ComportamentoCompras
Cotidiano, Shopping Time
21 maio 2013, 226 comentários

10 Coisas Que Eu AMO Em Lojas

Recebi este mail e achei que seria um assunto super interessante e bom de ser discutido..

“Olá Constanza,

Meu nome é Rachel, achei seu blog um dia por acaso quando estava procurando novidades sobre qualidade de atendimentoSempre trabalhei com moda e concordo muito com os itens que você listou, sobre os pontos negativos sobre atendimentos de vendedoras… (neste postPois é, aí eu queria uma ajudinha sua, se for possível é claro, gostaria de saber justamente o contrário, quais são as 10 coisas que te fidelizam em uma loja, principalmente no quesito relacionamento cliente-vendedorPor exemplo, você listou em seu blog que não gosta quando uma vendedora lhe mostra outras peças diferentes daquela que você pediu .Qual a abordagem você gostaria de receber para comprar outras peças além daquela que você se interessou? E outra coisa, você reclamou daquela vendedora que está te atendendo e perde o foco quando chega uma cliente antiga que sempre comprou com ela. Neste ponto se a gerente continuasse lhe atendendo você acharia ruim? Você tem alguma outra sugestão?

Se puder me ajudar, ficaria muito feliz,moro em Belo Horizonte e em breve pretendo abrir uma loja de roupas femininas e acessórios e acredito que a melhor ajuda  vem sempre  de nós mulheres que consumimos muito e buscamos bom atendimento! Obrigada

shopping-girl

Ai que bacana te ajudar Rachel! Primeiro vou responder suas perguntas e depois vamos listar coisas boas que me fazem voltar na loja ok?

Qual a abordagem você gostaria de receber para comprar outras peças além daquela que você se interessou? Hummm… se eu pedir um determinado sapato e não tem, não acho legal aparecer com 5 caixas dando esperança que achou. Melhor voltar com as mãos vazias e falar que não tem e se gostaria de ver outras opções a sentir a frustração de ver a vendedora abrindo as caixas e não ser o que eu pedi. Se tiver o que eu quero e a vendedora quiser mostrar mais coisas, gosto quando dá a opção de ver ou não as sugestões. Tem uma loja (começa com Espaço e acaba com Ion) que as vendedoras trazem praticamente uma mala de coisas para ver, além da peça que pedi. Acho melhor trazer só o solicitado, talvez alguma variação PARECIDA e sugerir outras roupas antes de chegar com as mãos cheias. Dá a impressão de desespero de vendedora, que quer empurrar qualquer coisa. Me sinto um pouco invadida e pressionada a ver coisas que nem tô afim.

Você reclamou daquela vendedora que está te atendendo e perde o foco quando chega uma cliente antiga que sempre comprou com ela. Neste ponto se a gerente continuasse lhe atendendo você acharia ruim? Você tem alguma outra sugestão? Não gosto de ser largada ou esquecida numa loja. O atendimento pode até continuar com outra vendedora (não precisa ser a gerente, acho até melhor que não seja… intimida rs) mas acho de bom tom a vendedora pedir desculpas, dizer que não poderá continuar me atendendo porém que fulana de tal dará sequência ao atendimento. É menos pior.

fashion-shopping

Agora vamos fazer uma listinha de coisas que agradam em lojas?

  • Música boa. Sei que isso é muito relativo e depende do gosto de cada um, mas se é um som bacana, leve, banda boa, eu fico com vontade de passar mais tempo na loja e consequentemente acabo comprando mais. Teve um dia que entrei na Renner e tocava Maroon 5, depois teve uma sequencia bacana que muito me agradou. Achei que era um sinal divino para fazer bons achados e super me empenhei na procura. Óbvio, comprei bastante.
  • Loja cheirosinha! Amo o cheiro da Le Lis Blanc, da Farm, da M.Martan… Às vezes entro só porque o ambiente é perfumado e fica confortável e convidativo passar um tempo na loja. Mais compras.
  • Brinde ao pagar a compra. Não precisa ser uma maleta cheia de makes ou um perfume francês, mas uma bobaginha mesmo: chaveirinho, caneta, sachê, saquinho de bala… Teve um dia que uma loja me quebrou as pernas: entrei e olhei várias coisas na arara, mas nada me agradou. Agradeci e estava saindo quando a vendedora veio atrás de mim com um pacotinho na mão e disse: para você voltar depois e comprar comigo! Fiquei bege, nude, camel, rosa antigo com a surpresa. Era uma mini necessaire com 3 calcinhas. ÓBVIO que voltei depois e comprei com ela!
  • Oferecer água, café, suco. A loja pode até ser xinfrim, mas se oferecer algo dá status! O quê acham? E nem é caro pra loja manter uma jarra com água. Mostra cuidado e atenção com o cliente. Ah, mas oferecer uma vez só, insistir também não né? rs
  • Embalagem boa. Acho que já falei algumas vezes aqui no blog, mas sou dessas que dá muito valor num produto bem embalado. Jogado na sacola de qualquer jeito é uma coisa. Envolver em papel de seda, bem dobradinho, com carinho e ainda cheirosinho, ganha meu coração.
  • Vendedora que decora meu nome e sabe meu gosto vira amiga. Tem uma certa loja de sapatos que a vendedora é leitora do blog e conhece meu gosto super bem. Quando chego ela diz: tem uns modelos aqui que são sua cara. Eu até tremo porque sei que ela realmente sabe meu estilo. Resultado: rombo no cartão. Conhecer as preferências do cliente é super importante e funciona muuuuito. Claro que demora um tempo até chegar no ponto perfeito mas depois fica rápido e prático tanto para a vendedora quanto para nós, consumidoras, que não precisamos explicar sempre o que queremos.
  • Roupa com bobaginha. Tipo a Farm que põe uma pulseirinha chumbrega (ou medalhinha, etc) mas que a gente acha fofo, nem usa e depois joga fora. É um diferencial. Etiqueta que vira chaveiro, um alfinete com desenho cute… Nós mulheres gostamos desses detalhes que podem parecer ridículos, mas contam pontos na escolha. Mesmo que inconscientemente.
  • Loja com banheiro, por favor. E arrumadinho pra receber “visita”.
  • Espelhos bons, meu Deus, como são importantes os espelhos em uma loja! De preferência vários, grandes, que não engordem e nem emagreçam, e com boa iluminação! Já comprei roupa azul achando que era preta…
  • Sabe uma coisa que não gosto e me deixa sem graça? Que me levem até a porta e aí me entreguem a compra. Acho muita pompa e eu gosto de praticidade. Prefiro eu mesma pegar e sair… sempre fico sem saber que horas que pego a sacola da mão da vendedora kkk

Agora vocês!!! Vamos ajudar a Rachel a ter uma loja com ótimo atendimento e que fidelize seus clientes. O quê faz você voltar numa loja?

Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
226 comentários em “10 Coisas Que Eu AMO Em Lojas”
  1. luciana21/05/13 • 14h11

    tbm acho boa música um quesito fundamental! vc falou da renner. pois é, outro dia não dei a mesma sorte. entrei na renner, as 10hs, tinha acabado de abrir. e tava tocando um axé do inferno, num volume muito alto! até reclamei com a vendedora, e depois de reclamar, saí da loja, de tão insuportável que estava. sei lá, devia ser pq a loja tava abrindo, pra “acordar” os funcionários, sei lá eu. mas não rola! então sim, a música é um ponto que as lojas podem usar a favor. e vendedoras educadas e que não grudem na gente feito sombra, e que não se entreolhem qdo vc entra na loja, pra decidir de quem é a vez do atendimento. vendedora tem que ser assertiva. sempre!

  2. Loli21/05/13 • 14h17

    Achei que só eu achava estranha essa mania do vendedor te levar até a porta com a sacola.. haha. Não que me incomode, mas sei lá.. não faço questão nenhuma.

  3. Juliane21/05/13 • 14h18

    Acho que bons provadores são essenciais! Com bastante lugar para pendurar as peças (é o fim quando as peças ficam caindo no chão por não ter cabideiros suficientes), com banquinho para você colocar sua bolsa, casaco, sacolas, etc, e com uma ótima iluminação!

    E de preferência sem limitação ao número de peças por pessoa…odeio isso!!! E eu desisto de provar metade só de pensar em ter que ficar saindo toda hora para “trocar” as peças que eu já provei por outras que estão “na fila”.

    • Marggah22/05/13 • 01h07

      Muito bem lembrado! Provadores dignos são essenciais! Bjs

    • Karla Inô22/05/13 • 12h30

      verdade, é o cumulo entrar num provador com vários cabides e ter lá dentro apenas 02 para pendurar e tudo fica caindo. Ahhh, um tapetinho para vc poder ficar descalsa numa boa, em algumas lojas o chão é frio e cheio de poeira.

    • Clara02/06/13 • 18h39

      nossa, isso é fundamental mesmo!
      eu que sou sistemática ainda tenho ritual no provador..
      tem que ter sempre pelo menos uns 4, pra colocarmos a roupa que estamos tirando, as que vamos provar, as que gostamos e as que nao gostamos!
      sou doida desse jeito, tem que estar tudo separadinho, ainda mas pra mim, que sempre pego a mesma roupa em mais de um tamanho pra conferir caimento, assim nao mistura e confunde! haha

  4. Erica Paiva21/05/13 • 14h20

    concordo com tudo cony. Também não gosto de ser levada à porta não rsrs

  5. Juliana Brasil21/05/13 • 14h21

    Adorei a ideia do post! Pra complementar, acho legal quando a loja tem programa de fidelidade! Bom saber que o $$ investido retornará pra gente de alguma forma, né? rs Quando manda mimo no aniversário – seja cartão, e-mail, SMS, OU UM CUPCAKE (sim, a Ateen faz isso! ahahah) – também vira amor eterno, amor verdadeiro! Beijos!

    • Constanza21/05/13 • 15h14

      Muito verdade o programa de fidelidade! Bem lembrado 😉

    • Loli21/05/13 • 15h22

      Ai, email e sms eu dispenso. Até parece que a loja está realmente te desejando feliz aniversário, vc só tá na lista das aniversariantes do dia e o sistema manda automático. Agora, um cupcake seria ótimo… rs.

    • Jacqueline21/05/13 • 16h24

      Algumas lojas dão desconto no mês de aniversário (e mandam um e-mail/SMS lembrando. Acho super válido também, acabo sempre passando na loja e levando algo.

    • Emanuelle21/05/13 • 18h20

      não sei se é só na cidade em que moro, mas na Arezzo eles dão uma bolsa, ou alguma outra coisa, no final do ano para as “melhores clientes” geral da loja e para as de cada vendedor. Acho bem legal isso!

  6. marta pimentel21/05/13 • 14h22

    Cony!!
    Me identifiquei muuito nesse post!! Tenho várias bobeirinhas da farm que eu amei na hr da compra e nem usei, medalinha, pulserinha vagabunda.. hahahahahah e me lembro bem da primeira vez que uma vendedora levou minha sacola na porta, eu era adolescente e tava comprando sozinha.. Tentei pegar a sacola na mão dela quando paguei e ela tirou a mão, fiquei sem entender nada! hahahahahah e o brinde, ahhh, o brinde!! tem q ter uma bobeirinha, eu amo!!

  7. Marília21/05/13 • 14h23

    Muuuuito pertinente o post, Cony! Você mencionou uma coisa que eu sempre penso mas tinha vergonha de falar, dos banheiros em loja… gente, em shopping tudo bem, tem banheiro disponível, mas em loja de rua é de bom tom ter um banheirinho limpinho pros clientes, principalmente lojas grandes como Renner, C&A, que a gente costuma passar um tempinho considerável comprando! A música é algo que me atrai também, as vezes na Riachuelo eu e minha mãe ficamos cantando juntas as músicas que tocam e vira uma coisa mega divertida hehehe! Gosto de que me deixem livre pra escolher numa loja, sem grudar ou ficar me olhando, como se eu fosse roubar alguma coisa…. e ser bem atendida, quando necessário, não só pelas vendedoras, mas caixas e etc.

  8. Rê Moraes21/05/13 • 14h24

    Música boa e cheirinho é bom demais! Agora o que me fideliza mesmo é vendedor atencioso mas que não fica no pé, que conversa com vc se ve que vc está a fim conversar, e no melhor dos mundos: que sabe meu gosto! Ai é perfeito! Quando eu morava no interior a vendedora da loja sabia tanto meu gosto que quando chegava coisa que ela sabia q eu ia gostar, já me ligava! Ai haja cartão de crédito!
    Gosto muito das vendedoras do Boticário do BH Shopping e domingo fui conhecer a Quem disse, Berenice? lá tb e as vendedoras são ótimas! Comprei demais! rrsrsrs

    BJs

  9. Adriana Leite21/05/13 • 14h25

    Ah, eu adoro loja que tem sofazinho! Se você for acompanhada com alguém, seja amiga seja o marido/namorado, é sempre bom a companhia está confortável, fica tranquila esperando, sem lhe pressionar a ir embora.

    Outra coisa que não foi citado… adoro quando o provador tem penduradores suficientes para as roupas, as vezes levamos várias peças para provar e não temos onde pendurar, além de um banquinho acolchoado, para você sentar e tentar vestir aquela roupa mais complicada …

    bom, são minhas diquinhas!!

    bjssss cony!!

    • Constanza21/05/13 • 15h16

      Sofazinho! Muito importante!

  10. Karine21/05/13 • 14h26

    Na minha lista de ‘coisas que agradam nas lojas’ está justamente a vendedora me mostrar opções. Odeio quando vou em tal loja, peço um vestido e ela fala ‘Não tem’ e pronto. ODEIO! Já aconteceu de eu estar doida atras de um pra uma festa de 15 anos, ir na loja a vendedora falar que não tinha o que tinha pedido, fui na mesma loja em outro shopping, tinha o tal vestido e a vendedora acabou me trazendo um outro que não me interessou na arara mas quando vesti me apaixonei.
    E se fosse listar o restante do que me agrada sempre vai pelo atendimento principalmente da vendedora, acharia o cúmulo a vendedora me largar e ir atender outra. Independente se a outra é cliente antiga, eu poderia virar uma cliente fiel igual a outra, então acho que cliente é cliente.
    E quando a vendedora mostra que te conhece, é simpática, prestativa, a história vira outra, vc acaba até comprando coisa q não precisa, e dai entra o ponto que falei da vendedora te mostrar opções, lembrei de uma vez na mesma loja que citei acima, experimentei um vestido, a vendedora acabou me mostrando um macaquinho que tava no estoque e nem tinha mais na arara, acabei levando ele e ele é o meu xodó até hoje.
    Uma coisa que ODEIO em vendedora é aquela ‘briga’ de vez. Tem coisa mais sem educação que vc entrar numa loja e ta uma filinha de vendedoras? Dai você chega pra pedir na primeira que vê, e ela grita pra outra ‘FULANAAAAA TÁ NA VEZ’. Fico super constrangida, me sinto obrigada a comprar se não a coitada perdeu a vez, e vai pro final da fila. Isso acontece muito em determinadas lojas de sapato aqui no RJ!

    • Carine22/05/13 • 12h24

      Oi, Karine! Concordo em tudo que disse! O que me incomoda é o fato de entrar numa loja que mtas vezes vc quer conhecer apenas, e tem uma vendedora “da vez” que te olha torto se vc não compra…rs Sinto-me pressionada e constrangida.

    • Clara02/06/13 • 18h47

      isso de mostrar outras peças eu gosto, mas com limite, pq umas vendedoras parecem que estao te empurrando produtos, enquanto outras sabem selecionar peças parecidas com as que voce procura..
      mas uma das coisas que eu mais odeio é vendedora que nao conhece as coisas que a loja vende! uma vez fui na SCALA e cheguei lá descrevendo precisamente o que eu queria, ela me fez provar 4 coisas diferentes do que eu falei, sendo que ela só me mostrava uma por vez, depois de eu ja ter tirado e posto toda minha roupa. pra no final, quando eu estava ja no caixa comprando uma peça meio “marromenos” eu paro e olho o catalogo, mostro pra ela o que eu queria (encaixando perfeitamente na descriçao inicial que eu dei), aí vem ela “ahh, é mesmo, tem essa aí tambem”. Levei só o que eu queria e fiz questao de reclamar isso na cara dela.. sou dessas, nao levo desaforo e mau atendimento pra casa!

  11. Luísa21/05/13 • 14h27

    Não gosto que a vendedora deixe de me atender porque a preferida dela chegou.Fico me sentindo muito mal…qd gosto de comprar com a vendedora X e ela está ocupada,eu senti e espero.Mas acho o fim trocar de vendedora.Eu tb poderia me tornar uma cliente fica dela,mas com isso não farei questão alguma.A vendedora pode falar com a cliente antiga que está atendendo,mas que fique a vontade que ela já vai atendê-la assim que possível,pedir ajuda a outra vendedora para o novo atendimento etc.Mas abandonar o atendimento que já fazia para mim é péssimo.

  12. liane21/05/13 • 14h27

    Tem que ter cadeiras, sófas ou qualquer coisa pra gente se sentar… pois as vezes fico exausta de tanto andar e carregar um monte de sacola.Isso pra mim conta muito quando entro em uma loja…

  13. tatiana pgz21/05/13 • 14h29

    Nossa, nos levar até a porta da loja pra então entregar a sacola é tãããão “o fim”! Fico muito constrangida e nunca entendi o porquê disso…

  14. Ana..21/05/13 • 14h29

    Tem muitas dicas, as da Cony estão no ponto certo! Tem lojas que me intimidam, vou a shopping e as vezes não entro para sapear ou mesmo comprar porque parece que os clientes que frequentam são mais “selecionados” sabe? Fico tímida, não fico a vontade.. Gosto de chegar, ser recebida com um sorriso e o “fique a vontade”, sem que as vendedoras me intimidem. É complicado, rsr.. , acho que sou sistemática. Enfim, siga dicas da Cony que estará no caminho do sucesso. Impossível agradar a todos, mas uma maioria fiel dá para conquistar sim. Sua iniciativa foi ótima Rachel, sucesso!
    Beijos Coony!

  15. Luísa21/05/13 • 14h29

    Desculpe os erros,o celular mudou algumas palavras.Senti=sento, fica=fixa.

  16. Karine21/05/13 • 14h30

    Também adoro quando vem as roupas em bolsinhas bonitinhas, você sempre acaba usando a bolsinha pra carregar alguma coisa no dia-a-dia (quem nunca?). E as roupas embaladinhas naquele papel fino e com um cheiro de novo?

  17. Bia Saltarelli21/05/13 • 14h32

    Pra mim uma coisa que ganha muitos pontos é: não insistir. Se não gostei de alguma peça, falei que não ficou boa, não venha tentar insistir, falar para levar outra coisa.
    E uma coisa que me incomoda muito é vendedora que vai atrás de você no provador e fica querendo entrar ou então falando para você sair para ela ver como ficou como se fosse sua amiga. Não gosto de vendedora que tenta bancar a íntima. Chamar de querida ou algo do tipo é me pedir para ir embora da loja.

    • Rebeca21/05/13 • 22h38

      Falou tudo!! Também odeio quando insistem ou forçam amizade…

      • Vanessa22/05/13 • 12h07

        odeio que me chamem de ‘Querida, linda, fofa, amiga…” ai, que canseira!!!!!

    • Dani22/05/13 • 21h46

      E vendedora que sai abrindo a cortina do provador ou enfia a cabeça lá dentro para “ver como ficou” enquanto você ainda está se trocando? Acho o cúmulo da falta de educação e noção, geralmente você está só de calcinha, nada a ver… Parece que a menina quer te pegar no flagra, acho que elas devem fazer isso para ver se a gente está tentando roubar alguma coisa (rs).

  18. Marina Pereira21/05/13 • 14h35

    Eu não gosto daquela vendedora “maritaca”, ela começa a falar e não para nunca mais, não da espaço nem de você escolher o que você quer, ela fica falando, falando e falando (- “Nossa, esse ficou lindo, nossa, combinou demais com você, nossa, que luxo, e blá blá blá…”) Isso me bate um pequeno desespero, vontade se sair correndo e largar a vendedora la, falando sozinha. =)

  19. Carol21/05/13 • 14h35

    Nunca comento aqui, mas esse post eu me senti obrigada a complementar! rs
    Algo que faz muita diferença para mim é quando a vendedora realmente liga informando que o produto que eu queria – e que não tinha na minha primeira visita a loja – chegou.
    Poucas coisas me dão mais raiva do que ter o trabalho de deixar TODOS os meus contatos com a vendedora, gerente, etc, não receber uma ligação sequer e uma semana depois passar pela vitrine da loja ver o produto que eu queria, entrar e pedir meu número/tamanho e ouvir um “nossa! a reposição chegou ontem e acabou na mesma hora”.
    Claro que isso tudo piora quando depois a vendedora cara de pau tem coragem de mandar aqueles sms com “venha conhecer a nossa nova coleção!”.
    Tomo raiva para vida.

  20. Camila21/05/13 • 14h35

    Pensei que só eu não gostava da vendedora acompanhar até a porta da loja. rsrs

    Qtas vezes fui pegar a sacola no caixa e fiquei meio que no “vácuo”. Estica a mão para pegar, abaixa a mão… conversa um pouco, estica novamente e abaixa… até chegar na porta.

    E quando… ela te leva até a porta sem conversar. Vc não sabe se vai na frente e fica de costas para a vendedora. Se caminha muda ao lado. Aiiii… é tão embaraçoso.

    • Constanza21/05/13 • 15h19

      EXATAMENTE kkkkkkk. Vc descreveu a cena certinha! Nao sei quem raios q inventou essa bobagem de levar a gente ate a porta kkkk

      • ana luisa21/05/13 • 21h15

        Acho que a FARM começou e as outras lojas, querendo um upgrade na imagem, “patricinhezar” o atendimento, foram na onda!
        Tambem acho que musica boa vale muito, odeeeeio bate estaca e axés da c&a, renner e cia. E um bom espelho , com boa iluminação é tudo de bom! O espelho da Salinas faz qualquer gordurinha a mais desaparecer, hehehehehe! Compro na hora 🙂
        Outra coisa que é o fim é vendedora mal humorada, normalmente encontrada em lojas mais “high class”. Te olham de cima embaixo sem disfarçar e quase sempre nem vem te cumprimentar. Adoro dar uma soberbada nessas recalcadas, comprar algo na loja e simplesmente ignorá-la, pra no final ainda dar um boa tarde vingativo…

      • Mariana21/05/13 • 23h42

        Já fui vendedora de loja mil anos atrás, as vendedoras levam a sacola até a porta para passar pelo alarme e se certificarem que realmente todos foram tirados (e se apitar, está nas mãos dela e não da cliente), porque se a cliente sair sozinha carregando a sacola e o alarme apitar, irá constrange-la. Então basicamente é isso. É para não constranger o cliente caso apite o alarme. Mas algumas lojas sabiamente mandam a vendedora passar a sacola na porta, discretamente, enquanto a cliente está efetuando o pagamento, aí entregam a sacola pra cliente no caixa e ela pode sair tranquila.

        • Constanza21/05/13 • 23h59

          Mas e as lojas que nao tem aquele negocio na porta de alarme? Nao entendo pq levar ate a porta…

          • Mariana22/05/13 • 00h06

            Pois é, creio que tudo começou com esse real propósito de evitar o alarme apitar (trabalhei na Kipling há uns 12 anos e o procedimento era esse, então isso já é algo mais antigo), e aos poucos as lojas devem ter achado isso “bonito” e “chique” e copiaram, só com o propósito de mimar a cliente (ou melhor, no nosso caso, irritar rss). Eu também acho horrível, se realmente há essa procupação da loja, prefiro mil vezes que a vendedora vá lá no alarme com a sacola enquanto estou pagando e depois me entrega a sacola no caixa, como já tenho visto em algumas lojas…

          • Constanza22/05/13 • 00h09

            Tb acho melhor a vendedora checar antes e dar a sacola sem ter q fazer cia ate a porta rs

      • Karla Inô22/05/13 • 12h32

        concordo em número genero e grau……

    • Tatiane06/11/16 • 05h00

      Nossa, lembro até hoje a primeira vez que uma vendedora levou minhas compras até a porta. Não sabia desse costume. Passei o resto do dia me perguntando o motivo daquilo. Me senti constrangida. Imaginei que talvez a vendedora duvidou da minha idoneidade e tivesse receio que eu roubasse alguma peça da loja no caminho do caixa a porta.

  21. Jordana21/05/13 • 14h36

    Tem uma coisa que não gosto: quando a vendedora fica em cima de mim no provador, perguntando como estou indo, se preciso de algo, ou quando me traz alguma outra peça que não pedi. Gosto de escolher as peças, e com muitaa calma e paciência provar, sem interrupções. Tem gente que gosta de atenção. Mas acho legal a vendedora ficar atenta e perceber qual o ‘tipo’ da cliente. Gosto de ficar a vontade e sem ninguém em cima de mim.

  22. Marggah21/05/13 • 14h36

    Gosto do esquema da Le Lis Blanc: tudo exposto, fácil de olhar, de manusear, e dividido por cores. A vendedora se apresenta quando você entra e lhe deixa à vontade. Está por perto, sempre, mas não está indicando coisas que vc não quer ver. Quando vc tira uma peça do mostruário e faz menção de separá-la, a vendedora se adianta, segura a peça para você ou já vai buscá-la no seu número. Atendimento perfeito!
    Bjs e sorte com sua loja, Rachel!

  23. Larissa21/05/13 • 14h37

    Gente bem humorada, SEMPRE! Me sinto bem em lojas nas quais todas as vendedoras (mesmo as que não estão me atendendo) demonstrem alguma simpatia…
    A não ser no shopping, costumo fazer compras bem simples, de short, rasteirinha e tal, e às vezes as vendedoras ignoram, deixam você passar séculos olhando as araras sem chegar pra perguntar nada, acho isso ridículo! Se eu não tivesse dinheiro para comprar, não estaria na loja e olhando…

  24. Karine21/05/13 • 14h38

    Lembrei que amo o atendimento da Renner, apesar de ser uma fast fashion como a C&A, Leader, Marisa, o atendimento deles é espetacular. Se vejo algo que não tem no cabide em qualquer uma dessas outras lojas, nunca ninguém foi atrás pra procurar tal produto, a maioria vira e fala ‘Só tem esses ai’, então nem peço mais. Na C&A então, o povo é de uma grosseira que só vendo! Agora a Renner é uma educação que só vendo, sempre tem alguém no setor, e eles vão DE VERDADE ate o estoque vê se não tem o produto lá.

  25. ana carolina21/05/13 • 14h41

    vendedor que não vai te catar na vitrine ou fica te seguindo, por favor! haha

  26. Luciana21/05/13 • 14h41

    Na Zarita, sua loja favorita, não tem esse problema da vendedora te levar até a porta, Cony! =)

    • Constanza21/05/13 • 15h20

      Mas varias outras tem rs

    • Samara22/05/13 • 10h10

      Em compensação tem zaras que vc tem que pedir pelo amor de Deus para alguém te ajudar! Esta lojas mais “self service” são complicadas. Eu adoro a autonomia de poder olhar as roupas com calma, sem ninguem me perseguindo (na vdd elas perseguem pra vc fazer um cartão da loja), mas as vezes que vc precisa de ajuda e tem que praticamente caçar uma vendedora para te ajudar. Fica complicado também.

  27. Ana Paula Furtado21/05/13 • 14h41

    Ter vendedoras que não fiquem p**** se vc entrar, olhar e não levar nada! Se eu for bem tratada numa loja, mesmo sem comprar, com certeza volto um dia e compro!

    • Loli21/05/13 • 15h31

      Pois é, já peguei birras de lojas de nunca mais botar o pé nela porque me senti maltratada. Nunca me esqueço da Farm que perguntei de uma camisa que estava na vitrine, a vendedora disse que só tinha aquela e não podia tirar. Nunca mais voltei lá e nem voltarei. Antipatizei pra sempre.

      • Samara22/05/13 • 10h11

        Na própria farm uma vez fui comprar uma blusinha, e a moça me disse exatamente isso “só tem a da vitrine” e eu disse: “e é exatamente ela que eu quero…pode tirar….”. Vocês não tem ideia da cara que ela fez, demorou uma ETERNIDADE pra tirar…mas eu fiquei lá…esperando pacientemente.

        • Loli22/05/13 • 17h49

          Por algum motivo deve ser mais vantajoso pra loja e pra própria vendedora deixar uma peça de roupa única, sem outras no estoque, na vitrine sem vender do que vendê-la e colocar no lugar outra que TENHA no estoque e atraia clientes.

  28. Isabela21/05/13 • 14h41

    Amo musica boa e cheiro agradável. ontem acompanhei uma amiga numa troca, na Farm, só de sentir aquele ambiente agradável dá vontade de levar algo! Como eu estava só acompanhado, fiquei a vontade pra olhar tudo, sem ter ninguém perguntando se queria experimentar uma peça!

  29. Alessandra Barros21/05/13 • 14h50

    Gosto muito de lojas com araras e que as vendedoras deixam vc fuçar tranquila kkk tem lugar q vc entra e parece q está bagunçando, vc põe a mão a vendedora arruma…

  30. Fernanda21/05/13 • 14h50

    Eu ainda acrescentaria na lista bancos e/ou sofás para nossos acompanhantes, pois ninguém merece ficar olhando para a cara de tédio deles.

  31. Camila21/05/13 • 14h51

    Muito interessante o post!
    Tenho loja e já trabalhei em shopping. E esse é um dos assuntos poucos discutidos, mas que geram várias discordâncias.

    Em relação a mostrar mais peças do que a cliente pediu, tenho muitas clientes que gostam (até mesmo as desconhecidas). Quando a cliente entra na loja dou uma breve identificada no estilo (aí vale muito ser discreta, pq tem loja que vc entra e a vendedora te olha dos pés a cabeça com super cara de avaliação)e depois que a cliente está mais a vontade, vou fazendo perguntas para identificar melhor. E quase sempre acerto o gosto e finalizo a venda.
    Mas o problema é: tem muita vendedora que não sabe identificar o que a cliente gostaria, que é invasiva quando a cliente não dá papo…
    Além de muitas vezes ser política da loja, já trabalhei em uma loja famosa de sapatos, onde a ordem era descer o estoque todo aos pés da cliente (e a gerência não estava nem aí pra opinião das vendedoras, que são quem mais tem contato com o público)

  32. Tais21/05/13 • 14h52

    A mesma questão da vendedora trazer váááárioos modelos totalmente diferentes do que vc pediu, no meu caso, é a vendedora trazer uma única caixa com a numeração errada. Sempre que entro na loja, pergunto até que numeração vai aquele sapato que achei lindo (pois calço 40!) Tem vendedoras que dizem que vai até o 40 – mentira – traz uma única caixa e diz que é 39, “mas a fôrma é grande” – oi??? Ou ainda, diz que “laceia”, ou pior ainda… trazem o 39 e só qdo tento calçar e não entra ela diz que é 40! Enfim, a verdade dói, mas prefiro que seja assim. Não temos 40 e pronto!!!

  33. Karine Rafaelle21/05/13 • 14h54

    Com certeza, o que faz eu amar uma loja são provadores grandes, ninguém merece aqueles mini provadores que não dá nem pra se mexer!

  34. Karine Rafaelle21/05/13 • 14h57

    Com certeza o que faz eu amar e voltar numa loja são os provadores grandes, com lugar pra colocar as roupas e um banquinho, ninguém merece aqueles mini provadores!

  35. Barbara Vieira21/05/13 • 14h58

    Queria apenas comentar o último item:
    “Sabe uma coisa que não gosto e me deixa sem graça? Que me levem até a porta e aí me entreguem a compra. Acho muita pompa e eu gosto de praticidade. Prefiro eu mesma pegar e sair… sempre fico sem saber que horas que pego a sacola da mão da vendedora kkk”

    Acho que levar até a porta vai mais por conta da vendedora evitar o constrangimento da cliente se apitar o alarme da loja, que geralmente fica na saída. Então faz parte mesmo…é tipo um procedimento..

    • Constanza21/05/13 • 15h23

      Né nao, fazem como agrado mesmo mas pra mim nao agrada sabe… Mas vc me deixou na duvida rsrs. Da próxima vou perguntar pq fazem isso.

      • Paula22/05/13 • 11h48

        Daí conta pra gente quando souber, Cony! Mas eu tb acho que é para tentar agradar! Acho totalmente desnecessário e constrangedor tb!

    • Karla Inô22/05/13 • 12h35

      a maioria das lojas que vejo fazem o teste com o detector ao lado do caixa, ou seja, após colocar todos os produtos na sacola elas passam no detector e te entregam a sacola sem correr o risco do apito.

      • Yasminni01/06/13 • 14h05

        Mas na renner eles passam nesse apito em baixo do caixa e várias vezes não pega e quando voce sai da loja apita. Morro de raiva!

  36. Dayana Pereira21/05/13 • 14h58

    O que me faz voltar a uma loja é a “liberdade” pra escolher as coisas que eu quero, sem vendedora no pé mostrando mil e uma coisas que me fazem até esquecer pra que entrei na mesma. Já cansei de experimentar roupas e no meio da troca a vendedora abrir pra dar uma “olhadinha” e eu estar pelada, de calcinha. NUNCA mais voltei!

  37. Zandara Saliba21/05/13 • 14h59

    O que me faz voltar numa loja e: o bom gosto das pecas coordenadas na vitrine, o preco compativel com a mercadoria oferecida, um cartao de aniversario oferecendo desconto, um aviso de que a liquidacao vai comecar, uma vendedora que nao te mede da cabeca aos pes e nem tem uma postura de supeioridade ou de amiga intima( odeio!), loja espacosa onde as pessoas nao ficam se trombando para ver os cabides, numero adequado de provadores para o tamanho na loja ( odeio fila em provador, ate desisto da compra!), ter a opcao de pagar com o que eu quero ( dinheiro, cheque, debito, credito…) sem o caixa ou vendedora ficarem tentando te convencer a um determinado meio de pagamento ( oi Constance, C&A, Renner!), loja bem iluminada e limpa….ai, sao tantas coisas…se u lembrar de mais, posto novamente para judar a Rachel.

  38. MARLENE PORTELA21/05/13 • 14h59

    preço justo!
    é óbvio que não estou falando que tenham que ser “barathenhos”, pra isso, existem as liquidações que eu amo rsrs, apenas preços JUSTOS mesmo, porque detesto a sensação de que estou sendo assaltada. E concordo com todos os itens acima listados. Ah, (antes que eu me esqueça) amo o fufu!!!

  39. Paola21/05/13 • 15h01

    Eu sou bem complicada nesses negócios de loja.. Por um lado, não gosto quando coloco os pés lá e já aparece alguém perguntando de pode ajudar, mas também odeio quando entro e fico esperando ajuda e não aparece vendedora.
    Enfim, indo ao que gosto, gosto de vendedores atenciosos, não daqueles que tem empurram tudo e uma coisa pior que a outra, que você pede um e traz 10, que tá de mau humor (aconteceu isso comigo e minha mãe na Riachuelo, super mal educada e só falava revirando os olhos).
    Também gosto de passear livre na loja, e só pedir ajuda quando precisar, por isso gosto de Renner, Marisa, Riachuelo C&A, que as vendedoras não ficam no pé (pelo menos na minha cidade)e eu escolho o que quero e vou pro provador, e por esse mesmo motivo odeio boutiques, porque a maioria das vendedoras nos olham dos pés a cabeça com arrogância (que nem em Uma Linda Muher), dando a entender que pensam “o que ela tá fazendo aqui? Nem deve ter dinheiro pra comprar alguma coisa!”.
    Acho que o principal é isso, se tiver alguém no meu pé na loja, fujo de lá rapidinho, parece que ficam vigiando pra ver se roubo alguma coisa

    • Maria Heloisa21/05/13 • 16h15

      Concordo com TUDO o que disseste!! Perfeito! haah 🙂

    • Fernanda21/05/13 • 20h15

      Eu não poderia ter descrito melhor…rsrsrs, sou igualzinha

  40. Fabiana21/05/13 • 15h01

    Uma coisa que eu acho uó é quando estou em uma loja onde os vendedores (as)estão desocupados e agrupados conversando (cochichando) e rindo alto. Fico super constrangida e achando que a piada sou eu…Outra coisa péssima é quando estou sendo atendida por um (a) vendedor (a) e tem um outro desesperado para arrumar ou pegar alguma coisa bem ali, naquele espaço em que estou, e chega me atropelando, empurrando, falando alto dentro do meu ouvido…afffffeeeee!!! E tenho pavor de gente que tosse, espirra e tudo mais sem o mínimo de educação!!!

  41. Fernanda21/05/13 • 15h01

    Vendedora que respeita seu espaço! Vem se apresenta e te deixa olhar as coisas com calma sem ficar em cima perguntando se achou, se procura algo especial, se já viu…ou aquelas que te seguem pela loja como se fossem sua sombra? Pra morrer!

  42. Ju21/05/13 • 15h06

    Adorei as dicas. Já até passei para uma amiga que tem loja (e segue a maioria dos itens, rs). Rachel, não esqueça de fazer uma página no facebook e perguntar às clientes se pode adicionar. Eu faço MUITAS compras estimulada pelo face.

  43. Paola21/05/13 • 15h06

    Ah e outra coisa! Em todas as lojas que fui, o melhor atendimento era feito por homens (heteros ou não)! Sem ser sexista, mas eles eram muito educados, atenciosos, não traziam milhares de coisas pra eu ver, enquanto as mulheres eram mais arrogantes e mau humoradas. Isso não vale pra tudo, é somente uma opinião obtida a partir de vááárias visitas em muuuuitas lojas.

  44. celia21/05/13 • 15h07

    Gente do céu, quando vc falou em brinde ao pagar a compra, eu pensei que era pra brindar, e lembrei da Val Marchiori, que quer ser recebida com champagne, só depois de ler me toquei que era brinde mesmo.. Entao hoje fui pela primeira vez na loja de uma amiga minha, fiquei encantada, enrolou as roupas em papel de seda e colocou uma etiqueta da loja no papel, depois colocou na sacola, e ainda ganhei um lenço lindo de brinde, fora que tinha varias roupas que me serviam, com certeza voltarei sempre, já que é dificil encontrar meu número, por ser PP. beijos e boa sorte com a loja Rachel!!

  45. Cristina A.21/05/13 • 15h07

    Amaria se quando eu entrasse em uma loja a vendedora apenas me falasse um oi simpático,me dissesse “sou fulana de tal,se precisar de algo é só me chamar” e me deixasse à vontade!!Deixa eu olhar,conhecer a loja(ver os preços,rs),tocar nos tecidos,fazer minhas montagens mentalmente com as peças que tenho em casa,sei lá,sai de trás de mim!rs
    Nem sempre entramos em uma loja querendo comprar algo específico,às vezes, a gente só quer comprar algo,se dar um presente…(oi,TPM)

    Mas o que só acontece é entrar numa loja e 5 segundos depois já ser abordada por vendedora perguntando “precisa de ajuda?”,gente,tenho cara de quem tá precisando de ajuda?de desesperada?de quem tá passando mal?
    Muitas vezes deixo de comprar mais por me sentir pressionada com tanta “atenção” da vendedora(oi,Boticário e Contém 1g)

    Por isso que amo fast fashion,vc roooda a loja e ninguém vem te aporrinhar!

  46. Isabella21/05/13 • 15h07

    Eu também levo em consideração se a loja é bem organizada. Acho que ninguém se sente bem entrando numa loja toda bagunçada, com roupas jogadas pra tudo quanto é lado. Mas tudo que você listou eu também concordo! Bjim.

  47. Brunna Ricelly21/05/13 • 15h09

    Muito bom esse post Cony! Eu também tenho loja e é sempre bom ouvir e saber o que as clientes gostam, como gostam de ser atendidas, pra gente procurar fazer sempre o melhor pra agradar e conquistar o cliente!

    http://achadosdabrunna.com.br/
    instagram: @achadosdabrunna

  48. marina21/05/13 • 15h11

    Além de tudo que vc disse, acho q os vendedores tbem não devem ficar no pé, tipo, tem loja que vc mal pisou dentro, já vêm correndo e depois ficam te seguindo pela loja…é uóoooooooo!

  49. Erica Vanessa21/05/13 • 15h11

    Essa última vc fechou com chave de ouro tem loja de sapatos (loja bem popular) que faz isto e enche a sacola de bala e pirulito. Oh my God é bem desagradável.

  50. Gabi21/05/13 • 15h13

    Visito seu blog todos os dias, mas esse post achei o máximo, me identifiquei total, principalmente com a parte do cheiro, amooo os três que você citou.
    E pelo amor de Deus espelho é importante demais, claro na medida se aparecer muito as celulites ninguém vai comprar um short na loja hahahahahhaha
    Bjos!

  51. Isabela21/05/13 • 15h14

    Esse negócio de levar até a porta é mais pra evitar que toque um alarme esquecido na roupa e cause constrangimentos, não? è melhor tocar na mão da vendedora do que na minha rsrsrs

  52. GABRIELA21/05/13 • 15h14

    Se tem uma coisa que geralmente me intimida são as moças do caixa! A vendedora foi solícita, simpatica e tudo mais, e daí as panacas do caixa te olham com cara de superiores (pq afinal ELAS tem o dinheiro, hahaha), quando te olham, pq geralmente ficam batendo papo com a vendedora ou com as outras caixas, acho muito feio mesmo!

  53. Clarissa Maciel21/05/13 • 15h15

    Acho muito desagradável quando a vendedora insiste em ver as coisas que você está experimentando e que determinado produto “Ficou ótimo” em você. Gosto de ter liberdade dentro do provador e de poder avaliar se quero ou nao levar a peça. Odeio insistência!!

  54. Luciana Vilela21/05/13 • 15h17

    Mas gente, vc já falou tudo que eu pensava! Faltou nada não. E Rachel, se vc fizer uma loja assim me avise, por favor!!!

  55. Luciana Vilela21/05/13 • 15h17

    Ops, lembrei de uma coisa: banquinho no provador. No mínimo, mínimo, um lugar pra gente colocar nossa bolsa!!!!

  56. Ana Carolina Lopes21/05/13 • 15h20

    Concordo em grau, número e gênero com o post das coisas que agradam em uma loja possibilitando a fidelização do cliente, mas eu acrescentaria mais duas: 1-Boa ILUMINAÇÃO no provador (problema seríssimo da ZARA de BH, que me irrita profundamente e às vezes penso que é proposital para iludir o cliente); 2-Provador com espaço razoável, ganchos na parede e banquinho (maioria das lojas de departamento estão deficitárias nestes quesitos, exceto Renner – minha queridinha).
    Sou uma “compradeira” assumida, porém de forma inteligente. Adoro um shopping (hobby assumidíssimo também, viu Cony?!) e comprar em viagens.
    Não desperdiço minha grana. Sou apaixonada por sapatos, roupas, coisas de casa, etc e como engenheira, dentro do possível, sempre busco a melhor relação custo/benefício antes de adquirir.
    Abraço!

  57. Kaa21/05/13 • 15h21

    Já fui vendedora, gerente de loja e como consumidora concordo com tudinho que você listou e tenho + algumas dicas:

    No caso da loja não ter o que a gente quer, a vendedora podia tomar nota do que eu procuro + nome, telefone (e outras informações que se percebe durante o atendimento como tamanho e preferências) prometendo ligar (e cumprindo, pelo amor de Deus) quando a peça desejada estiver a disposição. A gente sai da loja com esperança que a vendedora consiga e gratidão pela boa vontade em procurar o que queremos ao invés daquela sensação de fracasso, sabe?!

    Outra dica pra abordagem: quando a gente diz que “só quer dar uma olhadinha” a vendedora podia dizer “fique a vontade, se precisar estarei logo ali” e se posicionar á 3 ou 4 metros de mim (ao invés de me vigiar de perto que é muito chato). Bastou eu tirar os olhos dos produtos procurando a vendedora, ai sim seria ótimo que ela viesse na minha direção pq provavelmente quero falar com ela.

    Espero ter ajudado Rachel!
    Bjs

  58. Vanessa21/05/13 • 15h22

    Concordo com tudo, exceto com a roupa com “bobaginha”… Acho que esse tipo de coisa só serve para encarecer a peça, pois como vc mesma disse, nem usamos e jogamos fora!
    Sei que o post é sobre coisas que gostamos em lojas, mas tem uma coisa muito importante que me faz sair bufando da loja: Vendedora que fica em cima e com os olhos grudados em vc enquanto está olhando as roupas nas araras… Affe, me irrita muito! Quando não to nos meus melhores dias, já olho pra cara dela e falo (com educação, claro): “Olha, se eu precisar de ajuda eu te chamo, tá?” kkkkkkk

    • Vanessa22/05/13 • 14h42

      O setor do comércio devia pagar caro por este post e pelos comentários das leitoras. Só dicas boas!!!!!!!

      • Constanza22/05/13 • 15h14

        Tb acho kkkk

  59. Débora Almeida21/05/13 • 15h23

    Que bom que sou normal! Super esquisita essa história de levar até a porta!!!
    Agora a questão do cheirinho e bem relativa. Minha mãe corre dessas lojas pois tem alergia. Tem que ser uma coisa muuuuito leve…

  60. Daniely Paulino21/05/13 • 15h24

    Odeio quando vendedor que me ver vestida com a roupa e fica falando: “vem aqui fora pra eu ver” “nossa ficou linda em vc”… eu tô no provador quero ver as coisas com calma, reparar cada detalhe…não gosto de me mostrar pra vendedor, me deixa quieta! não vai ser a opinião do vendedor que vai fazer eu levar aquela peça.

  61. Natália Mattos21/05/13 • 15h24

    Se a vendedora chega e pergunta o que estou procurando e me segue como uma louca, eu nem penso 2 vezes em sair correndo. Ela precisa ser honesta, não ficar elogiando como se eu fosse uma mega-star rsrs Outra coisa chata é eu sentir que ela não tá querendo procurar meu tamanho. Loja tem que ser cheirosa, com chão limpo e espelho brilhante tb. A vendedora bem arrumada, falando corretamente, oferecer ajuda e liberar um espaço depois. Oferecer uma água e um mimo tb é tudo de bom! E nem pensar em embolar minhas roupas e jogar no saco, tiro na mesma hora e arrumo eu mesma. Iluminação tb é tudo, em caso de loja de make… uma iluminação real pra conferir se a cor da base é mesmo boa, é mega-necessário Bjss

  62. Liza21/05/13 • 15h24

    Tem um que eu amo! Desconto de aniversário que não se esgosta em uma vez (vale usar quantas vezes quiser ao longo do mês da aniversariante). Geralmente, maio é um mês de rombo no cartão e se tenho desconto ao longo do mês na loja do coração, compro mais de uma vez, uma no início e outra no final do mês. 🙂

  63. Thaís Mota21/05/13 • 15h29

    Concordo em gênero e número com vc Coony!
    Fui criada dentro da loja de decoração da minha mãe, que fica em um bairro nobre aqui em Brasilia. Quando eu comecei a participar mais da loja, em atender/vender a regra era sempre simpatia, e deixar o cliente a vontade na loja, o bom atendimento é o nosso diferencial até hoje!
    Depois disso eu me tornei uma pessoa mais chata na hora que vão me atender, n aceito ser mal atendida em lugar algum.
    Já aconteceram várias situações constrangedoras com a minha família, e o atendimento que agnt recebe nas lojas. Certa vez fomos fazer a retirada de um carro na concessionária e a despachante só tinha conversado com meus pais por telefone, ficamos esperando cerca de 40 min. por atendimento (que tinha hora marcada) qnd meu pai se identificou dizendo que era o cliente que a moça esperava, ela ficou pasma. Acho que ela esperava um sr. de terno e gravata, e apareceu meu pai de chinelo uma calça que ele cortou as pernas e virou bermuda.
    Um beeeijo pra vc, e sucesso na loja da Rachel!

  64. Carolina21/05/13 • 15h30

    Adorei a ideia do post, concordei com tudo! Faltou o sofazinho na loja. Ajuda demais, principalmente quando vamos comprar com alguém junto.
    Viro fiel quando a vendedora se apresenta e me da espaço. Não fica aparecendo quando eu pego alguma peça para dar opinião pessoal mas também não some do mapa.
    Vendedora não é amiga, simples. Educação, respeito e espaço são essenciais.

  65. Carolina21/05/13 • 15h36

    Em lojas de sapatos, o vendedor disponibilizar os DOIS pés para você ao invés de apenas te dar um e manter o outro na caixinha.
    Outra coisa importantíssima para comprar sapatos: iluminação, lugar confortável para se sentar e espelhos grandes.

  66. Sam21/05/13 • 15h37

    Levar na porta é constrangedor, geralmente da a impressão de que as vendedoras estão “rezando” nas nossas costas (principalmente no meu caso que sou uma chata), não gosto, acho desnecessário. Também não gosto de ter uma sombra atras de mim, prefiro ter um pouco de espaço. Quando eu passo em frente a M. Martan fico louca com aquele cheiro, em qualquer shoppis que você vai e sente aquele cheirinho já sabe, é uma loja da M. Martan, acaba que fica meio uma identidade da loja. Sofazinhos para os acompanhantes (namoridos), fico com pena do meu namo esticado em pé quase 2 horas enquanto eu experimento roupas. Brindes, descontos, etc fidelizam muito os clientes, assim como mimos de datas comemorativas,ligar pra avisar que chegou coleção nova e tals. Vendedora discutindo comigo, acredite sempre tem, eu digo que não gosto de tal coisa ai elas vem com mimimi que esta na moda, que combina, que isso e aquilo, se eu não gosto eu não levo e ponto, forçar barra comigo e pedir pra eu não voltar. vendedoras que não sabe o que vendem, fui em uma loja e tinha uma vestido mulet, era lindo mas aquele “rabo” me da nos nervos,ai eu disse que o vestido ia ser mais lindo se não fosse mulet e a vendedora me disse que aquilo se chamava comprimento sereia, que mulet era quando era todo despontado na frente e atras não aguentei e fui la discutir com ela… serio, quem vende roupa tem que pelo menos saber o o nome das peças. Acho que só rsrs. Boas sorte no empreendimento Rachel!

  67. Suzana21/05/13 • 15h40

    Ouvi um dia o CD do Alexandre Pires inteiro na Renner… Sofrimento só aceitável porque tenho que ir a outra cidade para comprar!

  68. Ewelin21/05/13 • 15h41

    Amei!
    Lembrei de uma situação em uma loja, em que estava provando umas camisas, e a vendedora me deu uma 2 tamanhos a mais que o meu, ficou enorme e a vendedora dizia que estava lindo e que só faltava um cintinho. Eu estava ciente que não estava bom e ela insistindo que estava lindo haha! Isso me incomoda, vendedora que tenta te agradar a qualquer custo, achando que a cliente não está se vendo no espelho né!
    Adoro o blog Cony, mas quase nunca comento!!! Continue nesse caminho!! Seu blog é 10! Bjoo

  69. Eliza21/05/13 • 15h50

    Adoro as que dão desconto no mês do aniversário. Para quem não sabe a Farm dá 20% de desconto tanto nas lojas quanto no site. EU estou no mês do meu aniversário, uhu!!! Semana passada fui na Santa Lolla e tive quase 100 reais de desconto nas minhas compra também.
    Eu não gosto quando a vendedora planta do lado da cabine e pede pra ver tudo o que vc tá vestindo, acho um saco!

  70. tatiane21/05/13 • 15h54

    Acho que seria legal falar sobre as trocas.Na maioria das lojas,os clientes que se atrevem a levar produtos para trocar são muitas vezes ignorados e até destratados.Por que não podemos,ao trocar um produto,levar outras coisas,só pela simpatia da vendedora?

  71. kelly21/05/13 • 15h55

    morri de rir com o: Fico sem saber que horas pego a sacola na mão da vendedora. pior que é verdade.

    Também achei que o safá, que disseram ali em cima é bem válido.

  72. Maira21/05/13 • 15h55

    Facim facim de responder essa…bom atendimento é essencial, as vezes a roupa nem está com um preço legal, mas a vendedora é tão simpática e solícita, que te ganha de cara.

    Prateleiras arrumadas; provador limpo (morro de nojo de provador sujo, uma vez estava indo provar uma roupa na c&a e tinha uma fralda descartável dentro do provador jogado no chão, fiquei morrendo de nojo).

    Roupas com preço na etiqueta, acho um saco ter que ficar perguntando o preço da roupa.

    Já trabalhei muitos anos como vendedora, então acabo reparando muito em tudo…reparo se a lj está limpa, cheirosa, se a vendedora é educada sem soar falsa e forçada, se o atendimento no caixa é rápido.

    Eu sei, é desgastante, mas é muito bom voltar pra casa e sentir que seu dever foi cumprido, principalmente no final do mês quando o faz-me rir chega gordinho…rsrsrsrsrs

  73. tatiane21/05/13 • 15h55

    Outra:Se a cliente não é tamanho P,não tente adivinhar o tamanho dela..Pergunte.Se o vendedor pegar G em alguém que usa M,pode ganhar uma inimiga mortal.hehe

  74. nadia21/05/13 • 15h59

    Parece que vc leu meus pensamentos concordo em gênero, número e grau com tudo o que foi dito acima!

  75. Flávia21/05/13 • 16h03

    Eu amos as lojas da minha cidade, pq elas mandam sacolas de roupas, sapatos, acessórios… enfim TUDO de qualquer loja, seja comum ou franquia, aí vc pode experimentar a vontade, combinar com o seu sapato, sua bolsa, enfim, uma praticidade.Ainda entregam e vem buscar depois.

  76. Nara21/05/13 • 16h04

    Eu adoro quando a loja tem catálogo. Não tenho a menor paciência de ficar procurando as coisas nas araras e gosto de ver a roupa ou até o sapato no corpo. A Farm, por exemplo, coloca a foto da roupa no corpo pendurada no cabide e ainda tem o catálogo. Amooo!!

  77. telma21/05/13 • 16h09

    – odeio provador que não tem tapete, pisar no gelado não dá, se eu tiver várias peças então, desisto. Pé gelado pra mim não dá
    – vendedora que diz “mas tá na moda, tá todo mundo levando” pronto… largo a peça e sumo
    – musica alta é insuportável!!!! amo lojas em que tocam “louge music”
    – roupa amontoada na sacola, imperdoável
    – sacola de plástico (mais de uma machuca a mão)
    – provador apertado
    – brinde vagabundo, nesse caso melhor não dar nada né
    – araras bagunçadas

    e todas as outras coisas que vc escreveu no post, e as meninas nos comentários

    • Loli21/05/13 • 17h09

      Tb acho que se for pra dar brinde vagabundo é melhor não dar nada.

    • Dani22/05/13 • 22h00

      Detesto loja com música bate estaca ou alta demais. Outro dia entrei na Espaço Fashion daqui do shopping Rio Sul e não aguentei ficar mais de 15 segundos, até falei pra vendedora: “Olha, eu ia experimentar o vestido da vitrine, mas não aguento essa música berrando no meu ouvido”, e ela respondeu que nem ela, que estava prestes a pedir demissão porque não aguentava mais, hehe.

  78. Juliana21/05/13 • 16h09

    Pra mim um quesito fundamental em uma loja é um bom vendedor. Estou um pouquinho acima do peso e tenho trauma de loja de roupas pelos olhares das vendedoras quando chego, me julgando e dizendo que ali não tem nada pra mim. As lojas de departamento me promovem um conforto grande, por que lá a gente fica a vontade de provar o que quer. Já cansei de encontrar roupas tamanho M que me serviram quando na verdade visto GG. Deixar o cliente a vontade pra mim é essencial.

  79. telma21/05/13 • 16h11

    opa, lounge music…sorry

  80. Patrícia21/05/13 • 16h11

    kkkk! Acho que o principal é tratar bem a cliente independente de como ela está vestida ou se comprará algo ou não. Digo porque já entrei em loja vestida de forma mais simples (digo de calça jeans e camisa social mais simples) e fui super mal atendida!!! O vendedor teve a cara de pau de me falar p levar o casaco na cor que eu não queria pq o que chegaria seria bem mais caro. Nunca mais volto lá. Tomei nojo da loja e do vendedor (que rico com certeza não é).

    Outra coisa, se vai levar logo perguntam se é no Cartão de Crédito e quando vc fala que não vai levar elas dizem: mas nós dividimos em até 6 x!!! Mania desse povo, pelo menos em Sete Lagoas/MG. Passa a impressão que a compradora não tem dinheiro!! Não param p pensar que não levarei pelo simples fato da roupa não ter agradado!!!

    Mas é lindo quando a vendedora da melhor loja da cidade te liga e diz que a coleção nova chegou e te chama p tomar um chá. Vc diz que não poderá ir e ela sutilmente diz: venha pelo menos p tomar um chazinho, vc é tão legal!!! Me ganhou!! Achei super elegante e educado! Passa a impressão de que vc é importante p a loja, ainda que não compre, em alguns momentos.

    Bjs.

  81. Laila21/05/13 • 16h11

    Não me importo que me sigam até a porta, achei estranho na primeira vez mas agora já acostumei. Acho que tem essa questão do alarme disparar e tbém pra dar ideia de atendimento diferencial.

    Se uma vendedora me largar para atender outra cliente eu não volto mais na loja, a cliente antiga que espere o meu atendimento acabar para ser atendida. É só a vendedora avisar educadamente que está atendendo e que espere um pouquinho, ofereça água, café, suco, sei lá. Não é assim no salão de beleza? Quando a gente chega no salão o cabeleireiro não larga a cliente no meio do corte e vem nos atender. Temos que esperar o atendimento anterior acabar. Mesma coisa.

    Não me importo que tragam produtos semelhantes, mas que sejam semelhantes e não coisas bizarras com cara de encalhados. O que me deixa puta é trazer outra numeração, calço 33 e nem sempre as lojas tem o nº, não adianta trazer 34. Eu não calço 34, é 33. Se não tem então diga que não tem e pronto.

    E pra finalizar, eu não gosto que fiquem me ligando pra dizer que chegou coleção nova ou modelos novos, prefiro que mandem por mensagem de texto ou email. Detesto parar algo que exige concentração para atender o telefone e é a bonita da vendedora de bijouteria dizendo que receberam peças novas. Na Dummond eles dão essa opção qdo vc preenche o cadastro, dá pra escolher se vc quer receber as novidades por ligação ou por msg. Achei ótimo!

    • Andressa Oliveira21/05/13 • 17h21

      Muito interessante a comparação com o salão de beleza. Acho que vc tem toda razão…

  82. Vivian21/05/13 • 16h15

    Gosto qdo a vendedora lembra do meu nome e um pouco dos meus gostos. Nao curto qdo a vendedora me leva ate a porta nao, fico constrangida. Aaaa ODEIO qdo eu entro só pra ver as novidades nas araras e a vendedora fica no meu pé, quase colada comigo. Me irrita tanto que eu digo q ela pode ficar a vontade que qualquer coisa eu chamo ela.

  83. Fernanda Bomfim21/05/13 • 16h18

    Qualidade boa e preço digno: PRIMEIRO ITEM ESSENCIAL.
    Segundo: SINCERIDADE. A coisa que mais me irrita é vc tá vendo que a calça tá ridícula em vc, sobrando pano na bunda que vc – no caso eu – não tem, e a vendedora e tds as amigues da loja tão lá encostadas no caixa gritando: ‘MEU DEUS QUE ARRASO, ATÉ DEIXOU COM O BUMBUM EM PÉ’.
    AFFF, SEM MAIS. MENTIRA ACABA COM MINHA PACIÊNCIA!!

  84. Cleo21/05/13 • 16h28

    O essencial em lojas para mim é a correta informação do consumidor. As peças devem estar etiquetadas com os respectivos preços e sem propaganda enganosa na vitrine do tipo “super liquidação de 70%”, e daí quando vc entra só tem 3 regatas na promoção anunciada. Várias lojas já ganharam a minha antipatia por ferir esse nosso direito à informação. Perco todo o “tesão” em comprar nelas.

    Outra coisa: Peças limpas e em bom estado de apresentação.
    Deixo de comprar se a roupa estiver suja ou faltando peças, ou quebrada etc., a não ser que haja desconto e isso fique bem claro…

  85. Luciana Torres21/05/13 • 16h30

    Oi Cony, esse negócio de levar a compra até a porta, não é fazer as honras da casa não, segundo uma amiga empresária, dona de loja, a questão é ficar de olho no cliente pra ele não enfiar mais nada na sacola sem ninguém ver…Séeeeeeeeeeerio! Em relação às atendentes, às vezes você quer dar uma olhada geral, ver os preços, fazer uma análise pessoal, daí fica uma pessoa em cima de você, urubuzando… E outra, existem marcas que já tive o desprazer de comprar que as vendedoras te olham de cima embaixo (se você está de roupa de ginástica porque por acaso sua academia fica no mesmo shopping é o fim!) ou são arrogantes, te jogam na cara que a tal blusa custa apenas R$ 500 reais, e fazem de cara juízo de valor… Para, néhan??? Por isso, treinamento de pessoal é essencial, gente fina, elegante e sincera, mas acima de tudo EDUCADA. Respeitem o momento… Beijo!

    • Constanza21/05/13 • 17h21

      Putz, pior!

    • Flávia21/05/13 • 17h59

      Luciana esse negócio de vendedor que mede o cliente, que vai pelas aparências é muito complicado. Tenho uma loja (na área de decoração) e sempre treino os funcionários para atender todos os clientes da mesma forma. Respeito é fundamental.

    • Ana21/05/13 • 19h28

      Ai amigue vc vai na loja antes da academia né? Não me diga que vc vai provar roupas toda suja e suada e depois larga as roupas lá pra outra comprar.

  86. patricia21/05/13 • 16h32

    Cony, o que vc acha dessas escovas rotativas??? Será que é uma boa compra?

  87. leticia21/05/13 • 16h35

    acho essencial provador com espaço, portas ou cortinas que realmente fechem, cabides pra você deixar sua bolsa, banquinho pra sua roupa e nada de ficar jogando tudo no chão (acho até que descobri por que que as roupas da C&A são tão amassadas! ahahah)
    Gosto mt de provadores com dois espelhos não paralelos, de forma que possibilite ver o caimento da roupa de frente e de costas.

    ah! e ODEIO qd a vendedora insiste em ver como ficou a prova!!!! PRA QUÊ minha gente?! será que alguma vez na vida ela vai falar “olha amiga, ficou péssimo, leva não!” 😛 só veja se for chamada e não insista.

  88. Karla Luraschy21/05/13 • 16h46

    Cony, esse post é interessantísmo mesmo!
    Concordei com tudo que li sobre o que você escreveu! Só, uma coisa que queria falar além do que já foi falado aqui nos posts. A loja pode ser cara e chique. E eu posso ter dinheiro, mas estar num estilo mais despojado. Isso não significa que não tenho dinheiro para comprar. Já passei por constrangimento assim, e acho péssimo vendedora que não quer me atender ou vem atender com desprezo achando que não terei condições de comprar o produto. Portanto, simpatia e bom atendimento devem sempre estar presentes na vendedora e elas não devem fazer pouco caso de ninguém, só por causa da maneira como a pessoa está vestida e entra na loja.
    No meu caso, eu não só levei o que queria como comprei mais, mas fui até a gerente e baixinho e com classe eu reclamei. ehehehe

    beijokas em ti!

  89. Suelen21/05/13 • 16h50

    Melhor atendimento que existe para mim é o da Madame MS na loja do Parkshopping: Você entra, vendedora se apresenta “meu nome é fulana, vc procura algo especifico?” eu sempre respondo aquele clássico “to dando uma olhadinha” ela diz: fique a vontade, se quiser provar algo é só me procurar.
    eu reviro todas as araras quando olho para trás com cara de “cade a vendedora” ela sempre está atenta para atender.
    para mim esse sempre é o melhor atendimento, deixar o cliente a vontade, se ele quiser sua opinião ele vai pedir, se ele quiser te perguntar alguma coisa ele vai perguntar, a questão é sempre estar a postos para solucionar o problema do cliente.

  90. Karine21/05/13 • 16h54

    Uma coisa que agora acho SUPER importante hoje em dia na loja, é o Facebook, pode parecer besteira mas loja que mantém um face sempre atualizado com looks, avisando quando tal peça do lookbook chegou, postando foto da vitrine me CONQUISTA.

    Sigo um monte de lojas no face, tem umas que nem frequentava muito, mas quando passei a seguir no face passei a frequentar mais e inúmeras vezes ir atrás de tal peça postada no face.

  91. Dulcinea Martins21/05/13 • 16h55

    A loja me conquista quando tem um provador arrumadinho, limpinho e cheirosinho, com vários locias para pendurar as peças e um banquinho… Já encontrei provadores imundos na C&A que me desestimularam de entrar…
    * Também não gosto quando a vendedora me acompanha até a porta…rs

  92. Raema21/05/13 • 16h58

    Queria saber QUEM DEU LIBERDADE pra vendedora abrir a cortina do provador como se fosse sua mãe? Tava na Hope uma vez, experimentando um sutiã e a LOUCA fez isso. Quase morri de vergonha. Vesti minha roupa e fui comprar na loja de outro shopping.

    • Mari21/05/13 • 18h35

      kkkkkk muuuuito verdade! e também aquelas que ficam gritando de fora do provador de 2 em 2 segundos: ta bom? ficou bom? gostou? ta dando certo? quer ajuda?

      meu, com licença? obrigada

    • Ana21/05/13 • 19h31

      Isso nunca aconteceu comigo ainda bem, se acontecesse eu não sei o que faria. Nem minha mãe faz isso, e se fizesse (entrar sem avisar quando eu tô nua) eu não ia gostar.

  93. Andressa Oliveira21/05/13 • 17h17

    Uma dica: vendedora rápida! Odeio, principalmente em lojas de sapatos, aquelas vendedoras que passam um tempão para trazer 5 pares de sapatos e te deixam esperando enquanto elas fazem um tour no estoque à procura de coisas que você não pediu. Quando você vê a criatura, uma eternidade depois, com aquele monte de caixas e compreende o porquê da demora, dá uma raaaaiva! Minha sugestão é: traz a peça/sapato e apenas mais um similar ao que a cliente pediu, para o caso daquele que era o desejo inicial não dar certo. Se nenhum dos dois derem certo, aí sim PROPOR trazer outros que possam agradar, desde que sejam no mesmo estilo. Também gosto das vendedoras que realmente se preocupam em investigar para ajudar, por exemplo: várias vezes entrei em lojas procurando uma roupa para uma festa e tinha apenas noção da cor da roupa ou do estilo, daí algumas vendedoras são legais e perguntam: “É para alguma ocasião específica? Se importa se eu perguntar a ocasião?”, aí eu morro de amores quando a pessoa traz roupas condizentes com a ocasião, respeitando o estilo que a pessoa disse que queria… essas coisas me agradam…

  94. Jacqueline21/05/13 • 17h17

    Bem, muita coisa eu vou chover no molhado, mas vou dar meus dois centavos!
    1 – A questão da vendedora não ser “sombra” pra mim é muito importante – é um dos principais motivos pelos quais sou fã de fast-fashion. Detesto que fique atrás de mim ou perguntando. Basta se apresentar, ser simpática e, se eu precisar de ajuda, estar disponível quando eu procura-la.
    2 – Não ficar opinando na peça. Tem uma loja de sapatos aqui do Rio que eu adoro (tem modelos lindos), mas acho o atendimento um pé no saco, pq além dos vendedores trazerem vários modelos que não tem nada a ver com o que vc pediu, a cada calçado que vc coloca nos pés eles não param de falar sobre como o sapato é lindo, que ele tem uma “pegada” assim (folk, romântica arrojada…), o quanto é versátil (serve para tais, tais e tais ocasiões), combina com tal, tal e tal estilo de roupa… Praticamente um dossiê do sapato. E acho que isso é orientação dada pela gerência, pq todos são assim, em todas as unidades. Não deixo de comprar lá por isso, mas me sentiria muito mais a vontade sem isso.
    3 – A questão que já comentei lá em cima do desconto no mês de aniversário. Acho super simpático e sempre acabo aproveitando e comprando algo na loja.
    4 – Complementando o que vc já disse dos espelhos e iluminação, ter provadores com vários penduradores e banquinho é super importante.
    5 – Por fim, detesto quando as peças da loja não tem preços na vitrine e/ou na etiqueta das peças. Não curto ter que ficar perguntando o preço de qqr coisa que eu goste pra vendedora. Preço visível na peça é fundamental (na vitrine ou na arara).

  95. Fernanda21/05/13 • 17h21

    A abordagem na entrada é muito importante tmb. Não tem coisa mais chata quando a gente coloca o pé na loja e ja vem a vendedora desesperada: “E pra vc??! Posso ajudar??”. Muitas vezes queremos andar, garimpar, e fica aquela vendedora vigiando do lado. Detesto, vou embora na hora… Não tem clima desse jeito!!

  96. Tati21/05/13 • 17h38

    Alguns itens importantes para mim :
    – Loja cheirosa , mas não muito , tenho enxaqueca e ela surge com perfumes enjoativos.
    -Música boa, porém baixa, precisamos ouvir a companhia e o vendedor tbm (tem uma loja de óculos no Anália Franco que é insuportável)
    -Vendedora com cara de TPM ngm merece, se quer trabalhar cm o publico precisa no mínimo ser simpática e entender que ngm é obrigado a levar algo só para não ficar chato.Já cheguei a sair da loja, voltar e solicitar outra mais simpática.
    -Brinde…qqr coisinha já agrada.
    -Vendedora mentirosa , acha que td esta lindo, qdo esta na cara que não esta.
    E td ais o que vcs falaram.

  97. Débora Lauton21/05/13 • 17h39

    Não poderia deixar de comentar nesse post…

    Não tem nada que me irrite mais do que vendedora chiclete, já tem lojas que nem visito mais porque não tenho paciência de andar com sombra por aí… me sinto como se estivesse em condicional e precisasse ser vigiada para não roubar nada!! Mas também não há nada pior do que precisar de ajuda e não aparecer um vendedor pra te ajudar… principalmente em lojas em que o uniforme não tem aquela cara de uniforme, que você até fica com receio de perguntar se a pessoa trabalha ali…

    Outra coisa que irrita é quando a vendedora te mede de cima a baixo para só depois vir te atender, sinto como se ela estivesse analisando meu extrato bancário para saber se vou fazê-la perder tempo ou vou comprar mesmo…

    E por fim, nada de elogios ou ficar pedindo pra ver como ficou… é terrível quando a roupa te veste super mal e a vendedora fica elogiando, nesses momentos desligo a audição e finjo que nem é comigo…rsss

    Bem, pra mim… simpatia é a melhor forma de fidelizar um cliente… volto sempre e deixo de frequentar lojas, restaurantes, hotéis e qualquer outro estabelecimento quando o atendente me trata como se estivesse me fazendo um favor…

    beijos e boa sorte na loja Rachel

  98. Erika21/05/13 • 17h47

    Uma coisa que me irrita também é quando você entra em uma loja e tem um monte de vendedora batendo papo que nem te dão bola e continuam a fofoca…parece que estou interrompendo algo! A Farm sempre tem dessas.

  99. Cristina21/05/13 • 18h14

    Concordo com tudo que você postou Cony…e acrescento: DETESTO quando entro numa loja a vendedora pergunta se você quer alguma ajuda e quando você fala que não, ela te oferece um cartão de crédito da loja, e pior, INSISTE até a gente ter que responder ‘meio grossa’ que NÃO quer (leia-se Renner, CeA, Riachuelo…)!!! E quando você pede uma peça com numeração diferente elas nem olham para o lado e já vão dizendo que não tem!! É o fim!!!!

    • Ana21/05/13 • 19h36

      Eu to deixando até a ir com mais frequência em loja de departamento por causa desses malditos cartões que ficam tentando te empurrar o tempo todo. Vc não pode dar 10 passos sem alguém te perguntar “játemocartãodalojaaaaaaaaa” po, é constrangedor!

      • Katia21/05/13 • 20h51

        Eu tenho uma resposta pronta para a pergunta do cartão… “Já tenho, obrigada!”
        kkkkk eu não tenho cartão de loja nenhuma mas digo que tenho e eles vão oferecer a outra pessoa 😀

        • Mariana22/05/13 • 15h55

          Eu tb tenho essa resposta pronta “Já tenho o cartão”, mas um dia na C&A,uma vendedora queria me passar a nova versão do cartão e sei lá mais o que e minha desculpa foi pro brejo!!!

  100. Izabel21/05/13 • 18h16

    Oi Constanza td bem? Sabe sempre leio seu blog, mas não sou uma pessoa de muito comentar… Mas sabe, eu conheço muito bem os dois lado da moeda. Sou cliente e vendedora. Não sei se vocês já tiveram a oportunidade de trabalhar com o público assim, frente a frente. Mas garanto, não eh nada fácil. A cada dia, tenho contato com muitos clientes, muitas personalidades e muitos gostos diferentes. Aquele atendimento que funciona super, com um certo cliente, faz outro se afastar. Pode acreditar, se vc fica perto, eh intrometido, se fica longe, eh desleixado. Mas pra tudo se dá um jeito. O que realmente me incomoda muito, e acho que foi o que me fez escrever tudo isso, é a falta de respeito. Vc não entra na sala de um advogado e joga todas as folhas dele no chão, simplesmente pq esta dando uma voltinha. Vendedores estão em horário de trabalho, estão ganhando a vida como se diz, dizer um oi,por favor ou obrigada, não jogar as roupas no chão do provador, e dizer cordialmente que algo esta incomodando, ou simplesmente elogiar, são atitudes simples e fazem bem pra ambas as partes. Consumidores e vendedores. Sei que todos sabem disso, mas não custa lembrar! Bjoos

  101. alice21/05/13 • 18h28

    eu odeio vendedora que quer ser mais que quem ta comprando.. tem umas que tem o rei na barriga..affe

  102. Mari21/05/13 • 18h30

    hhahah ameiii cony! posso fazer a doida e responder também??

    Qual a abordagem você gostaria de receber para comprar outras peças além daquela que você se interessou? 
    adoro quando estou no provador provando uma roupa e a vendedora traz um acessório ou uma outra peça que combine com a que eu estou provando. tipo sempre caio nessa, to provando um vestidinho e a vendedora traz um cinto e faz o styling pra mim, sempre acabo comprando o cintinho tb. ou estou provando uma blusinha e ela traz um coletinho, sabe? mas tb só traga uma ou duas peças a mais pra combinar, pq se não me estresso com 10 roupas a mais do que pedi.

    Você reclamou daquela vendedora que está te atendendo e perde o foco quando chega uma cliente antiga que sempre comprou com ela. Neste ponto se a gerente continuasse lhe atendendo você acharia ruim? Você tem alguma outra sugestão?
    ai isso é uó. fico revoltada! é tipo cabeleireiro que começa sua escova e pede pro colega terminar pq chegou a cliente amada dele. muita falta de respeito. acho que o menos pior é esse mesmo, colocar outra vendedora pra continuar o atendimento… mas tb é de bom tom ela depois perguntar pra cliente se ela ta satisfeita e sendo ajudada e tal.

    a minha listinha de coisas que agradam em lojas:
    numero 1 : provador bom! gente, ODEIO aqueles provadores que a cortina não fecha direito e o povo passa e vê tudo dentro do provador, odeioooo. também ODEIO aqueles provadores que são no meio da loja, vc não pode nem sair pra olhar num espelho maior que já sai no meio da loja. poxa, faz uma área de provador fechadinha… e com espelhos grandes!
    numero 2 : quando dão desconto no mês ou na semana do aniversário! amooooo, isso é o máximo!
    numero 3 : vendedoras interessadas em vender. gente não tem nada pior do que você entrar na loja e ver as vendedoras lá atras do balcão papeando e acessando facebook sem nem perceber sua existência. alou, alguém vai me atender?
    numero 4 : vendedora ágil! olokoo, não precisa demorar 45 minutos pra ir ver se tem o tamanho M daquela blusa né? e outra, na hora de pagar!! por favoooor, pra que tanta demora?? é um tal de tira etiqueta pra por no papelzinho, escanea, passa pro computador, ih esqueci de uma etiqueta, pega a etiqueta, escanea, passa pro computador, pede o cpf, pede o telefone, pede o nome da mãe. ai please, nao dá! paciência zero pra atendimento lerdo.
    numero 5 : quando fazem os ajustes/bainha na própria loja, gente isso é muito prático!

    posso falar uma coisa que detesto também? ficar ligando de mês em mês pra avisar que chegou peças novas. ODEIO. no máximo manda um sms, e só 2 ou 3 vezes por ano por favor! kkkk

    • Loli21/05/13 • 19h49

      Devo até ter dito isso no outro post da Cony, mas vou repetir: ODEIOOOOOOOO que me peçam cpf, endereço, telefone, blablabla. Velho, primeiro, geralmente tô com pressa e não, geralmente (sempre) não tenho interesse em fazer cadastro nenhum em loja nenhuma. É invasivo isso. Temos que deixar nossos documentos e dados pessoais em TODAS as lojas que compramos?? A loja tem que perguntar: “tem interesse em fazer o cadastro na loja?” e se for o caso anunciar os benefícios que a pessoa terá, como desconto no aniversário. Aí sim. Mas tem que dar a opção de a pessoa negar sem ficar constrangida, o que acontece quando vão perguntando logo seu nome, cpf e etc etc.

      • Luciana21/05/13 • 22h03

        Isso é algo que me incomoda…. Tem vendedores que nem perguntam se você quer fazer o cadastro… Já vai perguntando cpf endereço, etc. E quando estou com pressa? Odeio.

  103. luciana21/05/13 • 18h30

    lembrei de uma coisa…pra loja de sapatos, especialmente. acho legal qdo a vendedora traz os sapatos que vc pediu e te deixa experimentar na paz, com calma, sem ficar lá, agachada, ajoelhada, esperando vc provar. qdo isso acontece me sinto extremamente pressionada e já solto “ó, pode ir atender outra pessoa viu, pq eu demoro mesmo pra me decidir…” hahaha

  104. leitora21/05/13 • 18h37

    Olá.Tudo bem?O que mais agrada é o atendimento,com educação,respeito,dedicação,simpatia,paciência.
    A limpeza da loja também é fundamental.
    Detesto vendedor(a) grosseiro(a) que fica irritadinho(a) quando
    nós não compramos,como se fóssemos obrigadas a isso,e
    faz comentários maldosos a nosso respeito quando esta-
    mos saindo da loja.Isso é triste,só faz perder clientela.
    Existe vendedor(a) que pensa que cliente “esquece”do tra-
    tamento recebido…….
    Abraços.

  105. Maria Ester Reis21/05/13 • 18h48

    SIM
    -Provadores com espelhos que permitam se ver de frente e de trás!(muito importante!)
    -Loja organizada.
    -Música numa altura confortável.
    -Ser solícita na medida. Nada de ficar rondando ou insistindo.
    -Conhecer o produto que vende. Pelo menos as especificações básicas. Outro dia numa loja de maquiagem perguntei se um determinado produto era à prova d’água e a vendedora disse que não. Eu estranhei, ela olhou na embalagem e viu que era…
    Não criar problemas em caso de trocas.

    NÃO
    -Deixar cliente para atender outro acho inadmissível.Se o cliente é antigo e chega depois ele sim deve entender e esperar. Se acontece comigo ou vou embora ou se tiver que voltar na loja faço questão de ser atendida por outra vendedora.
    -Não trazer o sapato 37 se disse que meu número é 38. A não ser que tenha certeza que o produto é fora do padrão. Me irrita demais!
    -Bate papo de vendedora. Entrar na loja e ter que esperar as bonitas acabarem o assunto para responder algo é o fim!!!
    -Intimidade excessiva sem me conhecer.rsrs Garanto que não sou esnobe.
    -Excesso de elogios. Principalmente quando experimentamos roupas.

    bjss

  106. Francine21/05/13 • 18h57

    Para vc voltar e se sentir bem precisa:
    -Gosto de sorriso, de cara boa,
    -De um caixa rápido/ágil e que não te pergunte até o numero do celular da tua vizinha “só para cadastro”
    -De espaço(sem ninguém grudado em vc),
    -Da luz certa,
    -Do preço em lugar visível,
    -De loja bem cuidada, de flores frescas,
    -De costureira(para ajustes)própria,
    -De garantia de troca, se apresentar algum defeito,
    (pq aquele negócio de mandar para fabrica e vc ter que
    ficar esperando 30 dias)
    -De condições de pgmt maleáveis se vc precisar,
    -De roupa passada e cheirosa,
    -De cartão de feliz aniversário,(adoro!!! acho tão fofo)
    -De poder levar para experimentar em casa,
    -DE PORTUGUES BEM FALADO,
    -Sertanejo não combina com loja boa, nem que seja uma música
    que todo mundo gosta!!! Desmerece o ambiente… Cliente quer glamour!!!
    -Odeio quando as vendedoras se juntam e começam a rir sem parar e vc fica sem saber se é de vc…
    e de todas as coisas que vc já relatou….
    Só um pouco exigente… Credo!!!

  107. Carol P.21/05/13 • 19h03

    Concordo em tudooo..rsrsrs…
    principalmente “Sabe uma coisa que não gosto e me deixa sem graça? Que me levem até a porta e aí me entreguem a compra. Acho muita pompa e eu gosto de praticidade. Prefiro eu mesma pegar e sair… sempre fico sem saber que horas que pego a sacola da mão da vendedora kkk”…..

  108. Sarah21/05/13 • 19h12

    É por essas e outras que tenho um amor eterno pelas lojas online. Ficam abertas 24h, não tem vendedora chata, você coloca tudo na “sacola” e tira tudo na hora que bem entender, tem tempo o suficiente para escolher o produto, não existe opinião alheia e o melhor: não existe constrangimento no caso do cartão não passar! haha

    🙂

  109. Bárbara21/05/13 • 19h16

    ri e me identifiquei muito com a última dica da saída da loja! hahaha

  110. Maira21/05/13 • 19h33

    SObre a questão da vendedora acompanhar a cliente até a porta, creio que é para evitar constrangimento, caso soe o alarme.
    Uma vez, o alarme apitou quando eu estava saindo de uma loja de esportes. Fiquei MUITO CONSTRANGIDA, pois TODOS da loja, clientes e funcionários ficaram me olhando desconfiados. Fui furiosa até o caixa, apresentei a nota fiscal, eles tinha esquecido de retirar a peça que aciona o alarme…NUNCA mais voltei à loja!

    • Loli22/05/13 • 18h03

      Poxa isso já aconteceu comigo na Renner ou na C&A, não me lembro, e fui muito bem tratada, a moça na porta disse que deviam ter esquecido de tirar o treco, voltei na caixa e a moça lá tirou. Foi tranquilo. Mas sabe que nesses casos vc pode processar o estabelecimento? Dano moral.

  111. Miriam21/05/13 • 19h33

    Cony, adorei esse post!! Sou dona de loja e sempre é bom saber o que as clientes gostam, porque muitas vezes a gente acha que está agradando e na verdade não esta! Fiquei feliz que minha loja se enquadra em vários pontos que vc citou, sempre tenho um cafezinho, chimarrão (sou gaúcha!!!), brindes, musica boa e um ótimo banheiro!! hehehe! beijos!

  112. Paula Maia21/05/13 • 19h44

    Eu concordo com tudo que foi colocado, mas tem 2 coisas que eu acrescentaria: vendedor não empurrar um tamanho que não é o seu e um provador que tenha um bom sistema de “fechamento”. Acho um saco ter que provar roupa em provadores que fecham por uma cortina, mas que fica um espaço na lateral e que está do outro lado consegue ver perfeitamente quem está experimentando a roupa. É terrível, mas já aconteceu comigo em BH em uma loja de lingerie!!! Quanto ao tamanho, eu DETESTO quando o meu tamanho não tem na loja e tentam me empurrar um número menor, mas que a “forma é grande”! Pior qdo eu digo que SEI o que cabe e o que não cabe em mim e a vendedora insiste que é melhor provar! Aff… Sou plus size o que, por si só já gera estresse na hora de comprar roupa. Aí eu só ando em lojas que já sei que vendem roupas do meu tamanho, mas mesmo assim isso sempre acontece com um modelo ou outro. E isso acontece em lojas comuns (que não são de “tamanhos especiais”) também.

  113. leticia21/05/13 • 19h58

    ah! lembrei de outra coisa! se vc é dona de uma loja e quer dizer q se interessa pela opinião do cliente, OUÇA o cliente! acho o fim aquele totem da Renner com botões de opinião e o moço de pé pedindo pra vc apertar o botão. vc pode apertar o ótimo, o satisfeito e o completamente insatisfeito q o moço continua te olhando com a mesma cara. eles não procuram saber o q foi ruim e como melhorar, então pra que fazer a enquete?????????????? pra melhorar a auto estima e ver q a maioria do povo passa e aperta o satisfeito? acho inútil

    • Constanza21/05/13 • 20h20

      Aqui em BH quando aperta o ruim eles pedem pra preencher um formulario explicando o porque do ruim…

    • Priscila22/05/13 • 07h42

      É padrão a Renner pedir para a pessoa escrever o porquê foi ruim o atendimento e depositar na caixa de sugestões.

  114. Lara21/05/13 • 20h21

    Oi Cony, adorei o post.
    Sei que muitas vendedoras enchem mesmo o saco, e concordo com praticamente tudo que vc falou.

    Porém, já fui vendedora, e metade disso, são ORDENS das gerentes. Se não fazemos isso, elas enchem o saco.
    Por exemplo, ela me obrigava a levar coisas a mais do que a cliente pediu, o cinto então, nem se fala.
    E o “E aí?? como ficou?” mais uma das exigências.
    Acho que muitas gerentes de lojas que deviam levar a fama das vendedoras chatas, viu?
    Beijos

  115. Katia21/05/13 • 20h26

    Pode parecer bobagem, mas adoro provadores espaçosos que tenham porta com trava. Não gosto de trocar de roupa na frente de pessoas que não conheço. Na Renner o provador é legal mas aquela cortininha (inha mesmo) vc puxa pra direita abre o lado esquerdo, puxa o lado esquerdo abre o lado direito. E aquelas lojas onde a vendedora abre a cortina para te perguntar se está ficando bom… porta com trava pliiisss
    Outra coisa que não suporto é briguinha de vendedora, ou vendedora fofocando, comendo, falando no celular, etc.
    Música é legal mas não precisa deixar a gente com dor de cabeça de tão alto o volume.
    Ahhh… roupas passadas! 🙂

  116. Priscila21/05/13 • 21h28

    Eu desisti de lojas de roupas e só frequento lojas de departamento, fico mais a vontade pra escolher o que eu quero. Mesmo assim, tentarei listar o que presto atenção em uma loja ou atendimento:

    Profissional que gosta do que faz: odeio ir em qq loja, supermercado, camelô da esquina, e esse não tem o menor feeling pra atender ao público, com cara amarrada, quando vc faz pergunta e te responde quase te expulsando (e consegue me expulsar mas em definitivo). Já trabalhei anos com público, amava o que fazia, tanto com vendas quanto atendimento ao cliente e, se você não for uma pessoa paciente, que não consegue identificar o comportamento do seu público alvo, ESQUEÇA.

    Também é péssimo quando vejo rolando uma conversa super empolgante acontecendo, não dá. Quer conversar, ok, mas não na frente do cliente, pior ainda quando a vendedora começa a comentar de algum cliente, que eventualmente vc viu e ela começa a falar de algum detalhe da venda, vc viu aquele fulano, aconteceu isso, isso, isso, vc acha menina, que coisa, e blábláblá… Comente entre funcionários quando não tiver cliente na loja)

    Vendedora mal vestida ou mal maquiada: tem que estar vestido de acordo com a loja, mas sem chamar mais a atenção que as próprias roupas. Se a loja ceder uniforme para a equipe de vendas, acho excelente, padroniza e eu vou saber quem eu posso procurar em caso de dúvidas.

    Trilha sonora: não entro em lojas tocando axé, funk, ou qq bagaceira music. Também odeio aquela música de consultório dentário daquelas rádios estilo Antena 1, Alpha. Lounge Music é perfeito.

    Balcão bagunçado, aquela montanha de roupas em cima do balcão e ainda a vendedora vai ai nesse montante procurar a peça que vai ficar “perfeita” em mim.

  117. Priscila21/05/13 • 21h37

    Esqueci Certa vez me aconteceu um fato em uma loja que eu nunca mais entrei nela: havia uma rede de lojas de shopping com uma linha de roupa pra meninas entre 13 a 20 anos, e era uma loja hypada, lá fui eu com meu salário de miséria comprar alguma coisa nessa loja. Eu estava com uma sacola nas mãos com compra de outra loja. Quando fui entrar no provador, perguntei se eu deveria deixar a sacola com eles, nisso o vendedor disse eu poderia entrar no provador com a sacola. Ok, entrei, provei as roupas (e mais uma centena de outras peças que ele desceu pra mim, sem contar uma calça que não me serviu, mas que ele pegou alegando que iria colocar “na máquina de lacear roupa (?)”e sinceramente odiei tudo o que tinha visto nessa loja (exceto um par de sapatos que tinha lá), mas ainda pensei em levar uma blusa que gostei mais ou menos. Quando sai do provador, com aquela pilha enorme de roupas, que estava me dirigindo até o caixa pra pagar, o vendedor deu um jeito de pegar a minha sacola que eu entrei no provador e abriu e fechou rapidamente para se certificar que eu não tinha levado nada. Nossa, eu fiquei f*d*d* com a atitude mais que grosseira, disse que levaria mais nada pelo que ele havia acabado de fazer. Nunca mais eu voltei lá, hoje essa loja não existe mais

  118. Andreia21/05/13 • 21h48

    O que pra mim PRECISA ter na loja: preço exposto das peças que estão na vitrine.

    Juro que se a loja não tem preço das peças na vitrine eu nem entro, por mais que tenha gostado das peças, porque me dá a impressão que a loja quer passar a imagem de que ali não entra cliente pobre!

    • Loli22/05/13 • 18h09

      Concordo, também nem entro. Às vezes a gente compra algo até mais caro em outra mas que tinha o diabo do preço na vitrine.

    • Mau22/05/13 • 22h57

      Boa, essa, Andreia. Loja que não tem preço na vitrine, eu não entro. Tenho medo de morrer de infarto ou de fazer aquela cara de “o quêêê” ao ouvir os preços.

  119. Andreia21/05/13 • 21h57

    Ah, lembrei de outra coisa muito importante: provadores que fecham completamente!
    Pode até ser aqueles de cortina, mas então que tenham prendedor dos dois lados pra amarrar e fechar direitinho. Morro de agonia daqueles provadores de cortina que ficam balançando, voando e abrindo frestas enquanto estou me trocando e que dá pra loja inteira ver quem está dentro!

  120. Mel21/05/13 • 22h00

    Eu vou contar uma coisa QUE NAO GOSTO:

    eu detesto quando uma vendedora diz que vai ligar quando seu produto desejado chegar, e não liga….aff!

    leiam a minha história:

    Vou tentar resumir bastante, apesar da história ser longa:
    Eu sempre amei fui fiel a uma loja de sapatos muito conhecida…

    Liguei para vendedora que SEMPRE ME ATENDE e pedi que arranjasse um porta-níquel vermelho, que na semana anterior eu tinha comprado dois de outras cores diferentes e me decidi pelo vermelho uma semana depois…

    Ela respondeu que já tinha se esgotado mas que haveria reposição com certeza, porque esses porta-níqueis estavam no catálogo de presentes de Natal da marca!

    Então, desde meados de dezembro, passei a ligar na loja praticamente dia sim dia não para garantir o meu vermelhinho!
    Sempre a vendedora me atendia e me garantia: “Pode ficar tranquila, que quando chegar, um é seu!”

    Na semana anterior ao natal, liguei todos os dias, ela com certeza deve ter ficado de saco cheio de mim, mas eu precisava organizar meu tempo para dar conta de tantos compromissos de fim de ano e assim, eu precisava saber quando eu poderia ir na loja!

    O tempo foi passando e chegou o natal! E nada!
    E ela sempre garantindo que ia chegar…e poxa…o porta-níquel estava no catálogo de natal e não veio para o natal????????????

    Na semana entre o natal e o ano novo, eu não liguei nenhuma vez…pensei que eu deixaria a vendedora em paz, e que como eu SEMPRE COMPREI MUITO COM ELA, ela jamais me deixaria na mão se minha encomenda chegasse…fiquei tranquila…

    Passou o ano novo e dia 2 de janeiro, segunda-feira eu liguei na loja:

    Eu: Bom dia! Eu queria falar com a V!

    Caixa: Ela não está, tirou esta semana toda de folga!
    Eu: e a gerente?

    Caixa: Tbm tirou folga esta semana toda, alías, 10 dias!

    Eu: tem outra vendedora que pode me atender?

    Caixa: Sim…

    A outra vendedora atendeu e me respondeu:

    “_ Este porta-níquel já chegou para o Natal e já acabou há muito tempo!”

    Eu: muda……………………………………………..

    Eu: engasguei e falei: Mas a V. falou que ia guardar um para mim…será que vc pode olhar se tem alguma reserva para Mel?
    Outra vendedora: Ah sim…deixa eu ver…

    Ela voltou ao telefone e respondeu: _ Mel, não tem nada aqui para você não…espere a V. chegar semana que vem e converse com ela!

    Eu: Ok….

    Desliguei o telefone boba, decepcionada…engasgada, injuriada…afinal ERA A VENDEDORA QUE EU COMPRAVA SÓ COM ELA, liguei tanto…e ela esqueceu de mim e eu teria que esperar uma semana para saber o que aconteceu!

    Fiquei dois dias remoendo o assunto, até que resolvi ligar na loja de novo e contar o ocorrido para alguém responsável!

    Eu: Alô? Bom dia…a gerente está de férias né….

    Caixa: sim…só volta semana que vem…

    Eu: [contei todo o caso para a caixa] e perguntei para ela se havia alguém responsável, que respondia pela gerente na ausência da mesma!

    A Caixa friamente me respondeu que não…e eu insisti e retruquei:

    _ Mas como assim? A gerente sai de férias e não tem uma surpevisora responsável?

    Caixa: _ Não…acima da gerente, só o dono!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Eu: O que? Então…me dá o telefone do dono…

    Caixa: eu não posso, se vc quiser reclamar, entre no site e faça a reclamação! (bem fria e sem paciência)

    A situação foi me deixando nervosa e eu repito gente, NÃO ERA POR CAUSA DO OBJETO EM SI, e sim por causa do desprezo com que eu estava sendo tratada! [AFINAL, EU JÁ SAÍ DA LOJA COM 8 PARES DE SAPATO DENTRO DA SACOLA…]

    Eu falei para a caixa: qual o nome do dono da loja?

    Caixa: eu não posso te dizer!

    Eu: Mas como assim? Eu compro nesta loja há 20 anos, como eu não posso saber o nome do dono dela? Até se eu jogar no google eu descuhbro, é simples…

    Caixa: sinto muito, eu não estou autorizada a te dizer o nome do dono da loja!

    Ou seja: a vendedora esta de folga por 1 semana, a gerente de férias, não tinha substituta e eu não podia nem saber o nome do dono da loja que eu dava tanto lucro!

    Eu fui tão maltratada pela caixa, com o desprezo e o tom de voz dela, que desliguei o telefone engasgada me sentindo uó…..

    Virou questão de honra…liguei para outra loja, de outro shopping…pedi para chamar a gerente e contei tudo, tim tim por tim tim…engasgada, com voz de choro…

    Eu disse para a gerente, todo o ocorrido, desde o início de dezembro, as inúmeras vezes que liguei e ainda reforcei:

    _ OLHA, DESTA VEZ EU QUERIA SÓ UM PORTA-NÍQUEL, MAS EU JÁ SAÍ DESTA LOJA COM 8 PARES DE SAPATOS…

    Eu já comprei bolsa de quase mil reais aí e sou fiel À LOJA E À VENDEDORA…a situação piorou depois que fui tratada pela caixa desta maneira e piorou ainda mais depois que a caixa me disse que não podia me dizer o nome do dono da loja que eu comprava tanto!

    A gerente da outra loja, que não tinha nada a ver com a história, ficou sensibilizada com tudo, pegou meu telefone e umas 6h depois, uma pessoa me ligou:

    _ Mel, aqui é fulana, eu estou substituindo a gerente da loja “x” que vc ligou…recebi seu recado da gerente da loja “Y” que vc entrou em contato….vc pode me relatar tudo o que aconteceu??????????????

    Aí eu contei tudoooooo de novo, com datas e horários…eu reforcei que a vendeora que me atendia, sempre foi 10 comigo e que até esta data eu não tinha nada a reclamar, mas que eu precisava saber o que houve, que mesmo eu ligando tanto, ela não guardou o produto…

    Eu perguntei para ela: VCS SÓ LIGAM QUANDO A COMPRA É DE UMA BOLSA CARA? Porque hoje eu queria só um porta-níquel, mas amanhã eu poderia querer vários sapatos, etc e tal….fora os anos de fidelidade à loja!

    Ela me pediu mil desculpas, falou que ela era a substituta da gerente e que não entendeu o tratamento da caixa comigo. Chamou atenção dela e disse que claro que qualquer pessoa pode me dizer o nome do dono da loja!

    Ela disse que a vendedora esqueceu de separar a minha encomenda…

    Eu respondi que sei que erros humanos são passíveis de acontecer, mas que como eu liguei quase que diariamente, estranhei ela simplesmente ter ESQUECIDO DE UMA CLIENTE TÃO FIEL!

    E ela finalizou dizendo que tinha um porta-níquel vermelho me esperando lá na loja, que ela tinha conseguido um para mim!

    Fui na loja corredno buscar, chateada ainda, mas fui…
    Ganhei desconto e ainda ganhei um esmalte e uma base da marca!

    ELA FALOU BEM ASSIM:

    _ NÃO DEIXE DE COMPRAR AQUI…VOLTE, GOSTAMOS MUITO DE VOCÊ!

    … a vendedora voltou da folga e não me ligou nem para pedir desculpas…

    • Vanessa Maria22/05/13 • 08h18

      Nossa Mel ! Eu lembro dessa historia que vc contou la no Flickr… Engraçado que eu nunca fui de comprar na loja em questao mas depois que vc contou esse relato lá eu nem entrar entro mais na dita loja.

      E olha que adoro sapatos e acho os da marca lindos…

      Mas o que é a propaganda negativa devido a um mal atendimento e pos venda… Ate hoje eu lembro do relato la no Flickr e quando venho aqui vc fala do mesmo relato. Marcou vc e acabou ficando marcado para mim como exemplo de pessimo atendimento e consideração com as clientes .

      Uma pena né?
      Bjks

      Ahhh saudades de suas fotos la no Flickr – sempre tao lindas…

  121. Mel21/05/13 • 22h10

    Por outro lado, liguei numa farmácia de manipulação para manipular uma vitamina para o cabelo, e fui tãooooo bem atendida, que agora só compro nela e COM a vendedora que me atendeu….para quem é de BH, e quiser manipular algo, liga para farmácia Artesanal e peça atendimento da vendedora MARGARETH. Ela fez meu pedido, explicou os ingredientes, perguntou se eu queria as cápsulas com reforço gástrico, ofereceu para dividir no cartão, perguntou qual melhor horário para eu receber os comprimidos em casa, etc e tals…um amor…

  122. Rosane21/05/13 • 22h32

    Detesto receber mensagem de loja, na Farm da minha cidade Natal-RN a vendedora me manda msm toda semana o mesmo toda as vezes e eu só comprei com ela uma vez.

  123. Ju Queiroz BsB21/05/13 • 22h33

    Vamos lá:
    1. Não gosto de vendedor me pressionando, andando atrás de mim;
    2. Tenho pavor de provador que também faz às vezes de estoque e vc num sabe onde colocar a bolsa e a roupa que vai experimentar;
    3. Vendedor que fica batendo na porta do provador de 5 em 5 segundos… Se eu precisar de algo, certamente abrirei a porta e pedirei educadamente;
    4. Gosto de descontos para aniversariantes…Se eu gostar da loja eu volto e me dou presentes!
    5. Fidelização é legal;
    6. Sempre gosto de comprar sapatos aqui em Brasília na Ávida, pois se você pagar à vista e em cash, ganha desconto de 15%. Os sapatos são lindos e eu gosto deste bendito desconto…rs;
    7. Página no Facebook, pois é muito fácil eu me atualizar sem ter que ir à loja e qdo eu for, é para comprar e
    8. Gosto sobretudo de vendedores atenciosos que não sufocam, mas que também não me façam achar que estão me fazendo um favor ao me atender!
    A minha chatice foi listada, Raquel… Sucesso com sua loja!

  124. Tati21/05/13 • 22h33

    Uma coisa quemnsempre reparo é se o provador está limpo. Tenho nojo de cabelo e bolotas de poeira no chão.. Já passei por isso em loja de departamento e de “marca”, as vezes até desisto de provar a roupa por ter que pisar sem sapato no chão sujo. Tudo bem que eu sou neurótica com limpeza, mas higiene nunca é demais!

  125. Patrícia21/05/13 • 22h37

    A parte de levar a sacola até a porta acho constrangedor. Além do vácuo que ficamos, outra impressão que dá é que a vendedora quer evitar que a pessoa roube algo no meio do caminho. Nesse caso a maioria das lojas não tem aqueles alarmes. Bjus Cony

  126. Gabriela Marinho21/05/13 • 22h43

    Vou ser bem sucinta, mas antes parabéns pela idéia de pesquisa de mercado com a gente! Super válida!
    1. Cheirinho e organização (deixe tudo exposto, ninguém gosta do que não ve né?)
    2. Sofázinhos me ganham quando to cheia de sacola.
    3. Provador com vários ganchos, ninguém merece ficar equilibrando bolsa/roupa/colar etc.
    4. Aqui vou ser um pouco mais extensa pq é MUITO importante: não deixem as suas vendedoras serem pretensiosas, nem ficar avaliando cliente pelo o que ela está vestindo, todo mundo tem dia de preguiça e ngm merece encarada de vendedora! Tenho uma amiga que recebeu esse atendimento na Fendi, ficou doida de ódio, foi na Chanel do lado comprou uma bolsa e voltou na loja só pra passear, perguntou o preço de tudo, provou tudo e foi embora.
    5. Ngm gosta de vendedora que fica em cima mas tbm daquela que fica escondida, o exemplo da Le Lis é ótimo.
    6. Para evitar chateação, se fosse MINHA loja, eu não deixaria esse negócio de chegou cliente querida dai a vendedora para de atender vc pra ir atender a querida e vc pega a substituta, azar da querida. Isso é muito feio, nenhuma cliente é mais ou menos importante que outra, mulher é sentida a gente sabe…

  127. Greice21/05/13 • 23h12

    Coisa linda de ter em loja? Provadores limpos, nem gelados, nem abafados. Difícil achar, de fast fashions a lojas mais finas.

  128. Larissa21/05/13 • 23h23

    Tem uma coisa que eu ODEIO que as vendedoras façam: falar o preço e logo depois “parcelamos em até 10X no cartão”. Dá muiiito a impressão que ela te achou pobre e que como tu não vai conseguir pagar a vista.
    E também não gosto de vitrines que colocam o preço parcelado bem grande e o preço total minusculo! Até parece que tu vai comprar sem olhar o preço total!

  129. Mariana21/05/13 • 23h55

    Além de tudo isso, o que toda loja deveria ter: provadores confortáveis, limpos (odeio sair cheia de picumã grudado na roupa!),o mais espaçosos possível, com iluminação que favorece, ganchos pra pendurar a bolsa e as roupas e no mínimo um banco para a gente poder calçar o sapato sem fazer malabarismos. E o mais importante, portas que trancam, não suporto provador de cortina, sempre tem aquela criança cuja mãe é sem noção e deixa ela abrir todas as cortinas, ou mesmo clientes sem noção que vão abrindo como se não tivesse ninguém. Sem contar que sempre fica um vão, você puxa de um lado, descobre do outro e por aí vai…odeio falta de privacidade!!!

  130. Andreia Costa22/05/13 • 00h12

    O que mais me irrita em algumas lojas:
    * rodízio para atender. Fica aquele bando de vendedor olhando pro nada até que alguém se da conta que é sua vez. Enquanto isso o cliente tem a sensação de que nao
    * Conversas paralelas e particulares entre os funcionários perto do cliente. Mesmo que tenha apenas um.cliente na loja todos devem manter uma postura adequada.
    * Vc perguntar sobre um produto e a vendedora nao ter nem noçãodo que se trata. Tem que estar sempre atualizada e conhecer seus concorrentes tb.

  131. Mari22/05/13 • 02h25

    Vou desabafar também!

    1- Isso da vendedora abrir a cortina (que não fecha) enquanto vc está pelada é UÓÓÓ!!! kkkkk

    2- Nunca compro nada em loja quente e barulhenta!
    Quando era novinha e minha mãe me acompanhava nas lojinhas teens (afff) ela SEMPRE pedia pra abaixar o som (e eu achava que era coisa de velho… hoje eu entendo ela… Coitada da minha mãe!!!!) 😀

    3- Já “brochei” de comprar numa loja porque ouvi comentários maldosos das vendedoras sobre outras clientes que tinham acabado de sair… (isso acontece MUITO em salão de beleza)

    4- Por pior que seja o atendimento eu sempre trato bem que me atendeu mal… saio por cima! hahaha

    • Carine22/05/13 • 12h41

      Oi, Mari! Mto bom seu comentário! Já presenciei vendedoras falando mal de clientes e acho isso um absurdo. Tenho a sensação de que assim que eu cruzar a porta da loja, vão falar mal de mim tb!! Perco toda a vontade de comprar…

  132. Mari22/05/13 • 02h36

    Lembrei de outras!

    – Eu me sinto um espírito quando entro na loja olho tudo e nenhuma vendedora dirige a palavra à minha pessoa só porque não estou “arrumadinha” naquele dia! hahaha Saio e sigo o caminho da luz.

    – E quando as vendedoras ficam se olhando em código?!
    Dá vontade de mandar um: AI! PÁRA CUM ISSO FIA!!!! 😀

    • Loli22/05/13 • 18h16

      huahuhuhauua melhor comentário

  133. Vanessa Maria22/05/13 • 08h20

    As meninas falaram muita coisa e concordo 100% com todas!

    Excelente post Cony, como é que vc consegue melhorar o que já é praticamente perfeito??? Menina do ceu, benzadeus!

    Bjokas

  134. carol22/05/13 • 09h20

    Não sei se já foi comentado, mas duas coisas que odeio:
    1 – vendedora que quer ver como a roupa ficou.
    Já aconteceu comigo de vendedora abrir a porta pra ver. Dei um fora enorme e saí da loja.
    2 – quando a vendedora fala que a roupa ficou linda, quando, na verdade, está marcando todos os pontos desfavoráveis.

  135. Aline22/05/13 • 09h37

    Vendedoras que trazem mil peças a mais do que você pediu podem passar a imagem que só querem vender e não estão prestando atenção em vc. Outro dia fui comprar um scapin de salto fino (deixei claro para ela q era isso que eu queria) e lá vem a vendedora trazendo sandália anabela pq “vai ficar linda no seu pé”. Disse para ela que não uso este modelo de sapato e ela ainda insistia. Saí da loja.

    Outra coisa: querer te ver dentro do provador. Eu acho isso uma invasão. Só se vc pedir a opinião dela.

    Ah!! E importante: não julguem o cliente pela aparência. Fins de semana costumamos usar roupas mais relax e se vendedor for julgar por isso vai perder muita compra.

  136. Vivi Mota22/05/13 • 09h55

    Tem um coisa que odeio de coração, vendedora que fica pentelhando enquanto eu tô provando a roupa e te traz milhões de coisas que você não pediu, vai só jogando por cima do provador…ah, e ainda é pior quando pedem pra ver como a roupa ficou em você. Eu simplesmente destesto.

  137. Eliane22/05/13 • 10h41

    Para mim é fundamental que as vendedoras conheçam bem a marca e que sejam capazes de representá-la, principalmente no que tange aos valores agregados à mesma e ao público alvo a que se destina. Detesto entrar numa loja que não investe em seus funcionários!

  138. Erica22/05/13 • 10h49

    Oi Constanza, leio seu blog todos os dias, religiosamente. Aliás, seu blog é o único que realmente leio, vejo dezenas, mas “só as figuras”!kkkkk! A sua redação tem uma cadencia sensacional, que nos leva a realmente escutar a sua voz quando leio e entender exatamente o que você quer dizer…e o mais importante: se identificar! Parabéns!!!!

    • Constanza22/05/13 • 10h58

      Ah obrigada!! E eu “falo” muito ne? rsrs Beijos!

  139. tainan22/05/13 • 11h06

    Olha se tem uma coisa que me tira do sério é a vendedora lhe abandonar!! simples assim. Ai na hora que você vai pagar ela simplesmente aparece, dizendo que te atendeu, só para ganhar a comissão. Ridículo! E outra, você diz o que você quer e ela acha um absurdo o seu gosto!! Fui comprar um óculos de grau estilo geek, ai a vendedora achou feio e comentava isso p os outros e queria empurrar um outro óculos que no gosto dela era legal. Eu não pedi a opinião dela , e não quero saber do gosto dela. Se é vendedora tem que trazer o que eu quero por que quem vai pagar no fim das contas sou eu.

  140. Beatriz22/05/13 • 13h51

    Levar na porta é chato mesmo!!
    Mas péssimo mesmooo é ter q preencher cadastro p comprar!! Isso é uma afronta! A pessoa apressada ter q ficar dando CPF, telefone, endereço p comprar à vista!! Poxa vida!!!

  141. Michele Canhoto22/05/13 • 14h26

    A minha loja preferida é a Folic. Eu fui outro dia comprar um vestido para o aniversário de um aninho do meu filhote. Foi uma experiência terrível!!!
    Eu estou um pouco acima do peso e com uma barriguinha que me incomoda. A vendedora levou para eu vestir seis outros vestidos além do que havia escolhido. Nenhum ficou bom. Como você compra algo após experimentar sete vestidos que só enfatizaram a barriga?
    Tive uma crise de choro, afinal era um evento super importante e praticamente a véspera do aniversário. Não consegui ir em outra loja, fiquei rodando pelo shopping e desesperada.
    Saí do shopping e a caminho de casa vi uma lojinha pequena, mas com uma vitrine bem arrumada. Vi um vestido branco florido, com saia godê e com um bolerinho muito lindo. Eu não gosto nem de flores nem de bolero mas estava tão bem arrumado que resolvi experimentar.
    Entrei na loja, pedi para ver e a vendedora me perguntou se eu era M. E eu respondi que não que tava gorda etc.Eu experimentei o M e vestiu superbem. Compra pela metade do preço e uma cliente satisfeita.
    O que eu diria para nossa amiga? As roupas tem que ter o tamanho certo. Nada de G pequeno. Nada mais desesperador que você mudar a sua numeração normal para entrar na numeração da loja. Eu não ligo para a metade do que a Cony indicou sobre as lojas em geral até porque não sou de comprar muitas roupas. Mas gosto de quando não achar o que quero ter uma opção e não seis.

  142. Rebeca22/05/13 • 14h44

    Adoro: Cartão fidelidade que, quando preenchido, dá desconto; ligar quando vai começar promoção na loja; sofá bem confortável pro acompanhante; provador grande com tapete…

  143. Rebeca22/05/13 • 15h06

    E acho inadmissível roupa sem preço na etiqueta…

  144. Ana Paula22/05/13 • 15h24

    também não gosto de vendedoras me levando com a sacola até na porta, e ainda não entendi o porque disso, fica tão artificial!! A música eu concordo que é fator determinante pra que eu me empolgue e compre horrores. Agora, o espelho e a iluminação do provador é tuuudo! O espelho do provador da LelisBlanc te deixa com um corpaço além de ser bem iluminado e tem um banquinho pra vc por a bolsa e te dar conforto. Agora, o da C&A e Renner mostram todas as suas celulites e gordurinhas, sem falar que não te dão conforto e as cortinas não vão até o chão e não tampam todo o provador, é o ó kkkk Uma coisa que voces não falaram foi a temperatura do ar condicionado. Se tiver muuito gelado pra mim é para espantar o cliente. O da Zara daqui de Goiania as vezes é exagerado! Agora, concordo com vc Cony, quanto aos badulaques que vem incluídos nas roupas. Se for um cintinho então, pra mim fechou!! kkk

  145. marciae22/05/13 • 15h25

    Provadores espaçosos, c mtos cabides nas paredes, lugar p bolsa e p sentar – c espaço. Vendedoras educadas q ñ insistam e nem grudem c elogios e forçando intimidade. Brindes (se possível) água e café (mto imptte).

  146. Ana Paula22/05/13 • 15h32

    há, lembrei de mais coisas que me agradam: vendedoras que não pedem pra entrar no provador e ver a roupa e nem ficam dando opinião quando não são chamadas;
    – vendedoras que de primeira já capitam o que vc quer e não ficam desabando coisas que nada tem a ver com o que vc pediu
    – provador limpo(isso é muuito bom)!!

  147. Maria Donatelli22/05/13 • 15h43

    Uma coisa que é muito chata, mas muito chata mesmo é você entrar na loja, dar uma olhada e passar mais de 5 minutos sem ninguém vir te atender. Isso acontece muito na Farm do Pátio Higienópolis!

  148. Marilia22/05/13 • 15h59

    Uma das coisas que pode sempre ser melhor mas que a as lojas sempre pecam é na musica, geralmente são muito altas e perturba na hora de escolher e comprar uma peça. Vendedora que “cola”em vc tb e chato, gosto de ter liberdade de olhar tudo que quiser e escolher o que quero provar.
    Vale a pena investir em vendedoras com estilos “diversos”e que tenham noção de corte, tecido e caimento, assim vc evita aquela situação que a cliente esta horrivel e a vendedora insiste que o modelito caiu bem… Noção de elegância é mais importante que estar na ultima moda.

  149. luciane22/05/13 • 16h03

    destesto as vitrines sem preço! é obrigatório e muitas não colocam, eu nem entro se acho que a loja é muito cara

  150. Renata22/05/13 • 16h50

    Acompanhar até a porta é um saco. Fico sem graça também, além de soar para mim, falso.

  151. Danielle22/05/13 • 17h15

    Eu gosto de entrar na loja e ser logo recepcionada pela vendedora, que acho que deva se identificar e deixar a cliente a vontade na loja. Odeio quando entro em uma loja e fico quase implorando para ser atendida,Afe!

  152. Camila22/05/13 • 17h49

    Eu gosto daquelas vendedoras que derrubam tuudo!!
    Elas abrem todas as camisetas dobradas, as calças, o que for! Tem umas vendedoras que parecem que estão com preguiça e ficam selecionando… eu fico doente se eu entrar numa loja e não ver cada cantinho, sair de lá e ficar remoendo porque eu não olhei uma pilha de blusinhas…

    E odeio vendedora que pergunta o famoso ‘É só isso?’… Sei lá, parece que elas não querem nenhum pouco te atender, estão de saco cheio, não querem vender mais, estão com medo de eu pedir pra ver mais alguma coisa e ela ter que trabalhar…

    Também não gosto daquelas vendedoras que vão no estoque e ficam milênios lá dentro… Como diz minha mãe ‘foi fabricar o sapato’… Um certo tempo é aceitável, mas que seja razoável, volte na loja, diga pra cliente que não está encontrando, traga os calçados/roupas que já encontrou, pelo menos a gente fica entretida um pouco, até ela fazer o que tiver que ser feito nesse lugar incompreensível e quimérico chamado estoque.

  153. Tatiii22/05/13 • 19h44

    Sou cliente fiel da Arezzo. E na semana passada estava provando botinhas e a vendedora me ofereceu bebida, pedi água e ela retornou com um copo e uma garrafinha pequena de água. Foi uma bobeira, mas achei super atencioso o gesto de dar a garrafinha para o cliente. E olha que nem era na loja que eu costumo comprar!Além disso sempre recebo no Natal uma bolsa deles.
    Gosto tbm de lojas que oferecem desconto no mês de aniversário, como a Farm. Esse mês tenho 20% de desconto e isso com certeza motiva a compra.
    Uma coisa que detesto é quando a loja está vazia e as vendedoras estão todas em rodinha conversando. Já fui vendora e isso era super proibido onde eu trabalhava. não que elas devam ficar quietas e paradasm mas tem que ter bom senso. penso 2 vzs antes de entrar!! é muito chato tbm quando tem aquela coisa de “é minha vez? é sua vez” e vc fica sendo jogada de uma vendedora para a outra. Tipo, vc vai perguntar uma coisa pra uma vendora e era a vez de outra, ai ela nem te responde direito e chama outra. Atende logo e depois vcs resolvem a “vez”!!

  154. Norma22/05/13 • 20h47

    Adorei os comentários e não vou chover no molhado, só falar sobre a questão das músicas. Uma vez, fui a uma loja de shopping para provar uma peça que tinha visto na vitrine. Quando parei para prestar atenção, a música (que ainda por cima estava meio alta) era daqueles funks do tipo “eu te pego por trás, te pego pelo cabelo, faço isso, faço aquilo”… Fiquei passada mas fui em frente, provei a peça (não ficou boa) e, na saída, chamei a vendedora que havia me atendido e falei com toda educação que aquela música era o fim, um desrespeito enorme com as clientes… A cara dela mostrou um espanto infinito… como se não fosse óbvio o que eu estava dizendo. Mas eu fui embora toda feliz por ter confrontado aquele absurdo. 🙂 Música é um item super importante. Nunca entro em loja com aquele bate-estaca de boate altíssimo, que dá até dor de cabeça. E gosto muito das seleções da Luigi Bertolli, dá vontade de sair dançando pela loja.

  155. Bruna22/05/13 • 21h14

    As vendedoras não nos levam à porta por pompa, e sim por segurança, para que não “enfiemos” nada na sacola antes de sair da loja.
    Outra coisa essencial: araras com espaço para ir passando as roupas. Tem loja que quer tanto mostrar a variedade que enche a arara de peças e fica tudo caindo quando a gente vai olhar.

  156. Mel22/05/13 • 21h40

    Vanessa, pois é…esta história é desde a época do flickr…na verdade, fui lá a copiei e colei a história, qdo vi este post…lembrei do acontecido e achei um bom assunto para contar aqui…

  157. Mau22/05/13 • 23h03

    – Vendedora me levando até a porta me faz sentir que estou sendo “mandada embora” logo.

    – Adoro ir na Neo Joalheiros. Os atendentes são ótimos, te chamam pelo nome, são atenciosos. Servem água, refri e até champagne! Mas meu marido já foi esnobado por um vendedor na loja do Minas Shopping. Claro que ele não deixou barato e disse na cara do vendedor que não ia comprar com ele.

    – Odeio vendedora que fica querendo ver como você está no provador sem ser chamada. Na verdade, se eu quiser alguma opinião, levo uma amiga comigo, nunca peço à vendedora, pois é interesse dela que fique “lindo”.

    -Odeio vendedoras que ficam batendo papo entre si, como eu fosse obrigada a saber do assunto delas. Acho deselegante e mostra total falta de atenção com o cliente.

    – Loja perfumada faz a gente querer até ficar mais. Na M. Martan tem um cheirinho de casa limpa e aconchegante…

  158. DARA23/05/13 • 05h50

    Concordo com tudo que todas falaram , mas o que faz com que eu deixe de ir numa loja principalmente no shopping e quando a vendedora fala ….voce estava aqui ontem ou te vejo sempre no shopping …….eu vou no minimo 1 vez por semana no shopping almoçar , pagar contas, bater pernas ….

  159. aurea23/05/13 • 13h56

    A pior percepção é daquela roupa que parecia legal,mas não ficou bem no seu corpo e a vendedora diz que vc tá maravilhosa.Espelhos e iluminação ruins tb prejudicam a compra.Pode ser a mais conceituosa loja,mas se na hora de trocar a peça há dificuldade,o retorno fica difícil.Descrédito à marca.

  160. Anália24/05/13 • 01h14

    Nuuoossa! AMEI o seu blog, é a primeira vez em que comento e gostei de todas as observações citadas… lembrei de mim como vendedora da Zara e da Farm que já fui. Na loja fazia tudo isso!! mas o ultimo tópico que você disse que não gosta e te deixa sem graça “Que me levem até a porta e aí me entreguem a compra.” acho relativo. Penso que depende da vendedora e a relação com o cliente, da mesma forma que a vendedora é sincera (ou pelo menos deveria ser!rs) o cliente tbm deve ser sincero e dizer que não precisa da companhia ou que não gosta mesmo. As vezes tbm a vendedora quer fazer uma gentileza pois há muitas compras, muitas sacolas… como muitas vezes é o caso de loja de departamento, pode haver algum tag(alarme) que o caixa esqueceu de tirar causando um constrangimento, acaba sendo uma precaução, um cuidado! E acredite: é MUITO mais sem graça para o vendedor… bjoos sucesso!

  161. Dulce24/05/13 • 08h19

    Sabe o que não pode acontecer JAMAIS? Esquecerem de tirar o alarme da peça.
    Já aconteceu comigo mais de uma vez: a vendedora praticamente sacode sua sacola em torno daqueles sensores que ficam na porta e você acha que está tudo certo. Aí você sai tranquilamente e quando entra em outra loja o alarme dispara.
    Não tem nada mais constrangedor do que os vendedores da nova loja pedindo para verificar sua sacola e encontrando um alarme. Fora o contratempo de ter que voltar na loja que vc comprou e pedir para tirar o bendito alarme.
    Então, ao invés de só entregar a sacola na saída e ainda ficar sacudindo a pobre, melhor ter mais atenção na hora de retirar o alarme e embrulhar o produto.

  162. Andressa Oliveira24/05/13 • 21h52

    Tem uma besteirinha que não comentei, mas me incomoda. Sabe aqueles cartões com o número de peças que você está levando para o provador dessas lojas de departamento? Eu ODEIO quando não há um “gancho” ou local específico para pendurar. Digo isso, porque às vezes o provador até tem uns ganchos, mas têm umas bolinhas na ponta ou são grossos e aquele buraco do cartão não dá certo lá, daí precisa colocar em cima da bolsa ou cai no chão… uma chatice. Se o cartão tem um buraquinho para pendurar, tem que ter o local para pendurar dentro do provador também, ué!

    • Constanza25/05/13 • 09h14

      Exaaaaaatooooo hahahahahahahaha. Odeio quando o diâmetro do gancho êh maior que o buraco e a gente se atrapalha com aquele cartão enorme. Muito bem lembrando!

  163. Juliana Borges28/05/13 • 12h12

    Concordo com tudo o q vc listou, Cony! Dando enfase a questão de mimos e brindezinhos que adoooro ganhar, nem se for bobeirinha, mas super me deixa feliz! Outra coisa importante, gosto de vendedora sincera, mas que tenha tato pra falar que não ficou legal… odeio a vendedora que vê sua cara de insatisfação com a peça, e fica dizendo que tá lindo e que vestiu bem… como se tivesse te empurrando a peça… acho legal qdo a vendedora percebe suas reações qdo vc experimenta, sabe? mas todas as coisas que vc disse são importantíssimas pra me fazer comprar sempre na mesma loja!

  164. michele29/05/13 • 23h14

    Nossa, vc escreveu td aquilo que eu penso…. Tbm gosto d ficar a vontade… Tem vendedora q nao sai do nosso lado e fica perguntando um monte de coisa, querendo indicar… Acho legal qd ela vem oferece o serviço,mas dá espaço pra irmos olhando as peças e se surge alguma duvida, a gente chama!!!!

  165. Leticia01/06/13 • 18h37

    Me identifiquei!!
    Uma vez, numa loja em Buenos Aires pq estava tocando uma música pouco conhecida do Maroon 5. Saí de lá carregada. Desde então, considero um sinal divino.

  166. Camila03/06/13 • 01h58

    Cony, trabalho em uma loja de sapatos, bolsas e acessórios consideradas de luxo. Pois bem, a uma semana atrás mais ou menos, chegou uma moça querendo comprar um sapato pro seu casamento. Mostrei as opções e ela me pediu pra reservar, pois queria pensar. Compreensível, não é um sapato pra bater, mas pra um dia importante. Ontem (ou anteontem, não lembro bem) ela voltou com a mãe para comprar o sapato. Foi educadíssima, ambas foram, mas na hora do final da compra, a mãe foi pagar e ela ficou observando eu colocar o sapato no saquinho (odeio quando me dão com a caixa junto e são regras da loja) e quando acabei, ela fez menção de pegar a sacola, e eu não quis cortá-la, então deixei. Se a sacola tava na mão dela, eu não precisava levá-la até a porta, certo? ERRADO. Tomei esporro da minha gerente (que é maravilhosa, mas segue regras porque se não sobra pra ela também) pois é OBRIGATÓRIO acompanhar a cliente até a porta com a sacola em nossas mãos. Enfim, me alonguei pra dizer que eu também acho constrangedor isso de acompanhar, mas eu quero ganhar o meu no final do mês e se eu não cumprir regras eles vão encontrar outra vendedora que cumpra… Beijos!

    P.S. Li todos os depoimentos de clientes aqui, pois quero sempre melhorar o serviço que ofereço, pois sei que influencia diretamente no bolso no final das contas. Como seria bom se todas as vendedoras pensassem nisso, né? 🙂

    • Constanza03/06/13 • 08h39

      Entao me conta, qual a finalidade de levar a pessoa ate a porta? Porque??? Tb acho desnecessário…

    • Constanza03/06/13 • 08h39

      Manda a gerente ler este post rs

  167. MassilenE18/10/18 • 23h35

    Boa noite. Rachel, gostei de uma das suas figurinhas e gostaria de ter em minha loja, preciso da sua ajuda. Obrigada.