ainda!!!! Estamos juntos há 2 anos e vamos nos casar este ano!!! Me sinto plena, realizada, encontrei nele exatamente o que eu espero de um relacionamento: companheirismo, RESPEITO, amor, serenidade e o escolho todos os dias pelos mais diversos (e lindos) motivos…temos nossas diferenças, claro, mas com toda essa experiência veio o amadurecimento, uma plenitude inexplicável e que eu rezo e agradeço todos os dias por ter tirado tanta coisa boa, de momentos tão difíceis!!! E cada vez mais, tenho a certeza que a nossa felicidade está dentro da gente, só a gente pode escolher ser feliz, ou se vitimizar e sofrer com determinadas situações…eu escolho ser feliz todos os dias e todo mundo que se ama, deveria escolher também!!! 😉

Muito importante essa questão do círculo vicioso. Eu já passei por isso e sei bem que quando um relacionamento não está dando certo, que mesmo após a tentativas nada muda, tem que acabar sim. Sorte sua que descobriu a traição mesmo! Há males que vem para bem e a gente não tem que ter medo de ficar sozinha ou de começar tudo de novo! Quem bom que está bem e felicidades no novo casamento!

  • Continuo muito irritada com o caso da Naiara… Mas fazer o quê né? As vezes a pessoa não consegue enxergar o estrago que está fazendo em sua família e na própria vida. Envio de emails CONTINUA SUSPENSO. Vamos com calma…
  • Ainda chateada.
172 Comentários
  1. #1
    Larissa
    30.01.2015 - 13:02

    Nossa, Jussara, fique muito comovida com a sua história, mulher! Confesso que caíram algumas lágrimas aqui, não por pena não, mas pela sua garra e pela vontade de continuar apesar de todas as coisas que foram acontecendo na sua vida. Bom, não nos conhecemos, mas se quiser um amiga (mesmo que virtual) vou deixar meu perfil do facebook aqui: https://www.facebook.com/LarissaGabrielaLino . Bom, eu não sou de muitos amigos tammbém e me identifiquei muito com você. Principalmente na parte em que diz que sua mãe era sua melhor e única amiga, a minha também tem esse título.
    Beijos.
    Ps: sou uma ótima ouvinte

  2. #2
    Lívia
    30.01.2015 - 13:11

    1o caso: Faça terapia, meus problemas são infinitamente menores que o seu mas a terapia me ajuda muito. Fora isso, se rodeie de amigos MESMO. Se ocupe. Pode ter certeza que a vida te fez muito forte e você é capaz de superar isso. Deus não nos dá fardos mais pesados do que podemos carregar.

    2o caso: Naiara, não traia. Respeite seu marido e seu casamento. Respeite a si mesma, acima de tudo. Se não quer terminar o casamento agora por causa da sua filha, mantenha a linha até isso passar, depois faça o que você bem entender, mas antes não. OBS:. Me ative à questão do casamento, sem comentários para o relacionamento com o chefe, via de mão única para quebrar a cara, né? Se não deu certo uma vez e se ele te rejeitou mesmo você implorando… pq daria certo agora? Mas boa sorte e saúde pra sua filhota!

    3o caso: que história linda! Me fez pensar numa coisa: intuição é um negócio ferrado né? Todas as vezes que segui a minha, descobri depois que de fato as coisas estavam erradas. E é engraçado que as vezes tudo está aparentemente bem, mas lá no fundo alguma coisa fala pra gente que não está. E geralmente não está MESMO. Que bom que você superou e está feliz! Boa sorte!!

  3. #3
    Luana
    30.01.2015 - 13:11

    Olha…. Chateada também ….. 🙁 (bola fora Naiara)

  4. #4
    Melina Portugal
    30.01.2015 - 13:14

    Pois eu também fiquei comovida com a história da Jussara!
    Também estou às ordens, mesmo não te conhecendo pessoalmente.
    https://www.facebook.com/melina.portugal.5

  5. #5
    Maria Eduarda
    30.01.2015 - 13:15

    Olha Naiara, com o perdão, mas tu foi BURRA. Homens falam o que queremos ouvir, até se dizem apaixonados etc. As atitudes deles é que dizem a verdade e o seu ex chefe deixou claro que contigo foi só sexo.
    Tome vergonha e deixe seu marido livre pra achar uma mulher que o ame. Ou tu acha que é só tu que quer ser amada?
    A filha vocês sempre terão, o cuidado deve ser divido, ele sempre terá responsabilidade.

  6. #6
    Laura
    30.01.2015 - 13:15

    O problema com casos de traição é que quem trai sempre dá mil motivos pra ter feito/continuar fazendo/manter o casamento e a enganação, mas NO FUNDO o que falta é respeito com os outros mesmo… Também fico chateada com essas histórias, principalmente quando se faz de vítima, como se não tivesse escolha.

    Mas enfim, espero que a dona da história reflita realmente sobre o que está fazendo e perceba que o amante dela não tá nem aí pra ela.

  7. #7
    Cris
    30.01.2015 - 13:15

    Oi gente, oi Cony,
    Não ficarei elogiando o qto é bom…. o blog. Definirei com uma simples ADORO!!!!
    Como as pessoas, vivem e encaram as realidades e os momentos difíceis de formas diferentes…
    O 1º ‘chora’: me emocionou a superação! Bravo p vc menina/mulher. A vida t fará sorrir muito!!! Faça a sua parte, acredite e continue…
    O 2º: tb discordo!!! Sei q a vida é d cada um, e cada um a conduz como quer. Contudo, vc abriu p o grupo (leitoras do blog através da Cony). Não concordo c a sacanagem c o marido (q talvez não seja perfeito, mas quem é?). Não gosta?!!! Separa! O ‘amante’, ñ t respeita, ñ t apoia e ainda t rechaça… A condição da sua filha ñ é impedimento p manutenção do casamento. O casal deixa d existir, mas os Pais ñ. Ele apoiará vcs….
    3º: Felicidades p vc e seu futuro marido! Já fui traída, e apesar d amar muito, tb me separei… Depois casei, e enviuvei (eita vou escrever p o Chora tb kkk Estou bem!! 😉 ). Ficar acomodada nos impede de sermos felizes!!!
    Bjos a todas e sejamos felizes muitas vezes!!!

    ps: #tbestouchatiada, por isso q sigo o teu blog, és diferente Cony 😉

  8. #8
    Relva
    30.01.2015 - 13:17

    Hahahaha Aii, Cony vc me mata!!!! Mas eu tb fiquei chateada!!!! Hahahaha

  9. #9
    Valeria
    30.01.2015 - 13:22

    Ah, não, gente… Você falou tudo pra essa Nayara… Se fosse eu, pegaria até mais pesado, viu… Mulher totalmente sem noção e sem respeito à família.

  10. #10
    Jeane
    30.01.2015 - 13:27

    1º Caraca!!! Que mulher forte!!! Parabéns Jussara que Deus continue tão presente em sua vida! Bravo Zulu!
    2º Cadê o valor? cadê o amor próprio… não vale a pena correr atrás de quem te despreza desta forma… Reaja!
    3º Todo amor do mundo pra vcs!!! felicidades mil!! Parabéns!!!

  11. #11
    Dany
    30.01.2015 - 13:30

    Cony, acredito fortemente em casos que o futuro vem para cobrar o passado. Tenho caso na minha família pra provar isso! Minha mãe traiu o meu pai desde os primeiros meses de casamento, e ele só chorava… Olha ele sofreu, mas sofreu, coitado. Há 4 anos ela foi morar com outro cara, mas ficou muito doente, tirou dois tumores da cabeça, de sequela ficou uma pessoa doente, feia e pasme: ela só tem 39 anos… com cara de 60. Naiara tome uma atitude enquanto é tempo, faça as pazes com Deus principalmente, pede pra ele tirar isso da sua cabeça pq é doença e dê valor na família. O castigo vem a cavalo

  12. #13
    daniela borghi
    30.01.2015 - 13:33

    Cony adorei sua sinceridade no caso da Naiara!! como vc disse, um dia a conta vem….nunca fazer pros outros o q não gostaria q fizessem conosco…se fosse o contrário né? será q ela nunca pensou nisso…quem sou eu p julgar mas se ela contou a história dela…esses são nossos conselhos!! muda já, ainda da tempo!

  13. #14
    Amanda
    30.01.2015 - 13:35

    Naiara, sou filha de um casamento que acabou em traição e sabe o quanto foi difícil para eu acreditar de verdade no amor?! Tive relacionamentos conturbados, achava que todos iam me trair, enfim.. um pesadelo! Fiz terapia, muita força de vontade e muito ‘tapa na cara’ da vida pra conseguir me recuperar.
    Se você não quer fazer pelo seu chefe, pelo seu marido ou por você, faça pela sua filha! É o MÍNIMO que ela merece.

  14. #15
    Eduarda Oliveira
    30.01.2015 - 13:36

    Quase nunca comento, mas o caso da Naiara me chateou também. Recentemente uma pessoa próxima a mim foi traída e, quem trai, sempre tem esse mesmo discurso: não largo pelo bem da família, dos filhos, do céu azul. Que bem?? O fato é que sabe que está errado, quer pirar e fazer o que dá vontade, mas mantendo a segurança e estabilidade de um casamento. Muita pena desse marido que não sabe de nada ou, se sabe, deve fazer vista grossa e um tremendo esforço pela família e pela filha… Que péssimo! Naiara, pensa no que a Cony falou e em todos os comentários que, apesar de revoltados, são todos pensando no melhor pra você.

  15. #16
    Lia
    30.01.2015 - 13:38

    Muito confortável a situação da Naiara… fácil permanecer no casamento por comodidade e procurar o aquele friozinho na barriga por fora. Esse ex-chefe é o cafajeste típico, não quer nada sério, mas fica alimentando a esperança da mulher pra ter um lanchinho pra filar vez ou outra em períodos de entressafra. Quando a pessoa tá interessada, ela tá interessa e pronto, o resto é desculpa. Não recrimino a traição por si só, pois qualquer um pode se apaixonar…isso é complexo. Mas é inadmissível manter dois relacionamentos, ainda mais quando há um filho/a. Coloque-se no lugar de seu marido e de sua criança…imagina teu marido mantendo outro relacionamento, tendo momentos de felicidade com outra pessoa…imagina teus pais, um traindo o outro, enfim…pratique a empatia.

  16. #17
    Priscila
    30.01.2015 - 13:42

    Cony mandou muito bem na resposta a Naiara… será que nem lendo o que ela escreveu ela não percebe o mal que faz pra todos, marido, filha, ex amante e ela mesma..
    E o pior fiquei com a impressão que ela não quer segurar a barra da filha especial sozinha, por isso tá com o marido. Feio feio feio… e pode ser que o amante não a assuma por causa da filha tb?! ja chegou a pensar nisso? pq homem que quer querida, não fica pensando no pobre coraçãozinho dele que vai sofrer.. bjs

  17. #18
    Natalie
    30.01.2015 - 13:44

    Cony, adoro como você se posiciona! Faria o mesmo hahaha

    Jussara! #SOMOSTODASSUASAMIGAS Se quiser conversar etc pode me add 😀 Você é uma menina guerreira e tem um futuro lindo pela frente, acredite nisso. Meu face é natalieperoli, beijo!

  18. #19
    Camila
    30.01.2015 - 13:45

    Melhor blog com ctz!!!!
    No primeiro caso acho que tinha que ser mais um sorria do que um chora, afinal mesmo após tudo que passou ela ainda se mantem forte.
    No segundo é uma sacanagem imensa, muito egoismo da sua parte Nayara pensar só em vc, e se fazer de vitima sa situação que vc mesma criou, entendo que vc perdeu o interesse no seu marido, ENTÃO LARGUE DELE!!
    Terceiro caso sempre tem o arco iris depois da tempestade né?!
    beijooos

  19. #20
    Tati
    30.01.2015 - 13:45

    Cony, pede pra Jussara contar de qual cidade ela é. Se ela for de Curitiba, eu iria adorar conhecê-la!
    Eu teria mais um conselho pra ela: imagino que após ter perdido a sua mãe e a avó, vc more sozinha né? Que tal adotar um bichinho? Com certeza tendo em casa um cachorrinho ou um gato vai diminuir a sensação de solidão. Sem falar que só isso já te possibilita de conhecer várias pessoas novas, digo isso pq já fiz muito amigo pelo meu bairro durante as caminhadas com o meu dog. Beijo!

  20. #21
    Ana Brito
    30.01.2015 - 13:49

    Fiquei chateada com a mulher(Naiara) que trai o marido. Além da traição ser terrível, achei muito egocêntrica. Enquanto pensa que está protegendo o núcleo familiar, está é destruindo tudo ao redor. Magoa um homem que realmente a ama e magoa a sua filha. Quem tudo quer, nada tem.. e em relação à guria que se sente sozinha(Jussara), vamos ficar amigas! Sozinha você nunca estará! Entre no grupo “Amigas do Futilish” no facebook que tem um mutirão querendo fazer amizade com você, inclusive garotas com história de vida semelhante.

  21. #22
    Emanuelly
    30.01.2015 - 13:51

    Jussara, realmente o lance é procurar amigos e colegas. No trabalho, na academia, onde andar, vai caçando gente pra sair, pra jogar conversa fora (e no melhor caso, vai conseguir amigos).

    Naiara, safadeza mesmo, viu? Se não quer mais ser casada, separe. Se não quer separar, respeite seu marido, sua filha a a si mesma!

  22. #23
    Carol
    30.01.2015 - 13:53

    Olha gente, eu pensei muito se iria responder (mentira, queria responder imediatamente) as críticas feitas à nayara. Não da pra apedrejar a coitada por que ela se envolveu com outro homem. É muita hipocrisia dizer que ela deveria ter rompido o casamento pra se relacionar com o chefe dela. Casamento não é igual namoro de 300 anos, o papel que é assinado pesa, pesa também os filhos, pesa também os momentos felizes que já foram vividos, e sim, estabilidade emocional. Por que não se trata de escolher entre o confortável e o incerto, mas de terminar um ciclo pra começar outro. Se ela tivesse terminado com o marido, e estivesse vivendo esse amor com o chefe estariam todas dizendo: aaaaa que lindo, corra mesmo atrás do grande amor da sua vida. Pensem que se ela ficar assim, ela vai passar uma vida inteira incompleta, pensando no que poderia ter sido com seu chefe em prol, de repente, da estabilidade (mesmo que aparente) da família. Não crítico nem apoio, mas entendo seu drama. Injusto vocês sentarem na cadeira do conforto pra criticar os medos e inseguranças em tomar decisão. E cony, imagino como foi difícil você terminar seu longo relacionamento, mas pense, quanto tempo demorou até que vc tivesse coragem pra tomar a decisão? A nayara está confusa e insegura, o discurso de “shame on you” não ajuda em nada.
    Beijos

    • #24
      Constanza
      30.01.2015 - 14:02

      Confusa o caramba! Ta correndo igual jhsjfgsfhgsfjh atrás de um cara que a rejeita. Nao concordo mesmo. SE ELA FALASSE que o marido a trai, bate nela, não transa com ela, não conversa com ela, entenderia a vontade de procurar outro. Mas ter um cara que da estabilidade pra ela e ainda assim correr atras de outro não é correto nao. 2 anos se passaram e ela continua atras do ex chefe? Confusa? Nem um pouco, isso pra mim chama safadeza mesmo. E quanto ao meu caso, ngm sabe o que aconteceu entao não tem o menor sentido comparar aqui.

      • #25
        Marcela
        30.01.2015 - 14:46

        Conforme dicionário, acho esta uma boa definição para o comportamento desta pessoa:

        1. Mau-caráter

        Substantivo composto 1- pessoa sem escrúpulo, que engana as pessoas sem o menor constrangimento 2. diz-se daquele ou daquela que age sem decência, sem pudor, sem sensibilidade com o sentimento do outro.

      • #26
        Fernanda
        30.01.2015 - 15:05

        CONCORDO PLENAMENTE, CONY. O nome disso é SAFADEZA!!
        Tanta mulher legal sofrendo na mal de homem ruim, querendo ter um relacionamento em paz, e essa Nayara tem e não valoriza???
        Sério, não sei como essa mulher não tem vergonha de mandar essa história dela.
        E realmente o mundo dá mtaaaaaaas voltas.. qnd ela abrir o olho e ver tdo q o marido dela fez, provavelmente será tarde.. e ele estará com uma pessoa que saiba respeitar o sentido de um casamento, e tenha consideração!!

        • #27
          Fernanda
          30.01.2015 - 15:06

          na mão*

      • #28
        Gabi
        30.01.2015 - 18:18

        Cony, nunca comentei aqui, então essa será a primeira vez. Eu tb fico super chateada com casos de traição, mas diferente de você, não acho que NADA justifica uma. Nem falta de sexo, nem cafajestice alheia, nem NADA, na minha humilde opinião, porque daí para esses casos também vale a máxima do caso da Naiara: tenta amor próprio e comece uma história do zero, até pq não é porque alguém não é leal com vc que vc não vai ser legal com ela. Lição da vida tb volta nesses casos. NÃO há desculpas para NENHUMA traição.

      • #29
        Pri
        03.02.2015 - 10:57

        hahahaha #conyboladona ! Alguém pega um calmante!

        Mas concordo plenamente, achei sem vergonhice! Fiquei com pena do marido :/

        E gente, como faz pra adotar a Jussara?

        • #30
          Constanza
          03.02.2015 - 12:04

          Hahahaha

    • #31
      Josiane
      30.01.2015 - 17:24

      O problema não é ela ter se apaixonado! O problema é não ter sido mulher o suficiente para assumir suas atitudes e arcar com as consequências. Quer seguir seu sonho dourado, correr atrás do “grande amor” e não viver frustrada em um casamento? Ótimo, vá em frente, mas não enganando o marido, a filha e toda a família que os cercam. Isso não é ir atrás do que quer, é enganar, manter em banho maria até ver se consegue algo melhor, e isso não é nada honesto! O risco de se apaixonar é inevitável, mas enganar é opcional.

      • #32
        Constanza
        31.01.2015 - 12:44

        exato

    • #33
      Carol Morsi
      30.01.2015 - 19:35

      Se ajuda ou não, acho q só a Nayara poderá dizer ou perceber. E tb concordo com a Cony, pra MIM tb isso se chama safadeza. Ela tem q decidir se pensa na família ou no ex-chefe. E se ela mandou a história dela, acredito q seja pra saber da nossa opinião.

    • #34
      ana luisa
      30.01.2015 - 19:40

      Mas seeeeeeeeempre tem gente do contra pontinha pra polemizar …
      Acho que se a Naiara escreveu pro “fala”, é porque queria saber a opinião de todas nós, seja um afago ou uma espinafrada. No caso, acho que toda a crítica foi muito bem vinda. Nada de julgamento. Tenho certeza que ela tem amigas, que mesmo achando o comportamento dela execrável, não falam o que ela de verdade precisava ouvir.
      Naiara, minha mãe passou a vida afetiva inteira buscando realização no que você está metida agora, inclusive eu sou fruto de relacionamento extraconjugal (meu pai, apesar do ser fantástico que era, era casado). Mendigou o carinho dele por longos 20 anos, meu pai NUNCA se separou da mulher dele. E sabe o que minha mãe fez pra “desobsessionar” do meu pai? Arrumou outro cara casado. Que a enganou diversas vezes, a fez sofrer o pão que o diabo amassou, fez a auto estima dela que já era baixa ficar sub zero. Amo muito a minha mãe e imagino como a velhice dela poderia ter sido diferente se ela tivesse ouvido as filhas, levado a sério a terapia, se voltasse pra dentro e se amasse e respeitasse. Hoje ela é só, depressiva e depende de nós filhas, do nosso carinho e atenção pra seguir vivendo. Não queira o mesmo pra você, menina. A Cony tá certissima, tudo tem um retorno, seu karma tá pesado… e ficar com alguém por desculpa pela filha doente é o cúmulo da covardia. Se separa, limpa a tua ficha do passado, parte pra outra, cuida com amor a tua filha, especial ou não, é fruto do que um dia foi feliz e positivo em tua vida.
      Pras outras meninas, força e felicidade, sempre! Precisando de uma amiga em Portugal, tamos aí 🙂

      • #35
        Constanza
        31.01.2015 - 12:39

        Ana, obrigada pelo seu comentário e por contar pra gente! Mt útil e espero que a Naiara leia e assimile seu conselho.

        • #36
          ana luisa
          31.01.2015 - 14:46

          De nada, Cony 🙂
          Mas sabe o que me choca ainda mais? Tirando os xingamentos de algumas (a galera meio que se empolgou), é ver que tem tanta mulher que branda o cajado da verdade ao dizer que estamos confundindo ética com moral, que estamos julgando e apedrejando um ser humano, que somos machistas e todo esse discurso chato de feminista de butique. Cara, a menina pediu ajuda, e sabia que toda crítica desabaria na cabeça dela, de todas as formas, pesadas ou não. Cabe a ela assimilar o que dissemos ou simplesmente mandar tudo a merda e continuar na mesma. É livre para isso. Mas se ela escreveu, publicou, é porque quer uma mudança, então há uma luz no fim desse túnel pra tal Nayara. Só não vejo muito jeito pras femifundamentalistas, que acham lindo dizer que estamos julgando e que ninguém aqui é santo. Elas é quem julgam todo o resto, como seres superiores. Todas somos humanas, mulheres, passivas de acertos e todos os erros do mundo, mas isso não nos tira a sensibilidade e ânimo em não se conformar com o erro do outro. Os erros, morais ou éticos, são subjetivos e são regras criadas por nós humanos, e coisas que ninguém mexeu por aqui. Quase todas tentaram foi ajudar a Naiara a restabelecer sua integridade emocional e respeito com ela mesma e sua família.
          Nem tô mais chateada com sua história, Naiara. Tô é fula com as chatas de plantão, elas sim são machistas e preconceituosas.

          Beijos, Cony ! Vida longa ao fufu, que não é um blog de moda do mundo cor de rosa!

    • #37
      Ana Luiza
      31.01.2015 - 00:38

      Ela estar confusa é super compreensível,até ela se apaixonar pelo chefe a gente entende, afinal… a gente nao controla essas coisas… mas nada disso jamais justificará a traição !

    • #38
      Nany
      31.01.2015 - 11:25

      O caso da Naiara é realmente complicado. Sempre leio os comentários e tiro coisas boas pra minha vida, só que hoje doeu um pouco ler tantas críticas para ela. Agimos no calor da emoção e não pensamos nas consequências. Talvez quando tudo aconteceu o casamento dela não estava “aquelas coisas” e por isso o tal envolvimento. NÃO JUSTIFICA, não mesmo! Mas pessoas apaixonadas são cegas, surdas e mudas e até que quebrem a cara não sossegam. Eu espero que através dos comentários ela consiga entender que quem quer se arrisca, não arruma desculpas e o chefinho NÃO se encaixa nisso e que além de tudo, relembre que NÃO DEVEMOS TROCAR UMA VIDA POR UM MOMENTO! Naiara, observe seu redor e tudo aquilo que te cerca. Será que vale a pena trocar o certo pelo duvidoso? Pare com as atitudes erradas e viva pra fazer seu marido e sua filha feliz. Vá viajar com eles, restaure o amor de vocês e também seja feliz. E nos vemos em breve pra você contar um “Sorria que eu te escuto” pra gente!

    • #39
      Anita
      31.01.2015 - 14:25

      Carol, sou a única a concordar com você aqui. Achei meio grosseiro o modo como a menina foi julgada, chamada de safada e não sei mais o que. Há maneiras e maneiras de dar um toque na pessoa que claramente está querendo ser ajudada, não julgada. E todas que a estão fazendo, tomem cuidado com essa mesma lei do karma – é totalmente possível estar em um relacionamento estável e bom e, ainda assim, se apaixonar por outra pessoa. Paixão não escolhe só gente solteira e disponível, infelizmente. E dependendo da intensidade, pode sim ser difícil agir com razão. Só cuidado pra não achar absurda uma situação que pode acontecer com qualquer uma de nós. Naiara, meu conselho pra você é o seguinte: tente se afastar do cara, já que ele fica nessa de vai/não vai, gosto mas não quero sofrer. Corta a comunicação mesmo e tenta reviver o fogo no casamento. Imagino que esteja passando por um momento delicado tb por causa da filha, mas ainda assim, tente procurar se divertir com seu marido, fazer coisas diferentes, observá-lo bem e procurar os motivos de você admirá-lo, talvez isso reacenda seu desejo por ele. Creio que pelo contexto, vale essa tentativa. Mas só é possível se vc cortar de vez o contato com o outro. Vai sofrer, vai doer, mas uma hora passa. Canalize sua energia pra família. Beijos sem julgamentos e boa sorte! :*

      • #40
        Luciane
        02.02.2015 - 10:54

        legal, adorei o post da Anitta!
        Pode acontecer com qualquer um e acho que ela pode ter falado só as coisas positivas do atual marido pq está sentindo-se culpada. acho que todas as dicas são válidas.

        • #41
          Luciane
          02.02.2015 - 10:56

          *acontecer com qualquer um: se apaixonar

      • #42
        Naiara
        09.02.2015 - 10:23

        Obrigada!!! Estou me esforçando muito pra cuidar do meu casamento. Não escolhi me apaixonar, e juro, estou tentando esquecer o ex chefe e ele tbm está tentando me esquecer, por isso me rejeitou!

        • #43
          Constanza
          09.02.2015 - 10:59

          Ele nao esta tentando te esquecer Naiaaaraaaa! Abre o olho amiga! Aposto q ainda vai te procurar qdo “precisar”. Seja firme na sua decisao de se dedicar ao seu casamento e marido ok?

    • #44
      Naiara
      09.02.2015 - 10:20

      Obrigada pelo comentário!!! Pelo menos vc entende! Eu sei que é errado,mas é fácil julgar né?
      No momento eu decidi melhorar meu casamento, nunca mais fui atrás do meu ex chefe e estou cuidando do meu casamento e da minha filha.

  23. #45
    Fernanda
    30.01.2015 - 13:54

    Jussara, tenho pessoas incríveis para te apresentar! Faço parte de um grupo de jovens que busca a Deus e se diverte muito O encontrando! Me manda um email para darmos uma voltinha lellisfer@uol.com.br

    • #46
      Juliana
      30.01.2015 - 17:53

      Boa!! Finalmente alguém pra dizer e apresentar a solução de TODOS os problemas! Fico impressionada como falta Deus na vida das pessoas. Gente, entregam seu coração ao Senhor e ele tudo fará! Partem de mendigar amor!! Se vcs soubesse o quanto Ele ama vcs, jamais vcs se sentiriam assim. Não há vazio que Ele não preencha! Jussara, se quiser, me escreva tb. Vou te mostrar um Deus que vai mudar toda a sua história!!! Ele tem uma nova história pra vc, acredite!!!

  24. #47
    Melina Portugal
    30.01.2015 - 13:56

    Esqueci de comentar o casso da Naiara. será que você já parou pra pensar em como o seu marido pode sair machucado nessa história toda?
    Não me leve a mal, mas é que em nenhum momento eu senti arrependimento ou que você pensa nos sentimentos dele.

  25. #48
    Lídia Maria
    30.01.2015 - 13:59

    1 Jussara, parabéns pela sua garra!!! Estou tb à disposição…adoro conhecer pessoas novas! Meu face é esse aqui: https://www.facebook.com/lidia.maria.52

    2 Nossa, achei muito cara de pau essa Naiara! Credo…e ela foi totalmente redundante ao dizer lá em cima que ama o marido e no final dizer que ama como amigo etc. Primeiro que se amasse de verdade, não teria feito essa Cag@#&* toda! Aff…eu teria vergonha de me expor dessa forma!!! Nossa, eu não estou chateada, estou REVOLTADA!!!

  26. #49
    Bárbara Miranda
    30.01.2015 - 14:00

    Jussara minha flor! Estou triste com a sua historia! Mas vc tem uma garra inacreditavel! Eu por muito menos ja teria largado tudo!
    Siga o conselho da Cony, pq eita mulher sabia!
    Meu e-mail é: barbaracristina.miranda@gmail.com pode me mandar um email ou me procurar no facebook 😉
    Não sei de onde vc é, mas podemos sair tbm!

    Naira, mulher apaixonada é tudo cega…mas ó se vc tem um bom marido esqueça essa historia, pelo que contou esse homem nunca vai te dar valor e se te desse acho que vc não ia separar do seu marido ne?

    Melissa, parabéns pelo casório! Vc é um exemplo pra gente não desistir!

  27. #50
    Tatiana
    30.01.2015 - 14:01

    Recado para Naiara: Não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você. Só isso!

  28. #51
    Aline
    30.01.2015 - 14:05

    hahahaha adorei cony falou tudo…..a naiara podia ter ficado sem essa!!! você falou tudo que nós leitoras estávamos pensando………hahahah

  29. #52
    Fernanda B.
    30.01.2015 - 14:07

    1º CASO:
    Querida, procure fazer amigos. Uma dica: entre para o grupo do Fufu no facebook que com certeza lá tem várias amigas para vc fazer. Espero de coração que sua história daqui a algum tempo vire um Sorria!

    2º CASO:
    Quando a pessoa quer justificativas para o injustificável, qq coisa vale. Com certeza é pior para a filha viver em um ambiente de mentiras e traições (ainda que ela seja especial, com certeza ela consegue sentir essa energia). Realmente às vezes é muito difícil manter o casamento, mas sair com dignidade e sem se enganar é o mais correto a ser feito.

    3º CASO:
    Uma bela lição (até mesmo para o 2º caso ver o outro lado da história!). Parabéns! Felicidade é td que vc merece.

  30. #53
    Ana Miranda
    30.01.2015 - 14:08

    Naiara, quero te perguntar uma coisa:
    Vc diz que ama seu marido. Ama mesmo? Quando a gente ama, a gente quer ver o outro feliz, estando conosco ou não.
    Vc quer ele ‘preso’ à ti e tu nem está mais ‘presa’ à ele, gosta/gostou de outro, foi atrás, teve um caso, continua tentando manter o caso de pé, se o cara tivesse topado estaria tendo um caso e seu marido na sua casa, sem saber, cuidando da sua filha, sendo querido, amigo, companheiro e um ótimo pai.

    É justo? Vc ia gostar de estar no lugar dele e passar pelo mesmo que está proporcionando à ele?

  31. #54
    Amanda
    30.01.2015 - 14:12

    Boa Cony! Gostei da sua posição no caso da Nayara, até porque e se fosse o contrário. Ninguém quer um marido confuso, que coloque um par de chifres e ainda corra atrás da outra…. Também concordo que a vida sempre cobra…bjao

  32. #55
    Polliana
    30.01.2015 - 14:24

    Sinceridade acima de tudo, Cony! Parabéns!

  33. #56
    Rayza
    30.01.2015 - 14:24

    Meu exemplo do por que a Naiara está errada, pretendo mandar minha história pra Cony (quando puder começar mandar e-mail denovo): Minha mãe fez isso com meu pai, e eu sofria tanto, uma menina, isso nao se faz com uma criança, ela não desrespeitou só meu pai, mas sim a mim também. Criança tem um senso de justiça muito grande e toma as dores de quem sofre. Fiquei 6 anos odiando minha mãe, ela perdeu minha guarda e do meu irmao de 5 anos, que na época sentiu tanta falta dela que desaprendeu a escrever, ler, desenvolveu problemas psicológicos que o atrapalham até hoje alcançando seus 15 anos. Sem falar em toda humilhação que ela sofre até hoje, amigos e até familiares que ela perdeu. A vida cobra caro dessas atitudes, hoje tenho um relacionamento maravilhoso com ela, mas poderia não ser assim.

  34. #57
    Amanda
    30.01.2015 - 14:25

    Olá meninas!

    O caso da Naiara: Eu acho muito injusto trair uma pessoa, ainda mais quando ela não nos dá motivos para isso (e isso não está claro no texto, mas parece que seu marido não é ruim para você Naiara)… acho que mentira tem perna curta e ainda que seu marido não saiba de nada, isso nao significa que ele nunca irá descobrir…
    Não imagino ter uma filha especial, ficar com outro cara e depois voltar para casa e olhar nos olhinhos dela e do meu esposo, eu me sentiria muito culpada… porém não vou te condenar Naiara, eu só acho que você deveria dar essa história por encerrada, pois está na cara que o seu ex-chefe só quis se aproveitar… e eu aprendi que homem fala qualquer coisa para faturar uma garota… e tentar focar no seu casamento pois acho que seu marido não merece isso… merece que você dê valor a sua família pois homem bom, honesto, de caráter está difícil! E para ser marido então, que te assuma, mais ainda!

    No caso da Jussara, de onde você é? Tenho certeza que meninas vão querer se tornar tuas amigas, pois o Fufu tem leitoras em todo Brasil, e se você for de Aracaju, eu teria o maior prazer de te ajudar no que for possível! 🙂

  35. #58
    Preta
    30.01.2015 - 14:38

    #todaschateadas

    Vou comentar o segundo caso antes de todos, porque SÓ QUEM ESTÁ DO OUTRO LADO SABE O QUANTO É UMA PUTA DE UMA SACANAGEM SER TRAÍDO.

    Pois é…eu já vivi do outro lado, fazendo de um tudo pra pessoa, e fui traída da forma mais cruel e horrenda possível. Então, não só por isso, mas pela questão do RESPEITO — que é bom e todo mundo gosta — eu faço questão de mostrar meu desagrado a essa situação.

    Pra mim, traição é escolha. Não existe essa de “ah, não consigo esquecê-lo”, ou “ah, é mais forte que eu”. Na boa…conversinha pra boi dormir. ( #revolts)
    Não estou aqui pra julgar ninguém, porque também não gosto de ser julgada.
    Estou julgando as ATITUDES.

    Uma boa saída, agora, seria a de assumir seu erro, fazer algo para reparar isso, e usar de HONESTIDADE com seu marido e com sua filha.

    Veja…todo mundo tem direito de ser feliz e buscar sua felicidade. Mas não às custas dos sentimentos de outra pessoa, ou pisando neles, ou desrespeitando as pessoas.

    Portanto, em respeito à tudo o que você já viveu com seu marido, e pela família que construíram, faça algo concreto com relação a isso.
    Apruma essa vida, menina.

    —————-
    Jussara: bato infinitas palmas pra você, pela força e coragem. De começo, dá até pra ficar meio triste com sua história, mas olha…eu não consegui. 🙂

    Acredito realmente que Deus só dá pra gente o que aguentamos. Ele sabe o tamanho do seu coração, da sua vontade, e sabe o tamanho da guerreira que Ele tanto ama.

    Vá em frente e faça amigos — são a família que escolhemos ter. Não deixe de se reservar um pouco, isso vai te fazer bem…e fora que amigos amiiiiiiiiiiiiiigos são muito poucos, mas quando você encontrar…minha nega…aí você vai saber o que é tesouro! Sorte, muita sorte pra você. Estou na torcida, e se quiser uma amiga…estou aqui pra você, viu, amada? :*

    ———————–

    SQETE: muito muito muuuuuuuuuito obrigada por me encher de esperança novamente!
    Não sei se alguém está acompanhando aquele seriado da Paola (#vaca) mas ele tem me deixado bem triste…bem sem esperança de amar e ser amada com tudo o que tenho direito…
    Sua história aqueceu meu coraçãozinho de novo, e desejo muita sorte pra você, viu?

    Bom saber que Deus sempre reserva a tampa da nossa panela pra gente né? 🙂

    Conyta…muchas gracias! Sempre!

    #todasamamofufu

    • #59
      Camila
      30.01.2015 - 16:46

      Menina, aquele seriado também me dá um mal estar terrível!

  36. #60
    Chrys
    30.01.2015 - 14:47

    Jussara, linda, vem pra cá que eu quero te dar um abraço!!! Olha eu não posso imaginar a barra que você passou, mas acredite, coisas ótimas aconteceram para ti! Vou deixar meu face, sinta-se totalmente à vontade para add, moro no interior de São Paulo.
    Beijo, fique com Deus! https://www.facebook.com/chrystiane.silveira

  37. #61
    Marô
    30.01.2015 - 14:50

    Oi, meninas 🙂

    Caso 1: meus sentimentos pelas suas perdas, mas, bola pra frente. Acho que um psicólogo pode ser super legal pra vc colocar certas coisas pra fora, não deixe de procurar ajuda profissional. Se cercar de amigos, contatos e um amor. Formar a sua família pode ser ótimo!

    Caso 2: essa história de “filho precisa de pais juntos” é descabida e pretexto bobo pra arrastar relações falidas, como a sua, onde falta respeito, coragem e auto estima. Não se mantem casamento por filhos e más relações muitas vezes são piores que pais separados. O seu colega evidentemente dá desculpas porque não está afim de nada sério com vc, do contrário, já teria evoluído o caso e vc já estaria separada – e aí se ele te quisesse não diria que seu casamento é importante “pra sua filha”, pois isso é desculpa. Na minha opinião, vc age de forma leviana consigo mesma ao viver um casamento de mentira. E, ME PERDOE O JULGAMENTO, mas, sempre achei traições infames, mas, depois que casei e vejo como é a vida a dois, a cumplicidade e tudo mais, sinceramente, meu repudio aos traidores triplicou. Cada um colherá o que plantar e não terá resultados diferentes se não agir diferente.

    Caso 3: parabéns pela superação. Quem tem ação pra buscar algo novo sempre vai encontrar coisas melhores na vida, como vc encontrou! Faz diferente, recebe diferente e o cara lá de cima as vezes demora, mas, sempre manda o nosso troco. Sejas feliz com seu amor! 🙂

    Bjx!

  38. #62
    Fernanda
    30.01.2015 - 14:55

    Querida Naiara,
    tô passada com o seu caso crônico de egoísmo (com seu marido e sua filha) / falta de respeito com o sentimento de quem está ao seu lado e com a sua falta de amor próprio.
    É mta sacanagem usar o marido como muleta emocional… O cara fica lá com a filha, te esperando, enquanto vc está trabalhando longe de casa, se aventurando com um cara que só quer vc de lanchinho, pensando em um cara que não te quer mas com o conforto de que se nada der certo vc tem sua família te esperando.
    Você tem noção da dimensão da sua traição? Você deveria assumir o que vc quer e deixar o seu marido ter a chance de ser feliz com alguém que realmente goste dele, pq esse alguém não é vc.
    Sinceramente, acho que vc não gosta nem de você… Ficar rastejando pro típico chefe cafageste é mta falta de amor proprio. Acorda, deixa as outras pessoas ao seu redor serem felizes, e tente encontrar a sua felicidade sem usar os outros como segunda opção.

    • #63
      Fernanda
      30.01.2015 - 16:28

      Xará, FALOU TUDO!!!!

  39. #64
    Luciana Bataglia Mesquita
    30.01.2015 - 14:56

    Melissaaaaaaaaaaa, super me identifiquei!

    eu tb tô nessa, trabalhei com o ex e a aluna que ele me traiu até dezembro.

    Agora, emprego novo, bofes novos, pessoas antigas que fizeram muita falta e vida linda, plena, nova. Tentei namorar, mas ele tb arrumou um emprego muito bom em Brasília e decidi deixar o novo amor livre. Pra que se for real, ele aparece (e aparece todos os dias). Quando der nos vemos, se não der, tudo bem.

    Pois agora quero apenas transmitir leveza a quem estiver ao meu lado. 🙂

    Parabéns!

  40. #65
    Natali
    30.01.2015 - 14:58

    Bom…sou daquelas que nunca comento!
    Mas hoje tive vontade de participar rsrs
    A Naiara escreveu:
    “não sinto mais atração sexual pelo meu marido”
    “Eu amo meu marido como amigo, tenho ele como um irmão”
    Naiara, pra mim, apenas estas duas frases, já são mais do que evidentes que continuar com o seu marido não é uma boa escolha.
    Imagina, conviver com uma pessoa todos os dias, acordar e dormir lado a lado todos os dias…e pensar em outro, pra mim isso é inadmissível. Acima de tudo, deve-se ter empatia, se coloque no lugar do seu marido…
    Continuar um casamento por ser “estável” (sim, estável entre aspas, pq né…deixa pra lá).
    Colocar um filho como justificativa, mesmo que especial?
    A separação é difícil? Sim. Se acostumar com uma nova rotina, é complicado?
    A separação não isenta a responsabilidades dos pais. As responsabilidades serão divididas normalmente, bem como a participação da vida do filho (válido para aqueles que querem ser pais de verdade).
    A vida é muito curta para perdermos tempo ao lado de pessoas que não desejamos.
    E assim como a Cony mencionou, meu lema de vida é “O que você faz hoje, pode voltar para você…seja daqui 1 horas, 1 mês, 1 ano…40 anos. Por isso sempre tento fazer o que acho correto, o que gostariam que fizessem comigo…se por acaso, meu namorado estiver me traindo e alguém estiver rindo nas minhas costas, me desejando o mal…EU, estarei com a minha consciência limpa e tranquila…e que o mal que por virtude um dia eles poderão me causar, retornarão somente a eles. E o sofrimento que eu poderia sentir no momento…sei que será passageiro…o importante é eu ter a tranquilidade de saber que fiz de tudo para dar certo, mas infelizmente, não posso controlar os outros.
    Nada como estar bem consigo mesmo.

  41. #66
    Vanessa Maria
    30.01.2015 - 15:02

    Abomino traição! Já fui traída e sei bem o que é ser feita de palhaça ( sim por que é assim que quem é traído se sente.
    Quando eu descobri a traição eu me divorciei pois nao aguentei a barra. Pra mim vaso quebrado mesmo colado nao é mais o mesmo vaso e pra mim nao dá!
    Entao, depois que me divorciei eu acabei me envolvendo com um ex que eu fui apaixonada na adolescencia, saimos por uns bons 3 meses e eu finalmente descobri que ele era casado!
    Fiquei muito puta da vida ( desculpe a palavra) mas me senti uma idiota pois eu penso o seguinte; se o cara trai a mulher dele nao adianta prometer mundos e fundos, que vai largar a mulher pra ficar com a amante pq nao vai!
    Me senti suja pois me coloquei no lugar da mulher dele e lembrei que eu ja fui traida entao quando eu soube e comprovei que ele era casado eu dei um chega pra la no cara ( mesmo estando apaixonada pois eu estava…). Terminei tudo.
    O cara ficou igual cachorro atras de mim e me prometendo mundos e fundos ( claro que eu nao acreditei pois sei bem como é esse papinho). O sem vergonha só parou de me procurar quando eu ameacei contar tudo pra mulher dele.
    Pra voces verem como esse tipo de homem é covarde…
    Pois bem, mesmo triste com tudo isso eu acho que a dignidade é que vale. Eu jamais iria querer ser amante de alguem e ficar correndo atras de homem sendo casada é o fim da picada!
    Se nao ta bom, separa e resolve sua vida pra poder correr ser ao menos honesta consigo mesma.
    Olha Cony, tb fiquei chateada com o segundo caso. Todo mundo erra mas insistir no erro já é burrice.

  42. #67
    30.01.2015 - 15:05

    Achei o 2º caso uma safadeza sem fim. Sei que não podemos julgar ninguém, mas pelo contexto, achei muita sacanagem com o marido. Se ela não ama o marido como marido, e sim como amigo, acho mais digno terminar o casamento, porque o amor pode acabar, mas o respeito não.
    Pro 1º caso, só posso dar força, pq imagino que não deve ser nada fácil. E pro 3º, mando meus parabéns! Antes de qualquer coisa, a gente tem que SE AMAR!

  43. #68
    Dany
    30.01.2015 - 15:07

    Jussaraaaaaaaaaa!!!!
    Pode me add!!!
    https://www.facebook.com/danielle.sartoram

    Quanto aos demais casos, última amiga, COMPARTILHO SUA FELICIDADE!!!! Que coisa boa!!!!

    E Naiara… não quero comentar. Pois tudo já foi dito, né.

    Beijos

  44. #69
    Izabela Ribeiro
    30.01.2015 - 15:15

    Concordo com o comentário acima que hoje tivemos 2 Sorria e 1 Chora!

    Jussara, se tiver em BH dá um toque que a gente se encontra e conhecemos pessoas novas!

    Naiara: Não use a doença da sua filha como muleta para os seus problemas. Assuma suas escolhas e encarem as consequências delas de frente, seja qual forem. É isso que mulheres de verdade fazem!

    Melissa: que bom que tudo ficou bem pra vc.. desejo toda felicidade!!!

    PS: Cony, como faz pra entrar no Grupo do Amigas do Futilish? Meu face é http://www.facebook.com/izabelagrambela

    Beijão

  45. #70
    Geovana
    30.01.2015 - 15:16

    Ah Naiara, me poupe viu… Que belo papelão! Não só por trair o marido, mas ficar se humilhando pra cafajeste. Aff

  46. #71
    30.01.2015 - 15:34

    Não tem nem que comentar do segundo caso, né? É falta de noção mesmo… O terceiro me deixou super feliz!
    Mas quero dar ênfase no segundo. Ju (posso chamar assim?), que vida! Você já tem uma bagagem que muitas pessoas não tem surante toda uma vida, hein? Também tenho 20 anos e acho difícil acreditar na sua força! Pela idade, acho que nos daríamos muito bem! Adiciona aí no Facebook (https://www.facebook.com/silvia.e.dasilva) ou manda e-mail (silvia_e_s@hotmail.com). Podemos ser boas amigas!

  47. #72
    30.01.2015 - 15:39

    Naiara, minha filha esse sentimento que vc tem pelo seu chefe tem um nome TESÃO, no seu caso desenfreado!!! Me desculpem a palavra, mas amor de pica não leva ninguém a lugar nenhum.
    Se vc quer ficar com sua família pelo bem de todos, fique inteira, não pelas metades.
    boa sorte!

  48. #73
    Fabi
    30.01.2015 - 16:26

    Nayara,
    Vou me privar de emitir a minha opinião e tentar te ajudar a organizar um pouco sua cabeça. Sei que nessas horas a cabeça e o coração fazem tanto barulho que é difícil aquietar é saber a quem escutar.
    Vamos ao exercício de pensamento:
    1) caso você estivesse desimpedida, você acredita que estariam juntos? Pergunto isso porque, apesar de ter lido muita coisa sobre “os homens mentem para conseguir o que querem”, me parece que o argumento dele para não reatar o caso é de que quando vocês estão juntos ele acaba querendo mais do que o que a sua condição de casada te permite dar. Se for esse o caso, acho legítimo o que ele está dizendo.
    Pense que nessa situação há muitas pessoas sendo afetadas – algumas por opção (vc e o boss) e outras, não. Tenha certeza que a maneira como você está conduzindo seu casamento hoje já afeta ao seu marido e também a sua filha. “Ficar em casa” da maneira como você descreve certamente não está poupando ninguém e provavelmente só aumentando os ressentimentos presentes e futuros de todos os lados.
    2) se todos as barreiras fossem transpostas e essa relação migrasse de “fogo e paixão proibida” para algo “usual”, você conseguiria ver futuro em um contexto que envolvesse este homem, você e sua filha? Ainda que em uma rotina de namoro, por exemplo, você acha que essa equação funcionaria? Em outras palavras, a minha pergunta é se o que te seduz nessa relação não é exatamente o fato de ela não ter todas as facetas que um compromisso traz (rotina, contas, criança com ou sem dificuldades…).
    Essa relação te seduz por ser uma fuga ou por ser um envolvimento diferente do que você já tinha experimentado até então na vida?

    Poderia me alongar mais, mas acho que essas são as principais perguntas que você deve buscar responder com sinceridade.
    Se optar por ficar, fique de corpo e alma. Não pense que ficar será mais fácil do que partir, pois vai exigir um tremendo esforço da sua parte para se reconectar a essa relação e não punir involuntariamente (e ainda mais) seu marido e sua filha pela sua decisão.
    Se achar que deve sair de casa, vá e lute pelo que você entender ser sua felicidade.
    Qualquer que seja a sua decisão, será difícil, mas te trará o conforto de poder se dedicar integralmente e não em parte à vida que você quer.

    • #74
      Anita
      31.01.2015 - 14:39

      Isso sim é um comentário construtivo, sem julgamento barato que não ajuda a menina em nada, pelo contrário, só a deixa com a autoestima pior do que já parece estar. Parabéns pelo modo como colocou sua posição, com certeza vai ajudá-la.

    • #75
      Cla
      01.02.2015 - 00:58

      Parabens pela lucidez em seu comentario! Mto claro e sincero. Acho que a proposta desses posts não eh criticar simplesmente, e sim oferecer alternativas, conselhos, questionamentos. Dizer que Nayara esta errada eh facil, mas disso ela nao precisa! Precisamos parar com comentarios baixos, xingamentos e julgamentos, para que possamos extrair dessa tag as mais diversas vivencias, experiencias e opinioes. So assim sera algo positivo!

    • #76
      Amanda
      01.02.2015 - 11:14

      Nossa! Parabéns pelo comentário! Achei alguns muito agressivos. Começando com um “não estou julgando” e logo em seguida um monte de crítica destrutiva e não construtiva.

    • #77
      Luciana
      03.02.2015 - 08:57

      Sensacional Fabi! Parabéns pela sensatez, pela neutralidade e pelo cuidado com suas palavras. Confesso que fiquei chocada com a quantidade de pedras atiradas à Naiara. Ninguém, somente Deus e Naira sabem o que ela passou para chegar ao ponto que chegou…esse desabafo foi apenas um “recorte” da situação. Não estou justificando a traição. Eu mesma fui traída e sei a dor profunda que isso nos causa, e as cicatrizes que ela deixa. E pode parecer clichê o que irei falar, mas somente Deus pode nos julgar. Estou na torcida para que vc acalme o seu coração Naiara, e que tenha clareza e discernimento para sair dessa situação da melhor forma possível. Fica em paz viu.

  49. #78
    Renata
    30.01.2015 - 16:33

    Falar, até papagaio fala.” Adorei! E é bem verdade… Boa Cony!

  50. #79
    Carol
    30.01.2015 - 16:38

    É impressionante como o ser humano gosta de julgar o outro, né?! É aquela velha história ‘o macaco senta no próprio rabo para falar do outro’. Óbvio que a Naiara está vivenciando uma situação complicada, mas ‘neguinho’ aqui exagera nos comentários e no julgamento alheio. Ninguém aqui tá na pele da coitada para falar tantos ‘absurdos’. Olhem-se no espelho! Sejam mais respeitosas e destilem menos veneno.

  51. #80
    Renata
    30.01.2015 - 16:39

    Naiara, eu acho que se seu chefe quisesse ficar com vc, essa historia de casamento estavel nem existiria… Você já teria se separado! O fato é que ele não te quer por inteiro, apenas como um caso ( e pelo jeito, nem isso ele quer mais). Então se valorize, respeite seu marido e tome uma decisão. Voce acha que esse “chefe” seria um bom pai para sua filha? Um relacionamento vai muito além de atração… E se vcs dois ficassem juntos, passado um tempo , a relação sobreviveria? Nao é preciso amor, companheirismo, paciência, para fazer dar certo? Não se engane… Homem bom e de caráter está em falta ultimamente. Valorize o que você tem em casa para nao se arrepender depois!

  52. #81
    Renata
    30.01.2015 - 16:41

    E Cony, adorei seu posicionamento! Demonstra que além de linda, você é uma mulher de caráter! Um belo exemplo a ser seguido nesse mundo de futilidades e valores invertidos!!!

  53. #82
    Renata
    30.01.2015 - 16:42

    O problema das pessoas (e no caso, da Naiara) se chama EGOISMO. As pessoas correm atrás da tal “felicidades” custe o que custar, nem que isso signifique passar por cima dos outros, de valores e sentimentos alheios. Olhar para o próprio umbigo e justificar dizendo que é para “o bem” da família, é a coisa mais incoerente que já ouvi na vida… Se colocar no lugar do outro, e imaginar a situação contrária ninguém quer, e se perguntar se acharia digno se o marido fizesse o mesmo pensando “no bem comum”. Traição é a coisa mais repugnante do mundo, principalmente em circunstâncias assim. O estrago que fica na pessoa traída é tão grande, as vezes irreversível, que jamais pode ser classificado como um “bem”. Em hipótese alguma.

  54. #83
    Mary
    30.01.2015 - 16:53

    Meninas apos ler a seg historia e comentarios, tive a curiosidade em saber oque vcs pensam sobre o poliamor, pois sou casada com dois, um vivo a 14 anos e outro a 7 anos.
    Entre eles existe uma distancia de 100km , pois moram em cidade destintas e com isso tenho duas casas e dois mundo e, cada semana me dedico a um a 7 dias seguidos.
    Tenho 36 anos, tenho uma vida financeira boa e, meus dois maridos tem isso muito bem resolvido na cabeca deles sem sofrimentos e dedicados,vivemos bem.
    Mais logicamente e uma situacao escondida da familia e sociedade,infelizmente.
    Posso nao ser fiel vivendo essa situacao , mais procuro ser o mais leal e verdadeira possivel com essa duas pessoas importante p mim.
    Oq vcs acham deste tipo de relacionamento aberto ?

    • #84
      Constanza
      31.01.2015 - 12:47

      Se é algo escondido, ja não acho legal. Se deveria ser bacana, pq esconder? E acho mt ¨moderno pra minha cabeça. Prefiro me concentrar em um so rs

    • #85
      Anita
      31.01.2015 - 14:42

      Acho que toda relação amorosa é um arranjo combinado entre os envolvidos. Se estão felizes assim, ninguém tem nada com isso. Eu te compreendo, vivo um relacionamento fechado, mas já conversei muito sobre o assunto com meu companheiro. Acho que isso de achar que todo namoro/casamento segue a mesma fórmula é exatamente o que deixa muita gente frustrada, reprimindo seus reais desejos e vontades em nome de uma posse que se confunde com amor. Mas na boa, pela mentalidade da maioria das meninas aqui, se eu fosse vc, nem ficaria expondo isso, hehe. Daqui a pouco vem uma dizer que isso não é amor, é safadeza.

    • #86
      Laila
      31.01.2015 - 21:41

      Se vcs três entraram num acordo e todos estão satisfeitos, não vejo problemas. O importante é que vcs se entendam, o resto do povo não tem nada a ver com isso. Seja feliz do jeito que funciona pra vc.

  55. #87
    Lila
    30.01.2015 - 17:00

    Cony, tô contigo e não abro! Ratifico todas as suas palavras!

  56. #88
    Jessica
    30.01.2015 - 17:12

    Gente, fiquei chocada com o 2° caso!

    Nayara, se você não gosta mais do seu marido, tome uma atitude! Como você se sentiria se estivesse no lugar dele? Iria gostar de saber que ele te traiu, e ainda corre atras da pessoa que o rejeitou?

    Filho não é justificativa pra manter casamento desde 1800. Assuma a responsabilidade pelas suas decisões. A situação especial da sua filha deixa as coisas mais complicadas, mas nada é impossível de resolver.

    Familia só é familia quando as pessoas contam umas com as outras.

  57. #89
    Patrícia
    30.01.2015 - 17:16

    Eu sei que não era pra rir, mas gargalheeeei!
    E tbm to chateada!!!
    *Ainda chateada!!!

  58. #90
    Tati
    30.01.2015 - 17:16

    Assustada com os comentários aqui..Estamos mesmo no século XXI?Todos perfeitos,sem erros, sem deslizes,sem bolas fora? Vocês estão confundindo moral com ética, julgando o caráter de alguém por seu comportamento sexual..Isso sim é feio demais… Se a menina,escreveu aqui,é lógico que não está achando legal a situação em que está..Vida a dois é coisa difícil,pros dois lados..Casamento não é só o que está nos blogs de moda,gente..Relações tem idas e voltas, altos e baixos…Alguém sabe como é esse marido?que tipo de vida ela leva? Não sabem opinar sem julgar?affee

  59. #91
    Tati
    30.01.2015 - 17:18

    ps:moças,como vocês são machistas… 🙁

    • #92
      Fernanda
      31.01.2015 - 15:40

      Quer dizer que machismo é não concordar com falta de caráter e pensar nos sentimentos de quem está sendo enganado???

      E feminismo é compactuar com atitudes infames só pq a outra pessoa é mulher?

      Querida, vai ler sobre feminismo, machismo e reflita sobre caráter e valores antes de chamar os outros de machista.

  60. #93
    Carol Fernandes
    30.01.2015 - 17:26

    Jussara,

    Fiquei comovida com sua história.
    Se quiser conversar um pouco, estou aqui.
    https://www.facebook.com/carollfernandes

    Bjs

  61. #94
    Carol Fernandes
    30.01.2015 - 17:34

    Naiara,

    Isso não é legal. Ainda mais pq pelo que vc falou, ele não merece. P. sacangem com ele.
    Tive um relacionamento de 8 anos, mas no final não estava legal nem pra mim nem pra ele, qdo me vi interessada em outra pessoa demorei mt a ter coragem para terminar, mas qdo terminei, foi a melhor coisa tanto pra mim qto pra ele.

    Se não está legal pra vc, termine e vá procurar ser feliz com alguém que realmente te dê valor.
    Não machuque quem te quer bem como seu marido. Vcs podem ser amigos, tem uma história juntos, mas se ficar sacaneando ele, nem a amizade vai restar, pois o casamento pelo jeito já era.
    Sei que é difícil receber todas estas críticas, mas imagina se fosse seu marido fazendo isso com vc? Tenta inverter a situação e verá que vc precisa tomar uma decisão.
    Coragem, mulher, coragem!

  62. #95
    Ana
    30.01.2015 - 17:39

    Jussara, meu bem! Você é guerreira viu? E com essa sua história a gente só pode perceber que o seu propósito aqui nesse nosso mundo é enorme, e ele nem começou ainda. Você é abençoada e muitas coisas boas virão pra você. Sucesso, coragem e fé!
    *Não te passo meu facebook porque não tenho 😐

    Melissa, obrigada por dividir sua história conosco e encher nossos corações de esperança. Boa sorte nesse novo casamento, que vocês sejam super felizes 🙂 :*

    Agora sobre a Naiara, jesus, fiquei com medo de quando esse mundo der a volta o que vai vir pra cima dela, porque vamos combinar né? Posso ter realmente entendido errado pelo depoimento que ela mandou (eu e todas as leitoras do fufu), mas não teve motivo, foi só sacanagem mesmo, jesus. Tristeza um negócio desses.

  63. #96
    Cla
    30.01.2015 - 18:03

    Jussara, lamento por suas dores 🙁 meus conselhos seriam:
    1. Tentar ir num psicologo, pois seria alguem pra te ouvir e te aconselhar
    2. Fazer amigos. 1 que seja, mas que seja alguem que acompanhe, que te anime, que te apoie, te coloque pra cima! Amizades podem surgir de locais muito improvaveis. Faça um curso, um esporte. Daí podem aparecer pessoas muito legais!
    3. Procure seu pai. So assim vc saberá se realmente ele nao quer saber de vc, e quais sao os motivos dele
    4. Invista em vc! Busque seus sonhos – pessoais e profissionais. Sobretudo, tenha sua formacao profissional, busque um trabalho, construa seu futuro. Estude!
    5. Não se entregue diante das dificuldades. Sei que não conheco vc, mas admiro sua força (pelo texto).
    Tenho ctz que vc vai ser mto FELIZ ainda! As experiências -boas e ruins- vem pra nos ensinar, e constuir nosso carater. Faça tudo POR VOCÊ. VC VAI SER VENCEDORA, AO FINAL:)
    tudo vai se ajeitar com o tempo, tenha fé! Vc perdeu sua mae sendo mto jovem, mas vc tem a vida pela frente, e teve a oportunidade de ter uma mae tao especial e que gostaria de vê-la feliz! Aproveite cada dia como uma chance de recomeçar. Em breve vc terá amigos, e construirá uma familia se assim desejar. Boa sorte nos seus planos, e que tudo dê muito certo (dará!).

  64. #97
    Cla
    30.01.2015 - 18:11

    Naiara, acho que vc deve repensar o que vc realmente pretende e sustentar essa decisão: ou vc quer uma vida instável com seu chefe (e será que “essa vida” vai existir msm? Pelo que vc contou, ele nao demonstra que quer!), ou vc decide investir no seu casamento. So acho que o motivo de vc estar junto ao seu marido ainda, nao pode ser sua filha! Se for sua vontade, tente reconstruir seu casamento, dedique-se a isso, tentando trazer à tona novamente o que vc sentiu um dia por seu marido, para que isso passe de um sentimento fraterno ou de amizade:) mas qqr que seja sua decisao, 1. Faça por VOCÊ (ficar com o chefe não a impede de ser boa mãe), 2. Decida por um dos dois, so assim vc terá uma vida plena e tranquila (ficar em cima do muro so vai piorar as coisas). Tome uma decisao e faça todas as suas apostas nela. Veja o que vc estará arriscando, em cada uma, e o que vc consegue suportar

  65. #98
    dani
    30.01.2015 - 19:18

    Naiara que safadeza!!!!
    se nao sente atração pelo seu marido, se o ve como amigo ou irmao SEPARE!!! na minha opiniao vc so está usando ele… os motivos só vc conhece, mas se mantem um casamento falido com certeza tem interesse (nao necessariamente financeiro) por traz!!!
    Respeite seu marido, sua filha a a si mesma!!!

  66. #99
    Cris
    30.01.2015 - 19:23

    Cony, muda a tag pra “Chora que eu te enxugo”! Zeus do céu!
    Jussara, procure uma terapia pra te ajudar a superar este momento, desabafar e conversar com um psicólogo deve ser bom pra você, é muito luto junto pra segurar sozinha. A gente aqui no blog dá algumas dicas, mas no teu lugar eu pelo menos gostaria de poder contar com alguém com mais frequência pra conversar.

  67. #100
    Sandra
    30.01.2015 - 19:39

    Essa Naiara é cara de pau mesmooooo
    tem muitas Naiaras por ai gente, e quando digo muuuitas é Muuuuitas mesmo!! mas geralmenete elas sabem que são safadas e não se importam com isso, mas essa dai ainda se faz de vitima…tipos: äi eu amo uma pessoa que me rejeita, o que eu faço???”Certo é o ex chefe que não quer ver ele, com certeza já sacou a louca que ela é….e o que queria com ela já teve…

  68. #101
    Maria Cláudia
    30.01.2015 - 20:24

    Como médica psiquiatra gostaria de me pronunciar à Jussara. Procure ajuda profissional. Psiquiatra e psicólogo. Sua história é fortemente marcada por traumas que nem sempre se mostram tão óbvios na psiqué do dia-a-dia mas para mim está bem claro que você já adoeceu.

  69. #102
    Izabela F.
    30.01.2015 - 20:26

    Em relação à Naiara, concordo com a Cony: esse ex chefe diz pra ela tudo o que ela quer ouvir pra deixar ela igual cachorrinha atrás dele. Se ele realmente fosse louco por ela, tomava atitude de homem e assumiria ela com a filha especial e tudo. Homem quando realmente gosta, assume a mulher com o pacote completo. Mas acho que, la no fundo, a Naiara sabe que ele nunca assumiria uma relação com ela e só está mantendo ela no banho maria, pois se ela tivesse essa segurança, já teria se separado…

  70. #103
    Nenna
    30.01.2015 - 20:44

    – Jussara queridona!!

    Olha só nós temos um grupo no WhatsApp que foi criado depois que a Cony fez o grupo no facebook, tem gente do Oiapoque ao Chuí.
    Todo mundo gente boa, coração bom, animada, bem humorada! Rimos, desabafamos, aconselhamos trocamos dicas de tudo!

    Se quiser participar me chama no wpp (71) 9161-9918, se não for avisa aqui pra a Cony apagar meu comentário com o telefone, até amanhã né?

    Mas vc será muito bem vinda!!

    E Nayara dixxcarada, eu resolvo seu problema em dois tempos! Já usou a empatia? Já se colocou no lugar de seu marido? Ou da esposa do seu chefe? Pronto! Agora vamos parar com essa palhaçada! Pq erra uma vez é humano, mas persistir no erro é falta de respeito, nesse caso!

    Bjs bjs

  71. #104
    Nayara
    30.01.2015 - 21:23

    Jussara, me vi muito na sua historia. Perdi minha mae para o cancer em abril do ano passado. O processo todo foi terrivel a ainda tento superar diariamente…
    Voce parece ser uma pessoa muito forte, como eu aparento ser. Mas sabemos que no intimo só queremos pegar o telefone e desabafar com nossa mae de volta…

    Olha, se quiser desabafar comigo, estou aqui: nayarapc@gmail.com

    Um beijo pra vc!

  72. #105
    Marilia
    30.01.2015 - 21:26

    JUSSARA
    Jussara, seu depoimento é um misto de coisas e não dá pra entender bem o que realmente te incomoda. Obviamente sofreste muito na vida, está na hora de “moer” sofrimento por sofrimento, o que te incomoda mais, o que está difícil de superar e o que é mais fácil. Pequenas conquistas vão te ajudar a viver bem.
    A ideia da terapia, um psicologo e seguramente a ajuda de um psiquiatra para alguma medicação (antidepressivo, sinto nas suas palavras que você se beneficiaria, não é a solidão somente que te aflige, mas suas perdas, seus traumas).
    A solidão não é a falta de amigos em quantidade, mas a falta de pessoas específicas, infelizmente nada vai substituir sua família perdida, mas há meios de lidar com isso. Você foi tão machucada pela vida, amou tanto e perdeu quem amou que agora se enclausurou em si mesma e só quem a machuca é você própria, mas também ninguém consegue te alcançar. Isso deve ser trabalhado lentamente. Se perdoe e se permita. Também tive perdas na vida (ah, esse câncer infeliz que leva as nossas mães cedo demais) e hoje sou uma pessoa feliz, apesar de conviver com uma depressão congênita. Isso me faz apreciar coisas simples com outros olhos.
    Boa sorte.

    NAIARA
    Não faça aos outros o que não quer que façam pra ti.
    Ter uma filha especial não é motivo para a manutenção de um casamento em que só se tem amor fraternal. Você não está protegendo sua filha, está protegendo você mesma, isso é covardia. Seja corajosa com você, se quer dar uma chance ao seu marido, se atire de cabeça, nada de metade de si pensar no outro, mas se não quer isso, seja honesta. Você não merece um marido que a traia e te ache uma irmã, portanto, seu marido não merece isso também. Talvez tanta paixão pelo seu chefe seja uma forma de fuga do seu relacionamento, seu inconsciente quer dar um basta no casamento, mas o cara é bom, te dá estabilidade, comodidade, tem filhos, etc, e você não arruma um “motivo” plausível o suficiente. Sei lá, dá um tempo, fica separada, abre o jogo (pra você mesma) e primeiro resolve teu casamento, depois você pensa se vai ficar no jogo de gato e rato com seu chefe. Mas só te digo uma coisa, ninguém merece viver de caso, é muito “mínimo” pra uma vida, um amor, pra tanto sentimento. É muito podre, desonesto esconder um celular, se ver em horas marcadas, fugitivas. Você merece mais. As pessoas merecem mais.
    Eu vi muita gente te apedrejar, eu não concordo com a sua atitude, mas você tocou num ponto essencial, o fato da sua filha ser especial, o fato de você viver uma vida dupla. Você não está satisfeita com a sua vida, mas ainda não percebeu que você pode mudá-la, não totalmente. Seja corajosa e honesta. O mundo dá de volta coisas boas para pessoas que merecem.

    Melissa
    Maravilhoso depoimento, seu muito bem o que é isso!!!

  73. #106
    Helenna
    30.01.2015 - 21:38

    Jussara querida!!!! Vem ser minha amiga o//

  74. #107
    Melissa Hills
    30.01.2015 - 22:24

    Estou achando surreal a reação ao caso 2, da Naiara. As leitoras abriram um buraco no chão, enterraram a mulher e apedrejaram…E sempre com aquele início ” não quero julgar ninguém”. Ela está perguntando se está certa ou errada? Não, está pedindo ajuda.E se uma pessoa se expõe dessa forma, acredito que esteja realmente angustiada, sem rumo. Paixões as vezes servem de fuga da realidade, ainda mais quando a realidade se mostra difícil. É mais seguro pensar no amante do que lembrar que existe uma filha especial, que precisará de uma cirurgia e cuidados extras. Procure uma terapeuta, Naiara. Insistir em ser rejeitada se tornou um sintoma, e persistir nesse ciclo não trará resolução alguma. Pais de filhos especiais as vezes se sentem culpados, ou culpam o parceiro e tendem a se auto punir, assim como punir o parceiro. Boa sorte na terapia, espero que sua vida se ajeite. E as leitoras, digo que já fui traída e abandonada, mas não me reservo o direito de condenar a forca quem me traiu. Luz e paz !

    • #108
      Heloisa
      31.01.2015 - 10:28

      Melissa, concordo com vc. A impressão que dá é que aqui só tem santas…

      • #109
        Constanza
        31.01.2015 - 12:36

        Acho que nao é questão de ser santa, o problema é trair e achar isso normal e achar mais normal ainda manter um casamento pq é ¨estável… pensar no marido e na filha nada ne? Mas correr atras de amante que rejeita é ok? Acho que vai muito alem de ser santa ou nao.

        • #110
          Naiara
          09.02.2015 - 10:36

          Não acho normal trair. Nem manter casamento com traição. Por isso não traio mais. Errar é humano.

          • #111
            Constanza
            09.02.2015 - 10:58

            Bom, ate onde vc escreveu no mail, parecia ainda tentar algo com o ex chefe. Se nao for isso, PARABENS!

    • #112
      Karla
      31.01.2015 - 13:28

      Primeiro comentário sensato que leio para o caso 2.
      Naiara, casamento não é fácil ainda mais com um filho especial. Eu entendo o que Você está passando, com o tempo a rotina e as responsabilidades podem acabar arrefecendo o tesão, mas seu marido me parece uma pessoa legal (O que mais vejo é homem fugindo de situações difíceis como esta). Acho que você está precisando de emoção e aventura, mas você não precisa buscar relacionamentos extraconjugais. Viaje com seu esposo, compre lingerie, testem novas posições. Aja como se precisasse reconquistá-lo que ele perceberá o que está precisando e também te reconquistará.
      Sim, você fez merda. Mas não precisa colocar tudo a perder por causa disso, mude o rumo. Invista no seu casamento e na sua família. Amor não é o que você sente, mas o que você faz. Com o tempo voltará a amar seu marido.
      Quanto a sua filha, não deixe que o cansaço e as preocupações que o problema dela te traz te tirem o prazer da maternidade. Quando chegar do trabalho abrace-a, beije-a e ame loucamente. A gente se ilude achando que os filhos precisam coisas, mas na verdade o que eles precisam é de amor, carinho, respeito, disciplina e família.
      Sucesso para você em todas as áreas da sua vida
      P.s: Antes que me crucifiquem não sou nenhuma carola. Quando solteira pensava como vocês “não ama mais, separa”. Depois de casada e mãe eu percebo a importância da família e de estabilidade e acho sim que vale a pena lutar e se empenhar para o casamento dar certo. É claro que há situações e coisas inadmissíveis, mas não me parece o caso.

      • #113
        Naiara
        09.02.2015 - 14:58

        Obrigada Carla! Melhor conselho! Já estou fazendo isso. E sempre que penso no ex chefe, imagino um X bem grande… Bloqueei ele no Whatsaap.. Estou fazendo tudo que posso para esquecê-lo e sem nenhum contato com ele, claro.
        bjo

  75. #114
    Paula
    30.01.2015 - 22:32

    Jussara, sua história me emocionou muito. Todos nós temos superações para contar mas sua história é inspiradora. Quero muito ser fazer parte do seu ciclo de amizade

  76. #115
    Clau
    30.01.2015 - 23:23

    Achei todas as historias interessantes.. mas gostaria de dizer algumas palavras sobre o caso da Naiara.. Tenho uma filha de 6 anos e recentemente fui traída pelo meu marido. Descobri da pior forma possivel, sofri meses calada, sendo difamada por ele para todos por ter um gênio dificil e por isso nosso casamento estaria em crise quando na verdade a meses ele saía com uma funcionaria da empresa. Naiara, é horrivel ser traída(o) quando se dedicou todo amor e dignidade ao relacionamento. Independente do fato de estar apaixonada pense nos sentimentos dos outros, principalmente da sua filha. Hj estou separada e vejo diariamente o sofrimento da minha filha com a separaçao pq ela simplesmente nao entede tudo que se passou. Será que seu marido merece tamanho desrespeito?? Não seria digno da sua parte ser honesta e sincera e deixa-lo para que ele tenha oportunidade de encontrar alguem que o valorize e o faça feliz… traição é algo terrível.. pense nisso!

  77. #116
    Patrícia
    31.01.2015 - 00:36

    Finalmente uma pessoa pública (tá importante hein Cony! Vc merece!) que bate a real de que traição é horrível! Já não aguento mais essa apologia de que traição é algo banal e deve ser engolido de forma natural… filmes, novelas livros.. Tá brabo viu!
    Naiara por favor mude! O que vc está fazendo pode esculhambar com a auto estima do seu marido e dilacerar o coração dele. Tenha dignidade e mude, ou então seja uma mulher de verdade e ae separe dando a ele a chance de ter alguém que o ame de verdade.
    Ah, e amigo a gente não sacaneia pelas costas! portanto nem amor de amigo vc tem por ele.

  78. #117
    Isis
    31.01.2015 - 00:50

    Jussara, sou muito timida e apesar de não ter passado experiencias de vida tão fortes como a sua entendo a dificuldade de se abrir para fazer amigos. Mas só podemos encontrar novas pessoas e amizades quando saimos da nossa zona de conforto. Essa é a sua hora de se aventurar. Vai com tudo!

    E essa Naiara… Que belissima filha da p***. Fiquei revoltada como uma pessoa que diz “””””””amar”””””” o marido tem coragem de fazer tamanha cachorrada. Essa ai não ama nem a ela mesma.

  79. #118
    Gabriela
    31.01.2015 - 01:03

    Caso 2: Coitada da filha que ainda tem que carregar o peso de manter esse casamento. Conheci uma família com uma criança excepcional. A mãe, a esposa da mãe e a filha. Ou seja, não só a mãe se separou como teve a coragem de se assumir homossexual. E o pai e a família paterna continuam dando atenção e apoio à criança excepcional.

  80. #119
    Loire
    31.01.2015 - 10:39

    Coitada da Naiara, veio pedir uma ajuda e foi apedrejada tipo a Geni.

  81. #120
    Bethania
    31.01.2015 - 10:51

    Naiara, so consigo concentrar meu comentario para voce! Minha filha, eu nao acredito que voce acredita em algo que esse seu ex-amante te fala! Aprende uma coisa minha querida: HOMEM QUANDO QUER ELE FAZ TUDO!!!… Ja vi marido largar familia, mulher linda, filhos maravilhosos e tudo mais por uma amante piriguete! Sério! Acorde! Ele nao vai ficar com voce nunca e ele fala isso porque é tao tosco e covarda quanto voce!
    Nao faça o que voce esta fazendo com quem voce ama!
    Larga o seu atual marido, porque dele voce não gosta mais e ficar traindo não dá! Ele merece a chance de ser amado, desejado e feliz com alguem!
    Depois de separada, ai se joga e vai viver a vida querida! Encontre alguem, que não seja seu ex-chefe e vá viver as aventuras que voce gosta de viver!
    Pára com isso logo!!!
    Beijo!

  82. #121
    JOSIE
    31.01.2015 - 11:37

    olha gente, longe de mim apoiar o que a Nayara anda fazendo, mas realmente não estou entendendo essa enxurrada de julgamentos, dedos na cara,teve gente aí que relacionou um câncer que a mãe teve como “castigo” por ter traído..como assim gente???estou lendo os comentários de pessoas completamente “santas” e puras e que não erram nunca?Repito: não estou dizendo que o que ela faz é certo, mas os dizeres aqui estão pesados demais(safada, filha da p***, mau-caráter, etc, etc)Vocês já pararam pra pensar que podem estar ajudando a acabar de afundar com a vida de uma pessoa ao invés de ajudar?Tudo bem que se ela expôs aqui ela está suscetível a isso, mas acho que vocês estão fazendo da pior maneira possível!!!é errado, é feio,sim..mas o que se passa de verdade entre quatro paredes só quem sabe é ela, e se ela veio até aqui falar é porque está pedindo ajuda e não pedradas.Entendo que algumas queiram dar uma chacoalhada nela, pra ver se ela acorda e para pra pensar nos seus atos,porém não é dessa maneira..Se tem uma coisa que aprendi com a vida é que nunca devemos julgar o erro dos outros como se estivéssemos imunes aquilo.O mundo gira, a vida nos traz surpresas, e de repente você se vê em uma situação fazendo o que você sempre repudiou(falo por experiência própria).Nayra pra você eu digo, talvez você não tenha escolhido o melhor local pra desabafar, desabafe em primeiro lugar com Deus, peça a ele para lhe dar discernimento, direção, para tirar esse homem da sua cabeça e restaurar sua família! e se possível procure sim ajuda de profissionais(terapeuta, psicólogo), mas enfim, não continue nessa.Você vai continuar infeliz e fazendo os que estão a sua volta infelizes também.Que Deus lhe abençoe!!

    • #122
      thata
      31.01.2015 - 22:13

      Eu nem ia comentar o caso da Mayara pois jáfaaram tudo que eu queria e que eu não queria dizer para ela. Mas achei esse o melhor comentário/conselho para ela. Isso mesmo, procure a Deus para tirar esse homem que virou uma obsessão na sua vida. Você já fez de tudo, traiu, implorou por essa paixão que de fato não deve ser equilibrada, pois acarretou até sua transferência e deu em que? Por acaso ele te pediu para largar o marido que ele te assumiria junto com sua filha? Reflita! Peça a Deus para te mostrar o caminho certo, o que for melhor para a sua família, restaurar seu casamento ou lhe dar forças para passar por um divórcio, mas peça de coração, coloque sua vida na mão dele. Mas de todo modo, se afastado seu ex-chefe, ele está sendo e será sua ruína,só te trouxe sofrimento e uma ilusão de felicidade. Além de tudo, tudo que você leu/ouviu aqui será fichinha perto do que ocorrerá se essa história for descoberta. E ainda terá que conviver com o remorso de fazer sofrer 2 pessoas importantes Para você. Que Deus te abençoe e te mostre o caminho.

    • #123
      Naiara
      09.02.2015 - 15:01

      Amém e obrigada! Que Deus te abençõe tb!

  83. #124
    Mari
    31.01.2015 - 12:45

    Só tenho uma coisa a dizer sobre as que defendem e as que ficaram contra a Naiara: se ela resolveu expor sua história como fez uma coisa é certa, ela estava preparada para o que viria. Se não quisesse opiniões não teria exposto sua vida, seu casamento e seu caso na internet.
    Não é questão de apedrejar ou de defender a garota, é questão de que opinião é única e quando ela é pedida todos tem o direito de dá-la.
    Pronto falei.

    • #125
      Anita
      31.01.2015 - 15:49

      E a via é de mão dupla também! Quem expõe aqui seu comentário também está expondo sua opinião a críticas. Lembre-se disso.

  84. #126
    Taty
    31.01.2015 - 13:07

    Josie faço das suas palavras as minhas.
    Independente de qualquer coisa a Naira nao merecia ter sido tratada e condenada da forma que foi,as pessoas precisam parar de se achar donas da verdades e ajudar em vez de acrescentar mais sofrimento na vida outros.
    Nao e chingando, humilhando, fazendo a naiara sentir a pior pessoa do mundo que vamos ajudar…..se a naiara veio e ate nos e pq tudo que ela esta precisando de apoio p/ sair desta e nao de condenacao, sejamos leve pessoal , nao julguem e sim ajude !!

  85. #127
    Bruna
    31.01.2015 - 13:31

    Sobre o caso da Naiara: não concordo com nada do que foi dito. Nem com quem apoia nem com quem julga.
    O fato é que as pessoas consideram a possibilidade de ela largar o marido para seguir o amor da vida dela. Gente, por favor, não tem “amor da vida” aí. O que existe é uma pessoa que, pela primeira vez, viu-se desejada por outro homem que não fosse o marido dela. Claro, ficou louca e achou que estava apaixonada. Se realmente estivesse apaixonada pelo cara e não sentisse nada pelo marido, já teria largado tudo para ficar com o rapaz (quando quer, arruma um jeito; quando não quer, arruma uma desculpa). Agora, gente, isso é comum em qualquer relacionamento. As coisas andam maio mornas, rotineiras, vem um cara no trabalho, diz que te acha linda e pronto, você fica encantada. A diferença é que ela foi extremista e pensou em viver algo com o galanteador, talvez por ter se casado muito cedo (não sei), ou por ter pouca experiência, sei lá…isso acontece, sempre vai acontecer, mas devemos ter noção do que é um foguinho de palha, o que é uma atração, o que é paixão, o que é amor e o que é um carinho na autoestima. Pelo que entendi, ela ama sim o marido, só ela não vê isso. Talvez só falte uma pegada mais forte nele, algo facílimo de resolver. Vamos aprender a resolver os problemas dentro de casa e agradecer aos elogios vindos de fora sem pensar em fazer as malas.

    • #128
      Naiara
      09.02.2015 - 15:04

      Não foram apenas “elogios”… Elogios eu escuto todos os dias… E no trabalho eu escuto muitos. Eu fui muito amiga do meu chefe antes de nos apaixonarmos. Foi um erro! Acredito que se sentir atraída é normal, o que é errado é a escolha que vc faz com esse sentimento! Não se deve trair, não vale a pena. Quando sentir que está apaixonado por alguém, espere, não haja. O casamento vale mais. Hoje eu sei disso, na época não sabia.

  86. #129
    Germana
    31.01.2015 - 14:18

    Caso 1: Jussara, muita luz pra você! Espero que as coisas melhores e que você vá superando aos poucos todas essas perdas tão tristes. To com a maioria das meninas aqui, pode adicionar no facebook caso queira bater papo: https://www.facebook.com/germana.barreto.5 Vou adorar conhecer você! 😉

    Caso 2: to tentando não julgar, mas tá difícil. Naiara sai dessa! Pelo o que você descreveu, esse seu ex chefe é o típico homem safado. Vá procurar outras coisa que dê emoção e adrenalina a sua vida, algo que não vá prejudicar tanto você e sua família. Se coloque no lugar do outro: do seu marido e da sua filha. Força!

    Caso 3: Feliz por você! 🙂

  87. #130
    Liza
    31.01.2015 - 15:35

    Não leio essa coluna faz tempo pq ñ quero me irritar, mas passei os olhos no fim do post e fui ler o caso, versão feminina do livro as mentiras q os homens contam, e tem quem acha ok, mais q desrespeitar o marido, a filha ela desrespeita a si mesma, pra mim é simples assim.

  88. #131
    Dárika
    31.01.2015 - 15:45

    Jussara, Deus está presente em tudo e ele está com vc o tempo inteiro. Vc nunca estará sozinha! E por isso também acredito que vc vai receber muitas coisas boas da vida! Muitas mesmo. É a lei, ação e reação, porque Deus é imensa bondade e justiça.
    Naiara, não fique brava pelo que as meninas estão dizendo (e faço das palavras de todas, as minhas). Senti vc como alguem da minha familia que precisa de um puxão de orelha pra ver que está fora do rumo… E quando a vida de volta pro rumo é doloroso. Sinta as palavras das meninas como de alguem que se preocupa e por isso investe uns minutinhos aqui escrevendo algo pra te ajudar!

  89. #132
    Dárika
    31.01.2015 - 15:49

    Eu tinha lido só os primeiros comentários sobre a naiara. Mas esses últimos foram muito pesados, julgadores, sem caridade e não refletem meu pensamento!

  90. #133
    Marô
    31.01.2015 - 16:09

    Para a Mary que perguntou sobre o poliamor.
    Mary, já vi e li bastante sobre o tema. Particularmente, não aceito e não praticaria, pois, acho que sempre existe “aquele” que amamos mais, não acredito em amores iguais. Nem pra filhos, que dirá pra homens… bom, até onde vi, o pessoal do poli amor não engana ninguém, podem ser casados com duas, dez pessoas e todas sabem e aceitam.
    Meu problema é com traição, fazer escondido, pelas costas, entende? Se seus parceiros sabem um do outro e aceitam na boa, ok.
    A mídia anda escrota e asquerosa. De tanto nojo nem quis assistir aquela nova minissérie com a Paola, sabe, muito nojo essa coisa de tanta traição, enganação.
    Me casei há pouco mais de um ano e acredito que casamento é pra durar somente até onde houver amor e respeito e respeitar não é enganar. E, não vejo o poliamor como enganação, por isso, se os parceiros sabem, ok.
    Acho que existe uma tendência de defender a traição por parte de pessoas que foram chifradas e aceitaram ou que chifram seus pares. Particularmente, tenho vergonha de quem perdoa uma traição sexual num casamento.
    Bjx!

  91. #134
    Daniela Lucio
    31.01.2015 - 17:59

    Gente, a pergunta que não quer calar: Jussara, em que cidade você mora, menina? Falaí que a gente tenta organizar um encontrinho com as leitoras do fufu, só para você. As leitoras do fufu são as melhores. Conyta do céu, você sabe que não tem só seguidoras, né? Tem mesmo é um grande grupo de amigas. Que legal o que você conseguiu construir com o seu blog. Um beijo grande para você e para todas as leitoras do fufu.

  92. #135
    Ju Araújo
    31.01.2015 - 19:12

    JUSSARA, lamento pelo acontecimentos tristes pelos quais você teve que passar 🙁
    infelizmente a vida é uma caixinha surpresas, umas boas e outras nem tanto.
    lhe admiro pela garra em continuar levando a vida. Imagino que não é nada fácil, mas não desista, siga em frente, essa é sua história e tudo que vc passou há um propósito bem lá na frente. Acredite!! Deus está com você nisso tudo. Ele, só ele é o nosso verdadeiro amigo.
    Olha, eu tbm nao sou de muitas amizades, mas como não tenho facebook, vou deixar aqui meu instagram e email caso queria iniciar uma nova amizade, mesmo que virtual.
    Sou de Maceió-Al e tbm do mundo jurídico, dai ja temos papo ^^
    Insta: @julianearaujos email: juliane.dir@gmail.com

    NAIARA, Não quero te julgar, longe de mim, Mas é triste isso que você esta fazendo com seu marido, sua filha, e com você mesma!
    Coloque-se no lugar de seu esposo. Valorize-o antes que o perca e futuramente se arrependa. Não troque o que é certo e verdadeiro pelo duvidoso. O nosso coração é enganoso! raciocina, mulher!! seu esposo te da estabilidade E família é o nosso maior bem. esse cara não quer nada com você, acredito que ele te fala essas coisas pra te iludir e por nao saber como te dar um fora! homem quando quer corre atras, demonstra. Talvez ele só te queria como “a outra” e vc não merece isso! Vc acredita mesmo que ele ira ficar com vc? se ele sabe que vc foi capaz de trair seu marido, porque não faria isso com ele tbm?
    Ame sua família. Se o amor por seu marido esfriou, chegue junto, seja sincera com ele, façam uma terapia de casal, lembre-se dos momentos bons com seu esposo e do presente que vcs tem que é sua filha. Seja honesta com ele, ngm merece ser enganado. Não fique com ele por pena ou porque vcs tem uma filha juntos, pois o que segura um casamento é o amor, nada mais. Ore, peça a Deus que ascenda a chama do amor que um dia você sentiu e faça sua parte. Esqueça o “Chefe” e lembre-se: O que começa errado não tem como dá certo! termina errado

    Fica bem, mulher! Juízo ^^

  93. #136
    Mona
    31.01.2015 - 20:03

    Tô igual ovo debaixo da galinha: cho-ca-da! Foto do Coala!!!

  94. #137
    Mila
    31.01.2015 - 21:06

    Naiara, alguns desejos ficam melhor no mundo imaginário. Se eu fosse dar vazão ao meu desejo, eu passaria o dia inteiro comendo chocolate e tomando sorvete, daí eu morreria aos 35 anos, diabética e cheia de problemas de saúde.
    Esse seu desejo é destrutivo. Adúltero só é mocinha(o) em novela, na vida real é vilão porque faz o outro sofrer. Faça o exercício sincero de colocar-se no lugar do seu marido, você certamente sofreria se estivesse no lugar dele.

  95. #138
    Flavia
    31.01.2015 - 23:29

    Nayara, primeiramente te parabenizo pela coragem de compartilhar o seu drama. Segundo, ninguém tem o direito de te apedrejar como fizeram aqui. Estou chocada com a falta de solidariedade e de sororidade que ainda perdura em pleno século XXI.

    Se ainda estiver acompanhando este post e quiser uma conversa sem julgamentos, me escreva: flaviavs@gmail.com

    Depois trocamos whats, face, etc.

  96. #139
    Juliana
    31.01.2015 - 23:39

    Chocada com a nova sessão ” fala que eu te JULGO” e a perversidade destas ilibadas senhoras zelando pelo respeito ao marido traído e a filha especial e massacrando a vilã, a desprezível mulher traidora. Naiara, acredito que depois de tudo que você leu não está mais olhando os comentários, mas tomara que vc tenha visto e dado especial atenção ao comentário da Melissa. Não sabemos o que vc passa no seu dia a dia e me parece que vc esta desesperadamente tentando fugir da sua realidade. Boa sorte! Que vc e sua família consigam encontrar um caminho e sejam muito felizes, com vc e seu marido juntos ou separados. Vc é humana! Erra, como todo mundo aqui. E toda hora é hora de buscar um caminho melhor! Ps: já fui ridiculamente traída e jamais senti pelo meu ex esse ódio que foi destilado a vc! Mas olha, uma coisa elas tem razão: a lei do retorno, para tudo! Inclusive para esses julgamentos cruéis!

  97. #140
    Mari
    01.02.2015 - 00:06

    BRUNA clap clap pra vc! Comentário mais que sensato e construtivo! Naiara faço das palavras da Bruna as minhas. Invista no seu casamento, na sua família. Vc errou, mas se vc se arrepender quem somos nós pra dizer que não serás perdoada? Não que vc chegará a teu marido e contaras, mas sim modifique suas atitudes, faça por merecer esse perdão e esqueça esse homem que apareceu para infernizar sua vida.

  98. #141
    Talita Paiva
    01.02.2015 - 00:26

    O caso da Naiara é muita Palhaçada com o marido! Só queria ver se ela gostaria que ele fizesse isso com ela! Mais respeito querida, isso que lhe falta!

  99. #142
    Laiz
    01.02.2015 - 10:55

    Naiara, amiga, senta aqui (rsrs)… Vou ignorar o fato da “traição”, vou abordar apenas o fato da rejeição. Há uns anos tive um rolo com um cara q tinha namorada (eu sabia, mas ele nunca assumia, enfim)… ele também dizia q era louco por mim, q sentia Saudades, quando estávamos juntos era muito “quente”, mas depois sempre me sentia uma merda, pq ele nunca quis me assumir. Nunca entendia, até que AOS VINTE ANOS DE IDADE saquei: ele não queria. Isso foi a maior libertação da minha vida, não cheguei a colocar um ponto final pq não tínhamos nada sério e quem quer ir embora vai de uma vez (não fica dando “tchau”; quem faz isso tá esperando ouvir: “fica”). Conclusão: amiga, esse homem não te quer. Toma vergonha e para de dar confiança pra ele

  100. #143
    Paola
    01.02.2015 - 15:27

    Naiara…

    Ninguém é obrigado a ficar com ninguém, muito menos por conveniência, errar é humano, mas vc esta persistindo no erro. Na minha modesta opinião, vc tem duas opções: ou separa e vai buscar um novo amor, pq este cara que vc esta correndo atras, dá um tempo né! Como diria a “sabia” Cristina Rocha: HOMEM TEM PRA TODA HORA!!! Ou recomece com seu marido, se apaixone novamente e honre seu casamento.

  101. #144
    Julia
    01.02.2015 - 18:03

    Todas indignadas com a Naiara um dia vão quebrar a cara feio….lamento mas, esse ideal de fidelidade não existe…

  102. #145
    Clarice
    01.02.2015 - 19:55

    Jussara,
    faço terapia há muitos anos e é muito legal ter uma opinião e direcionamento de um profissional. Indico muito!

    Além disso, acho válido você frequentar lugares em que possa fazer uma turma e, posteriormente, amizades! Sugiro você entrar em um esporte coletivo (voley, grupo de corrida, zumba…) e pra uma Igreja.

    Sou católica, minha paróquia faz parte da Renovação Carismática e frequento grupo de jovens há muitos anos. Hoje meus verdadeiros amigos são da Igreja e conheci meu marido lá também! Às vezes você pode iniciar a frequentar com o objetivo de fazer amizades, etc… Mas Deus usa disso para te puxar para pertinho dEle e aos pouquinhos vc vai vendo que há um Motivo Maior ali.

    Fiquei um tempo sem falar com meu pai e “combo” psicanálise + cura do meu coração por Jesus, me ajudaram a resolver as inúmeras questões pendentes e eu perdoei meu pai e voltamos a conviver.

    Sou de BH, e vc?

    Naiara,
    sujiro que você coloque na balança com muita verdade: uma aventura (sinceramente, pelo histórico não parece que irá além disso) x sua família (seu casamento e seu filho).
    Uma vez que prós e contras estiverem listados, faça uma ESCOLHA DEFINITIVA!
    Você não pode permanecer sobre o muro e mentir/ trair/enganar você e os que te cercam.
    Não receba como um julgamento, ok? Quem sou eu…

    Cony, agora um comentário para você: ao lado do texto fica uma propaganda “piscando” sem parar, tirando a atenção, sabe? Sorry…

    Beijos e fiquem com Deus!

  103. #146
    Sara
    01.02.2015 - 21:12

    Naiara, “Todos nós temos um misto de joio e de trigo dentro de nós, por isso não julguemos ninguém” padre Léo. Não por acaso li esta frase no Facebook logo depois de ler os comentários sobre a sua história e voltei aqui para dizer que ninguém tem direito de te condenar independente de você estar certa ou não. Dito isso, eu te sugiro encarar tudo o que foi dito aqui como um alerta de que você não está agindo certo, mesmo quem te defende acha que você tem mudar. Você se enrolou toda, os motivos, só Deus sabe, agora é hora de sair desta. Como? Eu rezaria muito antes de tomar qualquer atitude, porque imagino que algumas coisas, como largar o chefe, você até saiba no fundo que deve fazer, mas não tem forças. Mas de repente você não acredita em Deus. Acreditando ou não, outra coisa a fazer é procurar um psicólogo, porque ter uma filha com problemas de saúde e um marido que não te atrai deve estar muito pesado para você. Boa sorte no que você decidir e fizer. E que Deus te abençoe.

    • #147
      Priscila
      02.02.2015 - 14:13

      Estou com vc Sara.

  104. #148
    Sara
    01.02.2015 - 21:16

    Jussara, viu quanta gente quer ser sua amiga? Que legal! E ainda confirmo a opinião de todos que te aconselharam procurar um psicólogo ou um psiquiatra, porque com tudo o que você passou é complicado mesmo se abrir e sair da solidão, do isolamento.

    Melissa Parabéns! E obrigada por partilhar a sua felicidade com a gente.

  105. #149
    "Jussara"
    01.02.2015 - 21:22

    Primeiramente: MUITO OBRIGADA! EM CAPS LOCK E CHEIO DO MAIOR SENTIMENTO DE GRATIDÃO. Cony, te mandei meu e-mail somente por descarrego de consciência própia e vontade de desabafar e contar minha história pra alguém, e confesso que tinha certeza absoluta que ele não seria publicado. Foi um furacão de emoções ler a minha própia história aqui na coluna, confesso que chorei muito pois ainda me pego sem acreditar de tudo que está acontecendo comigo e ler assim, na tela, me balançou. E o que falar dos comentários? Muito muito obrigada meninas, pelas palavras e pelo minutinho de atenção dedicado. Entrei em contato com todas que deixaram fb e a fofa da Nenna já me colocou no grupo do WhatsApp! E agora respondo as perguntas que ficaram no ar: Sim, faço acompanhamento psicológico desde os 19 e acompanhamento psiquiátrico e tomo remédios desde que entrei em depressão depois do falecimento da minha mãe. Quanto a minha relação ao meu pai, ele vem se abrindo mais desde que a minha avó paterna faleceu agora no último primeiro de dezembro. E quanto a animais, eu tenho dois filhos peludos que hoje são as minhas únicas companhias em casa e meus maiores amores, sem eles eu não sei o que seria de mim. E quanto aos meus amigos e relacionamentos amorosos…bem…vamos dizer que é muito difícil acreditar que alguém se interesse de forma a ter a minha companhia se a minha própia família me rejeita. Enfim, é isso, muito obrigada, de novo, pela atenção.

  106. #150
    PATRICIA R SANTOS
    01.02.2015 - 21:54

    Olá fiquei comovida com a história da Jussara porque já me senti assim, e sofri muito por falta de amigos, se quiser pode contar comigo pattylene@hotmail.com

  107. #151
    CassiJane
    02.02.2015 - 02:21

    Eita, como achar esse grupo de amigas do Futi no Face? Não achei…

    Quero entrar!!!!!

    • #152
      Julie
      02.02.2015 - 10:44

      Tb queria saber, não encontrei!

  108. #153
    Marina
    02.02.2015 - 08:58

    Jussara, meu e-mail é marinaguimaraesbarros@gmail.com
    Estamos aí para um papo!

  109. #154
    Carol
    02.02.2015 - 10:06

    Jussara, veem ser minha amiga. tbm perdi minha mãe a pouco tempo e sei como deve estar se sentindo. Vamos conversar, viajar, conhece o mundo e aproveitar.

  110. #155
    02.02.2015 - 11:20

    Jussara você é uma vencedora e não pense que o fato de a família não estar próxima a faz menos interessante do que qualquer pessoa nesse mundo ou aqui no blog. Amo o fufu e me identifico muito, comento as vezes e estou sempre aqui à disposição, meu email thaynayaredy@gmai.com e se quiser conversar me add no face (meu nome) que te mando o whatz. bjo linda.
    Amiga casada se quer só sexo não coloque amor no meio e se deseja preservar a família preserve a si mesma (problemas em uma relação não tem muito haver com filhos e sim com os dois envolvidos, converse mais e use a empatia querida).

  111. #156
    Maira
    02.02.2015 - 12:46

    Jussara do céu, vou adotar você mulher…nossa…que história de vida triste você tem, que Deus abençoe muito a sua vida e que você consiga dar a volta por cima viu…tô torcendo de verdade. A sua história é uma das mais tristes que li aqui, se quiser uma amiga, tô aqui viu…procure seu pai, se cerque de pessoas que você ame e que vc seja muito feliz.

    Naiara; só 4 palavrinhas pra você…TOMA VERGONHA NA CARA!!!!!

    Melissa…parabéns…isso que é dar a volta por cima…aprende Naiara com os bons exemplos.

    Bjocas Cony

  112. #157
    Rachel
    02.02.2015 - 13:54

    Posso APOSTAR que metade das que estão criticando a Naiara com tanta veemência já trairam alguém nessa vida… quem não tem teto de vidro?
    Ela tá errada sim, mas ela deve saber muito bem disso. Infelizmente, às vezes estamos presas num limbo de sofrimento, onde não conseguimos enxergar a luz.
    Naiara, torço pra que você saia dessa o mais rápido possível. Valorize-se, ame-se, cuide-se! Olhe-se no espelho e pense consigo mesmo “meu Deus, onde vim parar?”. Tome consciência do mal que você está fazendo ao seu marido, à sua filha, mas, principalmente, A VOCÊ!
    Não vale a pena, não mesmo!

  113. #158
    Shirley
    02.02.2015 - 15:41

    Oi Cony, tudo bem ?
    Eu ia comentar, mas nem preciso. Seria repetitivo demais dizer o que você já disse nos 3 casos.
    Impressionante, não mudaria nem as palavras que você usou.
    Mas a Naiara rachou a minha cara de tanta vergonha.
    Sem maiores comentários, desnecessário mesmo !!!
    Bjs pra você, tenha uma ótima semana.
    Shirley
    Curitiba-PR

  114. #159
    Luciana
    03.02.2015 - 09:04

    Simplesmente chocada com boa parte dos comentários. É fácil julgar né galera?! Falaram até de empatia, mas toda essa galera julgando de uma forma tão vazia e fria, baseada apenas em um “recorte” da vida da moça (que parece estar sim angustiada e em sofrimento), cadê a empatia de vcs?!

  115. #160
    Taiza S de Santi
    03.02.2015 - 09:17

    Jussara, o que aconteceu em sua vida não vai interferir no que as outras pessoas enxergam em você. Nada disso te impedirá de ter bons amigos, porque muitos dos meus amigos não sabem quem são meus pais, não os conhecem pessoalmente! O que vemos dos pais dos nossos amigos são os traços de personalidade, valores, e a semelhança física. Nada mais. Eu lembro de alguns filmes em que os personagens estão distantes das famílias, mas mesmo assim cultivam um círculo de amizades, então pensa direitinho. Sei que você ainda é novinha, mas já passou por tanta coisa que pode ser que tenha te amadurecido muito mais do que algumas pessoas mais velhas que não amadurecem nunca! Cuidado com as amizades oportunistas, você ter sofrido estas perdas na sua vida não define quem você é. Isso serve para todos nós. Se precisar, me adiciona no face também, é o nome que aparece nos comentários. Mas independente disso, não se restrinja ao mundo da internet. Saia, faça amizades que não sejam apenas virtuais, o medo da rejeição permeia a vida de todos, mas feliz de quem consegue vencer isso e se deixar tentar! Você venceu coisa muito pior, isso vai ser fichinha pra você. Construa pontes, esteja pronta para ser rejeitada as vezes, mas acima de tudo, esteja pronta para fazer novas e grandes amizades! Abração.

  116. #161
    Diana
    03.02.2015 - 12:30

    Naiara também me irritou.
    Sacanagem com ela, com o marido, com a família, com todo mundo.

  117. #162
    Vivi
    03.02.2015 - 16:21

    Aham, li tudo e pensei, Naiara nao foi legal…

  118. #163
    Shirley
    04.02.2015 - 09:59

    Gente …
    o que é errado e antiético, é, e ponto final.
    Ninguém aqui vai jogar pedra na Naiara,
    nem por ela pra queimar no fogo do inferno.
    Mas, ela está errada e já está pagando preço por isso,
    porque ela não É/ESTÁ feliz !!!
    Todo mundo nasceu pra ser feliz, e, às vezes,
    temos que fazer sacrifícios pra ser.
    Tem gente que está “julgando” quem está “julgando”.
    Chegá né ???

    • #164
      Constanza
      04.02.2015 - 11:52

      Isso mesmo, falam em não julgar mas fazem a mesma coisa rsrsrs

  119. #165
    carol
    04.02.2015 - 13:01

    O que eu fiquei mais impressionada foi o segundo caso.. Tantas mulheres querendo um amor p chamar de seu e a Naiara agindo assim..
    Sou solteira,adoro baladas fico com quem eu quero,mas acredito no casamento e que a pessoa se envolve com a outra é para sempre.. Nem comento sobre o outro pq ele é um cretino em se envolver com ela..
    Triste!

  120. #166
    amanda
    05.02.2015 - 01:00

    Para mim ficou claro que após as palavras de Cony todas se acharam no direito de julgar a Naiara.Cony, gosto quando tus fica neutra!

    Eu tenho meu pensamento sobre a conduta dela, mas acho que da forma que estão escrevendo não está legal.

    A forma de ajudá-la é alertando sobre a conduta dela, fazê-la pensar e repensar sobre seus atos e as pessoas envolvidas.

    naiara, tu ja pensastes se teu santo marido tem um casinho por fora e ta pagando de santo como tu?

    Nao acho legal crucifica-la pq tbm nao sou santa e tenho meus delitos e seguhndo passagem da biblia nao existem tipos de pecado, pecado é pecado! Se vc rouba 10 reais ou 10 milhoes o pecado é o mesmo, vc roubou!

    Menos julgamento e apedrejamento. Vamos faze-la refletir sobre a bobagem que está fazendo. Saia dessa história com dignidade!

    “Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês.
    Mateus 7:1-2

    Irmãos, não falem mal uns dos outros. Quem fala contra o seu irmão ou julga o seu irmão fala contra a Lei e a julga. Quando você julga a Lei, não a está cumprindo, mas está agindo como juiz. Há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo?
    Tiago 4:11-12

    • #167
      Constanza
      05.02.2015 - 09:41

      Como ficar neutra qdo pedem sua opiniao??

  121. #168
    Tatiana
    05.02.2015 - 02:02

    Bom Cony sou umas das leitoras que pedi para nao julgarem, e nao faco a mesma coisa como vc esta interpretando, so nao acho legal alguns tratamentos dado a Nayara com tantas humilhacoes e agressividades.
    Sei que oque a Nayara esta fazendo nao e certo, acho que a lealdade a e verdade em qualquer relacao tem que prevalecer sempre, mal nem por isso me acho no direito de maltratar ou condenar ela.
    Bjs, vc estava divina no evento em Sampa, parabens, que sua estrela cada dia bilhe mais!!!

  122. #169
    Paula
    05.02.2015 - 16:15

    Olá
    Não costumo comentar nada aqui mas dessa vez acho importante falar…Naiara sei que todos estão te julgando, realmente o que vc está fazendo é muito errado mas vou focar em vc. Já tive um rolo com um homem casado, eu solteira e ele casado e eu sabia disso. Infelizmente as vezes a gente não quer enxergar a realidade…ficamos cegas de paixão e acreditamos em tudo que falam pra gente. O cara fazia mil promessas de amor verdadeiro e tudo o mais e em um belo dia ele simplesmente parou de falar comigo. Me senti um coco literalmente. Ele nunca mais falou comigo, simplesmente me ignorou como se nunca tivesse me conhecido. Depois de 1 ano mais ou menos o cara me procurou porque a esposa lhe deu um belo pé na bunda (não por minha causa, não nos viamos há mais de 1 ano, não sei se ele a traiu de novo, enfim…) O cara foi pra sarjeta literalmente, ficou sem casa, sem carro, sem nada. Eu até tentei ajuda-lo (idiota rs) mas no fim acabou que nos afastamos de novo graças a Deus. O que quero dizer é que agora o que vc está fazendo pode parecer que é o melhor mas no futuro vc vai ver que nada disso valeu a pena…Peça ajuda a Deus, peça p esquecer o amante, tente voltar ao caminho certo…Quando vc começar a fazer as coisas certas vai ver que vai esquecer dele. Fica com Deus, espero ter ajudado.

  123. #170
    Paula
    05.02.2015 - 16:29

    A outra coisa que esqueci de falar. Minha mãe teve um caso extra conjugal quando eu era adolescente. Ela chegou a apresentar o amante p mim e minha irmã, levava ele p casa quando meu pai estava trabalhando, eram tipo namorados mesmo. Eu lembro como era terrível ver essa cena…Só quem passou por isso sabe como dói. Naiara não faça isso com sua filha. Mesmo ela sendo especial ela sabe muito bem o que acontece ao redor. Minha prima é especial e sabe de tudo, ela só não sabe se expressar, mas ela compreende muito bem o que acontece. Então se o casamento não vai bem e vc acha que não tem mais jeito, se divorcie mas não maltrate sua filha como minha mãe fez…

  124. #171
    juliana
    05.02.2015 - 17:21

    Oi Cony! Adorei sua posição no caso da Nayara, me fez te admirar ainda mais. Bjs

  125. #172
    Cecília
    07.02.2015 - 11:54

    Conyta, que legal que gostou da sugestão dos dois chora e um sorria. Ficou mto bom o post. Dá uma luz no fim do túnel pras sofredoras. Um suspiro de esperança rsrs.
    Agora o caso da Naiara. Querida, já diria minha sábia mãe: não precisa correr atrás daquele cara que não vai até de você com os pezinhos dele. Traduzindo: quem quer vai atrás, quem não quer dá desculpa. Se esse cara realmente quisesse assumir algo com você COM CERTEZA ele já teria feito. Ele realmente pode gostar de você, mas ele não quer te assumir DE JEITO NENHUM. Perceba os sinais que tão na sua frente, sendo o mais evidente a rejeição dele. Só falta um letreiro luminoso na testa dele dizendo que não te quer ao lado dele e que não vai se separar da esposa
    Olha pra sua família, certamente eles não merecem isso. Se não tá mais feliz no casamento, separa. É drástico, mas é a solução.

Comente