17
Dec 2013
EnLOOKecida
Constanza, Looks

Aproveitando que tô no Chile e tenho um fotógrafo na família, botei o menino pra praticar bastante foto de street style kkkk. Trouxe pro Chile algumas peças da Anna Morena, aquela marca do macacão DEUSO que usei em Aruba e todo mundo amou. Eu não conhecia a marca, foi lá no QG do FHits que vi as peças e me apaixonei por muita coisa. Daí que montei uns looks e fui pra rua com meu irmão! Ele pra treinar as fotos e eu as poses kkk Um dia chegamos lá!

anamorenalook2

Montei esse look festa, night, para quando for pra baladéeenha

annamorenalook22

Vocês sabem da minha cisma com peças que só são bordadas na frente, mas sabe que tô entendendo o porquê da coisa? Quando a saia é com bordados mais grossos, fica muito ruim pra sentar! Machuca a buzanfa toda… Agora quando é paetê e não machuca, aí sim, tem que ter na frente e atrás. 

annamorenalook1

AMO azul klein! E amei essa foto! Fizemos no Parque Bicentenário em Vitacura, aqui no Chile, o lugar é lindo, vale muito a pena visitar 😉

annamorenalook11anamorenalook111

Detalhes da roupa

anamorena3333

E vocês já perceberam que tô mais atrevidinha néeeeeam? Pois é, malho muito para não ter que ficar escondendo perna e braço! Adorei esse vestidinho, é de paetês foscos, tem um efeito bem bacana.

annamorenalook33

  • E então? Gostaram das roupas? E das fotos??? Só preciso aprender mais poses rsrs
17
Dec 2013
Viajando com Seu Pet!
Cotidiano, Dicas de Viagem

MUITA, mas MUITA gente me perguntou como trouxe o Nero (meu yorkshire de 1 ano e 10 meses) para o Chile. Eu vou contar o procedimento todo mas queria deixar bem claro que não é regra geral! Cada linha aérea tem sua política, cada país tem suas exigências para o recebimento de animais, então o meu caso é bem específico para vir para o Chile e viajando de TAM.

Bom, eu amo meu cachorro. Tipo muito, trato igual criança e com ele não tem economia. Quero sempre dar do bom e do melhor para meu companheiro de todas as horas. Meus pais também pegaram um carinho enorme por ele e quando falo que vou viajar, nem me perguntam pra onde vou, com quem e fazer o quê, mas perguntam ¨E o Nero? Vai ficar onde?“. Desta vez a viagem é longa, vou ficar cerca de 2 meses longe de casa e seria muita maldade deixar o bichinho num hotelzinho, e mesmo sendo o mais top de todos, sei que ele ficaria melhor aqui na casa dos avós rs.

831ed2960c2c11e3be6b22000aa80214_7

¨Poxa mãe, você vai viajar? De novo??? E eu???¨

Morro de dó de mandar ele como carga, junto com as malas no porão do avião. Imagino que sentirá frio, que o barulho vai assustá-lo, talvez joguem a casinha de qualquer jeito, ele pode fugir, enfim… imagino milhões de coisas e como ele é pequenininho, optei por trazer ele na cabine junto comigo.

aacd3fded36611e2875e22000a9e016c_7

¨Jura que preciso levantar pra arrumar mala mãe??¨

MAS PODE LEVAR CACHORRO DENTRO DO AVIÃO? Pode. Para vir para o Chile, somente a TAM deixa (eu sempre viajo de Lan, mas como não permitem animais na cabine, quando viajo com Nero venho de TAM mesmo). No momento de comprar sua passagem avise que estará levando um cãozinho. Vão te perguntar raça e peso e confirmam depois se tem disponibilidade para o animal na cabine. Na verdade, a TAM nunca confirma… Dizem que vão mandar mail ou ligar dias antes da viagem mas comigo nunca fizeram isso. Eu fico pentelhando por telefone até alguém me falar que está tudo ok. Sua reserva não garante a reserva do bichinho, não tem nenhum papel escrito confirmando o lugarzinho dele então ter que ir na confiança mesmo. Paga-se uma taxa de 50 dólares para o embarque do pet e o peso é considerado como excesso de bagagem. Desta vez paguei cerca de R$ 300 e poucos reais, mas viemos de executiva pro Chile, por isso ficou um pouquinho mais caro.

2243d30664b811e39b170ed80c6345d1_8

Trecho BH – São Paulo. ¨Mãe, tô com sono… Tinha uma coisa esquisita naquela água que cê me deu…¨

QUALQUER CACHORRO PODE IR NA CABINE? Desde que o peso total seja até 10 kg pode, isso junto com a casinha. E tem outra informação importante, a casinha deve ser no tamanho máximo de 36cm de comprimento x 33cm de largura x 25cm de altura. Também pedem que o cãozinho fique confortável lá dentro e consiga dar uma volta completa em torno dele mesmo, mas ó, nunca olharam isso. Mas vai que olham… então é bom considerar essa info. Ah, o kennel deve ser de material resistente e a prova de vazamentos. Esse da foto é o que uso sempre que viajo com Nero, comprei na Animalle Mundo Pet em BH e não foi nada barato (foi uns 300 reais)… Mas como contei, pra ele não tem economia.

QUE PAPELADA PRECISA? Antes de mais nada, TODAS AS VACINAS DEVEM ESTAR EM DIA! TOOOOODAS! Isso é muito importante, se alguma estiver faltando pode dificultar ou até impossibilitar a entrada do bichinho no país de destino. A mais importante de todas é a anti-rábica que deve ter sido aplicada pelo menos 30 dias antes e menos de um ano da data da viagem (para cães com mais de 3 meses). Então já sabem, carteirinha de vacinação sempre em ordem. Com as vacinas ok, uns 3 dias antes de embarcar pegue um atestado de saúde com seu veterinário de confiança (tem validade de 3 dias corridos até a emissão do CZI, já já conto do que se trata) onde estarão descritas as características do animal (nome, raça, sexo, cor, idade, peso, etc) e suas condições de saúde. Para vir para o Chile eles olham muito se o cãozinho está vermifugado tanto por fora quando por dentro (endoparasitas e ectoparasitas), isso tem que estar bem documentado. Com o atestado do veterinário em mãos, no outro dia vá até um órgão oficial do Ministério da Agricultura para tirar o CZI – Certificado Zoo Sanitário Internacional, aqui em BH fica no aeroporto de Confins (tem que agendar horário por telefone) e precisa levar o bichinho para que o fiscal o avalie. Lá eles vão conferir o atestado e emitir o CZI. Não paga nada e são super atenciosos, sempre me trataram muito bem. Sei que para a Europa é exigido um chip e um exame de sangue com algum tempo de antecedência, quem for para lá é bom se informar. Enfim, essa é toda a papelada necessária.

E COMO QUE EMBARCA?? Normal, chegue um pouquinho antes pois no check in tem mais papelada. NÃO SE ESQUEÇA DE LEVAR TODOS OS DOCUMENTOS, INCLUSIVE O CARTÃO DE VACINAÇÃO. Sem esses papéis, o peludo não embarca. Lá vão te pedir o CZI e pesar o animal. Das vezes que fui nunca mediram a casinha, nem pediram pra ver o Nero, só pesaram mesmo. Para passar no Raio X, tire o animal da casinha e passe só ela. Em viagens internacionais não me arrisco a levar ração por aquelas restrições de comida etc… Nas escalas, tiro o Nero da casinha, levo pra dar um volta fora do aero para ele fazer suas necessidades, beber água, comer um pouquinho. Para entrar no avião é bem tranquilo, ninguém confere nada. Ele tem que ir no chão, embaixo da poltrona da frente. Por sorte o Nero é muito tranquilo, nem late e nem chora, ninguém nem percebe que tem um cachorro a bordo!! De vez em quando abro a casinha dele para ele olhar um pouco e esticar o pescocinho, mas logo ele mesmo entra e deita. Um príncipe! Ah! É bom levar uma mantinha para esquentar o filhote caso esteja muito frio dentro do avião.

897309c0483511e2a1b122000a1f9702_7

¨Mas tem um cachorro aí??? É de verdade?¨ Ouvi isso na última viagem, de tão tranquilo que ele fica rsrsrs

PRECISA MEDICAR? Eu levo umas gotinhas que o veterinário preescreve, para ele não vomitar e ficar mais calmo, mas quase nem uso… Mas só o veterinário para informar qual a melhor e a necessidade do seu cãozinho.

E PARA DESEMBARCAR??? Tranquilão. Preencho aquele papel no avião, aviso que tenho um ¨filho¨ para declarar (assinalo a opção que levo animais vivos) e quando chego já vou direto no lugar onde declara. Lá pedem novamente os papéis, o cartão de vacinas, preenchem outro papel, eu assino e prontinho! CHEGAMOS!

9e503b885b8b11e29f2e22000a1fb37d_7

¨Mãe, nas próximas férias me traz de novo??¨

nero

Ele merece esse mini perrengue! Ele é meu amorzinho, quem está do meu lado sempre, me recebe todo feliz sempre que chego em casa, de um amor incondicional e puro. Faço TUDO pelo meu Nero!

  • Espero que tenha esclarecido algumas dúvidas! Como falei lá no início do post, cada linha aérea e cada país tem suas exigências, mas acho que vale a pena se informar bem, ir atrás da papelada, ficar atenta com os prazos e tudo mais. A companhia desses bichinhos vale QUALQUER esforço!