Moda
Marcas Duvidosas
17 abr 2012, 296 comentários

Marca Duvidosa: Michael Kors??

Antes das pedras, já vou falando, eu ADORO os produtos Michael Kors. Não é a tôa que tenho 3 relógios, 1 bolsa e 1 carteira e como toda marca, acho que tem coisas bem lindas e outras nem tanto. Mas para mim, na sua maioria, as coisas são de bom gosto sim #prontofalei .

O que não teve muito jeito de evitar foi a tal “orkutização” da qual eu mesma ajudei a acontecer, mas… fazer o quê se eu curto a marca? É um bonito acessível que ficou bem comum nas compras dos brasileiros no exterior. Começou com a febre dos relógios e agora alastrou-se com as bolsas e carteiras. É bom, é bonito e é barato, pronto. Festa na gringa.

É triste, afinal ninguém quer comprar algo que está (ou está ficando) super batido no mercado, convenhamos. Piora quando além de batido você encontra no camelô da esquina uma cópia exata e baratinha. Mas nada e ninguém pode impedir isso. Ou melhor, pode sim. É só ter um olho um pouco mais treinado e comprar algo que não seja tão “desejado”.

Bom, mas o que me fez “ressuscitar” esta tag?

Isso…

carminha-avenida-brasil-novela-michael-kors

(Foto: Globo)

A Carminha, golpista, emergente e vilã da novela Avenida Brasil, usando uma bolsa Michael Kors. 

E fiquei pensando… Engraçado né, a Globo nunca deixa marcas tão aparentes – off merchan – (dizem que rolou uma camiseta CK do Jorginho também), mas a bolsa MK ali gritava. E claro que num modelo duvidoso. Por que, oh Globo, associar meu querido Maicocó com a megera da trama? Justamente a pobre que ficou rica, que quer pagar de fina, mas no fundo continua sem classe como antes? Certeza que o Michael Kors era para estar nessa personagem? Ou foi um acidente de percurso? Precisavam de uma bolsa bem perua e alguém da produção apareceu com essa douradona sem saber o que está acontecendo com a marca no Brasil?? E se fosse uma Louis Vuitton? Afinal LV também é associada aos new richs (pior que concordo um pouco com isso, mesmo gostando muito da grife).

Não vou parar de usar meus relógios, não vou queimar minha bolsa nem doar minha carteira, mas que o coração doeu, ah doeu.

Bom, pelo menos não se trata de uma marca com produtos cafonas (algumas exceções, como tudo na vida), mas sim de algo que caiu no gosto do brasileiro que vai pro exterior e se esbalda em lojas como Abercrombie, Guess, Victoria’s Secret e… Michael Kors.

bolsas-michel-kors-bags

bolsas-michel-kors-bagsrelogios-michael-kors

Ah, eu gosto do Maicocó… E como sou tendenciosa com a marca, olha quanta coisa bacana rsrsrs

Escreva seu Comentário

Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui
296 comentários em “Marca Duvidosa: Michael Kors??”
  1. Carolina Pestana17/04/12 • 10h45

    hahahaha… imaginei que isso aparecer aqui mais cedo ou mais tarde.
    Bem, eu gosto, tenho dois relógios, mas nenhuma bolsa, sei lá as bolsa replicas estão tão perfeitas que perdi a vontade de comprar uma original. Fui aos EUA em fevereiro e só dei atenção aos relógios mesmo.
    Amei o Maicocó… rsrsrsrs
    Na volta dos EUA fiquei hoooooras esperando no aeroporto e fiz amizade com umas brasileiras lá, e ela ficou me contando das bolsas e carteiras da Michael “Crocs” que ela tinha comprado. Eu tinha que me segurar pra não rir… kkkkkkkkkkkkkkkk
    Bjs

  2. Myla17/04/12 • 10h52

    Eu agora vejo em tudo quanto é lugar o MK ahhaha e a Arezzo tá copiando descaradamente algumas bolsas!
    Os relógios eu nem vejo nada demais, mas tem algumas bolsas bem interessantes!

  3. Laila Oliveira17/04/12 • 10h54

    Cony,
    Tô rachando de rir… pq logo que vi na novela eu twittei… hahaha… Adorei o post.
    Pagando mico… rs.. Dá uma olhada nos meus maxi colares no instagram… lailinhaoliveira… acho que vai gostar! bjs

  4. Cely17/04/12 • 10h56

    Por causa da orkutização da marca escolhi um modelo bem bacana e diferente dos que as brasileiras costumam comprar! Rs rs rs É como vc disse, sabendo escolher dá para comprar! 🙂

    • Sandra27/04/12 • 11h11

      os modelos, acabamento, enfim, as bolsa são bonitas… o que mata, pra mim, é aquele MK enorme pendurado… eu compraria e tiraria… é que nem a Abercrombie/Hoolister… é modismo demais, todo mundo quer, todos usam. Mas não há o que se discutir quanto à qualidade… o fato é que quando fui pra Orlando em Janeiro, você via tanta gente que parecia ter saido da vitrine da Aero, Hool./Aber., Tommy, MK que cansava só de olhar… mas a qualidade permanece!

  5. Viviane17/04/12 • 10h57

    Cony, estava com muitas saudades dessa TAG!! Por favor, continue com ela!!
    Eu acho as coisas da Michael Kors até bonitas, mas assim como Abercrombie, Hollister e Cia., acabou orkutizando e eu abusei… A gente vê cada cafuçu usando essas coisas na rua, que não dá mais nem vontade de usar marcas…

  6. Pabline17/04/12 • 10h57

    Se a classe B fosse tão fodona compraria Chanel. Que bom que “as pobrinha” compram “maicocó”, sinal que este país de merda tem um povo menos miserável. E daí que existam novos ricos? Eles não trabalharam? Aposto que mulher de político corrupto “todas bajula”. Post idiota. Detesto preconceito.

    • Julia17/04/12 • 13h01

      Tô contigo… puro preconceito.

    • Taiza Soletti17/04/12 • 15h26

      Acho que se é bonito, a pessoa gosta e tem condição de comprar (mesmo que parecelado em trocentas vezes porque ninguém tem nada com isso rsrsrs), que compre e seja feliz. A vida é mto curta, se eu acho a coisa bonita e posso, compro e não to nem aí se meio mundo comprou também. A vida em si já exige mta seriedade, não me importo nem um pouco se a coisa orkutizou ou não. Também fui mto feliz no orkut, viu gente? Qtas horas eu perdi por lá kkkkkkkkkkk

    • Fernanda19/04/12 • 17h49

      oi… é a primeira vez que venho a esse blog…
      adorei de cara com o que achei por aqui… só me desagradou um pouco esse comentário… “…Justamente a pobre que ficou rica, que quer pagar de fina, mas no fundo continua sem classe como antes? Certeza que o Michael Kors era para estar nessa personagem? Ou foi um acidente de percurso?…”
      não sabia que meu dinheiro tbm precisava ter classe…
      acho que cada um compra o que quer e o que pode… não é verdade???…
      achei de um tanto de preconceito ai viu…
      dinheiro não dá a EDUCAÇÃO NEM O FINESSE a muitos… isso vem de berço… a educação vinda de casa… sou uma pessoa considerada pobre… mas sei quais são meus valores, visto o que gosto e compro o que posso e dentre elas tenho SIM uma Michael Kors (originalissima diga-se de passagem)
      ou não posso ter uma só pq sou pobre???
      desculpe se fui um tanto rude… mas não concordo com o que publicou nesse post…

      sucesso pra vc…
      e nem por isso vou deixar de visitá-la…
      Abraços…
      Fernanda

      • Diana Lee20/04/12 • 10h43

        Concordo. Não vou deixar de visitar o blog, mas fiquei bastante incomodada com esse ar de superioridade tipo só quem tem classe pode.
        Quando é o contrário, os ricos usando modas populares apelidam de “fashion”. O jeito é quem se sentir incomodado pagar mais caro em outras marcas e ser feliz com seu dinheiro.

        • Constanza20/04/12 • 10h55

          Mas é a minha opinião… Sinto muito. Bjs

          • michelle31/07/12 • 19h01

            Rico usa chanel e louis vitton…não michael kors…pra mim michael kors eh bacia….

    • Amália26/04/12 • 11h17

      Show de preconceito!

  7. Cibele17/04/12 • 11h00

    Eu curti MK por culpa sua com os relogios! tava querendo um bom e bonito e vc veio com a ideia. Tbm curto as bolsas, andei fucando no site e achei mto modelo “inspired” da LV. Mas tbm vi uns modelos bem bonitos… Acho q eh questao de saber escolher mesmo.

  8. Gabriela Sales17/04/12 • 11h05

    Eu tenho duas bolsas MK, inclusive com holograma e dois relógios. Uso e num tô nem aí. Confesso que me incomoda ver essa orkutizacão toda, mas se até LV e Chanel orkutizaram, quem sou eu pra julgar a pobre MK. Amo/uso/sou
    Gabi Sales

    http://www.ricademarre.com.br

    • Letícia17/04/12 • 21h52

      Holograma mesmo? Ou monograma?
      Pq uma bolsa com holograma ia ficar bem estranho…hehehehe.

  9. Renata Lordani Debiagi17/04/12 • 11h05

    Olá assim como você eu AMO MK!!!! Amoooo de paixão os relógios e não compro os fake pq a qualidade são péssimas!!!! Gostaria de saber em qual site você conseguiu esses modelos de relógio pois estou prestes a adquirir mais um minha nova paixão o CHOCOLATE hehehehehe……
    PS: Adoro o blog!!! parabéns!!!

    • Constanza17/04/12 • 11h13

      No site próprio do MK 😉

  10. Ana17/04/12 • 11h06

    Afê… Essa mocinha do post 6 esqueceu o bom humor ao levantar da cama hoje… Mais bom humor minha gente! Não levem a vida tão a sério assim não! Isso dá rugas!

    Voltando… Acho o Ó qq peça que tenha o nome da marca gravado em proporções enormes.. parece q vc virou outdoor da marca.. isso é feio (na minha opinião). Agora q brasileiro qdo vai prô States gasta como se não houvesse amanhã é a mais pura verdade.. Uma vez vi uma senhora saindo com 5 bolsas da MK, fora sei lá qtos relógios e carteiras!

    • Rebeca18/04/12 • 12h34

      Uai, se tem dinheiro sobrando, por que não gastar em “sei lá quantos relógios” que você achou bonitos?
      Tenho pra mim que quem tem raiva da orkutização é porque provavelmente não tem tanta facilidade pra comprar, daí rola toda uma tristeza quando aquela coisa que você suou tanto pra comprar deixa de ser exclusiva.

  11. Aninha17/04/12 • 11h07

    Afê… Essa mocinha do post 6 esqueceu o bom humor ao levantar da cama hoje… Mais bom humor minha gente! Não levem a vida tão a sério assim não! Isso dá rugas!

    Voltando… Acho o Ó qq peça que tenha o nome da marca gravado em proporções enormes.. parece q vc virou outdoor da marca.. isso é feio (na minha opinião). Agora q brasileiro qdo vai prô States gasta como se não houvesse amanhã é a mais pura verdade.. Uma vez vi uma senhora saindo com 5 bolsas da MK, fora sei lá qtos relógios e carteiras!

  12. Samara17/04/12 • 11h08

    É pq a Michael Kors é de fato marca de emergente (e não to me excluindo de nada disso). Eu gosto de tudo, mas não dá pra negar que qq pessoa que consegue juntar uma graninha mínima pra ir pro exterior (ou pra pedir pra amiga trazer) acaba escolhendo uma Michael Kors.
    Mas pra mim o grande problema são as versões falsificadas, que na minha opinião tornaram a marca tão xexelenta que não importa o quão montada vc está…e não importa qtas doletas vc tenha pago na sua bolsa cheia de MK: pra mim é tudo fake!

    Bem feito…quem manda fazer uma bolsa cheia de MK, MK, MK estampado. hoahoahoahoahohoahoa

  13. Aline Delfino17/04/12 • 11h12

    Eu acho a maioria dos relogios periguetes demais. Curto só o MK5315

    • Zeli17/04/12 • 15h35

      Uai! Relogio piriguete?

      Eu sei que existem roupas, mas relogio nunca vi…

  14. Chelsy zara17/04/12 • 11h13

    Aqui na Europa Michael Kors não e “marca duvidosa”.
    O que levou essa marca a cafonizar aí no Brasil foram as falsificações. No Rio e em SP você encontra copias perfeitas de relogio no camelo por 30 reais!
    Assim como aconteçe aí com Louis Vuitton, chanel, fendi, etc etc…
    Virou produto falsificado, caiu no uso popular. Dai vira cafona.
    Quando fui ao Brasil usando meu relogio original minha irmã que mora no RIo falou “em toda esquina tem esse relogio pra vender no camelo”. Me senti A Cafona..
    E no caso da novela e idéia e que a família do Tufão e emergente, a casa deles e cafona, querem ser finos mas não conseguem. Nao acredito que Michael Kora patrocine a Carminha.
    Na novela Aquele Beijo a Maruska era chique e usava Hermes.
    E a Cláudia era Arquiteta e tinha bom gosto e usava uma Alexia caramelo e uma Celine verde.
    Realmente, maicoco

    • Aline17/04/12 • 15h40

      Né não. Aqui na Suíça não vejo ninguém com maicocó. O povo só usa Tissot, Bulova…

      • Chelsy zara17/04/12 • 19h18

        “ne nao” o que?
        Eu falei que Michael Kors na Europa NAO eh uma marca dividosa pois NÃO HÁ falsificações….
        Não sei o que acontece na Suissa, só sei que na Inglaterra, França, Italia, Espanha, etc.. Não tem Michael Kors em camelo.
        Só falei da Europa na primeira linha, no resto estou falando do Brasil…

  15. Renata Nogueira17/04/12 • 11h24

    Eu gosto dos relógios. Bjs!

  16. Pati Lisbôa17/04/12 • 11h28

    A última foto de bolsa do post é a que mais vejo (em várias cores) por aí…basta uma caminhada no shopping (aqui no Rio) que pelo menos 10 mulheres estão usando o modelo (e alguns outros tb, claro, mas a maioria com MK grandão estampado nela, não gosto). Brasileiro é triste e sem criatividade às vezes…tantos modelos bacanas mas todos compram o mesmo. Mas tem mulher que gosta de ter a MESMA bolsa que a outra só pra dizer que tb tem! hahahaha
    Eu gosto da marca, mas não de tudo!
    Bjao Cony

  17. Tati17/04/12 • 11h28

    Não acho a marca duvidosa.. duvidosas são as pessoas que usam as peças da marca pra mostrar que tem $, como se fosse algum sinal de status. E o pior que no final são as mesmas que reclamam que a marca “orkutizou”.
    E acho tão ultrapassado esse papo de novo rico.. tem algum problema em ganhar dinheiro e passar a consumir marcas melhores? Não é isso que todas nós fazemos??

    • Julia17/04/12 • 13h09

      Pois é… aqui só vem “velhas ricas”

  18. Amanda17/04/12 • 11h30

    Cony tbm adoro a “Maicocó” kkkkk e fiquei bem triste com essa “orkutização”. Tenho 2 relogios (e mais um piratex, confesso, haha) e só comprei uma bolsa da marca a pouco tempo, mas tbm não vou deixar de usar por causa disso… afinal são lindos e eu AMO!! e já tô até de olho em outras coisitchas da marca.
    ahh… e o preço pra quem compra aqui no Brasil não é tão camarada assim, principalmente os relogios

  19. Fernanda HTBR17/04/12 • 11h34

    Oi!! Ri muito desse post e dos coments… eu só tenho um relogio MK..acho lindas as bolsas… e confesso que dias atras vi uma mulher nada a ver usando uma bolsa maicocó e fiquei pensando pensando.. agora ja sei.. era uma bolsa falsa…hahha… mas gente tem muitas pessoas que nao sabem que MK existe, compram o relogio no camelô pois acharam bonito e o mesmo acontecem com a bolsa. Agora se é de emergente ou não, isso não tem nada a ver, cada um usa o que quer ou que o dinheiro dela compre!!! Se alguma amiga minha for “pros states” vou pedir uma bolsa, alguem quer tb?!!! rsrsrs… Beijooo

  20. Ana Luiza17/04/12 • 11h40

    Sempre achei cafonérrima! Esse MK dourado “dipindurado” nas bolsas mata qualquer modelo promissor.

    • Marcela17/04/12 • 15h51

      Eu tb acho péssimo, ele é tosco demais, mal humorado, azedo, cafona, os relógios são horríveis, sorry gatas.

  21. Caroline®17/04/12 • 11h48

    O problema não é usar Maicocó (pegou!). O ridículo é ser outdoor da marca. Toda e qualquer marca que faz estampa de logo, da mais chique à mais duvidosa (alô, PG), é cafona. Porque quem usa não está interessado no estilo e na beleza da coisa, mas sim na ostentação da marca. Quando vejo esse modelo de MK da novela imagino que a pessoa pensa “olhem, eu fui pros EUA e comprei isso lá” ou então eu acho que é falsificado mesmo.

  22. Marcela17/04/12 • 11h48

    Acho ótimo! Só assim dão um descanso nas LV e poupam elas da orkutização fatal! kkkkkkk

  23. Márcia17/04/12 • 11h53

    Oi!
    Tenho dois relógios,um deles com cristais e sei que tem gente que torce o bico quando vê.
    Não tô nem aí!Deixa eu ser feliz com meu “Maicocó”!Custei a comprar,suei pra pagar e gostcho muitcho!
    Beijos!!!

  24. Nádia17/04/12 • 11h56

    Constanza, parabéns pela transparência de sempre, pois mesmo sendo uma marca que você usa e gosta, você fez o post e compartilhou com a gente a suposta orkutização. Só mesmo uma pessoa muito segura pode fazer isso, pois sabe que não depende de um nome de marca pra ser chique.

    • Mônica17/04/12 • 16h27

      FATO!

    • Evelinne17/04/12 • 17h30

      Disse tudo!!!! Parabens, Cony!!!! Eu tbm gosto da marca, relogios, as bolsas, perfume e as roupas. O bom gosto eh q uem faz a nossa escolha!

  25. rafaela saad17/04/12 • 11h58

    Cony..infelizmente essas coisas caem no gosto popular e cabam perdendo aquele encanto..eu tenho um relogio MK que eu adoro..mas ja vi igualzinho numa lojinha ching ling…
    a bolsa da carminha é um arraso..ser aque eles associaram oq esta acontecendo com a marca?
    bjkss

    Confiram no RS:
    Como usar encharpes e meu look mix de flores
    rafaelasaad.blogspot.com

  26. Tariana Fernandes17/04/12 • 12h14

    Acho as bolsas lindas, só não curto esse penduricalho enorme com a sigla. Marca exibida assim acho feio. Mas é só esconder, né? rs 😉

  27. Renata17/04/12 • 12h16

    Eu tenho três relógios e dois vestidos lindos, que toda vez que uso as pessoas elogiam(mas não há qualquer referencia à marca). Se gostar, vou continuar comprando, até porque lá não é preciso catar tanto quanto em outras marcas aqui já divulgadas, uma vez que há grande variedade de produtos legais…

  28. Adélia17/04/12 • 12h18

    Lindona… Chorei de rir com o post. Acho que, independentemente da marca, o que realmente vale é como vc “segura” o acessório. Não sou nova rica (continuo pobrinha! Hahaha…), mas meus proventos mensais melhoraram muito recentemente e tenho frequentado a “gringa” com bastante frequência. Comprei minhas maicocó, minhas LV e Mulberry e chanelita. Mas, não adianta… A carinha de faxineira faz parecer tudo da 25 de Março! Hahaha… Só vc mesmo! Ri horrores… Beijos!

  29. Susana Yamaguchi17/04/12 • 12h19

    Ai gente! Acho um absurdo esse povo que fica reclamando da orkutização de tudo… acho um saco.
    Qual o problema da pessoa juntar dinheiro e comprar algo que esteja mais na moda?? Que mania de elitização que vcs tem…

    O que eu acho e sempre achei meio duvidoso na marca é esse logo enorme MK que vem estampado em varias bolsas! Particularmente acho bem brega!
    Já os relógios acho bem bonitos.

    E sobre a multiplicação de modelos falsos acho isso bem ruim, mas de cara quem conhece a marca sabe identificar, principalmente os relogios, se são verdadeiros ou não.

    • nat17/04/12 • 23h29

      concordo. acho q a classe média tem essa mania horrível de achar que as classes mais baixas não podem ter o que ela tem. temos que acordar! a situação do país está melhorando e tudo tá ficando mais acessível.

      • Nena18/04/12 • 15h03

        Disse tudo! Mania de “orkutização” é da classe média que suou horrores pra comprar um relógio e agora fica chateado porque vende igualzinho no camelô.

        Chique que é chique, meeeesmo, não dá bola pra essas coisas. sabe pq? Pq usava MK há 10 anos atrás e já passou da fase faz tempo. Deixem o povo ser feliz, credo!

  30. Re17/04/12 • 12h20

    Bah, leio o blog todos os dias e decepcionei um pouco com esse post… Se você gosta de um relógio ou de uma bolsa interessa se tem uma galera usando? A situação piora se for uma galera mais pobre, ou brega, ou que compra falsificação? Se isso importa é sinal que você comprou para impressionar os outros com as suas coisas “caras / exclusivas”… E os produtos “inspired” que você posta? Vamos combinar que “inspired” nada mais é do que uma cópia de menor valor. Será que as suas leitoras que têm os produtos originais não pensam que você está orkutizando as coisas de griffe que elas possuem? Mas aí não é orkutizar, né, é dar dica “bacana”… Cada um usa o que gosta, compra o que está afim… Se o teu relógio te faz feliz, interessa mesmo se tem um neguinho a cada esquina usando? Cada um na sua!

    • Julia17/04/12 • 13h15

      Isso aí… Disse tudo…

  31. Patrícia17/04/12 • 12h26

    Ha,hahahahahahah. Minha primeira providência ao comprar uma bolsa de qualquer marca ou procedência é cortar fora essas “medalhas” ridículas. Além de feias, bregas e chamativas, elas ajudam a pesar a bolsa. Minha filosofia é de que se deve levar a vida leve em todos os sentidos. Não sou outdoor, nem recebo para ostentar marcas e etiquetas, portanto, a marca sou eu. Quando me perguntam algo sobre isso já tenho resposta “customizo tudo que uso, é uma questão de personalidade e identidade”. Nada contra quem acha legal e gosta de usar do jeito que saiu da loja ou quem acha que estraga o produto por que modifica o design, mas moda, prá mim, é parceria entre quem produz e quem usa, é conjugar o coletivo e social com o individual e pessoal. Acho que a gente tem que construir a própria moda e não aderir a moda. Acho que a idéia da parceria me autoriza a modificar, descontruir, reinterpretar, adaptar tudo que uso.

  32. Myrthes17/04/12 • 12h31

    O BRASIL é um PAÍS EMERGENTE, portanto muitos brasileiros hj vivem essa posição. E quem disse que isso é ruim? Isso é ótimo! O país, mesmo aos trancos e barrancos e com muita roubalheira, está crescendo e a economia bombando. Muitos países invejam a posição do Brasil pois o mundo não é feito apenas de Europa e USA não, gente!!!
    Como moro fora a algum tempo, acho que consigo enxergar as coisas por uma ótica diferente.
    Deixa o povo comprar, usar…..
    Acho que ser chic ou cafona vai muito além da marca da bolsa que vc tá usando. Depende de postura, de educação e de inteligência.
    Pendura uma bolsa Chanel original no ombro da gostosona que rebola na TV e vê se ela vai ser chic. NUNCA! Mesmo a bolsa sendo uma Chanel original. Cadê postura? Cadê elegância?
    Todo esse preconceito é uma tremenda bobagem típica de quem tá aprendendo a viver no mundo onde o poder aquisitivo das pessoas está crescendo. MAs passa…..vai levar uns anos, talvez muitos, mas passa. Certeza!
    Aqui onde moro, as pessoas (normais, e não as árabes bilhonárias que vivem num outro mundo de consumo) usam marcas populares e mais sofisticadas com a mesma naturalidade.
    E além disso, tudo é uma questão de ponto de vista, pois uma coisa super bem vista aqui é ir pro mall de sandálias Havaianas (que aliás aqui já tem falsificadas).

    Quanto as falsificações, infelizmente é um mal do mundo moderno, e quanto a isso, vai da cabeça e educação de cada um decidir comprar ou não. E lógico que em muitos casos é tão obvio que a bolsa é falsificada q fica até ridículo usar. Por exemplo, aqui tem uma bolsa Hermes que custa por volta de 30 mil reais. No dia q vc me ver com essa bolsa, pode ter certeza q é falsa pois eu JAMAIS pagaria tanto por uma bolsa pois não vale MESMO. Não tem arte, design nem qualidade que valha tanto numa simples bolsa. Acho mais digno e muito mais chique usar uma bolsa que caiba no meu orçamento do que usar uma falsa onde todos saberão que eu não tenho dindin pra comprar e q portanto é falsa.

    Voltando ao tópico, eu compro, uso e gosto de MK, Chanel, H&M, Forever 21, C&A, etc….

    Bjs e boas compras!

    • Julia17/04/12 • 13h20

      Pra quem fazia post de c&a e riachuelo… ela mudou muito…

  33. Constanza17/04/12 • 12h32

    Adoro essas polêmicas desta tag hahaha, tava com saudade!

  34. telma17/04/12 • 12h45

    O maicocó está passando pela mesma orkutização do Swatch e de tantas outras grifes. A culpa não é da marca, nem da ascensão da classe média, mas sim da pirataria. A pirataria orkutiza tudo, e a classe baixa compra pelo preço, na maioria das vezes eles nem sabem o que é MK. LV etc. É só entrar no trenzão ou metrô aqui em Sampa que vc vê o desfile de marcas pirateadas em uso pela “galera” , umas com versões bem toscas. A pirataria é f…. mas é incentivada pelas altas taxas de juros existentes no Brasil. Mas apesar de tudo isso, continuo sustentando minha tese de que estilo e bom gosto não está ligado a “marcas”. Quem é chic, é chic até de chinelo!! Estilo não se compra, mas tendo um bom olho dá pra usufuir o melhor dos dois mundos, que é o que você faz Cony, por isso gosto tanto do seu blog. Bj

  35. Camila Souza17/04/12 • 12h49

    que pensamento pequeno…

  36. Ka17/04/12 • 12h52

    Amo relógios, por isso adquiri os 2 modelos q mais chamavam minha atenção qdo via nos pulsos por aí….Mas me decepcionei com os 2 modelos. Comprei há um ano os dois no mesmo dia. Eu uso alternado, pois tenho mtos outros, mas mesmo assim, com apenas 1 aninho de uso, o branco de pulseira de borracha q uso super pouco está super encardido e o rosê está ficando com o banho escuro e feio. Definitivamente não passou no meu controle de qualidade, não compro mais, nas bolsas nunca me interessei, pois fujo dessas coisas q “todo mundo tem”, só peco nos relógios mesmo….rsrsrs

  37. Vanessa Maria17/04/12 • 12h55

    Nao ligo pra marcas.. acho brega no ultimo uma pessoa que só sai “grifada” por ai.. é coisa de emergente com certeza.

    Uso de tudo; de 25 de março à Oscar Freire e claro se for compensador.

    Os relogios MK sao lindos de doer e acho que valem a pena ja que se tratam de bens duraveis e que se usa muito mesmo.
    As bolsas acho algumas bem breguinhas mas outras sao lindas e acho que se a pessoa trabalha, tem seu $$$ e deseja ter uma dessas tem mais é que ter mesmo.

    Agora o que achei triste foi a associação piriguetil da bolsa MK com a personagem ( que é uma periguete aposentada digamos assim né?). Concordo com vc Cony se fosse uma LV talvez a marca estaria mais de acordo com o tipo de personagem ( memso eu amando LV) rsss

    Bjks e que bom que essa tag voltou!

  38. Leila17/04/12 • 12h57

    Qual o problema em mais pessoas poderem realizar seus sonhos de consumo e futilidades?Que mulher não tem vontade de ter sua bolsa de grife e desfilar por aí? Acho egoismo e burrice achar que isso deveria ser exclusividade dos mais favorecidos.Afinal se fosse assim muita gente “aqui” não teria bolsa de grife nenhuma.
    Achei que a tag se referia a produtos caros, porem feios e bregas.

  39. Luciana17/04/12 • 12h58

    Cony,sempre achei os relógios lindos, mas confesso que a orkutização da marca me desanima muito.Quando passam a falsificar perde a graça. Eu tenho até um parâmetro. Quando o povo do meu trabalho (que é brega e cafona até) começa a aparecer com esses produtos, vejo que já orkutizou. Aqui cada uma tem o seu maicocó falso. Não sabem nem como pronuncia o nome do tal.
    Ai me irrita mto! Posso soar preconceituosa, chata, mas me sinto assim. Fazer o que. Não importa que muitas pessoas tenham o produto. O que me chateia é a falta de informação, não saber da onde vem. Usa pq todos tem. Pq é a última novidade. É usar o matelasse com a alça de correntes e não conhecer Chanel. A camisa branca de seda e não saber da Equipment. É a ignorância, sabe. rsss
    Não tenho dinheiro pra comprar as originais. Mas também não compro as fakes. Procuro me inspirar nas tendências, o q acho que não é crime nenhum.
    Quanto as bolsas, são bem bonitas (tirando as com o MK garrafal)

    • Iraci Messias17/04/12 • 17h50

      Luciana, fia, que que cê tá fazendo nesse emprego? Tenho pena de você por trabalhar num lugar que te deixa tão incomodada. Corre de lá colega, uma criatura inteligente, informada e fashion como você não deveria estar rodeada de pessoas fakes e burras. . Hahahahahahahahaha ri demais desse comentário, é cada uma…

      • Luciana17/04/12 • 19h43

        Pois é, menina! Não é fácil. Pra vc ter uma idéia, a moda do Snob chegou agora por lá. kkkk
        E uma das meninas até tem vende os Maicocós xing lings.

  40. Luciana17/04/12 • 13h01

    Ah, tem um site com roupas tão lindas… e com preço justissimo! Infelizmente não entrega no Brasil. Dá uma olhada e me diz o que acha…

    http://www.tobi.com

    Bjos!

  41. Katia Lopes17/04/12 • 13h08

    Cony, com todo o amor e carinho: VOCÊ TÁ MUITO INTERNACIONAL!! Volta pra terra! Rsrs.. Beijoss

    • Constanza17/04/12 • 13h19

      Eu nao tô internacional, eu sou internacional rsrsrs

  42. Tatiana Bonini17/04/12 • 13h10

    Gente, brasileiro é uma etnia ingrata né? Fica desvalorizando coisas bonitas! Não é só porque é de grife que é bonito! Como alguma outra leitora comentou aí em cima, gente que compra bolsa LV, Michael Kors ou qualquer que seja a marca e faz questão de comprar aquela que mais ostenta, é porque quer aparecer e se sentir “a” rica! O que importa, no fundo, é o bom gosto! Tem bolsas lindas da Michael Kors que vão chamar bem mais a atenção justamente pela qualidade e beleza do que pelo brilho do MK.

  43. Marcia Aguiar17/04/12 • 13h13

    O Michael Kors é o que a Guess era nos anos 90. Todo mundo adorava relógios, bolsas e carteiras da Guess. As bolsas eram lindas, não eram o horror que são hoje. Até hoje uso dois relógios lindos (super clean) da Guess que tenho desde aquela década. Espero que o Michael nunca embarangue (como dizem os mineiros) como a Guess.

  44. sonia17/04/12 • 13h15

    Adorei o post !!! adorei as bolsas que vc postou !!! um amigo meu tá indo pros States, vou pedir uma !!! bjs,

  45. Danielle S.17/04/12 • 13h15

    É só alguém aparecer e falar com sinceridade o que pensa que aparecem as políticamente corretas falando de preconceito. Hipocrisia pura. Eu até gosto de algumas coisas do mk mas desanimo de comprar porque tá muito comum sim e muito falsificado.

  46. Cintia17/04/12 • 13h23

    As bolsas do MK que vejo aqui no rio todas são com o logo por toda parte da bolsa…acho ridículo e isso é mal tbm para Calvin Klein e Tommy Hifflinger que aqui é uma febre tbm. As que vc selecionou são lindas, por isso que acho que ainda tem salvação desde que saiba escolher. Muitas saudades dessa tag é uma das minhas preferidas.
    Bjs

  47. Gabriela17/04/12 • 13h24

    Luciana: um bom parâmetro para não comprar ou fazer qualquer coisa na vida é se o povo do trabalho está usando ou fazendo….hehehe. Vade retro, Satanás, povo do trabalho!

    • monica17/04/12 • 14h13

      CONCORDO!!!

  48. Márcia17/04/12 • 13h27

    Tá, se o “Mixael” está indo para o brejo junto com Aber e Hollister então quais serão os próximos objetos de desejo?

  49. luciana17/04/12 • 13h28

    hum, nao sei se chego a achar que seja uma marca duvidosa…tenho somente um relógio, daquele modelo turtle. é lindo e clássico! mas a quantidade de bolsas com o logo MK que tenho visto por aí….hum, nao acho isso bacana! e prefiro as bolsas da arezzo, apesar de serem extremamente caras! beijos

  50. Lorena17/04/12 • 13h31

    Hahaha!!! Também adoro essa polêmica! É muito engraçado ver como o povo se dói, né?! Hahaha

    • Constanza17/04/12 • 13h37

      Muito! Hahahaha

    • Thais17/04/12 • 16h26

      tem gente que leva as coisas muito a sério! Chega a ser engraçado…

  51. Alice17/04/12 • 13h32

    que mimimi. foi muito desnecessário esse post

  52. Manu17/04/12 • 13h35

    Que posto mias imbecil… coisa de gente metidinha a merda só pq o papai é médico, engenheiro, artista…etc…renomado! AH VÁÁÁÁÁ… a pessoa n tem o q escrever ai vem e publica uma bosta dessas… O SOL NASCEU PRA TODOS, n apenas pras menininhas mimadas n, riquinhas de berço q acham q pq podem comprar chanel, dior e etc são melhores q os outros… TA INCOMODADA COM A POBREZA USANDO A MESMA BOLSA MICHAEL KORS Q VC USA??? ENTAO COMECE A GASTAR MAIS DIN P SE DIFERENCIAR…ALIAS SO NESSE QUESITO NE… sinceramente alguem q tem a capacidade de escrever um post tao preconceituoso n deveria sequer ter leitoras, mas eh claro q a grande maioria esmagadora de pessoas q continuam a ler esse tipo de texto eh pq eh igualzinha a autora disso…uma mimadinha q so usa MAC, DIOR, CHANEL, BENEFIT, ALDO, LOUBOUTIN… imagina se gente da sua estirpe usa nada popular n eh? no maximo vai até a CeA so p dar uma olhadinha nas novidades p ter alguma coisa p postar aqui, aproveita e comprar p camuflar q usa coisa bacanas apesar de populares, mas na grande realidade faz so uma combinação p um look do dia e depois da p alguem q queira!!! ESSE POST FOI PODRE, sigo mil blogs e nunca tinha tamanho absurdo em nenhum, inclusive sigo meninas q sao tao ou mais ricas q a dona desse blog, mas NUNCA postaram algo cm isso…enfim… so tenho pena de gente assim!!!

    • Constanza17/04/12 • 13h45

      Juro q eu mato se eu achar quem pegou meu Louboutin e minha Chanel!

      • Lorena17/04/12 • 15h10

        Cony, eu amo seus posts, mas ler os comentários das pessoas surtadas é ainda melhor!!! Diversão na certa!!! Tô aqui me matando de rir!!!

        • Constanza17/04/12 • 15h21

          Por isso q to aprovando tudo rsrs, nao tem graça esse tipo de post sem os surtos rs

      • Janaina Furtado17/04/12 • 19h10

        KKKK!!!!Muito bom Cony! Se achar o meu também devolve, hein? Vai ver foi a mesma pessoa…

    • monica17/04/12 • 14h16

      GZUIS!!!!HILÁRIO!!!!Ainda bem que eu li o post desde o começo!!!Fui poupada do SURTO!!!!

    • Iraci Messias17/04/12 • 14h17

      Credo, que mal educada… Entendi nada.

      • monica17/04/12 • 14h24

        Ela surtou!!!!KKKKKK

    • Fernanda HTBR17/04/12 • 14h51

      HUHUHUH… só rindo mesmo! Gente não é pra estressar é pra se divertir e rir! Nada se cria tudo se copia…

    • Lívia Duarte17/04/12 • 15h45

      I N V E J O S AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

    • Aline17/04/12 • 15h55

      Vc fez mais sucesso que o post. hehe Acho preconceito não deixar que as pessoas expressem suas opiniões. Tem que ser muito pobre de espírito para vir ao blog e escrever isso.

    • Thais17/04/12 • 16h29

      Gente, alguém me explica o que foi isso?? Tô apavorada com o descontrole da pessoa!

    • Kethlyn17/04/12 • 16h40

      Não tenho grana pra comprar uma Chanel, algo que sonhooooooo.
      Amo os relógios MK, as bolsas tb são bonitinhas, mas achei sim que todo pulso tem um MK e mtas bolsas falsas.
      LV por exemplo acho linda, mas não gosto pq toda esquina tem uma, falsa ou não.

      Ainda bem que existe o fufu pra alegrar minha tarde.

      Apesar que tudo que vejo muitas pessoas usarem eu acabo enjoando, sendo de marca, ou não.

      Beijos… Que venha a próxima marca duvidosa.

    • viviane17/04/12 • 17h14

      Ela deve ter uma igual a da Carminha, hahaha

    • Alê18/04/12 • 14h12

      Manu,
      Me manda seu endereço que vou te mandar uma caixa de rivotril, tá?
      Beijos!

    • Camila Piton18/04/12 • 16h54

      tem gente que errou de blog ou simplesmente caiu de paraqedas aqui?? HAHAHA
      Hilário ver geral surtando !
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  53. Ionara17/04/12 • 13h36

    “Não acho a marca duvidosa.. duvidosas são as pessoas que usam as peças da marca pra mostrar que tem $, como se fosse algum sinal de status. E o pior que no final são as mesmas que reclamam que a marca “orkutizou”.
    E acho tão ultrapassado esse papo de novo rico.. tem algum problema em ganhar dinheiro e passar a consumir marcas melhores? Não é isso que todas nós fazemos??”

    FALOU TUDO!

    • monica17/04/12 • 14h19

      ADORO o novo rico que se informa,procura falar direito,não fica gritando,gosta de falar baixo e procura melhorar!!!!ISSO SIM!!!Agora novo rico,que se acha chique e é mais cafona,grosso,fala alto e fica pagando mico,esses eu odeio!!

  54. sarah17/04/12 • 13h39

    Também acho que vai muito de quem usa e como se usa!
    Detalhe: o relógio da Carminha TAMBÉM é MK! Salvo engano é o mk 5128, o rosê.
    Aproveitandooo! Alguém sabe me informar o valor de uma hamilton na europa, mais precisamente em Lisboa ou Paris?

  55. Luana Batista17/04/12 • 13h57

    O problema foi a marca estar associada a uma personagem pobre que ficou rica, sem classe e suburbana? Me pareceu preconceito. Eu acredito que independente de estarmos usando uma roupa ou acessório de grife ou algo de loja popular e de departamento, o que importa é sabermos usar a peça; é ressaltar com ela o nosso estilo pessoal e personalidade, ficar e se sentir feliz, linda e satisfeita! Eu compro o que meu bolso consegue pagar. Vejo muuuuitas mulheres aqui no RJ com essas bolsas com o MK saltando e já até vi dessa dourada. Como sei que só pagaria por uma falsificação mesmo, quis comprar, procurei e não achei. Depois mudei de ideia, pois percebi que essas que eu vejo em maioria não combinam comigo, são muito chamativas. Talvez eu esteja errada, mas penso que quem gosta de seguir moda e tendência corre o risco de cair no lugar comum, seja usando a marca ou não-marca que for.

  56. sonia17/04/12 • 14h06

    Sinceramente, ninguém é obrigada a entrar aqui, se começou a ler e não gostou, vai pra outro lugar, caramba !!!! e feio mesmo é falar palavrão !! Eu adorei o post.

  57. Myrthes17/04/12 • 14h06

    tá esquentando……tá esquentando…..kkkkkk
    Ainda bem que tô com insonia hj!

  58. Sarah Barrera17/04/12 • 14h07

    Cony, eu amo o blog e na grande maioria das vezes concordo com tudo o que você escreve, mais chamar a marca de “Maicocó”, mesmo que pra brincar…. pultz!

  59. Valéria Bezerra17/04/12 • 14h07

    No final tudo gira em torno do preconceito entre as classes sociais. Principalmente no Brasil é comum acreditar que tudo o que é importado é mais chique e que só os ricos têm acesso a isso. Quem fala mal da “orkutização” da marca é porque não quer ser associada a “ralé” que usa o tal objeto falsificado. É ou não é preconceito de classe? Agora sem querer ser demagógica ou coisa assim, o que eu mais gosto no seu blog é justamente tornar a moda acessível e realmente democrática, com opções para todos os gostos e bolsos, independente de classe social. Bjs!

  60. Iraci Messias17/04/12 • 14h13

    Acho o cúmulo da futilidade esse termo “orkutizar”. Ultimamente as pessoas usam esse verbo pra tudo, roupas, joias, redes sociais. Falam mal do Instagram pra Android mas pagam o iPhone em 12 vezes sem juros e ainda tem uma conta pré-paga. Meio contraditório né? Tipico de gente que só pensa em status.
    Me poupe né, gente?
    Realmente é feio a pessoa andar por aí mostrando pra todos a marca das coisas que usa, porquê pra mim é feio a pessoa fazer de tudo pra viver de aparencia e status, quando na verdade é uma pessoa feia por dentro. Gente que deixa de comer bem pra mostrar uma bolsa LV por ai..
    Tenho certeza que aqui nem todas nasceram milionárias, com pais ricos oferecendo um alto padrao de vida para sempre. Não é bem assim que as coisas funcionam. Então qualquer pessoa que trabalha duro para conseguir ter coisas que deseja e sonha é uma nova rica? Olhem-se no espelho…este é um pensamento mesquinho e preconceituoso.
    Aliás, é muito preconceituoso falar que uma coisa tá “orkutizada” pelo simples fato de que pessoas de uma classe social abaixo da sua estejam conseguindo juntar um dinheiro pra comprar algo. E tem gente que deixa de usar mesmo, porque é humilhante usar coisa que até pobre usa…
    Isso é vergonhoso. Vocês, BRASILEIRAS, que criticam os brasileiros por estarem gastando horrores e comprando as mesmas marcas quando vão ao exterior, são as pessoas que faziam isso há um ano , e ainda fazem! Estão criticando as pessoas quando fazem o mesmo ou pior.
    Realmente coisas falsificadas são tristes, desvaloriza o trabalho do cantor, do pintor, do estilista e etc. Mas quando tem uma cópia descarada e só muda a marca todo mundo compra, pois não é falsificado e sim inspired. ???????????? Cuidado pras pessoas orkutizadas não reclamarem por vocês estarem comprando em fast fashions, porque já que se acham tão “velhas ricas”, chiques e originais, não deviam estar comprando em lojas direcionadas à classe B e sim em lojas grifadas.

  61. Alinne Aguiar17/04/12 • 14h21

    Eu adoro a marca Michael Kors, e tive a infelicidade de comprar um relógio (o MK3131) que futuramente veio á ser um dos mais copiados, porém NUNCA vi um que se aproximasse do original. A qualidade é muitíssimo diferente.
    Enquanto a bolsa da piriguete que virou madame, acho o modelinho “douradão” meio Uó! Modelinho bem mulher “guenga” (como dizemos aqui no nordeste) que casou com homem rico, mas carreta consigo as origens! Não compraria! Já os modelinhos que a Constanza colocou, neeem se compara, são de muito bom gosto 😉

  62. Claudia Menezes17/04/12 • 14h21

    Olá Constanza,

    É a primeira vez que visito seu blog, e gostei muito. Gostei também do post, super apropriado. Não obstante, houve um pequeno errinho, que vc, talvez, queira consertar, o Richs, na verdade, é Rich mesmo, pq não tem plural para os adjetivos em inglês.

    Bj

    P.S. Não precisa postar meu comentário

  63. monica17/04/12 • 14h23

    Cony…Maicocó???Vc foi DEMAIS!!!Quer saber???ORKUTIZOU!!!!KKKKKKK

  64. Aninha17/04/12 • 14h33

    Estou impressionada com tanta gente que não tem o que fazer…inclusive eu….rsrsrsr

  65. renata17/04/12 • 14h33

    Peguei a ponte aérea semana passada com a Valeska Popozuda e ela ostentava essa exata MK da Carminha nos braços.
    Já era Cony, se até ela ta usando… hahahahahah
    Beijo, morro de rir com esses comentários malucos! Esse povo precisa de terapia!

    • Fernanda HTBR17/04/12 • 14h57

      Sabe que anos atras em minha cidade, as frequentadoras de um determinado restaurante eram identificadas como prostitutas pela bolsa que elas usavam?!!! E na época a bolsa era o saco da Victor Hugo… lembram?

  66. Bruna17/04/12 • 14h34

    Primeiro, quero dizer que estou absolutamente horrorizada com o comentário 59! Credo, quanto recalque! Raramente comento em blogs, embora leia sempre! Mas, às vezes, não dá pra aguentar… Querida Manu (do comentário 59) se não gostou do que a blogueira escreveu, se acha que ela não é digna de ter leitoras ou seja lá mais que diabos você pense dela, qual a razão de perder seu precioso tempo para debulhar de besteiras que em nada acrescentam justamente no blog dela? Se você lê blogs de pessoas que considera melhor e mais ricas, pq não vai comentar do lado de lá? Sinceramente, pra mim, comentários dessa espécie é coisa de gente de mal com a vida, sem emprego, sem dinheiro, sem ocupação, recalcada e invejosa! Ninguém aqui tá julgando quem usa ou deixa de usar MK, seja réplica ou original. A questão é discutir se você se sente bem usando o que banalizou, se dá importância pra isso ou não, enfim… se você, Manu, não está interessada na discussão, aperta no “x” lá em cima e não entra mais aqui, não precisamos saber o que você pensa! E Constanza, me desculpe o desabafo mandando a menina embora de um blog que nem é meu, mas pra mim foi demais!

    Agora, a minha opinião! hahaha De início, tenho a dizer que não gosto mto dessa expressão “orkutizar”! Pobre do orkut, fomos tão felizes nele… daqui a pouco vai ser facebookizar e daí em diante. Acho que isso surgiu com a história do instagram para android, o que me indignou bastante! Mas, deixa pra lá, assunto para outra pauta! Sem me estender mais, eu acho lindo os relógios da MK, as bolsas não conheço muito. Mas, se é bonito, se a pessoa gosta e tem bom gosto, ótimo! Use, abuse, pouco importa se a menina que cruzou com você na calçada tem o mesmo modelo (mas fake). Acho que tendo bom gosto, você pode usar tudo! Eu tenho uma neverfull da LV, acho que é a bolsa mais usada do mundo (fake ou não), mas a amo, acho que combina com tudo e pouco me importa se elas está ou não banalizada! Autenticidade e estilo é tudo, na minha opinião. Se você souber usar e a marca apresentar coisas bonitas, não tem pq abandonar só pq está mais acessível! Aí sim, seria preconceito.

    Enfim, adorei o post, assim como todos esses sobre marcas “duvidosas”!

    Beijos, Cony!

  67. Aninha17/04/12 • 14h42

    “Muitas pessoas gastam dinheiro que não tem, para comprar coisas que não precisam, para impressionar pessoas que não gostam”. Will Smith

  68. marcela santos17/04/12 • 14h46

    A bolsa da carminha da novela e trevas bem a cara de novo rico carioca da Barra muito ouro rs , mais gosto de MK em qualquer ugar com bom gosto e boa vontade se acha coisa boa

  69. Camila Rodrigues17/04/12 • 14h50

    Acho extremamente desnecessário ficar se preocupando com a tal “orkutização”. Não vejo problema nenhum em ver outras pessoas usando o mesmo que eu. Se usam é porque é bonito mesmo 🙂 Mesma coisa acontece com a história do instagram pra android. As pessoas tem se revelado cada vez mais mesquinhas e fúteis. Eu hein, tô fora.

    • Mônica17/04/12 • 17h02

      Levantando a questão iphone X blackberry X etc android… tenho diversos amigos que ganharam o iphone 4 da operadora, eu não quis porque no momento não estou precisando trocar meu celular. Na minha família só quem se interessou pelo iphone foram meus sobrinhos que ainda são crianças e curtem os aplicativos. Não entendo o motivo para tanta confusão! Vamos viver gente!!!

  70. Rafael17/04/12 • 14h51

    Parei de ler no “a tôa”, olha só como se escreve:
    http://pt.wiktionary.org/wiki/%C3%A0-toa

    • Constanza17/04/12 • 15h24

      Soy gringa, yo no saber escribir

      • Lívia Duarte17/04/12 • 15h53

        Povo idiota, zzZZZZZzzZZZZZzzzzzzZZZzzzzzzzzZZZZzz

    • Iraci Messias17/04/12 • 16h08

      Como essa pessoa veio parar aquii? Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Thais17/04/12 • 16h34

      Que drama…

  71. Si17/04/12 • 15h10

    Credo viu gente…que absurdo né? Depois de ler comentários tão envenenados, até voltei pra reler o post pra ver se tamanha revolta era mesmo justificada…Sinceramente? Morro de preguiça de pessoas que querem ser críticas com relação a tudo o tempo todo, que querem dar uma opinião ‘socialmente correta’e toda moralizante e que enxergam preconceito em qualquer coisa! Bruna do comentário #79, você mandou bem no que disse. Acho que até mesmo para discordar de alguma coisa, para expressar sua opinião, existe uma maneira decente e educada de fazer isso…e na boa, não sei pq perdi meu tempo em expressar minha indignação…se nem mesmo a própria dona do blog se presta a isso…rsrs..ela que está certa…sabe com o que se ocupar, sabe com o que se deixar atingir…Viva a Cony!!!!! Iupiiiiiii!!!

    • Carol17/04/12 • 15h31

      Ai menina que povo chato neh? A galera precisa tomar mais vodka e ser mais feliz!

      • Re17/04/12 • 17h42

        Falou a Heleninha Roitman!!! hahahhahahah

  72. Jéssica Falcão17/04/12 • 15h15

    Adoro seu blog e visito todo dia, mas esse post realmente me indignou…
    pq parece q vc é a favor da elitização, é a favor de que os pobres fiquem apenas olhando e desejando marcas que só que tem mais grana pode comprar.
    esse pensamento de querer ser diferente da grande massa através do que pode comprar é realmente mesquinho e lamentável!

  73. Carol17/04/12 • 15h27

    Esqueci até o que ia dizer depois de ler esses coments!kkkkkkkkkk Ai que pessoas loucas, tem gente aqui precisando de prozac, rivotril ou coisas do tipo…

    Conys concordo com vc, amo meu relógio e amo minha bolsa, mas se fosse comprar algo agora compraria um modelo menos óbvio…A minha bolsa comprei logo quando o pessoal só comprava relógios acabei comprando daquela estampa que todo mundo tem uma do modelo grande!Pelo menos a minha é estilo carteira, mais pra baladinha msm..Enfim, não vou parar de usar a bixinha não!kkkkkk

    Beijos!

  74. Taiza Soletti17/04/12 • 15h31

    Gente, postei por engano como resposta para o comentário #8, com o qual concordo. Mas na verdade eu queria que aparecesse como comentário, então copiei e colei aqui: Acho que se é bonito, a pessoa gosta e tem condição de comprar (mesmo que parecelado em trocentas vezes porque ninguém tem nada com isso rsrsrs), que compre e seja feliz. A vida é mto curta, se eu acho a coisa bonita e posso, compro e não to nem aí se meio mundo comprou também. A vida em si já exige mta seriedade, não me importo nem um pouco se a coisa orkutizou ou não. Também fui mto feliz no orkut, viu gente? Qtas horas eu perdi por lá kkkkkkkkkkk

  75. Diene17/04/12 • 15h44

    noooooooosa!! hj bombou aqui, kkkk
    concordo com o coment #84!
    Bruna, tô contigo e não abro! hahaha

  76. gabriela lopes17/04/12 • 15h48

    Não entendo pq as pessoas se importam tanto com a popularização das coisas, dá a entender que só a classe A usa tal produto e fica ofendida por ver a classe B usando. Poxa, se é bonito, vc gosta, não tem pq ficar com dor no coração de ver o “pobre” (que usa michael kors) com a mesma bolsa/carteira/relógio…

  77. Aline17/04/12 • 15h51

    Eu acho a maioria dos relogios “piriguetes” demais. Curto só o MK5315

    • Fernanda HTBR17/04/12 • 16h01

      o meu é uma mistura de piriguete com bicheiro e pagodeiro… uhuhu… e o MK 5417… eu acho linnndduuu….mas depois que comprei que vi o qto chama atenção o bichinho..rsrsrs

  78. Eliss17/04/12 • 15h53

    KKKKKKKKKKK
    Perae que vou ali pegar a pipoquinha!!!!!!!!!!

    • Myrthes17/04/12 • 16h18

      Eliss,
      rindo MUITO aqui com seu comentário! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Francine17/04/12 • 16h32

      Hahaha… Tá muito divertido isso aqui hj!

      • monica17/04/12 • 16h59

        POR FAVOR,PAREM!!!!!!EU PRECISO ESTUDAR!!!!!KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Magui Jurado17/04/12 • 17h43

      Traz pra mim também?

  79. Raquel17/04/12 • 15h55

    Que é chato você comprar algo e a cada esquina que você virar ver alguém com ela é frustrante, todo mundo sabe… Mas isto é natural, até a Gucci, já passou por isto, e por culpa própria, pois no auge do sucesso passaram a “grifar” qualquer produto, até alguns alimentícios. É bom que as pessoas comecem a ter acesso a marcas boas. Quem quiser exclusividade que compre Alta Costura, o pret-à-porter está aí para isto, para manter as marcas viva, ou alguém acha que se eles vendessem somente para classe A, eles atingiriam o patamar que se encontram hoje???

  80. Luciana17/04/12 • 15h57

    Tenho pavor dos acessórios com o MK estampado! Acho muito brega, assim como a linha da Coach que tem os C’s estampados. Monograma é complicado na verdade.. Até o mais famoso e desejado monograma da LV virou sinônimo de cópia barata no Brasil… Que pena…

  81. Bah17/04/12 • 15h58

    Eu acho que a novela quis ironizar! Não tenho certeza, mas o relógio dela parece muito um MK! Num outro capítulo ela o deu ao mendigo, que foi vendê lo e descobriu q era falso! Hahaha! certeza q a bolsa era falsa tb, muito exagerada, a Globo não ia fazer essa merchan…

  82. Dry di Moraes17/04/12 • 16h01

    “Quando ela me vê. Ela mexe..Piri pipiri pipiri piri piri pirigueti.” http://letras.terra.com.br/mc-pele/1064078/
    De patricinha e perua à piriguete hein Cony?

    Quanta gente com dor de cotovelo ao ler esse post… eita NOIIISSSS! tsc tsc tsc.

    Dá pra rir um bocado!

  83. Bianca Veronez17/04/12 • 16h01

    Oi, gente! Eu faço parte do que a galera acha cafona. Fui para os EUA e comprei o relógio rosé e uma bolsa MK. Eu comprei pq vi o relógio no blog Glam4you e a bolsa eu tinha visto no site do MK. Moro na Barra, RJ, ou seja sou vista como emergente cafona. Realmente o que me incomoda são as falsificações. Mas várias marcas são falsificadas aqui e em NY nos camelôs e em Chinatown. Ninguém vai fugir disso, daqui a pouco essa febre passa e outra marca vira a bola da vez. Eu vou continuar usando meus produtos MK, pois meu dinheiro não é capim.

    • Aninha17/04/12 • 16h58

      Amei !#autentica

  84. Bah17/04/12 • 16h01

    E outra, os brasileiros estragaram o orkut e estão estragando o facebook tb… Kkkkkk!

  85. Carolina Garrett17/04/12 • 16h02

    Eu adoro MK. Mas realmente deu uma popularizada…

    bjos

    http://www.carolinagarrett.com.br

  86. Juliana17/04/12 • 16h06

    To rindo muito!!
    Nem preciso ir pra terapia hj!
    Te adoro Cony!!
    Bjs

  87. Lucy17/04/12 • 16h07

    Gente, o fato é que a maioria esmagadora das marcas tem suas fases… Ascensão, auge e declínio… Quando está em ascensão só as riconas chiques compram… Quando está no auge as emergentes compram e as riconas param de comprar… quando cai no gosto do povão e vira alvo das cópias entra em declínio e vira cafonice… Falem o que quiserem mas a verdade é essa!!!! MK está saindo do auge e entrando em declínio pois só algo raro é desejado, falo isso como especialista pós-graduada em marketing tá meu bem!!!

    • Constanza17/04/12 • 16h09

      Gostei

    • Loli17/04/12 • 16h11

      Boa definição, é isso mesmo. Mas o MK já tá “entrando em declínio” tem um tempinho, né?

    • Lívia Duarte18/04/12 • 13h10

      Deu na caraaaaaaaaaa! KKKKKKK

  88. Maria Luisa Alves17/04/12 • 16h07

    Bom.. antes de ver qualquer produto MK eu sempre assisti Project Runway onde Maicocó é jurado e eu AMO ele! Sabe aquela pessoa que dá vontade de ser amiga? Vontade de botar num potinho e levar pra casa? Queria muiiiiito ter ele como best! kkkk Ele sempre fala a verdade mas sem ofender o participante, faz comparações mega engraçadas e é sempre um AMADO! Ele e Tim são amor puro! Ninguém mais assiste gente?

    • Iraci Messias17/04/12 • 16h29

      O conheci por lá Antes da marca “orkutizar” . Hahahahahahaha

  89. Loli17/04/12 • 16h10

    Acho que não foi acidente não. Emergente cafoninha usando MK. Na novela das 7 a rica que sempre foi rica tava usando uma Hermes.

    • Iraci Messias17/04/12 • 16h24

      Essa personagem nunca foi sempre rica, era empregada doméstica e casou com um homem rico. A diferença é que era dona de uma loja estilo Daslu. Informem-se.
      Nada a ver isso…

      • Loli18/04/12 • 15h46

        Ah sim, desculpae, é que não via essa novela, só vi algumas cenas. De qualquer forma a personagem não tem a áurea cafona da Carminha da novela das 8.

  90. Iraci Messias17/04/12 • 16h14

    Porque Brasileiro gosta tanto de falar mal dos proprios brasileiros? O que deveria incomodar são os impostos altissimos, os preços exorbitantes, mas as pessoas preferem reclamar de quem vai pros EUA e volta com a mala cheia de “marcas orkutizadas”. Pelo amor de Deus..

  91. marta pimentel malafaia17/04/12 • 16h22

    o pessoal leva td mto a serio e se esquece q na verdade são 2 problemas: a moda é uma maneira de destacar-se, de se individualizar perante os outros (queremos sempre o vestido q seja diferente do das amigas, aquele que ninguem tem), e se compramos uma produto de um preço elevado não queremos ver uma imitação dele a preço de banana por aí (e as pessoas achando q compramos o nosso assim, sendo q na verdade gastamos bem mais).. Esses são os dois fatores analisados no post, nao o q o novo rico compra ou deixa de comprar, mas a banalização de algo q está na moda, mas o povo é chato demais e quer discutir por td! uahauhauhauhau em todo caso, se panicat ou mc de funk usa, EU FUJOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

    • Re17/04/12 • 17h54

      Se você acha que a maneira de se destacar dos demais é usar um vestido diferente e se o que importa pra você é que todos saibam que você pagou uma nota por uma bolsa ou relógio, então, realmente, o seu problema é muito maior que o Maicocó…

      • Jéssica Falcão18/04/12 • 22h26

        disse tudo!

  92. Ana Teresa17/04/12 • 16h25

    quer prova maior da orkutização da maicocó que um barraco desse? hahahahaha!!!

    • Aline17/04/12 • 16h29

      ahahaa, boa. Estou assistindo!! O dia estava muito monótono.

  93. Gabriela17/04/12 • 16h28

    Ahahahahahhahah ai gente, ainda bem que hoje eu to com tempo ahaha
    seilá, eu acho que as pessoas gostam de exclusividade. Produtos mais caros tem esse apelo, aí quando todo mundo usa perde a graça
    Normal, acontece, fazer o que…

  94. Rosana Nicochelli17/04/12 • 16h32

    hahahahahahaha…
    Juro que não fiquei surpresa com esse post.
    Sacanagem colocarem justo um modelo cafona da marca na personagem pérfida e igualmente cafona. KKKKKKKKK.

    Eu AMO Michael Kors. Tenho só um relógio e uma bolsa da marca, e não vou parar de comprar só porque o figurinista da Globo fez o desfavor de jogar o nome MK na lama. rssss

    Se analisarmos bem, a marca não é duvidosa, mas sim algumas pessoas que a usam sem critério.

    Adorei o post.
    Beijokas.

  95. Roseane17/04/12 • 16h35

    Olha, eu tb n curto esses termos tipo “orkutizar”, “novo rico”…bla bla bla. Com td orgulho, eu vim de uma família pobre, mas ralei, estudei, me formei, hj sou bem sucedida na minha profissão. Quer dizer q eu n tenho direito de ter uma it-bag tb? É ridículo pessoas inteligentes com esse tipo de pensamento preconceituoso. Lembro de um caso de umas conhecidas futeizinhas e filhinhas de papai (seria tb um preconceito falar assim?) q qdo chega alguém (considerado pobre por elas) aí falam: fulana, quem te deu isso? Ora, quem te deu??? Que ridículo…será q as pessoas não tem o direito de evoluir e usufruir de coisas boas tb??? Que pena pessoas viverem tanto de aparências e se iludirem que o dinheiro compra felicidade, saúde, valores…nem coisas menores como classe ele compra! E Cony, o q conquistou suas leitoras foi essa identificação com vc, já ví muitas aqui comentando q gostam do futilish por ser mais um blog o qual a gente fala de igual pra igual, compartilha de coisas que são acessíveis à maioria, sem tanta ostentação. Claro q o seu blog tá crescendo e é normal q com o tempo vc encontre patrocínios e tb venha cada vez mais a ter poder aquisitivo para comprar as coisas mais caras tb, mas por favor, n deixe de ser a pessoa q vc é, não deixe esse blog tão legal perder a identidade e se tornar só mais um desses ridículos, sem conteúdo e cheios de mesmice, que chegam a dar sono com tanta babozeira.

  96. Thais17/04/12 • 16h45

    Depois de ler os comentários anteriores e me apavorar com umas descontroladas, resolvi deixar o meu comentário! Acho que a Globo usou a bolsa MK justamente para caracterizar a personagem (pessoas como ela usariam uma bolsa daquelas! hehe). Concordo que a marca sofreu uma “orkutização” e com isso não quero dizer que pessoas “pobres” não têm o direito de comprar produtos “de marca” e de qualidade (como algumas pessoas comentaram). O fato é que ninguém gosta de ver um relógio/bolsa/etc igual ao seu, falsificado em todas as esquinas, sendo vendido no camelô! Isso desvaloriza a marca e acho que isso que se quer dizer com o tão criticado termo “orkutização”. Não vejo razão alguma para tantas críticas ao post.

    • Francine17/04/12 • 17h51

      Concordo!!!

  97. Mônica17/04/12 • 16h45

    Tenham seu estilo. Viajei para Europa com uma bolsa MK que é prática e cabe bastante coisa nela. Ia visitar vários lugares e como passava o dia longe do Hotel tinha que carregar um kit básico na bolsa + câmera, claro! A solução foi a Maicocó, kkkkk Gasto meu dinheiro com o que é útil, por isso não considero a moda uma questão de futilidade. Pena mesmo é o universo fake porque prá mim que usa ou deixa de usar pouco importa. O que importa? é minha conta bancária para arcar com o que quero ter sem fazer dívidas.

  98. Fabiana17/04/12 • 16h45

    Gente eu vi uma tiazinha em uma viagem à Búzios, super cafona, e adivinha o que ela estava usando?
    Aquela bolsa enorma do MK, cheio de MK MK MK MK MK MK..
    EU ACHO UM HORROR.

  99. Amannda Ferreira17/04/12 • 16h53

    A Maruska da novela Aquele beijo usava uma bolsa e um bracelete Hermes e uma bolsa celine! Eu acho engraçado mostrar a Carminha com uma bolsa MK prata bem chamativa… mas sei lá, cada um usa o que quer e o que gosta, né? O que me deixa chateada são as falsificações, tem umas que são muito grosseiras, com umas faixas com o nome da marca, que não existe na verdadeira, me dá aflição de ver!
    A única coisa que eu tenho da MK e que eu gosto, são os relógios! Eu acho lindooooo e sou apaixonada pelo meu!

    Beijos Cony, adoro esses posts polêmicos!

  100. luciana17/04/12 • 16h57

    como dizem por aí, isso aqui tá parecendo um “mercado de peixe” hj…que zona!!!!!!!!! kkkkkkkk

  101. Anna17/04/12 • 17h11

    “A moda é passageira, o estilo permanece”
    Yves Saint-Laurent

  102. Fernanda17/04/12 • 17h14

    Eu tenho uma conhecida que disse que não combinava pra mim ter uma bolsa chanel, pois eu não tinha carro de luxo, nem jóias, nem roupas da alta costura! kkkkkkkkkkkk Só rindo mesmo!

  103. Maria Luisa Alves17/04/12 • 17h21

    Orkutização vai acontecer com toda marca americana…os brasileiros cada vez mais vão para Miami ou NY torrar todo o dinheiro arrecadado no ano.. conheço várias pessoas que não fazem mais compras aqui e viajam a cada 6 meses ou 1 ano.. Tudo que é americado, bonito (nisso nao tem oq questionar, MK tem coisas lindas e boas sim!) e ace$$ível vai orkutizar… Nao to dizendo q é errado viajar e comprar, afinal não merecemos pagar o triplo do preço devido aos impostos brasileiros.. mas é lei da natureza… tudo que começa a aparecer demais em todo canto, cansa! Igual Victoria’s Secret.. que a única coisa que nao cansa dela e NUNCA cansará é o desfile! Senhor, emocionante demais!!!

  104. Si17/04/12 • 17h29

    Cony, faz outro post aí pra abafar esse assunto de uma vez..antes que orkutizem o Futilish tb…rs

  105. Marcia Aguiar17/04/12 • 17h40

    Tô rindo muito com os comentários! Que gente tensa; parece até que a galera é acionista do MK.

  106. Korina17/04/12 • 17h44

    Oii, Constanza!! Td bem?
    Leio seu blog todos os dias, mas (acho) que nunca comentei!! Gostei dele logo de cara, então entrou pra minha lista de favoritos! Adoro os seus posts, adoro o jeito que vc escreve, o seu senso de humor…e acho que a maioria que entra aqui, o faz justamente por isso..por gostar do que lê! Não entendo pq algumas pessoas simplesmente surtam e te agridem (na verdade isso tá cada vez mais comum nos blogs em geral, agredir as blogueiras) É tão simples, não gosta, não entra! Blz..entrou sem saber, e não gostou; FICA QUIETA! Ninguém tem o direito de ofender os outros gratuitamente! Tenho CERTEZA, mas CERTEZA mesmo, que essas pessoas que fazem os comentários maldosos, se tivessem a oportunidade de falar ctigo pessoalmente, jamais falariam essas coisas!

    Bom, mas acho que vc sabe que elas são minoria! A maioria das suas leitoras te adora!! (me achando íntima haha) E fazer o que, né? Querendo ou não, elas tb te dão “audiência”..

    Um beijo!!!

    • Re17/04/12 • 18h18

      Você já falou com a Cony pessoalmente?

  107. Flávia17/04/12 • 17h48

    A Carminha é uma nova rica cafona, logo a bolsa dourada MK está mais do que apropriada para a personagem, afinal essa bolsa é uó.

  108. BRUNA MARQUES17/04/12 • 17h49

    O importante não é pq você compra, como você compra ou quanto custa. Na verdade o que importa mesmo é se você teve a oportunidade de comprar a bolsa não veio só. Ela veio com lembranças de uma viagem, com o suor de um trabalho ou como presente de alguém querido! Se passa a moda, se é cafona, se é popular pouco importa! Eu tive pais pobres e nunca tive grana para comprar nada de marca (nacional e muito menos estrangeira) Não fiquei rica, mas se gosto de uma Maicocó posso comprar! Acho as coisas lindas e tenho vontade de comprar. Inclusive a que a Carminha usou na novela foi meu alvo dentro das Galerias Lafayete. Marido que não deixou kkkkk

  109. Priscila Ferreira17/04/12 • 17h51

    Mt engraçado ver os comentários anteriores! Pessoas loucaaas! Quanto drama!
    A lucy do comtentário 123 está certa!
    É tanta falsificação e piriquete usando, pra não falar das faveladas com as fakes, que ORKUTIZOU msm!
    Pronto falei!
    Cada um pensa de um jeito e temos que respeitar, se não está feliz em ler esses posts não leia, vá para outro blog então!
    Amo seu blog Cony, e continue sendo sempre autentica, escrevendo o q pensa, bjos!

  110. maria portugal17/04/12 • 18h29

    orkutizou meesmo. e ouso dizer que o mesmo está acontecendo a passos rápidos com a Tommy Hilfiger. em todas as esquinas eu tenho visto as bolsas de tecido (principalmente aquela azul e vermelha tradicional e a sua variação rosinha), e a mais rígida com a logomarca em preto e branco. Bom, bonito, barato e MUITO copiado. ah, e a quantidade de gente chamando de tommy RIUFÁIGUER. que triste =[

  111. Ana..17/04/12 • 18h49

    Oi Cony! Cheguei atrasada por aqui, o motivo é que estou na city, isso mesmo BH.rsrs.. Vou embora amanhã e confesso que fiquei mais aproveitando o Comida de Buteco, indo pouco ao comércio.Então, li alguns comentários e como estou de saída vou falar rapidinho sobre o post. Acho interessante o relógio em outras meninas, não uso relógio há tempos. Não conhecia MK até quando bati o olho em uma bolsa e pensei: é minha! kkk.. O vendedor na época disse que estava em ascensão, mas foi pq gostei mesmo e adquiri. Hoje é sensação e uso muito minha bolsa. Não gosto das que tem o MK estampado nela inteira. A minha é camel com detalhes em creme bem discreto, só nota-se um MK apenas em uma placa amarrada em um lado da bolsa, só se reparar muito que vão saber a marca. Enfim, tenho uma bolsa gosto muito, mas confesso que já estou achando muito pop, sei lá, cansando.Ah! Já o conhecia qdo era jurado no programa da Heidi Klum, parei de assistir, ainda tem o programa? Beijos Cony!

  112. Ana..17/04/12 • 18h51

    Ah! Adquiri a bolsa, aí que fui pesquisar o nome e descobri que era o MK do programa, isso há teempos atrás.

  113. Larissa Lirhman17/04/12 • 19h01

    Acho que é questão de bom gosto, qualquer acessório utilizado de forma errônea fica “cafona” e feio.

    Vou continuar comprando o que eu achar bonito, acho tolice deixar de comprar algo porque pessoas de posses mais baixas ou novas ricas também compram, não compro por causa de status, não compro para satisfazer os outros, por isso não me importo com marca ou a popularização.

    Acompanho o futilish e gosto do site, porém achei esse post preconceituoso. No me gustó,pero esta es mi opinión.;)

  114. Lizz17/04/12 • 19h42

    Olha… li os comentários até o #65, mais ou menos e acho que a maioria não vai concordar comigo, mas vou falar mesmo assim: acho Maicocó muito cafona. Não foi sempre, mas, sim, orkutizou. Pra mim, usar relógios e bolsas MK depõe contra a pessoa que usa. Desculpe, mas me passa a impressão de breguice. Ah: Cony, adoro seu blog, leio sempre e, apesar de discordarmos quando ao amigo Maicocó, vou continuar fã do Fufu, viu? 🙂

  115. Mari (@andpizzazz)17/04/12 • 19h52

    A marca em si não é ruim, tem muitas bolsas bonitas e se olharem as roupas também são bem legais. Aliás, todas as bolsas postadas são bonitas! Não gosto dos relógios pelo simples fato que acho ruim todo tipo de uniforme e tbm não gosto das com logo, que “gritam”. Mas não vejo mal nenhum nas bolsas, talvez no máximo deixar guardadas por um tempo até essa febre dar uma passada.

  116. Renata Constantino17/04/12 • 20h12

    Cony,

    vc q é a rainha das compras virtuais, sabe de algum site que venda bolsas do mk? queria uma hamilton tote, aquela com a correntinha!

    beijo!

  117. Mari17/04/12 • 21h30

    Caraca Conny, estava comentando isso outro dia com uma amiga. Morei nos states do inicio de 2008 a inicio de 2010 e la conheci a minha tao amada marca Michal Kors, eu simplesmente gostei de quase tudo da marca e ao longo desses 2 anos comprei muita coisa, muitas bolsas (nenhuma com tecido MK estampado rsrsrs), carteira, relogios, perfume, roupas, casacos etc Me lembro de amigas que iam me visitar e falavam que nunca tinham ouvido falar da marca na epoca, mas eu nao estava nem ai, afinal estava comprando pq achava bonito e nao para aparecer e estampar marcas, e no fundo ate ficava feliz de ser original e ter uma marca “so pra mim”. La nos states as gringas tb eram enlouquecidas com a marca e as promocoes voavam das prateleiras. Acho que muito se devia ao uso da marca pela 1- dama Obama, isso era bem divulgado. Mas eis que logo que voltei para o Brasil coincidiu com esse boom que a marca sofreu, no inicio nao liguei muito mas essa orkutizacao me incomoda, principalmente pelo fato de ter tantas falsificacoes. Muitas brasileiras dao preferencia as bolsas de tecido cheias de MK estampadas com a clara intencao de dizer “eu tenho” e na boa isso eh muitoooo bregaaaa… bem diferente das gringas que davam preferencia as bolsas mais bonitas da marca, mesmo que tivessem o nome bem pequenino. Continuo achando a marca de muito bom gosto e amando, mas sinceramente evitaria agora comprar mais do que ja tenho, pq me irrita demais pessoas que compram marca so para estampar e nao pq simplesmente acham bonito, pessoas que so compram pq as outras estao comprando… aff! Desculpe mas sou sincera, acho isso uo’. E hoje so consigo pensar: cara que azar! quem foi popularizar minha amada MK?! kkkkkkk preferiria mil vezes usar no anonimato :))))

  118. luana17/04/12 • 21h57

    Redículo o coemntário de muitas… se fosse por falsificação e replicas quase perfeitas, Louis Vuitton não teria mais graça…quem realmente entende algo sobre beleza e riqueza de detalhes entende porque os produtos Michael Kors são tão famosos. E não acehi nada de mais a pobre que ficou rica na novela usar uma MK…Redículo os comentários!!!!!!

  119. bruna17/04/12 • 22h18

    Concordo com a Larissa do post #168, totalmente desnecessário e preconceituoso o post. Adoro o blog Cony,mas vc foi muito preconceituosa mesmo.

  120. bruna17/04/12 • 22h19

    Concordo com a Larissa do post #168, totalmente desnecessário o post. Adoro o blog Cony,mas vc foi muito preconceituosa mesmo. Tem tanto assunto legal pra abordar!

  121. Nathália17/04/12 • 22h32

    Cony, adoro seu blog, mas sou obrigada a discordar da sua visão de o que seriam “novos ricos” e do estereótipo que você atribui a eles. Não vejo o fato de cada vez mais brasileiros irem aos EUA e à Europa gastar dinheiro como algo negativo. A moda, mesmo que a criada por grifes teoricamente inacessíveis como Louis Vuitton e Michael Kors, já deixou de ser artigo de luxo há muito tempo, e até mesmo a popularização de blogs como o seu é um sinal de que esse tipo de arte tem sido cada vez mais consumido. Nada mais natural, portanto, que mais pessoas se interessem por isso, e que o acesso a produtos antes inacessíveis seja democratizado. E acho que esse é o grande barato da coisa. Quanto à questão de que a popularização desses produtos gera uma “massificação” dos mesmos, discordo novamente: estilo serve exatamente pra isso. É o modo e a utilização que cada um dá para os seus acessórios/roupas/sapatos etc. que faz a diferença.

  122. Lu17/04/12 • 22h40

    Cada um usa o que achar melhor ..cada um usa o que se sentir bem…discordo qdo uns e outros dizem q td que brasileiro começa a usar mto fica cafona… eu tb continuarei usando a minha bolsa….meu relogio…estilo vai de cada um. bj

  123. Quantas coisas loucas!!O fato é que todo mundo tem preconceito com todo mundo aqui…quem concorda ou discorda será apedrejado logo não agrega nem futilidade este post porque na verdade o objetivo é outro: gerar polêmica e neste campo Cony vc conseguiu!! Parabéns morra de rir mas que o #84 foi o meu eleito foi!!

  124. Amanda17/04/12 • 23h14

    Nao me preocupo com essas apariçoes na globo, e inclusive nao limito meu consumo pq apareceu na novela,e sim pelo que gosto ou nao…aff!se embasar nisto é muito falta de opiniao nao? tem tanta gnt q n tem grana e economiza pra ter coisas de marca…ate parece q MK é apenas p socialites…e se os emergentes quiserem usar, paciencia, a marca esta ali pra ser vendida e comprada por qm pode…as ideologias, sinceramente, ficam a cargo dos consumidores…

  125. Nathi17/04/12 • 23h43

    Sinceramente, fico decepcionada com essa Tag toda vez que leio, me dá nojinho de ver que as pessoas ainda insistem em achar que são melhores que as outras só porque tem dinheiro,ou pior, acham que seu dinheiro é melhor do que o da chamada aqui ‘classe emergente’. É triste ver isso, e se são tãaao fodas e tão cheios de dinheiro porque não usam marcas realmente caras? Peças exclusivas? me poupem! Leio sempre o futilish e acho muito bacana mas um post como esse não pode acontecer, se tratando de um blog tão grande e formador de opinião. Se a intenção do post era ser EXTREMAMENTE FÚTIL, parabéns, objetivo alcançado com louvor!

  126. Lívia Sadala18/04/12 • 00h18

    Cony,
    no caso da Carminha, ea é rica na novela, e vai comprar coisas que são acessiveis a ela!
    Ela é brega sim, mas se pegarmos as coisas separadas, da pra dar uma melhorada!
    Ela faz as coisas comuns se tornarem bregas…
    Agora quanto as marcas que caem no gosto de todo mundo, eu sou contra a copia, a falsificação, onde tentam fazer igual o original (ou não)… Acho melhor comprar uma coisa sem marca do que a imitação… E a gente deve comprar o que achamos bonito né?
    beijinhos

  127. luiza18/04/12 • 00h22

    comentario desnecessario, desculpa!

  128. Geovana Freitas18/04/12 • 00h54

    Um item do guarda-roupa pode ser ate bonito e meio caro, mas quando vira febre e em toda esquina se vê, pra mim ja perde a graça. Fica parecendo falta de imaginação na esolha do que usar. A mesma coisa sinto em relação aos produtos Abbercrombie, Hollister, alguns modelos da Swatch, mechas loiras, escova progressiva e olho esfumado com cores escuras.

    • Re18/04/12 • 15h05

      E calcinha??? DEUSULIVRE, TODO MUNDO USA ISSO!!! Todas as mulheres têm uma gaveta cheia, não uso isso não… (com louco se conversa de igual pra igual)

      • Constanza18/04/12 • 15h08

        Aham, tudo a ver com a idéia do post (com louco se conversa de igual pra igual MESMO).

      • Loli18/04/12 • 15h52

        É isso mesmo Re, usar a mesma bolsa e o mesmo relógio é o mesmo que usar calcinha ou ter duas pernas e dois braços.

        ¬¬

        • Re18/04/12 • 16h19

          Ou que fazer mechas loiras, escova progressiva e olho esfumado com cores escuras! hahahahah

  129. Paula18/04/12 • 06h03

    Meu Deus, estou chocada com tanto preconceito nas suas palavras!
    Ninguém é melhor do que o outro só por usar uma bolsa X ou por ser “rico de berço”.
    Acredito que existam assuntos mais sérios/bacanas do que “orkutização” de marcas dos ricos pobres de espírito.
    Não curti seu texto preconceituoso.

  130. Cinthia18/04/12 • 08h43

    kkkk Gente como pode tanta polemização. Não vi preconceito nenhum no post, apenas a exposição de uma ideia e que concordo muito diga-se de passagem. Como a Lucy acima expôs, a marca entrou em declinio, fato! O que não significa que deixarei de usar meus relógios, apenas não é mais um item desejado como fora há 2 anos atrás e ponto.
    E gente, por favor, vocês ao menos tentar manter a educação e polidez, vamos expor ideias sem ofensas ou ataques, isso é tão deselegante.

    Cony, adorei o post! Aliás, adoro o blog!

  131. luciana18/04/12 • 08h48

    na minha humilde opinião, o maior problema do povo brasileiro, classe A, B ou C, é assistir novelas da globo, e não “orkutizar” ou não usar marca X ou marca Y. é só imoralidade, violência, traição, maus exemplos…lixo puro, lavagem cerebral. é a banalização completa dos valores!

  132. Kellen Faria18/04/12 • 09h59

    Pra mim o que vc quiz dizer com esse post foi… Que pobre nenhum pode usar marcas que os ricos usan não sei se foi isso que vc quiz dizer mais foi o que eu entendi, gosto muito do seu blog mais desse post eu não gostei não rsrs bjinhooo !!

  133. Eve18/04/12 • 10h04

    Entao tive que comentar aqui, embora vc ja tenha milhoes de comentarios. A marca Michael Kors, nao a MK, ainda continua linda e chique. O problema eh que a MK tah em tudo quanto canto — no brasil e aqui nos estados. Having said that… quem quizer dicas sobre Michale Kors e MK aqui em miami, pode ler o post que eu fiz sobre as lojas da marca aqui.
    http://miamidomeujeito.com/tag/loja-michael-kors-miami/

  134. Lyanna18/04/12 • 10h05

    Fico passada com a comoção que um post desse causa em algumas pessoas. Gente, pode ser Prada, Dior, LV, Louboutin, MK ou Arezzo, Carmem Steffens, da marca mais mega luxuosa e cara ou da mais ralé, sempre haverá produtos/modelos bregas e cafonas. E bom gosto ou breguice não tem nada a ver com o valor milionário de um produto ou se a pessoa é multi milionária ou favelada.
    Cafonice é cafonice. Um relógio gigantesco dourado ou um bolsa de tecido ou metalizada cheia de logo, será brega qualquer que seja a marca. Andar feito um outdoor com logo pendurada na bolsa, no sapato, na camisa, na calça, na saia etc. É feio, reflete um complexo de ostentação.E desde quando ostentar é bonito ou elegante?!
    E se além de ostentar um produto cheio de logo, a pessoa ainda usa um fake que se encontra a cada esquina?! É cafona ao quadrado.
    Mas se alguém gosta de andar toda MK, LV, G, CS, assuma que a breguice é um estilo e é feliz assim, mas não venha dizer que quem não gosta é preconceituoso e defende a divisão da sociedade em castas… me poupe

  135. Julia18/04/12 • 10h31

    Cony me desculpe mas acho que dessa vez vc escorregou muito com as palavras! quando preconceito!

  136. Stella18/04/12 • 10h32

    Estou com viagem marcada pros states, e já estava vendo uma bolsa pra comprar,não posso comprar chanel e tals,mas queria comprar algo de qualidade as opções da Mk sem o monograma escancarado (muito menos dourada) achei uma boa opção, claro que queremos sempre ter uma bolsa exclusiva mas isso tem um preço muito alto, e ainda com a expansão da classe C (todo mundo viajando,+ os programas de milhas), tá difícil ter uma bolsa ou um relógio que suas amigas de empresa, da facul, não tenham também.

    • Renata18/04/12 • 17h40

      gente, bolsa exclusiva?? ñ existe né…até chanel, hermès, etc, q custam ozoio da cara tem aos montes…sem falar nas “inspired” (termo bonito pra imitação)…ou seja, tá tudo orkutizado, hehehe

  137. Karina18/04/12 • 11h11

    Meninas, vocês que adoram as bolsas Michael Kors, visitem o meu site: http://www.karinaimports.ekom.com.br/

    Tenho diversos modelos e o melhor preço!!

  138. Ana Gabriela Penteado18/04/12 • 11h17

    Cony como tem gente que gosta de criar confusão!!
    Realmente a MK deixou de ser objeto desejo,quando todo mundo usa, perde a graça…
    Amo o Fufu e todas os posts são otémos, desejo muito sucesso para que você tenha vários Louboutin e Chanelitas para desfilar por ai!
    Bjos

  139. Layana Moura18/04/12 • 11h30

    Preconceito. Tô fora!

  140. Constanza18/04/12 • 11h37

    Quem tá vendo preconceito no post não entendeu nada do que falei heim?? hahaha eita dificuldadeeeeee Além do mais, qualquer pessoa que exponha suas opiniões abertamente sempre será julgada e apontada. Parece que todo mundo só quer ouvir/ler flores e cores. Não dá nem people… open mind. Bjusss e até a proxima Marca Duvidosa!

    • Thais18/04/12 • 16h34

      É verdade! Por favor, Cony, continue com a tag, para quem consegue entender o que vc escreve e gosta! Odeio gente que gosta de pregar o “politicamente correto” em tudo! Por favor, tenham bom senso!

      • Jéssica Falcão18/04/12 • 22h36

        o problema é que esse post não foi bem sobre uma “marca duvidosa” foi sobre “consumidores duvidosos”…

  141. Luciana Fernandes18/04/12 • 14h13

    Eras, nada a ver esse post!….

  142. Alê18/04/12 • 14h30

    Meninas estressadas, interpretem o texto antes dos ataques, tá puxado hein, Conita?! kkkkkkkk
    A verdade é que o “braço” da Michael Kors (MICHAEL Michael Kors)que fabrica as bolsas com logo e os relógios é o popular e foi criado para isso mesmo! A intenção é vender muito e alcançar a parte (enooooooome) de consumidoras que não podem consumir a “marca mãe”, mas desejam ter algo da marca(só um exemplo: esse vestido e o “precinho, quase U$4000.00: http://www.michaelkors.com/store/catalog/prod.jhtml?itemId=prod13770021&parentId=cat18007&masterId=cat102&index=0&cmCat=cat000000cat102cat18007&isEditorial=false). É com essa fatia do mercado que vem a maior parte do lucro da empresa (da mesma maneira que o grosso do lucro da Chanel não vem das roupas e sim dos cosméticos e perfumes). Então não é questão de preconceito, a MICHAEL já nasceu popular.
    Agora, a figurinista da novela claramente acha que a marca é coisa de suburbano rsrs Colocou a marca somente no núcleo do subúrbio (tem uma menina que usa um relógio, a amiga na Monalisa) e logo que eu vi sabia que ia rolar um post desse rsrs Aaaaaaaaaaaamo essas polêmicas!
    Beijos!

    • Constanza18/04/12 • 15h11

      Alê, acho que só vc me entende mesmo rsrs

  143. Juliana18/04/12 • 14h46

    Constanza,
    Quando vi na novela com a carminha até falei pro meu namorado “olha aliii, eu disse que era coisa de gente brega”, e achei bem a cara dela mesmo, pra combinar com aquele cordaozao uó com um T gigante…
    De verdade a michael kors tem algumas coisas bonitas, mas primeiro de tudo nao se deve confundir michael kors com MICHAEL michael kors, sao duas linhas completamente diferentes. É como emporio armani e armani exchange. A MICHAEL michael kors é a linha mais popular, é só entrar no site e conferir. A linha top as bolsas são infinitamente mais discretas e mais cara tbm.
    A MICHAEL michael kors tem uma ou outra bolsa bonita, mas peca pelo exagero em muitas e não desce nenhuma com o “monograma”, principalmente as metalicas e aquelas imitando a combinação de cores da LV. Acho muito feio mesmo. Acho que a orkutização ocorreu por causa dos cristais em demasia nos relogios e as bolsas de gosto duvidoso com preço super acessivel. Tá cheio de outlet vendendo a 99, 129 dólares a bolsa e as pessoas que compram na minha opinião querem passar a imagem de que tem algo “de marca”. Pode parecer preconceito, mas a maioria das pessoas que vejo comprando são aquelas típicas consumidoras que ha um tempo compravam as temíveis bolsas da guess.
    Resumindo: acho que as com logo são coisa de pessoas que querem se mostrar e pagam mico e as basicas até bonitinhas, mas o que mas vemos são as com logo(e que tbm são as mais acessíveis).
    Agora, muitas roupas da linha são LINDAS! Vale a pena!

    beijos!!

    • Renata18/04/12 • 17h36

      meu deus, vou tacar fogo já na minha maicocó e na minha LV de monograma, ñ sabia q era coisa de gente q quer aparecer (justo eu q ODEIO ser centro das atenções) e paga mico!

      (desculpa, mas acho esse tipo de rótulo exagerado e nada a ver!)

    • ana Laura21/04/12 • 17h41

      Uma vez a vendedora da loja Michael Kors me explicou que as bolsas que tem forro com o logo redondo com a sigla MK dentro, eh da linha mais barata, feita para outlets e com isso feita de material inferior. E quando o forro eh cheio do nome “michael kors” escrito em letras pequenininhas, eh da linha mais cara. Perguntei isso pq estava na loja do outlet e vi duas bolsas em couro de cobra mas que tinham nitidamente diferenca na qualidade do material e no preco. Por dentro uma tinha a bolinha com o MK e na outra era o nome por inteiro escrito, depois da explicacao acabei levando a mais cara por varios motivos: era mais bonita, o material de melhor qualidade, e tb pq era a oportunidade de ter uma bolsa melhor num preco bacana, ja que nao eh muito comum se vender bolsa da linha mais cara em outlet, conforme explicou a vendedora. A bolsa que comprei eh liiiinda porem discreta, nao vem estampada de MK e o nome eh bem pequeno, quase nao se ve. comprei pq achei bonita e de qualidade. Acho bacana as pessoas conseguirem ter mais acesso e comprarem marcas boas e bonitas, so ach horrivel quem compra apenas para estampar uma marca, sem gostar realmente sabe? vc ve que ela ta comprando so pq os outros tem tambem. Isso eh ser brega.

  144. Juliana18/04/12 • 14h54

    Ah, e antes que venham falando que é preconceito pq é acessível, não é mesmo, acho que existem coisas com preço parecido, como a Tory Burch, que tem bolsas de 300 dólares e está longe de ser brega ou sinonimo de ostentação. Até alguma bolsa bonita sem nome o MK gigante eu acho mil vezes mais chic! Dêem uma passada pelas f21’s, hm’s e zaras da vida que qlq um encontra coisas mais bonitas e até mais baratas.

  145. Re18/04/12 • 15h18

    Cony, você não foi mal interpretada, a maioria entendeu o que você quis dizer e algumas discordaram. Outras perderam a razão quando ofenderam você. Mas, não é uma questão de “open mind”, é questão de valores. Algumas querem se sobressair na multidão usando roupas e acessórios de marcas caras e inacessíveis para a maioria, vão se sentir diferenciadas desta forma. Outras só querem se olhar no espelho e gostarem do que estão vendo. Não curti o post (já escrevi isso lá em cima hehehe), mas continuo gostando do Futilish. Aliás, nunca comentei tanto em blog nenhum! Bjo e até a próxima polêmica!

    • Constanza18/04/12 • 15h25

      Mas nao é questao de se sobressair usando coisas caras e inacessiveis, principalmente pq MK nem é caro e muito menos inacessivel. É até bem barato, o problema é a banalizacao de algo que vira “moda”. Como alguem falou, Tory Burch é chique e tb tem otimos preços, mas essa nem é copiada, pirateada e a gente nao vem em cada esquina. Pq?? Porque ninguem q vai pra gringa olha pra TB, mas sim olha pro MK q tá todo mundo usando.

      • Re18/04/12 • 16h08

        1 – Ok, MK não é caro, mas nem todo mundo pode viajar pra comprar. Não banalize.
        2 – Frase sua:
        “É triste, afinal ninguém quer comprar algo que está (ou está ficando) super batido no mercado. (…) Não vou parar de usar meus relógios, não vou queimar minha bolsa nem doar minha carteira, mas que o coração doeu, ah doeu.” Aqui vc expressa o seu pesar por suas coisas terem ficado comuns, por todo mundo ter, não é?
        3 – Grandes marcas são copiadas, umas em maior escala e outras em menor escala. Fato da vida. Regra de mercado. Ou vai me dizer que você nunca notou a semelhança das sapatilhas da Capodarte com as da Tory Burch, por exemplo?
        O que doeu foi o fato dos produtos MK aparecerem em uma personagem brega. Se aparecessem na Carolina Ferraz (a fina) vc teria escrito este post?
        Agora preciso trabalhar!!! heheheh

        • Constanza18/04/12 • 18h04

          Claro q o q doeu foi a associacao a persoagem brega ue… Mas isso ta tao claro no post… Eu heim

        • Constanza18/04/12 • 18h06

          “Por que, oh Globo, associar meu querido Maicocó com a megera da trama? Justamente a pobre que ficou rica, que quer pagar de fina, mas no fundo continua sem classe como antes? Certeza que o Michael Kors era para estar nessa personagem?”

          Povo dando murro em ponta de faca….

          Vou dar uma de Val… Hellooooooowwww

          • Re18/04/12 • 18h28

            Ah, jura que era isso que você queria dizer?! Bah, juro que pareceu que você tava esculachando pq a marca estava popularizada… Ah, Cony, você é uma mulher mais segura que isso, vai… hahahah

          • Lizz18/04/12 • 18h30

            Respondendo à pergunta, porque o Maicocó é marca de produtos usados por pessoas pobres que ficaram ricas, que querem pagar de finas, mas no fundo continuam sem classe como antes… Sem entrar no mérito de se é feio ou bonito (e eu até acho que tem algumas peças bem bonitas), o fato é que, de tanto ser usada por pessoas como essa personagem da novela, a imagem da marca, pelo menos no Brasil, ficou atrelada à imagem dessas pessoas. Se você não se importa com isso e acha bonito, use! Se você se sente mal, não use, simples assim. Eu nunca me interessei em comprar as bolsas ou relógios MK, porque não são do meu estilo, mas nos anos 90 usei relógio da Gap e era muito feliz. Mas use com a consciência de que vc poderá ser rotulada como suburbana que ganhou um dinheirinho e quer pagar de fina…. 🙂

  146. Edna Rodrigues18/04/12 • 15h51

    Sinceramente? Post desnecessário. Acho que você viajou no parágrafo após a foto da Carminha. Primeiro que essa mania de falar que tal roupa, bolsa, sapato ou relógio tá orkutizado é puro preconceito. Segundo que se tá orkutizado é porque é bonito, então para de reclamar, fia, e bota tua coisa orkutizada na pista. Terceiro que creio que essa sua frustração com o fato de a Carminha ser uma pessoa sem caráter e usar a mesma bolsa que você tem pode ser insegurança, né, gata? Sempre que tem post novo no blog eu entro, fiquei triste de ver um post que fizesse jus ao nome do blog de uma forma negativa.

    • Constanza18/04/12 • 16h06

      Edna nao vou aceitar seu outro comentário ofendendo uma leitora ok? Limites gata, limites.

  147. Mariana (@andpizzazz)18/04/12 • 15h56

    espera só a tory burch abrir aqui para ver se isso não muda rs.. e caro/barato é relativo.

  148. rejane18/04/12 • 17h03

    Oi Cony,entendi perfeitamente seu post e concordo plenamente,mas opiniões são assim mesmo…..sempre existem aquelas pessoas que exageram,mas que também merecem ser ouvidas já que vivemos em um país democrático né?
    Te parabenizo pela coragem de expor suas idéias e opiniões, só provam que vc é uma pessoa de bom gosto e muuuuuito bem resolvida,aliás já te vi pessoalmente duas vezes e mesmo fazendo compras no Luna é chique rsrsrsr(lembra de mim?) Ah!tenho 2 relógios MK e amo os dois de paixão e quero aquele quadrado igual o seu rsrsrsr.Bjos e continue sendo essa mulher poderosa!

  149. Re18/04/12 • 17h15

    Cony, quando você posta alguma coisa aqui é porque curte, acha bonito, né?! Ao menos eu leio o Futilish confiando nesse princípio… Em 16 de fevereiro você fez um post sobre “Novidadinhas Michael Kors” (http://www.futilish.com/2011/02/novidadinhas-michael-kors/), lembra? Nesse post você colocou as fotos de algumas bolsas, entre elas 3 QUASE IGUAIS ao “modelo duvidoso / perua / douradona” que você bombardeou nesse post só porque apareceu na Carminha da novela… Convenhamos, certamente o que doeu em você foi a marca aparecer numa personagem brega, de gosto duvidoso! 😉

    • Constanza18/04/12 • 18h00

      Foi sim ué, deixei isso bem claro no post hehehe

      • Re18/04/12 • 18h31

        Ahh, juraa, se vc gosta é o que importa!!! Azar se os outros pensarem que é brega ou que a Globo diga que é!!! Curte aí a tua maicocó douradona e era isso!!! 😉

  150. Renata18/04/12 • 17h28

    lendo algumas comentários, acho q tem gente aqui q se comprar uma ferrari vai tirar a logo do carro, kkkkkk…sério gente, qual é o problema de usar um produto q “ostente” a marca?? as pessoas têm mania sempre de julgar, parece q rola um “preconceito ao contráio”: quem usa isso é fútil, é maria vai com as outras, ñ tem personalidade…mas ñ passa na cabeça q a pessoa simplesmente comprou pq gostou?? e se quer e pode comprar, pq ñ? cada um faz o q quer com seu dinheiro né…

    qto ao tema mesmo do post…ñ me incomodo com a orkutização no sentido de td mundo usar…me incomoda imitação/falsificação, isso sim! (o q infelizmente contribui de alguma forma pra “orkutização”)

  151. Maysa18/04/12 • 17h39

    Cony, essa bolsa caramelo tá um arrazoo!! desejei muuitoo! bjss

  152. Maysa18/04/12 • 17h42

    Ah, eu acho caro, pelo menos aqui no Brasil, não faço ideia dos preços lá de fora, nunca fui. Se pudesse, compraria uma aqui.

  153. Camila Piton18/04/12 • 17h49

    Adooooooooooooro essa tag!
    me diverti horrores com os comentários que até esqueci o que eu ia falar !
    UAHSUAHUSHAUSHUHSUAHSUAHSUASAU

    Eu gosto sim! tem bolsas e relógios lindos que eu compraria com toda a certeza!
    Agora que orkutizou isso é fato ! Mas com tanta informação hoje em dia, é dificil alguma coisa não cair no desejo de todo mundo..
    O negócio é como tudo na vida, saber escolher e comprar porque vc realmente gosta, acha de boa qualidade e não pq o mundo inteiro está usando !
    É tão simples não dá pra entender tanta polêmica! HAHA (:

    Ps. quando li o título do post já sabia que ia ser diversão garantida, só perdeu pro post da Planet Girls e das unhas decoradas ! kkkkkkkkkk

  154. Luana Batista18/04/12 • 18h10

    Eita, deu pano pra manga! rs

    Realmente o conceito de caro e barato é algo bastante relativo.

    E eu acho que, como já falado ali em cima, não foi uma questão de interpretação errada, não. É que algumas coisas saltam aos olhos de uns e outras diferentes aos olhos de outros. Eu adoro o blog e venho aqui diariamente desde que o descobri, mas dessa vez não gostei do que li.

    O problema foi ler isso: “Por que, oh Globo, associar meu querido Maicocó com a megera da trama? Justamente a pobre que ficou rica, que quer pagar de fina, mas no fundo continua sem classe como antes? Certeza que o Michael Kors era para estar nessa personagem? Ou foi um acidente de percurso? (…)
    Não vou parar de usar meus relógios, não vou queimar minha bolsa nem doar minha carteira, mas que o coração doeu, ah doeu.”

    Foi isso que soou mesquinho, pequeno e preconceituoso, algo que eu desconhecia aqui. Talvez eu tenha entendido errado o motivo do blog, mas entendia os posts como uma maneira de compartilhar experiências, trocar ideia, discutir a moda e democratizar suas possibilidades. Buscar alternativas, entender o que pode ficar bem pra gente e o que não pode; o que é prejuízo comprar e o que vale a pena. E se a pobretona, favelada, suburbana, que pensa que é fina, megera e vulgar quiser usar a mesma coisa que pessoas completamente diferentes dela usam, mesmo que numa versão fake, qual o problema (sem querer discutir pirataria, ok?)?

    É que pareceu que você ficou mais incomodada com o fato de uma pessoa com tais características estar usando a mesma marca que você compra (ou já comprou) que com o fato desse acessório simplesmente ter se popularizado e se tornado lugar comum na produção de todo mundo. Porque realmente nós gostamos do sabor de usar algo que quase ninguém tem e que parece que foi feito pra gente (e esse é um privilégio de poucas), mas vamos cair na real né? Hoje em dia tudo se copia e a indústria quer é lucrar! E o povo? O povo quer poder usar o que a bacana usa, quer vestir o que a maioria veste. E é por isso que as alternativas estão aí, em todo lugar e pra todos os bolsos. E isso é bom, gente! Ou não é?!

    Talvez quase ninguém tenha te entendido mesmo ou talvez você tenha colocado mal as palavras e as pessoas, por conta disso, acabaram lendo uma Cony às avessas.

    Beijo!

    • Tati18/04/12 • 20h03

      Super concordo!

      O que mais me espanta são as pessoas assumindo assim de boa que usam ou deixam de usar tal marca pelo status que ela representa ou pela imagem que a peça vai passar perante o olhar dos demais (de rica, nova rica ou suburbana – aff), sem se importar com o seu estilo ou personalidade!

      Me desculpe a Cony e as demais que concordaram, mas pra mim isso soa mesquinho e esnobe, dando a entender que tais marcas só eram usadas antes de se popularizarem por pura ostentação.

  155. Gabriela18/04/12 • 18h56

    Cony, uma dúvida: Vc é a shame?? kkkkk
    Serio, acho a forma de escrever bem parecida.
    Beijo

  156. Paula18/04/12 • 20h45

    Acho que passou batido para todas o seguinte: “…O que não teve muito jeito de evitar foi a tal “orkutização” da qual eu mesma ajudei a acontecer…”. Nada contra indiretamente chamar as leitoras de emergentes bregas que compram originais ou réplicas por causa da “moda” e orkutizam a marca.
    Desculpa aí, mas quem nunca achou que a marca perdeu o glamour ao ver até a manicure usando determinado relógio ou bolsa?
    Isso me lembra Vitor Hugo na década de 90…

  157. Priscilla18/04/12 • 22h00

    Nossa excelente post. Juro que quando vi a cena na novela, pensei na “orkutização” total do Michel.
    Uma pena, pois acho que ele é muito talentoso e faz peças lindas. Adoro principalmente os acessórios. Mas infelizmente aconteceu iqual a Guess, Victor HUgo….
    Infelizmente muito gente ainda compra pela marca e não por ser um produto de qualidade, bonito.
    Resta saber o que o sr Kors pode fazer a respeito. O Marc Jacobs soube com a Lv.

    beijos
    Pri

    http://www.styledchicas.blogspot.com

  158. Zu18/04/12 • 23h08

    Eu acho é que muita gente que tá doída aí com a suposta orkutização foi porque investiu e pagou suando um relógio ou bolsa MK e agora se recusa a aceitar que virou item cafona. Não querem passar por isso, não sucumbam a modinhas, tudo que todo mundo tá usando o tempo todo necessariamente vai passar pela orkutização. Assim que eu vi esses relógios Mks sendo usados por várias pessoas (de bom gosto e de boa condição social), eu já previ o que ia acontecer, e mesmo achando os relógios bonitos me recusei a gastar meu dinheiro numa coisa que, eu sabia, em 1 ano ia ficar fora de moda. Não deu outra, a maioria já tá enterrando o relógio no fundo da gaveta e lamentando os reais gastos. Outras ainda estão chorando as pitangas e tentam tampar o sol com a peneira.
    Mas a verdade é que uma minoria extrema comprou os tais relógios e bolsas simplesmente porque achou bonitos. A intenção da maioria foi ostentar, ter o objeto de desejo caro que todo mundo bate o olho e sabe a marca. Mas a hipocrisia é tanta que o discurso politicamente correto é sempre o primeiro a aparecer.

  159. Zu18/04/12 • 23h09

    Ah, e a analogia que fizeram aí com quem tem iphone pago em 12 vezes sem juros e agora tá reclamando do instagram para android é perfeita.

  160. Andrea19/04/12 • 03h05

    Na boa?? Adoro o blog e as dicas de moda, beleza, tendências e etc, mas esse papo de “orkutização” já deu. Isso vale para tudo: marcas, redes sociais, Instagram… até comida já estão falando que orkutizou!! Li tempos atrás que pizza de rúcula com tomate seco era comida “orkutizada”. Gente, WTF??
    Quanta bobagem isso, não?? Isso aqui é pura luta de classes, da mesma forma que o Artur Xexeo se doeu porque a novela da Globo traz uma trama focada na classe C.
    Está na hora da gente parar de reparar nessas bobagens e ser mais feliz, com marca orkutizada ou não.

  161. Aline Meireles19/04/12 • 08h35

    Olha, Cony, nunca fui fã de MK, acho alguma coisa da marca até bonitinha, mas não é algo que ataca meu lado Becky Bloom, sabe? rs (gente me xingando pq usei o termo “bonitinha” em 3, 2… kkkkkk)
    Só que com esse mundo globalizado, com internet veiculando tudo em segundos, shoppings iguais em cidades diferentes, isso vai acontecer muito e com diversas marcas.
    Na rua paralela à que eu moro vende os “bambambãs” da falsificação, que atualmente são: Louis Vuitton (monogramas não perdem a majestade nesse quesito… rs), Victoria Secrets, sua querida Maicocó e Lacoste, entre outras.
    Claro q isso desanima, mas a realidade é que Carminhas do mundo real estão sim usando MK, já vi um monte, tipo um monte mesmo!!! rsrs
    Agora, pra se diferenciar da multidão, é só ter estilo na hora de escolher e de usar. A cafonice não é inerente ao produto, mas um look brega pode derrubar qualquer bolsa linda!
    P.S.: “murri” com o surto nos comentários! kkkkkkkkk
    Aí lembrei de qdo houve um surto no seu instagram, qdo eu disse q tinha achado uma bolsa pobrinha…
    A vida é muito curta pra se estressar com moda! E é exatamente a diversidade de opiniões que deixa os comentários tão interessantes…
    Bjo

  162. Camila19/04/12 • 15h35

    Nossa quando vi essa cena tbm fiquei pensando porque deixar a marca assim tão evidente e ainda associada à megera, pobre que virou rica, blá, blá……
    depois confesso que deu uma dorzinha qdo pensei nas minhas coisas da MK…. gosto tanto delas! rsrsrsr

  163. Camila19/04/12 • 15h45

    Noooooossaaaaaa! Só agora eu li todos os comentários!!! Quanta surtação por causa de um postzinho, hein! Afffff
    E daí se a gente se doeu porque a bolsa apareceu no núcleo do suburbio gente! Que loucura isso! kkkkkkkkkkkkk tô rindo sozinha aqui….

  164. fabiana maria19/04/12 • 16h28

    Os comentários da Cony são totalmente normais. São preconceituosos? Na medida em que o site se propõe a debater moda, não vejo preconceito. Se querem ler coisas politicamente corretas, não entrem num site chamado Futilish e cuja proposta é realmente falar dessas coisinhas bobas que tanto amamos. Tô com vc, Cony!

  165. Carla19/04/12 • 17h10

    Achei esse post inútil elevado a milhares de números. Se apareceu na novela ou não, qual o problema? Se “orkutizar” você deixará de usar só pq todos estão usando? O que você compra é um investimento, foi dinheiro que você gastou.
    As vezes você faz uns posts meio preconceituosos… como se as pessoas não pudessem comprar tais marcas, só você.

    • Constanza19/04/12 • 17h24

      Carla, será q vc leu o post msm? Eu falei q ia deixar de usar meus maicocó por causa da popularização da marca??? Bjinho

  166. camilah19/04/12 • 21h06

    cara, na boa, vc usar o termo orkutização é ser antipática demais. graças às milhares de meninas que agora possuem internet vc tem esse blog. ok, não só elas, mas boa parte das que digitam no google por “tutorial não sei das quantas” e coisas desse tipo é que blogs como o teu fazem sucesso.
    se os blogs fazem sucesso é pq “orkutizaram”, então seja menos antipática com o termo e principalmente com coisas boas que popularizam. desculpaí ricas, doloridas…

    • Constanza19/04/12 • 21h41

      Facebookação podji???

  167. Mirian20/04/12 • 06h58

    Entao no dia que a Cony comprar a Chanel e os Loubortins dela, ninguem mais compra, porque significa que orkutizou. Sera uma emergente chegando ao status de chanel. Dificil quando a caca vem no sentido inverso, ne?

  168. Rosi20/04/12 • 09h32

    É por isso que não falo nem o perfume que uso!
    Ficou batido e comum, começam as falsificações.

  169. Marília20/04/12 • 09h41

    Cony, adoro teu blog, mas achei o post meio preconceituoso: como se só umas poucas entendedoras pudessem usufruir da marca e como se ela fosse exclusiva dos que tem acesso. Por que não pode popularizar? Por que tem que ficar restrito? Muito chato você ter ficado triste com isso comportando-se como se fosse especial. Bom, fica minha opinião. bjos

  170. Ana Carla20/04/12 • 11h55

    Pois é, Mirian, o seu exemplo foi plausível. Imagina se todo mundo tivesse esse pensamento preconceituoso… Como será que a Cony se sentiria se as blogueiras mais famosas tipo Camila, Tássia e Mariah, falassem que as blogueiras em ascenção (emergentes) como a Cony tb estão usando as mesmas marcas que elas desde sempre tiveram acesso? E se elas dissessem o mesmo: ecaaaa, orkutizou!!! Querida, o sol brilha pra todas! Acorda!

    • Constanza20/04/12 • 12h05

      Eu não ligo pro que acham/falam de mim nao… se ligasse não falava o q realmente penso néam? E btw, hj to super orkutizada, de “equipment”, MK, e LV speedy. Bjokas

    • Constanza20/04/12 • 12h06

      E adorei saber q sou blogueira em ascenção, e de outra moça aí pra cima que falou que o Fufu é um blog grande! Amei, juro! Nunca vi meu blog com essa importancia toda nao! Obrigada meninas!

      • Paula21/04/12 • 17h13

        Depois desse post creio que perdeu muitas leitoras…. foi ridículo.
        Eh como disse outra menina ai em cima, “orkutizar” a marca que a metida a dondoca que usar exclusivamente para tentar mostrar que eh melhor do que alguém nao pode, mas “orkutizar” esse bloguizinho preconceituoso bem que ela gosta, afinal ganha um trocadinho para se estampar de marcas.
        As divas como Lala rudge e Mariah beeeem mais ricas que voce nao estão nem ai, e nem se quer prestam atenção se estão comprando as mesmas marcas que elas ou usando inspirações. Elas sim sao finas. Gente preconceituosa nao adianta se cobrir de marcas pois nunca sera fina e elegante por dentro.

        • Constanza21/04/12 • 18h55

          Concordo Paula. Por isso nao uso marcas, já sou elegante por natureza hehehe. E Mariah e Lala nao são beeem mais ricas que eu nao! São beeeeeeeeeeeeeeeeem mais kkkkk. Relax gata. Bjinho (sequer se escreve junto tsá?)

  171. Aline21/04/12 • 19h25

    kkkk e ainda tem gente q baba o ovo de blogueira!!

  172. Clara23/04/12 • 09h34

    Aff, o pior de tudo é que só sabe responder na ironia, não sabe discutir de forma séria e adulta.
    Dá logo uma patada, uma ironia, pra sair por “cima”.
    Triste.

    • Constanza23/04/12 • 09h47

      Sarcasmo e ironia é só pra quem entende. Bjus e boa semana!

  173. Juliana24/04/12 • 13h58

    Deu pano pra manga o post, hein?
    Gente, não adianta dizer que uma marca não deve ser rotulada, até porque é natural que cada marca tenha um posicionamento na cabeça das pessoas. Isso acontece naturalmente! Uma marca é associada a gente chique, uma tem as coisas mais bonitas, outras as mais confortáveis, outras as pessoas acham brega. E aliás, as próprias marcas procuram isso, fazem uma série de coisas para alcançar um determinado público. As pessoas colocam sim o nome de algo na frente, ou vai dizer que nunca notou por exemplo o ipad por ser da apple ter um “glamour” sem necessariamente ser o melhor tablet? Ou o tablet concorrente ser chamado de ipad wannabe? C’est la vie. Rotulação acontece sim.

  174. Katia24/04/12 • 15h54

    Ai, ai…
    Tô rindo até agora, mas de mim mesma Cony!
    Imagine que cheguei recentemente de viagem, naquele esquema de 6 malas…
    E passei dias frequentando e consumido MK, Victoria´s, Guess, etc, etc.
    É claro que não vou deixar de usar meus relógios MK, sabe que moro no interior de Paraná, o povo pouco conhece MK original… e os falsificados ainda não chegaram por aqui.
    Eu gosto do seu blog, acho que algumas garotas tem dor de cotovelo por você viajar um monte e consumir tudo importado!
    E eu acho que essa tag “marcas duvidosas” é pura diversão… afinal as pessoas tem opiniões diferentes sobre as mesmas coisas… ainda bem né!
    Ah, deixa eu te perguntar, o que vc acha da Banana Republic?
    Bjos

    • Constanza24/04/12 • 16h17

      Katia, Banana eu gosto! Mas tem q garimpar nao por ser duvidosa mas as vezes por ser mt seria.

  175. Larissa26/04/12 • 17h57

    Juliana que blasfêmia que você falou sobre o iPad !!! :-0 Ele é o melhor tablet, sem dúvidas e sem comparações, os que os outros fazem é imitar ele, você deve assistir a conferência do lançamento do produto que irá comprovar isso.

  176. Marcela27/04/12 • 12h27

    Bom…comprei um modelo 5223 lá fora e o mesmo está oxidando Pode?? E é O-RI-GI-NAL.
    Desculpe, mas acho essa comparação com o personagem emergente e a bolsa, pura besteira. Eu sou “pobre” e uso Michael Kors. E daí?
    Com a globalização, as pessoas estão tendo a chance de adquirir bens de consumo, que até então, não podiam comprar.
    Isso significa, que as pessoas estão tendo acesso à informação e consequentemente, deixando de ser ignorantes.
    Isso é bom! que bom seria se o Brasil, fosse um País DESENVOLVIDO.
    LÍ UM LIVRO ONDE LIPOVETSKY FALA SOBRE O LUXO ETERNO. JÁ LERAM? ENTÃO SABERÃO A DIFERENÇA DO QUE É LUXO!!!

  177. andréa09/05/12 • 21h47

    BOA NOITE

    GOSTEI MUITO DO QUE VOCÊ ESCREVEU SOBRE MK
    EU MORO NO RIO DE JANEIRO E NA BAIXADA FLUMINENSE, OLHA AQUI TEM UMA MOÇA QUE VENDE A BOLSA DA MK FALSIFICADA, MAS A REPLICA PARECE ATÉ QUE É VERDADEIRA, EU ACHO INTERESSANTE PESSOA QUE GOSTA DA MARCA, MAS É MUITO CHATO QUANDO AGENTE COMPRA UMA COISA ORIGINAL E ENCONTRA NA ESQUINA UMA REPLICA MUITO PARECIDO, EU NÃO GOSTO MUITO DA MK, POIS ACHO QUE CHAMA MUITO ATENÇÃO ” MK ” NA BOLSA RS. MAS AS BOLSAS QUE NÃO TEM MUITO MK , EU ATÉ COMPRARIA, O QUE EU NÃO GOSTO MUITO E PARECER COM TODO MUNDO, COMPRARIA UMA QUE NÃO TIVESSE EM TODA ESQUINA.

  178. Cristiane13/05/12 • 12h52

    Adoro o site, mas me decepcionei com este post e mais ainda com a maioria dos comentários sobre ele. Ô gentinha preconceituosa… Fiquei na dúvida se as “dondocas” que postaram aqui são brasileiras ou não. Pelo jeito não devem ser. Ou até são, mas a grana deve estar curta, pois ainda residem por aqui… Façam um pézinho de meia e mudem-se. O Brasil agradece!

  179. Raquel04/07/12 • 06h00

    Nossa … por onde eu comeco? Acho que pedindo desculpas a minha acentuacao vai estar ausente # teclado em Ingles. Eu tenho 35 anos e moro nos EUA ja fazem quase 20. Moro no Sul da Florida do lado de um mall/shopping center que e’ praticamente uma meca dos sacoleiros. La encontramos de tudo – da Sears a LV. Eu adoro moda e adoro viajar e sempre combino os dois:viagens com compras (exceto quando visito o Brasil # assalto nas lojas). Nao quero me gabar mas sou uma daquelas pessoas que quando em uma loja outro cliente pergunta a opiniao do que comprar, tipo se combina, etc – ou pessoas amigas e desconhecidas tambem perguntam onde comprei algo que estou usando – modestia as favas kkk tenho excelente olho para moda – sempre fui assim. Ja trabalhei no ramo e vou voltar ao meio em breve. Por que ela esta me dando o seu “background”? vc pergunta – para que entendam melhor o que tenho para dizer. Nas minhas andancas pelo mundo posso lhes garantir que nem todo Parisiense usa Chanel mas aprecia porque e’ da terra deles. Assim como nem todo Italiano usa Prada ou Americano usa Michael Kors e Calvin Klein mas valorizam de uma maneira ou de outra mas nao necessariamente como e’ feito no Brasil. Tenho roupas, acessorios, etc das marcas referidas e tambem de tantas outras que ninguem nunca ouviu falar por ai que aqui e na Europa fazem o maior sucesso. Fico feliz quando chego no Brasil e alguem vem me mostrar um relogio de $250.00 USD que ainda esta pagando(sabe Deus quanto custa ai) e todo contente – fico feliz e triste na verdade. E’ uma questao cultural. Ja que o assunto e’ relogio digamos que uma pessoa em um pais de primeiro mundo da Europa ou aqui nos EUA, la no Japao o que seja queira um Cartier, um Michelle, um Rolex OU tem dinheiro para pagar a conta do Amex de Platina ou Black de uma vez ou nao compra – simples. Logico que tem suas excessoes – quem conhece o China Town em Manhattan ou o Bazzar em Istanbul ou ate mesmo a Plaza de Espana em Roma sabe do que eu estou falando # falsificados. Quando compro uma dessas marcas nao e’ por ostentacao mas sim porque gosto do que vejo e posso comprar sem ter que parcelar em mil prestacoes para perder de vista # isso me desculpem, e’ falta de planejamento financeiro! Nao sou rica, tenho bom gosto e bom senso. Adoro os classicos – jamais compraria a bolsa da Carminha, por Exemplo sabe por que? Para usar algo dizendo MK MK MK eu teria que receber de presente da Michael Kors e dentro desta bolsa deveria ter um cheque pagando pelos meus servicos de advertising/propaganda. Por exemplo, o meu oculos de grau e’ da Chanel – lindo classico modelo – futuro vintage (como eu digo) e tem quem diga … olha o oculos da Chanel que voce esta usando e eu respondo nao, e’ da Raquel, a Chanel vendeu pra mim, bonito, ne?! Tipo tento tirar o foco para a beleza da coisa no lugar da marca ou mostro – e’ bem resistente, feito na Italia, e tao leve. Isso nao quer dizer que vou tirar o logo do lado porque faz parte do design mas o logo e’ discreto. Comprei porque gostei, sei que e’ de boa qualidade e CARO e’ o que nao vale quanto custa. Tem quem tome um choque – $1,000 Dolares por uma armacao de um oculos … e eu te vejo mais de lente de contato que outra coisa! Aprendi muito cedo na vida que existe uma diferenca muito grande entre caro e muito dinheiro – o oculos e’ classico, bonito, resistente – ah e comentei que tem uma garantia de 10 anos? Nao duvido nada se em 20 anos ainda esteja usando o mesmo … nao e’ modismo, e’ investimento. Nao deve ser segredo para ninguem que todas as marcas se aproveitam dessas que eu chamo de “garotas que pagam para fazer propaganda” por isso tem Michael Kors e Micooo … Existe vestido da Michael Kors que custa mais de 1,000.00 Dolares, sabiam? Olha so’ : http://shop.nordstrom.com/c/michael-kors-womens-clothing?origin=leftnav#category=b60138071&type=category&page=1&size=&width=&color=&price=1000-100000&instoreavailability=false&lastfilter=price&sizeFinderId=2&segmentId=0 E muitos desses o nome so aparece por dentro na etiqueta. E tem bolsas como a da Carminha (nao adianta – pegou mesmo) que ja vi para vender por menos de $200.00 assim como tambem tem bolsas de couro de pelica da propria MK que custam muito mais que isso e o logo e’ bem pequeno. Resumo da Opera – sabem por que os fotografos/papparazi perguntam as celebridades as roupas que estao usando/ quem e’ o designer? A etiqueta nao esta evidente E os designer na maioria das vezes oferecem essas roupas para os ricos e famosos para que ao serem perguntados facam propaganda de graca pra eles. Enquanto isso os pobres de espirito que “pagam para ser garota propaganda” andam por ai MK em tudo quanto e’ canto e se endividam para fazer a propaganda desses. Nao faz o menor sentido. Gostou de algo, compre se pode comprar se nao sigua as tendencias. Nao vire um outdoor ambulante mas a escolha e’ sua! Voltando a Carminha – quem amamos detestar – rsrs …. o interessante foi que comentei sobre a bolsa estilo sacola de feira – como falei na epoca para a minha mae que estava me visitando do Brasil – Disse: Que interessante ja repararam como colocaram a Carminha usando uma bolsa das mais baratas da Michael Kors estilo “olha a MIchael Kors ai, gente” e a mae da Debora usando uma Chanel que vale mais de $2,500 USD?” As duas estao ostentando a sua maneira – a Carminha com chuva de MK (comprou para mostrar a marca) nao compraria a Chanel – muito discreta e como nao entende de moda nao sabe das duas qual e’ a mais classica, versatil a intencao e isso nao importa pois a intencao dela e’ outra:aparecer! Basta ver o excesso de joias, muito ouro amarelo o que convenhamos – nao e’ platina. Em suma, minhas caras fashionistas – voce compra porque esta na moda e todo mundo tem, porque e’ de boa qualidade, classico e voce esta podendo OU compra para aparecer e faz o estilo “paga para ser garota propaganda”. Qual seja o seu intuito, aproveite. Afinal a moda eh isso: expressao individual, cultural e ate mesmo expressao de valores de uma sociedade – simbolo de uma epoca! Boas compras!

  180. lalinha06/07/12 • 19h21

    Nossa a mk nem tanto mais o tanto de lv que voce ve nas lojinhas por 100 reais mais copias bem baratas que dão pra ver de longe mais não adianta achar que esta abafando com uma bolsa dessas se voce não tem elegancia suficiente para saber us´-las

  181. Bruna Lima10/07/12 • 17h09

    Estou morando nos EUA e vi que aqui a vastidao de marcas eh tao grande que passa batido, algumas tem, outras nao… eh bem questao de gosto e de moda… Mas quanto ao relogio, o que ninguem comenta eh: as maquinas dos relogios MK sao feitas pela Fossil, que ai sim eh totalmente do gosto americano, muita gente usa Fossil!!! Pela bagatela de menos de 100 dolares voce encontra relogios lindos (mais bonitod que os da MK muitas vezes)…. ainda a Fossil tambem faz DKNY, Burberry, entre outras, ou seja… o que vale a pena? Eu prezo pela qualidade + preco justo, entao fico com a Fossil!!! Sorry pelo teclado sem acento! rs…

  182. Patricia25/07/12 • 15h36

    hahah eu tenho relogio MK e amo muito compensou pagar caro!!!

  183. Daphne B.03/08/12 • 10h41

    Engraçado e cômico ver um debate completamente fútil sobre usar ou não uma marca. Enquanto o país continua o mesmo e a população continua alienada e vazia. Enquanto ricos, novos ricos e classe média (que se esforça para comprar o bem desejado) se preocupam em serem únicos e exclusivos, e ficam escandalizados ao ver alguém humilde com uma cópia. Não sou a favor de nenhum dos lados, só acho perda de tempo. Hoje os valores são exatamente esses, o que você usa, o que você tem e não o que você é, inclusive caráter. “Enquanto” isso a pobreza e a FOME existem aí e estão na “nossa cara”. Alguém se importa afinal(?), “estamos” muito preocupadas discutindo sobre assuntos bem mais relevantes. Esse post é para refletir nos valores que existem na sociedade, e de fato o que estamos valorizando e sendo massacrados pelo consumismo e como somos direcionados principalmente pela mídia a pensar e agir exatamente como eles desejam.
    Refletir é necessário.

  184. Marcia Romão28/08/12 • 00h10

    Adorei este post..comprei minha MK dourada no ano passado antes de estrear a novela que nem assisto..até minha empregada chegar dizendo “Dona Marcia a senhora viu que a Carminha está usando a sua bolsa??” Só descobri quem era Carminha por conta da bolsa..e vcs acreditam que a tal bolsa dourada desbotou?..fui semana passada pros States com a bolsa a tiracolo e mostrei para a gerente da loja..sabe o que ela fez?? me deu uma bolsa linda novinha..preta, rsrsrsrs e disse que era para as brasileiras continuarem comprando na loja..lindo né?? acabei comprando dois vestidos lindos e vou continuar prestigiando a marca..Viva a Carminha!!

  185. Letícia17/09/12 • 20h23

    fiquei super triste com o relógio que comprei…tenho um rosê q ta ficando escuro, super feio…é decepcionante vc comprar um relógio n tão barato pra ficar escuro com 6 meses de uso. Vale destacar q não uso todos os dias e tenho bastante cuidado.

    • Constanza17/09/12 • 20h25

      Ai nao acredito!! Tenho 4 MK uso todos e nunca nenhum ficou escuro, nem o rose e nem o prata… onde vc comprou?? sera q nao te venderam algo falsificado nao?

      • Letícia17/09/12 • 21h31

        Responder #286Letícia17 de setembro de 2012 – 21:20
        imagino que não.
        Comprei na Macy´s em NY.
        Tenho uma amiga que também tem um rose e o dela também ta ficando escuro.

  186. Letícia17/09/12 • 21h20

    imagino que não.
    Comprei na Macy´s em NY.
    Tenho uma amiga que também tem um rose e o dela também ta ficando escuro.

    • Constanza17/09/12 • 21h50

      Q estranho!

  187. Luciana Vilela17/09/12 • 21h23

    hahahahaha

    Cony, pra mim, o PEOR dos PEORES é o povo que vai pros EUA e volta com aquelas camisetas de outlet da Tommy! Um mooooonte (pra família toda!) delas, ai! Fica uma sugestão pro próximo post dessa tag! 🙂

  188. Lucia Lima23/09/12 • 22h50

    ola!

    Sabe o que acho pobre?
    O preconceito e principalmente perder tempo com coisas tão pequenas… Sou (era) fã de seu blog. Agora vou repensar.
    Bjoos

    • Constanza24/09/12 • 07h09

      Opiniões… Ngm é obrigado a concordar com nada né? Fique a vontade. Bjinho

  189. Luiza10/10/12 • 23h20

    Mereci o trabalho de ler tudo isso! Gente, sem discussão, MK é maravilhoso lá fora e aqui virou sinônimo de emergente SIIIMMM, nunca usaria nada da marca, ds minhas 10 melhores amigas 4 ou 5 têm a mesma bolsa e o mesmo relógio, e acho ridículo. Ah, as recepcionistas do meu trabalho todas tb têm as versões genéricas. Comprar poruque gosta do estilista, porque curte as suas criações é uma coisa, mas usar o que todo mundo está usando não é ter estilo ou ser antenada em moda, é sim querer chamar a atenção com algo que alguém “rico e phyno” usou! Pior é ficar se doendo dizendo que a blogueiro foi preconceituosa.
    Resumindo, marca show => hiperpopularizada no Brasil => sinônimo de emergente!

  190. Milla18/10/12 • 21h59

    Ri muito com o post e com a discussão! rsrrsrss

    Alguém já comprou no site http://www.michaelkors007.com/ ?

  191. Roberta Vaz29/10/12 • 15h20

    O povo reclama de preconceito, mas lê um blog chamado futilish, que remete a fútil. Gente, tá reclamando de quê…
    Leia ou não!

  192. Maria02/07/15 • 11h39

    Por acaso parei aqui. Sou rica; nasci rica, mas com educação. A pessoa que escreveu e escreve aqui deve ser uma pobre…de espírito. Dinheiro é uma circunstância: hoje você tem e amanhã pode perder tudo. Tome cuidado; em hospitais, caso fique doente, são os pobres que cuidarão de você. Tenho todas as marcas de bolsa originais e faço questão de presentear minha empregada com bolsas novas e originais. Tudo de bom.