Beleza
Novidades de Beleza
15 abr 2014, 213 comentários

Qual o Seu Número?

Ontem li um comentário que me deixou pensativa. Não era de hater, nem na maldade, não era ofensa, nada disso, mas me fez pensar um bocado. E meu pensamento se estendeu no assunto e tomou proporções bem maiores que o pequeno e ingênuo comentário.

Postei uma foto no Instagram de uns shorts que achei na Renner (sempre posto alguns achadinhos por lá, siga-me se for capaz @futilish) e uma moça conseguiu ver a numeração e perguntou: Você é tão magra e veste 40?

Oi? Mas o que tem de errado em usar 40? 40 é de gorda? Será que eu deveria usar 36? É feio usar 40? Tô gorda? Ai meu Deus, será que dei mancada e o 40 não era pra aparecer?

Meu consolo é que em algumas modelagens uso 38, porém em outras até 42… E fiquei matutando aquilo… o número expressa o grau de magreza?

Acho que não…

Exemplo clássico é o número da balança. A gente sempre acha que quanto menor melhor certo? Errado. Nem sempre. A massa magra pesa mais que gordura e ocupa menos espaço no corpo. O volume de 1 kg de gordura é bem maior do que o de 1 kg de músculo então duas pessoas com a mesma altura podem pesar 60 kg e uma ser gordinha e a outra toda definida e dura. Não sei explicar bem essas coisas de malhação mas esta foto diz tudo:

315551_510514045679318_450359816_n

(Essa foto rodou no Instagram um tempo atrás e não sei a origem. Se alguém souber me avise para por os créditos.) Olhem a moça com 56 kg e o corpo dela com 62,5 kg, ou seja, 6,5 kg a mais! Trocou gordura (essa amarela nojenta e enorme) por massa magra que ocupa bem menos espaço no corpo. Na sequência, um comparativo entre pesos iguais onde o volume da gordura é quase 3 x o tamanho da massa magra!

10268476_10151942665246534_4370181636566014803_n

Mulheres diferentes, corpos diferentes e o que todas tem em comum? TODAS PESAM 68 KG! E aí, o número na balança ainda te assusta?

Tô falando isso tudo, mas eu também me prendo a números e muito! Todo dia de manhã eu acordo, faço xixi e me peso. Se estiver até 62 tá ok, acima disso começo a ficar preocupada. Mas desconsiderei que não tô malhando direito, antes estava bem mais durinha e pesava praticamente o mesmo (vario 1 kg), ou seja, provavelmente perdi meus músculos e o lindo número que vejo na balança e que me acalma é aquela gordura amarela nojenta. Mais uma vez, números não dizem nada.

bdba6108cee5109e276fe6d10cdbac6d

Querem mais um exemplo??

Quando fui colocar silicone pedi o peito da Danielle Winits. Na época ela tinha aparecido na Playboy e achei o tamanho perfeito. Pesquisei e eram 235 ml. Ok, eu queria do mesmo tamanho. Fui ao médico ele me disse que eu suportaria 235, mas que 285 ficaria melhor. Pensei: tá doido? Vou ficar atriz de filme de pornô. Combinamos um 255 ml, meio termo.

Resultado: ficou pequeno/médio, menor do que eu queria e menor do que o da Danielle Winits. Claro que eu desconsiderei a altura dela e a minha e o tanto de peito que tinha antes. Mais uma vez, enganada pelos números. E li que a Sabrina Sato colocou 175 ml e achei uma mentirada danada, mas sabe que faz sentido?

NÚMEROS NÃO DIZEM NADA!

Podemos usar manequim grande e ser magra, usar pequeno e ser gorda, pesar muito e ser toda dura e definida, ou pesar pouco e ser mole e cheia de gordura. O peito pode ser enorme e ter pouco silicone, ou ser pequeno e ter muito! Cada corpo tem sua particularidade e constato, no final deste testamento, que não adianta se prender às numerações e sim ao que fica bem na gente e agrada visualmente. Difícil pensar assim, considero praticamente um livramento, mas parece que a gente gosta da tortura de se prender a números e ao que é considerado “ok” mundo afora. Tem coisa mais cruel do que o famoso 90-60-90???

  • Uso 40, peso 61,5 kg e meu silicone é 255 ml. E isso não diz nada sobre mim.
Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
213 comentários em “Qual o Seu Número?”
  1. Larissa15/04/14 • 12h45

    Texto PERFEITO! Amei o post

  2. Jaja15/04/14 • 12h49

    O que diz se a pessoa está “gorda” ou não é o percentual de gordura corporal e não o tamanho da roupa.

  3. Fernanda Francischinelli15/04/14 • 13h03

    Mudando só um pouquinho o rumo da prosa, mas ficando no mesmo assunto… Eu uso 44 (minha estrutura óssea é bem grande e tenho corpo vilão. 116 cm de bumbum, 102 cm de peito e 79 de cintura) e fiquei simplesmente chocada ao passar em frente a uma loja e ver que lá vendiam “pluz size” a partir do 42. Gente, sério? 42 pluz size? Em um país onde a variedade de mulheres é tão grande e bonita como no Brasil, esse tipo de classificação eu acho tão insignificante…

  4. Giovanna15/04/14 • 13h06

    Entendo o comentário da garota assustando-se com a numeração da roupa de Cony. Ditaram que todos tem que entrar num número 36, ou estourando, um 38. Vestir calças 40 já te faz gorda. Observem atrizes e celebrities, fazendo propaganda de suas dietas. Todas, todaaaas, frisam que seu novo manequim é 36. Vestir 36 é chegar ao podium, receber a medalha de ouro do corpo perfeito, de deusas gregas. O resto, são meros terráqueos.

    • Constanza15/04/14 • 13h10

      Mas não tem como eu, de 1,73 com 61 kg (e me acho no geral magra) entrar num manequim 36. Seria cadavérica! E o q tenho percebido é q as marcas estão enganando a gente, várias estão aumentando os tamanhos das roupas. Tenho entrado em mt P e 38 que antes não me serviam e não é pq emagreci rs

      • luana15/04/14 • 13h36

        Cony, amém pra vc! Atualmente visto 40/42, mas o meu normal ao longo da vida foi 38. Não vestia 36 nem quando pesava 48kg! Um dia comentei numa turma de mulheres que queria voltar a entrar nas minhas roupas 38 e uma delas “super legal” disse: “pois eu visto 36!” Achei estranho porque a pessoa tem o quadril maior que o meu. Descobri depois que a pessoa só compra roupas de uma determinada marca que faz roupas no tamanho 40 e põe etiqueta 36!!!
        Alma lavada com esse post. Muito obrigada! 🙂

      • Denise15/04/14 • 13h54

        Acho que elas não estão enganando, não… acho que estão voltando ao que deviam ser antes… Tem muita marca que diminuiu seus manequins… 36 pra quem veste 34… e cheguei a ver um 46 pra quem vestia 40. (Eu trabalhava em loja de roupa).

      • Ca15/04/14 • 18h59

        Sim, os números estão aumentando (e não diminuindo como as gordinhas insistem em falar). Tenho 92, 93cm de quadril e tem marcas que o 36 fica grande em mim. Pelamordedeus. Em lojas de departamento isso tá acontecendo muito. As numerações pequenas são as primeiras a acabar por isso.

      • Suzana16/04/14 • 15h12

        Concordo total com seu texto Cony. Eu tenho 1,57,visto 36 e fui a nutricionista pesando 53kg, queria apenas melhorar alimentação e diminuir a “localizada” na barriga. PASME, saí de lá sabendo que eu tinha 30% de GORDURA no corpo. :O

        E essa história que os números aumentaram é pura verdade. É milagre achar um 36 que não seja 38. rsrsrs

    • Ana Paula Furtado15/04/14 • 14h34

      Tá… Pode até ser que não tenha sido um comentário maldoso… Mas quem comentou deve ser uma dessas com 50% de massa gorda que veste 36 e acha o máximo! À propósito, acabei de ler aqui que a Ana Maria Braga também veste… kkkkkkkkkk #prontofalei

      • Ca15/04/14 • 17h15

        Eu vi por acaso o momento em que no programa dela, a Ana Maria Braga mostrou na calça que estava usando o número dela para que ninguém mais desse o tamanho errado. E era 34 :0 Como? I don’t know…

      • Cristiane16/04/14 • 07h37

        uhuuuuuuuu! Apoiada! Também acho!!

  5. si15/04/14 • 13h08

    eu sou alta e magra…acho que 1,68m pra uns 50kg…nunca sei exatamente. O que também me faz pensar que números não são nada é que tenho calças tamanho 34, 36 e 38. Mas como né? Compro tudo em fast fashion. Um dia me disseram que essa coisa de numeração não é nada confiável porque por exemplo…se tem uma encomenda de 100 calças tamanho 34, 100 calças 36, 100 calças 40 e por aí vai…mas no dia da entrega não deu tempo de confeccionar tudo, eles colocam qlq etiqueta de tamanho próximo em qualquer calça e passa batido assim mesmo! Fato é que quando vou comprar sempre levo pro provador os tres tamanhos diferentes e cada vez serve um n° diferente. Sem padrão nenhum! Mas pra além de qualquer tamanho de etiqueta o que vale mesmo é a reflexão proposta pelo post. Muito bacana, Cony! Que cada um saiba entender e lidar com o próprio corpo!

    • Camila15/04/14 • 14h24

      Acho q eles fazem isso mesmo, pq já comprei uma calça 42 e uma 38 na mesma loja, mesmo modelo, mesmo tecido e mesmo dia, só mudou a cor. Como pode só pq a cor mudou o número diferir tanto?

  6. Mônica15/04/14 • 13h09

    PALMAS!!!!!

  7. paula15/04/14 • 13h10

    ótimo post,
    também uso numeração 40 na maioria das vezes, outras 38 (porém fica tudo justo – não dá neh!! *piriguete*) e peso 56 Kg.. os números de mediadas de roupa não dizem nada, o que realmente importa é a massa magra..

  8. Luciana15/04/14 • 13h13

    Boa!
    Me mato de rir quando as pessoas, por ex., ficam chocadas com o número da roupa de certas famosas. Exemplo disso é a Ana Maria Braga usar calça 36 e vc 40, sendo que vc parece muito mais magra. Só que cada corpo é diferente do outro. Como estamos acostumadas a ver a “Namaria” de busto pra cima na tv, não percebemos o quanto suas pernas são fininhas e seu quadril estreito, embora seu tronco seja largo. Ela é daquelas que usa 36 embaixo e 44 em cima (mas só divulga o nº menor, claro…). E a Sabrina com aqueles coxões usando 36 e até 34, quem é que acredita tb?
    Acho tudo isso besteira! Ainda mais que existe uma discrepância enorme nos moldes de tamanho das lojas nacionais (sobretudo as de departamento). Minhas calças, por ex., vão de 36 a 44. A Renner é a campeã em deixar as mulheres deprimidas com suas calças apertadíssimas (lá só uso de 42 pra cima), enquanto que a C&A só faz calça balão (lá só uso 36).

    • Ozzy15/04/14 • 14h39

      Meu nutricionista, que é amigo do nutricionista da Sabrina, disse que ela mente o peso pq as pessoas não entem esse negócio que o músculo é mais denso que a gordura. Isso mesmo. Ele disse que ela deve pesar entre 68 e 70 Kg, mas ela fala que pesa menos pq a maioria tem essa mentalidade de se fixar em números e não no que vê no espelho.

  9. Luana Muniz15/04/14 • 13h16

    Cony,
    amei o texto!
    É exatamente isto que meu esposo (Educador Físico), conseguiu fazer com que eu entendesse.
    Ele sempre me perguntava: “vc quer perder peso ou gordura?”
    Perder peso = perder massa magra e massa gorda.
    Perder gordura = transformar gordura em massa magra (músculo).
    E eu quis perder gordura, então comecei a malhar mais pesado, alimentação super equilibrada, e nisto já abaixei meu percentual de gordura em 19%, eheheheheheh…
    E parei de ligar para o meu peso na balança e em número.
    O que quero mesmo é me olhar no espelho e me achar linda, elegante, gostosa e poderosa, kkkkkkk…

    Como sempre você fazendo posts maravilhosos.

    Bjão

  10. Taciane Ricci15/04/14 • 13h16

    Essa imagem é totalmente ilustrativa. Afinal, eu fiz avaliação física com profissionais e meu BF deu 12,4% e eu estou longe de ser trincada assim haha pareço mais com a 20/21

  11. Cecília Guimarães15/04/14 • 13h17

    Ai, Cony. Por isso és minha blogueira favorita!!!! Adorei o post!!!

  12. Tete15/04/14 • 13h18

    Acredito que o comentário nem foi de maldade não, mas sim por conta dessa paranoia que a gente vive, cercada de tantos números que temos que preencher para nos sentirmos bonitas, aceitas, desejadas……

    • Constanza15/04/14 • 13h20

      Com certeza

    • Ca15/04/14 • 19h07

      Seria maldoso se fosse “vc é meio gordinha e veste 38, como pode??”.. kkkk

  13. Ana Paula Furtado15/04/14 • 13h19

    Nusss, Cony! Mais um post pra entrar pra história! Mandou bem demais! Eu uso 40 e confesso que sempre me perguntei como vc também usa, sendo que vc é mais magra que eu e bem esguia (eu tenho 1,60, quadril largo…). Números não dizem nada! 🙂

  14. Ana Spadin15/04/14 • 13h25

    Cony, eu geralmente acompanho o blog como leitora fantasma. Tô sempre aqui acompanhando mas não comento.
    Mas dessa vez vai ser diferente =)

    A pessoa que comentou, com certeza fez isso sem pensar, porque não considerou sua altura e nem sua estrutura óssea.
    Quem inveja as pessoas que usam 36 deveriam ficar contentes com seus atributos, porque eu por exemplo uso e as vezes é uma dificuldade sem tamanho pra encontrar uma calça que vista bem, não fique larga, não achate a bunda e não me faça parecer esquálida.
    Cada uma vai ter sua dificuldade e vestir P/36 e ser magra implica em uma série de roupas que não tem como ser usadas porque parecem que estão vestindo um cabo de vassoura.

    E 40 não é gorda, poxa! Você está melhor do que nunca 😀

    Beijos!

    • Marinez16/04/14 • 17h44

      Ana sofro deste mesmo mal. As pessoas costumam dizer q magras ficam bem em qualquer roupa. Nós sabemos q isso não é verdade…

  15. monicae15/04/14 • 13h25

    não tem como ficar se prendendo a numeração, ainda mais que muitas vezes, na mesma loja a numeração é maluca, fui na C&A e em outras lojas e duas regatas cuja a etiqueta era igual a numeração mas o tamanha era exageradamente diferente. Não da mais para confiar sem provar a roupa no corpo.

  16. Isabela Campelo15/04/14 • 13h27

    Uso 44 e sou feliz. Não tenho o corpo das propagandas de revista (aliás, é tanto photoshop que nem elas mesmo têm), não tenho o corpo que a maioria das mulheres deseja, mas vivo bem com isso. A ÚNICA coisa que me incomoda é que poucas lojas chegam à numeração 44 e eu fico chupando dedo. 🙁

  17. Luciane15/04/14 • 13h27

    Vi esse comentário do insta, me fez pensar tbm rsrsrs Vale lembrar que calcular o IMC tbm não serve pra nada. Devemos manter o foco na saúde, fazer o possível pra preservar e aumentar a massa magra… Alimentação, treino e dormir bem… O corpo responde ao modo como cuidamos dele 😉

  18. Carla15/04/14 • 13h28

    Como diz a Pugliesi é muito mais importante a imagem no espelho e nossas roupas ficando largas do que o número na balança… ela mesmo quase nunca se pesa.

    • Constanza15/04/14 • 13h33

      Exato

  19. Gabriela15/04/14 • 13h28

    Achei seu post fantástico. Primeiro, porque eu sempre fui um pouco vítima dos números. Me apeguei tanto ao que aparecia na balança que comecei a fazer dietas malucas na adolescência, quando não precisava, e isso me levou a engordar de verdade. Não acho legal pra ninguém e teria me ajudado muito quando eu tinha 13 anos ter lido exatamente isso que você escreveu. Enfim, agora é correr atrás do prejuízo. Parabéns pelo post, acredito que ele ajudará a tirar caraminholas de outras cabecinhas como a minha.

  20. Tatiana Vieira15/04/14 • 13h28

    Oi Cony! Perfeito o texto! Peso 49kg, visto 36 e meu percentual de gordura é de 24 acredita! Pois é! Sou bem magrinha e sofro muito para conseguir engordar e sinto q cada dia q passa engordo de forma cada vez mais errada (está aí meu percentual pra constatar isso). Esse lance das numerações tb me chateiam muito! Normalmente as lojas que vendem tamanhos menores são lojas de adolescentes, porém já tenho 32 anos, e é aquelo né: “Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém”. Quando vejo que uma loja “adulta” trabalha com numeração 36 entro toda se achando ganhadora da mega-sena, quando vou ver a peça é um 36 gigante. Penso com minha progressiva: Eles acham que enganam a quem??? #ficochateada #mesentoenganada

  21. Natalia Rios15/04/14 • 13h29

    Que poste legal, números são meu carma, sou muito magra e sempre detestei ate quando treinava certo nao passava dos 49 kgs, achar roupa que desce certo deusu livre, tenho 22 anos, 1.61 cm e peso 48kg hj agora to bem ah e 16% de gordura ;D

  22. Marina15/04/14 • 13h30

    Já vi mto disso.. mto bom seu post!
    Se eu fosse me comparar com a magrinhas tava bom.. rs sqñ
    Eu tenho 1,64 com 54 kg e uso 36, seria ótimo se não fosse uma barriguinha incomodando e uma panturrilha gigantesca.. rs
    A falsa magra.. olhando os numeros me sinto bem, mas não são eles q contam realmente, pq a barriga está aqi e as pernocas roliças tb rs 🙁

  23. Nayara15/04/14 • 13h33

    Pois é. Nunca entendi como falam que a Sabrina usa 34/36 e eu que sou um palito uso a mesma coisa…

  24. Marilia Ferraz15/04/14 • 13h34

    Post simplesmente perfeito!!!

  25. Bruna15/04/14 • 13h36

    É Conny bem vinda ao mundo do bullying, acho sim que o comentário foi maldoso e de gente recalcada. Vivo recebendo comentários ruins no meu blog por causa do meu peso. Não ligo já sei que minha batalha é minha e que ninguém deve se envolver. Concordo com você que cada um tem que conhecer seu corpo e saber o que é melhor para si. Em casa tenho jeans de 42 a 48, as modelagens não são padronizadas hoje em dia. Cada loja é um número e o meu corpo é um só.

    bjs

  26. Niájera15/04/14 • 13h37

    Cony quase nunca comento mas dessa vez precisava comentar….

    Tenho tb 1,73 e tb uso 40, estou com 37 anos e seeeempre tive biotipo brasileiro, quadril, bunda e passei na fila da coxa e panturrilha 3 vezes rssss….já desejei ter as pernas de modelos, esguias (as suas são lindas), mas não tenho e me amo coxuda rsss
    Recentemente fui na C&A e provei uma calça Skinny que não passou nem no meu pé quanto mais na panturrilha, fui procurar a 42 para ver “qualéqueéra” rsss e não achei, ouvi da vendedora: Ah esse modelo é para as magrinhas???
    OOOOOOOOOIIIIIIIIIIIII??? Desculpa mundo, eu uso 40 mas às vezes necessito de 42 e preciso me chibatar por isso??? Pô, esse corpitcho aqui já foi mãe e tô muito bem comigo, tenho biotipo grande, nasci assim e ponto. Muitas dessas atrizes que se intitulam 36, nem no sonho vestem isso e querem criar um padrão ridículo onde mulheres de auto-estima baixa se decepcionam por não fazer parte desse tal “mundo 36”.
    Vamos cuidar nós mesmas claro, mas vamos entender que nascemos com o nosso próprio DNA e isso que nos faz únicas!

    Continue fazendo essas reflexões, isso ajuda muitas pessoas!!

    beijos

  27. Âmara15/04/14 • 13h38

    (palmas)

  28. Gabriella15/04/14 • 13h39

    Ahh mas essa última não pesa 68KG só, não!
    Impossível!

    • Laila15/04/14 • 14h20

      Se ela for bem baixinha pode pesar sim, ali não tem a altura de ninguém

    • Jaqueline Souza15/04/14 • 14h37

      Volte e leia o post.

  29. Ana Beatriz15/04/14 • 13h40

    Ameei!

  30. Fernanda Nakano15/04/14 • 13h46

    E eu grávida de 4 meses e ainda uso 34!! É pra acabar!! rs só agora aos 4 meses de gestação alcancei meus tão sonhados 50kg. Tenho 1.62 de altura e meu peso está sempre entre 47 e 49kg… e como é difícil encontrar tamanho 34 e PP nesse Brasil, viu!!

    • Camila15/04/14 • 19h21

      Tamo junto, Fernanda! E qdo eu falo que não posso doar sangue e sempre me perguntam se é pq eu tenho medo. Daí eu falo que é pq não tenho o peso mínimo exigido e sempre riem da minha cara …
      As magrinhas tb sofrem bullying …

      • Anna17/04/14 • 20h14

        Hahaha, mais uma pro time!
        Ultimamente só tenho comprado roupa no ebay/aliexpress, pq lá encontro tamanhos pqnos…

  31. Carol Silva15/04/14 • 13h46

    Post mto bom, até pra ajudar a tirar um pouquinho a paranoia de quem ama uma balança… Agora me diz uma coisa: o q é o “famoso” 90-60-90? rsrsrs

    • Carol Silva15/04/14 • 13h47

      Desculpa a sonsura, Cony… já descobri!

    • Constanza15/04/14 • 13h59

      As medidas pra ser miss/modelo! 90 cm de busto 60 de cintura e 90 de quadril

  32. Edimara15/04/14 • 13h47

    Perfeito seu post! Realmente números não dizem nada. Eu peso 58kg e visto 36. Mas nas fotos parece que você é bem mais magra que eu…rsrsrsrs. Essa ditadura da magreza é um inferno. Eu nem ligo mais para o que falam. Quem tem que estar feliz sou eu, dane-se o que os outros pensam.

  33. Denise15/04/14 • 13h48

    realmente essas numerações não estão dizendo muita coisa mesmo….também tenho calças 38, 40 e 42….aliás comprei 42 quando estava firme na malhação e minhas coxas ficavam muito justas na 40, nunca cheguei no estilo panicat rss, mas aí entra a confusão de numerações….agora que parei(mas to me preparando pra voltar rss) ela fica caindo…e continuo vestindo 40….meu peso varia entre 59 e 60 kg…..mas óbvio que quando estava malhando estava mais satisfeita com meu corpo rss, então se eu passar disso já vou me cuidar porque sei que a gordurinha tá começando a sair do normal.. numeração de roupa sinceramente nunca me importou…e fazendo exercícios físicos a balança também não….me preocupava com o espelho…..o principal é estar se sentindo bem…melhor vestir um 40 e sair linda e elegante do que se enfiar numa 36 e não poder nem respirar ou ficar esquelética para tal…e sem contar que cada um tem suas características físicas né….bjãooo Cony

  34. Cah Mendes15/04/14 • 13h49

    Eu sofro o contrário!! Eu visto 34 e dependendo da forma ainda fica largo! Muita gente, inclusive minha família fica falando que eu estou doente de tão magra! OI? Fico indignada. Tipo, tem que levar em consideração que sou minúscula e o meu biotipo é todo “pequenininho” ora bolas!

    http://www.cahmendes.com.br

    • Bruna27/03/15 • 00h34

      Olá Cah, eu tbm sofro o mesmo que você. Essa tal ditadura do número 36 e 34 é besteira de quem inventou. Quem realmente usa esses números sabe a dificuldade que é de uma roupa nos vestir bem. Além de ouvir pitacos aqui ou ali de “como vc está magra, assim não vai arrumar namorado”…

  35. Duda15/04/14 • 13h49

    Gente, até quando??? Até quando vamos viver em uma sociedade em que os números refletem beleza??? Que absurdo!!

  36. aline15/04/14 • 13h50

    Uauuuu!!! Guria….. a cada dia que passa adoro mais o seu blog!! (leitora antiga, mas que comenta pouquíssimo, sorry!) xoxo

  37. Roberta15/04/14 • 13h50

    Isso é a coisa mais certa!! Qndo comecei a malhar mto pesado, principalmente bunda e perna minhas calças não couberam mais!! E engordei alguns quilos! Mas me olhando no espelho não me achava mais gorda!

  38. Juliana15/04/14 • 13h53

    Sempre paro para pensar nisso, me lembro uma vez estava assistindo uma reportagem na SPFW e haviam levado uma balança para pesar as pessoas, muitas famosas consideradas ”magras” e que afirmavam ter seus 58 kg se recusaram a subir na balança. Tenho absoluta certeza que a maioria das famosas mentem o peso, não dar para uma pessoa, com 1,80 pesar 54 kg,1,73 com 54kg, e não ser raquitica OI??? só se a pessoa não tiver ossos e carne de verdade, isso é muito louco, surreal..dou a cara a tapa se a maioria não está na casa dos 60kg. Acho sem necessidade nenhuma mentir isso, vestir 36, 38, 40 não classifica ser gordo ou magro.

  39. milla moraes15/04/14 • 13h57

    Perfeito Cony, uso 34-36, minha estrutura óssea é estreita e aparento ser magérrima…por isso, sempre comia de tudo me gabando da genética…e qd resolvi malhar mesmo descobri que estava com 32% de gordura abdominal…WHAT??? Numeros não dizem nada mesmo….bjs!!!

  40. Catarina15/04/14 • 13h58

    Eu, que tenho 1.75, se vestir uma calça 36 vou ficar é com as canelas de fora! Ninguém pensa nisso não????

    • Constanza15/04/14 • 14h01

      Hahahhahahaha

    • Fran DS15/04/14 • 15h42

      Bem isso, Catarina!! kkkk tenho 1,77m e peso 62Kg, ou seja, muita dificuldade em encontrar calças que tenham uma modelagem menos avantajada no bumbum e pernas compridas para usar com salto e não ficar igual a uma calça pescador :/

    • Adriana17/04/14 • 18h21

      Hahaha!! É bem isso mesmo!!
      Tenho 1m79, peso 68 kg e costumo usar 40 (às vezes, 38 OU 42 haha!!) e, ainda assim, muita calça fica curta. Uma 36 seria praticamente uma calça capri!! 😉

  41. Mariana Alvarenga15/04/14 • 14h03

    Adorei o post!

  42. Aline15/04/14 • 14h05

    Cony, me sinto ofendida sim com a opinião da moça, se vc veste 40 vc é pior que os outros? Visto 42/44 e não me troco por nenhuma mulher e nunca caberia num 36 pois sou brasileira e sim, tenho bunda e me contento pois faço meu marido muito feliz!! Só quero ser saudável e me sentir bonita, independente de números, as pessoas precisam acordar e entender que o pessoal da midia vive somente para o corpo mas a nossa realidade é muito diferente, somos normais e não temos um batalhão de pessoas pra nos arrumar…desculpa o desabafo, parabéns pelo post!

  43. Larissa15/04/14 • 14h09

    Nossa, vc acretida que vi esse comentário e fiquei super pensativa tb!!! Visto 44, e ninguem fala que sou gorda!! Só tenho o quadril largo!! E isso é uma coisa a se levar muito em consideração… Bjuuss

  44. Bruna15/04/14 • 14h09

    Cony… seu corpo é lindo você é linda.. E 40 é seu numero. Que mal ha nisso??? Não existem regras nem padrões de beleza em uma legislação que devemos seguir!!!!Ninguem foi feito na mesma forma.. logo nem todo mundo usa 36.. So tenho que te dizer que quem fez este comentario é infeliz é insatisfeito, e quer que você fique procurando defeitos onde não tem…

  45. Larissa15/04/14 • 14h12

    Eu vi o comentário dessa menina, e a primeira coisa que pensei foi: Como ela conseguiu enxergar a numeração? a única coisa que eu tinha visto eram dois shorts lindos com preços ótimos. Tem gente paranoica com tudo! Ótima reflexão a sua.

  46. Marina15/04/14 • 14h13

    Cony, acho impressionante como você tem a capacidade de transformar um comentário que soa um pouco chato em um post incrível. Por muito menos, outras blogueiras teriam dado uma resposta bem grosseira. É por essas e outras que você se tornou minha blogueira preferida e uma amiga muito querida (hahahaha nem que seja só minha cabeça!!!)

  47. helo15/04/14 • 14h15

    Do que adianta se magra mas ter um corpo com músculos pouco desenvolvidos e gordura? e pior, não comer frutas e verduras todo dia? gente vamos atras da saúde, da alimentação correta e das atividades físicas, e não de números!

  48. Lívia Duarte15/04/14 • 14h19

    Para tudo, vc usa silicone???
    Tantos anos de blog e não sabia isso…
    PASSADAA

    • Constanza15/04/14 • 14h34

      Tem uns 10 anos só rs

      • Lívia Duarte15/04/14 • 14h44

        Tapa na cara da socity, passada. Penas diva ate nas peitchola.

  49. Victoria15/04/14 • 14h20

    Nossa juro que pot perfeito! todas pensamos da forma errada numero nao dizem nada mesmo! Fui na nutricionista e apos fazer a dieta que ela havia me recomendado voltei para o retorno, o que aconteceu? Perdi somente 100g! Fiquei revoltada como poderia estar comendo melhor, fazendo exercicio fisico e só ter perdido 100g!
    Dai ela comecou a fazer as medidas e calcular a minha porcentagem de gordura, o que aconteceu? Perdi medida em todos os lugares e 2% de gordura corporal!
    A gente se preocupa tanto com a balanca e esquece de outros fatores muito mais importantes que isso!
    Otimo teste Constanza! Excelente que todas as pessoas leiam e entendam isso!
    beijos

  50. Thaís15/04/14 • 14h23

    Cony, vou te falar que tbm fiquei espantada com seu short 40.
    Acho que nós leitoras estamos acostumadas a pensar que blogueira é tudo caveira e usa 34, 36.
    E 40 não é gorda, 40 é uma numeração normal!!!

    • Constanza15/04/14 • 14h35

      Acho q se esquecem de ver altura rs

  51. khrissya15/04/14 • 14h24

    ô Cony, vc como sempre arrasando nos posts! amei!

  52. Mille15/04/14 • 14h26

    POr essas e outras, vc é a melhor!
    Adoooorooo!
    Bjs, Mille

    http://coisaphynna.blogspot.com

  53. Luisa15/04/14 • 14h29

    Independente de quanto vistas, o OH é quando compra roupa pequena pra entrar em número pequeno e fica com a calça partida, cofrinho e barriga de fora =)

  54. Fernanda Amarante15/04/14 • 14h30

    Lembrei um livro de Chick Lit bobinho que li muito tempo atrás: Tamanho 42 não é gorda .
    Cony, números são tãaao nada a ver mesmo, ainda mais númeração de loja. Depois que emagreci, na época em que fui pra Nova Iorque e tive uma apendicite lá (vai dizer q tb não te contei isso?), fiquei com 58 quilos, pouco cabelo, nariguda e cara de doente. Agora vario entre 67, 68 e 69. E olha que interessante, minha mãe, normalmente pesa uns 2 quilos a menos. Mas as calças dela são normalmente 1 número a mais, por q ela tem barriga e não tem bunda, eu sou o oposto.
    Também acho q devia ter colocado mais peito… Anyway… Beijoca!

  55. Camila15/04/14 • 14h32

    Cony, tenho a sua altura e peso um pouco menos, mas prefiro comprar uma roupa de uma numeração 40 ou até 42 e usar um cinto ou mandar apertar, pq se compro 36 ou 38 fica tudo muuuito curto. Sinceramente, não sei onde as modelos de passarela compram suas roupas.

  56. sabrina15/04/14 • 14h32

    genial!

  57. Barbara15/04/14 • 14h33

    Gente, mas numeração no Brasil é a pior balela que existe. Já pararam pra pensar que não é normal uma pessoa ter peças de 3, 4 numerações diferentes no guarda-roupa?

    Eu tenho 1,61m, 45kg e tenho calças 34, 36, 38 e, pasmem, 40 também!!! E mais, dependendo da marca, tenho que usar o tamanho 16 da sessão infantil porque o 34 fica um balão. Antes eu me sentia mal com isso até descobrir que, se a confecção não dá conta de produzir peças em todas as numerações a tempo da entrega, eles colocam uma etiqueta 36 na calça 38 (ou 40, ou o contrário) e mandam entregar na cara de pau. Ou seja a gente se matando por causa de números quando as empresas responsáveis não seguem um padrão lógico.

    No mais, arrasou no post Cony. Aliás, você sempre arrasa!!!

  58. suellen15/04/14 • 14h34

    parabéns Cony, ótimo texto!!!!

  59. Bibi15/04/14 • 14h38

    Hoje me dia eu já né olho a numeração. Cada marca cria uma modelagem mais louca que a outra, algumas fazendo de tudo para as clientes se sentirem beeeeem magrinhas, desta forma, colocando números bem pequenos em modelos nem tão pequenos assim. Geralmente experimento o número que costumo usar e um número acima e um abaixo. Para jeans, me rendi definitivamente à Levis que além de me vestir bem vem com a medida da cintura e da perna de forma padronizada.
    Adoro seus posts.
    Bjk

  60. Vanessa Maria15/04/14 • 14h40

    Cony eu acho que esse post foi o melhor que voce ja escreveu. Sensacional menina! Simplesmente sensacional!

    Me identifiquei muito com tudo isso. Tenho muita nóia com os numeros. Tenho 1,56 de altura e estou pesando 52kg. Me gosto com 50 kg pois acho que as calças vestem melhor mas desde maus 25 anos nao entro em um jeans 36…
    Ai que entra a nóia… achava que emagrecendo os tais 2 kg eu entraria no 36 mas com a idade a estrutura meio que muda tbm e eu tenho que entender que jamais terei o corpo que tinha aos 25 anos.

    Fui a nutricionista e fiz bioimpedância e descobri que 33% do meu corpo é gordura!( e isso nao é o IMC que no meu caso é 22%) Sou magra visualmente mas estou mole kkkkkkkkk
    Entao o que fazer? No meu caso dieta de ereducação alimentar e exercicios pois agora nem faço mais questao de ter 50g e sim posso ate manter 52 sendo mais durinha.

    Parabens pelo trabalho Cony, vc esta cada dia melhor!
    Bjks

    • Constanza15/04/14 • 14h50

      Se eu te contar que já tive 38% de gordura? Até q nutri da época ficou boba, disse q era impossível pois eu era visivelmente “magra”. Mas era isso mesmo. Foi na época que comecei a malhar pesado e fiz reeducação alimentar. Agora tenho uns 26% e continuo “gorda” rs. Mas tb como o que quero né… Tb bebo mt vinho… Acho q só queria perder quadril e definir perna e barriga. Só kkkk

      • Vanessa Maria15/04/14 • 15h14

        Nossa Cony agora fiquei feliz pois vejo como os numeros nos enganam mesmo.
        Jamais pensaria que vc ja teve esse percebtual de gordura. Seu corpo é lindo e vc é muito classuda. Uma inspiração e tanto!

      • Vanessa Maria15/04/14 • 15h17

        KKKKKKK tbm quero perder uns cm de quadril, barriga e definir as pernocas… alias sonho de nós mulheres né?
        Bjks

  61. suellen15/04/14 • 14h41

    ps: as marcas não enganam, elas fazem o tamanho de acordo com o público alvo dela, o P da Sacada é diferente do P da Farm, isso por causa do público final.
    nas fast fashion já é bem mais bagunçado, por causa da diversidade dos fornecedores.

  62. Elizangela15/04/14 • 14h44

    Incrível!!! Nunca me identifiquei tanto com um texto! Sempre q vou comprar Jeans e peço tamanho 40 a vendedora fala “40 tem a forma grande prova o 38” sempre acabo levando os dois números para o provador…quase sempre o 40 fica melhor, sou o q minha mãe diz “falsa magra” Em fim, como vc explicou bem Cony são só números, que vale mesmo é se sentir bem!!!

  63. Letícia15/04/14 • 14h47

    Arrasou (aliás como sempre!). Tô cansada dessa história toda. Vamos ser saudáveis e felizes.

  64. thereza gama15/04/14 • 14h48

    eu acho que o povo está paranóico e só fala em magreza..
    uso 38,peso 54kg,tenho 1,68cm e me acho muito magra!!!
    eu queria usar 40 ou 42 e não ter celulite!!!

  65. Vânia lima15/04/14 • 14h53

    Cony!

    Mudando de assunto, como sei que vc ama o Adam Levine

    vi essa reportagem e lembrei de você. Ele está assinando uma coleção de roupas femininas para uma loja de departamentos.
    Olha a link da reportagem:

    http://moda.terra.com.br/adam-levine-assina-colecao-feminina-para-loja-de-departamentos,7f350b6864655410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html

    Bjos

  66. PATRICIA DA SILVA15/04/14 • 14h53

    Pois meu sonho é usar tamanho 40, mas isto só acontecerá se eu estiver muito acima do peso, pois não tenho a “paixão nacional” além do quadril ser estreito 🙁
    Trabalho o dia inteiro e faço faculdade a noite, por conta disso não tenho tempo para malhar e trocar a massa gorda pela magra. Cony, seu post está perfeito… Este lance de número não diz nada.

  67. Marcela15/04/14 • 14h55

    Este post é perfeito e muito esclarecedor. Penso desse jeito mesmo. Estou pesando 59 kg para 1,65m mas estou bem gordinha mesmo, bem fora de forma, tanto que as pessoas acham ate que eu tenho mais. Aparento ter muito mais peso que voce.

  68. Marcela15/04/14 • 14h58

    Um dos melhores posts com certeza, parabens! Até comentei! Ah: o seu blog é o meu preferido pq vc sempre dava dicas de filmes de terror. Faz tempo que nao aparece uma diquinha, qdo puder posta?

    • Constanza15/04/14 • 15h26

      Não tenho assistido nenhum…

  69. Mariana15/04/14 • 14h58

    Acho que to entre 22 e 23%, não sou magra não mas tbm não chego a ser cheinha. Tenho 1,78, 68 kg e visto 40-42!!!

  70. Kariny15/04/14 • 14h59

    Cony,

    Eu adoro os seus posts e esse não fica pra trás.

    Cansei de malhar igual doida, fazer dieta, pegar peso até ficar torta nas aulas de funcional e não perder nem 700 gramas na balança, mas olhando pro corpo no espelho e na numeração das roupas o avanço é perceptível!

    Diminui 1 número de calça e dois de blusas. Tem dias que eu até evito subir na balança pra não desanimar. Acho que a chave é conhecer o próprio corpo e reconhecer os seus esforços e como já dizia a musa Khloe Kardashian: “My weight doesn’t define who I am.”

  71. Amannda Ferreira15/04/14 • 15h02

    Tenho 1,52 de altura (sim, sou bem pequena, baixinha mesmo, rs), peso 50 kg, uso manequim 34, PP e tenho 18% de gordura. Quando eu conto meu peso pras pessoas, elas não acreditam, porque “parece” q eu peso 43, 45 kg! Mas é justamente isso, a paranoia que as pessoas tem nos números, de quanto você pesa na balança. Eu sou “pesada” e magra justamente por conta da massa magra, treino 6x por semana, como certinho e blá blá blá.

  72. Eliza15/04/14 • 15h02

    Ótimo post… Eu visto 36 com 1,60m e 52 quilos… Estou me sentindo bem assim pois tenho muita massa muscular e pouca gordura. Na minha época de adolescente pesava pouco mais do que isso e cheguei a vestir 40… Os números realmente dizem pouco. O que importa é fazer exercícios e não comer em excesso…
    Vc está ótima assim, Cony!!! Quisera eu ter a sua altura…
    Beijos

  73. Carol Souza15/04/14 • 15h09

    Adorei o post! O Cony e tem outra, 38 e 40 é considerado P ainda viu, pelo menos aqui no México. 36 é PP e 42 é M. Ou seja, numeração totalmente normal. A gente tem que ser saudável e isso não se mede pela numeração de roupa certo! Vc ta gata assim e óh, adorei o short tb viu, achei os dois lindos!

    • Constanza15/04/14 • 15h27

      Vou mudar pro México kkkk

  74. Vanessa15/04/14 • 15h09

    É que falta levar em consideração a altura e ossatura da pesso. Existem mulheres que podem chegar a 10% de gordura corporal, mas nunca vão usar manequim 34/36, pois têm os ossos do quadril largos… usarão no mínimo um 38.

    É a mesma coisa do sutiã… Eu, por exemplo, antes de colocar silicone, usava sutiã tamanho 40. Várias amigas minhas nitidamente mais peitudas que eu também usavam 40…
    Era por causa da largura do tórax…
    A taça do sutiã 38 ficava ok, mas não fechava nas costas, então tinha que ser o 40… e por aí vai….

  75. Bianca Ferreira15/04/14 • 15h10

    Cony, eu sempre fui supeerr magra e sinceramente? Nunca gostei.. Tenho 22 anos, 51 kilos e 1.65 de altura. Meu sonho sempre foi ser curvilínea como minhas amigas.. Comemoro cada kilo que eu ganho como uma vitória! Pena que eles costumam ir embora depois.. huashausha

  76. Mysia15/04/14 • 15h12

    Tire o açucar , farinha de trigo e faça musculação. Você vai ter o melhor corpo que a sua genética te permite. Jogue fora a balança ! Todo mundo mente mesmo o peso 🙂

  77. Amanda15/04/14 • 15h19

    Cony, adorei o texo!!! Sempre tive dúvidas em relação a sua altura, parecia alta e depois dos comentários vi que mede 1,73. Tenho as medias mt parecidas com as suas… 1,74, 61,5kg! 320 de silicone mas ninguém diz que é silicone pelo fato de eu ter escolhido um modelo que deixasse bem natural e pq eu não tinha nadinha antes deles!!! me acho magra mas não tenho corpo sarado… faço apenas ginástica localizada pq descobri a alegria neste tipo de atividade… não fico um mês na musculação pq acho chato! gosto da localizada por ser um bando de mulheres alegres brincando a aula inteira e isso me faz bem!! ahhh, faço pilates tb mas só por necessidade (postura). Amei seu post e acho q números não dizem nada!! Meu número em geral é 38, porém na Forever 21 aqui no rio, comprei vestidos P, PP e G!! Ve se pode?? hahaha

  78. Natalie15/04/14 • 15h29

    Trabalhei em uma confecção que alterava a numeração, fazíamos calça tamanho real 40 e colocávamos etiqueta 38, o motivo é que a mulherada se sentia melhor com nossas calças e comprava mais.

    • Constanza15/04/14 • 15h51

      Sabiaaaaaa kkkk isso explica mt coisa rsrs

  79. Pati Lima15/04/14 • 15h35

    SENSACIONAL o post Cony!!
    Sempre fui muiiito magrela, sofria com as piadinhas maldosas, cheguei a usar 35 que era raro de achar, só tinha na Zoomp e na costume (acho!!), finalmente hoje fico entre o 38/40. Gosto muito mais do meu corpo hoje me acho mais feminina, detalhe quem me olha diz que sou magra!!! e tenho usado muito mais o 40 🙂
    bjs

  80. Cecilia15/04/14 • 15h35

    Muitas palmas de pé!!!!

  81. Nandi F Trindade15/04/14 • 15h39

    Cony, parabéns pelo texto.. adorei!

  82. Fernanda Liima15/04/14 • 15h41

    Cony, você é linda e formosa …. Não fique preocupada com o seu peso, pois nas fotos você parece ser perfeita!
    Você fica mais perfeita quando sorrir! 🙂

  83. Ingrid15/04/14 • 15h42

    Cony, você, como sempre, muito centrada nos posts. Sou fã!
    Mas, a frase final, foi um tapa na cara da sociedade.
    Uso 44, peso 80 e não tenho silicone. E isso também não diz nada sobre mim.

  84. Juliana15/04/14 • 15h43

    Isso é verdade mesmo! Eu, por exemplo, compro calça 36 dependendo da loja e peso 51, mas sou super flácida e tenho gordura localizada, ou seja, não quer dizer nada! Preferia vestir 40 e pesar 60 e ser definida e saradinha!

  85. Vivian15/04/14 • 15h44

    Números são uma grande bobeira! Eu e minha irma pesamos a mesma coisa, 62kg. Mas, como ela é bem alta, costumar comprar calças 40 e mandar apertar, pq as de número menor ficam ‘pescando’. Já eu, que quase não tenho quadril, geralmente visto 36 (raramente uso algo 38). Porém, na parte de cima uso M e ela P. Cada corpo é um corpo, os números não dizem nada!

  86. Marta Helena15/04/14 • 15h44

    Uau!!!
    Texto excelente, acompanho você a muito tempo, mas sempre tinha preguiça de comentar, confesso, haha.
    Mas o texto de hoje mereceu e muito os meus parabéns!!!
    Assim como você sempre sofri este preconceito, sou magra, sempre fui mas nunca consegui usar 36, somente quando era muito novinha.
    Não sei o que acontece, mas tem gostosas que vestem menos do que eu.
    Mesmo sendo sempre magra a vida toda, já cheguei a vestir 42!!
    Não me encaixo nos padrões, 38 não sobe nas minhas coxas magrelas, acredita?!
    Acho que é bom saber que existem outras mulheres que padecem do mesmo mal, digamos assim.
    Mas sou feliz com meu corpo, acho que vestir 38 ou 36 para mim seria extrema magreza e disso não gosto nada.
    Beijos e continue sendo autentica!!!
    ;*

  87. Marta Helena15/04/14 • 15h51

    Quanto ao silicone, ficou SUPER natural, eu jurava que não era!
    Hehehehe…

  88. Jessica Lopes15/04/14 • 16h00

    Amei o post. Me encontrei… rsrsrs… Tenho 1,72 e peso 60 kg. Quando eu falo que uso 40 ninguem acredita! Todos pensam que uso 36… Afff… E nem quero. Eu nao gostava da época que usava 36. Prefiro meu corpo agora.

    • Constanza15/04/14 • 16h04

      Vem cá dar um abraço rs rs

  89. Tatiana15/04/14 • 16h01

    Cony, que post fantástico!! Também faço essas indagações… e a verdade é que fomos educadas assim, a ser escravas dos números, as revistas de moda e as celebridades estão aí, o tempo todo estabelecendo um padrão de beleza que não é real, não é o que a gente vê no dia a dia, a maioria das brasileiras tem corpão violão mesmo, quadrilzão, coxão e gordurinhas tb, é claro!! Um dia desses li em algum lugar sobre uma modelo plus size que veste 42, como assim??? 42 é normal, absolutamente normal!! Também sou escrava desses números, já quis muito voltar ao meu corpo de 20 anos com 50kg e manequim 36, mas hoje aos 32, já estou mais realista… sei que é impossível e me sinto satisfeita com o que está no espelho, mesmo vestindo 38, às vezes 40, pq pra completar não há padrão nesse país!! rs!! Beijos…

  90. Iris15/04/14 • 16h05

    Pois eh…. após a gravidez voltei rapidamente ao peso normal mas agora minha barriga é maior. Mesmo peso, barriga maior.
    Minhas calças aqui nos EUA são 00, 0, 2, 4.
    Realmente números não querem dizer nada!
    Ah, sem contar que quando estamos menstruadas o corpo fica mais inchado, principalmente a barriga!

  91. Barbara Lisboa15/04/14 • 16h16

    Curti, Cony. Acho legal você tocar nesse assunto, pois tem muita influência e as pessoas precisam ler essas coisas com mais frequência para fugir dessa aberração: 90-60-90. Sou 88-65-97, tenho 1,56, peso 49,5kg. Visto 38, normalmente, mas há 36 que cabem. Números não dizem nada. O que importa é estar bem e pronto. A padronagem existe porque, pelo que posso perceber, as roupas dos desfiles são feitas todas na mesma medida, por esse motivo as modelos têm que ser tão magras. É a profissão delas. Eu sou advogada e isso não tem nada a ver comigo. Então, por que vou me matar para ser seca demais se vai contra minha natureza (sou de magra para “normal”) e não preciso disso pra viver? Dá licença que vou ali tomar meu sorvete!

  92. Kátia15/04/14 • 16h17

    Aqui no Brasil não existe um padrão certo para roupas.. eu uso 36 e numa outra loja pode ser que use 40.. acho que o mais correto é provar e ter uma boa costureira quando precisar ajustar as roupas (como eu disse pra você no post onde disse usar calça jeans apertada e desconfortável). Se usar roupa apertada (faz mal pra circulação e pra pele) vai parecer que ta mais gorda, porque aperta e as gordurinhas pulam (até de quem é magra). Então não adianta ficar encanada no número da roupa ou quantos kg aparecem na balança.. tem que provar e usar o que fica bem em cada tipo de corpo.

  93. Camila15/04/14 • 16h19

    Achei perfeito o texto, é tudo o que eu penso, mas nunca ouvi ou li alguem falando sobre isso. Ultimamente estava muito ligada a numeros e estava sofrendo por isso, por que via pessoas com corpo bem maior que o meu e que o numero de calça era menor e me sentia mal com isso. Mas tenho tentado tomar uma atitude positiva , e claro fazendo exercicios fisicos para melhorar, mas esse texto me deu a maior força. Amei e obrigado!

  94. Stephanny15/04/14 • 16h27

    Cony, adoro seu blog e seus posts!! Tenho 1,74 e peso 64kg e tbm uso 40!! Outro dia estava provando umas calças e a calça que eu gostei estava com a etiqueta estragada, mostrei pra vendedora e pedi que ela trocasse por outra do mesmo tamanho e levei sem provar, quando fui usar a calça ela não passava nem na minha perna!! Levei na loja pra trocar e a vendedora mediu e realmente comparando com outra peça ela era um tamanho 36 com etiqueta de 40!! Já usei 36 e realmente me prefiro hoje usando 40!!

  95. Luciana Luz15/04/14 • 16h41

    Nos EUA essa maluquice com os tamanhos de roupa tem nome: vanity sizing. As grifes superestimam os tamanhos pra gente ficar feliz em vestir números menores. As campeãs de vanity sizing são exatamente as que vendem muito pra mulheres adultas na faixa dos 30 anos: J Crew, Banana Republic e Ann Taylor. 😉

  96. Tati15/04/14 • 16h52

    Cony, concordei com muitas coisas escritas! Tenho 19 anos, 1,65 e peso 57-58 kg e uso tamanho 40 embaixo (tenho bastante quadril, seria como um M) e 36-38 em cima (que seria como um P, né?). Ou seja, só nas roupas mesmo você pode ter diferença de tamanho! Minha irmã (gêmea, diga-se de passagem) tem 1,73, pesa 62kg, usa 40 embaixo e M em cima também. O corpo dela é MUITO diferente do meu, ela usa o mesmo número que eu sendo 8cm mais alta e 5 kg mais pesada (e não mais gorda). Isso faz o corpo dela ser mais bonito? Depende. Tem gente que vai achar que sim, tem gente que vai achar que não… Eu não acho que tem nenhum problema você ter 25% de gordura ou mais no corpo, contanto que isso não te traga problemas de saúde, é claro. E isso não é a balança e nem a malhação, apenas, que vai determinar. Uma mocinha com bem mais gordura corporal pode ser mais saudável e até ter um corpo “mais bonito” (bonito é um conceito muito subjetivo) do que outra com 12% de gordura. Minha opinião. Gosto de ver o quanto que rendem os seus posts haha

  97. Jessica Duarte15/04/14 • 16h56

    Não sei de onde vem essa idiotice que quem é magra usa 36 ou 38…mas eu estou usando 40 e tô me achando magra, a pessoa vem dizer que 40 e coisa de gente mais cheinha…kkk

  98. Alessandra Salgado15/04/14 • 17h05

    Cony, já escrevi aqui algumas poucas vezes, mas hoje eu queria mesmo era te dar um abraço, post sensacional! Eu estou fazendo acompanhamento nutricional há um tempo, já emagreci 5 kg mas de uns tempos para cá o ponteiro da balança não desce mais de jeito nenhum, mas meu percentual de gordura tem gradativamente diminuído, estou malhando bem e continuo com a minha alimentação. A minha nutri diz que a perda de gordura já é mais que satisfatória e que ainda assim eu verei diferença nas medidas, o que de fato é verdade! Tenho 1,68, tb uso 40 (às vezes 38) e comecei a desencanar com essa história de peso, que de fato é muito relativa! E mais, short a gente sempre compra um pouco mais soltinho para ter um caimento melhor, ou seja, provavelmente você caberia em um 38, mas para ficar bonito, o 40 é muito melhor ;)))
    Bjs e continue inspirada assim, amooo

  99. Daniella15/04/14 • 17h11

    Resumidamente: uma vez vi um rapaz comentando que estava em alguma aula do curso de Medicina e as alunas tinham levado uma calça 36 para vestir em um esqueleto feminino que havia lá. A calça não entrou pq a estrutura óssea daquele esqueleto era grande. Então aquela mulher podia ser magérrima que nunca vestiria 36 (ao menos não aquela calça). 😉

  100. Amanda15/04/14 • 17h25

    Realmente, número não diz nada. Eu uso 38, qualquer manequim 40 fica folgado em mim, e o meu percentual de gordura é 29%.
    Recentemente comprei dois shorts jeans na Hering, ambos 38 e estão até um pouco folgadinhos, uso com cinto.
    Tenho 1,60 e peso 55kg. Mas o meu percentual de gordura é de uma pessoa de cheinha a gorda! Só que sou relativamente magra.

  101. CLARISSA15/04/14 • 17h33

    Oi, Cony… eu já estive dos 2 lados… já tive jeans 46 e 34, agora oscilo 38-40 e, apesar de ter 40 anos, 2 filhas, etc e tals, continuo sendo cobrada de ter o corpinho dos 20…
    Quando olho as minhas fotos do período magérrima, me acho um pirulito… e todo mundo falando que eu tava linda… quando olho, só consigo ver um cabeção…kkk e quando me olho gordatha me acho goooooooooorda, disforme, e as pessoas falavam “ah, nem tanto assim”… Hoje tou mais em paz com meu corpo, mas, que é difícil não perder o pé, isso, é…

  102. Fernanda Z15/04/14 • 17h35

    nao e a toa que este e o unico blog que eu ainda acesso todos os dias.
    Que texto, que coragem de se expor !! Parabens, Cony !!!

  103. Zuleika15/04/14 • 17h53

    Adorei o seu post, me lembrou muito a Carrie Bradshaw kkk

  104. Nathalia M.15/04/14 • 18h11

    Eu concordo que números não dizem nada, tenho 1,53 (sem risadas haha), peso 50 kg e uso 36! Mas estou bem longe de ser definida e tudo mais. Minha barriga é prova disso ahahahah

  105. Michele15/04/14 • 18h18

    Cony! Não sou de comentar mais achei este post perfeito! Essa ditadura da moda faz com que não nos aceitemos como somos! Por que o ideal é vestir 36? e não um 38, 40, 42? cada corpo é um corpo, as brasileiras tem vários biotipos diferentes, outro dia ouvi uma menina de gabando de vestir calça 34, mas ela era a típica gordinha (nada contra) com barriguinha e perna fina. outra coisa é que não exite padronagem pra roupa, e se você for em uma loja de roupas para jovens é um número (geralmente pequeno) e se você for em lojas de roupas mais sociais ou para mulheres mas maduras (diga-se não adolescentes) é outro número! Eu sou baixinha 1,58, com 52Kg e me acho falsa magra, quando eu pesava mais e ia direto malhar eu me achava muito mais magra e definida que agora. E pra aquelas que dizem que desde os 20 anos pesam a mesma coisa, sinto dizer, podem até pesar o mesmo mas o percentual músculo/gordura não é o mesmo. E gordura não é vilã, a gente precisa dela e muito! desde que não seja em excesso e não afete a saúde! Eu não me acho a modelo de capa de revista, tenho coxa grossa de gordurinha localizada mesmo e me sinto bem assim! nós temos é que fujir desses padrões impostos e irreais! deixar se ser as neuróticas do peso!

  106. Raphaella15/04/14 • 18h27

    Desculpe o termo, mas você é foda, Cony. Amei!

  107. Mariana15/04/14 • 18h31

    kkkk adorei o comentário da Daniella aí em cima sobre o esqueleto.
    Realmente números não dizem nada, e eu arriscaria dizer que tampouco o grau de “aperto” das nossas roupas dizem. Tenho 1,62m, 21 anos e até janeiro, nunca tinha pisado numa academia na vida (shame on me).
    Não estava gorda, longe disso,tinha 54,5kg e usava manequim 36, mas era toda mole. To malhando certinho e, desde que comecei, baixei o % de gordura mas ganhei quase 3kg de massa magra. minhas calças agora precisam ser 38 pq as antigas não passam nas pernas e no bumbum kkk então eu aumentei, sim, mas agora posso ver os musculinhos aparecendo (coisa que nunca tinha visto antes) e to mt feliz assim 🙂

  108. ANA PAULA PRATES15/04/14 • 18h36

    E tem uma teoria boa também: BANHA “AMOLDA”!
    Muita mulher molinha por aí vestindo 36 pq é mole! Uma pessoa durinha com mais músculo é daquele tamanho e não adiaaantaaaa tentar apertar mais na roupa!

  109. Paty15/04/14 • 18h46

    ela que não me fale isso HAHAHAHA ah concordo ctgo nada a ver isso, além do amis hoje em dia as modelagens são tão estranhas, eu engordei um monte nos últimos dois anos (de besteira MESMO) e esses dias comprei um vestido P Oo hahahah normalmente nada P nem passa pelos meus olhos, mas né, não tô magra, apenas a modelagem me favoreceu!

  110. Tati15/04/14 • 19h59

    Me identifiquei muito. Quando fui por silicone, para minha altura, estrutura e estilo 245 ml foram perfeitos. Ouvi muitas críticas de quem esperava peitos estilo Danielle Winits. E o peso, oh o peso, é muita cobrança pelo manequim 38, cobrança principalmente minha, infelizmente.

  111. Bethania15/04/14 • 20h08

    Ai Cony! Somos mais que isso! Nao acredito que ainda exista gente que tem medo de vestir 40! Essa pessoa vive em que época, daquela época em que o 36 era 34?! Tudo muda, cada marca tem a sua modelagem diferente, e o importante é o negócio vestir bem!!!… Morei muito tempo em República na época da faculdade, e nela tinha duas amigas que vestiam o mesmo tamanho, mas só que uma comprava as roupas no tamanho certo dela e a outra achava que tinha que vestir 36 no máximo 38 (sendo que ela vestia 40)! Quando ela pegava as roupas da primeira emprestada sempre ficava bonita e adequada, e até ela se sentia melhor, e ela não sabia pq!!! hahahahahahaha! Dai a gente falou pra ela: FILHA, É PQ VC VESTE 40!!!! hahahahahahahaha!!!…

    • Constanza15/04/14 • 20h16

      Hahahahahaha

  112. Paulinha15/04/14 • 20h20

    Preguiça de gente que fica comparando se fulana veste 40, 38, 36… O importante é a roupa vestir bem e você ser feliz,não importam os números: idade, peso, medidas!

  113. Elisa15/04/14 • 20h34

    Olá, quando vi a chamada do post no facebook pensei: Nossa, que legal abordar esse assunto. O que me decepcionou foi o fato de que, apesar de defender a numeração 40, o post apenas reforçou o estereótipo da magreza. Até entendo que pra uma pessoa que se expõe tanto e recebe tantas críticas -haters- seja complicado se desvencilhar deste pensamento. Contudo, a ideia de dizer que quem veste 40 também é magra me decepcionou muito. Como se fosse errado ser gorda, como se fosse pecado ter gordura corporal. Vestir 40, 42, 44, tudo bem, ser gorda é que não dá. Talvez seja necessário repensar um pouco até que ponto é importante se enquadrar num padrão de beleza, pra ser aceita pelos outros. Gosto do blog, gosto de moda, mas não leio sobre moda para usar o que os outros acham certo, mas aquilo que vai me fazer me sentir bem. E porque o fato de eu vestir 36 e ter barriga, ser flácida e ter celulite me diminui? Sei não… Gordofobia o nome disso aí.

    • Dani17/04/14 • 15h56

      amei!!! concordo. até pq essas discussões já torraram o saco! magras versus gostosas versus gordas. parei com mtos blogs de moda devido ao excesso de cliches… loira, magra e rica = sucesso e vida. nao, obrigada. passo. rsrsrs

      cada um tem que ser feliz ao seu modo. tenho amigas magras lindas, amigas gostosas lindas, e gordas lindas (e nao vou dizer gordinha, cheinha pq nao precisa disso, gorda nao devia ser xingamento).

      cada uma deve se olhar no espelho e ver como se gosta mais, mas infelizmente nos achamos que fazemos isso, mas nao fazemos, estamos contaminadas com padrões, com modismos.

      tava na moda usar calça beatlejuice, todo mundo achou lindooo, saiu de moda, de repente as mesmas pessoas que compraram a mesmmíssima bendita calça achavam horrivel. e isso vale pra aparência tb. o mesmo corpo que ontem era lindo, hj é feio, e por aí vai. o corpo que vcs estão se matando pra ter hj, amanha a moda diz que tá over, que o corpo da marilyn is back, aí vcs vao se odiar de novo….

      ontem era o corpo da alexa chung a modinha, hj é geração pugliesi…anos 50 eram as mulheres super voluptuosas, marilyn tinha barriguinha e tudo… na minha época de colégio eram as silicionadas…

      meu, tenham personalidade! é difícil, mas acho que estamos num ponto onde tá na hora de investir mais na saúde mental do que em roupas, pq a mídia e sociedade de consumo estão aí pra massacrar, e não estão nem aí pra autoestima de vcs!

  114. ana luisa15/04/14 • 20h37

    Cony, já que sempre “falo” contigo como se já fossemos amigas de longa data, deixa eu compartilhar meu momento cazamiga que estão lindamente na mesma linha de pensamento 🙂 até rimou!
    Acabei de fazer uma abdominoplastia e turbinei os seios (215 ml, by the way)… antes desse largo passo, passei por um momento tenso de dúvida se tinha câncer ou não, mas tirei um elefante das costas com o resultado da biopsia e até desabafei aqui em outro post.
    Sempre fui cheinha, gente, e tive picos de magreza aos 16 anos, pois fui modelo, tenho 1,74 e pesava 54 quilos, mas adivinhem meu manequim nessa época? 38 / 40. Era a gorda da agencia e recusada pra varios trabalhos… ainda bem que larguei esse sonho adolescente pra tras 🙂 dos 25 aos 30, me mantive em outro pico, dos 65 quilos, usava 42/44 mas gostava bem mais do meu corpo assim. Não sei meu percentual de gordura na época mas era intrutora de yoga e vegetariana, com musculatura definida e tal… aí veio o casamento e minhas duas filhas. Me dediquei 6 anos 100% ao oficio de mãe e dona de casa (vivo mudando de país com meu maridon diplomata) e esquecí do espelho… só que chega a hora pra todo mundo de se cuidar, se sentir bonita no espelho e nas fotos, não só pra arrasar na rua ou agradar o bofe, mas pra se satisfazer consigo mesma, aquela auto-estima perdida entre trocas de fralda e dvd de galinha pintadinha…
    Escreví esse livro, gente, pra dizer que esse momento meu, de plenitude e realização, não vêm do meu manequim ou do peso na balança. Vem da vergonha que tomei na cara em não ficar me enganando com dietas de celebridades e remedio e procurar ajuda de nutricionista e exercícios regulares, pra perder peso antes da cirurgia e tirar só o que a gravidez deixou de lembrança. E também me livrar do fantasma do 40, que não foi nada fácil e até a zarita já me mandou pra casa com deprê ao longo desses anos. O negocio é ter saude e ponto. Aquela gordura nojenta que a Cony tanto repetiu, não por neura, mas porque é nojenta mesmo, se acumulada na barriga, produz uma série de doenças que levam até a morte, e não é com dieta da moda reiniciada toda segunda que vc acaba com ela.
    Valeu, Cony, por mais um post duca, e por tanta gente no #tamojunto 🙂
    Sua fã desde sempre!
    Beijos, Ana, 1,74m, 72 quilos, manequim 42, 38 anos, me sentindo gostosa pra caraio :-):-):-)

    • Constanza15/04/14 • 21h28

      Ai Anaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, só aumenta minha vontade de te conhecer pessoalmente! Que exemplo de mulher! Amei seu depoimento, parabens pela sua saúde fisica e mental, uma lição e tanto! E nao muda do Chile ainda nao, segura esse marido em STGO mais um tempinho rs, quero te conhecer!!! beijos!

      • ana luisa15/04/14 • 21h54

        Linda! Vai rolar sim, vc vai ver 🙂

    • Leiloca15/04/14 • 21h43

      Ô Ana, não vejo a hora de ter esse tal de tempo, por enquanto os moleques de 4, 2 e 0 anos tão matando a mãe!!!
      Sou muito magra de tanta correria com os meninos (56 pra 1,70), mas tô com um corpim feio, quadrado… As roupas não ficam bem em mim, falta malhação!
      Beijos

      • ana luisa16/04/14 • 13h04

        Oh, Leiloca, desanima não… quando o menorzinho estiver desmamado e mais crescidinho, vc terá mais autonomia. O mais importante é ter saude e fazer as pazes com esse momento de se sentir desforme e sem graça (já reparou que mãe de bebês nunca sai em fotos? Só saem os braços, de preferencia revelando o sutiã bege de amamentação horroroso :-)) não dá pra pular a etapa, então o jeito é curtí-la. Beijo!

    • Karin Pimentel16/04/14 • 03h05

      Ana, uhu pra você

      • ana luisa16/04/14 • 13h06

        Valeu, karen! Uhuuu pra nós 🙂

  115. Ana15/04/14 • 21h05

    Super post, Cony!!

  116. Ana Paula Arcangelo15/04/14 • 21h13

    Cony….eu sou prova disso…sou super pequena. 1,53 e uso 34 , 36 mas vc aparenta ser bem mais “sequinha” que eu…rs…mas acho q tb tem a ver com a estrutura óssea….eu sou fina, então tudo fica grande mas to longe de ser magrinha como gostaria…;-). Depois q a gente começa a malhar, nem adianta mais se pesar…;Ah…detalhe…vou colocar prótese daqui uma semana e apesar de muita insistencia pra menos meu cirurgião não me deixou colocar menos que 310ml dizendo que se for menos que isso vai sumir em mim…bjbjb. Seu texto foi perfeito!!!!

  117. Silviane15/04/14 • 21h21

    Adorei o texto, adoro o blog. Eu tenho 1,73, peso 61kg e também uso 40. E nunca me preocupei com os comentários de ser “falsa magra”.

  118. Carla15/04/14 • 21h57

    Perfeito!
    E é bem isso mesmo, veja meu caso: eu peso SETENTA E CINCO QUILOS, isso mesmo, 75kg e, adivinha: sou magra! (As amigas e inimigas confirmaram, kkk, então não estou me enganando). Meço 1,70, não sou super alta. O fato é que tenho coxão e bundão, que definem muito fácil (só de andar de bicicleta. É a parte negra da família dando as caras, yessss). Então, nunca fui encanada com balança não! Pra mim o que vale é o espelho e o toque!

  119. Luana15/04/14 • 21h58

    Ótimas palavras ! Liberte-se vcs também !!!!

    Não entendo qual o orgulho de ser uma mulher feita e vestir 34, 36 por ter um corpo que mais parece de criança. Jur que não entendo…

  120. Telca15/04/14 • 23h07

    Amei o post!!!
    Peso 47kg, visto 34/36 ou P/PP, não sou esquelética, em relação a minha altura (1,61) é normal!! Números não dizem nada!!! Tenho que confessar que está cada vez mais difícil comprar roupas para mim!!! As numerações estão gigantes e odeio comprar roupas e já ter que levar para a costureira!!!

  121. Camila Olivo15/04/14 • 23h19

    Esse lance de numeração é o maior engodo… essa semana eu comprei uma calça 36 e gente, eu tenho 97cm de quadril!!! Como uma bunda desse tamanho caberia num 36 real? Coitada das bundicas desse Brasil de meu Deus, teriam que usar 32! hahaha

  122. Cris15/04/14 • 23h28

    Cony, é bem por aí mesmo! É curioso como já tendo tantas coisas reais para nos preocupar, ainda vamos encanar com o número das roupas, que como já disseram, são modificados pra que as pessoas se sintam melhores e comprem mais daquela marca. Daqui a pouco calças 42 terão número 36, só porque isto parece mais adequado ou socialmente mais bem aceito.

    Vi estes dois vídeos hoje e ri muito, acho que cabem neste assunto hehehe

    http://www.brasilpost.com.br/2014/04/08/poses-revista-moda_n_5111259.html?utm_hp_ref=fb&src=sp&comm_ref=false

    https://www.youtube.com/watch?v=LQdUANw6yEs&feature=youtu.be

  123. Laila15/04/14 • 23h59

    Eu acho que além de ser saudável, a pessoa tem que se sentir bem. É isso o que importa, na minha opinião. Apesar de ver muita gente falando mal de quem está acima do peso, também vejo muito coisa contra quem é muito magra. Eu não tenho o padrão brasileiro de corpo e gosto disso. Tenho 1,68 cm, peso 47 kg, faço exercícios físicos diariamente, tenho uma alimentação saudável e me sinto super bem. Meu padrão de beleza é diferente da opinião da maioria. Não tenho peito e acho isso ótimo. Keira Knightley, Emma Watson, Taylor Swift e Kate Middleton são minhas musas. Gosto de magreza e não gosto de ser criticada por isso. As pessoas deveriam parar de se preocupar com a vida alheia. Fico muito feliz em ver aqui tantas pessoas felizes com seu próprio corpo.

  124. Josi16/04/14 • 00h11

    Parabéns pelo post, AMEI! Amo a sua franqueza!

  125. Liza16/04/14 • 00h18

    Constanza, acho que o comentário não foi maldoso não, pq eu vi o short, mas não reparei o numero, só achei o de taxa muito lindinho, mas eu tenho 1.76m, acho que a mesma altura sua não é? atualmente estou com 69k, mas venho de 92.6k em outubro do ano passado… com 92.6k usa 44 ou 46, com 23k a menos uso 42 ou 40, mas tenho 8k a mais que vc, eu acho que vc já falou que usa 40 por aqui, e G na Zara, mas essa coisa de balança é muito louca mesmo pq como pode alguém com a mesma altura, ser tão mais “magra” e pesar a mesma coisa? do mesmo jeito que pode alguém usar 44 com 92k e 42 com 69k, as numerações são loucas e a composição corporal tb… tem menina no trabalho bem mais magra que eu que usa 42, é a vida e é só um número mesmo. Eu quero chegar a 65k, e tenho 100% de certeza que vou continuar no 42.

  126. Rayssa16/04/14 • 00h37

    Arrasou como sempre, Cony!!

  127. Karin Pimentel16/04/14 • 02h47

    Amei, amei, amei o post! Tenho dois filhos, meço 1,64m, peso 55kg, uso 36, mas o importante é que tenho baixa porcentagem de gordura e não sou cadavérica! Tenho massa! E não ligo para aquelas paranóicas de academia que usam mil suplementos. Tenho um dieta legal e me sinto bem! Já ouvi de uma fulana que eu devia fazer lipo! Perguntei na lata: “Eu? Lipo? Aonde?
    Sinto-me bem é isso que me importa! Obrigada, Cony! Bjs.

    • Karin Pimentel16/04/14 • 02h59

      E outra. Numeração não diz nada! Depende da modelagem da roupa, do tamanho do quadril, do tamanho do bumbum, da largura dos ombros! Vestiu e ficou bom, importa o número da etiqueta?! Sei lá… Eu sempre faço críticas aqui no blog por conta da modelagem das coleções que a C&A lança com as parcerias. Por exemplo, na coleção da MOB as calças 36 ficaram largas em mim. Na coleção CK vesti 36 tranquilamente. Isso já foi dito, por mais que exista um padrão de medidas, as marcas não praticam. E sejamos mais legais com nós mesmas. Devemos aprender a vestir o nosso corpo com aquilo que nos fica bem. A roupa é só um pedaço de pano. Se uma roupa não me serve o problema é dela e jamais comigo! Beijos.

  128. Izabela16/04/14 • 08h17

    Parabéns pelo Post Cony!

    Sabe que o contrário também acontece?
    Tenho 1,58 e peso 48kg.. Todo mundo automaticamente presume que tenho que ser feliz pq sou “magrinha”. Mas quando olho no espelho, eu vejo toda a “molengueza” distribuida pelo meu corpo e isso não me deixa nada feliz. O Complicado é quando eu procuro uma academia ou uma nutricionista (não tão boa), que olha pra mim e quase faz deboche quando eu digo que quero emagrecer!
    Eu não quero perder números na balança, quero perder massa gorda e ganhar magra, e preferencialmente aumentar o número da balança!!! Pior é ter que ouvir “mas você já é tão magrinha”. Cada uma de nós conhece o nosso corpo, e como li num comentário acima, não é o número na balança, é como só a gente se ve no espelho e sabemos como nossas roupas nos vestem! Parabéns novamente pelo texto! ADOREI!

  129. Naty16/04/14 • 08h21

    Adorei o post Cony!!
    FALOU TUDO

  130. Pri16/04/14 • 08h56

    Nossa que bom vê vc falando disso.. Sempre fui um pouca paranóica com isso de peso e com uns tempos pra cá que decidir emagrecer com saúde sempre minha nutri falava dessa questão que peso não representa.. Cheguei a pesar 100 kilos e usar 44/46 e agora com 82 kilos uso 40 que considero o símbolo da magreza sempre tive a estrutura mto grande tenho 1,78 então me sinto com músiquinha da vitória do DDL.. E quanto aos 82 kilos na balança? Deixa pra lá, pq no espelho tá me agradando, pois baixei muito meu percentual.. Vc sempre arrasando nos posts!! Beijo Conyta!!

  131. Lenina Matioli16/04/14 • 08h57

    Cony, você como sempre escrevendo de maneira muito descontraída e inteligente. Conseguiu passar a mensagem correta para as pessoas. É meu trabalho lidar com isso todos os dias, e realmente é muito difícil.
    Adoro seu blog e você.
    bjs

  132. Ju Santana16/04/14 • 09h17

    Peeeerfeito, Cony! Fiquei em CHOQUE com as mulheres TODAS com 68kg. Eu to malhando e parei de me pesar. Vejo as mudanças no corpo e fico feliz. Tenho roupas do PP ao GG. Do 38 ao 44. E sou feliz assim. Vc tá linda de viver. Bjs.

  133. Flavinha16/04/14 • 09h58

    Essas numerações de roupa estão bizarras mesmo. Eu tinha uma saia 36 que me serviu até os 4 meses de gravidez…
    Eu acho tb que a numeração da roupa não me define. Mas se fosse padronizada DE VERDADE ia me ajudar mto comprar online hahahaha

  134. Lívia16/04/14 • 10h25

    Me identifiquei demais… tenho 3 filhos e sempre fui magrinha e definida, meu mais novo tem 3 meses e já estou com o peso de antes da gravidez (56kg) mas o corpo está bem diferente, umas gordurinhas nas pernas que não desgrudam de mim… apesar das roupas estarem exatamente do tamanho de antes, se eu der um pulinho tudo balança…. é malhar muito pra trocar essa gordurinha por massa magra!

  135. Nina16/04/14 • 10h35

    Cony, primeiro quero dzr que vc ultrapassou as barreiras aqui de casa e agora todos curtem seu blog! minha mãe adora as dicas de viagem e meu namorado adora as receitas do seu love, que por sinal, são ótimas! acho q vamos fzr a pizza no feriado…Segundo, tenho 1,60m, peso 59,5kg, tenho 235ml de silicone e isso não diz nd sobre mim! fui complexada a vida inteira por ser baixinha, até tratamento pra crescer eu fiz qnd tinha uns 11 anos…remédios e mais remédios. Além de baixa,era magra,seca,sem bunda,sem peito, sem nd e ainda por cima um pouco ombruda, por tantos anos de natação,ginástica olímpica e genética tb! Com 13,14 anos as meninas do colégio eram gostosonas, peitudonas e eu lá, sempre de “moleque”, amiga dos meninos…Na época eu achava isso uma bosta! Aturava eles falando delas o dia td. Mas hj acho q essas amizades foram mt válidas e me ajudaram a me tornar qm sou: adoro futebol,luta,esportes em geral, tenho muito mais amigos homens,nao tenho saco pra nhenhenhem do tipo “aiiii,quebrou minha unha…” ou invejinha de amizade feminina massss sou MT vaidosa.Olha q contraste! das minhas amigas sou a q tô sempre arrumadinha,a que vive atrás de novidades fashion e q cuida mais da pele, cabelos,unha etc. Mt louco né?rs. enfim, a magreza da infância e adolescência foram barra, me fizeram chorar mt na época mas me tornaram mais forte pra hj ser capaz de tomar minha cerveja em paz, sem neurose ALGUMA, de celulite etc diferente dos meu amigos q só arrumam namorada chata, q qnd saem bebem água e pedem salada. Tenho meus bacons sim (é como eu e meu namorado chamamos carinhosamente nossas gordurinhas), faço pilates e dança de salão pq gosto, to longe de estar magrela como era (deus me livre!) e nem mt menos essas saradonas coxudas e tô feliz! A vida passa mt rápido…mt! relaxem girls…se o caso for de saúde, emagreça msm. Se não, não entra em paranóia não! Cony, um beijo! é mt bom estar aqui no futilish…incrível!

    • Constanza16/04/14 • 10h37

      Muito obrigada!!!

  136. Cinthia16/04/14 • 12h35

    Engraçado que dias desses estava nessa dilema. Até o vinte e poucos eu não passava dos 50, daí depois dos trinta custo a manter os 55kg e ai veio a bomba da avaliação da academia. Explico: visto 36, tenho 1,63, 90/63/92 e 55kg! Uau, magra, né?! Só que não!!! Meu percentual de gordura estava em 25%, ou seja, tenho estava com um corpo constituído com muito bacon haha Fiquei apavorada, claro! Hoje já consegui baixar esse percentual para 20% e a balança marca 56kg, o 36 está começando a ficar um pouco apertado haha! Só que as diferenças no corpo são visíveis. Malho a apenas uns 3 meses, muito pouco tempo, mais os contornos do corpo estão mais bonitos, as pernas mais torneadas, o corpo alongado, só a bendita pochete que ainda tá lá para me lembrar que ainda falta muito, mais é assim mesmo, né?! Números e tamanhos é muito subjetivo, não dá para basear nisso não.

  137. Ana Campos16/04/14 • 15h01

    Cony, primeira vez que comento aqui e acho que foi por conta da curiosidade de que temos o mesmo peso 61,5kg e também uso 40, mas realmente a composição corporal faz total diferença. Sou uma gordinha no processo pra vida saudável. Mas como assim gordinha e a gente tem os mesmos números? Tenho 1,58 m contra seus 1,75, certo? é isso… e o que vc disse num comentário acima é o que eu acho. As marcas estão enganando a gente e tentando fazer com que o padrão seja com números ainda menores.
    No meu processo perdi 8 kgs e estagnei, porém, perdi 8% de gordura corporal e continuo perdendo e mantendo a massa magra! Estou sentindo as roupas mais largas e tdo.
    Resumindo, parabéns pelo post super informativo!

  138. 16/04/14 • 16h23

    Olha, eu nunca tive noia de numero, nem peso, nem tamanho, nem idade…

    Essa coisa do silicone ai é real, todo mundo confunde, acha que os mesmos mls da amiga vão ficar bons em você afe…

    >>>>>>>> http://www.PISAICO.com.br <<<<<<< Mulherada, venham conhecer nossas peças!

  139. Leandra16/04/14 • 17h49

    Cony, você ARRASA!!!!! Adorei o post, me sinto bem sendo exuberante também rs! E tem gente que fica chocada quando descobre que uso G, mesmo sendo uma 42 normal.
    Adorei!! Beijos e mais sucesso!

  140. Lourdinha16/04/14 • 19h55

    Era tudo que precisava pra não sair comendo ovos na páscoa a torto e a direito.

  141. Eliane Silveira16/04/14 • 20h23

    Voce podia fazer um post a respeito de plastica pra colocar silicone (não precisa falar de forma técnica, mas sobre as dificuldades, mudanças…). Há tempo penso em fazer, mas acho cirurgia algo tao serio…

    • Constanza16/04/14 • 20h43

      Já fiz 😉

  142. dane16/04/14 • 21h09

    numeros são apenas uma ”armadilha” para deixarem as mulheres complexadas. olha tenho 1.79 e 51 kg…visto 36,as vezes me irrito por nao encontrar nenhuma calça que sirva ai vou p infantil,mas nada serve pois sou alta….mas isso varia mto,uso fast fashion e cada loja a numeração varia,ai ‘nois’ entra na paranoia neh??” alias as roupas de hoje em dia não tem aquele caimento perfect, qdo fica bem nos quadris,fica faltando nas pernas,ou cai na cintura,então meninas entrem na loja se joguem no provador e sejam felizes!!

  143. Mari16/04/14 • 21h14

    Uso normalmente 42 (tenho 1.77 de altura) e há uns tempos atrás engordei DEZ quilos, só comprava calças da Bobstore pq tem um 42 gigante!!! Haha Hoje acho uma grande idiotice, mas né… Quem nunca se enganou?… Felizmente caí na real e emagreci e voltei ao meu “normal”. 🙂

  144. Andreia16/04/14 • 21h44

    Esta coisa de número e muita louca mesmo, tenho 1,64 de altura e peso 60 kg, e 20% de gordura , e estranho pá apesar de eu não me achar magra , as pessoas me acham super magra .. E estou 44 anos com uma filha de 3 anos , faço musculação desde sempre e acho que isto explica , apesar de ser pesada, tenho músculos então pareço mais magra do que realmente sou , Parabéns pelo post.

  145. Kele16/04/14 • 21h46

    Que post!!! Trata-se de um assunto pra render muitos comentários… Cony, lembra da aposta de chegar aos 55kg primeiro? Com aqueles 58 eu era feliz e não sabia!

    • Constanza16/04/14 • 21h54

      Eu tinha que engordar ou emagrecer? Nao lembro rsrs Eu era super super magra né Kele… vc vivenciou meus 48 kg rs

      • Kele16/04/14 • 22h47

        Eu tinha que emagrecer 3 kg e você ganhar os 3. Lembro bem do seu sofrimento em ser magra…e eu sempre tive problemas com os quilinhos a mais, como se fosse uma verdadeira gooorda!!! Que bom que tudo passa! Não me acho a gorda, mas ainda sinto o peso dos 3 kg rsrs.

  146. Michele17/04/14 • 11h24

    Somos influenciadas o tempo todo a ser magra. O que eu acho graça é que quando era magra, eu queria ter quadril, perna e bunda. Agora eu nem caibo mais nas roupas de lojas famosas.
    Uma vez eu fui na Folic comprar um vestido para o primeiro aniversário do meu filho e vesti seis modelos e NADA entrou. Fiquei horrível, redonda e chorei muito em “sentir” essa ditadura na pele. Dali para cá eu só engordei e sentia mal com o meu corpo, não me achava mais sexy para o meu marido, parei de comprar lingerie (quando a mulher para de comprar lingerie é que o negócio tá brabo)enfim foi um ciclo vicioso.
    Hoje estou linda com meus 69kg ( antes estava com 75kg) e não fiz dieta, nem exercícios apenas estou grávida novamente!!!
    Eu tive muito, mas muito enjõo até os três meses e fui eliminando peso. Não podia ver doce, creme de leite, gordura…só comia carne e legumes no almoço. Janta então nem pensar era só uma fruta. Muito suco de laranja para controlar o enjõo. E agora que o enjõo passou eu não quero me entupir de comida de novo.
    Cheguei aos 44 no manequim, fui criticada pela família, amigos como a que tinha “me largado” sabe? As pessoas são muito cruéis com as outras. Mas tem uma cura.
    Eu li na bíblia sobre “provar as palavras como se prova um alimento”, o que não fizer bem, você joga pra fora, não absorve não.
    Eu me sinto bem feliz e plena com a minha nova forma “redondinha”. Voltei a comprar lingerie. Hoje grávida estou me sentindo mais sexy do que quando não estava. Meu marido disse que estou linda e que parei de reclamar e curtir mais ele. Se eu pudesse ficaria grávida para sempre! Mas sei que tenho que me controlar para não ficar gordinha novamente após o parto. Mas por mim e minha saúde física e mental e não pelos outros.
    Você está linda, gata e tem o maior corpão fia. Aproveita!!! Naquelas fotos da SPFW você arrasou, as outras fias baixinhas e a Cony lá o maior poste se destacando!!! Amei!!!

    • Constanza17/04/14 • 20h51

      Poste mesmo kkkkk

  147. Raquel17/04/14 • 11h34

    Incrível como a mulherada pira com números né?

    Quando eu trabalhava em loja era espantoso ver como as mulheres são neuróticas.
    Por exemplo, se a peça 40 não cabia, as criaturas surtavam diziam que se recusavam a vestir 42 e simplesmente não compravam mesmo amando a peça, ou levavam a roupa toda arrochada!Vestir G então, mesmo se o G fosse minúsculo era como se fosse ofensa!!
    hahahahhahahhahahhahahah

    E não havia Cristo que fizesse acreditar que há variação de padrão de tamanho até entre peças da mesma loja!O_o

    Eu por exemplo, visto 38 mas tenho short 34 e 44(juro!).E aí, sou gorda ou sou magra?!rs

    Beijos

  148. Fernanda17/04/14 • 14h59

    Conyta! Eu tb era escrava da balança até começar a treinar e ver que o número não quer dizer nada, mesmo! Para quem treina, a avaliação física periódica é o que vai propiciar uma análise mais exata do seu estado! Tenho um blog sobre nutrição e ativ física que explica bem essas diferenças! http://nutriefitness.com.br/avaliacao-fisica-liberte-se-da-balanca/ Passa lá!

  149. Andressa17/04/14 • 15h12

    Perfeito!
    Beleza é relativa, não pode ter paradigmas tão justos!
    Vc é linda! tá ótima!
    Muitos devem ter percebido que os padrões absurdos impostos não correspondem a realidade!
    bjos mil!1
    Obs.: morri 10x com essa sequencia de fotos com o aumento de peso e o corpo cada vez mais lindo!

  150. Natália Gerhard17/04/14 • 15h20

    Parabéns pelo post!

  151. Claudia Trindade17/04/14 • 17h35

    O melhor post que já vi no Fufu. Quebrando parâmetros inúteis. Parabéns Cony!! =)

  152. Anna17/04/14 • 20h22

    Ah, pra meninas que reclamaram de calça jeans, tem uma loja que faz sob encomenda (tanto gde como pqna): http://www.sainttailor.com.br/ – e não é publi meu, hahahaha

  153. Ana18/04/14 • 16h38

    Meu caso é clássico: tenho 1,62, peso 55 kgs, tenho cintura fina, pouco seio e quadril largo. Todo mundo me acha magra. Faço uma bioimpedância e descubro que tenho 35% de gordura. Sim, 35%. Do mesmo tanto da mocinha de branco na última foto, mas aparentando ser a moça da primeira foto, lá em cima, que pesava 56 kg. Sou um saquinho de gordura ambulante, mas ninguém diz.

  154. Margareth18/04/14 • 20h20

    Olá Cony! Faz um tempo que uma tia que trabalha com moda intima comentou que as lojas aumentaram as vendas desde que diminuíram a numeração.
    Adorei o post.
    Um bj

  155. Dani21/04/14 • 20h42

    Coooony, que texto maravilhoso! Eu confesso que sou dessas que se prende ao numero da roupa. Já fui gordinha e hoje controlo muito meu peso. Não tenho preconceito com gordinhas, só não é o meu biotipo mesmo. Não faço dietas nem nada, mas estou sempre de olho. Tenho 1,60 e peso em média 60 quilos e visto 38. Algumas vezes deixo de comprar uma calça porque a 40 ficaria melhor. Depois de ler seu post, me dei conta de que isso é a maior bobeira. As vezes, não precisamos comprar um numero maior porque engordamos, mas sim pq talvez o numero maior fique melhor no quadril, ou seja de acordo com nossa altura. Muito obrigada por esse post liindo e pra mim, encorajador!

    • Tina29/06/15 • 13h20

      sou magrinha e visto 40

  156. […] de kg pra lá e pra cá. Já falei que o número na balança não significa muita coisa (lembram deste post?) mas a gente sabe quando é gordura e quando é músculo somando kg. Com certeza tenho algo de […]

  157. Lucilene Amâncio25/05/15 • 21h55

    Eu uso 40 e peso 78 e tenho 22% de gordura no meu corpo.

  158. Tina29/06/15 • 13h18

    Sou magra e visto 40

  159. maria isadora03/08/15 • 11h33

    tenho 10 anos meus bustos é 67 minha costa é 48 qual é o tamanho certo do sutiã para mim?

  160. Barbara01/09/15 • 22h52

    Sou vendedora a 1 ano em uma loja de roupas,e só de olhar pra uma pessoa sei o tamanho que ela usa,vem mulheres com bastante coxa ,bumbum,que por serem baixas usam 38,40 e mulheres mais altas que aparentam ter menos corpo que entram nessas mesmas calças,a quantidade de coxa é a mesma mas a altura muda ,por eu fazer academia e ter obtido um corpo durinho,formado de musculos,peso 56,mas aparento muito menos de quando eu pesava 60 kilos só em gordura,meu corpo mudou muito,muitas pessoas não saben disso ,mas realmente os exemplos que dei ,é que os numeros não são nada,precisa analisar tamanho,se é gordura ou não e etc..

  161. Lu Silveira07/09/15 • 23h36

    Olá meninas, O filme “Quatro amigas e um jeans viajante”, retrata exatamente isto: quatro corpos completamente diferente usam o mesmo jeans. bjs

  162. Jaqueline B. Barbate Tristão11/11/15 • 11h08

    Nossa… arrasou no texto!
    Sempre fui fissurada por peso!!
    Vi fotos minhas…. com 10 kg a menos no passado, e aparentemente hoje sou mais magra que antes!!
    Depois que tive neném, vi que se eu voltar a ter o peso que tinha antes, parecerei mais magra!
    Nosso corpo muda e muito conforme os anos!

  163. Cíntia Camila21/04/18 • 12h42

    Veio uma garota aqui em casa aí a mãe ficou perguntando quanto ela vestia e ela disse 36 aí eu disse que vestia 40 e ela falou nossa tudo isso tá gorda eim tipo eu não me considero gorda só tenho quadril largo e achei paia demais o que ela disse deu vontade de dizer é melhor ser assim o que ser só o esqueleto anorexia .