16
Oct 2014
O Cabelo da Vez
Cabelo

Vira e mexe dá aquela vontade de mudar o cabelo. Eu me arrisco em três coisas: corte, luzes e franjas. Sempre me dou mal com a franja, com as luzes de vez em quando acerto e corte… quase nunca corto rs. Mas sabe que hoje deu uma vontadezinha? Tenho visto tanto a variação do corte chanel, mais compridinho – o famoso long bob – e acho tão chique, que balancei. O long bob deixa a frente um pouco mais comprida que a parte de trás do cabelo e as pontas tem corte irregular. E com babyliss fica lindoooo!

longbobinter1

Que tudo esse primeiro cabelo da montagem hein? Corte, cor, ondas… tudo perfeito!

longbobinter

Nas celebridades gringas (adoro o da Olivia Palermo)

longbobnacional

E as brasileiras também aderindo ao long bob! Grazi ficou ótima, a Camila Coelho ficou maaaaara e a Gabi (do blog Starving) ficou linda demais! Deu a louca nela lá em NY e de repente apareceu de cabelo curto. Detalhe, o cabelo era enorme e maravilhoso! Que coragem!

  • Acho digno esse corte. Nem muito curto, nem muito comprido, o que permite continuar brincando com diferentes tipos de penteados. Além disso dá uma aparência de cabelo saudável… 
16
Oct 2014
Sabe Melasma?
Novidades de Beleza

ÔOOOOOOOOOOOOO e como! Perdi a conta de quantas vezes já falei desse assunto por aqui e sei que ainda falarei muito sobre isso. Luta constante, sempre estou procurando por novidades sejam cremes, tratamentos, cosméticos, simpatias, macumbas ou orações. Justamente por isso gosto de tocar no assunto aqui no blog e trocar figurinha com vocês, pois acho as informações que encontro na internet muito vazias, os sites gringos não falam muita coisa, sempre é a mesma ladainha “melasma não tem cura, use hidroquinona e fuja do sol”. Ok, isso eu já sei. A novidade é que fiquei resistente à principal arma de combate do melasma, a tal hidroquinona, e passar ela e água é a mesma coisa. Não, a mesma coisa não. Bem capaz da água clarear um pouco a mancha.

Nessa minha viagem à Miami eu tinha duas opções: ir a praia, me proteger do sol com burca, chapéu, toneladas de protetor solar, sombra e dar tchauzinho de longe pro namorado curtindo o mar e ainda assim voltar com o melasma, ou ir à praia, chutar o balde, entrar no mar, sorrir pro sol (claro que sempre com protetor solar, isso não abro mão nunca, nem na sombra nem na chuva) e voltar com o melasma do mesmo jeito. Claro que fiquei com a segunda opção e meu amigo de anos apareceu, óbvio. Sabiam que mesmo se cobrir o rosto todo, ao bronzear o corpo já ativa um negócio lá que faz o melasma voltar? Pois é, é meio naquele estilo: “se ficar o bicho pega, se correr o bicho come“. Aliás, eu já estava bem manchada antes, acredito que ter trocado de anticoncepcional piorou tudo.

Tinha plena consciência que no meu retorno teria que procurar algum tratamento para a pele, mas o quê? Como falei anteriormente, hidroquinona não adianta mais, arbutin menos ainda, meus ácidos não fazem nem cócegas. Pensei em comprar o Cosmelan, aquele creme caro que falam que some com as manchas mas tenho medo de comprar e não adiantar, já que cremes isolados não resolvem mais. Procurei minha dermato com a esperança que ela me contasse sobre algo super novo que destruísse o melasma mas… nada. Ou melhor, tinha algo que poderia ser feito sim e que eu ainda não tinha tentando, o Spectra Laser. Dei uma “gugada” e fui direto nas fotos de antes e depois e WOW, fiquei de face… peles muito mais manchadas que a minha estavam lisinhas. Pesquisei mais e vi que é específico para melasma e o único laser com resultados comprovados para tal finalidade pela FDA (amo a FDA). E tem benefício extras: ele estimula a produção de colágeno deixando a pele mais viçosa e tonificada, diminui ruguinhas AND olheiras. Já pode casar com ele? Ah, e também é utilizado para remover tatuagens.

spectra-laser

Fiz minha primeira sessão hoje (são 10) mas é aquela coisa… pode ser que melhore, pode ser que não. Tudo conspira para que dê certo mas existe a possibilidade de não funcionar. Como já tentei de tudo, arrisquei. Vai que funfa?

É feita uma sessão por semana e é “tranquilo”. Da mesma forma de quando fui tirar meus miliuns, minha dermato me passou umas bolinhas para apertar. Isso porque não era pra doer né rsrs, daí já vi quer não seria tãaaaaaaaaaao indolor assim. Mas dor, dor não é. É como se fosse uma agulhada rápida mas o que mais incomoda é o barulho (sabe aquele barulhinho da raquete que mata pernilongo? Esse, tipo um choque) contínuo e o cheiro de queimado. Sim, parece que está queimando o rosto. Quando tirei os óculos de proteção achei que estaria toda vermelha e machucada, mas não, estava normalzinha, um pouco vermelha só! Depois ela esfriou o rosto e passou um corticóide em creme para acalmar a pele e muito protetor solar. Me maquiei e vida normal.

spectra (1)

Não posso mais usar hidroquinona (êeeeeeeeeeeee!) e vou ter que usar de dia e de noite, vitamina C. Finalmente darei uso ao Clairial C10 da SVR que comprei em Paris ano passado e estava aguardando sua vez na fila de espera. Além disso, voltarei a tomar Helioral (aquele protetor solar de dentro pra fora, falei dele aqui) para proteger ainda mais. E mais pra frente, vou reforçar o tratamento com Cosmelan. É, não fica nada barato.

Fotografrei minha pele antes da minha primeira sessão mas é IM PU BLI CÁ VEL. Se tudo der certo, entrarei para os antes e depois de sucesso.

Era para ilustrar este post com alguns cremes de clareamento que vi durante minhas pesquisas por novidades, mas ficou muito grande então em breve teremos mais matérias sobre o assunto tá?

  • Pode ser que não funcione, mas quero testar. Cada caso é um caso e como não tenho mais opções de tratamento, resolvi arriscar. Outra opção seria abandonar o anticoncepcional, já que uma das grandes causas do melasma é de origem hormonal, mas por enquanto não dá. Inclusive meu gineco me orientou a tentar o Mirena, pois parece que a ação hormonal dele é local. As vantagens são provável emagrecimento, diminui o inchaço, suspensão da menstruação e evita esquecimento MAS pode causar acne. Nada é perfeito né?
  • Valores! Sei que vão perguntar isso. Paguei R$ 2.900,00 por 10 sessões. O resultado começa a aparecer (se Deus quiser) após a 5ª sessão e finalizado o pacote, tem que ser feita uma manutenção. Pode tomar sol? Não. Com Spectra ou sem Spectra, quem tem melasma NÃO PODE TOMAR SOL, mas existem as teimosas como eu que vão mesmo assim.  O negócio é se proteger muito e já entraram para minha lista de proteção reforçada o Helioral (que já tomei e parei não sei porque), chapéus com proteção solar (quando for pra praia ou clube), ficar na sombra e protetor solar pro resto da vida em doses cavalares. Aguardem cenas dos próximos capítulos…