Editorial
23 out 2014, 242 comentários

Coluna do Coração ♥

O nome desta tag ainda é temporário visto que recebi algumas sugestões bem interessantes. No final do post, faremos uma votação para escolher o melhor nome ok? Recebi MUITOS emails, fiquei até surpresa com a quantidade de gente que quis participar. A princípio a ideia era postar um “desabafo” por semana, mas acho que farei de 2 em 2 ou de 3 em 3 até conseguir fazer um de cada vez. Então, por enquanto, NÃO ENVIEM MAIS EMAILS rsrsrs, vamos acabar com essa leva e assim que postar o último, convocarei novos desabafos tá? Assim ninguém fica sem resposta!

Vamos lá?

Amiga Luana, conte-nos o que te aflige:

“Olá Constanza, tudo bem?

Sei que você pediu que o e-mail fosse o mais breve possível, mas a situação é um pouco complicada. Vou tentar resumir.
Sou casada há pouco mais de um ano, temos um ótimo relacionamento.
Há alguns dias, vi no histórico do ipad diversos acessos a sites de pornografia (homem e mulher e mulheres nuas). Não sou ciumenta e não acredito em relacionamentos que se baseiam em controle, mas nesse dia de repente fiquei curiosa pra ver o que ele acessava.
Isso mexeu demais comigo, não sou ingênua a ponto de pensar que ele não veria essas coisas. Acredito que isso é normal no meio masculino, meio que cultural mesmo.
Mas ainda sim, fiquei muito chateada. Fiquei pensando o que estaria fazendo de errado, se estava faltando alguma coisa em nossa vida a dois. Ou mesmo, se estou muito mal de corpo (tenho vários defeitos, seios pequenos e celulite nas pernas).
Fiquei com muita vontade de conversar com ele, mas como abordá-lo sem dizer que fucei no histórico? Acabei perguntando se ele procurava essas coisas e, ele me confirmou. Disse que não tem nada a ver conosco, que não sente falta de nada. Mas ainda sim fico triste, me sentindo a mosca do coco do cavalo do bandido.
O que acha?

Obs. Nossa vida a dois é muito boa, nunca me senti não desejada.

Bjs, Luana

Ô Luana!! TODOS OS HOMENS FAZEM ISSO. Aposto que Tom Brady, marido da Gisele Bundchen, também dá uma olhada em sites de mulher pelada e deve ter seu grupinho de sacanagem no whatsapp. Como você mesma falou, é coisa de homem. Não esquenta. Sério mesmo e isso vale pra mim também rs (confesso que me incomoda de vez em quando). O problema seria se pegasse chat dele com outra, interagindo. Agora ver foto…não esquenta não. Qualquer coisa me manda seu whatsapp que te mando umas fotos de uns bofes beeeeem bacanas pra você também admirar a beleza do sexo oposto (apesar que nem faz diferença pra nós mulheres, acho isso uma grande bobagem). É coisa hormonal mesmo.

d4b7618f80ecfd15181860ffd05cca1d

Agora é a vez da Juanita!

Cony, qual sua opinião sobre relacionamentos iniciados através de aplicativos, internet?
Terminei um noivado de 5 anos e por insistência de algumas amigas acabei fazendo um tinder por curiosidade (até já deletei pois realmente não me identifiquei). Mas o certo é que conheci uma pessoa por lá e já estamos saindo há 2 meses. Ele trabalha em outra cidade e sempre está aqui na minha cidade, duas vezes por semana (já fiz todas as investigações possíveis, e não, ele não é casado).
O fato é que estou me sentindo destreinada desse lance de paquera e para mim é muita novidade iniciar relacionamento por internet (sim, tenho um certo preconceito,) Ele até fala em um relacionamento mais sério, que em dezembro vem morar em minha cidade e as coisas vão ficar mais fáceis e tal (ele é médico, logo, muito ocupado).
Não sei se  pelo fato de ainda está fragilizada pelo fim de outro relacionamento não estou conseguindo enxergar as coisas com clareza, ou se é carência, ou se realmente estou sendo besta e me deixando ser enganada…
Mas gostaria de saber o que você e as leitoras do Futilish acham dessa modernidade de iniciar namorado assim. Será que é só pegação, enrolação ou pode sim, chegar a algo mais sério. Beijos e obrigada”

Minha féeeeelha, joga esse preconceito no lixoooo! Você está pedindo conselhos na internet, porque não arrumar um amor na net? E olha só, eu sou a prova viva disso, conheci meu atual namorado na internet e já vamos fazer um aninho de amor da melhor qualidade e estamos super felizes. Um dia conto essa história mas te garanto, pode dar muito certo SIM! Dê uma chance, se deixe levar, aproveite e não crie obstáculos!

0358913c594609aa363adb0ec1e3e90c

E para acabar, o desabafo da Rafaela:

“Então, exatamente há um ano conheci o homem da minha vida: lindo, inteligente, bem humorado, carinhoso… Intelectualmente compatível comigo, com bom gosto musical (sempre sofri com namorados que gostavam de música ruim). Sexo incrível (incrível MESMO). Ele vem de um casamento que não acabou nada bem, com um filho na jogada. Pra ter noção do nível de mágoa, ele e a ex só falam sobre a educação do filho por e-mail.
Acontece é que ele tem um cargo muito alto numa multinacional de tecnologia, do tipo que trabalha 14 horas por dia e ainda ligam pra ele de madrugada pra resolver coisas. Final de semana era normal eu estar com ele e ligarem sábado de madrugada pra pedir orientação.
Em junho ele teve uma síncope de stress num sábado. Eu estava arrumada (de cílios postiços!!!) aguardando ele vir me pegar e ele disse que não queria mais sair. E sumiu do mapa por 2 semanas. Acabei com ele.
Dois meses depois, em agosto, ele veio atrás, dizendo que sentia muito minha falta, que me amava, que pensava em mim todos os dias, que me rastreava pelo gps pra ver onde eu estava, que ia onde eu estava almoçando pra ver se me encontrava “por acaso”.
Me pediu uma chance, disse que ia dar um jeito de gerenciar o stress do trabalho e eu resolvi dar. Meu pai estava em estado terminal de câncer e ele fez contato num momento que eu estava totalmente vulnerável.
Durante esse tempo ele foi incrível, me deu colo, esteve ao meu lado o tempo inteiro. Meu pai faleceu e ele que me acompanhou nas coisas mais difíceis… escolher roupa, caixão, funeral. Passou semanas dormindo comigo só pra me consolar.
Até que domingo passado dormi na casa dele, jantamos e ele comentou que ia ter que demitir 15 pessoas e que estava mal por isso. Acordei na segunda e tinha um café da manhã incrível feito pra mim. Antes de trabalhar, me deu um abraço enorme, me beijou e fez carinho no meu rosto. No mesmo dia à noite, meu carro estragou e liguei pra ele e ele não atendeu. Mandei whatsapp e ele não respondeu. No outro dia, mandei mensagem preocupada, achando que tinha acontecido alguma coisa com ele. Fiquei no vácuo assim até sexta. Sexta liguei e ele não atendeu. Mandei whatsapp dizendo pra me avisar se queria ficar sozinho, que era só me avisar, mas que esse silêncio me machucava demais. Ele leu e não respondeu. Resumo: 10 dias sem nos falarmos. Qual motivo de agir assim? O que eu faço?”

Rafinha, esse homem não está nada bem… Senti que é uma boa pessoa, esteve 100% ao seu lado quando você precisou, se preocupou com você, é carinhoso, mas a cabeça dele não deve estar muito boa não… Imagino o stress do trabalho, acredito fortemente que esse é o motivo para tais atitudes. Às vezes as pessoas não sabem lidar com a pressão, querem ficar sozinhas porque podem se considerar uma péssima cia em determinados momentos e não querem ferir/magoar quem amam. Se você realmente gosta dele, dê um tempo, fique na sua, não seja uma “pressão” a mais. Mande algumas mensagens carinhosas de vez em quando (de vez em quando! Não o bombardeie!), fale que o ama, que sente a falta dele, que torce para que ele esteja bem mas não fique neurótica esperando resposta. Quando ele der brecha (e vai dar) se aproxime com jeitinho e tente ajudar. Programe uma viagem fantástica longe de tudo e de todos, sinta como ele é longe dos problemas do trabalho e observe as atitudes nesse período. Todo mundo tem problemas e defeitos, cabe a nós estabelecer o que o que realmente é suportável e contornável…

fd12756c607a444d35dafef7c63f9c8b

  • Achei lindo nosso bate papo de hoje e quero muito ver a participação de vocês nos comentários! E claro, vamos escolher o nome desta tag?

 

Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
242 comentários em “Coluna do Coração ♥”
  1. regina23/10/14 • 11h29

    Votei no Cartas, porque acho que engloba mais assuntos do que apenas os do coração. Ate sugeriria Futimail, Falando com Futilish….. etc… Mas estás de parabéns Cony, com poucas palavras e sem embromação tu respondes de forma direta. Bjos

    • Ana23/10/14 • 12h16

      Tbm votei no Cartas para Fufu, os outros ou são bregas ou ruins.

  2. Aline23/10/14 • 11h29

    Ai Luana, concordo totalmente com a Cony, TODOS os homens assistem pornografia, isso é mais do que normal e não tem NADA a ver com o fato de ele estar ou não feliz sexualmente com vc. Relaxa e tenta encarar isso como algo natural no mundo masculino!!
    Juanita, meu tio conheceu a atual esposa dele pela internet, eles estão casados há 7 anos e tem uma filha de 5, vá fundo, gata, se livra desse preconceito e deixa rolar… o importante é ser feliz!!!!!

    • Paula Moniccelli23/10/14 • 16h16

      Oi meninas, no começo eu também não gostava. Mas é questão de costumar e não se encanar com isso. E não se sinta jamais inferior , porque pornografia não é realidade. E acho também que mulheres preferem muito mais homens bonitos (rosto e corpo) do que homens nus….. kkkkkkkkk As vezes essa preocupação pode influenciar no seu relacionamento né…Relaxa e vai ser feliz. =)

  3. Myla23/10/14 • 11h31

    Gostei da coluna, e olha que gostei do nome Coluna do Coração mesmo, com o ♥ e tudo!!

    • Flávia Silva23/10/14 • 12h07

      Eu também gostei do Coluna do Coração com o ♥ rssrsrs

      Adorei a coluna e a sensibilidade nas respostas!!

      Muito Amor esse blog!! Parabéns!! <3

      • Carolina23/10/14 • 23h07

        Eu tbm!!

  4. Leninha Lopes23/10/14 • 11h34

    Adorei, Cony !
    Gostaria que esse espaço existisse há uns 15 anos atrás, quando conheci o meu atual marido. Sim, acabou em casamento, mas foi uma verdadeira odisseia ! (Tanto que chegamos a ficar sem contato por 4 anos !!!) Enfim…tenho certeza que essa tag vai ajudar muito a mulherada. Beijão !

  5. Samira23/10/14 • 11h36

    Vou comentar o caso da Juanita! Rs
    Fica tranquila que da certo, sim! É só você querer.
    Eu conheci meu namorado no tinder, durante a copa. Hahahaha
    Ele não mora no Brasil, mas estamos indo super bem. Já viajei pra onde ele mora, e percebemos que é isso que queremos e faremos de tudo para funcionar.
    Sabe o que eu penso? Eu gosto tanto dele que prefiro te-lo à distância, do que não ter de forma alguma. 😉
    Beijos e boa sorte!

    • Gabi23/10/14 • 15h56

      Acho bonitinho que ainda exista tanta mulher com pensamento romântico sobre o homem e sua sexualidade. Muitas nem imaginam que homens se masturbam – e se fazem, obviamente estão pensando nelas e na noite passada.
      Gente, por favor…

  6. dani23/10/14 • 11h39

    luana.. foto de mulher nua e pornografia 99% dos homens veem e isso n significa absolutamente nada
    a primeira vez q achei pornografia no cel do meu ado fiquei meio surpresa… mas percebi que era bobagem!! ele trabalhava no interior e como a internet la era uma bosta botava os videos la p se “divertir” longe de mim
    mas desencana amiga… o fato de seu marido ver essas coisas eventualmente não quer dizer que ele te ame ou te deseje menos!
    se um dia vc pegar ele interagindo com uma dessas mulheres ai sim vc se preocupa

    • Ana23/10/14 • 12h19

      Eu ficaria preocupada é se o meu fosse parte do 1% que não vê, pensaria que tem algo errado com ele, kkkk

      • Juliana23/10/14 • 12h46

        Luana, querida, que bobagem! rs
        Não tem nada a ver contigo. Eu sou mulher e também vejo pornografia de vez em quando. Não sinto falta de nada no meu namorado. Simplesmente tem quem goste. E acho que é até bom para o relacionamento, pois ele deve ver tudo pensando em fazer contigo. 🙂

  7. Paula23/10/14 • 11h40

    Adoreiiii essa coluna!!!

  8. Karine23/10/14 • 11h43

    Amei os desabafos alheios, faz vc perceber q todo mundo tem problemas amorosas, e que o conto de fadas não existe, e nunca vai existir… sou pessoas normais cheias de defeitos..
    parabens pela iniacitiva cony!

    https://www.facebook.com/AchadoChique

    http://achadochique.wordpress.com/

  9. Bruna23/10/14 • 11h46

    Bom, como eu mandei um email desabafando tb, vou tentar ajudar as amigas.
    Primeiro quanto ao caso da pornografia, concordo com a Cony, acho normal isso, ainda mais se ele foi sincero ao dizer que realmente acessa esse tipo de coisa. Meu marido faz isso e ainda me conta tb. As necessidades deles são diferentes, a curiosidade, vontade de ver esse tipo de coisa. Não acho que isso tenha nada a ver com vc, principalmente se vc sempre se sentiu desejada. Isso é o mais importante.

    Juanita: amiga realmente internet está para nos ajudar! Nada a temer com isso. Que bom que ela te ajudou a te aproximar de alguém bacana! Sem neuras com isso. Conheço vários casais que se conheceram através dela.

    E por fim, Rafaela, o caso mais complicado. Tb concordo com a Cony (não é puxa saco hein rsrs), se vc realmente gosta dele tente ajudá-lo, tb acho que ele esteja com problemas. Ele realmente parece ser um cara muito legal, então dê uma chance. Claro que ele não pode continuar agindo assim sempre, mas nesse caso parece mais ser um problema passageiro dele do que propriamente a personalidade dele. Dê o tempo que ele precisa, tente ajudá-lo e conversa com ele quando ele estiver melhor.

    • Gabi Rezende24/10/14 • 09h39

      Acho ainda que a Rafaela precisa orientá-lo a procurar ajuda Psicológica profissional

  10. Amanda23/10/14 • 11h46

    Adoreeeeeei essa tag kkkkkkkkk! Chora que eu te escuto, votei nesse nome pq né, em algum ponto a gente tem que dar risada?! kkkkkkkkkkkkkkkk

    Pode se intrometer no caso alheio? kkkkkkkkkk

    1) Todo bofe vê uma pornografia aqui ou ali. O meu vê e eu acho até engraçado! Acredita em você amiga! E assiste também, com ele quem sabe?! kkkkkkkkkkkkk #vamosdaresedivertir #polemica
    2)Eu também tinha esse preconceito de relacionamentos na internet, mas eu li um texto, de uma coluna de uma mulher do Estadão se não me engano e dizia o seguinte: hoje em dia só fica sozinho quem quer! Da pra conhecer gente legal pela internet sim! É só ficar esperta pra não se meter em roubada né?! E o seu bofe parece ser legal, se joga!
    3)Eu acho que se o cara vê a mensagem e não responde, é a mesma coisa que: não mande mais nada. Acho sem necessidade total ele sumir assim e aparecer quando bem entende… ele precisa de um tratamento psicológico pra aprender a lidar com a vida! Não é só no trabalho que vai ter stress… se ele é assim por causa do trabalho, imagina o resto? Imagina o dia que tiver filhos com você, mais o filho da outra, mais o stress da casa, mais o stress do trabalho… ele vai surtar e você também! O mundo ta cheio de homem, acho que ninguém precisa de ninguém que te leve pra baixo! #trocadebofe

  11. Luiza23/10/14 • 11h49

    Para a amiga Luana, escrevi sobre isso junto com meu namorado no nosso blog, as pornografias dos grupos de whatsapp. Lá tem opiniões de ambos o sexo, se tiverem interesse em dar suas opiniões, deem uma passadinha lá:

    http://estiloadois.com.br/grupos-masculinos-no-whatsapp-como-lidar/

    Beijos

  12. Ju23/10/14 • 11h51

    Juanita, conheço dois casais que começaram a namorar pelo Tinder. Um está esperando o primeiro filho e o outro vai casar no fim do ano. Se joga no namoro sim!
    Rafaela, eu já tive um relacionamento assim e, sendo sincera, não vale a pena. Se toda vez que ele passar por uma situação de estresse sumir, como vai ser a vida de vcs? Qualquer relacionamento tem fases estressantes, é impossível viver só de alegria. Ele vai sumir cada vez que uma dessas fases aparecer?

  13. Luana23/10/14 • 11h53

    Para a Rafaela:
    Esse moço parece gostar de você, mas como disse a Cony, não está com a cabeça muito boa. Passei por uma situação parecida no meu namoro de 6 anos (nuhhh!acho que preciso casar, rs). Meu namorado foi ficando distante, ele é médico e ainda faz residência, trabalha todos os dias, sem hora pra sair do hospital e ainda tem artigos, trabalhos, aulas para dar, muita coisa para fazer. Com isso tudo, ele tornou-se uma pessoa ausente, sem paciência, sem vontade de fazer as coisas, não queria mais sair, irritável. Marquei uma viagem para nós para tentar melhorar e nada! Aí conversei com ele e disse que assim não dava pra ficar. Orientei que ele procurasse um psicólogo, fizesse análise, praticasse um esporte. E ele o fez. E procurou também um psiquiatra por conta própria. Estava deprimido. Hoje estamos super bem, caminhamos juntos, nos matriculamos numa escola de dança e ele melhorou muito as oscilações de humor. Sugiro que assim que ele aparecer, você seja franca, sem assustá-lo, pergunte o que está acontecendo e diga que você quer ajudá-lo. Proponha algo novo. Tenho certeza que vai dar certo! Boa sorte!

    • Dai23/10/14 • 12h53

      Super apoiado! Acredito mesmo que ele não está bem. A melhor solução é procurar ajuda médica. Se você gosta mesmo dele, vale super a pena ficar ao lado dele e faz o possível para ajudar.

  14. EriKa Souza23/10/14 • 11h54

    Qto a pornografia pode até ser normal, mas se é uma coisa q incomoda de verdade, isso pode até atrapalhar o relacionamento… Acho q vale uma conversa. Ou fingir q não ver ou ir ver junto… Rsrs

    O da Rafaela, olha meu marido é igual, só não some pq a gente mora junto… Mas se fecha completamente, quase não fala… Rsrs
    Ele já chegou a ter convulsão por stress. A solução? Apoio, muito carinho e aceitação da parte dele de um tratamento médico e terapia pra parar de “descontar” o stress nos outros e aprender a lidar melhor com a pressão, já q não tinha como se livrar. Se ele der abertura, tenta conversar sobre um tratamento para stress.

  15. Cy23/10/14 • 11h56

    Gente, tive que vir comentar! Eu, mesmo sendo uma menininha, adoro ver pornografia de vez em quando. Amo meu namorado, acho ele um Deus grego, não sinto falta de nada, mas isso me dá mais ” imaginação”. Acabo fantasiando mais com ele e consequentemente melhorando nossa vida sexual por causa disso. Não fiquem encanadas com pornografia!
    Ah, e conheci meu ex no orkut haha 3 anos bons 😉
    Adorei a tag 🙂

  16. dani23/10/14 • 11h57

    rafaela
    meu namorado trabalha numa multinacional nesse mesmo esquema… trabalha 24h por dia 5 dias por semana (minha sorte é que os finais de semana sao, em regra, livres)
    eu realmente nao entendo como ele consegue… somos totalmente diferentes ja que sou funcionaria publica.
    vivemos em guerra por conta disso.. ele é workaholic e eu sou totalmente casa e familia! hoje esta um pouco melhor a relacao pq aprendi a conviver com o ritmo dele!!
    olha… se tem uma coisa que eu aprendi em 7 anos de relacionamento é que o estilo de vida dele nao vai mudar!! essa é a profissao que ele escolheu e ele gosta mto do que faz… trabalhou mto para conseguir chegar onde chegou e vai ser assim por uns bons anos ate que ele resolva se aposentar!! eu tenho ate medo de ter filhos pq fico com medo de ficar sobrecarregada… dele deixar o peso nas minhas costas
    se vc quer que de certo vc vai ter que aprender a conviver com as intercorrencias do trabalho dele… as vezes ele vai marcar de sair c vc e o trabalho vai chamar ele e ele vai preferir o trabalho… as vezes ele vai te deixar sozinha durante todo o final de semana… ou no seu aniversario… ou no natal…
    se pergunte se vc esta pronta para um relacionamento como estes sem se magoar e sem ficar cobrando dele

    • Bruna Costa23/10/14 • 12h18

      Pois é
      É pensar mais racionalmente mesmo: Daqui a cinco, dez anos, eu me vejo com uma pessoa assim? Eu quero uma vida assim pra mim?

      Se estiver disposta, continue.
      Se não, não.
      Ninguém namora pensando em terminar, mas sim que vai viver com a pessoa o resto da vida.
      Eu não estaria disposta a viver com uma pessoa assim
      Meu namorado fala em ser engenheiro na petrobras e trabalhar embarcado sabe? Sao quinze dias la e 21 em terra.
      Imagina eu caso com ele, tenho filho bebe e ele ta 15 dias no meio do mar!! Nao rola!! Ja cresci com um pai q vivia trabalhando n oexterior e era meio ausente.
      Não quero isso pra mim e pros meus filhos. Ai eu digo: apoio sua decisão, mas não te acompanho nela.
      Eu nao quero isso pra mim!
      Pensa no que vc quer pra vc.

      Mas fica de olho: esse jeito dele de sumir e tal não é normal. Ele deveria se abrir mais com vc. As vezes ele ta deprimido, depressivo ou é bipolar, sei lá. Fica de olho. O problema pode ser mais profundo que um trabalho pesado.

    • Ju Santana23/10/14 • 14h36

      Vivo exatamente isso. Mal e mal consigo ver meu namorado a cada 15 dias. Mas qdo estamos juntos, é ótimo. Só que tb me pergunto se é assim que me vejo daqui alguns anos… sad but true.

  17. Camila23/10/14 • 11h59

    Adorei o post Cony, Parabéns. Também me identifiquei com Juanita…Conheci meu marido pela internet, na época viuvo e com uma filha de 06 meses. Definitivamente uma pessoa que não me relacionaria porque não o encontraria numa balada!!! Estamos casados há 10 anos e temos outra filha de 9 anos. A vida as vezes nos surpreende. Dê uma chance Juanita e seja feliz!!!

  18. Regiane Henriques23/10/14 • 12h00

    Bom , por enquanto vou falar só do que conheço… Para a Juanita: conheci meu marido na Internet, nos vimos 3 vezes, ele foi estudar por um ano em Portugal, mantivemos contato pela internet. Ele voltou, começamos a namorar e estamos há 12 anos juntos, sendo 7 casados… Se joga! Avalie se na “vida real” ele te agrada e não tenha preconceitos só pq começou na internet. Boa sorte!

  19. Lua23/10/14 • 12h00

    Juanita, vai fundo q dá pé!!

    Conheci meu namorado pelo mIRC (quem lembra disso?! Hahahah) e estamos juntos ha quase 11 anos ❤️

    • Melissa23/10/14 • 15h17

      Haaa, eu lembro, eu e meu marido nos aproximamos por causa de um grupo do mIRC e estamos juntos até hoje, casados e com 2 filhos 😉

      • Myla23/10/14 • 19h48

        Gente, também conheci o meu pelo mIRC hahahaha num canal de bate-papo de futebol!! 🙂
        Nem existe mais mIRC né? ahahahhah Adorava!!

  20. Diandra23/10/14 • 12h01

    E aí, gurias?!
    Seguinte, sou considerada a conselheira amorosa das minhas amigas por “pensar como homem” e ser muito prática.. e sinceramente, sobre o caso da Rafinha:
    Não espere mais por ele, querida… Homem quando quer, dá jeito, e a gente sabe muito bem disso. Eu sei q ele foi um amor ao te apoiar numa fase difícil, mas não te responder nem por whats se está vivo ou morto durante 10 dias, me desculpe, não há stress q faça isso.
    Meu conselho é para parar de esperar esse homem, vais acabar perdendo tempo com ele. Cada caso é um caso, eu sei, mas passar dias sem nem sinal de fumaça não é coisa de quem ama a outra pessoa.
    Não fique mais esperando por ele, não é saudável isso, ninguém merece migalhas, merecemos pessoas que se importam. Se o problema é o stress ele poderia dizer: “não estou bem, te procuro outro dia”, agora não responder.. Tu não mereces isso.
    Desculpe, mas é como vejo a situação, já vi amigas passarem por homens assim, uns amores durante uns meses, daí sumiam, reapareciam, e assim elas iam perdendo sua juventude nessa montanha russa.
    Abração, espero que dê tudo certo.

    • Laura23/10/14 • 13h00

      Concordo contigo! Não rola esperar não.

      Meu namorado tem uma vida que não sei como ele aguenta, muito estresse (e alguns não são por opção – como trabalho – e sim por azar da vida), ele está 100% do tempo resolvendo coisas. Quando o stress tá grande, ele chega e faz “hoje tô querendo descansar” e eu respeito…ou ele diz “vamos fazer algo diferente?” E a gente vai pra praia, patina, etc….

      Agora sumir por vários dias sem dar nem notícia? Pra mim, isso é falta de respeito.

      Ok que ele é uma ótima pessoa que ajudou muito…mas você vai ficar esperando quanto tempo até ele se abrir ou procurar uma ajuda ou o que seja?

      Quem sabe, depois dele conseguir lidar com os problemas dele (porque ele que tem que querer resolver), vocês tenham algo, mas eu diria pra, agora, seguir em frente e partir pra outra.

    • Nadja23/10/14 • 15h28

      Concordo com a Diandra. Uma simples resposta por whatsapp é o mínimo. Se nem isso ele faz, não está se importando. Não espere por esse cara. Vc merece mais! Se ele se arrepender, vai correr atras de vc. E se for atras, não o receba de braços abertos como se nada tivesse acontecido. Faça-o entender que não tolerará atitudes assim.

    • Marcela23/10/14 • 15h59

      Também concordo. Uma vez ainda tem desculpa mas ele fez novamente. Não pode permitir que te tratem assim. Que tipo de relação você irá esperar de uma pessoa que não divide a vida dela com você?

  21. Fernanda B.23/10/14 • 12h03

    Adorei! Me identifiquei demais com a história da Luana e é um exercício diário me desencanar dessa mania dos homens! Juanita, minha filha, o que importa é ser feliz, independente de onde e como começou o amor! Rafaela, amiga, sério? Será que vale a pena? Tá te causando mais confusão e dor do que coisas boas? Muitas vezes temos a tendência de insistir no que é difícil! Leia esse testo aqui que pode te ajudar: http://www.smallfashiondiary.com/2014/10/o-homem-bagunca.html Beijos a todas

  22. Pamella23/10/14 • 12h04

    Luana, homens verem sites de pornografia e fotos de mulheres nuas é a coisa mais normal! No começo do meu relacionamento (onde o conheci pela internet – orkut gente, que velho – viu Juanita?? estamos juntos há 7 anos e muito felizes!) eu ficava meio encucada com isso, mas ele nunca me deu motivos pra isso e sinceramente, uma foto ou um vídeo assistido não quer dizer que ele não te deseje mais ou a vida a dois não está bem (dica: pq vocês não assistem esses vídeos juntos? já testei e vou te dizer que foi ótimo!) E Rafa, dê tempo ao tempo! Me identifiquei com seu namorado, também me estresso super no trabalho e meu par me ajuda demais…o apoio dele me ajuda a superar o stress…Beijos!

  23. Tassia23/10/14 • 12h06

    Amei a coluna, e o nome acho que está ótimo!

    Agora quanto a tal pornografia! Aff também acho rídiculo essa mania dos homens sabia, apesar de saber que 99,99% dos homens acessam esse tipo de coisa. Mas continuo achando desnecessário. Quer ver mulher pelada, olha pra sua querido, se não vem outro e já era! Kkkkkkkkkkkkkk

  24. Bruna Costa23/10/14 • 12h08

    Aaaah não. Tem que ser um por vez mesmo. Três não é bom. Espero que estabilize.

    2) Questão do Tinder
    CONHECI MEU NAMORADO NO TINDEEER!
    E é serio. Meus amigos de um grupo do wpp começaram a falar disso numa segunda feira. Eu tava no trabalho e nao sabia oq era nem podia baixar. Mas falei: Credo gente, que coisa de encalhado.
    Só que ai começaram a mandar prints do povo todo e eu via que conhecia todooo mundo. Tava todo mundo usando. Ai a noite cheguei da aula e baixei o tal do app. Sou meio chata e nao curtia ninguem. Até que curti meu atual namorado e deu match. Ai fui dormir. No outro dia a noite ele veio puxar papo e perguntou se eu morava em bh. Fiquei sem entender a pergunta, pq eu tinha colocado uma milha de distancia de mim. Acredita que o app deu pau e ele é de bh, mas mora numa cidade a 200 km e apareceu pra mim? Destino hahaha
    Começamos a sair e deu certo. Como ele é daqui e só mora la pra trabalhar, a familia e amigos dele são daqui, então ele vem toda semana. Dia 12 de outubro fez um ano que ficamos, e anteontem fizemos oito meses de namoro!! E acho que vai durar viu?
    Esse trem de internet e complicado mesmo. Não é pra todo mundo que eu falo que conheci ele no Tinder. Pra minha familia, neeeeem pensar. Inventamos uma historia. Só pra amigos mais intimos mesmo que a gente fala, pq o povo tem mto preconceito ainda neh?
    Eu mesma confesso que tenho um pouco!
    A questão é: eu só curti ele pq tinhamos amigos em comum.
    Não teria coragem de sair com um cara que não tenha referencias, por medo mesmo. Mas JAMAIS por preconceito!! BOBAGEM!!
    Se vc ja conheceu o medico, viu que é uma boa pessoa e tal, vai fundo!! Só fica com os dois olhos abertos (ultimamente temos que ficar assim com todo mundo que a gente conhece neh?) e toma um cuidado maior. Agora pelo preconceito, é bobagem!!!
    E não custa inventar uma historinha para satisfazer os palpiteiros e quem pode se incomodar com isso, tipo os pais neh?
    Mas jamais trocaria meu namorado por causa de preconceito!

    • Georgia23/10/14 • 13h50

      Acho que tem que ver se é só preconceito com internet ou falta de confiança nos homens, principalmente encontrado em tinder e afins.

  25. Ana23/10/14 • 12h10

    Gente meu marido sempre viu filme pornô e nunca vi nada de errado com isso… até já vi com ele às vezes mas não é muito minha praia. Não vejo problema nenhum. Se vc acha que casando ele vai sentir tesão só por vc tá muito enganada fia, muitooooo. Contanto que não te coloque chifre, tá valendo.

  26. Ana23/10/14 • 12h13

    Agora que li o outro desabafo: Conheci meu marido no orkut em 2005. Hoje sou casada e muito feliz! Pelamordedeus, que preconceito besta minha gente. Internet é uma forma comum de se conhecer uma pessoa, assim como qualquer outra.

  27. Bruna Costa23/10/14 • 12h13

    1) Questão da pornografia

    BOBAGEM encasquetar com isso.
    A questão é a seguinte: nós mulheres somos reprimidas pela sociedade. Pra nós, sexo é sempre tratado como um tabu. Resultado? Não conhecemos nosso próprio corpo, não sabemos do que a gente gosta e, muitas vezes, nos satisfazemos com um sexo que as vezes nao é muito prazeroso ou machuca.
    O ideal era todas as mulheres se tocarem e conhecer o proprio corpo. Mas falar é facil né. Tô só repetindo oq o medico fala haha

    Se fossemos assim, seria mais facil lidar com essa questão de pornografia e masturbaçao masculina, mesmo namorando. Pq fariamos a mesma coisa! Nao necessariamente vendo porno, mas buscando algo que estimula a nossa excitação.

    Eu sou um caso a parte. Acho porno engraçado, ai nao ligo de ver hahha
    Mas´e bobagem sua DEMAIS ligar pra isso. Não tem NADA de errado com vc!!!
    Se um dia as coisas esfriarem e ele perder o interesse por vc, ai se preocupe.
    Mas no momento, é normal
    Meu namorado faz isso. O seu faz isso. Todos fazem isso.
    Pra vc ter ideia, meu ex namorado guardava um tanto de filme porno no meu HD externo (na epoca nao tinham mtos sites pra ver online e ele tinha q baixar)
    Terminamos e mandei ele deixar lah haha

    Entao, PARA DE BOBAGEM!

    Anormal seria se ele não visse isso viu!!

    • Ozzy23/10/14 • 15h21

      Também acho super normal!!!

  28. Lívia23/10/14 • 12h13

    Bom dia Cony!
    Antes de tudo quero dizer que adoooro seu blog, principalmente pela forma como escreve! Acho o máximo gente que agrega novas expressões e tem bom humor para falar da vida e dos nossos desafios – e você tem!!
    Bom, não querendo me meter, mas gostaria de acrescentar minha experiência para a Rafinha*… pode?
    Seguinte, estive num relacionamento por mais de 3 anos com uma pessoa que era tudo o que sempre quis e mais um pouco… O cara é a pessoa mais inteligente que já conheci (fez MIT, foi professor da GV, escreve para colunas de jornais importantes e muitas outras coisas), é autodidata (toca violão, piano, bongô, gaita e o escambau), tem uma voz incrível para cantar e ainda compõe uma bossa nova bem na sua frente, tem um super estilo de se vestir, cheiroso, cuida da saúde, extremamente educado e atencioso com todos (aquele tipo que faz questão de perguntar o nome ao garçom, saca?!), todos os respeitam e o admiram, a cultura dele era coisa que impressionava, e o sexo é coisa de louco (quer dizer, de Escorpião!). Visualizou?! Então, ele era O Cara!
    Acontece que ele também tinha um cargo de alta gerencia, e uma das suas particularidades pessoais era o fato dele ser muito dedicado ao seu sucesso profissional, e isso envolvia muita coisa… Vezes ele surtava por conta das decisões que tinha que tomar, vezes ele passava horas e horas sem retornar minhas ligações pois estava estudando um assunto “tão interessante” que não via o horário passar e por aí ia. Teve vezes em que quase perdemos um vôo internacional, pois ele havia marcado uma reunião pouco antes do nosso embarque, por outra vez, estávamos no Havai (!!) e ele estava trabalhando com laptop em plena areia…
    Enfim, onde quero chegar com isso, eu quero dizer que para esse cara ser quem ele é, ele se dedicou – e se dedica – muuuito ao seu trabalho e esta é a prioridade dele, ponto! Todo o mais fica em segundo plano, e se você não estiver ciente e tranquila com isso, você nunca estará satisfeita com este relacionamento.
    Então eu diria para a Rafinha* avaliar seu sentimento e seus limites emocionais, para então decidir em continuar – ou não – neste relacionamento. Depois de muitas sessões de terapia e conversas com amigas, eu me conscientizei desta verdade e resolvi lidar com ela, e consegui viver neste relacionamento sem sofrer por mais uns 2 anos (era como estações do ano, vezes eram extremamente férteis e abundantes, outras havia uma seca e estiagem assustadora). Mas com o tempo fui ficando infeliz, pois queria uma pessoa mais estável ao meu lado, e todos aqueles outros “predicados” já estavam perdendo força diante dessa carência afetiva.
    Resolvi por um fim a isso, pois ao longo prazo isso seria o melhor pra mim. Sofri, minha nossa, como sofri com isso… Não achei que dava pra doer tanto algo que não se enxerga, Jesus!
    Confesso que ainda estou na minha fase final de recuperação, mas sei que essa foi a melhor decisão a ser tomada, pois ele não iria mudar, e eu nem queria que mudasse, pois caso contrário ele deixaria de ser “aquele cara”… Mas ao mesmo tempo eu precisava de alguém que pudesse atender minha demanda emocional, e ele não podia absorver isso.
    Resumindo: não veja esse “ciclo” (de quem vezes está super próximo, e do nada se afasta) como somente uma fase, pois não será! Aceite e conviva com isso em paz, ou então encare que não ha muito o que ser feito…
    Boa sorte!!
    Bjos

    • Constanza23/10/14 • 12h18

      AR RAS SOU na resposta. Meu Deus…

      • Beta23/10/14 • 12h25

        Arrasou mesmo!
        O mais importante, seja no comentário da Lívia, ou no meu abaixo é: ele não vai mudar. =/
        Ou a gente aprende a conviver – de uma forma que nos faça feliz – ou é melhor partir pra outra.
        Boa sorte!

      • Louize24/10/14 • 08h58

        Ahhh, tive q comentar aqui! hehe

        Livia, vc bem falou, levava HORAS pra responder suas ligaçoes, msg, etc.. No caso da nossa amiga, só dessa ultima vez são DEZ dias, DEZ, sem dar sinal de vida! Sei não, não querendo colocar minhocas na cabeça dela, mas já colocando, o buraco é mais embaixo. Sei lá, isso não é só caso de stress, trabalho, etc.

        Ahh, no caso da pornografia, fico bem na duvida em responder, pq tbm iria me sentir mto mal com isso!

        Quanto ao namoro da internet se vc conseguiu a ficha do individuo, e esta tdo bem,rs, vai nessa! Experiencia própria! Conheci meu noivo a 6 anos no falecido Orkut e em 02/2015 vamos nos casar! 🙂

    • Aline24/10/14 • 10h27

      Nossa, perfeito Livia!!
      Uma coisa que aprendi na terapia é a respeitar meus limites. Quero um relacionamento? Sim! Mas não posso deixar de lado as minhas necessidades para segurar um cara que não me trata como prioridade. Claro que tem q haver um meio termo, pq para uma relação dar certo ambos precisam ceder em alguns pontos. Mas se só vc tem q ceder, tem alguma coisa errada aí…

  29. Glaucia Camargo23/10/14 • 12h13

    Oi amigas tudo bem?

    Luana, o homem que não ver pornografia hoje em dia sinceramente não é homem! Com o tanto de gay que temos por ai temos é que desconfiar… Relaxa sério! É um mal que todas passamos =/

    Eu tb fiz um tinder mas menina só aparece homem muitoooo feio assim daqueles que não tem como fazer combinação kkkk devia ser bom qdo lançou o app agora deve estar meio zuado já demorei muito pra criar coragem e entrar. =(

    Rafinha, tb senti que o cara gosta de você, mas acho que ele realmente não está sabendo lidar com os sentimentos dele, com a pressão o que pode até virar depressão viu! Ele precisa realmente se cuidar. Vai se aproximando aos poucos com cuidado pra ele ver como se preocupa com ele e que se precisar tem com quem cuidar.

    E pra finalizar!

    Se tornou um de meus post preferidos, pois podemos trocar ideias ver como todas passamos por situações parecidas e ouvir um pouco a opinião das outras.

    Beijos lindas. 🙂

    Há Cony uma sugestão!
    Seria muitooooo legal se gravasse uns vlogs pra gente! Uns conteúdos em vídeo o que acha?

    bjs

    • Lola23/10/14 • 17h09

      “Luana, o homem que não ver pornografia hoje em dia sinceramente não é homem! Com o tanto de gay que temos por ai temos é que desconfiar… Relaxa sério! É um mal que todas passamos =/”

      É sério, isso??? O.O Como assim dizer que homem que não vê porn é gay? Que ridículo, fia!
      Hétero vê pornô seja homem ou mulher, gay vê pornô também, olhe a besteira, viu?

  30. Bruna Costa23/10/14 • 12h13

    CAMPANHA POLITICA:
    VOTEM NO “ENTRE AMIGAS”

    =P

  31. Ana23/10/14 • 12h15

    Quanto ao ultimo relato, discordo da Cony. É a segunda vez que o cara some. Eu desencanaria. Por mais fofo que ele seja quando está com vc, uma pessoa que some sem dar notícia por duas vezes… eu hein. Tô fora, não me submeteria a isso.

  32. Beta23/10/14 • 12h16

    Vou comentar o caso da Rafinha, pq meu marido tb é um pouco assim.
    Não muito comigo, mas talvez pelo timming de vida. Pois nos conhecemos quando eu tinha 20 e ele 24 e já estamos há 11 anos juntos (e 6 casados com 2 filhas lindas).
    Mas na época ele tinha muito menos pressão no trabalho, pela idade e nível hierárquico. Hoje em dia quando ele chega mal do trabalho – e tem posição executiva, lida com nível estratégico, super cobrado, etc etc. pega uma taça de vinho e fica SOZINHO em casa. Não quer nem FALAR sobre os problemas de trabalho – e eu trabalho em uma empresa GIGANTE líder de mercado, poderíamos trocar experiências. Mas ele prefere o silêncio. As vezes vem me contar as coisas dias depois – quando está sob menos pressão ou problema resolvido. Ele passa dias ignorando o pai e a mãe. Sem ligar, sem retornar ligações. Acho que é muito o que a Cony falou: vc tem que saber até que ponto isso TE atormenta. Eu aprendi a contornar a situação, conviver com isso, somos felizes assim. Mas eu aprendi a extrair o melhor dele, e ignorar/conviver com o pior.
    Dê um tempo a ele, e não se tranque nessa relação nesse momento. Viva a sua vida, quando ele perceber que pode perder espaço vai enxergar vcs 2 de uma outra forma. Isso é, se vc acha que vale lutar por essa relação. Pra mim, valeu e vale a cada dia. <3

  33. Ingrid23/10/14 • 12h18

    Adorei a tag, Conny!

    Qualquer dia mando meu ‘desabafinho’ também rs

  34. Juliana23/10/14 • 12h20

    Luana, estou em um relacionamento de 4 anos, desde o inicio do nosso relacionamento eu sabia que meu noivo entrava nesses sites, sempre brigávamos e vi que ele nunca parou de acessar. Passou algum tempo, eu já estava P da vida, TPM, juntou tudo e ele esqueceu o cel em casa e foi trabalhar, assim que ele se deu conta no trabalho que tinha esquecido pediu que um funcionário fosse buscar. No elevador fui inventar de ver o que ele tinha acessado e lá estava os sites pornográficos, minha reação foi pegar todas as suas camisas sociais e rasgá-las, fazer um monte no meio do quarto, e quebrei a maioria dos seus relógios. Fui para casa e esperei a reação dele, coitado, chegou em casa e me pediu desculpa, mas eu sei que até hoje ele acessa. E hoje eu vejo que não adianta, isso é coisa de homem!

    • Ana23/10/14 • 12h30

      Coitado meu Deus. Ele deve te amar muito pra continuar com vc mesmo depois desse episódio de chilique.

      • claudia24/10/14 • 02h00

        gente, sério que alguem faz isso e tem coragem de contar?
        sinceramente, ele tem que amar MUITO mesmo, porque isso é deprimente.
        eu não iria querer nunca uma pessoa instável/louca assim na vida, e o coitado AINDA PEDIU DESCULPAS?

    • Nathália03/11/14 • 20h30

      Fico chocada com esses comentários e mais ainda com os pensamentos machistas dizendo ser “coisa de homem”, “hetero faz isso”, “tenho ciúmes”. Gente, sério?
      Essa fia ainda contou essa babaquice como se fosse uma coisa para se orgulhar. Eu hein!!

  35. Alice23/10/14 • 12h23

    Amei essa coluna, Cony! Quando vc deixar eu mando o meu dileminha rsrsrs. Mas… me intrometendo na histórias das meninas(#adoro kkkk): Luana, supee normal homem ver pornografia. Juanita, estou perto de completar um ano de namoro c um rapaz maravilhoso q conheci no tinder (depois de conversar e encontrar muitos caras decepcionantes lá rsrs)e vamos nos casar!. Rafaela, se eu fosse vc pulava fora dessa fria. Essa cara realmente não sabe lidar c os problemas da vida e pelo visto não quer aprender porq ele já fez isso antes… A questão é: vc quer compartilhar a sua vida e os problemas q normalmente vão surgir c uma pessoa que numa dificuldade desconta em vc e some por tanto tempo assim? Acho q vc não merece isso, mas a escolha é sua.

  36. Rafaela23/10/14 • 12h24

    Obrigadddaaaaa pela sua história, super me ajudou!!! Também era encucada com os acessos do meu marido a essas coisas, mas vi que temos q relaxar né?!

  37. Marô23/10/14 • 12h28

    Muito dez. Cony, faz assim que é mara de três em três! E parabéns as leitoras/escritoras que foram objetivas tb! Amei.
    Respontinhas:
    LUANA: até os homens mais “bonzinhos” olham putaria. Até eu olho putaria, só não comento com ninguém. Fica fria e trabalha essa autoestima; tudo certo!

    JUANITA: larga mão da desconfiança. Conheci meu amor há três anos via chat (improvável, né rs) e estamos casados há um ano. O que tiver que dar certo vai dar, seja saído do mundo real ou virtual. Antes de serem virtuais, as pessoas são reais. Relaxa e goza.

    RAFINHA: vc é do tipo de amiga que me tira a paciência, mas, com carinho te diria que compre o livro “Ele simplesmente não está afim de você” e parta para outra e não volte com ele nem que ele tente. O que tá faltando pra vc entender que não está suficientemente afim? Inclusive isso me cheira a ter outra na parada. Tanto faz. Lembre-se do meu ditado preferido “NUNCA DEIXE O MESMO CACHORRO TE MORDER DUAS VEZES”. Não complique, a vida é breve.
    Bjx!

    • Ozzy23/10/14 • 15h36

      kkkkk… esse até o momento (não li todos) foi o MELHOR!
      Complementando, Rafinha, ele está te fazendo um GRANDE, IMENSO favor… saiba interpretar os sinais divinos, aproveita e cai fora.
      Tudo bem, ele está pasando por um momento difícil, pode estar depressivo precisando de ajuda médica, mas você tem certeza que deseja ser a muleta dele?
      Eu acho que NÂO vale a apena e isso vai te consumir muita energia.
      Eu já corri atrás de muito cara complicado, que eu achava que iria ser a salvação, mas não foi bem assim… e, hoje, estou MUITO melhor.

    • Liza23/10/14 • 20h52

      E eu lendo o relato da Rafa e pensei, ela devia ver o filme “he is really not that into you” rs nem sabia q tinha livro #ignorante rs

  38. Fabi23/10/14 • 12h30

    Oi Cony, adorei a tag, pois por uma infeliz coincidência, passei pelas três situações rsrsrs
    Depois de treze anos de relacionamento, cinco de namoro e oito de casamento, já passei por tantas situações que dariam um livro.
    Passei pelo flagra da pornografia, e bem em uma época de crise no casamento, tive um surto e me senti péssima, sei bem o que é isso de “coco do cavalo”.
    Sobre relacionamento pela internet, conheci meu marido por um bate papo da época, e aconselho sempre a investigarem a vida toda da criatura, até os restos mortais dos antepassados, para não terem “surpresas” na porta da igreja ou depois de casadas como eu tive.
    E sobre “ficar no vácuo”, entendo porque fiquei muito no inicio do namoro e isso tem a ver com as “surpresas” que descobri depois, ou seja, durmam de olhos abertos pois homens mentem com a mesma facilidade que respiram…. Affe desabafei, obrigada!

    • Constanza23/10/14 • 13h07

      Ain fiquei curiosa… O que vc descobriu???

      • Fabi23/10/14 • 13h40

        Ahh, meu primeiro comentário no Blog e você respondeu! Te peguei pela curiosidade, você é uma canceriana curiosa assim como eu rsrsrs
        Pois é, após cinco anos de namoro, faltando uma semana para o casamento, descobri que ele tinha uma filha…
        Cinco anos desconfiando, investigando, perguntando e nada, a criatura deixou para confessar na porta da igreja. Não foi uma traição, foi um acontecimento antes de me conhecer, então, apesar do meu sofrimento, arrisquei e casei. Ai já viu né, uma mentira puxa outra e só fui descobrir outras coisas depois de casada.

        • Constanza23/10/14 • 13h59

          Omg!!!!! Cinco anooooos!

          • Fabi23/10/14 • 14h27

            Então, ele morava em outro Estado, a família toda dele mora lá. Não tive condições $$$ de seguir o meu sexto sentido. Confiei. 🙁

        • mayara23/10/14 • 20h20

          PQP!!!!! Fiquei suuuuuuuuuuuper intrigada com essa tua história… e agora? o que vc vai fazer? conta mais kkkk

    • Ozzy23/10/14 • 15h39

      Apenas chocada!!! Como você casa numa pessoa em que não confia???

      • Fabi23/10/14 • 17h31

        Talvez porque eu tenha colocado os cinco anos na balança, talvez porque eu não acredite em pessoas perfeitas e amores perfeitos e sim em relacionamentos que são construídos, talvez porque eu acredite em segunda chance, perdão e amadurecimento, talvez eu seja uma louca ingênua, ou uma mulher corajosa… Enfim, são muitas opções, escolha a sua e me julgue.
        Infelizmente é isso o que a maioria das pessoas fazem, se dizem “chocadas” julgam e atiram pedras em toda opinião ou atitude que seja diferente da sua. Sem se colocar no lugar do outro, sem conhecer a sua história antes.

        • Ozzy23/10/14 • 18h54

          Talvez nenhuma dessas opções. Não quis diminuir sua história, muito menos ofendê-la. Talvez o meu choque seja pq casamento pra mim é uma coisa que depende fundamentalmente de confiança. Não conseguiria namorar, muito menos casar, se desconfiasse da pessoa.
          Quando vejo histórias como a sua, a única coisa que consigo pensar é que existem pessoas que gostam de sofrer. Porque, pra mim, a desconfiança traz sofrimento. Gera sempre uma busca pela verdade, uma insegurança.
          E mais. Não estou aqui para convencer, nem para ser convencida. É apenas minha opinião.

          Acho que aqui é um lugar aberto pra isso… sem censuras…
          Vamos aprofundar, discutir essas relações que nos consomem ao invés de nos alimentarem.

    • Adriana23/10/14 • 17h45

      Para tudo que essa historia ficou mais interessante que as demais hehehe

      • Gabriela27/10/14 • 02h16

        Putz! acorda gente!
        Primeira coisa básica é dar um google. Já dá para saber alguma publicação em diário oficial, página em rede social etc. Depois se conseguir o CPF da criatura ver na receita ser entregou declaração do IR. Depois colocar o nome da criatura no site do tribunal de justiça do estado e na justiça federal. Só aí já dava para saber se o camarada tem ação de alimentos, divórcio, se tá devendo condomínio, prestação do carro, se é estelionatário, está sendo investigado na CPI, se sai na coluna social etc. Sem brincadeira.

        • Maria27/10/14 • 12h19

          Certo Gabriela, mas e se depois de todos essas pesquisas você não encontrar nada?
          Continua o relacionamento mesmo com uma pulga atrás da orelha ou termina logo apenas porque supõe que existe algo de errado?
          Acho que ninguém esta imune a passar por decepções com relacionamentos que começam pela internet, na teoria é tudo muito fácil, na vida real cada um sabe de si.

          • Gabriela27/10/14 • 16h25

            Claro que cada um cuida de si!
            Só estou me referindo ao básico, que uso até para o trabalho. Se nem assim aparece nada sobre a pessoa, vai ver que ela nem existe! Mas cada um faz o que quiser, se a pessoa desconfia da outra ou nem sabe nada da outra e quer permanecer no relacionamento, paciência. Acontece.Às vezes a pessoa nem quer saber nada para não correr o risco de se aborrecer antes,é uma opção.
            Eu pessoalmente não ia ficar no vácuo, nem dez dias nem cinco anos, não toleraria.

          • Ana28/10/14 • 12h10

            Caraca, cada comentário absurdo… “pessoas que gostam de sofrer”, “se pesquisou e não encontrou nenhum problema vai ver que a pessoa não existe” uahahaha
            Isso porque a colega nem pediu opinião, imagine se tivesse pedido. Eu ia falar da minha história sobre internet e de tantas outras, mas deixa pra lá né.

  39. Ludmila23/10/14 • 12h38

    Ai, Cony, sou uma das milhares de leitoras fantasmas (comento muuuuuuuito pouco ou quase nunca), mas lendo as histórias das nossas amigas fiquei com vontade de passar por aqui…
    Sobre a Luana, concordo com vc: o problema não é acessar o site de pornografia, seria sim se tivesse trocando mensagens com outras pessoas… Sei lá, eu cresci com meu pai assinando a Playboy e minha mãe achando normal (ela falava: “Vou ter ciúme de mulher de papel? Tenho que ter ciúme de mulher de verdade!!” e eu concordo com ela!). Luana, se vc estiver lendo esses comentários, fica tranquila. Comece a se preoucpar se ele gastar mais tempo na internet com as fotos do que com vc…
    Juanita, se dá dando certo, se joga!! Porque se importar em como começou a história? Se tá maravilhoso, espere pelos dias que virão!
    Rafinha, acho o seu caso o mais difícil – concordo com a Cony, esse cara está com problema! Se vc gosta dele, pode tentar ajudá-lo (se ele abaixar a guarda e se deixar ajudar, né). Se está complicado demais pra vc, parte pra outra. Sabemos que isso não é impossível (Cony já nos mostrou com seus textos mara).

    Bom, é isso… Adorei a idéia da coluna, Cony!!! Estou pensando em participar da de viagens, vou pra Barbados em novembro e já vou anotar tudo… 🙂

    Beijos

  40. Bárbara Priscy23/10/14 • 12h39

    Cony! Chora que eu te escuto não!! Por favor!

    • Juliana23/10/14 • 14h35

      Concordo!
      Chora que eu te escuto é a opção mais breguinha!

      • Amanda23/10/14 • 15h27

        A gente eu achei muito engraçado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  41. Julia23/10/14 • 12h40

    Não entendi pq vc acha normal que homens vejam pornografia e acha “bobagem” que mulheres vejam fotos de homens bonitos. Isso é machismo. Somos ensinadas desde cedo a não expressar desejo sexual, a não acessar conteúdos relacionados a sexo, pq pra sociedade machista isso é coisa de “mulher vadia”. Acho que seu comentário só ajuda a reforçar esse tipo de coisa. Será q as mulheres não param pra pensar q enquanto homens são estimulados desde cedo a fazer sexo e a acessar pornografia pra “provar que são machos”, nós somos reprimidas, somos ensinadas a nos comportar como “princesas”, “mulheres de família” e blablabla?? Vcs acham realmente q isso é puramente biológico e não tem nada a ver com a cultura machista? Existem mulheres que gostam de pornografia (não é o meu caso, pq a maioria desses pornôs colocam mulheres a serviço do prazer do homem e raramente o contrário e acho patético) e sinto como se seu comentário estivesse meio q as reprimindo, dizendo que pra homem é normal, uma necessidade, mas pra mulher é bobagem, desnecessário. Quem disse? Não existe essa história de que homem é visual e mulher não, isso é alto imposto pela sociedade.

    • Constanza23/10/14 • 13h11

      Acho bobagem ver fotos pornográficas! Seja de homem ou mulher. Caaaaalmaaa. Qta revolta kkkk

    • fAbI23/10/14 • 17h08

      Júlia, acho que isso não tem nada a ver com machismo. Apenas as mulheres não são tão visuais quanto os homens. Generalizando, homens se excitam apenas olhando uma foto. Já as mulheres precisam de muito mais. 😉

    • Pam23/10/14 • 22h22

      Calma! Ela até falou que passaria uns home pelado pra amiga aí, kkkkkk. Eu entendo seu ponto, também sou feminista. Mas acho que este comentário não se encaixa nessa situação.

    • Daiane Coutinho da Rocha24/10/14 • 11h03

      Me fala vc sente algo diferente em ver foto de homem pelado? Pode até sentir, mas meu sensualidade tá muito além disso.
      Acho q era isso q ela quis dizer

  42. Li23/10/14 • 12h40

    Ótima coluna!
    Juanita, eu conheci meu namorado num bate-papo há mais de 10 anos e aí estamos! E tenho amigas que também conheceram seus pares assim!
    Rafaela, meu namorado também era muito ligado ao trabalho. Ele já trabalhou muito aos finais de semana, vivia estressado e, consequentemente, me estressava também. Sempre que ele chegava em casa estressado (moramos juntos), eu ia fazer outra coisa, ignorava ele e aquele humor difícil. Ele começou a notar e foi ficando mais calmo, falava pra assistir um filme, dar uma volta. Hoje em dia, ele não trabalha mais aos finais de semana e não fica mais até altas horas tentando resolver problemas do trabalho. Ele se tocou que a saúde dele é mais importante.

  43. Julia23/10/14 • 12h44

    E outra: muita inocência de vcs acharem q pornografia representa só pornografia e ponto. Isso é sintomático de algo muito mais sério. Não pela pornografia em si, mas a infidelidade MASCULINA a maioria esmagadora dos homens casados q conheço recorrem a prostitutas como se fossem a coisa mais normal do mundo.

    • Constanza23/10/14 • 13h13

      Não acredito no que to lendo rsrs

      • Marcela23/10/14 • 15h31

        Povo doido… Como diz a poeta contemporânea Lala Rudge: “get a liiiifeeeee”
        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Ozzy23/10/14 • 15h41

        My eyes…my eyes…

      • Kássya24/10/14 • 10h00

        quanto drama! kkk

    • Leninha Lopes23/10/14 • 17h50

      Oi ?????

    • Fernanda Martins23/10/14 • 20h10

      Olha, tenho certeza que essa pessoa não é casada (arrisco dizer que nem namorado tem e imagino o pq)!!!
      A vida teórica é tão simples, ditar regras, julgar tudo e todos… Agora na prática, colega, o dia que vc for casada saberá!!!

  44. Amanda Souto23/10/14 • 12h48

    Bom dia meninas! Gente, na boa, conheço homens que não veem pornografia, e eles não são anormais por isso, e nem gays. Existem homens e homens, mas concordo que a imensa maioria vê.
    No caso da Juanita, conheci meu atual na internet e estamos casados há 3 anos, não importa como se conhece, mas importa como é a pessoa e o que ela quer de fato.

    Rafinha, eu acho uma tremenda falta de educação o homem não responder, meu marido é médico, cirurgião, trabalha em muitos lugares e nem por isso na fase de namoro deixava de me responder nem que fosse por um “oi”. Ainda mais 10 dias! Eu não conseguiria lidar com isso, acho que se o relacionamento está te magoando, você deve respensar. Expõe que isso te magoa e caso ele entenda, ok, caso não amigue, eu daria tchau. Ele pode ser bem-intecionado, mas não estar a fim de um relacionamento sério sério, quem está querendo algo sério, não deixa o outro sem resposta por tanto tempo, minha opinião, espero ter ajudado!

    • fAbI23/10/14 • 17h10

      Amanda, acho que você conhecem homens que não admitem que vêem pornografia rssss

      • Amanda Souto24/10/14 • 10h12

        Fabi, não, eu conheço homens que não vêem mesmo, que creem em Cristo e consideram isso pecado, é o estilo de vida deles, e eu também não vejo. Não é porque muitos fazem que TODOS fazem. 🙂

  45. lara23/10/14 • 12h49

    Bom,só pra dizer que não é verdade que não existam homens que não tem o hábito de ver pornografia.Muitas pessoas são criadas com valores diferentes e até mesmo os escolhem durante a vida.Então existe sim e não são gays,os homens que não tem esse hábito.Uma pessoa ter a curiosidade de ver uma vez mas não fazer disso um hábito é normal.Acho anormal o hábito,pode virar um vício( e sim existe o vicio da pornografia, não estou dizendo que é o caso dos namorados das leitoras)e tudo que é em exagero faz mal.E logico que se a pessoa vê todos os dias outras mulheres fazendo sexo vai ficar com alguma vontade diferente.É o mesmo que todo dia ver uma propaganda de algo tentador, uma hora vc vai querer.Daí, vai da consciencia de cada um o que é certo ou errado.

  46. Julia23/10/14 • 12h54

    Descobri q existem fóruns na internet pra q os homens façam resenhas sobre o atendimento q receberam de prostitutas. Existe uma área do site, inclusive, para que eles reúnam as principais desculpas q podem dar pras esposas. E descobri isso atrás de um amigo meu, q é casado, e diz q isso é muito comum dentre os homens (e q a maioria dos amigos casados dele fazem o mesmo). Mulheres não tem q se sentir culpadas por vasculhar o celular dos maridos/namorados. Existem coisas muito sérias em risco, inclusive a saúde delas. A maioria das pessoas contaminadas por AIDS são mulheres casadas q fazem sexo sem preservativo com o marido achando que é seguro, sendo q eles são portados do vírus q contraíram com amantes (pesquisem sobre isso, se duvidam). Desculpe o desabafo, mas estou muito revoltada com esse tipo de coisa.

    • Laura23/10/14 • 13h54

      Mulher, respeito sua opinião, mas olha…entre olhar pornografia e fazer sexo com prostitutas existe uma distância IMENSA.

      Um homem que resolve trair a esposa com uma prostituta não faz isso porque assiste vídeo pornô…e faria ainda que não existisse nem vídeo pornô, nem prostitutas. Se é um hábito comum ou não, não sei e nem vou comentar, mas não existe correlação entre uma coisa e outra.

      Por fim, posso concordar contigo que quem quer privacidade (de telefone, face) demais é de se desconfiar mesmo e se você tá com o sexto sentido apitando, fuce. Mas não vamos extrapolar também kkkk

      • Amanda23/10/14 • 15h39

        Julia, respeito você… você pode achar o que você quiser, assim como outras pessoas também. O fato de alguém achar que ver pornografia é bobagem e desnecessário não faz desta pessoa uma pessoa machista.
        Esse papo de extrema feminista é muito chato… Daqui a pouco vai falar que a mulher não deve fazer posição de 4, pois representa submissão ao homem.
        Enquanto somos inocentes em achar que pornografia é só pornografia e pronto, você faz o papel de mulher louca, que vai pirar completamente só porque o cara viu um vídeo.
        Não é porque viu um vídeo que o cara vai ter contato com quem fez o vídeo…
        E se é uma mulher que vê o vídeo? Então ela também vai ter contato? Também é traição? Ela também pode ter AIDS?
        Meu Deus, quanto absurdo!
        Se ame mais! Isso sim segura qualquer homem. Amor próprio. E respeite a individualidade de seu parceiro, para ter a sua respeitada também.

        • Constanza23/10/14 • 15h41

          Clap clap clap!

  47. Cecilia23/10/14 • 12h57

    Conyta, vc arrasou na coluna do <3!!!
    Adoro a forma leve que vc escreve e foi direta e certeira na opinião.
    Acho que preciso perder esse medo, que relatou a Juanita, em achar namorado pela internet, não sei de onde vem esse receio.
    E não deixe de nos contar a história do inicio do seu namoro. Bjs

  48. Cristiane23/10/14 • 13h03

    Sobre a RAFAELA: gente, como faz para rastrear alguém no GPS??Quero aprender! #loucapsicótica kkkk
    Também acho que tem outra na para e ele fica se revezando entre vocês.
    LUANA, até eu olho pornografia de vez em quando..não tem absolutamente nada a ver com o relacionamento.

  49. Marília23/10/14 • 13h05

    Geeeente! Nunca comentei aqui… Sou dessas que só entra e lê rs.
    Mas como assim, Juanita?! Eu conheci meu marido no orkut, estamos juntos a 05 anos e casados a 06 meses! E olha que eu tenho 23 anos rs.
    Vai na fé, amiga!

  50. Nathália23/10/14 • 13h06

    Conyyy!! Não acedito que vc conheceu seu amor na internet! hahah… Será que foi o Tinder? rs
    Meu caso tb foi assim, e sou a pessoa mais feliz do mundo há também quase 1 ano! #TinderÉAmor

    Engraçado isso, né? Depois super quero saber da sua historinha!

    E adorei essa nova tag! Espero não precisar compartilhar coisas por aqui, mas adorei todos os seus conselhos!

    Beijo! <3

  51. Rita23/10/14 • 13h12

    Adorei essa coluna! Cony, quando estiver recebendo novos emails nos avise, viu? Quero chorar minhas pitangas! Bjs

  52. Ana23/10/14 • 13h13

    Amei, superou minhas expectativas o quadro!

    Quanto as duas primeiras, larguem essas neuras…

    Quanto a terceira, como já comentaram, o buraco é um pouco mais embaixo. Primeiro se pergunte se vale a pena, ou melhor, se ele vale a pena tanto sofrimento. Se sim, tente ajudá-lo, faça o que puder fazer para dar certo a relação, inclusive viajar como sugeriu a Cony… Mas fique atenta a todas os sinais que ele te dá. Homem é um pouco estranho mesmo, mas daí a sumir, não se importar com o que tais pensando ou sentindo.. Sei lá. Faz passar mil coisas pela cabeça mesmo. Só acho que não custa tentar, dar mais uma chance para a relação, já que quando precisasse ele tb foi legal ctg. Se não der, tem mil homens por aí, quem sabe não encontra outro na internet? rsrs

    Beijos meninas!

  53. Amanda23/10/14 • 13h25

    coluna do ♥ é demais 🙂
    sou péssima de conselhos (acho que é pela ainda pouca idade, 20, haha), mas amei essa interação. meu namorado também ve porno, tem 84296 mil grupos de wpp onde esse conteúdo reina, e eu ficava muito p* da vida… mas aí pensei, ou fico louca e termino com ele, ou vejo que isso nada tem a ver comigo… e foi isso que fiz. aliás, com isso aprendi que ver porno, pra nós mulheres, pode ser muito interessante e útil hahah.
    bom, só vou opinar até onde hj, e preciso dizer que a livia lacrou na resposta rsrs
    beijos cony, amo seu blog e seu jeito de escrever!!!
    bjitos

  54. Nathalia Veloso23/10/14 • 13h27

    Cony, amo seu blog, sou leitora viciada e amei esta coluna.
    Luana, relaxa amiga que homem é assim mesmo, pornografia é instinto pra eles, rss.
    Ps: Tb olho umas pornografias de vem em quando, faz parte.
    Rafinha, dá um tempo pra ele, serviço estressante é muito complicado.Dá um tempo pro gato e ver o que acontece, tempo ao tempo.

    Já quero mandar meu e-mail, preciso de sua ajuda… rss

  55. Fabíola Nunes23/10/14 • 13h27

    Luana está procurando chifre em cabeça de cavalo!!! Peloamoooor!!! TODO homem olha e é uma besteira se preocupar com isso! Eu até mando umas fotos pro meu namorado (q recebo em grupos de whatsapp)quando acho uma mulher que tem corpão… Não me importo nem um pouco!!!
    Juanita, esse mesmo namorado que mencionei acima, trabalhava comigo, mas nós nunca tínhamos trocado nada além de bom dia e foi pelo facebook que a coisa andou, conversamos 2 meses pelo facebook antes de sairmos e já estamos há 3 anos juntos… Se joga 😉
    Rafaela, instabilidade me aflige, aí vai de você ver o que quer pq ele já “sumiu” duas vezes… O bônus é maior do que o ônus?!
    Cony, adorei a tag, como você pode ver adoro palpitar na vida amorosa alheia rs. As minhas amigas sempre me procuram qnd estão com algum problema nesse setor rsrsrs
    Bjs

  56. Michele23/10/14 • 13h29

    Cony,
    Piadinha para descontrair: https://www.youtube.com/watch?v=12ziwNHqK10
    E agora vamos meter o bedelho na vida dos outros…
    1- Os homens são criados para isso mesmo, se não ver pornografia, é viado e coisa e tal ( como se a opção sexual se medisse por isso, mas deixa pra lá!). Ai de nós mulheres se fôssemos reclamar disso. Mas ninguém se sente segura vendo o seu bofe desejar uma mulher com muito mais peito e bunda do que ela. Eu acho que não dá para competir com isso, então relaxa!! Ele pode ver quem for, mas vai me comer mesmo ( assim que eu penso). E não vamos deixar a peteca cair: vale comprar gelzinho, lingerie nova e até uma posição sexual diferente. O bofe vai confiar em você e começar a brincar com isso na sua frente, assim como o meu faz.
    2- Internet eu tenho um pouco de medo, mas admito que na vida a gente também não conhece a pessoa 100%. O lance é descobrir a vida do cara na segurança, pedir telefone de amigos, conhecer a mãe enfim, essas coisas.
    3- Agora o lance aqui é complicado…eu sumiria da vida desse cara. Sério meninas, vamos parar de tentar consertar bofe? Bofe é que nem táxi, tem que estar disponível. O cara já casou, teve filho, isso não é mais novidade pra ele.E para ele falar com a ex somente por e-mail, dá pra ver que o cara não tem o emocional tranquilo. Para a minha amiguinha dá uma olhada nesse site, que tem TODAS as desculpas que os bofes dão para nos comer…http://www.revistaandros.com.br/

  57. gabriela23/10/14 • 13h36

    Quanto ao primeiro caso acho q todo mundo é unanime em dizer pra ela não se preocupar, e eu concordo. N significa que ele não tenha atração por vc, afinal tenho certeza q vc tbm acha outros homens bonitos, interessantes, mas nem por isso cogita largar o boy, né? Isso é mais do que normal, pra homens E MULHERES! N vamos fingir q só homem gosta de sexo, de pornografia e etc.

    Já com relação ao ultimo caso… Eu não queria um cara desse na minha vida. Não sei como tem gente dizendo q ele deve ser um cara legal. NÃO É. por mais q ele esteja com problemas, não custa fazer uma ligação e explicar que não está bem. Pra mim esse cara é furada e parece ser um tremendo manipulador. Não queira ser tábua de salvação pra ngm, não ache q pode “consertar” a vida dele, ele tem q estar feliz e completo pra viver um relacionamento. Eu correria ora longe, é cilada,bino.

  58. gabriela23/10/14 • 13h41

    Fora q esse último cara parece ser bem louco, rastrear a pessoa pelo GPS, ficar “rondando” os lugares q ela frequenta, não se importa com os sentimentos dela, some do nada,sem dar satisfação, depois reaparece morrendo de amor… COMO AINDA TEM GENTE DIZENDO QUE ESSE É UM CARA LEGAL????

  59. Mariana23/10/14 • 13h58

    Quando acho que seu blog está ótimo, vc vem e páááááhhhhhhhhhhhh na cara das inimigas arrasando ainda mais. Gosto demais de seguir o Futilish, adorei os conselhos!

  60. Valeria23/10/14 • 14h12

    Meu conselho vai para a Rafaela, do caso 3: aproveite a deixa e pule fora enquanto há tempo! Se a relação com a ex é tão ruim assim, pode ter certeza de que você ainda vai passar muito mais raiva. Ele visivelmente é um cara descontrolado emocionalmente.

  61. Ana Paula Silva23/10/14 • 14h14

    Com o dasabafo da Rafinha, me lembrei dos livros série Crossfire…Gideon e Eva! Homem perfeito mais meio estranho…

    Rafa, eu acho que ele parece ser gente boa sim…mais que está passando por problemas ou que realmente está te enganando direitinho. Você realmente sabe o motivo da separação dele? Conhece a família dele? Porque ficar 10 dias sem dar um “oi” é estranho demais!

    Espero que vc consiga resolver essa questão, viu?
    Bjos.

  62. Mariana23/10/14 • 14h15

    Conyy! Adorei a iniciativa!!! Confesso que estava sentindo falta dessa sua interação tao gente como a gente com as leitoras! Sei que você anda viajando muito a trabalho e tal, mas nunca perca essa característica que te diferencia tanto das outras blogueiras!
    Um beijo!!!

  63. Suelen23/10/14 • 14h20

    Ameeeei essa coluna, as histórias, os conselhos, os comentários.. tudo. Parabéns Cony, bem legal!

    Para as duas primeiras meninas, relaxeeem. Concordo com a Cony, acho pornografia bobagem de ambos os lado, rs. Acho um saco filme/foto pornô.. serião, acho bobo, forçado, meio idiota haahahahah.. mas enfim, te gente que gosta, né? E não acho nada demais nisso também!

    Para menina da internet, se joga fia. Se ele é legal e te faz bem, não tem pq dispensar só pq conheceu na internet.

    Agora, para terceira menina, acho melhor pular dessa. A não ser que agnte o “tranco”, compartilho da opinião da Lívia aqui por cima. Ele não vai mudar, faz parte de quem ele é, e sempre vai afetar as pessoas que estão à volta dele. Basta você escolher se vai ter condição psicológica de aceitar isso. Mas na boa, eu cairia fora. Tem tanta coisa para complicar a vida, vai arrumar uma pessoa que complica mais ainda? Relacionamento pra mim é parceria, cumplicidade, amizade.. sei lá, eu não aguentaria essa loucura e já teria mandado ele pastar. E sério, também acho que ele precisa de um acompanhamento psicológico.

    Beijos girlsss e Cony <3

  64. CassiJane23/10/14 • 14h20

    Uhm, Rafaela, eu me assusto com cara surtados, viu?

    Posso te dizer que passei por um momento de vida muito complicado. Assumi um cargo de gerência numa grande empresa e um mês depois, fiquei viúva. Durante um ano e pouco, sofri horrores na mão de uma chefa e somado a isso, tinha a dor da perda do meu marido.

    Eu tinha momentos assim, mas nunca sumi mais de dois dias. Por mais que você esteja mal, você sabe que tem pessoas que estão preocupadas com você e esse sentimento te faz responder uma mensagem que seja, dizendo que está bem e que quer ficar um pouco só. Não dá desculpas para sumir dessa forma.

    Olha, uma outra experiência… Uma amiga minha, muito nova, apaixonou-se por um carinha e seis meses depois eles foram morar juntos. Um mês depois ela descobriu que o cara sofria de esquizofrenia e começou a surtar com ela… Por sorte ela conseguiu falar com a família dele e os pais interviram… Mas esses sumiços, esses stress… Pode ser realmente pelo trabalho, mas isso pode encobrir casos psiquiátricos mais graves (não que ele seja esquizofrênico….!). Mas eu já tive mais de uma amiga que descobriu doenças psiquiátricas graves depois de casada e isso pesou bastante no casamento! Vale a pena estar de olho!

    Abraços,

    CassiJane.

  65. Karin23/10/14 • 14h20

    Essa última história (do rapaz que é abduzido eventualmente) me fez lembrar muito de um texto que li outro dia no small fashion diary (http://www.smallfashiondiary.com/2014/10/o-homem-bagunca.html). Não sei pq, mas sempre vejo que as mulheres (e me incluo nessa) AMAM um homem complicado. Eu sei que é muito difícil desistir de quem se ama, e que é sempre mais conveniente arrumar desculpas pelo bofe, mas considerando que ele não se dá nem ao trabalho de responder suas mensagens, acho que não vale nem 10% do investimento. Uma pessoa que te ignora por semanas é, no mínimo, muito egoísta, demonstrando que não tem a mínima preocupação com você.

    Quanto à história da pornografia. Gata, relaxa! Todos os homens que já conheci na vida vêem pornografia, é absolutamente normal! Acho muita ingenuidade achar que, só pq alguém nos ama, esse alguém nunca mais vai sentir tesão por nada além de nós. Meu namorado vê pornografia direto, eu vejo Às vezes e, eventualmente, vemos até juntos (dar uma apimentada na hora H nunca faz mal). Desde que não envolva nada criminoso ou bizarro (crianças, animais, cadáveres, etc), acho até saudável.

    • Germana24/10/14 • 11h42

      Concordo contigo. Mulher gosta de homem complicado (me incluindo em 3, 2, 1…).
      Eu acho que isso envolve tanta coisa. Envolve o fato de gostarmos de “dramalhão mexicano”, de termos o lado maternal e querer sempre cuidar do outro, de se envolver com os problemas do outro e querer ajudar, de gostar de contar pras amigas os casos mais emocionantes que mais parecem coisas de filme… enfim… mil coisas.
      Só acho que o simples apesar de ser, as vezes, menos “emocionante”, é menos sofrido, mais leve, o coração fica em paz.
      Tudo é questão de prioridade… tem que ver qual é a prioridade da Rafinha. Se ela quer paz no coração ou um romance apaixonado e cheio de emoções? Eu acho que tudo depende da fase que estamos, do que queremos viver. Eu, na fase que estou, cairia fora, porque de problemas já bastam os meus… e , atualmente, eu procuro paz… tanto no coração, quanto no espírito.

      Boa sorte Rafinha! Espero que você consiga achar uma solução que te faça feliz! 🙂

  66. Taise23/10/14 • 14h23

    Nossa ,é tão difícil opinar sem conhecer os envolvidos…mas vamos lá.
    1- Luana,desencana todos os homens fazem isto,para eles é normal e isso não quer dizer que o relacionamento está estremecido ou desinteressante.Relaxa total

    2-Juanita, acho que os relacionamentos assim têm mais chance de dar certo,que aqueles que começam na night. Se vcs se conheceram no tinder é porquê buscavam a mesma coisa ,então se joga.Agora acho que este receio é mais uma desculpa para se afastar do que algo realmente real,acho que você não está envolvida suficiente ,nem querendo se entregar.

    3- Rafaela, cai fora!!! Eu acho que todo mundo tem problemas no trabalho,tem questões para resolver, mas nada justifica estes sumiços .Se o cara lê suas mensagens e não responde,ele não merece sua consideração ,se ele se preocupasse com você ele responderia ,pelo menos pediria um tempo, ou te pediria para não se preocupar que ele te procuraria quando estivesse melhor.Na minha opinião esta história com a ex mulher (ou atual),não está bem resolvida e sinceramente acho que ele só te procura quando ELE quer.
    Acho que quando eles querem de verdade ,nada impede.

    Conyta, só minha opinião…sou meio radical para estas coisas.
    Adoro o fufu e suas leitoras!!!

  67. Heloá Dias23/10/14 • 14h23

    Amei essa tag, Cony! ♥ Já tô louca pra ver outras história. O caso da Rafaela é o mais intenso e complicado, bem difícil, vamos ver se até hoje ele não apareceu, né?

    Beijo

  68. Ana Luiza23/10/14 • 14h45

    Caso 1 – até eu vejo pornografia de vez em quando! kkk
    Caso 2 – eu conheci meu namorado no Tinder e não comento isso com ninguém pq acho meio loser, mas o fato é que estamos muuuuito felizes, cada dia mais eu tenho certeza de que ele é o homem da minha vida!
    Caso 3 – comecei com um pé atrás pelo fim conturbado do relacionamento com a ex, coloquei o outro pé atrás depois que li que ele rastreava ela pelo GPS (psicopata?!), e depois do vácuo de 10 dias, se eu fosse uma centopéia, estaria com os 100 pezinhos atrás!

    Beijos e adorei a coluna, curti o “Chora que eu te escuto”! kkk

  69. Isabela Rissio23/10/14 • 14h47

    O único conselho da Cony do qual eu discordei foi o último, do cara que surta e some!! Rafaela, o cara pode ser muito legal, mas ele claramente não está pronto para assumir um relacionamento, e enquanto ele não se resolver consigo mesmo, você vai ter que ficar aguentando os surtos dele. Meu humilde conselho seria: pula fora!! Se ele se aproximar novamente, explica a situação, que ele deixa você muito mal cada vez que some. Não se obrigue a sofrer. Ele é um cara legal, mas você também é uma menina legal e não merece esses surtos todos!

  70. Fernanda23/10/14 • 14h49

    Luana,
    Me fala uma coisa : se um site publicasse fotos do George clooney, David Beckham, Brad Pitt e Cristiano Ronaldo do jeitinho que vieram ao mundo, você também ia dar uma espiadinha, não é ? Desencana, pornografia é a coisa mais normal do mundo, não muda nada o sentimento e o tesão que seu marido tem por você

    Juanita, acho que a história de duas pessoas começa a partir o momento que elas se conheceram. O que importa se foi pela internet ? Conheci meu namorado no Tinder, somos felizes e estamos construindo uma relação.

    Rafaela, ele parece ser um cara do bem, mas acho que não sabe se relacionar. Mas você faz parte desta história e tem poder de decisão. Pergunte s si própria : é este o tipo de homem que eu quero para mim ? Se a resposta for sim, quem sou eu pra te julgar ? Invista na relação e seja muito feliz. Se for não, pula fora que está cheio de gente legal no mundo.
    Quanto à questões dele com a ex, não julgo. Vá lá saber o que a dita cuja aprontou ?
    beijos a todas
    P>S- quando a Cony sugeriu a coluna, fui contra, achei que seria um assunto pesado. Mas até nome sugeri ( por enquanto em primeiro lugar) e estou adorando dar palpite.

  71. Eliza23/10/14 • 14h53

    Luana,

    Acredito que o ponto primordial externado por você não seja o fato do seu marido ter acessado sites pornográficos. Mas,o fato de você ter ficado insegura com a possibilidade de não estar “agradando” o seu marido,estar mal de corpo ou se está fazendo algo de errado.
    Internalize todas estas palavras e avalie como está sua autoestima.Conheça-se mais,pois não podemos dar nada ao outro que não temos.
    Pois,ninguém fica com o outro por pena,dó ou obrigação.
    Se o seu marido casou com você,é porque quis. E ele só está com você porque quer. E se ele faz sexo com você é porque sente desejo.
    Mas,você deve verbalizar o que sentiu ao saber que ele acessava sites pornográficos.
    Pois,quando não verbalizamos o que sentimos,ficamos remoendo e guardando “cadáveres” em nossas gavetas do pensamento.E que um dia ou outro vai feder e que haverá uma briga por um simples nada.
    E,tenho certeza,que cada vez que você for fazer amor ou sexo (são coisas muito diferentes,mesmo dentro de casamento) vem a pergunta em seu cérebro se você está fazendo melhor ou não que as atrizes do site.
    Os primeiros anos de casamento são grandes mudanças na vida de vocês dois.Em um casamento se presume que haverá fidelidade e ele está buscando isto e o fato de fantasiar com outras,não que dizer que não te ame ou acima de tudo te deseje.Faça-se mais presente,peça a ele para se masturbar na sua frente,masturbe-se para ele,dê uma rapidinha no inicio da manhã (desde que isto não seja ruim para você,e que seja prazeroso para você também – se não tem o hábito,tente),ocupe os espaços do pensamento dele,e tenho certeza que os sites pornográficos ficarão cada dia mais abandonados,até que um dia não serão mais tocados.
    Fisiologicamente os homens são mais visuais,então povoe o visual dele,ocupe todos os espaço.
    E acima de tudo,se ame,ame você.
    Ah!!E seios pequenos,são os ideais quando se cabe na mão do homem amado e tenho certeza que ele nem lembra/sabe da sua celulite.
    Luana,seja feliz,não sabote a sua felicidade.

    Bjos,

  72. Dry di Moraes23/10/14 • 14h59

    Que tag maravilhosa.
    Já pensou ser terapeuta, Cony? Tu ia ganhar uma baba, mulher!
    Não sei se vc vai se lembrar, mas passei por uma fase de término de namoro (de anos) há uns anos e te procurei para conversarmos. Foram e-mails looongos em que vc me contava o que vc tinha passado com seu ex e eu com o meu. Só tenho a agradecer as palavras, o carinho.. pois me senti abraçada enquanto, chorando, lia cada linha do que vc escreveu. Obrigada por esse carinho enorme.
    Virou minha coluna favorita. Que troca de experiências hein?
    O engraçado é ler e diversas vezes para e pensar:”ops, passei por isso!” rsrsrs

    Beijo!
    Estava com saudade de comentar (mas lia TODOS os posts, estava só sem criatividade para comentar – passando por ouuuuutros probleminhas pessoais aqui—. Vc escreve com tanto carinho que acho que merece mais do que um comentário:”Legal!” ou “Linda!”) hihihi

  73. Mah23/10/14 • 15h04

    Luana: desencana.
    Mulher pelada tem na tv, na internet, de papel, holográfica rsrsrs
    Desde que ele não pare de te desejar para ficar somente nessa onda do virtual, não vejo problema.
    Eu não tenho pira em ver homem pelado em foto, vídeo… Não acho atraente. Acho atraente um homem de terno, com cara de quem sabe o que faz rsrsrs.
    Inclusive, já participei de um grupo de amigas no whats, onde o ÚNICO INTUITO era mandar sacanagem. Resultado: era tudo sacanagem piada, de zueira. Tipo um partoba sexual, haha, nada com o único objetivo de sensualizar.

    Juanita:
    Homem problema a gente conhece em qualquer lugar. Não é porque o seu apareceu na internet que ele é um problema garantido rsrsrs.
    Vale pesquisar a vida do cara, como seria feito com QUALQUER outro cara que você conhecesse, para não entrar em roubada.
    Descartadas as maiores preocupações: casado, com filho, procurado pela polícia ; resta somente aquilo que a gente descobre com o teeeeeeempo. E o tempo, má friend, é um baita revelador de segredos rsrsrs.

    Rafinha:
    Esse homem tá estranho. E ele tem um fator distrativo forte: é poderoso. Porque é lindo, porque o sexo é bom, porque é bem sucedido em várias áreas. Tipo um Mr. Grey hahaha
    Entendo a dó de “perder” um homem assim, mas poxa, se ele não vai atrás nem de cuidar do próprio filho direito (desculpa, mas resolver coisas de criação por email, para mim, é não se importar com a criança), não é com você que ele vai se importar o suficiente para te fazer feliz.
    A não ser que você escolha não se chatear com isso, como disse uma moça acima.

    E também, esse casamento acabou exatamente como? você sabe?
    Conheço um casal que se separou SUPER MAL, se odeiam, o cara é bipolar (mesmo, diagnosticado e tal), a mulher é uma maluca manipuladora. Quando ela fala dele, ele parece o pior cara do mundo. Mas na verdade, a pior pessoa da história é ela. Então cabe um pouco de interpretação dos fatos também. Vai saber o que ele fez para essa mulher…

    Enfim, prioridades são prioridades, e você deve saber quais são as suas e lutar por elas.
    Me parece que atenção e carinho são prioridades para você…

    Espero não ofender e nem machucar ninguém com as minhas opiniões
    🙂

  74. Emanuelly23/10/14 • 15h11

    Achei ótima a coluna, é bom pra gente até avaliar a própria vida.

    Pra Juliete: comecei a namorar aos 15 anos com um cara que conheci no MiRC, em 2000. Resultado: tenho 30 anos e hoje estamos casados. =] Acho que depende mais das pessoas envolvidas que da forma com que se conheceram. Boa sorte!

  75. Lidia23/10/14 • 15h12

    Cony, vc é o máximo! o máaaximo! Me diverti demais te lendo e sempre amo o jeito que vc escreve. Agora para ajudar não só na moda como na vida! Sou de BH e o meu sonho é te encontrar! ahahah bjoss (conta pra gente sua história com seu boy)

  76. Bruna Filgueira23/10/14 • 15h17

    Amei a coluna! E sim, conheci meu amor na NET. E estamos juntinhos há quase 02 anos, e sinceramente, NUNCA FUI TÃO FELIZ. Tive, sim, muito medo, mas o coração pedia, então segui… E foi a melhor escolha!

  77. Eliza23/10/14 • 15h24

    Juanita,

    Secundário o fato de você ter conhecido alguém alguém na internet ou não.
    Seria mais confiável se você tivesse conhecido na missa,no consultório dele ou em um boteco?
    Ele estava “inscrito” no site assim como você.
    Você não é confiável por estar inscrita neste site?!!
    Ele também tem que ficar desconfiado?!!
    Você só quer enganá-lo,está fazendo ele de besta?
    O fato é que você está fragilizada sim,pelo final do relacionamento.
    5 anos de um noivado não são 5 dias.
    Mas,esteja aberta para novos relacionamentos,tente.
    O moço parece ser boa gente,se dispõe a viajar duas vezes por semana para vê-la,ele está disponível,está tentando iniciar um relacionamento.
    E você,está?
    E,o relacionamento não está mais pela internet,já atingiu o estágio físico,emocional,palpável…
    E são só dois meses de relacionamento.O que você está querendo,casamento amanhã? Todo relacionamento tem estágios,precisamos conhecer o outro.
    Namora,sai para tomar um sorvete,aproveite o momento.
    E se for para não dar certo,não dará.
    Desculpe o excesso de franqueza,mas o seu relacionamento de 5 anos não deu certo, e me parece que não foi pela internet.
    Caso seja para dar certo,não vai ser o meio que você o conheceu que será determinante.
    O amor surge nos lugares que menos esperamos,mas temos que nos permitir.
    Viver o luto de um relacionamento que não deu certo,parar de comparar o atual namorado com o ex,e aprender a viver.
    Dê uma chance para o médico,mas uma chance de verdade,pare de mentir para você mesma.
    Enterre o passado,fique pronta para um novo relacionamento.

    Bjos,

  78. dani23/10/14 • 15h33

    rapaz… isso aqui ta bombando!!
    coluna do coração estourada!! kkkkk

  79. Isabela23/10/14 • 15h33

    Será que eu sou a única pessoa aqui que tb não acha comum/aceitável homens ficarem vendo, assistindo a pornografias?
    O que mais me deixou surpresa foi todas (ou senão a maioria) considerarem isso “normal” ou “todo homem faz isso”.
    Questionei-me por alguns segundos se sou de outro mundo… rs
    Já peguei no celular do meu namorado (resultado de grupinho só de amigos homens no whatsapp) e fiquei muito, mas muito chateada!
    Tb me senti o cocô do cavalo do bandido…rs
    Não acho justificável dizer que isso é costumeiro, que é inerente ao sexo masculino. Considero mais como um tipo de machismo: fomos criadas para aceitar isso pq os homens são assim e pronto.
    Na verdade, acho uma tremenda falta de respeito. Se nós não fazemos isso, pq eles têm o direito e escusas para tanto?
    Cabe à Luana conversar com seu marido, dizer o que sente, esclarecer que isso a incomoda. E, se não for mesmo uma coisa importante p/ ele, como muitas disseram, ele deixará de fazê-lo.
    Não acho que pornografia é necessária na vida de ninguém. Prefiro a vida real, a dois, no teti-a-teti, à fantasia.
    Posso ter levantado uma polêmica, Cony, mas é isso o que penso.
    E viva a liberdade de expressão! Rs.
    Beijos a todas.

    • Constanza23/10/14 • 15h40

      Isabela, mulheres (em sua maioria) achamos isso desnecessário, eu acho bobagem, mas homens não pensam como a gente. Le o link que uma moça colou aqui, do blog entre dois (acho que é isso) e veja como homem pensa…

      • Ozzy23/10/14 • 17h18

        Acho que é exatamente o contrário. Acho que falta é a mulher assumir a própria sexualidade. Quantas mulheres não sentem prazer, vivem fazendo sexo ruim sem reclamar, não pedem pros respectivos fazerem o que realmente dá prazer ou tentarem coisas novas pra tentar ter prazer…
        Alguém já falou isso antes, acho é falta de conhecer o próprio corpo, saber o que dá prazer, e nisso a masturbação (mesmo que apenas psicológica – assistindo um filme, vendo fotos) ajuda muito.
        É MUITA insegurança. A maioria das mulheres faz sexo pensando se o parceiro está a achando bonita, magra, sensual e esquece que o importante ali é sentir prazer.

      • Kássya24/10/14 • 10h11

        Lendo esses comentarios, eu me sinto a pessoa mais desligada do mundo! Porque, é ridiculo pensarmos, que homens não olham pornografias, não sentem atração por outras mulheres, ou qqr coisa do tipo.. tenho uma relação de cinco anos, baseada na confiança.. meu marido tem seu grupo de pornografia no whatsapp assim como a maioria dos homens, a diferença é que eu sei e não estou nem tchum pra isso, quando na maioria os caras não conversam sobre, pq suas esposas ou namoradas não dão abertura pra isso.. meu marido toma a geladinha dele com os amigos, quase toda a semana, joga seu futebol.. enfim ele tem uma vida parecido com a quele tinha quando nos conhecemos, e serio minha relãção com este homem é tão bom, ele me respeita tanto,que as vezes chego a duvidar que exista um homem assim.. o pq de ele não procurar prostitutas na rua?
        pq eu o respeito, admiro a pessoa que é, jamais joguei ele contra a parede pra deixar de ser quem é.. e dentro de casa e com os amigos, sou a mesma pessoa.. sou mto criticada pelas mulheres dos amigos dele, que só pensam em ter os maridos pra si.. a diferença é que se um dia o meu marido quiser sair de casa, eu vou saber, que não foi um problema meu.

    • Cy23/10/14 • 20h39

      Eu sou mulher e vejo pornografia. Nunca foi me ensinado que isso “é coisa de homem”, que é errado ou qualquer coisa assim. Nunca fui promíscua, tenho quase 30 anos e até hj só dois namorados, nunca traí, nem pensei em trair, ganho meu próprio dinheiro, moro sozinha e em nenhum momento dessa vida fui submissa a um homem (por obrigação, não por querer). Me dá ideias ótimas, me excita e quem sai ganhando é o meu namorado haha Sacanagem é vc querer dizer o que uma pessoa pode ou não ver, sobretudo uma pessoa que vc ama.

  80. Marcela23/10/14 • 15h39

    Cony, conta pra nós sua história!!

    • Constanza23/10/14 • 15h42

      Ainda não, é mt pessoal… O dia que achar conveniente conto sim!

  81. Gabi23/10/14 • 15h57

    Acho bonitinho que ainda exista tanta mulher com pensamento romântico sobre o homem e sua sexualidade. Muitas nem imaginam que homens se masturbam – e se fazem, obviamente estão pensando nelas e na noite passada.
    Gente, por favor…

  82. Nanci23/10/14 • 16h04

    aimmmmm
    AMEI a tag!

  83. Luiza23/10/14 • 16h08

    Oi Cony, adoro seu blog mas nunca comento.. entro umas 5 vezes no dia.. Parabéns!
    Adorei a oportunidade e acho que é isso.. somos todos diferentes, homens diferentes de mulheres, e a gente tb diferente entre a gente.
    Eu por exemplo gosto de ver filme porno com meu namorado, e sempre vimos juntos, falamos bobagem, e acho que me descobri sexualmente com isso! aprendendo a me conhecer!
    Ele ve sozinho, e eu tb vejo sozinho e nunca pensei como traição, ou falta de desejo por mim, até ao contrario, ele me liga para falar que viu um filme e esta com tesao pensando em mim!
    Acho que temos que ter a cabeça mais aberta, e fazer o que nos faz feliz, seja profissionalmente, nos relacionamentos e também sexualmente.

  84. Lola23/10/14 • 16h11

    Gente, que paranóia é essa com pornografia?? Eu acho super normal, se não duvidar eu vejo mais que meu namorado.
    Sendo sinceras, vocês não vêem não? Eu adoro uns videozinhos pornôs, principalmente caseiros! Adoro ler blogs como o da Lasciva e da Lola Benvenutti, ajudam a manter nossa estima, melhorar no sexo e tudo mais! Parem de frescura e vão atrás de um pouco de porn também, não vão se arrepender ;DD

  85. Isa23/10/14 • 16h18

    Pois os três casos aconteceram comigo, com a mesma pessoa!
    Conheci meu atual namorado pela internet e estamos juntos há 9 anos! Ele tem uma filha e um relacionamento razoável com a ex-mulher! Mas é um pai maravilhoso e presente demais na criação da filha! Merece todo meu respeito e admiração por isso!

    Ele vê putaria na internet e eu tbm! Às vezes vemos até juntos! Cresci com assinatura de playboy em casa, acho muito natural! Ver pornografia é muito diferente de sair com prostitutas! Não acho falta de respeito de modo algum, aliás, acho libertador e divertido! E ele me adora por eu não implicar com ele por causa disso!

    Por fim, no inicio do nosso relacionamento, ele tbm era uma pessoa muito, muito estressada com o trabalho na área de TI. Tbm tinha que largar tudo e sair correndo no meio da noite, trabalhar no natal e ano novo. Teve algumas crises de estress! No meu caso, isso foi uma fase que passou e eu estava lá com ele para ajudar! Mas ele nunca me deixou no vácuo não… Mas coloque na balança se realmente vale a pena ficar com uma pessoa assim, mesmo pq vcs já tem uma história juntos, né… ofereça ajuda (como eu fiz) e se ele disser que não, caça um rumo na sua vida e larga ele pra lá! 😉

  86. Paola23/10/14 • 16h18

    Geeeente “chora que eu te escuto” fica muito deprê! Adorei “cartas para fufu” no melhor estilo Julieta, faz super sentido…

  87. Dafne23/10/14 • 16h26

    Rafaela, só acho que você precisa conversar com ele sobre como ele lida com essas situações. Não agora, quando as coisas estiverem bem.
    Não pode ser assim, ele fica mal e some. Ele precisa saber ficar mal sem te afastar, se não como vai ser a vida de vocês?
    E só deixar ele ficar mal e esperar passar não é ser muito parceira, talvez seja o caso dele procurar ajuda, ele pode estar realmente em depressão.

  88. Eduarda23/10/14 • 16h33

    Adorei a coluna e queria dar um conselho para a Rafaela: Esta claro que o seu parceiro tem problemas. Mas a mulher, geralmente, com seu instinto maternal quer cuidar e acha que com isso vai mudar o parceiro. E as coisas não são assim… Vc tem que pesar se realmente consegue viver com uma pessoa tão instável assim (mesmo que a razão da instabilidade seja o trabalho). Sera que compensa vc ser paciente, ele voltar para vc e vc ficar toda insegura, sem saber quanto tempo ele ficara com vc, se ele sumira de novo ou nao??? Eu acho que nao cabe a ninguém te dizer o que fazer, mas vc tem que ter todas as cartas na mesa para poder escolher o que pra vc eh aceitável e o que nao é. Se vc acha que compensa viver esse amor, acho que vc deve fazer o que a Cony falou. Se nao, pula fora e vá viver a sua vida! Pense nisso. Seja feliz. Bjo

  89. Vanessa23/10/14 • 16h41

    Adorei a tag! Viciante ficar lendo os comentários! Arrasou mais uma vez, Conyta!

    Bom, quanto ao nome da tag, votei no “Entre amigas”.
    Vi que o “Chora que eu te escuto está ganhando, mas particularmente achei o pior nome, além de brega, soa levemente como deboche.

    Caso 1 – Pornografia: Acho que as mulheres se incomodam tanto com pornografia por associarem à traição, sentirem ciúme (de imaginarem que seu parceiro tem desejo por outras mulheres) e também insegurança, de achar que ele está procurando pornografia porque vc é feia, gorda, não dá conta do recado, e blá blá blá.
    Com o tempo, fui entendendo que ver pornografia é um hábito masculino, não tem nada a ver com o relacionamento dele com vc, não tem nada de errado com vc. Também não tem nada a ver com traição. Eles tem essa curiosidade/ necessidade. Faz parte do universo e do comportamento normal do homem. Sei que te incomoda, mas aos poucos vá exercitando estes pensamentos que logo logo vc vai encarar como uma coisa normal.
    Ah, só um detalhe para descontrair: para quem acha que ver pornografia é motivo para descartar um homem, vire freira ou lésbica, porque 99% dos homens vêem e não vão deixar de ver por sua causa, mesmo que vc peça isso a ele (ele vai ver escondido).

    Caso 2 – Vc pode conhecer alguém legal em qqr lugar. Não existe preconceito

    Caso 3 – É complicado. Aconselhar desencanar ou continuar correndo atrás do cara são conselhos comprometedores. Então eu aconselharia o seguinte: se vc realmente amar este cara, tenha paciência para ir atrás, descobrir qual o problema dele e tentar ajudar de alguma forma. Agora, se vc nem amar tanto assim, melhor pular fora e “evitar a fadiga”.

    Beijos!

  90. Bárbara23/10/14 • 17h15

    Rafaela, estou quase chorando com vc!
    Meu ex namorado vivia sobrecarregado no trabalho e fazia exatamente o que vc falou que acontece com vc!
    So os primeiros 6 meses foram bons em nosso relacionamento. Mas aguentei dois anos sofridos, tentei ajudar muitas vezes mas infelizmente não aguentei! Ja faz quase um ano que estamos separados e até hoje conversamos, agora somos bons amigos e ele melhorou muito!
    Tenha paciencia com ele e de tempo como a Cony disse! Quando tiver oportunidade sugira um psicologo, acho que é bom conversar com alguem que esteja “fora” da vida dele!
    Esse homem te ama! Segura o gato rs
    Boa sorte!

  91. Camila Brito23/10/14 • 17h31

    Só eu que acho creepy o cara da Rafaela a perseguir e rastrear? Na boa, isso não é normal, n é saudável. Corra enquanto é tempo.

    • Amanda23/10/14 • 18h14

      Camila, também acho! Eu teria medo! Se o cara falasse: “ahh eu fucei sei facebook todos os dias”, ou “eu tentei descobrir o restaurante onde você mais ia pra te encontrar por acaso”, eu até ia achar ok legal bacana. Mas se o cara me fala: eu te rastreei pelo GPS pra ver onde estava…….. sério, eu ia ficar com muuuuuuuuito medo!

  92. thereza gama23/10/14 • 17h44

    #entreamigas
    1- Que bobagem essa história de pornografia..
    É mto pessoal,tem gente que curte e outras não!
    2- Amor e preconceito não combinam,conheci meu marido não pela internet mas apenas com 4 meses de namoro(2 presencial e 2 à distância) decidimos casar e vamos fazer 5 anos…ah,sou mais velha que ele 14 anos <3
    3.RAFINHA aproveita que ele sumiu e joga na banguela kkkkkk
    Ele num é alma pra aparecer e desaparecer! parte pra outra!
    E vc constanza, cada dia mais linda e atenciosa sempre!(canceriana rs) #meumaridotambémé
    beijos doces

  93. Adriana23/10/14 • 17h55

    Adorei Conita, mulheres adoram escutar essas histórias, ne?

    Vejamos,

    Caso 1: Acho suuuuuper normal! Gente, em tempos de whatsapp onde o que mais se compartilha é pornografia em grupos de homens and mulheres, desencana!! Minhas amigas vivem enviando fotos de homens maravilhosos e a gente dá muitas risadas, mas cada uma ama seu namorado acima de tudo. Eu já vi fotos de mulheres no cel do namorado tb, depois ele apaga e ta tudo ok.

    Caso 2: Meu primeiro namorado, meu primeiro amor, conheci na internet (na época, mIRC) e deu certo por 1 ano e meio. Hoje somos amigos.

    Caso 3: PULA FORA! Sem mais.

  94. Nenna23/10/14 • 17h57

    Eu compreendo a pornografia, mas não gosto! ;(

  95. Clarissa23/10/14 • 17h58

    Fufuuu ahazôô muito na coluna! É sempre bom ouvir relatos e compartilhar experiências, e com o seu jeito descontraído fica muito mais legal! bjokas ;*

  96. Gabi23/10/14 • 17h58

    Luana, fica tranquila mesmo. Eu ADORO ver sacanagem, rs.. Não vejo com frequência, mas quando vejo, adoro. Meu namoro é ótimo, meu namorado é o melhor namorado do (meu) mundo, o sexo é incrível, vai tudo muito bem. Eu acho ultra sexy ver um casal bonito fazendo (tem que ser bonito, pq nesse mundo virtual tem coisa que parece filme de terror, hahaha). Enfim, acho que é mais ou menos como a Cony falou.. essa coisa de ficar vendo fotinho no grupo do whatsapp, e por aí vai.. tem gente que gosta mais, tem gente que é mais recatado, e tudo faz parte da sexualidade.

  97. silvia hahne23/10/14 • 18h09

    Olá meninas: achei muito boas as respostas da Cony, aos questionamentos das 3; no entanto o que me parece mais sério é o da Rafinha. Adorei as considerações da Cony, mas eu particularmente, tomaria cuidado redobrado, pois me parece que este rapaz tem “bastante ” dificuldade em lidar com os problemas do cotidiano, o que futuramente poderá dar margem à muito sofrimento. Pense bem, tenha calma e avalie se ele vale mesmo esse risco que você está correndo.
    Beijos

  98. Alice23/10/14 • 18h14

    CASO 3 – RAFINHA
    Achei punk o cara rastrear, perseguir… ficaria com medo! Mas acho que se realmente gostar tem que ajudar sim, mas só se a pessoa quiser ser ajudada…
    bjss, Cony
    Quero: Cartas para Fufu

  99. Vitória Maciel23/10/14 • 18h58

    AMEI!! QUERO SEMPRE ESSA COLUNA!!

  100. Ana Carolina23/10/14 • 19h05

    Sobre o terceiro caso, arrepiei no “me rastreou pelo GPS”, pqp, isso é um psicopata, fia, cooooorre!!! E além disso, ainda te deixa sem um “oi” por 10 dias! Ele tá te dando a chance de se livrar de um problemão (no caso, ele mesmo) e vc não tá vendo. Valeu o apoio que ele deu quando vc precisou, certeza que vc já agradeceu, agora foca no presente e coooooooorre!!

  101. Isabela Rissio23/10/14 • 19h20

    Complementando meu comentário anterior: também achei TENSA a conduta dúbia do namorado da Rafaela de, em um momento, rastrear pelo GPS e, em seguida, DESAPARECER sem nem responder mensagem. Amiga, não conheço o cara, mas pela sua narrativa, ele parece meio maluco!!

    Cony, acho que essa tag caiu no gosto da mulherada porque nós A-DO-RA-MOS aconselhar, dar pitaco, falar sobre a vida… Eu ameeei! Li, comentei, voltei pra ler outros comentários e estou aqui comentando de novo! Como outras meninas falaram, é VICIANTE!!

  102. Paula23/10/14 • 19h24

    Vai por mim é muito mais chocante quando você descobre que seu pai vê pornografia! hahahahahahahahahaha
    Relaxa, todo homem faz isso, alguns só não admitem.

    • eduarda23/10/14 • 20h00

      Kkkkkkkkkkkkkk… deve ser pior mesmo….

  103. Marina23/10/14 • 19h51

    Rafinha, concordo com a Marô lá de cima, aposto

  104. Marina23/10/14 • 19h59

    Rafinha, concordo com a Marô lá de cima, desconfio que na realidade ele não está tão afim de você. Apesar de você pressupor que ele some por causa do trabalho, acho muito provável que ele só não queira nada com você no momento, ou não queira relacionamento sério, ou até que tenha outra na jogada. Aposte nos sinais, e caia fora! Se ele quiser, vai aparecer, e aí já fica ligada, porque pode muito bem ser só um momento de carência, ou de poucas opções na vida amorosa dele. Sei que o que falo é duro, mas tenho muitos amigos homens. Eles podem ser muito bacanas no seu momento dificil, mas entre isso e manter uma relação há uma grande distância e mais, entre isso e ter coragem de falar pra mulher

  105. Vanessa Leão23/10/14 • 20h01

    Olá Gatona!

    Eu acabei de votar no nome para sua coluna sobre amor e vi que Chora que eu te escuto tá ganhando.. mas esse nome é tão brega q não combina com seu blog tão elegante.. mais parece c o slogan da universal: Fala q eu te escuto… (Nda contra a religião)

    PLEASE! Qqr um será melhor que este.

    Bjocas d sua fã

    Vanessa Leão

  106. Marina23/10/14 • 20h02

    Rafinha, concordo com a Marô lá de cima, desconfio que na realidade ele não está tão afim de você. Apesar de você pressupor que ele some por causa do trabalho, acho muito provável que ele só não queira nada com você no momento, ou não queira relacionamento sério, ou até que tenha outra na jogada. Aposte nos sinais, e caia fora! Se ele quiser, vai aparecer, e aí já fica ligada, porque pode muito bem ser só um momento de carência, ou de poucas opções na vida amorosa dele. Sei que o que falo é duro, mas tenho muitos amigos homens. Eles podem ser muito bacanas no seu momento dificil, mas entre isso e manter uma relação há uma grande distância e mais, entre isso e ter coragem de falar pra mulher que não quer, há um abismo! afinal, porque dispensar se vc pode deixar de garante?

    Espero muito, muito mesmo estar errada! já tive relacionamentos com caras complicados e sei que pode ser o caso sim, mas acho que você deveria considerar também essa possibilidade! Te desejo sorte!

    (cony, desculpe os comentários enviados errado, meu teclado está vivo! hahaha)

  107. mayara23/10/14 • 20h04

    Meu marido diz não ver pornografia de outras mulheres, só a que eu mando de mim pra ele pelo cel KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK (trabalho fora três dias por semana) mas nem a pau que acredito nele, honestamente até acho saudável, até pq quando eu assisto um Adam Levine no The Voice esse é o meu “pornô”… são jeitos diferentes de expressar desejos…

  108. mayara23/10/14 • 20h06

    obs: quanta gente sensata e linda nesse blog! in love

  109. Heloá Dias23/10/14 • 20h09

    Também achei pesado o cara rastrear a Rafaela pelo GPS e tal, parece coisa de filme.

  110. Eduarda Oliveira23/10/14 • 20h15

    Poxa Cony, amei os conselhos <3
    E votei no Entre Amigas porque foi como me senti lendo o post!
    Bjs

  111. Cacau23/10/14 • 20h40

    Cony, totalmente fora do assunto do post, to fazendo uma limpa nos ármarios de casa e percebi que tenho muitas peças de paetes.. e algumas acabaram estragando, caindo ou amassando os paetes.
    Queria saber como guardar as roupas de paetes pra manter como novas!
    Sei que você também ama um brilho, então dá a dica pra nós!! rsrs :*

    • Constanza23/10/14 • 22h04

      Do avesso!

  112. Liza23/10/14 • 20h49

    Luana, seu marido é normal, concordo com tudo que a Cony disse, se estivesse interagindo, mas tá só olhando, relaxa…

    Rafaela, aí acho que a Cony foi boazinha, a menos que vc esteja 100% apaixonada, por mais workaholic que ele seja se realmente gostasse de vc, em 10 dias conseguiria 2m pra falar com vc, isso de estar ocupado com o trabalho não existe, eu tenho sérias dúvidas de que ele seja o cara que mais trabalha no universo, se o Obama acha tempo pra Michelle ele deveria achar pra vc.

    Agora se vc tiver louca apaixonada faz o que a Cony disse, embora eu ache um desperdício de vida com alguém que nem tem tanta consideração por vc. Mas pensa com carinho a gente sempre encontra tempinho pras coisas e pessoas que são importantes pra nós… pode ser mínimo mas a gente acha.

  113. Glauci23/10/14 • 20h52

    Cony sua linda tu arrasa muito,amei a coluna,o melhor blog do brasil

  114. Talita23/10/14 • 21h00

    Cony… Que tal “conte para a Constanza”?

  115. Aline23/10/14 • 21h22

    Caso 1: amiga, trabalha esse amor próprio aí! Ou vc acha que os maridos das mulheres mais gostosas do mundo não vê pornografia? Duvido…na minha opinião não tem nada a ver com te amar ou te admirar, eu vejo foto do Rodrigo Hilbert (de roupa, infelizmente), fico suspirando uns minutos e bola pra frente, não vou deixar de amar meu namorado por isso.

    Caso 2: se joga fia, se está te fazendo feliz é o que importa!

    Caso 3: Eu sairia dessa. Sério mesmo. Foi bom por um tempo, mas parece que ele não faz mais a mínima questão. Se ame em primeiro lugar e só aceite na sua vida alguém que te valorize, amor não deve ser mendigado.

    Cony, amei a coluna!!! Passei por uma fase trash também, fui fazer análise e hoje estou ótima. Ainda sozinha, não dei essa sorte com o Tinder que azamiga deram kkkkkkk

  116. MICHELLE23/10/14 • 21h31

    Luana, lendo sua história, me vi exatamente igual a vc! Nossa, quando descobri que meu marido, na época éramos recém casados, via pornografia, morri! Quase uma traição… “Engoli”, não toquei no assunto, deixei pra lá, mas aquilo me incomodava demais, pelas exatas mesmas razões que vc citou… Até que anos passaram e um dia, numa roda de amigas, algumas falaram de boa que gostavam que o marido assistissem “filminhos” pois aquilo apimentava a relação… Lembrei que todo motel tem vídeos para os casais assistirem… E simplesmente caí em mim, acho que amadureci, rsrsr! Percebi que aquilo nada tem a ver com desprezo a mim ou traição. Que ele não pode desejar uma mulher que está no comp ou na TV, mas que ver aquilo tudo o anima a fazer comigo!

  117. Giovanna23/10/14 • 21h59

    Cony sempre com conselhos sábios.. amei a nova coluna! Ah, e adoraria se o nome fosse “cartas para fufu” pq faz alusão ao filme cartas para julieta que é sobre amor.. e é o menos brega haha amar é brega mas não vamos exagerar kkk love u cony!

  118. Pam23/10/14 • 22h28

    Gente, sou mulher, hétero, namoro um cara ótimo e… VEJO PORNOGRAFIA!! As vezes com ele, mas principalmente sozinha.
    Vão falar que eu traio meu namorado, pego prostitutos? Hahaha.
    Gente, relaxa, ver pornografia é normal. E se masturbar, com ou sem pornô, é SUPER saudável!! Relaxem. E gozem.

    • Lola24/10/14 • 00h36

      Exatamente, Pam!
      Sou igualzinha, adoro um pornôzinho de vez em quando, os caseiros são os melhores hehhe
      Cada um tem sua preferência, cada mulher tem um tipo de porn, mesmo que seja olhar fotos de sapatos kkkk
      Desencanem, relaxem e gozem, moças ;D

  119. Bela23/10/14 • 22h55

    Cony, como sempre o fufu o melhor blog de todos os tempooos!! =]
    Mas “chora que eu te escuto” NAO, pot favooor! Kkk
    Parabens pela coluna nova, amei, me senti de verdade conversando com minhas amigas!

  120. Luciane23/10/14 • 23h02

    Voto por Entre Amigas! Sobre a discussão, acho que nós mulheres precisamos parar de tentar mudar o homem ou de tentar se ajustar a ele. Primeiro, um homem só muda por vontade própria, não por influência de ninguém. Segundo, nenhum homem tenta se ajustar para ficar com uma mulher, então pq as mulheres se dispõe a isso tão facilmente? Ficam tentando entender, dando tempo para o cara decidir o que quer… Poxa, precisamos mesmo nos diminuir assim para ter um relacionamento?
    PS: Cony, leio o blog no app Feedly e o Fufu é o único que fecha o app quando abro o link para ler o post completo. Só cmg que acontece isso??

  121. Ana23/10/14 • 23h10

    Acho que o nome da tag devia ser “Cony Bradshaw responde”! Pode colocar na votação, produção?

  122. Cris23/10/14 • 23h25

    Olá meninas! Sobre a pornografia, eu penso que necessidades diferentes são coisas do tipo “eu gosto de comprar sapato, o meu marido vinho/cerveja” e por aí vai. Mas no momento que a necessidade do teu parceiro te incomoda ou te faz sentir desrespeitada, daí é hora de ter uma conversa. Algo similar já aconteceu no meu relacionamento, e quando eu comecei a ver homem pelado e pirocudo (haha) e comentava com ele, ele não gostou nem um pouco. Então não se faz para os outros o que não gostamos que façam pra gente, não é? Há pessoas bem resolvidas sobre esse assunto e há quem não seja, é algo pessoal de cada um(a), e tentar se acostumar com uma coisa que dói na gente, muitas vezes não funciona. Se te magoa, eu diria pra ter uma conversa com ele.

    • Cris24/10/14 • 00h03

      Eu de novo! =) Mais duas opiniões sobre as duas outras histórias: Sobre o Tinder: conheci meu marido num chat, no ano 2000, quando todos achavam esse “negóçu” de namoro iniciado pela internet a coisa mais bizarra, peixe de 3 olhos do mundo. E cá estamos, quase 15 anos depois!
      Uma amiga conheceu o namorado que telefonou na casa dela por engano. Eles começaram a bater papo, se gostaram e começaram a namorar. O estranho pode dar certo, e o convencional não.

      Sobre a Rafaela, eu concordo com a Cony, vai aos poucos tentando se aproximar. É claro que se isso se tornar uma constante, você pula fora! Mas como ele parece não estar nada bem dos fusíveis, há de se tentar mais um pouco, inclusive sobre ele procurar um tratamento ou uma solução para o stresse dele.

  123. Carolina23/10/14 • 23h31

    Conyta, você é a melhor!!
    Parabéns pelo seu trabalho!!

  124. mari24/10/14 • 03h34

    gentemmmmmmm, que coisa linda, que historias! a ultima realmente achei mais hard, o cafe da manha me pareceu algo programado, tipo uma despedida, ele sabia que ele ia sumir. Unica historia que eu realmente nao teria condicoes de levar, eu acho. Sei la, ele ja tinha feito isso, se arrependido, pq fez de novo? E se voltar e continuar fazendo? Acho complicado viver assim… E cony, aguardando essa sua de conhecer pela net :*

  125. BRUNA24/10/14 • 09h54

    Coluna simplesmente incrível!
    Podemos nos identificar com várias histórias e resolver como se fossemos amigas de anos.

    Parabéns, ótima ideia!

  126. fAbI24/10/14 • 10h02

    Cony, é muito difícil acompanhar o desenrolar de três histórias ao mesmo tempo rsss. Será que não era melhor um por vez, mas duas vezes na semana ou algo assim?

    • Constanza24/10/14 • 10h13

      Fabi, como falei no início do post, o ideal é uma por vez mas recebi MUITOS emails!

  127. Gerliane24/10/14 • 10h26

    Ai Constanza, acho que já te amo rsrs
    Há tempos quero fazer uma tag parecida com essa no meu blog, mas seria o meu marido o conselheiro amoroso, ele tem muito tato, e por ser homem acho que teria uma opinião de peso rsrs
    Mas meu blog não tem tantas leitoras fiquei com medo de ninguém mandar nada, por isso ainda não fiz
    Mas adorei aqui e seus conselhos e sensibilidade sem deixar de ser a Cony de sempre…
    Beijo grande
    http://www.gerlianemoreira.com

  128. Daiane Coutinho da Rocha24/10/14 • 10h54

    Adoreiiii tudo

    So o desabafo da Rafaela que fiquei preocupada.
    Amiga, por mais lindo e maravilhoso que ele seja, tente ajudá -lo até encaminhando para uma terapia, se caso ele persistir nos sumiços, dê adeus a esse relacionamento, pois desgasta demais.

    Que Deus abençoe que ele melhore e vcs sejam felizes

  129. Daiane Coutinho da Rocha24/10/14 • 10h57

    Conheci meu namo no orkut, temos quase 7 anos de namoro.
    E ele é a pessoa mais carinhosa do mundo, chatinho as vezes, mas quem não é haha

    Amo demais

  130. Suelen24/10/14 • 11h34

    Sério que o “Chora que eu te escuto” está ganhando? Que nome mais baixo astral gente, peloamor!

  131. Vivi24/10/14 • 11h38

    Desculpe, mas: Essa coluna, simplesmente, nada a ver…

    • Constanza24/10/14 • 12h00

      29 mil pessoas (que acessaram ontem), discordam de vc…

      • Bru24/10/14 • 15h15

        29 mil APENAS! hahahah

  132. Patrícia24/10/14 • 12h18

    Cony! Que coluna ótima! Essa troca de experiências e opiniões entre as leitoras é ótima, pois entendo que não existe o certo e o errado em questões de relacionamento. Cada um sabe de si, da sua vida, do que é melhor para si. Essa troca é muito salutar e através dela podemos encontrar outras maneiras de enxergar o que nos aflige e tentar melhorar enquanto parceiras de nossos escolhidos.

    Em relação à Luana, entendo que no momento não reside problema nessa questão da pornografia. Acho que muitos vêem esse tipo de coisa, inclusive, para tentar melhorar a performance com sua respectiva esposa/noiva/namorada/rolo etc. Tem que tomar cuidado para que isso não se torne um problema, no qual o homem passe a enxergar o prazer sexual só nisso, em detrimento à sua respectiva mulher. Claro que isso é raro. Mas o excesso no mundo pornográfico pode sim gerar algum distúrbio sexual. Preciso inclusive tecer um comentário sobre o que disse uma leitora acima. Essa questão da prostituição é muito mais comum do que imaginamos, o que ocorre é que na grande maioria das vezes não chega ao conhecimento de todos. Isso é realmente um fato, infelizmente. Conheço uma pessoa que é amiga de uma profissional do sexo. Segundo esta, quase todos os homens que a procuram são casados e pasmem: ela quase não tem horários vagos para “atendimento”. É muito triste, pois muitas mulheres nem sonham com isso.

    Qto à Juanita, não fique ligada na forma que você conheceu seu parceiro, mas se ele realmente é digno da sua confiança, lealdade e amor. Sugiro que faça mesmo uma varredura na vida dele, pois o desconhecimento sobre alguém com o qual você está se relacionando pode causar inúmeros dissabores futuros. Conviva o máximo que puder e observe sempre os detalhes de seu comportamento. Um homem sempre dá sinais de como verdadeiramente é. Mas nós, imbuídas dessa esperança de que “esse é diferente” fechamos os olhos e não conseguimos visualizar algo que no futuro ocasionará muita dor de cabeça. Conheci meu marido pela internet, ele morava em outra cidade. Depois de casados fui perceber como mais clareza alguns traços de sus personalidade que não via antes. Portanto, abrace a oportunidade, mas todo cuidado é pouco.

    Em relação à Rafaela, vou parafrasear uma amiga: Pulga atrás da orelha? Minhocas na cabeça? Grilos? Isso não é um homem, é uma praga!Dedetize!!! Colega, ele já deu vários sinais de como é instável e bipolar. Homem bipolar que não se trata é a pior coisa do mundo!!!! No momento ele não te faz bem, então exclua da sua vida. Agora, se no futuro ele te procurar depois de fazer um tratamento, aí vc pensa se vale mesmo apena. Agora não fique arrumando desculpas para o que é óbvio. Ele tem problema. Precisa se tratar. Se não tiver, esteja certa, ele não está afim de vc como parece. Seja prática… infelizmente, para não sofrer, temos que ser assim…

  133. Lu24/10/14 • 12h21

    Adorei a Coluna! Votei no Chora que eu te escuto! Prefiro um título mais leve!!

    Com relação à pornografia, tenho um relacionamento de 6 anos (casada há 1) e há pouco tempo peguei uma troca de pornografia no celular dele com um amigo, coisa que não me agrada, mas ok, sei que todo homem faz. Apesar do que, prefiro uma foto da famosa na Playboy do que o vídeo da gostosa da academia da cidade e infelizmente hoje isto é o que mais tem!

    Bom, voltando ao caso, o problema foram os comentários dele sobre os vídeos e fotos, isto sim me chateou, pois achei falta de respeito comigo, me senti um lixo (já superei rsrs). Como não consigo guardar as coisas, soltei os cachorros, admiti mesmo que tinha mexido no celular e tudo. O negócio é que eles não pensam como a gente, então não enxergam o problema que a gente enxerga e acaba que nem adianta vc ficar ali discutindo, as respostas são sempre as mesmas “Queeee isso amor!! Não tem nada a ver! Pirou!” e aí vc entende que o que eles querem mesmo é pagar de machão pros amigos, coisa besta de homem, não vão mudar nunca. Tem que desencanar, mas acho sempre válido uma conversa sobre coisas que não nos agradam.

  134. Patrícia24/10/14 • 12h23

    * a pena.

  135. Glaucia24/10/14 • 12h58

    Já passei pelas três situações… Atualmente vivo a realidade de ter conhecido alguem no mundo virtual #TinderTeam.

    Eu não tô feliz, por milhares de motivos, mas gostar do cara ainda é maior do que eles. As vezes nao sei se to confundindo o gostar com carencia. E sim, ele gosta de mim tambem e sofre dos mesmos motivos. Acho que isso nos faz sofrer mais, saber que é reciproco (coisa de louco!!)

    Mas ler várias contando que pode dar certo sim, ja me encheu de animo. Entao acho que é isso: chega uma hora que a gente simplesmente tem que acreditar. Sem ingenuidade mas acreditar. Uma hora todo mundo vai ser feliz. #desabafei

  136. Marília24/10/14 • 13h29

    Tag maravilhosa, post maravilhoso, respostas maravilhosas de pessoas maravilhosas que se preocupam com o próximo.

    Se alguém disse que não tem nada a ver…pohan…não sei nem o que veio fazer aqui pra ler ou comentar.

    Sobre os casos, vou dar minha humilde contribuição. Humilde porque acho que muitas falaram coisas muito boas pra quem escreveru o seu relato. E foram palavras de muita força e esperança.
    Amei!

    1 – Sobre a porn nossa de cada dia: gata…vários homens vêem, e alguns admitem, outros não. Acho muita nóia ficar pensando que ele está em outra porque ele está vendo algo impresso. A vida já é bem complicadinha no lado real da parada — se formos colocar a complicação na nossa mente, trust me: vai dar BO. A gente pira.
    Então, desencana. Coloca na sua cabeça que ele está vendo uma imagem, que até tem nome, mas na maioria das vezes é falso, e outra, pode estar a milhares de quilômetros de distância.
    Desencana disso, gatona. Na boa.

    2 – Tinder pra que te quero: gatona, acho uma boa. Acho péssimo a pessoa se valer só dessa ferramenta pra construir alguma relação com alguém. Fora isso, que mal tem? Sabe quem você é? Sabe o que você quer? Sabe o que você NÀO quer? (O mais importante, na minha opinião).
    Então, desencana. Ninguém tem que ter vergonha disso. A vida é sua, e as suas escolhas também. Tantos exemplos bonitos de gente legal que se conheceu pela internet…só fique atenta, sempre, aos malucos, e vai viver, amada! 🙂

    3 – Mo money, mo problems: olha, eu mesma já passei por esse tipo de problemas: assumi uma posição no meu trabalho que foi tão, mas tão estressante, que eu tive problemas nos ossos, no coração, nos olhos…

    ENTRETAAAANTO…

    não deixava neguin no vácuo assim não…tipo, se eu tava mal, eu FALAVA que estava mal. Deixava claro que não tinha como ir, e pedia ajuda. Falava “Amor, estou num dia péssimo, tem como vir aqui em casa, mas olha…queria muito só ficar perto de você.” Mas bem, sou do sexo feminino, e mulher quase sempre tem mais facilidade pra colocar pra fora o que sente, pedir ajuda, solicitar a presença, dizer o que precisa ou não.
    Dito isso, acho uma boa ter uma BOOOOOOOOAAA conversa com ele. Expor suas necessidades. Dizer que entende, mas que precisa entender melhor isso tudo. Pra não ficar com pulga atrás da orelha e tudo mais. Pra não ficar triste. E poxa, pede a ele pra usar da empatia: pede a ele pra se colocar no seu lugar. Talvez ele entenda, talvez não. Mas espera ele chegar e conversa, sim.

    Mas como a Cony falou: não é DR não, ok? É uma conversa, franca e honesta, entre adultos.

    E outra dica, que eu aprendi na marra, dando com a cara nos muros da vida: mulher tem uma tendência cinematográfica e surreal de ver coisa onde não tem. De imaginar e colocar emoção no que é irreal. FATO.
    Então, leve a razão com você, seja crítica, questione, observe. Entenda que ser crítica não é aquela coisa feia que costuma vir com a palavra: é ter visão e pensamentos críticos. Eles vão nortear você.
    Algumas pessoas chamam de intuição.

    Eu chamo de visão global.

    Quando você observa tudo, comportamento, palavras, olhos, postura…tudo fica bem claro. E a gente só não vê se não quiser.

    Cony. Uma palavra pra você: SUCESSO.
    Nào, duas.

    Sucesso SEMPRE.

    Amo o Fufu! <3

  137. Camila24/10/14 • 14h04

    Gente, amei a tag!Já é SUCESSO!!
    E pode sim colocar 2, 3 histórias de uma vez. Adoro!!!!
    Leio o blog todo dia, então tenho sede de mais e mais tags!!! kkk
    😉

  138. Silvana24/10/14 • 14h32

    Luana, acho que não tem nada de mais principalmente se vocês já conversaram sobre isso. Meu marido tem um grupo de amigos do whatsapp que rola palavrão, fotos de mulheres nuas, um zoando com o outro. Assim que começou, já me avisou que o grupo era assim e eu não me importei. Realmente faz parte dos instinto dos homens ver uma pornografia de vez em quando. Relaxa!
    Agora quanto a Rafaela, se você perceber que não conseguir lidar com esse sumiço do rapaz, parte para outra. Ele não está bem mesmo.

  139. Keila24/10/14 • 14h59

    Cony, só tenho um problema com essa coluna: como faço para sair do blog, parar de ler os comentários e voltar ao trabalho?
    Muito bacana ler a opinião das meninas e ver como somos seres extremamente ricos intelectualmente.
    Parabéns pela coluna. Show!

  140. Andrea24/10/14 • 15h17

    Para quem tem medo de relacionamento via mundo virtual…Conheci meu marido via Orkut e estamos grudados desde Abril de 2006 e felizes para sempre!!!Meu conselho é…Marcar em locais seguros,não sair pra lugares desconhecidos,informar alguém que vai no lugar xxx e o horário e pedir para uma amiga ligar e saber se esta tudo bem…KKKK fiz tudo isso…E sou megaaaaaaaaaaaa felizzzzzzzzzzzzz!!!!

  141. maise24/10/14 • 16h03

    Diante de tanta opiniao legal colocada, tem uma coisa que gostaria de colocar e acho que ainda nao foi colocado( nao li todos comentarios tb, se repetir, desculpem) O que me chamou a atencao na descricao do namorado sumido foi a relacao com a ex esposa: gente um cara que saiu tao mal do casamento que nao consegue conversar com a esposa alem de por email, tem coisa mal resolvida: magoa, odio, raiva e uma paixao reprimida… vai saber? Juntando com todo o restante do stress mais a capacidade masculina de comunicacao da nisso! Fosse eu ia averiguar as condicoes do termino deste casamento e procurar um diagnostico psiquiatrico pro cara, vai que e bipolar? esta em tratamento ou precisando muito de um?

  142. Aline24/10/14 • 16h27

    Sobre este lance de amor pela internet… tem muito preconceito msm! Eu conheci um cara bem bacana, mas como surgiu oportunidade de trabalho em outro estado o lance não evoluiu. Mas algumas amigas não acreditavam q eu tinha conhecido um cara como aquele na internet.

    Cony, depois nos conte sua experiência na internet!!! Que bacana q vcs se conheceram assim!

    Beijos!

  143. Helga24/10/14 • 16h35

    Conita!! Vc mais uma vez arrasando!! Vai acabar em um programa de TV ( e eu vou estar na plateia, haha). Pensei em Fufulish (não como bobinho pejotativo, mas por ser bem, mas bemmmm mulherzinha mesmo, né? ! Preciso dizer pra primeira história: ESQUECA AGORA essa bobagem de pornografia! Faz parte total do universo masculino a partir da adolescencia! Tenho impressão que dão aquela conferidinha básica assim, como a gente confere nossos blogs favoritos! É NATURAL! É hormonal. E eu diria até que é sadio. Mas eu também ja passei por esse susto que vc viveu e sei o que sentiu! Namorei 2 anos e me casei (estou com ele ha 14 anos). Assim que chegamos da lua de mel, claro que eu tambem comecei a investigar as particularidades e os pequenos segredos (quem nunca?) E tomei aquele susto qdo vi o histórico. Liguei na mesma hora e gritava no telefone. O chamava de psicopata, de mentiroso, de doente… e ele respondia: a tá; han han (ele estava atendendo paciente!! Kkkkk). E passou.
    Hoje vejo que bobagem que foi aquilo!!! Um vez perguntei a ele, assim, por curiosidade, se ele via tipo todo dia, e ele me disse que naaaao! So umas 3 vezes na semana!!! (esperava tipo uma vez a cada 3 meses – aí eu fiquei tipo o emoticon que parwce caverinha com a boca aberta, sabe?). Na maior naturalidase. E é isso mesmo. E digo mais ainda. Nada comk descobrir que nada como uma olhadinha de vez em quando em site porno pra alimentar a imaginação da gente, depois de anos de relacionamento monogâmico (hello red tube!) Kkkkkkkkkk. Gente, a maturidade nos traz ruguinhas, manchas na pele, mas também traz LEVEZA, graças a Deus! Desculpe, Coni, acho que me empolguei. Ia até comentar sobre o cara desaparecido, mas ja falei demais. Só falo uma coisa: CUIDADOOOO. Pessoas com desvios de carater (e até psicopatas) podem ser muito sedutores…
    bjs!!!

  144. Mariana Ambinha24/10/14 • 17h07

    Cartas para fufu kkkkkkk amei <3 e tá na cara q essa coluna já eh sucesso! Me identifiquei com algumas situações e adorei os conselhos! Posta mais, adorei!

  145. Juliana Afonso24/10/14 • 17h08

    Amooo o Fufu e esse post foi para mim. Terminaram o namoro comigo rsss.. Já falei aqui com vocês e ando no dilema se entro na internet para procurar um namorado ou não, mas tenho preconceito, acho brega…rsssss e acho que so tem gente desinteressante, aiaiaiai.. O que eu faço.

  146. Marília24/10/14 • 17h14

    Não consigo parar de vir ler os novos comentários!
    Cony, uma dúvida… Nós não vamos saber o desfecho da história?
    Algumas não tem necessidade, tipo a 01 e a 02.. mas a da Rafaela ia ser legal saber o que aconteceu!
    Só uma ideia! To adorando isso rsrs.

  147. Catarina Barata24/10/14 • 17h20

    Oi people!!!
    Esperei por essa tag ANSIOSA!!! Adoro causos de amor!
    Queria falar pra Luana e pra quem estiver na mesma situação: meninas, procurem um vídeo bem feito, leve, mais erótico que pornô – caso vocês não sejam dessas despachadassas – e chamem o gato pra assistir com vocês!!!! É batata!

  148. Lu24/10/14 • 18h08

    Rafinha, ele simplesmente não está a fim de voce!! Aceita que dói menos, amiga!! Ele pode ser um cara MUITO legal e ter te ajudado quando você precisava, mas ele nao quer nada sério e constante com você! Homens, infelizmente, são assim covardes: não falam claramente que nao querem mais… Mandam sinais, esfriam, somem, comecam a tornar o relacionamento horrivel pra VOCE tomar a iniciativa e terminar, se ele realmente quisesse continuar com você tiraria 30 SEGUNDOS do dia pra responder sua mensagem! Mas foram DEZ dias gatas, estresse nenhum impede que mande uma msg” estou passando por um momento dificil” pra mostrar que le se importa. DEZ dias é falta de respeito e falta de vontade de engatar com voce! So aparece quando quer.. E, pior, pra mim, pode ate ter outra na parada.. Desapega, desapega !

  149. Ingrid24/10/14 • 18h44

    Conny, você é a melhor blogueira de todos os tempos. Amei!!

  150. Carla24/10/14 • 23h43

    genteeee! Amei, mas nao consigo me desligar de uma coisa. no depoimento 3 ela diz que ele rastreava ela pelo GPS pra saber como ele estava. COMO ASSIM??? Qualquer pessoa tem acesso pra saber aonde estamos???

  151. Clarice25/10/14 • 00h28

    Quer ser minha amiga??? rs… A leveza de seus posts e seu bom humor me deixam essa vontade!
    Venho aqui todos os dias e adoro a diversidade de conteúdos do blog.
    Sou de BH também!
    Grande abraço!

  152. Manu25/10/14 • 12h18

    Para a Rafaela: não sou do tipo que torce contra, mas sejamos francas, sumir por conta de stress no trabalho? Assim deveria haver um mundo paralelo só para os sumidos! Não convence. Caia fora pra não sofrer ainda mais.

  153. Lilian26/10/14 • 18h41

    Cony arrasou nessa nova coluna! #amordefineofufu

  154. Rafaella27/10/14 • 00h59

    Para a amiga que conheceu o gato através do Tinder, SE JOGA! Estou namorando a 3 meses, e conheci meu lindo no Tinder,e estou no céu! A tecnologia está ai para ser usada, então porque não utiliza-la como cupido? kkkkk deixe de preconceito mulher! Pessoas interessantes estão em todos os lugares apenas esperando a oportunidade de serem conhecidas.

  155. Bruna27/10/14 • 10h26

    Já li a coluna duas vezes, na primeira vez pensei em dar minha opinião pro 3º caso, mas como não era positiva, não dei, mas, lendo novamente resolvi opinar, nem sei se a amiga envolvida vai ler, enfim… Já vivi uma situação parecida, o cara era o homem ideal mas nao aguentava pressão, toda vez q era fortemente pressionado por uma situação, ele sumia, mtas vezes nao me atendia, no começo surtei e achei q tinha outra no pedaço, chegeui ao cumulo de invadir o predio dele numa manha pra ver se tinha outra la,não tinha e ainda passei por louca! Ele ficou mto bravo cmg, mas dps entendeu e me “perdoou”. Insisti nessa historia por anos, essas sumidas sem dar satisfação me magoavam muito, mas analisando todas as suas qualidades, relevava e continuava dando o q eu tinha de mais precioso q era o meu amor e compreeensão. Nossa historia acabou (por outros motivos) e eu vejo nitidamente q nao valeu a pena, toda vez q lembro me bate uma tristeza, pq vejo um relacionamento como uma parceria e, pessoas desse tipo vc nunca pode contar, vc vive desconfiada pois nunca sabe se aquele foi seu ultimo encontro, qdo vc liga e ele nao atende sempre fica a duvida se ele estava ocupado ou se surtou de novo, vc nunca tem certeza de nada. Nossa vida é uma só, não vale pena complica-la insistindo em se relacionar com pessoas complicadas, faça o q o seu coração mandar, eu fiz e te digo q não valeu a pena.

  156. Tizah Roldão27/10/14 • 11h09

    #choraqueeuteescuto kkk tudo a ver com o falaqueeuteescuto, adorei essa tag Cony, um dia quando eu tiver coragem eu conto a minha história de 5 anos de casada. kkk mas vou logo dizendo: é triste viu?

  157. Nathalia27/10/14 • 15h50

    Que coluna maravilhosa! Já to até pensando em mandar um email pedindo conselhos tb kkk

    O 2° caso foi o que achei mais leve… oq tem conhecer namorado na internet? Acho super de boa… um viva a tecnologia! \o/

    O 3° caso é o único que discordo do conselho da Cony. E eu por experiência própria diria: É uma cilada, Bino! hahahaha Já namorei um cara que dava umas sumidas loucas (militar)… dizia q tava de serviço, missão, inventava até guerra, eu muito apaixonada (ele foi meu primeiro namorado, meu primeiro homem, meu primeiro tudo) acreditava até que um belo dia descobri que ele tinha uma noiva (eu), uma namorada e uma esposa! Simples assim. 🙂
    Então meu conselho pra vc é o seguinte: Se cuide muito! Se ame mais ainda! E aparecerão dezenas de caras tão incríveis quanto. Nenhuma mulher precisa se sujeitar isso… Tem dia que eu tb to super ocupada, super extressada com o trabalho (graças a Deus nós mulheres tb somos bem sucedidas hj em dia!!!) assim como tem dias q quem está assim é meu namorado, mas nem por isso deixamos de dar um boa noite, ou um bom dia… quem quer arruma um jeitinho! 😉

    E quanto ao 1° caso… uma coisa me deixou encasquetada: meninas, vcs não se masturbam, não? Desculpa a pergunta direta e reta, mas como que nos dias de hj ainda tem tanta mulher que acha errado o homem ver pornô ou se mastrubar… de onde tiraram q isso tem relação com o relacionamento estar ruim…? Amigas, vamos conhecer nosso corpo, não há nada de errado nisso, por mais q a sociedade faça a gente acreditar que sim.

    Beijos em todas e um especial pra Cony ♥!!!

  158. Juliana27/10/14 • 18h52

    Arrasou Nathália!!!Também gostaria de saber…kkkkkkkkk

  159. Paula Pereira28/10/14 • 00h39

    Cony, quando abrir para novos emails, mando meu desabafo!
    Acho que a “””breguice””” dos nomes votados a coisa mais incrível: eu não sabia do que se tratava, e comecei dando risada achando que era você fazendo graça. Fui lendo mais um pouquinho e vi que era uma ideia fantástica. Abrir esse espaço pras leitoras mostra a sua preocupação com quem te cerca, mesmo virtualmente, e isso me faz sua fã, de verdade!!
    Como eu disse, a “””breguice”””(Chora que eu te escuto é sensacional, desculpem todos os outros) deixa o momento bem mais leve.
    Eu sei que vou rir que nem boba cada vez que vir que você publicou os helps da semana, só por causa do nome da tag. Mas, consequentemente, vou ler com o coração mais leve, até pra poder dar um conselho legal.
    Muitos beijos e aguardo a nova leva, ta?

    • Constanza28/10/14 • 01h05

      Pode deixar q avisarei! Rsrs choooooooora q te escuto kkk

  160. lui28/10/14 • 02h07

    Quero o desfecho de Rafaela!!!

  161. Jhenne28/10/14 • 23h03

    Cony virou psicologa rsrsrsr adorei!
    Quero te mandar um presente, da loja do meu namo, como faço?
    bjusss

  162. […] começar com o feedback da Rafaela, o caso mais tenso do post passado. O que será que ela achou de todas as […]

  163. Paula29/10/14 • 15h36

    Amo essa blogueira, amo esse blog e amo os comentários, tanto que resolvi sair da condição de leitora para contribuir como “comentarista”.

    Eu tive um namorado que olhava sites de pornografia e eu também não achava nada demais, para mim era normal que homens e mulheres gostassem desse estímulo. Descobri esse hábito dele sem querer: passamos o final de semana juntos, pedi seu computador emprestado para trabalhar e, acessando o histórico para recuperar páginas minhas, vi os tais sites pornôs. Não falei nada porque realmente não me incomodou. E porque nunca fui uma pessoa desconfiada/ciumenta.

    O tempo passou e acabamos terminando porque ele, apesar de um pouco mais velho que eu, era muito imaturo e eu não tinha (não tenho) paciência para essas coisas. Entre o amor e a minha paz, a segunda sempre ganha.

    Mas como ao terminar, eu disse que buscava alguém mais estável emocionalmente e não poderia ajudá-lo porque não era psicóloga. Então, ele procurou uma psicóloga. E descobriu que tinha problemas com pornografia, era uma faceta da sua imaturidade. Porque ver um filminho aqui e outro ali eu também gosto. Mas vários e diversos constantemente é um exagero e exageros geralmente não são normais.

    Soube disso tudo porque ele me ligou semanas depois, nós tivemos uma longa e linda conversa, ele me pediu ajuda como amiga porque, além da psicóloga, não tinha coragem de dividir esse assunto com mais ninguém. Passamos a sair para bater papo, ele me contava o que podia da terapia, falávamos amigavelmente sobre nossas famílias e…

    Voltamos a namorar! Casamos um tempo depois! Ele continua fazendo terapia e não recorre à pornografia disponível no mercado – não por minha causa, mas porque a psicóloga não recomenda. Mas tem a mim e eu tenho a ele: somos pornográficos juntos!

    Continuo achando que é normal, sim, para homens e mulheres, espiar o pornô. Mas o “diversos” que a Luana colocou no relato dela chamou minha atenção. Por isso, minha recomendação é: converse! Tente achar espaço para tocar no tema. O pior você já fez, que foi invadir a privacidade dele. Um bom jeito de tocar no assunto é pedindo desculpas pelo que fez, sem julgar, sem se revestir de moralidade, sem se excluir dessa parte da vida dele. Não deixe tão quieto, porque no meu caso, a quietude quase tirou meu marido dos eixos e da minha vida.

    Beijos meninas lindas e Cony Maravilha!

  164. Dani30/10/14 • 17h45

    Gente, amei essa coluna! Vou falar para a Luana e outras mulheres como ela. Sim, todo homem vê pornografia. Agora te pergunto, e vc? Pq tb não vê? Eu tinha um namorado que gostava e acabou me ensinando a gostar tb. Assistíamos juntos, ele me mandava vídeo no celular pra eu ver e isso acabou se tornando uma especie de preliminar. Nossa relação só se tornou mais intima e o sexo MUITO melhor e até mais frequente por isso! Hj estou casada com outro e mantenho com ele um pouco desse costume. Quando digo aos meus amigos homens q eu gosto de ver pornografia com meu marido eles sempre acham bacana e pedem para as namoradas/esposas conversarem comigo. Na verdade eles gostariam que esse tb fosse um programa a dois!

    Então, meninas, chega de preconceito! Tem várias empresas que fazem videos até legais sem aquele exagero absurdo! #ficaadica

  165. celia30/10/14 • 21h02

    20 dias viajando, quanta coisa legal eu perdi, lendo posts atrasados!! na viagem nao deu tempo! adorei!

  166. Paulo31/10/14 • 15h32

    Luana, minha querida,

    Primeiramente, sou homem, e acredito que ninguém melhor do que o meu gênero para responder a essa pergunta, não é? Não sei como usar o termo de modo “cortes”, mas todos os homens fazem isso! É uma necessidade nossa, entende? Mesmo se o cara estiver com a mulher mais fabulosa do mundo, ele vai fazer.

    Outra coisa, desencane com o “corpo perfeito”. Os conceitos para o belo são construções culturais (e midiáticas), que inclusive variam ao longo da história. Eu pessoalmente, não gosto de mulher sarada, é até constrangedor uma mulher com o abdome mais definido que o meu rs.. portanto, cuide, mas não pire com o seu corpo, ok??

  167. Dani03/11/14 • 13h58

    Rafaela,

    Esqueça esse cara. Apague esta mensagem, o contato dele e ele de sua vida. Acho que ele é um covarde, que não quer mais ficar com vc e não tem coragem de terminar. Viva sua vida e tenha certeza de que tudo vai passar e um novo príncipe encantado baterá à sua porta em breve. Seja feliz.

    Dani

  168. alana18/01/15 • 12h03

    Muito bom meninas.